CARGOS DE NÍVEL MÉDIO PROVA APLICADA EM 26/4/2015 GABARITO PRELIMINAR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CARGOS DE NÍVEL MÉDIO PROVA APLICADA EM 26/4/2015 GABARITO PRELIMINAR"

Transcrição

1 GABARITO PRELIMINAR CONHECIMENTOS GERAIS PARA TODOS OS CARGOS E A C D D B D B D A B E E E C C A C B A CONHECIMENTOS GERAIS PARA TODOS OS CARGOS A B D E E C E C E B C A A A D D B D C B

2 CÓDIGO 201: ASSISTENTE DE GESTÃO ADMINISTRATIVA ÁREA: GERAL A E B C D D E A C C B B D E C A B E D A CÓDIGO 201: ASSISTENTE DE GESTÃO ADMINISTRATIVA ÁREA: GERAL B A C D E E A B D D C C E A D B C A E B

3 CÓDIGO 202: ASSISTENTE DE GESTÃO ADMINISTRATIVA ÁREA: EDIFICAÇÕES E B C E A D A D C B E A D C B D B E C A CÓDIGO 202: ASSISTENTE DE GESTÃO ADMINISTRATIVA ÁREA: EDIFICAÇÕES A C D A B E B E D C A B E D C E C A D B

4 CÓDIGO 203: ASSISTENTE DE GESTÃO ADMINISTRATIVA ÁREA: INFORMÁTICA C A C E B D B B A E C D E A B A E D C D CÓDIGO 203: ASSISTENTE DE GESTÃO ADMINISTRATIVA ÁREA: INFORMÁTICA D B D A C E C C B A D E A B C B A E D E

5 CÓDIGO 204: ASSISTENTE DE GESTÃO ADMINISTRATIVA ÁREA: MANUTENÇÃO ELÉTRICA B D B D D D C B B A E D B C D E B E C D CÓDIGO 204: ASSISTENTE DE GESTÃO ADMINISTRATIVA ÁREA: MANUTENÇÃO ELÉTRICA C E C E E E D C C B A E C D E A C A D E

6 CÓDIGO 205: ASSISTENTE DE GESTÃO ADMINISTRATIVA ÁREA: NECROPSIA E E C C D C A E B A C D B A D A D E B B CÓDIGO 205: ASSISTENTE DE GESTÃO ADMINISTRATIVA ÁREA: NECROPSIA A A D D E D B A C B D E C B E B E A C C

7 CÓDIGO 206: ASSISTENTE DE GESTÃO ADMINISTRATIVA ÁREA: SEGURANÇA DO TRABALHO E C A B E A D C B D C E B D A E D A C B CÓDIGO 206: ASSISTENTE DE GESTÃO ADMINISTRATIVA ÁREA: SEGURANÇA DO TRABALHO A D B C A B E D C E D A C E B A E B D C

PRETENDE UM WEBSITE? CONHEÇA AS NOVAS SOLUÇÕES DA ZION. www.zion.pt

PRETENDE UM WEBSITE? CONHEÇA AS NOVAS SOLUÇÕES DA ZION. www.zion.pt PRETENDE UM WEBSITE? CONHEÇA AS NOVAS SOLUÇÕES DA ZION www.zion.pt WEBSITE BASIC Com o Website Basic terá uma solução de baixo custo, que gera resultados rapidamente para o seu negócio. Terá um website

Leia mais

Especialidades Médicas. Questões para todas as especialidades/áreas de atuação

Especialidades Médicas. Questões para todas as especialidades/áreas de atuação DAS PROVAS OBJETIVAS Especialidades Médicas Questões para todas as especialidades/áreas de atuação INGLÊS 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 1 2 3 Prova A A B E D C B D E A C C D E Prova B C E B B A E B C D A A B C

Leia mais

Orç.Total(j=a+b-c) Saldo Disp(k=j-d-e-g) Saldo a Pagar (g-i) Saldo Utiliz.(l=k-f) Acréscimos (b) Bloqueado (e) Liquidado (h) Liquidado no Mês

Orç.Total(j=a+b-c) Saldo Disp(k=j-d-e-g) Saldo a Pagar (g-i) Saldo Utiliz.(l=k-f) Acréscimos (b) Bloqueado (e) Liquidado (h) Liquidado no Mês Unidade Orçamentária: 11 PLENÁRIO DA CÂMARA 10.11.00.01.031.4000.2001 31901100 000 42 1 944.816,32 88.00 856.816,32 MANUTENÇÃO DA UNIDADE / VENCIMENTOS E VANTAGENS FIXAS - PESSOAL CIVIL 001 785.125,20

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO SEGURANÇA PORTUÁRIA NOS PORTOS ORGANIZADOS

REGULAMENTAÇÃO SEGURANÇA PORTUÁRIA NOS PORTOS ORGANIZADOS REGULAMENTAÇÃO SEGURANÇA PORTUÁRIA NOS PORTOS ORGANIZADOS Aquarela: PAULO MARTORELLI Brasília - DF Novembro 2013 Regulamentação da Segurança Portuária CONTEXTO PASSOS PERCORRIDOS PRÓXIMOS PASSOS PREVISTOS

Leia mais

As TIC na Administração Pública Que Futuro?

As TIC na Administração Pública Que Futuro? As TIC na Administração Pública Que Futuro? André Vasconcelos Agência para a Modernização Administrativa, I.P. www.ama.pt Os organismos públicos têm tido a liberdade necessária para adquirir e gerir autonomamente

Leia mais

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES 2015 SUMÁRIO CAPÍTULO I...4 Disposições preliminares...4 CAPÍTULO II...4 Das atividades complementares...4 Seção I...4 Atividades de iniciação científica...4 Seção

Leia mais

VIVA RIO SAÚDE EDITAL N 01/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE EQUIPE CONSULTORIO NA RUA A.P 3.3

VIVA RIO SAÚDE EDITAL N 01/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE EQUIPE CONSULTORIO NA RUA A.P 3.3 VIVA RIO SAÚDE EDITAL N 01/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE EQUIPE CONSULTORIO NA RUA A.P 3.3 A Organização Social em Saúde (OSS) VIVA RIO, por meio do presente Edital, torna pública a abertura

Leia mais

OPERAÇÕES DE SERVIÇO DE PÓS-VENDA BASEADAS EM CONHECIMENTO:ESTUDO DE CASO EM UM FABRICANTE DE EQUIPAMENTOS PARA TRANSPORTE REFRIGERADO

OPERAÇÕES DE SERVIÇO DE PÓS-VENDA BASEADAS EM CONHECIMENTO:ESTUDO DE CASO EM UM FABRICANTE DE EQUIPAMENTOS PARA TRANSPORTE REFRIGERADO UNISINOS OPERAÇÕES DE SERVIÇO DE PÓS-VENDA BASEADAS EM CONHECIMENTO:ESTUDO DE CASO EM UM FABRICANTE DE EQUIPAMENTOS PARA TRANSPORTE REFRIGERADO Nereu Viegas Mestrando em Administração Orientador: Prof.

Leia mais

REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA Faculdade de Alta Floresta - FAF

REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA Faculdade de Alta Floresta - FAF REGULAMENTO DOS LABORATÓRIOS DE INFORMÁTICA Faculdade de Alta Floresta - FAF 2011 ÍNDICE CAPÍTULO I... 1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 1 CAPÍTULO III... 2 DOS DIREITOS... 2 CAPÍTULO IV... 2 DOS DEVERES...

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES O presente Regulamento dispõe acerca das Atividades Complementares e dá outras providências. Art. 1.º O presente Regulamento tem por finalidade normatizar as Atividades

Leia mais

5.7. Despesas com aquisição de instrumentos musicais para fanfarras ou bandas escolares podem

5.7. Despesas com aquisição de instrumentos musicais para fanfarras ou bandas escolares podem 5. APLICAÇÃO DOS RECURSOS 5.1. Como devem ser aplicados os 5.2. O que são ações de manutenção e desenvolvimento do ensino? 5.3. Quais são as ações não consideradas como de manutenção e desenvolvimento

Leia mais

pelo qual as organizações são Governança corporativa é o sistema dirigidas, monitoradas e incentivadas, envolvendo os relacionamentos

pelo qual as organizações são Governança corporativa é o sistema dirigidas, monitoradas e incentivadas, envolvendo os relacionamentos AIMPORT TÂNCIA DA GOVER RNANÇA SUSTENTÁVE EL PARA UMA COOPE ERATIVA Roberto Sou usa Gonzalez colaboração: Amália Munhoz 09 de outubro de 2013 De acordo com o IBGC: Governança corporativa é o sistema dirigidas,

Leia mais

Código de Conduta para as Estatísticas Europeias

Código de Conduta para as Estatísticas Europeias Código de Conduta para as Estatísticas Europeias Adotado pelo Comité do Sistema Estatístico Europeu em 28 de setembro de 2011 Tradução realizada pelo INE, IP Preâmbulo Visão do Sistema Estatístico Europeu

Leia mais

Estabelecer critérios e procedimentos para atendimento à solicitação de informações formulada por usuários.

Estabelecer critérios e procedimentos para atendimento à solicitação de informações formulada por usuários. Proposto por: Equipe da Vara Empresarial ATENDER A SOLICITAÇÕES Analisado por: RAS da Vara Empresarial Aprovado por: Juiz de Direito da Vara Empresarial 1 OBJETIVO Estabelecer critérios e procedimentos

Leia mais

GRUPO SCHEILLA REGIMENTO INTERNO Título: Conselho de Administração - CAD Revisão: 0

GRUPO SCHEILLA REGIMENTO INTERNO Título: Conselho de Administração - CAD Revisão: 0 Aprovação CAD: Data: 29-11-08 Aprovação CRA: Data: 11-01-09 1. FINALIDADE DO REGIMENTO INTERNO Regulamentar o funcionamento do Conselho de Administração (CAD), previsto no Artigo 20 do Estatuto Social.

Leia mais

COMO TORNAR-SE UM FRANQUEADOR

COMO TORNAR-SE UM FRANQUEADOR COMO TORNAR-SE UM FRANQUEADOR O que é Franquia? Objetivo Esclarecer dúvidas, opiniões e conceitos existentes no mercado sobre o sistema de franquias. Público-Alvo Empresários de pequeno, médio e grande

Leia mais

Os 7 principais erros na gestão de serviços de Telecom e como realizá-la com sucesso

Os 7 principais erros na gestão de serviços de Telecom e como realizá-la com sucesso Os 7 principais erros na gestão de serviços de Telecom e como realizá-la com sucesso Agenda O que é TEM (Telecom Expense Management)? Os 7 erros de TEM e como realizar uma gestão de custos e serviços de

Leia mais

A TODOS OS SERVIÇOS DO ESTADO SE COMUNICA:

A TODOS OS SERVIÇOS DO ESTADO SE COMUNICA: . MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DIRECÇÃO-GERAL DO ORÇAMENTO Gabinete do Director-Geral Circular Série A Nº 1227 A TODOS OS SERVIÇOS DO ESTADO SE COMUNICA: Assunto: Novo esquema da classificação funcional das

Leia mais

aacargo.com Contrato Empresarial V. 8.0

aacargo.com Contrato Empresarial V. 8.0 aacargo.com Contrato Empresarial V. 8.0 Elaborado por American Airlines, Inc. American Airlines Cargo Division Última Revisão, Outubro de 2012 Este documento é confidencial sendo a sua propriedade intelectual

Leia mais

FUNDAÇÃO GUIMARÃES ROSA

FUNDAÇÃO GUIMARÃES ROSA João Guimarães Rosa está entre os homens ilustres que fazem a história da Polícia Militar Minas Gerais. O escritor mineiro atuou como médico voluntário a serviço do Setor do Túnel da Mantiqueira, na Revolução

Leia mais

ANEXO DAS PRIORIDADES E METAS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

ANEXO DAS PRIORIDADES E METAS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PREFEITURA MUNICIPAL DE JOAO PESSOA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO EXERCÍCIO: 200 ANEXO DAS PRIORIDADES E METAS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA ÓRGÃO: Projeto/Atividade Objetivo Denominação da Meta Unid.

Leia mais

EDITAL Nº 03/2015 DE PROCESSOS SELETIVOS (PS)

EDITAL Nº 03/2015 DE PROCESSOS SELETIVOS (PS) EDITAL Nº 03/2015 DE PROCESSOS SELETIVOS (PS) UM HOSPITAL DE CLÍNICAS PARA TODOS Venha fazer parte de uma Instituição reconhecida e premiada pelas suas s nas áreas de assistência, ensino e pesquisa. Buscamos

Leia mais

Prática: 80. PROFESSOR: José Alberto F. Rodrigues Filho. CARGA HORÁRIA SEMANAL: 4 Prática: 4

Prática: 80. PROFESSOR: José Alberto F. Rodrigues Filho. CARGA HORÁRIA SEMANAL: 4 Prática: 4 PLANO DE ENSINO Período Letivo: 1º Semestre de 2014 Faculdade de Tecnologia de Bragança Paulista CURSO: Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação TURNO: Tarde / Noite DISCIPLINA: Projeto Interdisciplinar

Leia mais

ASSEMBLEIA GERAL DA MARTIFER - SGPS, S.A. 14 de Maio de 2015

ASSEMBLEIA GERAL DA MARTIFER - SGPS, S.A. 14 de Maio de 2015 ASSEMBLEIA GERAL DA MARTIFER - SGPS, S.A. 14 de Maio de 2015 PROPOSTA RELATIVA AO PONTO 8 DA ORDEM DE TRABALHOS (Deliberar sobre a eleição dos membros do Conselho Fiscal para exercerem funções durante

Leia mais

Prezado colega, você sabia:

Prezado colega, você sabia: Prezado colega, você sabia: 1) Que, de maneira geral, as Normas Regulamentadoras (NRs), do MTE - Ministério do Trabalho e Emprego, estabelecem requisitos mínimos legais e condições com objetivo de implementar

Leia mais

FUNDAÇÃO ARMANDO ALVARES PENTEADO

FUNDAÇÃO ARMANDO ALVARES PENTEADO Manual de Estágio de Engenharia Elétrica Gestão de Carreiras FAAP Faculdade de Engenharia Ano de 2013 1 Índice O que é Estágio 3 Tipos de Estágio 3 Como Oficializar seu Estágio 3 Relatório de Acompanhamento

Leia mais

Reformas em curso no Sistema de Gestão e Informação do INAS em Moçambique

Reformas em curso no Sistema de Gestão e Informação do INAS em Moçambique Reformas em curso no Sistema de Gestão e Informação do INAS em Moçambique Contextualização Para a operacionalização dos Programas de Segurança Social Básica o MMAS conta com O Instituto Nacional de Acção

Leia mais

FEDERAÇÃO NACIONAL DOS ADMINISTRADORES FENAD CNPJ 00.578.591/0001 SINDICATO DOS ADMINISTRADORES DO ESTADO DA BAHIA CNPJ 13.890.

FEDERAÇÃO NACIONAL DOS ADMINISTRADORES FENAD CNPJ 00.578.591/0001 SINDICATO DOS ADMINISTRADORES DO ESTADO DA BAHIA CNPJ 13.890. FEDERAÇÃO NACIONAL DOS ADMINISTRADORES FENAD CNPJ 00.578.591/0001 SINDICATO DOS ADMINISTRADORES DO ESTADO DA BAHIA CNPJ 13.890.652/0001-90 TABELA ORIENTATIVA PARA COBRANÇA DE HONORÁRIOS SOBRE SERVIÇOS

Leia mais

Oficina. com garantias de diárias, equipamentos, transporte, capacitação, RH entre outros, para o correto funcionamento dos conselhos.

Oficina. com garantias de diárias, equipamentos, transporte, capacitação, RH entre outros, para o correto funcionamento dos conselhos. Oficina Gestão do SUAS e o Controle Social Ementa: Orientar a reorganização dos órgãos gestores no tocante a legislação, com garantias de diárias, equipamentos, transporte, capacitação, RH entre outros,

Leia mais