SUPERVISÃO DE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA Iº CURSO DE CAPACITAÇÃO EM MAMOGRAFIA LIFE IMAGEM

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SUPERVISÃO DE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA Iº CURSO DE CAPACITAÇÃO EM MAMOGRAFIA LIFE IMAGEM"

Transcrição

1 SUPERVISÃO DE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA Iº CURSO DE CAPACITAÇÃO EM MAMOGRAFIA LIFE IMAGEM Direção: Dr. Carlos Alberto Martins de Souza Coordenação: Fis. Antonio Pires Filho Supervisão: Drª Leolinda Maria E. de Souza 2012

2 APRESENTAÇÃO SUPERVISÃO DE PROTEÇÃO RADIOLÓGICA I º CURSO DE CAPACITAÇÃO EM MAMOGRAFIA LIFE IMAGEM 2012 O avanço avassalador de sistemas computadorizados tem contribuído para a criação de novas formas de imagens médicas para o diagnóstico e tratamento de doenças, cada vez mais desafiadoras. Num país de 3º mundo, onde o desenvolvimento nacional vai a reboque das nações desenvolvidas, urge criar sistemas e métodos educativos que permitem acompanhar, ao menos à média distância, tais tecnologias, para que possa retirar desta o máximo rendimento, à baixa dose de radiação. Temos observado, em nossa prática diária de vários anos obvia e negligenciada atitude de desprezo ao desenvolvimento dos recursos humanos envolvido no uso das tecnologias importadas e de grande custo, porém operadas por profissionais poucos capacitados e nem sempre competentes e compatíveis com seu uso. Destes descasos advém enormes perdas, pecuniárias, diagnósticos incorretos e conseqüentes danos, muitas das vezes irreparáveis para os pacientes. No intuito de minimizar tais problemas, propomos este curso, que em nosso entendimento, concorrerá para a capacitação dos profissionais que labutam nesta área e que servirá para a formação da base geral de todas as especialidades e subespecialidades na área de imagem médica. Além disto, a atualização anual dos profissionais ocupacional expostos e paraocupacionalmente expostos à radiações ionizantes, que trabalham direta ou indiretamente com raios x ou substâncias radioativas, é imposta pelas portarias 453/98 do Ministério da Saúde, que diz textualmente, em seu art. 3.38: Os titulares devem implementar um programa de treinamento anual, integrante do programa de proteção radiológica... A portaria 485/05 do Ministério do Trabalho e Emprego, em seu item c, estabelece, no que cabe ao empregador: promover capacitação em proteção radiológica, inicialmente e de forma continuada para os trabalhadores ocupacionalmente expostos e paraocupacionalmente expostos às radiações ionizantes. A portaria do Ministério da Saúde ainda explicita em seu art.3.38: Os titulares devem implementar um programa de treinamento anual, integrante do programa de proteção radiológica, contemplando, pelo menos, os seguintes tópicos: a) Procedimentos de operação dos equipamentos, incluindo uso das tabelas de exposição e procedimentos em caso de acidentes. b) Uso de vestimenta de proteção individual para pacientes, equipe e eventuais acompanhantes. c) Procedimentos para minimizar as exposições médicas e ocupacionais.

3 d) Uso de dosímetros individuais. e) Processamento radiográfico. f) Dispositivos legais. A Portaria MTE n.º 485, de 11 de Novembro de 2005 (DOU de 16/11/05 Seção 1 Vai mais além, determinando: OBJETIVO: Cabe ao empregador: a) implementar medidas de proteção coletiva relacionadas aos riscos radiológicos; b) manter profissional habilitado, responsável pela proteção radiológica em cada área específica, com vinculação formal com o estabelecimento; c) promover capacitação em proteção radiológica, inicialmente e de forma continuada, para os trabalhadores ocupacionalmente e paraocupacionalmente expostos às radiações ionizantes; d) manter no registro individual do trabalhador as capacitações ministradas; e) fornecer ao trabalhador, por escrito e mediante recibo, instruções relativas aos riscos radiológicos e procedimentos de proteção radiológica adotados na instalação radiativa; f) dar ciência dos resultados das doses referentes às exposições de rotina, acidentais e de emergências, por escrito e mediante recibo, a cada trabalhador e ao médico coordenador do PCMSO ou médico encarregado dos exames médicos previstos na NR-07. Capacitar os participantes para o trabalho em mamografia, dentro do mais alto padrão técnico, para produzir imagens de alta resolução, com baixa dose de radiação. Atender as exigências das portarias 453/98 do Ministério da Saúde e 485/05 do Ministério do Trabalho e Emprego, além de capacitar os profissionais ocupacionalmente expostos para a aplicação e o trabalho com radiação ionizante em seres vivos, com melhor segurança. Subsidiar os profissionais ocupacionais expostos para um trabalho seguro com radiações ionizantes, em busca de uma melhor qualidade de imagem, produzida à baixa dose, preconizada no princípio fundamental de radioproteção: principio ALARA. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: 1) Formar, com o devido aprofundamento, as bases cognitivas para o atendimento do processo de formação da imagem mamográfica, em sistemas convencionais e digitais. 2) Fornecer bases sólidas para que o participante possa compreender, com a devida solidez, os processos fundamentais da produção das imagens de mamografia em seus mais variados métodos e contextos. 3) Fundamentar os participantes nos princípios físicos necessário para o trabalho em equipamento de mamografia, convencional e digital.

4 4) Preparar o participante para as mais diversas situações imposta pelos concursos públicos, nesta área. 5) Preparar o participante para um melhor aprofundamento em proteção radiológica em exames de mamografia. 6) Preparar o participante para trabalhar na função de técnico em radiologia especializado em mamografia. PROGRAMA DE AULAS Período: 11 de Agosto à 15 de Dezembro 2012 Horário das aulas: 11 dias de aulas em sábados alternados 8:00 às 13:00 h Inscrições: Unidade Centro Av. Graça Aranha, 416 / grupo 214 tel: Período de inscrição: 01 de Julho à 11 de Agosto INSCRIÇÕES Com a Gestão de recursos Humanos da LIFE IMAGEM, situada na Av. Graça Aranha, 416/grupo 214, tel , aos cuidados da Srª TATIANE PRIORIDADE Este curso é prioritário e obrigatório as funcionárias da Life Imagem., podendo, em caso de sobra de vaga, aceitar a inscrição de candidatas externas. O CURSO É obrigatório a todas as profissionais, estagiários e prestadores de serviço, que trabalham com mamografia, no âmbito da LIFE IMAGEM. ABORDAGENS 1) História da radiologia mamária. 2) Anatomia, fisiologia e patologia da glândula mamária. 3) Formação da imagem mamográfica. 4) Proteção radiologia em mamografia. 5) Processamento em mamografia. 6) Artefatos em mamografia. 7) Programa de garantia e controle de qualidade em serviços de mamografia. 8) Avaliação clínica da mama. 9) Alterações funcionais benignas da mama. 10) Biologia molecular do carcinoma de mama. 11) Patologia da glândula mamária. 12) Citologia da glândula mamária. 13) Técnica de posicionamento. 14) Mamografia sem alteração. 15) Introdução à semiologia da mama.

5 16) Registros semióticos. Comunicação com as pacientes. 17) Radiologia nos processos benignos das mamas. 18) Avaliação mamografica do nódulo mamário. 19) Avaliação mamográfica das calcificações. 20) Avaliação mamográfica das alterações associadas. 21) Carcinoma ductal in situ (CDIS) 22) Ciclo gravítico puerperal. 23) TNM. Uma visão crítica. 24) Ultrasonografia mamária. 25) Ressonância magnética mamária. 26) Procedimentos diagnósticos invasivos. 27) Ginecomastia e câncer mamário em homem. 28) Procedimento invasivo guiado por ultrasonografia. 29) Achados mamográficos. 30) Estereotaxia. PÚBLICO ALVO O objetivo principal é capacitar/especializar as funcionárias da LIFE IMAGEM que trabalham em mamografia. Serão aceitas inscrições externas, para: 1) Tecnólogos e técnicos em radiologia 2) Supervisores gerenciais e administrativos 3) Supervisores das técnicas radiográficas 4) Estagiários referentes às áreas acima 5) Professores dos cursos de formação de técnicos e tecnólogos. INVESTIMENTO Aos participantes externos será cobrado 5 (cinco) cotas no valor de R$ 150,00 (cento e cinqüenta reais, vicendas a cada dia 10, a partir do início do curso. CERTIFICAÇÃO Será conferido, gratuitamente a todos os participantes, certificado de conclusão aqueles que obtiverem avaliação igual ou superior a sete e freqüência de 75 % às aulas. MATERIAL DIDATICO Será oferecido, gratuitamente aos profissionais da LIFE IMAGEM, em mídia, a todos os participantes, material didático referente às abordagens realizadas bem como aos assuntos pertinentes e da literatura especializada em mamografia e proteção radiológica, de interesse para formação e aperfeiçoamento dos profissionais ocupacionalmente exposto. LOCAL DE REALIZAÇÃO Este I º CURSO DE CAPACITAÇÃO MAMOGRAFIA, da LIFE IMAGEM 2012, está previsto para ser realizado na unidade Centro, de acordo com o programa de aulas.

6 CRONOGRAMA DAS AULAS 1ª Aula: Sábado: 8:00 às 13 h total 5 horas / aula 2ª Aula: Sábado: 8:00 às 13 h total 5 horas / aula 3ª Aula: Sábado: 8:00 às 13 h total 5 horas / aula 4ª Aula: Sábado: 8:00 às 13 h total 5 horas / aula 5ª Aula: Sábado: 8:00 às 13 h total 5 horas / aula 6ª Aula: Sábado: 8:00 às 13 h total 5 horas / aula 7ª Aula: Sábado: 8:00 às 13 h total 5 horas / aula 8ª Aula: Sábado: 8:00 às 13 h total 5 horas / aula 9ª Aula: Sábado: 8:00 às 13 h total 5 horas / aula 10ª Aula: Sábado: 8:00 às 13 h total 5 horas / aula 11ª Aula: Sábado: 8:00 às 18 h total 10 horas / aula Carga horária teórica total...60 horas / aula AULAS PRÁTICAS Serão realizadas aulas práticas nas unidades da Life Imagem, compondo um total de 60 (sessenta) horas / práticas. CARGA HORÁRIA TOTAL Carga horária teórica total...60 horas / aula Carga horária prática total...60 horas / aula Carga horária teórica de estágio horas / aula Carga horária total horas / aula ESTÁGIO PRÁTICO Os participantes que não trabalham em mamografia, deverão comprovar estágio nesta especialidade, de no mínimo 300 (trezentas) horas. REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFIAS ESPECÍFICAS 1) Espera-se que todos os alunos utilizem o livro texto que será utilizado durante o curso, qual seja: A MAMA EM IMAGENS, do professor Dr. Dakir Lourenço Duarte, da editora Guanabara Koogan, edição ) Bushong, S.C., Ciência Radiológica para tecnólogos, Física, Biologia e Proteção, Ed. Mosby-Elsevier, 9ª Edição, Rio de Janeiro, SITES IMPORTANTES 1) 2) 3) 4)

Faculdade de Tecnologia Saint Pastous Curso Superior de Tecnologia em Radiologia Médica

Faculdade de Tecnologia Saint Pastous Curso Superior de Tecnologia em Radiologia Médica Faculdade de Tecnologia Saint Pastous Curso Superior de Tecnologia em Radiologia Médica Parecer de Aprovação MEC n 3.607, de 3 de dezembro de 2003 -D.O.U 4/12/2003 Diretora da Faculdade: Profª Vera Lucia

Leia mais

FUNDAÇÃO PIO XII - HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS APRIMORAMENTO EM RADIOLOGIA MAMÁRIA ( Fellowship ) EDITAL DE SELEÇÃO PARA O ANO DE 2014

FUNDAÇÃO PIO XII - HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS APRIMORAMENTO EM RADIOLOGIA MAMÁRIA ( Fellowship ) EDITAL DE SELEÇÃO PARA O ANO DE 2014 FUNDAÇÃO PIO XII - HOSPITAL DE CÂNCER DE BARRETOS APRIMORAMENTO EM RADIOLOGIA MAMÁRIA ( Fellowship ) EDITAL DE SELEÇÃO PARA O ANO DE 2014 EDITAL N.º 11/2013-IEP/HCB A Fundação Pio XII, Hospital do Câncer

Leia mais

PROCESSO N 988/2006 PROTOCOLO N.º 9.041.582-4 PARECER N.º 652/06 APROVADO EM 08/12/06 INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ALVO

PROCESSO N 988/2006 PROTOCOLO N.º 9.041.582-4 PARECER N.º 652/06 APROVADO EM 08/12/06 INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ALVO PROTOCOLO N.º 9.041.582-4 PARECER N.º 652/06 APROVADO EM 08/12/06 CÂMARA DE PLANEJAMENTO INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL ALVO MUNICÍPIO: APUCARANA ASSUNTO: Renovação do Reconhecimento do Curso

Leia mais

II CONGRESSO DE FÍSICA MÉDICA DA UNICAMP. Para além da Radioterapia Atuação do Físico Médico na Proteção Radiológica. Clarice Cardoso Xavier

II CONGRESSO DE FÍSICA MÉDICA DA UNICAMP. Para além da Radioterapia Atuação do Físico Médico na Proteção Radiológica. Clarice Cardoso Xavier II CONGRESSO DE FÍSICA MÉDICA DA UNICAMP Para além da Radioterapia Atuação do Físico Médico na Proteção Radiológica Clarice Cardoso Xavier Trajetória Graduação Atividades extra-curriculares 5º ano - Estágio

Leia mais

DDQBN. Implementação da Portaria 453/98 da ANVISA. Seção Defesa Nuclear DDQBN/CTEx Subseção de Proteção Radiológica. Luciano Santa Rita Oliveira

DDQBN. Implementação da Portaria 453/98 da ANVISA. Seção Defesa Nuclear DDQBN/CTEx Subseção de Proteção Radiológica. Luciano Santa Rita Oliveira DDQBN Implementação da Portaria 453/98 da ANVISA Seção Defesa Nuclear DDQBN/CTEx Subseção de Proteção Radiológica Luciano Santa Rita Oliveira luciano@ctex.eb.br Assessória Científica DDQBN / CTEx Seção

Leia mais

Resolução CFBM Nº 234 DE 05/12/2013

Resolução CFBM Nº 234 DE 05/12/2013 Resolução CFBM Nº 234 DE 05/12/2013 Publicado no DO em 19 dez 2013 Dispõe sobre as atribuições do biomédico habilitado na área de imagenologia, radiologia, biofísica, instrumentação médica que compõe o

Leia mais

SELEÇÃO EXTERNA DE PROFESSORES. Curso de Medicina EDITAL DE SELEÇÃO

SELEÇÃO EXTERNA DE PROFESSORES. Curso de Medicina EDITAL DE SELEÇÃO SELEÇÃO EXTERNA DE PROFESSORES Curso de Medicina EDITAL DE SELEÇÃO A coordenadora do curso de Medicina, Profa. Alessandra Duarte Clarizia, nos termos das regras fixadas pela Pró-Reitoria de Graduação do

Leia mais

TNR.ADRIANO LIMA E SILVA

TNR.ADRIANO LIMA E SILVA TNR.ADRIANO LIMA E SILVA HISTÓRICO CRIAÇÃO DA PROFISSÃO Lei n.º 7.394/85 REGULAMENTAÇÃO Decreto n.º 92.790/86 HISTÓRICO ATÉ 1990 PRATICAMENTE INEXISTIAM ESCOLAS NO PAÍS 1 Escola Técnica no RS 1991 inicio

Leia mais

Treinamento em Clínica Médica 2014. do Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia e Outras Especialidades (IBEPEGE)

Treinamento em Clínica Médica 2014. do Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia e Outras Especialidades (IBEPEGE) Treinamento em Clínica Médica 2014 do Pesquisas de Gastroenterologia (IBEPEGE) Reconhecido pela Sociedade Brasileira de Clínica Médica São Paulo - 2014/2016 Coordenador: Dr. Norton Wagner Ferracini O IBEPEGE

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo

Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial Departamento Regional de São Paulo Formação Inicial e Continuada (Decreto Federal nº 5154/04 e Lei Federal nº 11.741/08) PLANO DE CURSO Área: Segurança do Trabalho

Leia mais

Estado da Arte e Segurança dos Serviços de Radiodiagnóstico no Brasil - Visão da Física Médica -

Estado da Arte e Segurança dos Serviços de Radiodiagnóstico no Brasil - Visão da Física Médica - Estado da Arte e Segurança dos Serviços de Radiodiagnóstico no Brasil - Visão da Física Médica - Fís. Adriano Oliveira dos Santos Goulart Especialista em Administração Hospitalar e Negócios em Saúde Especialista

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 7. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 7. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 6 Etapas do Processo Seletivo Pág. 7 Matrícula 9 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOMEDICINA NO DIAGNÓSTICO

Leia mais

ASSOCIAÇÃO EDUCADORA SÃO CARLOS HOSPITAL MÃE DE DEUS EDITAL DE CONCURSO PARA CONCURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CARDIOLOGIA

ASSOCIAÇÃO EDUCADORA SÃO CARLOS HOSPITAL MÃE DE DEUS EDITAL DE CONCURSO PARA CONCURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CARDIOLOGIA ASSOCIAÇÃO EDUCADORA SÃO CARLOS HOSPITAL MÃE DE DEUS EDITAL DE CONCURSO PARA CONCURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CARDIOLOGIA 1. INTRODUÇÃO A Comissão de Ensino do Curso de Especialização em Cardiologia do Hospital

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE ACESSIBILIDADE DIGITAL

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE ACESSIBILIDADE DIGITAL REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE ACESSIBILIDADE DIGITAL 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD) para participação

Leia mais

O Centro Regional de Treinamento do IRD/IAEA IRD/IAEA Simpósio Minérios & Radioatividade

O Centro Regional de Treinamento do IRD/IAEA IRD/IAEA Simpósio Minérios & Radioatividade O Centro Regional de Treinamento do Simpósio Minérios & Radioatividade 18 a 20 de Agosto de 2014 Almir Faria Clain almir@ird.gov.br Centro Regional de Treinamento do O Centro Regional de Ensino e Treinamento:

Leia mais

REGULAMENTO BOLSA ESTÁGIO FACULDADES FUTURÃO

REGULAMENTO BOLSA ESTÁGIO FACULDADES FUTURÃO REGULAMENTO BOLSA ESTÁGIO FACULDADES FUTURÃO A Diretora Geral da Faculdades Futurão, mantida por CENTEFF Centro Técnico e Faculdades Futurão, faz saber aos interessados que a IES oferece Bolsa de Estágio

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 7. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 7. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 4 5 6 Etapas do Processo Seletivo Pág. 7 Matrícula 9 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 19/2007

RESOLUÇÃO CONSEPE 19/2007 RESOLUÇÃO CONSEPE 19/2007 ALTERA O REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO, DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA, MODALIDADE LICENCIATURA DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Vice-Reitor

Leia mais

FUNDAÇÃO FRANCISCO MASCARENHAS EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROFESSORES

FUNDAÇÃO FRANCISCO MASCARENHAS EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROFESSORES FUNDAÇÃO FRANCISCO MASCARENHAS EDITAL PARA SELEÇÃO DE PROFESSORES O Presidente da Fundação Francisco Mascarenhas, no uso de suas atribuições, faz publicar o presente Edital para concurso externo de seleção

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

a) sempre que se produza uma mudança nas condições de trabalho, que possa alterar a exposição aos agentes biológicos;

a) sempre que se produza uma mudança nas condições de trabalho, que possa alterar a exposição aos agentes biológicos; Os 32 itens da NR-32 a serem trabalhados nesta primeira etapa do projeto 32 para implantação nos estabelecimentos de saúde até 2009 foram selecionados e estudados pela diretoria do Sinsaúde por serem os

Leia mais

Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários. 11º Edital EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE CURSOS DE EXTENSÃO

Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários. 11º Edital EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE CURSOS DE EXTENSÃO Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários 11º Edital EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE CURSOS DE EXTENSÃO A Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários da Universidade Castelo Branco, faz saber

Leia mais

Coordenação de Pós-Graduação e Extensão. Legislação sobre cursos de Pós-graduação Lato Sensu e Credenciamento da FACEC

Coordenação de Pós-Graduação e Extensão. Legislação sobre cursos de Pós-graduação Lato Sensu e Credenciamento da FACEC Coordenação de Pós-Graduação e Extensão Legislação sobre cursos de Pós-graduação Lato Sensu e Credenciamento da FACEC Os cursos de especialização em nível de pós-graduação lato sensu presenciais (nos quais

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 50, DE 24 DE MAIO DE 2007

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 50, DE 24 DE MAIO DE 2007 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 50, DE 24 DE MAIO DE 2007 Regulamenta as atividades de instrutoria interna no âmbito do Supremo Tribunal Federal. O DIRETOR-GERAL DA SECRETARIA DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, no uso

Leia mais

PCMSO, como eu faço. Dr Guilherme Murta

PCMSO, como eu faço. Dr Guilherme Murta PCMSO, como eu faço Dr Guilherme Murta Diretor Científico da APAMT Professor-tutor da Especialização da Medicina do Trabalho UFPR Professor do Curso de Graduação em Medicina na Faculdades Pequeno Príncipe

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 6. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 6 Matrícula 8 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM ACONSELHAMENTO GENÉTICO

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ORTOPEDIA MULTIDISCIPLINAR Unidade Dias

Leia mais

Ensino. Principais realizações

Ensino. Principais realizações Principais realizações Reestruturação dos Programas de ; Início do Projeto de Educação à Distância/EAD do INCA, por meio da parceria com a Escola Nacional de Saúde Pública ENSP/FIOCRUZ; Três novos Programas

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

SELEÇÃO DE PROFESSORES - 2015/1 Edital nº 01/2015

SELEÇÃO DE PROFESSORES - 2015/1 Edital nº 01/2015 SELEÇÃO DE PROFESSORES - 25/1 Edital nº /25 O Diretor Acadêmico da FAESA torna pública a abertura de inscrição, para seleção de professores de educação superior com titulação de doutor, mestre ou especialista,

Leia mais

Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho

Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho 732 horas Escola Superior de Tecnologia e Educação de Rio Claro ASSER Rio Claro Objetivos do curso: Formar profissionais das áreas de Engenharia e

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU R E G I M E N T O G E R A L PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Regimento Geral PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Este texto foi elaborado com as contribuições de um colegiado de representantes da Unidades Técnico-científicas,

Leia mais

CADEMP FGV. Pesquisas de Opinião Para a Administração Pública. Referência em Educação Executiva REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA

CADEMP FGV. Pesquisas de Opinião Para a Administração Pública. Referência em Educação Executiva REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA CADEMP FGV Pesquisas de Opinião Para a Administração Pública Coordenação Acadêmica: Prof. Fernando Salgado A Escola de Negócios de Alagoas. A FAN Faculdade de Administração

Leia mais

A QUALIFICAÇÃO DOS TRABALHADORES TÉCNICOS EM RADIOLOGIA: história e questões atuais

A QUALIFICAÇÃO DOS TRABALHADORES TÉCNICOS EM RADIOLOGIA: história e questões atuais A QUALIFICAÇÃO DOS TRABALHADORES TÉCNICOS EM RADIOLOGIA: história e questões atuais Pesquisadores Alexandre Moreno André Feitosa Cristina Morel Isis Coutinho José Luís Ferreira Filho Sergio Oliveira APRESENTAÇÃO

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO NEW BRANDING INNOVATION MBA 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

Procedimento Institucional Gestão de EPI

Procedimento Institucional Gestão de EPI Tipo de Documento Procedimento Institucional Título do Documento Equipamento de Proteção Individual Elaborado por Paulo Sérgio Bigoni Área Relacionada Saúde e Segurança do Trabalhador Processo ESTRUTURAÇÃO

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO JORNALISMO ESPORTIVO E NEGÓCIOS DO ESPORTE 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO FACULDADE PEDRO II

PÓS-GRADUAÇÃO FACULDADE PEDRO II PÓS-GRADUAÇÃO FACULDADE PEDRO II CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO (LATO SENSU) LINGUAGEM E NOVAS TECNOLOGIAS APLICADAS À EDUCAÇÃO CREDENCIADA PELA PORTARIA MEC Nº 1.096, DE 29/05/06 (Resolução CNE/CES nº 01/2007)

Leia mais

ROTEIRO PARA INSCRIÇÃO NO PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO DE QUALIDADE EM MAMOGRAFIA CBR

ROTEIRO PARA INSCRIÇÃO NO PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO DE QUALIDADE EM MAMOGRAFIA CBR ROTEIRO PARA INSCRIÇÃO NO PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO DE QUALIDADE EM MAMOGRAFIA CBR 1. PRIMEIRO PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO DE QUALIDADE: 1.1 Os serviços que desejarem obter a certificação da qualidade deverão

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2015

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO EDITAL DE CONCURSO PARA PROGRAMA DE MONITORIA N O 02/2015 1 A Coordenação do Curso de Administração, da Unidade de Ensino Superior Dom Bosco, no uso de suas atribuições e em cumprimento ao Art. 5 o do Regulamento de Monitoria, Anexo da Resolução de 21 de dezembro

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE MARKETING 1º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição

Leia mais

Especialização em Banco de Dados Edição 2015-2017

Especialização em Banco de Dados Edição 2015-2017 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO INSTITUTO DE COMPUTAÇÃO Especialização em Banco de Dados Edição 2015-2017 EDITAL DE CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO Lato Sensu I IDENTIFICAÇÃO DO CURSO 1. Nome do Curso: Especialização

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL, BACHARELADO REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das disposições gerais O estágio

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ENFERMAGEM COMISSÃO DE CULTURA E EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA DE ENFERMAGEM COMISSÃO DE CULTURA E EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA Norma para realização dos Cursos de Extensão Universitária (Especialização, Aperfeiçoamento, Atualização e Difusão) no âmbito da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo - EEUSP (Aprovada na 348ª

Leia mais

Especialização em Fisioterapia Traumato-Ortopédica Funcional - NOVO

Especialização em Fisioterapia Traumato-Ortopédica Funcional - NOVO Especialização em Fisioterapia Traumato-Ortopédica Funcional - NOVO Apresentação Previsão de Início Agosto Inscrições em Breve - Turma 01 - Campus Stiep O curso de Especialização em Fisioterapia Traumato-Ortopédica

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Obrigatoriedade de capacitação e autorização para trabalhos em altura e com eletricidade

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Obrigatoriedade de capacitação e autorização para trabalhos em altura e com eletricidade Obrigatoriedade de capacitação e autorização para trabalhos em altura e com eletricidade 08/05/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação...

Leia mais

NORMA PROCEDIMENTAL RADIOPROTEÇÃO (SEGURANÇA)

NORMA PROCEDIMENTAL RADIOPROTEÇÃO (SEGURANÇA) 50.05.005 1/5 1. FINALIDADE Estabelecer os requisitos básicos de proteção radiológica para as pessoas em relação à exposição à radiação ionizante. 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO Em toda a Instituição onde houver

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA WEB E GOVERNO ELETRÔNICO CONFORME ANEXO IV DA RESOLUÇÃO CONSEPE N o.

EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA WEB E GOVERNO ELETRÔNICO CONFORME ANEXO IV DA RESOLUÇÃO CONSEPE N o. EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENGENHARIA WEB E GOVERNO ELETRÔNICO CONFORME ANEXO IV DA RESOLUÇÃO CONSEPE N o. 55/2014 1. Da organização geral: a) Unidade Proponente: Instituto

Leia mais

EDITAL N o 01/2012 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ESPECIALIZAÇÕES EM FISICA MÉDICA 2º SEMESTRE DE 2012

EDITAL N o 01/2012 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA ESPECIALIZAÇÕES EM FISICA MÉDICA 2º SEMESTRE DE 2012 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE ALAGOAS Transformada em Universidade pela Lei n 6.660 de 28 de dezembro de 2005 Campus Governador Lamenha Filho Rua Jorge de Lima, 113, Trapiche da Barra,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PROGRAMA DE ESTUDOS E AÇÕES PARA O SEMIÁRIDO MUSEU INTERATIVO DO SEMIÁRIDO MISA_PEASA_UFCG

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PROGRAMA DE ESTUDOS E AÇÕES PARA O SEMIÁRIDO MUSEU INTERATIVO DO SEMIÁRIDO MISA_PEASA_UFCG UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE PROGRAMA DE ESTUDOS E AÇÕES PARA O SEMIÁRIDO MUSEU INTERATIVO DO SEMIÁRIDO MISA_PEASA_UFCG PROGRAMA DE ESTÁGIO DE EXTENSÃO TECNOLÓGICA PARA ALUNOS DE GRADUAÇÃO Carga

Leia mais

Curso de Especialização em Nutrição Clínica em Pediatria

Curso de Especialização em Nutrição Clínica em Pediatria Curso de Especialização em Nutrição Clínica em Pediatria Descrição do curso Período do curso De 18/02/2013 a 29/01/2014 Carga horária Total de horas = 476 horas 292 h de aulas teóricas, 120 h de prática

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 009/98 DA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS

RESOLUÇÃO Nº 009/98 DA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS RESOLUÇÃO Nº 009/98 DA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS A Congregação da Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas, no uso de suas atribuições regimentais e tendo em vista o

Leia mais

Número total de vagas 40

Número total de vagas 40 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ IFPI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PROPI EDITAL 07/ 28/10/2015 O Instituto Federal de Educação,

Leia mais

Minuta do Regimento Geral de Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Universidade Federal de São Carlos

Minuta do Regimento Geral de Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Universidade Federal de São Carlos Minuta do Regimento Geral de Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu da Universidade Federal de São Carlos CapítuloI Dos Objetivos Art.1º - Os cursos de pós-graduação lato sensu da Universidade Federal de São

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 7 Cronograma de Aulas Pág. 8 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM DOR Unidade Dias e Horários

Leia mais

CPC - COMITÊ PERMANENTE DE CERTIFICAÇÃO EDITAL PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO 2015

CPC - COMITÊ PERMANENTE DE CERTIFICAÇÃO EDITAL PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO 2015 EDITAL PROCESSO DE CERTIFICAÇÃO 2015 Certificação de Higienistas Ocupacionais (HOC) e de Técnicos Higienistas Ocupacionais (THOC) por Prova de Títulos e Prova de Conhecimentos I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA DE ALUNOS DE PÓS-GRADUAÇÃO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIMONTES

REGULAMENTO DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA DE ALUNOS DE PÓS-GRADUAÇÃO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIMONTES REGULAMENTO DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA DE ALUNOS DE PÓS-GRADUAÇÃO NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA UNIMONTES 1. DA REGULAMENTAÇÃO E DA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO DE DOCÊNCIA Para a realização do Estágio de Docência,

Leia mais

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO CAMPUS PETROLINA EDITAL DE SELEÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO 02/2014

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO CAMPUS PETROLINA EDITAL DE SELEÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO 02/2014 UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO CAMPUS PETROLINA EDITAL DE SELEÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO 02/2014 Edital de convocação para Inscrição, Seleção e Matrícula de candidato ao Curso de Pós-Graduação em nível especialização

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 1º SEMESTRE/2015 ABERTURA A Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV DIREITO SP) torna pública a abertura das inscrições

Leia mais

Cirurgiã Dentista, Especialista em Radiologia, Especializanda em Ortodontia PLANO DE CURSO

Cirurgiã Dentista, Especialista em Radiologia, Especializanda em Ortodontia PLANO DE CURSO C U R S O O D O N T O L O G I A Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: RADIOLOGIA Código: ODO-14 Pré-requisito: ANATOMIA

Leia mais

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO CAMPUS PETROLINA EDITAL DE SELEÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO 06/2014

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO CAMPUS PETROLINA EDITAL DE SELEÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO 06/2014 UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO CAMPUS PETROLINA EDITAL DE SELEÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO 06/2014 RESOLUÇÃO CEPE N 033/2014 Edital de convocação para Inscrição, Seleção e Matrícula de candidato ao Curso de Pós-Graduação

Leia mais

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Saúde Ocupacional AULA 4

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Saúde Ocupacional AULA 4 FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho Módulo de Saúde Ocupacional AULA 4 Competências a serem trabalhadas nesta aula Estabelecer os parâmetros e diretrizes necessários para garantir um padrão

Leia mais

http://www.unochapeco.edu.br/ead

http://www.unochapeco.edu.br/ead UNIVERSIDADE COMUNITÁRIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ - UNOCHAPECÓ UNOCHAPECÓVirtual Coordenação de Educação a Distância da UNOCHAPECÓ EDITAL N.º 002/2011 PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE ORIENTADOR DE APRENDIZAGEM

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÃO. 1- PERÍODO DE INSCRIÇÃO: De 8/10/2015 à 04/11/2016.

EDITAL DE INSCRIÇÃO. 1- PERÍODO DE INSCRIÇÃO: De 8/10/2015 à 04/11/2016. EDITAL DE INSCRIÇÃO II Processo Seletivo do Curso de Capacitação Médica em Ultrassonografia Geral para o ano de 2016 no ITR- Instituto Tomovale de Radiologia. Este curso se destina a médicos graduados.

Leia mais

GT de Graduação Estágio. Adriana Ferreira de Faria (UFV)

GT de Graduação Estágio. Adriana Ferreira de Faria (UFV) XII Encep Encontro Nacional de Coordenadores de Cursos de EP 21 a 23 de Maio de 2007 - Bauru GT de Graduação Estágio Adriana Ferreira de Faria (UFV) Legislação do Estágio Regulamentação no Brasil: Lei

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - TERRITÓRIOS, EDUCAÇÃO INTEGRAL E CIDADANIA (TEIA) EDITAL 001/2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - TERRITÓRIOS, EDUCAÇÃO INTEGRAL E CIDADANIA (TEIA) EDITAL 001/2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS FACULDADE DE EDUCAÇÃO - TERRITÓRIOS, EDUCAÇÃO INTEGRAL E CIDADANIA (TEIA) EDITAL 001/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS O Grupo Territórios, Educação Integral

Leia mais

Manual de Competências do Estágio dos Acadêmicos de Enfermagem-Projeto de Extensão

Manual de Competências do Estágio dos Acadêmicos de Enfermagem-Projeto de Extensão Hospital Universitário Walter Cantídio Diretoria de Ensino e Pesquisa Serviço de Desenvolvimento de Recursos Humanos Manual de Competências do Estágio dos Acadêmicos de Enfermagem-Projeto de Extensão HOSPITAL

Leia mais

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM ANESTESIOLOGIA

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM ANESTESIOLOGIA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM ANESTESIOLOGIA 1- IDENTIFICAÇÃO 1.1- Hospital: Rubens de Souza Bento Hospital Geral de Roraima. 1.2- Entidade Mantenedora: Secretaria Estadual de Saúde/SESAU-RR 1.3- Curso:

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO DE FORMAÇÃO E CERTIFICAÇÃO EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

Edital UAB-UFABC Nº 001/2014

Edital UAB-UFABC Nº 001/2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Fundação Universidade Federal do ABC Pró-Reitoria de Extensão Av. dos Estados, 5001 Bairro Bangu Santo André - SP CEP 09210-580 Fone: (11) 4437.8589 proex@ufabc.edu.br Edital UAB-UFABC

Leia mais

MBA em Gestão de Proc. de Negócios, Qualidade e Certificações

MBA em Gestão de Proc. de Negócios, Qualidade e Certificações MBA em Gestão de Proc. de Negócios, Qualidade e Certificações Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições em Breve Turma 14 --> *Alunos matriculados após o início das aulas poderão cursar as disciplinas já realizadas

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO FACEX EDITAL N 01 03 DE FEVEREIRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO PARA ADMISSÃO DE PROFESSORES EM 2014.1

CENTRO UNIVERSITÁRIO FACEX EDITAL N 01 03 DE FEVEREIRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO PARA ADMISSÃO DE PROFESSORES EM 2014.1 CENTRO UNIVERSITÁRIO FACEX EDITAL N 01 03 DE FEVEREIRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO PARA ADMISSÃO DE PROFESSORES EM 2014.1 O CENTRO UNIVERSITÁRIO FACEX-, torna público, para conhecimento dos interessados

Leia mais

ERRATA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO NO 01/2013 PROJOVEM URBANO

ERRATA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO NO 01/2013 PROJOVEM URBANO PREFEITURA MUNICIPAL DE MARABÁ SEMED SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ERRATA EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO NO 01/2013 PROJOVEM URBANO 1. DISPOSIÇÕES GERAIS 1.1. O processo seletivo simplificado

Leia mais

Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL

Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL Regulamento dos Cursos do Programa ESMP-VIRTUAL A DIRETORA DA ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS no exercício de suas atribuições legais, com fundamento no art. 65, inciso II da Lei

Leia mais

CIRCULAÇÃO EXTRACORPÓREA

CIRCULAÇÃO EXTRACORPÓREA Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia CIRCULAÇÃO EXTRACORPÓREA e Assistência Circulatória Mecânica Organização: Diretor da Divisão de Cirurgia: Luiz Carlos Bento Souza Coordenação Médica: Magaly Arrais

Leia mais

Plano de Prevenção de Riscos de Acidentes com Materiais Perfuro Cortantes. HOSPITAL...

Plano de Prevenção de Riscos de Acidentes com Materiais Perfuro Cortantes. HOSPITAL... Plano de Prevenção de Riscos de Acidentes com Materiais Perfuro Cortantes. Baseado na NR 32 Segurança e Saúde no Trabalho em Serviços de Saúde Portaria N 1.748 de 30 de Agosto de 2011. HOSPITAL... Validade

Leia mais

Regulamenta e estabelece normas sobre os Cursos de Extensão Universitária da Universidade de São Paulo e dá outras providências.

Regulamenta e estabelece normas sobre os Cursos de Extensão Universitária da Universidade de São Paulo e dá outras providências. RESOLUÇÃO CoCEx nº 6667, de 19 de dezembro de 2013. (D.O.E. 21.12.13) (Protocolado 11.5.2443.1.5). Regulamenta e estabelece normas sobre os Cursos de Extensão Universitária da Universidade de São Paulo

Leia mais

DATA 27/05/2015 EDITAL. 2 Edital para Coordenador

DATA 27/05/2015 EDITAL. 2 Edital para Coordenador Página 1 EDITAL 2 Edital para Coordenador Áreas: Ciências Biológicas, Biologia Marinha e Biologia Lagunar, Zootecnia, Oceonografia, Engenharia de Pesca, de Produção, Economia ou Administração. O presente

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E PEDAGOGIA

PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E PEDAGOGIA EDITAL DG N.º 07/2012 PROGRAMA DE MONITORIA PROCESSO SELETIVO PARA O PROGRAMA DE MONITORIA PARA OS CURSOS DE ADMINISTRAÇÃO E PEDAGOGIA A Direção da Faculdade Internacional Signorelli, no uso de suas atribuições,

Leia mais

CALDEIRAS E VASOS DE PRESSÃO

CALDEIRAS E VASOS DE PRESSÃO Construindo Juntos! Seu trabalho fortalece a indústria NR-13 CALDEIRAS E VASOS DE PRESSÃO 1/7 NR-13 Caldeiras e Vasos de Pressão 13.1 Caldeiras a Vapor Disposições Gerais 13.2 Instalação de Caldeiras a

Leia mais

A participação do radiologista no controle da qualidade da mamografia

A participação do radiologista no controle da qualidade da mamografia VII Encontro Nacional para o Controle do Câncer de Colo do Útero e de Mama QUALIDADE DA MAMOGRAFIA A participação do radiologista no controle da qualidade da mamografia Objetivo - Roteiro Descrever as

Leia mais

MMX - Controladas e Coligadas

MMX - Controladas e Coligadas POLITICA CORPORATIVA PC. 1.16.01 Política de Meio Ambiente Emissão: 02/10/06 1 Objetivo: Estabelecer diretrizes visando proteger os recursos naturais e o meio ambiente em todas das unidades operacionais.

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Sistema de Gestão Ambiental - SGA & Certificação ISO 14.000 SGA & ISO 14.000 UMA VISÃO GERAL

APRESENTAÇÃO. Sistema de Gestão Ambiental - SGA & Certificação ISO 14.000 SGA & ISO 14.000 UMA VISÃO GERAL APRESENTAÇÃO Sistema de Gestão Ambiental - SGA & Certificação ISO 14.000 UMA VISÃO GERAL Introdução SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL - SGA Definição: Conjunto de ações sistematizadas que visam o atendimento

Leia mais

Curso Técnico em Informática. Projetos TI 2015. Abertas as inscrições para o programa TI Júnior 2015.1. Informações e inscrições: www.cetepfeira.

Curso Técnico em Informática. Projetos TI 2015. Abertas as inscrições para o programa TI Júnior 2015.1. Informações e inscrições: www.cetepfeira. Curso Técnico em Informática Projetos TI 2015 Abertas as inscrições para o programa TI Júnior 2015.1 Informações e inscrições: www.cetepfeira.net Pensando na capacitação e formação do estudante para atender

Leia mais

NR 35 Trabalho em Altura

NR 35 Trabalho em Altura Professor Flávio Nunes NR 35 Trabalho em Altura CLT: Art.200 www.econcursando.com.br 1 35.1. Objetivo e Campo de Aplicação 35.1.1 Esta Norma estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção para

Leia mais

FORMULÁRIO DE PEDIDO DE CREDENCIAMENTO EM SUBESPECIALIZAÇÃO EM NÍVEL 4

FORMULÁRIO DE PEDIDO DE CREDENCIAMENTO EM SUBESPECIALIZAÇÃO EM NÍVEL 4 FORMULÁRIO DE PEDIDO DE CREDENCIAMENTO EM SUBESPECIALIZAÇÃO EM NÍVEL 4 Exmo. Sr. Coordenador da Comissão de Ensino, Aperfeiçoamento e Residência Médica do Colégio Brasileiro de Radiologia. A Instituição

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA A PROGRAMAS ESPECIAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA A PROGRAMAS ESPECIAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ASSISTÊNCIA A PROGRAMAS ESPECIAIS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA - CONSULTOR POR PRODUTO TOR/FNDE/DTI/MEC

Leia mais

Qualificação e capacitação dos trabalhadores em Segurança do Trabalho na Indústria da Construção. 17 de agosto de 2012

Qualificação e capacitação dos trabalhadores em Segurança do Trabalho na Indústria da Construção. 17 de agosto de 2012 Qualificação e capacitação dos trabalhadores em Segurança do Trabalho na Indústria da Construção 17 de agosto de 2012 Capacitação Habilitação O que é previsto nas normas e requisitos de segurança no trabalho

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE DOCENTE PARA O CURSO

EDITAL PARA SELEÇÃO DE DOCENTE PARA O CURSO COORDENAÇÃO DO CURSO DE: ADMINISTRAÇÃO, BIOMEDICINA, DIREITO, ENFERMAGEM, ENGENHARIAS, FISIOTERAPIA, NUTRIÇÃO, PSICOLOGIA, RADIOLOGIA, SEGURANÇA NO TRABALHO, EDUCAÇÃO FÍSICA UNIDADE: CAMPINA GRANDE A Faculdade

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA MONITORES N 002/2015

EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA MONITORES N 002/2015 EDITAL DE ABERTURA DE CONCURSO INTERNO PARA MONITORES N 002/2015 O Reitor do CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE PALMAS CEULP, no uso de suas atribuições e tendo em vista o disposto na Resolução de n 374/2010

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO CURSOS DE CURTA DURAÇÃO 2º SEMESTRE/2015 ABERTURA A Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV DIREITO SP) torna pública a abertura das inscrições para os

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO MÉDICO EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM/2015

PROCESSO SELETIVO PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO MÉDICO EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM/2015 PROCESSO SELETIVO PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO MÉDICO EM RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM/2015 EDITAL Nº 01/2014 Com este edital, o Dr. Heraldo Belmont Rosas, responsável pelo Programa de Especialização

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO UNITY 3D AVANÇADO

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO UNITY 3D AVANÇADO REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO UNITY 3D AVANÇADO 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD) para participação

Leia mais

3.1.2 As vagas serão preenchidas até o limite máximo de vagas.

3.1.2 As vagas serão preenchidas até o limite máximo de vagas. ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA S DE EXTENSÃO: UTILIZAÇÃO DO (EDITOR DE TEXTOS) LATEX PARA CONSTRUÇÃO DE LISTAS DE EXERCÍCIO, PROVAS E TEXTOS CIENTÍFICOS, PARA COMUNIDADE DOCENTE E DISCENTE DE SUPERIOR DE

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Seleção de Bolsista Tutor para os Cursos de Especialização em Educação Especial

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. Seleção de Bolsista Tutor para os Cursos de Especialização em Educação Especial UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Seleção de Bolsista Tutor para os Cursos de Especialização em Educação Especial A Reitora da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO,

Leia mais

PROCESSO N.º 1053/11 PROTOCOLO N.º 10.402.586-2 PARECER CEE/CEB N.º 1046/11 APROVADO EM 10/11/11

PROCESSO N.º 1053/11 PROTOCOLO N.º 10.402.586-2 PARECER CEE/CEB N.º 1046/11 APROVADO EM 10/11/11 PROTOCOLO N.º 10.402.586-2 PARECER CEE/CEB N.º 1046/11 APROVADO EM 10/11/11 CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA INTERESSADO: CENTRO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DO SENAC EM IRATI MUNICÍPIO: IRATI ASSUNTO: Pedido de

Leia mais

Centro de Estudos Avançados em Pós Graduação e Pesquisa

Centro de Estudos Avançados em Pós Graduação e Pesquisa GESTÃO EDUCACIONAL INTEGRADA: Oferecendo 04 Habilitações: supervisão de ensino, orientação educacional, inspeção de ensino e administração escolar. JUSTIFICATIVA O Curso de Especialização em Gestão Educacional

Leia mais

Número total de vagas 20

Número total de vagas 20 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ IFPI PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO PROPI EDITAL 12/2015 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí

Leia mais