DECLARAÇÃO DE ATIVIDADES DOCENTES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DECLARAÇÃO DE ATIVIDADES DOCENTES"

Transcrição

1 ADACTO BENEDICTO OTTONI DESMA Hidrologia Aplicada 4 SEG - 16:10 às 17:00-17:00 às 17:50 TER - 18:00 às 18:45-18:45 às 19:30 Leciono a disciplina de "Hidrologia Aplicada" à turma de graduação do Curso de Engenharia Cartográfica da UERJ. DESMA Saneamento Geral 5 QUI - 9: às 10:30-10: às 11:30-11:30 às 12:20 SEX - 10: às 11:30-11:30 às 12:20 Leciono a disciplina de "Saneamento Geral" à turma de graduação do Curso de Engenharia Civil da UERJ. DESMA Sistemas de Esgoto 4 TER - 20:20 às 21:05-21:10 às 21:55 QUI - 18:00 às 18:45-18:45 às 19:30 Leciono a disciplina de "Sistemas de Esgotos" à turma de graduação do Curso de Engenharia Civil da UERJ. ACD Apoio Acadêmico 8 Orientação de monografias de graduação, com reuniões para acompanhamento e orientação das monografias de final de curso desses alunos. Faço também a orientação e avaliação prévia da preparação da defesa de monografia para fins de apresentação da mesma às bancas avaliadoras, estimulando os alunos para realizarem futuras divulgações dos seus trabalhos no meio técnico-científico. ADM Atividade Administrativa 2 Participação nas reuniões de departamento e o atendimento a demandas do departamento PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 7 Na minha carga horária de PAT, faço o meu planejamento de aulas, consultando as referências bibliográficas compatíveis, com a preparação das aulas. Faço, também, o planejamento das atividades docentes para as disciplinas incluindo também as aplicações práticas sobre o assunto da aula. Faço, também, a avaliação do trabalho discente, com a aplicação de provas, para avaliar os alunos, e incluindo a revisão dessas provas. Rubrica do Diretor Pag 1 de /01/ :22

2 ADACTO BENEDICTO OTTONI PSQ Pesquisa 10 Tenho produção científica enquadrada para carga horária de 10 horas semanais, incluindo participação em bancas de graduação e pós-graduação, participação em bancas para contratação de professores universitários na área de engenharia ligadas à área de meio ambiente, trabalhos publicados em revistas técnicas, entrevistas e participação em programas de rádio e de televisão, entrevistas para jornais de grande circulação sobre temas na área de meio ambiente, elaboração de relatórios técnicos, participação em eventos técnicos na área de meio ambiente e outros. Rubrica do Diretor Pag 2 de /01/ :22

3 AILTON DE MESQUITA VIEIRA Carga Horária Contratual: 20 DESMA Instalações Hidráulicas I 4 SAB - 7:00 às 7:50-7:50 às 8: - 8:50 às 9: - 9: às 10:30 Instalações Hidráulicas I DESMA Instalações Hidráulicas II 4 SAB - 10: às 11:30-11:30 às 12:20-12:30 às 13:20-13:20 às 14:10 Insalações Hidráulicas II ACD Apoio Acadêmico 2 Orientação de alunos de graduação - Projeto Final de curso. ADM Atividade Administrativa 2 Particiação em reuniões e atividades administrativas do DESMA. PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 5 Preparação de aula, correção de trabalhos e provas. PSQ Pesquisa 0 17 Rubrica do Diretor Pag 3 de /01/ :22

4 ALBINO JOAQUIM PIMENTA DA CUNHA Carga Horária Contratual: 20 ESTR Concreto Armado I 5 QUI - 12:30 às 13:20-13:20 às 14:10 SEX - 17:00 às 17:50-18:00 às 18:45-18:45 às 19:30 Disciplina de graduação do sétimo período - 50 alunos ESTR Tópicos Especiais em Estruturas 4 TER - 18:00 às 18:45-18:45 às 19:30-19:35 às 20:20-20:20 às 21:05 Complementos de concreto armado, Disciplina eletiva de graduação do décimo período - 1 alunos ESTR Estágio Supervisionado I 2 SEX - 13:20 às 14:10-14:20 às 15:10 Disciplina de graduação do nono período - 7 alunos ACD Apoio Acadêmico 1 Orientação de alunos de graduação ADM Atividade Administrativa 2 Participação em reuniões do colegiado. PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 6 Preparação, planejamento das atividades docentes e avaliação dos trabalhos discentes PSQ Pesquisa 0 20 Rubrica do Diretor Pag 4 de /01/ :22

5 ALEXANDRE ASSIS CARVALHO DETEL Eletrônica I 2 TER - 14:20 às 15:10-15:10 às 16:00 Aula de Laboratório na sala 5127-F (turma 2) DETEL Modelos Matemáticos Aplicados à Engenharia Elétrica II 5 TER - 9: às 10:30-10: às 11:30-11:30 às 12:20 QUA - 10: às 11:30-11:30 às 12:20 Terça-Feira: Aula teórica na sala 5092-F (turma 1) Quarta-Feira: Aula teórica na sala 5050-F (turma 1) DETEL Princípios de Telecomunicações I 5 TER - 17:00 às 17:50-18:00 às 18:45-18:45 às 19:30 QUA - 14:20 às 15:10-15:10 às 16:00 Terça-Feira: Aula teórica na sala 5050-F (turma 1) Quarta-Feira: Aula teórica na sala 5006-F (turma 1) DETEL Projeto de Graduação VIII-A 1 QUA - 19:35 às 20:20 Atendimento na sala 5020-E DETEL Projeto de Graduação VIII-B 3 TER - 7:50 às 8: - 8:50 às 9: - 12:30 às 13:20 -Atendimento na sala 5020-E PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 9 -Planejamento das atividades do docente -Atendimento -Avaliação de provas e trabalhos PSQ Pesquisa 0 Rubrica do Diretor Pag 5 de /01/ :22

6 ALEXANDRE ASSIS CARVALHO ACD Apoio Acadêmico 10 - Coordenador da disciplina de modelos matemáticos - Participação em bancas de trabalho de fim de curso - Orientação na elaboração dos projetos de fim de curso ADM Atividade Administrativa 5 - Participação nas reuniões do departamento - Avaliador de estágio probatório - Avaliação para revalidação de diplomas - Participação em comissão organizadora dos concursos para Professor Adjunto Rubrica do Diretor Pag 6 de /01/ :22

7 ALEXANDRE DE OLIVEIRA DAL FORNO Carga Horária Contratual: 20 DETEL Microondas II 5 SEG - 18:45 às 19:30-19:35 às 20:20 TER - 18:45 às 19:30-19:35 às 20:20-20:20 às 21:05 aulas de teoria na sala 5008F (2a. feira) e na sala 5002F (terça-feira) DETEL Fibras Óticas e Dispositivos 4 QUI - 7:00 às 7:50-7:50 às 8: SEX - 7:00 às 7:50-7:50 às 8: aula de teoria na sala 5008F DETEL Projeto de Graduação VIII-B 1 TER - 7:50 às 8: orientação para elaboração de trabalhos de fim de curso na sala 5008-F PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 6 Planejamento de aulas, atendimentos dos alunos, preparo e correção de provas PSQ Pesquisa 0 ACD Apoio Acadêmico 2 orientação de trabalho de final de curso ADM Atividade Administrativa 2 participação em reuniões do Detel 20 Rubrica do Diretor Pag 7 de /01/ :22

8 ALFREDO AKIRA OHNUMA JUNIOR DESMA Hidráulica Aplicada e Hidrologia 6 TER - 7:50 às 8: - 8:50 às 9: - 9: às 10:30 SEX - 7:50 às 8: - 8:50 às 9: - 9: às 10:30 Disciplina 71393: Hidráulica aplicada e Hidrologia (Turma 2) DESMA Instalações Hidráulicas I 4 TER - 12:30 às 13:20-13:20 às 14:10 SEX - 10: às 11:30-11:30 às 12:20 Disciplina 71749: Instalações Hidráulicas 1 (Turma 2) ACD Apoio Acadêmico 2 Apoio acadêmico na orientação de alunos em Trabalhos de Conclusão de Curso, alunos de especialização e mestrado. Elaboração de artigos e atividades acadêmicas. ADM Atividade Administrativa 2 Apoio administrativo na participação de comissão em processos internos. PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 6 Planejamento, preparação de aulas e avaliação de trabalhos discentes, como: projetos de instalações hidráulicas (água fria, água quente, gás canalizado, esgoto sanitário e águas pluviais) e de hidráulica aplicada e hidrologia. Rubrica do Diretor Pag 8 de /01/ :22

9 ALFREDO AKIRA OHNUMA JUNIOR PSQ Pesquisa 20 1) Projeto de Pesquisa sobre Manejo de Águas Pluviais em Meio Urbano com monitoramento do sistema de captação e reservação em diferentes volumes, sendo: first flush, reservatório, precipitação direta e volume morto. A pesquisa envolve 02 alunos bolsistas de graduação (EIC e Monitoria) + 01 aluno de mestrado. Paricipação do Projeto MAPLU com financiamento CNPq/FINEP. 2) Projeto de Pesquisa em Rede de Bacias Exerimentais e Representativas com análise de indicadores socio-ambientais da bacia do Rio Morto e Rio Macaranã. O projeto envolve 01 aluno de pós-graduação lato-senso + 01 aluno de mestrado. Paricipação do Projeto REDE BRUM com financiamento CNPq/FINEP. Rubrica do Diretor Pag 9 de /01/ :22

10 AMAURI RIBEIRO DESTRI ACD Apoio Acadêmico 0 ADM Atividade Administrativa 0 AFT Afastamento O Professor encontra-se em licença prêmio com vistas a aposentadoria. PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 0 PSQ Pesquisa 0 Rubrica do Diretor Pag 10 de /01/ :22

11 ANA CRISTINA CASTRO FONTENLA SIEIRA CAAM ACD Apoio Acadêmico 0 ADM Atividade Administrativa 0 AFT Afastamento 72 - licença para tratamento de saúde PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 0 PSQ Pesquisa 0 Rubrica do Diretor Pag 11 de /01/ :22

12 ANDRÉ LUIZ CARVALHO CARDOSO DCCT Arquitetura II 8 QUA - 10: às 11:30-11:30 às 12:20-12:30 às 13:20-13:20 às 14:10 QUI - 10: às 11:30-11:30 às 12:20-12:30 às 13:20-13:20 às 14:10 Desenvolvimento de um projeto de arquitetura de pequeno porte compreendendo atividades multidisciplinares necessárias a implementação do projeto de uma edificação. DCCT Urbanismo 4 SEG - 12:30 às 13:20-13:20 às 14:10 TER - 12:30 às 13:20-13:20 às 14:10 Fornecer os conhecimentos necessários para conhecer e avaliar as questões relativas à "cidade" ( notadamente as cidades brasileiras com enfoque maior para o Rio de janeiro), bem como o processo de evolução urbana e os principais instrumentos de controle urbanístico disponíveis. ACD Apoio Acadêmico 10 Orientação de dois trabalhos de conclusão de curso e demais alunos quanto quanto a definição acadêmica. ADM Atividade Administrativa 2 Apoioo administrativo ao DCCT//UERJ PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 6 Preparação de aulas, exercícios e avaliações e correções de atividades correlatas as disciplinas. PSQ Pesquisa 10 Elaboração de um projeto de pesquisa e extensão incluindo a criação de um Laboratório de Socioambiental de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (LSECAU) na UERJ com a configuração de um Escritório Modelo para o curso de Engenharia Civil. Rubrica do Diretor Pag 12 de /01/ :22

13 ANDRE RIBEIRO DE OLIVEIRA DEIN Gerenciamento da Qualidade na Produção 4 TER - 7:50 às 8: - 8:50 às 9: - 9: às 10:30-10: às 11:30 Preparação do conteúdo programático visto em sala de aula Atividade docente em sala de aula Apresentação de casos práticos em sala de aula Divulgação de tarefas vinculadas aos conceitos vistos em sala de aula Orientação dos alunos na elaboração das tarefas práticas Correção parcial das tarefas práticas, retorno aos alunos Aplicação de provas Correção de provas Lançamento das notas no sistema da Universidade DEIN Projeto do Empreendimento 4 SEG - 15:10 às 16:00-16:10 às 17:00-17:00 às 17:50-18:00 às 18:45 Preparação do conteúdo programático visto em sala de aula Atividade docente em sala de aula Apresentação de casos práticos em sala de aula Divulgação de tarefas vinculadas aos conceitos vistos em sala de aula Orientação dos alunos na elaboração das tarefas práticas Correção parcial das tarefas práticas, retorno aos alunos Aplicação de provas Correção de provas Lançamento das notas no sistema da Universidade Rubrica do Diretor Pag 13 de /01/ :22

14 ANDRE RIBEIRO DE OLIVEIRA EXT Extensão 8 Condução de projetos de Extensão: FAPERJ - Oficina de Plano de Negócios da bancada de pesquisa para o mercado (processo E-26/ /2012). Este projeto visa fundamentalmente, capacitar empreendedores acadêmicos (alunos, professores, pesquisadores e técnicos da UERJ e de outras universidades do Estado do Rio de Janeiro) para a elaboração de planos de negócios, como forma de comercializarem os resultados das pesquisas acadêmicas, conforme as determinações previstas nas leis de inovação, para submissão a editais de pré-incubação e incubação Aplicação do NAGI nas incubadoras da UERJ - O Núcleo de Apoio à Gestão da Inovação/NAGI realizado pela Poli- USP e financiado com recursos Finep, no âmbito do Programa Nacional de Sensibilização e Mobilização para Inovação (Pró-Inova) e da Mobilização Empresarial para a Inovação (MEI). A partir do evento de apresentação do NAGI realizado no Parque Tecnológico da COPPE em agosto de 2013, foi realizada uma parceria com a UERJ em que será possível levar as atividades do NAGI às empresas que fazem parte das incubadoras da UERJ. O projeto visa capacitar e apoiar empresas na introdução ou no aprimoramento do sistema de gestão da inovação e insere-se no esforço do País para aumentar a competitividade das empresas brasileiras através de maior inovação. O projeto compreende uma etapa de diagnóstico da capacidade de inovação da empresa, a elaboração de um plano de inovação para a empresa, no contexto de seu sistema empresarial de inovação, e acompanhamento da implantação do plano. Acompanhamento dos projetos realizados pelas incubadoras da UERJ e suas incubadas PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 4 Preparação do conteúdo programático visto em sala de aula Divulgação de tarefas vinculadas aos conceitos vistos em sala de aula Orientação dos alunos na elaboração das tarefas práticas Correção parcial das tarefas práticas, retorno aos alunos Aplicação de provas Correção de provas PSQ Pesquisa 20 Orientação de um bolsista de iniciação científica (PIBIT) no projeto Avaliação dos Principais Aspectos de Gestão de Incubadoras de Base Tecnológica Orientação de um bolsista de iniciação científica (PIBIC) no projeto de Elaboração de Material Institucional para Oficina de Plano de Negócios Participação no projeto Programa de Extensão Observatório de Negócios Inovadores - ONI/UERJ Elaboração de artigos científicos para publicação Rubrica do Diretor Pag 14 de /01/ :22

15 ANDRE RIBEIRO DE OLIVEIRA ACD Apoio Acadêmico 4 Apoio acadêmico aos alunos de graduação em questões afetas a inscrição de disciplinas (inscrições fora do período letivo, quebra de pré-requisito, isenção de disciplinas, desligamento, revalidação de matrícula, etc. Divulgação de oportunidades acadêmicas e profissionais ao corpo discente Participação em Feiras de Estágio, buscando aproximar os alunos das empresas Apoio ao aluno (fora da sala de aula) em relação ao seu encaminhamento profissional e acadêmico Apoio ao aluno de intercâmbio (interno) no que concerne à escolha da Universidade estrangeira, na inscrição de disciplinas Apoio ao aluno de intercâmbio (estrangeiro) no que concerne às disciplinas oferecidas pela UERJ e os programas de iniciação científica e de pesquisa conduzidos pelos demais docentes Apoio acadêmico na reforma curricular Edição e avaliação de artigos científicos da Revista Gestão e Operações Produtivas ADM Atividade Administrativa 8 Auxiliar a coordenação acadêmica da Faculdade de Engenharia nas questões específicas aos alunos da Engenharia Industrial. Apoiar o chefe e subchefe de departamento nas tarefas administrativas do Departamento de Engenharia Industrial Auxiliar na organização e conteúdo a ser tratado nas reuniões do Departamento Negociação e preparação de acordos de cooperação técnica com outras instituições de pesquisa Elaboração de edital e condução das atividades relacionadas a concursos para docentes Inscrição de alunos no ENADE Divulgação da lista de alunos inscritos, regulares e irregulares no ENADE Atualização das informações no site do ENADE 52 Rubrica do Diretor Pag 15 de /01/ :22

16 ANTONIO GUILHERME GARCIA LIMA ELE Geração de Energia Elétrica 5 TER - 13:20 às 14:10-14:20 às 15:10-15:10 às 16:00-16:10 às 17:00-17:00 às 17:50 ELE Materiais Elétricos e Magnéticos 6 TER - 18:00 às 18:45-18:45 às 19:30 SEX - 16:10 às 17:00-17:00 às 17:50-18:00 às 18:45-18:45 às 19:30 PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 6 Preapração de aula PSQ Pesquisa 0 ACD Apoio Acadêmico 3 Orientação de Projeto de Graduação ADM Atividade Administrativa 20 Diretor da IX Incubadora Rubrica do Diretor Pag 16 de /01/ :22

17 ANTONIO MARCOS DUARTE JUNIOR DEIN Gestão Financeira da Produção 3 SEX - 10: às 11:30-11:30 às 12:20-12:30 às 13:20 Atividade docente: aulas teóricas, apresentações, estudos de caso, aulas de exercícios e provas. DEIN Métodos Quantitativos Aplicados em Produção I 3 QUA - 10: às 11:30-11:30 às 12:20-12:30 às 13:20 Atividade docente: aulas teóricas, apresentações, estudos de caso, aulas de exercícios e provas. DEIN Tópicos Especiais em Engenharia Econômica 3 QUA - 15:10 às 16:00-16:10 às 17:00-17:00 às 17:50 Atividade docente: aulas teóricas, apresentações, estudos de caso, aulas de exercícios e provas. DEIN Tópicos Especiais em Engenharia Financeira 3 SEX - 15:10 às 16:00-16:10 às 17:00-17:00 às 17:50 Atividade docente: aulas teóricas, apresentações, estudos de caso, aulas de exercícios e provas. ACD Apoio Acadêmico 4 Orientação de monografias de alunos de graduação em conclusão de curso, orientação a alunos para produção de artigos e submissão a congressos acadêmicos, e orientação a alunos sobre encaminhamento acadêmico (mestrado) e profissional. ADM Atividade Administrativa 0 Atividade docente na Pós-graduação em Engenharia Econômica no departamento (DEIN) na disciplina Métodos de Previsão: aulas teóricas, apresentações, aulas de exercício e provas. PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 6 Preparação de conteúdo programático de quatro disciplinas na Graduação e uma disciplina na Pós-graduação (lato sensu). Rubrica do Diretor Pag 17 de /01/ :22

18 ANTONIO MARCOS DUARTE JUNIOR PSQ Pesquisa 18 Desenvolvimento de pesquisa acadêmica nas áreas de pesquisa operacional, estatística e finanças aplicadas. A descrição detalhada destas atividades está no meu Currículo Lattes no portal do CNPq. Rubrica do Diretor Pag 18 de /01/ :22

19 ANTONIO RIBEIRO SANTANA FILHO Carga Horária Contratual: 20 DCCT Sistemas de Transportes I 5 SEG - 17:00 às 17:50-18:00 às 18:45-18:45 às 19:30 QUA - 18:00 às 18:45-18:45 às 19:30 Capacita os alunos a compreender os problemas de transportes e a buscar suas soluções de maneira científica e sistêmica através das atividades da Engenharia de Transportes, tais como planejamento, projeto, construção e operação. PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 3 Preparação de aulas, exercícios e avaliações e correções de atividades correlata a disciplina. PSQ Pesquisa 0 ACD Apoio Acadêmico 10 Orientação de 04 (quatro) trabalhos de conclusão de curso e no caso de atividades acadêmicas dos demais alunos do de Engenharia Civil. ADM Atividade Administrativa 2 Apoio administrativo as tarefas do DCCT//UERJ. 20 Rubrica do Diretor Pag 19 de /01/ :22

20 ANTONIO ROMEIRO SAPIENZA DETEL Microondas I 5 TER - 10: às 11:30-11:30 às 12:20 QUI - 11:30 às 12:20-12:30 às 13:20-13:20 às 14:10 Terça-Feira: Aula teórica na sala 5024-F Quinta-Feira: Aula teórica na sala 5097-F DETEL Antenas e Propagação I 3 QUI - 16:10 às 17:00-17:00 às 17:50-18:00 às 18:45 Aula teórica 5058-F (turma 1) POS- STRICTO SENSU POS.SS0005 Pós Stricto Sensu 05 4 QUA - 8:50 às 9: - 9: às 10:30-10: às 11:30-11:30 às 12:20 Aula na Sala 1 do Laboratório de Engenharia Elétrica PSQ Pesquisa 10 Em conformidade com o BPC ACD Apoio Acadêmico 3 - Orientação de 2 alunos de mestrado ADM Atividade Administrativa 8 - Participação das reuniões do departamento - Coordenador Adjunto do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Eletrônica (PEL) Rubrica do Diretor Pag 20 de /01/ :22

21 ANTONIO ROMEIRO SAPIENZA PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 7 -Planejamento das atividades docentes -Atendimento -Avaliação de provas e trabalhos Rubrica do Diretor Pag 21 de /01/ :22

22 ARMANDO PRESTES DE MENEZES FILHO ESTR Fundações e Obras de Terra I 5 TER - 18:00 às 18:45-18:45 às 19:30 QUI - 12:30 às 13:20-13:20 às 14:10-14:20 às 15:10 Disciplina de graduação do nono período - 22 alunos ESTR Mecânica dos Solos I 6 TER - 13:20 às 14:10-14:20 às 15:10 QUA - 16:10 às 17:00-17:00 às 17:50 QUI - 11:30 às 12:20 SEX - 12:30 às 13:20 4 turmas de Disciplina de graduação do sétimo período -T1-14 alunos T2-13 alunos T3-15 alunos T4-16 alunos ESTR Mecânica dos Solos II 1 SEX - 15:10 às 16:00 Disciplina de graduação do oitavo período - T4-15 alunos PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 7 Preparação, planejamento das atividades docentes e avaliação dos trabalhos discentes PSQ Pesquisa 10 Carga horária inicial alocada pelo Depesq/Sr2, por meio do BPC. Dados obtidos do currículo lates do docente CV: ADM Atividade Administrativa 2 Participação em reuniões do colegiado. ACD Apoio Acadêmico 5 Orientação de alunos de graduação AND Atividade Não Declarada 4 Geotecnica disciplina de graduação t1 50 alunos horario 3 feira t4-t5 6 feira t4-t5 Rubrica do Diretor Pag 22 de /01/ :22

23 ARMANDO PRESTES DE MENEZES FILHO Rubrica do Diretor Pag 23 de /01/ :22

24 ARNALDO VIEIRA DA ROCHA FILHO COMPUT Introdução ao Processamento de Dados 4 SEG - 8:50 às 9: - 9: às 10:30 QUA - 8:50 às 9: - 9: às 10:30 DESC Engenharia de Sistemas B 2 SEG - 12:30 às 13:20-13:20 às 14:10 PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 3 Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho Discente. PSQ Pesquisa 0 ADM Atividade Administrativa 20 Chefia do Departamento de Engenharia de Sistemas e Computação. ACD Apoio Acadêmico 11 Participação no Projeto de Reforma Curricular do Curso de Engenharia da Computação (7 hs) Disponibilidade para orientação acadêmica (4 hs). Rubrica do Diretor Pag 24 de /01/ :22

25 BERNADETE RAGONI DANZIGER ESTR Fundações e Obras de Terra II 4 TER - 7:00 às 7:50-7:50 às 8: QUI - 7:00 às 7:50-7:50 às 8: Disciplina de graduação do décimo período - 25 alunos ESTR Fundações II 5 TER - 8:50 às 9: - 9: às 10:30-10: às 11:30 QUI - 11:30 às 12:20-12:30 às 13:20 Disciplina de graduação do décimo período - 13 alunos POS- STRICTO SENSU POS.SS0001 Pós Stricto Sensu 01 3 QUA - 8:50 às 9: - 9: às 10:30-10: às 11:30 Fundações Especiais POS.SS0002 Pós Stricto Sensu 02 1 QUI - 14:20 às 15:10 Investigações Geotécnicas de Campo ADM Atividade Administrativa 0 ACD Apoio Acadêmico 0 PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 7 Preparação, planejamento das atividades docentes e avaliação dos trabalhos discentes PSQ Pesquisa 20 Carga alocada e autorizada pelo Depesq/Sr2, por meio do BPC. Pesquisadora do CNPq 1D, Procientista Dados obtidos do currículo lates do docente CV: Rubrica do Diretor Pag 25 de /01/ :22

26 BERNADETE RAGONI DANZIGER Rubrica do Diretor Pag 26 de /01/ :22

27 CARLOS ALBERTO BIOLCHINI DA SILVA MECAN Desenho de Máquinas 4 SEG - 7:00 às 7:50-7:50 às 8: - 8:50 às 9: - 9: às 10:30 MECAN Mecanismos e Dinâmica das Máquinas 4 SEG - 13:20 às 14:10-14:20 às 15:10 TER - 17:00 às 17:50-18:00 às 18:45 MECAN Máquinas Térmicas e Hidráulicas I 2 TER - 7:00 às 7:50-7:50 às 8: PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 6 Preparação de aulas das disciplinas de máquinas térmicas e hidráulicas, mecanismo e dinâmica das máquiinas e desenho de máquinas. PSQ Pesquisa 0 ADM Atividade Administrativa 10 Coordenação da área de Fenômenos de Transportes, que engloba as disciplinas de Fenômenos de Transpotes, Mecânica dos Fluidos, Dinâmica dos Fluidos e Máquinas Térmicas e Hidráulicas. ACD Apoio Acadêmico 14 No apoio acadêmico oriento diversos projetos de graduação na área de fabricação e projetos mecânicos. No semestre presente estou orientando um projeto. Participo também de banca de projeto de graduação. Rubrica do Diretor Pag 27 de /01/ :22

28 CARLOS ALEXANDRE DA SILVA PRADO DEIN Planejamento e Controle da Produção I 6 QUA - 7:00 às 7:50-7:50 às 8: - 8:50 às 9: - 18:45 às 19:30-19:35 às 20:20-20:20 às 21:05 Atividades docente em sala de aula. Apresentação dos principais referenciais bibliográficos. Aulas expositivas sobre o conteúdo programático abordando, entre outros: Conceitos básicos de Sistemas de Produção. Sistemas de administração de ordens. Programação e controle da produção. Sistemas puxados e empurrados. Planejamento de Necessidades de Materiais. Planejamento de Recursos de Manufatura. Realização de seminários e discussões de temas com os alunos. Coordenação de apresentação de trabalhos sobre assuntos relativos à disciplina. Visita a fábricas e instalações de serviços para ilustrar os conceitos de sala de aula. DEIN Planejamento e Controle da Produção II 3 SEG - 7:00 às 7:50-7:50 às 8: - 8:50 às 9: Atividades docente em sala de aula. Apresentação dos principais referenciais bibliográficos. Aulas expositivas sobre o conteúdo programático abordando, entre outros: Sequenciamento de produção. Programação finita de produção. Conceitos básicos de manufatura enxuta. Sistema Toyota de Produção. Teoria das restrições. Programação com Kanban. Programação Tambor-Pulmão-Corda. Sistemas Híbridos de programação de produção. Realização de seminários e discussões de temas com os alunos. Coordenação de apresentação de trabalhos sobre assuntos relativos à disciplina. Visita a fábricas e instalações de serviços para ilustrar os conceitos de sala de aula. DEIN Tópicos Especiais em Logística 3 TER - 19:35 às 20:20-20:20 às 21:05-21:10 às 21:55 Atividades docentes em sala de aula. Apresentação dos principais referenciais bibliográficos. Aulas expositivas e práticas sobre o conteúdo programático abordando, entre outros: Logística de transporte. Custos logísticos. Logística aplicada a serviços. Programação Logística. Gestão de demanda. Gestão de estoques. Realização de jogo simulado de negócios, levando os alunos a experimentarem situações práticas do mercado de trabalho na área de logística. Realização de seminários e discussões de temas com os alunos. Coordenação de apresentação de trabalhos sobre assuntos relativos à disciplina. Visita a fábricas e instalações de serviços para ilustrar os conceitos de sala de aula. PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 6 Preparação de material didático. Elaboração de exercícios e casos práticos para discussão em sala de aula. Realização de visitas guiadas a empresas para apresentação de aplicação prática dos conceitos discutidos. Orientação dos alunos sobre os temas das disciplinas ministradas e sua aplicação em situações reais. Elaboração de provas. Correção de provas. Proposição de trabalhos de campo. Correção e discussão de trabalhos. Coordenação de seminários internos às disciplinas. Lançamento de notas e frequências. PSQ Pesquisa 0 Rubrica do Diretor Pag 28 de /01/ :22

29 CARLOS ALEXANDRE DA SILVA PRADO ACD Apoio Acadêmico 12 Orientação de alunos em trabalhos de conclusão de curso nos temas relacionados a: gestão de produção, planejamento e controle da produção, logística, gestão de processos de negócio, gestão de riscos empresariais, sistemas integrados de gestão, gestão de tecnologia da informação. Coordenação da ênfase relativa a Gestão de Operações com orientação docente e discente sobre os conteúdos programáticos, integração entre disciplinas, avaliação de resultados dos alunos, avaliação curricular. Apoio ao processo de inscrição em disciplinas, com orientação aos alunos sobre trajetória de carreira, oportunidades, abrangência das disciplinas, relação da disciplina com o perfil e interesse do aluno e com as oportunidades do mercado de trabalho. Apoio à reforma curricular e à implantação do novo currículo. ADM Atividade Administrativa 10 Apoio à chefia do departamento em tarefas administrativas necessárias ao funcionamento do Departamento de Engenharia Industrial. Auxílio à preparação e documentação das reuniões de departamento. Desenvolvimento de ações visando o estabelecimento de parcerias com empresas e instituições de interesse, que possibilitem aporte de conhecimento às atividades do departamento e que gerem oportunidades de emprego aos alunos e de realização de atividades práticas como parte do conteúdo programático das disciplinas. Rubrica do Diretor Pag 29 de /01/ :22

30 CARLOS CEZAR DE LA PLATA RUIZ MECAN Elementos de Máquinas I 5 SEG - 18:45 às 19:30-19:35 às 20:20-20:20 às 21:05 SAB - 7:00 às 7:50-7:50 às 8: MECAN Mecânica Aplicada I 4 TER - 16:10 às 17:00-17:00 às 17:50 QUA - 13:20 às 14:10-14:20 às 15:10 MECAN Mecânica Técnica 4 SEG - 17:00 às 17:50-18:00 às 18:45 TER - 14:20 às 15:10-15:10 às 16:00 POS- STRICTO SENSU POS.SS0001 Pós Stricto Sensu 01 3 SEX - 16:10 às 17:00-17:00 às 17:50-18:00 às 18:45 PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 9 Preparação de aulas, provas, trabalhos e correções. PSQ Pesquisa 0 ADM Atividade Administrativa 2 Apoio administrativo e reuniões. ACD Apoio Acadêmico 13 (1) Revisão e ampliação de material didático de Elementos de Máquinas, inclusive com algoritmos computacionais para solução de problemas de projetos de máquinas; (2) Elaboração de material didático de Mecânica Técnica, disponibilizada para os alunos e visando uma futura publicação. (3) Desenvolvimento de software para análise de sistemas equivalentes de forças, centroides e baricentros e momentos de inércia; (4) Orientação de projeto de graduação. Rubrica do Diretor Pag 30 de /01/ :22

31 CARLOS CEZAR DE LA PLATA RUIZ Rubrica do Diretor Pag 31 de /01/ :22

32 CARLOS EDUARDO DOS SANTOS LEAL ELE Eletromagnetismo I 5 SEG - 12:30 às 13:20-13:20 às 14:10-14:20 às 15:10-15:10 às 16:00-16:10 às 17:00 ELE Eletromagnetismo II 5 QUI - 12:30 às 13:20-13:20 às 14:10-14:20 às 15:10-15:10 às 16:00-16:10 às 17:00 ELE Materiais Elétricos e Magnéticos 4 SEX - 12:30 às 13:20-13:20 às 14:10-14:20 às 15:10-15:10 às 16:00 PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 8 Preparação de aula Rubrica do Diretor Pag 32 de /01/ :22

33 CARLOS EDUARDO DOS SANTOS LEAL PSQ Pesquisa 10 Programa Nas Ondas do Ambiente função: Coordenador Acadêmico desde 2011 O Programa Nas Ondas do Ambiente NOA, iniciado em 2007, é fruto da parceria entre a Secretaria de Estado do Ambiente através da Superintendência de Educação Ambiental (SEA/SEAM), a Secretaria de Estado de Educação (SEEDUC) e a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com recursos do Fundo Estadual de Conservação Ambiental e Desenvolvimento Urbano FECAM para o fortalecimento da Educação Ambiental por meio da Educomunicação em unidades escolares da rede estadual pública de ensino médio e em comunidades urbanas, rurais e tradicionais no Estado do Rio de Janeiro. O Programa NOA consiste de um conjunto integrado de atividades de Educação Ambiental tendo como base a Capacitação em Técnicas Radiofônicas, web rádio e ttemas socioambientais para professores e alunos da rede de ensino público do Estado do Rio de Janeiro, assim como, para agentes ambientais e lideranças comunitárias de comunidades em situação de vulnerabilidade cultural, econômica e social, e que vivam em locais de especial interesse socioambiental, tais como: comunidades urbanas pacificadas ou comunidades do Mosaico Mata Atlântica. No contexto da Educomunicação, o Programa NOA despontou como um trabalho pioneiro no país, visto que pela primeira vez uma Secretaria de Estado adotou como política pública a metodologia da Educomunicação como meio de capacitação de comunidades e de unidades escolares para a discussão e o enfrentamento dos problemas ambientais locais. Ao associar processos participativos com educação popular, utilizando as chamadas TIC s (tecnologias de informação e comunicação), projetos de Educomunicação como o Nas Ondas do Ambiente desempenham um relevante papel na capacitação da população para sua participação na vida pública e no exercício do controle social. Além disso, Programa NOA estimula a promoção do intercâmbio entre rádios comunitárias e rádios escolares (físicas e/ou no formato web rádio) de modo a incentivar a participação cidadã e a mobilização das comunidades em busca de soluções para os problemas que as afetam direta e/ou indiretamente. ACD Apoio Acadêmico 6 Orientação de alunos em Projeto de Monografia ADM Atividade Administrativa 2 Reunião do Departamento Rubrica do Diretor Pag 33 de /01/ :22

34 CELINA AIDA BITTENCOURT SCHMIDT ACD Apoio Acadêmico 0 ADM Atividade Administrativa Coordenação de Unidade Administrativa - CIDES/NIESC-VR PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 0 PSQ Pesquisa 0 Rubrica do Diretor Pag 34 de /01/ :22

35 CLAUDIO IVANOF LUCAREVSCHI PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 0 PSQ Pesquisa 0 ADM Atividade Administrativa 0 ACD Apoio Acadêmico 0 AFT Afastamento 1 - Cedido a outra Instituição (Carga horária integral); 2 - Aposentadoria a partir de 23/05/2014, através do Processo E-26/007/996/2014, publicada no DOERJ em 23/05/2014, página 44, coluna 2. Rubrica do Diretor Pag 35 de /01/ :22

36 CLAUDIO JOÃO BARRETO DOS SANTOS Carga Horária Contratual: 20 CARTO Desenho Cartográfico 5 QUI - 18:45 às 19:30-19:35 às 20:20-20:20 às 21:05-21:10 às 21:55-21:55 às 22: A disciplina é ministrada de acordo com sua respectiva ementa. CARTO Introdução à Engenharia de Sistemas 3 SEG - 18:00 às 18:45-18:45 às 19:30-19:35 às 20:20 A disciplina é ministrada de acordo com sua respectiva ementa. CARTO Mat Cartog/Confec do Orig Cart 4 SEX - 18:00 às 18:45-18:45 às 19:30-19:35 às 20:20-20:20 às 21:05 A disciplina é ministrada de acordo com sua respectiva ementa. PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 7 Preparação e planejamento das atividades acadêmicas e pedagógicas. PSQ Pesquisa 0 ADM Atividade Administrativa 0 ACD Apoio Acadêmico 1 Apoio acadêmico. 20 Rubrica do Diretor Pag 36 de /01/ :22

37 CRISTIANA BARBOSA BENTES DESC Tópicos Especiais em Sistemas e Computação B 4 QUA - 9: às 10:30-10: às 11:30-11:30 às 12:20-12:30 às 13:20 Professor da disciplina. DESC Projeto de Ambiente Computacional 2 QUI - 15:10 às 16:00-16:10 às 17:00 Professor da disciplina. DESC Arquitetura de Sistemas Operacionais 4 QUA - 13:20 às 14:10-14:20 às 15:10 QUI - 12:30 às 13:20-13:20 às 14:10 Professor da disciplina. PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 6 Atividade de Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho Discente. PSQ Pesquisa 20 Carga horária dedicada a atividades de pesquisa autorizadas pela SR-2. ACD Apoio Acadêmico 4 Disponibilidade para orientação de alunos: Orientação de projeto de graduação e participação em banca de projeto de graduação. ADM Atividade Administrativa 0 Rubrica do Diretor Pag 37 de /01/ :22

38 CYRO ALVES BORGES JUNIOR MECAN Planejamento e Controle de Produção 4 SEG - 16:10 às 17:00-17:00 às 17:50 QUI - 14:20 às 15:10-15:10 às 16:00 Atividade docente em aulas teóricas. Apresentação e coordenação de debates em sala. Orientação de leituras complementares. Visitas Técnicas em empresas industriais. DEIN Tópicos Especiais em Produção 2 SEX - 18:00 às 18:45-18:45 às 19:30 Atividade docente em aulas teóricas. Apresentação e coordenação de debates em sala. Orientação de leituras complementares. Visitas Técnicas em empresas industriais. PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 3 Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho. Preparação de material didático. Elaboração de exercícios e casos préticos para discussão em sala de aula. Elaboração de provas. Correção de provas. Lançamento de notas e frequências PSQ Pesquisa 10 Pesquisas na área de Engenharia de Produção relacionadas a: Processo construtivo: Construção Enxuta. Melhoria da Produtividade. Orientação de pós-graduação acadêmica e especialização. ADM Atividade Administrativa 18 Chefia do Departamento de Engenharia Industrial ACD Apoio Acadêmico 0 AND Atividade Não Declarada 10 Coordenação do Curso de Especialização de Engenharia Econômica. Atividade não remunerada. Rubrica do Diretor Pag 38 de /01/ :22

39 CYRO ALVES BORGES JUNIOR Rubrica do Diretor Pag 39 de /01/ :22

40 DANIELE MAIA BILA DESMA Projeto de Graduação IV-B 2 TER - 14:20 às 15:10-15:10 às 16:00 POS- STRICTO SENSU POS.SS0007 Pós Stricto Sensu 07 4 QUA - 7:50 às 8: - 8:50 às 9: - 9: às 10:30-10: às 11:30 PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 3 Preparação de aulas para a graduação e pós-graduação. Correção de provas e trabalhos PSQ Pesquisa 20 Carga horária de Pesquisa autorizada pelo BPC. Procientista da UERJ, Pesquisador nivel 2 do CNPq e Jovem Cientisa do Nosso Estado da FAPERJ. Coordenação de projetos de pesquisa: -Estudo de caracterização da composição química, da tratabilidade e avaliação da toxicidade de lixiviados de aterros sanitários do RJ. FAPERJ E-26/ / Jovem Cientista do Nosso Estado. Financiamento: FAPERJ -Aprimoramento da Infraestrutura de Laboratórios para Ensino e Pesquisa no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental (Peamb//UERJ) Visando a Remediação de Áreas Contaminadas Faperj E-26/ /2011. Financiamento: FAPERJ -Avaliação da Qualidade das Águas Superficiais do Rio de Janeiro Quanto a Presença de Micropoluentes, Atividade estrogênica e Toxicidade. Processo n.º /2013. Financiamento: FAPERJ -Micropoluentes em Água: Identificação, Avaliação da Atividade Estrogênica e Remoção por Processos de Separação por Membranas. Processo n.º /2014. Financiamento: FAPERJ. Parecerista de revistas cientificas nacionais e internacionais e parecerista adoc de agências de fomento (CNPq e FAPERJ) Integrante de projetos de pesquisa coordenado por professores da UERJ e outras instituições de ensino, tais como ENSP/Fiocruz, UFRJ e UENF. Financiamento: FINEP, FUNASA, CNPq e FAPERJ Coordenação de projeto de cooperação inernacional com o Uruguai: -Desenvolvimento de métodos in vitro e in vivo para detectar xenoestrogenos em ambientes aquáticos. Programa de Cooperação Internacional Capes/Udelar. Processo no. 059/2013. Cooperação internacional. Financiamento: CAPES Orientação de alunos de iniciação cientifica (Bolsa CNPq e UERJ), alunos de mestrado e doutorado (co-orientação com programas de pós-graduação da UFF e UFRJ), bolsistas de apoio técnico (Programa PROATEC/UERJ) Coordenador da área Engenharias do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica da UERJ Rubrica do Diretor Pag de /01/ :22

41 DANIELE MAIA BILA ADM Atividade Administrativa 11 Coordenação do Programa de pós-graduação em Engenharia Ambiental - PEAMB Chefia do Laboratório de Engenharia Sanitária - local para aulas para graduação, especialização e pós-graduação e desenvolvimento de projeto de pesquisa de docentes do DESMA ACD Apoio Acadêmico 0 Rubrica do Diretor Pag 41 de /01/ :22

42 DAVID MARTINS VIEIRA ELE Circuitos Elétricos III 4 SEG - 15:10 às 16:00-16:10 às 17:00 TER - 12:30 às 13:20-13:20 às 14:10 ELE Conversão Eletromecânica de Energia II 6 SEG - 13:20 às 14:10-14:20 às 15:10 TER - 8:50 às 9: - 9: às 10:30 QUA - 10: às 11:30-11:30 às 12:20 ELE Máquinas Elétricas II 4 SEX - 11:30 às 12:20-12:30 às 13:20-13:20 às 14:10-14:20 às 15:10 ELE Eletrotécnica II 4 SEG - 10: às 11:30-11:30 às 12:20 TER - 10: às 11:30-11:30 às 12:20 PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 10 Preparação de aulas PSQ Pesquisa 0 ACD Apoio Acadêmico 6 Orientação a alunos em Projeto de Monografia ADM Atividade Administrativa 2 Reuniões do Departamento 36 Rubrica do Diretor Pag 42 de /01/ :22

43 DENISE MARIA SOARES GERSCOVICH ESTR Mecânica dos Solos II 5 SEG - 10: às 11:30-11:30 às 12:20 TER - 11:30 às 12:20-12:30 às 13:20 QUI - 14:20 às 15:10 Disciplina de graduação do oitavo período - 96 alunos POS- STRICTO SENSU POS.SS0003 Pós Stricto Sensu 03 2 QUI - 12:30 às 13:20-13:20 às 14:10 Investigações Geotécnicas de Campo POS.SS0001 Pós Stricto Sensu 01 3 SEG - 15:10 às 16:00-16:10 às 17:00-17:00 às 17:50 Estudo Orientado em Geotecnia I Turma 1 POS.SS0002 Pós Stricto Sensu 02 3 QUA - 15:10 às 16:00-16:10 às 17:00-17:00 às 17:50 Fundamentos Geotécnicos PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 7 Preparação, planejamento das atividades docentes e avaliação dos trabalhos discentes PSQ Pesquisa 20 Carga alocada e autorizada pelo Depesq/Sr2, por meio do BPC. Pesquisadora do CNPq 2, Procientista Dados obtidos do currículo lates do docente ADM Atividade Administrativa 0 ACD Apoio Acadêmico 0 Rubrica do Diretor Pag 43 de /01/ :22

44 DENISE MARIA SOARES GERSCOVICH Rubrica do Diretor Pag 44 de /01/ :22

45 EDUARDO LEAL DE OLIVEIRA DCCT Estradas e Transportes I 6 QUI - 14:20 às 15:10-15:10 às 16:00-16:10 às 17:00 SAB - 7:00 às 7:50-7:50 às 8: - 8:50 às 9: Avaliar diferentes modos de transportes quanto a sua melhor adequação ao transporte de cargas ou passageiros face às características da ligação e a respectiva relação benefício/custo. DCCT Engenharia de Custos 3 QUA - 7:00 às 7:50-7:50 às 8: - 8:50 às 9: Transmitir os conhecimentos necessários para análise operacional e comercial de projetos de construção civil, bem como a sua avaliação orçamentária, através dos conceitos de matemática financeira, análise de custos e formação de preços e viabilidade de empreendimentos. PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 5 Preparação de aulas, exercícios e avaliações e correções de atividades correlatas as disciplinas. PSQ Pesquisa 20 Pesquisa: - Submissão de artigo ao periódico internacional Procedia - Social and Behavioral Sciences; aceito, aguardando publicação; - Submissão de artigo ao periódico internacional Transportation Research Part A - sob análise; - Elaboração de capítulo de livro a ser publicado pela Fundação Getúlio Vargas; - Desenvolvimento de tese de doutorado, com previsão de conclusão em ACD Apoio Acadêmico 4 Orientação ou co-orientação de 6 projetos de conclusão de curso da graduação. ADM Atividade Administrativa 2 Apoio às atividades administrativas do DCCT/. Rubrica do Diretor Pag 45 de /01/ :22

46 EDUARDO LEAL DE OLIVEIRA Rubrica do Diretor Pag 46 de /01/ :22

47 EDUARDO MONTEIRO MARTINS DESMA Introdução à Engenharia Ambiental 8 TER - 12:30 às 13:20-13:20 às 14:10-14:20 às 15:10-15:10 às 16:00 QUI - 12:30 às 13:20-13:20 às 14:10-14:20 às 15:10-15:10 às 16:00 POS- STRICTO SENSU POS.SS0001 Pós Stricto Sensu 01 3 QUA - 7:50 às 8: - 8:50 às 9: - 9: às 10:30 Controle e tratamento das emissões atmosféricas POS.SS0002 Pós Stricto Sensu 02 2 QUA - 10: às 11:30-11:30 às 12:20 Poluição Industrial e Saúde PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 7 Preparação de material didático das disciplinas de graduação e pós-graduação, correção de provas e trabalhos. PSQ Pesquisa 15 Orienteção de três alunos do programa de pós graduação em engenharia ambiental (PEAMB), co- orientação de um aluno do PEAMB. Orientação de dois alunos de estágio interno com bolsa do CETREINA. Todas as orientações são em projetos de esquisa na area de emissão de poluentes ara atmosféra, monioramento de poluentes atmosféricos e estudos cinéticos de processos químicos de formação de poluentes secundários que ocorrem na troposfera. ADM Atividade Administrativa 2 Participação da comissão de criação do curso de Doutorado em engenharia ambiental, coordenador adjunto do curso de doutorado em engenharia ambiental. particiação na comissão de seleção do programa de pós graduação em engenharia ambiental. ACD Apoio Acadêmico 3 Orientação de alunos da graduação Rubrica do Diretor Pag 47 de /01/ :22

48 EDUARDO MONTEIRO MARTINS Rubrica do Diretor Pag 48 de /01/ :22

49 ELAINE CAVALCANTE PEIXOTO BORIN ESTR Resistência dos Materiais Básica 12 SEG - 8:50 às 9: - 9: às 10:30-10: às 11:30-11:30 às 12:20-12:30 às 13:20-13:20 às 14:10 QUA - 8:50 às 9: - 9: às 10:30-10: às 11:30-11:30 às 12:20-12:30 às 13:20-13:20 às 14:10 3 turmas de disciplina de graduação do 4 período - T1 alunos, T2 35 alunos, T3 alunos PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 7 Preparação, planejamento das atividades docentes e avaliação dos trabalhos discentes PSQ Pesquisa 20 publicação em períodicos, parecer em periódicos, capítulos de livro, pesquisa em políticas públicas, desenvolvimento local, arranjos produtivos locais ADM Atividade Administrativa 1 Participação em reuniões do colegiado. ACD Apoio Acadêmico 0 Rubrica do Diretor Pag 49 de /01/ :22

50 ELAINE TOSCANO FONSECA ESTR Hiperestática I 4 SEG - 12:30 às 13:20-13:20 às 14:10 QUA - 12:30 às 13:20-13:20 às 14:10 Disciplina de graduação do sétimo período - 18 alunos ESTR Resistencia dos Materiais II 8 TER - 11:30 às 12:20-12:30 às 13:20-13:20 às 14:10-14:20 às 15:10 QUI - 11:30 às 12:20-12:30 às 13:20-13:20 às 14:10-14:20 às 15:10 duas turmas de Disciplina de graduação do quarto período - T2-36 alunos T3-21 alunos ESTR Projeto de Graduação I-B 3 QUA - 11:30 às 12:20 SEX - 11:30 às 12:20-12:30 às 13:20 2 turams de Disciplina de graduação do décimo período - T1 9 alunos T2-4 alunos PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 8 Preparação, planejamento das atividades docentes e avaliação dos trabalhos discentes PSQ Pesquisa 0 ADM Atividade Administrativa 2 Participação em reuniões do colegiado. ACD Apoio Acadêmico 10 Editoração da Revista do Departamento elaboração do curriculo do Campus de Queimados AND Atividade Não Declarada 5 Atividade não declarada Rubrica do Diretor Pag 50 de /01/ :22

51 ELISABETH RITTER DESMA Limpeza Urbana 3 QUA - 18:00 às 18:45-18:45 às 19:30-19:35 às 20:20 DESMA Projeto de Graduação IV-A 1 QUA - 17:00 às 17:50 POS- STRICTO SENSU POS.SS0001 Pós Stricto Sensu 01 4 QUA - 10: às 11:30-11:30 às 12:20-12:30 às 13:20-13:20 às 14:10 PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 4 PREPARAÇÃO DE AULAS, EXERCÍCIO, TEMAS PARA SEMINÁRIOS E PROVAS. PSQ Pesquisa 20 CARGA HORÁRIA APROVADA NO BPC. É Procientista da Uerj e pesquisadora 2 do CNPq. A docente está na coordenação de 3 projetos, com financiamento do CNPq e FAPERJ. Participa da equipe de mais 5 projetos. Publicou artigos em revistas e congressos. É editora da área de Resíduos Sólidos da Revista de Engenharia Ambiental e Sanitária. ADM Atividade Administrativa 8 A PROFESSORA É SUB-CHEFE DO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA SANITÁRIA E COORDENADORA ADJUNTA DO MESTRADO EM ENGENHARIA AMBIENTAL. É COORDENADORA DO NOVO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA. ACD Apoio Acadêmico 0 Rubrica do Diretor Pag 51 de /01/ :22

52 ELMO RODRIGUES DA SILVA DESMA Saneamento Básico 4 SEG - 14:20 às 15:10-15:10 às 16:00 QUA - 16:10 às 17:00-17:00 às 17:50 Disciplina de saneamento básico POS- STRICTO SENSU POS.SS0007 Pós Stricto Sensu 07 4 QUA - 7:50 às 8: - 8:50 às 9: - 9: às 10:30-10: às 11:30 Duas disciplinas na pós-graduação strictu sensu 1) (cód ) Tópicos especiais em controle da poluição 1: fundamentos de epidemiologia ambiental. Mestrado profissional em engenharia ambiental (PEAMB). POS.SS0008 Pós Stricto Sensu 08 3 SEX - 10: às 11:30-11:30 às 12:20-12:30 às 13:20 2) (cód. SR ) Tópicos Especiais em Monitoramento Ambiental: Gestão de Resíduos Sólidos. Doutorado multidisciplinar em meio ambiente (PPGMA). ACD Apoio Acadêmico 0 PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 6 Planejamento de atividades docentes, Preparação de aulas, provas, aulas expositivas e trabalhos práticos, avaliação discente PSQ Pesquisa 13 carga horária aprovada pelo BC. Coordenação do projeto de pesquisa: gestão de resíduos sólidos urbanos no Estado do Rio de Janeiro.: análise da siustentabilidade dos progrmas de coleta seletiva. Elaboração de artigos com resultados de esquisa, trabalhos em congresso nacionais e internacionais, publicação de livro, revisor de periódicos. Orientação de alunos de mestrado (2 alunos), doutorado (2alunos ), estágio interno (2alunos). Rubrica do Diretor Pag 52 de /01/ :22

53 ELMO RODRIGUES DA SILVA EXT Extensão 10 Coordenação de projeto de extensaão cadastrado na SR-3: Projeto Cogere: consumo sustentável e gerenciamento de resíduos. Elaboração de material didático e informativo, manutenção do site do rojeto (www.cogere.uerj.br),participação de eventos (uerj sem muros e outros), palestras, colaboração com o Progrmas Eduação ambiental com foco em resíduos sólidos realizado em parceria Sea - Inea - Seeduc - /Uerj e colaboração com o Nuredam (Núcleo de referência em educação ambiental - Faculdade de educação - UERJ). Orientação de bolsista de extensão (1 aluno). ADM Atividade Administrativa 0 Rubrica do Diretor Pag 53 de /01/ :22

54 ERLI FERREIRA FIGUEIREDO ELE Máquinas Elétricas II 3 TER - 8:50 às 9: - 9: às 10:30-10: às 11:30 ELE Conversão Eletromecânica de Energia II 4 QUI - 8:50 às 9: - 9: às 10:30-10: às 11:30-11:30 às 12:20 ELE Eletrotécnica Aplicada II 5 QUI - 13:20 às 14:10-14:20 às 15:10-15:10 às 16:00-16:10 às 17:00-17:00 às 17:50 PAT Preparação, Planejamento das Atividades Docentes e Avaliação do Trabalho 7 Preparo de aulas PSQ Pesquisa 20 Tempo de pesquisa concedido pela SR2 ADM Atividade Administrativa 1 Reuniões do Departamento ACD Apoio Acadêmico 0 Rubrica do Diretor Pag 54 de /01/ :22

ADACTO BENEDICTO OTTONI Matrícula: 00080077 Carga Horária Contratual: 40 hs/sem

ADACTO BENEDICTO OTTONI Matrícula: 00080077 Carga Horária Contratual: 40 hs/sem ADACTO BENEDICTO OTTONI Matrícula: 00080077 Sistemas de Esgoto 4 TER - 20:20 às 21:05-21:10 às 21:55 QUI - 18:00 às 18:45-18:45 às 19:30 Saneamento Geral 5 TER - 15:10 às 16:00-16:10 às 17:00-17:00 às

Leia mais

DECLARAÇÃO DE ATIVIDADES DOCENTES

DECLARAÇÃO DE ATIVIDADES DOCENTES ADRIANA LANA RAMOS 00328096 ACD Apoio Acadêmico 1 Orientação de Monografias. ADM Atividade Administrativa 29 Vice-Diretora da Faculdade de Adminiostração e Finanças. EXT Extensão 10 Coordenadora do Projeto

Leia mais

DECLARAÇÃO DE ATIVIDADES DOCENTES

DECLARAÇÃO DE ATIVIDADES DOCENTES ADRIANA LANA RAMOS 00328096 ADM Atividade Administrativa 30 Vice-Diretora da Faculdade de Administração e Finanças -. EXT Extensão 10 Coordenadora do Projeto de Extensão da Iniciativa Junior da. PAT Preparação,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA INSTITUTO POLITÉCNICO. Edital Discente 2015.2

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA INSTITUTO POLITÉCNICO. Edital Discente 2015.2 1 CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA INSTITUTO POLITÉCNICO Edital Discente 2015.2 Normas para Avaliação Global A Diretora do Instituto Politécnico, Profª. Ana Paula Ladeira, no uso de suas atribuições, e considerando

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais Especialização em Gestão Estratégica de Apresentação CAMPUS COMÉRCIO Inscrições Abertas Turma 02 --> Início Confirmado: 07/06/2013 últimas vagas até o dia: 05/07/2013 O curso de Especialização em Gestão

Leia mais

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014.

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep),

Leia mais

Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação

Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação Diretrizes curriculares nacionais e os projetos pedagógicos dos cursos de graduação Curso de Atualização Pedagógica Julho de 2010 Mediador: Adelardo Adelino Dantas de Medeiros (DCA/UFRN) Diretrizes Curriculares

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ENGENHARIA CIVIL MISSÃO DO CURSO O Curso de Engenharia Civil do CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTACIO RADIAL DE SÃO PAULO tem por missão graduar Engenheiros Civis

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS DELIBERAÇÃO Nº 006/2013 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

RESOLUÇÃO n o 35 de 16/12/2011- CAS

RESOLUÇÃO n o 35 de 16/12/2011- CAS RESOLUÇÃO n o 35 de 16/12/2011- CAS Estabelece a política de pesquisa, desenvolvimento, inovação e extensão da Universidade Positivo (UP). O CONSELHO ACADÊMICO SUPERIOR (CAS), órgão da administração superior

Leia mais

NORMAS PARA PROGRAMAS DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE FORMAÇÃO, DE PESQUISA E TECNOLÓGICA - FAPEG-I

NORMAS PARA PROGRAMAS DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE FORMAÇÃO, DE PESQUISA E TECNOLÓGICA - FAPEG-I RESOLUÇÃO N. 001/2007 ANEXO NORMAS PARA PROGRAMAS DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE FORMAÇÃO, DE PESQUISA E TECNOLÓGICA - FAPEG-I 1. Conceituação As normas relativas à concessão de Bolsas de Formação, de Pesquisa

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 009/2015 CONSUP DE 01 DE JUNHO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 009/2015 CONSUP DE 01 DE JUNHO DE 2015 RESOLUÇÃO Nº 009/2015 CONSUP DE 01 DE JUNHO DE 2015 APROVA O PROGRAMA DE APOIO À PESQUISA E INOVAÇÃO DA FACULDADE TERRA NORDESTE - FATENE O DIRETOR GERAL DA FACULDADE TERRA NORDESTE - FATENE, no uso de

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão Curso: Engenharia Civil SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Civil da UNESA tem por missão formar Engenheiros Civis com sólida formação básica e profissional, alinhada com as diretrizes

Leia mais

PRÓ-DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU - PROPESP POLÍTICA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU

PRÓ-DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU - PROPESP POLÍTICA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU PRÓ-DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU - PROPESP POLÍTICA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU A Pesquisa e a Pós-Graduação Stricto Sensu são atividades coordenadas por uma mesma

Leia mais

PROPOSTA REFERENTE AO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE ANÁLISE SANITÁRIA

PROPOSTA REFERENTE AO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE ANÁLISE SANITÁRIA PROPOSTA REFERENTE AO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE ANÁLISE SANITÁRIA 1- DO CURSO O Curso de Especialização em Gestão em Análise Sanitária destina-se a profissionais com curso superior em áreas correlatas

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão. Objetivo Geral Curso: ENGENHARIA ELÉTRICA SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO Missão O Curso de Engenharia Elétrica da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar engenheiros com sólidos e atualizados conhecimentos científicos

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica PPEE/UFJF EDITAL 001/2015

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica PPEE/UFJF EDITAL 001/2015 EDITAL 001/2015 PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTA DE PÓS-DOUTORADO (PNPD) DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA (PPEE-UFJF) EDITAL Nº 001/2015 O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica

Leia mais

PLANO DE GESTÃO 2015-2017

PLANO DE GESTÃO 2015-2017 UNIFAL-MG FACULDADE DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS PLANO DE GESTÃO 2015-2017 Profa. Fernanda Borges de Araújo Paula Candidata a Diretora Profa. Cássia Carneiro Avelino Candidata a Vice Diretora Índice Apresentação...

Leia mais

3Uy5HLWRULDSDUD$VVXQWRVGH 3HVTXLVDH3yV*UDGXDomRGD8)3( 5HODWyULRGH$WLYLGDGHV. 0DUoR

3Uy5HLWRULDSDUD$VVXQWRVGH 3HVTXLVDH3yV*UDGXDomRGD8)3( 5HODWyULRGH$WLYLGDGHV. 0DUoR 3Uy5HLWRULDSDUD$VVXQWRVGH 3HVTXLVDH3yV*UDGXDomRGD8)3( 5HODWyULRGH$WLYLGDGHV 0DUoR $'0,1,675$d 2 Aprovação junto a CPPG da Resolução nº 01/2001 que dispõe sobre as atribuições da Comissão de Pós-Graduação

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS CURSO DE GRADUAÇÃO PRESENCIAL SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Identificação do Curso Nome do Curso: Sistemas de Informação Titulação: Bacharelado Modalidade de ensino: Presencial

Leia mais

2 DA ETAPA DE SELEÇÃO DOS ORIENTADORES

2 DA ETAPA DE SELEÇÃO DOS ORIENTADORES EDITAL 2014 Estabelece inscrições para o Programa de Iniciação Científica da Faculdade de Tecnologia Intensiva FATECI. O Diretor Geral da Faculdade de Tecnologia Intensiva FATECI, Prof. Clauder Ciarlini

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 133/2014-CEPE, DE 22 DE MAIO DE 2014.

RESOLUÇÃO Nº 133/2014-CEPE, DE 22 DE MAIO DE 2014. RESOLUÇÃO Nº 133/2014-CEPE, DE 22 DE MAIO DE 2014. Aprova o Regulamento do Programa Casulo Sócio-Tecnológico de Apoio e Desenvolvimento em Gestão Social, Inovação e sustentabilidade. O CONSELHO DE ENSINO,

Leia mais

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*.

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*. EMENTÁRIO As disciplinas ministradas pela Universidade Federal de Viçosa são identificadas por um código composto por três letras maiúsculas, referentes a cada Departamento, seguidas de um número de três

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO COLEGIADO CES

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO COLEGIADO CES MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Conselho Nacional de Educação / Câmara de Educação Superior ASSUNTO: Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Engenharia RELATOR(A):

Leia mais

ADRIANA LANA RAMOS Matrícula: 00328096 Carga Horária Contratual: 40 hs/sem

ADRIANA LANA RAMOS Matrícula: 00328096 Carga Horária Contratual: 40 hs/sem ADRIANA LANA RAMOS Matrícula: 00328096 Desenvolvimento de Monografia 5 SEG - 18:00 às 18:45-18:45 às 19:30-19:35 às 20:20-20:20 às 21:05-21:10 às 21:55 Extensão 10 Coordenadora de Projeto de Extensão (Empresa

Leia mais

3. Dos requisitos do Supervisor (Orientador). docente permanente

3. Dos requisitos do Supervisor (Orientador). docente permanente UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE TECNOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS EDITAL Nº 03 DE 05 DE NOVEMBRO DE 2015 O Programa de Pós-Graduação em

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR 1. Como são os cursos ofertados pela plataforma freire e quais os benefícios para os professores que forem selecionados? O professor sem formação poderá estudar nos

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DE UM PROGRAMA (MESTRADO) NOTA 3

CARACTERÍSTICAS DE UM PROGRAMA (MESTRADO) NOTA 3 CAPES - ÁREA DE ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA ÁREA 46 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA PROGRAMAS ACADÊMICOS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU CARACTERÍSTICAS DE UM PROGRAMA (MESTRADO) NOTA 3 Para obter nota

Leia mais

Projeto Integrador. Faculdade Senac

Projeto Integrador. Faculdade Senac Projeto Integrador Faculdade Senac Faculdade de Tecnologia SENAC Goiás adota o Projeto Integrador nos cursos da área de Tecnologia da Informação com o intuito de possibilitar ao aluno criação de um produto

Leia mais

1.1. As vagas oferecidas ao público em geral visam possível ou futura composição do quadro docente

1.1. As vagas oferecidas ao público em geral visam possível ou futura composição do quadro docente A FACULDADE ESTÁCIO DA PARAÍBA ESTÁCIO PARAÍBA E FACULDADE ESTÁCIO DE JOÃO PESSOA ESTÁCIO JOÃO PESSOA, campi IDEZ e UNIUOL divulgam processo seletivo para formação de cadastro de reserva para o cargo de

Leia mais

ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados. PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com.

ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados. PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com. ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com.br CPC Conceito Preliminar de Curso 1 - Nota dos Concluintes no ENADE

Leia mais

O Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores possui flexibilidade para atender dois tipos de certificações intermediárias, que são:

O Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores possui flexibilidade para atender dois tipos de certificações intermediárias, que são: 1) Formas de participação do Corpo Discente: O Colegiado do Curso é um órgão consultivo, deliberativo e normativo, onde é possível a participação do corpo discente nas decisões que competem a exposição

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014 A CPA (Comissão Própria De Avaliação) apresentou ao MEC, em março de 2015, o relatório da avaliação realizada no ano de 2014. A avaliação institucional, realizada anualmente, aborda as dimensões definidas

Leia mais

CONSIDERANDO que este Conselho compete normatizar esse procedimento; R E S O L V E:

CONSIDERANDO que este Conselho compete normatizar esse procedimento; R E S O L V E: RESOLUÇÃO N o 03/90, CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Aprova as Normas para elaboração de Projetos de Cursos de Especialização (Pós-Graduação lato sensu ). O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

Leia mais

EDITAL Nº03/2013 EDITAL DE SELEÇÃO PARA BOLSISTA DE PÓS-DOUTORADO (PNPD 2013/CAPES)

EDITAL Nº03/2013 EDITAL DE SELEÇÃO PARA BOLSISTA DE PÓS-DOUTORADO (PNPD 2013/CAPES) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE/DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM-NÍVEL MESTRADO

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL UNIDADE SANTO AMARO São Paulo, fevereiro de 2012 NOSSA MISSÃO Proporcionar acesso a um ensino de qualidade para diferentes segmentos da população, criando vínculos fortes e duradouros

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO FACULDADE DE DIREITO Coordenação de Atividades Complementares

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO FACULDADE DE DIREITO Coordenação de Atividades Complementares UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO FACULDADE DE DIREITO Coordenação de Atividades Complementares REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA O CURSO DE GRADUAÇÃO Art.1º Este Regulamento define,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.465, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2013

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.465, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2013 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.465, DE 12 DE DEZEMBRO DE 2013 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em

Leia mais

PROGRAMA NAS ONDAS DO AMBIENTE: Visconde de Mauá/PEPS, 02/03 de Junho de 2014

PROGRAMA NAS ONDAS DO AMBIENTE: Visconde de Mauá/PEPS, 02/03 de Junho de 2014 PROGRAMA NAS ONDAS DO AMBIENTE: Visconde de Mauá/PEPS, 02/03 de Junho de 2014 HISTÓRICO - PROGRAMA NAS ONDAS DO AMBIENTE: Originado em 2007; Iniciativa da Superintendência de Educação Ambiental (SEAM)

Leia mais

Edital 01/2015 SELEÇÃO PARA BOLSISTA DE PÓS-DOUTORADO (PNPD 2013/CAPES)

Edital 01/2015 SELEÇÃO PARA BOLSISTA DE PÓS-DOUTORADO (PNPD 2013/CAPES) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO FACULDADE DE ARTES VISUAIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ARTE E CULTURA VISUAL Edital 01/2015

Leia mais

EDITAL Nº 00012-2013 SELEÇÃO DE DOCENTES 2014/1

EDITAL Nº 00012-2013 SELEÇÃO DE DOCENTES 2014/1 EDITAL Nº 00012-2013 SELEÇÃO DE DOCENTES 2014/1 O Diretor da Faculdade Capixaba da Serra, torna pública a abertura de inscrições, no período de 25 de setembro a 30 de outubro do corrente ano, nas áreas

Leia mais

REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ESUDA. Capítulo I Das Disposições Preliminares

REGULAMENTO DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS ESUDA. Capítulo I Das Disposições Preliminares Capítulo I Das Disposições Preliminares Art. 1º Os cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Faculdade de Ciências Humanas ESUDA orientam-se pelas normas especificadas neste Regulamento e estão sujeitos ao

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DAS LIGAS ACADÊMICAS CURSO DE MEDICINA UNIFENAS BH? ATIVIDADES COMPLEMENTARES

MANUAL DE ORIENTAÇÃO DAS LIGAS ACADÊMICAS CURSO DE MEDICINA UNIFENAS BH? ATIVIDADES COMPLEMENTARES MANUAL DE ORIENTAÇÃO DAS LIGAS ACADÊMICAS CURSO DE MEDICINA UNIFENAS BH ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1- O QUE É UMA LIGA ACADÊMICA? As Ligas Acadêmicas são entidades sem fins lucrativos. As Ligas Acadêmicas

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO

CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO RADIAL DE SÃO PAULO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 MISSÃO DO CURSO SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO 1 CURSO: ENGENHARIA ELÉTRICA MISSÃO DO CURSO O Curso de Engenharia Elétrica tem por missão a graduação de Engenheiros Eletricistas com sólida formação técnica que

Leia mais

64 pontos não remunerada.

64 pontos não remunerada. UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL RESOLUÇÃO 001/2015 ESTABELECE PROCEDIMENTOS E PARÂMETROS AVALIATIVOS PARA PROGRESSÃO DE DOCENTES À CLASSE E PROFESSOR TITULAR ANEXO

Leia mais

3Uy5HLWRULDSDUD$VVXQWRVGH 3HVTXLVDH3yV*UDGXDomRGD8)3( 5HODWyULRGH$WLYLGDGHV

3Uy5HLWRULDSDUD$VVXQWRVGH 3HVTXLVDH3yV*UDGXDomRGD8)3( 5HODWyULRGH$WLYLGDGHV 3Uy5HLWRULDSDUD$VVXQWRVGH 3HVTXLVDH3yV*UDGXDomRGD8)3( 5HODWyULRGH$WLYLGDGHV $'0,1,675$d 2 Aprovação junto ao CCEPE da Resolução no. 01/2000 que regulamenta o sistema de Pós-Graduação ODWRVHQVX da UFPE,

Leia mais

O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO

O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO Portaria nº 808, de 8 de junho de 00. Aprova o instrumento de avaliação para reconhecimento de Cursos Pedagogia, no âmbito do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - SINAES. O MINISTRO DE

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE TECNOLOGIA PDI 2015-2019. Agosto-2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE TECNOLOGIA PDI 2015-2019. Agosto-2014 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ CENTRO DE TECNOLOGIA PDI 2015-2019 Agosto-2014 2 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ - PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA INSTITUIÇÃO. Pesquisa e Pós-Graduação

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA INSTITUIÇÃO. Pesquisa e Pós-Graduação GOVERNO DO ESTADO DO PIAUÍ UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ - UESPI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - PROP PLANO DE DESENVOLVIMENTO DA INSTITUIÇÃO Pesquisa e Pós-Graduação A Universidade Estadual

Leia mais

Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada na Educação

Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada na Educação Pós-graduação Lato Sensu em Informática Aplicada na Educação 1. Público Alvo Este curso de Pós-Graduação Lato Sensu é destinado principalmente a alunos graduados em cursos da área de Educação (Pedagogia

Leia mais

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS VESTIBULAR 2015/1 SELEÇÃO PARA CURSOS TECNICOS SUBSEQUENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS CURSO TÉCNICO EM AGRIMENSURA Aprovado

Leia mais

PROGRAMA DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NO CAMPUS ARARANGUÁ DO IF-SC EDITAL INTERNO- N0 XX/2010

PROGRAMA DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NO CAMPUS ARARANGUÁ DO IF-SC EDITAL INTERNO- N0 XX/2010 PROGRAMA DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NO DO IF-SC EDITAL INTERNO- N0 XX/2010 CHAMADA DE PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA EXECUÇÃO: 19 DE ABRIL DE 2010 A 10 DE MAIO DE 2010

Leia mais

Parâmetros para avaliação de mestrado profissional*

Parâmetros para avaliação de mestrado profissional* Parâmetros para avaliação de mestrado profissional* 1. Natureza do mestrado profissional A pós-graduação brasileira é constituída, atualmente, por dois eixos claramente distintos: o eixo acadêmico, representado

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CET-FAESA

APRESENTAÇÃO DO CET-FAESA APRESENTAÇÃO DO CET-FAESA A FAESA, com atuação na área de ensino há mais de 40 anos, fundou em 2004 a Faculdade de Tecnologia FAESA, CET-FAESA, que há 10 anos oferece graduações Tecnológicas de forma pioneira

Leia mais

DIRETRIZES PARA A GESTÃO DAS ATIVIDADES DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DO IFPB

DIRETRIZES PARA A GESTÃO DAS ATIVIDADES DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DO IFPB Ministério da Educação Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba Pró-Reitoria de Ensino Pró-Reitoria de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação Pró-Reitoria de Extensão DIRETRIZES PARA A

Leia mais

ADAIR LEONARDO ROCHA Matrícula: 00338707 Carga Horária Contratual: 40 hs/sem

ADAIR LEONARDO ROCHA Matrícula: 00338707 Carga Horária Contratual: 40 hs/sem ADAIR LEONARDO ROCHA Matrícula: 00338707 Comunicação, Arte e Ciência 2 QUI - 18:45 às 19:30 Comunicação Comunitária 4 TER - 19:35 às 20:20-20:20 às 21:05 QUI - 19:35 às 20:20-20:20 às 21:05 POS- LATO SENSU

Leia mais

DIMENSÃO 2: - Política para o ensino, pesquisa, pós-graduação e extensão - Respectivas normas de operacionalização

DIMENSÃO 2: - Política para o ensino, pesquisa, pós-graduação e extensão - Respectivas normas de operacionalização DIMENSÃO 2: - Política para o ensino, pesquisa, pós-graduação e extensão - Respectivas normas de operacionalização 2.1 - GRADUAÇÃO 2.1.1. Descrição do Ensino de Graduação na UESC Cursos: 26 cursos regulares

Leia mais

Missão. Objetivos Específicos

Missão. Objetivos Específicos CURSO: Engenharia Ambiental e Sanitária Missão O Curso de Engenharia Ambiental e Sanitária da Universidade Estácio de Sá tem por missão formar profissionais com sólida formação técnico científica nas áreas

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 010/2006

RESOLUÇÃO Nº 010/2006 Confere com o original RESOLUÇÃO Nº 010/2006 CRIA o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu de Educação Ambiental, em nível de Especialização. O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS e PRESIDENTE DO CONSELHO

Leia mais

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA TÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES TÍTULO II DA ORGANIZAÇÃO GERAL

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA TÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES TÍTULO II DA ORGANIZAÇÃO GERAL REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA TÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES Art. 1º O Curso de pós-graduação em Computação Aplicada, doravante referido como Curso, mantém programas

Leia mais

crítica na resolução de questões, a rejeitar simplificações e buscar efetivamente informações novas por meio da pesquisa, desde o primeiro período do

crítica na resolução de questões, a rejeitar simplificações e buscar efetivamente informações novas por meio da pesquisa, desde o primeiro período do Dimensão 2 As políticas para o ensino, a pesquisa, a pós-graduação, a extensão e as respectivas normas de operacionalização, incluídos os procedimentos para estímulo à produção acadêmica, as bolsas de

Leia mais

FACULDADE LUCIANO FEIJÃO

FACULDADE LUCIANO FEIJÃO FACULDADE LUCIANO FEIJÃO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES ÍNDICE PÁG. CAPITULO I - DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 01 CAPÍTULO II - DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES 01 Seção I Das Atividades de Ensino 03

Leia mais

CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 I- NÚCLEO DOS CONTEÚDOS BÁSICOS

CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 I- NÚCLEO DOS CONTEÚDOS BÁSICOS Aprovado no CONGRAD de: 24.09.2013 Retificado no CONGRAD de: 13.05.2014 Vigência: retroativa aos ingressantes de 2014/1 CÓD. 483 - CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MATRIZ CURRICULAR Currículo nº 03 CÓD.

Leia mais

A. Critérios para Avaliação e Aprovação de Cursos Novos de História

A. Critérios para Avaliação e Aprovação de Cursos Novos de História A. Critérios para Avaliação e Aprovação de Cursos Novos de História 1. Apoio institucional. Clara manifestação de apoio por parte da IES proponente, expressa tanto no provimento da infraestrutura necessária,

Leia mais

Dimensão 1 - Organização Didático-Pedagógica do Curso

Dimensão 1 - Organização Didático-Pedagógica do Curso AUTO-AVALIAÇAO INSTITUCIONAL DO CURSO DE PEDAGOGIA FACED-UFAM / Professores Dimensão 1 - Organização Didático-Pedagógica do Curso Objetivos do Curso 01 - Tenho conhecimento do Projeto Pedagógico do Curso.

Leia mais

Objetivo do Programa

Objetivo do Programa Objetivo do Programa O Programa Futuros Engenheiros visa favorecer o desenvolvimento de competências técnicas e habilidades comportamentais de universitários dos cursos de Engenharia para atuar na indústria.

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CIENTÍFICA (PIBID/FAI) EDITAL N O.

EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CIENTÍFICA (PIBID/FAI) EDITAL N O. EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CIENTÍFICA (PIBID/FAI) EDITAL N O. 004/15 1. APRESENTAÇÃO A Direção-Geral das FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS

Leia mais

PARECER CEE/PE Nº 81/2011-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 20/06/2011 I RELATÓRIO:

PARECER CEE/PE Nº 81/2011-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 20/06/2011 I RELATÓRIO: INTERESSADA: ESCOLA POLITÉCNICA DE PERNAMBUCO - POLI ASSUNTO: RENOVAÇÃO DE RECONHECIMENTO DO CURSO DE BACHARELADO EM ENGENHARIA DE TELECOMUNICAÇÕES RELATOR: CONSELHEIRO ARNALDO CARLOS DE MENDONÇA PROCESSO

Leia mais

EDITAL Nº 01, DE 22 DE OUTUBRO DE 2012 PROCESSO SELETIVO PARA 2013.1

EDITAL Nº 01, DE 22 DE OUTUBRO DE 2012 PROCESSO SELETIVO PARA 2013.1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO DE TECNOLOGIA PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA EDITAL Nº 01, DE 22 DE OUTUBRO DE 2012 PROCESSO SELETIVO PARA 2013.1 A Coordenadora do Programa

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Projetos

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Projetos DESCRITIVO DE CURSO MBA em Gestão de Projetos 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que apontam a

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 044/2015, DE 13 DE ABRIL DE 2015 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG

RESOLUÇÃO Nº 044/2015, DE 13 DE ABRIL DE 2015 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG RESOLUÇÃO Nº 044/2015, DE 13 DE ABRIL DE 2015 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG O Conselho Universitário da UNIFAL-MG, no uso de suas atribuições regimentais e estatutárias,

Leia mais

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Outubro 2009 Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Sustentabilidade Articulação Ampliação dos limites Sistematização Elementos do Novo Modelo Incubação

Leia mais

ENGENHARIA AMBIENTAL. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC

ENGENHARIA AMBIENTAL. Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC ENGENHARIA AMBIENTAL Nome IES: UNIVERSIDADE DE CUIABÁ - UNIC 1 CURSO: ENGENHARIA AMBIENTAL Dados de identificação da Universidade de Cuiabá - UNIC Dirigente da Mantenedora Presidente: Ed. Rodrigo Calvo

Leia mais

REGIMENTO DA GERÊNCIA DE PROJETOS E RESPONSABILIDADE SOCIAL

REGIMENTO DA GERÊNCIA DE PROJETOS E RESPONSABILIDADE SOCIAL APROVADO Alterações aprovadas na 21ª reunião do Conselho Superior realizada em 30/12/2009. REGIMENTO DA GERÊNCIA DE PROJETOS E RESPONSABILIDADE SOCIAL Art. 1º - O presente Regimento institucionaliza e

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES (Aprovado pelo Colegiado de Curso em 23/09/2013)

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES (Aprovado pelo Colegiado de Curso em 23/09/2013) REGULAMENTO DAS S COMPLEMENTARES (Aprovado pelo Colegiado de Curso em 23/09/2013) Art.1º Este Regulamento define, no âmbito da Faculdade de Direito da Universidade Federal Fluminense, as atividades complementares

Leia mais

Chamada Pública para PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE PÓS-DOUTORADO PNPD/CAPES

Chamada Pública para PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE PÓS-DOUTORADO PNPD/CAPES Chamada Pública para PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE PÓS-DOUTORADO PNPD/CAPES 1. A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Psicologia, da Universidade de Fortaleza PPG-PSI / UNIFOR, informa a abertura

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ - UNESA (Rio de Janeiro) PROCESSO SELETIVO PARA DOCENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIAS

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ - UNESA (Rio de Janeiro) PROCESSO SELETIVO PARA DOCENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIAS UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ - UNESA (Rio de Janeiro) PROCESSO SELETIVO PARA DOCENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM A UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ UNESA divulga processo seletivo para Professor para o(s) curso(s)

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE INFORMÁTICA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE INFORMÁTICA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE INFORMÁTICA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 1, de 1 de março de

Leia mais

ROTEIRO PARA SUPERVISÃO I INTRODUÇÃO

ROTEIRO PARA SUPERVISÃO I INTRODUÇÃO ROTEIRO PARA SUPERVISÃO I INTRODUÇÃO Este documento tem a finalidade de estabelecer um referencial para o exercício da função de supervisão dos Cursos das Instituições do Ensino Superior, do Sistema Estadual

Leia mais

ANEXO I UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CONSELHO, ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DISCRIMINAÇÃO DAS ATIVIDADES DOCENTES

ANEXO I UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CONSELHO, ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DISCRIMINAÇÃO DAS ATIVIDADES DOCENTES ANEXO I UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CONSELHO, ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DISCRIMINAÇÃO DAS ATIVIDADES DOCENTES I. ENSINO 1. Aulas presenciais e semipresenciais em curso de graduação, pós-graduação

Leia mais

Ata de Reunião Análise Crítica do Sistema de Gestão da Qualidade da FDSM

Ata de Reunião Análise Crítica do Sistema de Gestão da Qualidade da FDSM FACULDADE DE DIREITO DO SUL DE MINAS Av. Dr. João Beraldo, 1075 Centro Pouso Alegre MG Fone: (35) 3449-8100 Fax: (35) 3499-8102 Rev.: 00 / / Form.: Aprov.: Pág 1 de 1 Ata de Reunião Crítica do Sistema

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CAMPUS DE SOBRAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CAMPUS DE SOBRAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CAMPUS DE SOBRAL INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR (Currículo 2006.2) Agosto de 2010 Hodiernamente não mais se concebe que a formação do futuro profissional

Leia mais

2.1. As inscrições deverão ser realizadas através do preenchimento do formulário de inscrição previsto no seguinte link:

2.1. As inscrições deverão ser realizadas através do preenchimento do formulário de inscrição previsto no seguinte link: O Centro Universitário Estácio de Brasília Estácio Brasília divulga processo seletivo para formação de cadastro de reserva para o cargo de Professor para o(s) curso(s) de graduação e/ou graduação tecnológica.

Leia mais

MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010

MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010 MINI STÉRIO DA EDUCAÇÃO GABINETE DO MINI STRO P ORTARIA Nº 808, DE 18 DE JUNHO DE 2010 Aprova o instrumento de avaliação para reconhecimento de Cursos Pedagogia, no âmbito do Sistema Nacional de Avaliação

Leia mais

ENGENHARIA CIVIL. COORDENADOR José Carlos Bohnenberger bohnen@ufv.br

ENGENHARIA CIVIL. COORDENADOR José Carlos Bohnenberger bohnen@ufv.br ENGENHARIA CIVIL COORDENADOR José Carlos Bohnenberger bohnen@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2009 187 Engenheiro Civil ATUAÇÃO Ao Engenheiro Civil compete o desempenho das atividades profissionais previstas

Leia mais

Judiciário e Políticas Públicas ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013

Judiciário e Políticas Públicas ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013 Judiciário e Políticas Públicas ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Carga Horária Total exigida no curso: 200 horas

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO. Carga Horária Total exigida no curso: 200 horas REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Carga Horária Total exigida no curso: 200 LONDRINA/PR 2014 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES OBRIGATÓRIAS DO CURSO

Leia mais

PROGRAMA SELO DE QUALIDADE

PROGRAMA SELO DE QUALIDADE CONSELHO REGIONAL DE QUÍMICA IV REGIÃO (SP) COMISSÃO DE ENSINO TÉCNICO PROGRAMA SELO DE QUALIDADE PARA CURSOS TÉCNICOS DA ÁREA QUÍMICA CRITÉRIOS PARA A RECERTIFICAÇÃO VERSÃO 1 - NOVEMBRO DE 2010 WWW.CRQ4.ORG.BR

Leia mais

Projeto: Rede MERCOSUL de Tecnologia

Projeto: Rede MERCOSUL de Tecnologia ANEXO XIII XXXIII REUNIÓN ESPECIALIZADA DE CIENCIA Y TECNOLOGÍA DEL MERCOSUR Asunción, Paraguay 1, 2 y 3 de junio de 2005 Gran Hotel del Paraguay Projeto: Rede MERCOSUL de Tecnologia Anexo XIII Projeto:

Leia mais

Prof. Marcos Aurélio Vasconcelos de Freitas (mfreitas@ivig.coppe.ufrj.br) Instituto Virtual Internacional de Mudanças Globais IVIG/COPPE/UFRJ

Prof. Marcos Aurélio Vasconcelos de Freitas (mfreitas@ivig.coppe.ufrj.br) Instituto Virtual Internacional de Mudanças Globais IVIG/COPPE/UFRJ Formação e Capacitação de Recursos Humanos p/exploração de Recursos Energéticos e Geração de Energia Prof. Marcos Aurélio Vasconcelos de Freitas (mfreitas@ivig.coppe.ufrj.br) Instituto Virtual Internacional

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Núcleo de Educação a Distância A Universidade Federal de Juiz de Fora e a tornam público, por meio deste Edital, o processo de seleção de Professores que terão como meta conduzir o Processo de Orientação

Leia mais

FACULDADE SANTA RITA

FACULDADE SANTA RITA FACULDADE SANTA RITA CURSO DE ENGENHARIA CIVIL BACHARELADO Matriz Curricular 1º SEMESTRE Introdução à Engenharia Geometria Analítica e Álgebra Linear 04 80 Cálculo I 04 80 Tópicos de Economia para Engenharia

Leia mais

EDITAL Nº 01, DE 22 DE JUNHO DE 2015. PROGRAMA VOLUNTÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - PROVIC

EDITAL Nº 01, DE 22 DE JUNHO DE 2015. PROGRAMA VOLUNTÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - PROVIC CENTRO EDUCACIONAL NOSSA SENHORA AUXILIADORA INSTITUTOS SUPERIORES DE ENSINO DO CENSA CENTRO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL Nº 01, DE 22 DE JUNHO DE 2015. PROGRAMA VOLUNTÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL REGULAMENTO DO PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS E METAS Art. 1º. O Programa de Capacitação Institucional PCI tem por objetivo promover a melhoria da qualidade das funções

Leia mais

EDITAL Nº 01/2015, DE 15 DE ABRIL DE

EDITAL Nº 01/2015, DE 15 DE ABRIL DE Edital nº 01, de 15 de abril de 2015, da Universidade Federal de Pelotas UFPEL, referente ao processo seletivo simplificado, para a função temporária de TUTOR PRESENCIAL para atuar no Curso de Especialização

Leia mais

Endereço: Rua Padre Natuzzi, 53 Centro -Campanha Minas Gerais

Endereço: Rua Padre Natuzzi, 53 Centro -Campanha Minas Gerais 1 Instituição: Fundação Cultural Campanha da Princesa - Faculdades Integradas Paiva de Vilhena Associada à UEMG Universidade do Estado de Minas Gerais Endereço: Rua Padre Natuzzi, 53 Centro -Campanha Minas

Leia mais

RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 013 / 2015

RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 013 / 2015 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas - UNIFAL-MG Pró-Reitoria de Graduação Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700 - Alfenas/MG - CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1329 Fax: (35) 3299-1078 grad@unifal-mg.edu.br

Leia mais

TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS TÍTULO II DA DISTRIBUIÇÃO DAS ATIVIDADES DOS PROFESSORES CAPITULO I DA DISTRIBUIÇÃO DA CARGA HORÁRIA

TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES INICIAIS TÍTULO II DA DISTRIBUIÇÃO DAS ATIVIDADES DOS PROFESSORES CAPITULO I DA DISTRIBUIÇÃO DA CARGA HORÁRIA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA REGULAMENTO DA DISTRIBUIÇÃO DA CARGA HORÁRIA DOS PROFESSORES DO

Leia mais

FACULDADE CASTANHAL-FCAT COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FCAT

FACULDADE CASTANHAL-FCAT COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FCAT 1 FACULDADE CASTANHAL-FCAT COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FCAT Dispõe sobre a estruturação e operacionalização do Programa de Iniciação Científica

Leia mais

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social Programa 0465 SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO - INTERNET II Objetivo Incrementar o grau de inserção do País na sociedade de informação e conhecimento globalizados. Público Alvo Empresas, usuários e comunidade

Leia mais