BARTOLOMEU CAMPOS QUEIRÓS. Onde tem bruxa tem fada

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BARTOLOMEU CAMPOS QUEIRÓS. Onde tem bruxa tem fada"

Transcrição

1 Leitor iniciante Leitor em processo Leitor fluente BARTOLOMEU CAMPOS QUEIRÓS Onde tem bruxa tem fada ILUSTRAÇÕES: SUPPA PROJETO DE LEITURA Maria José Nóbrega Rosane Pamplona

2 Onde tem bruxa tem fada BARTOLOMEU CAMPOS QUEIRÓS UM POUCO SOBRE O AUTOR Nascido em Pará de Minas, Minas Gerais, em 1944, Bartolomeu Campos Queirós é autor de vários livros para crianças, de peças teatrais e textos sobre arte-educação. Teve o seu primeiro livro, O Peixe e o Pássaro, publicado em Depois vieram Pedro, Onde Tem Bruxa Tem Fada, Faca Afiada, Ciganos, Flora, Indez, Correspondência, Cavaleiros das Sete Luas, Por Parte de Pai, entre outros. Recebeu os mais significativos prêmios no Brasil pelo seu trabalho literário: Selo de Ouro da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, Prêmio Bienal Internacional de São Paulo, Prêmio Prefeitura de Belo Horizonte, O melhor para Jovem, Prêmio Jabuti da Câmara Brasileira do Livro, Grande Prêmio da APCA Associação Paulista dos Críticos de Arte, Prêmio Orígenes Lessa Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, Diploma de Honra do IBBY, Quatrième Octogonal França, Rosa Blanca de Cuba, Bienal de Belo Horizonte. Bem-humorado, apreciador do silêncio, Bartolomeu costuma dizer: Sou frágil o suficiente para uma palavra me machucar, como sou forte o bastante para uma palavra me ressuscitar. 2

3 RESENHA A fada Maria do Céu foi para o azul do céu. Lá virou idéia. Mas um dia se cansou e resolveu voltar para a terra. E encontra tudo tão mudado! Ninguém a reconhece, e ela não pode realizar nenhum dos lindos encantamentos que conhece porque ninguém sabe lhe pedir coisa alguma. Na sua ausência, outros mágicos haviam invadido a terra e agora faziam mágicas diferentes, principalmente com o dinheiro, que parecia atender a qualquer desejo. Já quase desistindo de morar por aqui, a fada encontra um menino que lhe pede para aprender a ler e a escrever instantaneamente. Maria do Céu lhe atende, com prazer, mas no dia seguinte fica sabendo que o menino fora internado num hospício. Ela vai entendendo melhor a manha dos mágicos e percebe que só será compreendida pelas crianças. Também para elas é difícil formular um pedido, mas uma delas consegue e Maria lhe faz aparecer uma cama, depois uma casa. Então os mágicos (ou bruxos?) aparecem: o banqueiro, o delegado, o economista, e todos censuram a obra da fada, que é presa. Mas Maria vira vaga-lume, foge pelas grades, visita as crianças nos sonhos e deixa com elas seu segredo de fada. Ninguém sabe hoje onde ela mora, só algumas crianças. Mas isso é segredo. COMENTÁRIOS SOBRE A OBRA Esta é uma história de fadas, mas uma história diferente. Numa linguagem extremamente poética, o autor conta a história de uma fada que volta para o mundo de hoje que não tem mais lugar para as fadas. Os mágicos ou bruxos e bruxas fazem parte da alegoria que, sutilmente, critica aqueles que não sabem sonhar, que trocam a fantasia e os desejos puros por necessidades fomentadas artificialmente, que só concebem um mundo registrado, carimbado, controlado. As próprias crianças, acostumadas a isso, nem sabem mais identificar seus desejos. Embora seja uma crítica perspicaz ao mundo moderno, o texto felizmente nos mostra um contraponto e uma luz de verdadeira esperança: o fato de que nos sonhos ou seja, intimamente, as crianças sabem que a fantasia é possível e necessária, que o encantamento é mais importante do que a magia. Além de propiciar um belo trabalho com a linguagem, o livro abre portas para discussões fundamentais para aquele que será o adulto de amanhã. Áreas envolvidas: Língua Portuguesa, História, Geografia, Educação Artística Temas transversais: Ética Público-alvo: Leitor fluente 3

4 PROPOSTAS DE ATIVIDADES Antes da leitura: 1. Leia com eles o título do livro e pergunte o que eles pensam que vão ler. Depois de formularem suas hipóteses, informe que a história não é nada parecida com as outras histórias de fadas que conhecem. Avise que terão uma surpresa. Durante a leitura: 1. Antecipe que esta é uma história que exige reflexão. Que é uma alegoria, ou seja, cada coisa representa uma outra, mais genérica ou abstrata. Oriente-os para que leiam com atenção, tentando interpretar o que lêem. Previna-os de que nem tudo se consegue entender numa primeira leitura. Depois da leitura: 1. No livro, há muitas passagens que podem ser interpretadas de maneiras diferentes. Promova uma discussão com os alunos a fim de saber se eles entenderam o fio lógico da história. Esclareça dúvidas pontuais, se for o caso. Verifique como eles interpretaram: os mágicos (pessoas que têm poder, qualquer tipo de poder; por isso a lista de profissionais que aparece no texto ela poderia ser maior ainda, pois o autor se refere aos adultos, em geral) as mágicas (descobertas tecnológicas, produtos de consumo que assanham o consumidor, supérfluos) esperanças (necessidades falsas, promessas vãs) a prisão de Maria do Céu (a impossibilidade de as pessoas materialistas lidarem com o sonho, com a fantasia, com a alegria espontânea, sem lucro material, e a ameaça que isso representa a um mundo materialista) 2. Releiam a lista de mágicas que Maria sabia fazer e observem o modo como Suppa as ilustrou. São idéias tiradas do mundo das fadas, da fantasia, do sonho. Algumas dessas mágicas lembram outras histórias. Quem se lembra delas? A carruagem de abóbora de Cinderela, a bicicleta voadora do E.T. etc. Proponha que os alunos alonguem a lista com outras coisas simples de fazer para uma fada, ou para uma criança com uma varinha de condão ou uma cabecinha mágica. Que tal ilustrá-las também? 4

5 3. Agora releiam a lista das mágicas dos adultos. Observem que ela vai se tornando aos poucos mais contundente, mais terrível, misturando coisas concretas com abstratas. Reflitam juntos sobre a relação entre a tevê e a guerra, o petróleo e o sangue, o míssil e a ambição. Proponha que reflitam sobre outros problemas da humanidade e que acrescentem outros itens à lista de mágicas. 4. Proponha que, durante o período de trabalho com o livro, acompanhem em jornais e revistas as mágicas dos adultos. Organize um mural com essas notícias e discuta com eles alternativas para enfrentar tais questões. 5. Releia, para seus alunos, o trecho em que Maria do Céu se apresenta às crianças reunidas na praça (página 16). Desafie-os a descobrir histórias escondidas nas proezas realizadas pela fada. Com certeza vão identificar O gato de botas, João e Maria etc. Se não descobrirem, leia para eles, afinal, a professora, como sugere Bartolomeu Campos Queirós, pode ser uma nova identidade da fada O delegado disse que Maria desrespeitara as autoridades e que não sabia que viviam numa democracia. Verifique se os alunos sabem o que é democracia e se eles concordam com o que disse o delegado. Pergunte também por que Maria pensou que os adultos falassem outra língua. (Lembrar o sentido figurado de falar outra língua : não se entender, ser diferente.) No caso, Maria pensou isso, primeiro, porque os valores dos adultos eram diferentes dos seus e, segundo, porque muitas palavras ela não conhecia mesmo: título de eleitor, CPF, CEP etc. 7. O delegado faz uma lista de documentos que a fada precisaria ter. Alguns são identificados por siglas (CPF, por exemplo). Verifique se os alunos conhecem as que estão no texto e se conhecem outras. Peça que pesquisem mais algumas com os pais. 8. Proponha à classe: Imagine que você recebeu a visita da Maria do Céu e que ela lhe soprou seu segredo. Escreva o que ela disse, lembrando que deve ser algo que o fará sorrir. 9. O texto faz uma crítica aos adultos de modo geral. Promova uma discussão, perguntando se eles concordam com isso. Polemize: Os adultos são piores do que as crianças? 10. A fada Maria do Céu acha que as crianças estão perdendo a capacidade de sonhar Nem mesmo os meninos conhecem as fadas e seus poderes. Polemize: As crianças estão virando adultos em miniatura? 5

6 11. Alguns afirmam que a fada virou professora e que agora ensina as crianças a se defender dos mágicos. Pergunte aos alunos se eles acham que isso é possível e como. LEIA MAIS DO MESMO AUTOR Faca afiada Editora Moderna, São Paulo Cavaleiros das Sete Luas Editora Miguilim, Belo Horizonte Os cinco sentidos Editora Miguilim, Belo Horizonte De não em não Editora Miguilim, Belo Horizonte Para criar passarinho Editora Miguilim, Belo Horizonte A Matinta Pereira Editora FTD, São Paulo 2. SOBRE O MESMO ASSUNTO O gato que falava siamês Marco Túlio Costa Rio de Janeiro, Editora Record

O guarda-chuva do guarda

O guarda-chuva do guarda Leitor iniciante Leitor em processo Leitor fluente BARTOLOMEU CAMPOS DE QUEIRÓS O guarda-chuva do guarda ILUSTRAÇÕES: ELISABETH TEIXEIRA PROJETO DE LEITURA Luísa Nóbrega Maria José Nóbrega O guarda-chuva

Leia mais

THALES GUARACY. Liberdade para todos. Leitor iniciante. Leitor em processo. Leitor fluente ILUSTRAÇÕES: AVELINO GUEDES

THALES GUARACY. Liberdade para todos. Leitor iniciante. Leitor em processo. Leitor fluente ILUSTRAÇÕES: AVELINO GUEDES Leitor iniciante Leitor em processo Leitor fluente THALES GUARACY Liberdade para todos ILUSTRAÇÕES: AVELINO GUEDES PROJETO DE LEITURA Maria José Nóbrega Rosane Pamplona Liberdade para todos THALES GUARACY

Leia mais

Voluntário em Pesquisa: informe-se para decidir! Qual documento garante que os meus direitos serão respeitados?

Voluntário em Pesquisa: informe-se para decidir! Qual documento garante que os meus direitos serão respeitados? Ministério da Saúde Conselho Nacional de Saúde Voluntário em Pesquisa: O que é uma pesquisa, afinal de contas? Eu, um sujeito de pesquisa? Qual documento garante que os meus direitos serão respeitados?

Leia mais

Na sala de aula com as crianças

Na sala de aula com as crianças O CD Rubem Alves Novas Estórias, volume 3, abre novas janelas de oportunidade para quem gosta da literatura. Através do audiolivro podemos apreciar encantadoras histórias e deixar fluir a imaginação. Rubem

Leia mais

VIVINA DE ASSIS VIANA. Será que ele vem?

VIVINA DE ASSIS VIANA. Será que ele vem? Leitor iniciante Leitor em processo Leitor fluente VIVINA DE ASSIS VIANA Será que ele vem? ILUSTRAÇÕES: ROGÉRIO BORGES PROJETO DE LEITURA Maria José Nóbrega Rosane Pamplona ?Será que ele vem? VIVINA DE

Leia mais

EVA FURNARI. Assim assado

EVA FURNARI. Assim assado Leitor iniciante Leitor em processo Leitor fluente EVA FURNARI Assim assado ILUSTRAÇÕES DA AUTORA PROJETO DE LEITURA Maria José Nóbrega Rosane Pamplona De Leitores e Asas MARIA JOSÉ NÓBREGA Andorinha no

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO 1

PROJETO PEDAGÓGICO 1 PROJETO PEDAGÓGICO 1 Projeto Pedagógico Por Beatriz Tavares de Souza* Título: Maricota ri e chora Autor: Mariza Lima Gonçalves Ilustrações: Andréia Resende Formato: 20,5 cm x 22 cm Número de páginas: 32

Leia mais

Pedro Bandeira. Leitor em processo 2 o e 3 o anos do Ensino Fundamental

Pedro Bandeira. Leitor em processo 2 o e 3 o anos do Ensino Fundamental Pedro Bandeira Pequeno pode tudo Leitor em processo 2 o e 3 o anos do Ensino Fundamental PROJETO DE LEITURA Coordenação: Maria José Nóbrega Elaboração: Rosane Pamplona De Leitores e Asas MARIA JOSÉ NÓBREGA

Leia mais

COMO ESCREVER UM LIVRO INFANTIL. Emanuel Carvalho

COMO ESCREVER UM LIVRO INFANTIL. Emanuel Carvalho COMO ESCREVER UM LIVRO INFANTIL Emanuel Carvalho 2 Prefácio * Edivan Silva Recebi o convite para prefaciar uma obra singular, cujo título despertou e muita minha atenção: Como escrever um livro infantil,

Leia mais

Este template é muito diferente e muito, mas muito especial!

Este template é muito diferente e muito, mas muito especial! Esta é nossa última sequência! Este template é muito diferente e muito, mas muito especial! Quero que você olhe para ele com olhos de águia e reflita, e muito, se ele realmente serve para o seu produto

Leia mais

Projeto Conto de Fadas

Projeto Conto de Fadas Projeto Conto de Fadas 1. Título: Tudo ao contrário 2. Dados de identificação: Nome da Escola: Escola Municipal Santo Antônio Diretora: Ceriana Dall Mollin Tesch Coordenadora do Projeto: Mônica Sirtoli

Leia mais

CORRA, BERNARDO, CORRA!

CORRA, BERNARDO, CORRA! SINOPSE Bernardo precisa sair do prédio onde mora o mais rápido possível, mas o elevador não funciona, e então ele precisa descer as escadas. Como o garoto conhece quase todo mundo no prédio, os moradores

Leia mais

Formação de PROFESSOR EU ME DECLARO CRIANÇA

Formação de PROFESSOR EU ME DECLARO CRIANÇA Formação de PROFESSOR EU ME DECLARO CRIANÇA 1 Especial Formação de Professor Por Beatriz Tavares de Souza* Apresentação O livro apresenta os princípios da Declaração Universal dos Direitos da Criança.

Leia mais

CURUPIRA AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO VIII 3 O BIMESTRE RESOLUÇÃO COMENTADA

CURUPIRA AVALIAÇÃO DE CONTEÚDO DO GRUPO VIII 3 O BIMESTRE RESOLUÇÃO COMENTADA Aluno(a) Data: 14 / 09 / 11 3 o ano 2 a Série Turma: Ensino Fundamental I Turno: Matutino Professoras: Disciplinas: Língua Portuguesa, Matemática, Ciências Naturais e História/Geografia Eixo Temático Herança

Leia mais

Projeto EI São José do Rio Preto Assessoria: Debora Rana e Silvana Augusto 2 o encontro: 09 de abril de 2014 *Anotações do Grupo de CPs da manhã

Projeto EI São José do Rio Preto Assessoria: Debora Rana e Silvana Augusto 2 o encontro: 09 de abril de 2014 *Anotações do Grupo de CPs da manhã Projeto EI São José do Rio Preto Assessoria: Debora Rana e Silvana Augusto 2 o encontro: 09 de abril de 2014 *Anotações do Grupo de CPs da manhã Pauta de encontro Olá coordenadoras, mais uma vez estaremos

Leia mais

DURAÇÃO APROXIMADAMENTE 15 MESES

DURAÇÃO APROXIMADAMENTE 15 MESES GRUPO SANTA RITA INSCRIÇÕES ABERTAS! PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU CONTAÇÃO DE MENSALIDADE R e R$ MEC CURSOS AUTORIZADOS s o lu ç ã o C N E /C n ES 1, º. 7 129, /2 6 / 8 HISTÓRIAS música, dança,

Leia mais

Luís Norberto Pascoal

Luís Norberto Pascoal Viver com felicidade é sucesso com harmonia e humildade. Luís Norberto Pascoal Agradecemos aos parceiros que investem em nosso projeto. ISBN 978-85-7694-131-6 9 788576 941316 Era uma vez um pássaro que

Leia mais

Histórias Divertidas De Animais

Histórias Divertidas De Animais Histórias Divertidas De Animais Para ler e pintar Helena Akiko Kuno Histórias Divertidas De Animais 1ª. Edição São Paulo - 2013 Copyright@2013 by Helena Akiko Kuno Projeto gráfico Sheila Ferreira Kuno

Leia mais

Programa de Incentivo à Leitura Infantil Revista EBD Aprender+ 4º Tri 2015: A Vida de Jesus

Programa de Incentivo à Leitura Infantil Revista EBD Aprender+ 4º Tri 2015: A Vida de Jesus O PIL KIDS foi desenvolvido para ajudar na fixação das lições das revistas EBD infantil da Editora Betel de forma lúdica e contém várias atividades semanais elaboradas dentro de uma perspectiva e linguagem

Leia mais

Um dono para Buscapé GISELDA LAPORTA NICOLELIS. Um dono para Buscapé. Leitor iniciante. Leitor em processo. Leitor fluente

Um dono para Buscapé GISELDA LAPORTA NICOLELIS. Um dono para Buscapé. Leitor iniciante. Leitor em processo. Leitor fluente Leitor iniciante Leitor em processo Leitor fluente um apartamento, onde animais não são permitidos. Esse é o grande problema de Marcelo: Quem pode ficar com Buscapé? Entre as possibilidades que se apresentam,

Leia mais

Cara Professora, Caro Professor,

Cara Professora, Caro Professor, A olhinhos menina de rasgados Cara Professora, Caro Professor, Estamos oferecendo a você e a seus alunos um belo livro de narrativa A menina de olhinhos rasgados, do premiado autor mineiro Vanderlei Timóteo.

Leia mais

MOSTRA. Aquarela em Ação. Associação Pró-Autista de Erechim

MOSTRA. Aquarela em Ação. Associação Pró-Autista de Erechim MOSTRA em Ação Associação Pró-Autista de Erechim Eu tenho autismo, mas não sou somente "Autista". O autismo é apenas um aspecto do meu caráter. Não me define enquanto pessoa. Você é uma pessoa com pensamentos,

Leia mais

Apoio: Patrocínio: Realização:

Apoio: Patrocínio: Realização: 1 Apoio: Patrocínio: Realização: 2 CINDERELA 3 CINDERELA Cinderela era uma moça muito bonita, boa, inteligente e triste. Os pais tinham morrido e ela morava num castelo. A dona do castelo era uma mulher

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Outubro 2013

Atividades Pedagógicas. Outubro 2013 Atividades Pedagógicas Outubro 2013 EM DESTAQUE Acompanhe aqui um pouco do dia-a-dia de nossos alunos em busca de novos aprendizados. ATIVIDADES DE SALA DE AULA GRUPO II A GRUPO II B GRUPO II C GRUPO II

Leia mais

Vamos começar nossos estudos e descobertas????????

Vamos começar nossos estudos e descobertas???????? Aula 07 RESUMO E RESENHA Vamos iniciar nossos estudos???? Você já deve ter observado que pedimos que leia determinados textos e escreva o que entendeu, solicitamos que escreva o que o autor do texto quis

Leia mais

Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha. Ensino Fundamental

Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha. Ensino Fundamental Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha Ensino Fundamental Turma: PROJETO INTERPRETA AÇÂO (INTERPRETAÇÃO) Nome do (a) Aluno (a): Professor (a): DISCIPLINA:

Leia mais

A amizade abana o rabo

A amizade abana o rabo RESENHA Leitor iniciante Leitor em processo Leitor fluente ILUSTRAÇÕES: Marina relata, nessa história, seu encontro com cães especiais, que fazem parte de sua vida: Meiga, Maribel e Milord. A história

Leia mais

Enquete para Pais ou Responsáveis

Enquete para Pais ou Responsáveis MEXT Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia do Japão Avaliação Nacional do Desempenho Escolar e Condições do Aprendizado em 2013 Pesquisa detalhada Enquete para Pais ou Responsáveis

Leia mais

E-book Internet Marketing que Funciona Página 1

E-book Internet Marketing que Funciona Página 1 E-book Internet Marketing que Funciona Página 1 Produção Este E-book é Produzido por: Sérgio Ferreira, administrador do blog: www.trabalhandoonline.net Visite o site e conheça várias outras Dicas GRÁTIS

Leia mais

Como ficar rico rápido

Como ficar rico rápido Como ficar rico rápido Como ficar rico rapidamente Tiago? Ah! Se eu ganhasse um dólar toda vez que eu recebesse essa pergunta... Como ganhar dinheiro rapidamente tem sido o foco de muitas pessoas hoje

Leia mais

Escolas comunicadoras

Escolas comunicadoras Comunicação e Cultura Local de atuação: Ceará, Pernambuco, Pará e Bahia Data de fundação: 1996 Escolas comunicadoras No Ceará, quase quinhentas mil crianças da rede pública estudam em escolas que unem

Leia mais

MIRIAM PORTELA. Onde andará Alegria?

MIRIAM PORTELA. Onde andará Alegria? Leitor iniciante Leitor em processo Leitor fluente MIRIAM PORTELA Onde andará Alegria? ILUSTRAÇÕES: GRAÇA LIMA PROJETO DE LEITURA Maria José Nóbrega Rosane Pamplona De Leitores e Asas MARIA JOSÉ NÓBREGA

Leia mais

Depressão na Gravidez

Depressão na Gravidez De Depressão na Gravidez Um relato de uma mulher com Depressão na Gravidez O E-mail enviado por Gabriela, uma mulher que teve depressão durante a Gravidez e as respostas de apoio e ajudar à essa mulher.

Leia mais

PROJETO DE ARTICULAÇÃO HORIZONTAL DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROFESSOR ABEL SALAZAR

PROJETO DE ARTICULAÇÃO HORIZONTAL DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROFESSOR ABEL SALAZAR PROJETO DE ARTICULAÇÃO HORIZONTAL DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PROFESSOR ABEL SALAZAR ANO LETIVO 2012/2013 Era uma vez um peixinho azul muito pequenino, que nadava no fundo

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

A Cobronça, a Princesa e a Surpresa

A Cobronça, a Princesa e a Surpresa elaboração: PROF. DR. JOSÉ NICOLAU GREGORIN FILHO A Cobronça, a Princesa e a Surpresa escrito por & ilustrado por Celso Linck Fê Os Projetos de Leitura: concepção Buscando o oferecimento de subsídios práticos

Leia mais

Cópia autorizada. II

Cópia autorizada. II II Sugestões de avaliação Português Compreensão de texto 2 o ano Unidade 5 5 Unidade 5 Compreensão de texto Nome: Data: Leia este texto expositivo e responda às questões de 1 a 5. As partes de um vulcão

Leia mais

Um grupo de alunos e uma professora. que decidiram escrever um livro...

Um grupo de alunos e uma professora. que decidiram escrever um livro... Um grupo de alunos e uma professora que decidiram escrever um livro... Tudo começou com um garoto chamado Luan que, num belo dia, resolveu compartilhar sua história... Luan Cardoso era um menino de apenas

Leia mais

Um na Estrada Caio Riter

Um na Estrada Caio Riter Um na Estrada Caio Riter PROJETO DE LEITURA 1 O autor Caio Riter nasceu em 24 de dezembro, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. É bacharel em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Pontifícia

Leia mais

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR

Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR Diogo Caixeta 6 PASSOS PARA CONSTRUIR UM NEGÓCIO DIGITAL DE SUCESSO! WWW.PALAVRASQUEVENDEM.COM WWW.CONVERSAODIGITAL.COM.BR INTRODUÇÃO Você está cansado de falsas promessas uma atrás da outra, dizendo

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

5Passos fundamentais. Conseguir realizar todos os seus SONHOS. para. Autora: Ana Rosa. www.novavitacoaching.com

5Passos fundamentais. Conseguir realizar todos os seus SONHOS. para. Autora: Ana Rosa. www.novavitacoaching.com 5Passos fundamentais para Conseguir realizar todos os seus SONHOS Autora: Ana Rosa www.novavitacoaching.com O futuro pertence àqueles que acreditam na beleza dos seus sonhos! Eleanor Roosevelt CONSIDERA

Leia mais

AUTORES E ILUSTRADORES: FELIPE DE ROSSI GUERRA JULIA DE ANGELIS NOGUEIRA VOGES

AUTORES E ILUSTRADORES: FELIPE DE ROSSI GUERRA JULIA DE ANGELIS NOGUEIRA VOGES AUTORES E ILUSTRADORES: FELIPE DE ROSSI GUERRA JULIA DE ANGELIS NOGUEIRA VOGES 1ºC - 2011 APRESENTAÇÃO AO LONGO DESTE SEMESTRE AS CRIANÇAS DO 1º ANO REALIZARAM EM DUPLA UM TRABALHO DE PRODUÇÃO DE TEXTOS

Leia mais

1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: Responda a este teste e descubra se você conhece os personagens dos contos de fadas.

1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: Responda a este teste e descubra se você conhece os personagens dos contos de fadas. 1 o ano Ensino Fundamental Data: / / Nome: Responda a este teste e descubra se você conhece os personagens dos contos de fadas. 1) Do que são feitas as casas dos três porquinhos? a) Plástico, cimento e

Leia mais

Áfricas no Brasil: aprendendo sobre os sons, as cores, as imagens e os sabores

Áfricas no Brasil: aprendendo sobre os sons, as cores, as imagens e os sabores Áfricas no Brasil: aprendendo sobre os sons, as cores, as imagens e os sabores Rosália Diogo 1 Consideramos que os estudos relacionados a processos identitários e ensino, que serão abordados nesse Seminário,

Leia mais

Cartão postal. CONSULTORAS Patrícia Corsino e Hélen A. Queiroz

Cartão postal. CONSULTORAS Patrícia Corsino e Hélen A. Queiroz Cartão postal CONSULTORAS Patrícia Corsino e Hélen A. Queiroz SINOPSE geral da série Chico, 6 anos, adora passar as tardes na estamparia de fundo de quintal do seu avô. Nela, Vô Manu construiu um Portal

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

2010 PRÊMIO CORUJA DO SERTÃO 2ª FASE - REDAÇÃO

2010 PRÊMIO CORUJA DO SERTÃO 2ª FASE - REDAÇÃO 2010 PRÊMIO CORUJA DO SERTÃO 2ª FASE - REDAÇÃO NOME: Jaguarari, outubro de 2010. CADERNO DO 6º E 7º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 2010 Numa carta de Papai Noel destinada às crianças, ele comunica que não será

Leia mais

Apresentação. Práticas Pedagógicas Língua Portuguesa. Situação 5 Lendo e vivendo poemas. Recomendada para EF II ou EM. Tempo previsto: 4 aulas

Apresentação. Práticas Pedagógicas Língua Portuguesa. Situação 5 Lendo e vivendo poemas. Recomendada para EF II ou EM. Tempo previsto: 4 aulas Práticas Pedagógicas Língua Portuguesa Situação 5 Lendo e vivendo poemas Recomendada para EF II ou EM Tempo previsto: 4 aulas Elaboração: Equipe Técnica da CENP Apresentação Ler é um ato de recriação praticado

Leia mais

Projetos. Outubro 2012

Projetos. Outubro 2012 Projetos Outubro 2012 Assunto de gente grande para gente pequena. No mês de outubro os brasileiros foram às urnas para eleger prefeitos e vereadores e a Turma da Lagoa não poderia ficar fora deste grande

Leia mais

VÁRIAS MENINAS: DA EXEMPLARIDADE AO DIÁLOGO CAMILA FLESSATI RESUMO:

VÁRIAS MENINAS: DA EXEMPLARIDADE AO DIÁLOGO CAMILA FLESSATI RESUMO: VÁRIAS MENINAS: DA EXEMPLARIDADE AO DIÁLOGO RESUMO: CAMILA FLESSATI O presente artigo é fruto do trabalho realizado no grupo de estudos Literatura Infantil/Juvenil e Sociedade da Universidade de São Paulo.

Leia mais

Alfabetização e Letramento

Alfabetização e Letramento Alfabetização e Letramento Material Teórico A Escrita no Processo de Alfabetização Responsável pelo Conteúdo e Revisor Textual: Profª. Ms Denise Jarcovis Pianheri Unidade A Escrita no Processo de Alfabetização

Leia mais

G.R.E.S AMIGOS DA TIJUCA. Tijuca, não é SURPRESA eu amar você 2012. amigosdatijca@portugalmail.pt

G.R.E.S AMIGOS DA TIJUCA. Tijuca, não é SURPRESA eu amar você 2012. amigosdatijca@portugalmail.pt 1 CADERNO ABRE ALAS GRES AMIGOS DA TIJUCA 2012 TEMA: SURPRESA!!!!! 2 INDICE Pág. 1 SIMBOLO 3 2 SINOPSE 4 3 SAMBA ENREDO 7 4 ROTEIRO ABRE ALAS 8 5 FICHA TÉCNICA 23 3 1 SIMBOLO Logotipo Estandarte 4 2 SINOPSE

Leia mais

Atividade: Leitura e interpretação de texto. Português- 8º ano professora: Silvia Zanutto

Atividade: Leitura e interpretação de texto. Português- 8º ano professora: Silvia Zanutto Atividade: Leitura e interpretação de texto Português- 8º ano professora: Silvia Zanutto Orientações: 1- Leia o texto atentamente. Busque o significado das palavras desconhecidas no dicionário. Escreva

Leia mais

FACESI EM REVISTA Ano 3 Volume 3, N. 2 2011 - - ISSN 2177-6636

FACESI EM REVISTA Ano 3 Volume 3, N. 2 2011 - - ISSN 2177-6636 A IMPORTÂNCIA DO ATO DE LER NO UNIVERSO INFANTIL Ana Maria Martins anna_1280@hotmail.com Karen de Abreu Anchieta karenaanchieta@bol.com.br Resumo A importância do ato de ler no cotidiano infantil é de

Leia mais

ENTREVISTA. COM o Dr. Rildo Cosson. POR Begma Tavares Barbosa* begma@acessa.com

ENTREVISTA. COM o Dr. Rildo Cosson. POR Begma Tavares Barbosa* begma@acessa.com Entrevista ENTREVISTA 146 COM o Dr. Rildo Cosson. POR Begma Tavares Barbosa* begma@acessa.com * Dra. em Letras pela PUC/RJ e professora do Colégio de Aplicação João XXIII/UFJF. Rildo Cosson Mestre em Teoria

Leia mais

O USO DA LITERATURA NO PROCESSO DE LETRAMENTO NAS ESCOLAS DO CAMPO

O USO DA LITERATURA NO PROCESSO DE LETRAMENTO NAS ESCOLAS DO CAMPO O USO DA LITERATURA NO PROCESSO DE LETRAMENTO NAS ESCOLAS DO CAMPO INTRODUÇÃO Francisca das Virgens Fonseca (UEFS) franciscafonseca@hotmail.com Nelmira Santos Moreira (orientador-uefs) Sabe-se que o uso

Leia mais

Um planeta. chamado Albinum

Um planeta. chamado Albinum Um planeta chamado Albinum 1 Kalum tinha apenas 9 anos. Era um menino sonhador, inteligente e inconformado. Vivia num planeta longínquo chamado Albinum. Era um planeta muito frio, todo coberto de neve.

Leia mais

Leia os textos 1 e 2 com atenção para responder às questões de 1 a 11.

Leia os textos 1 e 2 com atenção para responder às questões de 1 a 11. Nome: N.º: endereço: data: Telefone: E-mail: Colégio PARA QUEM CURSA A 2 ạ SÉRIE DO ENSINO MÉDIO EM 2013 Disciplina: PoRTUGUÊs Prova: desafio nota: Leia os textos 1 e 2 com atenção para responder às questões

Leia mais

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins

- GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins - GUIA DO EMPRESÁRIO - Lucros Bons e Lucros Ruins Planeta Contábil 2008 Todos os Direitos Reservados (www.planetacontabil.com.br) 1/5 Lucros Bons e Lucros Ruins Podemos pensar que lucrar é sempre bom,

Leia mais

REDE PRÓ-MENINO. ECTI - Escola no Combate ao Trabalho Infantil ATIVIDADE MÓDULO 2 (COLAGEM) EM INTEGRAÇÃO COM O MÓDULO 1- B (ENTREVISTA)

REDE PRÓ-MENINO. ECTI - Escola no Combate ao Trabalho Infantil ATIVIDADE MÓDULO 2 (COLAGEM) EM INTEGRAÇÃO COM O MÓDULO 1- B (ENTREVISTA) REDE PRÓ-MENINO ECTI - Escola no Combate ao Trabalho Infantil CURSISTA: JACKELYNE RIBEIRO CINTRA MORAIS CPF: 014275241-06 ATIVIDADE MÓDULO 2 (COLAGEM) EM INTEGRAÇÃO COM O MÓDULO 1- B (ENTREVISTA) Características

Leia mais

VOCÊ TROCA? projeto de leitura. Leitor iniciante 1 o e 2 o anos do Ensino Fundamental. coordenação: Maria José Nóbrega elaboração: Rosane Pamplona

VOCÊ TROCA? projeto de leitura. Leitor iniciante 1 o e 2 o anos do Ensino Fundamental. coordenação: Maria José Nóbrega elaboração: Rosane Pamplona VOCÊ TROCA? Leitor iniciante 1 o e 2 o anos do Ensino Fundamental projeto de leitura coordenação: Maria José Nóbrega elaboração: Rosane Pamplona GABRIELA MARTIN/FUNDAÇÃO SERIDÓ Sítio arqueológico Xique-Xique

Leia mais

Não Era uma Vez... Contos clássicos recontados

Não Era uma Vez... Contos clássicos recontados elaboração: PROF. DR. JOSÉ NICOLAU GREGORIN FILHO Não Era uma Vez... Contos clássicos recontados escrito por Vários autores Os Projetos de Leitura: concepção Buscando o oferecimento de subsídios práticos

Leia mais

Aula 03. o ato de ler. Leitura e conhecimento. Os poemas. Caríssimo aluno,

Aula 03. o ato de ler. Leitura e conhecimento. Os poemas. Caríssimo aluno, Aula 03 o ato de ler Caríssimo aluno, A leitura é componente fundamental do processo de aprendizagem, pois está relacionada a todas as disciplinas de seu curso. Convidamos você para fazermos algumas reflexões

Leia mais

Um Menino Igual a Todo Mundo

Um Menino Igual a Todo Mundo elaboração: PROF. DR. JOSÉ NICOLAU GREGORIN FILHO Um Menino Igual a Todo Mundo escrito por & ilustrado por Sandra Saruê Marcelo Boffa Os Projetos de Leitura: concepção Buscando o oferecimento de subsídios

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO EDITAL N 001 DO IV FESTIVAL DE ARTES DAS ESCOLAS DE PALMAS (FAES-PALMAS) SEMED/PMP/TO, DE 09 DE MARÇO DE 2012. Abertura- A Secretaria Municipal

Leia mais

Literatura e cinema: algumas reflexões sobre a produção voltada para o público infantil

Literatura e cinema: algumas reflexões sobre a produção voltada para o público infantil Literatura e cinema: algumas reflexões sobre a produção voltada para o público infantil Fábio Augusto Steyer Universidade Estadual de Ponta Grossa PR A atual produção cinematográfica voltada para o público

Leia mais

BLOCO 8. Por que o PROFESSOR DEVE ESCREVER pelos alunos?

BLOCO 8. Por que o PROFESSOR DEVE ESCREVER pelos alunos? BLOCO 8 Por que o PROFESSOR DEVE ESCREVER pelos alunos? Texto 23: Práticas de escrita orientações didáticas Fonte: Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil - Volume 3 / Conhecimento do

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL AUGUSTO AIRES DA MATA MACHADO. MATÉRIA: LÍNGUA PORTUGUESA. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ASSUNTO: PRODUÇÃO DE TEXTO.

ESCOLA ESTADUAL AUGUSTO AIRES DA MATA MACHADO. MATÉRIA: LÍNGUA PORTUGUESA. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ASSUNTO: PRODUÇÃO DE TEXTO. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ALUNO: Victor Maykon Oliveira Silva TURMA: 6º ANO A ÁGUA A água é muito importante para nossa vida. Não devemos desperdiçar. Se você soubesse como ela é boa! Mata a sede de

Leia mais

MARK CARVALHO. Capítulo 1

MARK CARVALHO. Capítulo 1 MARK CARVALHO Capítulo 1 Mark era um menino com altura média, pele clara, pequenos olhos verdes, cabelos com a cor de avelãs. Um dia estava em casa vendo televisão, até que ouviu: Filho, venha aqui na

Leia mais

O Pequeno Mundo de Maria Lúcia

O Pequeno Mundo de Maria Lúcia Eric Ponty O Pequeno Mundo de Maria Lúcia Pinturas de Fernando Campos [2005] Virtual Book s Numa noite de outubro a pequena Maria Lúcia viu o azul do céu escuro da tarde um homem andando de bicicleta.

Leia mais

UMA BREVE REFLEXÃO SOBRE AS SITUAÇÕES DE ESCRITA EM CONTEXTOS COMUNICATIVOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO INICIAL

UMA BREVE REFLEXÃO SOBRE AS SITUAÇÕES DE ESCRITA EM CONTEXTOS COMUNICATIVOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO INICIAL Título do artigo: UMA BREVE REFLEXÃO SOBRE AS SITUAÇÕES DE ESCRITA EM CONTEXTOS COMUNICATIVOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO INICIAL Disciplina: Alfabetização Selecionadora: Beatriz Gouveia 16ª Edição do

Leia mais

SUGESTÕES DE ATIVIDADES

SUGESTÕES DE ATIVIDADES PROJETO DE LEITURA PRÉ-LEITURA ATIVIDADES ANTERIORES À LEITURA INTENÇÃO: LEVANTAR HIPÓTESES SOBRE A AUTORA, SOBRE O LIVRO, INSTIGAR A CURIOSIDADE E AMPLIAR O REPERTÓRIO DO ALUNO. Antes de você iniciar

Leia mais

Dicas do que você deve fazer desde cedo para educar seu filho a ser determinado e capaz de conquistar o que ele deseja.

Dicas do que você deve fazer desde cedo para educar seu filho a ser determinado e capaz de conquistar o que ele deseja. Dicas do que você deve fazer desde cedo para educar seu filho a ser determinado e capaz de conquistar o que ele deseja. O primeiro passo para conquistar algo é acreditar que é possível. Se não, a pessoa

Leia mais

Ilustração de Ike Vilela, que será usada em todo o material de divulgação da peça.

Ilustração de Ike Vilela, que será usada em todo o material de divulgação da peça. Ilustração de Ike Vilela, que será usada em todo o material de divulgação da peça. Esta peça é uma homenagem à nossa saudosa Sylvia Orthoff, por seu trabalho no teatro e principalmente por ser a fada mais

Leia mais

Que calorão! Entenda por que o efeito estufa ameaça nosso planeta.

Que calorão! Entenda por que o efeito estufa ameaça nosso planeta. Nome: Ensino: F undamental 4 o ano urma: Língua Por ortuguesa T Data: 5/8/2009 Que calorão! Entenda por que o efeito estufa ameaça nosso planeta. O clima na Terra não é sempre igual e a temperatura aumenta

Leia mais

Apoio. Patrocínio Institucional

Apoio. Patrocínio Institucional Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 83 Papo Reto com José Junior 12 de junho de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

Dicas para você trabalhar o livro Menino brinca de boneca? com seus alunos

Dicas para você trabalhar o livro Menino brinca de boneca? com seus alunos Dicas para você trabalhar o livro Menino brinca de boneca? com seus alunos Caro professor, Este link do site foi elaborado especialmente para você, com o objetivo de lhe dar dicas importantes para o seu

Leia mais

ALGUMAS DICAS SOBRE COMO ALCANÇAR O EMPREGO DOS SEUS SONHOS

ALGUMAS DICAS SOBRE COMO ALCANÇAR O EMPREGO DOS SEUS SONHOS ALGUMAS DICAS SOBRE COMO ALCANÇAR O EMPREGO DOS SEUS SONHOS Ao se levantar para trabalhar, pela manhã, todos enfrentamos, sentados na beira da cama, a mesma questão: eu seria mais feliz e satisfeito fazendo

Leia mais

EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PORTUGUESA DE LÍNGUA. Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) MARÇO

EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM PORTUGUESA DE LÍNGUA. Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) MARÇO EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA MARÇO 2013 Expectativas de Aprendizagem de Língua Portuguesa dos anos iniciais do Ensino Fundamental 1º ao 5º ano Anos Iniciais do Ensino Fundamental (1º

Leia mais

CD EU QUERO DEUS. 01- EU QUERO DEUS (Irmã Carol) 02- SIM, SIM, NÃO, NÃO (Irmã Carol)

CD EU QUERO DEUS. 01- EU QUERO DEUS (Irmã Carol) 02- SIM, SIM, NÃO, NÃO (Irmã Carol) CD EU QUERO DEUS 01- EU QUERO DEUS (Irmã Carol) EU QUERO DEUS \ EU QUERO DEUS SEM DEUS EU NÃO SOU NADA EU QUERO DEUS Deus sem mim é Deus \ Sem Deus eu nada sou Eu não posso viver sem Deus \ Viver longe

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA LEITURA PARA A PRODUÇÃO TEXTUAL

A IMPORTÂNCIA DA LEITURA PARA A PRODUÇÃO TEXTUAL A IMPORTÂNCIA DA LEITURA PARA A PRODUÇÃO TEXTUAL REBECCA TAVARES DE MELO TOSCANO DE BRITO (UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA). Resumo Nos dias atuais a prática da leitura está se tornando cada vez mais rara

Leia mais

Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri.

Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri. Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri.com Página 1 1. HISTÓRIA SUNAMITA 2. TEXTO BÍBLICO II Reis 4 3.

Leia mais

Procon Uberlândia - MG

Procon Uberlândia - MG Procon Procon Uberlândia - MG Av. João Pinheiro, 1.417 - Bairro Aparecida Uberlândia - MG - CEP: 38400-712 Telefone: (34) 3291-1600 procon@uberlandia.mg.gov.br Produção: Mais Ativos Educação Financeira

Leia mais

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo

Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Geração Graças Peça: A ressurreição da filha de Jairo Autora: Tell Aragão Personagens: Carol (faz só uma participação rápida no começo e no final da peça) Mãe - (só uma voz ela não aparece) Gigi personagem

Leia mais

Xixi na Cama. Cara Professora, Caro Professor,

Xixi na Cama. Cara Professora, Caro Professor, Xixi na Cama Cara Professora, Caro Professor, Estamos oferecendo a você e a seus alunos mais um livro da coleção Revoluções: Xixi na Cama, do autor mineiro Drummond Amorim. Junto com a obra, estamos também

Leia mais

Biblioteca e Leitura, Janelas para o Mundo

Biblioteca e Leitura, Janelas para o Mundo Biblioteca e Leitura, Janelas para o Mundo Um país se faz com homens e livros. Monteiro Lobato O que é uma biblioteca? A palavra biblioteca tem sua origem nos termos gregos biblío (livro) e teca (caixa),

Leia mais

JOÁS, O MENINO REI Lição 65. 1. Objetivos: Ensinar que devemos permanecer fiéis a Deus embora nossos amigos parem de segui-lo.

JOÁS, O MENINO REI Lição 65. 1. Objetivos: Ensinar que devemos permanecer fiéis a Deus embora nossos amigos parem de segui-lo. JOÁS, O MENINO REI Lição 65 1 1. Objetivos: Ensinar que devemos permanecer fiéis a Deus embora nossos amigos parem de segui-lo. 2. Lição Bíblica: 2 Reis 11; 2 Crônicas 24.1-24 (Base bíblica para a história

Leia mais

FANTOCHE/DEDOCHE HISTÓRIA INFANTIL:

FANTOCHE/DEDOCHE HISTÓRIA INFANTIL: TEATRO DE SOMBRA LIVRO LOLO BARNABÉ: O teatro de sombras surgiu há muito tempo. Desde que os homens viviam em cavernas, já se maravilhavam com as sombras produzidas pela luz do sol ou do fogo. Com o tempo,

Leia mais

APRENDER A ESCREVER. Como ajudar as crianças a se alfabetizar no início da vida escola

APRENDER A ESCREVER. Como ajudar as crianças a se alfabetizar no início da vida escola http://luizsoaresdecassia.blogspot.com.br APRENDER A ESCREVER Como ajudar as crianças a se alfabetizar no início da vida escola Todos os anos, milhares de meninos e meninas do ensino fundamental de todo

Leia mais

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS BRASÍLIA ECHARDT VIEIRA (CENTRO DE ATIVIDADES COMUNITÁRIAS DE SÃO JOÃO DE MERITI - CAC). Resumo Na Baixada Fluminense, uma professora que não está atuando no magistério,

Leia mais

Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos. Quem sou eu? Dinâmica de Apresentação para Grupo de Jovens

Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos. Quem sou eu? Dinâmica de Apresentação para Grupo de Jovens Disponível no site Esoterikha.com: http://bit.ly/dinamicas-para-jovens Dinâmicas para Jovens - Brincadeiras para Jovens Atividades para grupos As dinâmicas de grupo já fazem parte do cotidiano empresarial,

Leia mais

Projeto. Pedagógico ÁGUIA SONHADORA

Projeto. Pedagógico ÁGUIA SONHADORA Projeto Pedagógico ÁGUIA SONHADORA 1 Projeto Pedagógico Por Beatriz Tavares de Souza* Apresentação O livro narra a história de uma águia inquieta para alçar o primeiro voo; ainda criança, sai pela floresta

Leia mais

Palavras chave: Letramento Literário; Educação infantil; Literatura infantil; Primeira Infância; Formação Docente.

Palavras chave: Letramento Literário; Educação infantil; Literatura infantil; Primeira Infância; Formação Docente. LETRAMENTO LITERÁRIO NA PRIMEIRA INFÂNCIA Mônica Correia Baptista (FAPEMIG/FaE/UFMG) monicacb@fae.ufmg.br Amanda de Abreu Noronha (FaE/UFMG) amandadeabreu13@gmail.com Priscila Maria Caligiorne Cruz FALE/(UFMG)

Leia mais

A escolinha do mar. Texto: Ruth Rocha Ilustrações: Adilson Farias. Elaboração Anna Flora

A escolinha do mar. Texto: Ruth Rocha Ilustrações: Adilson Farias. Elaboração Anna Flora A escolinha do mar Texto: Ruth Rocha Ilustrações: Adilson Farias Elaboração Anna Flora Brincadeira 1: A escolinha do mar Material necessário Para o aluno: 2 rolos de papel crepom azul (qualquer tom) 1

Leia mais

PLANEJAMENTO (Poesia/poema) Expressão na oralidade, leitura fluente, produção textual, compreensão de texto poético.

PLANEJAMENTO (Poesia/poema) Expressão na oralidade, leitura fluente, produção textual, compreensão de texto poético. PLANEJAMENTO (Poesia/poema) Professor (a): Janete Fassini Alves Poesia: Das Flores Competências Objetivo Geral Objetivos Específicos Autor: Armando Wartha Expressão na oralidade, leitura fluente, produção

Leia mais

Leya Leituras Projeto de Leitura

Leya Leituras Projeto de Leitura Leya Leituras Projeto de Leitura Nome do livro: Curuminzice Coleção: Aldeia Autor: Tiago Hakiy Nacionalidade do autor: Brasileira Currículo do autor: De origem Sateré-Mawé, povo indígena que habita a região

Leia mais

CADERNO DE ATIVIDADES PRÉ-ESCOLA II

CADERNO DE ATIVIDADES PRÉ-ESCOLA II FotoHelio Melo FotoHelio Melo EM JI ANÍBAL MACHADO PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO Secretaria Municipal de Educação Subsecretaria de Ensino Coordenadoria de Educação Gerência de Educação Infantil

Leia mais