MÍDIAS SOCIAIS COMO RECURSO PARA O GOVERNO ELETRÔNICO: Onde Estamos e Aonde Podemos Chegar. Marcelo Veloso

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MÍDIAS SOCIAIS COMO RECURSO PARA O GOVERNO ELETRÔNICO: Onde Estamos e Aonde Podemos Chegar. Marcelo Veloso"

Transcrição

1 MÍDIAS SOCIAIS COMO RECURSO PARA O GOVERNO ELETRÔNICO: Onde Estamos e Aonde Podemos Chegar Marcelo Veloso 3º Seminário Redes e-gov para Administração Pública 29 e 30/04/2014 Brasília/DF

2 O Fenômeno... Fonte: Folha de São Paulo, 2013

3 O Fenômeno... Fonte: G1, 2013

4 O Fenômeno... Fonte: O Estado de São Paulo, 2013

5 O Fenômeno... Fonte: The Wall Street Journal, 2013

6 O Fenômeno... Fonte: Forbes, 2013

7 O Fenômeno... Bebês nas Redes Sociais Pais que criam um perfil próprio para o bebê: Globalmente, são 6%, enquanto no Brasil o número chega a 12% Fonte: O Globo, 2014

8 O Fenômeno... Crianças no Facebook Crianças entre 6 e 9 anos que acessam o Facebook: No Brasil, são 54%, Enquanto na média global o índice é de 16% Fonte: Folha de São Paulo, 2014

9 Objetivo Apresentar uma avaliação do estágio atual da utilização das mídias sociais pela administração pública brasileira e algumas possibilidades de serviços a serem desenvolvidos a partir dessas plataformas, com estímulo à interação e à discussão dos problemas enfrentados pelo cidadão

10 Agenda Mídias Sociais Governo Eletrônico Mídias Sociais na Administração Pública Casos de Sucesso Considerações Finais

11 Agenda Mídias Sociais Governo Eletrônico Mídias Sociais na Administração Pública Casos de Sucesso Considerações Finais

12 Mídias Sociais social é conjunto de tecnologias de difusão baseadas na Web que permitem a democratização do conteúdo, dando às pessoas a capacidade de emergir de consumidores de conteúdo para editores. (Jacka e Scott, 2011)

13 Mídias Sociais sociais são os conteúdos que as pessoas trocam dentro das redes sociais. (Gabriel, 2011) sociais são pessoas que se relacionam em função de interesses comuns e existem desde as primeiras comunidades. (Gabriel, 2011)

14 Agenda Mídias Sociais Governo Eletrônico Mídias Sociais na Administração Pública Casos de Sucesso Considerações Finais

15 Governo Eletrônico desenvolvimento de programas de Governo Eletrônico tem como princípio a utilização das modernas tecnologias de informação e comunicação (TICs) para democratizar o acesso à informação, ampliar discussões e dinamizar a prestação de serviços públicos com foco na eficiência e efetividade das funções governamentais. Fonte:

16 Governo Eletrônico Governo eletrônico é um conceito emergente e que objetiva fornecer ou disponibilizar informações, serviços e produtos, através de meio eletrônico/digital, a partir ou através de órgãos públicos, a qualquer momento, local e cidadão, de modo a agregar valor a todos os envolvidos com a esfera pública. (Zweers & Planqué, 2001)

17 Agenda Mídias Sociais Governo Eletrônico Mídias Sociais na Administração Pública Casos de Sucesso Considerações Finais

18 Mídias Sociais na Adm. Pública Avaliação do uso das mídias sociais como recurso para ações de governo eletrônico Característica avaliada: Prestação de informações ao cidadão Plataforma: Facebook

19 Mídias Sociais na Adm. Pública Identificação do perfil no Facebook: Através de link disponível no Portal do Governo pesquisado: mg.gov.br, saopaulo.sp.gov.br, etc. pbh.gov.br, prefeitura.sp.gov.br, etc. agu.gov.br, fazenda.gov.br, etc.

20 Mídias Sociais na Adm. Pública Período: 10 a 21 de fevereiro de 2014 Pergunta única e idêntica: de saber como faço para trabalhar na Secretaria (Ministério) de Saúde de

21 Mídias Sociais na Adm. Pública Desconsiderados critérios subjetivos: Qualidade Clareza Cortesia Objetividade

22 Mídias Sociais na Adm. Pública Presença dos Governos no Facebook Municipal Estadual Federal N. de Pesquisados Página no Facebook

23 Mídias Sociais na Adm. Pública Páginas com a Presença do Botão "Mensagem" Municipal Estadual Federal N. de Pesquisados Botão Mensagem

24 Mídias Sociais na Adm. Pública Órgãos/Entidades Respondentes Municipal Estadual Federal N. de Pesquisados N. Respondentes

25 Mídias Sociais na Adm. Pública Total de respostas: 21 Dentro do prazo: 90% Tempo médio de resposta: 04h35min

26 Mídias Sociais na Adm. Pública Órgãos e Entidades com os Menores Tempos de Resposta Esfera Órgão Tempo de Resposta Municipal Prefeitura de Boa Vista-RR 02 minutos Estadual Governo do Estado do Rio Grande do Sul 17 minutos Federal Ministério do Esporte 05 minutos

27 Mídias Sociais na Adm. Pública Presença dos órgãos/entidades pesquisados em outras mídias sociais Municípios (N = 27) Estados (N = 27) União (N = 38) Mídias N. com Perfil % com Perfil N. com Perfil % com Perfil N. com Perfil % com Perfil Twitter 23 85% 20 74% 28 74% Youtube 14 52% 17 63% 23 61% Flickr 8 30% 11 41% 19 50% Orkut 0 0% 2 7% 2 5% Instagram 5 19% 3 11% 2 5% G+ 2 7% 1 4% 4 11% Pinterest 0 0% 0 0% 1 3%

28 Agenda Mídias Sociais Governo Eletrônico Mídias Sociais na Administração Pública Casos de Sucesso Considerações Finais

29 Casos de Sucesso Corpo de Bombeiros de NY

30 Casos de Sucesso Social Media During Emergencies 49% dos entrevistados estão propensos a se inscrever para receber avisos oficiais (Canadian Red Cross, 2012 )

31 Casos de Sucesso Centro de Operações Rio (COR)

32 Casos de Sucesso Departamento de Saúde de NY

33 Casos de Sucesso Cemig

34 Casos de Sucesso Sociedade de Crianças Desaparecidas do Canadá

35 Casos de Sucesso Chile Atiende

36 Casos de Sucesso Conselho Nacional de Justiça

37 Casos de Sucesso Conselho Nacional de Justiça

38 Casos de Sucesso Ministério das Cidades

39 Casos de Sucesso Ministério das Cidades

40 Casos de Sucesso Ministério da Saúde Fonte: Portal Brasil, 2014

41 Agenda Mídias Sociais Governo Eletrônico Mídias Sociais na Administração Pública Casos de Sucesso Considerações Finais

42 Considerações Finais As mídias sociais estarão cada vez mais presentes na vida e no dia a dia dos brasileiros, conectados, a toda hora, em qualquer lugar. Seu uso pela administração pública apresenta possibilidades reais de aumentar a conscientização da população, construir credibilidade com sua audiência ou envolver os cidadãos em consultas públicas.

43 Considerações Finais Em suma, desenvolver programas de governo eletrônico, ampliando a participação cidadã e transformando as relações entre governo e sociedade. Os casos de sucesso apresentados demonstram que os benefícios a serem alcançados certamente ultrapassarão as dificuldades enfrentadas.

44 Obrigado! Marcelo about.me/marceloveloso

ANEXO V À RESOLUÇÃO Nº XX/2015, DE XX DE XXXX DE 2015.

ANEXO V À RESOLUÇÃO Nº XX/2015, DE XX DE XXXX DE 2015. ANEXO V À RESOLUÇÃO Nº XX/2015, DE XX DE XXXX DE 2015. 1 OBJETIVO O objetivo deste documento é estipular um plano de ação para criar e gerenciar perfis do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

MÍDIAS SOCIAIS COMO RECURSO

MÍDIAS SOCIAIS COMO RECURSO Centro de Convenções Ulysses Guimarães Brasília/DF 25, 26 e 27 de março de 2014 MÍDIAS SOCIAIS COMO RECURSO PARA O GOVERNO ELETRÔNICO: ONDE ESTAMOS E AONDE PODEMOS CHEGAR MARCELO DE ALENCAR VELOSO 2 Painel

Leia mais

7º PASSO CAMPANHA ELETRÔNICA

7º PASSO CAMPANHA ELETRÔNICA 7º PASSO CAMPANHA ELETRÔNICA O que é uma campanha eletrônica? EM MARKETING POLÍTICO... CAMPANHA ELETRÔNICA Refere-se ao uso das ferramentas de e-marketing e das possibilidades disponíveis na web 2.0 para

Leia mais

Dados Abertos, Transparência e Acesso à Informação Brasília, dezembro 2013

Dados Abertos, Transparência e Acesso à Informação Brasília, dezembro 2013 Dados Abertos, Transparência e Acesso à Informação Brasília, dezembro 2013 II Seminário sobre a Lei de Acesso à Informação e Encontro sobre Credenciamento e Segurança da Informação CONTEXTO G2C Brasil

Leia mais

Compras de Software do Governo. eduardo.santos@planejamento.gov.br www.softwarepublico.gov.br

Compras de Software do Governo. eduardo.santos@planejamento.gov.br www.softwarepublico.gov.br Compras de Software do Governo eduardo.santos@planejamento.gov.br www.softwarepublico.gov.br Modelos de Negócios O que você vende? Qual é o modelo de negócios da sua empresa? Quanto você está faturando?

Leia mais

TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR DIRETA

TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR DIRETA De: Gabinete do Vereador Jimmy Pereira Para: Ação Jovem Brasil Resposta à solicitação de Informações para a formação do Índice de Transparência da Câmara do Rio TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR

Leia mais

Governabilidade = Poder de Governo

Governabilidade = Poder de Governo 6. Governabilidade, Governança e Accountability 1. Governança 2. Controle por Resultados 3. Accountability Esta tríade reflete os princípios da Nova Gestão Pública e serviu de fundamento para o desenho

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org documento inicial Portal do Fórum Social Mundial introdução Entendemos que um site como do Fórum

Leia mais

Plataforma de cidades

Plataforma de cidades Plataforma de cidades 20 de agosto de 2010 Plataforma Cidades Sustentáveis Lançamento: 21 de julho de 2010 O que é? Banco de boas práticas de sustentabilidade urbana em vigência em diversas cidades no

Leia mais

XX Foro Iberoamericano de Sistemas de Garantía y Financiación para las Pymes

XX Foro Iberoamericano de Sistemas de Garantía y Financiación para las Pymes XX Foro Iberoamericano de Sistemas de Garantía y Financiación para las Pymes PLATAFORMAS/HERRAMIENTAS TECNOLOGICAS PARA LA GESTION Y COMUNICACION DE LOS SISTEMAS DE GARANTIA NEWSLETTER NORGARANTE Presentado

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org documento inicial Site preparatório FSM Dacar introdução Neste documento, a Ethymos apresenta uma

Leia mais

Comunicação Digital. Redes Sociais e Tendências de Mercado

Comunicação Digital. Redes Sociais e Tendências de Mercado Comunicação Digital Redes Sociais e Tendências de Mercado Tendências do Mercado Turístico Tendências essenciais: 1. Relevância 2. Criatividade 3. Precisão 4. Inovação 5. Competitividade 6. RELACIONAMENTO

Leia mais

SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL. Expositor. Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com.

SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL. Expositor. Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com. SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL Expositor Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com.br (61) 9613-6635 5 PILARES DO MARKETING DIGITAL 1 2 3 4 5 Presença digital: Ações

Leia mais

Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes

Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes Financiamento e apoio técnico Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e o Conselho Nacional dos Direitos

Leia mais

Redes sociais x mídias sociais

Redes sociais x mídias sociais INTRODUÇÃO Esse workshop tem como objetivo de organizar o uso das redes sociais no Santuário Nacional e Rede Aparecida, de forma a facilitar o trabalho de monitoramento e de produção de conteúdo para as

Leia mais

AVISO LEGAL. Copyright 2016 Luis Passos http://luispassos.com.br. http://luispassos.com.br

AVISO LEGAL. Copyright 2016 Luis Passos http://luispassos.com.br. http://luispassos.com.br AVISO LEGAL Todo esforço foi feito para que este e-book fosse disponibilizado da forma mais correta, inteligível, clara e didática possível, no entanto, apesar de todo empenho nesse sentido, ainda podem

Leia mais

Claudio Torres. Novatec

Claudio Torres. Novatec Claudio Torres Novatec Sumário Sobre o autor... 11 Prefácio... 12 Introdução... 15 A Internet como mídia...15 O que você vai ler... 17 Capítulo 1 A Internet do consumidor... 19 Novos concorrentes... 21

Leia mais

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Morgana Hamester História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Contexto atual Modelização digital contemporaneidade;

Leia mais

MOBILE APPS. Principais características. Permitir que o cliente compre produtos e serviços diretamente via app

MOBILE APPS. Principais características. Permitir que o cliente compre produtos e serviços diretamente via app MOBILE APPS Aplicativo para relacionamento e marketing digital, pronto para todos os dispositivos móveis, nas plataformas ios, Android (aplicativos nativos) e mobile web, para plataformas como BlackBerry

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Página - 2

APRESENTAÇÃO. Página - 2 Página - 1 APRESENTAÇÃO O Congresso Carioca de Educação Física nasceu da necessidade de se fazer um evento destinado a esse segmento na cidade do Rio de Janeiro. A primeira edição aconteceu em agosto de

Leia mais

Divisão de Divulgação

Divisão de Divulgação PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO AMAZONAS DIVISÃO DE GESTÃO DA QUALIDADE Sistema de Gestão da Qualidade PROCEDIMENTO P. TJAM 52 Divisão de Divulgação Elaborado por: Mário Adolfo Aryce

Leia mais

As Comunidades Virtuais e a Produção do Capital Social: 1 Uma análise sob a comunidade Lollapalooza Brasil

As Comunidades Virtuais e a Produção do Capital Social: 1 Uma análise sob a comunidade Lollapalooza Brasil As Comunidades Virtuais e a Produção do Capital Social: 1 Uma análise sob a comunidade Lollapalooza Brasil Samira NOGUEIRA 2 Márcio Carneiro dos SANTOS 3 Universidade Federal do Maranhão, São Luís, MA

Leia mais

GUIA BÁSICO DE COMUNICAÇÃO

GUIA BÁSICO DE COMUNICAÇÃO GUIA BÁSICO DE COMUNICAÇÃO CONVERSA DE ELEVADOR Sendo um empreendedor social, você sabe como é importante ser capaz de descrever sua organização, definindo o que diferencia seu trabalho e detalhando o

Leia mais

ABRIL 2010. Redes Sociais: revolução cultural na Internet. Ano 2 Número 2

ABRIL 2010. Redes Sociais: revolução cultural na Internet. Ano 2 Número 2 ABRIL 2010 Redes Sociais: revolução cultural na Internet Ano 2 Número 2 SUMÁRIO EXECUTIVO As redes sociais: revolução cultural na Internet Apresentação Definindo as redes sociais As redes sociais formam

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM AVA

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM AVA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM AVA Sejam bem-vindos ao Núcleo de Educação a Distância da FFCL! Esse Manual tem por objetivo auxilia-los na forma de utilização do AVA. COMO FAÇO

Leia mais

Estratégias do Governo Federal para as Mídias Sociais. Marcia Pachaly Coordenadora de internet

Estratégias do Governo Federal para as Mídias Sociais. Marcia Pachaly Coordenadora de internet Estratégias do Governo Federal para as Mídias Sociais Marcia Pachaly Coordenadora de internet Outubro/2012 Redes sociais Por que atuar? Redes sociais 80 milhões de brasileiros estão na internet Dogmas

Leia mais

Trabalho interdisciplinar e atividade extensionista na UEPG: o projeto Portal Comunitário

Trabalho interdisciplinar e atividade extensionista na UEPG: o projeto Portal Comunitário Trabalho interdisciplinar e atividade extensionista na UEPG: o projeto Portal Comunitário SOUZA, Kauana Mendes 1 ; XAVIER, Cintia 2 Universidade Estadual de Ponta Grossa, Paraná, PR RESUMO O projeto Portal

Leia mais

SOFTWARES SOCIAIS E MUNDOS VIRTUAIS: MAPEAMENTO DAS FERRAMENTAS PARA A MOBILIZAÇÃO EM SAÚDE 1

SOFTWARES SOCIAIS E MUNDOS VIRTUAIS: MAPEAMENTO DAS FERRAMENTAS PARA A MOBILIZAÇÃO EM SAÚDE 1 SOFTWARES SOCIAIS E MUNDOS VIRTUAIS: MAPEAMENTO DAS FERRAMENTAS PARA A MOBILIZAÇÃO EM SAÚDE 1 Bruna Mayara de Lima Cibotto 2 ; Patrícia Marques da Silva Prado 2 ; Ana Paula Machado Velho 3. RESUMO: O presente

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÕES Serviços da Assessoria de Comunicação Social

GUIA DE ORIENTAÇÕES Serviços da Assessoria de Comunicação Social A Assessoria de Comunicação Social (ASCOM) da Universidade Federal de Alfenas UNIFAL-MG é uma unidade de apoio e assessoramento da Instituição, diretamente ligada ao Gabinete da Reitoria, que dentre suas

Leia mais

Pesquisa sobre o uso das TIC no Setor Público

Pesquisa sobre o uso das TIC no Setor Público Pesquisa sobre o uso das TIC no Setor Público TIC Governo Eletrônico 2013 São Paulo, 23 de setembro de 2014 CGI.br Comitê Gestor da Internet no Brasil NIC.br Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto

Leia mais

CIDADE PARTICIPATIVA O GOVERNO FORA DA CAIXA

CIDADE PARTICIPATIVA O GOVERNO FORA DA CAIXA CIDADE PARTICIPATIVA O GOVERNO FORA DA CAIXA A forma tradicional de governar, em geral, tem se distanciado da população. Há poucos canais de diálogo e participação popular. Parte disso se deve à burocracia

Leia mais

Projeto Cidades da Copa PLANO DE AÇÃO PORTO ALEGRE - RS

Projeto Cidades da Copa PLANO DE AÇÃO PORTO ALEGRE - RS Projeto Cidades da Copa PLANO DE AÇÃO PORTO ALEGRE - RS PORTO ALEGRE EM AÇÃO É ESPORTE E EDUCAÇÃO O esporte não é educativo a priori, é o educador que precisa fazer dele ao mesmo tempo um objeto e meio

Leia mais

NOVOS DESAFIOS: DO GOVERNO ELETRÔNICO AO GOVERNO ABERTO e a nova Lei de Acesso a Informação Pública

NOVOS DESAFIOS: DO GOVERNO ELETRÔNICO AO GOVERNO ABERTO e a nova Lei de Acesso a Informação Pública NOVOS DESAFIOS: DO GOVERNO ELETRÔNICO AO GOVERNO ABERTO e a nova Lei de Acesso a Informação Pública Palestra no Curso Gestão Pública para o Desenvolvimento Econômico e Social GPDES/UFRJ nov. 2012 Ana Malin

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais Especialização em Gestão Estratégica de Apresentação CAMPUS COMÉRCIO Inscrições Abertas Turma 02 --> Início Confirmado: 07/06/2013 últimas vagas até o dia: 05/07/2013 O curso de Especialização em Gestão

Leia mais

3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing

3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing 26 3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing O surgimento das mídias sociais está intimamente ligado ao fenômeno da geração de conteúdo pelo usuário e ao crescimento das redes sociais virtuais

Leia mais

FRAMEWORK DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: Da Implementação à Conformidade

FRAMEWORK DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: Da Implementação à Conformidade FRAMEWORK DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO PARA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: Da Implementação à Conformidade Marcelo Veloso Diretor de Infraestrutura e Suporte em TI 21 a 22/07/2014 Brasília/DF O Desafio Fonte: UOL,

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA N.º

TERMO DE REFERÊNCIA N.º MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO E DIVERSIDADE DIRETORIA DE EDUCAÇÃO INTEGRAL, DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA COORDENAÇÃO GERAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

TENHA A SUA AGÊNCIA NO MERCADO DE APLICATIVOS MÓVEIS

TENHA A SUA AGÊNCIA NO MERCADO DE APLICATIVOS MÓVEIS TENHA A SUA AGÊNCIA NO MERCADO DE APLICATIVOS MÓVEIS MERCADO DE APLICATIVOS MÓVEIS POLITICA COMERCIAL E VENDAS FÁBRICA DE APLICATIVOS ÍNDICE EXPLORANDO RECURSOS COMPORTAMENTO DO USUÁRIO COMO MANTER SUA

Leia mais

Tecnojovem 2016 Marketing Digital

Tecnojovem 2016 Marketing Digital Tecnojovem 2016 Marketing Digital Marketing Digital - Roteiro Conceitos Tipos de Marketing Marketing para iniciativas de ecosol Estudo de Casos A aula de hoje no Tecnojovem A aula de hoje no Tecnojovem

Leia mais

Capítulo 1 - Introdução 14

Capítulo 1 - Introdução 14 1 Introdução Em seu livro Pressman [22] define processo de software como um arcabouço para as tarefas que são necessárias para construir software de alta qualidade. Assim, é-se levado a inferir que o sucesso

Leia mais

Ministério das Comunicações

Ministério das Comunicações Ministério das Comunicações Secretaria de Inclusão Digital 1º Fórum Regional de Cidades Digitais Foz do Rio Itajaí Itajaí, 26 de março de 2015 _cidades digitais construindo um ecossistema de inovação e

Leia mais

PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA e AÇÕES DO PACTO

PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA e AÇÕES DO PACTO PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTA e AÇÕES DO PACTO Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa É um compromisso formal assumido pelos governos federal, do Distrito Federal, dos estados

Leia mais

ESTRUTURA PARA PORTAIS ELETRÔNICOS MUNICIPAIS

ESTRUTURA PARA PORTAIS ELETRÔNICOS MUNICIPAIS ESTRUTURA PARA PORTAIS ELETRÔNICOS MUNICIPAIS 1. Apresentação Os sites e sistemas web desenvolvidos pela Dynamika apresentam um conjunto de critérios de desenvolvimento que visam entregar o projeto de

Leia mais

Intranets e Capital Intelectual

Intranets e Capital Intelectual Intranets e Capital Intelectual Intranets e Capital Intelectual As mídias sociais ultrapassaram os limites da vida privada. Os profissionais são 2.0 antes, durante e depois do expediente. É possível estabelecer

Leia mais

INCLUSÃO DIGITAL ATRAVÉS DE CURSOS DE INFORMÁTICA NA ULBRA CAMPUS GUAÍBA

INCLUSÃO DIGITAL ATRAVÉS DE CURSOS DE INFORMÁTICA NA ULBRA CAMPUS GUAÍBA INCLUSÃO DIGITAL ATRAVÉS DE CURSOS DE INFORMÁTICA NA ULBRA CAMPUS GUAÍBA Daniele Pinto Andres RESUMO Este artigo aborda uma análise das atividades realizadas na ULBRA de Guaíba sobre os cursos de informática

Leia mais

Thursday, October 18, 12

Thursday, October 18, 12 O Site Legado do IFP é uma comunidade online e global dos ex-bolsistas do programa. É um recurso e um lugar para você publicar notícias profissionais, recursos e teses para a comunidade global do IFP,

Leia mais

*** Os serviços de redes sociais mais utilizados no setor público

*** Os serviços de redes sociais mais utilizados no setor público [O livro baseia-se em entrevistas exploratórias realizadas entre 2009 e 2011 com diretores de agências e departamentos do Poder Executivo do governo federal americano, com profissionais de TI que trabalham

Leia mais

DIMENSÕES DO MARKETING VIRTUAL APLICADO ÀS REDES SOCIAIS:

DIMENSÕES DO MARKETING VIRTUAL APLICADO ÀS REDES SOCIAIS: DIMENSÕES DO MARKETING VIRTUAL APLICADO ÀS REDES SOCIAIS: Daniel do Vale Nunes Orientador: Anderson Miranda APRESENTAÇÃO Objetivos; Metodologia; Justificativa; Apresentação dos capítulos; Conclusão. OBJETIVOS

Leia mais

Eventos e Multimídia MINISTÉRIO DA SAÚDE. Eventos e. multimídia

Eventos e Multimídia MINISTÉRIO DA SAÚDE. Eventos e. multimídia MINISTÉRIO DA SAÚDE Eventos e Multimídia Eventos e multimídia Brasília 2014 Eventos e Multimídia O DATASUS Departamento de Informática do SUS/Ministério da Saúde foi criado em 1991. A criação do Departamento

Leia mais

Manual de conduta em mídias sociais: o caso da Embrapa

Manual de conduta em mídias sociais: o caso da Embrapa 2º Seminário Nacional de REDES SOCIAIS e E-GOV para Administração Pública Manual de conduta em mídias sociais: o caso da Embrapa Daniel Medeiros daniel.medeiros@embrapa.br @dnmedeiros fb.com/dnmedeiros

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO MANUAL DE UTILIZAÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS CLUBE TURISMO INTRODUÇÃO: As mídias sociais estão cada vez mais presentes no dia-a-dia das pessoas, oferecendo soluções e transformando as relações pessoais e comerciais.

Leia mais

INCLUSÃO DIGITAL COMO FORMA DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL CANELA - RS

INCLUSÃO DIGITAL COMO FORMA DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL CANELA - RS INCLUSÃO DIGITAL COMO FORMA DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL CANELA - RS DADOS ESTATÍSTICOS População 2010: 39.238 Área da unidade territorial (km²): 254 EMEF: 12 EMEE: 1 EMEI: 10 UBS: 7 Parques Municipais:

Leia mais

Entre em contato com a Masterix e agende uma reunião para conhecer melhor o SMGC.

Entre em contato com a Masterix e agende uma reunião para conhecer melhor o SMGC. Conheça melhor os sistemas Masterix: O que é SMGC? O Sistema Masterix de Gestão de Conteúdo é um conjunto de ferramentas de atualização dinâmica que permitem aos nossos clientes o abastecimento e atualização

Leia mais

Coordenação-Geral de Comunicação e Editoração (CGCE) Diretoria de Comunicação e Pesquisa (DCP) Maio/2015

Coordenação-Geral de Comunicação e Editoração (CGCE) Diretoria de Comunicação e Pesquisa (DCP) Maio/2015 Coordenação-Geral de Comunicação e Editoração (CGCE) Diretoria de Comunicação e Pesquisa (DCP) Maio/2015 A proposta de plano de comunicação elaborada pela Coordenação- Geral de Comunicação e Editoração

Leia mais

Estudo compara utilização das mídias sociais nos negócios B2B

Estudo compara utilização das mídias sociais nos negócios B2B Estudo compara utilização das mídias sociais nos negócios B2B O segmento das empresas que responderam a pesquisa O cenário das empresas entrevistadas nos dois anos consecutivos foram similares. As companhias

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE EDUCAÇÃO LABORATÓRIO DE CULTURA DIGITAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE EDUCAÇÃO LABORATÓRIO DE CULTURA DIGITAL A coordenadoria do projeto Laboratório de Cultura Digital, vinculado ao Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná, torna pública a seleção de equipe para o referido projeto, conforme previsto

Leia mais

AGRONEGÓCIOS Nov/2012

AGRONEGÓCIOS Nov/2012 AGRONEGÓCIOS Nov/2012 Internet Acesso Brasil O total de brasileiros com acesso à internet chegou a 83,4 milhões de internautas no segundo trimestre de 2012, um crescimento de 13,1% sobre o segundo trimestre

Leia mais

ONG BRASI O DIÁLOGO ABRE CAMINHOS PARA O DESENVOLVIMENTO. Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil

ONG BRASI O DIÁLOGO ABRE CAMINHOS PARA O DESENVOLVIMENTO. Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil ONG BRASI 2012 O DIÁLOGO ABRE CAMINHOS PARA O DESENVOLVIMENTO Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil Dezembro de 2013 3 EXPEDIENTE Presidenta

Leia mais

CADERNO DE ORIENTAÇÃO DIDÁTICA PARA INFORMÁTICA EDUCATIVA: PRODUÇÃO COLABORATIVA VIA INTERNET

CADERNO DE ORIENTAÇÃO DIDÁTICA PARA INFORMÁTICA EDUCATIVA: PRODUÇÃO COLABORATIVA VIA INTERNET 1 CADERNO DE ORIENTAÇÃO DIDÁTICA PARA INFORMÁTICA EDUCATIVA: PRODUÇÃO COLABORATIVA VIA INTERNET 04/2007 Mílada Tonarelli Gonçalves CENPEC - Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária

Leia mais

Participa.br e Dialoga Brasil, inovações e lições aprendidas

Participa.br e Dialoga Brasil, inovações e lições aprendidas Participa.br e Dialoga Brasil, inovações e lições aprendidas Nosso lema será: BRASIL, PÁTRIA EDUCADORA Trata-se de lema com duplo significado. Ao bradarmos "BRASIL, PÁTRIA EDUCADORA" estamos dizendo que

Leia mais

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Justificativa: As transformações ocorridas nos últimos anos têm obrigado as organizações a se modificarem constantemente e de forma

Leia mais

PROTEÇÃO INTEGRAL EM REDES SOCIAIS

PROTEÇÃO INTEGRAL EM REDES SOCIAIS PROTEÇÃO INTEGRAL EM REDES SOCIAIS ENCONTRO DE GRUPOS REGIONAIS DE ARTICULAÇÃO- ABRIGOS - SÃO PAULO O QUE É UMA REDE DE PROTEÇÃO SOCIAL? sistemas organizacionais capazes de reunir indivíduos e instituições,

Leia mais

Palestra Mercado Feminino. Mulheres 3.0 Quem são elas e como vender para mulheres online.

Palestra Mercado Feminino. Mulheres 3.0 Quem são elas e como vender para mulheres online. Palestra Mercado Feminino Mulheres 3.0 Quem são elas e como vender para mulheres online. UNIVERSO FEMININO Passado X Presente Universo Feminino Mercado Feminino OS DILEMAS DA MULHER ATUAL O que elas querem?

Leia mais

O Projeto Casa Brasil de inclusão digital e social

O Projeto Casa Brasil de inclusão digital e social II Fórum de Informação em Saúde IV Encontro da Rede BiblioSUS O Projeto Casa Brasil de inclusão digital e social Maria de Fátima Ramos Brandão Outubro/2007 1 Apresentação O Projeto Casa Brasil Modelos

Leia mais

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal?

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal? Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL O que é Marketing Multicanal? Uma campanha MultiCanal integra email, SMS, torpedo de voz, sms, fax, chat online, formulários, por

Leia mais

INTEROPERABILIDADE SISTEMAS-SUS. Ministério da Saúde/SGEP/DATASUS - Brasília/DF JULHO 2014

INTEROPERABILIDADE SISTEMAS-SUS. Ministério da Saúde/SGEP/DATASUS - Brasília/DF JULHO 2014 INTEROPERABILIDADE SISTEMAS-SUS Ministério da Saúde/SGEP/DATASUS - Brasília/DF JULHO 2014 Interoperabilidade de Sistemas de Informação Habilidade de distintos sistemas de informação interagirem e intercambiarem

Leia mais

Plataforma dos Centros Urbanos

Plataforma dos Centros Urbanos Plataforma dos Centros Urbanos O que é a Plataforma dos Centros Urbanos? É uma iniciativa nacional de articulação, fortalecimento e desenvolvimento de políticas públicas, programas e ações voltados para

Leia mais

criar colaborar comunicar Tecnologia para Crescer

criar colaborar comunicar Tecnologia para Crescer Tecnologia para Crescer Com o crescimento da banda larga e smartphones/ tablets, conteúdos têm sido criados e consumidos em uma taxa alarmante. Atualmente, a definição de conteúdo mudou e não se trata

Leia mais

CARTÃO NACIONAL DE SAÚDE

CARTÃO NACIONAL DE SAÚDE CARTÃO NACIONAL DE SAÚDE Apresentação: Maurício Bucciolli Guernelli Coordenador Geral DATASUS/SGEP/MS Ministério da Saúde/SGEP/DATASUS - Brasília/DF CARTÃO NACIONAL DE SAÚDE CADSUS WEB CADSUS Stand Alone

Leia mais

Quem Somos. Nossa meta é o resultado do cliente!

Quem Somos. Nossa meta é o resultado do cliente! 2 0 1 5 Quem Somos Somos a equipe que você deseja para resolver um pequeno impasse, ou um grande dilema, quando o assunto e a MÍDIA certa, no lugar certo e no momento adequado. Regional, personalizada

Leia mais

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 Cruz das Almas BA 2013 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANTÔNIO TAVARES PEREIRA ROMILSON BARSANULFO DA SILVA

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANTÔNIO TAVARES PEREIRA ROMILSON BARSANULFO DA SILVA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANTÔNIO TAVARES PEREIRA ROMILSON BARSANULFO DA SILVA A IMPORTÂNCIA DAS REDES SOCIAIS PARA A COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL

Leia mais

Participação política na internet: o caso do website Vote na web

Participação política na internet: o caso do website Vote na web Participação política na internet: o caso do website Vote na web Lívia Cadete da Silva 1 Lucas Arantes Zanetti 2 Orientadora: Caroline Kraus Luvizotto 3 Universidade Estadual Paulista, Bauru, SP RESUMO

Leia mais

O Papel da EAD na Educação Profissional

O Papel da EAD na Educação Profissional O Papel da EAD na Educação Profissional Prof. Dr. Stavros Panagiotis Xanthopoylos stavros@fgv.br Foz do Iguaçu, 02 de setembro de 2010 Agenda Gestão do Conhecimento e Educação Profissional Perspectivas

Leia mais

EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual.

EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual. EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual. Somos uma empresa especializada em soluções voltadas ao segmento digital como: criação,

Leia mais

Mobilizando pessoas para transformar Minas no melhor Estado para se viver

Mobilizando pessoas para transformar Minas no melhor Estado para se viver Gestão de Processos no Governo de Minas Gerais Mobilizando pessoas para transformar Minas no melhor Estado para se viver Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão Diretoria Central de Políticas de

Leia mais

Recursos Tecnológicos que Apóiam a Aprendizagem

Recursos Tecnológicos que Apóiam a Aprendizagem Recursos Tecnológicos que Apóiam a Aprendizagem Conectando diferentes níveis de contexto e ensinando mesmo quando o mercado se modifica Fábio Câmara Araújo de Carvalho e Gregorio Bittar Ivanoff http://www.copyleftpearson.com.br

Leia mais

PROJETO BÁSICO A) ORGÃO INTERESSADO E LOCALIZAÇÃO

PROJETO BÁSICO A) ORGÃO INTERESSADO E LOCALIZAÇÃO LICITAÇÃO PARA A CONTRATAÇÃO DA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CRIAÇÃO E GESTÃO MANUTENSIVA, POR PRAZO DETERMINADO, DE DOIS PORTAIS VOLTADOS PARA PROFISSIONAIS DA NUTRIÇÃO INSCRITOS NO CRN3 E PÚBLICO GERAL,

Leia mais

Ações com profissionais de turismo (Blogueiros e Agentes de Viagem) Fam Tours Press Trips Notícias

Ações com profissionais de turismo (Blogueiros e Agentes de Viagem) Fam Tours Press Trips Notícias Embarque na Viagem Seu portal de Turismo, Lazer, Entretenimento e Gastronomia. Media Kit Redes Sociais Palestras Viagens de inspeção Publicidade Difenciada Ações com profissionais de turismo (Blogueiros

Leia mais

CHAMAMENTO PÚBLICO POIESIS Nº 05/2014

CHAMAMENTO PÚBLICO POIESIS Nº 05/2014 CHAMAMENTO PÚBLICO POIESIS Nº 05/2014 OBJETO: Processo Seletivo para Grupos, Companhias e Coletivos Interessados em Receber Orientação Artística do Projeto de Qualificação em Dança - Edição 2015. Obedecendo

Leia mais

Trabalhando em conjunto, trabalhando sempre.

Trabalhando em conjunto, trabalhando sempre. A AVY COMUNICAÇÃO A AVY Comunicação é uma agência de comunicação e marketing que desenvolve diferentes soluções utilizando a experiência e criatividade de sua equipe para gerar valor institucional, fidelidade

Leia mais

Hotsite: Carta de Serviços ao Cidadão do MDS

Hotsite: Carta de Serviços ao Cidadão do MDS PRÁTICA 1) TÍTULO Hotsite: Carta de Serviços ao Cidadão do MDS 2) DESCRIÇÃO DA PRÁTICA - limite de 8 (oito) páginas: O Hotsite da Carta de Serviços ao Cidadão do MDS foi um projeto realizado pela Ouvidoria

Leia mais

APRESENTA: PLATAFORMA DE PROMOÇÃO E NEGÓCIOS CIESP-Sul. Exposição Virtual * Mural de Negócios * Fóruns de Negócios

APRESENTA: PLATAFORMA DE PROMOÇÃO E NEGÓCIOS CIESP-Sul. Exposição Virtual * Mural de Negócios * Fóruns de Negócios APRESENTA: PLATAFORMA DE PROMOÇÃO E NEGÓCIOS CIESP-Sul Exposição Virtual * Mural de Negócios * Fóruns de Negócios O CIESP-SUL está disponibilizando para todos os seus associados um conjunto de ferramentas

Leia mais

DEMONSTRATIVO FÍSICO FINANCEIRO

DEMONSTRATIVO FÍSICO FINANCEIRO SECRETARIA DO PLANEJAMENTO E COORDEN - SEPLAN DEMONSTRATIVO FÍSICO FINANCEIRO PROGRAMA : 008 - POLÍTICAS DE ADMINISTR E REFORMA DO ESTADO Objetivo : Dinamizar a gestão pública, aprimorando a máquina administrativa,

Leia mais

O guia completo para uma presença. online IMBATÍVEL!

O guia completo para uma presença. online IMBATÍVEL! O guia completo para uma presença online IMBATÍVEL! Sumário Introdução 3 Capítulo 1 - Produção de Conteúdo: Por que e Como produzir 5 Capítulo 2 - Distribuição e Divulgação 8 Capítulo 3 - Monitoramento

Leia mais

COLABORE. Um mundo novo de possibilidades

COLABORE. Um mundo novo de possibilidades COLABORE Um mundo novo de possibilidades LUIZ HENRIQUE PROHMANN 24 de Março de 2009 Quem somos nós O Grupo HSBC no mundo A maior empresa do planeta / revista Forbes 2008 A marca mais valiosa do setor bancário

Leia mais

ana.estela@grupofolha.com.br PUC-RS abril 2010

ana.estela@grupofolha.com.br PUC-RS abril 2010 ana.estela@grupofolha.com.br PUC-RS abril 2010 INCERTEZAS DIGITAIS 4 QUALIDADES INDISPENSÁVEIS >> seleção >> credibilidade >> ecletismo >> interatividade 4 QUALIDADES INDISPENSÁVEIS >> seleção >> credibilidade

Leia mais

Modelos de Negócios para Serviços de Cidadania Digital. Campinas, 26 de março de 2009

Modelos de Negócios para Serviços de Cidadania Digital. Campinas, 26 de março de 2009 Modelos de Negócios para Serviços de Cidadania Digital Campinas, 26 de março de 2009 Agenda Que modelos de negócios podem contribuir à implantação, sustentabilidade e rearranjo dos serviços de inclusão

Leia mais

Governo eletrônico e a integração de processos de serviços públicos para melhoria do atendimento a sociedade

Governo eletrônico e a integração de processos de serviços públicos para melhoria do atendimento a sociedade Governo eletrônico e a integração de processos de serviços públicos para melhoria do atendimento a sociedade Rogério Santanna dos Santos Brasília, 03 de junho de 2009 Fórum Internacional das Centrais de

Leia mais

Mobilização e Participação Social no

Mobilização e Participação Social no SECRETARIA-GERAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Mobilização e Participação Social no Plano Brasil Sem Miséria 2012 SUMÁRIO Introdução... 3 Participação

Leia mais

AULA 6.2 Conteúdo: Suportes de gêneros contemporâneos / Redes Sociais INTERATIVIDADE FINAL LÍNGUA PORTUGUESA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA

AULA 6.2 Conteúdo: Suportes de gêneros contemporâneos / Redes Sociais INTERATIVIDADE FINAL LÍNGUA PORTUGUESA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA 6.2 Conteúdo: Suportes de gêneros contemporâneos / Redes Sociais Habilidades: Distinguir os gêneros de linguagem cibernética e apropriar-se dessas ferramentas de mídias sociais. REVISÃO O Internetês Grafolinguística:

Leia mais

REDES SOCIAIS. Prof. Thiago Arantes

REDES SOCIAIS. Prof. Thiago Arantes REDES SOCIAIS Prof. Thiago Arantes - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

Proposta Revista MARES DE MINAS

Proposta Revista MARES DE MINAS SATIS 2011 Proposta Revista MARES DE MINAS 21/03/2011 A SATIS Índice 1 A Satis 1 A Proposta 1 Serviços 2 Mapa do Site 2 SEO 3 Sistema de gerenciamento de conteudo 4 Cronograma e Prazos 5 Investimento 6

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org documento inicial Portal do Fórum Social Mundial introdução Entendemos que um site como do Fórum

Leia mais

Internet e Adolescência - Pontos Positivos

Internet e Adolescência - Pontos Positivos Internet e Adolescência - Pontos Positivos Computadores e Sociedade I Edson A. Storolli F. Gláucia Campiche Bressan Rafael Prandi Guedes Moreira Vitor Manha Utino Introdução Como é o acesso à Internet

Leia mais

Olá, seja bem vindo (a)

Olá, seja bem vindo (a) Olá, seja bem vindo (a) Nathan Sena é Designer Gráfico há 5 anos, mora em Sete Lagoas, está no 3º período da Faculdade de Design pelo Centro Universitário Una - BH. Aproveite ao máximo! Procure o melhor

Leia mais

A ONE ID RIGHT DATA MAKES GREAT MARKETING POWERED BY EMAIL-BROKERS 2015

A ONE ID RIGHT DATA MAKES GREAT MARKETING POWERED BY EMAIL-BROKERS 2015 A ONE ID O QUE QUER SABER? Quem são os seus clientes e potenciais clientes? O que fazem? Do que gostam? Quais são os seus centros de interesse e paixões? Onde estão? O que dizem? AQUI AQUI AQUI AQUI EM

Leia mais

6 PILARES DO MARKETING DIGITAL

6 PILARES DO MARKETING DIGITAL 6 PILARES DO MARKETING DIGITAL M 1 2 3 4 5 6 O SEU CONHECIMENTO SOBRE MARKETING ^ AUDIENCIA E COMUNICAÇÃO FERRAMENTAS NECESSÁRIAS CONSTRUÇÃO DE LISTAS DE E-MAILS TRÁFEGO E ESTRATÉGIAS VENDAS PERSUASIVAS

Leia mais

Secretaria de Coordenação Política e Governança Local

Secretaria de Coordenação Política e Governança Local Governança Solidária Local O exemplo de Porto Alegre Secretaria de Coordenação Política e Governança Local Porto Alegre / RS / Brasil Brasília 2.027 Km Buenos Aires 1.063 Km Montevidéu 890 Km Assunção

Leia mais

Resumo. Palavras-chave: twitter; ferramenta; planejamento; Greenpeace.

Resumo. Palavras-chave: twitter; ferramenta; planejamento; Greenpeace. O Twitter Como Ferramenta de Divulgação Para As Empresas: Um Estudo De Caso do GREENPEACE 1 Jonathan Emerson SANTANA 2 Gustavo Guilherme da Matta Caetano LOPES 3 Faculdade Internacional de Curitiba - FACINTER

Leia mais