Ergoespirometria: coração e pulmão avaliados num único exame

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ergoespirometria: coração e pulmão avaliados num único exame"

Transcrição

1 Real Hospital Português de Beneficência em Pernambuco julho/2012 ANO XXV 97 Ergoespirometria: coração e pulmão avaliados num único exame Pág. 06 Pletismografia: UTI Neonatal Prêmio Desvendando os mistérios do pulmão. pág. 7 mais segurança para os bebês prematuros págs. 4 RHP é, pela 9ª vez, o preferido dos recifenses pág. 9

2 02 Editorial São João de Deus Homenagem O Edifício São João de Deus tem o nome do santo por ser escolhido desde o início da instituição para padroeiro do Real Hospital Português. Ele foi um santo para quem ser solidário, amar ao próximo como a ele mesmo, resultou a glória eterna. Tomemos como exemplo as almas boas, para que sejamos recíprocos ao carinho do próximo, ajudemos com abnegação e não no intuito de ser ajudados no amanhã. O Real Hospital Português cujo crescimento tem sido ano após ano, é resultante da união, da atenção que se deve aos doentes, do afeto que se lhes dedica, da paciência em ouví-los, em consolá-los em suas dores e mágoas. Saber sorrir é outro estímulo para que o próximo sinta a alegria de viver, pois nem sempre as trevas pairam no ar. Se um dia não é bom, devemos transformá-lo em lição de vida que ela não é feita de um mar de rosas, onde o exalar de seu perfume nos inebria e nos torna felizes Olhemos o mundo como uma escada da vida, e esta não é fácil, mas podemos modificá-la sorrindo e assim os que nos cercam considerem que o mundo é digno de ser vivido. Um hospital tem paradoxos, como tristezas e alegrias, as primeiras preocupantes, as seguintes de satisfação, porque o mal partiu e sentimos o bem estar de que tudo voltou ao normal. Este é o termômetro das vivências de um hospital, então cabe a todos que vivem neste balancear das horas, sorrir para que os ventos fortes passem e a brisa da suavidade venha. Tal qual o bom samaritano tiremos o final das parábolas e digamos: Vamos ser solidários, ajudar os que nos procuram, suavizemos a dor, mesmo que ela seja a derradeira, com o sorriso de compreensão com o mundo e amemos o lugar onde exercemos a profissão de salvar vidas, porque trabalhamos num Hospital cuja preocupação é colaborar com a saúde e a felicidade daqueles que nos procuram. Laura Areias Otorrinolaringologista Prof. Dr. Nelson Caldas O Real Hospital Português presta merecida homenagem ao ilustre otorrinolaringologista Prof. Dr. Nelson Caldas, falecido no último dia 22 de maio. O médico dedicou 12 anos de sua carreira a esta Casa, chefiando o Instituto de Otorrinolaringologia e Fono, do qual foi fundador. Obteve o título de Livre-Docente da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), sendo eleito professor titular de Otorrinolaringologia pela mesma Instituição, onde recebeu o Título de Professor Emérito. Foi um dos idealizadores e fundadores da Sociedade Brasileira de Otologia. O convívio com os pacientes e o rigor científico eram as grandes características do professor Nelson Caldas. Perde Pernambuco, a UFPE e o RHP um de seus grandes colaboradores. (Antônio Figueira Secretário de Saúde de Pernambuco) A saudade e o exemplo de um grande médico, Dr. Nelson Caldas, permanecerão no RHP através dos anos. (Alberto Ferreira da Costa Provedor) É uma publicação do Av. Agamenon Magalhães, 4760, Paissandú Recife/PE - CEP: Fone: (81) Fax: (81) Provedor: Alberto Ferreira da Costa Vice-Provedor: Joaquim da Costa Amorim 2º Vice-Provedor: Armênio Ferreira Diogo 3º Vice-Provedor: José Maria da Silva Matos Diretora de Comunicação: Laura Areias Redação: Mirela Sá (DRT 3256) Jornalista Responsável: Laura Areias (DRT 2195) Fotos: Giovanni Chamberlain e Henrique Araújo Direção Gráfica: Bm4 - Comunicação e Marketing Tiragem: exemplares

3 03 Sra. Laura Areias recebe homenagem do filho Cláudio Areias Sra. Laura Areias recebe o Título do Deputado Vinícius Labanca Sra. Tereza Amorim, Sr. Joaquim Amorim, Sra. Laura Areias e Sra. Carmen Ferreira da Costa Laura Areias, Cidadã de Pernambuco A Diretora de Comunicação Social do Real Hospital Português, jornalista e escritora, Laura Areias, recebeu o Título de Cidadã de Pernambuco, em solenidade ocorrida no Palácio Joaquim Nabuco - Assembléia Legislativa, no dia em 11 de junho. A homenagem, proposta pelo deputado estadual Vinícius Labanca, e aprovada por unanimidade pela Câmara dos Deputados, é de justo reconhecimento pela trajetória traçada ao longo dos 63 anos de estadia e trabalho na capital pernambucana. Entre as autoridades presentes, compunham a mesa solene, o deputado estadual Júlio Cavalcanti, que presidiu a cerimônia, o Vice-Provedor do RHP Joaquim Amorim, o Embaixador Isnard Penha Brasil, o Cônsul argentino Alejandro Hurtado, o Presidente do Conselho das Comunidades Portuguesas em Pernambuco Manoel Tavares, além da homenageada. Em seu discurso, Labanca definiu a diretora como grande líder intelectual, incentivadora de políticas sociais sustentáveis para o estado, sendo determinante para o progresso de todos que com ela convivem ou conviveram. A homenageada com os filhos Carla, Fernando, Tone e Armando Areias Antes de coordenar o Departamento de Comunicação do Real Hospital Português, Laura Areias foi professora de Línguas, Português e Literatura na Universidade Católica de Pernambuco, na American School do Recife e no Ginásio Pernambucano. Atuou ainda como Vice-presidente, Diretora Social e Diretora Secretária do Gabinete Português de Leitura. E segue com a carreira de escritora, tendo mais de 45 romances publicados. Citando o poeta português Fernando Pessoa, Minha pátria é a língua portuguesa, a nova cidadã pernambucana discursou sobre a forte ligação que há entre portugueses e brasileiros, a começar pela língua e com decorrer da história, o que a tornou filha dos dois países. Suas palavras foram de gratidão para com a terra que a acolheu e pelo título que recebeu com visível orgulho e felicidade. A solenidade contou com a apresentação do Coral RHP, sob regência do maestro Tarik Bispo, cantando as músicas Coimbra e ABC do Sertão. A noite foi encerrada com um coquetel, onde a homenageada recebeu os cumprimentos de políticos, personalidades e muitos amigos.

4 04 O papel da UTI Neonatal na recuperação de bebês prematuros RHP investe na ampliação da unidade e na capacitação da equipe multidisciplinar Enfermeiras Jaqueline Figueirôa e Cintya Berto e as Dras. Gilma Campos e Ana Cristine A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirma que em cada dez bebês nascidos no mundo um é prematuro. Dificuldades respiratórias, hemorragias intracerebrais, infecções que podem ocasionar a morte ou consequências no desenvolvimento psico-motor, intelectual e emocional estão entre as principais complicações do neonato. É justamente na UTI Neonatal que o bebê prematuro ou de risco recebe os cuidados médicos apropriados à recuperação. Somente em 2011, dos 187 bebês internados na UTI Neonatal do RHP, 118 eram prematuros. Sabendo da importância desta unidade especializada no atendimento aos pequenos, o Real Hospital Português investiu na ampliação da estrutura física, aumentando de 6 para 10 leitos. Todos atendendo aos mais exigentes requisitos para eficiência no atendimento, com nível de segurança e preservação do bem estar do neonato, e controle permanente da temperatura ambiente e do leito e da iluminação. Segundo a coordenadora do serviço de Pediatria do RHP, Gilma Campos, a UTI Neonatal obtém a média de ocupação mensal entre 80% e 90%. A demanda é grande porque somos um Hospital de referência e com uma equipe de médicos e enfermeiras especializados, explica. A UTI Neonatal conta com equipes exclusivas em seus plantões, e o suporte de equipes multidisciplinares, mantendo a rotina de reuniões semanais para entrosamento e retreinamento permanente, para aprimorar as condições de um melhor e mais seguro atendimento. A Unidade oferece pronta resolução nos casos mais complexos, seja eventual quadro de infecção, onde se utiliza o setor de isolamento, até o atendimento aos que nascem com prematuridade, cardiopatias congênitas, quadros neurológicos, entre outros. Conta com suporte de fisioterapeutas e psicólogos para o acompanhamento das famílias, apoiando na transição dos momentos de mais intenso envolvimento emocional. A UTI Neonatal tem como política permanente a autorização para que os pais ou, em caso de impossibilidade, outra pessoa autorizada, permaneçam dentro do ambiente da UTI. Cada leito dispõe de uma cadeira semileito destinada ao conforto do acompanhante, quando estiver próximo ao neonato sob nossos cuidados. A presença dos pais é de fundamental importância para a recuperação dos bebês, conclui Gilma.

5 DR. SAULO ALENCAR Entrevista 05 Nefrologia hospitalar no combate à Lesão Renal Aguda Nas últimas décadas, tem-se observado avanços na tecnologia e assistência à saúde, com o desenvolvimento de novos métodos de diagnóstico e na qualidade do atendimento hospitalar. Em decorrência deste processo, novos desafios têm surgido como o aumento de pacientes que precisam de suporte de terapia intensiva (UTI) para a manutenção da vida. É justamente esta população que está em maior risco de desenvolvimento de Lesão Renal Aguda (LRA), anteriormente chamada de insuficiência renal aguda. O Mensageiro Real conversou com o nefrologista Saulo Alencar, que integra a nova equipe de Nefrologia Hospitalar do RHP. MENSAGEIRO REAL O que é a Lesão Renal Aguda? SAULO ALENCAR - Caracteriza-se pela deterioração da função dos rins frente a situações de estresse para o organismo, ocorrendo, em particular, no ambiente das Unidades de Terapia Intensiva, geralmente sucedendo infecções graves ou uso de medicamentos que possam ser tóxicos aos rins, como certos antibióticos e contrastes iodados. Cerca de 40% dos pacientes internados em UTI são acometidos pela doença, responsável por grande parte dos óbitos desta população. MR Quais são os principais sintomas da doença? SA - O principal achado médico da LRA é a redução na produção de urina, que pode passar despercebida pelo paciente e associa-se com o acúmulo de substâncias indesejáveis no organismo, como a uréia, ácidos orgânicos e potássio, que podem levar à alteração da consciência, vômitos, falta de ar e até arritmias cardíacas, podendo culminar com o óbito do paciente. Neste contexto, é de fundamental importância o papel do nefrologista, que é o médico responsável pelo Em pé: Drs. Saulo Alencar, Pedro Feitosa e Joaquim Azevedo. Sentadas: Dras. Bárbara Pinheiro, Mirella Cavalcanti, Roseanne Melo e Alessandra Campos tratamento das doenças renais, que consegue reconhecer a LRA e oferecer tratamento adequado à mesma, o qual, por vezes, é a hemodiálise. MR Como se dá o tratamento? SA Nos casos em que a lesão renal aguda ainda é reversível, temos que identificar e tratar o fator causador. Muitas vezes, limita-se a hidratar o paciente, normalizar a pressão arterial, desobstruir as vias urinárias, entre outras medidas. Se a fase reversível for ultrapassada, toxinas vão se acumular no organismo e somente os métodos artificiais de limpeza do sangue poderão resolver: hemodiálise ou diálise peritoneal. MR O Real Hospital Português aumentou, recentemente, o quadro de nefrologistas hospitalares. Qual o ganho dessa iniciativa para o paciente portador de LRA? SA - A participação precoce do nefrologista em situações de LRA tem sido associada com menor tempo de hospitalização e redução da mortalidade em mais de 20%, quando comparados aos pacientes não acompanhados por estes especialistas. O reforço no quadro médico significa um atendimento mais rápido e eficiente para os clientes do Real Hospital Português.

6 06 Tecnologia Ergoespirometria: Coração e pulmão avaliados num único exame A ergoespirometria ou teste cardiopulmonar é uma técnica inovadora, que aliada ao exame ergométrico, avalia os gases ventilados durante a respiração e faz uma análise completa das atividades do coração e pulmão num único teste. O serviço de Cardiologia do Real Hospital Português - RealCor é pioneiro em nível hospitalar a oferecer esta tecnologia em Pernambuco. A cardiologista Maria Inês Remígio afirma que o diferencial está nas funções oferecidas pelo exame que pode estratificar pacientes com insuficiência cardíaca, definir o momento cirúrgico de algumas doenças valvares, diferenciar a falta de ar cardíaca da pulmonar, avaliar pacientes com doenças pulmonares, indicar transplante cardíaco e, principalmente, prescrever exercício físico para pessoas saudáveis. Duas populações específicas são alvos do exame: pacientes com insuficiência cardíaca, a fim de detectar o grau da doença e propor o melhor tipo de tratamento, e indivíduos saudáveis, para recomendar a prática de exercícios físicos intensos ou para atletas profissionais que desejam participar de esportes competitivos. O Hospital Português dá um passo fundamental para o melhor tratamento daqueles pacientes que desejam uma prescrição individualizada de exercício, componente importante na melhora da sobrevida e qualidade de vida dos doentes do coração e, porque não dizer, de todos aqueles que tenham risco para o mesmo, opina a médica. O teste é feito em esteira ergométrica especial, única com capacidade para receber pessoas obesas (até 200kg), onde o paciente é instigado a caminhar durante o tempo que aguentar, sendo monitorado por eletrodos, máscara e tensiômetro, gerando cálculos e traçando gráficos que possibilitam analisar o comportamento da pressão arterial, da frequência cardíaca, do eletrocardiograma em repouso, durante e após esforço, além de analisar a produção de gás carbônico, a frequência respiratória e a ventilação pulmonar. Serviço: RealCor

7 Tecnologia 07 Novo exame revoluciona o diagnóstico e tratamento das doenças respiratórias Para o correto diagnóstico das doenças respiratórias, a avaliação funcional pulmonar é uma ferramenta imprescindível. Sem essa definição, fica difícil a caracterização específica de várias doenças pulmonares e, por conseguinte, seu correto manejo. O exame considerado padrão ouro para o diagnóstico das doenças respiratórias funcionais, a Pletismografia, acaba de chegar ao Recife, e está disponível, exclusivamente, no Real Hospital Português. Segundo o pneumologista Blancard Torres, antes do advindo da pletismografia de corpo inteiro, o que se tinha era basicamente o estudo de alguns parâmetros de volumes e capacidades pulmonares, oferecidos pela espirometria simples. Em muitas situações, nos deixavam na dúvida quanto à interpretação do tipo exato de doença. Deixar de tratar o tipo certo do distúrbio, escolhendo outra opção era o grande dilema. Seguir um caminho diferente do ideal, muitas vezes, só era percebido através do tempo quando o tratamento mostrava-se ineficaz, explica. O aparelho Pletismógrafo é composto de um sistema computadorizado acoplado a uma cabine, hermeticamente fechada, e que possui sensores que captam variações de pressão internas com grande sensibilidade, as quais variam com as mudanças na inspiração e expiração. Através deste exame, consegue-se determinar a capacidade pulmonar total (CPT), a resistência das vias aéreas (RVA) e a capacidade residual funcional (CRF), entre outros parâmetros. É possível também calcular o volume pulmonar total, o residual, a resistência das vias aéreas específicas e a condutância de modo simples e não invasivo. Com manobras fáceis de serem executadas, inclusive por crianças pequenas, hoje é possível esse milagre da ciência: desvendar as misteriosas incógnitas escondidas nos labirintos da árvore respiratória e seus alvéolos pulmonares, esclarece Blancard. De acordo com o especialista, o exame é indicado para melhor classificar os distúrbios da ventilação, que de outra forma não seriam possíveis, diagnosticar as enfermidades que restringem o tecido pulmonar e obstruem as vias respiratórias ou mistas, além de doenças associadas com transtornos caracterizados como inespecíficos, que exigiam do profissional muito mais do que destreza clínica, tendo de expor o paciente a exames outros, muitas vezes onerosos e perigosos. Hoje, por exemplo, o diagnóstico da asma e da DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica), que podem ser clinicamente muito parecidos, com a pletismografia passou a ser mais viável. Com a respiração simples de uma mistura de gases em concentrações inofensivas para o organismo humano, consegue-se verificar o quanto do monóxido de carbono pode ultrapassar esta barreira ar e sangue, mostrando alterações incipientes, jamais possíveis sem a nova tecnologia. Chegar perto da membrana alvéolo capilar e conseguir medir a difusão dos gases, que representam as trocas gasosas que nos mantém vivos, é algo fantástico. Um ineditismo em termos de medicina dos nossos tempos, trazendo novas perspectivas para o nosso paciente portador de bronco pneumopatia, revela o médico. Os clínicos, pediatras, geriatras, cardiologistas, oncologistas, pneumologistas, anestesistas, cirurgiões, entre outros especialistas, podem prescrever o exame, visando a melhor avaliação dos seus pacientes quanto aos itens fisiológicos e fisiopatológicos que definem vidas. Operar agora um paciente é certeza de mais segurança. Avaliando mais amplamente o paciente do ponto de vista funcional respiratório, as complicações pulmonares intra e pós-operatória serão menores, observa Blancard. Dr. Blancard Torres acompanha o exame de Pletismografia Serviço: Real Imagem

8 08 Artigo Novo método diagnóstico para Doença de Parkinson já está disponível no RHP Por Maria Eduarda Mello A Doença de Parkinson é um transtorno neurodegenerativo progressivo caracterizado principalmente por sintomas motores, como tremores, e ocasionado pela perda progressiva do neurotransmissor dopamina em neurônios cerebrais específicos. A variabilidade da sua apresentação clínica e a gama de outras doenças apresentadas na forma de tremores dificultam o SPECT-CT Cerebral com TRODAT-1 mostrando acentuada hipoconcentração do traçador no corpo estriado à esquerda, compatível com Doença de Parkinson. diagnóstico que, em geral, é baseado na história clínica, exame neurológico e na resposta ao tratamento. Vale ressaltar ser o diagnóstico precoce de suma importância para o paciente receber o tratamento, antes que tenha uma perda substancial de neurônios. O mais novo método disponível no Brasil para auxiliar nesse diagnóstico é o SPECT Cerebral, realizado após a injeção intravenosa do radiofármaco TRODAT-1, marcado com um radioisótopo que se liga aos neurônios que produzem dopamina, permitindo a quantificação da produção dessa substância no cérebro. Este novo exame permite discriminar pacientes com Doença de Parkinson e pacientes saudáveis com alta sensibilidade e especificidade. Além disso, o Real Nuclear dispõe de um aparelho de SPECT-CT, primeiro equipamento deste tipo no Brasil e único no Nordeste, que permite a aquisição simultânea das imagens funcionais (SPECT), que mapeiam os neurônios dopaminérgicos, e das imagens tomográficas anatômicas (CT), resultando num diagnóstico ainda mais acurado. Dra. Maria Eduarda Melo é médica nuclear Serviço: Real Nuclear RELAÇÃO DE CONVÊNIOS ATIVOS NO RHP ALLIANZ AMEPE-CAMPE AMIL ASSEFAZ BANCO CENTRAL CAMED CASSI (BANCO DO BRASIL) COMSAÚDE CORREIOS CONAB EMBRATEL FACHESF FIOSAÚDE FUNCEF SAÚDE CAIXA FUSEX GAMA SAÚDE LTDA GEAP GOLDEN CROSS* INFRAERO MEDIAL SAÚDE MEDISERVICE MINIST. PUBL.TRABALHO MINIST. PUBL. FEDERAL MINIST. PUBL. MILITAR PETROBRAS DISTRIBUIDORA PETROB. PETRÓLEO PROASA SANTA CLARA* SAÚDE EXCELSIOR SAÚDE BRADESCO SUL AMÉRICA UNAFISCO SAÚDE UNIBANCO AIG SAÚDE UNIMED RECIFE *Consulte seu plano para verificar a abrangência da cobertura

9 09 Hospital Português no coração dos pernambucanos RHP recebeu o prêmio Marcas Que Eu Gosto pela 9ª vez Dr. Jorge Peixoto, Sr. Ângelo Ferreira e esposa, Sra. Laura Areias, Sr. Joaquim Amorim e Alessandra Matos Pela nona vez consecutiva, o Real Hospital Português é o mais querido pelos pernambucanos, no segmento de hospitais particulares, de acordo com pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) em parceria com o Diario de Pernambuco. O prêmio Marcas Que Eu Gosto avaliou os critérios de preferência, preço, qualidade, tradição e emoção. Foram entrevistados 600 consumidores do Recife, com idade acima dos 16 anos. O RHP foi apontado como o preferido dos entrevistados e Campanha de incentivo à doação de órgãos mobiliza Hospital O Real Hospital Português, com apoio da Central de Transplante de Pernambuco (CTPE), promoveu a Campanha Interna de Incentivo à Doação de Órgãos e Tecidos, que aconteceu na última semana de maio. Entre as ações desenvolvidas, destaque para divulgação da campanha com banners espalhados pelo Hospital, entrega de panfletos informativos e a participação do torcedor do Sport, Zé do Rádio, que é transplantado do coração. Houve ainda capacitação dos profissionais de saúde, com orientações sobre a abordagem às famílias de doadores. Se você é um doador, informe a sua família e espalhe a mensagem, orienta a enfermeira da Comissão de Transplante e Óbito do RHP, Ana Karla Servo. Sr. Joaquim Amorim e Alessandra Matos exibem troféu e certificados como a unidade de saúde de melhor qualidade (61%), custo/benefício (48%) e tradição (68%). A boa colocação na pesquisa é resultado do esforço do trabalho coletivo da Direção, médicos e funcionários, comemorou o Provedor Alberto Ferreira da Costa. A solenidade de premiação ocorreu no final de maio, na Arcádia Boa Viagem, com a presença do Vice-Provedor Joaquim da Costa Amorim, representando a Instituição, e da diretora de atendimento da agência BM4 Alessandra Matos. Enfª. Valéria Costa, Zé do Rádio, Dr. André Bezerra e Enfª. Ana Karla Servo Torcedor Zé do Rádio panflentando

10 10 Médicos debatem casos clínicos em encontros mensais Discussão de caso clínico (abril) Reunião de abertura (março) Dr Francisco Barreto (maio) Com o objetivo de abrir espaço para as equipes médicas discutirem casos clínicos e incentivar a educação médica continuada, o Real Hospital Português criou um calendário de reuniões clínicas mensais, aberto a todo o corpo médico e outros profissionais de saúde. A Reunião Clínica do Real Hospital Português acontece na última terça-feira de cada mês, no Salão de Convenções, sob a coordenação do clínico Dr. Francisco Barreto (Chicão). A reunião de abertura foi realizada no dia 27 de março, com participação de mais de 50 especialistas, sendo apresentado o tema Câncer de Pulmão pelo oncologista Dr. Ricardo Costa. O Provedor do RHP, Alberto Ferreira da Costa, participou do primeiro encontro, ressaltando a importância da cooperação entre as equipes, buscando sempre a harmonia e a integração como caminho para consolidar o Hospital no cenário de saúde nacional. Os encontros subsequentes ocorreram nos dias 24 de abril e 29 de maio, ambos com apresentação de casos clínicos selecionados por Dr. Chicão. No mês de junho, houve a participação do médico geneticista Dr. João Bosco Oliveira, pesquisador do NIH (Instituto Nacional de Saúde EUA), falando sobre Doenças Autoimunes. E no dia 31 de julho, foi debatido o tema Tromboembolismo Venoso, com o cirurgião Dr. Walter von Sohsten. Próximas reuniões: 28 de agosto - O olho na doença sistêmica 25 de setembro - Cuidados Paliativos 30 de outubro - Neurologia 27 de novembro - Lesões Esportivas Dr. José Bosco palestrando (junho) Dr. Walter von Sohsten (julho)

11 Lançamento Aconteceu 11 Simpósio Alberto e Camem Ferreira da Costa, Blancard Torres e a filha Cristiana, Guaracy Lyra e Cláudia Ferreira da Costa O Real Hospital Português foi palco do lançamento do livro O Corpo Humano: uma receita de Longevidade com Qualidade e o relançamento da obra Frei Damião, o Santo e o Médico, ambos de autoria do médico Blancard Torres. A renda foi revertida em doações para a Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, em prol da causa pela beatificação do Frei. Cardiologia Drs. Aymen Ramadan e Alex Caetano O serviço de Neurocirurgia do Real Hospital Português Prontoneuro sediou, no mês de maio, o Simpósio Internacional de Artroplastia (colocação de disco vertebral artificial), com participação do neurocirurgião suíço Aymen Ramadan. O especialista realizou uma cirurgia ao vivo, junto com o neurocirurgião Alex Caetano. Cerca de 30 cirurgiões do Nordeste assistiram ao procedimento através de transmissão simultânea para Sala de Videoconferência do RHP. Entre as indicações mais importantes para o uso da prótese cervical está o tratamento para os pacientes portadores de hérnia de disco. Doação Numa iniciativa solidária, o Real Hospital Português doou equipamentos médicos de pequeno porte e mobiliário ao Hospital São Lucas de Fernando de Noronha. A gerente da unidade, Rebeca Dias, recebeu o termo de doação das mãos da gerente comercial do RHP, Selda Barbosa, no dia 27/06. Foram disponibilizados desde aparelhos como negatoscópio, oxímetro de pulso e bisturi eletétrico até cadeiras e biombos. Todas as parcerias público-privadas são sempre bem-vindas, especialmente para um Hospital que trabalha para toda a comunidade Noronhense", agradeceu Rebeca. Drs. Carlos Antônio da Motta Silveira, Eduardo Lapa, Sílvia Martins, Luís Cláudio Correia e Djalma Godoy O Coração nas Redes Sociais foi tema do Simpósio RealCor- Procárdio, realizado em maio, no Salão de Convenções do Real Hospital Português. Destaque para as participações de André Gustavo Lima (SP), editor do blog CardioPapers, Roberto Giraldez (SP), editor chefe do Cardiosource em Português, e Luiz Cláudio Correia (BA), editor do blog Medicina Baseada em Evidências. O alcance dos blogs, a seleção de artigos disponíveis na WEB, o controle das opiniões dos internautas e o uso dos blogs como ferramenta de educação foram alguns dos temas debatidos. Mestre O urologista Antônio César, da RealUro, defendeu sua tese de Mestrado com o tema Alterações Tomográficas Renais e Peri-renais no Pós-operatório da Nefrolitotripsia Percutânea e suas Associação com Complicações Clínicas na Universidade de Pernambuco (UPE). Com orientação do professor Adriano Calado, foi avaliado e aprovado com louvor pela banca examinadora composta pelos professores Francisco Cavalcanti, Thomé Décio e Ricardo Lima.

12

COMISSÃO INTRAHOSPITALAR DE DOAÇÃO DE ÓRGÃOS E TECIDOS PARA TRANSPLANTES

COMISSÃO INTRAHOSPITALAR DE DOAÇÃO DE ÓRGÃOS E TECIDOS PARA TRANSPLANTES COMISSÃO INTRAHOSPITALAR DE DOAÇÃO DE ÓRGÃOS E TECIDOS PARA TRANSPLANTES A Comissão Intra Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes-CIHDOTT tem por objetivo a organizar todo o processo

Leia mais

HOSPITAL ABREU SODRÉ A sua próxima escolha.

HOSPITAL ABREU SODRÉ A sua próxima escolha. HOSPITAL ABREU SODRÉ A sua próxima escolha. Qualidade máxima e confiança são fundamentais no momento de escolher um hospital, e você precisa do que há de melhor na área médica. Por isso, prepare-se para

Leia mais

SUGESTÃO DE PAUTA. INCOR Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FMUSP

SUGESTÃO DE PAUTA. INCOR Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FMUSP SUGESTÃO DE PAUTA INCOR Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FMUSP 6 de dezembro de 2013. ISSO QUE É RAZÃO PARA COMERMORAR: EM 2013, O INCOR SALVOU O DOBRO DE VIDAS COM TRANSPLANTES CARDÍACOS,

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014. Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014. Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014 Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social Entidade: Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil Endereço: Rua Antônio Miguel Pereira

Leia mais

VIVER BEM OS RINS DO SEU FABRÍCIO AGENOR DOENÇAS RENAIS

VIVER BEM OS RINS DO SEU FABRÍCIO AGENOR DOENÇAS RENAIS VIVER BEM OS RINS DO SEU FABRÍCIO AGENOR DOENÇAS RENAIS Leia o código e assista a história de seu Fabrício Agenor. Este é o seu Fabrício Agenor. Ele sempre gostou de comidas pesadas e com muito tempero

Leia mais

INCOR COMEMORA 1OOº TRANSPLANTE CARDÍACO PEDIÁTRICO

INCOR COMEMORA 1OOº TRANSPLANTE CARDÍACO PEDIÁTRICO Sugestão de nota de agenda INCOR Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da FMUSP 16 de maio de 2011 INCOR COMEMORA 1OOº TRANSPLANTE CARDÍACO PEDIÁTRICO No sábado, 7 de maio, o coração dos profissionais

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas Pág. 8. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 3 5 Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula 7 Cronograma de Aulas Pág. 8 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM DOR Unidade Dias e Horários

Leia mais

informe 30 anos de história no RN COOPERATIVA ODONTOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE Outubro 2012 www.uniodontorn.com.

informe 30 anos de história no RN COOPERATIVA ODONTOLÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE Outubro 2012 www.uniodontorn.com. Outubro 2012 NATAL www.unirn.com.br (84) 4009-4664 Rua Açu, 665 - Tirol Natal/RN - CEP 59020-110 30 anos de história no RN www.unirn.com.br COOPERATIVA LÓGICA DO RIO GRANDE DO NORTE ANS - n.º 34531-8 Palavra

Leia mais

HOSPITAL PELÓPIDAS SILVEIRA PROGRAMA DE ESTÁGIOS E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL. RODÍZIO EM NEUROINTENSIVISMO PARA RESIDENTES (160h)

HOSPITAL PELÓPIDAS SILVEIRA PROGRAMA DE ESTÁGIOS E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL. RODÍZIO EM NEUROINTENSIVISMO PARA RESIDENTES (160h) HOSPITAL PELÓPIDAS SILVEIRA PROGRAMA DE ESTÁGIOS E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL PRECEPTOR RESPONSÁVEL Dra. Maria Goreth Pereira: goreth_pereira@hotmail.com PRECEPTORES ENVOLVIDOS Edna Lucia Freitas Daiana

Leia mais

RESOLUÇÃO CREMEC nº 44/2012 01/10/2012

RESOLUÇÃO CREMEC nº 44/2012 01/10/2012 RESOLUÇÃO CREMEC nº 44/2012 01/10/2012 Define e regulamenta as atividades da sala de recuperação pós-anestésica (SRPA) O Conselho Regional de Medicina do Estado do Ceará, no uso das atribuições que lhe

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional: Especialização Profissional Técnica

Leia mais

Análise dos dados da Pesquisa de Clima Relatório

Análise dos dados da Pesquisa de Clima Relatório Recursos Humanos Coordenação de Gestão de Pessoas Pesquisa de Clima Análise dos dados da Pesquisa de Clima Relatório Introdução No dia 04 de Agosto de 2011, durante a reunião de Planejamento, todos os

Leia mais

ENFERMAGEM DO TRABALHO - TURMA VII

ENFERMAGEM DO TRABALHO - TURMA VII Rua Rio Branco, 216, Centro, CEP 650-490, São Luís /MA - Fone: (98) 3878.21 Credenciado pela Portaria Ministerial nº 1764/06, D.O.U. 211 de 03.11.06, Seção 01, Folha14 ENFERMAGEM DO TRABALHO - TURMA VII

Leia mais

Você conhece a Medicina de Família e Comunidade?

Você conhece a Medicina de Família e Comunidade? Texto divulgado na forma de um caderno, editorado, para a comunidade, profissionais de saúde e mídia SBMFC - 2006 Você conhece a Medicina de Família e Comunidade? Não? Então, convidamos você a conhecer

Leia mais

Fazendo a diferença nos Serviços de Saúde: Visão do Técnico Especialista

Fazendo a diferença nos Serviços de Saúde: Visão do Técnico Especialista Fazendo a diferença nos Serviços de Saúde: Visão do Técnico Especialista Tec. de Enfermagem Claudia Sterque claudiasterque@yahoo.com.br 11 de novembro de 2010 VISÃO DO TÉCNICO ESPECIALISTA Quando comecei

Leia mais

Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante

Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante POR QUE CRIAR CIHDOTTs? 6294 hospitais no país Necessidade de descentralização Equipes localizadas dentro do hospital notificante

Leia mais

QUALIDADE E SEGURANÇA EM ASSISTÊNCIA DOMICILIAR E HOSPITALAR

QUALIDADE E SEGURANÇA EM ASSISTÊNCIA DOMICILIAR E HOSPITALAR QUALIDADE E SEGURANÇA EM ASSISTÊNCIA DOMICILIAR E HOSPITALAR HOME CARE Ajudar o paciente a resgatar a qualidade de vida em sua própria residência, é o compromisso do NADH. O atendimento personalizado é

Leia mais

TÍTULO: ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM Á CRIANÇA NO PÓS-OPERATÓRIO IMEDIATO DE TRANSPLANTE CARDÍACO

TÍTULO: ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM Á CRIANÇA NO PÓS-OPERATÓRIO IMEDIATO DE TRANSPLANTE CARDÍACO TÍTULO: ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM Á CRIANÇA NO PÓS-OPERATÓRIO IMEDIATO DE TRANSPLANTE CARDÍACO CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: ENFERMAGEM INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

Homeopatia. Copyrights - Movimento Nacional de Valorização e Divulgação da Homeopatia mnvdh@terra.com.br 2

Homeopatia. Copyrights - Movimento Nacional de Valorização e Divulgação da Homeopatia mnvdh@terra.com.br 2 Homeopatia A Homeopatia é um sistema terapêutico baseado no princípio dos semelhantes (princípio parecido com o das vacinas) que cuida e trata de vários tipos de organismos (homem, animais e plantas) usando

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 2.918, DE 9 DE JUNHO DE 1998.

MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 2.918, DE 9 DE JUNHO DE 1998. MINISTÉRIO DA SAÚDE GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 2.918, DE 9 DE JUNHO DE 1998. O Ministro de Estado da Saúde no uso de suas atribuições, considerando: - a importância na assistência das unidades que

Leia mais

FISCO. Saúde. Programa de Atenção. Domiciliar GUIA DE PROCEDIMENTOS ANS 41.766-1

FISCO. Saúde. Programa de Atenção. Domiciliar GUIA DE PROCEDIMENTOS ANS 41.766-1 FISCO Saúde ANS 41.766-1 Programa de Atenção Domiciliar GUIA DE PROCEDIMENTOS Prezados Associados, Para facilitar a comunicação e dirimir as principais dúvidas sobre a utilização dos nossos serviços, o

Leia mais

PROJETO CURSOS 2015 CURSO TEÓRICO- PRÁTICO DE REABILITAÇÃO PULMONAR: DA ATUAÇÃO HOSPITALAR A DOMICILIAR

PROJETO CURSOS 2015 CURSO TEÓRICO- PRÁTICO DE REABILITAÇÃO PULMONAR: DA ATUAÇÃO HOSPITALAR A DOMICILIAR VALOR DA INSCRIÇÃO: R$ 1.400,00 PROJETO CURSOS 2015 EDITAL I: CURSO TEÓRICO- PRÁTICO DE REABILITAÇÃO PULMONAR: DA ATUAÇÃO HOSPITALAR A DOMICILIAR 1. OBJETIVO Promover uma atualização em Reabilitação Pulmonar

Leia mais

O Renal é um ser humano como todos e tem seu direito de ser respeitado e não ter vergonha de ser renal. Jaderson

O Renal é um ser humano como todos e tem seu direito de ser respeitado e não ter vergonha de ser renal. Jaderson Jaderson é um garoto de 11 anos, portador de insuficiência renal crônica, paciente do Serviço de Hemodiálise Pediátrica do Hospital Roberto Santos em Salvador-BA. É uma criança muito inteligente e talentosa,

Leia mais

SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Pressão controlada apresentação Chamada popularmente de pressão alta, a hipertensão é grave por dois motivos: não apresenta sintomas, ou seja,

Leia mais

O Ministro de Estado da Saúde, no uso de suas atribuições legais, considerando:

O Ministro de Estado da Saúde, no uso de suas atribuições legais, considerando: PORTARIA Nº 3.432/MS/GM, DE 12 DE AGOSTO DE 1998 O Ministro de Estado da Saúde, no uso de suas atribuições legais, considerando: a importância na assistência das unidades que realizam tratamento intensivo

Leia mais

Parecer CRFa-4ª Região nº 003/2015

Parecer CRFa-4ª Região nº 003/2015 Parecer CRFa-4ª Região nº 003/2015 Dispõe sobre a atuação fonoaudiológica na área hospitalar privada, pública e filantrópica e em atendimento domiciliar e dá outras providências O presente Parecer tem

Leia mais

Pós operatório em Transplantes

Pós operatório em Transplantes Pós operatório em Transplantes Resumo Histórico Inicio dos programas de transplante Dec. 60 Retorno dos programas Déc 80 Receptor: Rapaz de 18 anos Doador: criança de 9 meses * Não se tem informações

Leia mais

Doação de leite materno salva vidas de bebês nas UTIs

Doação de leite materno salva vidas de bebês nas UTIs Doação de leite materno salva vidas de bebês nas UTIs Além do atendimento especializado que somente a UTI Neonatal pode oferecer aos bebês prematuros, o leite materno é fundamental para que se desenvolvam

Leia mais

CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃOADÃO

CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃOADÃO CARTA DE SERVIÇOS AO CIDADÃOADÃO Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. Rua Visconde de Paranaguá, nº 24 Campus Saúde CEP: 96.200-190 Bairro Centro Rio Grande Rio Grande do Sul/RS Brasil Acesso

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA

PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA DATA: 1 a 3 de SETEMBRO LOCAL: HOTEL GOLDEN TULIP / VITÓRIA-ES Realização: Tema: O Envolvimento Interdisciplinar na Qualidade de Assistência e na Segurança do Paciente COMISSÃO ORGANIZADORA

Leia mais

PSICOLOGIA E ONCOLOGIA: UMA PARCERIA ESSENCIAL?

PSICOLOGIA E ONCOLOGIA: UMA PARCERIA ESSENCIAL? PSICOLOGIA E ONCOLOGIA: UMA PARCERIA ESSENCIAL? Aline Fernanda Sartori Kanegusuku¹; Marina Tiemi Kobiyama Sonohara 1 ; Angélica Aparecida Valenza¹; Nemerson José Jesus¹; Sandra Diamante² RESUMO Para compreender

Leia mais

CUIDADOS PALIATIVOS DIRECIONADOS A PACIENTES ONCOLÓGICOS EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

CUIDADOS PALIATIVOS DIRECIONADOS A PACIENTES ONCOLÓGICOS EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA CUIDADOS PALIATIVOS DIRECIONADOS A PACIENTES ONCOLÓGICOS EM UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA Júlio César Coelho do Nascimento (Enfermeiro Pós-graduando em Oncologia Clínica- Centro de Especialização em Enfermagem

Leia mais

PROJETOS APROVADOS PELO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA (CEP-IMIP) EM REUNIÃO ORDINÁRIA DE 28.01.15. CAAE Título do Projeto Pesquisador Responsável

PROJETOS APROVADOS PELO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA (CEP-IMIP) EM REUNIÃO ORDINÁRIA DE 28.01.15. CAAE Título do Projeto Pesquisador Responsável PROJETOS APROVADOS PELO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA (CEP-IMIP) EM REUNIÃO ORDINÁRIA DE 28.01.15 CAAE Título do Projeto Pesquisador Responsável 38889314.1.0000.5201 Estudo comparativo das representações

Leia mais

CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014

CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014 CURSO DE HABILIDADES PRÁTICAS EM MEDICINA INTENSIVA 8 e 9 de agosto de 2014 03 e 04 de outubro de 2014 Coordenação Dr. Luciano Cesar Pontes Azevedo Doutor em medicina pela Universidade de São Paulo - USP

Leia mais

Quem vou ser daqui a 20 anos Público. Privado. Assistencial Acadêmica Gestão. Assistencial Acadêmico Gestão Autônomo

Quem vou ser daqui a 20 anos Público. Privado. Assistencial Acadêmica Gestão. Assistencial Acadêmico Gestão Autônomo Dr Milton Glezer Quem vou ser daqui a 20 anos Público Assistencial Acadêmica Gestão Privado Assistencial Acadêmico Gestão Autônomo Mudanças nos planos de saúde- melhorar cada vez mais o funcionamento dos

Leia mais

Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica

Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica Rogério Reis Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica CRESCIMENTO ECONÔMICO DA REGIÃO SUL IMPULSIONA MERCADO PARANAENSE POR ADRIANE DO VALE redacao@cipanet.com.br FOTOS

Leia mais

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo Projeto Amplitude Plano de Ação 2015 P r o j e t o A m p l i t u d e R u a C a p i t ã o C a v a l c a n t i, 1 4 7 V i l a M a r i a n a S ã o P a u l o 11 4304-9906 w w w. p r o j e t o a m p l i t u

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: : PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional:Técnico em enfermagem Qualificação:

Leia mais

Seminário: "TURISMO DE SAÚDE NO BRASIL: MERCADO EM ASCENSÃO"

Seminário: TURISMO DE SAÚDE NO BRASIL: MERCADO EM ASCENSÃO Seminário: "TURISMO DE SAÚDE NO BRASIL: MERCADO EM ASCENSÃO" FLEURY LINHA DO TEMPO Uma história de sucesso Uma história de sucesso Uma história de sucesso Uma história de sucesso Uma história de sucesso

Leia mais

ÍNDICE: ESPECIALIDADES:

ÍNDICE: ESPECIALIDADES: ÍNDICE: ESPECIALIDADES: ACUPUNTURA... ANGIOLOGIA... CARDIOLOGIA... CLÍNICA MÉDICA... DERMATOLOGIA... ENDOCRINOLOGIA... FONOAUDIOLOGIA... GASTROENTEROLOGIA... GERIATRIA... GINECOLOGIA... INFECTOLOGIA...

Leia mais

Limpeza hospitalar *

Limpeza hospitalar * CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO São Paulo, março de 2009. Limpeza hospitalar * Limpeza hospitalar é o processo de remoção de sujidades de superfícies do ambiente, materiais e equipamentos,

Leia mais

Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011

Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011 Chat com Fernanda Dia 17 de março de 2011 Tema: O papel do terapeuta ocupacional para pessoas em tratamento de leucemia, linfoma, mieloma múltiplo ou mielodisplasia Total atingido de pessoas na sala: 26

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA HOSPITALAR Unidade Dias

Leia mais

DISCIPLINA DE ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE I MSP 0670/2011. SISTEMAS DE SAÚDE

DISCIPLINA DE ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE I MSP 0670/2011. SISTEMAS DE SAÚDE DISCIPLINA DE ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE I MSP 0670/2011. SISTEMAS DE SAÚDE Paulo Eduardo Elias* Alguns países constroem estruturas de saúde com a finalidade de garantir meios adequados para que as necessidades

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DO TÓRAX

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DO TÓRAX PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DO TÓRAX 1. Nome do Curso e Área de Conhecimento: Curso de Especialização em Diagnóstico por Imagem do Tórax 4.01.00.00-6

Leia mais

MANUAL ATRIBUIÇÕES E ROTINAS PSICOLOGIA HOSPITALAR

MANUAL ATRIBUIÇÕES E ROTINAS PSICOLOGIA HOSPITALAR MANUAL 1 E L A B O R A Ç Ã O HGWA: Fernanda Azevedo de Souza: Coordenação, UCE Adulto (UCE I e AVC Subagudo) e Cuidados Paliativos Isabelle de Freitas Luz - Clínica Pediátrica, UCE Pediátrica e PAD Pediátrico

Leia mais

PERFIL E COMPETÊNCIA DO ENFERMEIRO DE CENTRO CIRÚRGICO. Maria da Conceição Muniz Ribeiro

PERFIL E COMPETÊNCIA DO ENFERMEIRO DE CENTRO CIRÚRGICO. Maria da Conceição Muniz Ribeiro PERFIL E COMPETÊNCIA DO ENFERMEIRO DE CENTRO CIRÚRGICO Maria da Conceição Muniz Ribeiro I - CENTRO CIRÚRGICO CONJUNTO DE ELEMENTOS DESTINADOS AS ATIVIDADES CIRÚRGICAS, BEM COMO À RECUPERAÇÃO PÓS ANESTÉSICA

Leia mais

medida. nova íntegra 1. O com remuneradas terem Isso é bom

medida. nova íntegra 1. O com remuneradas terem Isso é bom Entrevista esclarece dúvidas sobre acúmulo de bolsas e atividadess remuneradas Publicada por Assessoria de Imprensa da Capes Quinta, 22 de Julho de 2010 19:16 No dia 16 de julho de 2010, foi publicada

Leia mais

O PAPEL DO SERVIÇO SOCIAL EM UMA EQUIPE INTERDISCIPLINAR Edmarcia Fidelis ROCHA 1 Simone Tavares GIMENEZ 2

O PAPEL DO SERVIÇO SOCIAL EM UMA EQUIPE INTERDISCIPLINAR Edmarcia Fidelis ROCHA 1 Simone Tavares GIMENEZ 2 O PAPEL DO SERVIÇO SOCIAL EM UMA EQUIPE INTERDISCIPLINAR Edmarcia Fidelis ROCHA 1 Simone Tavares GIMENEZ 2 RESUMO: Este artigo tem como objetivo, mostrar o papel do assistente social dentro de uma equipe

Leia mais

SOMOS UMA COOPERATIVA MÉDICA LÍDER NO MERCADO DE PLANOS DE SAÚDE DO RIO DE JANEIRO.

SOMOS UMA COOPERATIVA MÉDICA LÍDER NO MERCADO DE PLANOS DE SAÚDE DO RIO DE JANEIRO. SOMOS UMA COOPERATIVA MÉDICA LÍDER NO MERCADO DE PLANOS DE SAÚDE DO RIO DE JANEIRO. CUIDAR É NOSSA ESSÊNCIA E O QUE NOS MOVE TODOS OS DIAS. CUIDAMOS DE PESSOAS E LEVAMOS ESTE PROPÓSITO ALÉM, VALORIZANDO

Leia mais

Clipping Eletrônico Quarta-feira dia 02/09/2015. Semsa anuncia estratégias para diminuir filas nas UBSs, em Manaus

Clipping Eletrônico Quarta-feira dia 02/09/2015. Semsa anuncia estratégias para diminuir filas nas UBSs, em Manaus Clipping Eletrônico Quarta-feira dia 02/09/2015 Portal D24 AM Saúde 03 de Setembro de 2015. Fonte: http://new.d24am.com/noticias/saude/semsa-anuncia-estrategias-paradiminuir-filas-ubss-manaus/139451 Semsa

Leia mais

EDITAL PARA SELEÇÃO DE ACADÊMICOS PARA A LIGA ACADÊMICA ACRIANA DE ENFERMAGEM EM TRANSPLANTES

EDITAL PARA SELEÇÃO DE ACADÊMICOS PARA A LIGA ACADÊMICA ACRIANA DE ENFERMAGEM EM TRANSPLANTES EDITAL PARA SELEÇÃO DE ACADÊMICOS PARA A LIGA ACADÊMICA ACRIANA DE ENFERMAGEM EM TRANSPLANTES A (LAAET), fundada em 23 de Setembro de 2011, afiliada à Universidade Federal do Acre, Grupo HEPATO, Central

Leia mais

Produtos Unimed Grande Florianópolis

Produtos Unimed Grande Florianópolis Produtos Unimed Grande Florianópolis A Unimed é o plano de saúde que oferece os melhores médicos do Brasil. Vamos além para que sua saúde seja plena e de qualidade. Para nós, o importante é ver você bem

Leia mais

Insuficiência respiratória aguda. Prof. Claudia Witzel

Insuficiência respiratória aguda. Prof. Claudia Witzel Insuficiência respiratória aguda O que é!!!!! IR aguda Incapacidade do sistema respiratório de desempenhar suas duas principais funções: - Captação de oxigênio para o sangue arterial - Remoção de gás carbônico

Leia mais

Neste estudo apresenta-se uma breve análise de como era a Santa Casa de Caridade de Bagé desde a sua fundação em 1883 até a atualidade.

Neste estudo apresenta-se uma breve análise de como era a Santa Casa de Caridade de Bagé desde a sua fundação em 1883 até a atualidade. Neste estudo apresenta-se uma breve análise de como era a Santa Casa de Caridade de Bagé desde a sua fundação em 1883 até a atualidade. Neste sentido, os estudos bibliográficos que compõem o referencial

Leia mais

COORDENADOR: PROF. LUIZ F. SALAZAR DISCIPLINA: SEMIOLOGIA CARDIOVASCULAR

COORDENADOR: PROF. LUIZ F. SALAZAR DISCIPLINA: SEMIOLOGIA CARDIOVASCULAR PROCAPE / - CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM CARDIOLOGIA ANO: 0 HORÁRIO: 07:30 HS. ( em ponto) COORNADOR: PROF. LUIZ F. SALAZAR DISCIPLINA: SEMIOLOGIA CARDIOVASCULAR 07.0 ª A ANAMNESE EM CARDIOLOGIA SINTOMAS Dr.Luiz

Leia mais

TAM: o espírito de servir no SAC 2.0

TAM: o espírito de servir no SAC 2.0 TAM: o espírito de servir no SAC 2.0 Os primeiros passos do SAC 2.0 da TAM A trajetória da TAM sempre foi guiada pela disponibilidade de servir seus clientes; nas redes sociais, essa filosofia não poderia

Leia mais

Humanização no Atendimento

Humanização no Atendimento 1ª Jornada de Hotelaria Hospitalar Humanização no Atendimento Outubro de 2014 Juliana Hissamura Se pudéssemos ver o coração dos outros e entender os desafios que cada um enfrenta, acredito que nós trataríamos

Leia mais

Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais

Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais Scup e Política: vitória nas urnas pelas redes sociais A campanha do prefeito de Duque de Caxias Alexandre Aguiar Cardoso, natural de Duque de Caxias, cidade da região metropolitana do Rio de Janeiro,

Leia mais

Mesa redonda: TRANSPLANTE DE ÓRGÃOS E TECIDOS

Mesa redonda: TRANSPLANTE DE ÓRGÃOS E TECIDOS VI CONGRESSO DE BIOÉTICA DE RIBEIRÃO PRETO Mesa redonda: TRANSPLANTE DE ÓRGÃOS E TECIDOS Maria Cristina Komatsu Braga Massarollo Escola de Enfermagem- USP massaro@usp.br TRANSPLANTE DE ÓRGÃOS Modalidade

Leia mais

Uma área em expansão. Radiologia

Uma área em expansão. Radiologia Uma área em expansão Conhecimento especializado e treinamento em novas tecnologias abrem caminho para equipes de Enfermagem nos serviços de diagnóstico por imagem e radiologia A atuação da Enfermagem em

Leia mais

Instituto Avon investe R$ 2,1 milhões em Minas Gerais para combate ao Câncer de Mama

Instituto Avon investe R$ 2,1 milhões em Minas Gerais para combate ao Câncer de Mama Instituto Avon investe R$ 2,1 milhões em Minas Gerais para combate ao Câncer de Mama São Paulo, 25 de julho de 2014 Minas Gerais recebeu um reforço de R$ 2,1 milhões na luta contra o câncer de mama. O

Leia mais

PORTO DIAS. Família! A parceria que cuida do paciente com competência e carinho. Fonte: www.google.com.br/imagens

PORTO DIAS. Família! A parceria que cuida do paciente com competência e carinho. Fonte: www.google.com.br/imagens H O S P I TA L & Família! A parceria que cuida do paciente com competência e carinho. Fonte: www.google.com.br/imagens 1 Telefones Úteis (HPD) Call Center 9999 Nutrição 3106 (Bloco A) / 9652(Bloco D) Recepção

Leia mais

CURSO DE ATUALIZAÇÃO. Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde

CURSO DE ATUALIZAÇÃO. Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde CURSO DE ATUALIZAÇÃO Gestão das Condições de Trabalho e Saúde dos Trabalhadores da Saúde Promoção da Saúde do Trabalhador da Saúde: conscientização acerca do uso de luvas e higienização das mãos pelos

Leia mais

A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF):

A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF): A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF): Há sempre mais do que uma única história* Por que o tema é importante? Provavelmente, cada vez que você leva sua criança a uma

Leia mais

CARTA DE PRAGA. Apela se aos governantes para aliviarem o sofrimento e assegurarem o direito e acesso aos cuidados paliativos

CARTA DE PRAGA. Apela se aos governantes para aliviarem o sofrimento e assegurarem o direito e acesso aos cuidados paliativos CARTA DE PRAGA Apela se aos governantes para aliviarem o sofrimento e assegurarem o direito e acesso aos cuidados paliativos A Associação Europeia de Cuidados Paliativos (EAPC), a Associação Internacional

Leia mais

REQUERIMENTO N de de outubro de 2009 (Do Sr. Dr. Talmir)

REQUERIMENTO N de de outubro de 2009 (Do Sr. Dr. Talmir) REQUERIMENTO N de de outubro de 2009 (Do Sr. Dr. Talmir) Requer o envio de indicação ao Exmo. Sr. Ministro de Estado da Saúde. Senhor Presidente Nos termos do art. 113, inciso I e 1º, do Regimento Interno

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM RELATÓRIO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR III SERVIÇOS HOSPITALARES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM RELATÓRIO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR III SERVIÇOS HOSPITALARES 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM RELATÓRIO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR III SERVIÇOS HOSPITALARES MARIÁ BARBALHO NARDI Orientadora: Prof.ª Drª Isabel Cristina Echer

Leia mais

Requerimento (Do Sr. Hugo Leal)

Requerimento (Do Sr. Hugo Leal) Requerimento (Do Sr. Hugo Leal) Sugere ao Poder Executivo sejam tomadas providências no sentido de ser exigido a feitura de diagnóstico precoce de autismo em todas as unidades de saúde pública do país,

Leia mais

Nº 3 - Nov/14 TRABALHO COMUNITÁRIO

Nº 3 - Nov/14 TRABALHO COMUNITÁRIO ! Nº 3 - Nov/14 o ã ç n e t a A T S PRE TRABALHO COMUNITÁRIO Apresentação Esta nova edição da Coleção Presta Atenção! apresenta pontos importantes para a implantação de projetos e programas de base comunitária.

Leia mais

MOVIMENTO CASCAVEL ROSA - NA LUTA CONTRA O CÂNCER

MOVIMENTO CASCAVEL ROSA - NA LUTA CONTRA O CÂNCER MOVIMENTO CASCAVEL ROSA - NA LUTA CONTRA O CÂNCER Área Temática: Saúde Adriane de Castro Martinez Martins 1 (Coordenadora) Claudecir Delfino Verli 2 Aline Maria de Almeida Lara 3 Modalidade: Comunicação

Leia mais

INSTITUTO DE MEDICINA INTEGRAL PROF. FERNANDO FIGUEIRA IMIP BANCO DE LEITE HUMANO E CENTRO DE INCENTIVO AO ALEITAMENTO MATERNO BLH/CIAMA/IMIP

INSTITUTO DE MEDICINA INTEGRAL PROF. FERNANDO FIGUEIRA IMIP BANCO DE LEITE HUMANO E CENTRO DE INCENTIVO AO ALEITAMENTO MATERNO BLH/CIAMA/IMIP INSTITUTO DE MEDICINA INTEGRAL PROF. FERNANDO FIGUEIRA IMIP BANCO DE LEITE HUMANO E CENTRO DE INCENTIVO AO ALEITAMENTO MATERNO BLH/CIAMA/IMIP Semana Mundial do Aleitamento Materno - IMIP 2015 TEMA: Mulher

Leia mais

2 o Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão. Um paciente muito especial: retrato da saúde do adolescente no Brasil.

2 o Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão. Um paciente muito especial: retrato da saúde do adolescente no Brasil. 2 o Prêmio Jovem Jornalista Fernando Pacheco Jordão Um paciente muito especial: retrato da saúde do adolescente no Brasil. Sumário Pauta...2 Justificativa...2 Objetivos...3 Metodologia...3 Potencial de

Leia mais

Pós Operatório. Cirurgias Torácicas

Pós Operatório. Cirurgias Torácicas Pós Operatório Cirurgias Torácicas Tipos de Lesão Lesões Diretas fratura de costelas, coluna vertebral ou da cintura escapular, hérnia diafragmática, ruptura do esôfago, contusão ou laceração pulmonar.

Leia mais

RCC- Radiologia Clínica de Campinas A Imagem da sua Saúde RESSONÂNCIA MAGNÉTICA 3.0 TESLA

RCC- Radiologia Clínica de Campinas A Imagem da sua Saúde RESSONÂNCIA MAGNÉTICA 3.0 TESLA RCC- Radiologia Clínica de Campinas A Imagem da sua Saúde RESSONÂNCIA MAGNÉTICA 3.0 TESLA ABERTURA 70 CM + TIM SUPER ALTO CAMPO - ALTA RESOLUÇÃO MAIOR VELOCIDADE - MAIOR COMODIDADE PREZADO COLEGA Com grande

Leia mais

FEIRA DE SAÚDE PALESTRAS DEBATES

FEIRA DE SAÚDE PALESTRAS DEBATES FEIRA DE SAÚDE PALESTRAS DEBATES O Fórum Com o objetivo de discutir cenários e perspectivas para a Mortalidade Infantil no Nordeste, a Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil, em comemoração aos

Leia mais

PROGRAMAÇÃO RESIDÊNCIA MEDICINA INTENSIVA 2016 R1, R2, R3 HSF

PROGRAMAÇÃO RESIDÊNCIA MEDICINA INTENSIVA 2016 R1, R2, R3 HSF PROGRAMAÇÃO RESIDÊNCIA MEDICINA INTENSIVA 2016 (CENTRO DE TERAPIA INTENSIVA) R1, R2, R3 HSF Residência em Medicina Intensiva Introdução: A Residência em Medicina Intensiva foi criada nesta instituição

Leia mais

Transplante de rim. Perguntas frequentes. Avitum

Transplante de rim. Perguntas frequentes. Avitum Transplante de rim Perguntas frequentes Avitum Por que irei precisar de um transplante de rim? Quando o rim de uma pessoa falha há três tratamentos disponíveis: Hemodiálise Diálise Peritoneal Transplante

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA HOME CARE

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA HOME CARE MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA HOME CARE Elaborado por: Ana Paula de Menezes Assistente Social da CASSIND APRESENTAÇÃO A internação domiciliar ou home care é compreendida como a instalação de uma estrutura

Leia mais

PRONTIDÃO ESCOLAR PREVENTIVA. Primeiros Socorros ABORDAGEM PRIMÁRIA RÁPIDA. Policial BM Espínola

PRONTIDÃO ESCOLAR PREVENTIVA. Primeiros Socorros ABORDAGEM PRIMÁRIA RÁPIDA. Policial BM Espínola PRONTIDÃO ESCOLAR PREVENTIVA Primeiros Socorros ABORDAGEM PRIMÁRIA RÁPIDA Policial BM Espínola LEMBRE-SE Antes de administrar cuidados de emergência, é preciso garantir condições de SEGURANÇA primeiramente

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. PARECER COREN-SP 002/2012 CT PRCI n 99.073/2012 e Ticket 280.834

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. PARECER COREN-SP 002/2012 CT PRCI n 99.073/2012 e Ticket 280.834 PARECER COREN-SP 002/2012 CT PRCI n 99.073/2012 e Ticket 280.834 Assunto: Ações de resgate de vítimas em altura e em espaço confinado. Competência da equipe de bombeiros militares. 1. Do fato Solicitado

Leia mais

Na comemoração anual do Dia Mundial da Criança cumpre recordar que o bem estar das crianças se realiza, ou não, no seio das famílias e que as

Na comemoração anual do Dia Mundial da Criança cumpre recordar que o bem estar das crianças se realiza, ou não, no seio das famílias e que as Na comemoração anual do Dia Mundial da Criança cumpre recordar que o bem estar das crianças se realiza, ou não, no seio das famílias e que as condições socioeoconomicoculturais destas são determinantes

Leia mais

SOCIEDADE BRASILEIRA DE NEFROLOGIA

SOCIEDADE BRASILEIRA DE NEFROLOGIA NORMAS PARA CREDENCIAMENTO E RECREDENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE TREINAMENTO EM NEFROLOGIA Curso de Especialização em Nefrologia OBJETIVOS DO PROGRAMA OBJETIVO GERAL Capacitar o profissional médico no conteúdo

Leia mais

VISITA TÉCNIA AO HOSPITAL ARAUJO JORGE

VISITA TÉCNIA AO HOSPITAL ARAUJO JORGE VISITA TÉCNIA AO HOSPITAL ARAUJO JORGE A Comissão de Saúde e Promoção Social, de acordo com a competência regimental que lhe confere o Art. 45, inciso V, do Regimento Interno desta Casa de Leis, realizou

Leia mais

Apêndice IV ao Anexo A do Edital de Credenciamento nº 05/2015, do COM8DN DEFINIÇÃO DA TERMINOLOGIA UTILIZADA NO PROJETO BÁSICO

Apêndice IV ao Anexo A do Edital de Credenciamento nº 05/2015, do COM8DN DEFINIÇÃO DA TERMINOLOGIA UTILIZADA NO PROJETO BÁSICO Apêndice IV ao Anexo A do Edital de Credenciamento nº 05/2015, do COM8DN DEFINIÇÃO DA TERMINOLOGIA UTILIZADA NO PROJETO BÁSICO - Abordagem multiprofissional e interdisciplinar - assistência prestada por

Leia mais

Processo Seletivo 2015.1

Processo Seletivo 2015.1 Processo Seletivo 2015.1 Edital 1. O Curso 2. Hospitais Sedes 3. Das Inscrições 4. Das vagas e seleção 5. Prova escrita / Entrevista 6. Apresentação do Programa 7. Requesitos para inscrição 8. Cronograma

Leia mais

A Nanotecnologia e os impactos à saúde dos trabalhadores

A Nanotecnologia e os impactos à saúde dos trabalhadores Nesta quarta entrevista da série sobre a utilização da nanotecnologia nos processos produtivos, a Dra. Maria De Fatima Torres F. Viegas nos fala, entre outros temas, sobre a Nanotoxicologia, cuja missão

Leia mais

UM SONHO, UMA MISSÃO, UMA CONQUISTA

UM SONHO, UMA MISSÃO, UMA CONQUISTA 2 Business View Brasil Agosto 2015 UM SONHO, UMA MISSÃO, UMA CONQUISTA Diagnóstico humanizado e um nome que é sinônimo de credibilidade Quando um grupo de médicos da cidade de Maringá, no Estado do Paraná,

Leia mais

GOVERNO DO MUNICIPIO DE CONSELHEIRO LAFAIETE GABINETE DO PREFEITO

GOVERNO DO MUNICIPIO DE CONSELHEIRO LAFAIETE GABINETE DO PREFEITO LEI N o 5.641, DE 23 DE JUNHO DE 2014. RECONHECE A PESSOA COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA COMO PORTADORA DE DEFICIÊNCIA PARA OS FINS DE FRUIÇÃO DOS DIREITOS ASSEGURADOS PELA LEI ORGÂNICA E PELAS DEMAIS

Leia mais

R E G U L A M E N T O

R E G U L A M E N T O R E G U L A M E N T O www.premioeticanosnegocios.org.br Iniciativa e Realização 2ª Edição - 2011 Inscrições Prorrogadas até 30/09/11 R E G U L A M E N T O INICIATIVA E REALIZAÇÃO A instituição realizadora

Leia mais

Esta entidade surgiu da preocupação do médico alagoano Alberto Augusto de Araújo Jorge com a questão da saúde em meu Estado.

Esta entidade surgiu da preocupação do médico alagoano Alberto Augusto de Araújo Jorge com a questão da saúde em meu Estado. Senhor Presidente Senhoras deputados Senhores deputados Quero hoje usar esta tribuna para parabenizar os primeiros cinquenta anos de uma instituição de saúde do meu Estado de Goiás, a Associação de Combate

Leia mais

CORPORATIVO E ADESÃO Carta de Orientação ao Beneficiário

CORPORATIVO E ADESÃO Carta de Orientação ao Beneficiário Carta de Orientação ao Beneficiário 1/2 Prezado(a) Beneficiário(a), A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), instituição que regula as atividades das operadoras de planos privados de assistência

Leia mais

REQUERIMENTO DE INDICAÇÃO Nº, DE 2005. (Do Sr. Geraldo Resende)

REQUERIMENTO DE INDICAÇÃO Nº, DE 2005. (Do Sr. Geraldo Resende) REQUERIMENTO DE INDICAÇÃO Nº, DE 2005. (Do Sr. Geraldo Resende) Requer o envio de Indicação ao Excelentíssimo Sr. Ministro de Estado da Saúde, sugerindo o credenciamento de novas equipes para realização

Leia mais

2009/2010 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE ANESTESIA

2009/2010 CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE ANESTESIA 2009/2010 COMISSÃO CIENTÍFICA Celínia Antunes Cristina Baião Fernanda Príncipe Henrique Dias Jorge Coelho José Alberto Martins José David Ferreira Marcos Pacheco Nuno Tavares Lopes Paulo Amorim Paulo Figueiredo

Leia mais

CENTRO DE TERAPIA INTENSIVA ADULTO

CENTRO DE TERAPIA INTENSIVA ADULTO CENTRO DE TERAPIA INTENSIVA ADULTO O que fazer para ajudar seu familiar quando ele se encontra na UTI Versão eletrônica atualizada em Abril 2010 A unidade de terapia intensiva (UTI) é um ambiente de trabalho

Leia mais

Esquizofrenia. Parte 8. Instituto São José. Número 102 13 de novembro de 2009. Onde buscar ajuda. As necessidades do paciente. Quinta das Palmeiras

Esquizofrenia. Parte 8. Instituto São José. Número 102 13 de novembro de 2009. Onde buscar ajuda. As necessidades do paciente. Quinta das Palmeiras Número 102 13 de novembro de 2009 Esquizofrenia Onde buscar ajuda Parte 8 Instituto São José As necessidades do paciente Quinta das Palmeiras O ingrediente mais importante no tratamento e reabilitação

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE DEPARTAMENTO DE SISTEMAS E REDES ASSISTENCIAIS ANEXO I

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE DEPARTAMENTO DE SISTEMAS E REDES ASSISTENCIAIS ANEXO I MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE DEPARTAMENTO DE SISTEMAS E REDES ASSISTENCIAIS ANEXO I DE ACORDO COM O ESTABELECIDO PELA PORTARIA Nº 3432 /GM/MS, DE 12 DE AGOSTO DE 1998, REFERENTE

Leia mais

Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer. A importância de todos os familiares no processo de recuperação.

Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer. A importância de todos os familiares no processo de recuperação. Como saber que meu filho é dependente químico e o que fazer A importância de todos os familiares no processo de recuperação. Introdução Criar um filho é uma tarefa extremamente complexa. Além de amor,

Leia mais

I JORNADA DE FISIOTERAPIA HGWA

I JORNADA DE FISIOTERAPIA HGWA I JORNADA DE FISIOTERAPIA HGWA 1. OBJETIVO Fomentar o conhecimento científico e investir no crescimento técnico científico da Fisioterapia sob o tema Segurança e Qualidade na Assistência Fisioterapêutica.

Leia mais

Marketing não Sobrevive sem Endomarketing

Marketing não Sobrevive sem Endomarketing Marketing não Sobrevive sem Endomarketing Um ótimo serviço pode se tornar ruim se os funcionários não confiam em si mesmos. Uma endoentrevista sobre endomarketing. Troquemos de lugar! O título é, sem dúvida,

Leia mais