Olhar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o futuro com esperança (Papa Francisco, mensagem Ano da Vida Consagrada)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Olhar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o futuro com esperança (Papa Francisco, mensagem Ano da Vida Consagrada)"

Transcrição

1 Nº 12. Maio 2015 Olhar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o futuro com esperança (Papa Francisco, mensagem Ano da Vida Consagrada) As Irmãs Hospitaleiras e os Irmãos de São João de Deus encerram o Centenário da "passagem para a vida" de São Bento Menni Eucaristia de Encerramento do Centenário da morte de São Bento Menni Cerca de 350 pessoas, provenientes de todos os sítios do mundo onde há presença Hospitaleira, reuniramse em Ciempozuelos (Espanha), local onde se consolidou a restauração da ordem e onde foi fundada a nossa Instituição, nos dias 22, 23 e 24 de abril. Ali, Irmãs, Irmãos, utentes, colaboradores e residentes da vila celebraram conjuntamente o encerramento do Centenário da morte de São Bento Menni. 1

2 Quarta-feira, 22 de abril No dia 22, celebrou-se a cerimónia de acolhimento dos peregrinos no salão de atos da nossa Casa Mãe, onde a Presidente da Câmara de Ciempozuelos, María Ángeles Herrera, juntamente com os Superiores Provinciais: María Rosario Iranzo, Irmã Hospitaleira, e José Antonio Soria, Irmão de São João de Deus, deram as boas-vindas a todos os assistentes. María Ángeles Herrera destacou no seu discurso como se sentem orgulhosos em Ciempozuelos por São Bento Menni, tanto pela sua dedicação ao Município como pelo seu legado. Tanto assim que, em 2008, foi nomeado "Copadroeiro" e "Filho adotivo" da vila e, em 2009, o Conselho Municipal reconheceu Ciempozuelos como "Vila Hospitaleira". Superiores provinciais e Presidente da Câmara de Ciempozuelos Para concluir o ato, a Banda de música de Ciempozuelos ofereceu um concerto com diversos estilos musicais, baseado em adaptações de reconhecido prestígio a nível internacional, que fizeram vibrar todos os assistentes. Quinta-feira,23 de abril, manhã A jornada do dia 23 começou com uma Eucaristia na igreja do complexo dos Irmãos de São João de Deus, em Ciempozuelos, presidida pelo Bispo José Luis Redrado, O.H. Saudação dos Superiores Gerais De seguida, já no salão de atos, os Superiores Gerais deram as boas-vindas aos participantes nestas jornadas de encontro, convivência e reflexão sobre a figura de São Bento Menni. Na sua saudação, Anabela Carneiro, Superiora Geral das Irmãs Hospitaleiras, assinalou a feliz coincidência deste Centenário com o Ano da Vida Consagrada, convidando-nos a acolher a proposta do Papa Francisco "olhar o passado com gratidão, viver o pre- sente com paixão e abraçar o futuro com esperança". Por seu turno, o Irmão Jesús Etayo pediu que o que foi celebrado e vivido este ano não caia no esquecimento, que o espírito de Bento Menni continue vivo entre nós e saibamos continuar a dar respostas às pessoas doentes e necessitadas....o que foi celebrado e vivido este ano não caia no esquecimento, que o espírito de Bento Menni continue vivo entre nós... Conferências A manhã continuou com as conferências do Irmão Luis Valero São Bento Menni, Contributos para a Hospitalidade de João de Deus" e a Irmã María Concepción Ochotorena O Padre Bento Menni, toda uma vida atrás do coração. Ambos destacaram o papel que este Santo Hospitaleiro desempenhou durante a segunda metade do século XIX e recordaram a sua força e entrega na fundação da Congregação das Irmãs Hospitaleiras, apesar da crise espiritual e estrutural da época e dos limitados recursos de que dispunha. Após uma breve pausa, teve início uma mesa de testemunhos de hospitalidade, coordenada pelo Irmão Julián Sánchez, na qual participaram representantes de ambas as instituições. A manhã concluiu com uma refeição fraterna nos jardins do complexo. 2

3 TESTEMUNHOS DE HOSPITALIDADE O que vivi leva-me a agradecer ao Senhor que me tenha chamado a ser livre e a viver de e pela Hospitalidade Ana María Domene Há já 26 anos, cheguei a San Boi (Barcelona, Espanha) com duas amigas movidas pelo desejo de ajudar pelo voluntariado. Ao abrirem-se para nós as portas do Complexo Assistencial em Saúde Mental, Benito Menni, o que ali contemplámos e o acolhimento que nos ofereceram as Irmãs e as pessoas que ali viviam, causou-me um impacto fortíssimo. Lembro-me que, ao chegar, ia convencida de que queria fazer alguma coisa pelos outros, a partir da minha fé cristã, mas Deus era mais uma ideia, algo que me tinham ensinado, do que uma experiência vital para mim. Ao regressar a casa, perguntei a Deus: "Pensas que poderei voltar outra vez a esse lugar?" A resposta a essa pergunta obtive-a um mês depois, voltámos pensando que não haveria uma terceira vez... mas foi ao entrar na igreja do centro, quando M.ª Jesús (uma utente do centro) na sua cadeira de rodas e, a pesar da sua grande dificuldade para falar (só movia a mão), com uns olhos que expressavam tudo aquilo que a voz não podia, depois de só me ter visto uma vez, 3

4 chamou-me pelo nome: Ana. Foi nesse momento que experimentei a presença de Deus como nunca antes a tinha sentido. Nela, as palavras de Jesus "Sempre que fizestes isto a um destes meus irmãos mais pequeninos, a mim mesmo o fizestes" tornaram-se vida. Pegar no evangelho e ler a passagem do Bom Samaritano depois desta experiência foi entrar em diálogo com alguém que podia tocar e ver, de maneira especial, numas pessoas que, apesar das suas dificuldades, limitações e doenças, tornaram-se para mim templos vivos de Deus. Caminho a seguir Vivo uma Hospitalidade de fortes raízes que se aprofundam numa terra fértil, que foi oferecida pela vida de serviço de quem me precedeu e descobriu em João de Deus, Bento Menni, M.ª Josefa Recio e M.ª Angustia Jiménez, um caminho a seguir, que outros e outras continuaram e confiamos que outros e outras o farão também. Hoje posso dizer, olhando para atrás e sendo consciente de tudo o que vivi, que nunca duvidei do seu chamamento e que, se agora estou aqui convosco, foi porque Ele e só Ele sustentou a minha vida. Porque eu também me senti ferida e fui a rebelde do caminho. Ele sarou as minhas feridas, lavou os meus pés, entregou-me as suas armas, um alguidar com água, uma toalha, e uma Mãe, Nossa Senhora do Sagrado Coração. O que vivi leva-me a agradecer ao Senhor, que o seu chamamento fosse ser e viver a minha vida de e pela Hospitalidade. Uma Hospitalidade que vivo como fonte e manancial de misericórdia que nasce do mais fundo do seu Coração: "um coração sem fronteiras". Ana María Domene Irmã Hospitaleira Transmitiam-nos os valores que Bento Menni viveu e mostrou com os seus feitos Paula María Álvarez A minha história fala de uma trajetória vital. Da procura de um sítio no mundo. Nessa pesquisa, tratei de seguir os valores que me parecem importantes para ajudar as pessoas. Por isso, estudei Medicina e especializeime em Medicina Familiar e Comunitária. Queria estar ao lado das pessoas, acompanhá-las na saúde, na doença, na alegria e na tristeza. Fascinaram-me os Cuidados Paliativos, a sua filosofia falava de valores humanos e, dessa forma, aprendi que era importante curar doenças mas, sobretudo, o mais importante é CUIDAR as pessoas em todas as suas dimensões e acompanhá-las em momentos tão difíceis como o é o fim da vida. Desta forma, aprendi o importante que eram valores como a empatia, a solidariedade, a escuta, o acompanhamento, o respeito, a proximidade. É importante que a prática da profissão esteja impregnada destes valores. Em março de 2007 tive a oportunidade de trabalhar num centro de Irmãs Hospitaleiras. Para mim, foi uma grande descoberta. Ali, praticava-se um valor tão importante como a HOSPITALIDADE. Era o valor com maiúsculas que continha todos os valores necessários para cuidar das pessoas. Fascinou-me tudo: o acolhimento que recebi e que vi que outros recebiam, o profissionalismo com que se trabalhava (uma perfeita combinação de qualidade técnica e humanidade) e o exemplo vivo das Irmãs, que eram modelo dessa grande hospitalidade e transmitiamnos os valores que Bento Menni viveu e mostrou com as suas obras. Paula María Álvarez Manzanares Colaboradora das Irmãs Hospitaleiras 4

5 Hoje, a sociedade pede-nos algo novo, é a altura de renovar e atualizar a hospitalidade Eduardo Ribes Mais do que o meu testemunho pessoal, queria partilhar alguns aspetos que me preocupam como Irmão e como relacioná-los com o Espírito do Padre Menni, tentando ser significativos a partir da hospitalidade. Em primeiro lugar, questionava-me a quantidade de atos que celebraram ambas as congregações por este motivo e perguntava-me a mim próprio "Vai ser um centenário mais?". Se este momento não representar uma mudança que nos leve a aprofundar e a voltarmos a entusiasmar-nos pela nossa vida como hospitaleiros, ficará tudo em eventos superficiais. A coragem do Padre Menni Hoje em dia, a sociedade pede-nos algo novo; é altura de renovar e atualizar a hospitalidade, temos de dar passos que nos aproximem mais da realidade do nosso mundo em sofrimento. Não será que nos falta a coragem do Padre Menni para fazer caminho de hospitalidade no século XXI? Ele soube ler os passos de Deus na sua vida, dando resposta às necessidades do momento, e como nos custa contar com uma maior flexibilidade de estruturas que nos permitam chegar aos últimos da sociedade! E é certo que nos surgirão problemas, inconvenientes, mas estamos chamados a caminhar com ímpeto, com o olhar posto em Deus e na humanidade, com passos seguros e sem medos, Deus acompanharnos-á sempre. É Jesus quem nolo diz "e sabei que Eu estarei sempre convosco até ao fim dos tempos". Outra das virtudes do Padre Menni que me interpela é a capacidade de ultrapassar fronteiras e de levar o carisma da hospitalidade por diversos continentes. Existem hoje muitos irmãos nossos que continuam a carecer das necessidades básicas para subsistir e penso que nós temos a responsabilidade moral e institucional de difundir a corrente da hospitalidade para lá das nossas fronteiras. Podemos fazer sempre um bocadinho mais do que fazemos, só temos de sair desta letargia e alavancagem para dedicar parte do nosso tempo a colaborar e pensar na hospitalidade em chave universal. Três pilares básicos Considero que existem três pila- Se hoje voltasse a nascer, voltaria a ser Irmão de São João de Deus res básicos que sustentam a minha vida: A vida de comunidade, o encontro com os irmãos, partilhar a fé e a vida. Eu digo sempre que sou um apaixonado pela vida comunitária, e isso não retira as dificuldades, os momentos de fraqueza, de crise, mas no fundo renasce sempre esse entusiasmo por construir, crescer em fraternidade. A vida de fé, tanto comunitária como pessoal. Aqui, penso que arriscamos o futuro. E cada vez estou mais convencido que as pessoas nos cheiram à distância, se somos ou não homens e mulheres de Deus, se a misericórdia que tentamos viver como carisma é o selo que nos delata como pessoas ou se são só palavras ocas. A missão: o carisma da hospitalidade, como expressão dessa fé que quero partilhar com todos os que me rodeiam. Como o vivia o Padre Menni, que na sua experiência de fé contemplava sempre Jesus com misericórdia. 5

6 Enquanto não formos hospitaleiros até à medula, não podemos descansar. "Sempre que fizestes isto a um destes meus irmãos mais pequeninos, a mim mesmo o fizestes". (Mateus 25, 40) Se vivemos estes momentos como uma oportunidade para crescer e aprofundar, e se estamos abertos a dar continuidade a este centenário, aproveitando ao máximo o Jubileu da misericórdia, poderemos continuar a esbanjar hospitalidade, visto que hoje temos muito mais para dar à Igreja e à sociedade. Termino fazendo minhas as palavras que um dia ouvi a um Irmão idoso: "se hoje voltasse a nascer, voltaria a ser Irmão de São João de Deus" Eduardo Ribes Irmão de São João de Deus Sou pai de duas meninas. Depois delas, esta foi a experiência maior e mais intensa que vivi Trabalho na ONG Juan Ciudad, uma das ferramentas que a OH tem em Espanha para trabalhar nos assuntos de cooperação para o desenvolvimento. Trabalhamos com os Centros que a OH tem noutros países, especialmente em África e na América Latina. Durante 2014 os países da África Ocidental viram-se afetados pela epidemia do ébola. Especialmente na Guiné, na Libéria e na Serra Leoa. A OH tem hospitais na Serra Leoa e na Libéria. No caso da Libéria, durante os primeiros dias de agosto, o ébola provocou a morte dos três Irmãos de São João de Deus (toda a comunidade) e de uma Irmã das Missionárias da Imaculada Conceição, que trabalham em conjunto. O governo liberiano decretou o encerramento do Saint Joseph s Catholic Hospital no dia 1 de agosto. Eu fiz parte da equipa que Juan Ciudad ONGD enviou ao país no dia 25 de agosto. Foi uma equipa formada por três pessoas, um Irmão de São João de Deus, Justino Izquierdo, uma Missionária da Imaculada Conceição, María Ángeles Llopart, e eu, como leigo. Desde 2007 tinha ido várias vezes a esse hospital e, portanto, conhecia a cidade e as pessoas dali. O primeiro objetivo foi o de marcar presença institucional no Hospital e na difícil situação que se estava a viver na cidade. Depois, o objetivo ampliou-se para estabelecer as bases para a reabertura, o que incluiu as tarefas de limpeza e desinfeção, a formação do pessoal e o trabalho conjunto com outras organizações. Permaneci ali uns três meses, até 17 de novembro. A aber- Roberto Lorenzo tura da maternidade do Hospital foi levada a cabo no dia 24 de novembro. Sou pai de duas meninas. Depois delas, esta foi a maior e mais intensa experiência que vivi. Tomei isto como uma oportunidade pessoal e estou muito agradecido por ter tido a sorte de viver algo assim. Roberto Lorenzo Colaborador dos HSJD 6

7 Quinta-feira, 23 de abril, tarde Às 18h chegou um dos momentos mais esperados do dia. Reunidos no salão de atos do complexo das Irmãs, os assistentes puderam assistir a uma representação teatral em redor da figura de São Bento Menni. Antes de começar, subiu ao palco para cumprimentar os assistentes dos peregrinos destacados um casal chegado de Milão, familiares de São Bento Menni (Guiseppe Vada e Rosanna Ceolin), os quais expressaram a alegria e emoção por viver este momento, que os ajudou a compreender a obra e o legado deste grande santo. A primeira atuação esteve a cargo da Fundação Purísima Concepción de Granada, sob o título de Sonhos e Caminhos Hospitalidade a 100. Reunindo várias artes, um grupo de alunos e utentes, juntamente com professores e voluntários, caminharam pela aventura de viver, expressar e partilhar a grande obra de São Bento Menni através de uma banda instrumental denominada Música desde Dentro e dois fantoches Bento e companhia. Seguidamente, doentes e colaboradores dos dois complexos hospitaleiros de Ciempozuelos interpretaram a segunda atuação da tarde, que consistiu em representar algumas passagens da vida de São Bento Menni. Ambas as atuações carregadas de alegria, criatividade e proximidade fizeram vibrar os assistentes, deixando a todos uma recordação inesquecível. Monólito recordação do Centenário Terminadas as representações, os peregrinos dirigiram-se para os jardins da Ermida da Virgen del Consuelo. Ali, a Superiora Geral e a Presidente da Câmara desta Vila Hospitaleira destaparam um monólito como recordação deste Centenário. O presidente da Irmandade del Consuelo entregou à Irmã Anabela as atas nas quais consta a pertença do Padre a esta Irmandade. Desde 1890, São Bento fez parte da Associação de Devotos de Nossa Senhora a Virgem do Consolo, padroeira de Ciempozuelos, chegando a ser, dez anos depois, em 1900, Comissário e membro da junta diretiva da referida Associação, tal como consta nas atas dos arquivos desta Irmandade (atas de 22/10/1890 e do ano 1900), assinalava a Presidente da Câmara no seu discurso. Vigília de Oração Ao cair a noite, celebrou-se uma vigília de oração, na qual algumas pessoas apresentaram testemunhos de Hospitalidade. Pouco a pouco, na presença do Senhor, foram acendendo-se as velas que os assistentes tinham, de tal modo que, cada um com o seu pequeno contributo, fez com que uma luz quente de hospitalidade chegasse a iluminar toda a Igreja do Complexo e todas as pessoas ali reunidas. 7

8 Sexta-feira, 24 de abril Para concluir os atos de Encerramento do Centenário, celebrou-se uma solene Eucaristia na Igreja do complexo das Irmãs, presidida pelo Bispo de Getafe, D. Joaquín María López de Andújar. Ali, pedimos ao Senhor, através dos nossos Fundadores, que as nossas Instituições continuem a ser presença do rosto misericordioso de Deus por meio do exercício da hospitalidade. Que nos conceda audácia e criatividade para atender os mais vulneráveis e necessitados da nossa área. Durante a cerimónia, um coro formado por Irmãs e colaboradores, interpretou uma seleção de canções hospitaleiras compostas pela Irmã Francisca Hernández a propósito do Centenário, enquanto o Irmão Ramón Castejón os acompanhava com o órgão. Um dos momentos de destaque da Eucaristia foi quando se recordaram os Irmãos e Irmãs que este ano celebram 25, 50 e 75 anos de Profissão Religiosa. Os presentes renovaram, nesse mesmo instante, os seus votos. Um Coração sem Fronteiras Com o lema SÃO BENTO MENNI: UM CORAÇÃO SEM FRONTEIRAS, este ano teve um significado Pudemos aprofundar na figura de um homem que <movido por um amor que não conhece fronteiras, que não sabe dizer basta>, fez da HOSPITALIDADE uma realidade palpável ao serviço das pessoas doentes e necessitadas "<vivas imagens> de Jesus muito especial para toda a Comunidade Hospitaleira, visto que pudemos aprofundar na figura de um homem que "movido por um amor que não conhece fronteiras, que não sabe dizer basta", fez da HOSPITALIDADE uma realidade palpável ao serviço das pessoas doentes e necessitadas "vivas imagens de Jesus. Caminhemos com São Bento Menni e permitamos que o seu espírito nos inspire a ser profetas da hospitalidade no nosso mundo! 8

9 CANÇÕES HOSPITALEIRAS HOSPITALIDADE (F. Hernández) Hospitalidade, Hospitalidade Hoje como ontem e sempre 1. Desde que Abraão a três estranhos hospedou, Deus na forma humana nos visitou. 2. Se um Samaritano ao teu lado vai a passar, não desvies, nele Deus vai. 3. Quando ao nosso lado de mil formas chegar Deus, saibamos abrir-lhe com amor. A NOSSA MÃE (F. Hernández) UM CORAÇÃO SEM FRONTEIRAS (F. Hernández) Um coração sem fronteiras percorrendo a vida. Um coração sempre disponível ao que pede a voz de Deus. 1. Filho da Igreja, sacerdote fiel heraldo de Cristo sempre aos seus pés. 2. Nada te atemoriza, sempre confias no que conduz a tua grande missão. 3. Cristo urge-te pelo caminho que no desvalido oculta a Fé. 4. Deste a vida como Mestre bebendo o seu cálice até ao fim. 5. Do teu descanso em Cristo Glorioso bendiz o Carisma da Hospitalidade. 6. Junto aos que sofrem, com toda a Igreja Glória ao Pai damos pela tua caridade. A Nossa Mãe do Sagrado Coração, advogada daquele que a ti acode, não nos deixes, não nosdeixes de dar o teu favor. 1. Cristo nomeou-te tesoureira do seu Coração. MÃE NOSSA. Abre o manancial inesgotável da sua Redenção. 2. Obra do Espírito e do teu Filho a Congregação, TU, A MÃE, abre as comportas e fecunda a nossa terra de Hospitalidade. 9

10 Oração a S. BENTO MENNI Deus de misericórdia infinita, com alegria te damos graças pelo dom da hospitalidade, no Centenário da morte de S. Bento Menni. No Teu amor compassivo, descobriu a força da caridade. A sua fé em Jesus Cristo levou-o a empenhar-se no serviço aos pobres e aos enfermos, a força do Espírito Santo tornou-o peregrino e profeta da hospitalidade. Intercedendo junto Dele, pedimos-lhe que os pobres e os doentes encontrem alívio no sofrimento, companhia na dor e recuperação da saúde. Aos que realizam a missão hospitaleira, ajuda-os a criar um novo estilo de serviço humilde e empenhado, que manifeste ao mundo o Cristo compassivo e misericordioso do Evangelho. Pedimos-te a ti, Pai, que, com o Filho e o Espírito Santo, és amor e no amor vives. Ámen.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves

Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão. Jorge Esteves Catequese nº 13 (4º Catecismo) Jesus presente no irmão Jorge Esteves Objectivos 1. Reconhecer que Jesus se identifica com os irmãos, sobretudo com os mais necessitados (interpretação e embora menos no

Leia mais

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA

SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA SOLENE CELEBRAÇÃO EUCARÍSTICA Antes da Solene celebração, entregar a lembrança do centenário No Final terá um momento de envio onde cada pessoa reassumirá a missão. O sinal deste momento será a colocação

Leia mais

TESTEMUNHOS HOSPITALEIROS

TESTEMUNHOS HOSPITALEIROS TESTEMUNHOS HOSPITALEIROS Feliz por gastar a vida servindo Emília da Conceição Nogueira Irmã Hospitaleira do Sagrado Coração de Jesus 1. Dados biográficos e vocação 2. Jesus continua a fascinar-me 3. Cem

Leia mais

DIA DE ORAÇÃO PELA JMJ RIO2013

DIA DE ORAÇÃO PELA JMJ RIO2013 ROTEIRO PARA O DIA DE ORAÇÃO PELA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE RIO2013 Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude - CNBB CANTO DE ENTRADA (Canto a escolha) (Este momento de oração pode ser associado

Leia mais

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL 1 Ivocação ao Espirito Santo (oração ou canto) 2- Súplica inicial. (Em 2 coros: H- homens; M- mulheres) H - Procuramos para a Igreja/ cristãos

Leia mais

Consagrar o Mundo a Cristo Redentor por Maria e com Maria

Consagrar o Mundo a Cristo Redentor por Maria e com Maria Homilia na Consagração do Mundo a Nossa Senhora Consagrar o Mundo a Cristo Redentor por Maria e com Maria António Marto Fátima 25 de Março de 2009 Diante da tua imagem de Nossa Senhora do Rosário de Fátima,

Leia mais

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai BOM DIA DIÁRIO Segunda-feira (04.05.2015) Maria, mãe de Jesus e nossa mãe Guia: 2.º Ciclo: Padre Luís Almeida 3.º Ciclo: Padre Aníbal Afonso Mi+ Si+ Uma entre todas foi a escolhida, Do#- Sol#+ Foste tu,

Leia mais

Tens Palavras de Vida Eterna

Tens Palavras de Vida Eterna Catequese 40ano Tens Palavras de Vida Eterna Agenda da Palavra de Deus pela minha vida fora ANO A Durante as férias, mantenho-me em contato! CONTATOS DA PARÓQUIA Morada: Telefone: Correio eletrónico: Sítio:

Leia mais

Tema 8: Vocação - um novo relacionamento Deus se revela através dos outros

Tema 8: Vocação - um novo relacionamento Deus se revela através dos outros Tema 8: Vocação - um novo relacionamento Deus se revela através dos outros DEUS SE REVELA ATRAVÉS DOS OUTROS Ser Marista com os outros: Experimentar caminhos de vida marista comunitariamente INTRODUÇÃO

Leia mais

Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida. Permanece conosco

Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida. Permanece conosco Notícias de Família Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida 06 JUNHO 2014 Permanece conosco Vivemos dias de graça, verdadeiro Kairós com a Celebração

Leia mais

Vigília Jubilar. Vigília do dia 17 para 18. Abrir às 21 horas do dia 17/10 e encerrar às 6h da manhã do dia 18/10.

Vigília Jubilar. Vigília do dia 17 para 18. Abrir às 21 horas do dia 17/10 e encerrar às 6h da manhã do dia 18/10. Vigília Jubilar Vigília do dia 17 para 18. Abrir às 21 horas do dia 17/10 e encerrar às 6h da manhã do dia 18/10. Material: Uma Bíblia Vela da missão Velas para todas as pessoas ou pedir que cada pessoa

Leia mais

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel.

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. NOVENA DE NATAL 2015 O Natal e a nossa realidade A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. (Is 7,14) APRESENTAÇÃO O Natal se aproxima. Enquanto renovamos a esperança de

Leia mais

1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo.

1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo. 1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo. Ao contribuir com o dízimo, saímos de nós mesmos e reconhecemos que pertencemos tanto à comunidade divina quanto à humana. Um deles, vendo-se

Leia mais

Elementos da Vida da Pequena Comunidade

Elementos da Vida da Pequena Comunidade Raquel Oliveira Matos - Brasil A Igreja, em sua natureza mais profunda, é comunhão. Nosso Deus, que é Comunidade de amor, nos pede entrarmos nessa sintonia com Ele e com os irmãos. É essa a identidade

Leia mais

OBLATOS ORIONITAS. linhas de vida espiritual e apostólica

OBLATOS ORIONITAS. linhas de vida espiritual e apostólica OBLATOS ORIONITAS linhas de vida espiritual e apostólica Motivos inspiradores da oblação orionita laical O "carisma" que o Senhor concede a um fundador, é um dom para o bem de toda a Igreja. O carisma

Leia mais

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo

CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo. CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo CATEQUESE 1 Estamos reunidos de novo Tens uma tarefa importante para realizar: 1- Dirige-te a alguém da tua confiança. 2- Faz a pergunta: O que admiras mais em Jesus? 3- Regista a resposta nas linhas.

Leia mais

Nossa Senhora Chitãozinho & Xororó Cubra-me com seu manto de amor Guarda-me na paz desse olhar Cura-me as feridas e a dor me faz suportar

Nossa Senhora Chitãozinho & Xororó Cubra-me com seu manto de amor Guarda-me na paz desse olhar Cura-me as feridas e a dor me faz suportar Nossa Senhora Chitãozinho & Xororó Cubra-me com seu manto de amor Guarda-me na paz desse olhar Cura-me as feridas e a dor me faz suportar Que as pedras do meu caminho Meus pés suportem pisar Mesmo ferido

Leia mais

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral Advento 2014 (Campanha de Preparação para o Natal) A ALEGRIA E A BELEZA DE VIVER EM FAMÍLIA. O tempo do Advento, que devido ao calendário escolar

Leia mais

NOVENA PRIMEIRO DIA. Glória a ti Deus Pai, tu que chamaste a Rafqa à santa vida monástica e foste para ela Pai e Mãe.

NOVENA PRIMEIRO DIA. Glória a ti Deus Pai, tu que chamaste a Rafqa à santa vida monástica e foste para ela Pai e Mãe. NOVENA O verdadeiro crente deve conscientizar-se da importância da oração em sua vida. O senhor Jesus disse : Rogai sem cessar ; quando fazemos uma novena que é uma de oração, estamos seguindo um ensinamento

Leia mais

A Regra daterceira Ordem da Sociedade de São Francisco iii) Ordem para Admissões e Renovações I. O CONVITE

A Regra daterceira Ordem da Sociedade de São Francisco iii) Ordem para Admissões e Renovações I. O CONVITE A Regra daterceira Ordem da Sociedade de São Francisco iii) Ordem para Admissões e Renovações como ordenado pelo Capítulo Interprovincial da Terceira Ordem na Revisão Constitucional de 1993, e subseqüentemente

Leia mais

Plano Pedagógico do Catecismo 6

Plano Pedagógico do Catecismo 6 Plano Pedagógico do Catecismo 6 Cat Objetivos Experiência Humana Palavra Expressão de Fé Compromisso PLANIFICAÇÃO de ATIVIDADES BLOCO I JESUS, O FILHO DE DEUS QUE VEIO AO NOSSO ENCONTRO 1 Ligar a temática

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO

CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO CATEDRAL DIOCESANA DE CAMPINA GRANDE PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO SOBRE NÓS FAZEI BRILHAR O ESPLENDOR DE VOSSA FACE! 3 º DOMINGO DA PÁSCOA- ANO B 22 DE ABRIL DE 2012 ANIM: (Saudações espontâneas)

Leia mais

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS Infância/Adolescencia MISSÃO MISSÃO. Palavra muito usada entre nós É encargo, incumbência Missão é todo apostolado da Igreja. Tudo o que a Igreja faz e qualquer campo.

Leia mais

1ª Leitura - Ex 17,3-7

1ª Leitura - Ex 17,3-7 1ª Leitura - Ex 17,3-7 Dá-nos água para beber! Leitura do Livro do Êxodo 17,3-7 Naqueles dias: 3 O povo, sedento de água, murmurava contra Moisés e dizia: 'Por que nos fizeste sair do Egito? Foi para nos

Leia mais

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Introdução: Educar na fé, para a paz, a justiça e a caridade Este ano a Igreja no Brasil está envolvida em dois projetos interligados: a lembrança

Leia mais

San Joãu de Deus. Março de 2015. 1.- Introdução. Oração do Mês

San Joãu de Deus. Março de 2015. 1.- Introdução. Oração do Mês San Joãu de Deus Oração do Mês Março de 2015 1.- Introdução O amor de Deus manifesta-se no amor ao próximo. A vida consagrada, para viver o carisma da Hospitalidade, obriga-nos a viver o amor de Deus na

Leia mais

3º trimestre da caminhada sinodal PROPOSTA PARA JOVENS

3º trimestre da caminhada sinodal PROPOSTA PARA JOVENS 3º trimestre da caminhada sinodal PROPOSTA PARA JOVENS Esta é uma proposta de trabalho para grupos de jovens. Pretende-se que, a partir da Palavra e da reflexão acerca do seu próprio encontro com Jesus,

Leia mais

Apresentação. 8-11 de Abril 2015: Seminário para Formadores/ as. 23-26 de Setembro 2015: Congresso para jovens consagrados/as

Apresentação. 8-11 de Abril 2015: Seminário para Formadores/ as. 23-26 de Setembro 2015: Congresso para jovens consagrados/as Nota pastoral da Conferência Episcopal sobre o Ano da Vida Consagrada Chamados a levar a todos o abraço de Deus ) Para além da abertura (30 de Novembro de 2014 e do encerramento (2 de Fevereiro de 2016,

Leia mais

HOMILIA DO PAPA BENTO XVI. Aeroporto Cuatro Vientos de Madrid Sábado, 20 de Agosto de 2011. Queridos amigos!

HOMILIA DO PAPA BENTO XVI. Aeroporto Cuatro Vientos de Madrid Sábado, 20 de Agosto de 2011. Queridos amigos! HOMILIA DO PAPA BENTO XVI Aeroporto Cuatro Vientos de Madrid Sábado, 20 de Agosto de 2011 Queridos amigos! Saúdo-vos a todos, e de modo particular aos jovens que me formularam as perguntas, agradecendo-lhes

Leia mais

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33

Sumário. Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9. Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15. Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 1 a Edição Editora Sumário Motivo 1 A fé sem obras é morta - 9 Motivo 2 A Igreja é lugar de amor e serviço - 15 Motivo 3 O mundo tem fome de santidade - 33 Santos, Hugo Moreira, 1976-7 Motivos para fazer

Leia mais

27 de dezembro de 2015 JUBILEU DA FAMILIA SUBSIDIOS PARA A PASSAGEM DA PORTA SANTA

27 de dezembro de 2015 JUBILEU DA FAMILIA SUBSIDIOS PARA A PASSAGEM DA PORTA SANTA 27 de dezembro de 2015 JUBILEU DA FAMILIA SUBSIDIOS PARA A PASSAGEM DA PORTA SANTA [Este subsídio destina-se a ser usado por uma família durante o curto percurso de entrada para a Porta Santa. Dependendo

Leia mais

Semana Missionária Salesiana II Manda-me, Senhor!

Semana Missionária Salesiana II Manda-me, Senhor! 2ª feira, 23 de fevereiro: Empenho missionário de D. Bosco Bom dia! Hoje iremos aprofundar uma das cenas que será representada na cerimónia de abertura dos jogos nacionais salesianos. Vamos falar sobre

Leia mais

PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE

PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE Espiritualidade Apostólica Marista Ir. José Milson de Mélo Souza Ano de Deus Pai LADAINHA DE SÃO MARCELINO CHAMPAGNAT (Ir. José Milson) V. Senhor, tende piedade de nós.

Leia mais

Vivendo a Liturgia Ano A

Vivendo a Liturgia Ano A Vivendo a Liturgia Junho/2011 Vivendo a Liturgia Ano A SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR (05/06/11) A cor litúrgica continua sendo a branca. Pode-se preparar um mural com uma das frases: Ide a anunciai

Leia mais

Roteiro 3 João Batista, o precursor

Roteiro 3 João Batista, o precursor FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro 1 Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Roteiro 3 João Batista, o precursor Objetivo Identificar a missão de João

Leia mais

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 NO CAMINHO DO DISCIPULADO MISSIONÁRIO, A EXPERIÊNCIA DO ENCONCONTRO: TU ÉS O MESSIAS, O FILHO DO DEUS VIVO INTRODUÇÃO Queridos/as Catequistas! Com nossos cumprimentos

Leia mais

CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA

CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA PARÓQUIA DE SANTA MARIA DE BORBA CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA Feliz o homem que ama a Palavra do Senhor e Nela medita dia e noite (Sl 1, 1-2) 4º ANO da CATEQUESE 17 de Janeiro de 09 ENTRADA PROCESSIONAL

Leia mais

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando.

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando. Celebração de Encerramento PREPARAR 1. Bíblia e velas para a Procissão de Entrada da Palavra 2. Sementes de girassóis para cada catequista depositar num prato com terra diante do altar durante a homilia

Leia mais

Como Católica, radica toda a sua missão e visão na mensagem de Jesus Cristo que. ilumina o Ser e o Saber humano.

Como Católica, radica toda a sua missão e visão na mensagem de Jesus Cristo que. ilumina o Ser e o Saber humano. O Colégio de Santa Clara é uma Escola Católica Franciscana Hospitaleira. Como Escola, é para a pessoa e da pessoa. Como Católica, radica toda a sua missão e visão na mensagem de Jesus Cristo que ilumina

Leia mais

NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER. Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos

NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER. Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos NOVENA A SÃO PEREGRINO: PROTETOR DOS DOENTES DE CÂNCER Comentarista: Quem foi São Peregrino? São Peregrino, foi um frade da Ordem dos Servos de Maria e ficou conhecido como o protetor contra o câncer.

Leia mais

Lausperene. Senhor Jesus, Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. Senhor, eu creio em Vós.

Lausperene. Senhor Jesus, Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. Senhor, eu creio em Vós. Lausperene Cântico: Dá-nos um coração Refrão: Dá-nos um coração, grande para amar, Dá-nos um coração, forte para lutar. 1. Homens novos, criadores da história, construtores da nova humanidade; homens novos

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

José Antonio Pagola GRUPOS DE JESUS

José Antonio Pagola GRUPOS DE JESUS GRUPOS DE JESUS José Antonio Pagola GRUPOS DE JESUS 2014, José Antonio Pagola 2014, PPC, Editorial y Distribuidora, S.A. Título original: Grupos de Jesús Tradução: Mário José dos Santos, ssp Pré -impressão

Leia mais

1915-2015 SUBSÍDIOS E HORA SANTA. Por ocasião dos 100 anos do MEJ MEJ BRASIL. 1º ROTEIRO PAZ Dom e compromisso para viver melhor!

1915-2015 SUBSÍDIOS E HORA SANTA. Por ocasião dos 100 anos do MEJ MEJ BRASIL. 1º ROTEIRO PAZ Dom e compromisso para viver melhor! 1º ROTEIRO PAZ Dom e compromisso para viver melhor! 2º ROTEIRO EUCARISTIA Mistério Pascal celebrado na comunidade de fé! 3º ENCONTRO EVANGELHO Amor para anunciar e transformar o mundo! 1915-2015 SUBSÍDIOS

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA A IMPORTÂNCIA DAS OBRAS DE FÉ William Soto Santiago Cayey Porto Rico 16 de Março de 2011 Reverendo William Soto Santiago, Ph. D. CENTRO DE DIVULGAÇÃO DO EVANGELHO DO REINO http://www.cder.com.br E-mail:

Leia mais

ORAÇÃO EM FAMÍLIA Quaresma e Tempo Pascal

ORAÇÃO EM FAMÍLIA Quaresma e Tempo Pascal 1 PARÓQUIA DE Nª SRª DA CONCEIÇÃO, MATRIZ DE PORTIMÃO ORAÇÃO EM FAMÍLIA Quaresma e Tempo Pascal (O Ícone da Sagrada Família deve ser colocado na sala, num lugar de relevo e devidamente preparado com uma

Leia mais

Bem - Aventuranças. Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007

Bem - Aventuranças. Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007 Bem - Aventuranças Conselho Inter-paroquial de Catequese Lamas, 22 de Novembro de 2007 Eu estou à tua porta a bater, Eu estou à tua porta a bater, Se me abrires a porta entrarei para enviar. Eu preciso

Leia mais

CANTOS - Novena de Natal

CANTOS - Novena de Natal 1 1 - Refrão Meditativo (Ritmo: Toada) D A7 D % G Em A7 % Onde reina o amor, frater---no amor. D A7 D % G A7 D Onde reina o amor, Deus aí está! 2 - Deus Trino (Ritmo: Balada) G % % C Em nome do Pai / Em

Leia mais

Oração ao finalizar o Ano 2015

Oração ao finalizar o Ano 2015 Oração ao finalizar o Ano 2015 QUE SEU AMOR SE EXTENDA POR TODA A TERRA Reunimos em oração no último dia do Ano para dar graças a Deus por tantos dons recebidos pessoalmente, na família, na comunidade,

Leia mais

O ANÚNCIO DO EVANGELHO GUIÃO DE LEITURA #3 DO SÍNODO DIOCESANO 2016. Abril a Junho de 2015 - Síntese da reflexão efetuada

O ANÚNCIO DO EVANGELHO GUIÃO DE LEITURA #3 DO SÍNODO DIOCESANO 2016. Abril a Junho de 2015 - Síntese da reflexão efetuada O ANÚNCIO DO EVANGELHO GUIÃO DE LEITURA #3 DO SÍNODO DIOCESANO 2016 Abril a Junho de 2015 - Síntese da reflexão efetuada 1 INTRODUÇÃO Continuando a responder ao convite / desafio efetuado pelo Papa Francisco

Leia mais

SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!...

SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!... SUMÁRIO Páginas A alegria 10 (A alegria está no coração De quem já conhece a Jesus...) Abra o meu coração 61 (Abra o meu coração Deus!...) A cada manhã 71 (A cada manhã as misericórdias se renovam...)

Leia mais

MENSAGEM À FAMÍLIA MARIANISTA

MENSAGEM À FAMÍLIA MARIANISTA JORNADA DE ORAÇÃO 2010 MENSAGEM À FAMÍLIA MARIANISTA Apresentação do santuário de NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO (Padroeira do Haiti) Porto Príncipe, República do Haiti Jornada Mundial de Oração 10

Leia mais

www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria

www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria www.aciportugal.org ESTOU NESTE MUNDO COMO NUM GRANDE TEMPLO Santa Rafaela Maria 2 www.aciportugal.org 11 ORAÇÃO FINAL Senhor Jesus Cristo, hoje sentimos a Tua paixão por cada um de nós e pelo mundo. O

Leia mais

Jesus revela-nos que Deus é. Pai. Conselho Inter-paroquial de Catequese Esporões, 24 de Janeiro de 2008

Jesus revela-nos que Deus é. Pai. Conselho Inter-paroquial de Catequese Esporões, 24 de Janeiro de 2008 Jesus revela-nos que Deus é Pai Conselho Inter-paroquial de Catequese Esporões, 24 de Janeiro de 2008 Quem inventou Deus? Desde sempre que os homens acreditaram na existência de forças muito poderosas

Leia mais

Hora Santa pela santificação do Clero

Hora Santa pela santificação do Clero Hora Santa pela santificação do Clero Solenidade do Sagrado Coração de Jesus - 12 de Junho de 2015 1. ABERTURA Animador: Caríssimos irmãos e irmãos, neste dia em que a Igreja celebra a Solenidade do Sagrado

Leia mais

PADRE MARCELO ROSSI ÁGAPE

PADRE MARCELO ROSSI ÁGAPE PADRE MARCELO ROSSI ÁGAPE Oo Índice Prefácio, por Gabriel Chalita...11 Introdução...19 1 O Verbo divino...27 2 As bodas de Caná...35 3 A samaritana...41 4 Multiplicação dos pães...49 5 A mulher adúltera...55

Leia mais

CRISTO EM TI A MANIFESTAÇÃO DA GLÓRIA

CRISTO EM TI A MANIFESTAÇÃO DA GLÓRIA CRISTO EM TI A MANIFESTAÇÃO DA GLÓRIA INTRODUÇÃO Irmãos! A bíblia nos ensina que Deus nos chama a realizar, a ser, a conhecer e a alcançar muitas coisas, tais como, realizar a obra de Deus, a ser santos,

Leia mais

NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS

NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS Pe. Nilton César Boni, cmf NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS EDITORA AVE-MARIA Apresentação Aos membros da família cristã podem aplicar-se de modo particular as palavras com que Cristo promete a sua

Leia mais

4. O princípio da palavra funciona como ponte entre dois mundos (natural/espiritual) e duas dimensões (física/sobrenatural).

4. O princípio da palavra funciona como ponte entre dois mundos (natural/espiritual) e duas dimensões (física/sobrenatural). O Poder das Palavras LEITURA: Marcos 11:12-14 12. E, no dia seguinte, quando saíram de Betânia, teve fome. 13. Vendo de longe uma figueira que tinha folhas, foi ver se nela acharia alguma coisa; e chegando

Leia mais

JANEIRO Escola para formadores

JANEIRO Escola para formadores JANEIRO Escola para formadores De 02 a 28, as Irmãs da casa de formação, tiveram a oportunidade de participar da escola para formadores. A mesma é promovida pela Associação Transcender, com sede em São

Leia mais

Associação Maria Aparição de Cristo Jesus

Associação Maria Aparição de Cristo Jesus Mensagem de Cristo Jesus para a Maratona da Divina Misericórdia em Ávila, Espanha Sexta-feira, 6 de junho de 2014, às 15h Essa segunda jornada da Maratona da Divina Misericórdia foi especial e diferente,

Leia mais

Primeiro mistério gozoso

Primeiro mistério gozoso 08.087 Rosario portugués 4.0 28/3/08 13:46 Página 14 Primeiro mistério gozoso Anunciação a Maria. Encarnação do Verbo Palavra de Deus (ver Lc 1, 26-38) Deus enviou o anjo Gabriel a uma virgem. O nome da

Leia mais

Músicos, Ministros de Cura e Libertação

Músicos, Ministros de Cura e Libertação Músicos, Ministros de Cura e Libertação João Paulo Rodrigues Ferreira Introdução Caros irmãos e irmãs; escrevo para vocês não somente para passar instruções, mas também partilhar um pouco da minha experiência

Leia mais

Faz um exercício de relaxamento coloca-te na presença de Deus. Reza um salmo (aquele que o teu coração pedir no momento).

Faz um exercício de relaxamento coloca-te na presença de Deus. Reza um salmo (aquele que o teu coração pedir no momento). O Caminho de Emaús Faz um exercício de relaxamento coloca-te na presença de Deus. Reza um salmo (aquele que o teu coração pedir no momento). Leitura: Lc 24, 13-35 Todos nós percorremos frequentemente o

Leia mais

Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Mostra-me o Teu amor, dá-me a Tua salvação.

Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Mostra-me o Teu amor, dá-me a Tua salvação. I Domingo do Advento I Domingo do Advento Quero estar preparado para Te abrir a porta, Senhor. Mostra-me o Teu amor, dá-me a Tua salvação. Podes contar comigo. Estou atento para Te escutar e para que tenhas

Leia mais

NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA

NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA Introdução: A devoção à Sagrada Família alcançou grande popularidade no século XVII, propagando-se rapidamente não só na Europa, mas também nos países da América. A festa, instituída

Leia mais

Catequese da Adolescência 7º Catecismo Documentos de Apoio CATEQUESE 1 - SOMOS UM GRUPO COM JESUS. Documento I

Catequese da Adolescência 7º Catecismo Documentos de Apoio CATEQUESE 1 - SOMOS UM GRUPO COM JESUS. Documento I CATEQUESE 1 - SOMOS UM GRUPO COM JESUS Documento I CATEQUESE 1 - SOMOS UM GRUPO COM JESUS Documento 2 CATEQUESE 1 - SOMOS UM GRUPO COM JESUS Documento 3 CATEQUESE 2 - QUEM SOU EU? Documento 1 CATEQUESE

Leia mais

DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESCOLA DOMINICAL

DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESCOLA DOMINICAL SUGESTÃO DE CELEBRAÇÃO DE NATAL 2013 ADORAÇÃO Prelúdio HE 21 Dirigente: Naqueles dias, dispondo-se Maria, foi apressadamente à região montanhosa, a uma cidade de Judá, entrou na casa de Zacarias e saudou

Leia mais

VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE

VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE É Preciso saber Viver Interpretando A vida na perspectiva da Espiritualidade Cristã Quem espera que a vida seja feita de ilusão Pode até ficar maluco ou morrer na solidão É

Leia mais

Músicas para Páscoa. AO REDOR DA MESA F Gm C C7 F Refr.: Ao redor da mesa, repartindo o pão/ A maior riqueza dos que são irmãos.

Músicas para Páscoa. AO REDOR DA MESA F Gm C C7 F Refr.: Ao redor da mesa, repartindo o pão/ A maior riqueza dos que são irmãos. Músicas para Páscoa AO PARTIRMOS O PÃO E C#m #m B7 E7 A C#M Refr.: Ao partirmos o pão reconhecemos/ Jesus Cristo por nós ressuscitado./ Sua paz B7 E A B7 E recebemos e levamos,/ Ao nosso irmão que está

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS COLABORADORES DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO -ACHUAP-

ASSOCIAÇÃO DOS COLABORADORES DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO -ACHUAP- 1 ASSOCIAÇÃO DOS COLABORADORES DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO -ACHUAP- DIA 15.06.2010 MOMENTO ORANTE ECUMÊNICO PELA PASSAGEM DO 59º ANIVERSÁRIO DA ACHUAP (para propiciar momento de silêncio e

Leia mais

Maria Maria Maria Maria

Maria Maria Maria Maria 1 Ave, Maria! 2 Introdução Poucas vezes, Maria é citada nas Escrituras Sagradas. Na verdade, são apenas 17 passagens, algumas relativas aos mesmos fatos, distribuídas nos quatro Evangelhos, e uma passagem

Leia mais

Projeto Educativo Franciscano Bonlandense

Projeto Educativo Franciscano Bonlandense Projeto Educativo Franciscano Bonlandense Irmãs Franciscanas da Imaculada Conceição de Maria, de Bonlanden Discípulas e seguidoras de Nosso Senhor Jesus Cristo, buscam viver o Evangelho em espírito e verdade.

Leia mais

CD: Ao Sentir. Alencastro e Patrícia. 1- Ao Sentir Jairinho. Ao sentir o mundo ao meu redor. Nada vi que pudesse ser real

CD: Ao Sentir. Alencastro e Patrícia. 1- Ao Sentir Jairinho. Ao sentir o mundo ao meu redor. Nada vi que pudesse ser real Alencastro e Patrícia CD: Ao Sentir 1- Ao Sentir Jairinho Ao sentir o mundo ao meu redor Nada vi que pudesse ser real Percebi que todos buscam paz porém em vão Pois naquilo que procuram, não há solução,

Leia mais

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil

Documento do MEJ Internacional. O coração do Movimento Eucarístico Juvenil Documento do MEJ Internacional Para que a minha alegria esteja em vós Por ocasião dos 100 anos do MEJ O coração do Movimento Eucarístico Juvenil A O coração do MEJ é a amizade com Jesus (Evangelho) B O

Leia mais

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO O Baptismo, porta da vida e do reino, é o primeiro sacramento da nova lei, que Cristo propôs a todos para terem a vida eterna, e, em seguida, confiou à

Leia mais

Tema ASCENSÃO DO SENHOR

Tema ASCENSÃO DO SENHOR Encontro n. 6 ema ASCENSÃO DO SENHOR I. ACOLHIDA Ambiente: Lenço branco sobre a mesa, como sinal de despeida; uma cadeira vazia ou um banco próximo ao altar. Bíblia sobre o altar, vela acesa, com flores.

Leia mais

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM Página 1 TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM 01. Canto de Entrada 02. Saudação inicial do celebrante presidente 03. Leitura

Leia mais

Tema 5: Vocação - um novo relacionamento Você também é Marista?

Tema 5: Vocação - um novo relacionamento Você também é Marista? Tema 5: Vocação - um novo relacionamento Você também é Marista? VOCÊ TAMBÉM É MARISTA? Um novo jeito de ser Marista: Na emergência de um novo tempo para o carisma Marista INTRODUÇÃO O relacionamento entre

Leia mais

Discípulos missionários no Evangelho de Lucas e Magistério do Papa Francisco. 2º Encontro: Jesus, vida do discípulo: o caminho do discípulo

Discípulos missionários no Evangelho de Lucas e Magistério do Papa Francisco. 2º Encontro: Jesus, vida do discípulo: o caminho do discípulo Discípulos missionários no Evangelho de Lucas e Magistério do Papa Francisco 2º Encontro: Jesus, vida do discípulo: o caminho do discípulo Recordando: Que tipo de Messias é Jesus? Lc4, 16-19 Na Sinagoga

Leia mais

Cântico: Dá-nos um coração

Cântico: Dá-nos um coração Cântico: Dá-nos um coração Refrão: Dá-nos um coração, grande para amar, Dá-nos um coração, forte para lutar. 1. Homens novos, criadores da história, construtores da nova humanidade; homens novos que vivem

Leia mais

Catequese e adoração das crianças ao Santíssimo Sacramento

Catequese e adoração das crianças ao Santíssimo Sacramento Catequese e adoração das crianças ao Santíssimo Sacramento Paróquia de Calheiros, 1 e 2 de Março de 2008 Orientadas por: Luís Baeta CÂNTICOS E ORAÇÕES CÂNTICOS CRISTO VIVE EM MIM Cristo vive em mim, que

Leia mais

HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo!

HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo! HOMILIA: A CARIDADE PASTORAL A SERVIÇO DO POVO DE DEUS (1 Pd 5,1-4; Sl 22; Mc 10, 41-45) Amados irmãos e irmãs na graça do Batismo! A vida e o ministério do padre é um serviço. Configurado a Jesus, que

Leia mais

Madre Assunta Marchetti e a missão scalabriniana

Madre Assunta Marchetti e a missão scalabriniana Madre Assunta Marchetti e a missão scalabriniana MADRE ASSUNTA Exalou o perfume de Deus. Foi uma presença de amor. Doou sua vida aos órfãos e irmãos em necessidade. Um exemplo a seguir. Uma vida de santidade.

Leia mais

Músicas Para Casamento

Músicas Para Casamento Músicas Para Casamento 01. Você e Eu - Eliana Ribeiro 7M 7M C#m7 F#7/5+ F#7 Bm7 Quero estar com você, / Lembrar de cada momento bom; C#m7 m7 C#m7 #m7 Em7 7/9 Reviver a nossa história, nosso amor. 7M #m7/5-

Leia mais

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE

JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE A Novena de Natal deste ano está unida à Campanha da Fraternidade de 2013. O tema Fraternidade e Juventude e o lema Eis-me aqui, envia-me, nos leva para o caminho da JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE Faça a

Leia mais

XIIIº PLANO DIOCESANO DE PASTORAL Diocese de Inhambane 2012 2015 TEMA: JUNTOS CRESCENDO FIRMES NA FÉ

XIIIº PLANO DIOCESANO DE PASTORAL Diocese de Inhambane 2012 2015 TEMA: JUNTOS CRESCENDO FIRMES NA FÉ XIIIº PLANO DIOCESANO DE PASTORAL Diocese de Inhambane 2012 2015 TEMA: JUNTOS CRESCENDO FIRMES NA FÉ INTRODUÇÃO GERAL A Assembleia Diocesana de Pastoral, realizada no Centro do Guiúa de 6 a 8 de Dezembro

Leia mais

MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE

MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE MISSA DE ABERTURA DA CATEQUESE XXV domingo do tempo comum 23/09/2012 Igreja de Cedofeita ENTRADA Eu vi meu Deus e Senhor, aleluia, aleluia. Cantai ao amor, cantai, aleluia, aleluia. ADMONIÇÃO DE ENTRADA

Leia mais

Funchal. 2 de Fevereiro de 2014

Funchal. 2 de Fevereiro de 2014 Funchal 2 de Fevereiro de 2014 Ex.mo e Rev.mo Senhor Bispo da Diocese do Funchal D. António José Cavaco Carrilho, Senhores Bispos Eméritos, Ex.mo Senhor Representante da República na Região Autónoma da

Leia mais

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade.

A Palavra de Deus. - É na Palavra de Deus que o homem encontra o conhecimento a respeito da Vida, de onde viemos e onde vamos viver a eternidade. A Palavra de Deus 2 Timóteo 3:16-17 Pois toda a Escritura Sagrada é inspirada por Deus e é útil para ensinar a verdade, condenar o erro, corrigir as faltas e ensinar a maneira certa de viver. 17 E isso

Leia mais

LECTIO DIVINA 26 de julho de 2015 Domingo XVII do Tempo Comum Ano B. O mais bonito que o pão tem é poder ser partido e repartido. D.

LECTIO DIVINA 26 de julho de 2015 Domingo XVII do Tempo Comum Ano B. O mais bonito que o pão tem é poder ser partido e repartido. D. Perguntas para a reflexão pessoal Perante as necessidades com que me deparo, predisponho-me a dar da minha pobreza, a pôr generosamente à disposição o que sou e o que tenho? Acredito no potencial dos outros,

Leia mais

Oração na Vida Diária

Oração na Vida Diária Oração na Vida Diária ocê é convidado a iniciar uma experiência de oração. Às vezes pensamos que o dia-a-dia com seus ruídos, suas preocupações e sua correria não é lugar apropriado para levantar nosso

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

Evangelhos. www.paroquiadecascais.org

Evangelhos. www.paroquiadecascais.org Evangelhos 1. Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus (Mt 5, 1-12a) ao ver a multidão, Jesus subiu ao monte e sentou-se. Rodearam-n O os discípulos e Ele começou a ensiná-los, dizendo:

Leia mais

Setembro Mês da Bíblia

Setembro Mês da Bíblia Setembro Mês da Bíblia Discípulos missionários a partir do Evangelho de João Permanecei no Meu amor, para produzir muitos frutos (Cf. Jo 15, 9-16) Retiro Espiritual Arquidiocesano AO Pe. Vânio da Silva.

Leia mais

UMA LISTA DOS NUNCA MAIS CONFESSAREI

UMA LISTA DOS NUNCA MAIS CONFESSAREI UMA LISTA DOS NUNCA MAIS CONFESSAREI Não há nada mais poderoso que uma decisão, pois esta te colocará em um mundo novo. (Lucas Márquez) VINTE CONFISSÕES NEGATIVAS QUE VOCÊ DEVE CANCELAR EM SUA VIDA 1)

Leia mais

A Pedagogia do cuidado

A Pedagogia do cuidado Roteiro de Oração na Vida Diária nº 23 A Pedagogia do cuidado Tempo forte na Igreja, inicia-se hoje nossa caminhada de preparação para a Páscoa, no rico tempo da quaresma. Como nos ciclos da natureza,

Leia mais