Procedimento padronizado de operação do sistema cromatográfico LaChrom

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Procedimento padronizado de operação do sistema cromatográfico LaChrom"

Transcrição

1 Sumário (sctc / pcs / jlsc / mjf - May2001) (A) Inicializar o sistema LaChrom (B) Mudar ou criar aplicação (1) na operação de rotina, ou seja, quando a aplicação tiver sido criada, para mudar a aplicação (2) para criar uma nova aplicação (3) Cadastrar a coluna de separação (C) Habilitar o método (1) quando existir o método operacional (2) caso o método operacional não tenha sido criado (D) Procedimento simplificado no desenvolvimento do método, ou seja, alterar um métodobase existente (E) Procedimento 'passo a passo' no desenvolvimento do método (ou desenvolvimento do método inicial) (F) Editar o método de operação (1) na primeira linha de ícones - definição dos parâmetros operacionais dos módulos (2) na segunda linha de ícones - definição dos parâmetros relativos à análise (G) Editar a tabela de amostra(s) (sample table) de trabalho (H) Aquisição de dados (I) Reprocessando a análise (J) Desligar o sistema LaChrom (A) Inicializar o sistema LaChrom (1) ligar, sem seqüência específica, os módulos do sistema cromatográfico hplc solvent degasser L-7612, interface D-7000, column oven L-7300 / L-7351 / L-7360 pump L-7100, autosampler L-7200 / L7250, detector UV/VIS L-7400, L-7420 ou DAD L-7455 differential refractometer RI-71 ou L-7490, ou conductivity detector L-7470, ou amperometric detector L-3500 A (2) ligar o computador (cpu e monitor e impressora) (3) verificar a indicação das seguintes inscrições ou eventos nos respectivos módulos: módulos L-7100, L-7200, L D-line system is not ready forno L E5 forno L-7351 / L OFF diode array detector L led (verde) de operação da lâmpada de deutério (4) verificar se a aplicação de trabalho já existe e se a coluna de separação já está cadastrada seguindo o passo B) Globallab group 1

2 (5) Abrir o programa Multi-HSM Manager, escolher sistema 1 ou 2, clicar no ícone do 'System Status' (i) e na opção INICIALIZE para inicializar os periféricos, assim liberando o painel de controle; após a habilitação (idle) dos módulos do hardware, clicar 'OK' (6) fazer o ambiente no sistema, por período mínimo que permita alcançar o equilíbrio, na configuração e componentes selecionados: eluente, coluna e parâmetros operacionais (6a) Definir os canais a serem utilizados na bomba (A = FM, B = ACN C = MeOH e D = H2O) e solução do wash do autosampler = FM s/ tampão (6b) certificar-se de que o reservatório de descarte (geral e autosampler) está vazio (6c) instalar a coluna situada no forno L-7300, lado direito do instrumento (6d) purgar todos os canais da bomba c/ no mínimo 3 minutos para o canal da FM. Para efetuar a purga, abrir a válvula de purga (sentido anti-horário), pressione MANUAL SET e entre até o fim da linha com as respectivas concentraçãos (100% p/ o canal desejado e 0% p/ o restante), fluxo de trabalho, pressão máxima e mínima e depois pressione PUMP ON/OFF e PURGE. Neste momento o fluxo irá para 9.99ml/min., mude os canais a serem purgados pressionando diretamente as letras respectivas no painel A, B C ou D. Após o término deste processo, desligue a purga pressionando novamente PURGE e PUMP ON/OFF. Feche a válvula de purga (sentido horário) e ligue a bomba PUMP ON/OFF para condicionar a coluna e o sistema com o fluxo e solvente de trabalho. observação: a rinsagem da coluna emprega usualmente vezes o volume 'void' da coluna (0,78 ml na coluna 125 x 4 mm e 1,57 ml na coluna 250 x 4 mm) (6e) purgar o autosampler L-7200 pressionando a tecla WASH 3x (6f) entre com a temperatura de trabalho no forno L-7300 pressionando SET MONIT e depois com as setas ajuste o valor de no mínimo 5ºC acima do ambiente. (7) configurar a impressora, clicando 'print setup' no file, selecionar o 'tamanho de papel': A4 (210 x 297 mmm), selecionar no ícone propriedades a qualidade requerida para a impressão (p.ex. 'econofast') e clicar 'OK' (B) Mudar (no 'change aplication') ou criar aplicação (no 'HSM administrator') (1) na operação de rotina, ou seja, quando a aplicação estiver criada, para mudar a aplicação: (1a) selecionar sistema 1 ou 2 e clicar no ícone - 'change aplication' (ícone das gavetas) (1b) escolher a aplicação pretendida e clicar SELECT (2) para criar uma nova aplicação: (2a) fechar a tela do Multi-HSM Manager (2b) clicar no ícone HSM Administration para abrir o aplicativo (2c) selecionar sistema 1 ou 2 e clicar no ícone - 'aplication setup' (ícone das gavetas) (2d) no campo 'application name' criar nova aplicação, nominando a aplicação pretendida (2e) no campo 'new subdirectory' criar subdiretório específico, mantendo se possível (por racionalidade), o mesmo nome para a análise ou série pretendida (2f) clicar o ícone 'CREATE' (2g) clicar o ícone 'CLOSE' (3) Adicione a coluna de separação no banco de colunas (3a) selecionar sistema 1 ou 2, clicar no ícone Single Instrument Setup e no botão ADD (3b) digite o nome da coluna e o número de série nos respectivos campos Model Name e Serial Number (3c) clicar em OK, OK e feche o aplicativo HSM Administration Globallab group 2

3 (C) Para habilitar o método, clicar no ícone method setup (ícone da seqüência de folhas) (1) verificar se o método existe (se método e aplicação pretendidas aparecem marcados nos campos 'method name' e 'application', clicar 'cancel' (2) caso não existir método operacional criado selecionar no campo application a aplicação desejada, nisto se apresentarão duas possibilidades: (2a) os métodos desenvolvidos estão dispostos no campo 'method name' (2b) caso não existir método desenvolvido na aplicação pretendida o campo 'method name' estará vazio (3) assim, a criação de método pode seguir dois procedimentos: (3a) procedimento simplificado, seguir para o ítem (D) (3b) procedimento 'passo a passo' (ou desenvolvimento do método inicial), nesta hipótese seguir diretamente para o ítem (E) (D) Procedimento simplificado, ou seja, alterar um método-base existente (que apresente características próximas ao método pretendido)? (1) na tela 'open file' selecionar o método pretendido e clicar 'OK'? (1) no ícone 'file' na tela 'open file' selecionar no campo 'application' a aplicação pretendida e os métodos desenvolvidos nesta aplicação se apresentarão no campo 'method name' (2) selecionar o método pretendido, clicar 'OK' e se abrirá a tela do método selecionado, a ser modificado (3) clicar na opção 'File' e selecionar salvar como 'Save Method As', nisto se apresentará a subtela 'save as', na qual se farão: (3a) no campo 'name': nominar o novo método em desenvolvimento (3b) no campo 'application': selecionar a aplicação pretendida (3c) caso necessário, preencher o campo 'comment' (3d) clicar 'OK', nesta operação a tela do método selecionado mostra sua nova denominação (E) Procedimento 'passo a passo' (ou desenvolvimento do método inicial) (1) no ícone 'FILE' clicar 'NEW', nisto se apresentará a tela 'novo' e nela selecionar 'METHOD' e clicar 'OK' (2) assim, se apresentará a tela do método referencial do sistema (F) Editar o método de operação (1) na primeira linha de ícones - definição dos parâmetros operacionais dos módulos (1a) no ícone method configuration (ícone computador conectado aos módulos), definir a configuração a ser aplicada na análise: interface D-7000 detector ch1 L-7400 ou L-7455 forno L-7300 autosampler L-7200 bomba A L-7100 gradiente mode low para quando for utilizar mais de um canal selecionar a coluna Globallab group 3

4 e (1b) no ícone method information (ícone com i) no campo 'description' descrever características do método em desenvolvimento preencher o campo 'developed by' nos campos 'solvent names' denominar os eluentes A, B, C, D (1c) no ícone pump setup (ícone da bomba) no campo 'pressure limit', definir os valores min e max da pressão operacional prevista editar o modo operacional em regime isocrático ou gradiente, com os respectivos solventes e vazões observação: em função da notação das unidades adotadas, os valores introduzidos no delineamento do método, para o tempo (10,0 min) e vazão (0,8 ml / min), são expressos em valores decimais, separados por vírgula (ou ponto) (1d) no icone autosampler não é necessário alterar nehuma opção (1e) no ícone column oven setut (ícone com termômetro - forno) definir os limites de temperatura de operação com valores max e 'nominal' (em C) (1f) no ícone channel 1 detector setup (ícone do olho) definir os parâmetros do primeiro detector para os campos: stop time spectra, wavelength, absorbance, time, autozero e Response Time = 0,5s (1g) no ícone event signal setup definir eventuais necessidades (1h) no ícone time summary verificar o perfil evolutivo do regime de operação desenhado para o sistema de bombeamento (2) na segunda linha de ícones - definição dos parâmetros relativos à análise (2a) nos ícones dos canais (1 e 2) se apresentará definido o canal em uso (2b) no ícone calculation method (ícone da calculadora) definir os parâmetros nos campos: quantitation, identification (time absolute), data options e 'calibration' (2c) no ícone component table (ícone da frasco) definir os parâmetros nos campos: retention time (RT), window, 'name' e func1 (2d) no ícone concentration table (ícone do frasco) escolher a unidade de concentração, entrar c/ os respectivos valores Std1 a Std20 para todoso os componentes a serem quantificados (2e) no ícone integration table (ícone do solstício) definir inicialmente os valores referenciais: noise: 10 smoothing: OFF sensitivity: 20 N-Method: 0 após definir as quatro primeiras funções indicadas, rever outros atributos mascarados, clicando na quinta linha e definir os parâmetros necessários, com seus respectivos início e término ('on' e 'off'), em função da integração pretendida (2f) no ícone DAD data processing definir as opções ofertadas: como peak purity check, peak-top spectrum integration e no campo chromatograms to create, definir o sistema apropriado de detecção (2g) no ícone Chromatogram display format definir as escalas dos eixos de coordenadas: vertical axis scale e horizontal axis scale definir sempre as opções: auto zero e full scale e peak labels (2h) no ícone DAD display format Globallab group 4

5 compatibilizar com os dados do detector setup com os indicados no campo display format no campo 'display format' selecionar valor apropriado na 'absorbance scale' (2i) no icone Confidence Report abilitar o System Suitability Test e escolher as funções e tolerâncias desejadas abilitar o Module Performance Test e as opções Print Pressure/Temperature profile e programar os critérios de alarme Criteria for Warning (2j) no ícone Channel 1 report format remover a opção print primary, escolher a opção identified only, escolher a unidade concentração CONC1 ou other para ter acesso aos campos de nome, scale factor e divide by sample amount. Em column header defina a seguinte sequência: PK NUM, RT, AREA, CONC1 e NAME. Escolha em Export Repor CBM31REC.EXE p/ reprocess. Escolha o formato do relatório em repot layout edit primary OK FILE LOAD ROTINA SIM OK CLOSE. (2k) fechar o método desenvolvido, clicando no (x) e aparecerá a subtela HSM: com a questão: 'salvar alterações? ' (2l) confirmar as alterações, e aparecerá a nova subtela 'save', onde poderão ser introduzidos comentários no campo 'comment', clicar 'OK' (2m) ao concluir estas operações, o método desenvolvido estará habilitado no sistema (G) Editar a tabela de amostra(s) (sample table) de trabalho (1) no ícone Sampler Setup (icone da bandeja verde) (1a) no campo 'sample table name' dentre as tabelas desenvolvidas, selecionar a tabela pretendida e clicar 'OK', nisto aparecerá a janela contendo a tabela selecionada (1b) alterar os campos: 'vial', 'volume', 'inj per vial', 'type', 'sample name' e se necessário o 'method name'. Utilizar os comandos clear to table e append to table para refazer a sequência. (1c) clicar em campos das linhas inferiores da tabela (em campos distintos do definido) para salvar os elementos digitados (1d) fechar a tabela e salvar (2) caso não existir a tabela de amostra(s) (2a) File New - Sampler Table - OK (2b) defina as característica da bandeja em rack parameters STD ou L OK (2c) defina todos os campos pertinentes a esta sequência e pressione append to table (2d) alterne para a tela edit table e redefina os parâmetros necessários tais como sample name, sample amount, vial, method, etc. (2e) fechar a tabela e salvar OBS.: Para facilitar o preparo da bandeja, após a rpogramação da sequência de injeção, o usuário poderá imprimi-la: No sample table na tela Edit Table, clicar em File e Print (H) Aquisição de dados (1)abrir o ícone Acquire Data, e aparecerão as tabelas desenvolvidas (1a) selecionar o sample table onde serão armazenados os dados da análise e clicar OK antes de iniciar a operação via start run ou start series, ligar o módulo L-7100 pump, pressionando o botão 'pump on / off' (se necessário) aguardar o condicionamento do sistema nas condições especificadas no método desenvolvido; p.ex. ambiente na coluna, clicar start run / series, para iniciar a análise cromatográfica, nisto se apresentará a tela baseline test. Durante um minuto o sistema avaliará o valor do noise, e se este estiver abaixo do valor especificado no sample table, a sequência prosseguirá 'para o status waiting for injetion'. Ao término da(s) análise(s), relacionada(s) na 'sample table', aparecerá a tela 'Idle' e a opção Monitor clicar o úlitmo ícone (x) do 'data acquisition monitor - para fechar a tela, Globallab group 5

6 clicar o último ícone (x) do sample table name para fechar e salvar a tabela da aquisição de dados. OBS.: Após o inicio de uma sequência, a opção Sleep / Wakup estará disponível para ser habilitada! Está opção permite ao usuário que programe o sistema para se Auto-desligar e Auto-ligar. (I) Reprocessando a análise (1)abrir o ícone Reprocess Data, e aparecerão os números das corridas efetuadas Selecione uma delas, visualize através do display, defina os parâmentros necessários e pressione recalculate p/ recalcular. Utilize o modify report para visualizar o resultado. Caso seje necessário alterar alguma informação na tabela de injeção, pressione edit, efetue as alterações e depois pressione save e recalculate. (J) Desligar o sistema LaChrom (1)Feche o Multi-HSM Manager ou efetue a desconexão através do botão (i) e depois Disconnect. Desligar, sem seqüência específica, os módulos do sistema cromatográfico hplc solvent degasser L-7612, interface D-7000, column oven L-7300, e pump L-7100, diode array detector L-7455, ou differential refractometer RI-71 ou L-7490, ou conductivity detector L-7470, ou amperometric detector L-3500A (2) clicar o último ícone (x) da tela do Multi-HSM Manager (3) desligar o computador via 'shut down' (4) aguardar a indicação de desligar o computador e desligar o monitor OBS.: Ao religar a máquina, o usuário deve sempre purgar a linha A com H2O antes de iniciar um novo trabalho! Globallab group 6

Editando Métodos. Tabela de amostra ou multi system. Softawre D-7000 dicas e truques 1/8

Editando Métodos. Tabela de amostra ou multi system. Softawre D-7000 dicas e truques 1/8 Editando Métodos 1. Mudanças no método ou tabelas não têm nenhum efeito! O método tem efeitos em janelas diferentes e operações como aquisição de dados, exibir cromatograma, geração de relatório e extração

Leia mais

Software para Leitura de Dados ITSW-U801

Software para Leitura de Dados ITSW-U801 Software para Leitura de Dados ITSW-U801 CONTEÚDO 1. INTRODUÇÃO... 1 2. ESPECIFICAÇÕES GERAIS... 1 3. INSTALAÇÃO E USO INICIAL... 1 3-1 INSTALAÇÃO... 1 3-2 INICIANDO O PROGRAMA... 1 3-3 Uso com cabo de

Leia mais

CLARUS 500 / HEADSPACE TURBO MATRIX 1. INTRODUÇÃO

CLARUS 500 / HEADSPACE TURBO MATRIX 1. INTRODUÇÃO 1/10 1. INTRODUÇÃO A Cromatografia em Fase Gasosa (CG) é um método usado frequentemente em bioquímica e em química analítica para separar, identificar e quantificar diferentes compostos. Para tanto, utiliza-se

Leia mais

Análise EDS - Oxford

Análise EDS - Oxford Análise EDS - Oxford Manual para Treinamento em Operação Básica Análise qualitativa e quantitativa Versão 1.2 03/04/2013 Para utilizar este recurso é fundamental saber operar o microscópio no qual o sistema

Leia mais

Manual de Configuração de Exportação/Importação de arquivos (MultiSET/SISCEL)

Manual de Configuração de Exportação/Importação de arquivos (MultiSET/SISCEL) Manual de Configuração de Exportação/Importação de arquivos (MultiSET/SISCEL) ÍNDICE Configuração do MultiSET para exportação de arquivo para o SISCEL... 3 Transporte do arquivo do MACINTOSH para o PC...

Leia mais

Registrador de Dados VB300 3-Axis G- Force Versão 1.0 Novembro 2010

Registrador de Dados VB300 3-Axis G- Force Versão 1.0 Novembro 2010 Utilitário de Ajuda do Software Registrador de Dados VB300 3-Axis G- Force Versão 1.0 Novembro 2010 Introdução ao Software O software do registrador de dados é um programa que coleta dados do registrador

Leia mais

Indice. Indice.1. 6.1- Reprodução Local...18. 6.2- Reprodução Remota...19

Indice. Indice.1. 6.1- Reprodução Local...18. 6.2- Reprodução Remota...19 Indice Indice.1 1. Introdução...2 1.1. Ambiente de Operação...2 1.2. Instruções de Instalação...2 2. Instalação e desinstalação...3 2.1. Instalação...3 2.2. Desinstalação...4 2.3. Reparo...5 3. Operação

Leia mais

BACTOCOUNT IBC EXPORTAÇÃO DE DADOS CONFIGURAÇÕES

BACTOCOUNT IBC EXPORTAÇÃO DE DADOS CONFIGURAÇÕES EXPORTAÇÃO DE DADOS CONFIGURAÇÕES N o Descrição Prep. Aprov. Data REVISÕES Elaborador ROSELITO Verificador SAMUEL Aprovado RAFAEL Rafael Castilha Data AGO/10 N o DOCUMENTO Resp. Técnico CREA 84365/D IBC-IT-01-002

Leia mais

Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Versão 3.6

Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Versão 3.6 Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro Versão 3.6 O Gerenciador é um Software para ambiente Windows que trabalha em conjunto com o Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro, através de

Leia mais

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples)

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento Financeiro Contas a Pagar Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento de Caixa Fechamento Caixa Bancos Apropriações de Centros de

Leia mais

Este documento consiste em 25 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Março de 2010.

Este documento consiste em 25 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Março de 2010. Manual do Usuário Este documento consiste em 25 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Março de 2010. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas. A reprodução deste documento,

Leia mais

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário Smart Laudos 1.9 A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos Manual do Usuário Conteúdo 1. O que é o Smart Laudos?... 3 2. Características... 3 3. Instalação... 3 4. Menu do Sistema... 4 5. Configurando

Leia mais

COMO INSTALAR O CATÁLOGO

COMO INSTALAR O CATÁLOGO Este guia tem por finalidade detalhar as etapas de instalação do catálogo e assume que o arquivo de instalação já foi baixado de nosso site. Caso não tenho sido feita a etapa anterior favor consultar o

Leia mais

Instrução de acesso ao DVR da Yoko Modelo RYK925x Via Software.

Instrução de acesso ao DVR da Yoko Modelo RYK925x Via Software. Instrução de acesso ao DVR da Yoko Modelo RYK925x Via Software. 1 - Instalar o Software que está no CD (Yoko H264\setup.exe) ou Fazer o Download do software do através do site abaixo: http://cameras.khronos.ind.br:1061/clientes/aplicativos/yokoprata/

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

MANUAL GDS TOUCH. Versão: 1.0 Direitos reservados.

MANUAL GDS TOUCH. Versão: 1.0 Direitos reservados. MANUAL GDS TOUCH Versão: 1.0 Direitos reservados. GDS TOUCH PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO O GDS Touch é um painel wireless touch-screen de controle residencial, com design totalmente

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup MANUAL DO USUÁRIO Software de Ferramenta de Backup Software Ferramenta de Backup Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para

Leia mais

Sumário GERAL... 3 INSTALAÇÃO... 3 UTILIZANDO O MINI DVR USB ST-400...10. Opções de Segurança... 12. Gravando as Imagens...13 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Sumário GERAL... 3 INSTALAÇÃO... 3 UTILIZANDO O MINI DVR USB ST-400...10. Opções de Segurança... 12. Gravando as Imagens...13 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Nos campos channel description, podemos nomear os canais. O nome será exibido junto ao vídeo. No campo Channel control, selecionando o modo automatic, podemos definir os canais ativos, o tempo de exibição

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

TUTORIAL DE UTILIZAÇÃO DO PROTEUS

TUTORIAL DE UTILIZAÇÃO DO PROTEUS 1 Para iniciar a edição de um esquema elétrico para posterior simulação, busque no menu Iniciar do Windows, a opção Todos os Programas. Localize a pasta onde foi instalado o Proteus e selecione o programa

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

1- Requisitos mínimos. 2- Instalando o Acesso Full. 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez

1- Requisitos mínimos. 2- Instalando o Acesso Full. 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez Manual Conteúdo 1- Requisitos mínimos... 2 2- Instalando o Acesso Full... 2 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez... 2 4- Conhecendo a barra de navegação padrão do Acesso Full... 3 5- Cadastrando

Leia mais

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client?

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Assim que abrir o DVR Client, no canto superior direito há um grupo de opções denominado Login, preencha de acordo

Leia mais

Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de

Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de Tutorial de Utilização de Impressoras Não Fiscais no NFC-e Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de Impressoras Não Fiscais no NFC-e O intuito deste tutorial é descrever com detalhes técnicos como

Leia mais

Comm5 Tecnologia Manual de utilização da família MI. Manual de Utilização. Família MI

Comm5 Tecnologia Manual de utilização da família MI. Manual de Utilização. Família MI Manual de Utilização Família MI ÍNDICE 1.0 COMO LIGAR O MÓDULO... pág 03 e 04 2.0 OBJETIVO... pág 05 3.0 COMO CONFIGURAR O MÓDULO MI... pág 06, 07, 08 e 09 4.0 COMO TESTAR A REDE... pág 10 5.0 COMO CONFIGURAR

Leia mais

Consultas a banco de dados no ArcView

Consultas a banco de dados no ArcView UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS DEPARTAMENTO DE CARTOGRAFIA Laboratório de Geoprocessamento Grazielle Anjos Carvalho Belo Horizonte, 2007 A consulta ao banco de dados no Arcview

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Passo- a- passo SKILLSPECTOR Software gratuito para análise cinemática Procedimentos para configuração, digitalização e calibragem

Passo- a- passo SKILLSPECTOR Software gratuito para análise cinemática Procedimentos para configuração, digitalização e calibragem Passo- a- passo SKILLSPECTOR Software gratuito para análise cinemática Procedimentos para configuração, digitalização e calibragem Prof. Dr. Ricardo Martins de Souza O passo- a- passo a seguir tem como

Leia mais

Operação local em caso de falha na rede

Operação local em caso de falha na rede Agosto/2012 Operação local em caso de falha na rede Caros usuários, Este mês trataremos de um recurso bastante útil e de extrema importância para o uso contínuo do DataLyzer Spectrum. Sem dúvida é um diferencial

Leia mais

Manual do usuário. Midas Touch PISOINTERATIVO.COM.BR

Manual do usuário. Midas Touch PISOINTERATIVO.COM.BR Manual do usuário Midas Touch PISOINTERATIVO.COM.BR 1 INSTALAÇÃO 1.1 Requisitos de sistema 1.2 Conteúdos do CD de instalação 1.3 Instalação 2 CONFIGURAÇÃO 2.1 ENUTV setup 2.2 Midas Touch 1.1 REQUISITOS

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Produto: n-control MSI Versão: 4.6 Versão do Doc.: 1.0 Autor: Aline Della Justina Data: 17/06/2011 Público-alvo: Clientes e Parceiros NDDigital Alterado por: Release Note: Detalhamento

Leia mais

O computador. Sistema Operacional

O computador. Sistema Operacional O computador O computador é uma máquina desenvolvida para facilitar a vida do ser humano, principalmente nos trabalhos do dia-a-dia. É composto basicamente por duas partes o hardware e o software. Uma

Leia mais

Ricoh MP 2550. Guia do usuário. Scanner

Ricoh MP 2550. Guia do usuário. Scanner Ricoh MP 2550 Guia do usuário Scanner Índice Mapa da impressora...3 Mapa do painel...5 Funções Escaneando um documento Scan to e-mail...9 Scan to folder...12 Salvando arquivos escaneados na impressora...13

Leia mais

Aula de ArcGIS Criando uma planta de um

Aula de ArcGIS Criando uma planta de um Aula de ArcGIS Criando uma planta de um topográfico Prof. Frederico D. Bortoloti Introdução No menu Iniciar, vá no grupo de programas ArcGIS e clique em ArcMap No ArcMap, feche a janela inicial. Passo

Leia mais

SOFTWARE DE INSTALAÇÃO. Instruções de Instalação

SOFTWARE DE INSTALAÇÃO. Instruções de Instalação SOFTWARE DE INSTALAÇÃO SOFTWARE Instruções de Instalação Manual de instruções para programa de gravação de dados (WS- 9010) Esta estação meteorológica juntamente com o programa de gravação de dados é um

Leia mais

6 - Apresentação do Painel de Controle do software DVR-Viewer. Itens Descrição 1 Lista do DVR: Adiciona/Modifica/Apaga a lista de DVRs conectados.

6 - Apresentação do Painel de Controle do software DVR-Viewer. Itens Descrição 1 Lista do DVR: Adiciona/Modifica/Apaga a lista de DVRs conectados. Instrução de acesso ao DVR da Yoko modelo Pentaplex. Via Software. 1 - Instalar o Software que esta no CD (Yoko H264\setup.exe) ou Fazer o Download do software do através do site abaixo: ( caso o navegador

Leia mais

EMP Multi Screen Adjustment. Guia de Funcionamento

EMP Multi Screen Adjustment. Guia de Funcionamento EMP Multi Screen Adjustment Guia de Funcionamento Simbologia Utilizada no Manual 1 IMPORTANTE Indica operações que podem provocar danos ou ferimentos se não se tiver os cuidados devidos. NOTA Indica informações

Leia mais

Manual de Instalação

Manual de Instalação Manual de Instalação Produto: n-client MSI Versão: 4.2.3 Versão do Doc.: 1.0 Autor: Aline Della Justina Data: 19/11/2010 Documento destinado à: Clientes e Parceiros Alterado por: Release Note: Detalhamento

Leia mais

Manual Programa SOSView 4.0

Manual Programa SOSView 4.0 2012 Manual Programa SOSView 4.0 Laboratório SOS Sotreq Versão Manual 1.0 01/03/2012 Página 1 de 52 Manual Programa SOSView 4 Instalação do Programa Utilização em Rede Importação de Amostras Consulta de

Leia mais

Ricoh MPC 3001. Guia do usuário. Impressão

Ricoh MPC 3001. Guia do usuário. Impressão Ricoh MPC 3001 Guia do usuário Impressão Índice Mapa da impressora...3 Mapa do painel...5 Funções Impressão simples...9 Cancelando impressão...10 Impressão frente e verso Aba 1 clique...11 Aba definições

Leia mais

Criando Banco de Dados, Tabelas e Campos através do HeidiSQL. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011

Criando Banco de Dados, Tabelas e Campos através do HeidiSQL. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Criando Banco de Dados, Tabelas e Campos através do HeidiSQL Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2011 Edição 2 Pedreiros da Informação Criando Banco de Dados, Tabelas e Campos através do HeidiSQL

Leia mais

GUIA RÁPIDO SISTEMA ANTIFURTO THEFT DETERRENT

GUIA RÁPIDO SISTEMA ANTIFURTO THEFT DETERRENT GUIA RÁPIDO SISTEMA ANTIFURTO THEFT DETERRENT SUMÁRIO Prefácio... 1 A quem se destina... 1 Nomenclatura utilizada neste documento... 1 Tela de login... 2 Tela Inicial... 4 Gestão de Dispositivo Acompanhar

Leia mais

Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 1

Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 1 AULA Conhecendo o Visual FoxPro 8.0 Parte 1 Em qualquer profissão é importante que se conheça bem as ferramentas que serão usadas para executar o trabalho proposto. No desenvolvimento de software não é

Leia mais

ATENÇÃO. Leitura Indispensável

ATENÇÃO. Leitura Indispensável ATENÇÃO Leitura Indispensável O Guia Rápido do Asure ID 2009 foi criado com base na versão Exchange, ou seja, a versão mais completa da linha Asure ID 2009, portanto, os usuários de outras versões ao utilizarem

Leia mais

BIT. Boletim de Informação Técnica

BIT. Boletim de Informação Técnica Produto W-R2000g v1.1 Nº. 003/2010 Referência Configuração do roteador Responsável Leandro Martins Data 23.Abril.2010 Este documento descreve os passos básicos para a configuração do roteador C3Tech W-R2000g

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA SERVIÇOS REALIZADOS NO PLANTÃO

PROCEDIMENTOS PARA SERVIÇOS REALIZADOS NO PLANTÃO PROCEDIMENTOS PARA SERVIÇOS REALIZADOS NO PLANTÃO A primeira coisa a ser verificada é a navegação dos servidores e isso será possível com o Programa PuTTY. Selecione o servidor que está na caixa Load,

Leia mais

Depuração de Código Utilizando o Dev-C++ - Dicas

Depuração de Código Utilizando o Dev-C++ - Dicas Depuração de Código Utilizando o Dev-C++ - Dicas Versão 1.0 Belo Horizonte Junho de 2009 Sumário Dicas... 2 Configuração do Dev-C++... 2 Como depurar um código no Dev-C++... 5 Referências Bibliográficas...

Leia mais

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL

Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor. Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Manual de Instalação Linux Comunicações - Servidor Centro de Computação Científica e Software Livre - C3SL Sumário 1 Instalando o Linux Comunicações para Telecentros (servidor) 2 1.1 Experimentar o Linux

Leia mais

Configuração e Instalação do Atendimento Online

Configuração e Instalação do Atendimento Online Configuração e Instalação do Atendimento Online Não é possível trocar a senha do administrador, e não aconselhamos o uso desta conta como Atendente, deve ser usado apenas para cadastrar e alterar Grupos

Leia mais

Tutorial Administrativo (Backoffice)

Tutorial Administrativo (Backoffice) Manual - Software ENTRANDO NO SISTEMA BACKOFFICE Para entrar no sitema Backoffice, digite no seu navegador de internet o seguinte endereço: http://pesquisa.webbyapp.com/ Entre com o login e senha. Caso

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Primeiro contato com a Impressora Fiscal, a ECF chegou e agora?

STK (Start Kit DARUMA) Primeiro contato com a Impressora Fiscal, a ECF chegou e agora? O que será abordado neste SKT: STK (Start Kit DARUMA) Primeiro contato com a Impressora Fiscal, a ECF chegou e agora? Verificando o papel. Verificando se o ECF está inicializado, caso não esteja como proceder.

Leia mais

Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO. Versão: 1.0 Direitos reservados.

Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO. Versão: 1.0 Direitos reservados. Bem Vindo GDS TOUCH Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO O GDS Touch é um painel wireless touchscreen de controle residencial, com design totalmente 3D, interativo

Leia mais

Manual do Usuário DENATRAN

Manual do Usuário DENATRAN Manual do Usuário DENATRAN Confidencial Portal SISCSV - 2007 Página 1 Índice Analítico 1. INTRODUÇÃO 5 2. ACESSANDO O SISCSV 2.0 6 2.1 Configurando o Bloqueador de Pop-Ups 6 3. AUTENTICAÇÃO DO USUÁRIO

Leia mais

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Informática - Básico Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Índice Apresentação...06 Quais são as características do Windows?...07 Instalando o Windows...08 Aspectos Básicos...09 O que há na tela do Windows...10

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO MAGNETI MARELLI EXTRA

BOLETIM TÉCNICO MAGNETI MARELLI EXTRA ASSUNTO: Equipamentos de Sistemas Eletrônicos Tester Flex. OBJETIVO: Informar procedimento para atualização de Scanners. DESTINO: Usuários de Equipamentos de diagnóstico Magneti Marelli Extra. Introdução

Leia mais

Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun

Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf ABB Automação Hartmann & Braun Índice 1. IBIS_BE_CNF - DEFINIÇÃO... 3 2. INSTALAÇÃO... 3 2.1. PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO... 3

Leia mais

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público Notas de Aplicação Utilizando o servidor de comunicação SCP Server HI Tecnologia Documento de acesso público ENA.00024 Versão 1.02 dezembro-2006 HI Tecnologia Utilizando o servidor de comunicação SCP Server

Leia mais

Manual do PDFCreator Versão 1

Manual do PDFCreator Versão 1 Manual do PDFCreator Versão 1 O PDFCreator é um software livre que permite criar documentos em formato PDF a partir outras aplicações. Centro de Formação de Penalva e Azurara www.cfpa.pt 2006 Índice Índice...

Leia mais

Software Ativo. Operação

Software Ativo. Operação Software Ativo Operação Página deixada intencionalmente em branco PROTEO MANUAL OPERAÇÃO SUMÁRIO 1 - INSTALAÇÃO DO SOFTWARE ATIVO... 5 2 CRIANDO PROJETO UVS/ TMS PROTEO... 10 2.1 - Estrutura do Projeto...

Leia mais

Sumário I. Acesso ao sistema CRMTEL II. Filtro de Clientes III. Atribuindo a Segmentação Atribuindo o Mailing VI.

Sumário I. Acesso ao sistema CRMTEL II. Filtro de Clientes III. Atribuindo a Segmentação Atribuindo o Mailing VI. Módulo Clientes 2 Sumário I. Acesso ao sistema CRMTEL... 4 II. Filtro de Clientes... 5 III. Atribuindo a Segmentação... 6 V. Atribuindo o Mailing... 10 VI. Encarteirando Clientes... 12 VII. Relatórios...

Leia mais

FiberHome: 10.100.40.2

FiberHome: 10.100.40.2 FiberHome: 10.100.40.2 Verificar se o tipo de rede é GPON ou EPON, pois na OLT, cujas placas a nomenclatura que tem a letra inicial E é do tipo EPON e com a inicial G é do tipo GPON. AUTORIZAR INTERNET/CLIENTE

Leia mais

Manual de Instalação EDIÇÃO 1.0

Manual de Instalação EDIÇÃO 1.0 Editor Rápido ipldk Manual de Instalação EDIÇÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Edição Data Descrição das Alterações Versão S/W Versão MPB Edição 1 Out/2006 Lançamento Inicial C.7Aa ~ C.7Aa - i - Conteúdo 1.

Leia mais

Tutorial OPENCIM. Parte 2

Tutorial OPENCIM. Parte 2 Laboratório CIM - Computer Integrated Manufacturing 1 Tutorial OPENCIM Parte 2 Máquinas, peças e equipamentos Laboratório CIM - Computer Integrated Manufacturing 2 Página em branco Laboratório CIM - Computer

Leia mais

Gerenciador de Conteúdo Magellan 2.0

Gerenciador de Conteúdo Magellan 2.0 Gerenciador de Conteúdo Magellan 2.0 Instalando o Gerenciador de Conteúdo Magellan. 1. Baixe o Gerenciador de Conteúdo Magellan de www.magellangps.com. 2. Dê um duplo clique no arquivo CM_Setup que foi

Leia mais

ArcMAP (parte 2) Rodar o ArcMap teclar: Iniciar > Todos os programas > ArcGIS > ArcMap. Sobre a janela selecionar o item An existing map:

ArcMAP (parte 2) Rodar o ArcMap teclar: Iniciar > Todos os programas > ArcGIS > ArcMap. Sobre a janela selecionar o item An existing map: ArcMAP (parte 2) Nesta parte do tutorial, você irá mapear cada tipo de uso da terra dentro do noise contour. Você adicionará dados ao seu mapa, desenhará feições baseadas em atributos, selecionará feições

Leia mais

EMPRESAS RANDON MANUAL DE ACESSO PORTAL DE FORNECEDOR QUALIDADE

EMPRESAS RANDON MANUAL DE ACESSO PORTAL DE FORNECEDOR QUALIDADE EMPRESAS RANDON MANUAL DE ACESSO PORTAL DE FORNECEDOR QUALIDADE 1 Índice 1. Solicitando acesso ao Portal de Fornecedor...3 2. Configurando o acesso ao Portal de Fornecedor...4 3. Acessando o Portal de

Leia mais

Com este tutorial, temos por objetivo determinar a distância entre duas localidades.

Com este tutorial, temos por objetivo determinar a distância entre duas localidades. Tutorial 2 Introdução Para determinar a distância entre duas localidades, basta simplesmente selecionar um recurso de medida de distância (Measure tool) e clicar sobre cada uma das localidades. Entretanto,

Leia mais

CERTIDÕES UNIFICADAS

CERTIDÕES UNIFICADAS CERTIDÕES UNIFICADAS Manual de operação Perfil Cartório CERTUNI Versão 1.0.0 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Departamento de Inovação Tecnológica Divisão de Tecnologia da Informação Sumário LISTA DE FIGURAS... 2

Leia mais

DBDesigner 4. NomeFunc 1,N FUNCIONÁRIO. CargaHoraria. MatrFunc

DBDesigner 4. NomeFunc 1,N FUNCIONÁRIO. CargaHoraria. MatrFunc DBDesigner 4 O DBDesigner 4 é uma ferramenta CASE (Computer-Aided Software Engineering) voltada para a modelagem de dados dos sistemas. Para utilizá-lo é necessário, primeiramente, criar o Modelo Conceitual

Leia mais

Manual do Aplicativo Servidor ECD

Manual do Aplicativo Servidor ECD Manual do Aplicativo Servidor ECD Edição de novembro de 2014 Este manual tem caráter técnico-informativo, sendo propriedade da SWEDA. Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste manual pode ser reproduzida

Leia mais

Ricoh MP 171. Guia do usuário. Impressão

Ricoh MP 171. Guia do usuário. Impressão Ricoh MP 171 Guia do usuário Impressão 1 Índice Mapa do painel...3 Funções Impressão simples...5 Cancelando impressão...6 Impressão frente e verso Aba 1 clique...7 Aba definições detalhadas...9 Trabalhos

Leia mais

Manual do Usuário ZKPatrol1.0

Manual do Usuário ZKPatrol1.0 Manual do Usuário ZKPatrol1.0 SOFTWARE Sumário 1 Introdução de Funções... 3 1.2 Operação Básica... 4 1.3 Seleção de idioma... 4 2 Gerenciamento do Sistema... 5 2.1 Entrar no sistema... 5 2.2 Sair do Sistema...

Leia mais

MVREP- Manual do Gerador de Relatórios. ÍNDICE

MVREP- Manual do Gerador de Relatórios. ÍNDICE ÍNDICE ÍNDICE... 1 CAPÍTULO 01 PREPARAÇÃO DO AMBIENTE... 2 1.1 IMPORTAÇÃO DO DICIONÁRIO DE DADOS... 2 CAPÍTULO 02 CADASTRO E CONFIGURAÇÃO DE RELATÓRIOS... 4 2.1 CADASTRO DE RELATÓRIOS... 4 2.2 SELEÇÃO

Leia mais

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM...

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM... 1 de 30 INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 3.1. ONDE SE DEVE INSTALAR O SERVIDOR BAM?... 4 3.2. ONDE SE DEVE INSTALAR O PROGRAMADOR REMOTO BAM?... 4 3.3. COMO FAZER

Leia mais

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário MODEM USB 3G+ WM31 Manual do Usuário 2 Tabela de Conteúdo 1 Introdução... 3 2. Instalação... 5 3. Descrição da interface do cliente... 6 4. Conexão... 10 5.SMS... 11 6.Contatos... 14 7.Estatística... 18

Leia mais

MODEM USB LTE LU11. Manual do Usuário

MODEM USB LTE LU11. Manual do Usuário MODEM USB LTE LU11 Manual do Usuário 2 Tabela de Conteúdo Manual do Usuário... 1 1 Introdução... 3 2 Instalação... 4 3 Descrição da Interface do Cliente... 5 3 Conexão... 8 5 Mensagens SMS... 10 6 Contatos...

Leia mais

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual Aplicativo da Manifestação do Destinatário Manual Novembro de 2012 1 Sumário 1 Aplicativo de Manifestação do Destinatário...4 2 Iniciando o aplicativo...4 3 Menus...5 3.1 Manifestação Destinatário...5

Leia mais

Para começarmos as configurações, primeiramente vamos habilitar o DVR Veicular para o acesso. Clique em Menu e depois entre em Geral.

Para começarmos as configurações, primeiramente vamos habilitar o DVR Veicular para o acesso. Clique em Menu e depois entre em Geral. DVR Veicular Para começarmos as configurações, primeiramente vamos habilitar o DVR Veicular para o acesso. Clique em Menu e depois entre em Geral. Dentro do menu Geral, clique em rede, como mostra a figura.

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO NextCall Gravador Telefônico Digital

MANUAL DO USUÁRIO NextCall Gravador Telefônico Digital MANUAL DO USUÁRIO NextCall Gravador Telefônico Digital DEZEMBRO / 2010 NEXTCALL GRAVADOR TELEFÔNICO DIGITAL Obrigado por adquirir o NextCall. Este produto foi desenvolvido com o que há de mais atual em

Leia mais

BACKUP ONLINE PASSOS PARA CONFIGURAÇÃO INICIAL DO PRODUTO

BACKUP ONLINE PASSOS PARA CONFIGURAÇÃO INICIAL DO PRODUTO BACKUP ONLINE PASSOS PARA CONFIGURAÇÃO INICIAL DO PRODUTO Criação de Conta de Usuário...03 Edição da Conta de Usuário...10 Download do Backup Online Embratel...10 Descrição dos Conjuntos de Cópia de Segurança...19

Leia mais

Configuração e Instalação do Atendimento Online

Configuração e Instalação do Atendimento Online Configuração e Instalação do Atendimento Online Não é possível trocar a senha do administrador, e não aconselhamos o uso desta conta como Atendente, deve ser usado apenas para cadastrar e alterar Grupos

Leia mais

SIMULADO Windows 7 Parte V

SIMULADO Windows 7 Parte V SIMULADO Windows 7 Parte V 1. O espaço reservado para a Lixeira do Windows pode ser aumentado ou diminuído clicando: a) Duplamente no ícone lixeira e selecionando Editar propriedades b) Duplamente no ícone

Leia mais

ANDROID APPLICATION PROJECT

ANDROID APPLICATION PROJECT Criando um programa Abrindo o programa Eclipse, clique na opção [FILE], depois em [NEW], selecione a opção [PROJECT], uma janela de opção do tipo de projeto irá se abrir, escolha [ANDROID] logo depois

Leia mais

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral Índice 03 Capítulo 1: Visão Geral 04 Capítulo 2: Conta de Usuário 04 Criação 08 Edição 09 Grupo de Usuários 10 Informações da Conta 12 Capítulo 3: Download do Backup Online Embratel 16 Capítulo 4: Cópia

Leia mais

Este tutorial está publicado originalmente em http://www.baboo.com.br/absolutenm/anmviewer.asp?a=31827&z=189

Este tutorial está publicado originalmente em http://www.baboo.com.br/absolutenm/anmviewer.asp?a=31827&z=189 Net Profile Switch: Seu notebook em várias redes com um clique! Se você tem um notebook ou mesmo um PC comum que se conecta em diferentes redes, sabe o martírio que é reconfigurar o acesso à rede local

Leia mais

VIAWEB service. Cadastrar empresa de segurança. Versão 3.5.0. PASSO 1 Cadastro:

VIAWEB service. Cadastrar empresa de segurança. Versão 3.5.0. PASSO 1 Cadastro: VIAWEB service Versão 3.5.0 Cadastrar empresa de segurança PASSO 1 Cadastro: Vá em www.viawebsystem.com.br, clicar em Produtos, depois em "VIAWEB service" Em seguida escolher a opção "Para cadastrar sua

Leia mais

PROFORMAÇÃO II Pré-Inscrição

PROFORMAÇÃO II Pré-Inscrição PROFORMAÇÃO II Pré-Inscrição A CNP desenvolveu o programa Pré-Inscrição que objetiva registrar as informações da Ficha de Inscrição dos professores cursistas que participarão do Proformação II. As instruções

Leia mais

Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010.

Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010. Manual de Configuração Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas. A reprodução

Leia mais

Medidor de campo para sinais de TV digital HD padrão Brasileiro ISDB-T

Medidor de campo para sinais de TV digital HD padrão Brasileiro ISDB-T Medidor de campo para sinais de TV digital HD padrão Brasileiro ISDB-T LCD 3.5 : Colorido de Alta Resolução Monitor: Sintoniza o canal selecionado com áudio e vídeo Leituras de: Pre BER, Post BER, MER,

Leia mais

COLETOR DE DADOS. 1. Verificar ou alterar o modo de interface para avançado COLETOR DE DADOS

COLETOR DE DADOS. 1. Verificar ou alterar o modo de interface para avançado COLETOR DE DADOS COLETOR DE DADOS Objetivo O objetivo deste material é orientar o operador das colhedoras de Cana Série A8000 de como formatar e como operacionalizar o coletor de dados. Descrição O coletor de dados das

Leia mais

Criando Workflow de dispensa no Nintex

Criando Workflow de dispensa no Nintex No Site de dispensas (Leave): Clicar na lista de Requerimentos (Requests): Após a lista aberta selecionar a aba LIST em seguida Workflow Setting e por fim Create a Workflow in Nintex WorkFlow. A primeira

Leia mais

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL ATENÇÃO! Para utilizar este tutorial não se esqueça: Onde estiver escrito seusite.com.br substitua pelo ENDEREÇO do seu site (domínio). Ex.: Se o endereço do seu site é casadecarnessilva.net

Leia mais

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft.

O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Introdução ao Microsoft Windows 7 O Windows 7 é um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Visualmente o Windows 7 possui uma interface muito intuitiva, facilitando a experiência individual do

Leia mais

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Iniciando o Windows XP...2 Desligar o computador...3 Área de trabalho...3

Leia mais

Usar Atalhos para a Rede. Logar na Rede

Usar Atalhos para a Rede. Logar na Rede GUIA DO USUÁRIO: NOVELL CLIENT PARA WINDOWS* 95* E WINDOWS NT* Usar Atalhos para a Rede USAR O ÍCONE DA NOVELL NA BANDEJA DE SISTEMA Você pode acessar vários recursos do software Novell Client clicando

Leia mais

Instrução de Trabalho. Criar Imagem

Instrução de Trabalho. Criar Imagem Aprovado por Comitê da Qualidade Analisado criticamente por Chefe do Departamento 1. OBJETIVOS Orientar o colaborador da Seção do Laboratório de Informática da Superintendência de Informática a criar ou

Leia mais

Ricoh MP 2550. Guia do usuário. Fax

Ricoh MP 2550. Guia do usuário. Fax Ricoh MP 2550 Guia do usuário Fax Índice Mapa da impressora...3 Mapa do painel...5 Funções Envio de fax automático...9 Envio de fax manual...10 Outros métodos de fax...11 Múltiplos envios de fax...12 Recebimento

Leia mais

Shop Control 8 Pocket. Guia do usuário

Shop Control 8 Pocket. Guia do usuário Shop Control 8 Pocket Guia do usuário Abril / 2007 1 Pocket O módulo Pocket permite fazer vendas dos produtos diretamente em handhelds Pocket PC, pelos vendedores externos da empresa. Os cadastros (clientes,

Leia mais