PORTUGUES AULA 4 SINTAXE. Exemplos: Choveu muito hoje pela manhã. TERMOS DA ORAÇÃO. Nevou bastante durante o inverno.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PORTUGUES AULA 4 SINTAXE. Exemplos: Choveu muito hoje pela manhã. TERMOS DA ORAÇÃO. Nevou bastante durante o inverno."

Transcrição

1 AULA 4 SINTAXE TERMOS DA ORAÇÃO TERMOS ESSENCIAIS: sujeito e predicado Sujeito é o termo da oração a respeito do qual se declara alguma coisa. Predicado é o que se declara a respeito do sujeito. As crianças precisam de cuidados especiais. Sujeito: As crianças Predicado: precisam de cuidados especiais. Tipos de sujeito 1. Sujeito simples: é quando possui um único núcleo. O professor explicou a matéria. 2. Sujeito composto: apresenta dois ou mais núcleos. Ana Júlia e Camila são filhas maravilhosas. 3. Sujeito oculto: quando podemos identificá-lo através da desinência verbal. Preciso de dinheiro para comprar pão. (Eu) 4. Sujeito indeterminado Quando não é possível determiná-lo na oração. O sujeito indeterminado apresenta-se de duas maneiras: a)verbo na 3ª pessoa do plural, sem a existência de outro elemento que exija essa flexão do verbo. Mãe, falaram de você. b)verbo na 3ª pessoa do singular acompanhado do pronome SE. Precisa-se de professores com experiência em concursos públicos. 5. Sujeito Inexistente (oração sem sujeito) São orações constituídas apenas pelo predicado, pois a informação fornecida não se refere a nenhum sujeito. As principais são: Exemplos: Choveu muito hoje pela manhã. Nevou bastante durante o inverno. 2. o verbo haver no sentido de existir ou indicação de tempo transcorrido. Exemplo: Houve sérios problemas na rede da empresa. Há vários anos não viajamos juntos. 3. verbo fazer, ser e estar indicando tempo transcorrido ou tempo que indique fenômeno da natureza. Exemplo: Faz duas semanas que não viajamos. Está muito quente hoje. Era noite quando ele chegou. Observações: 1. o verbo SER, impessoal, concorda com o predicativo, podendo aparecer na 3ª pessoa do plural. Exemplo: São oito horas da manhã. É uma hora da tarde. 2. os verbos que indicam fenômenos da natureza, quando usados em sentido conotativo (figurado) deixam de ser impessoais. Exemplos: Amanheci indisposto. Choveram lágrimas no enterro de Tancredo Neves. 3. Quando um pronome indefinido representa o sujeito ele deve ser classificado como determinado. Exemplos: Ninguém ligou para mim hoje. PREDICADO O predicado é aquilo que se comenta sobre o sujeito. Para estudá-lo é necessário conhecer o verbo que forma o predicado. Quanto à predicação os verbos podem ser classificados como: intransitivos, transitivos e de ligação. 1. verbos que exprimem fenômenos da natureza: chover, trovejar, nevar, anoitecer, amanhecer.

2 a) Intransitivos são verbos que não exigem complemento, pois têm sentido completo. A criança brincava no jardim. b) Transitivos são verbos que exigem complemento e se dividem em: transitivo direto, transitivo indireto e transitivo direto e indireto. Transitivo direto Não exigem preposição, ligando-se diretamente ao seu complemento, chamado objeto direto. As empresas tiveram prejuízos. (tiveram: VTD) Transitivo indireto Exigem preposição, ligando-se indiretamente ao seu complemento, chamado de objeto indireto. Gustavo gosta de chocolate. (gosta: VTI) Os professores receberam o prêmio. c) Predicado verbo-nominal Informa a ação e o estado do sujeito. Nós chegamos cansados. TERMOS INTEGRANTES DA ORAÇÃO São termos que servem para complementar o sentido de certos verbos ou nomes, pois seu significado só se completa com a presença de tais termos. Os termos integrantes da oração são: objeto direto objeto indireto complemento nominal agente da passiva Transitivo direto e indireto Exigem os dois complementos objeto direto e objeto indireto ao mesmo tempo. Alan pediu um carro ao pai. (pediu:vtdi) c)verbos de ligação São verbos que expressam estado ou mudança de estado e ligam o sujeito ao predicativo. Os alunos permaneceram na sala. (permanecer: VL) COMPLEMENTO VERBAL Objeto direto Termo não regido por preposição. Completa o sentido do verbo transitivo direto. Exemplo: Eles esperavam o ônibus. VTD OD Um método bem prático para determinar o objeto direto é perguntar QUEM? ou O QUÊ? Depois do verbo. Ela vendia O QUÊ? Doces (OD) TIPOS DE PREDICADO a) Predicado Nominal Expressa o estado do sujeito. O verbo é de ligação. O dia continua quente. b) Predicado Verbal Objeto indireto Completa o sentido do verbo transitivo indireto e é regido por preposição. Aline gosta de frutas. VTI OI Expressa a ação praticada ou recebida pelo sujeito.

3 Para reconhecer o objeto indireto, basta perguntar QUEM ou QUE depois do verbo + preposição. Aline gosta de frutas. Aline gosta de quê? De frutas. Complemento Nominal É o termo que completa o sentido de substantivos, adjetivos e advérbios, ligando-se a esses nomes por meio de preposição. Fiz referência às alunas. CN A casa está cheia de insetos. Adjunto adverbial Apesar de poder se referir ao verbo, o adjunto adverbial não é complemento verbal, mas um termo acessório que acrescenta determinada circunstância ao que se refere. Em morfologia é chamado de advérbio. Na sintaxe, de adjunto adverbial. 1. Classificação do advérbio: de lugar (aqui, ali, lá, acolá...) de tempo(hoje, agora, já, ontem...) de modo(tranqüilamente, calmamente, bem, mal...) de negação (não, absolutamente...) de dúvida(talvez, quiçá...) de intensidade(muito, pouco, bastante, mais, menos...) de afirmação (sim, certamente...) CN A criança chegou perto do rio. CN Agente da Passiva Ocorre em orações cujo verbo se apresenta na voz passiva a fim de indicar o elemento que executa a ação verbal. A praça fora cercada pelos soldados. TERMOS ACESSÓRIOS DA ORAÇÃO Adjunto adnominal Acompanha um substantivo, núcleo de uma função sintática qualquer, procurando caracterizá-lo, determinálo ou individualizá-lo. O adjunto adnominal pode ser expresso por: artigos, numerais ou pronomes adjetivos, adjetivos e locuções adjetivas. A um mesmo núcleo podem-se subordinar adjuntos adnominais de naturezas diferentes. Esses dois cavalos brancos e as mulas magras fugiram. Quem fugiu? Resposta: estes dois cavalos brancos e as mulas magras(sujeito composto) Núcleos do sujeito: cavalos, mulas Adjuntos adnominais: estes(pronome), dois(numeral), brancos(adjetivo), as(artigo), magras(adjetivo). Aposto Termo ou expressão de caráter individualizador ou de esclarecimento, que acompanha um elemento da oração, qualquer que seja a função deste. Conforme o sentido que empresta a seu referente, pode ser analisado como: explicativo - Mariana, minha neta, esteve aqui. enumerativo - Eis os três professores mais simpáticos do curso: Ricardo, França e Márcio. recapitulativo ou resumitivo O noivo, a noiva, os convidados, todos estavam radiantes. distributivo - Matemática e Biologia são ciências, aquela exata e esta humana. aposto de oração - A resposta foi ríspida, sinal de ignorância. especificativo - O escritor Machado de Assis escreveu o romance Helena. Vocativo Termo ou expressão de natureza exclamativa que tem função de invocar ou destacar alguém ou ente personificado. Não mantém relação sintática com qualquer outro elemento da oração, por isso não faz parte do sujeito ou do predicado. Virá sempre marcado por pontuação e admite a anteposição de interjeição de chamamento. Ei!, querido, aonde iremos? Camila, tome o remédio. Gosto muito de você, mãe.

4 Praticando nos concursos 1(FMU) "Ouviram do Ipiranga as margens plácidas / De um povo heróico o brado retumbante..." O sujeito desta afirmação com que se inicia o Hino Nacional é: (A) indeterminado (B) um povo heróico (C) as margens plácidas do Ipiranga (D) do Ipiranga (E) o brado retumbante c) predicativo, adjunto adverbial de lugar, locução adjetiva, objeto direto, objeto direto. d) núcleo do sujeito, objeto indireto, adjunto adnominal, locução adjetiva, agente da passiva. e) núcleo do sujeito, complemento nominal, objeto direto, sujeito, agente da passiva. 2. (FCMSC-SP) Observe as orações seguintes: 1. Dizem por aí tantas coisas Nesta faculdade acolhem muito bem os alunos. 3. Obedece-se aos mestres. O sujeito está indeterminado: 4. (UFPR) Qual a oração sem sujeito? (A) Falaram mal de você. (B) Ninguém se apresentou. (C) Precisa-se de professores. D) A noite estava agradável. (E) Vai haver um campeonato. (A) somente na 1 (B) na 2 somente (C) na 3 somente (D) em duas delas somente (E) nas três orações 5. (FMU) Há crianças sem carinho / Disseram-me a verdade / Construíram-se represas. Os sujeitos das orações acima são, respectivamente: (A) inexistente, indeterminado, simples 3. (ACAFE) Analise os termos destacados nas orações abaixo. I... uma boa idéia é renovar as velhas usinas. (linhas 1-2) II... fazendo com que a poluição não vá para a atmosfera. (linhas 6-7) IIIAs termoelétricas de carvão, que são as maiores responsáveis pela poluição do setor energético... (linhas 2-3) IV... e outro que basicamente posiciona as chaminés voltadas para depósitos de água subterrâneos,... (linhas 5-6) V... que por quase 20 anos foram demonizadas pelos ambientalistas,... (linha 8) Os termos destacados classificam-se, respectivamente, como: a) predicativo do sujeito, adjunto adverbial de modo, adjunto adnominal, objeto direto, objeto indireto. b) núcleo do sujeito, adjunto adverbial de lugar, locução adjetiva, objeto direto, agente da passiva. (B) indeterminado, implícito, indeterminado (C) simples, indeterminado, indeterminado (D) inexistente, inexistente, simples (E) indeterminado, simples, inexistente 6. (PUC) "Em 1949 reuniram-se em Perúgia, Itália, a convite da quase totalidade dos cineastas italianos, seus colegas de diversas partes do mundo.o núcleo do sujeito de "reuniram-se" é: (A) cineastas (B) convite (C) colegas (D) totalidade (E) se 7. (OMEC-SP) Assinale a frase em que há sujeito indeterminado: (A) Compram-se jornais velhos. (B) Confia-se em suas palavras. (C) Chama-se José o sacerdote. D) Choveu muito. (E) É noite

5 8. (UM-SP) O sujeito é simples e determinado em: (A) Há somente um candidato ao novo cargo, doutor? (B) Vive-se bem ao ar livre. (C) Na reunião de alunos, só havia pais. (D) Que calor, filho! PORTUGUES C Estou preso à vida e olho meus companheiros. (complemento nominal) D Entre eles considero a enorme realidade. (adjunto adnominal) E O presente é tão grande, não nos afastemos. (sujeito simples) (E) Viam-se eleitores indecisos durante a pesquisa. 9. (UM-SP) Preencha a segunda coluna conforme o código estabelecido na primeira e assinale a alternativa correta de acordo com essa relação: (1) sujeito determinado simples (2) sujeito indeterminado (3) sujeito desinencial (implícito na terminação verbal) (4) sujeito paciente (5) sujeito inexistente 11. (UFGO) Em uma das alternativas, o predicativo inicia o período. Assinale-a: (A) A dificílima viagem será realizada pelo homem. (B) Em suas próprias inexploradas entranhas descobrirá a alegria de conviver. (C) Humanizado tornou-se o sol com a presença humana. (D) Depois da dificílima viagem, o homem ficará satisfeito? (E) O homem procura a si mesmo nas viagens a outros mundos. ( ) Era um mistério curioso aquela vida. ( ) No auge da rebelião, houve um tiroteio de quinze minutos entre policiais e bandidos. ( ) Quando se dispõe de força interna, vive-se melhor. ( ) Corrigiram-se os artigos após a última emenda do jornalista. ( ) Nem quererá despejá-lo imediatamente. 12. (UEBA) Assinale a alternativa correspondente ao período onde há predicativo do sujeito: (A) Como o povo anda tristonho! (B) Agradou ao chefe o novo funcionário. (C) Ele nos garantiu que viria. (D) No Rio, não faltam diversões. (E) O aluno ficou sabendo hoje cedo de sua aprovação. (A) (B) (C) (D) (E) (ACAFE) Todas as alternativas têm o termo destacado classificado corretamente, exceto a: A Também não cantarei o mundo futuro. (objeto direto) B Não serei o poeta de um mundo caduco. (verbo transitivo direto) 13. (FGV) Aponte a correta análise do termo destacado: "Ao fundo, as pedrinhas claras pareciam tesouros abandonados. (A) predicativo do sujeito (B) adjunto adnominal (C) objeto direto (D) complemento nominal (E) predicativo do objeto direto

6 14. (Urcamp _RS) Aponte a alternativa em que ocorre verbo intransitivo. (A)Esporte traz emoções. (B)Os americanos têm sob o basquete um império feito para funcionar. (C)O esporte exige o máximo de vida. (D)Guerra só traz euforia nacional ou tragédia. (E)Ela nasce casualmente. 17. Assinale a alternativa em que o verbo é transitivo direto. (A)Comprei um terreno e construí a casa. (B)Os guerreiros dormem agora. (C)O cego não vê. (D)João parece zangado. (E)n.d.a 15.(ITA _ SP) Considere estes versos de Olavo Bilac: 1. Longe do turbilhão estéril da rua, / Beneditino, escreve! 2. De tal modo que a imagem fique nua [...]. 3. E, natural, o efeito agrade, / Sem lembrar os andaimes do edifício. Os verbos em destaque classificam-se, respectivamente, como: (A)Intransitivo de ligação transitivo direto. (B)Transitivo direto intransitivo intransitivo. 18. (MACK) No período: "O homem andava triste porque não conseguiu que seu irmão lhe desse apoio naquela difícil empresa. os verbos andar, conseguir, dar classificam-se, respectivamente, em: (A) intransitivo, transitivo direto, transitivo indireto (B) de ligação, transitivo direto, transitivo direto e indireto (C) de ligação, transitivo direto e indireto, transitivo direto e indireto (D) transitivo direto, transitivo direto, transitivo direto e indireto (E) intransitivo, transitivo direto, transitivo direto (C)Transitivo intransitivo transitivo. (D)Transitivo de ligação intransitivo. (E)Transitivo direto de ligação transitivo direto e indireto. 19. (UEPB) Considere os versos de Mário de Andrade: Trabalhar nós trabalhamos. porém para comprar as pérolas 16.(UM-SP) Muito bom dia, senhora, Que nessa janela está; Sabe dizer se é possível Algum trabalho encontrar?. João Cabral de Melo Neto No verso: Que nessa janela está, o verbo é: (A)Transitivo direto (B)De ligação (C)Transitivo indireto (D)Transobjetivo do pescocinho da moça do deputado Fulano [...] Seringueiro, dorme! Num amor de amigo enorme[...] Os verbos em destaque nesses versos são: (A) intransitivos (B) transitivos diretos (C) transitivos indiretos (D) transitivos diretos e indiretos (E) de ligação (E)Intransitivo

7 20.(Unimep SP) Compare estas orações e assinale a alternativa correta: I. Paulo está adoentado. II. Paulo está no hospital. (A) O predicado é verbal em I e II. (B) O predicado é nominal em I e II. (C) O predicado é verbo-nominal em I e II. (D) O predicado é verbal em I e nominal em II. (E) O predicado é nominal em I e verbal em II. III. predicado nominal e sujeito indeterminado. (E) I. predicado nominal e oração sem sujeito; II. predicado verbal e sujeito inexistente; III. predicado nominal e sujeito inexistente. 22. (F.Araraquara- SP) O professor entrou apressado. O destaque indica: (A)predicado nominal 21. (UEBA) Considere os enunciados. I. Vieram as chuvas repentinamente. II. Alguns soldados voltaram feridos do combate. III. Naquele grupo ninguém era herói. Com relação aos tipos de predicados e de sujeitos, temos: (A) I. predicado verbal e oração sem sujeito; II. predicado verbal e sujeito composto; III. predicado nominal e sujeito indeterminado. (B)predicado verbo-nominal (C)predicado verbal (D)adjunto adverbial (E)n.d.a 23. (FMU) Assinale uma das alternativas em que aparece um predicado verbo-nominal: (A) Os viajantes chegaram cedo ao destino. (B) Demitiram o secretário da instituição. (C) Nomearam as novas ruas da cidade. (D) Compareceram todos atrasados à reunião. (B) (E) Estava irritado com as brincadeiras. I. predicado nominal e sujeito simples; II. predicado verbo-nominal e sujeito composto; III. predicado verbal e sujeito simples. (C) I. predicado verbal e sujeito simples; II. predicado verbo-nominal e sujeito simples; III. predicado nominal e sujeito simples. (D) 24. (PUC) Na oração: "A inspiração é fugaz, violenta", podemos afirmar que o predicado é: (A) verbo-nominal, porque o verbo é de ligação e vem seguido de dois predicativos. (B) nominal, porque é verbo de ligação. (C) verbal, porque o verbo é de ligação e são atribuídas duas caracterizações ao sujeito. (D) verbo-nominal, porque o verbo é de ligação e vem seguido de dois advérbios de modo. (E) nominal, porque o verbo tem sua significação completada por dois nomes que funcionam como adjuntos adnominais. I. predicado verbo-nominal e sujeito composto; II. predicado verbo-nominal e sujeito composto;

8 25. (FCMPA-MG) Assinale a alternativa em que apareça predicado verbo- nominal: (A) A chuva permanecia calma. (B) A tempestade assustou os habitantes da vila. (C) adjunto adverbial em II e adjunto adnominal em I e III. (D) adjunto adverbial em I, II e III. (E) adjunto adnominal em I, II e III. (C) Paulo ficou satisfeito. (D) Os meninos saíram do cinema calados. (E) Os alunos estavam preocupados. 26. (UF-UBERLÂNDIA) "O sol entra cada dia mais tarde, pálido, fraco, oblíquo."o sol brilhou um pouquinho pela manhã.pela ordem, os predicados das orações acima se classificam como: (A) nominal e verbo-nominal 30.(Fuvest-SP) Assinalar a oração que começa com um adjunto adverbial de tempo. (A) Com certeza, havia um erro no papel do branco. (B) No dia seguinte, Fabiano voltou à cidade. (C) Na porta, (...) enganchou as rosetas das esporas... (D) Não deviam tratá-lo assim. (E) O que havia era safadeza. (B) verbal e nominal (C) verbal e verbo-nominal (D) verbo-nominal e nominal (E) verbo-nominal e verbal 27. (Cefet-PR) Assinale a alternativa que classifica corretamente, e pela ordem, os predicados das frases. I. Os filhos consideram falsa a atitude da mãe. II. A atitude da mãe parecia falsa. III. Finalmente, os filhos consideram a atitude da mãe. (A) verbal, nominal, verbo-nominal. (B) verbo-nominal, nominal, verbal. (C) nominal, verbo-nominal, verbal. (D) verbo-nominal, verbal, nominal. (E) verbal, verbo-nominal, nominal. 31.(FCMSC-SP) Observe as duas frases seguintes: I. O proprietário da farmácia saiu. II. O proprietário saiu da farmácia. Sobre elas são feitas as seguintes considerações: Na I, da farmácia é adjunto adnominal. Na II, da farmácia é adjunto adverbial. Ambas as frases têm exatamente o mesmo significado. Tanto em I quanto em II, da farmácia tem a mesma função sintática. Dessas quatro considerações: (A) Apenas uma é verdadeira. (B) Apenas duas são verdadeiras. (C) Apenas três são verdadeiras. (D) As quatro são verdadeiras. (E) Nenhuma é verdadeira. 29.(Unimep-SP) I. Ele é muito simpático. II. Ele trabalha muito pouco. III. Há muito livro interessante. Muito é: (A) adjunto adverbial em I e II e adjunto adnominal em III. (B) adjunto adverbial em I e adjunto adnominal em II e III. 32. (BB) "Ande ligeiro, Pedro". (A) sujeito (B) objeto direto (C) vocativo (D) aposto (E) adjunto

9 33. (F. TIBIRIÇA-SP) Na oração "José de Alencar, romancista brasileiro, nasceu no Ceará", o termo destacado exerce a função sintática de: (A) aposto (B) vocativo (C) predicativo do objeto (D) complemento nominal (E) n.d.a 34. (FCC) Dê a função sintática do termo destacado em: "Amanhã, sábado, não sairei de casa. (A) objeto direto (B) objeto indireto (C) agente da passiva (D) complemento nominal (E) aposto 35. (PUCC) Dê a função sintática do termo destacado em: "Não digo nada de minha tia materna, Dona Emerenciana : (A) sujeito (B) objeto direto (C) objeto indireto (D) adjunto adverbial (E) aposto 36. (PUCC) Dê a função sintática do termo destacado em: "Voltaremos pela Via Anhangüera": (A) sujeito 37. (UFPR) Na oração "O alvo foi atingido por uma bomba formidável", a locução por uma bomba formidável tem a função de: (A) objeto direto (B) agente da passiva (C) adjunto adverbial (D) complemento nominal (E) adjunto adnominal 38.(ESAEX)-A alternativa em que a função sintática corresponde ao termo em negrito é: (A) A platéia assistiu ao espetáculo atenta. (predicativo do sujeito) (B) Ó Deus, ouve este teu filho! (sujeito) (C) Comprou livros para o filho. (agente da passiva) (D) A resolução do pai foi acertada. (adjunto adnominal) (E) Em Salvador chove mais no inverno. (complemento nominal) 39.(ESAEX) A alternativa em que a função sintática corresponde ao termo em negrito é: (A) É este o desejo secreto de cada escritor adjunto adverbial. (B) Enquanto viajava liguei o rádio do meu carro objeto direto. (C) É mais fácil criar felicidade pela comida Agente da passiva. (D)...o cozinheiro os sabe de cor adjunto adnominal. (E) Ele esconde as dores da gestação e do parto. predicativo do sujeito. 40. (EEAR) Assinale a alternativa em que o termo destacado é um complemento nominal. (A) Sua dedicação aos estudos era uma de suas virtudes. (B) O Governo precisa intervir mais na economia. (C) Os anõezinhos trabalhavam nas minas de diamante. (D) Foi socorrido pelos médicos daquele hospital. (B) objeto direto (C) agente da passiva D) adjunto adverbial (E) aposto 41.(EEAR) Os pronomes pessoais oblíquos destacados nas frases O diretor nomeou-o presidente da associação. Eu instruí os alunos, mas ninguém me obedeceu. Se você me vir na rua, mude de calçada. desempenham, respectivamente, a função sintática de objeto:

10 (A) indireto direto direto c) O amor é cego. (B) direto direto indireto (C) indireto indireto direto (D) direto indireto direto 42. (CESPE - Adaptada) d) Durante os dias chuvosos, as crianças ficaram em casa, fizeram as tarefas e prepararam bolos deliciosos. Sou a prova de que não existe criança irrecuperável, diz ele. E acrescenta: No mundo há os que choram e os que vendem lenços. Hoje, estou entre os que vendem lenços. e) Com certeza, os alunos aprenderão os conteúdos. Considerando a última fala do protagonista do texto, assinale a opção que apresenta uma relação sintática incorreta. (A) Os termos no mundo e hoje são adjuntos adverbiais, respectivamente, de lugar e de tempo. (B) O sujeito das formas verbais há e estou é idêntico: o pronome de primeira pessoa do singular eu, que se encontra subentendido. (C) As três ocorrências que se iniciam pelo vocábulo que têm idêntica classificação: são subordinadas adjetivas restritivas. (D) Dos predicados verbais do referido trecho, apenas o que tem por núcleo a forma verbal choram é denominado intransitivo. f) Por causa da gripe suína, algumas escolas suspenderam as aulas durante quinze dias. O período composto pode ser classificado em: Coordenação e subordinação. Vamos treinar juntos. GABARITO 1C2E3B4E5A6C7B8E9C10B11C12A13A14E15A16E17A 18B19A20E21C22B23D24B25D26E27B28E29A30B31B3 2C33A34E35E36D37B38A39B 40 A 41D 42B PERÍODO COMPOSTO TREINANDO 1. Classifique os períodos em simples ou compostos: A oração é o enunciado organizado em torno de um verbo ou locução verbal. Exemplo 1: O homem chegou, cumprimentou os convidados, fez um breve discurso e deixou o recinto. Passos: Destaque os verbos. a) O marinheiro triste voltou. Separe as informações. b) Desejo que o dia seja agradável e que vocês se divirtam muito. Cada verbo é uma informação.

11 c) Pare ou expulso a senhora da sala. Separadas as informações, vamos ler cada uma delas. d) Choveu, logo esfriou. O homem chegou. O homem cumprimentou os convidados. O homem fez um breve discurso. O homem deixou o recinto. e) O telefone caiu, porém não quebrou. f) O time jogou bem, portanto venceu. Conclusão: As orações coordenadas podem ser: Assindéticas= sem conjunção Sindéticas = com conjunção Exemplo 2: Quero que chova. Quero Sindéticas Aditiva: e Adversativa: mas Alternativa: ou Conclusiva: por isso Explicativa: porque Que chova Classifique as orações coordenadas Conclusão: - Não só cantei como também dancei. - Nem comprei o protetor solar, nem fui à praia. - Comprei o protetor solar e fui à praia. - Fiquei muito cansada, contudo me diverti bastante. Mais exemplos: a) Fui ao cinema e comi pipoca. - Não comprei o protetor solar, mas mesmo assim fui à praia. - Ou uso o protetor solar, ou uso o óleo bronzeador. b) Venha depressa, pois a aula já começou. - Ora sei que carreira seguir, ora penso em várias carreiras diferentes.

12 - Quer eu durma quer eu fique acordado, ficarei no quarto. - Passei no vestibular, portanto irei comemorar. - Conclui o meu projeto, logo posso descansar. PRATICANDO NOS CONCURSOS Ao falarem de chuva aqui e de seca acolá, eles acabam falando de um dos mais atuais e globalizados temas: a devastação das matas. - Tomou muito sol, consequentemente ficou adoentada. - Não fui à praia pois queria descansar durante o jantar. 1. (FCC- 2009) Ao falarem de chuva... A frase acima está corretamente transcrita, sem alteração do sentido original, em: (A) À medida que falam de chuva... (B) Como falam de chuva... Vírgula e orações coordenadas sindéticas: Vírgula e conjunção coordenada sindética aditiva 'e'. Usa-se vírgula para separar orações coordenadas aditivas ligadas pela conjunção 'e', quando os seus sujeitos forem diferentes. - Paulo comprou sapatos velhos, e João os vendeu como novos. Vírgula e coordenada sindética adversativa. Usa-se vírgula para separar orações coord. adversativas em períodos compostos: - Ela consentiu o casamento, mas não aprovou a festa. Ocorre em alguns casos que a conjunção e toma o valor de adversativa e, portanto, cai nessa regra, isto é, o e deve ser antecedido por vírgula. - Eles fumam, e não tragam. (= mas não tragam) coordenada sindética alternativa Coloca-se vírgula para separar a oração alternativa, quando proferida com pausa: - Ou eu estou muito enganada, ou vou ter a maior surpresa da minha vida! coordenada sindética conclusiva A conjunção ajuda a formar a ideia de conclusão do fato. Admite vírgula: - Ana trabalhou muito, então, mereceu aquele salário. Coordenada sindética explicativa Usa-se vírgula antes de oração introduzida por conjunção que dá a idéia de explicação. - O moço pediu comida, pois tinha fome. (C) Visto que falam de chuva... (D) Conquanto falem de chuva... (E) Quando falam de chuva EEAR Em A sala estava muito lotada, por isso não conseguimos lugar., a oração destacada classifica-se sintaticamente como a) subordinada adverbial consecutiva. b) coordenada sindética explicativa. c) subordinada adverbial temporal. d) coordenada sindética conclusiva. 3. (FCC- TRT 7ª ) Ao afastar meninos e meninas da escola, ela impede que as crianças e seus parentes e amigos tenham acesso a informações que lhes darão uma vida melhor. A oração grifada acima, respeitando-se as possibilidades de entendimento no texto, NÃO poderia ser alterada por: (A) À medida que afasta meninos e meninas da escola. (B) Como afasta meninos e meninas da escola. (C) Visto que afasta meninos e meninas da escola. (D) No momento em que afasta meninos e meninas da escola. (E) A fim de que afaste meninos e meninas da escola.

13 4. (VUNESP) Leia o trecho do 1.º parágrafo: A indústria automobilística não se cansa de repetir que os carros elétricos têm um lugar garantido no futuro da frota mundial de veículos./até hoje, porém, os carros movidos a bateria são, na maioria, apenas protótipos. A palavra porém, na segunda frase, estabelece com a primeira frase uma relação de (A) conformidade. (B) condição. (C) causa. (D) oposição. (E) finalidade. D Paixão é igual a fumaça: sufoca, mas passa. (explicação) E Com chuva, evite trafegar por aqui, pois a água esconde os buracos. (adversidade 8. FUNRIO - A exposição excessiva, contramão da intimidade, é uma evidência e uma tendência na Internet, mas há, também, na mesma Internet, uma busca contrária se esboçando. A conjunção grifada apresenta valor semântico de: A) adversidade B) adição 5. EEAR Observe as orações coordenadas sindéticas destacadas: 1- Ela sempre acende um cigarro, e não fuma. 2- Dormirei com dois cobertores, pois a temperatura diminuirá ainda mais esta noite. A seguir, assinale a alternativa correta quanto a sua classificação, respectivamente. a) adversativa conclusiva c) aditiva explicativa b) aditiva conclusiva d) adversativa explicativa 6. FUNRIO - Os estudos mais recentes, no entanto, mostram que... No período acima o elemento coesivo tem a função de: a) oposição. b) condição. C) explicação D) conclusão E) alternância 9. EEAR Observe: Até a água do rio/ que a tua pele banhou/ também secou com a saudade/ que a tua ausência deixou. A oração destacada, no texto acima, classifica-se como subordinada a) substantiva objetiva direta. b) adjetiva restritiva. c) adverbial consecutiva. d) adverbial causal. c) temporalidade. d) explicação. e) conformidade. 7. (ACAFE) A alternativa em que a classificação da relação de sentido entre as ideias está correta é: A Quanto mais pensava no assunto, mais irritado ia ficando. (causalidade) B A cena seria hilariante, se não fosse macabra. (condição) C As mulheres da Liga Campesina deram de ombro quando souberam que o Ministério Público pretende denunciá-las por danos ao patrimônio. (concessão) 10.EEAR Atribua F (Falso) ou V (Verdadeiro) para a classificação das orações subordinadas adverbiais e, a seguir, assinale a alternativa correta. Nevou tanto, que as ruas da cidade ficaram intransitáveis consecutiva ( ). Os garis trabalhavam sem descanso, visto tratar-se de verdadeira calamidade causal ( ). À medida que o tempo passava proporcional ( ), o branco da neve tornava-se escuro. O resultado, segundo se esperava condicional ( ), finalmente foi alcançado. a) V F V F b) V V V F c) F V F V d) F F V V

14 11.EEAR Assinale o período em que a oração subordinada tem a mesma função sintática da que se destaca em Eu tinha oito anos quando tio Baltazar chegou da primeira vez. a) Macunaíma desceu o rio Araguaia, a fim de recuperar o amuleto. b) Apesar de ter boa ponta de língua, sentia um aperto na garganta e não poderia explicar-se. c) Se ficasse calada, seria como um pé de mandacaru. d) Terminada a reunião, os funcionários foram dispensados. 15. EEAR Das orações destacadas, verifica-se a presença de subordinada substantiva em: a) O jornal que mais se lê no Brasil traz as notícias do esporte. b) O garoto pedia ao pai que comprasse aquele brinquedo maravilhoso. c) Tamanha era sua saudade, que não se concentrava em nada. d) O rei enviou-lhe tropas para que mantivessem seus postos intactos. 12. EEAR No período É preciso amar as pessoas., a oração reduzida de infinitivo em destaque classifica-se como a) objetiva direta. b) subjetiva. c) predicativa. d) objetiva indireta. 16. EPCAR O fragmento que apresenta uma oração subordinada substantiva predicativa é a) Era preciso que ele interviesse... b) Pediram que eu desse um pulo lá... c) Esperou ansioso que ela atendesse lá em cima. d)... o certo é que nunca mais se expôs de busto nu pelo menos na sua vista. 17. FUNRIO - Na frase As imagens de satélite revelam que quase 40% dessa devastação foi realizada nos últimos vinte anos, a oração sublinhada pode ser classificada como oração A) coordenada explicativa. 13. (ACAFE) No período As termoelétricas de carvão, que são as maiores responsáveis pela poluição do setor energético, podem ser reformuladas (linhas 2-3), a oração destacada é classificada como: B) subordinada adjetiva explicativa. C) subordinada adjetiva restritiva. D) subordinada substantiva objetiva direta. E) subordinada substantiva completiva nominal. a) subordinada substantiva predicativa. b) subordinada substantiva objetiva direta. c) subordinada adjetiva explicativa. d) subordinada adjetiva restritiva. e) subordinada substantiva completiva nominal. 14.EEAR A oração destacada em Eu não sei se resolverei esse problema. Apresenta valor morfológico de e função sintática de a) adjetivo sujeito b) substantivo objeto direto c) advérbio adjunto adverbial d) substantivo complemento nominal ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS PRATICANDO NOS CONCURSOS 01. (ESAF) A felicidade, que em si resultaria de um projeto temporal, reduz-se hoje ao mero prazer instantâneo derivado, de preferência, da dilatação do ego. As vírgulas após felicidade e temporal estão sendo empregadas para isolar uma oração adjetiva. 02. (ESAF)...o processo de globalização está favorecendo o comércio exterior de países como o Brasil, que tem ainda muitas áreas inaproveitadas para expansão da lavoura. A vírgula após Brasil justifica-se por ser a oração subseqüente subordinada adjetiva explicativa. 03. (CESPE) Segundo o ex-assessor especial de Lula, Frei Betto, que chegou recentemente de Cuba, os cubanos fazem sérias ressalvas ao processo chinês.

15 O trecho que chegou recentemente de Cuba está entre vírgulas por tratar-se de oração subordinada adjetiva restritiva. 04. (CESPE) Além dos intensos bombardeios aéreos, que mataram centenas de palestinos... O emprego de vírgula após aéreos justifica-se para isolar a oração de natureza restritiva subsequente. 05. (CESPE) Nenhuma construção é averbada sem a comprovação do recolhimento das contribuições previdenciárias dos operários que trabalharam na respectiva obra, com a apresentação, no Registro de Imóveis, da Certidão Negativa de Débitos do INSS. Não há vírgula após operários porque a oração subsequente tem valor restritivo. 06. (CESPE) Trata-se do pronome demonstrativo, aquele que não é respeitado nem por jornalistas, que não têm o direito de errar. A retirada da vírgula que aparece após o termo jornalistas acarreta mudança sintático-semântica na oração subsequente. Ela deixa de ser explicativa e se torna restritiva. 07. (ESAF) Um estudo feito pela Universidade do Texas com empresas que sofreram uma perda catastrófica de dados concluiu que 43% jamais voltaram a operar, 51% faliram em dois anos e apenas 6% sobreviveram. O emprego de vírgula entre empresas e que e entre dados e concluiu seria inadequado, pois a informação que seria isolada tem natureza restritiva e passaria a explicativa, alterando o sentido do período. 08. (ESAF) A Associação dos Bancos da Argentina (ABA), que reúne mais de 40 entidades, publicou um anúncio de página inteira nos principais jornais do país para pedir compreensão e demonstrar sua preocupação com os ataques que os bancos têm sofrido. A expressão que reúne mais de 40 entidades está entre vírgulas pela sua natureza explicativa. 09. (CESPE) O impacto da Química sobre o meio ambiente é enorme, em função dos rejeitos dos processos industriais, que muitas vezes trazem sérios e irreversíveis prejuízos ao homem e à natureza. A vírgula que separa a oração adjetiva pode ser retirada sem prejuízo para a correção gramatical da frase, mas provoca alteração de sentido. 10. (CESPE) As empresas que operam na informalidade não emitem nota fiscal e têm acesso precário ao crédito. A inserção de vírgula após a expressão As empresas mantém a correção gramatical e as informações originais do período. tais, devem ser julgadas não em si mesmas, mas com base na sua maior ou menor idoneidade para o alcance do fim. Se a vírgula que antecede o pronome relativo que fosse omitida, o sentido e a correção gramatical do texto seriam preservados. 12. (ESAF) Era que, apesar de pobres, carregavam culturas milenares que lhes possibilitaram trabalhar e crescer socialmente. Introduzindo-se uma vírgula após a palavra milenares, confere-se à oração imediatamente subseqüente mais ênfase, sem prejuízo da correção gramatical e sem alteração do sentido original do período em que ela se insere. 13. (FCC) Atente para as seguintes frases: I. O homem aplica-se em criar instituições, que podem lhe acarretar graves dissabores. II. Os regimes autoritários, que decorrem diretamente do desvirtuamento das instituições, são os mais nefastos. III. Não se impute defeito às instituições, cujo propósito essencial é permitir que os homens se organizem. A supressão da(s) vírgula(s) acarretará alteração de sentido em a) I e II, apenas. b) I e III, apenas. c) II, apenas. d) II e III, apenas. e) I, II e III. 14. (FCC) Atente para as seguintes frases: I. Caberia aos homens de hoje, que despacharam as utopias, buscar revigorá-las. II. Os sonhos coletivos, que alimentaram tempos passados, deram lugar aos afazeres imediatos. III. Preocupa-nos, hoje, muito mais a agenda do dia do que um projeto de longo prazo. A supressão das vírgulas altera o sentido da frase SOMENTE em a) I e II b) I e III c) I d) II e) III 15. (FCC) A supressão da(s) vírgula(s) implicará alteração de sentido na frase: a) Ao longo das últimas décadas, as obras de Umberto Eco vêm ganhando mais e mais respeitabilidade. b) Umberto Eco homenageia os cientistas, que combatem o obscurantismo fundamentalista. c) O grande pensador italiano, Umberto Eco, homenageia em seu texto a atitude de um grande cientista. d) Na atitude de Stephen Hawking, há uma grandeza que todo cientista deveria imitar. e) Não há como deixar de reconhecer, no texto de Umberto Eco, uma homenagem a Stephen Hawking. 16. (CESPE) No mundo, os jovens costumam ter cerca de 94 contatos guardados no celular, 78 na lista de programas de mensagem instantânea e 86 em sítios de relacionamento como o Orkut. 11. (CESPE) Daí a afirmação de que a esfera da política é a esfera das ações humanas instrumentais, que, como O emprego da vírgula após celular justifica-se por isolar oração de natureza explicativa.

16 O século XX testemunhou o desenvolvimento de grandes eventos esportivos tanto em escala mundial _ como os Jogos Olímpicos e a Copa do Mundo _ quanto regional, com disputas nos vários continentes. Regionalmente, é inegável que o principal são os Jogos Pan-americanos. Todos esses verdadeiros espetáculos do esporte internacional se caracterizam com espaço de solidariedade e congraçamento entre os povos, momento de paz e exemplo de um mundo onde adversário não é inimigo e as batalhas entre os países ocorrem sem derramamento de sangue. Nas Américas, os jogos estimulam a reflexão sobre as possibilidades de um continente unido, pacífico, próspero, com a construção de uma rede de solidariedade e cooperação por meio do esporte, uma das principais expressões do panamericanismo. 22.(CESPE) Crianças e adolescentes que trabalham no Brasil somam 2,9 milhões, mas do que as populações somadas de Rondônia, Amapá, Acre e Roraima. O segmento que trabalham no Brasil (l.1) não está isolado por vírgulas porque constitui uma oração subordinada adjetiva restritiva. 23. (CESPE) E os bancos privados nacionais, médios e grandes, têm os preços mais altos em outras 21. O tamanho do banco não determina o empenho na cobrança de tarifas. Estaria gramaticalmente correta a inserção da conjunção Portanto, seguida de vírgula, antes de O tamanho do banco, com ajuste na inicial maiúscula. Em relação ao texto seguem. acima, julgue os itens que se 17. (CESPE) O emprego da vírgula após esporte (l.7) justifica-se por isolar expressão explicativa. 18. (CESPE) A substituição dos travessões das linhas 1 E 2 por parênteses prejudica a correção gramatical do período. 24. (CESPE) O principal motivo da fraca aceleração da concorrência do sistema bancário é a permanência dos altos spreads, a diferença entre o que o banco paga ao captar e o que cobra ao emprestar, que não se altera muito, entre instituições grandes ou médias. Mantém-se a correção do período ao se substituir a vírgula após spreads por sinal de dois pontos. 19. (CESPE) Na linha 6, o emprego de vírgulas após unido e após pacífico tem justificativas diferentes. 20. (CESPE) Bem ao contrário, elas apenas voltaram a atuar essencialmente como bancos: no ano passado a carteira de crédito dessas casas bancárias cresceu 392%, enquanto a carteira dos dez maiores bancos do país aumentou 26,2%, ambos com referência a Mantém-se a correção gramatical do texto ao se substituir o sinal de dois pontos por ponto final, colocando-se inicial maiúscula em no. 21. (CESPE) Embora sejam muitos os motivos para comemorar, como a manutenção da paz e a consolidação do mercado comum, os chefes dos 27 Estados-membros têm muito com o que se preocupar. A discussão sobre a Constituição única não vi adiante, a expansão para o leste dificulta a tomada de decisões e os cidadãos têm dificuldade para identificar-se como parte da megaestrutura europeia. 25. (CESPE) Vale notar, também, que os bons resultados dos bancos médios brasileiros atraíram grandes instituições do setor bancário internacional interessadas em participação segmentada em forma de parceria. A vírgula após também poderá ser retirada sem prejuízo gramatical. 26. (CESPE) Dessa forma, o cenário, no médio prazo, é de acelerado movimento de fusões entre bancos médios... A vírgula após forma é obrigatória. GABARITO 1-C 2-C 3-E 4-E 5-C 6-C 7-C 8-C 9-C 10-E 11-E 12- E 13-E 14-A 15-B 16-E 17-C 18-E 19-E 20-C 21-C 22-C 23-C 24-C 25-E 26-E As vírgulas logo após comemorar e comum podem, sem prejuízo para a correção gramatical do período, ser substituídas por travessões.

Quanto à classificação das orações coordenadas, temos dois tipos: Coordenadas Assindéticas e Coordenadas Sindéticas.

Quanto à classificação das orações coordenadas, temos dois tipos: Coordenadas Assindéticas e Coordenadas Sindéticas. LISTA DE RECUPERAÇÃO FINAL 9º ANO - PORTUGUÊS Caro aluno, seguem abaixo os assuntos para a prova de exame. É só um lembrete, pois os mesmos estão nas apostilas do primeiro bimestre, segundo e terceiro

Leia mais

TÓPICO: SINTAXE DA ORAÇÃO E DO PERÍODO

TÓPICO: SINTAXE DA ORAÇÃO E DO PERÍODO TRIBUNAIS CURSO DE EXERCÍCIOS TÓPICO: SINTAXE DA ORAÇÃO E DO PERÍODO 01- ( T. JUST. RJ ) O Viva Rio pediu dois minutos de silêncio ao meio-dia da próxima sexta-feira. Que item a seguir indica corretamente

Leia mais

Adjunto adnominal. Os dois primeiros colocados disputarão a medalha de ouro. adj. adn. adj. adn. adj. adn. adj. adn. adj: adn.

Adjunto adnominal. Os dois primeiros colocados disputarão a medalha de ouro. adj. adn. adj. adn. adj. adn. adj. adn. adj: adn. Professor Jailton Adjunto adnominal é o termo da oração que sempre se refere a um substantivo que funciona como núcleo de um termo, a fim de determiná-lo, indeterminá-lo ou caracterizá-lo. adj. adn. adj.

Leia mais

Período composto por subordinação

Período composto por subordinação Período composto por subordinação GRAMÁTICA MAIO 2015 Na aula anterior Período composto por coordenação: conjunto de orações independentes Período composto por subordinação: conjunto no qual um oração

Leia mais

Análise Sintática AMOSTRA DA OBRA. Português é simples. 2ª edição. Eliane Vieira. www.editoraferreira.com.br

Análise Sintática AMOSTRA DA OBRA. Português é simples. 2ª edição. Eliane Vieira. www.editoraferreira.com.br AMOSTRA DA OBRA www.editoraferreira.com.br O sumário aqui apresentado é reprodução fiel do livro 2ª edição. Eliane Vieira Análise Sintática Português é simples 2ª edição Nota sobre a autora Sumário III

Leia mais

TD DE RECUPERAÇÃO FINAL DISCIPLINA: GRAMÁTICA SÉRIE: 7º ANO ENSINO FUNDAMENTAL 2

TD DE RECUPERAÇÃO FINAL DISCIPLINA: GRAMÁTICA SÉRIE: 7º ANO ENSINO FUNDAMENTAL 2 TD DE RECUPERAÇÃO FINAL DISCIPLINA: GRAMÁTICA SÉRIE: 7º ANO ALUNO(A): PROFESSOR(A): OSG: Caro(a) aluno(a), Você está recebendo o TD DE RECUPERAÇÃO 2015, que deve ser feito em casa. O TD vale de zero a

Leia mais

Estudo das classes de palavras Conjunções. A relação de sentido entre orações presentes em um mesmo período e o papel das

Estudo das classes de palavras Conjunções. A relação de sentido entre orações presentes em um mesmo período e o papel das Um pouco de teoria... Observe: Estudo das classes de palavras Conjunções A relação de sentido entre orações presentes em um mesmo período e o papel das I- João saiu, Maria chegou. II- João saiu, quando

Leia mais

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br Odilei França Graduado em Letras pela Fafipar. Graduado em Teologia pela Faculdade Batista. Professor de Língua Portuguesa para concursos públicos há 22 anos. Sintaxe do período composto: parte II Período

Leia mais

1. (FUVEST-SP) Em Queria que me ajudasses, o trecho destacado pode ser substituído por:

1. (FUVEST-SP) Em Queria que me ajudasses, o trecho destacado pode ser substituído por: COLÉGIO DE APLICAÇÃO DOM HÉLDER CÂMARA AVALIAÇÃO: EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES I DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR(A): ANA PAULA DA VEIGA CALDAS ALUNO(A) DATA: / / TURMA: M SÉRIE: 9º ANO DATA PARA ENTREGA:

Leia mais

c) O verbo ficará no singular ou no plural se o sujeito coletivo for especificado com substantivo no plural.

c) O verbo ficará no singular ou no plural se o sujeito coletivo for especificado com substantivo no plural. Concordância Verbal a) O verbo vai para a 3ª pessoa do plural caso o sujeito seja composto e anteposto ao verbo. Se o sujeito composto é posposto ao verbo, este irá para o plural ou concordará com o substantivo

Leia mais

03. Resposta: E. Página 552 02.

03. Resposta: E. Página 552 02. Orações coordenadas Página 550 a) O aquecimento excessivo do planeta é um fato incontestável [1], por isso muitos países já implantaram programas de redução de poluentes [2], mas / porém / no entanto o

Leia mais

1. Assinale a alternativa em que os termos da oração dispõem-se na ordem direta.

1. Assinale a alternativa em que os termos da oração dispõem-se na ordem direta. LÍNGUA PORTUGUESA SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES E DO PERÍODO COMPOSTO PROF. AGNALDO MARTINO 1. Assinale a alternativa em que os termos da oração dispõem-se na ordem direta. a) Sedosos eram seus cabelos. b)

Leia mais

Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE. Comunicação Oral e Escrita. Unidade 11. Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais

Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE. Comunicação Oral e Escrita. Unidade 11. Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE Comunicação Oral e Escrita Unidade 11 Emprego de Pronomes Relativos e Pessoais Núcleo de Educação a Distância 2 Aviso importante! Este material foi produzido

Leia mais

Período Simples. Período Composto

Período Simples. Período Composto Período Simples e Período Composto Os períodos são formados através das orações. Orações são frases que apresentam verbo ou locução verbal. Maria saiu cedo de casa. verbo José ficou fazendo sua tarefa

Leia mais

Português- Prof. Verônica Ferreira

Português- Prof. Verônica Ferreira Português- Prof. Verônica Ferreira 1 Com relação a aspectos linguísticos e aos sentidos do texto acima, julgue os itens a seguir. No trecho que podemos chamar de silenciosa (l.15-16), o termo de silenciosa

Leia mais

EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES

EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES EMPREGO DE PALAVRAS E EXPRESSÕES ASPECTOS TEÓRICOS. POR QUE /POR QUÊ / PORQUE / PORQUÊ a) POR QUE: Equivale a POR QUAL MOTIVO ou a pelo qual e variações; vem também depois de EIS e DAÍ. b) POR QUÊ: Equivale

Leia mais

Valor Semântico de Conectivos. Coordenadas e Adverbiais

Valor Semântico de Conectivos. Coordenadas e Adverbiais Valor Semântico de Conectivos Coordenadas e Adverbiais As conjunções coordenativas, que encabeçam orações coordenadas, independentes, são de cinco tipos: 1. Aditivas: e, nem, não só...mas também, não só...como

Leia mais

Professora Verônica Ferreira PROVA CESGRANRIO 2012 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TÉCNICO BANCÁRIO

Professora Verônica Ferreira PROVA CESGRANRIO 2012 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TÉCNICO BANCÁRIO Professora Verônica Ferreira PROVA CESGRANRIO 2012 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL TÉCNICO BANCÁRIO 1 Q236899 Prova: CESGRANRIO - 2012 - Caixa - Técnico Bancário Disciplina: Português Assuntos: 6. Interpretação

Leia mais

NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco

NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET Professora: Sandra Franco Período Composto 1.Orações Subordinadas Adverbiais. 2. Apresentação das conjunções adverbiais mais comuns. 3. Orações Reduzidas. As orações subordinadas

Leia mais

Professora: Lícia Souza

Professora: Lícia Souza Professora: Lícia Souza Morfossintaxe: a seleção e a combinação de palavras Observe que, para combinar as palavras loucamente, louco e loucura com outras palavras nas frases de modo que fiquem de acordo

Leia mais

PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS

PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - PORTUGUÊS - 8º ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ============================================================================================== BRINCADEIRA Começou

Leia mais

MATERIAL DE APOIO LÍNGUA PORTUGUESA

MATERIAL DE APOIO LÍNGUA PORTUGUESA Escrivão da Polícia Federal Reta Final LÍNGUA PORTUGUESA Professor João Bolognesi Aula 4 MATERIAL DE APOIO LÍNGUA PORTUGUESA Introdução: Assuntos importantes para a prova Oração Sujeito Verbo Complemento

Leia mais

Disciplina:Língua Portuguesa Professor (a): Cris Souto Ano: 8º Turmas: 8.1 e 8.2

Disciplina:Língua Portuguesa Professor (a): Cris Souto Ano: 8º Turmas: 8.1 e 8.2 Rede de Educação Missionárias Servas do Espírito Santo Colégio Nossa Senhora da Piedade Av. Amaro Cavalcanti, 2591 Encantado Rio de Janeiro / RJ CEP: 20735042 Tel: 2594-5043 Fax: 2269-3409 E-mail: cnsp@terra.com.br

Leia mais

Equipe de Língua Portuguesa. Língua Portuguesa SÍNTESE DA GRAMÁTICA

Equipe de Língua Portuguesa. Língua Portuguesa SÍNTESE DA GRAMÁTICA Aluno (a): Série: 3ª TUTORIAL 3B Ensino Médio Data: Turma: Equipe de Língua Portuguesa Língua Portuguesa SÍNTESE DA GRAMÁTICA TERMOS INTEGRANTES = completam o sentido de determinados verbos e nomes. São

Leia mais

CRASE TEORIA. REGRA GERAL A crase ocorrerá sempre que o termo anterior exigir a preposição a e o termo posterior admitir o artigo a ou as.

CRASE TEORIA. REGRA GERAL A crase ocorrerá sempre que o termo anterior exigir a preposição a e o termo posterior admitir o artigo a ou as. CRASE TEORIA (Aluna do Curso de Secretariado Executivo Trilíngüe da Universidade Estácio de Sá) Crase é a fusão da preposição a com o artigo a ou com o a inicial dos pronomes demonstrativos aquele, aquela,

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 7º ano 2º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES

LÍNGUA PORTUGUESA 7º ano 2º Trimestre / 2015 BATERIA DE EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES 1. Você aprendeu que o sujeito é o termo da oração que informa de que ou de quem se fala e que o predicado é o termo que contém uma informação sobre o sujeito. Nas orações abaixo, transcreva e classifique

Leia mais

TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios - Recuperação

TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios - Recuperação TIPO DE AVALIAÇÃO: Lista de Exercícios - Recuperação Nome: Nº 8º ano / Ensino Fundamental Turma: Disciplina(s): Português Data: Professor(a): Érica Beatriz Nota: Leia o texto de Clarice Lispector e veja

Leia mais

FORTALECENDO SABERES LÍNGUA PORTUGUESA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. Aula 38.1 Conteúdos: Regência verbal

FORTALECENDO SABERES LÍNGUA PORTUGUESA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA. Aula 38.1 Conteúdos: Regência verbal 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Aula 38.1 Conteúdos: Regência verbal 3 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Habilidades: Distinguir a relação que se estabelece

Leia mais

Brasileiros esperam ganhar salário três vezes maior após fazer MBA

Brasileiros esperam ganhar salário três vezes maior após fazer MBA COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 6º Ano Profª: Margareth Rodrigues Dutra Disciplina: Língua Portuguesa Aluno(a): TRABALHO DE RECUPERAÇÃO Data de entrega: 18/12/14 Questão 1- Leia o texto a seguir. Brasileiros

Leia mais

C Sistema destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br

C Sistema destinado à preparação para Concursos Públicos e Aprimoramento Profissional via INTERNET www.concursosecursos.com.br 1 CURSO DE PORTUGUÊS ON-LINE AULA 8 ANÁLISE SINTÁTICA OS TERMOS DA ORAÇÃO Oração - conjunto de palavras, com sentido e com a presença obrigatória de um verbo. O sol brilha no horizonte. 1- Termos essenciais:

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS

ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS As orações subordinadas substantivas são as palavras

Leia mais

A regra geral de concordância verbal é bastante simples: o verbo concorda com o núcleo (ou os núcleos) do sujeito. Desse modo, temos:

A regra geral de concordância verbal é bastante simples: o verbo concorda com o núcleo (ou os núcleos) do sujeito. Desse modo, temos: Concordância Na aula de hoje, estudaremos os principais tipos e ocorrências de itens relacionados à concordância verbal cobrados nos vestibulares do país. Nesse sentido, é válido lembrar que serão observadas

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

CRASE. CONCEITO - É a fusão de duas vogais idênticas. Representa-se graficamente a crase pelo acento grave (`).

CRASE. CONCEITO - É a fusão de duas vogais idênticas. Representa-se graficamente a crase pelo acento grave (`). CRASE CONCEITO - É a fusão de duas vogais idênticas. Representa-se graficamente a crase pelo acento grave (`). A crase pode ocorrer entre: 1) Preposição A e os artigos A, AS Há limites a+a tolerância humana

Leia mais

PROFESSORA: Patrícia. ALUNO (a): Lista de Língua Portuguesa

PROFESSORA: Patrícia. ALUNO (a): Lista de Língua Portuguesa GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSORA: Patrícia DISCIPLINA: Português SÉRIE: 2º Ano ALUNO (a): NOTA: No Anhanguera você é + Enem Lista de Língua Portuguesa Leia com atenção texto abaixo: Disponível: www.chargesonline.com.br.

Leia mais

GRAMÁTICA COMPLEMENTOS VERBAIS. DISPONÍVEIS NO SITE http://www.infoescola.com/portugues/analise-sintatica-e-analisemorfologica/exercicios/

GRAMÁTICA COMPLEMENTOS VERBAIS. DISPONÍVEIS NO SITE http://www.infoescola.com/portugues/analise-sintatica-e-analisemorfologica/exercicios/ GRAMÁTICA Profª. Gina Maciel COMPLEMENTOS VERBAIS DISPONÍVEIS NO SITE http://www.infoescola.com/portugues/analise-sintatica-e-analisemorfologica/exercicios/ 1. (UFMS 2010) Faça uma análise sintática da

Leia mais

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Modo: indicativo O modo indicativo expressa um fato de maneira definida, real, no presente, passado ou futuro, na frase afirmativa, negativa ou interrogativa. Presente Presente Passado (=Pretérito) Pretérito

Leia mais

Professor Jailton CONCORDÂNCIA VERBAL

Professor Jailton CONCORDÂNCIA VERBAL Professor Jailton CONCORDÂNCIA VERBAL CONCORDÂNCIA VERBAL Regra geral O verbo e seu sujeito deverão concordar em número e pessoa: Eu Tu Ele Os alunos sujeito cheguei. chegaste. chegou. chegaram. verbo

Leia mais

Período composto. Orações subordinadas adverbiais

Período composto. Orações subordinadas adverbiais Período composto Orações subordinadas adverbiais Orações subordinadas Orações que mantém relação de dependência sintática e semântica entre a oração subordinada e a oração principal. Ex.: Eu tenho dúvida

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS GRAMÁTICA 2 E. M. CEAG 2 BIMESTRE

LISTA DE EXERCÍCIOS GRAMÁTICA 2 E. M. CEAG 2 BIMESTRE Orientações: Só serão aceitas as atividades feitas por completo e de acordo com o que foi pedido nos enunciados. Todos os exercícios deverão ser resolvidos no caderno. A perda desta lista implicará em

Leia mais

Língua Portuguesa. O texto abaixo serve de base para as questões de 16 a 20. Leia-o atentamente. Depois, responda às perguntas.

Língua Portuguesa. O texto abaixo serve de base para as questões de 16 a 20. Leia-o atentamente. Depois, responda às perguntas. Língua Portuguesa O texto abaixo serve de base para as questões de 16 a 20. Leia-o atentamente. Depois, responda às perguntas. O rápido e grande avanço observado no ambiente da produção, por meio do surgimento

Leia mais

Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil

Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil Sugestão: estes exercícios devem ser feitos depois de estudar a Unidade 5 por completo do livrotexto Muito Prazer Unidade 5 I Querer + verbo Achar + que Eu quero Eu acho Você/ ele/ ela quer Você/ ele/

Leia mais

CRASE. Entregue o documento à advogada.

CRASE. Entregue o documento à advogada. CRASE A crase é a fusão de duas vogais da mesma natureza. Sua representação se dá por meio do chamado acento grave sobre a letra a, tornando acentual esta vogal. Assim, o acento grave é o sinal que indica

Leia mais

PRIMEIRA AULA DE GRAMÁTICA-INTERNET. Professora: Sandra Franco

PRIMEIRA AULA DE GRAMÁTICA-INTERNET. Professora: Sandra Franco PRIMEIRA AULA DE GRAMÁTICA-INTERNET Professora: Sandra Franco Estudo da Gramática. Sujeito. I. Introdução ao estudo de Gramática. II. Sintaxe e termos da oração. III. Estudo do Sujeito. IV. Recomendações

Leia mais

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES:

1. COMPLETE OS QUADROS COM OS VERBOS IRREGULARES NO PRETÉRITO PERFEITO DO INDICATIVO E DEPOIS COMPLETE AS FRASES: Atividades gerais: Verbos irregulares no - ver na página 33 as conjugações dos verbos e completar os quadros com os verbos - fazer o exercício 1 Entrega via e-mail: quarta-feira 8 de julho Verbos irregulares

Leia mais

Vestibular Comentado - UVA/2010.2

Vestibular Comentado - UVA/2010.2 LÍNGUA PORTUGUESA Comentários: Profs. Evaristo, Crerlânio, Vicente Júnior Texto 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 Flor voltara a embalar-se

Leia mais

TERCEIRA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco

TERCEIRA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco TERCEIRA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET Professora: Sandra Franco Predicação Verbal e Complementos Verbais 1. Definição de Predicado. 2. Tipos de verbo no predicado: a) verbos transitivos; b) verbo intransitivo;

Leia mais

Deve-se analisar a frase e sublinhar todas as formas verbais nelas existentes. Assim sendo, a frase fica:

Deve-se analisar a frase e sublinhar todas as formas verbais nelas existentes. Assim sendo, a frase fica: Revisão sobre: - Orações complexas: coordenação e subordinação. - Análise morfológica e análise sintáctica. - Conjugação verbal: pronominal, reflexa, recíproca, perifrástica. - Relação entre palavras.

Leia mais

Letras. Objetivo. Aspectos das Conexões Sintáticas. Prof a. Dr a. Leda Szabo

Letras. Objetivo. Aspectos das Conexões Sintáticas. Prof a. Dr a. Leda Szabo Letras Prof a. Dr a. Leda Szabo Aspectos das Conexões Sintáticas Objetivo Diferenciar o objeto de estudo da análise de base sintática do objeto de estudo da análise do discurso. Compreender a diferença

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO

COMANDO DA AERONÁUTICA ESCOLA DE ESPECIALISTAS DE AERONÁUTICA SUBDIVISÃO DE ADMISSÃO E DE SELEÇÃO Questão : 08 19 25 A questão 08 do código 07, que corresponde à questão 19 do código 08 e à questão 25 do código 09 Assinale a alternativa incorreta em relação à regência nominal. a) São poucos os cargos

Leia mais

GRAMÁTICA EMPREGO DA VÍRGULA

GRAMÁTICA EMPREGO DA VÍRGULA GRAMÁTICA EMPREGO DA VÍRGULA Prof. Gina Maciel EXERCÍCIO II - O USO DA VÍRGULA 1. Marque a alternativa que corresponde ao uso correto da vírgula neste texto: "Marta queria comprar biscoitos mas não encontrou

Leia mais

PERÍODO período simples período composto

PERÍODO período simples período composto Já estudamos que PERÍODO é a frase constituída por uma ou mais orações, formando um todo, com sentido completo. Quando possui apenas uma oração, é classificado como período simples; quando possui mais

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

SINTAXE. ISJB - Colégio Salesiano Jardim Camburi. Profa. Me. Luana Lemos. llemos@salesiano.org.br

SINTAXE. ISJB - Colégio Salesiano Jardim Camburi. Profa. Me. Luana Lemos. llemos@salesiano.org.br SINTAXE ISJB - Colégio Salesiano Jardim Camburi Profa. Me. Luana Lemos 1 FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO FRASE unidade mínima de comunicação. Ex: Nós estudamos muito. Frase nominal exprime uma visão estática do

Leia mais

As questões a seguir foram extraídas de provas de concurso.

As questões a seguir foram extraídas de provas de concurso. COMENTÁRIO QUESTÕES DE PORTUGUÊS PROFESSORA: FABYANA MUNIZ As questões a seguir foram extraídas de provas de concurso. 1. (FCC)...estima-se que sejam 20 línguas. (2º parágrafo) O verbo flexionado nos mesmos

Leia mais

Sem o acento, uma frase como essa teria seu sentido alterado, pois, em "Saiu a francesa", "a francesa" é o sujeito da oração.

Sem o acento, uma frase como essa teria seu sentido alterado, pois, em Saiu a francesa, a francesa é o sujeito da oração. OBS.: A locução prepositiva "à moda de" tem uma peculiaridade: nela se costuma observar a elisão do substantivo feminino "moda", mas, mesmo nos casos em que isso ocorre, mantém-se o acento de crase. Ex.:

Leia mais

As palavras: QUE, SE e COMO.

As palavras: QUE, SE e COMO. As palavras: QUE, SE e COMO. Enfocaremos, nesse capítulo, algumas particularidades das referidas palavras. Professor Robson Moraes I A palavra QUE 1. Substantivo aparece precedida por artigo e exerce funções

Leia mais

PORTUGUÊS PARA CONCURSOS

PORTUGUÊS PARA CONCURSOS PORTUGUÊS PARA CONCURSOS Sumário Capítulo 1 - Noções de fonética Fonema Letra Sílaba Número de sílabas Tonicidade Posição da sílaba tônica Dígrafos Encontros consonantais Encontros vocálicos Capítulo 2

Leia mais

d) Os vigilantes acompanhavam um caminhão que transportava um insumo

d) Os vigilantes acompanhavam um caminhão que transportava um insumo Em Os dados foram divulgados ontem pelo Instituto Sou da Paz., a expressão destacada é a) adjunto adnominal. b) sujeito paciente. c) objeto indireto. d) complemento nominal. e) agente da passiva. 1 Em

Leia mais

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros

Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Muito prazer Curso de português do Brasil para estrangeiros Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil Sugestão: estes exercícios devem ser feitos depois de estudar a Unidade 11 por

Leia mais

As questões de 1 a 7 referem-se ao texto Vitamina B reduz risco de câncer, retirado da Revista Veja.

As questões de 1 a 7 referem-se ao texto Vitamina B reduz risco de câncer, retirado da Revista Veja. PRIMEIRA PARTE PORTUGUÊS Instrução: As questões de 1 a 7 referem-se ao texto Vitamina B reduz risco de câncer, retirado da Revista Veja. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 Vitamina

Leia mais

Vestibular UFRGS 2013 Resolução da Prova de Língua Portuguesa

Vestibular UFRGS 2013 Resolução da Prova de Língua Portuguesa 01. Alternativa (E) Vestibular UFRGS 2013 Resolução da Prova de Língua Portuguesa Alternativa que contém palavras grafadas de acordo com o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa - VOLP 02. Alternativa

Leia mais

7 Tal pai, tal filho. Acabada a assembléia da comunidade de. Cenatexto

7 Tal pai, tal filho. Acabada a assembléia da comunidade de. Cenatexto JANELA A U L A 7 Tal pai, tal filho Cenatexto Acabada a assembléia da comunidade de Júpiter da Serra, em que se discutiu a expansão da mineradora, dona Ana volta para casa com o Samuel, seu garotinho.

Leia mais

Lista de Exercícios de Recuperação do 1 Bimestre

Lista de Exercícios de Recuperação do 1 Bimestre Lista de Exercícios de Recuperação do 1 Bimestre Instruções gerais: Resolver os exercícios à caneta e em folha de papel almaço ou monobloco (folha de fichário). Copiar os enunciados das questões. Entregar

Leia mais

Erros mais freqüentes

Erros mais freqüentes Lição 1 Erros mais freqüentes Extraímos de comunicações empresariais alguns erros, que passamos a comentar: 1. Caso se faça necessário maiores esclarecimentos... Apontamos duas falhas: 1. Caso se faça

Leia mais

PONTUAÇÃO. 1) Para marcar a supressão ou omissão do verbo.

PONTUAÇÃO. 1) Para marcar a supressão ou omissão do verbo. EMPREGA-SE VÍRGULA: PONTUAÇÃO 1) Para marcar a supressão ou omissão do verbo. EX.: A moral legisla para o homem: o direito, para o cidadão. Adalberto estuda francês, e Osmar, Inglês. Uma flor, Quincas

Leia mais

Orações subordinadas adverbiais. 9º ano Prof. Ana Santa Felicidade

Orações subordinadas adverbiais. 9º ano Prof. Ana Santa Felicidade Orações subordinadas adverbiais 9º ano Prof. Ana Santa Felicidade CAUSAL: causa, motivo. ** porque, visto que, já que Ex.: Viajaram ontem porque tinham tempo. COMPARATIVA: ideia de comparação. ** como,

Leia mais

O PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO: AS ORAÇÕES COORDENADAS

O PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO: AS ORAÇÕES COORDENADAS O PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO: AS ORAÇÕES COORDENADAS 1. Leia as orações dos itens seguintes, observando o tipo de relação semântica existente entre elas. Reescreva-as e ligue-as, empregando uma conjunção

Leia mais

Aluno(a): Nº. Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE. Análise de textos poéticos. Texto 1. Um homem também chora

Aluno(a): Nº. Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE. Análise de textos poéticos. Texto 1. Um homem também chora Lista de Exercícios Aluno(a): Nº. Professor: Daniel Série: 9 ano Disciplina: Português Data da prova: 03/10/2014. P1-4 BIMESTRE Análise de textos poéticos Texto 1 Um homem também chora Um homem também

Leia mais

Pessoais Do caso reto Oblíquo. Possessivos. Demonstrativos. Relativos. Indefinidos. Interrogativos

Pessoais Do caso reto Oblíquo. Possessivos. Demonstrativos. Relativos. Indefinidos. Interrogativos Pessoais Do caso reto Oblíquo Possessivos Demonstrativos Relativos Indefinidos Interrogativos Os pronomes is indicam diretamente as s do discurso. Quem fala ou escreve, assume os pronomes eu ou nós, emprega

Leia mais

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos)

I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. (5 pontos) I. Complete o texto seguinte com as formas correctas dos verbos ser ou estar. Hoje. domingo e o tempo. bom. Por isso nós. todos fora de casa.. a passear à beira-mar.. agradável passar um pouco de tempo

Leia mais

VÍRGULA. A vírgula marca uma ligeira suspensão na melodia do

VÍRGULA. A vírgula marca uma ligeira suspensão na melodia do PONTUAÇÃO VÍRGULA A vírgula marca uma ligeira suspensão na melodia do enunciado, indicando que os termos por ela separados não formam uma unidade sintática, embora participem da mesma frase ou oração.

Leia mais

Questão 01 Interpretação de texto. Questão 02 Acentuação gráfica

Questão 01 Interpretação de texto. Questão 02 Acentuação gráfica COMENTÁRIOS E RESPOSTAS À PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA DE NÍVEL MÉDIO PARA AGENTE ADMINSITRATIVO AUXILIAR PORTO ALEGRE DO CONCURSO DA FUNDAÇÃO ESTADUAL DE PROTEÇÃO E PESQUISA EM SAÚDE FEPS PROVA REALIZADA

Leia mais

PROVA BIMESTRAL Língua portuguesa

PROVA BIMESTRAL Língua portuguesa 7 o ano 2 o bimestre PROVA BIMESTRAL Língua portuguesa Escola: Nome: Turma: n o : Sotaque mineiro: é ilegal, imoral ou engorda? Gente, simplificar é um pecado. Se a vida não fosse tão corrida, se não tivesse

Leia mais

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997.

017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. 017. Segunda-Feira, 05 de Julho de 1997. Acordei hoje como sempre, antes do despertador tocar, já era rotina. Ao levantar pude sentir o peso de meu corpo, parecia uma pedra. Fui andando devagar até o banheiro.

Leia mais

TRE / RJ - AGENTE DE SEGURANÇA JUDICIÁRIA NOVEMBRO DE 1995 2º GRAU

TRE / RJ - AGENTE DE SEGURANÇA JUDICIÁRIA NOVEMBRO DE 1995 2º GRAU TRE / RJ - AGENTE DE SEGURANÇA JUDICIÁRIA NOVEMBRO DE 1995 2º GRAU Texto HISTÓRIA DO RIO DE JANEIRO (Fragmento) Stanislaw Ponte Preta A coisa começou no século XVI, pouco depois que Pedro Álvares Cabral,

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE LÍNGUA PORTUGUESA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE LÍNGUA PORTUGUESA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE LÍNGUA PORTUGUESA Nome: Nº 8º Data / / Professor: Nota: A INTRODUÇÃO Agora, você terá a oportunidade de recuperar os conteúdos do ano por meio de um roteiro de estudo. Leia

Leia mais

A PREENCHER PELO ALUNO

A PREENCHER PELO ALUNO Prova Final do 1.º e do 2.º Ciclos do Ensino Básico PLNM (A2) Prova 43 63/2.ª Fase/2015 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho A PREENCHER PELO ALUNO Nome completo Documento de identificação Assinatura

Leia mais

Questões de Português da Cesgranrio: prepara-se para o BNDES

Questões de Português da Cesgranrio: prepara-se para o BNDES Questões de Português da Cesgranrio: prepara-se para o BNDES 1. Indique o período em que o sinal de dois-pontos está sendo usado com a mesma finalidade da que ocorre em: Ademilton praticou uma atividade

Leia mais

Professor Jailton. www.professorjailton.com.br

Professor Jailton. www.professorjailton.com.br Professor Jailton www.professorjailton.com.br As orações subordinadas adverbiais recebem essa denominação porque expressam uma circunstância da oração a que se subordinam. Essa circunstância é a função

Leia mais

Termos integrantes da oração Objeto direto e indireto

Termos integrantes da oração Objeto direto e indireto Termos integrantes da oração Objeto direto e indireto Termos integrantes da oração Certos verbos ou nomes presentes numa oração não possuem sentido completo em si mesmos. Sua significação só se completa

Leia mais

2- Nas frases a seguir estão destacadas quatro formas verbais de um mesmo verbo. Compare-as.

2- Nas frases a seguir estão destacadas quatro formas verbais de um mesmo verbo. Compare-as. FICHA DA SEMANA 5º ANO A / B Instruções: 1- Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue a professora no dia seguinte; 2- As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno,

Leia mais

1. Reescreva a fala do Cebolinha, no 1º quadrinho, de acordo com a norma gramatical. Em seguida circule os adjuntos adnominais.

1. Reescreva a fala do Cebolinha, no 1º quadrinho, de acordo com a norma gramatical. Em seguida circule os adjuntos adnominais. EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO DE PORTUGUÊS SERIE: 7 ANO TURMA: 3 BIMESTR DATA / /2010 PROFESSORA: CLAUDIA ALUNO (A): NOTA: Nº: Leia a tira com atenção. 1. Reescreva a fala do Cebolinha, no 1º quadrinho, de

Leia mais

Caro aluno! O CURSO AVANÇADO DE PORTUGUÊS (FGV) está voltado para o concursando que se destina a realizar as provas da banca FGV. Nossa estratégia é

Caro aluno! O CURSO AVANÇADO DE PORTUGUÊS (FGV) está voltado para o concursando que se destina a realizar as provas da banca FGV. Nossa estratégia é Caro aluno! O CURSO AVANÇADO DE PORTUGUÊS (FGV) está voltado para o concursando que se destina a realizar as provas da banca FGV. Nossa estratégia é que o aluno NÃO DECORE NADA em Língua Portuguesa. Se

Leia mais

CONCURSO BB 2014 REVISÃO - PORTUGUÊS

CONCURSO BB 2014 REVISÃO - PORTUGUÊS CONCURSO BB 2014 REVISÃO - PORTUGUÊS Professora Renata Tosetto COMPREENSÃO TEXTUAL Atente-se sempre ao enunciado segundo o texto, conforme o texto, segundo o autor, de acordo com o autor (texto) nestes

Leia mais

Profª.: Elysângela Neves

Profª.: Elysângela Neves Profª.: Elysângela Neves Regência É a relação sintática que se estabelece entre um termo regente ou subordinante (que exige outro) e o termo regido ou subordinado (termo regido pelo primeiro) A regência

Leia mais

O início de minha vida...

O início de minha vida... Relato 1 Memórias de minha vida Juliana Pedroso 1 O início de minha vida... Perceber com clareza é o mesmo que ter a visão iluminada pela Luz da Alma. Podemos ficar livres da ignorância e ver corretamente

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

LÍNGUA INTERATIVIDADE REVISÃO 2 INTERATIVIDADE. Unidade II. Cultura- A pluralidade na expressão humana. Aula 20. Revisão e avaliação da unidade II.

LÍNGUA INTERATIVIDADE REVISÃO 2 INTERATIVIDADE. Unidade II. Cultura- A pluralidade na expressão humana. Aula 20. Revisão e avaliação da unidade II. Unidade II Cultura- A pluralidade na expressão humana. Aula 20 Revisão e avaliação da unidade II. 2 Ervas O caule das ervas (plantas herbáceas) é geralmente verde, ao contrário das árvores e arbustos.

Leia mais

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 9º Ano Profº: Clécio Oliveira Língua 65 Portuguesa Aluno (a):. No.

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 9º Ano Profº: Clécio Oliveira Língua 65 Portuguesa Aluno (a):. No. COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 9º Ano Profº: Clécio Oliveira Língua 65 Portuguesa Aluno (a):. No. Trabalho Avaliativo Valor: 30 % Nota: Minhas Férias Eu, minha mãe, meu pai, minha irmã (Su) e meu cachorro

Leia mais

Concordância Nominal

Concordância Nominal Concordância Nominal Concordância Nominal Regra Geral O artigo, o pronome, o numeral e o adjetivo devem concordar em gênero e número com o substantivo ao qual se referem. Ex.: Os nossos dois brinquedos

Leia mais

Funções do "que" e do "se"

Funções do que e do se Funções do "que" e do "se" Há muitas dúvidas quanto ao emprego do que e do se, pois podem ser empregados em várias funções morfossintáticas. Portanto, iremos analisar cada termo individualmente, a fim

Leia mais

PORTUGUÊS MANEIRA DE AMAR

PORTUGUÊS MANEIRA DE AMAR PORTUGUÊS TEXTO 01 para as questões de 01 a 10. MANEIRA DE AMAR O jardineiro conversava com as flores, e elas se habituaram ao diálogo. Passava manhãs contando coisas a uma cravina ou escutando o que lhe

Leia mais

1ª QUESTÃO MÚLTIPLA ESCOLHA. 7,00 (sete) pontos distribuídos em 20 itens

1ª QUESTÃO MÚLTIPLA ESCOLHA. 7,00 (sete) pontos distribuídos em 20 itens PAG - 1 1ª QUESTÃO MÚLTIPLA ESCOLHA 7,00 (sete) pontos distribuídos em 20 itens Marque no cartão de respostas a única alternativa que responde de maneira correta ao pedido de cada item: PORTUGUÊS Considere

Leia mais

Colégio SOTER - Caderno de Atividades - 6º Ano - Língua Portuguesa - 2º Bimestre

Colégio SOTER - Caderno de Atividades - 6º Ano - Língua Portuguesa - 2º Bimestre O CASO DA CALÇADA DO JASMIM UM CRIME? Terça-feira, seis de Maio. São catorze horas. A D. Odete não é vista no seu bairro desde hoje de manhã. As janelas da sua casa estão abertas, mas o correio de hoje

Leia mais

Escola de Português Verão de 2015 Ano 13 Nível 2 Exercícios Semana 1 Parte 2 Revisão Verbos irregulares no pretérito perfeito do indicativo:

Escola de Português Verão de 2015 Ano 13 Nível 2 Exercícios Semana 1 Parte 2 Revisão Verbos irregulares no pretérito perfeito do indicativo: Escola de Português Verão de 2015 Ano 13 Nível 2 Exercícios Semana 1 Parte 2 Revisão Verbos irregulares no pretérito perfeito do indicativo: 1) Complete as frases abaixo com o pretérito perfeito dos seguintes

Leia mais

O Açúcar. Leia este poema de Ferreira Gullar. Com que adoço meu café esta manhã em Ipanema.

O Açúcar. Leia este poema de Ferreira Gullar. Com que adoço meu café esta manhã em Ipanema. 8 Gramática -Revisão 8º ano DATA: /09/15: Unidade Centro Aluno (a) Professora: MARIA DO CARMO Leia este poema de Ferreira Gullar. O Açúcar O branco açúcar que adoçará meu café Nesta manhã de Ipanema Não

Leia mais

Gramática e Redação. Exercícios de Revisão I

Gramática e Redação. Exercícios de Revisão I Nome: n o : E nsino: A no: T urma: Data: Prof(a): Fundamental 7 o Gramática e Redação Exercícios de Revisão I Leia com atenção o texto abaixo. Ignácio de Loyola Brandão nasceu em Araraquara, no Estado

Leia mais

Data de entrega 16/03/2015 segunda-feira Frase, oração e período

Data de entrega 16/03/2015 segunda-feira Frase, oração e período Nome: Ano: 7 ano Disciplina: P.T. Textos Nº: Data: Professor: Valdeci Lopes Data de entrega 16/03/2015 segunda-feira Frase, oração e período 1. Leia a tirinha abaixo: Reescreva a frase nominal do quadrinho,

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais