Café da Manhã com Analistas Sell Side. 02 de Julho, 2008

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Café da Manhã com Analistas Sell Side. 02 de Julho, 2008"

Transcrição

1 Café da Manhã com Analistas Sell Side 02 de Julho, 2008

2 Aviso Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar variações materiais entre os resultados, performance e eventos futuros. Os resultados reais, desempenho e eventos podem diferir significativamente daqueles expressos ou implicados por essas afirmações, como um resultado de diversos fatores, tais como condições gerais e econômicas no Brasil e outros países; níveis de taxa de juros e de câmbio, renegociações futuras ou pré-pagamento de obrigações ou créditos denominados em moeda estrangeira, mudanças em leis e regulamentos e fatores competitivos gerais (em base global, regional ou nacional). 2

3 Introdução Highlights Financeiros e do IPO Operadores Hoteleiros & Distribuição Estrutura Operacional Conclusão 3

4 Introdução Highlights Financeiros e do IPO Operadores Hoteleiros & Distribuição Estrutura Operacional Conclusão 4

5 Criação de Valor Companhia fundada e administrada por uma equipe experiente de executivos para se beneficiar de oportunidades do setor de desenvolvimento imobiliário turístico no Brasil com responsabilidade ambiental e social Receitas originam-se de (i) incorporação e venda de empreendimentos imobiliários turísticos e (ii) co-incorporação e co-propriedade de resorts Valorização de capital por meio de aquisição, desenvolvimento e venda de grandes parcelas de terras voltadas para o turismo Invest Tur Brasil Lançamento do Resort Venda do Empreendimento Imobiliário Investimento em Infra-estrutura Tempo 5

6 Administração e Time Operacional Altamente Qualificados Carlos Novis Guimarães Presidente do Conselho e Fundador Mais de 28 anos de experiência no mercado financeiro Representou instituições financeiras internacionais no Brasil, Japão e nos Estados Unidos Reconhecido em inúmeras ocasiões como líder com expertise em questões financeiras relacionadas à América Latina Márcio Botana Moraes Vice-Presidente do Conselho e Fundador Fundador do grupo RFM, sendo responsável pela implantação dos certificados ISO 9001 e ISO Membro do Comitê de Tecnologia do SINDUSCON Responsável por mais de 200 projetos imobiliários no Brasil José Romeu Ferraz Neto Diretor Presidente e Fundador 28 anos de experiência no setor imobiliário brasileiro Fundador do grupo RFM, uma incorporadora inovadora e bemsucedida no mercado imobiliário brasileiro Experiência relevante no desenvolvimento de resorts e extensiva experiência em aprovação de projetos nos órgãos locais, estaduais e federais Andrea C. Ruschmann Diretora Financeira e de RI Diretora Financeira e de Relações com Investidores da Tecnisa Diretora de Projetos da divisão da América Latina da AES Corp. Diretora Financeira e de Relações com Investidores da Eletropaulo Metropolitana e AES Tietê Experiência anterior em instituições financeiras, tais como: ING Barings, Dresdner Bank e Lloyds Ian Andrade Diretor de Desenvolvimento de Negócios Diretor de Investimentos Internacionais da Odebrecht Investimentos em Infra- Estrutura Experiência anterior em bancos de investimento e em private equity do Lehman Brothers, Merrill Lynch e Bank of America Francisco Vasconcellos Diretor de Operações 25 anos de experiência no mercado imobiliário do Brasil como incorporador e construtor, incluindo projetos hoteleiros na região nordeste Responsável por mais de 150 projetos imobiliários, representando 500 mil m2 de área construída Foco em gestão de projetos 6

7 Diversidade Cultural e Belezas Naturais O Setor de Turismo é Prioridade Únicas para o Governo Federal Criação do Ministério do Turismo em 2003 Promoção do Brasil como destino turístico internacional, com foco especial no Nordeste Condições Naturais Favoráveis Herança Gastronômica Valiosa Praias Deslumbrantes Histórico Colonial Temperatura média entre 23º C e 27º C Temperatura média da água: 26º C Mais de 300 dias de sol por ano no Nordeste Inexistência de desastres naturais Diversidade Cultural Festas Populares Mundialmente Conhecidas Cultura Hospitaleira e Amigável Mais de 85% dos visitantes pretendem voltar ao Brasil, de acordo com o Ministério do Turismo 7

8 Potencial Inexplorado como Destino Turístico Internacional Desembarques de Turistas Estrangeiros no Brasil Ranking Mundial de Turismo (em milhões) 9,0 8,2 7,4 6,7 5,4 4,8 5,1 3,8 4, E 2008E 2009E 2010E Fonte: EMBRATUR Ranking País 1 França 2 Espanha 3 EUA 4 China 5 Itália 6 Inglaterra 7 México 8 Alemanha 9 Turquia 10 Áustria 36 Brasil Fonte: WTO, 2005 Turistas (mm) 76,0 55,6 49,4 46,8 36,5 30,0 21,9 21,5 20,3 20,0 5,4 8

9 Potencial Inexplorado como Destino Turístico Internacional Estatísticas do Setor de Turismo por País Estatística EUA México Argentina R. Dominicana Brasil População (milhões) (1) 298,4 107,4 39,9 9,2 188,1 Renda Per Capita (US$) (1) Atividade Econômica Gerada pelo Setor de Turismo (US$ bilhões) (2) 1.689,3 149,5 26,6 7,8 79,3 % do PIB (2) 3,8 4,9 2,8 6,3 2,6 % dos Gastos do Governo (2) 5,1 4,7 2,4 21,1 2,8 Turistas Internacionais em 2005 (milhões) (3) 49,4 21,9 3,9 3,7 5,4 Número de Hotéis (3) Habitantes por Hotel Fontes: (1) CIA The World Factbook; (2) WTTC, 2007 Travel & Tourism Economic Research; (3) HIA e Guia 4 Rodas / Pesquisa ABIH Nacional; American Hotel & Motel Association; Horwath Argentina, Horwath México; Horwath República Dominicana. 9

10 Fluxo de Boas Notícias para o Setor de Turismo Sede da Copa do Mundo em 2014, R$ 38,5 bilhões previstos para infra-estrutura Fonte: Gazeta Mercantil - 20/05/2008 Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) disponibilizará US$ 1,2 bilhão para o setor de turismo Fonte: DCI - 14/03/2008 8º ano de crescimento do setor de turismo, com receita no valor de R$ 34 bilhões Fonte: DCI - 18/03/2008 Novos vôos vindo da Espanha Air Comet Fonte: O GLOBO - 03/04/ novas companhias aéreas no Brasil Azul (fundador da JetBlue) e Virgin Fontes: Folha de São Paulo - 03/04/2008 O Estado de São Paulo 25/06/2008 Abertura da malha aérea para companhias internacionais S&P e Fitch elevam Brasil a risco de crédito Investment Grade 10

11 Monaco Porto Fino Barbados Mallorca Algarve Mexico Punta del Este DR Phuket Brazil Vantagem Competitiva Brasileira Preço de Venda de Segundas Residências de Luxo (US$ / m 2 ) Fonte: HVS / Newmark Knight Frank 11

12 Posicionamento Estratégico e Diversificado RR AP AC AM RO Portfólio estratégico com múltiplas localizações selecionadas ao longo do país MT MS PA RS PR SC GO SP TO MA MG PI RJ BA ES CE Long Beach RN PB PE AL SE Onda Azul / Green Wave Txai Salvador / Itaigara Txai Itacaré* Nossa Senhora Vitória Marina / Praia da Ponta / Atalaia Golf Boutique / Singlehome Trancoso Txai Paraty / Deep Beach Paraty São Paulo Fair Txai Santa Catarina Port Beach Estados com a presença da Invest Tur Estados com projetos em negociação * 12

13 Estágios de Desenvolvimento dos Destinos Turísticos Estágio 1 Estágio 2 Estágio 3 Estágio 4 Características do Local Disponibilidade de grandes parcelas de terra Tamanho médio: acima de 2,000 ha Preços muito atraentes Falta de infra-estrutura básica Aprox. 200 km do aeroporto mais próximo Disponibilidade de terra médio porte Tamanho médio: 300 ha Preços em ascensão Infra-estrutura básica Aprox. 100 km do aeroporto mais próximo Disponibilidade de terra de pequeno porte Tamanho médio: 50 ha Preços Maduros Infra-estrutura completa Aprox. 50 km de um aeroporto nacional ou internacional Terra em importantes centros comerciais (capitais) Tamanho médio: 10 ha Preços Maduros Infra-estrutura completa Aprox. 10 km de um aeroporto (doméstico ou internacional) Maturação do Investimento Longo Prazo > 5 anos Médio Prazo 3 à 5 anos Curto Prazo < 3 anos Curto Prazo < 2 anos Principal Driver de Valor Valorização do Preço do Terreno Soluções Estruturadas Diferenciação de Produto Destinos de Negócios Exemplos de Projetos Long Beach Marina Praia da Ponta Golf Boutique Txai Paraty Txai Santa Catarina São Paulo Fair Itaigara 13

14 Introdução Highlights Financeiros e do IPO Operadores Hoteleiros & Distribuição Estrutura Operacional Conclusão 14

15 Oferta Pública Inicial de Ações Realizada em 16 de Julho de 2007 Valor Total da Oferta Aumentou em 57,5% (incluindo o aumento da oferta base) (Em número de ações) R$1.000 por ação + 57,5% Lote Suplementar - Greenshoe (+15% da Oferta Base) Ações Adicionais - Hot Issue (+20% da Oferta Base) Incremento na Oferta Durante o Roadshow Oferta Base Original Tamanho Original da Oferta no Lançamento Tamanho Final da Oferta 15

16 Estrutura Acionária com 99,99% de Free Float Estrutura Atual Estrutura Acionária na Hipótese de Conversão das Debêntures Premissas: Fundadores Preço no IPO: R$1.000/ação Preço de Mercado: R$2.000/ação (100% de aumento desde o IPO) 100% 99,99% 92% IPCA: 10% GR Capital Consultoria 1% p.a. 8% Fundadores Identificação de Oportunidades de Investimento SPE 1 SPE 2 SPE 3 SPE N SPE 1 SPE 2 SPE 3 SPE N 16

17 Conselho de Administração Independente e Experiente Experiência Posição Atual na Invest Tur Carlos N. Guimarães Coordenador do setor financeiro, Banco Inter-Americano de Desenvolvimento Coordenador da área de Investment Banking, Citigroup Coordenador da área de Investment Banking, Lehman Brothers Presidente do Conselho Márcio B. Moraes Co-Fundador e Diretor Geral do Grupo RFM Vice-Presidente do Conselho José Luiz Osório Ex-Presidente da CVM (1) e Ex-Diretor do BNDES (2) Membro Independente Horácio Lafer Piva Ex-Presidente da FIESP (3) e Presidente da Bracelpa (Associação Brasileira de Celulose & Papel) Membro Independente Ricardo Espírito Santo Presidente do BES Investimentos do Brasil (Banco Espírito Santo) Membro Independente Jorge de Pablo Cajal A ser anunciado Administrador de portfólio da Amber Capital na América Latina e Membro do Conselho da BR Properties, Brenco, San Antonio Internacional e Emgasud Cargo anteriormente ocupado pelo Marco Antonio Bologna, ex-presidente da TAM Membro Independente Membro Independente Notes: (1) Comissão de Valores Mobiliários (2) Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (3) Federação das Indústrias de São Paulo 17

18 Estruturação dos Projetos Identificação & Visita ao Site Análise de Viabilidade & Due Diligence Aquisição do Terreno Desenvolvimento do Produto (Operadores & Distribuidores) Aprovações & Licenciamento LANÇAMENTOS IMOBILIÁRIOS (segundas moradias) Início da Construção (Hotel & Residências) 18

19 Resumo da Carteira de Projetos Atual GR Produto Capital Investimentos Área (000 m 2 ) Quartos / Residências 10 Hotéis Boutique 5 Resorts 14 Desenv. Residenciais 2 Bancos de Terrenos de LP Resort: R$ 367MM Residencial: R$ 1.056MM BTLP: R$ 33MM bangalôs quartos residências 6 lotes VGV da Invest Tur (Empreendimentos Residenciais e BTLP) = R$ 2,1 bi Onda Azul Residence 175 Marina Residence Golf Residence 68 Nossa Senhora Vitória Residence 209 Long Beach 180 Praia da Ponta Residence 33 Txai Residence Paraty 115 São Paulo Fair Residence Txai Residence Santa Catarina Green Wave Residence Deep Beach Paraty Residence Single Home Trancoso Residence 48 Txai Residence Salvador 35 Atalaia Residence 76 Port Beach 47 Itaigara Residence VGV da Invest Tur VGV dos Parceiros 19

20 Estágios de Desenvolvimento Projetos em carteira VGV Estimado Investimentos Esperados 8% 14% 9% 2% 18% 23% 60% 66% Estágios:

21 Perfil da Demanda Projetos em carteira TOTAL DE QUARTOS (1.241 quartos bangalôs) TOTAL DE RESIDÊNCIAS (2.579) TOTAL POR VGV (R$ 1,8 bi *) Padrão por estrelas 3% 40% 9% 34% 6% 46% % 57% 48% Mercado alvo Interno 66% 34% 70% 30% 62% 38% Externo Nota: * Exclui banco de terrenos de longo prazo 21

22 Desembolsos dos Projetos Anunciados R$ Milhões 47,6 8,1 145,3 39,5 147,2 292,5 Considerando a fase pré-operacional e as despesas da Oferta Pública em 2007, a Companhia não apresentou lucro no período encerrado em 31 de dezembro. R$ 340 milhões, equivalente a 39% dos recursos líquidos captados na Oferta Pública já foram utilizados na aquisição de projetos Total Desembolsos A pagar Posição de caixa em 31 de março foi equivalente à R$ 654 milhões * Status em 30/06/

23 Investimentos & Perspectivas Metas Dez/07 Adquiridos em 2007 Jul/08 Adquiridos em 2008 A serem anunciados Dez/08 Perspectivas ao final de 2008 Projetos em Carteira Investimentos Terreno (R$ MM) 178,5 143, Investimentos Construção (R$ MM) * 764,8 367, Investimentos Totais (R$ MM) * 943,3 511, VGV Potencial Casas e BTLP (R$ MM) 1.318,4 764, Nota: * Valores a serem desembolsados entre 5 e 7 anos. 23

24 Perfomance da Ação e Volume Negociado Volume Negociado - R$ MM Formador de Mercado Restrição da CVM: As ações da Invest Tur serão negociadas em lote de 100 ações até janeiro de 2009 Depois, um desdobramento das ações será realizado pela Companhia 5-1- ago 26- ago 20- set 15- out 9- nov 4- dez 29- dez 23- jan 17- fev 13- mar 7- abr 2- mai 27- mai 21- jun 24

25 Perfomance da Ação e Volume Negociado Relatório de Inicio de Cobertura do Credit Suisse com recomendação outperform e preço alvo de R$ / ação Preço da Ação x NAV (1)(2) 12% de desconto com relação ao NAV Preço da Ação: R$ 839 Versus NAV / Ação: R$ 955 Caixa / Ação: R$ 632 MM Aquisições / Ação: R$ 323 MM NAV / Ação: R$ 955 MM ago 14-set 30-out 17-dez 8-fev 25-mar 12-mai 25-jun Preço (R$) Início do relatório de cobertura do CS NAV / Ação Notas: (1) Em 27 de junho de (2) NAV= (Disponibilidade de Caixa + Banco de Terrenos Adquiridos Pagamento relacionado a aquisição de terras) / total de ações 25

26 Introdução Highlights Financeiros e do IPO Operadores Hoteleiros & Distribuição Estrutura Operacional Conclusão 26

27 Estratégia Operadores Hoteleiros Invest Tur como o parceiro ideal no Brasil Solidez financeira Transparência e disponibilidade de informação pública Hotéis como uma parte integral do core business da Invest Tur Conhecimento local para novos entrantes no mercado brasileiro (ex. Six Senses) Invest Tur fornece um ponto único de negociação para um número significativo de oportunidades Estratégia de Negociação Acordos guarda-chuva para múltiplos hotéis com subseqüente acordos finais para as unidades específicas Precificação de acordo com o volume Introdução de mecanismos para alinhamento de incentivo, não usuais no mercado brasileiro 27

28 Parcerias com Operadores Asseguradas Grupo hoteleiro internacional de administração de hotéis para a alta renda, com sede em Bangkok (Tailândia) Desenvolvimento de 2 resorts sob as marcas: Six Senses Hideaway e Six Senses Latitude no projeto Onda Azul MOU com Starwood assinado em Março de 2008 Uma das empresas líderes mundiais no segmento hoteleiro e de lazer, com 9 marcas diferentes: St. Regis, The Luxury Collection, Sheraton, Westin, Four Points by Sheraton, W, Le Méridien, AloftSM e ElementSM MOU com Espírito Santo Tourism (EST) assinado em Maio de projetos a serem desenvolvidos sob a bandeira Tivoli Invest Tur terá o Direito de Preferência sobre todos os projetos imobiliários turísticos que o EST vier a desenvolver no Brasil 28

29 Controle Acionário - Tx Assessoria Opção exercida para aquisição de 50% + 1 ação do Txai Resort Itacaré e da Tx Assessoria, responsável pela administração da marca Txai Txai Resort Itacaré: Hotel 6 estrelas sob o conceito boutique de luxo em operação desde 2000, com 40 bangalôs que trazem de imediato uma receita para a Invest Tur Eleito pelo The New York Times como um dos dez melhores destinos turísticos do mundo Indicado pelo World Travel Awards como o Melhor Hotel de Luxo TX Assessoria: Nova estrutura administrativa implantada em junho de 2007 Marca Txai será replicada em 4 novos destinos turísticos do Brasil: Onda Azul (Alagoas), Txai Paraty (RJ), Txai Santa Catarina (SC) e Txai Salvador (BA) Böná (nova bandeira) Boutique Superior, com os mesmos padrões da marca Txai Contrato de administração hoteleira assinado para projeto Nossa Senhora Vitória (BA) 29

30 Estratégia Vendas das Residências & Distribuição Estratégia voltada para um novo mercado Invest Tur desenvolverá parcerias individuais com corretoras para cada projeto Nenhum líder dentro da comunidade de corretoras para venda de segundas residências no Brasil Alocação mais eficiente de comissão de vendas para atrair compradores internacionais, se feito diretamente com as empresas dentro de seus mercados locais Reforçar o papel da Invest Tur e sua vantagem competitiva como a primeira empresa dedicada à este mercado no país Estrutura In-house Gerente Comercial e Gerente de Lançamentos recentemente contratados, com grande experiência no mercado imobiliário Equipe de vendas interna, inicialmente estimada em 4 corretores Estudos e tendências de mercado externos Lançamentos Desenvolvimento do Produto Esforço de vendas 30

31 Introdução Highlights Financeiros e do IPO Operadores Hoteleiros & Distribuição Estrutura Operacional Conclusão 31

32 Metodologia Aspectos legais e técnicos para obter aprovações para os projetos Master Plan Aspectos Culturais, Geográficos, Sócioeconômicos para licenciamento Estudo de viabilidade, definição do produto e da marca 32

33 Estrutura Operacional Aspectos a serem considerados: técnico, social, legal e econômico Cada projeto será formado por uma estrutura independente com um líder. Objetivos: Adequá-la ao tamanho do projeto Contratar empresas especializadas (terceirizadas) para a execução Contratar fornecedores locais, dentro da comunidade Resultado: estrutura ágil e eficiente, capaz de tomar decisões estratégicas 33

34 Estrutura Operacional Diretor de Operações Licenciamento e gestão Sócio-ambiental Jurídico Coordenação de Projeto e Custos Pré Operação do Hotel Outros projetos Gerente do Marina Gerente do Golf Boutique Gerente do Onda Azul Gerente do Nossa Senhora Vitória Gerente do Txai Paraty Outros projetos Coordenador do Projeto Coordenador Sócioambiental Coordenador Técnico Master Plan Executivo do Projeto Gerenciamento Sócio-ambiental Obra e infra-estrutura 34

35 Licenciamento Ambiental Área Estratégica Procedimentos antes da aquisição da terra: Avaliação preliminar das restrições locais Definição do licenciamento: federal, estadual, municipal Mapeamento das restrições legais e ambientais Procedimentos depois da aquisição da terra: Diagnóstico cultural e econômico das comunidades locais Análise ambiental detalhada Definição do produto e do Master plan da área Obtenção de Licença Prévia (LP) Desenvolvimento do projeto executivo Obtenção da Licença de Instalação (LI) Obtenção da Licença de Operação (LO) Acompanhamento das ações sócioambientais e os impactos no projeto Divulgação de resultados 35

36 Introdução Highlights Financeiros e do IPO Operadores Hoteleiros & Distribuição Estrutura Operacional Conclusão 36

37 FINANCEIRO E RI OPERAÇÕES Metas Corporativas da Invest Tur em 2008 Área 1S08 Aquisição de 5 áreas MOU com Six Senses assinado MOU com Starwood assinado MOU com operador Europeu assinado Assinar acordo de operação para 7 projetos Aprovar master plan para 6 projetos Reestruturar a operação do Txai Itacaré 2S08 Lançamentos de 4 projetos com R$ 600 MM de VGV Alcançar vendas de R$ 100 MM Aquisição de 5 áreas (2 já anunciadas) Assinar acordo de operações para 3 projetos Aprovar master plan para 3 projetos Contratação de Relações Públicas internacional Implementação da estrutura do operador Txai OUTRA S Go live SAP Best Practices Contrato de financiamento da construção com BNB para projeto Marina Apresentação para a força de vendas do CS em NY e one-on-one meetings 1st Invest Tur Day Conferências do Santander (Acapulco), CS (NY&SP), UBS (SP) e HSBC (NY/Boston) 2 dias de non-deal roadshow em Buenos Aires Café da manhã com investidores - JP Morgan Folder Institucional Aprovação de plano de compensação Contratação de diretor de operações Contratação de gerentes de RH, Mkt. e Vendas Implementação de parcerias operacionais Go live SAP Integrated Planning Requisição para BNB financiar 4 projetos Assinar acordo de financiamento para comprador final local Assinar acordo de financiamento para comprador final internacional Non-deal roadshow nos EUA e Europa Reunião Pública em São Paulo e Rio de Janeiro Café da manhã com analistas Sell Side Novo site (institucional & RI) Acordo com Instituto sócio-ambiental Finalizar e implementar política sócio-ambiental Plano de mkt. e eng. de marca da Invest Tur Notas: Metas a serem atingidas Metas atingidas Atividades fora do escopo da meta

38 Tese de Investimento da Invest Tur Principal player em um dos mercados turísticos com maior potencial de desenvolvimento do mundo Diretoria altamente qualificada, focada em resultados - totalmente alinhada com os investidores Rápido estabelecimento de localizações estratégicas, com sólida estratégia de execução Vários projetos anunciados e oportunidades atrativas em fases avançadas de negociação Forte potencial de crescimento com atraentes expectativas de retorno Realizações significantes nos primeiros 11 meses com o rápido estabelecimento de posicionamento estratégico Alto nível de transparência e padrões de governança corporativa Níveis atuais das ações fornecem oportunidade única e atrativa de compra 38

39 Formador de Mercado Credit Suisse EUA: Gregory Piccinnino Europa: Edward Weaver Brasil: Mauro Oliveira Cobertura de Equity Research Credit Suisse Marcelo Telles Rodrigo Oliveira Invest Tur - Contato de RI Andrea Ruschmann (Diretora Financeira e RI) Camila Pannain (Coordenadora)

40 ANEXOS 40

41 Resumo de projetos Anunciados em 2007 Projeto / Part. Invest Tur - Localização Onda Azul (1) / 100% - Alagoas Marina / 70% - Bahia Golf Boutique / 45% - Bahia Nossa Senhora Vitória / 100% - Bahia Estágio Estágio 3 GR Capital Produto VGV Esperado (2) R$ 28MM Área (.000 m 2 ) 2 Resorts Resort: R$ 120MM Estágio 2 1 Hotel Boutique R$ 470MM Residencial: R$ 300MM 1 Desenv. Residencial Estágio 2 Estágio 3 Txai Itacaré & Brand / Em Aquisição de 50,03%: 50%+1 share - Bahia 1 Hotel Boutique -- Operação R$ 15,5 MM Long Beach / 67% - Ceará Praia da Ponta / 100% - Bahia Txai Paraty / 100% - Rio de Janeiro São Paulo Fair / 100% - São Paulo Txai Santa Catarina / 67.5% - Santa Catarina R$ 175MM 570 R$ 68MM Estágio 1 Banco de Terrenos de Lotes: R$ 14MM R$ 209MM Longo Prazo Estágio 2 Estágio 3 Estágio 3 Estágio 3 Total Resort 1 Desenv. Residencial 1 Hotel Boutique 1 Desenv. Residencial 1 Resort 1 Desenv. Residencial 1 Desenv. Residencial 1 Hotel Boutique 1 Desenv. Residencial 1 Hotel Boutique 1 Desenv. Residencial 1 Hotel Boutique 1 Desenv. Residencial 6 Hotéis Boutique 4 Resorts 8 Desenv. Residenciais 1 Banco de Terrenos LP Investimentos Resort: R$ 35MM Residencial: R$ 105MM Resort: R$ 10MM Residencial: R$ 17MM Resort: R$ 11MM Residencial: R$ 40MM Residencial: R$ 101MM Resort: R$ 14MM Residencial: R$ 19MM Resort: R$ 32MM Residencial: R$ 74MM Resort: R$ 14 MM Residencial: R$ 22MM Resort: R$ 251 MM Residencial: R$ 679MM Lotes: R$ 14MM R$ 180MM R$ 33MM R$ 115MM R$ 40MM R$ 1.318MM Quartos / Residências quartos 50 bangalôs 835 residências 256 quartos 355 residências 60 bangalôs 50 residências 40 quartos 136 residências 40 bangalôs 22 residências 4 lotes 120 residências 36 bangalôs 25 residências 120 quartos 120 residências 40 bangalôs 50 residências 226 bangalôs 991 quartos residências 4 lotes Previsão de Operação e Lançamentos Resort: 2009 Residências: 2008 Resort: 2009 Residências: 2008 Resort: 2009 Residências: 2008 Resort: 2009 Residências: Lotes: 2009 Residências: 2009 Resort: 2009 Residências: 2008 Resort: 2010 Residências: 2009 Resort: 2010 Residências: 2009 Notas: (1) Invest Tur também tem os direitos de preferência de adquirir terras adjacentes do projeto Onda Azul. (2) VGV de Projetos Imobiliários. 41

42 Resumo de projetos Anunciados em 2008 Projeto / Part. Invest Tur - Localização Estágio GR Capital Produto Investimentos VGV Esperado (2) Área (.000 m 2 ) Quartos / Residências Previsão de Operação e Lançamentos Green Wave / 100% - Alagoas Estágio 2 1 Resort 1 Desenv. Residencial Resort: R$ 51MM Residencial: R$173MM R$ 328MM quartos 350 residências Resort: 2012 Residências: 2009 Deep Beach Paraty / 100% - Rio de Janeiro Estágio 3 1 Hotel Boutique 1 Desenv. Residencial Resort: R$ 26MM Residencial: R$ 62MM R$ 118MM bangalôs 70 residências Resort: 2010 Residências: 2008 Singlehome Trancoso / 49% - Bahia Estágio 3 2 Hotéis Boutique 1 Desenv. Residencial Resort: R$ 22MM Residencial: R$ 60MM R$ 113MM bangalôs 170 residências Resort: 2011 Residências: 2009 Txai Salvador / 100% - Bahia Estágio 3 1 Hotel Boutique 1 Desenv. Residencial Resort: R$ 17MM Residencial: R$ 29MM R$ 47MM 9 48 bangalôs 96 residências Resort: 2010 Residências: 2008 Atalaia / 100% - Bahia Estágio 2 1 Desenv. Residencial Residencial: R$ 21MM R$ 35MM residências Residências: 2009 Port Beach/ 100% - Piauí / Maranhão Estágio 1 Banco de Terrenos de Longo Prazo Lotes: R$ 19MM R$ 76MM lotes Lotes: 2011 Itaigara / 100% - Bahia Estágio 4 1 Desenv. Residencial Residencial: R$ 31MM R$ 47MM residências Residências: 2009 Total Hotéis Boutique 1 Resort 6 Desenv. Residencial 1 Banco de terrenos de LP Resort: R$ 116MM Residencial: R$ 377MM BTLP: R$ 19MM R$ 765MM bangalôs 250 quartos 866 residências 2 lotes Nota: (1) VGV de Projetos Imobiliários 42

43 17 projetos anunciados em apenas 11 meses 300 Previsão de Investimentos (R$ milhões) Investimentos no Hotel Investimentos Imobiliários Onda Azul Marina Golf Boutique Nossa Senhora Vitória Txai tacaré Long Beach Praia da Ponta Txai Paraty São Paulo Fair Txai Santa Catarina Set - 07 Set o7 Out - 07 Out - 07 Out - 07 Out - 07 Nov - 07 Nov - 07 Nov - 07 Dez - 07 Jan - 08 Jan - 08 Jan - 08 Fev - 08 Green Wave Deep Beach Singlehome Paraty Trancoso Txai Salvador Atalaia Mar - 08 Port Beach Itaigara Abr - 08 Mai

4º Trimestre de 2007 e 2007 Teleconferência de Resultados. 13 de Fevereiro de 2008

4º Trimestre de 2007 e 2007 Teleconferência de Resultados. 13 de Fevereiro de 2008 4º Trimestre de 2007 e 2007 Teleconferência de Resultados 13 de Fevereiro de 2008 Aviso Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração

Leia mais

Construction Trip 2008 Credit Suisse. Agosto, 2008

Construction Trip 2008 Credit Suisse. Agosto, 2008 Construction Trip 2008 Credit Suisse Agosto, 2008 Aviso Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam

Leia mais

Reunião Pública Anual

Reunião Pública Anual Reunião Pública Anual 27 e 28 de Novembro de 2007 1 Aviso Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam

Leia mais

Reunião Pública Invest Tur Brasil São Paulo 15 de Dezembro de 2008

Reunião Pública Invest Tur Brasil São Paulo 15 de Dezembro de 2008 Reunião Pública Invest Tur Brasil São Paulo 15 de Dezembro de 2008 Pontal do Camaragibe - AL 1 Aviso Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas

Leia mais

INVEST TUR divulga seus resultados do segundo trimestre de 2007

INVEST TUR divulga seus resultados do segundo trimestre de 2007 INVEST TUR divulga seus resultados do segundo trimestre de 2007 A INVEST TUR anuncia o encerramento da Oferta Publica Inicial de suas Ações e a captação de R$ 945 milhões para investimentos em projetos

Leia mais

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010

Apresentação da Companhia. Setembro de 2010 Apresentação da Companhia Setembro de 2010 Comprovada capacidade de execução Visão geral da Inpar Empreendimentos por segmento (1) Modelo de negócios integrado (incorporação, construção e venda) Comercial

Leia mais

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009 1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados 14 de Maio de 2009 Aviso Legal Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração

Leia mais

A INVEST TUR anuncia a aquisição de 6 projetos, com investimentos totais de R$ 782 milhões e VGV potencial no valor de R$ 1,2 bilhão

A INVEST TUR anuncia a aquisição de 6 projetos, com investimentos totais de R$ 782 milhões e VGV potencial no valor de R$ 1,2 bilhão INVEST TUR divulga seus resultados do Terceiro Trimestre de 2007 A INVEST TUR anuncia a aquisição de 6 projetos, com investimentos totais de R$ 782 milhões e VGV potencial no valor de R$ 1,2 bilhão São

Leia mais

Teleconferência de Resultados 1T11

Teleconferência de Resultados 1T11 Teleconferência de Resultados 1T11 13 de Maio de 2011 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar

Leia mais

Resultados do 2T09. Teleconferência de Resultados

Resultados do 2T09. Teleconferência de Resultados Resultados do 2T09 Teleconferência de Resultados Destaques do 2T09 2 Destaques do 2T09 em linha com a estratégia geral da Companhia Nossas conquistas do 2T09 são refletidas nos resultados da Companhia

Leia mais

CEO Conference Março 2009

CEO Conference Março 2009 CEO Conference Março 2009 Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam ocasionar variações materiais

Leia mais

PDG Realty ingressa no mercado imobiliário argentino, adquirindo

PDG Realty ingressa no mercado imobiliário argentino, adquirindo PDG Realty ingressa no mercado imobiliário argentino, adquirindo participação i na TGLT Relações com Investidores: Michel Wurman Diretor Vice-Presidente Financeiro e de RI João Mallet Gerente Financeiro

Leia mais

BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA

BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA BNDESPAR INGRESSA NO CAPITAL SOCIAL DA RENOVA ENERGIA Por meio de um investimento estratégico de até R$314,7 milhões, a BNDESPAR ingressa no capital social da Renova Energia. Parceria de Longo Prazo A

Leia mais

Destaques do Resultado Consolidado

Destaques do Resultado Consolidado Aviso Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira e internacional. Essas

Leia mais

RESULTADOS 2T12. 24 de julho de 2012

RESULTADOS 2T12. 24 de julho de 2012 RESULTADOS 2T12 Grupo Pão de Açúcar 24 de julho de 2012 RESULTADO GPA CONSOLIDADO 2T12 Inclui empreendimentos imobiliários Exclui empreendimentos imobiliários Vendas Brutas Cresc. mesmas lojas vs 2T11

Leia mais

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012

Teleconferência de Resultados. 4T12 e 2012 Teleconferência de Resultados e 2012 28 de fevereiro de 2013 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia que poderiam

Leia mais

Resultados do 1T09. Teleconferência de Resultados. Lançamentos de 2008

Resultados do 1T09. Teleconferência de Resultados. Lançamentos de 2008 Resultados do 1T09 Teleconferência de Resultados Lançamentos de 2008 Felice (Nova Lima-MG) Beach Park Wellness Resort (Aquiraz-CE) ViVer Zona Sul (Porto Alegre-RS) Viver São J. Pinhais (São J. Pinhais-PR)

Leia mais

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas

Índice. RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas CICLO APIMEC 2010 Índice RS no Brasil Nossa Empresa Governança Corporativa Nossos Números Análise Comparativa Sustentabilidade Projeções e Estimativas 3 RS no Brasil DADOS DEMOGRÁFICOS RS BRASIL População

Leia mais

Teleconferência de Resultados. 3º Trimestre de 2010

Teleconferência de Resultados. 3º Trimestre de 2010 Teleconferência de Resultados 3º Trimestre de 2010 11 de Novembro de 2010 Aviso Legal Algumas das informações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração da Companhia

Leia mais

1. LAhotels apresenta planos e estratégias para o Brasil

1. LAhotels apresenta planos e estratégias para o Brasil 1. LAhotels apresenta planos e estratégias para o Brasil 30/07/2009 Brasilturis Online Online Invest Tur LAhotels apresenta planos e estratégias para o Brasil30/07/2009 Ir para a lista de matérias André

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA APRESENTAÇÃO CORPORATIVA Julho 2009 Apoio Corporativo Áreas de Atuação Companhias Abertas 65,5% Incorporação 5,8% Aço 28,4% Energia Geração & Distribuição 68 anos de operação; Liderança em diversos mercados;

Leia mais

Seminário Setorial de Construção Civil APIMEC SUL. Outubro de 2010

Seminário Setorial de Construção Civil APIMEC SUL. Outubro de 2010 Seminário Setorial de Construção Civil APIMEC SUL Outubro de 2010 Aviso Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos históricos, mas refletem as metas e as expectativas

Leia mais

Crescer agregando valor

Crescer agregando valor Crescer agregando valor Marcio Araujo de Lacerda Presidente do Conselho de Administração Maio de 2008 1/XX Orientações do Governo Mineiro Para Minas Gerais: Um Estado para Resultados Visão: Tornar Minas

Leia mais

QUEM SOMOS Brasil Brokers

QUEM SOMOS Brasil Brokers QUEM SOMOS Um dos maiores e mais completos grupos de venda de imóveis do país. Assim é a Brasil Brokers. Formado por 25 imobiliárias líderes em 12 estados, o grupo conta com mais de 14 mil corretores associados

Leia mais

PDG Realty aumenta para 70% sua participação na Goldfarb

PDG Realty aumenta para 70% sua participação na Goldfarb PDG Realty aumenta para 70% sua participação na Goldfarb Relações com Investidores: Michel Wurman Diretor de Relações com Investidores João Mallet Gerente de Relações com Investidores Telefone: (21) 3504

Leia mais

4º Trimestre de 2008 Teleconferência de Resultados. 30 de Março de 2009

4º Trimestre de 2008 Teleconferência de Resultados. 30 de Março de 2009 4º Trimestre de 2008 Teleconferência de Resultados 30 de Março de 2009 Aviso Legal Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração

Leia mais

O ECONOMISTA Fundamental em qualquer empresa por quê?

O ECONOMISTA Fundamental em qualquer empresa por quê? O profissional mais estratégico que a empresa precisa ter: O ECONOMISTA Fundamental em qualquer empresa por quê? Diagnostica. Avalia. Cria. Planeja. Resolve. O Economista é um profissional imprescindível

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional Av. Paulista -SP Eco s Natureza Clube- SP UP Residence Macaé (RJ) Porto Pinheiros- SP Terraço Empresarial Jd Sul - SP Set Cabral -Curitiba Connect Campos de Goytacazes(RJ) In

Leia mais

PDG Realty aumenta para 50% sua participação na CHL

PDG Realty aumenta para 50% sua participação na CHL PDG Realty aumenta para 50% sua participação na CHL Relações com Investidores: Michel Wurman Diretor de Relações com Investidores João Mallet Gerente de Relações com Investidores Telefone: (21) 3804 3800

Leia mais

AQUISIÇÃO DA DEVELOPER Maio 2008

AQUISIÇÃO DA DEVELOPER Maio 2008 AQUISIÇÃO DA DEVELOPER Maio 2008 Aviso Esta apresentação foi preparada com o propósito exclusivo de informar sobre os objetivos e estrutura da transação realizada entre JHSF Participações S.A. ("JHSF")

Leia mais

Apresentação dos Resultados de 2T07. 15 de agosto de 2007

Apresentação dos Resultados de 2T07. 15 de agosto de 2007 Apresentação dos Resultados de 2T07 15 de agosto de 2007 1 Equipe da Cyrela Brazil Realty Diretor Presidente Elie Horn Diretor Financeiro e de Relações com Investidores Luis Largman Diretor de Controle

Leia mais

PDG Realty aumenta para 70% sua participação na CHL e adquire opção para a compra de adicionais 30% atingindo 100%

PDG Realty aumenta para 70% sua participação na CHL e adquire opção para a compra de adicionais 30% atingindo 100% PDG Realty aumenta para 70% sua participação na CHL e adquire opção para a compra adicionais 30% atingindo 100% Relações com Investidores: Michel Wurman Diretor Vice-Presinte Financeiro e RI João Mallet,

Leia mais

Apresentação Institucional. Segundo Trimestre de 2007

Apresentação Institucional. Segundo Trimestre de 2007 Apresentação Institucional Segundo Trimestre de 2007 Aviso Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de

Leia mais

RBC BRASIL DTVM LTDA. Confiança que faz a diferença

RBC BRASIL DTVM LTDA. Confiança que faz a diferença RBC BRASIL DTVM LTDA Confiança que faz a diferença Sobre o RBC Brasil O RBC Brasil (RBC Brasil DTVM Ltda) é uma subsidiária integral do Royal Bank of Canada, cuja história de atuação em nosso país remonta

Leia mais

Investe São Paulo. Campinas, 17 de março de 2015

Investe São Paulo. Campinas, 17 de março de 2015 Investe São Paulo Campinas, 17 de março de 2015 Missão Ser a porta de entrada para novos investimentos e a expansão dos negócios existentes, gerando inovação tecnológica, emprego e renda. Promover a competitividade

Leia mais

Apresentação Institucional. Maio de 2007

Apresentação Institucional. Maio de 2007 Apresentação Institucional Maio de 2007 Aviso Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários

Leia mais

A FORÇA DA BHG. * Dados de 2010.

A FORÇA DA BHG. * Dados de 2010. PORQUE INVESTIR? Belo Horizonte tem o quarto maior PIB entre os municípios brasileiros; Minas Gerais é o segundo pólo turístico do Brasil; Localização estratégica. A Savassi é ponto nobre e estratégico

Leia mais

QUEM SOMOS Brasil Brokers Brasil Brokers Brasil Brokers Brasil Brokers

QUEM SOMOS Brasil Brokers Brasil Brokers Brasil Brokers Brasil Brokers QUEM SOMOS O maior e mais completo grupo de venda de imóveis do país. Assim é a Brasil Brokers. Formado por 26 imobiliárias líderes em 16 estados, o grupo conta com mais de 17 mil corretores altamente

Leia mais

www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008

www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008 www.estacioparticipacoes.com/ri Global Services Conference Phoenix-AZ, 27 de fevereiro de 2008 0 1. Visão Geral Setor de Ensino Superior no Brasil Visão Geral Estratégia Empresarial Destaques Financeiros

Leia mais

Apresentação dos resultados do 4T09 & 2009. Março/2010

Apresentação dos resultados do 4T09 & 2009. Março/2010 Apresentação dos resultados do & Março/2010 Destaques & DESTAQUES OPERACIONAIS DO E VENDAS CONTRATADAS LÍQUIDAS ATINGIRAM R$753 MILHÕES NO E R$2,67 BILHÕES EM, REPRESENTANDO UM CRESCIMENTO DE 47% EM RELAÇÃO

Leia mais

Apresentação dos resultados do 2T09 & 1S09. Agosto/2009

Apresentação dos resultados do 2T09 & 1S09. Agosto/2009 Apresentação dos resultados do 2T09 & 1S09 Agosto/2009 Destaques 2T09 & 1S09 DESTAQUES OPERACIONAIS 2T09 VENDAS CONTRATADAS LÍQUIDAS PRO RATA PDG REALTY DE R$710 MILHÕES, REPRESENTANDO UM CRESCIMENTO DE

Leia mais

A importância do Investimento Privado na Concessão dos

A importância do Investimento Privado na Concessão dos A importância do Investimento Privado na Concessão dos Serviços Públicos Regulados Geraldo Villin Prado ABAR Mai/09 Demanda Anual de Investimentos no Brasil ENERGIA ELÉTRICA PETRÓLEO & GÁS (*) TRANSPORTES/

Leia mais

Agenda. A Companhia. Nossa Operação. 3 Nossa Performance Financeira

Agenda. A Companhia. Nossa Operação. 3 Nossa Performance Financeira APIMEC RIO Resultados do 1T12 Diretoria Econômico-Financeira e de Relações com Investidores Aviso Esta apresentação pode conter considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO COM FOCO EM TÍTULOS DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ESTRUTURADO REIT RIVIERA FII Crédito lastreado em imóveis, alta rentabilidade e fluxo de caixa constante, com a solidez do concreto.

Leia mais

Inventar com a diferenca,

Inventar com a diferenca, Inventar com a diferenca, cinema e direitos humanos PATROCÍNIO APOIO REALIZAÇÃO Fundação Euclides da Cunha O que é Inventar com a diferença: cinema e direitos humanos O projeto visa oferecer formação e

Leia mais

Governança Pública. O Desafio do Brasil. Contra a corrupção e por mais desenvolvimento. Governança de Municípios. Março/2015

Governança Pública. O Desafio do Brasil. Contra a corrupção e por mais desenvolvimento. Governança de Municípios. Março/2015 Governança Pública O Desafio do Brasil Contra a corrupção e por mais desenvolvimento Governança de Municípios Março/2015 João Augusto Ribeiro Nardes Ministro do TCU Sumário I. Introdução-OTCUeocombateàcorrupção

Leia mais

Reunião Pública Anual. 19 de dezembro de 2013

Reunião Pública Anual. 19 de dezembro de 2013 Reunião Pública Anual 19 de dezembro de 2013 2 Aviso importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve

Leia mais

Resultados 3T10 e 9M10. 12/11/2010 > Relações com Investidores

Resultados 3T10 e 9M10. 12/11/2010 > Relações com Investidores Resultados 3T10 e 9M10 12/11/2010 > Relações com Investidores 1 Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base e

Leia mais

Transferência da UHE Estreito para a Tractebel Energia

Transferência da UHE Estreito para a Tractebel Energia Transferência da UHE Estreito para a Tractebel Energia Conference Call 221 de dezembro de 2009 Aviso importante Este material pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados

Leia mais

Apresentação da Companhia. Janeiro 2011

Apresentação da Companhia. Janeiro 2011 Apresentação da Companhia 1 Janeiro 2011 Notice Esta apresentação poderá conter considerações referentes a perspectivas futuras do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e perspectivas

Leia mais

Compromisso para o Crescimento Verde e o Turismo

Compromisso para o Crescimento Verde e o Turismo www.pwc.pt Compromisso para o Crescimento Verde e o Turismo 16 Cláudia Coelho Diretora Sustainable Business Solutions da Turismo é um setor estratégico para a economia e sociedade nacional o que se reflete

Leia mais

Rossi Residencial S/A Reunião Apimec SP 23 de novembro de 2005. Praça Capital - Campinas

Rossi Residencial S/A Reunião Apimec SP 23 de novembro de 2005. Praça Capital - Campinas Rossi Residencial S/A Reunião Apimec SP 23 de novembro de 2005 Praça Capital - Campinas 1 Setor imobiliário Oportunidade de investimento Fator de Risco Crédito Renda Tendência Crescimento da oferta Crescimento

Leia mais

A BRASIL BROKERS EM RESUMO

A BRASIL BROKERS EM RESUMO QUEM SOMOS O maior e mais completo grupo de venda de imóveis do país. Assim é a Brasil Brokers. Formado por 27 imobiliárias líderes em 16 estados, o grupo contacom mais de 17 mil corretores altamente qualificados.

Leia mais

Resultados 3T10. Novembro, 2010 FLRY3

Resultados 3T10. Novembro, 2010 FLRY3 Resultados 3T10 FLRY3 A marca mais valiosa no setor de saúde Brasileiro A 6ª marca mais valiosa entre as empresas de serviços A 25ª marca mais valiosa no Brasil Millward Brand / BrandAnalytics A Empresa

Leia mais

MKT GJP - Versão 07-16/05/2013 G J P PARTICIPAÇÕES

MKT GJP - Versão 07-16/05/2013 G J P PARTICIPAÇÕES G J P PARTICIPAÇÕES GUILHERME PAULUS ACIONISTA CONTROLADOR DA GJP PARTICIPAÇÕES E PRESIDENTE DA GJP HOTELS & RESORTS Presidente do Conselho do Conselho de Administração de Administração CVC Turismo e membro

Leia mais

PROCOMPI Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias. 6ª Conferência Brasileira de APLs Brasília - DF

PROCOMPI Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias. 6ª Conferência Brasileira de APLs Brasília - DF PROCOMPI Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias 6ª Conferência Brasileira de APLs Brasília - DF Dezembro de 2013 OBJETIVO Promover a competitividade das micro e pequenas empresas

Leia mais

A popularização e expansão do mercado de capitais. Diretoria de Desenvolvimento e Fomento de Negócios Maio/2010

A popularização e expansão do mercado de capitais. Diretoria de Desenvolvimento e Fomento de Negócios Maio/2010 A popularização e expansão do mercado de capitais Diretoria de Desenvolvimento e Fomento de Negócios Maio/2010 POPULARIZAÇÃO Objetivos dos Programas de Popularização Divulgar os segmentos de atuação da

Leia mais

AS COMPRAS GOVERNAMENTAIS E O SEBRAE. Denise Donati Coordenadora do Projeto Compras Governamentais Sebrae Nacional

AS COMPRAS GOVERNAMENTAIS E O SEBRAE. Denise Donati Coordenadora do Projeto Compras Governamentais Sebrae Nacional AS COMPRAS GOVERNAMENTAIS E O SEBRAE Denise Donati Coordenadora do Projeto Compras Governamentais Sebrae Nacional Desafio Fomentar o Uso do Poder de Compra do Governo Junto aos Pequenos Negócios para Induzir

Leia mais

Contax. Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI. Janeiro de 2011

Contax. Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI. Janeiro de 2011 Contax Operação com Portugal Telecom e Dedic GPTI Janeiro de 2011 SEÇÃO 1 Racional da Transação 2 A Líder no Mercado de Contact Center no Brasil A Contax Líder no mercado com ampla base de clientes Fundada

Leia mais

CAFÉ DA MANHÃ FRENTE PARLAMENTAR

CAFÉ DA MANHÃ FRENTE PARLAMENTAR CAFÉ DA MANHÃ FRENTE PARLAMENTAR Situação Atual do Setor Têxtil e de Confecção Aguinaldo Diniz Filho Presidente da Abit Brasília, 19 de junho de 2013 PERFIL DO SETOR ESTRUTURA DA CADEIA TEXTIL E DE CONFECÇÃO

Leia mais

Divulgação de Resultados do 2T10. 4 de agosto de 2010

Divulgação de Resultados do 2T10. 4 de agosto de 2010 Divulgação de Resultados do 4 de agosto de 2010 Aviso Importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros.tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve

Leia mais

Hotelaria Hospitalar. Comunicação e Treinamentos Histórico da Empresa e Sua Sócia Fundadora

Hotelaria Hospitalar. Comunicação e Treinamentos Histórico da Empresa e Sua Sócia Fundadora Hotelaria Hospitalar Comunicação e Treinamentos Histórico da Empresa e Sua Sócia Fundadora Hotelaria Hospitalar Comunicação e Treinamentos Histórico da Empresa Data da Fundação e Público Alvo; Missão,

Leia mais

Rio de Janeiro: o melhor lugar para a sua empresa no Brasil

Rio de Janeiro: o melhor lugar para a sua empresa no Brasil Rio de Janeiro: o melhor lugar para a sua empresa no Brasil Thayne Garcia, Assessora-Chefe de Comércio e Investimentos (tgarcia@casacivil.rj.gov.br) Luciana Benamor, Assessora de Comércio e Investimentos

Leia mais

Desenvolvendo a Governança Corporativa. Eduardo Rath Fingerl Diretor

Desenvolvendo a Governança Corporativa. Eduardo Rath Fingerl Diretor Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social BNDES Área de Mercado de Capitais BNDES Desenvolvendo a Governança Corporativa Eduardo Rath Fingerl Diretor 02/06/2006 www.bndes.gov.br 1 de 23 Atuação

Leia mais

Financiamento ao Agronegócio. Internacionalização da Agroindústria

Financiamento ao Agronegócio. Internacionalização da Agroindústria Financiamento ao Agronegócio Internacionalização da Agroindústria BRF Visão Geral BRF Principais Key Brands Marcas Dados Financeiros 3 Uma das maiores empresas de alimentos do Brasil e do mundo 7 a maior

Leia mais

Panorama do Mercado Imobiliário. Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP

Panorama do Mercado Imobiliário. Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP Panorama do Mercado Imobiliário Celso Petrucci Economista-Chefe do Secovi-SP Município de São Paulo Lançamentos Residenciais Mun. de São Paulo Mil Unidades Média = 31,7 22,6 24,9 25,7 39,0 34,5 31,6 38,2

Leia mais

Divulgação de Resultados 2014

Divulgação de Resultados 2014 São Paulo - SP, 10 de Fevereiro de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity

Leia mais

RISCOS E OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA DE BENS DE CONSUMO. Junho de 2012

RISCOS E OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA DE BENS DE CONSUMO. Junho de 2012 RISCOS E OPORTUNIDADES PARA A INDÚSTRIA DE BENS DE CONSUMO Junho de 2012 Riscos e oportunidades para a indústria de bens de consumo A evolução dos últimos anos, do: Saldo da balança comercial da indústria

Leia mais

Private Equity ADVISORY

Private Equity ADVISORY Private Equity ADVISORY Private Equity Excelentes profissionais que trabalham em equipe, transformando conhecimento em valor, em benefício de nossos clientes. Private Equity 1 Qualidade e integridade são

Leia mais

BANCO DO BRASIL 1º Trimestre 2012

BANCO DO BRASIL 1º Trimestre 2012 BANCO DO BRASIL 1º Trimestre 2012 Aviso Importante Esta apresentação faz referências e declarações sobre expectativas, sinergias planejadas, estimativas de crescimento, projeções de resultados e estratégias

Leia mais

RB CAPITAL DESENVOLVIMENTO RESIDENCIAL II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII

RB CAPITAL DESENVOLVIMENTO RESIDENCIAL II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII RB CAPITAL DESENVOLVIMENTO RESIDENCIAL II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII Agenda Introdução RB Capital RB Capital Desenvolvimento Residencial Resumo das Atividades Carteira de Investimentos Chamadas

Leia mais

Diretoria Executiva de Desenvolvimento e Fomento de Negócios. Novembro de 2010

Diretoria Executiva de Desenvolvimento e Fomento de Negócios. Novembro de 2010 Governança Corporativa e o desenvolvimento do mercado de capitais brasileiro Diretoria Executiva de Desenvolvimento e Fomento de Negócios Novembro de 2010 Representatividade da bolsa no mundo Maior bolsa

Leia mais

Perspectivas do Mercado de Crédito Marcus Manduca, sócio da PwC

Perspectivas do Mercado de Crédito Marcus Manduca, sócio da PwC Perspectivas do Mercado de Crédito Marcus Manduca, sócio da PwC Perspectivas do Mercado de Crédito Cenário econômico Cenário econômico Contexto Macro-econômico e Regulamentação Redução de spreads Incremento

Leia mais

Sustentabilidade nas instituições financeiras Os novos horizontes da responsabilidade socioambiental

Sustentabilidade nas instituições financeiras Os novos horizontes da responsabilidade socioambiental Sustentabilidade nas instituições financeiras Os novos horizontes da responsabilidade socioambiental O momento certo para incorporar as mudanças A resolução 4.327 do Banco Central dispõe que as instituições

Leia mais

Os Desafios do Estado na implementação dos Parques Tecnológicos

Os Desafios do Estado na implementação dos Parques Tecnológicos Os Desafios do Estado na implementação dos Parques Tecnológicos Marcos Cintra Subsecretário de Ciência e Tecnologia Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia Outubro/2013 Brasil 7ª

Leia mais

3T12 PRÉVIA OPERACIONAL COMUNICADO AO MERCADO DIRECIONAL ALCANÇA RECORDE DE R$ 543 MILHÕES DE LANÇAMENTOS E R$ 558 MILHÕES DE VENDAS NO 3T12.

3T12 PRÉVIA OPERACIONAL COMUNICADO AO MERCADO DIRECIONAL ALCANÇA RECORDE DE R$ 543 MILHÕES DE LANÇAMENTOS E R$ 558 MILHÕES DE VENDAS NO 3T12. Belo Horizonte, 02 de outubro de 2012 - A Direcional Engenharia S.A., uma das maiores incorporadoras e construtoras do Brasil, com foco no desenvolvimento de empreendimentos populares de grande porte e

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO OUTUBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO OUTUBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos FEIJÃO OUTUBRO DE 2015 CALENDÁRIO AGRÍCOLA - FEIJÃO Safra 1ª - Safra das Águas 2ª - Safra da Seca 3ª - Safra de Inverno Principais Regiões Sul, Sudeste,

Leia mais

PRÉVIA DOS RESULTADOS OPERACIONAIS 4T13

PRÉVIA DOS RESULTADOS OPERACIONAIS 4T13 Lançamentos consolidados atingem R$ 1,6 bilhão no trimestre, uma expansão de 9% ante o 4T12 Vendas Líquidas alcançam R$ 1,3 bilhão, reportando uma evolução de 45% em comparação ao ano anterior PARA DIVULGAÇÃO

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

MACRO-OBJETIVOS DO PROGRAMA MACRO-METAS DO PROGRAMA LINHA DO TEMPO

MACRO-OBJETIVOS DO PROGRAMA MACRO-METAS DO PROGRAMA LINHA DO TEMPO MACRO-OBJETIVOS DO PROGRAMA 1- FORTALECER O SETOR DE SOFTWARE E SERVIÇOS DE TI, NA CONCEPÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS AVANÇADAS; 2- CRIAR EMPREGOS QUALIFICADOS NO PAÍS; 3- CRIAR E FORTALECER EMPRESAS

Leia mais

Circular CAIXA nº 684, de 07 de agosto de 2015

Circular CAIXA nº 684, de 07 de agosto de 2015 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL Vice-Presidência de Fundos de Governo e Loterias Diretoria Executiva de Fundos de Governo Superintendência Nacional de Fundo de Garantia Gerência Nacional do Ativo do FGTS Circular

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012

Apresentação de Resultados 2T12. 10 de agosto de 2012 Apresentação de Resultados 2T12 10 de agosto de 2012 Aviso Legal Esta apresentação contém certas declarações futuras e informações relacionadas à Companhia que refletem as visões atuais e/ou expectativas

Leia mais

Assessoria Consultoria Treinamento F I N A N C E I R A - E M P R E S A R I A L

Assessoria Consultoria Treinamento F I N A N C E I R A - E M P R E S A R I A L Assessoria Consultoria Treinamento F I N A N C E I R A - E M P R E S A R I A L Quem somos Bem vindo à Nord. Formada por profissionais oriundos do mercado financeiro, com formações multidisciplinares e

Leia mais

HSM EXPOMANAGEMENT 2014 Mercado de Capitais e Direito Internacional PAINEL 5

HSM EXPOMANAGEMENT 2014 Mercado de Capitais e Direito Internacional PAINEL 5 HSM EXPOMANAGEMENT 2014 Mercado de Capitais e Direito Internacional PAINEL 5 ACESSO DAS EMPRESAS AO MERCADO DE CAPITAIS 04 DE NOVEMBRO DE 2014 INSTITUTO IBMEC MERCADO DE CAPITAIS CEMEC Centro de Estudos

Leia mais

Por que abrir o capital?

Por que abrir o capital? Por que abrir capital? Por que abrir o capital? Vantagens e desafios de abrir o capital Roberto Faldini Fortaleza - Agosto de 2015 - PERFIL ABRASCA Associação Brasileira de Companhias Abertas associação

Leia mais

PDG Realty firma parceria com a Habiarte Barc

PDG Realty firma parceria com a Habiarte Barc PDG Realty firma parceria com a Habiarte Barc Racional da parceria Possibilitar a entrada da PDG Realty em novos e promissores mercados, aprofundando nossa capilaridade e diversificação geográfica. Capturar

Leia mais

LOPES Adquire a ROYAL, Maior Imobiliária do Distrito Federal*

LOPES Adquire a ROYAL, Maior Imobiliária do Distrito Federal* LOPES Adquire a ROYAL, Maior Imobiliária do Distrito Federal* * Em volume de vendas ri@lopes.com.br www.lopes.com.br/ri Aviso Importante Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de

Leia mais

O Brasil Plural é um Grupo Financeiro fundado em 2009 que possui escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Nova York. Nossos sócios possuem um amplo

O Brasil Plural é um Grupo Financeiro fundado em 2009 que possui escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Nova York. Nossos sócios possuem um amplo O Brasil Plural é um Grupo Financeiro fundado em 2009 que possui escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Nova York. Nossos sócios possuem um amplo histórico de sucesso no mercado de capitais brasileiro

Leia mais

Prévia Operacional 1º Trimestre de 2015

Prévia Operacional 1º Trimestre de 2015 PRÉVIA DOS RESULTADOS OPERACIONAIS 1T15 No 1T15, lançamentos consolidados atingem R$313,6 milhões, com vendas brutas de R$604,5 milhões. Encerrando o 1T15 com vendas líquidas de R$423,3 milhões. PARA DIVULGAÇÃO

Leia mais

Ações e Experiências de Operadoras na Gestão de suas Redes Assistenciais. Flávio Bitter

Ações e Experiências de Operadoras na Gestão de suas Redes Assistenciais. Flávio Bitter Ações e Experiências de Operadoras na Gestão de suas Redes Assistenciais Flávio Bitter outubro 2015 Destaques Presença Nacional Beneficiários (Mil) Operadora líder no mercado brasileiro de Saúde suplementar,

Leia mais

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 3 } 1. INTRODUÇÃO: PARQUE TECNOLÓGICO CAPITAL DIGITAL - PTCD Principal polo de desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação do Distrito Federal, o PTCD

Leia mais

SeminárioADI-2012. Inclusão financeira inovação para as MPE s

SeminárioADI-2012. Inclusão financeira inovação para as MPE s SeminárioADI-2012 Inclusão financeira inovação para as MPE s Guilherme Lacerda Diretor de Infraestrutura Social, Meio Ambiente, Agropecuária e Inclusão Social Barcelona Outubro 2012 1. Diagnóstico Não

Leia mais

Perspectiva Regulatória. Novembro de 2015

Perspectiva Regulatória. Novembro de 2015 Perspectiva Regulatória Novembro de 2015 acesso móvel TV por assinatura telefone fixo banda larga fixa Panorama Setorial - Tradicional 44,1 milhões de assinantes 25,2 milhões de assinantes R$ 204 bi RECEITA

Leia mais

APIMEC 1T10. 27 de maio 2010

APIMEC 1T10. 27 de maio 2010 APIMEC 1T10 27 de maio 2010 Aviso Importante O material que segue é uma apresentação de informações gerais de Multiplus S.A. ( Multiplus" ou "Companhia") na data desta apresentação. Este material foi preparado

Leia mais

Reunião com Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais LOJAS RENNER S.A.

Reunião com Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais LOJAS RENNER S.A. Reunião com Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais LOJAS RENNER S.A. São Paulo, 8 de dezembro de 2005 1 Aviso Legal Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação,

Leia mais

INDÚSTRIA DE ALIMENTOS

INDÚSTRIA DE ALIMENTOS DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INDÚSTRIA DE ALIMENTOS OUTUBRO DE 2015 PRODUTOS INDÚSTRIA DE ALIMENTOS NO BRASIL 2012 EXPORTAÇÕES US$ 43 Bilhões (23%) 23% Ásia 22% União Europeia FATURAMENTO

Leia mais

A rede de franquias nº 1 em produtividade do mundo

A rede de franquias nº 1 em produtividade do mundo FRANQUIA A rede de franquias nº 1 em produtividade do mundo A rede de franquia com maior volume de vendas nos EUA. (Real Trends 500 2011) Primeiro sistema de franquias imobiliárias da América do Norte

Leia mais

Estudo da Demanda Turística Internacional

Estudo da Demanda Turística Internacional Estudo da Demanda Turística Internacional Brasil 2012 Resultados do Turismo Receptivo Pontos de Coleta de Dados Locais de entrevistas - 25 Entrevistados - 31.039 15 aeroportos internacionais, que representam

Leia mais

Hotelaria e Turismo em Salvador: Top 10 Emissivo Nacional. Panorama Brasil. principais emissores e receptores. Aline Zorthea

Hotelaria e Turismo em Salvador: Top 10 Emissivo Nacional. Panorama Brasil. principais emissores e receptores. Aline Zorthea Hotelaria e Turismo em : panorama e perspectivas Aline Zorthea, 11 de agosto de 2009 Mini Currículo Graduada em turismo (1999) e especialista em gestão e marketing de destinos turísticos pela George Washington

Leia mais

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012

Resultados 2T12 FLRY 3. Agosto / 2012 Resultados 2T12 FLRY 3 Agosto / 2012 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS 2012 Aviso Legal Esta apresentação pode conter informações sobre eventos futuros. Tais informações não seriam apenas fatos históricos,

Leia mais