CAPEMISA PROMOVE MEGA ENCONTRO EM BÚZIOS Rádio Web JRS - Sempre a opção mais inteligente - Acesse:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CAPEMISA PROMOVE MEGA ENCONTRO EM BÚZIOS Rádio Web JRS - Sempre a opção mais inteligente - Acesse: www.jrscomunicacao.com."

Transcrição

1 Edição Ano 11 JRS - Abril, Revista Especializada em Seguros, Previdência e Capitalização. Brasil faz a lição de casa sem copiar do vizinho. Em entrevista, especialista realça diretrizes do seguro no país. CAPEMISA PROMOVE MEGA ENCONTRO EM BÚZIOS Rádio Web JRS - Sempre a opção mais inteligente - Acesse: - Abril,

2 editorial A JRS onde está a notícia segura Os veículos da JRS Comunicação há tempos já extrapolaram as fronteiras da sede da empresa em Porto Alegre. Graças à ferramenta internet, a revista mensal pode ser lida em qualquer localidade do mundo através do portal com.br, que também hospeda edições da newsletter diária e veicula, de terça a quinta-feira, o programa Rádio WEB JRS, com entrevistas de executivos do mercado de seguros. Assim sendo, é natural que o trabalho da equipe de Jota Carvalho passe a ser reconhecido em outras paragens, o que tem rendido convites para que nossos jornalistas e técnicos audiovisuais façam coberturas de eventos realizados longe do Rio Grande do Sul. Umas das mais recentes escalas foi a paradisíaca Búzios, onde a Capemisa Seguradora de Vida e Previdência realizou um megaevento para premiar os corretores de seguros vencedores da campanha de vendas da companhia. Entre 8 e 10 de abril, lá estiveram Jota, Bruno Carvalho e Filipe Tedesco para acompanhar a ação da seguradora e relatá-la para nossos ouvintes, telespectadores e leitores. Antes, já havíamos participado de eventos do mercado de seguros em Vitória-ES, Brasília, Curitiba e, por mais de uma vez, São Paulo e Rio de Janeiro capital. Isso sem falar, nas frequentes incursões pelo interior gaúcho, sempre acompanhando os operadores insurance e suas iniciativas. Em breve, há forte tendência de pegarmos as malas para visitar outros países, verificando in loco a atividade de seguradores e corretores brasileiros no exterior. Claro que viajar é muito bom, recicla, agrega saber à vida das pessoas. Mas vale frisar que o componente desgaste físico existe quando das viagens a trabalho. Em muitos destes périplos, demos cochiladas em aeroportos enquanto esperamos voos atrasados, desembarcamos do avião correndo para cobrir eventos e retornamos imediatamente ao quartel-general em Porto Alegre para redigir textos e editar as gravações efetuadas. Ou seja, correria pura e até uma quota de sacrifício visando sempre prestar o serviço de aproximar as ações dos operadores em seguros do público em geral. No mundo atual, com transmissão ao vivo pela internet e a instantaneidade do envio de releases até seria possível produzir informação sem sair de casa. Mas ainda nada superou a presença física, o contato pessoal direto, o acompanhamento ao vivo da notícia. Por essa razão, a JRS não está preocupada em economizar milhas, se a motivação for estar sempre em cima da informação segura. O mercado de seguridade não tem mais fronteiras- e a informação também não. Em razão disso, nós também não temos limites geográficos para o exercício do jornalismo em seguros. Diretor Jota Carvalho Editoração Bruno Carvalho Diretora-executiva Ana Carvalho Imagens Filipe Tedesco Júlia Carvalho Jornalista responsável Jota Carvalho - MTB 9916 Marcelo de Araújo - MTB 8096 Equipe de apoio Joana Carvalho Tássia Silva Santos Colaboradores Juelci R. Machado - Atuário e perito Valdir Brusch - Sindicalista e Securitário Cristiano Azevedo - Corretor de seguros Jorge Jaeger - Corretor de seguros Everton Mancio - Publicitário Luiz R. Castiglione - Analista de mercado Endereço Rua dos Andradas, 904/507 Cep: Porto Alegre RS Tiragem - Aproximadamente 30 mil leitores. 2 - Abril, Já leu o seu informativo JRS hoje? Acesse e saiba tudo sobre o mercado em tempo real.

3 Rádio Web JRS - Sempre a opção mais inteligente - Acesse: - Abril,

4 SÃO LOURENÇO DO SUL-RS: SEGURADORAS GAÚCHAS PAGAM MAIS DE R$ 3 MILHÕES O Sindseg-RS realizou um levantamento junto a suas associadas sobre o volume de indenizações decorrentes da enchente verificada no município de São Lourenço do Sul-RS, em 9 de março. A estimativa total de indenizações ultrapassa os R$ 3 milhões. Os dados: avisados 118 sinistros em três seguradoras, envolvendo automóveis, residenciais e empresariais. As ocorrências estão sendo reguladas, mas as estimativas apontam para indenizações integrais, sobretudo no seguro Automóvel. A Bradesco Seguros registrou 25 sinistros na cidade, estimando um volume total de indenizações de R$ 758 mil. Foram registrados 16 sinistros em residências, oito de automóvel e um sinistro empresarial. A MAPFRE recebeu 57 avisos de ocorrências que deverão ultrapassar os R$ 1,5 milhão em pagamentos aos segurados, todos em seguro automóvel. Liberty e Indiana, empresas do mesmo grupo, computaram 36 sinistros auto, sendo 95% dos casos de indenização integral, com estimativa de prejuízo na ordem de R$ 1,1 milhão. Cabe destacar que, para garantir a cobertura para alagamentos, esta cláusula tem que estar prevista no contrato de seguro. A função social do seguro evidenciada. 4 - Abril, Já leu o seu informativo JRS hoje? Acesse e saiba tudo sobre o mercado em tempo real.

5 CONFRASEG CAXIAS DO SUL-RS: PALESTRA E AÇÃO SOCIAL Em 21 de março, foi realizado mais um encontro da Confraseg Confraria dos Securitários da Serra Gaúcha. Renata Betiol ministrou a palestra Seja o Protagonista da Sua Vida, que aborda aspectos comportamentais, de liderança e planejamento. Além dos mais de 30 confrades presentes, participação de Julio César Rosa (presidente do Sindseg-RS) e de Giovani Menger (diretor do Clube da Pedrinha-RS). Julio Rosa teceu comentários acerca da palestra fazendo uma analogia com a sua carreira no mercado segurador. Ressaltou a importância de termos objetivos em nossa vida pessoal e profissional, estabelecendo prazos para a realização destes. Receberam o pin da Confraseg e foram nomeados Confrades no encontro Mafalda Pacheco (Tokio Marine), Andressa Paim (Sul América), Taísa Silva (Generali), Fabrício Porto (Generali), Fabiane Francheschina (HDI) e Carolina Pimentel (HDI). Estando presente no DNA da Confraseg as contínuas ações sociais, no mesmo jantar foram recolhidos donativos para os flagelados de São Lourenço do Sul e algumas doações em dinheiro. Cumprimentos aos amigos da Confraseg incansáveis como sempre em ajudar o próximo. Rádio Web JRS - Sempre a opção mais inteligente - Acesse: - Abril,

6 AMAURI BUENO RECEBE PREMIAÇÃO DA SULAMÉRICA E DA ICATU SEGUROS Em grandioso evento realizado no Club Med da paradisíaca Angra dos Reis-RJ, a Corretora Amauri Bueno recebeu da SulAmérica Seguros um troféu pelo destaque na campanha de vendas de A empresa também teve reconhecimento da ICATU Seguros, que recentemente homenageou mais de 45 parceiros corretores de seguros e funcionários de todo o Brasil com o Prêmio Sinergia, que contempla os campeões de vendas de 2010, ação desenvolvida para estimular as ZURICH FECHA SEGURO DE TRÊS ESTÁDIOS DA COPA DO MUNDO 2014 As primeiras obras de reforma ou reconstrução de estádios para a Copa do Mundo de 2014 chegaram à fase de execução e a Zurich Brasil Seguros se posicionou muito bem neste mercado. Entre outubro de 2010 e janeiro de 2011, a companhia fechou contratos de seguro para as obras da reforma do Estádio do Maracanã (Rio de Janeiro), da Arena Fonte Nova (Salvador) e do Estádio Mané Garrincha (Brasília). As modalidades contratadas são Responsabilidade Civil (em alguns casos) e, principalmente, Riscos de Engenharia, que cobre danos e prejuízos durante a execução da obra. Somados, o valor em risco dos projetos chega vendas dos produtos de previdência, seguros de vida e capitalização. O prêmio oferecido pela Icatu foi uma bela viagem de três dias para o Rio de Janeiro, ocorrida de 1º a 3 de abril, com uma grande programação e festa de premiação no Hotel Copacabana Palace, onde os premiados foram homenageados com troféus e medalhas e assistiram ao show de Mart nália. Na mesma festa, o executivo Amauri Bueno comemorou a premiação juntamente com o filho Henrique Bueno. a cerca de R$ 1,9 bilhão. O Superintendente de Riscos de Engenharia, Fábio Silva, conta que dada sua proporção, estas obras são executadas por consórcios de construtores, e a competição pelos contratos de seguro foi muito grande. No entanto, a Zurich conseguiu se destacar. Contamos com o apoio integral da matriz, que nos auxiliou muito nas avaliações dos riscos, precificação e resseguros. Dos três projetos, dois consórcios são liderados pela Construtora Noberto Odebrecht e a terceira pela Construtora Andrade Gutierrez. Fora as condições do seguro em si, acredito que o relacionamento próximo ao cliente tenha sido decisivo para a conquista destes contratos. Realizamos visitas e inspeções nas obras no início e continuaremos a fazer durante a execução, de forma que os engenheiros dos consórcios e da área de Risk Engineering da Zurich possam trabalhar em conjunto a fim de minimizar os riscos envolvidos. No caso da Arena Fonte Nova, chegamos a trazer dos Estados Unidos um engenheiro especialista neste tipo de obra do Grupo Zurich para avaliação e acompanhamento dos processos de implosão do estádio, afirma Fábio. Mas não para por aí, a área de Riscos de Engenharia da Zurich já tem em vista outros estádios da Copa do Mundo. Este mercado está muito aquecido e esperamos que a posse do novo governo acelere ainda mais os projetos que estavam previstos e ainda não iniciaram. Além disso, a nossa potencialidade não restringe-se apenas na área esportiva. Estamos prospectando negócios ligados a Copa e aos Jogos Olímpicos de 2016 nas áreas de transporte público e infraestrutura, bem como as PPP (Parcerias Público Privadas), ressalta Fábio. 6 - Abril, Já leu o seu informativo JRS hoje? Acesse e saiba tudo sobre o mercado em tempo real.

7 Promoção de reparo de vidros HDI Seguros A promoção o Dia do Reparo Gratuito, uma parceria entre HDI Seguros e a Express Glass, empresa especializada na troca e reparo de vidros automotivos, gerou movimentação no estande montado no Bate Pronto da companhia, na avenida Sertório, em Porto Alegre. Visitaram o local 65 veículos, sendo que 46 aproveitaram para fazer o reparo gratuito do para brisas. A ação aconteceu nos dias 6 e 7 de Abril, válida para segurados ou não da HDI. HDI SEGUROS ADOTA CANTEIRO CENTRAL DA BERRINI EM SP A HDI Seguros será responsável pela revitalização do canteiro central da avenida Engenheiro a Luis Carlos Berrini, na Zona Sul de São Paulo. A iniciativa faz parte de um convênio assinado com a subprefeitura de Pinheiros válido por três anos. A HDI também cuidará da manutenção e da limpeza do canteiro. A sede de nosso escritório fica aqui na Berrini. Queremos que o local seja bem cuidado para que as pessoas que passarem pela avenida tenha uma visão mais agradável. É importante que cada um faça sua parte para cuidarmos bem da cidade, explica Flávio Rodrigues, diretor comercial da HDI Seguros. No canteiro, com mais m2, a ser coberto por espécie de grama chamada amendoim, serão plantadas árvores como palmeiras e laranjeiras e plantas como lírios, camélias, grumixamas, pandanus, mini pandanus, agaves, bromélias. O projeto leva a assinatura do renomado paisagista Marcelo Faisal da Caminho Verde Paisagismo. Os recursos que a subprefeitura de Pinheiros deixará de gastar na manutenção do canteiro poderão ser aplicados em outros serviços na região, como a operação tapa-buraco e a limpeza de bueiros. Os mãos-fechadas estão comemorando. Processo Susep: / O registro deste plano na Susep não implica, por parte da autarquia, incentivo ou recomendação à sua comercialização. Peça a cotação do HDI Auto a seu corretor de seguros e seja o próximo a economizar. Consulte seu corretor. S e g u r o s É de bate-pronto. Rádio Web JRS - Sempre a opção mais inteligente - Acesse: - Abril,

8 SINDSEG-RS, PALCO DE IMPORTANTES DEBATES As exposições do advogado Paulo Sérgio da Silva sobre o Código de Defesa do Consumidor gal. Segundo ele, três princípios que regem o CDC devem ser observados: a boa fé, a informação e a vulnerabilidade do consumidor. O segurador conhece sua atividade, o segurado não. Assim, o juiz sempre vai dar razão ao consumidor, declarou. O assunto gerou manifestações do presidente e do vice-presidente do Sindseg-RS, Julio Cesar Rosa e Alberto Lohmann, e também do presidente da Câmara dos Corretores de Seguros, Maurício Junqueira. Todos estão cientes de que estas questões devem ser debatidas no mercado e sugeriram a realização de um seminário voltado ao segmento jurídico para esclarecer esses pontos O auditório do Sindseg-RS também foi palco de palestra sobre seguro agrícola. A palestrante foi Laura Neves, diretora (CDC) e sua relação entre o consumidor e o fornecedor provocaram debate no primeiro almoço das seguradoras do Rio Grande do Sul de 2011, promovido pelo Sindseg-RS. Especializado em direito do consumidor, o advogado foi categórico ao afirmar que, para a Justiça, o consumidor sempre será beneficiado por obrigação leexecutiva da Agro Brasil, que discorreu sobre os desafios para o crescimento da modalidade no Brasil. Laura pontuou que o mercado precisa oferecer produtos adequados. Abordou, também, a questão dos incentivos (subsídios) federal, estadual e talvez municipal, citando know how em outros países. Por fim, destacou o aporte financeiro honrado pelas resseguradoras. A advogada frisou ainda que há muito a ser feito neste setor, que responde por menos de 10% da área segurada no Brasil, num país cuja principal atividade é a agricultura. Somos verdadeiros nenens se relacionados aos EUA ou Austrália, e o mercado segurador precisa auxiliar esse crescimento, inclusive politicamente, pois o seguro agrícola é um seguro político. Laura disse também que, para trabalhar com esse produto, corretores de seguros e seguradoras precisam se despir dos procedimentos adotados nos demais ramos, que têm características próprias para o meio urbano. No cenário rural, aquele bem segurado é a planta viva, que sofre inúmeras variações, com regulações e procedimentos diferentes. Sobre o desenvolvimento do campo, disse: Há 20 anos o setor vem investindo em expertise e tecnologia de ponta, mas tem dificuldade em entender o segurês. Os resseguradores, segundo ela, são agentes importantes nesse crescimento, trazendo ao setor agrícola o conhecimento e experiências praticadas nos demais países. A suavização da legislação em resseguros no Brasil também permite, segundo ela, que o setor alce alguns voos. A criação citada pela palestrante da Câmara Temática de Seguro Agrícola, alocada ao Ministério da Fazenda, irá facilitar todo esse processo. 8 - Abril, Já leu o seu informativo JRS hoje? Acesse e saiba tudo sobre o mercado em tempo real.

9 Rádio Web JRS - Sempre a opção mais inteligente - Acesse: - Abril,

10 Entrevista Especial Ricardo Athanásio Felinto de Oliveira O integrante do Conselho Deliberativo da Associação dos Profissionais Liberais Universitários do Brasil (APLUB), Ricardo Felinto de Oliveira, escreveu recentemente o artigo intitulado Brasileia ou Basileia. O foco desse ensaio é uma comparação entre as economias brasileira e europeia, destacando que nem sempre nossos conterrâneos devem se inspirar nos hábitos do Velho Continente. E esse raciocínio vale bastante, atualmente, para os setores de seguros e previdência, nos quais, aliás, Felinto é um especialista, tendo experiência como diretor vice-presidente da APLUB Capitalização, membro do Conselho de Curadores da Fundação APLUB de Crédito Educativo e diretor da Federação das Empresas de Capitalização no Rio de Janeiro. O texto deste articulista motivou a JRS Comunicação a realizar a seguinte entrevista, para esmiuçar o pensamento do profissional graduado em Direito com uma série de especializações. Valem a leitura e a posterior reflexão. JRS - Muitos brasileiros têm o hábito de achar que tudo o que ocorre no exterior é bom e deve ser copiado pelo país. O senhor até escreveu um artigo a respeito. Mas, afinal, os costumes europeus ou norte-americanos são sempre aplicáveis no Brasil, ainda hoje? Ricardo Felinto - Vou ilustrar minha resposta destacando um fato inusitado da história do Brasil, ocorrido na ocasião da chegada da família real portuguesa ao país e relatado por Laurentino Gomes, no livro 1808 : Carlota Joaquina, as filhas princesas e outras damas da corte tinham desembarcado com as cabeças raspadas, ou com os cabelos curtos protegidos por turbantes, em razão de uma infestação de piolhos que havia assolado os navios durante a viagem. Ao ver as princesas, as mulheres do Rio de Janeiro tiveram uma reação surpreendente: acharam que se tratava da última moda europeia e passaram a cortar os cabelos e usar turbantes. JRS - A importação açodada de modelos estrangeiros causa problemas também na economia? Ricardo Felinto - Lehman Brothers, Hypo Real Estate, Subprime, AIG e Quinn Insurance são espectros que ainda assombram nossa economia, a qual, felizmente, conseguiu escapar com poucos arranhões da última crise internacional. Porta arrombada, vêm os ferrolhos: inicia-se o movimento para identificar as deficiências que levaram à crise e sucedâneos para evitar novos percalços. JRS - Entretanto, às vezes, muito remédio pode matar o paciente? Ricardo Felinto - Não é coincidência que o Acordo da Basileia se originou, em sua raiz mais distante, na quebra do Bankhaus Herstatt, em 1974, na extinta Alemanha Oriental, fato que desencadeou um conjunto de medidas destinadas a prover segurança ao sistema financeiro. Desfecho disso, em 1988, na Basileia/Suíça, foram adotados critérios uniformes de proteção ao sistema bancário mundial, os quais vão retratados no documento designado Convergência Internacional para Mensuração e Adequação de Capital. Em 2004, o Acordo da Basileia foi revisado para adaptar-se às práticas bancárias introduzidas desde a sua primeira versão, resultando naquilo que viria a ser designado de Acordo da Basiléia II. Apesar de contar com atualizados ferrolhos, esse Acordo não foi capaz de deter a Crise do Subprime. O Lehman Brothers, no escrutínio basileico, gozaria de uma 10 - Abril, Já leu o seu informativo JRS hoje? Acesse e saiba tudo sobre o mercado em tempo real.

11 saúde financeira impecável. No final do último ano, ainda sob o trauma da crise, os reguladores globais chegaram a um novo consenso para que os bancos aumentassem suas reservas de capitais, de forma a garantir segurança em novos períodos de crise. JRS - Pela sua visão, a receita que o Brasil adotou contra a crise foi eficaz? Ricardo Felinto - No Brasil, o Banco Central editou inúmeras orientações e normas para que seus fiscalizados se adequassem às exigências suíças, deixando a cargo da Susep o regulamento do seu respectivo setor. Apesar de suas origens bancárias, o consenso da das. Confirmando as premissas do relatório Risco de Crédito, especialmente no que toca ao Acordo da Basileia II, essa proposta seguia o caminho já trilhado pelo Bacen quando publicou a Resolução CMN n , de 28 de fevereiro de 2007, tratando do Patrimônio de Referência exigido das instituições financeiras, e que se constituiu em uma das bases de implantação do Acordo da Basileia no setor bancário. Encerradas as discussões da audiência pública, apesar da insurgência manifestada por alguns operadores de mercado, foi publicada a Resolução do Conselho Nacional de Seguros Privados n. 222, de 06 já havia sido manifestado durante a dos bancos? Ricardo Felinto - Nesse robusto estudo da CEA, destaca-se que, apesar de tanto os bancos, como as seguradoras/entidades de previdência serem intermediários financeiros, isso não lhes prescreve um tratamento stardart, dadas suas características que, se pasteurizadas, enfraquecem os mercados que se pretende ajudar. O mercado securitário brasileiro ultrapassou a última crise sem maiores baixas, situação bem diferente da de outros países desenvolvidos. Essa imunidade vem sendo exaustivamente construída pelo mercado e pela Susep, tanto que das companhias se exigem provisões técnicas aptas a Basileia desbordou para o segmento de seguro e previdência privada. JRS - E a importância da Susep neste processo? audiência pública, a importação do modelo dos bancos, para o mundo do seguro e previdência privada desconsidera as distinções existentes aqui e acolá responder pelas obrigações futuras do segurador perante seus segurados. Essas provisões são aplicadas de forma conservadora, segura e líquida, sob supervisão da Susep, Ricardo Felinto - A Susep, no trabalho técnico designado Risco de Crédito, de março de 2010, apresentou as bases da regulação da cobertura de risco de crédito a que estão expostas as suas sociedades supervisionadas, abordando os modelos para mensuração do risco de crédito, como Basileia I e II e Solvência II (Resolução Legislativa do Parlamento Europeu que define as regras para seguros e resseguros na Europa). Nas conclusões do trabalho, são recomendadas medidas de supervisão e controle do risco de crédito, baseadas nas práticas internacionais de regulação de seguros, orientações da IAIS e Basileia II. Seguiu-se a audiência pública Susep n 05/2010, para análise da resolução que instituiria regras e procedimentos para o cálculo do patrimônio líquido ajustado a ser exigido das sociedades supervisiona- de dezembro de 2010, que trouxe para o campo securitário o Acordo da Basileia. JRS - Então, as medidas prescritas para o setor bancário mundial e brasileiro valem para o setor de seguridade? Ricardo Felinto - Conforme já havia sido manifestado durante a audiência pública, a importação do modelo dos bancos, para o mundo do seguro e previdência privada desconsidera as distinções existentes aqui e acolá. Isso já havia sido explicitado no trabalho da Federação Européia de Seguro e Resseguro (CEA), de junho de 2010, disponibilizado pela Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNSeg), designado Seguro: um setor único. JRS - Por que as seguradoras diferem que ainda sujeita suas fiscalizadas a critérios do Conselho Monetário Nacional. Por meio desse regulamento (CMN), é exigido que essas provisões técnicas sejam garantidas por investimentos que contemplem os requisitos da seletividade (qualidade do investimento e da instituição financeira) e diversificação (veda-se a concentração de provisões em um só tipo de investimento ou casa bancária), conforme a Resolução CMN 3.308/2005. JRS - Voltamos a destacar a importância da Susep, através do seu corpo técnico qualificado e suas práticas? Ricardo Felinto - Do ponto de vista da supervisão, independente de qualquer Acordo da Basileia, as sociedades, além de atender as exigências acima, estão sujeitas a prestar informações mensais à Susep (FIPs), franquear documentos à fis- Rádio Web JRS - Sempre a opção mais inteligente - Acesse: - Abril,

12 calização que pode, sem aviso prévio ou autorização, acessar qualquer dependência da fiscalizada, sem contar a auditoria permanente dos seus documentos contábeis. JRS - Então, estamos fazendo a lição de casa? Ricardo Felinto - Sem precisar ir à Basileia, o mercado de seguros e previdência privada vem, há bastante, fazendo sua lição de casa, sendo a prova mais cabal dessa realidade a estabilidade do segmento brasileiro diante de crises que fazem tremer as maiores potências do mundo. Essa bem sucedida experiência deve nos fazer refletir sobre a necessidade de importarmos modelos alienígenas, de outros setores da economia, como tratamento de uma doença da qual ainda não padecemos (quiçá jamais nos aflija). JRS - Definitivamente, o remédio global não se aplica aqui? Ricardo Felinto - Um CEO brasileiro, diante da nova regulamentação expedida com base na Basileia, disse que se sentia como uma pessoa sã que ouve do seu médico que poderá ter problemas graves de saúde daqui a 15 anos, e que, por conta disso, prescreve-lhe, imediatamente, remédio que, se não o matar, o fará adoecer imediatamente. A Convenção da Basileia, aplicada, sem restrição, ao mercado supervisionado pela Susep, será um bis in idem prejudicial às melhores práticas, pois criará seis e meia dúzia, sendo esse último tratado com ares de novidade. JRS - O propósito é esclarecer as diferenças básicas entre banco e seguro cotejando com a aplicabilidade da Basileia? Ricardo Felinto - Como destacou a CEA no seu referido trabalho, as sociedades de seguros estão expostas principalmente ao risco de subscrição e de mercado, enquanto aos bancos informam os riscos de liquidez e de inadimplência, relativamente baixos no primeiro caso. As companhias são financiadas principalmente pelos segurados, com pouca dependência de capital e endividamento de acionistas. Além disso, pela regulamentação brasileira, a cobertura do risco depende do pagamento do prêmio, situação bem mais segura do O estudo europeu, depois de demonstrar que as atividades securitárias não geram estresse sistêmico, como a corrida de saques que normalmente ocorre nos bancos que a de um banco que empresta recursos e não sabe se irá recebê-los de volta, sem contar que seu financiamento é variado e incerto (depósitos de clientes, depósitos interbancários, depósitos de seguro, papéis comerciais, títulos, títulos garantidos, transações de recompra de papéis e patrimônio líquido e reservas dos acionistas). JRS - Na relação bancos X seguro, o primeiro refere-se a capital e vontade do dono do dinheiro. O seguro com incerteza característica do contrato, tábuas e provisões a serem ajustadas em função da massas segurada e frequência de eventos. Correto? Ricardo Felinto - Enquanto nas instituições financeiras as fontes de capital são extremamente voláteis, como no caso dos depósitos que podem ser retirados de acordo com a vontade do correntista, a situação se inverte no mercado de seguros, pois aqui é inimaginável que o segurado saque, ao seu bel prazer, os prêmios pagos (retirada de quantia provisionada para o risco). Também o sinistro, como fato incerto gerador de obrigações, é mais estável, tanto que a Crise do Subprime não aumentou o número de mortes naturais ou acidentes de trânsitos, nem provocou desastres naturais de grandes proporções (terremotos, maremotos, etc.). Além disso, a precificação dos riscos no mercado segurador é altamente regulada e fiscalizada pela Susep, inclusive no que diz com a definição de tábuas biométricas. Mas não para por aí: quando uma tábua biométrica fica desatualizada (não atende ao risco da massa segurada, tem taxa de juros inadequada, idade média defasada, etc.), são estabelecidas exigências adicionais para as supervisionadas, como foi o caso da Provisão de Insuficiência de Contribuições (PIC), da Provisão de Oscilação de Riscos (POR), da Provisão de Insuficiência de Prêmios (PIP), etc., etc. Portanto, no mercado brasileiro, além do modelo determinístico de mensuração de riscos, ainda se utilizam salvaguardas para oscilações que desequilibrem essa equação estática (PIC, POR, PIP, etc.). Além disso, às companhias, considerando suas particularidades, ainda são impostos testes de adequação entre ativos e passivos (Asset Liability Management ALM). JRS - Esta entrevista tem focado bastante liquidez e solvência das operadoras de seguros. Que exemplo o senhor pode citar destes itens? Ricardo Felinto - O Teste de Adequação dos Passivos, instituído pela Circular Susep 410/2010, em consonância com o International Financial Reporting Standard 4 Insurance Contracts (IFRS 12 - Abril, Já leu o seu informativo JRS hoje? Acesse e saiba tudo sobre o mercado em tempo real.

13 4), avaliará os compromissos decorrentes dos contratos já existentes na data-base do teste, verificando a real necessidade de constituição de reservas. JRS - Então, podemos concluir... Ricardo Felinto - Que o mercado securitário, pelas suas características, é mais estável e controlado, já goza de um micro-sistema normativo atualizado e meios efetivos de supervisão. É inimaginável, por exemplo, que, em um contrato de financiamento, devidamente formalizado e com taxas estabelecidas, possa o Bacen, diante de um quadro de crise, exigir da instituição financeira o aumento unilateral dos juros ou que sejam exigidas mais garantias do mutuário. Apenas para exemplificar, com as devidas adaptações, essas mudanças são realizadas frequentemente em contratos de seguro e previdência, devidamente formalizados, em planos aprovados pela Susep. Ademais, sendo a contribuição dos segurados/associados a principal fonte de receita das seguradoras e entidades de previdência, a relação financeira entre congêneres se torna rara, diferente dos bancos que, por meio da constante venda de carteira e depósitos interbancários, formam uma corrente sujeita ao efeito dominó. JRS - O fulcro da matéria é a adoção internacional a brasileira, até com título bem sugestivo como alerta? Ricardo Felinto - O estudo europeu, depois de demonstrar que as atividades securitárias não geram estresse sistêmico, como a corrida de saques que normalmente ocorre nos bancos, destaca que os problemas financeiros enfrentados pela AIG e a Quinn Insurance decorreram de operações exógenas ao seu próprio mercado, as quais, no sistema brasileiro, dificilmente passariam despercebidas ou seriam toleradas. JRS - Dedução lógica: cautela e ausência de controles diferentes para diferentes segmentos criam sub-segmentos? Ricardo Felinto - Por isso, a Resolução CNSP n. 222/2010 e seus atos regulatórios devem ser aplicados com redobrada cautela, especialmente porque criam critérios paralelos de patrimônio líquido e solvabilidade extra-reservas, contrariando as regras estabelecidas pela Constituição, Lei das Sociedades Anônimas e leis complementares (v.g. LC 109/2001). Matérias dessa complexidade, até para garantir a coerência contábil nacional, não podem ficar a cargo de segmentos específicos, pois senão haverá conceitos próprios de PL para o setor de petróleo, saúde, seguro, bancário, etc., etc., transformando as demonstrações financeiras brasileiras em Rádio Web JRS - Sempre a opção mais inteligente - Acesse: - Abril,

14 uma Torre de Babel. JRS - A crise de 2008 demonstrou que o sistema brasileiro de seguros é sólido e éramos felizes e não sabíamos? Ricardo Felinto - Sim. O sistema brasileiro de seguros é qualificado e está entre os melhores do mundo, de modo que uma companhia não pode encerrar o dia apresentando saúde financeira, nos moldes definidos pelo seu órgão controlador, e acordar deficitária e inviável. Sistema, como diz o próprio nome, pressupõe estabilidade e meios apropriados para o seu desenvolvimento, regras claras que não podem ser mudadas de uma hora para outra. Inadmitir determinados ativos no PL que até o dia anterior eram válidos e legais constitui-se, na prática, em um confisco, um atentado contra o princípio constitucional da livre iniciativa. Reitere-se: o nosso sistema securitário e de previdência privada está baseado, segundo dispõe a Lei Suprema (artigos 192 e 202), na constituição de reservas que garantam o benefício contratado, com seu regulamento ditado por lei complementar. Então, se do ponto de vista das reservas, uma companhia está adequada, poderá uma simples resolução negar essa realidade a pretexto de aplicar o Acordo da Basileia? Poderá a resolução alterar o critério de solvabilidade baseado em reservas para outro envolvendo o patrimônio líquido? Note-se que não está em discussão a criação de melhores práticas para a garantia da saúde do mercado, apenas que essas alterações devem seguir uma lógica e um procedimento estabelecidos na Constituição Federal, sob pena de se instalar o caos em um segmento que precisa de regras claras e constantes para se desenvolver. JRS - Recado final e o feliz título Basileia ou Brasileia. Ricardo Felinto - Concordamos com as conclusões da CEA, segundo as quais a importação do modelo bancário (Basileia), sem redobrados cuidados e ponderações, poderá prejudicar o mercado securitário em vez de ajudá-lo, visto que ele já se encontra devidamente controlado no âmbito do sistema nacional de seguros privados. Aliás, contamos com um modelo tropical, nossa Brasileia que, até o momento, se mostrou mais competente que o suíço. Portanto, não é necessário raspar a cabeça para estar entre os melhores sistemas do mundo Abril, Já leu o seu informativo JRS hoje? Acesse e saiba tudo sobre o mercado em tempo real.

15 Rádio Web JRS - Sempre a opção mais inteligente - Acesse: - Abril,

16 ICATU SEGUROS com força em todas as mídias A ICATU Seguros completou 20 de anos de fundação no final de março. Em júbilo, a líder em sua especialidade - de Seguro de Vida, Previdência, Capitalização, Administração Previdenciária e Administração de Recursos- recebeu homenagem da Associação Comercial de Porto Alegre pelo um especialista pode oferecer um futuro personalizado, do jeito que cada pessoa quer ter, explica Aura Rebelo, diretora de produtos e marketing da ICATU Seguros. A empresa aposta em um roteiro em que o personagem principal vai a uma loja em busca de um futuro para ele. A vendedora oferece diversas opções fecha- transcurso da data. O solenidade ocorreu em 22 de março, na capital gaúcha. O aniversário da empresa veio acompanhado de duas novas grandes ações de marketing- uma em nível nacional e outra na filial do Rio Grande do Sul. A ICATU Seguros está patrocinando as placas de sinalização turística da cidade de Cambará do Sul, no interior gaúcho. Desde a entrada até a praça principal, a marca da companhia pode ser vista por todo o município. Somos especialistas em tudo o que tem importância para o povo gaúcho. Por isso também escolhemos Cambará do Sul, pois é uma riqueza do nosso povo e uma das regiões mais belas do nosso Estado, afirma o vice-presidente Sul da ICATU Seguros, Cesar Saut. O patrocínio da ICATU Seguros ocorre junto ao Projeto Cambará Mais Sinalizado, da Secretaria Municipal de Turismo, Cultura e Desporto de Cambará do Sul. Já em rede nacional, pela primeira vez a seguradora investe numa campanha publicitária na TV aberta. A estreia do inédito anúncio ocorreu no domingo dia 03 de abril, no intervalo do Fantástico, na TV Globo, nas capitais Rio de Janeiro, Porto Alegre, Recife e São Paulo. O filme, que tem duração de 30 segundos, faz parte da campanha institucional Especialista no que tem valor pra você, lançada no final de 2010 na mídia impressa. O comercial também tem veiculação programada para o horário nobre na TV Globo e na TV por assinatura, em canais como Globo News, SporTV e GNT. O nosso primeiro comercial foi inspirado no conceito de que só das, como senhores jogando mini-golfe e um casal em uma rede na praia, o que não satisfaz o cliente. No final, o personagem desiste quando ela lhe oferece a opção de jogar xadrez na pracinha. O filme termina com a locução Para ter um futuro do seu jeito, só procurando um especialista. ICATU Seguros- Especialista no que tem valor pra você. A criação é da Agência 3, com produção da Conspiração Filmes e direção de Andrucha Waddington Abril, Já leu o seu informativo JRS hoje? Acesse e saiba tudo sobre o mercado em tempo real.

17 Rádio Web JRS - Sempre a opção mais inteligente - Acesse: - Abril,

18 Novo estúdio virtual do programa Seguros e Serviços Financeiros Sem Mistério na TV. Grupo JRS Comunicação: Inovando sempre! 18 - Abril, Já leu o seu informativo JRS hoje? Acesse e saiba tudo sobre o mercado em tempo real.

19 SINCOR VALE DO SINOS: LOJA PRÓPRIA, DPVAT E PARCERIA MBM No dia 12 de Abril, em Novo Hamburgo-RS, a Delegacia do Sincor-RS, em parceria com o MBM Seguros de Pessoas, inaugurou logístico que visa dar atendimento à população do Vale do Sinos-RS, sobre o seguro DPVAT, eliminando os atravessadores. Sito na Rua Marcilio Dias, 935, esquina Nações Unidas, no centro da cidade, o local está disponível para que os corretores de seguros orientem os consumidores e esclareçam a gratuidade do encaminhamento e informações do seguro DPVAT. As mais altas autoridades da região se fizeram presentes, com representantes da Câmara dos Vereadores, OAB, Detran, Prefeitura, Polícia Civil, Associação Comercial, delegado do Vale Andre Thozeski, idelizador do projeto, Celso Marini, presidente do Sincor-RS, Guacir Bueno e Nelton Ledur, presidente do MBM e vicepresidente respectivamente, entre outros vice-presidentes e diretores presentes. A sede inaugurada tem auditório com 40 lugares para treinamentos e reuniões. Mais um tento da delegacia do Vale, valorizando o corretor de seguros. Rádio Web JRS - Sempre a opção mais inteligente - Acesse: - Abril,

20 MBM LANÇA SEGURO APP ACIDENTES PESSOAIS DE PASSAGEIROS O MBM Seguro de Pessoas realizou no último dia 14 de abril, data do aniversário de fundação da empresa, um coquetel que reuniu em sua Matriz, em Porto Alegre, expoentes do mercado segurador gaúcho. Aproveitando sua expertise de 61 anos, a empresa mais uma vez inova ao lançar um produto acessível e amigável, o APP - Acidentes Pessoais de Passageiros, um seguro voltado especialmente aos passageiros de veículos automotores. Este produto, além de inovador, vem ao encontro dos anseios dos corretores de ter um seguro de acidentes a passageiros que é independente da contratação de outras coberturas e, com isso, preenche uma grande lacuna no mercado. O APP conta com taxas regionalizadas garantindo maior competitividade, facilidade de pagamento pelo amplo parcelamento, baixo valor das parcelas, isenção de custo de apólice, ajustamento do pagamento da primeira parcela, pagamento de pró-labore, excelente combinação de coberturas e, também, assegura ao corretor a melhor comissão do mercado. Os produtos ofertados pelo MBM contam com um profundo e coerente estudo, proporcionando o melhor em matéria de seguros. Nas palavras do diretor de Produção Nelton Ledur, ser acessível e amigável é ofertar produtos que o consumidor precisa e que o corretor aprova pela sua simplicidade Abril, Já leu o seu informativo JRS hoje? Acesse e saiba tudo sobre o mercado em tempo real.

21 CAPEMISA PROMOVE GRANDE ENCONTRO EM BÚZIOS A CAPEMISA Seguradora de Vida e Previdência reuniu, de 8 a 10 de abril, mais de 200 corretores de seguros, assessorias e convidados especiais de todo o Brasil na paradisíaca Búzios, no Rio de Janeiro. Tendo como palco central do grande encontro de final de semana o hotel Super Club Breezes Resort, a seguradora comprovou estar no roll das grandes empresas nacionais, ao oferecer quatro dias de total desfrute e integração aos parceiros e colaboradores, como reconhecimento aos corretores que obtiveram os melhores resultados na campanha de vendas Sou + Você Especialmente convidada, a equipe da JRS Comunicação acompanhou, na quinta-feira, dia 8, a chegada de convidados de diversas regiões do país à cidade do Rio de Janeiro, escala de luxo para o local do grande evento, em Búzios. A tônica, nos dois primeiros dias da ação e no dia de sábado foi uma programação intensa de lazer, envolvimento, interação, que incluiu passeio de jipe e escuna, futebol, drinks, piscina disponível 24 horas por Rádio Web JRS - Sempre a opção mais inteligente - Acesse: - Abril,

22 22 - Abril, Já leu o seu informativo JRS hoje? Acesse e saiba tudo sobre o mercado em tempo real.

23 dia, spa, churrasco, etc. Fidalguia total exercida pelo staff da CAPEMISA. Laerte Lacerda, Nilson Barbosa, Daniel Arena, Carlos Pereira e Gersica Sandri, os dois últimos executivos do Rio Grande do Sul, foram incansáveis em recepcionar os convidados. Fantástico. Este pode, sim, ser um adjetivo apropriado para descrever os momentos que a CAPEMISA proporcionou. Contudo, o ápice do megaevento no Rio de Janeiro foi a noite de sábado, quando a empresa entregou os merecidos prêmios aos vencedores da campanha Sou + Você Os profissionais foram agraciados com presentes que variaram de impressoras multifuncionais a carros zero quilômetro. A cerimônia contou com a presença do diretor-presidente da CAPEMISA, José Augusto da Costa Tatagiba. Um jantar seguido do show da banda Rio Babilônia completou à noite, que ainda teve Rádio Web JRS - Sempre a opção mais inteligente - Acesse: - Abril,

24 surpresas extras. Um trio de desenhistas ficou a postos para fazer caricaturas, e foi montado um mural com fotos de todos os participantes da festa, que puderam levar consigo as fotografias e as caricaturas como lembrança do grande momento. Entre os premiados, os gaúchos Alberto Jr e Vilmar Blegon, da MITRASEG, e Mariangela Rosa e Emerson Alves, da LIFE Consult, abocanharam os maiores prêmios nacionais, fazendo jus a dois Sandero 0 km. Alberto e Mari, ao fazerem seus agradecimentos, homenagearam a equipe de funcionários de suas respectivas empresas. Para realçar a homenagem, em pleno palco de premiação, Alberto reproduziu a oração que é uma prática diária da Mitraseg. No domingo, um café da manhã com gostinho de especial de vitória (palavras do material de divulgação que era atualizado diariamente durante o encontro) recuperou os convidados da ressaca. Ao meio-dia, ocorreu a saída de ônibus do hotel em direção aos aeroportos cariocas. Encerrava-se um final de semana marcante.

25 SOU + VOCÊ 2011 LANÇADA EM PORTO ALEGRE Os corretores de seguros atenderam a chamada da CAPEMISA Seguradora de Vida e Previdência Sucursal Porto Alegre para a campanha de vendas SOU + VOCÊ 2011 e o lançamento do Produto de Previdência BENFELIZ (PGBL e VBGL), em evento ocorrido na noite de 17 de março. Daniel Arena e Carlos Pereira, superintendente região sul e gerente sucursal Porto Alegre, respectivamente, acompanhados de Nelson Paiva, superintendente comercial nacional, foram os anfitriões, destinando atenção especial aos corretores de seguros presentes. Os profissionais de vendas, além de terem a oportunidade de ofertar aos seus clientes os produtos da seguradora com a comissão correspondente, tiveram conhecimento das excelentes bonificações por venda. O processo na prática multiplica por dois a remuneração de cada venda efetuada. Premiação em forma de dinheiro vivo na conta e o sorteio de três carros para os líderes de vendas também integram a presente ação da CAPEMISA. Em 2009, um gaúcho, Telmo Saldanha, abocanhou um Citroen 0Km. Em 2011, a CAPEMISA reconheceu o valioso e pioneiro trabalho das empresas com sede em Porto Alegre Mitraseg Administração e Corretagem de Seguros e LIFE Consult. As duas empresas especializadas em seguros de pessoas foram contempladas cada uma com um carro zero quilômetro. Alberto de Souza Jr, pela Mitraseg, e Mariangela Rosa, pela Life Consult, ambos diretores das empresas, receberam os prêmios da parceira CAPEMISA. Rádio Web JRS - Sempre a opção mais inteligente - Acesse: - Abril,

26 26 - Abril, Já leu o seu informativo JRS hoje? Acesse e saiba tudo sobre o mercado em tempo real.

27 GBOEX conquista prêmio nacional A empresa é considerada Líder de vendas em seu segmento.porto Alegre, 07 de abril de O GBOEX, referência em previdência privada, acaba de receber o prêmio Líder de Vendas, no segmento das Entidades Abertas Sem Fins Lucrativos. A premiação, promovida pela Revista Segurador Brasil, considerou o crescimento de 49,93% nas contribuições da empresa. A distinção levou em conta os números divulgados pela SUSEP, de janeiro a novembro de 2009 e O prêmio, resultado das operações no período de 11 meses, foi concedido após análise de um especialista na área econômica. O diretor de Produção do GBOEX, Nilton Celente Bermudez, recebeu a distinção no último dia 30 de março, em São Paulo, onde foi realizada a 8ª edição do Prêmio Segurador Brasil. O GBOEX está prestes a completar 100 anos. Com sede em Porto Alegre, está presente nas principais cidades do Brasil. Atualmente conta com cerca de 200 mil associados, administrando uma carteira com quase 300 mil planos, entre pecúlio e seguro. Além disto, tem uma rede credenciada com diversos serviços conveniados, que proporcionam inúmeros descontos aos seus associados. Mais informações em Rádio Web JRS - Sempre a opção mais inteligente - Acesse: - Abril,

28 CAFÉ DA MANHÃ CLUBE DAS GURIAS EM SEGUROS-RS Mesmo que a data magna das mulheres tenha ocorrido neste ano em pleno Carnaval (8 de março), o mais recente evento do Clube das Gurias em Seguros no Rio Grande do Sul não permitiu que o Dia Internacional da Mulher fosse deslustrado no mercado gaúcho de seguros. Isso graças ao destacado café da manhã promovido em 22 de março na Federasul, em Porto Alegre. O encontro contou com palestra da empresária da capital gaúcha Carmem Flores. Um salão de uma centena, quase em sua maioria de mulheres laboriosas do segmento de seguridade, ouviu atentamente a história da empresária que saiu do interior gaúcho para vencer na grande cidade. Entre alguns indicadores de sua trajetória vitoriosa, ela destacou pontos que considera imprescindíveis na mulher. São eles amor ao trabalho, família, respeito por todos e garra para enfrentar as pedras no caminho. Homenagens ao Clube das Gurias com oferecimento de um buquê pela Bradesco Auto/RE, HDI e InvestPrev e demais patrocinadoras: Porto Seguro, ITAÚ, Azul e Allianz Seguradora.

29 Rádio Web JRS - Sempre a opção mais inteligente - Acesse: - Abril,

30 Global recebe Prêmio Segurador Brasil 2011 Confirmando a presença cada vez mais forte no cenário nacional, a Global Serviços e Assistência 24 Horas no Ar já recebeu a sua primeira premiação de Foi no dia 30 de março, quando os diretores Nilton Belsarena, Maria Eunice Ribas e Adriano Silva estiveram presentes nos sofisticados salões do Buffet Baiúca Oscar Freire/Rebouças, em São Paulo, para a cerimônia do Prêmio Segurador Brasil A empresa gaúcha é a vencedora do ano na categoria Mérito na Prestação de Serviços e Assistência 24 Horas no Segmento Vida. É uma premiação que se distingue pela credibilidade e transparência nos resultados. Estamos mais uma vez muito orgulhosos por fazer parte do grupo de empresas eleitas, afirmou Nilton Belsarena sobre mais este reconhecimento. O Prêmio Segurador Brasil é organizado pela Revista Segurador Brasil e está em sua oitava edição, tendo a assinatura do renomado economista da área de seguros, Luiz Roberto Castiglione, que avaliou as empresas classificadas com base nos resultados apresentados de novembro de 2009 a novembro de A festa deste ano reuniu mais de 500 convidados Abril, Já leu o seu informativo JRS hoje? Acesse e saiba tudo sobre o mercado em tempo real.

31 Rádio Web JRS - Sempre a opção mais inteligente - Acesse: - Abril,

32 32 - Abril, Já leu o seu informativo JRS hoje? Acesse e saiba tudo sobre o mercado em tempo real.

33 2011 PORTO ALEGRE - RS Dia 26/05 ENCOR ENCONTRO REGIONAL DOS REALIZAÇÃO: 69 ANOS CORRETORES DE SEGUROS DO RIO GRANDE DO SUL PROGRAMA QUINTA-FEIRA TEMA: DESAFIOS DE UMA NOVA ERA Dias 26 e 27 de maio CENTRO DE EVENTOS SÃO JOSÉ - PLAZA SÃO RAFAEL - PORTO ALEGRE MILLENIUM FLAT TARIFA HOTÉIS TARIFA ESPECIAL SEMANA Av. Borges de Medeiros, Centro - Fone: (51) TARIFA ESPECIAL FINAL DE SEMANA SEXTA A DOMINGO STANDART SINGLE / DUPLO R$ 218 / R$ 253 R$ 187 / R$ 216 SUPERIOR SINGLE / DUPLO R$ 231 / R$ 269 R$ 198 / R$ 230 LUXO SINGLE / DUPLO R$ 262 / R$ 306 R$ 224 / R$ 262 CRIANÇAS DE 0 A 6 ANOS INVESTIMENTO INDIVIDUAL PARA PARTICIPAÇÃO Nº CATEGORIAS ATÉ 30/ CORRETOR SÓCIO EM DIA E CÔNJUGE SÓCIOS DE EMPRESAS ASSOCIADAS FUNCIONÁRIOS DE EMPRESAS ASSOCIADAS CORRETOR NÃO SÓCIO E CÔNJUGE SÓCIOS DE EMPRESAS NÃO ASSOCIADAS OUTROS FREE 90,00 90,00 115,00 170,00 170,00 230,00 A PARTIR DE 01/05 A 23/05 100,00 FREE 100,00 130,00 200,00 200,00 250,00 DADOS PARA DEPÓSITO: BANRISUL - AG C.C Nº PARA MAIORES INFORMAÇÕES, ENTRE EM CONTATO COM O SINCOR-RS PELO FONE (51) h 14h 19h 20h Credenciamento Abertura da Feira de Seguros Cerimônia de Abertura Coquetel MASTER EXPRESS SINGLE DUPLO PERÍODO: 26 A 27/05/2011 R$ 108 R$ 128 Av. Alberto Bins, Centro - Fone: (51) CONTINENTAL SINGLE STANDART DUPLO STANDART PERÍODO: 26 A 28/05/2011 R$ 216 R$ 238 Dia 27/05 SEXTA-FEIRA Largo Vespasiano Júlio Veppo, 77 - Centro (ao lado da rodoviária) - Fone: (51) CONTINENTAL BUSINESS SINGLE STANDART DUPLO STANDART TX PERÍODO: 26 A 28/05/2011 R$ 168 R$ 192 5% 9h 10h 10h30 12h 14h 16h 16h30 17h30 21h Palestra: CONTRATO DE SEGUROS: Novos Paradigmas Palestrante: Walter Polido Coffee Break Painel Político Almoço Palestra Motivacional Coffee Break Palestra: ABERTURA DO MERCADO Palestrante: Cláudio Saba Palestra: PAINEL DAS SEGURADORAS Jantar de Encerramento Local: Sogipa RITTER HOTÉIS SINGLE Praça Otávio Rocha, 49 - Centro - Fone: (51) PLAZINHA LUXO SINGLE LUXO DUPLO ESTACIONAMENTO PERÍODO: 26 A 27/05/2011 R$ 165 R$ 183 R$ 20 (diária) Rua Senhor dos Passos, Centro - Fone: (51) STANDART STANDART EXECUTIVO EXECUTIVO LUXO PLAZA SÃO RAFAEL SINGLE DUPLO SINGLE DUPLO SINGLE PERÍODO: 26 A 27/05/2011 R$ 270 R$ 300 R$ 351 R$ 390 R$ 220 Av. Alberto Bins, Centro - Fone: (51) LUXO R$ 170 LUXO SUPERIOR R$ 200 LUXO DUPLO R$ 244 TX 10% DUPLO R$ 190 R$ 230 R$ 230 R$ 290 R$ 160 R$ 180 ESTACIONAMENTO R$ 14 (diária) Largo Vespasiano Júlio Veppo, 55 - Centro (ao lado da Rodoviária) - Fone: (51) OBS.: OS CONGRESSISTAS DEVEM SE IDENTIFICAR COMO PARTICIPANTES DO 9º ENCOR PARA OBTEREM TARIFA ESPECIAL. SUÍTE R$ 210 SUÍTE SUPERIOR STANDART R$ 270 R$ 140 TX 10% STANDART SUPERIOR R$ 160 ENCONTRO REGIONAL DOS CORRETORES DE SEGUROS DO RIO GRANDE DO SUL PATROCÍNIO: APOIO:

8º Congresso Brasileiro & Pan-Americano de Atuária. Rio de Janeiro Agosto - 2010

8º Congresso Brasileiro & Pan-Americano de Atuária. Rio de Janeiro Agosto - 2010 Normas Internacionais de Supervisão 8º Congresso Brasileiro & Pan-Americano de Atuária Rio de Janeiro Agosto - 2010 Sumário: 1. Solvência II 2. International Association of Insurance Supervisors IAIS 3.

Leia mais

Procon, Fiscalizadores, Reguladores e a transparência na relação consumo.

Procon, Fiscalizadores, Reguladores e a transparência na relação consumo. Classificação das Sociedades - Existem 2 categorias : Conglomerados financeiros Concentram se em público-alvo, que são os clientes do próprio conglomerado, pertence a uma sociedade participativa liderada

Leia mais

A representação institucional do mercado segurador

A representação institucional do mercado segurador A representação institucional do mercado segurador A Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização CNseg é a entidade de representação

Leia mais

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS

SECRETARIA DA JUSTIÇA E DA DEFESA DA CIDADANIA FUNDAÇÃO DE PROTEÇÃO E DEFESA DO CONSUMIDOR DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS Resultados dos estudos sobre a redução de taxas de juros praticadas por bancos públicos e privados. Orientações aos consumidores. Face aos diversos anúncios de redução de juros veiculados na mídia a partir

Leia mais

SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE BRASÍLIA PÚBLICA

SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE BRASÍLIA PÚBLICA SINDICATO DOS BANCÁRIOS DE BRASÍLIA PÚBLICA 2 Caixa, patrimônio dos brasileiros. Caixa 100% pública! O processo de abertura do capital da Caixa Econômica Federal não interessa aos trabalhadores e à população

Leia mais

A... Aceitação Ato de aprovação pela entidade de uma proposta efetuada.

A... Aceitação Ato de aprovação pela entidade de uma proposta efetuada. A... Aceitação Ato de aprovação pela entidade de uma proposta efetuada. Adesão Característica do contrato de previdência privada, relativa ao ato do proponente aderir ao plano de previdência. Administradores

Leia mais

PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA Projeto Básico da Contratação de Serviços: Constitui objeto do presente Projeto Básico a contratação de empresa especializada em serviços de comunicação

Leia mais

O FIOSAÚDE está adotando, no que aplica, as Leis nº 11.638/07 e nº 11.941/09 em suas demonstrações contábeis de 31 de dezembro de 2011.

O FIOSAÚDE está adotando, no que aplica, as Leis nº 11.638/07 e nº 11.941/09 em suas demonstrações contábeis de 31 de dezembro de 2011. Notas explicativas às Demonstrações Contábeis do Exercício Findo em 31 de dezembro de. (Valores expressos em Reais) 1. Contexto Operacional A Caixa de Assistência Oswaldo Cruz FIOSAÚDE, pessoa jurídica

Leia mais

FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO

FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO FECOMÉRCIO VEÍCULO: NOVO JORNAL DATA: 02.12.15 EDITORIA: NOTAS DA REDAÇÃO VEÍCULO: NATAL NOTÍCIAS DATA: 02.12.15 01 Dez 2015 Presidente Marcelo Queiroz participa da 17ª Convenção do Comércio e Serviços

Leia mais

Projeto APAS Affinity Auto

Projeto APAS Affinity Auto Projeto APAS Affinity Auto Índice Objetivo Parceiros Produto Estrutura de Atendimento Preços Por Amostragem Objetivo Desenvolver produtos de seguros e benefícios para funcionários, dirigentes e sócios

Leia mais

Regulatory Practice Insurance News

Regulatory Practice Insurance News kpmg Agosto 2005 SUSEP SETOR DE APOIO REGULAMENTAR (SAR) Regulatory Practice Insurance News FINANCIAL SERVICES Destaque do mês Aplicação de recursos Resolução CMN 3.308, de 31.08.2005 Alteração A Resolução

Leia mais

O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional

O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional O primeiro guia online de anúncios de Guarulhos a se tornar franquia nacional O guia online Vitrine de Guarulhos é um dos produtos do Grupo Vitrine X3, lançado no dia 11/11/11 com o objetivo de promover

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS

SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS SUPERINTENDÊNCIA DE SEGUROS PRIVADOS CIRCULAR SUSEP N o 457, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2012. Institui o Teste de Adequação de Passivos para fins de elaboração das demonstrações financeiras e define regras e

Leia mais

Unidade III. Operadores. Demais instituições financeiras. Outros intermediários financeiros e administradores de recursos de terceiros

Unidade III. Operadores. Demais instituições financeiras. Outros intermediários financeiros e administradores de recursos de terceiros MERCADO FINANCEIRO E DE CAPITAIS Unidade III 6 O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL O sistema financeiro nacional é o conjunto de instituições e instrumentos financeiros que possibilita a transferência de recursos

Leia mais

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS

ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS O ICBC do Brasil Banco Múltiplo S/A considera de suma importância o processo de gerenciamento de riscos, pois utiliza-o para agregar valor aos seus negócios, proporcionar

Leia mais

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS

POLÍTICA DE INVESTIMENTOS POLÍTICA DE INVESTIMENTOS Segurança nos investimentos Gestão dos recursos financeiros Equilíbrio dos planos a escolha ÍNDICE INTRODUÇÃO...3 A POLÍTICA DE INVESTIMENTOS...4 SEGMENTOS DE APLICAÇÃO...7 CONTROLE

Leia mais

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R

W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R 8 DICAS ESSENCIAIS PARA ESCOLHER SUA CORRETORA W W W. G U I A I N V E S T. C O M. B R Aviso Importante O autor não tem nenhum vínculo com as pessoas, instituições financeiras e produtos, citados, utilizando-os

Leia mais

Fachesf de FUNDAÇÃO CHESF DE ASSISTÊNCIA E SEGURIDADE SOCIAL www.fachesf.com.br

Fachesf de FUNDAÇÃO CHESF DE ASSISTÊNCIA E SEGURIDADE SOCIAL www.fachesf.com.br Fachesf de Você está em nossos planos Criada em 10 de abril de 1972, pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), sua patrocinadora, a Fundação Chesf de Assistência e Seguridade Social é uma

Leia mais

Relatório de Atividades 2010

Relatório de Atividades 2010 Relatório de Atividades 2010 Quantidade Presidência Diretoria Evento 31 Reuniões semanais e mensais de Diretoria / Delegacias Regionais. 08 Reuniões / Assembléias Fenacor / Grupo de Trabalho FENACOR Cooperativa

Leia mais

POR QUE SER ASSOCIADO ABESE? CONHEÇA TODOS OS BENEFÍCIOS

POR QUE SER ASSOCIADO ABESE? CONHEÇA TODOS OS BENEFÍCIOS POR QUE SER ASSOCIADO ABESE? CONHEÇA TODOS OS BENEFÍCIOS Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança - ABESE Entidade que representa, nacionalmente, as empresas de sistemas

Leia mais

CERTIFICADO INDIVIDUAL DE SEGURO MAPFRE ACIDENTES PESSOAIS PREMIADO

CERTIFICADO INDIVIDUAL DE SEGURO MAPFRE ACIDENTES PESSOAIS PREMIADO Grupo Ramo 0982 Início de vigência às 24 h do dia Nº da Apólice CERTIFICADO INDIVIDUAL DE SEGURO MAPFRE ACIDENTES PESSOAIS PREMIADO Nº do Certificado Individual Fim de vigência às 24 h do dia Data da Emissão

Leia mais

XVI MOSTRA ABMR&A DE COMUNICAÇÃO EM MARKETING RURAL E AGRONEGÓCIO REGULAMENTO. Período de Inscrições: 24 de Agosto a 30 de Setembro de 2010.

XVI MOSTRA ABMR&A DE COMUNICAÇÃO EM MARKETING RURAL E AGRONEGÓCIO REGULAMENTO. Período de Inscrições: 24 de Agosto a 30 de Setembro de 2010. XVI MOSTRA ABMR&A DE COMUNICAÇÃO EM MARKETING RURAL E AGRONEGÓCIO REGULAMENTO Período de Inscrições: 24 de Agosto a 30 de Setembro de 2010. A Mostra ABMR&A de Comunicação em Marketing Rural e Agronegócio

Leia mais

Regulatory Practice Insurance News

Regulatory Practice Insurance News INSURANCE Regulatory Practice Insurance News FINANCIAL SERVICES Junho 2008 SUSEP Questionário Trimestral Carta-Circular DECON 05, de 09.06.2008 - Demonstrações contábeis e questionário trimestral A presente

Leia mais

SUSEP. Regulatory Practice Insurance News. Capital Mínimo Circular SUSEP 486, de 23.01.2014 Cálculo do capital de risco

SUSEP. Regulatory Practice Insurance News. Capital Mínimo Circular SUSEP 486, de 23.01.2014 Cálculo do capital de risco Regulatory Practice Insurance News Janeiro 2014 SUSEP Capital Mínimo Circular SUSEP 486, de 23.01.2014 Cálculo do capital de risco Esta Circular dispõe sobre instruções complementares necessárias à execução

Leia mais

Investimento para Mulheres

Investimento para Mulheres Investimento para Mulheres Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado. Cem

Leia mais

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais,

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUÇÃO CFC N.º 821/97 Aprova a NBC P 1 Normas Profissionais de Auditor Independente com alterações e dá outras providências. O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais

Leia mais

AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS

AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS Relatório de Atividades 2014 Sumário 1.0 Introdução - Pág 3 2.0 Quem Somos, Estatísticas, Valores - Pág 4 3.0 Projetos 2014 - Pág 5 a 15 3.1 Novo site - Pág 5 a 12

Leia mais

FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO

FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO 1. CAPA 2. SUMÁRIO 3. INTRODUÇÃO FAZER ESTES ITENS NO FINAL, QUANDO O TRABALHO ESTIVER PRONTO 4. DESCRIÇÃO DA EMPRESA E DO SERVIÇO 4.1 Descrever sua Visão, VISÃO DA EMPRESA COMO VOCÊS IMAGINAM A EMPRESA

Leia mais

SINDICATO DOS CORRETORES DE SEGUROS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

SINDICATO DOS CORRETORES DE SEGUROS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SINDICATO DOS CORRETORES DE SEGUROS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Diretoria PRESIDENTE Ricardo Pansera - Canoas VICE PRESIDENTES Celso Marini Passo Fundo Roseli de Castro Viamão Sérgio Petzhold Porto

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO. NOME DA PROMOÇÃO: SÁBADO DA SORTE 2014 PERÍODO DA PROMOÇÃO: 01/08/2014 à 31/07/2015.

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO. NOME DA PROMOÇÃO: SÁBADO DA SORTE 2014 PERÍODO DA PROMOÇÃO: 01/08/2014 à 31/07/2015. REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO NOME DA PROMOÇÃO: SÁBADO DA SORTE 2014 PERÍODO DA PROMOÇÃO: 01/08/2014 à 31/07/2015. O objetivo desta Promoção Comercial é fomentar a adesão e incentivar

Leia mais

REGULAMENTO PROMOÇÃO: SHOW DE PRÊMIOS CAMPO DAS OLIVEIRAS PERÍODO DE VIGÊNCIA: 10/07/2015 À 30/12/2015

REGULAMENTO PROMOÇÃO: SHOW DE PRÊMIOS CAMPO DAS OLIVEIRAS PERÍODO DE VIGÊNCIA: 10/07/2015 À 30/12/2015 REGULAMENTO PROMOÇÃO: SHOW DE PRÊMIOS CAMPO DAS OLIVEIRAS PERÍODO DE VIGÊNCIA: 10/07/2015 À 30/12/2015 DADOS DA PROMOTORA DA PROMOÇÃO NOVA PÁTRIA PLANO DE ASSISTÊNCIA FAMILIAR LTDA Rua: Barão de Jacareí,

Leia mais

PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA Projeto Básico da Contratação de Serviços: Constitui objeto do presente Projeto Básico a contratação de empresa especializada em serviços de comunicação

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO NOME DA PROMOÇÃO: ANUNCIE E CONCORRA A PRÊMIOS PERÍODO DA PROMOÇÃO: 01/07/2014 à 24/02/2015 1ª PRORROGAÇÃO: 25/02/2015 à 25/05/2015 A PROMOÇÃO ANUNCIE

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS. RESOLUÇÃO CNSP N o 162, DE 2006.

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS. RESOLUÇÃO CNSP N o 162, DE 2006. MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS RESOLUÇÃO CNSP N o 162, DE 2006. Institui regras e procedimentos para a constituição das provisões técnicas das sociedades seguradoras, entidades

Leia mais

PRÊMIO BANDEIRANTE 2015. XVI Edição. Onde o seu voto faz toda a diferença. O que é?

PRÊMIO BANDEIRANTE 2015. XVI Edição. Onde o seu voto faz toda a diferença. O que é? PRÊMIO BANDEIRANTE 2015 XVI Edição Onde o seu voto faz toda a diferença. O que é? Idealizado pelo Sindicato dos Corretores e das Empresas Corretoras de Seguros, de Capitalização e de Previdência Privada

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO EDITAL DE CONCURSO PREFEITO DEFENSOR DA VIDA NO TRÂNSITO A Diretoria Geral do Departamento Estadual

Leia mais

Assunto: Congresso Internacional da Gestão. Veículo: Jornal do Comércio Data: 16/07/2013. Página CAPA

Assunto: Congresso Internacional da Gestão. Veículo: Jornal do Comércio Data: 16/07/2013. Página CAPA Jornal do Comércio 16/07/2013 Página CAPA Jornal do Comércio 17/07/2013 Página CAPA Zero Hora 17/07/2013 : Página 18 Jornal do Comércio 09/07/2013 : Página 10 Jornal do Comércio 16/07/2013 Página 10 Jornal

Leia mais

REGULAMENTO DOS SORTEIOS DO Clube Correio do Povo de Vantagens

REGULAMENTO DOS SORTEIOS DO Clube Correio do Povo de Vantagens Regulamento dos Sorteios Atualizado em 03/12/2013-1 REGULAMENTO DOS SORTEIOS DO Clube Correio do Povo de Vantagens Empresa Jornalística Caldas Júnior Ltda., pessoa jurídica, inscrita no CNPJ sob o n. 92.757.798/0001-39,

Leia mais

Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo

Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo Discurso do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, na cerimônia de transmissão de cargo Brasília, 02 de janeiro de 2015. Ministra Miriam Belchior, demais autoridades, parentes e amigos aqui presentes.

Leia mais

Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2º semestre 2014

Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2º semestre 2014 Faça parte da nossa história! Plano de Patrocínio 2º semestre 2014 Sobre a FNQ História Criada em 1991, por um grupo de representantes dos setores público e privado, a Fundação Nacional da Qualidade (FNQ)

Leia mais

Aqui você encontra dicas importantes para ajudá-lo na compreensão de todas as mudanças do Novo Kit de Cálculo Online.

Aqui você encontra dicas importantes para ajudá-lo na compreensão de todas as mudanças do Novo Kit de Cálculo Online. Prezado Corretor, Kit de Cálculo Online 0310K1 Este é o novo Kit de Cálculo Online 0310K1, com novidades e alterações para facilitar o seu dia-a-dia. Leia atentamente este Informe Técnico para entender

Leia mais

Transporte. Passageiros. Fretamento. Concurso. Motorista.

Transporte. Passageiros. Fretamento. Concurso. Motorista. Concurso Motorista Padrão. Autora: Rosa Maria Júlio Landin SINFRECAR Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros Por Fretamento de Campinas e Região Rua Dr. Silva Mendes, nº. 266 Vila Industrial

Leia mais

Marcas do profissionalismo e eficiência

Marcas do profissionalismo e eficiência Marcas do profissionalismo e eficiência Advogados gaúchos possuem expertise em serviços prestados às seguradoras Escritório Müller & Moreira, que agora completa 20 O anos de fundação, iniciou suas atividades

Leia mais

Marco Antonio Rossi. FenaPrevi e o Mercado de Seguros e Previdência

Marco Antonio Rossi. FenaPrevi e o Mercado de Seguros e Previdência Marco Antonio Rossi FenaPrevi e o Mercado de Seguros e Previdência 1 Agenda 1. Linha do Tempo 2. Mercado Brasileiro 3. Indicadores de Desenvolvimento 4. Cenários 5. O Agregado de Oportunidades 6. Seguros

Leia mais

Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014. O que o Brasil já ganhou com a Copa

Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014. O que o Brasil já ganhou com a Copa Diálogos Governo -Sociedade Civil COPA 2014 O que o Brasil já ganhou com a Copa 2 O que o Brasil já ganhou com a Copa Investimentos A Copa do Mundo é um grande investimento para todos brasileiros Os únicos

Leia mais

Se estiver no Mercosul, também poderá contar com os serviços de emergência, bastando ligar para 55 11 4133 6537.

Se estiver no Mercosul, também poderá contar com os serviços de emergência, bastando ligar para 55 11 4133 6537. Assist24h_AutoPasseio_jul 6/13/07 4:32 PM Page 1 CARO SEGURADO Para você que adquiriu o Real Automóvel e contratou os serviços de Assistência 24 horas, este é o seu guia de serviços da Real Assistência.

Leia mais

REGULAMENTO DA CAMPANHA PANDA EMPRESTA

REGULAMENTO DA CAMPANHA PANDA EMPRESTA REGULAMENTO DA CAMPANHA PANDA EMPRESTA Esta campanha, denominada PANDA EMPRESTA (doravante CAMPANHA), é promovida pela JC CONSIGNADOS LTDA., inscrita no CNPJ sob o nº 15.169.211/0001-20 pessoa jurídica

Leia mais

PROPOSTA DE PATROCÍNIO 2015

PROPOSTA DE PATROCÍNIO 2015 VII Congresso de Reestruturação e Recuperação de Empresas PROPOSTA DE PATROCÍNIO 2015 LOCAL: HOTEL RENAISSANCE - SP A TMA Brasil TMA Brasil é o capítulo brasileiro da Turnaround Management Association,

Leia mais

Produto da Divisão Marketing

Produto da Divisão Marketing Marketing para o Terceiro Setor Produto da Divisão Marketing OBJETIVO Dispor ao mercado de entidades relacionadas ao Terceiro Setor, um leque de atividades relacionados ao marketing e comunicação voltados

Leia mais

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil.

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil. A ABEMD, Associação Brasileira de Marketing Direto, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1976 e constituída por pessoas jurídicas e físicas interessadas na aplicação de estratégias e técnicas

Leia mais

Ações com profissionais de turismo (Blogueiros e Agentes de Viagem) Fam Tours Press Trips Notícias

Ações com profissionais de turismo (Blogueiros e Agentes de Viagem) Fam Tours Press Trips Notícias Embarque na Viagem Seu portal de Turismo, Lazer, Entretenimento e Gastronomia. Media Kit Redes Sociais Palestras Viagens de inspeção Publicidade Difenciada Ações com profissionais de turismo (Blogueiros

Leia mais

MEU FATOR DE SUCESSO A essência do seu trabalho PLANO DE CARREIRA E VANTAGENS

MEU FATOR DE SUCESSO A essência do seu trabalho PLANO DE CARREIRA E VANTAGENS MEU FATOR DE SUCESSO A essência do seu trabalho PLANO DE CARREIRA E VANTAGENS Seja Bem Vinda! Em 1995 quando ao lado da minha família idealizei a Fator 5, tinha a meu favor a minha força de vontade, minha

Leia mais

REGULAMENTO DA MARATONA INTERMODAL 2013

REGULAMENTO DA MARATONA INTERMODAL 2013 Página 1 de 6 REGULAMENTO DA MARATONA INTERMODAL 2013 O EVENTO A Rede RITMOS das Cidades propõe para o Dia Mundial Sem Carro 2013 a realização de um desafio diferente: a Maratona Intermodal. Tendo como

Leia mais

CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS INOVAÇÃO EM FINANCIAMENTO

CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS INOVAÇÃO EM FINANCIAMENTO CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS INOVAÇÃO EM FINANCIAMENTO FUNDO COMUM PARA OS PRODUTOS BÁSICOS (FCPB) BUSCA CANDIDATURAS A APOIO PARA ATIVIDADES DE DESENVOLVIMENTO DOS PRODUTOS BÁSICOS Processo de

Leia mais

O que é Finanças? instituições, mercados e instrumentos envolvidos na transferência de fundos entre pessoas, empresas e governos.

O que é Finanças? instituições, mercados e instrumentos envolvidos na transferência de fundos entre pessoas, empresas e governos. Demonstrações Financeiras O Papel de Finanças e do Administrador Financeiro Professor: Roberto César O que é Finanças? Podemos definir Finanças como a arte e a ciência de administrar fundos. Praticamente

Leia mais

PRAZOS E RISCOS DE INVESTIMENTO. Proibida a reprodução.

PRAZOS E RISCOS DE INVESTIMENTO. Proibida a reprodução. Proibida a reprodução. A Planner oferece uma linha completa de produtos financeiros e nossa equipe de profissionais está preparada para explicar tudo o que você precisa saber para tomar suas decisões com

Leia mais

Não é só dentro de casa que o Programa Visão Educa está fazendo sucesso... Clique aqui

Não é só dentro de casa que o Programa Visão Educa está fazendo sucesso... Clique aqui Não é só dentro de casa que o Programa Visão Educa está fazendo sucesso... A Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) acaba de aprovar o programa desenvolvido pela Visão Prev. Essa

Leia mais

Apresentando uma nova visão para dar poderes ao consumidor CONGRESSO MUNDIAL. consumersinternational.org

Apresentando uma nova visão para dar poderes ao consumidor CONGRESSO MUNDIAL. consumersinternational.org CONGRESSO MUNDIAL REVELANDO O PODER DO CONSUMIDOR 18 21 DE NOVEMBRO DE 2015 BRASÍLIA Apresentando uma nova visão para dar poderes ao consumidor NÃO PERCA INSCREVA-SE AGORA! consumersinternational.org Vivemos

Leia mais

A outra oferta é para fazermos tudo isso de uma forma inovadora, divertida, humana e colorida. Que tal?

A outra oferta é para fazermos tudo isso de uma forma inovadora, divertida, humana e colorida. Que tal? comunidade de saúde O COLORIDO NOS NEGócios Nenhuma empresa brasileira conhece tão bem a comunidade de gestores da saúde como a IT Mídia. Embora pareça uma afirmação audaciosa, esse é o feedback que recebemos

Leia mais

EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER?

EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER? EMPREENDEDORISMO: POR QUE DEVERIA APRENDER? Anderson Katsumi Miyatake Emerson Oliveira de Almeida Rafaela Schauble Escobar Tellis Bruno Tardin Camila Braga INTRODUÇÃO O empreendedorismo é um tema bastante

Leia mais

Página 1 de 19 Data 04/03/2014 Hora 09:11:49 Modelo Cerne 1.1 Sensibilização e Prospecção Envolve a manutenção de um processo sistematizado e contínuo para a sensibilização da comunidade quanto ao empreendedorismo

Leia mais

NÚMEROS DO MERCADO DE SEGUROS ALTERAÇÕES DE CONCEITOS NÚMEROS SUSEP SES

NÚMEROS DO MERCADO DE SEGUROS ALTERAÇÕES DE CONCEITOS NÚMEROS SUSEP SES NÚMEROS DO MERCADO DE SEGUROS ALTERAÇÕES DE CONCEITOS NÚMEROS SUSEP SES lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 Curitiba, 2 de julho de 2014. Ilmos. Senhores, Presidentes de Seguradoras, Previdência

Leia mais

II ABERTO DO BRASIL COPA CIDADE DE VITÓRIA Valendo Rating FIDE/CBX 20 a 23 de março 2014 Organização: Federação Espiritossantense de Xadrez

II ABERTO DO BRASIL COPA CIDADE DE VITÓRIA Valendo Rating FIDE/CBX 20 a 23 de março 2014 Organização: Federação Espiritossantense de Xadrez II ABERTO DO BRASIL COPA CIDADE DE VITÓRIA Valendo Rating FIDE/CBX 20 a 23 de março 2014 Organização: Federação Espiritossantense de Xadrez REGULAMENTO EQUIPE TÉCNICA Árbitro Principal: AI Pablyto Robert

Leia mais

PRODUTOS PARA VOCÊ TRADIÇÃO E QUALIDADE EM SERVIÇOS!

PRODUTOS PARA VOCÊ TRADIÇÃO E QUALIDADE EM SERVIÇOS! PRODUTOS PARA VOCÊ TRADIÇÃO E QUALIDADE EM SERVIÇOS! sdfgdfhfdgfsgfdgfsdg sdfgsdgsfdgfd PRODUTOS PARA VOCÊ PRODUTOS PARA VOCÊ Simples e econômico: com apenas uma apólice, toda sua frota fica segurada.

Leia mais

O Plano Financeiro no Plano de Negócios Fabiano Marques

O Plano Financeiro no Plano de Negócios Fabiano Marques O Plano Financeiro no Plano de Negócios Fabiano Marques Seguindo a estrutura proposta em Dornelas (2005), apresentada a seguir, podemos montar um plano de negócios de forma eficaz. É importante frisar

Leia mais

O mundo é melhor quando a vida é mais segura. Prontos para o amanhã

O mundo é melhor quando a vida é mais segura. Prontos para o amanhã O mundo é melhor quando a vida é mais segura. Prontos para o amanhã AIG Marca sinônimo de excelência em gestão de riscos. Com atuação global, a AIG é reconhecida como referência no mercado de seguros.

Leia mais

Cooperativismo. Cooperativa de Crédito Mútuo dos Empregados da INFRAERO

Cooperativismo. Cooperativa de Crédito Mútuo dos Empregados da INFRAERO Cooperativismo Cooperativa de Crédito Mútuo dos Empregados da INFRAERO GESTÃO: Samuel José dos Santos Diretor Presidente Marco Antonio da C.Guimarães - Diretor Operacional João Gonçalves dos Santos Diretor

Leia mais

Mecanismo de Ressarcimento de Prejuízos (anteriormente denominado Fundo de Garantia da Bolsa de Valores de São Paulo)

Mecanismo de Ressarcimento de Prejuízos (anteriormente denominado Fundo de Garantia da Bolsa de Valores de São Paulo) 1. Contexto operacional A Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA), por força do disposto no regulamento anexo à Resolução no. 2.690, de 28 de janeiro de 2000, do Conselho Monetário Nacional, mantinha um

Leia mais

Índice. Boas vindas...03. Missão COOPERFEMSA...04. O que é uma Cooperativa de Crédito Mútuo?...05. O que é a COOPERFEMSA?...06

Índice. Boas vindas...03. Missão COOPERFEMSA...04. O que é uma Cooperativa de Crédito Mútuo?...05. O que é a COOPERFEMSA?...06 Guia do Cooperado Índice Boas vindas...03 Missão COOPERFEMSA...04 O que é uma Cooperativa de Crédito Mútuo?...05 O que é a COOPERFEMSA?...06 Quais as vantagens para se associar?...07 De quem é a COOPERFEMSA?...08

Leia mais

Horário Atividades Descrição Informações Importantes Visitação dos participantes ao Complexo Portuário de SUAPE e Abertura Oficial do CONSEG

Horário Atividades Descrição Informações Importantes Visitação dos participantes ao Complexo Portuário de SUAPE e Abertura Oficial do CONSEG C o n g r e s s o d e S e g u r o s Horário Atividades Descrição Informações Importantes 13h às 22h Visitação dos participantes ao Complexo Portuário de SUAPE e Abertura Oficial do CONSEG Ônibus sairá

Leia mais

Regulatory Practice Insurance News

Regulatory Practice Insurance News Março 2010 SUSEP INSURANCE Regulatory Practice Insurance News FINANCIAL SERVICES Normas Contábeis Carta-Circular CGSOA 01, de 31.03.2010 Demonstrações Financeiras Dispõe sobre as normas contábeis das sociedades

Leia mais

REGULAMENTO DA MARATONA INTERMODAL

REGULAMENTO DA MARATONA INTERMODAL Página 1 de 5 REGULAMENTO DA MARATONA INTERMODAL O EVENTO A Rede RITMOS propõe para o Dia Mundial Sem Carro 2012 a realização de um formato diferente para o tradicional desafio intermodal: a Maratona Intermodal.

Leia mais

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.036/05

RESOLUÇÃO CFC Nº 1.036/05 RESOLUÇÃO CFC Nº 1.036/05 Aprova a NBC T 11.8 Supervisão e Controle de Qualidade. O Conselho Federal de Contabilidade, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, Considerando que as Normas

Leia mais

Marco Antonio Rossi. A Economia Brasileira Atual com Foco na Área de Benefícios

Marco Antonio Rossi. A Economia Brasileira Atual com Foco na Área de Benefícios Marco Antonio Rossi A Economia Brasileira Atual com Foco na Área de Benefícios 1 Agenda 1. Linha do Tempo 2. Mercado Brasileiro 3. Cenários Indicadores de Desenvolvimento 4. Desafios e Oportunidades 5.

Leia mais

São Paulo, 09 de agosto de 2013.

São Paulo, 09 de agosto de 2013. São Paulo, 09 de agosto de 2013. Discurso do Presidente Alexandre Tombini no VIII Seminário Anual sobre Riscos, Estabilidade Financeira e Economia Bancária. Senhoras e senhores: É com grande satisfação

Leia mais

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work Veículo: Site Revista Making Of Data: 20/08/2009 Seção: Marketing Pág.: www.revistamakingof.com.br Assunto:

Leia mais

ÍNDICE. Sumário. Apoios. Media Partners. Dados Gerais. Conferência. Expositores. Visitantes. Campanha de Marketing. Mídia Espontânea.

ÍNDICE. Sumário. Apoios. Media Partners. Dados Gerais. Conferência. Expositores. Visitantes. Campanha de Marketing. Mídia Espontânea. ÍNDICE Sumário Apoios Media Partners Dados Gerais Conferência Expositores Visitantes Campanha de Marketing Mídia Espontânea Imagens 2 Sumário O Evento A 7ª Edição da BRASIL OFFSHORE - Feira e Conferência

Leia mais

Ações com profissionais de turismo (Blogueiros e Agentes de Viagem) Fam Tours Press Trips Notícias

Ações com profissionais de turismo (Blogueiros e Agentes de Viagem) Fam Tours Press Trips Notícias Embarque na Viagem Seu portal de Turismo, Lazer, Entretenimento e Gastronomia. Media Kit Redes Sociais Palestras Viagens de inspeção Publicidade Difenciada Ações com profissionais de turismo (Blogueiros

Leia mais

PLANO DE PATROCÍNIO INTEGRADO VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL

PLANO DE PATROCÍNIO INTEGRADO VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL PLANO DE PATROCÍNIO INTEGRADO VICE-PRESIDÊNCIA COMERCIAL Dir. Nac. de Marketing Out/13 TROFÉU MUNDIAL DE NADO SINCRONIZADO 2013 De 29 de Novembro a 1 de Dezembro A partir de Novembro, os telespectadores

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO NOME DA PROMOÇÃO: LC CAP - A SORTE QUE VOCÊ PRECISA PERÍODO DA PROMOÇÃO: 01/09/2013 à 31/12/2013 1ª PRORROGAÇÃO: 01/01/2014 à 30/04/2014 A PROMOÇÃO

Leia mais

Seminário GVcev Franchising: Tendências e Desafios. Seleção e Recrutamento de Franqueados Filomena Garcia

Seminário GVcev Franchising: Tendências e Desafios. Seleção e Recrutamento de Franqueados Filomena Garcia Seminário GVcev Franchising: Tendências e Desafios Seleção e Recrutamento de Franqueados Filomena Garcia Filomena Garcia Sócia-Diretora do Grupo Cherto: Comercial, Expansão de Franquias e Rede de Negócios

Leia mais

REGULAMENTO PARTICULAR DA PROVA

REGULAMENTO PARTICULAR DA PROVA RALLYE CIDADE DE PORTO ALEGRE - CPR 40 ANOS OITAVA ETAPA DO CAMPEONATO GAÚCHO DE RALLYE DE REGULARIDADE 2010 TERCEIRA ETAPA DA COPA RALLYE UNIVERSITÁRIO CPR 2010 20 DE NOVEMBRO DE 2010 PORTO ALEGRE, RS

Leia mais

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04

Gestão. Práticas. Editorial. Geovanne. Acesse online: 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) 03 e 04 Práticas de Gestão Editorial Geovanne. 02 01. Indicador de motivo de não venda 02. DRE (demonstração dos resultados do exercício) Como faço isso? Acesse online: 03 e 04 www. No inicio da década de 90 os

Leia mais

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2003

REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2003 REQUERIMENTO DE INFORMAÇÃO Nº, DE 2003 (Da Sra. Edna Macedo) Solicita ao Sr. Ministro de Estado do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, no âmbito do Banco Nacional de Desenvolvimento

Leia mais

A conta Caixa apresentava saldo de R$1.529,28 em 31 de dezembro de 2010.

A conta Caixa apresentava saldo de R$1.529,28 em 31 de dezembro de 2010. São Paulo, 07 de fevereiro de 2011. A Associação Alphaville Residencial 11 Avenida Yojiro Takaoka, 6.720 06540-001 Santana de Parnaíba - SP Att. Srs. Diretores Prezados Senhores: Conforme nossa proposta

Leia mais

A Copa do Mundo e a importância dos CT s no Brasil DESTAQUES. Curitiba, 26 de setembro de 2012 l 6ª Edição - Setembro/Outubro

A Copa do Mundo e a importância dos CT s no Brasil DESTAQUES. Curitiba, 26 de setembro de 2012 l 6ª Edição - Setembro/Outubro Curitiba, 26 de setembro de 2012 l 6ª Edição - Setembro/Outubro DESTAQUES A Copa do Mundo e a importância dos CT s no Brasil Fifa indica estádios de futebol, mas seleções da Copa poderão escolher seus

Leia mais

Sindipostos cria grupo de trabalho sobre legislação ambiental

Sindipostos cria grupo de trabalho sobre legislação ambiental NATAL-RIO GRANDE DO NORTE - ANO 03 - EDIÇÃO 19 Sindipostos cria grupo de trabalho sobre legislação ambiental O Sindicato do Comércio Varejista dos Derivados de Petróleo continua investindo alto no t r

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO. NOME DA PROMOÇÃO: SHOW DE PRÊMIOS AFAGU PERÍODO DA PROMOÇÃO: 01/07/2013 à 31/12/2013

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO. NOME DA PROMOÇÃO: SHOW DE PRÊMIOS AFAGU PERÍODO DA PROMOÇÃO: 01/07/2013 à 31/12/2013 REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO NOME DA PROMOÇÃO: SHOW DE PRÊMIOS AFAGU PERÍODO DA PROMOÇÃO: 01/07/2013 à 31/12/2013 O objetivo desta Promoção Comercial é incentivar a adimplência

Leia mais

CARTILHA DO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL

CARTILHA DO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL CARTILHA DO EMPREENDEDOR INDIVIDUAL MARCOS ARAÚJO Presidente do SINDSIME ÍNDICE 1 3 5 7 9 INTRODUÇÃO LEI 2 VANTAGENS COMO ME ESCREVO OBTENÇÃO DE ALVARÁ 4 OBTENÇÃO DE ALVARÁ DOCUMENTAÇÃO FISCAL 6 AMBULANTES

Leia mais

DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS - ESCOLA DE ATIVISMO. 31 de dezembro de 2012 SUMÁRIO

DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS - ESCOLA DE ATIVISMO. 31 de dezembro de 2012 SUMÁRIO DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS - ESCOLA DE ATIVISMO 31 de dezembro de 2012 SUMÁRIO BALANÇO PATRIMONIAL 02 DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO PERÍODO 03 DEMONSTRAÇÃO DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO 04 DEMONSTRAÇÕES

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE ANEXO I DETALHAMENTO DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO APLICÁVEL À PROVA DE QUALIFICAÇÃO TÉCNICA GERAL 10º EXAME DE QUALIFICAÇÃO TÉCNICA 1. LEGISLAÇÃO E ÉTICA PROFISSIONAL. a) A LEGISLAÇÃO SOBRE A ÉTICA PROFISSIONAL

Leia mais

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos!

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! Documento final aprovado por adolescentes dos Estados do Amazonas, da Bahia, do Ceará, do Mato Grosso,

Leia mais

Relatório da assessoria de imprensa do CORECON/RS Eleição e posse dos dirigentes presidente e vice-presidente do CORECON/RS

Relatório da assessoria de imprensa do CORECON/RS Eleição e posse dos dirigentes presidente e vice-presidente do CORECON/RS Relatório da assessoria de imprensa do CORECON/RS Eleição e posse dos dirigentes presidente e vice-presidente do CORECON/RS Data: 15 de janeiro Hora: 12 horas Local: Sede do Conselho Regional de Economia

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO 2.1 A PROMOÇÃO VOCÊ EM DIA COM A SORTE NACIONAL FUNERÁRIA

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO 2.1 A PROMOÇÃO VOCÊ EM DIA COM A SORTE NACIONAL FUNERÁRIA REGULAMENTO DA PROMOÇÃO COMERCIAL MODALIDADE INCENTIVO NOME PROMOÇÃO: VOCÊ EM DIA COM A SORTE NACIONAL FUNERÁRIA PERÍODO DE VIGÊNCIA: 01/08/2013 à 29/11/2013 O objetivo desta Promoção Comercial é fomentar

Leia mais

Novas Instruções da CVM sobre Fundos de Investimento

Novas Instruções da CVM sobre Fundos de Investimento LUCIANA BARBOSA SILVEIRA Superintendente de Jurídico e Compliance Novas Instruções da CVM sobre Fundos de Investimento Sumário A partir de out/2015, novas normas passarão a reger a indústria de fundos

Leia mais

REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA

REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA REGULAMENTO DO PRÊMIO MULHERES QUE FAZEM A DIFERENÇA O Prêmio Mulheres que Fazem a Diferença é uma realização do Núcleo Multissetorial da Mulher Empresária da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis

Leia mais

Unidade III. Mercado Financeiro. Prof. Maurício Felippe Manzalli

Unidade III. Mercado Financeiro. Prof. Maurício Felippe Manzalli Unidade III Mercado Financeiro e de Capitais Prof. Maurício Felippe Manzalli Mercados Financeiros Lembrando da aula anterior Conceitos e Funções da Moeda Política Monetária Política Fiscal Política Cambial

Leia mais

ITG 2002: Os principais desafios na implementação das novas práticas na visão da Auditoria Independente.

ITG 2002: Os principais desafios na implementação das novas práticas na visão da Auditoria Independente. ITG 2002: Os principais desafios na implementação das novas práticas na visão da Auditoria Independente. Evelyse Amorim Lourival Amorim Florianópolis, 11 de novembro de 2014 ITG 2002 Introdução e Principais

Leia mais

RISCOS DE INVESTIMENTO. Proibida a reprodução.

RISCOS DE INVESTIMENTO. Proibida a reprodução. Proibida a reprodução. A Planner oferece uma linha completa de produtos financeiros e nossa equipe de profissionais está preparada para explicar tudo o que você precisa saber para tomar suas decisões com

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO Nº 01/2014 ANEXO I. Formulário para Solicitação de Patrocínio

CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO Nº 01/2014 ANEXO I. Formulário para Solicitação de Patrocínio CHAMADA PÚBLICA DE PATROCÍNIO Nº 01/2014 ANEXO I Formulário para Solicitação de Patrocínio Procedimentos para o envio de projeto ao CAU/GO: 1. Após preencher o Formulário para Solicitação de Patrocínio

Leia mais