Desenvolvendo Interfaces e Apps customizadas para o SAP-BPC Utilizando Java e.net. Victorino Vila Extend Software

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Desenvolvendo Interfaces e Apps customizadas para o SAP-BPC Utilizando Java e.net. Victorino Vila Extend Software vvila@extend.com."

Transcrição

1 Desenvolvendo Interfaces e Apps customizadas para o SAP-BPC Utilizando Java e.net Victorino Vila Extend Software

2 Extend Software Especializada em Soluções de Planejamento, Orçamento e Consolidação Financeira (EPM). Fundação 1993 Em 2013: 200 maiores de TI Informática Hoje 20 PME mais rentáveis Exame PME Mais de 150 clientes Consultoria e desenvolvimento de softwares. Softwares Complementares ao SAP-BPC SAP Forum - Espaço New Route.

3 150+ Clientes de Planejamento

4

5 Fatos A Existência de vários sistemas/plataformas implica em diferentes culturas Interfaces Maneiras de operação Dependência/Independência de TI Aplicações de Planejamento são intrinsecamente financeiras Repositórios como o BW devem pertencer ao universo de TI

6 Motivações Necessidade do desenvolvimento de uma interface amigável para manutenção de dimensões Ambiente de Planejamento.

7 Motivações Inteligência de negócio nos formulários de entrada de dados. Grande número de planilhas e construção de macros para adaptação as necessidades de negócio.

8 Biz&Plan Connector Customize Interfaces Java.NET html5 Others HTTP REQUEST Possibilidade de acesso do BPQL através de frameworks de programação. Comuncação por web services WSDL com comunicação JSON BP Query Language BPQL Criação de uma linguagem de queries chamada BP Query Language. BPC Admin (Web) BPC Clients EPM Office AddIn BPConnector Mapeamento dos Web Services do SAP Netweaver utilizando os serviços do BPC Admin e do EPM Office Add In. Rest Web Services HTTP REQUEST Ambiente do SAP/BPC Application Logic NetWeaver BW OLAP engine SAP NetWeaver BW (App Server)

9 Biz&Plan Connector Isto mostrou um potencial do uso da ferramenta para: Converter, transportar, migrar e duplicar modelos; Desenvolvimento de funcionalidades complexas; Integração com outras aplicações; Criação de um instrumento de desenolvimento de produtos complementares ao BPC; Facilidade no aprendizado pelo cliente no desenvolvimento de novos modelos, aplicações e integrações.

10 Biz&Plan Connector Passos para o uso do BP Connector na construção de Aplicações customizadas: Aprendizado dos conceitos da linguagem BPQL; Instalação e configuração dos Web Services; Escolha da interface de desenvolvimento; Usar como referência do seu projeto do Web Service; Programar.

11 Linguagem BPQL BP Developer Biz&Plan Developer é uma interface de execução dos comandos BPQL.

12 Linguagem BPQL BP Developer

13 Linguagem BPQL BP Developer Ambientes

14 Linguagem BPQL BP Developer Modelos

15 Linguagem BPQL BP Developer Dimensões dos modelos

16 Linguagem BPQL BP Developer Hierarquias

17 Linguagem BPQL BP Developer Membros da dimensão

18 Linguagem BPQL BP Developer Área para digitação dos comandos BPQL.

19 Linguagem BPQL BP Developer Resposta dos comandos

20 Linguagem BPQL BP Developer

21 Linguagem BPQL BP Developer Comandos BP Query Language Comandos de Metadados

22 Linguagem BPQL BP Developer Comandos BP Query Language Comandos de visualização de membros de dimensão

23 Linguagem BPQL BP Developer Comandos BP Query Language Manutenção de ambientes

24 Linguagem BPQL BP Developer Comandos BP Query Language Criação de Metadados - Dimensões

25 Linguagem BPQL BP Developer Comandos BP Query Language Criação de Metadados - Modelos

26 Linguagem BPQL BP Developer Comandos BP Query Language Manutenção de dimensões Manutenção de membros

27 Linguagem BPQL BP Developer Comandos BP Query Language Manutenção de modelos Dados

28 Linguagem BPQL BP Developer Comandos BP Query Language Consultas

29 BP Connector Web Service

30 BP Connector Web Service Métodos disponíveis para acesso ao BP Connector ExecuteCommand ExecuteQuery Parâmetros de Ida: Dados sobre a conexão Comandos em BPQL Retorno: Resposta em JSON

31 BP Connector Web Service Comandos BPQP BP Connector Class Serialization JSON Web Service

32 Escolha da Interface de Desenvolvimento Uso de qualquer linguagem de programação que suporte o acesso via Web service..net Java Mas também... IOS, Android, HTML5, etc etc etc...

33 Usando como Referência ao Projeto Seja em Java,.NET ou outra linguagem escolhida precisamos usar o BP Connector Web Service como referência ao projeto de desenvolvimento.

34 Usando como Referência ao Projeto.NET: Adicione uma referência a um serviço web.

35 Usando como Referência ao Projeto.NET: Digite a URL e dê um nome ao serviço.

36 Usando como Referência ao Projeto.NET: Serviço adicionado ao projeto.

37 Usando como Referência ao Projeto Java (NetBeans): Adicionar ao projeto um Web Service.

38 Usando como Referência ao Projeto Java (NetBeans): Digitar a URL.

39 Usando como Referência ao Projeto Java (NetBeans): Serviço adicionado ao projeto.

40 Usando como Referência ao Projeto Java (NetBeans): Serviço adicionado ao projeto.

41 Programar Com o Web Service adicionado ao projeto ele pode ser usado no desenvolvimento de qualquer aplicativo usando uma das duas funções: ExecuteCommand e ExecuteQuery passando como parâmetros as propriedades de conexão e o comando em BPQL.

42 Programar: Exemplo Visualizar numa interface customizada os membros da dimensão DEMO_CUSTOMER

43 Programar: Exemplo Botão para iniciar a ação Grid para exibir os membros da dimensão.

44 Programar: Exemplo Variáveis com as propriedades de conexão com o BPC.

45 Programar: Exemplo Comando BPQL para consulta da dimensão no BPC.

46 Programar: Exemplo Chamada do Web Service passando os parâmetros.

47 Programar: Exemplo Transforma o retorno do WS (JSON) num Datatable (TABELA).

48 Programar: Exemplo Compilando e executando o programa:

49 Programar: Exemplo Clicando no botão teremos...

50 Programar: Exemplo... Os membros da dimensão exibidos no Grid.

51 Programar: Exemplo

52 Obrigado! Perguntas? Victorino Vila SAP Forum Espaço New Route

53 S O F T W A R E

Integrando o Planejamento Feito em SAP BPC Com Sistemas Corporativos, Aplicações de Terceiros, Órgãos Regulatórios... E pessoas.

Integrando o Planejamento Feito em SAP BPC Com Sistemas Corporativos, Aplicações de Terceiros, Órgãos Regulatórios... E pessoas. Integrando o Planejamento Feito em SAP BPC Com Sistemas Corporativos, Aplicações de Terceiros, Órgãos Regulatórios... E pessoas. Antonio Rihl Extend Software arihl@extend.com.br Extend Software Especializada

Leia mais

Integração de sistemas utilizando Web Services do tipo REST

Integração de sistemas utilizando Web Services do tipo REST Integração de sistemas utilizando Web Services do tipo REST Jhonatan Wilson Aparecido Garbo, Jaime Willian Dias Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil jhowgarbo@gmail.com jaime@unipar.br

Leia mais

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO DE JOGOS COM LIBGDX. Vinícius Barreto de Sousa Neto

INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO DE JOGOS COM LIBGDX. Vinícius Barreto de Sousa Neto INTRODUÇÃO AO DESENVOLVIMENTO DE JOGOS COM LIBGDX Vinícius Barreto de Sousa Neto Libgdx é um framework multi plataforma de visualização e desenvolvimento de jogos. Atualmente ele suporta Windows, Linux,

Leia mais

Aula 03 - Projeto Java Web

Aula 03 - Projeto Java Web Aula 03 - Projeto Java Web Para criação de um projeto java web, vá em File/New. Escolha o projeto: Em seguida, na caixa Categorias selecione Java Web. Feito isso, na caixa à direita selecione Aplicação

Leia mais

Artur Petean Bove Júnior Tecnologia SJC

Artur Petean Bove Júnior Tecnologia SJC Artur Petean Bove Júnior Tecnologia SJC Objetivo O objetivo do projeto é especificar o desenvolvimento de um software livre com a finalidade de automatizar a criação de WEBSITES através do armazenamento

Leia mais

Introdução ao ERP Microsiga Protheus da Totvs

Introdução ao ERP Microsiga Protheus da Totvs Por Edilberto Souza Introdução ao ERP Microsiga Protheus da Totvs Agenda Introdução a alguns conceitos de ERP; Noções sobre o mercado de ERP; Arquitetura do Microsiga Protheus; Visão geral do ambiente

Leia mais

SELENIUM 28/03/2011. Márcio Delamaro Harry Trinta

SELENIUM 28/03/2011. Márcio Delamaro Harry Trinta 1 SELENIUM 28/03/2011 Márcio Delamaro Harry Trinta O que é a Selenium? Selenium é uma ferramenta desenvolvida para a automação de testes em aplicações Web Suporta diversos browsers: Firefox Internet Explorer

Leia mais

gerenciamento de portais e websites corporativos interface simples e amigável, ágil e funcional não dependendo mais de um profissional especializado

gerenciamento de portais e websites corporativos interface simples e amigável, ágil e funcional não dependendo mais de um profissional especializado O NetPublisher é um sistema de gerenciamento de portais e websites corporativos (intranets ou extranets), apropriado para pequenas, médias e grandes empresas. O conteúdo do website pode ser atualizado

Leia mais

ARQUITETURA DE SISTEMAS. Cleviton Monteiro (cleviton@gmail.com)

ARQUITETURA DE SISTEMAS. Cleviton Monteiro (cleviton@gmail.com) ARQUITETURA DE SISTEMAS Cleviton Monteiro (cleviton@gmail.com) Roteiro Definição Documento de arquitetura Modelos de representação da arquitetura Estilos arquiteturais Arquitetura de sistemas web Arquitetura

Leia mais

GLOBAL SCIENCE AND TECHNOLOGY (ISSN 1984 3801)

GLOBAL SCIENCE AND TECHNOLOGY (ISSN 1984 3801) GLOBAL SCIENCE AND TECHNOLOGY (ISSN 1984 3801) UTILIZAÇÃO DE APLICATIVOS BASE E CALC DO PACOTE BROFFICE.ORG PARA CRIAÇÃO DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO DE PEQUENO PORTE Wílson Luiz Vinci 1 Marcelo Gonçalves

Leia mais

ABORDAGEM DE FRAMEWORKS PARA JSF QUE AUXILIAM O DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

ABORDAGEM DE FRAMEWORKS PARA JSF QUE AUXILIAM O DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE ABORDAGEM DE FRAMEWORKS PARA JSF QUE AUXILIAM O DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE Amarildo Aparecido Ferreira Junior 1, Ricardo Ribeiro Rufino 1 ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil aapfjr@gmail.com

Leia mais

DESENVOLVENDO APLICAÇÃO UTILIZANDO JAVA SERVER FACES

DESENVOLVENDO APLICAÇÃO UTILIZANDO JAVA SERVER FACES DESENVOLVENDO APLICAÇÃO UTILIZANDO JAVA SERVER FACES Alexandre Egleilton Araújo, Jaime Willian Dias Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil araujo.ale01@gmail.com, jaime@unipar.br Resumo.

Leia mais

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Disciplina: Programação Orientada a Objetos II Professor: Cheli dos S. Mendes da Costa Modelo Cliente- Servidor Modelo de Aplicação Cliente-servidor Os

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Access 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Alterar o tamanho da tela ou fechar

Leia mais

Android Básico Hello World!

Android Básico Hello World! Android Básico Hello World! Instrutor Programador desde 2000 Aluno de doutorado Mestre em informática pelo ICOMP/UFAM Especialista em aplicações WEB FUCAPI marcio.palheta@gmail.com sites.google.com/site/marcio

Leia mais

Trabalhando com banco de dados

Trabalhando com banco de dados Avançado Trabalhando com Aprenda a manipular dados no Excel com a ajuda de outros aplicativos da suíte Office Armazenar e organizar informações são tarefas executadas diariamente por todos nós. Desde o

Leia mais

Conteúdo Programático de PHP

Conteúdo Programático de PHP Conteúdo Programático de PHP 1 Por que PHP? No mercado atual existem diversas tecnologias especializadas na integração de banco de dados com a WEB, sendo o PHP a linguagem que mais se desenvolve, tendo

Leia mais

Service Oriented Architecture SOA

Service Oriented Architecture SOA Service Oriented Architecture SOA Arquitetura orientada aos serviços Definição: Arquitetura de sistemas distribuídos em que a funcionalidade é disponibilizada sob a forma de serviços (bem definidos e independentes)

Leia mais

PROGRAMAÇÃO SERVIDOR MIDDLEWARE JDBC: USANDO O JAVA DB EM SISTEMAS WEB. Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1

PROGRAMAÇÃO SERVIDOR MIDDLEWARE JDBC: USANDO O JAVA DB EM SISTEMAS WEB. Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 PROGRAMAÇÃO SERVIDOR EM SISTEMAS WEB MIDDLEWARE JDBC: USANDO O JAVA DB Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 Objetivos Compreender o conceito do Middleware JDBC Capacitar para a criação de bancos de dados JavaDB

Leia mais

Programação Web Aula 12 - Java Web Software

Programação Web Aula 12 - Java Web Software Programação Web Aula 12 - Java Web Software Bruno Müller Junior Departamento de Informática UFPR 25 de Maio de 2015 1 Java 2 Java Web Software 3 Servlets Modelo de Trabalho Funcionamento API Java Código

Leia mais

http://aden.psl.gov.ao/wiki/environmentdevelpt

http://aden.psl.gov.ao/wiki/environmentdevelpt Página 1 de 20 Wiki Histórico Cronograma Ver Código Visualizar Tickets Pesquisa Tags Discussion Blog Desenvolvimento ambiente Eclipse Desenvolvimento existem em muitos ambientes Linux, mas a nossa escolha

Leia mais

DESENVOLVIMENTO EM DISPOSITIVOS MÓVEIS UTILIZANDO BANCO DE DADOS

DESENVOLVIMENTO EM DISPOSITIVOS MÓVEIS UTILIZANDO BANCO DE DADOS DESENVOLVIMENTO EM DISPOSITIVOS MÓVEIS UTILIZANDO BANCO DE DADOS Leandro Guilherme Gouvea 1, João Paulo Rodrigues 1, Wyllian Fressatti 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil leandrog.gouvea@gmail.com,

Leia mais

DESENVOLVENDO APLICAÇÕES UTILIZANDO JAVASERVER FACES E MVC

DESENVOLVENDO APLICAÇÕES UTILIZANDO JAVASERVER FACES E MVC DESENVOLVENDO APLICAÇÕES UTILIZANDO JAVASERVER FACES E MVC Felipe Moreira Decol Claro 1, Késsia Rita da Costa Marchi 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil felipe4258@hotmail.com, kessia@unipar.br

Leia mais

PushJOB aplicativos sites PushJOB Nuvem Nuvem Por que é diferente PushJOB 100% GRÁTIS Por que usá- lo PushJOB

PushJOB aplicativos sites PushJOB Nuvem Nuvem Por que é diferente PushJOB 100% GRÁTIS Por que usá- lo PushJOB O Que é? Hoje em dia há uma série de fontes e formas de encontrar vagas de trabalho, tais como grupos de e- mail, grupos de mensagens, sites de headhunters etc. Todos eles acabam atrapalhando a sua experiência

Leia mais

Um Processo para Desenvolvimento de Aplicações Web Baseado em Serviços. Autores: Fábio Zaupa, Itana Gimenes, Don Cowan, Paulo Alencar e Carlos Lucena

Um Processo para Desenvolvimento de Aplicações Web Baseado em Serviços. Autores: Fábio Zaupa, Itana Gimenes, Don Cowan, Paulo Alencar e Carlos Lucena Um Processo para Desenvolvimento de Aplicações Web Baseado em Serviços Autores: Fábio Zaupa, Itana Gimenes, Don Cowan, Paulo Alencar e Carlos Lucena Tópicos Motivação e Objetivos LP e SOA Processo ADESE

Leia mais

Frameworks para criação de Web Apps para o Ensino Mobile

Frameworks para criação de Web Apps para o Ensino Mobile 393 Frameworks para criação de Web Apps para o Ensino Mobile Lucas Zamim 1 Roberto Franciscatto 1 Evandro Preuss 1 1 Colégio Agrícola de Frederico Westphalen (CAFW) Universidade Federal de Santa Maria

Leia mais

GetResponse para usuários internacionais

GetResponse para usuários internacionais Guia rápido sobre... GetResponse para usuários internacionais Neste guia... GetResponse facilita a comunicação internacional. Saiba como criar mensagens em vários idiomas usando caracteres internacionais.

Leia mais

Prática da Disciplina de Sistemas Distribuídos Serviços Web IFMA DAI Professor Mauro Lopes C. Silva

Prática da Disciplina de Sistemas Distribuídos Serviços Web IFMA DAI Professor Mauro Lopes C. Silva 1. O que são Serviços Web (Web Services)? Prática da Disciplina de Sistemas Distribuídos Serviços Web IFMA DAI Professor Mauro Lopes C. Silva A ideia central dos Web Services parte da antiga necessidade

Leia mais

Scriptlets e Formulários

Scriptlets e Formulários 2 Scriptlets e Formulários Prof. Autor: Daniel Morais dos Reis e-tec Brasil Programação Avançada Para Web Página1 Meta Permitir ao aluno aprender a criar um novo projeto Java para web no Netbeans IDE,

Leia mais

AUTOR(ES): MARGHEL RAIMUNDO DA COSTA VASCONCELOS, BRUNO ALEXANDRE PEREIRA, SERGIO DIAS VIEIRA

AUTOR(ES): MARGHEL RAIMUNDO DA COSTA VASCONCELOS, BRUNO ALEXANDRE PEREIRA, SERGIO DIAS VIEIRA Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: RECONHECIMENTO DE GESTOS - OPENCV CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: ENGENHARIAS E TECNOLOGIAS SUBÁREA:

Leia mais

MAGREGISTER 1.0: GERADOR DE INTERFACES DE COLETAS DE DADOS PARA PDA S. Acadêmico: Gilson Chequeto Orientador: Adilson Vahldick

MAGREGISTER 1.0: GERADOR DE INTERFACES DE COLETAS DE DADOS PARA PDA S. Acadêmico: Gilson Chequeto Orientador: Adilson Vahldick MAGREGISTER 1.0: GERADOR DE INTERFACES DE COLETAS DE DADOS PARA PDA S Acadêmico: Gilson Chequeto Orientador: Adilson Vahldick Roteiro Introdução Objetivos do trabalho Fundamentação teórica Desenvolvimento

Leia mais

SISTEMA GERENCIAL TRATORPLAN

SISTEMA GERENCIAL TRATORPLAN SISTEMA GERENCIAL TRATORPLAN SIGET Fabrício Pereira Santana¹, Jaime William Dias¹, ², Ricardo de Melo Germano¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil fabricioblack@gmail.com germano@unipar.br

Leia mais

Prática em Laboratório N.02 Criando um serviço Web via NetBeans

Prática em Laboratório N.02 Criando um serviço Web via NetBeans Prática em Laboratório N.02 Criando um serviço Web via NetBeans O objetivo deste exercício é criar um projeto apropriado para desenvolver um contêiner que você resolva utilizar. Uma vez criado o projeto,

Leia mais

Tahuti 2.1 A ferramenta de gerenciamento de TI. Manual de Instalação. Belo Horizonte, 06 de novembro de 2015.

Tahuti 2.1 A ferramenta de gerenciamento de TI. Manual de Instalação. Belo Horizonte, 06 de novembro de 2015. Tahuti 2.1 A ferramenta de gerenciamento de TI Manual de Instalação Belo Horizonte, 06 de novembro de 2015. Índice 1. Pré-requisitos 01 2. Instalando e Configurando o Sistema 02 3. Particularidades no

Leia mais

Sharepoint Support (m/f)

Sharepoint Support (m/f) Sharepoint Support (m/f) Quais as minhas responsabilidades: Responsabilidades ao nível do suporte técnico aplicacional em SharePoint nas versões 2007,2010 e 2013, tarefas de troubleshouting e resolução

Leia mais

CONTEÚDO (técnico) COMPLETO DO TREINAMENTO INTENSIVO PARA ANDROID Universidade Android

CONTEÚDO (técnico) COMPLETO DO TREINAMENTO INTENSIVO PARA ANDROID Universidade Android Conteúdo detalhado CONTEÚDO (técnico) COMPLETO DO TREINAMENTO INTENSIVO PARA ANDROID Universidade Android Android Básico 1. Dispositivos Android 2. Instalação do Android 3. Emuladores de Android 4. Exercício:

Leia mais

INTERESSADOS ENVIAR CURRÍCULO E PRETENSÃO SALARIAL PARA rebeca@holdenrh.com.br/vanessa@holdenrh.com.br

INTERESSADOS ENVIAR CURRÍCULO E PRETENSÃO SALARIAL PARA rebeca@holdenrh.com.br/vanessa@holdenrh.com.br INTERESSADOS ENVIAR CURRÍCULO E PRETENSÃO SALARIAL PARA rebeca@holdenrh.com.br/vanessa@holdenrh.com.br Vagas Holden TI: Analista de Desenvolvimento Java Sênior Consultor SAP FI DBA SQL Server DBA Oracle

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE. Introdução ao Visual Studio VB.Net. Programação Estruturada. Prof. Celso Candido ADS / REDES / ENGENHARIA

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE. Introdução ao Visual Studio VB.Net. Programação Estruturada. Prof. Celso Candido ADS / REDES / ENGENHARIA Introdução ao Visual Studio VB.Net Programação Estruturada 1 Nesse momento inicial não iremos programar em VB.Net, usando o Visual Studio, mas conhecer alguns comandos e variáveis usadas em uma linguagem

Leia mais

www.coldfusionbrasil.com.br

www.coldfusionbrasil.com.br www.coldfusionbrasil.com.br 2000 1 O que é Cold Fusion? 3 Arquitetura Cold Fusion 3 Cold Fusion Markup Language (CFML) 4 O que devo saber para programar em CFML? 4 HTML 4 Desenho de Banco de Dados Relacionais

Leia mais

Softwares de Sistemas e de Aplicação

Softwares de Sistemas e de Aplicação Fundamentos dos Sistemas de Informação Softwares de Sistemas e de Aplicação Profª. Esp. Milena Resende - milenaresende@fimes.edu.br Visão Geral de Software O que é um software? Qual a função do software?

Leia mais

Fundamentos da Computação Móvel

Fundamentos da Computação Móvel Fundamentos da Computação Móvel (Plataformas Sistemas Operacionais e Desenvolvimento) Programação de Dispositivos Móveis Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus

Leia mais

Como criar formulário com o Google Drive

Como criar formulário com o Google Drive Como criar formulário com o Google Drive Lembre-se que uma das maiores dificuldades em questionários e pesquisas é a árdua tarefa de consolidar os dados para análise. Com o Google Formulários é possível

Leia mais

TUTORIAL NetBeans 6.5

TUTORIAL NetBeans 6.5 TUTORIAL NetBeans 6.5 O NetBeans é uma apenas uma Interface para auxiliar o desenvolvimento. Nessa IDE conseguimos trabalhar com a linguagem Java, que estamos estudando na disciplina Linguagem de Programação

Leia mais

GERADOR DE RELATÓRIOS WINREPORT VERSÃO 2.0. Conteúdo

GERADOR DE RELATÓRIOS WINREPORT VERSÃO 2.0. Conteúdo GERADOR DE RELATÓRIOS WINREPORT VERSÃO 2.0 Este manual foi desenvolvido com o objetivo de documentar as principais funcionalidades do Gerador de Relatórios WinReport versão 2.0. Conteúdo 1. Tela Principal...

Leia mais

Testes de Software. Anne Caroline O. Rocha TesterCertified BSTQB NTI UFPB. Anne Caroline O. Rocha Tester Certified BSTQB NTI UFPB

Testes de Software. Anne Caroline O. Rocha TesterCertified BSTQB NTI UFPB. Anne Caroline O. Rocha Tester Certified BSTQB NTI UFPB Testes de Software 1 AULA 04 FERRAMENTAS DE AUTOMAÇÃO DE TESTES FUNCIONAIS Anne Caroline O. Rocha TesterCertified BSTQB NTI UFPB Conteúdo Programático Aula 04 Automação de testes funcionais Ferramentas

Leia mais

Este livro é dedicado a minha esposa Edna e a todos os desenvolvedores que fizeram do software livre um meio profissional levado a sério.

Este livro é dedicado a minha esposa Edna e a todos os desenvolvedores que fizeram do software livre um meio profissional levado a sério. EDSON GONÇALVES Este livro é dedicado a minha esposa Edna e a todos os desenvolvedores que fizeram do software livre um meio profissional levado a sério. AGRADECIMENTOS Primeiramente gostaria de agradecer

Leia mais

Assinare consiste na oferta de soluções e serviços na área da identificação electrónica.!

Assinare consiste na oferta de soluções e serviços na área da identificação electrónica.! Assinare Apresentação Assinare consiste na oferta de soluções e serviços na área da identificação electrónica. De forma a responder ao ambiente altamente competitivo a que as empresas e organizações hoje

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS 1 de 5 PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS BURITREINAMENTOS MANAUS-AM DEZEMBRO / 2014 2 de 5 PACOTES DE TREINAMENTOS BURITECH A Buritech desenvolveu um grupo de pacotes de treinamentos, aqui chamados de BuriPacks,

Leia mais

INTELIGÊNCIA COMPETITIVA. Transformando dados em decisões estratégicas

INTELIGÊNCIA COMPETITIVA. Transformando dados em decisões estratégicas INTELIGÊNCIA COMPETITIVA Transformando dados em decisões estratégicas Primeiramente, qual a diferença? DADOS INFORMAÇÃO CONHECIMENTO CONHECIMENTO Conjunto de informações analisadas INFORMAÇÃO Conjunto

Leia mais

C# @ Curriculum Vitae RICARDO. Produtividade e desenvolvimento. Sistemas FIGUEIREDO. Microsoft Visual Studio.NET. Microsoft. Microsoft SQL Server

C# @ Curriculum Vitae RICARDO. Produtividade e desenvolvimento. Sistemas FIGUEIREDO. Microsoft Visual Studio.NET. Microsoft. Microsoft SQL Server RICARDO FIGUEIREDO Curriculum Vitae Produtividade e desenvolvimento Microsoft Microsoft Visual Studio.NET Microsoft SQL Server Microsoft Office C# @ Desenvolvimento Web mycontacts.email= ricardofigueiredo.pt

Leia mais

Projeto SNGPC para Farmácias e Drogarias

Projeto SNGPC para Farmácias e Drogarias Agência Nacional de Vigilância Sanitária Projeto SNGPC para Farmácias e Drogarias Conexão ao Webservice Manual do Desenvolvedor Versão 2.0.0 Brasília, fevereiro de 2013. Copyright 2012. Agência Nacional

Leia mais

Módulo Publicações Publicações On Line. Módulo Publicações

Módulo Publicações Publicações On Line. Módulo Publicações Módulo Publicações Elaborado por: Julio Cesar Cavalheiro PÁG. 1/8 Índice 1. Objetivo... 3 2. Parametrização... 3 3. Baixando as Publicações... 4 4. Atribuindo processos aos Dados Baixados... 5 5. Status

Leia mais

GLOSSÁRIO. ActiveX Controls. É essencialmente uma interface usada para entrada e saída de dados para uma aplicação.

GLOSSÁRIO. ActiveX Controls. É essencialmente uma interface usada para entrada e saída de dados para uma aplicação. GLOSSÁRIO Este glossário contém termos e siglas utilizados para Internet. Este material foi compilado de trabalhos publicados por Plewe (1998), Enzer (2000) e outros manuais e referências localizadas na

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS 1 de 6 PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS BURITREINAMENTOS MANAUS-AM NOVEMBRO / 2014 2 de 6 PACOTES DE TREINAMENTOS BURITECH A Buritech desenvolveu um grupo de pacotes de treinamentos, aqui chamados de BuriPacks,

Leia mais

Criando & Consumindo um WebService com ASP.NET 2.0 Publicado em: 25 de Agosto de 2007 Por Herman Ferdinando Arais

Criando & Consumindo um WebService com ASP.NET 2.0 Publicado em: 25 de Agosto de 2007 Por Herman Ferdinando Arais ASP.NET > WebService herman_arais@yahoo.com.br Introdução Um WebService é um componente, ou unidade lógica de aplicação, acessível através de protocolos padrões de Internet. Como componentes, esses serviços

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTONIO MAGLIANO Código: 088 Município: Garça Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de

Leia mais

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Disciplina: Programação Orientada a Objetos II Professor: Cheli dos S. Mendes da Costa Servidor de Aplicações WEB Tomcat Servidor Tomcat Foi desenvolvido

Leia mais

Portal de Dados Abertos elaborado pela Emprel lança iniciativas que aproximam Prefeitura e cidadãos no Recife

Portal de Dados Abertos elaborado pela Emprel lança iniciativas que aproximam Prefeitura e cidadãos no Recife Portal de Dados Abertos elaborado pela Emprel lança iniciativas que aproximam Prefeitura e cidadãos no Recife Perfil A Empresa Municipal de Informática Emprel é uma empresa pública, dotada de personalidade

Leia mais

Procedimentos de Implantação ireport x Protheus

Procedimentos de Implantação ireport x Protheus Índice 1. INTRODUÇÃO... 2 2. CONFIGURAÇÃO... 2 1.1 Configurando o Protheus... 2 2.2 Configurando o ireports no Protheus... 2 2.3 Incluindo relatórios no Protheus... 4 3. CONFIGURANDO E UTILIZANDO O IREPORT

Leia mais

UM NOVO CONCEITO EM AUTOMAÇÃO. Série Ponto

UM NOVO CONCEITO EM AUTOMAÇÃO. Série Ponto UM NOVO CONCEITO EM AUTOMAÇÃO Série Ponto POR QUE NOVO CONCEITO? O que é um WEBPLC? Um CP na WEB Por que usar INTERNET? Controle do processo de qualquer lugar WEBGATE = conexão INTERNET/ALNETII WEBPLC

Leia mais

ruirossi@ruirossi.pro.br

ruirossi@ruirossi.pro.br Persistência Com JPA & Hibernate Rui Rossi dos Santos ruirossi@ruirossi.pro.br Mediador: Rui Rossi dos Santos Slide 1 Mapeamento Objeto-Relacional Contexto: Linguagem de programação orientada a objetos

Leia mais

A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO

A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO 1 OBJETIVOS 1. O que é a nova infra-estrutura informação (TI) para empresas? Por que a conectividade é tão importante nessa infra-estrutura

Leia mais

Aplicações Desktop: Swing/SubMacroForms. Carlos Renato Alves Gouveia Novembro/2008 cgouveia@fes.br

Aplicações Desktop: Swing/SubMacroForms. Carlos Renato Alves Gouveia Novembro/2008 cgouveia@fes.br Aplicações Desktop: Swing/SubMacroForms Carlos Renato Alves Gouveia Novembro/2008 cgouveia@fes.br Carlos Renato Alves Gouveia Especialista em Engenharia de Web Sites pela UFMS; Professor Universitário

Leia mais

Unidade 7: Middleware JDBC e Java DB Prof. Daniel Caetano (Fonte: Tutorial Oficial do NetBeans)

Unidade 7: Middleware JDBC e Java DB Prof. Daniel Caetano (Fonte: Tutorial Oficial do NetBeans) Programação Servidor para Sistemas Web 1 Unidade 7: Middleware JDBC e Java DB Prof. Daniel Caetano (Fonte: Tutorial Oficial do NetBeans) Objetivo: Capacitar o aluno para criar bancos de dados usando Java

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS

PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS 1 de 6 PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSOS BURITREINAMENTOS MANAUS-AM MARÇO / 2015 2 de 6 PACOTES DE TREINAMENTOS BURITECH A Buritech desenvolveu um grupo de pacotes de treinamentos, aqui chamados de BuriPacks,

Leia mais

Junte-se a uma empresa sólida no nosso mercado, assumindo a função de Programador Web.

Junte-se a uma empresa sólida no nosso mercado, assumindo a função de Programador Web. Programador Web (m/f) Junte-se a uma empresa sólida no nosso mercado, assumindo a função de Programador Web. Integrado na equipa de desenvolvimento será responsável pelo desenvolvimento de aplicações web.

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO RDB2LOD

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO RDB2LOD GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO APLICATIVO RDB2LOD Em sua versão inicial, o aplicativo RDB2LOD foi desenvolvido para instalação e execução em ambiente de máquina virtual Java, e oferece suporte aos SGBDs

Leia mais

Rua Minas Gerais, 190 Higienópolis 01244-010 São Paulo/SP Brasil Fone (11) 3017.3600 Fax: (11) 3017.3633 www.abnt.org.br

Rua Minas Gerais, 190 Higienópolis 01244-010 São Paulo/SP Brasil Fone (11) 3017.3600 Fax: (11) 3017.3633 www.abnt.org.br GUIA DO VISUALIZADOR SUA EMPRESA ONLINE NO MUNDO DA NORMALIZAÇÃO SUMÁRIO 1 O QUE É ABNTCOLEÇÃO...3 1.1 CONFIGURAÇÕES MINIMAS DESEJAVEL...3 1.1.2 SEGURANÇADE REDE...3 2 COMO ACESSAR A SUA COLEÇÃO...4 2.1

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS APLICATIVOS HÍBRIDOS. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS APLICATIVOS HÍBRIDOS. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS APLICATIVOS HÍBRIDOS Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza ROTEIRO Introdução PhoneGap PhoneGap Build GitHub INTRODUÇÃO Aplicativos nativos É

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM APLICATIVO DO TIPO SECRETÁRIO VIRTUAL PARA A PLATAFORMA ANDROID

DESENVOLVIMENTO DE UM APLICATIVO DO TIPO SECRETÁRIO VIRTUAL PARA A PLATAFORMA ANDROID DESENVOLVIMENTO DE UM APLICATIVO DO TIPO SECRETÁRIO VIRTUAL PARA A PLATAFORMA ANDROID Maik Olher CHAVES 1 ; Daniela Costa Terra 2. 1 Graduado no curso de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Leia mais

Análise de Performance de Frameworks de Desenvolvimento Mobile Multiplataforma

Análise de Performance de Frameworks de Desenvolvimento Mobile Multiplataforma 347 Análise de Performance de Frameworks de Desenvolvimento Mobile Multiplataforma Kamile A. Wahlbrinck, Bruno B. Boniati Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) Caixa Postal 54 98.400-000 Frederico

Leia mais

TEMA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO -Tipos de SI e Recursos de Software parte2. AULA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFa. ROSA MOTTA

TEMA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO -Tipos de SI e Recursos de Software parte2. AULA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFa. ROSA MOTTA TEMA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO -Tipos de SI e Recursos de Software parte2 AULA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFa. ROSA MOTTA CONTEÚDO DA AULA Tipos de Software Serviços Web Tendências 2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Leia mais

Aquisição móvel de dados com Smartphones & Tablets

Aquisição móvel de dados com Smartphones & Tablets Aquisição móvel de dados com Smartphones & Tablets André Pereira Gerente de Marketing Técnico Mike Munhato Engenheiro de Marketing Técnico Por que as pessoas usam tablets? É fácil de carregar Interface

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS. Mede a capacidade de comunicação de computadores e dispositivos. Operam em diferentes plataformas de hardware

LISTA DE EXERCÍCIOS. Mede a capacidade de comunicação de computadores e dispositivos. Operam em diferentes plataformas de hardware 1. A nova infra-estrutura de tecnologia de informação Conectividade Mede a capacidade de comunicação de computadores e dispositivos Sistemas abertos Sistemas de software Operam em diferentes plataformas

Leia mais

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS - APLICATIVOS HÍBRIDOS. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza

PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS - APLICATIVOS HÍBRIDOS. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza PROGRAMAÇÃO PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS - APLICATIVOS HÍBRIDOS Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. http://about.me/tilfrozza ROTEIRO Introdução PhoneGap PhoneGap Build GitHub INTRODUÇÃO Aplicativos nativos

Leia mais

EAI Manual do Administrador

EAI Manual do Administrador EAI Manual do Administrador 1 Definição de Host Application O que é um Host Application? Significa Aplicativo Hospedeiro, é o nome dado ao ambiente EAI que estará executando no seu computador ou em um

Leia mais

G-Bar IGV. Instalação Versão 4.0

G-Bar IGV. Instalação Versão 4.0 G-Bar Software para Gerenciamento de Centrais de Corte e Dobra de Aço IGV Software Interpretador/ Gerenciador/ Visualizador de dados digitais de projetos CAD-TQS Instalação Versão 4.0 Manual do Usuário

Leia mais

START INTERNET ATIVIDADES - CAPÍTULO 1

START INTERNET ATIVIDADES - CAPÍTULO 1 START INTERNET ATIVIDADES - CAPÍTULO 1 1 De acordo com o modelo abaixo, encontre as respostas para as questões decifrando os enigmas: Rede que conecta computadores do mundo todo, permitindo o compartilhamento

Leia mais

Guia rápido de uso de Web Services do NFS-e Easy

Guia rápido de uso de Web Services do NFS-e Easy Guia rápido de uso de Web Services do NFS-e Easy NFS-e Easy V.3.0.5 Produto: Guia rápido de uso de Web Services do NFS-e Easy V3.0.5 Release date: Mai, 2013 1 Sumário 1. Introdução... 3 2. Requisitos e

Leia mais

ACADEMIA DE SD (VENDAS E DISTRIBUIÇÃO)

ACADEMIA DE SD (VENDAS E DISTRIBUIÇÃO) A Academia é o melhor caminho para especialização dentro de um tema no ERP da SAP. Para quem busca uma formação com certificação em vendas e distribuição, o mais indicado é participar da Academia de SD.

Leia mais

Versão 1.0 Janeiro de 2011. Xerox Phaser 3635MFP Plataforma de interface extensível

Versão 1.0 Janeiro de 2011. Xerox Phaser 3635MFP Plataforma de interface extensível Versão 1.0 Janeiro de 2011 Xerox Phaser 3635MFP 2011 Xerox Corporation. XEROX e XEROX e Design são marcas da Xerox Corporation nos Estados Unidos e/ou em outros países. São feitas alterações periodicamente

Leia mais

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa ACESSE Informações corporativas a partir de qualquer ponto de Internet baseado na configuração

Leia mais

ACADEMIA DE BW (BUSINESS WAREHOUSE)

ACADEMIA DE BW (BUSINESS WAREHOUSE) A Academia é o melhor caminho para especialização dentro de um tema no ERP da SAP. Para quem busca uma formação com certificação em Business Warehouse, o mais indicado é participar da Academia de BW. O

Leia mais

Interatividade aliada a Análise de Negócios

Interatividade aliada a Análise de Negócios Interatividade aliada a Análise de Negócios Na era digital, a quase totalidade das organizações necessita da análise de seus negócios de forma ágil e segura - relatórios interativos, análise de gráficos,

Leia mais

O conjunto é composto por duas seções: o App Inventor Designer e o App Inventor Blocks Editor, cada uma com uma função específica.

O conjunto é composto por duas seções: o App Inventor Designer e o App Inventor Blocks Editor, cada uma com uma função específica. Google App Inventor: o criador de apps para Android para quem não sabe programar Por Alexandre Guiss Fonte: www.tecmundo.com.br/11458-google-app-inventor-o-criador-de-apps-para-android-para-quem-naosabe-programar.htm

Leia mais

Obtendo Qualidade com SOA

Obtendo Qualidade com SOA Obtendo Qualidade com SOA Daniel Garcia Gerente de Prática BPM/SOA daniel.garcia@kaizen.com.br 11 de Novembro de 2009 Copyright 2009 Kaizen Consultoria e Serviços. All rights reserved Agenda Sobre a Kaizen

Leia mais

R/3 e SAP WAS. 8/28/2003 José Alves Marques. R/3 e SAP WAS(2)

R/3 e SAP WAS. 8/28/2003 José Alves Marques. R/3 e SAP WAS(2) R/3 e SAP WAS O R/3 é um ERP Enterprise Resource Planning Um ERP é o sistema empresarial que disponibiliza módulos para os processos de negócio - de uma empresa Um ERP permite aumentar a eficiência dos

Leia mais

Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal)

Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal) Manual de Utilização do PLONE (Gerenciador de página pessoal) Acessando o Sistema Para acessar a interface de colaboração de conteúdo, entre no endereço http://paginapessoal.utfpr.edu.br. No formulário

Leia mais

DocuWare Mobile ProductInfo. Gerenciamento móvel de documentos. Benefícios

DocuWare Mobile ProductInfo. Gerenciamento móvel de documentos. Benefícios DocuWare Mobile ProductInfo Gerenciamento móvel de documentos O DocuWare Mobile permite acessar os gabinetes de arquivo do DocuWare diretamente em seu smartphone ou tablet. Você pode carregar, visualizar

Leia mais

Aplicabilidade: visão geral

Aplicabilidade: visão geral CURSO BÁSICO SAXES 2 Aplicabilidade: visão geral BI Comércio Indústria nf-e Serviços Software house Enterprise Business Bus Banco financeiro Instituição Sindicato ERP html Casos 3 6 Customização: importação

Leia mais

SINS: Um ambiente para geração de aplicações baseadas em serviços

SINS: Um ambiente para geração de aplicações baseadas em serviços SINS: Um ambiente para geração de aplicações baseadas em serviços Sérgio Larentis Jr (Unisinos) Andrêsa Larentis (Unisinos) Jorge Barbosa (Unisinos) Sérgio Crespo C. S. Pinto (Unisinos) SBSI 2008 Roteiro

Leia mais

Bem vindo ao ajuda do software QUICKFISH para criação de sites.

Bem vindo ao ajuda do software QUICKFISH para criação de sites. Bem vindo ao ajuda do software QUICKFISH para criação de sites. SUMÁRIO 1 Exemplo de site criado no software QUICKFISH...02 2 Salvando Seu Site...03 3 Publicando Seu Site...03 4 Visão inicial do Software

Leia mais

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição Intensiva de Férias

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição Intensiva de Férias CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição Intensiva de Férias O curso foi especialmente planejado para os profissionais que desejam trabalhar com desenvolvimento de sistemas seguindo o paradigma Orientado a Objetos

Leia mais

PROGRAMANDO ANDROID NA IDE ECLIPSE GABRIEL NUNES, JEAN CARVALHO TURMA TI7

PROGRAMANDO ANDROID NA IDE ECLIPSE GABRIEL NUNES, JEAN CARVALHO TURMA TI7 Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Rio Grande do Sul Informação e Comunicação: Habilitação Técnica de Nível Médio Técnico em Informática Programação Android na IDE Eclipse PROGRAMANDO ANDROID

Leia mais

Nome N Série: Ferramentas

Nome N Série: Ferramentas Nome N Série: Ferramentas Competências: Identificar e utilizar técnicas de modelagem de dados; Habilidades: Utilizar ferramentas de apoio ao desenvolvimento de software; Bases Tecnológicas: Metodologias

Leia mais

Sistemas de Informações Gerenciais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Sistemas de Informações Gerenciais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Sistemas de Informações Gerenciais Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Capítulo 4 Infra-Estrutura de TI: Hardware e Software 2 1 OBJETIVOS

Leia mais

PROGRAMAÇÃO SERVIDOR WEBSERVICES EM SISTEMAS WEB. Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1

PROGRAMAÇÃO SERVIDOR WEBSERVICES EM SISTEMAS WEB. Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 PROGRAMAÇÃO SERVIDOR EM SISTEMAS WEB WEBSERVICES Prof. Dr. Daniel Caetano 2012-1 Objetivos Compreender o que é um WebService e sua utilidade Compreender a lógica de funcionamento de um WebService Capacitar

Leia mais

MAPEAMENTO OBJETO RELACIONAL: UM ESTUDO DE CASO

MAPEAMENTO OBJETO RELACIONAL: UM ESTUDO DE CASO MAPEAMENTO OBJETO RELACIONAL: UM ESTUDO DE CASO UTILIZANDO O HIBERNATE Rafael Laurino GUERRA, Dra. Luciana Aparecida Martinez ZAINA Faculdade de Tecnologia de Indaiatuba FATEC-ID 1 RESUMO Este artigo apresenta

Leia mais