CUORE DI CACAO : PLANEJAMENTO DE CAMPANHA PUBLICITÁRIA NO MERCADO DE CHOCOLATES PREMIUM. 1,2

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CUORE DI CACAO : PLANEJAMENTO DE CAMPANHA PUBLICITÁRIA NO MERCADO DE CHOCOLATES PREMIUM. 1,2"

Transcrição

1 CUORE DI CACAO : PLANEJAMENTO DE CAMPANHA PUBLICITÁRIA NO MERCADO DE CHOCOLATES PREMIUM. 1,2 Ana Rita GOMES 3 Bianca Schneider GUGELMIN 4 Caroline Klüppel STROBEL 5 Karin Camargo de MESQUITA 6 Universidade Positivo, Curitiba, PR. RESUMO A crescente expansão e diversificação do mercado de luxo em novos segmentos vêm sendo muito estudada nos últimos anos. Entre eles, os produtos premium se destacam pelo consumo de itens tradicionais na forma de pequenas indulgências. O chocolate de luxo pertence a essa categoria em sua versão moderna, com ingredientes inéditos que o fazem uma iguaria cada vez mais sofisticada. Em Curitiba, a chocolateria Cuore di Cacao é uma das pioneiras na produção artesanal de chocolates de luxo, utilizando-se de matéria-prima belga e francesa, além de cacau selecionado em diversas regiões do mundo. Para divulgar os pontos fortes de um produto tão expressivo, alguns desafios nortearam o presente estudo para investigar a Cuore di Cacao e identificar pontos a favor de uma comunicação ampla, eficiente e direcionada a novos clientes e consumidores. PALAVRAS-CHAVE: chocolate; chocolate premium; Curitiba; mercado de luxo; produtos premium. 1 Trabalho submetido ao XVII Prêmio Expocom 2010, na Categoria Publicidade e Propaganda, modalidade Pesquisa Mercadológica (Avulso). 2 Autora do trabalho e graduanda do 4 o ano do Curso de Comunicação Social, hab. em Publicidade e Propaganda, que participou do estudo, mas não foi inscrita no Expocom 2010: KALTWOSKI, Amanda Freitas. 3 Graduanda do 4 o ano do Curso de Comunicação Social, hab. em Publicidade e Propaganda, aninha 4 Aluna líder e graduanda do Curso de Comunicação Social, hab. em Publicidade e Propaganda, 5 Graduanda do 4 o 6 Graduanda do 4 o ano do Curso de Comunicação Social, hab. em Publicidade e Propaganda, ano do Curso de Comunicação Social, hab. em Publicidade e Propaganda, 1

2 1 INTRODUÇÃO Intercom Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação O estudo em questão se trata de um projeto experimental pra o curso de Publicidade e Propaganda, que engloba todo o planejamento de uma campanha publicitária para um cliente real do mercado. É um Trabalho de Conclusão de Curso que foi apresentado ao final de Em meio às inúmeras seções e etapas que compõe esse estudo, a Pesquisa Mercadológica adquire grande importância na abrangência, compreensão e validação de informações apreendidas sobre o universo de estudo, auxiliando na elaboração de uma campanha precisa, eficiente e justificada com embasamento real. Além disso, a Pesquisa Mercadológica foi elaborada e aplicada em meio aos levantamentos próprios do trabalho, o que confere ao conteúdo informação inédita e altamente relevante com o objeto em questão. Os principais pontos deste estudo são o levantamento teórico secundário sobre o cliente, incluindo informações de fontes referenciadas e uma pesquisa geral sobre diversos temas que se fazem presente no universo avaliado. Em seguida, destacam-se as informações mais importantes desse apanhado geral, os pontos críticos e interessantes do cliente e são mapeadas oportunidades de atuação e pesquisa que podem ser consideradas nas etapas seguintes. Aplicadas as pesquisas próprias para recolher dados mais precisos, analisam-se essas informações e os resultados são aplicados na estratégia pensada para a campanha de comunicação do cliente. Essa estratégia é fragmentada em táticas detalhadas, como os meios e veículos de comunicação que devem ser considerados, para em conjunto, caminho para a criação de uma linha visual e de texto da campanha de comunicação. Na criação, dados e informações levantados na Pesquisa Mercadológica são consultados para a elaboração de peças de impacto e atrativas, mas, acima de tudo, pertinentes ao público com o qual se pretende comunicar. Na área de Publicidade e Propaganda, o presente estudo ganha relevância ao abordar um segmento específico de mercado, um nicho que chama cada vez mais atenção pelas particularidades do seu consumo: o mercado de luxo e de produtos premium. São poucos os estudos acadêmicos que abordam com tamanha especificidade a realidade desse mercado, ainda mais na cidade de Curitiba; as referências brasileiras consultadas citam, em sua maioria, as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Nesse caso, a delimitação do objeto e estudo para a cidade de Curitiba se fez importante na compreensão exata do mercado em que o cliente, a chocolateria Cuore di Cacao, está inserido e de que maneira se comportam seus agentes e variantes. Dessa forma, além de investigar a realidade do cliente e as oportunidades de comunicação que podem ser mais bem exploradas, esse estudo 2

3 também contribui para o entendimento do mercado de luxo em Curitiba e de seus segmentos premium na visão de lojistas, empresários e, principalmente, consumidores. 2 OBJETIVO Diante da dificuldade da chocolateria Cuore di Cacao em manter no seu mailing clientes de outras regiões de Curitiba que não dos bairros Bigorrilho e Batel, onde está instalada, o objetivo de marketing sugerido para o planejamento de campanha sugerido nesse estudo é de conquistar 30% novos clientes em relação à base atual da chocolateria (400 clientes cadastrados e atualizados), o que significa falar em um número aproximado de 120 novos clientes, sendo que metade deles deve obrigatoriamente vir de outra região que não os bairros mencionados, em Curitiba, no período de um ano. A pesquisa se propõe a sugerir ferramentas que auxiliem no incremento de participação da Cuore di Cacao no mercado de chocolates premium em Curitiba, tanto na região de atuação já consolidada quanto em outras áreas geográficas potenciais da cidade. Sugere-se aumentar a área de atuação da marca na cidade de Curitiba, bem como fazer com que ela se torne conhecida, acessível e adotada pelos consumidores potenciais de outras regiões ainda não atingidas pela comunicação atual da marca. Pretende-se criar um relacionamento da Cuore di Cacao com este target, a fim de fidelizá-los como clientes. Podemos ainda apontar como objetivo secundário de pesquisa o crescimento da atuação da marca dentro da região onde se encontra, nos bairros Batel e Bigorrilho, com a finalidade de alcançar prospects que ainda não se relacionam com a loja. A comunicação sugerida como resposta às pesquisas realizadas tem por objetivo principal reforçar os atributos do produto que os diferenciam da concorrência e fazer com que o consumidor perceba as suas reais características o produto da Cuore di Cacao é raro e precisa ser percebido como tal. 3 JUSTIFICATIVA Os objetivos pontuados acima podem ser resumidos, a grosso modo, como uma proposta de crescimento na atuação geográfica da marca para conquistar novos clientes, fidelizando-os posteriormente, para fomentar as vendas de médio a longo prazo. Considerando que mais da metade dos concorrentes diretos da Cuore di Cacao possuem mais do que um ponto-de-venda na cidade, assim alcançando consumidores de diferentes regiões de Curitiba, percebe-se a importância de uma comunicação eficaz para 3

4 alcançar esses mesmos consumidores mais distantes sem a força de outro ponto físico de vendas e atuação local. Mas, faz-se necessário dar continuidade aos esforços de comunicação próximos à loja, no eixo Batel-Bigorrilho, para manter o contato da chocolateria com clientes atuais e potencializar esse contato com novos clientes na região. Em pesquisa quantitativa realizada com não-consumidores da Cuore di Cacao, 84% dos entrevistados revelaram freqüentar a região da loja na maioria das vezes por motivos de lazer, demonstrando proximidade com a área, mesmo sem ainda conhecer a chocolateria. Por fim, as características especiais dos chocolates da Cuore di Cação" reforçam a necessidade de uma comunicação integrada e eficaz em destacar os diferenciais de um produto refinado e claramente diferente daquele oferecido pela concorrência. O produto da chocolateria é raro e precisa ser percebido como tal. Desta forma, será possível justificar o preço pouco mais elevado, bem como explicar o deslocamento do consumidor até o único ponto de venda para adquirir o produto. 4 MÉTODOS E TÉCNICAS UTILIZADOS Para desenvolver um plano de comunicação adequado aos problemas e objetivos levantados para a Cuore di Cacao, foi necessário elaborar um esquema de pesquisa completo, com técnicas e métodos diferentes que compreendesse os hábitos, as características e a percepção da chocolateria e seus concorrentes a partir da visão dos seus consumidores atuais e em potencial. As técnicas de pesquisa foram aplicadas em diversas etapas. Durante um estudo minucioso da chocolateria e seus principais concorrentes, uma observação de cliente oculto foi elaborada para reunir informações detalhadas sobre cada estabelecimento e, posteriormente, analisar e comparar cada um deles em relação à Cuore di Cacao. Nesse panorama geral, foi possível mapear os concorrentes diretos, indiretos e substitutos que foram considerados para as estratégias de comunicação da campanha, principalmente na definição do target principal e na análise de comunicação de cada concorrente, de forma que a nova campanha proposta para a Cuore di Cacao se destacasse em relação às demais linhas criativas. Feitas as primeiras pesquisas de observação, foram aplicadas técnicas mais específicas a fim de identificar os atuais consumidores da Cuore di Cacao e mapear o seu perfil; em um segundo momento, o perfil e características dos consumidores em potencial 4

5 foram estudados para traçar uma rota mais assertiva nas estratégias determinadas aos objetivos propostos. Pesquisa com consumidores da chocolateria Cuore di Cacao Objetivo: Verificou-se a percepção dos consumidores da Cuore di Cacao em relação a seus principais atributos, que foram comparados com os atributos que a marca pretende passar a seu público. Nessa análise, percebeu-se a dissonância cognitiva entre ambas as visões. Além disso, procurou-se entender melhor os consumidores da Cuore di Cacao e sua postura em relação ao consumo de chocolate e à loja. Ao final, estes resultados, combinados com os das demais pesquisas, foram importantes para buscar um perfil em comum de novos consumidores visando o objetivo proposto no projeto. Métodos: pesquisa qualitativa com técnica de dissonância cognitiva; pesquisa quantitativa com aplicação de questionário com todo o mailing cadastrado da chocolateria. Pesquisa com não-consumidores da chocolateria Cuore di Cacao Objetivo: O principal levantamento nessa etapa de pesquisas foi identificar os motivos pelos quais os não-consumidores da chocolateria, que possuem perfil demográfico, social e de hábitos de consumo muito parecido com o dos consumidores avaliados, mas habitando especialmente de outras regiões, não consomem e/ou não conhecem a Cuore di Cacao. Além disso, analisou-se também a postura geral na compra de chocolates por parte dos nãoconsumidores (como as marcas preferidas, percepção da concorrência, hábitos de consumo, etc.) com o objetivo de trazer eventuais oportunidades de contato e abordagem com este público. Métodos: pesquisa qualitativa com aplicação de grupo de foco; pesquisa quantitativa com aplicação de questionário para uma amostra de 278 elementos de uma população infinita. 5

6 5 DESCRIÇÃO DO PRODUTO OU PROCESSO A loja própria da Cuore di Cacao nasceu em 2004, a partir do trabalho das irmã Bibiana e Carolina Schneider, que alguns anos antes já produziam e vendiam chocolates artesanais para amigos e familiares. A loja foi inaugurada na Rua Fernando Simas, onde se encontra até hoje, e a linha de produtos foi ampliada sob a marca Cuore di Cacao. A proposta era criar um espaço para explorar a complexidade do mundo do chocolate, conciliando a tradição no preparo dos chocolates com ingredientes frescos de alta qualidade através da produção artesanal de bombons, trufas, palets e barras. Buscou-se um espaço moderno e elegante, que trouxesse uma inovação sutil ao modo de vida tradicional dos curitibanos. Desde seu surgimento, um dos grandes desafios era criar uma linha com personalidade e variedade (ao leite, amargos, pralinés, frutas, alcoólicos, etc.) que satisfizesse os clientes. Além disso, buscavam-se as diversas formas de explorar o chocolate e torná-lo ainda mais atraente em suas combinações. A Cuore di Cacao trabalha com duas principais linhas de produtos: Linha Conexões e Linha Sensation. A Conexões é desenvolvida com chocolate belga e seu nome foi escolhido para rememorar inspirações provenientes da infância, viagens e diferentes culturas absorvidas pelas suas criadoras. A linha é composta por palets, trufas, rochers e chocolates puros em quadradinhos, barras pequenas e grandes. Já a Linha Sensation é produzida a partir do chocolate Valrhona, uma fábrica que só trabalha com cacau fino e de origem controlada. A empresa é reconhecida mundialmente como a fornecedora dos melhores chocolatiers do mundo. Pela sua inspiração francesa, a Sensation privilegia os chocolates amargos e as combinações sutis. É uma linha ainda mais refinada que a Conexões, indicada para quem gosta de degustar chocolates assim como se degusta vinhos. Esta linha é formada por ganaches, barras Puro de Origem e Fine Blends. Além disso, a chocolateria desenvolve linhas e produtos especiais para datas comemorativas de grande representatividade, como Páscoa, Natal e Dia dos Namorados. A loja encontra-se na Rua Fernando Simas, 334, no bairro Bigorilho e pertencente ao complexo Batel Soho, referência de consumo, entretenimento e lazer. Por ser uma rua muito movimentada e relativamente escura, a loja é pouco percebida pelas pessoas, informações que reforçam a necessidade de uma boa comunicação da loja para que seja lembrada e vista. Além da loja física, em março de 2009 a Cuore di Cacao lançou sua Loja Virtual, disponível no site da chocolateria - O projeto foi responsável 6

7 por grande parte das vendas da Páscoa de 2009, distribuindo produtos para grandes estados do Brasil, como São Paulo, Bahia, Brasília, entre outros, tanto para capitais como para cidades do interior. Para os habitantes de Curitiba, a Loja Virtual está também disponível, possibilitando receber pedidos em casa. Os processos de venda da loja são gerenciados por um sistema próprio, que registra as compras ao final de cada dia, sem vincular cada compra a seu cliente. Porém, o processo de cadastramento de clientes no mailing da loja é bastante falho. Há alguns clientes que possuem apenas cadastro de endereço, sem , por exemplo, e dentre eles, muitos são considerados clientes VIPs. Além disso, muitos clientes cadastrados no mailing atual visitaram a loja apenas uma vez e nunca mais voltaram e vários outros clientes, que freqüentam a loja com certa assiduidade, não possuem cadastro. Ou seja, não há um controle correto e regular dos cadastros e isso prejudica o envio da comunicação e o contato da marca com sua base, uma vez que grande parte dessas comunicações é direta. No balcão da loja há um cadastro disponível para quem tem interesse em se cadastrar e receber informações da loja. Mas por depender da ação do próprio cliente, o retorno é muito baixo. Por ser um produto premium, ainda em desenvolvimento e pertencer a um mercado restrito na cidade de Curitiba, o mapeamento dos concorrentes da Cuore di Cacao foram classificados pelos seguintes critérios: Concorrentes Diretos: Chocolaterias de Curitiba que se posicionam como chocolaterias de luxo, voltadas para consumidores da classe A+, A e B+: Maison Du Chocolat, ICAB, Kopenhagen e Viviane Malucelli. Concorrentes Indiretos: Chocolaterias e chocolates de Curitiba com preço aproximado ou menor ao da Cuore di Cacao, porém, com posicionamento pouco mais popular, voltado para as classe B e classe C: Rose Petenuci, Grué Chocolateria, Cacau Show, Casa de Chocolates Shimmelpfeng, chocolates importados e chocolates de varejo. Concorrentes Substitutos: Produtos e/ou serviços oferecidos na mesma região geográfica da Cuore di Cacao e que possam atrair os consumidores da chocolateria por atenderem às suas necessidades e procuras, nas categorias presentes e ambiente e degustação de produtos alimentícios. 7

8 6 CONSIDERAÇÕES Ao analisar os resultados das pesquisas realizadas com consumidores e nãoconsumidores da Cuore di Cacao, verificamos alguns dos pontos críticos que deveriam ser atendidos na campanha de comunicação proposta, tais como: tanto a marca quanto o produto da Cuore di Cacao ainda são pouco conhecidos, por maior que tenham sido os esforços já empreendidos neste sentido pela comunicação atual e, do sucesso que a comunicação alcançou com novos clientes, muitos ainda afirmam que a marca é distante e não reflete os pontos fortes do produto, como o seu sabor e qualidade. A partir destas informações, concluímos que a comunicação da Cuore di Cacao seria mais eficaz ao destacar o produto se este é o seu carro-chefe e as suas inúmeras qualidades são quase que auto-suficientes na conquista de novos clientes. Ele precisa estar em evidência. Porém, os resultados das pesquisas também apontaram uma percepção negativa em relação à comunicação e as cores da marca, que foram classificadas pelos entrevistados como fria e impessoal. Por isso, optamos por trabalhar o produto em destaque mas envolto em um tom institucional e emotivo, com o objetivo de aproximar a comunicação do target de uma forma mais sutil, mais humana e descontraída. Se a maior necessidade apontada é comunicar o quanto o chocolate da Cuore di Cacao é especial e agregar valor a um produto que não vem sendo percebido à altura pelo consumidor, percebeu-se a necessidade de trabalhar justamente a origem da matéria-prima selecionada e o cuidado no preparo para convencer de sua raridade. Por outro lado, foi preciso pensar em elementos que humanizassem a comunicação e a tornasse mais próxima e pertinente ao target que se pretende atingir. A idéia de trabalhar com uma abordagem lúdica, onírica e descontraída, com um leve toque de humor, se mostrou eficiente em pincelar o produto com elementos do cotidiano, de experiências e sensações que possam ter ou já tenham feito parte da vida daquele que se deleita com um chocolate da Cuore di Cacao. As pesquisas realizadas nesse estudo permitiram uma percepção completa e precisa da relação entre consumidores e não-consumidores com a marca. Desta forma, foi possível traçar com segurança as linhas da campanha de comunicação a fim de atingir o objetivos apresentados. 8

9 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: ABICAB. Data de acesso: 18/05/2009. Disponível em: FAAP. Gestão de Luxo. FAAP. Data de acesso: 18/05/2009. Disponível em: HENSCHEN, Holly. Premium chocolate holds steady in though economy. The Wall Street Journal. 07/01/2009. Data de acesso: 17/03/2009. Disponível em: Interfood. Data de acesso: 30/05/2009. Disponível em: LIMA, Milena. Chocolate e Saúde. CyberDiet. Data de acesso: 27/04/2009. Disponível em: Pedraza, Milton. Luxury Institute s Wealth and Luxury Trends 2009 and Beyond. Marketwire.28/10/2008. Data de acesso: 21/03/2009. Arquivo em PDF. Revista Fator. Data de acesso: 27/04/2009. Disponível em: Realese pesquisa Perfil do consumidor de luxo no Brasil - Ipsos e Luxury Marketing Council São Paulo 2009 Sosni. O delicioso chocolate suíço Lindt traz novidades para a Páscoa. Data de acesso: 28/05/2009. Disponível em: The Gourmet Retailer: Acessado em 27de abril de

Você é o Chocolate que Consome Análise do Perfil Comportamental dos Consumidores de Chocolate Gourmet em Curitiba 1

Você é o Chocolate que Consome Análise do Perfil Comportamental dos Consumidores de Chocolate Gourmet em Curitiba 1 Você é o Chocolate que Consome Análise do Perfil Comportamental dos Consumidores de Chocolate Gourmet em Curitiba 1 Tábata Cristina Schettert FERRI 2 Amanda Alberge BECKER 3 Fernanda ALBERGE 4 Ianna STECHMAN

Leia mais

Cartão de Visitas Serraria Werner 1. Camila Aparecida SCHMITT 2 Vinicius Rudolfo Koffke 3 Carlos Alberto Silva 4 Roberta Del-Vechio 5

Cartão de Visitas Serraria Werner 1. Camila Aparecida SCHMITT 2 Vinicius Rudolfo Koffke 3 Carlos Alberto Silva 4 Roberta Del-Vechio 5 Cartão de Visitas Serraria Werner 1 Camila Aparecida SCHMITT 2 Vinicius Rudolfo Koffke 3 Carlos Alberto Silva 4 Roberta Del-Vechio 5 FURB Universidade Regional de Blumenau, Blumenau, SC RESUMO O presente

Leia mais

Trabalho submetido ao XVIII Prêmio Expocom 2011, na Categoria Cartaz Avulso, modalidade cartaz avulso.

Trabalho submetido ao XVIII Prêmio Expocom 2011, na Categoria Cartaz Avulso, modalidade cartaz avulso. RESUMO Email Marketing: Pós-Graduação em Arquitetura Contemporânea 1 Silvia Fernanda Santos de SENA 2 Thiago Jerohan Albuquerque da Cruz 3 Fernando Israel FONTANELLA 4 Universidade Católica de Pernambuco,

Leia mais

Outdoor: Cantinho do Chocolate 1

Outdoor: Cantinho do Chocolate 1 Outdoor: Cantinho do Chocolate 1 Krislaine KUCHENBECKER 2 Nathália V. da SILVA 3 Gabriela Alexander ZABOENCO 4 Venilton REINERT 5 Cynthia Morgana Boos de QUADROS 6 Universidade Regional de Blumenau, FURB,

Leia mais

Não adianta falar inglês sem fazer sentido. 1

Não adianta falar inglês sem fazer sentido. 1 Não adianta falar inglês sem fazer sentido. 1 BOGUSZEWSKI, Luiza. 2 SCHETTERT, Gabriela Antunes. 3 MENEZES, Sérgio. 4 Universidade Positivo, Curitiba, PR. 2013 RESUMO Com a disseminação da cultura norte-americana

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING PROJETO INTEGRADOR PROJETO INTEGRADOR 1. INTRODUÇÃO Conforme as diretrizes do Projeto Pedagógico dos Cursos Superiores de Tecnologia da Faculdade Unida de Suzano

Leia mais

Marketing. Aula 06. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Marketing. Aula 06. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Marketing Aula 06 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia e

Leia mais

Magic Games Um Mundo de Possibilidades 1

Magic Games Um Mundo de Possibilidades 1 Magic Games Um Mundo de Possibilidades 1 Cibelle Israel De Souza MACÊDO 2 Eryckson De Lima SANTANA 3 Fernando Antonio Teixeira LIBERATO 4 Gilberto De Barros Lins NETO 5 Marcella Rosseline Travassos Amorim

Leia mais

TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO

TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO TÍTULO: COMERCIO ELETRÔNICO (E-COMMERCE) CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES): EBERSON EVANDRO DA SILVA GUNDIN, PAULO

Leia mais

&DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR

&DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR &DPSDQKDV 3ODQHMDPHQWR Toda comunicação publicitária visa atender a alguma necessidade de marketing da empresa. Para isso, as empresas traçam estratégias de comunicação publicitária, normalmente traduzidas

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA DAS QUESTÕES DISCURSIVAS PROFISSIONAL BÁSICO COMUNICAÇÃO SOCIAL

PADRÃO DE RESPOSTA DAS QUESTÕES DISCURSIVAS PROFISSIONAL BÁSICO COMUNICAÇÃO SOCIAL Questão n o 1 a) O candidato deverá apresentar seis dentre as seguintes vantagens: Domínio de tecnologia capaz de produzir bens preferidos por certas classes de compradores Aumento dos índices de qualidade

Leia mais

Princípios e Conceitos de Marketing. Prof. Felipe A. Pires

Princípios e Conceitos de Marketing. Prof. Felipe A. Pires Princípios e Conceitos de Marketing Prof. Felipe A. Pires O que é Marketing? É a execução de um conjunto de atividades comerciais, tendo como objetivo final a troca de produtos ou serviços entre produtores

Leia mais

Estratégias de Comunicação

Estratégias de Comunicação Prof. Edmundo W. Lobassi A propaganda é parte do marketing e uma das ferramentas da comunicação. Uma boa estratégia de marketing não garante que a campanha de propaganda será boa, mas é condição essencial

Leia mais

UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO

UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO SAIR DO LUGAR-COMUM PÃO DE AÇÚCAR UM SUPERMERCADO E UM DESAFIO Só em São Paulo, a associação que reúne os supermercados tem mais de 50 empresas cadastradas. As lojas se espalham com um volume impressionante.

Leia mais

CLIENTE A Autoescola Paula está localizada na Avenida Paraná, nº 1641, no bairro Bacacheri, que compõe a região do Boa Vista. É um CFC de pequeno porte, que conta com 15 funcionários e 10 veículos. Oferecem

Leia mais

ESTUDO DA IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA O COMÉRCIO VAREJISTA LUCIMEIRI CEZAR ANDRÉ

ESTUDO DA IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA O COMÉRCIO VAREJISTA LUCIMEIRI CEZAR ANDRÉ ESTUDO DA IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA O COMÉRCIO VAREJISTA LUCIMEIRI CEZAR ANDRÉ Acadêmica de Administração Geral na Faculdade Metropolitana de Maringá /PR - 2005 RESUMO: A atividade comercial

Leia mais

livrarias. No Brasil, o mercado livreiro é um dos melhores do mundo.

livrarias. No Brasil, o mercado livreiro é um dos melhores do mundo. Universidade Castelo Branco O PROCESSO DE EVOLUÇÃO DO E-COMMERCE DA SARAIVA RUAN CAÍQUE DE JESUS SIMAS Orientação: Prof.ª Carla Mota. Rio de Janeiro, jun. 2014 Introdução O comercio varejista brasileiro

Leia mais

O que é Estudio Cosmica?

O que é Estudio Cosmica? Apresentacao O que é Estudio Cosmica? Criação e Concepção de Ideias e Projetos. Estudio Cosmica é um Estúdio de Criação e desenvolvimento de Ideias, Sempre Atento e antenado ao Mercado e novidades, buscando

Leia mais

Outdoor de Lançamento do CD da Dupla Johny e Junior 1

Outdoor de Lançamento do CD da Dupla Johny e Junior 1 Outdoor de Lançamento do CD da Dupla Johny e Junior 1 Danizieli de OLIVEIRA 2 Diego de OLIVEIRA 3 Renata Cristina FORNAZIERO 4 Thaís Roberta CASAGRANDE 5 Wolnei MENEGASSI 6 Paulo César D ELBOUX 7 Faculdade

Leia mais

ELABORAÇÃO DE PROJETOS

ELABORAÇÃO DE PROJETOS Unidade II ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA Profa. Eliane Gomes Rocha Pesquisa em Serviço Social As metodologias qualitativas de pesquisa são utilizadas nas Ciências Sociais e também no Serviço Social,

Leia mais

E - Simulado 02 Questões de Tecnologia em Marketing

E - Simulado 02 Questões de Tecnologia em Marketing E - Simulado 02 Questões de Tecnologia em Marketing Questão 01: (ENADE 2009): Um fabricante de sapatos pode usar a mesma marca em duas ou mais linhas de produtos com o objetivo de reduzir os custos de

Leia mais

Estratégias em Propaganda e Comunicação

Estratégias em Propaganda e Comunicação Ferramentas Gráficas I Estratégias em Propaganda e Comunicação Tenho meu Briefing. E agora? Planejamento de Campanha Publicitária O QUE VOCÊ DEVE SABER NO INÍCIO O profissional responsável pelo planejamento

Leia mais

Rua José de Alencar, 377/06 Menino Deus 90880.481 Porto Alegre RS Brasil fone/fax [51] 3012.1365

Rua José de Alencar, 377/06 Menino Deus 90880.481 Porto Alegre RS Brasil fone/fax [51] 3012.1365 Rua José de Alencar, 377/06 Menino Deus 90880.481 Porto Alegre RS Brasil fone/fax [51] 3012.1365 guilherme@2dayconsultoria.com patricia@2dayconsultoria.com www.2dayconsultoria.com A p r e s e n t a ç ã

Leia mais

No mundo atual, globalizado e competitivo, as organizações têm buscado cada vez mais, meios de se destacar no mercado. Uma estratégia para o

No mundo atual, globalizado e competitivo, as organizações têm buscado cada vez mais, meios de se destacar no mercado. Uma estratégia para o DATABASE MARKETING No mundo atual, globalizado e competitivo, as organizações têm buscado cada vez mais, meios de se destacar no mercado. Uma estratégia para o empresário obter sucesso em seu negócio é

Leia mais

AS DECISÕES REFERENTES AOS CANAIS DE MARKETING ESTÃO ENTRE AS MAIS CRÍTICAS COM QUE AS GERÊNCIAS PRECISAM LIDAR

AS DECISÕES REFERENTES AOS CANAIS DE MARKETING ESTÃO ENTRE AS MAIS CRÍTICAS COM QUE AS GERÊNCIAS PRECISAM LIDAR KOTLER, 2006 AS DECISÕES REFERENTES AOS CANAIS DE MARKETING ESTÃO ENTRE AS MAIS CRÍTICAS COM QUE AS GERÊNCIAS PRECISAM LIDAR. OS CANAIS AFETAM TODAS AS OUTRAS DECISÕES DE MARKETING Desenhando a estratégia

Leia mais

Pesquisa Mercadológica para Lançamento do serviço e-commerce da Drogaria Araújo 1

Pesquisa Mercadológica para Lançamento do serviço e-commerce da Drogaria Araújo 1 Pesquisa Mercadológica para Lançamento do serviço e-commerce da Drogaria Araújo 1 Felipe Schepers Santos MELO 2 Bruno Cassimiro SILVA 3 Eduardo José Braga FILHO 4 Felipe Nolasco REGO 5 Geanderson Roriz

Leia mais

Roteiro orientador para desenvolvimento da apresentação presencial dos cases

Roteiro orientador para desenvolvimento da apresentação presencial dos cases Roteiro orientador para desenvolvimento da apresentação presencial dos cases C A T E G O R I A S D E S E T O R D E M E R C A D O E C A T E G O R I A S E S P E C I A I S ROTEIRO ORIENTADOR PARA DESENVOLVIMENTO

Leia mais

WILSON FERREIRA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO E MARKETING DIAGNÓSTICO DE MARKETING: EMPRESA PIPOTECA

WILSON FERREIRA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO E MARKETING DIAGNÓSTICO DE MARKETING: EMPRESA PIPOTECA WILSON FERREIRA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO E MARKETING DIAGNÓSTICO DE MARKETING: EMPRESA PIPOTECA CURITIBA 2012 DIAGNÓSTICO PIPOTECA Trabalho elaborado por Wilson Ferreira e apresentado para avaliação e

Leia mais

Briefing e a Importância da Propaganda na sociedade.

Briefing e a Importância da Propaganda na sociedade. Briefing e a Importância da Propaganda na sociedade. Conceitos e Categorias da Publicidade e da Propaganda. Taynah Ibanez Barbosa 1 Semestre de Publicidade e Propaganda Notuno. Propaganda. Propaganda é

Leia mais

Refrigerante Globinho 1

Refrigerante Globinho 1 Refrigerante Globinho 1 Ezequias do NASCIMENTO 2 Carlos de SOUZA, Inara CARVALHO, Pedro DIAS, Rodrigo ALVES. 3 Carolina VENTURINI 4 Universidade Federal do Pará, Belém, PA RESUMO Com o objetivo de recolocar

Leia mais

Faculdade de Tecnologia Senac Goiás. Alunos: Erik de Oliveira Douglas Ferreira, Raphael Beghelli, João Victor Alves. Professor : Diogo Ananias

Faculdade de Tecnologia Senac Goiás. Alunos: Erik de Oliveira Douglas Ferreira, Raphael Beghelli, João Victor Alves. Professor : Diogo Ananias Faculdade de Tecnologia Senac Goiás. Alunos: Erik de Oliveira Douglas Ferreira, Raphael Beghelli, João Victor Alves. Professor : Diogo Ananias CONSULTORIA COMÉRCIO ELETRÔNICO CONSULTORIA PARA IMPLANTAÇÃO

Leia mais

Cartaz Prazer 1. Tárfiny Cristina Dias GOMES 2 Joelma VALVERDE 3 Flávia WERNECK 4 Universidade Estácio de Sá Unesa, Rio de Janeiro, RJ.

Cartaz Prazer 1. Tárfiny Cristina Dias GOMES 2 Joelma VALVERDE 3 Flávia WERNECK 4 Universidade Estácio de Sá Unesa, Rio de Janeiro, RJ. Cartaz Prazer 1 Tárfiny Cristina Dias GOMES 2 Joelma VALVERDE 3 Flávia WERNECK 4 Universidade Estácio de Sá Unesa, Rio de Janeiro, RJ. RESUMO Prazer é sentir uma sensação de bem estar. A ideia do cartaz

Leia mais

5 Conclusão e Recomendações para Estudos Futuros

5 Conclusão e Recomendações para Estudos Futuros 5 Conclusão e Recomendações para Estudos Futuros Esta dissertação teve como objetivo contribuir para o estudo do lazer, com ênfase nas principais restrições que impedem crianças a realizarem suas atividades

Leia mais

Uma nova visão do marketing pessoal: o marketing pessoal estratégico.

Uma nova visão do marketing pessoal: o marketing pessoal estratégico. Uma nova visão do marketing pessoal: o marketing pessoal estratégico. Posiciono o marketing pessoal num espaço de tempo e que eu denomino de as três eras do mesmo. A 1ª era, num tempo não muito distante,

Leia mais

Portfólio de Criação Espaço Experiência 1. Gabriel Godinho CARRARO 2 Julia Meinhardt TELLES 3 Jarissa Maguatini Pinto COGOY 4 Vinícius MANO 5

Portfólio de Criação Espaço Experiência 1. Gabriel Godinho CARRARO 2 Julia Meinhardt TELLES 3 Jarissa Maguatini Pinto COGOY 4 Vinícius MANO 5 Portfólio de Criação Espaço Experiência 1 Gabriel Godinho CARRARO 2 Julia Meinhardt TELLES 3 Jarissa Maguatini Pinto COGOY 4 Vinícius MANO 5 Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto

Leia mais

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1.1 APRESENTAÇÃO O Plano de Comunicação e Participação Social subsidiará a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana, criando as bases para

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS - FAN CEUNSP SALTO /SP CURSO DE TECNOLOGIA EM MARKETING TRABALHO INTERDISCIPLINAR

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS - FAN CEUNSP SALTO /SP CURSO DE TECNOLOGIA EM MARKETING TRABALHO INTERDISCIPLINAR APRESENTAÇÃO DO TI O Trabalho Interdisciplinar é um projeto desenvolvido ao longo dos dois primeiros bimestres do curso. Os alunos tem a oportunidade de visualizar a unidade da estrutura curricular do

Leia mais

Análise de Mercado. Análise da Indústria/Setor. Descrição do Segmento de Mercado. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado. josedornelas.com.

Análise de Mercado. Análise da Indústria/Setor. Descrição do Segmento de Mercado. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado. josedornelas.com. Artigos de PN Como fazer Análise de Mercado Análise de Mercado A análise de mercado é um dos componentes do plano de negócios que está relacionado ao marketing da organização. Ela apresenta o entendimento

Leia mais

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO.

SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Workshop para empreendedores e empresários do Paranoá DF. SUPERE A CRISE E FORTALEÇA SEU NEGÓCIO. Dias 06 e 13 de Dezembro Hotel Bela Vista Paranoá Das 08:00 às 18:00 horas Finanças: Aprenda a controlar

Leia mais

ESTRATÉGIAS MERCADOLÓGICAS UTILIZADAS PELAS OPERADORAS, TIM, CLARO E VIVO.

ESTRATÉGIAS MERCADOLÓGICAS UTILIZADAS PELAS OPERADORAS, TIM, CLARO E VIVO. 1 ESTRATÉGIAS MERCADOLÓGICAS UTILIZADAS PELAS OPERADORAS, TIM, CLARO E VIVO. Juliana da Silva RIBEIRO 1 RESUMO: O presente trabalho enfoca as estratégias das operadoras de telefonia móvel TIM,VIVO e CLARO

Leia mais

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Estado da Cultura Instituto Estadual de Cinema Iecine

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Estado da Cultura Instituto Estadual de Cinema Iecine Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Estado da Cultura Instituto Estadual de Cinema Iecine Mapeamento dos Produtores Audiovisuais do Rio Grande do Sul Audiovisual 2013 Porto Alegre 2013

Leia mais

MATRIZ SWOT VANTAGENS DE SUA UTILIZAÇÃO NO COMÉRCIO VAREJISTA

MATRIZ SWOT VANTAGENS DE SUA UTILIZAÇÃO NO COMÉRCIO VAREJISTA MATRIZ SWOT VANTAGENS DE SUA UTILIZAÇÃO NO COMÉRCIO VAREJISTA Daniela Vaz Munhê 1 Jenifer Oliveira Custódio Camara 1 Luana Stefani 1 Murilo Henrique de Paula 1 Claudinei Novelli 2 Cátia Roberta Guillardi

Leia mais

Projeto de Comunicação Integrada para a marca Passion du Chocolat 1

Projeto de Comunicação Integrada para a marca Passion du Chocolat 1 Projeto de Comunicação Integrada para a marca Passion du Chocolat 1 Alini Cerioni BELNIAKI 2 Bianca Gil FELIPPE 3 Franciele THEISS 4 Patrícia Biermann TAKEMASA 5 Renata CARVALHO 6 Carolina LUZ 7 Universidade

Leia mais

Cerveja Heineken 1. PALAVRAS-CHAVE: Heineken; Fotografia; Latinhas; Festa; Diversão.

Cerveja Heineken 1. PALAVRAS-CHAVE: Heineken; Fotografia; Latinhas; Festa; Diversão. Cerveja Heineken 1 Lais Eloara Nunes 2 Camila Roberta Fernandes 3 Paulo Oliveira 4 Mérsia Alvarinho Casimiro 5 Thayne Cristina dos Santos 6 Cristiane Peixoto Nabarretti. 7 Faculdade Anhanguera de Limeira,

Leia mais

9º Congresso de Pós-Graduação UMA REVISÃO NA LITERATURA SOBRE ERP NO BRASIL VERSUS PUBLICAÇÕES INTERNACIONAIS

9º Congresso de Pós-Graduação UMA REVISÃO NA LITERATURA SOBRE ERP NO BRASIL VERSUS PUBLICAÇÕES INTERNACIONAIS 9º Congresso de Pós-Graduação UMA REVISÃO NA LITERATURA SOBRE ERP NO BRASIL VERSUS PUBLICAÇÕES INTERNACIONAIS Autor(es) GIOVANNI BECCARI GEMENTE Orientador(es) FERNANDO CELSO DE CAMPOS 1. Introdução No

Leia mais

Desenvolvimento de Marcas Fortes. Criação de Brand Equity

Desenvolvimento de Marcas Fortes. Criação de Brand Equity Desenvolvimento de Marcas Fortes Criação de Brand Equity 1. O que é brand equity? Equity significa valor/patrimônio. Brand equity = valor da marca/patrimônio de marca. A American Marketing Association

Leia mais

O Varejo. Distinguir entre varejo com loja e sem loja. Definir as categorias básicas de varejistas.

O Varejo. Distinguir entre varejo com loja e sem loja. Definir as categorias básicas de varejistas. O Varejo 16 Aula 16/5/2008 Objetivos da aula Explicar como os varejistas podem contribuir para o processo de criar valor. Distinguir entre varejo com loja e sem loja. Definir as categorias básicas de varejistas.

Leia mais

As melhores oportunidades de negócios a partir de análises das novas demandas do país

As melhores oportunidades de negócios a partir de análises das novas demandas do país A nova unidade de negócios da Urban Systems Brasil APRESENTAÇÃO 5 de maio de 2009 As melhores oportunidades de negócios a partir de análises das novas demandas do país Thomaz Assumpção Marco Versiani Modelo

Leia mais

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E

Prof. Marcelo Mello. Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E Prof. Marcelo Mello Unidade IV DISTRIBUIÇÃO E TRADE MARKETING Trade Marketing é confundido por algumas empresas como um conjunto de ferramentas voltadas para a promoção e a comunicação dos produtos. O

Leia mais

Centro de Cidadania Casa do Ancião 1

Centro de Cidadania Casa do Ancião 1 Centro de Cidadania Casa do Ancião 1 Alexandre Soares da SILVA 2 Gabriel dos Santos BRITZKE 3 Higor Machado de ANDRADE 4 Jardel Bispo RODRIGUES 5 Leandro Henrique de Assis SILVA 6 Mayara Lira de OLIVEIRA

Leia mais

Ilustrações para a campanha publicitária dos Irmãos Green. 1

Ilustrações para a campanha publicitária dos Irmãos Green. 1 Ilustrações para a campanha publicitária dos Irmãos Green. 1 Julia Camargo CALLEGARI 2 Gabriel Muller SPACH 3 Gabriela Antunes SCHETTERT 4 Juliana Beltrão VENERI 5 Pamela Raquel Bruch GROFF 6 Renato BUIATTI

Leia mais

a) VISUAL MERCHANDISING

a) VISUAL MERCHANDISING a) VISUAL MERCHANDISING (1) Introdução Enquanto o marketing planeja, pesquisa avalia e movimenta o produto desde a sua fabricação até sua chegada ao ponto-de- venda, o merchandising representa o produto

Leia mais

Construção de Marcas - Caso It's¹ Bruna MELO² Marília DIÓGENES³ Ms. Maria Iglê de MEDEIROS 4 Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN

Construção de Marcas - Caso It's¹ Bruna MELO² Marília DIÓGENES³ Ms. Maria Iglê de MEDEIROS 4 Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN Construção de Marcas - Caso It's¹ Bruna MELO² Marília DIÓGENES³ Ms. Maria Iglê de MEDEIROS 4 Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN RESUMO Este estudo mostra o desenvolvimento da criação

Leia mais

COLETA DE INFORMAÇÕES E PREVISÃO DE DEMANDA

COLETA DE INFORMAÇÕES E PREVISÃO DE DEMANDA COLETA DE INFORMAÇÕES E PREVISÃO DE DEMANDA 1) Quais são os componentes de um moderno sistema de informações de marketing? 2) Como as empresas podem coletar informações de marketing? 3) O que constitui

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA

FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA Profº Paulo Barreto Paulo.santosi9@aedu.com www.paulobarretoi9consultoria.com.br 1 DO MARKETING À COMUNICAÇÃO Conceitualmente, Marketing é definido por Kotler

Leia mais

Instituto de Computação Universidade Federal Fluminense

Instituto de Computação Universidade Federal Fluminense Gerência da tutoria - o diferencial em uma plataforma on-line Luiz Valter Brand Gomes* Rosângela Lopes Lima* Filipe Ancelmo Saramago* Rodrigo Telles Costa* Instituto de Computação Universidade Federal

Leia mais

TCC: PESQUISA MERCADOLÓGICA SHOPPING VIA DIRETA 1

TCC: PESQUISA MERCADOLÓGICA SHOPPING VIA DIRETA 1 TCC: PESQUISA MERCADOLÓGICA SHOPPING VIA DIRETA 1 Juliana Brancaglioni CASCIATORI 2 Letícia Prado dos SANTOS 3 Bruno Monteiro ZONATTO³ Joyce VIEIRA³ Jakeline CASARIN³ Paulo CRISP³ Rodolfo BASSETO³ Weder

Leia mais

Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores

Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores Palestrante Paulo Gerhardt Inspira, Motiva e Sensibiliza para Resultados Superiores Com uma abordagem inovadora e lúdica, o professor Paulo Gerhardt tem conquistado plateias em todo o Brasil. Seu profundo

Leia mais

Mudança de direção RODRIGO MENEZES - CATEGORIA MARKETERS

Mudança de direção RODRIGO MENEZES - CATEGORIA MARKETERS RODRIGO MENEZES - CATEGORIA MARKETERS Mudança de direção Até maio de 2013 todo o mercado de TV por assinatura adotava uma postura comercial tradicional no mercado digital, composta por um empacotamento

Leia mais

Ponto e Vírgula Propaganda. Case: Tropel 1

Ponto e Vírgula Propaganda. Case: Tropel 1 Ponto e Vírgula Propaganda. Case: Tropel 1 Gabriel Moreira PAIVA 2 Vanessa Sant Ana COSTA 3 Uyacan Felipe MUNIZ 4 Camila CRAVEIRO 5 Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO RESUMO Quando os clientes

Leia mais

Marketing. Palestra Divulgue sua empresa. Palestra Aumente suas vendas. Curso Na Medida: Marketing

Marketing. Palestra Divulgue sua empresa. Palestra Aumente suas vendas. Curso Na Medida: Marketing A moda é deixar a sua loja mais atrativa! Programação novembro dezembro 2014 O Sebrae-SP reserva-se ao direito de cancelar qualquer item da sua programação caso não haja número suficiente de inscritos

Leia mais

MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA

MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA MARKETING E VENDAS NA FARMÁCIA Há muito se discute que o mercado de farmácias é ambiente competitivo e que a atividade vem exigindo profissionalismo para a administração de seus processos, recursos e pessoal.

Leia mais

COLABORADOR(ES): FÁBIO EDUARDO DIAS, MARCELO PRADA, VIVIAN ELENA BARBONI

COLABORADOR(ES): FÁBIO EDUARDO DIAS, MARCELO PRADA, VIVIAN ELENA BARBONI TÍTULO: EMBALAGEM - DELIVERY ESFIHA VARANDA CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: COMUNICAÇÃO SOCIAL INSTITUIÇÃO: FACULDADE ANHANGUERA DE SANTA BÁRBARA AUTOR(ES): RENAN HENRIQUE

Leia mais

Planejamento de Marketing

Planejamento de Marketing PARTE II - Marketing Estratégico - Nessa fase é estudado o mercado, o ambiente em que o plano de marketing irá atuar. - É preciso descrever a segmentação de mercado, selecionar o mercado alvo adequado

Leia mais

TRABALHO INTERDISCIPLINAR G2-6º período

TRABALHO INTERDISCIPLINAR G2-6º período TRABALHO INTERDISCIPLINAR G2-6º período Disciplinas: Promoção de Vendas - Francisco Pavin Planejamento de mídia - Francisco Pavin Direção de Arte 2 Ricardo Fantinelli / Gabriel Tesser Agências Dividam-se

Leia mais

Roteiro para apresentação do Plano de Negócio. Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a preparar seu Plano de Negócio.

Roteiro para apresentação do Plano de Negócio. Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a preparar seu Plano de Negócio. Roteiro para apresentação do Plano de Negócio Preparamos este roteiro para ajudá-lo(a) a preparar seu Plano de Negócio. Abaixo encontra-se a estrutura recomendada no Empreenda! O Plano de Negócio deverá

Leia mais

FATEC Cruzeiro José da Silva. Ferramenta CRM como estratégia de negócios

FATEC Cruzeiro José da Silva. Ferramenta CRM como estratégia de negócios FATEC Cruzeiro José da Silva Ferramenta CRM como estratégia de negócios Cruzeiro SP 2008 FATEC Cruzeiro José da Silva Ferramenta CRM como estratégia de negócios Projeto de trabalho de formatura como requisito

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

Desde 2008. Mídia Kit 2015. encontrasãopaulo. www.encontrasaopaulo.com.br

Desde 2008. Mídia Kit 2015. encontrasãopaulo. www.encontrasaopaulo.com.br Desde 2008 Mídia Kit 2015 encontrasãopaulo www.encontrasaopaulo.com.br Introdução O Mídia Kit 2015 do guia online Encontra São Paulo tem o objetivo de contextualizar a atuação do site no segmento de buscas

Leia mais

Guindastes Constâncio: Outdoor Triplo 1

Guindastes Constâncio: Outdoor Triplo 1 Guindastes Constâncio: Outdoor Triplo 1 Valério ALVES 2 Deivi Eduardo OLIARI 3 Márcia Regina ANNUSECK 4 Centro Universitário Leonardo da Vinci, UNIASSELVI - Indaial, SC RESUMO O Outdoor é uma mídia de

Leia mais

Blog da House Comunicação entre a Agência Experimental e acadêmicos de Publicidade e Propaganda da FURB 1

Blog da House Comunicação entre a Agência Experimental e acadêmicos de Publicidade e Propaganda da FURB 1 Blog da House Comunicação entre a Agência Experimental e acadêmicos de Publicidade e Propaganda da FURB 1 Fernanda Bento ZEN 2 Joaquim Cardeal Junior 3 Fabricia Durieux ZUCCO 4 Venilton REINERT 5 FURB

Leia mais

Anúncio sobre o uso consciente do elevador 1

Anúncio sobre o uso consciente do elevador 1 Anúncio sobre o uso consciente do elevador 1 Ana Clara TELMO 2 Carolina FORLÉO 3 Raíza JASPER 4 Fábio HANSEN 5 Escola Superior de Propaganda e Marketing, Porto Alegre, RS RESUMO Hoje, fala-se da importância

Leia mais

E-commerce: a transformação do internauta em consumidor

E-commerce: a transformação do internauta em consumidor E-commerce: a transformação do internauta em consumidor Keyti Tamyris Simões Leite (FATEB) keyti.tamyris@gmail.com Camila Lopes Ferreira (FATEB/UTFPR) cmilalf@bol.com.br Resumo: Muitas empresas estão optando

Leia mais

Da propaganda ao marketing ao Visual Merchandising, como nasceu o seu interesse pelo Visual Merchandising?

Da propaganda ao marketing ao Visual Merchandising, como nasceu o seu interesse pelo Visual Merchandising? A experiência no ambiente de loja é essencial para a relação entre o consumidor e a marca. Não é mais simplesmente uma questão de produtos, é preciso tornar a própria loja interessante e aconchegante para

Leia mais

RESUMEN. Palavras-chave: turismo, projetos de extensão, aplicabilidade

RESUMEN. Palavras-chave: turismo, projetos de extensão, aplicabilidade TITULO: A importância da participação acadêmica em Projetos de Extensão EJE: Mesa de Trabajo 2. Incorporación Curricular de La Extension AUTORES: Ana Paula Cunha, Priscila Simon, Ana Flavia Schawb Dropa,

Leia mais

Ambev traz maior variedade de cervejas para agradar diferentes paladares na Oktoberfest Blumenau

Ambev traz maior variedade de cervejas para agradar diferentes paladares na Oktoberfest Blumenau Ambev traz maior variedade de cervejas para agradar diferentes paladares na Oktoberfest Blumenau Enviado por Rede Comunicação de Resultado 16-Set-2014 PQN - O Portal da Comunicação Rede Comunicação de

Leia mais

FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING. Professor: Arlindo Neto

FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING. Professor: Arlindo Neto FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM ADMINISTRAÇÃO MÓDULO DE MARKETING Professor: Arlindo Neto Competências a serem trabalhadas GESTÃO DE MARKETING PUBLICIDADE E PROPAGANDA GESTÃO COMERCIAL FTAD FORMAÇÃO TÉCNICA EM

Leia mais

O perfil do consumidor de pizza na cidade de Juazeiro-BA 1

O perfil do consumidor de pizza na cidade de Juazeiro-BA 1 O perfil do consumidor de pizza na cidade de Juazeiro-BA 1 Gabriela Cristina Sá Campelo dos ANJOS 2 Adna Alana Coelho ANDRADE 3 Adolfo Ivo Santos de ANDRADE 4 Leticia Marinho PIRES 5 Kelma Nunes PEREIRA

Leia mais

O IDEC é uma organização não governamental de defesa do consumidor e sua missão e visão são:

O IDEC é uma organização não governamental de defesa do consumidor e sua missão e visão são: 24/2010 1. Identificação do Contratante Nº termo de referência: TdR nº 24/2010 Plano de aquisições: Linha 173 Título: consultor para desenvolvimento e venda de produtos e serviços Convênio: ATN/ME-10541-BR

Leia mais

Aula 3 Contextualização

Aula 3 Contextualização Gestão de Marketing Aula 3 Contextualização Profa. Me. Karin Sell Schneider Canais de Distribuição Comunicação Produto é um conjunto de atributos tangíveis e intangíveis, que proporciona benefícios reais

Leia mais

Planejamento de Campanha Publicitária

Planejamento de Campanha Publicitária Planejamento de Campanha Publicitária Prof. André Wander UCAM O briefing chegou. E agora? O profissional responsável pelo planejamento de campanha em uma agência de propaganda recebe o briefing, analisa

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS - FAN CEUNSP SALTO /SP CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL TRABALHO INTERDISCIPLINAR

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS - FAN CEUNSP SALTO /SP CURSO DE TECNOLOGIA EM GESTÃO COMERCIAL TRABALHO INTERDISCIPLINAR APRESENTAÇÃO DO TI O Trabalho Interdisciplinar é um projeto desenvolvido ao longo dos dois primeiros bimestres do curso. Os alunos tem a oportunidade de visualizar a unidade da estrutura curricular do

Leia mais

Novo Body Active Anti-Estrias - O Boticário 1. Anne Lis Skryzpiec 2 Eveline Soberano 3 Luisa Verena Perine 4 Marcelo Alfonso Schiavini 5

Novo Body Active Anti-Estrias - O Boticário 1. Anne Lis Skryzpiec 2 Eveline Soberano 3 Luisa Verena Perine 4 Marcelo Alfonso Schiavini 5 RESUMO Intercom Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação Novo Body Active Anti-Estrias - O Boticário 1 Anne Lis Skryzpiec 2 Eveline Soberano 3 Luisa Verena Perine 4 Marcelo Alfonso

Leia mais

PLANEJAMENTO COMO PROCESSO ADMINISTRATIVO

PLANEJAMENTO COMO PROCESSO ADMINISTRATIVO 1 PLANEJAMENTO COMO PROCESSO ADMINISTRATIVO Aline Silva SANTOS 1 RGM 088607 Andressa Faustino da SILVA¹ RGM 089712 Diego Dias dos SANTOS¹ RGM 087266 Tatiane Gomes dos SANTOS¹ RGM 089204 Viviane Regina

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DE MARKETING

GESTÃO ESTRATÉGICA DE MARKETING GESTÃO ESTRATÉGICA DE MARKETING PÓS-GRADUAÇÃO / FIB-2009 Prof. Paulo Neto O QUE É MARKETING? Marketing: palavra em inglês derivada de market que significa: mercado. Entende-se que a empresa que pratica

Leia mais

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional.

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Empresa MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Nossa filosofia e oferecer ferramentas de gestão focadas na

Leia mais

PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Inscrição Prêmio ABF-AFRAS - Categoria Fornecedor

PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Inscrição Prêmio ABF-AFRAS - Categoria Fornecedor PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Inscrição Prêmio ABF-AFRAS - Categoria Fornecedor Dados da empresa Razão Social: Visa do Brasil Empreendimentos Ltda. Nome Fantasia:

Leia mais

Gallette Chocolate Gourmet

Gallette Chocolate Gourmet Gallette Chocolate Gourmet Recém-chegada ao mercado, a Gallette Chocolate Gourmet acredita que comer um bom chocolate vai muito além da deliciosa experiência do paladar. Na Gallette, o mesmo cuidado artesanal

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) «

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) « CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) «21. É falacioso falar que o marketing é filho do capitalismo e, portanto, apenas ajudaria a concentrar a renda satisfazendo necessidades supérfluas

Leia mais

SUGESTÕES PARA ARTICULAÇÃO ENTRE O MESTRADO EM DIREITO E A GRADUAÇÃO

SUGESTÕES PARA ARTICULAÇÃO ENTRE O MESTRADO EM DIREITO E A GRADUAÇÃO MESTRADO SUGESTÕES PARA ARTICULAÇÃO ENTRE O MESTRADO EM DIREITO E A GRADUAÇÃO Justificativa A equipe do mestrado em Direito do UniCEUB articula-se com a graduação, notadamente, no âmbito dos cursos de

Leia mais

Empresa já nasceu grande: maior contrato de concessão de mobiliários urbanos do mundo! Concessão por 25 anos: manutenção e substituição de abrigos

Empresa já nasceu grande: maior contrato de concessão de mobiliários urbanos do mundo! Concessão por 25 anos: manutenção e substituição de abrigos Empresa já nasceu grande: maior contrato de concessão de mobiliários urbanos do mundo! Concessão por 25 anos: manutenção e substituição de abrigos Criada em 2010, a Odebrecht TransPort Participações S.A.

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DA QUALIDADE Profa. Adriana Roseli Wünsch Takahashi

GESTÃO ESTRATÉGICA DA QUALIDADE Profa. Adriana Roseli Wünsch Takahashi UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ SETOR DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DA QUALIDADE GESTÃO ESTRATÉGICA DA QUALIDADE Profa. Adriana Roseli Wünsch Takahashi MARÇO/2010

Leia mais

Plano de Negócios. Bruno Menegola Gustavo Führ Jonas Hartmann Rosália Schneider William Gonçalves

Plano de Negócios. Bruno Menegola Gustavo Führ Jonas Hartmann Rosália Schneider William Gonçalves Plano de Negócios Bruno Menegola Gustavo Führ Jonas Hartmann Rosália Schneider William Gonçalves 1 Instituto de Informática Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Caixa Postal 15.064 91.501-970

Leia mais

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista de Belo Horizonte. Polo de Moda

Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista de Belo Horizonte. Polo de Moda Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista de Belo Horizonte 2013 Apresentação Belo Horizonte também é conhecida por abrigar, entre suas montanhas, tradicionais polos da moda. Os bairros de Lourdes, Prado,

Leia mais

3 Metodologia 3.1. Tipo de pesquisa

3 Metodologia 3.1. Tipo de pesquisa 3 Metodologia 3.1. Tipo de pesquisa Selltiz et al (1967) apud Gil (2007) definem três grupos de pesquisas, sendo estes: estudos exploratórios, estudos descritivos e estudos que verificam hipóteses causais.

Leia mais

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL

PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL PESQUISA DIA DAS CRIANÇAS - NATAL Natal, setembro de 2015 1 Sumário 1. Aspectos Metodológicos... 3 2. Descrição dos Resultados... 4 Itens de comemoração... 4 Gastos com presente... 4 Local e quando compra...

Leia mais

10 Ideias de Promoções infalíveis para o Natal

10 Ideias de Promoções infalíveis para o Natal 10 Ideias de Promoções infalíveis para o Natal Ou para qualquer outra data que você desejar uma boa promoção! Este é um BÔNUS Grátis oferecido pelo Blog: Introdução Várias datas comemorativas representam

Leia mais

Imagem corporativa e as novas mídias

Imagem corporativa e as novas mídias Imagem corporativa e as novas mídias Ellen Silva de Souza 1 Resumo: Este artigo irá analisar a imagem corporativa, mediante as novas e variadas formas de tecnologias, visando entender e estudar a melhor

Leia mais

Unidade de Projetos. Grupo Temático de Comunicação e Imagem. Termo de Referência para desenvolvimento da gestão de Marcas Setoriais.

Unidade de Projetos. Grupo Temático de Comunicação e Imagem. Termo de Referência para desenvolvimento da gestão de Marcas Setoriais. Unidade de Projetos de Termo de Referência para desenvolvimento da gestão de Marcas Setoriais Branding Agosto de 2009 Elaborado em: 3/8/2009 Elaborado por: Apex-Brasil Versão: 09 Pág: 1 / 8 LÍDER DO GRUPO

Leia mais

O que fazemos? OnMaps A primeira plataforma web de geomarketing do país.

O que fazemos? OnMaps A primeira plataforma web de geomarketing do país. Quem é a Geofusion Atuando há mais de 15 anos a Geofusion é a maior empresa de geomarketing do país, oferecendo soluções inovadoras na área de inteligência de mercado com foco geográfico. Geomarketing

Leia mais