P A L N A O N O D E D E E X E P X A P N A S N Ã S O Ã O I II

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "P A L N A O N O D E D E E X E P X A P N A S N Ã S O Ã O I II"

Transcrição

1 PLANO DE EXPANSÃO III ( ) ESTUDO DE VIABILIDADE Equipe Técnica Responsável: Prof. Dr. Jimmy de Almeida Léllis - Coordenador Prof. Dr. Ridelson Farias de Sousa - Coordenador Prof. M.Sc. Thiago José de Azevedo Loureiro Prof. M.Sc. José Elber Marques Barbosa Emmanuel Aldano de França Monteiro ABRANGÊNCIA DE CADA CAMPUS RAIO DE 50km 1

2 PLANO DE EXPANSÃO III ( ) ESTUDO DE VIABILIDADE 12ª Região Geoadministrativa -15 municípios (PARAÍBA 2008 IDEME) ÁREA Km 2 POPULAÇÃO habitantes DENSIDADE DEMOGRÁFICA 72,74 hab/ Km 2 2

3 Região Geoadministrativa POPULAÇÃO ITABAIANA (REGIÃO) X PB (IBGE, 2011) Região Geoadministrativa EMPRESAS x POPULAÇÃO (IBGE, 2011) 3

4 Região Geoadministrativa (IBGE, 2011) AGROPECUÁRIA Região Geoadministrativa VEÍCULOS (IBGE, 2011) 4

5 Região Geoadministrativa (IBGE, 2011) FIRJAN Região Geoadministrativa (IBGE, 2011) FIRJAN DESENVOLVIMENTO RELAÇÃO (BRASIL/PARAÍBA/REGIÃO DE ITABAIANA) 5

6 Região Geoadministrativa SAÚDE (IBGE, 2011) Região Geoadministrativa economia e finanças PRODUTO INTERNO BRUTO PIB (IBGE, 2011) 6

7 ATIVIDADE PRODUTIVA (BRASIL 2011 MINISTÉRIO DO TRABALHO) Agropecuário Industrial 7

8 Região Geoadministrativa características geográficas (PARAÍBA 2008 PERFIL BÁSICO MUNICIPAL / IDEME) CARACTERÍSTICAS GERAIS ITABAIANA Região Geoadministrativa aspectos demográficos e sociais (PARAÍBA 2008 PERFIL BÁSICO MUNICIPAL / IDEME) DEMOGRAFIA ITABAIANA 8

9 Região Geoadministrativa aspectos demográficos e sociais (PARAÍBA 2008 PERFIL BÁSICO MUNICIPAL / IDEME) SAÚDE 9

10 ATIVIDADE PRODUTIVA (BRASIL 2011 MINISTÉRIO DO TRABALHO) Comércio Industrial Agropecuário Serviços 10

11 Região Geoadministrativa aspectos demográficos e sociais (Fonte: IBGE; MEC; INEP, 2009) EDUCAÇÃO quantitativo de alunos > fundamental x médio (geral) Dependência administrativa Fundamental Fundamental 9º ano Alunos Médio Médio 1º ano GAP ALUNOS médio (1ºano) - fundamental (9ºano) Municipal Estadual Federal Privada Total

12 EDUCAÇÃO relação entre alunos > fundamental (9º) x médio (1º) Alunos Fundamental 9º ANO Alunos Médio 1º ANO M unic ipal E s tadual Federal P rivada 0 0 (Fonte: IBGE; MEC; INEP, 2009) EDUCAÇÃO GAP (9º fundamental 1º médio) Municipal E stadual 0 Federal P rivada G A P A LUNOS m édio (1ºa no) - fundam e ntal (9ºa no) (Fonte: IBGE; MEC; INEP, 2009) 12

13 Região Geoadministrativa aspectos demográficos e sociais EDUCAÇÃO Candidatos em potencial (Fonte: IBGE; MEC; INEP, 2009) Dependência administrativa Número de Candidatos Potencial TÉCNICO INTEGRADO (9º ano) SUBSEQUENTE SUPERIOR (3 ano médio) Municipal Estadual Federal 0 0 Privada Total Fonte: IBGE; MEC, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais; INEP - Censo Educacional Região Geoadministrativa aspectos demográficos e sociais EDUCAÇÃO Candidatos em potencial (Fonte: IBGE; MEC; INEP, 2009) Fonte: IBGE; MEC, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais; INEP - Censo Educacional

14 Região Geoadministrativa aspectos demográficos e sociais (ufcg.edu.br; uepb.edu.br) EDUCAÇÃO ENSINO SUPERIOR UEPB Campus I Campina Grande Bacharelado HUMANAS Licenciatura EXATAS SAÚDE EDUCAÇÃO UFCG CAMPUS I Campina Grande ENSINO SUPERIOR Bacharelado HUMANAS Licenciatura EXATAS SAÚDE Região Geoadministrativa aspectos demográficos e sociais (ifpe.edu.br) EDUCAÇÃO IFPE/EAD (Pólos) ENSINO SUPERIOR - PÓLO ITABAIANA Superior Tecnológico em Gestão Ambiental - PÓLO CARPINA (75 Km) Licenciatura em Matemática Licenciatura em Geografia 14

15 Região Geoadministrativa aspectos demográficos e sociais (uepb.edu.br) EDUCAÇÃO UEPB/Campus III Guarabira ENSINO SUPERIOR (CH Centro de Humanidades) Bacharelado em Ciências Jurídicas - Direito Licenciatura em Letras Licenciatura em História Licenciatura em Geografia Licenciatura em Pedagogia Região Geoadministrativa aspectos demográficos e sociais (ufcg.edu.br; uepb.edu.br) EDUCAÇÃO ENSINO SUPERIOR UEPB Campus V João Pessoa Bacharelado Biologia Licenciatura Arquivologia Relações Internacionais EDUCAÇÃO UFPB CAMPUS I João Pessoa ENSINO SUPERIOR Bacharelado HUMANAS Licenciatura EXATAS Tecnologia SAÚDE 15

16 Região Geoadministrativa aspectos demográficos e sociais (ufcg.edu.br; uepb.edu.br) EDUCAÇÃO ENSINO SUPERIOR Faculdades Particulares João Pessoa Bacharelado FAP - Faculdade Paraibana Tecnologia IESP Licenciatura UNIPB FESP Maurício de Nassau INPER / FPPD Processamento de Dados LUMEN UNIUOL UNIPE FATEC-PB FIP 16

17 Região Geoadministrativa infra-estrutura (PARAÍBA 2008 PERFIL BÁSICO MUNICIPAL / IDEME) ENERGIA ELÉTRICA 2007 Região Geoadministrativa economia e finanças (PARAÍBA 2008 PERFIL BÁSICO MUNICIPAL / IDEME) PRODUTO INTERNO BRUTO PIB 2006 ITABAIANA 17

18 Região Geoadministrativa economia e finanças (PARAÍBA 2008 PERFIL BÁSICO MUNICIPAL / IDEME) FINANÇAS PÚBLICAS Receita Municipal 2007 ITABAIANA (façadiferente.sebrae.com.br) 18

19 Região Geoadministrativa economia e finanças (PARAÍBA 2008 PERFIL BÁSICO MUNICIPAL / IDEME) ÁREAS DE ATUAÇÃO Comércio - Móveis residenciais e para escritório - Farmácias - Cama, Mesa e Banho - Informática e Telefonia - Vestuário - Decoração - Calçados - Bebidas (distribuidoras) - Eletrodomésticos - Supermercados e Mercearias - Jóias/bijuterias - Bazar e Papelaria - Perfumarias e Cosmética Região Geoadministrativa economia e finanças (PARAÍBA 2008 PERFIL BÁSICO MUNICIPAL / IDEME) ÁREAS DE ATUAÇÃO Serviços - Telefonia e Telecomunicações - Serviços Bancários - Informática - Serviços Gráficos - Bares e Restaurantes - Clínicas Médicas e Odontológicas - Hospital e Maternidade - Escritórios de Advocacia - Serviços Contábeis 19

20 Região Geoadministrativa economia e finanças (Pesquisa direta, 2011) ÁREAS DE ATUAÇÃO Indústria - Alimentos - Calçados - Velas - Sabão - Têxtil - Aguardente - Cerâmica Vermelha Tendências/projeções futuras (Região adjacente): Eletromecânica, Automotiva, Farmacoquímica. Álcool/Destilação/Açúcar Madeira Mandioca Tubos plásticos Proximidade de Goiana-PE (Instalação da Fábrica da FIAT) com a Microrregião Geoadministrativa de Itabaiana-PB Raio de 50 Km 20

21 IMPLEMENTAÇÃO DE CURSOS CAMPUS ITABAIANA Técnico Integrado em Manutenção Automotiva Técnico Subsequente em Eletrônica CST em Manutenção Industrial IMPLEMENTAÇÃO DE CURSOS CURSO CH EIXO TEMÁTICO O QUE FAZ POSSIBILIDADES DE ATUAÇÃO TÉCNICO INTEGRADO EM MANUTENÇÃO AUTOMOTIVA 1200 H CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Realiza diagnósticos, manutenção e instalação de equipamentos, dispositivos e acessórios em veículos automotivos. Avalia e busca melhorias quanto à emissão de gases poluentes e às condições gerais de funcionamento e segurança do veículo. Coordena equipes de mecânicos para os diversos tipos de automóveis. Controla o registro, seguro e documentação de veículos automotivos. Montadoras automotivas; Concessionárias e revendas; Oficinas mecânicas; Empresas de fabricação e comercialização de equipamentos de diagnóstico, acessórios e peças para veículos; Companhias de seguros e empresas de inspeção técnica; Setor de transportes de empresas em geral. 21

22 IMPLEMENTAÇÃO DE CURSOS CURSO TÉCNICO SUBSEQUENTE EM ELETRÔNICA CH 1200 H EIXO TEMÁTICO CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS O QUE FAZ Participa do desenvolvimento de projetos; Executa a instalação e a manutenção de equipamentos e sistemas eletrônicos; Realiza medições e testes com equipamentos eletrônicos; Executa procedimentos de controle de qualidade e gestão da produção de equipamentos eletrônicos. POSSIBILIDADES DE ATUAÇÃO Indústrias; Laboratórios de controle de qualidade e de manutenção; Empresas de informática, telecomunicações e de produtos eletrônicos. IMPLEMENTAÇÃO DE CURSOS CURSO CH EIXO TEMÁTICO O QUE FAZ CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL 2400 H CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS Planeja, mantém e inspeciona sistemas elétricos e mecânicos industriais. Fundamenta-se nas tecnologias da eletricidade e mecânica, aplicando técnicas de intervenções seguras aos diversos processos industriais, inspecionando, prevenindo e corrigindo falhas, considerando a melhoria da qualidade, a garantia da saúde e segurança, produtividade e competitividade; Gerencia equipes, desenvolve manutenção preditiva, preventiva e corretiva, centrada na confiabilidade dos indicadores, propondo melhorias; Exerce suas atividades nos setores de manutenção e inspeção industriais, podendo ainda atuar em institutos e centros de pesquisa, órgãos governamentais, escritórios de consultoria, dentre outros. POSSIBILIDADES DE ATUAÇÃO Industrias em geral (manutenção industrial, eletroeletrônico, eletromecânica, automação industrial); 22

23 CONSIDERAÇÕES FINAIS Os cursos a serem ofertados deverão se concentrar principalmente no setor de industrial, uma vez que outros campi próximos atuam em setor de serviços e de agropecuária; O volume de matrículas no ensino médio propicia um maior montante de cursos técnicos integrados; Os CST passam a ser um suporte prático ao desenvolvimento dos municípios da região geoadministrativa. 23

P A L N A O N O D E D E E X E P X A P N A S N Ã S O Ã O I II

P A L N A O N O D E D E E X E P X A P N A S N Ã S O Ã O I II PLANO DE EXPANSÃO III (2011 2014) ESTUDO DE VIABILIDADE Equipe Técnica Responsável: Prof. Dr. Jimmy de Almeida Léllis - Coordenador Prof. Dr. Ridelson Farias de Sousa - Coordenador Prof. M.Sc. Thiago José

Leia mais

E T S UD U O D D E D E VI V A I B A I B L I ID I AD A E D E DE D

E T S UD U O D D E D E VI V A I B A I B L I ID I AD A E D E DE D ESTUDO DE VIABILIDADE DE CURSOS Equipe Técnica Responsável: Prof. Dr. Jimmy de Almeida Léllis - Coordenador Prof. Dr. Ridelson Farias de Sousa Coordenador Prof. M.Sc. José Elber Marques Barbosa Emmanuel

Leia mais

ESTUD U O D DE V IABI B LI L DA D D A E D E DE C URSOS

ESTUD U O D DE V IABI B LI L DA D D A E D E DE C URSOS Equipe Técnica Responsável: Prof. Dr. Jimmy de Almeida Léllis - Coordenador Prof. Dr. Ridelson Farias de Sousa Coordenador Prof. M.Sc. José Elber Marques Barbosa Emmanuel Aldano de França Monteiro Emanoela

Leia mais

E T S UD U O D D E D E VI V A I B A I B L I ID I AD A E D E DE D

E T S UD U O D D E D E VI V A I B A I B L I ID I AD A E D E DE D ESTUDO DE VIABILIDADE DE CURSOS Equipe Técnica Responsável: Prof. Dr. Jimmy de Almeida Léllis - Coordenador Prof. Dr. Ridelson Farias de Sousa Coordenador Prof. M.Sc. José Elber Marques Barbosa Emmanuel

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS DE GUARABIRA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS DE GUARABIRA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS DE GUARABIRA Umberto Gomes da Silva Júnior DIRETOR GERAL umbertojunior@ifpb.edu.br

Leia mais

CAMPUS DE ESPERANÇA IMPLANTAÇÃO

CAMPUS DE ESPERANÇA IMPLANTAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA CAMPUS DE ESPERANÇA IMPLANTAÇÃO X DIRETOR GERAL E-MAIL Responsabilidade técnica:

Leia mais

QUADRO DE TITULAÇÃO VERIFIQUE NO QUADRO OS COMPONENTES POSSÍVEIS COM BASE NA SUA TITULAÇÃO ENSINO MÉDIO

QUADRO DE TITULAÇÃO VERIFIQUE NO QUADRO OS COMPONENTES POSSÍVEIS COM BASE NA SUA TITULAÇÃO ENSINO MÉDIO 1 QUADRO DE TITULAÇÃO VERIFIQUE NO QUADRO OS COMPONENTES POSSÍVEIS COM BASE NA SUA TITULAÇÃO ENSINO MÉDIO DISCIPLINAS Artes (Base Nacional Comum) Biologia (Ensino Médio) Matemática (Base Nacional Comum)

Leia mais

CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 5628/2015

CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 5628/2015 CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 5628/2015 1. Biologia (Base Nacional Comum Ensino Médio; Automação Industrial Integrado ao Ensino Médio) Biologia (LP) Ciências Biológicas (LP) Ciências

Leia mais

ESTUDO DE VIABILIDADE DE CURSOS

ESTUDO DE VIABILIDADE DE CURSOS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA ESTUDO DE VIABILIDADE DE CURSOS CAMPUS DE ITABAIANA LOCAL João Pessoa DATA Fevereiro/2012

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial. Curso Superior de Tecnologia em Construção Naval

Curso Superior de Tecnologia em Automação Industrial. Curso Superior de Tecnologia em Construção Naval Automação Industrial Indústria O Tecnólogo em Automação Industrial é um profissional a serviço da modernização das técnicas de produção utilizadas no setor industrial, atuando na execução de projetos,

Leia mais

Requisitos de Titulação para Inscrição no Processo Seletivo de Docentes Aviso 064.03.2013 Processo /2013

Requisitos de Titulação para Inscrição no Processo Seletivo de Docentes Aviso 064.03.2013 Processo /2013 Etec Professor Horácio Augusto da Silveira Requisitos de Titulação para Inscrição no Processo Seletivo de Docentes Aviso 064.03.2013 Processo /2013 Para a Inscrição no Processo Seletivo, é necessário uma

Leia mais

ANEXO I EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DISCIPLINAS/EIXO TECNOLÓGICO POR GERED

ANEXO I EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DISCIPLINAS/EIXO TECNOLÓGICO POR GERED ANEXO I EDUCAÇÃO PROFISSIONAL /EIXO POR GERED DISCIPLINA/EIXO GERED ARARANGUÁ em Economia ou Administração ou Contabilidade ou Ciências Contábeis com Curso Emergencial de Complementação Pedagógica; ou,

Leia mais

Tabela de vagas disponíveis para lista de espera/chamada pública do SiSU UFRGS

Tabela de vagas disponíveis para lista de espera/chamada pública do SiSU UFRGS Tabela de vagas disponíveis para lista de espera/chamada pública do SiSU UFRGS Periodo Curso NrVagasUni NrVagasL3 NrVagasL4 2015_1 ADMINISTRAÇÃO - Bacharelado - (Integral) 8 0 0 2015_2 ADMINISTRAÇÃO -

Leia mais

Universidade Federal de Santa Catarina - Código e-mec: 585. Cursos de Graduação

Universidade Federal de Santa Catarina - Código e-mec: 585. Cursos de Graduação Universidade Federal de Santa Catarina - Código e-mec: 585 Cursos de Graduação Curso Grau Campus Código e-mec Administração Bacharelado Florianópolis 14213 Agronomia Bacharelado Florianópolis 14214 Agronomia

Leia mais

CAMPUS. Alcântara CAMPUS FORMA EIXO CONFORME CATÁLOGO NOME DO CURSO

CAMPUS. Alcântara CAMPUS FORMA EIXO CONFORME CATÁLOGO NOME DO CURSO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE ENSINO CURSOS TÉCNICOS E SUPERIORES DOS PELO IFMA 2012 CAMPUS FORMA EIXO Alcântara Técnico Subsequente Controle e Processos

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA REQUISITOS PARA INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 065/09/2015 de 19/10/2015.

Leia mais

Bacharelado e Licenciatura Campus Paralela

Bacharelado e Licenciatura Campus Paralela Bacharelado e Licenciatura Campus Paralela Desconto 10% Desconto 15% Administração - Bacharelado R$ 992,71 R$ 893,44 R$ 843,80 Arquitetura e Urbanismo - Bacharelado R$ 1.218,94 R$ 1.097,05 R$ 1.036,10

Leia mais

EDITAL EXAME DE PROFICIÊNCIA 2015.2 ANEXO 2 - DISCIPLINAS: ORDEM POR ESCOLA E CURSO ESCOLA CURSO ESTRUTURA SÉRIE DISCIPLINA

EDITAL EXAME DE PROFICIÊNCIA 2015.2 ANEXO 2 - DISCIPLINAS: ORDEM POR ESCOLA E CURSO ESCOLA CURSO ESTRUTURA SÉRIE DISCIPLINA ESCOLA CURSO ESTRUTURA SÉRIE DISCIPLINA CH CÓDIGO TIPO DE AVALIAÇÃO LOCAL TEÓRICA PRÁTICA COMUNICAÇÃO COS - HAB. PUBLICIDADE E PROPAGANDA 2012.1 6ª NOVAS ARENAS E MÍDIAS DIGITAIS 140 20451 - X NATAL COMUNICAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR VESTIBULAR 2015

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR VESTIBULAR 2015 CAMPUS FLORIANÓPOLIS ADMINISTRAÇÃO - DIURNO ADMINISTRAÇÃO - NOTURNO AGRONOMIA ANTROPOLOGIA - BEL - DIURNO ARQUITETURA E URBANISMO ARQUIVOLOGIA - BEL - DIURNO ARTES CÊNICAS - BEL - NOTURNO BIBLIOTECONOMIA

Leia mais

MENSALIDADES CAMPUS PARALELA

MENSALIDADES CAMPUS PARALELA 1 MENSALIDADES CAMPUS PARALELA Bacharelados Campus Paralela 10% 15% Administração R$ 834,92 R$ 789,00 R$ 710,10 R$ 670,65 Arquitetura e Urbanismo R$ 951,32 R$ 899,00 R$ 809,10 R$ 764,15 Ciências Contábeis

Leia mais

EP2A - Ensino Médio em escola pública, autodeclarado preto, pardo e indígena. EP1 - Ensino Médio em escola pública, cota social

EP2A - Ensino Médio em escola pública, autodeclarado preto, pardo e indígena. EP1 - Ensino Médio em escola pública, cota social Curso: 3004 - ADMINISTRAÇÃO - Bacharelado - SILVEIRA MARTINS 3 6 6 7 0,86 1 5 0,20 6 7 0,86 62 2,77 Curso: 501 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno 10 6 1,67 48 7 6,86 5 5 54 7 7,71 222 1 Curso: 2004 - ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM PROGRAD - COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR CONCURSO VESTIBULAR UFSM 2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM PROGRAD - COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR CONCURSO VESTIBULAR UFSM 2014 - Cota Curso: 3004 - ADMINISTRAÇÃO - Bacharelado - SILVEIRA MARTINS Curso: 501 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno Curso: 2004 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno - CESNORS - P.M. Curso: 515 - ADMINISTRAÇÃO - Noturno Curso:

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA REQUISITOS PARA INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 065/08/2015 de 19/10/2015.

Leia mais

MISSÃO Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a

MISSÃO Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a 2014 MISSÃO Promover a educação profissional e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a competitividade da indústria brasileira. São 165 unidades

Leia mais

MENSALIDADES CAMPUS PARALELA

MENSALIDADES CAMPUS PARALELA 1 MENSALIDADES CAMPUS PARALELA Bacharelados Campus Paralela 10% 15% Administração R$ 834,92 R$ 789,00 R$ 705,51 R$ 663,76 Arquitetura e Urbanismo R$ 951,32 R$ 899,00 R$ 803,87 R$ 756,30 Ciências Contábeis

Leia mais

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015

DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015 DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos COMÉRCIO VAREJISTA NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS O COMÉRCIO RESPONDE POR 12,7% DO PIB BRASILEIRO O COMÉRCIO VAREJISTA É RESPONSÁVEL POR 42% DO COMÉRCIO

Leia mais

Pontos de corte do SiSU 2014 1ª chamada

Pontos de corte do SiSU 2014 1ª chamada COORDENADORIA DE ASSUNTOS E REGISTROS ACADÊMICOS - CDARA CAMPUS UNIVERSITÁRIO - MARTELOS - JUIZ DE FORA - MG CEP 36036-900 TEL. (32)2102-3733 FAX (32) 2102-3732 e-mail: cdara@ufjf.edu.br Pontos de corte

Leia mais

COMPROV UFCG Manual do Candidato Vestibular 2013

COMPROV UFCG Manual do Candidato Vestibular 2013 Dos Cursos Oferecidos Os Cursos de Graduação oferecidos pela UFCG têm funcionamento nos turnos: Matutino M (aulas pela manhã), Vespertino T (aulas à tarde), Noturno N (aulas à noite) e Diurno D (aulas

Leia mais

Etec Trajano Camargo Limeira

Etec Trajano Camargo Limeira Etec Trajano Camargo Limeira Administração Gestão de Marketing I e II Administração (EII) Administração / Ciências Administrativas (qualquer modalidade) Comercialização e Mercadologia(EII) Comunicação

Leia mais

CATÁLOGO AUXILIAR DOCENTE

CATÁLOGO AUXILIAR DOCENTE CATÁLOGO DE AUXILIAR DOCENTE Atualizado em Novembro/2015 RELAÇÃO DE REQUISITOS MÍNIMOS PARA INGRESSO NO EMPREGO PÚBLICO PERMANENTE DE AUXILIAR DOCENTE I Este documento tem por finalidade apresentar os

Leia mais

CREA-RS. Integrando Profissionais e Sociedade CÂMARA ESPECIALIZADA DE ENGENHARIA INDUSTRIAL

CREA-RS. Integrando Profissionais e Sociedade CÂMARA ESPECIALIZADA DE ENGENHARIA INDUSTRIAL CREA-RS Integrando Profissionais e Sociedade CÂMARA ESPECIALIZADA DE ENGENHARIA INDUSTRIAL INSPEÇÃO TÉCNICA DE SEGURANÇA VEICULAR O QUE FISCALIZAR ONDE FISCALIZAR PARÂMETRO LEGISLAÇÃO Inspeção Empresas

Leia mais

UFRGS Concurso Vestibular 2009. Número de Candidatos por Curso em 1ª Opção

UFRGS Concurso Vestibular 2009. Número de Candidatos por Curso em 1ª Opção UFRGS Concurso Vestibular 2009 Número de Candidatos por Curso em 1ª Opção Código Nome do Curso Candidatos Vagas Densidade 01 Administração - Diurno 708 80 8,85 Acesso Universal 479 56 Ensino Público 206

Leia mais

QUADRO DE TITULAÇÃO VERIFIQUE NO QUADRO OS COMPONENTES POSSÍVEIS COM BASE NA SUA TITULAÇÃO ELETRÔNICA INTEGRADO

QUADRO DE TITULAÇÃO VERIFIQUE NO QUADRO OS COMPONENTES POSSÍVEIS COM BASE NA SUA TITULAÇÃO ELETRÔNICA INTEGRADO 1 QUADRO DE TITULAÇÃO VERIFIQUE NO QUADRO OS COMPONENTES POSSÍVEIS COM BASE NA SUA TITULAÇÃO ELETRÔNICA INTEGRADO DISCIPLINAS Dispositivos Semicondutores de Potência (Eletrônica Integrado) GRADUAÇÕES Eletroeletrônica

Leia mais

211A02 Artes Visuais - Bacharelado 212C02 Produção cênica - Tecnológico

211A02 Artes Visuais - Bacharelado 212C02 Produção cênica - Tecnológico Código Área Nome Área 1 Educação 2 Humanidades e Artes TABELA DE CURSO DE FORMAÇÃO SUPERIOR Código OCDE Nome do Curso - Grau Grau 142C01 Ciência da educação - 142P01 Pedagogia - Licenciatura Licenciatura

Leia mais

APOIO: AGRADECIMENTOS:

APOIO: AGRADECIMENTOS: RELATÓRIO ANUAL - 2013 APOIO: AGRADECIMENTOS: BOLETIM DO COMÉRCIO Relatório Anual - 2013 Pág. 2 RELATÓRIO ANUAL - 2013 Prezados Comerciantes, Esse boletim é uma edição especial sobre o comportamento do

Leia mais

ESTUDO DE VIABILIDADE DE CURSOS

ESTUDO DE VIABILIDADE DE CURSOS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA ESTUDO DE VIABILIDADE DE CURSOS CAMPUS DE JOÃO PESSOA NÚCLEO AVANÇADO LITORAL SUL

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA PARAÍBA COORDENAÇÃO PERMANENTE DE CONCURSOS PÚBLICOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA PARAÍBA COORDENAÇÃO PERMANENTE DE CONCURSOS PÚBLICOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DA PARAÍBA COORDENAÇÃO PERMANENTE DE CONCURSOS PÚBLICOS PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PROFESSOR SUBSTITUTO DA CARREIRA

Leia mais

Inovações organizacionais e de marketing

Inovações organizacionais e de marketing e de marketing Pesquisa de Inovação 2011 Tabela 1.1.22 -, total e as que não implementaram produto ou processo e sem projetos, com indicação das inovações e gás - Brasil - período 2009-2011 (continua)

Leia mais

2014.1. % de Bolsa Convênio Padrão. Preço com Desconto Pontualidade. % de Desconto Pontualidade. Preço Bruto. Preço Convênio Padrão

2014.1. % de Bolsa Convênio Padrão. Preço com Desconto Pontualidade. % de Desconto Pontualidade. Preço Bruto. Preço Convênio Padrão 2014.1 Unidade Curso Turno Preço Bruto Preço com Desconto % de Desconto Preço Convênio Padrão Preço Convênio Padrão e Desconto Brasília - Faciteb Administração Matutino 793,63 714,27 10,00 433,32 389,99

Leia mais

Biotecnologia Campinas/ SP. Breeding Petrolina/ PE. Business Inteligence - São Paulo/ SP. Comunicação - São José dos Campos/ SP

Biotecnologia Campinas/ SP. Breeding Petrolina/ PE. Business Inteligence - São Paulo/ SP. Comunicação - São José dos Campos/ SP Área Biotecnologia Campinas/ SP Breeding Petrolina/ PE Business Inteligence - São Paulo/ SP Comunicação - São José dos Campos/ SP Engenharias - Uberlândia MG Engenharia de Projetos - São José dos Campos/

Leia mais

ESTUDO DE VIABILIDADE DE CURSOS

ESTUDO DE VIABILIDADE DE CURSOS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA ESTUDO DE VIABILIDADE DE CURSOS CAMPUS DE JOÃO PESSOA LOCAL João Pessoa DATA Fevereiro/2012

Leia mais

COMPONENTES CURRICULARES POR TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 7591/2013

COMPONENTES CURRICULARES POR TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 7591/2013 COMPONENTES CURRICULARES POR TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 7591/2013 1. Gestão Empresarial (EII) / Ciências Administrativas (qualquer modalidade) Geral Ciências Administrativas Ciências Contábeis Ciências

Leia mais

Relação de Cursos ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO. Código Curso Tipo 17/01/14 16:09:53 SISGESC

Relação de Cursos ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO. Código Curso Tipo 17/01/14 16:09:53 SISGESC 1 INTERCULTURAL INDIGENA EM LINGUAS, ARTES E LIT. 2 ADMINISTRAÇÃO LEGISLATIVA 3 ALIMENTOS 4 ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS 5 ARQUITETURA E URBANISMO 6 ARTE EDUCAÇÃO 7 AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL 8 CERÂMICA

Leia mais

AUD. Audiência Pública: PRONATEC

AUD. Audiência Pública: PRONATEC AUD Audiência Pública: PRONATEC SENAI Missão Promover a educação profissional i e tecnológica, a inovação e a transferência de tecnologias industriais, contribuindo para elevar a competitividade da indústria

Leia mais

ESTUDO DE VIABILIDADE DE CURSOS

ESTUDO DE VIABILIDADE DE CURSOS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA ESTUDO DE VIABILIDADE DE CURSOS CAMPUS DE SANTA RITA LOCAL João Pessoa DATA Fevereiro/2012

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSUNI Nº 033/2015

DELIBERAÇÃO CONSUNI Nº 033/2015 DELIBERAÇÃO CONSUNI Nº 033/2015 Altera o Anexo I do Regimento Geral da Universidade de Taubaté. O CONSELHO UNIVERSITÁRIO, na conformidade do Processo nº PRG- 036/2012, aprovou e eu promulgo a seguinte

Leia mais

PARECER. Justificativa

PARECER. Justificativa Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás IFG - Campus Anápolis Departamento das Áreas Acadêmicas Parecer: Do:

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília Edital nº 20/CGPE/PRDI/IFB, de 18 de Dezembro de 2009.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília Edital nº 20/CGPE/PRDI/IFB, de 18 de Dezembro de 2009. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília Edital nº 20/CGPE/PRDI/IFB, de 18 de Dezembro de 2009. PROCESSO DE REMOÇÃO INTERNA DE SERVIDORES DOCENTES. Considerando

Leia mais

INSCRIÇÕES PROVAS LOCAIS DE PROVA LOCAIS. Consulte

INSCRIÇÕES PROVAS LOCAIS DE PROVA LOCAIS. Consulte CALENDÁRIOS Vestibular Tradicional INSCRIÇÕES PROVAS LOCAIS DE PROVA Diariamente Taxa de inscrição: R$ 30,00 Prova de Redação Consulte http://www.estacio.br/ Processo Seletivo Enem INSCRIÇÕES MATRÍCULA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM PROGRAD - COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR CONCURSO VESTIBULAR UFSM 2013

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA - UFSM PROGRAD - COMISSÃO PERMANENTE DO VESTIBULAR CONCURSO VESTIBULAR UFSM 2013 - Cota Curso: 3004 - ADMINISTRAÇÃO - Bacharelado - SILVEIRA MARTINS Curso: 501 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno Curso: 2004 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno - CESNORS - P.M. Curso: 515 - ADMINISTRAÇÃO - Noturno Curso:

Leia mais

EP2A - Ensino Médio em escola pública, autodeclarado preto, pardo e indígena. EP2 - Ensino Médio em escola pública Cota B - Necessidades Especiais

EP2A - Ensino Médio em escola pública, autodeclarado preto, pardo e indígena. EP2 - Ensino Médio em escola pública Cota B - Necessidades Especiais Curso: 3004 - ADMINISTRAÇÃO - Bacharelado - SILVEIRA MARTINS Curso: 501 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno 1 4 0,25 10 5 17 31 0,55 12 4 76 5 15,20 12 4 57 4 14,25 211 6,84 Curso: 2004 - ADMINISTRAÇÃO - Diurno -

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 31 de 06 de junho de 2014

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 31 de 06 de junho de 2014 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 31 de 06 de junho de 2014 No item 2.2 do Edital nº 31 de 06 de junho de 2014, publicado no DOU de 06/06/2014,

Leia mais

TABELA CALOUROS PARCEIROS FMU - 2013/1

TABELA CALOUROS PARCEIROS FMU - 2013/1 # Fabiano TABELA CALOUROS PARCEIROS FMU - 2013/1 CAMPUS LIBERDADE A 0,8 Ciências Atuariais 549 20 % 439 439 Ciências Econômicas 549 20 % 439 439 Relações Internacionais 578 20 % 462 462 Secretariado Executivo

Leia mais

A - Sistema Cidadão Presente A - afro - brasileiros B - Sistema Cidadão Presente B - necessidades especiais

A - Sistema Cidadão Presente A - afro - brasileiros B - Sistema Cidadão Presente B - necessidades especiais Curso: 2005 - ADMINISTRACAO (Noturno) - CESNORS 4 5 0,80 91 9 10,11 123 28 4,39 Curso: 501 - ADMINISTRACAO - Bacharelado (Diurno) 11 5 2,20 72 8 9,00 145 5,64 Curso: 515 - ADMINISTRACAO - Bacharelado (Noturno)

Leia mais

UFRGS Concurso Vestibular 2011. Quadro de Lotação dos Candidatos em 1ª Opção

UFRGS Concurso Vestibular 2011. Quadro de Lotação dos Candidatos em 1ª Opção UFRGS Concurso Vestibular 2011 Quadro de Lotação dos Candidatos em 1ª Opção Código Nome do Curso Vagas Médias Ofer Ocup Primeiro Último 01 Administração - Diurno Acesso Universal 56 56 711,68 572,40 Ensino

Leia mais

Acordos e Protocolos sem Repasse - Vigentes

Acordos e Protocolos sem Repasse - Vigentes Página 1 de 5 19/7/2015 Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN 20/7/2010 Desenvolver trabalhos e de ações de capacitação no âmbito científico, acadêmico e técnico de interesse comum às suas

Leia mais

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA CLASSE DESCENTRALIZADA DE ILHA SOLTEIRA E. E. DE URUBUPUNGÁ

ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DE ILHA SOLTEIRA ILHA SOLTEIRA CLASSE DESCENTRALIZADA DE ILHA SOLTEIRA E. E. DE URUBUPUNGÁ REQUISITOS PARA INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, OBJETIVANDO A FORMAÇÃO DE CADASTRO PARA CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA DE EXCEPCIONAL INTERESSE PÚBLICO, Nº 065/06/2015 de 19/10/2015. 1. Gestão da

Leia mais

ANEXO LISTA DOS CURSOS DE GRADUAÇÂO ELEGIVEIS PELO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

ANEXO LISTA DOS CURSOS DE GRADUAÇÂO ELEGIVEIS PELO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS ANEXO LISTA DOS CURSOS DE GRADUAÇÂO ELEGIVEIS PELO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS Agricultura Sustentável Agrimensura Agroecologia Agroindústria Agroindústria - Alimentos Agroindústria - Madeira Agronegócio

Leia mais

Histórico da Oferta de Cursos do Câmpus Pato Branco

Histórico da Oferta de Cursos do Câmpus Pato Branco Histórico da Oferta de Cursos do Câmpus Pato Branco Inauguração da UNED - Pato Branco - Curso Nível Médio em Edificações - Curso Nível Médio em Eletrônica Incorporação da Fundação de Ensino Superior de

Leia mais

Guia de cursos ifma2012

Guia de cursos ifma2012 20 12 a ifm sos cur Guia de Prezado(a) candidato(a), O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) preparou um guia dos cursos técnicos que serão oferecidos pela instituição em 2012. A escolha da carreira profissional

Leia mais

Curso (GESFIN) Dias da Semana Modalidade Período Preço Bruto

Curso (GESFIN) Dias da Semana Modalidade Período Preço Bruto Unidade UF Duração do curso (ANO) Curso (GESFIN) Dias da Semana Modalidade Período Preço Bruto Brasília - Faciteb DF 4 Administração Segunda a Sexta Presencial 2014.1 793,63 Brasília - Faciteb DF 4 Administração

Leia mais

TITULAÇÕES - VIRGINIA RAMALHO

TITULAÇÕES - VIRGINIA RAMALHO TITULAÇÕES - VIRGINIA RAMALHO LEGENDAS: LP (LICENCIATURA PLENA) EII (ESQUEMA II) 01 - Projeto de Redes I (Redes de Computadores) de Sistemas de Informação Análise de Sistemas Análise de Sistemas Administrativos

Leia mais

EDITAL Nº 03, DE 02 DE MARÇO DE 2010. CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DO MAGISTÉRIO DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO ANEXO I

EDITAL Nº 03, DE 02 DE MARÇO DE 2010. CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DO MAGISTÉRIO DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO ANEXO I MINISTERIO DA EDUCACÃO SECRETARIA DE EDUCACÃO PROFISSIONAL E TECNOLOGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCACÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA. EDITAL Nº 03, DE 02 DE MARÇO DE 2010. CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR

Leia mais

CANDIDATOS CLASSIFICADOS NA SEGUNDA LISTA DE ESPERA UFRJ/SISU - AÇÃO AFIRMATIVA

CANDIDATOS CLASSIFICADOS NA SEGUNDA LISTA DE ESPERA UFRJ/SISU - AÇÃO AFIRMATIVA 111002556750 ABI - HISTÓRIA Área Básica de Ingresso (ABI) Integral Instituto de História 111005414972 ABI - HISTÓRIA Área Básica de Ingresso (ABI) Noturno Instituto de História 111010349831 ABI - HISTÓRIA

Leia mais

CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE/2013

CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE/2013 CURSOS TÉCNICOS 1º SEMESTRE/2013 NOVEMBRO/2012 1) CURSOS OFERTADOS: Automação Industrial Eletrônica Eletrotécnica* Informática Informática para Internet* Mecânica* Química* Segurança do Trabalho* * Cursos

Leia mais

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS PROUNI EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA TRANSFERÊNCIAS DE CURSO COM BOLSA PROUNI 2015/1

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS PROUNI EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA TRANSFERÊNCIAS DE CURSO COM BOLSA PROUNI 2015/1 PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS PROUNI EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA TRANSFERÊNCIAS DE CURSO COM BOLSA PROUNI 2015/1 1. Abertura O Coordenador do PROUNI, da Universidade do Vale do Rio dos Sinos UNISINOS,

Leia mais

Perfil Sócio Econômico Projetos Região Médio Paraíba. Escritório Regional do Médio Paraíba Abril de 2011

Perfil Sócio Econômico Projetos Região Médio Paraíba. Escritório Regional do Médio Paraíba Abril de 2011 Perfil Sócio Econômico Projetos Região Médio Paraíba Escritório Regional do Médio Paraíba Abril de 2011 Contextualização da Região Mapa da Região Municípios da Região Itatiaia; Quatis Resende Porto Real

Leia mais

Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes - ENADE. Coordenadoria de Avaliação Institucional Comissão Própria de Avaliação - CPA ENADE 2011

Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes - ENADE. Coordenadoria de Avaliação Institucional Comissão Própria de Avaliação - CPA ENADE 2011 Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes - ENADE Coordenadoria de Avaliação Institucional Comissão Própria de Avaliação - CPA ENADE 2011 SOBRE O ENADE O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes -

Leia mais

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº 12/2012 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO ANEXO I VAGAS POR ÁREA DE CONHECIMENTO VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP 1) Área de Conhecimento:

Leia mais

Perfil do Curso. O Mercado de Trabalho

Perfil do Curso. O Mercado de Trabalho Perfil do Curso É o gerenciamento dos recursos humanos, materiais e financeiros de uma organização. O administrador é o profissional responsável pelo planejamento das estratégias e pelo gerenciamento do

Leia mais

ATENDIMENTO AO SETOR AUTOMOTIVO DE SANTA CATARINA

ATENDIMENTO AO SETOR AUTOMOTIVO DE SANTA CATARINA ATENDIMENTO AO SETOR AUTOMOTIVO DE SANTA CATARINA BALNEÁRIO CAMBORIÚ,14 DE NOVEMBRO DE 2008 Rede SENAI/SC 33 Unidades 316 laboratórios educacionais 14 laboratórios de prestação de serviço 1.360.000 alunos

Leia mais

Câmpus Darcy Ribeiro Curso Grau Turno Vagas

Câmpus Darcy Ribeiro Curso Grau Turno Vagas Universidade de Brasília (UnB) Câmpus Darcy Ribeiro BIOLÓGICAS SOCIAIS SOCIAL FILOSOFIA FÍSICA GEOGRAFIA HISTÓRIA LETRAS LÍNGUA PORTUGUESA LETRAS FRANCÊS LETRAS INGLÊS MATEMÁTICA PSICOLOGIA Integral (Mat/Vesp)

Leia mais

Universidade Federal da Bahia Serviço de Seleção, Orientação e Avaliação.VESTIBULAR UFBA 2013 RLSV006.1 - CONCORRÊNCIA

Universidade Federal da Bahia Serviço de Seleção, Orientação e Avaliação.VESTIBULAR UFBA 2013 RLSV006.1 - CONCORRÊNCIA Página 1 de 5 Campus: UFBA - Salvador 187140 Arquitetura e Urbanismo - Noturno - Salvador 327 36 9,08 101140 Arquitetura e Urbanismo - Salvador 987 96 10,28 189140 Bacharelado Interdisciplinar em Ciência

Leia mais

CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COMUNICAÇÃO E ARTES CCECA. 01 DE Graduação Plena em Pedagogia Pós-Graduação em Educação

CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COMUNICAÇÃO E ARTES CCECA. 01 DE Graduação Plena em Pedagogia Pós-Graduação em Educação CIDADE: Teresina CAMPUS: Torquato Neto Total de Vagas: 36 (20 Vagas Dedicação Exclusiva e 16 Vagas 40 Horas) CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COMUNICAÇÃO E ARTES CCECA CURSO: Licenciatura Plena em Pedagogia

Leia mais

www.mundosenai.com.br

www.mundosenai.com.br www.mundosenai.com.br Educação Profissional e Tecnologica STT SERVIÇOS TÉCNICOS E TECNOLÓGICOS INOVAÇÃO Inovação nas empresas Projetos de Inovação ISI INSTITUTO SENAI DE INOVAÇÃO Serviços de ponta em

Leia mais

PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA DOS CANDIDATOS CONVOCADOS PARA A 2ª FASE

PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA DOS CANDIDATOS CONVOCADOS PARA A 2ª FASE PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR - ª FASE / // PONTUAÇÃO MÁXIMA E MÍNIMA DOS CANDIDATOS CONVOCADOS PARA A ª FASE ª Fase ª Fase ª Fase ADMINISTRAÇÃO (MATUTINO),,,,,, ADMINISTRAÇÃO (NOTURNO),,,,,, AGRONOMIA

Leia mais

Anexo I Quadro de Vagas. Cargos de Nível Médio

Anexo I Quadro de Vagas. Cargos de Nível Médio Anexo I Quadro de Vagas Cargos ampla concorrência PD Vaga para candidatos portadores de deficiência de Agrimensura de Edificações/ Construção Civil de Edificações/Estradas de Edificações de Edificações

Leia mais

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS

VESTIBULAR 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS VESTIBULAR 2015/1 SELEÇÃO PARA CURSOS TECNICOS SUBSEQUENTES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TOCANTINS 2015/1 INFORMAÇÕES SOBRE OS CURSOS CURSO TÉCNICO EM AGRIMENSURA Aprovado

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO

ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO ADMINISTRAÇÃO / BACHARELADO Dos cursos mais procurados pelos estudantes, o de Administração é um dos mais novos. Enquanto Medicina e Direito formam profissionais desde o século 19, foi apenas em 1946 que

Leia mais

CURSOS DE PROGRESSÃO LINEAR (C P L)

CURSOS DE PROGRESSÃO LINEAR (C P L) CURSOS DE PROGRESSÃO LINEAR (C P L) (VESTIBULAR EM DUAS FASES) São aqueles tradicionalmente oferecidos pela UFBA, acrescidos de 26 novas opções de curso, das quais 18 no noturno, nas modalidades Licenciatura,

Leia mais

UFPB VIRTUAL ENSINO DE IÊNCIAS AGRÁRIAS A DISTÂNCIA

UFPB VIRTUAL ENSINO DE IÊNCIAS AGRÁRIAS A DISTÂNCIA UFPB VIRTUAL ENSINO DE IÊNCIAS AGRÁRIAS A DISTÂNCIA SISTEMA UAB UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL 02 de de 2010 O QUE É UAB? Um Sistema que propicia a articulação, a interação e a efetivação de iniciativas

Leia mais

Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP Coordenação-Geral de Avaliação de Cursos de Graduação e IES

Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP Coordenação-Geral de Avaliação de Cursos de Graduação e IES Diretoria de Avaliação da Educação Superior DAES/INEP Coordenação-Geral de Avaliação de Cursos de Graduação e IES EDUCAÇÃO SUPERIOR BRASILEIRA ALGUNS INDICADORES¹ 2.314 IES 245 públicas (10,6%) e 2.069

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA ANEXO I CARGOS/ÁREAS, REQUISITOS E VAGAS CARGO DE PROFESSOR DA CARREIRA DE MAGISTÉRIO DO ENSINO BÁSICO, TÉCNICO E TECNOLÓGICO Tabela retificada pelos Editais 43, 44 e 45 de 014. VAGAS Áreas Requisitos

Leia mais

FURNAS Centrais Elétricas S.A. Concurso Público - 01/2009 - Acompanhamento das Convocações

FURNAS Centrais Elétricas S.A. Concurso Público - 01/2009 - Acompanhamento das Convocações Prof. de Nível Médio Suporte - Tec. Adm. - Suporte ao Negócio - Adm. Aparecida de Goiânia - GO 2 Prof. de Nível Médio Suporte - Tec. Adm. - Suporte ao Negócio - Adm. Paracatu - MG 2 Prof. de Nível Médio

Leia mais

Mensal. Produto Interno Bruto. Produto Interno Bruto. Mensal. Metodologia

Mensal. Produto Interno Bruto. Produto Interno Bruto. Mensal. Metodologia Metodologia 1 SEADE Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados Considerações gerais O PIB mensal é um índice de acompanhamento da economia paulista e tem como propósito principal oferecer uma visão

Leia mais

EGRESSOS AGOSTO DE 2015 Levantamento de 2008 a 2014. Fonte CPD Agosto 2015

EGRESSOS AGOSTO DE 2015 Levantamento de 2008 a 2014. Fonte CPD Agosto 2015 EGRESSOS AGOSTO DE 2015 Levantamento de 2008 a 2014 Fonte CPD Agosto 2015 EGRESSOS 2015 (INGRESSANTES 2008) CURSO A B C D UNIVERSAL TOTAL Administração Diurno - - 6-26 32 Administração Noturno - - 3-7

Leia mais

Parecer de Autorização de Funcionamento: CEED nº 650/2014.

Parecer de Autorização de Funcionamento: CEED nº 650/2014. CURSO TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA O Curso Técnico de Nível Médio em Eletrotécnica, Eixo Tecnológico Controle e Processos Industriais são organizados em 3 módulos de 400 horas. Ao final do curso, 400 horas

Leia mais

Caracterização dos Territórios de Identidade Território 15 - Bacia do Jacuípe

Caracterização dos Territórios de Identidade Território 15 - Bacia do Jacuípe Caracterização dos Territórios de Identidade Território 15 - Bacia do Jacuípe Municípios Dados Gerais Quantidade de Área Total (km 2 População Total Densidade ) municípios Demográfica 14 10.605,76 237.237

Leia mais

SETADES - Plano de Vocações Profissionais Técnicas nos Municípios do Espírito Santo

SETADES - Plano de Vocações Profissionais Técnicas nos Municípios do Espírito Santo 1 Técnico em do Trabalho Técnico em Automação Industrial Técnico em Eletromecânica Técnico em Metalurgia Técnico em Química REGIÃO: Metropolitana Mecânico Montador Soldador Pintor Industrial Eletricista

Leia mais

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Mecatrônica

Catálogo de Requisitos de Titulação. Habilitação: Mecatrônica Habilitação: Mecatrônica Aviso: Este catálogo é constantemente atualizado pelo Centro Paula Souza para obter informações atualizadas consulte o site: www.cpscetec.com.br/crt Mecatrônica Aplicativos Informatizados

Leia mais

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS PROUNI EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA TRANSFERÊNCIAS DE CURSO COM BOLSA PROUNI 2015/2

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS PROUNI EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA TRANSFERÊNCIAS DE CURSO COM BOLSA PROUNI 2015/2 PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS PROUNI EDITAL DE INSCRIÇÃO PARA TRANSFERÊNCIAS DE CURSO COM BOLSA PROUNI 2015/2 1. Abertura O Coordenador do PROUNI, da Universidade do Vale do Rio dos Sinos UNISINOS,

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ RETIFICAÇÃO Nº 08 DO EDITAL Nº 12/2015 DO IFPR CONCURSO DE DOCENTE O Reitor Substituto do INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ IFPR, no uso da competência que lhe confere a Portaria

Leia mais

1. Gestão de Pessoas I e II (Administração Integrada ao Ensino Médio)

1. Gestão de Pessoas I e II (Administração Integrada ao Ensino Médio) 1. Gestão de Pessoas I e II (Administração Integrada ao Ensino Médio) Administração Administração (EII) Administração - Habilitação em Administração de Empresas Administração - Habilitação em Administração

Leia mais

CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 5627/2015

CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 5627/2015 CATÁLOGO DE REQUISITOS DE TITULAÇÃO PROCESSO SELETIVO 5627/2015 1. Aplicativos Informatizados () (EII) - Ênfase em Análise de Sistemas - Habilitação em de Empresas - Habilitação em Hoteleira - Habilitação

Leia mais

CURSOS DE GRADUAÇÃO - SITUAÇÃO LEGAL 19/12/2013. Avaliação in loco 4

CURSOS DE GRADUAÇÃO - SITUAÇÃO LEGAL 19/12/2013. Avaliação in loco 4 Administração s Arquitetura e Urbanismo Artes Cênicas - Licenciatura Ciências Biológicas Ciências Contábeis Ciência da Computação Ciências Econômicas Direito Educação Física Licenciatura Educação Física

Leia mais

RELAÇÃO DAS PONTUAÇÕES MÁXIMAS E MÍNIMAS, POR CURSO, DA 2ª EDIÇÃO DO SISU/UFMG

RELAÇÃO DAS PONTUAÇÕES MÁXIMAS E MÍNIMAS, POR CURSO, DA 2ª EDIÇÃO DO SISU/UFMG SISU/UFMG 2014 Campus Belo Horizonte ADMINISTRACAO AQUACULTURA ARQUITETURA E URBANISMO ARQUITETURA E URBANISMO BIBLIOTECONOMIA BIOMEDICINA CIENCIA DA COMPUTACAO CIENCIAS BIOLÓGICAS (Licenciatura) 1 666,72

Leia mais

ANEXO I Edital 80/2014

ANEXO I Edital 80/2014 ANEXO I Edital 80/2014 UNIDADES DE ENSINO DE NITERÓI CLASSE A: ADJUNTO A - REGIME: 40H DE 1- Faculdade de Administração e Ciências Contábeis Departamento de Contabilidade Área de Conhecimento: CONTABILIDADE

Leia mais

EDITAL Nº 01/COPERVE/2016

EDITAL Nº 01/COPERVE/2016 EDITAL Nº 01/COPERVE/2016 A Universidade Federal de Santa Catarina UFSC, através da Comissão Permanente do Vestibular COPERVE, considerando o disposto na Portaria Normativa MEC nº 21, de 05 de novembro

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE ENSINO COMUNICADO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE ENSINO COMUNICADO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE ENSINO João Pessoa, 19 de julho de 2014 COMUNICADO Divulgamos, em anexo, o

Leia mais

RÁDIO E TV TÉCNICO EM ATUAÇÃO NO MERCADO

RÁDIO E TV TÉCNICO EM ATUAÇÃO NO MERCADO O CEET - Centro Estadual de Educação Técnica Vasco Coutinho é uma Instituição de Ensino criada e mantida pelo Governo do Estado do Espírito Santo e transferido através da lei n 9.971/12, para Secretaria

Leia mais