Desafios e oportunidades para o futuro do Pólo Industrial de Camaçari marcam ano de 2008 O

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Desafios e oportunidades para o futuro do Pólo Industrial de Camaçari marcam ano de 2008 O"

Transcrição

1 12 4 Ford: um milhão de carros C om a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a Ford do Brasil comemorou, em outubro, a produção do carro de número 1 milhão da fábrica de Camaçari, inaugurada há seis anos. lcançamos nossas metas antes do tempo previsto, graças à qualidade e motivação da mão-de-obra baiana, que recebeu cerca de 900 horas de treinamento e capacitação, em média, disse o presidente da Ford Mercosul, Marcos de liveira. Bahia Pulp: expansão com sustentabilidade única indústria de celulose solúvel especial da mérica Latina e a mais moderna do mundo, a Bahia Pulp, inaugurou, em julho, a sua segunda linha de produção em Camaçari. Com investimentos de US$ 465 milhões, o projeto de expansão representou um aumento de 115 mil toneladas anuais para 465 mil toneladas anuais, atingindo, este mês, a plena capacidade de produção. Referência mundial em tecnologia e qualidade dos processos e produtos, com a sua segunda linha de produção, a empresa caminha para a auto-suficiência em energia elétrica. Vale destacar que a maior parte de seus resíduos sólidos é reaproveitada e seus processos produtivos baseiam-se na manutenção da qualidade ambiental. Bridgestone: 3 milhões de pneus xatamente um ano e sete meses depois de sua instalação em Camaçari, a Bridgestone alcançou, em setembro, a marca de produção de três milhões de pneus. comemoração contou com a presença do governador da Bahia, Jaques Wagner, e do prefeito de Camaçari, Luiz Caetano. Trouxemos para o Brasil uma nova tecnologia na construção de pneus que é administrada por uma mão-de-obra selecionada e desenvolvida aqui na Bahia, afirmou o presidente da Bridgestone Firestone do Brasil, Humberto Gómez. Braskem: leoquímica: novo ciclo de matéria-prima desenvolvimento renovável C om a entrada do baiano Bernardo Gradin na presidência da Braskem, em julho, a empresa iniciou um novo ciclo em seu desenvolvimento empresarial. novo presidente assumiu a missão de identificar novas oportunidades de crescimento para posicionar a Braskem entre as 10 maiores petroquímicas globais. Na Bahia, a empresa anunciou que vai investir R$1,7 bilhão até principal projeto é a implantação de uma nova fábrica de polipropileno, que vai demandar recursos da ordem de R$730 milhões, com implantação prevista para o próximo ano. Informativo Mensal das mpresas do Pólo Industrial de Camaçari Dezembro/ - no VIII - no 92 polonoticias_dezembro08-final.in1 1 xiteno deu partida, em novembro, na leoquímica, no Pólo de Camaçari, tornando-se pioneira na produção de álcoois graxos na mérica Latina. Com investimento da ordem de US$ 220 milhões, a empresa utiliza matéria-prima renovável (óleo de palmiste, extraído da amêndoa do coco do dendê) para produzir ácidos e álcoois graxos, usados na fabricação de detergentes, cosméticos, alimentícios, dentre outras aplicações. Informativo Mensal das mpresas do Complexo Industrial de Camaçari - Dezembro/ - no VIII - no 92 Desafios e oportunidades para o futuro do Pólo Industrial de Camaçari marcam ano de Pólo Industrial de Camaçari encerra o ano de com um saldo extremamente positivo. Durante as comemorações pelos seus 30 anos de atividades, o complexo, através do Cofic, sintetizou na Carta de Camaçari os seus principais desafios e oportunidades com vistas a garantir um futuro de sustentabilidade e de permanência na vanguarda do desenvolvimento do Nordeste e do país. lém disso, o ano foi marcado por conquistas expressivas como a redução do ICMS, as obras de recuperação das vias internas e melhorias na infra-estrutura do Pólo. Com 90 empresas, 35 mil colaboradores e uma vocação natural para atrair novos empreendimentos, o Pólo tem como grande desafio manter a agenda positiva que resultou da profícua parceria entre o Cofic, suas empresas associadas, o Governo do stado, prefeituras dos municípios vizinhos e vários outros parceiros, visando assegurar o novo ciclo de expansão e diversificação industrial que se incorpora à sua trajetória, já vitoriosa. Nessa edição especial do Polonotícias, fazemos um resumo dos principais fatos do ano, com os seus destaques empresariais e institucionais. Caraíba: Prêmio CNI Caraíba Metais recebeu, em outubro, em Brasília, o Prêmio CNI, na categoria de Desenvolvimento Sustentável (Média e Grande Indústria), com o projeto proveitamento do fluente Água Ácida para produção de ácido sulfúrico 45%. Com essa ação, a empresa não só reaproveita o que antes era considerado resíduo, como reduz 75% da geração dos resíduos do tratamento de efluentes e aumenta a vida útil dos aterros de resíduos, além de reduzir também os custos de produção da empresa. Coordenação ditorial: Superintendência de Comunicação do Cofic Realização: Companhia de Comunicação dição geral: José ntônio Moreno Texto: Shirley Pinheiro mail: 11/12/ 09:23:21

2 2 Formação de operadores Fórum mpresarial L ideranças políticas e empresariais assumiram novos desafios no Fórum mpresarial Pólo 30 nos desafios, oportunidades e perspectivas para as próximas décadas, realizado em junho, na ssociação Comercial da Bahia. Na oportunidade, os empresários anunciaram investimentos da ordem de U$ 4,2 milhões (cerca de R$ 6,7 bilhões) para os próximos três anos (até 2011). m contrapartida, o governador da Bahia, Jaques Wagner, garantiu investir em infra-estrutura e logística para mais 30 anos. Marcaram presença lideranças políticas e empresariais, como os empresários Norberto debrecht e Carlos Mariani ( presidente da biquim), o presidente da Ford Brasil e Mercosul, Marcos de liveira, e o presidente da Unigel, Henri Slezynger. Carta de Camaçari s desafios e oportunidades para o futuro do complexo baiano foram reunidos na Carta do Pólo Industrial de Camaçari, entregue pelas lideranças do Pólo ao governador da Bahia, Jaques Wagner, e às lideranças políticas e empresariais do país. Resultado de um trabalho de oito meses realizado pelo Cofic, Secretaria da Indústria, Comércio e Mineração do stado (SICM) e técnicos das empresas, o documento aponta perspectivas de crescimento do complexo. o receber a carta, em junho, o governador baiano afirmou que é hora de consolidar e concretizar essa agenda, ressaltando que o Pólo representa um grande salto que a Bahia deu nas últimas três décadas. eu, felizmente, vislumbro um cenário de otimismo para os próximos 30 anos. 11 genda técnica formação qualificada da mãode-obra é um dos compromissos estratégicos assumidos pelas empresas para garantir a competitividade atual e futura do Pólo de Camaçari. ntre os programas de capacitação e atualização realizados este ano para atender as demandas e à legislação, destaque para o Curso de Formação de peradores, com a formatura da segunda turma, em novembro. Depois de participarem de uma seleção rigorosa entre inscritos e de cumprirem uma carga de 700 horas de aulas, os 53 operadores recém-formados vão passar por um período de estágio, de três a seis meses, nas empresas do Pólo. s comemorações pelos 30 anos do Pólo Industrial de Camaçari foram marcadas por debates sobre seu futuro. Desde o final do ano passado e até junho deste ano foram realizados workshops, painéis e seminários com sete Grupos de Trabalho, coordenados pelo Cofic, em parceria com a Secretaria da Indústria, Comércio e Mineração. Representantes das empresas, do governo, de universidades, de sindicatos e também da sociedade discutiram sobre as vantagens e entraves para a competitividade do complexo. s resultados desses estudos subsidiaram a elaboração da Carta do Pólo Industrial de Camaçari, entregue ao governador Jaques Wagner, e estão pautando a agenda positiva para o desenvolvimento do pólo baiano nas próximas décadas. Prêmio ducação comunidade escolar de Camaçari e Dias D Ávila mais uma vez participou ativamente do Prêmio Pólo de Incentivo ducação, em sua 10ª edição. m novembro, 12 escolas (seis de Camaçari e seis de Dias D Ávila) concluíram os projetos desenvolvidos ao longo do ano para estimular a melhoria de desempenho dos estudantes nas áreas de leitura, expressão oral e escrita. ste é um dos muitos projetos bem sucedidos de responsabilidade social desenvolvidos pelas empresas do complexo, através do Cofic. Bioenergia conceituado físico brasileiro, José Goldemberg, homenageado pela revista Time como um dos Heróis do Meio mbiente, defendeu a aposta do Brasil na bioenergia, especialmente na produção de etanol a partir da cana de açúcar. professor coordenou o painel Bioenergia e Sustentabilidade mbiental, em junho, durante as comemorações pelos 30 anos do Pólo. polonoticias_dezembro08-final.in2 2 genda política P arlamentares da Bahia e do Brasil discutiram sobre a competitividade do Pólo de Camaçari este ano. udiências públicas sobre o assunto foram realizadas na ssembléia Legislativa, por iniciativa da Comissão de Infra-estrutura. m maio, deputados baianos visitaram o Cofic e indústrias. m junho, a Câmara dos Deputados reuniu lideranças políticas e empresariais em Brasília durante sessão solene em comemoração dos 30 anos do Pólo. Na capital federal, além de entregar a Carta do Pólo Industrial de Camaçari aos parlamentares, o Cofic realizou uma exposição mostrando a importância do complexo. P ara garantir que a segurança no Pólo se mantenha no patamar acima dos parâmetros nacionais estabelecidos pela legislação, as empresas apostam em programas preventivos. lém da rigorosa auditoria do Prêmio Pólo de Segurança, Saúde e Meio mbiente (um dos exemplos para o país), um dos destaques foi o seminário de Gerenciamento de Risco, realizado pelo Cofic em julho, com a apresentação da evolução do programa PPL (nálise Preliminar de Perigo do Pólo) - um dos mais completos estudos de riscos do mundo. Na oportunidade, o secretário estadual de Meio mbiente e Recursos Hídricos, Juliano Matos, e a diretora geral do IM, Beth Wagner, elogiaram a postura preventiva das empresas em desenvolver ações integradas para uma eficiente gestão de riscos no Pólo. Prevenção de cidentes 11/12/ 09:23:30

3 Presidente do Cofic ganha cidadania baiana ssembléia Legislativa do stado concedeu, em setembro, o título de Cidadão Baiano ao presidente do Cofic, Manoel Carnaúba (engenheiro químico natural de lagoas, vice-presidente da Braskem - Unidade de Vinílicos). utor da proposição, o deputado Júnior Magalhães, presidente da Comissão de Infra-estrutura da Casa, destacou a contribuição de Carnaúba para o crescimento econômico do estado: sua dedicação e trabalho só merecem aplausos de todos nós, tal a importância econômica, social e estratégica do Cofic para a Bahia que, a partir da ação de executivos dessa estirpe, está mudando a sua matriz econômica. presidente do Cofic liderou o trabalho compartilhado com o Governo do stado que resultou na Carta do Pólo Industrial de Camaçari, com proposições objetivas voltadas para a manutenção e ampliação da competitividade do complexo. Construindo o Futuro Concertos de aniversário Homenagem economista baiano Rômulo lmeida, idealizador do projeto do Pólo de Camaçari, foi o grande homenageado nas comemorações pelos 30 anos do complexo. Representantes de três gerações de sua família (o filho duardo lmeida, o neto Roberto lmeida e o bisneto Gustavo Mercuri lmeida) receberam o troféu de reverência à sua memória em cerimônia no Teatro Castro lves, em junho. Participaram políticos, empresários e profissionais do Pólo. homenagem foi extensiva a todos os homens visionários do Pólo nesses 30 anos. D ois concertos da rquestra Sinfônica da Bahia, em junho, marcaram as comemorações pelos 30 anos do Pólo: um com a cantora Maria Bethânia, no Teatro Castro lves, e outro com o músico rmandinho, na Cidade do Saber. mbos com direção de Luiz Marfuz e sob a regência do maestro duardo Torres, com a participação dos grupos culturais Nativas de rembepe e Banda Bamuquinha de Camaçari. Pólo de Cidadania studantes e professores do ensino médio de escolas públicas e privadas e também dos cursos superiores da UFB e do Senai participaram este ano do programa Construindo o Futuro, fruto do acordo de cooperação entre o Cofic, a UFB e o Senai para estimular os jovens para as carreiras técnicas. ntre março e setembro, alunos de nível médio de Salvador, Camaçari, Dias D Ávila e Candeias participaram de palestras em suas escolas. Também aconteceu este ano a 3ª edição da limpíada de Química, com mais de alunos de nível médio na segunda fase. No curso superior, alunos da UFB (ngenharia Química, ngenharia Mecânica e Química) e dos cursos superiores de Tecnologia do Senai (Mecatrônica, Logística e Soldagem e Inspeção de quipamentos) estão recebendo bolsas de estudo tanto para incentivo à graduação, como para desenvolvimento de projetos. m torno de 5 mil pessoas participaram do Pólo de Cidadania, em julho, em Camaçari. evento, que encerrou as comemorações dos 30 anos do Pólo, funcionou como um dia de ação social, com serviços de utilidade pública e lazer para a população, incluindo atendimento na área de saúde, documentação, informática, orientação vocacional, além de oficinas de reciclagem, música,capoeira e acesso livre à Internet. Participaram empresas, NGs e instituições públicas e a comunidade dos municípios vizinhos ao complexo. evento foi realizado pelo Cofic em conjunto com o Sesi, Cidade do Saber, Prefeitura de Camaçari, empresas do Pólo, dentre outros parceiros. Prêmio de Segurança polonoticias_dezembro08-final.in3 3 3 Conselho Comunitário s representantes do Conselho Comunitário Consultivo do Pólo tiveram uma participação bastante ativa este ano nas ações do Pólo. lém das reuniões regulares, cumpriram uma agenda intensa de debates por ocasião das comemorações pelos 30 anos do Pólo. Na avaliação, realizada neste mês, o conselheiro Jerônimo Couto disse que considera o resultado positivo, pois o propósito do Conselho é justamente contribuir para a melhoria constante da relação das empresas e comunidades do entorno do Pólo. C omo um dos primeiros centros industriais a incluir, já na sua concepção, a excelência ambiental, o Pólo de Camaçari continua sendo exemplo para o país quando o assunto é segurança, proteção à saúde e ao meio ambiente. Depois de rigorosa auditoria, 15 empresas conquistaram este ano o Prêmio Pólo de Segurança, Saúde e Meio mbiente. solenidade de premiação, em julho, foi um dos destaques das comemorações pelos 30 anos do Pólo. Conquistaram o Troféu xcelência a Deten, a Dow ratu e a Dow TDI. Memorial do Pólo U m centro permanente de referência e informação sobre o maior complexo industrial do hemisfério sul foi instalado, em julho, na Cidade do Saber, em Camaçari: o Memorial do Pólo Industrial de Camaçari. projeto, desenvolvido pela museóloga Ângela Petitinga e pelo arquiteto Chico Mazzoni, apresenta, de forma didática e interativa, a história do Pólo até os dias atuais, incluindo as mil e uma utilidades dos seus produtos /12/ 09:23:37

4 Sudic dá exemplo positivo Redução do ICMS m novembro, o presidente da Sudic participou, como convidado, da reunião do Conselho de dministração do Cofic. Na oportunidade, foi elogiado pelo presidente do Cofic, Manoel Carnaúba, pelo trabalho de revitalização do Pólo e pelo empenho da equipe da Sudic para aplicar os primeiros R$ 5 milhões na recuperação das vias, do total da verba (R$ 10 milhões) aprovada pelo governador Jaques Wagner. Manoel Carnaúba destacou o exemplo positivo da parceria governo/iniciativa privada na execução dos trabalhos, bem como o planejamento para, quando serão aplicados os R$ 5 milhões restantes. Dilson Jatahy adiantou, por sua vez, que a Sudic irá incluir em seu orçamento verba própria para manutenção da infra-estrutura do Pólo, e ressaltou a oportunidade de trabalho conjunto com o Cofic, inclusive na preservação do nel Florestal e segurança policial. propósito da Sudic é sistematizar a manutenção da infra-estrutura do Pólo. redução da alíquota do ICMS é uma realidade. Resultado de um intenso trabalho do Cofic, em conjunto com o Governo do stado, alcançou o seu objetivo: cessar a acumulação de créditos de ICMS e reduzir de 17% para 12% essa carga tributária. devolução dos créditos acumulados ainda está pendente. Mesmo assim, houve um ganho com retorno social, afinal o complexo responde por 30% do PIB baiano e tem um faturamento anual na casa dos R$ 15 bilhões, além de gerar 35 mil empregos. contribuição em ICMS para o stado da Bahia é da ordem R$ 1 bilhão/ano. m Camaçari, o Pólo é responsável por 90% da arrecadação tributária do município, que detém a segunda maior receita de ICMS do stado, superado apenas por Salvador. Governança Pólo + 30 G arantir a implementação das ações propostas na Carta do Pólo Industrial de Camaçari é o desafio da Governança Pólo + 30, formada por lideranças do Comitê de Fomento Industrial de Camaçari (Cofic), da Secretaria de Indústria, Comércio e Mineração do stado (SICM) e Federação das Indústrias do stado da Bahia (FIB). o todo, são sete grandes projetos a serem implementados, todos muito importantes para o complexo, para o Governo e toda a sociedade que interage com o Pólo, principalmente em sua área de influência, a começar pelos modais rodoviários, ferroviários, marítimos, apenas para citar os que mais irão influenciar na segurança no transporte de cargas e pessoas, afirma o superintendente geral do Cofic, Mauro Pereira. Liderando a Governança Pólo + 30 estão representantes do Cofic (o presidente do Conselho de dministração e presidente executivo, Manoel Carnaúba, junto com o superintendente geral, Mauro Guimarães Pereira), da SICM (o Secretário Rafael moedo e o Chefe de Gabinete, ntonio Matias) e da FIB (o presidente Victor Fernando llero Ventin). Duplicação das vias de acesso D uplicar as vias de acesso na área de influência do Pólo (sistema B-093) é uma das prioridades de médio e longo prazo para melhorar a infra-estrutura e logística do Complexo Industrial. trabalho já começou e está sendo conduzido pela IFC International Finance Corporation, braço do Banco Mundial, e o BNDS. superintendente geral do Cofic, Mauro Pereira, anuncia que em breve poderemos conhecer, com razoável grau de certeza, o valor do investimento e a modelagem para a obtenção das fontes de recursos, que tudo leva a crer será concessão. previsão é que a licitação ocorra no início do segundo semestre de. Com a extensão de 194,8 Km, o sistema B 093 irá abranger importantes áreas urbanas e industriais do stado, dentre as quais Camaçari, Candeias e CI. Composto por um conjunto de 10 vias, se destacam, com previsão de duplicação, a B-093, a Via Parafuso e a Cia-eroporto. polonoticias_dezembro08-final.in4 4 9 Na prática, esse modelo de governança já vem funcionando desde o final do ano passado com o grupo de trabalho formado por técnicos de várias empresas e do governo que identificaram mais de 30 oportunidades de investimentos, que irão compor o Guia de portunidades de Investimentos, a ser editado pelo Governo da Bahia, após um processo de seleção das oportunidades identificadas. ste trabalho tem uma coordenação multidisciplinar, envolvendo a SICM, o Cofic e a FIB/IL (Instituto uvaldo Lodi), e deverá estar concluído no primeiro trimestre de. Mutirão para recuperar nel Florestal M oradores dos bairros situados no entorno do Pólo e estudantes da rede municipal plantaram, em regime de mutirão, cerca de mudas de árvores na borda externa do nel Florestal (em julho e agosto). ação integrou o programa que vem sendo conduzido pelo Cofic, Cetrel e Incecc (Instituto Corredor cológico Costa dos Coqueiros) para recuperar e conservar hectares de vegetação do anel florestal do Pólo e integrálos aos remanescentes da P Joanes/ Ipitanga e ao cológico Costa dos Coqueiros, que se estende pelo Litoral Norte da Bahia. idéia do mutirão deverá ser replicada a partir de março de, fazendo com que esse movimento se torne uma prática para a preservação ambiental. Recuperação das vias internas R ecuperar e manter a infra-estrutura na área de influencia do Pólo é prioridade de curto prazo. m parceria com o Cofic e empresas, a Sudic está finalizando, neste mês de dezembro, a primeira fase do trabalho de recuperação das vias internas. Com investimentos de R$ 5 milhões, foram priorizadas os trechos mais críticos, recuperando o asfalto, drenagem, limpeza, sinalização e outros aspectos de segurança da Via Perimetral, Via de Ligação, Rua teno, Via Frontal e Rotatórias, além de uma operação tapa-buraco bastante abrangente. Na segunda fase do trabalho, no primeiro semestre de, serão investidos mais R$ 5 milhões. trabalho vai contemplar a conclusão das demais vias do sistema viário do Pólo, mas o grande destaque para o planejamento de, segundo o superintendente do Cofic, Mauro Pereira, será a sistematização da manutenção das vias recuperadas. Vale destacar ainda a participação das empresas, a exemplo da Braskem e Monsanto na recuperação de rotatórias. Braskem está fazendo também, em paralelo, a limpeza de toda área por onde passam as tubovias e conclui, este mês, o projeto de paisagismo que promete transformar a Via teno em um cartão postal do Pólo. Fábrica de Florestas movimento para adesão da comunidade no plantio de mudas para recuperação do nel Florestal do Pólo só foi possível por conta das mudas disponibilizadas pelo projeto Fábrica de Florestas da Cetrel/Incecc, que produziu este ano mais de mil mudas de espécies da Mata tlântica. proposta da fábrica é justamente produzir, em larga escala, espécies vegetais da mata atlântica para atender à demanda crescente por mudas para plantio e recuperação ambiental não só do nel Florestal, como do Corredor cológico Costa dos Coqueiros. projeto inclui ainda ações de educação ambiental, além da elaboração de projetos de financiamento voltados para a obtenção de créditos de carbonos e mecanismos de desenvolvimento limpo /12/ 09:23:44

5 Inauguração do escritório do IM Instituto do Meio mbiente (IM, antigo CR) inaugurou em julho a Unidade Regional de Camaçari. sta 15ª unidade do Instituto no interior do estado foi implantada a partir de uma parceria com o Cofic para atuar na fiscalização ambiental em oito municípios da Região Metropolitana de Salvador e está funcionando nas instalações do Ceped. É coordenada pela geóloga Maria da Conceição Sena e conta com dois técnicos fixos, além de toda a estrutura do Instituto. Simulado geral de emergência Secretaria de Segurança Pública lançou, em julho, a peração Pólo Seguro, como embrião da futura CIPPI - Companhia Independente specializada de Policiamento do Parque Industrial. Conta com um efetivo de 57 policiais especializados em segurança industrial, que atuam de forma integrada com as unidades da Polícia Militar e Rodoviária dos municípios vizinhos. base provisória está instalada no Ceped. sede definitiva deve ser inaugurada logo no início de. Lideranças da PM, Sudic e Cofic assinam, este mês, a autorização para o início das obras de reforma da casa, que fica em frente à Uneb de Camaçari. Prevenção contra Incêndios Cofic, com o apoio da Bahia Pulp e do INCCC, promoveu treinamento para os integrantes da Defesa Civil de Camaçari, com o objetivo de criar um programa piloto de prevenção e combate a incêndio no nel Florestal que possa servir de modelo para outras áreas que integram o Corredor cológico Costa dos Coqueiros. programa envolve não apenas uma atuação especializada da Defesa Civil (a Bahia Pulp orientou tecnicamente o treinamento), como também a utilização de sistemas de comunicação (celulares e rádio) e outros recursos como motocicletas para deslocamento rápido dos brigadistas, instalação de torres de observação e câmeras. atuação da defesa civil é complementada pela fiscalização da Companhia de Polícia Florestal, da Cieppi Companhia Independente specializada de Policiamento de Parques Industriais e 12º. Batalhão de Polícia Militar de Camaçari. polonoticias_dezembro08-final.in Presidente do Cofic e vice-presidente da Braskem M ais uma vez, o simulado geral de emergência no Pólo foi um sucesso. treinamento, que tem por objetivo testar os sistemas de segurança e a funcionalidade do Plano de Contingência do Pólo (PCP), aconteceu em setembro, sem aviso prévio, e teve como cenário um possível acidente durante a movimentação de um isotanque carregado com fósforo na Monsanto. Mais de 17 mil pessoas foram mobilizadas, incluindo os trabalhadores das empresas e das contratadas, além dos profissionais da área médica e de segurança e ainda da Defesa Civil e das Polícias Militar e Rodoviária. peração Pólo Seguro Manoel Carnaúba ano de foi marcado pelas comemorações dos 30 anos de inicio de operação do Pólo Petroquímico de Camaçari, hoje Pólo Industrial de Camaçari. Para mim o marco principal destas comemorações foi a elaboração conjunta, (Cofic, Governo do stado, Prefeituras, Sindicatos e outros atores da sociedade organizada), da Carta de Camaçari, que enumera os desafios e propõe soluções para que possamos estabelecer mais 30 anos de sucesso e desenvolvimento para a nossa região.foi marcado também por uma maior aproximação entre o Cofic e o Governo da Bahia, que contribuiu para a implantação de uma serie de medidas de fundamental importância para o nosso complexo, como a instalação da Companhia de Policia specializada, a sucursal do IM, o inicio da recuperação das vias do pólo, dentre outras. spero que tenhamos condições de colocar em prática os projetos identificados, principalmente aqueles voltados para a melhoria da infraestrutura, que podem melhorar substancialmente a competitividade das empresas instaladas no Pólo. Quanto à crise tão divulgada, alguns segmentos serão afetados, principalmente aqueles voltados para as cadeias que atuam no mercado internacional. sta é mais uma razão pela qual os investimentos em infra-estrutura serão fundamentais em. Já os segmentos voltados para o mercado doméstico serão menos afetados, pois acredito que o Brasil continuará crescendo, ainda que num ritmo mais lento. Mauro Pereira Superintendente Geral do Cofic Falando das realizações pelo Cofic, foi um ano excepcional. Cofic conseguiu alcançar e superar suas metas para o ano, a começar pela realização do evento dos 30 anos do Pólo, com a entrega ao Governo do stado da Carta do Pólo Industrial de Camaçari, onde as meaças e as portunidades estão detalhadas, resultado de um trabalho conjunto com a Secretaria de Indústria, Comércio e Mineração (SICM), cujos desdobramentos para tornar efetiva a implantação dos projetos ali descritos estão em pleno andamento, através de uma Governança, onde participam o Cofic e a FIB, em conjunto com a SICM. pós 30 anos de sua implantação é a primeira vez que se trata da revitalização da infra-estrutura do Pólo de maneira estruturada, onde está havendo troca da camada de asfalto deteriorada, a drenagem está praticamente sendo reconstruída, as questões de segurança sinalização, limpeza, dentre outras, estão sendo feita criteriosamente. utro destaque é que após seis anos de tentativa, em julho, foi instalada, ainda em base provisória, a CIPPI, dando a toda a região um upgrade no que diz respeito à segurança, principalmente das cidadãs e dos cidadãos e suas famílias. Cofic se manteve na vanguarda na forma de gerir um complexo industrial, hoje modelo e exemplo para outros complexos industriais, conquistando, pela sua seriedade e competência, a liderança de processos e ocupando importantes postos nas mais diversas áreas, como parceiro da gestão pública, a exemplo das questões ambientais, relacionamento com a comunidade, coordenação de Planos e Programas de uxílio Mútuo em casos de emergência, saúde, Gerenciamento de Riscos, dentre tantas outras atividades que tornam o Complexo Industrial de Camaçari, hoje, uma vitrine, na questão da gestão. No curto prazo, a revitalização da infra-estrutura do Pólo continua sendo a grande meta, principalmente no que diz respeito à Sistematização da Manutenção. utros pontos que não poderiam deixar de serem citados, a proteção do nel Florestal e sua inclusão dentro do contexto do INCCC (Instituto Corredor cológico Costa dos Coqueiros), como parte fundamental para viabilizarmos o corredor ecológico, de Camaçari a Sauipe; a recuperação das vias de acesso ao Pólo B 093, Via Parafuso, Cia-eroporto, etc, antecipando alguma melhoria antes da implantação definitiva do chamado Sistema B 093, dentre outras importantes metas. Mas o ano de será, sem dúvida, o ano da consolidação e o ponto de partida da implantação dos projetos relacionados na Carta do Pólo Industrial de Camaçari, através da Govenança Pólo + 30, para tornar possível o crescimento e a diversificação do Pólo nestes próximos 30 anos, criando riqueza, oportunidades de emprego e inclusão social em toda a região de sua influência. 8 11/12/ 09:23:47

6 Gilmar L. Beraldo Dílson Jatahy Conselheiro do Cofic e Gerente Geral da Monsanto Nordeste Presidente da Sudic Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial ano de foi positivo para a Monsanto Nordeste, que atingiu suas metas, exercendo suas atividades com comprometimento social e ambiental. bom momento do mercado agrícola brasileiro e mundial em 2007 e contribuiu para que a fábrica de Camaçari trabalhasse em capacidade total para atender a demanda. m, mais uma vez o Brasil bateu recordes na produção de grãos. lém disso, vale destacar que nossa preocupação com melhoria de processos assegurou, mais um ano, uma produção de qualidade, segurança e cuidados ambientais. Para, a Monsanto espera poder continuar preenchendo as crescentes necessidades de alimentos e fibras, oferecendo produtos e tecnologia da mais alta qualidade. No Brasil, espera poder oferecer aos agricultores seu milho e seu algodão tolerante a herbicida, recém-aprovados pela Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio). crise mundial, no entanto, com forte impacto no preço das commodities agrícolas, com reflexos no câmbio e na escassez de crédito, nos acena com um ano em que o crescimento não deve ser tão acelerado, apesar de a Monsanto atuar em um segmento vital, que é o da ponta da cadeia da produção de alimentos. Pólo Industrial de Camaçari tornou-se o maior complexo industrial integrado do Hemisfério Sul, contando com 90 empresas implantadas nos ramos de químicas, petroquímicas e de outras atividades, como indústria automotiva, de celulose, metalurgia do cobre, têxtil, bebidas e serviços em 30 anos de operação. Neste ano de, recuperamos as vias internas do pólo, como a Perimetral, teno, Frontal e Henry Ford, as rotatórias que dão acesso ao pólo e o trecho de ligação no sentido Pólo - Dias D`Ávila com recursos liberados pelo Governo do stado na ordem de R$ 10 milhões, que serão utilizados até. Foram realizadas obras de pavimentação asfáltica, capinagem, roçagem, limpeza dos acostamentos, sinalização e descida d água, assentamento, pintura de meio-fio e operação tapa-buraco. stão também sendo implantadas duas termelétricas com previsão de funcionamento para, que vão gerar 300 empregos diretos e mais cinco novas empresas nos ramos de química, petroquímica e alimentos, que irão originar 700 novos empregos diretos até o final de. m, juntamente com o Governo do stado, daremos continuidade à reativação de outras empresas e a captação de novos investimentos, proporcionando também melhores condições para instalações desses empreendimentos no Pólo Industrial de Camaçari, a exemplo das atuais condições geográficas favoráveis, logística, terrenos infra-estruturados a custo subsidiados e toda assessoria técnica empresarial necessária até a instalação final da empresa. Jerônimo Couto Conselheiro do Conselho Comunitário do Pólo polonoticias_dezembro08-final.in ntonio Matias e Floro Freire Chefe de Gabinete (foto) e ssessor especial, respectivamente, da Secretaria da Indústria, Comércio e Mineração do stado da Bahia/ Presidente do Cofic e vice-presidente da Braskem m, podemos registrar tanto investimentos de diversas indústrias, a exemplo da xiteno, e também do Governo, como os feitos pela Sudic na recuperação das vias de acesso ao Pólo. ssim, em o stado cumpriu o compromisso com melhoria de infraestrutura, a exemplo do que foi feito na Continental (com a obra na via tlântica) e na Coderbrás (galpão cedido pela Sudic). Mas muito mais importante que os investimentos foi a tomada de consciência que aconteceu neste ano. Foi criado pelo Cofic, SICM e Fieb a genda mpresarial Positiva com o objetivo de mapear, discutir e propor ações para um maior desenvolvimento do Pólo. ntre as áreas levantadas como prioritárias destacam-se: assuntos fiscais e créditos de ICMS, infra-estrutura e logística, formação de mão-de-obra, revisão do Plano Diretor do Pólo e expansão e diversificação industrial. Governo do stado elaborou uma plataforma comum que visa melhorias em infra-estrutura, além de oportunidades para novos investimentos, como o pacote de incentivos celera Bahia, que prevê redução da carga tributária da nafta e dos demais produtos petroquímicos. Mesmo com a crise, as empresas continuam anunciando seus investimentos no Pólo. Nenhuma cancelou os investimentos previstos, pelo contrário. sta semana, por exemplo, em meio à crise, assinamos protocolos com empresas que irão se instalar no Pólo e continuamos tratando com outras que devem assinar os protocolos no início de. Novos investimentos estão confirmados. Mais importante, porém, do que simplesmente atrair indústrias para o Pólo, é dar prosseguimento aos trabalhos que foram iniciados em. Pois é com solução dos problemas detectados neste ano que o Pólo poderá se consolidar e se fortalecer cada vez mais, colocando a Bahia entre as regiões mais competitivas do país. Djalma Machado Secretário da Indústria e Comércio de Camaçari veio consolidar a aliança entre as empresas do Pólo, os municípios vizinhos, especialmente Camaçari e Dias D Ávila, e o Governo do stado. Durante este ano discutimos vários temas e construímos juntos propostas para os próximos 30 anos do Pólo. município de Camaçari teve uma participação ativa nessas discussões. Prefeitura e a Secretaria estreitaram ainda mais os laços com o Cofic para pensar o futuro do Pólo junto com as empresas, sempre na perspectiva da sustentabilidade do município. Um marco muito importante foi a instalação do Memorial do Pólo um referencial sobre o Pólo e sua história. Destaco também a implantação da Polícia Industrial, que além de apoio às empresas, é também um referencial para o município. Nossa avaliação é positiva. No Conselho Comunitário, o compromisso dos seus membros, dentro dos padrões estabelecidos no protocolo de funcionamento do Conselho, assim como as ações propostas, contribuíram para a melhoria constante da relação das empresas e comunidades do entorno, sendo o Cofic o pêndulo para que essa convivência se mantenha no mais alto padrão de respeito e confiança. s investimentos da ordem de US$ 4,2 milhões consolidam a posição das empresas em apostar na sustentabilidade do Pólo. spero que a crise mundial não venha inibir os investimentos. credito que o país está crescendo e as indústrias precisam se consolidar e fazer ampliações para impulsionar o desenvolvimento. previsão dos estudos do Pólo de contratação de cerca de técnicos nos próximos cinco anos é positiva. Já implantamos o Cefet no município, estamos ampliando com novos cursos e vamos construir a sede. Queremos capacitar a juventude para esses novos quadros. Tenho a certeza de que tudo que foi trabalhado junto com as empresas do Pólo, através do Cofic, foi com muita determinação e responsabilidade. stamos acompanhando passo-a- passo as ações propostas na carta entregue ao Presidente Lula e ao Governador Wagner por ocasião das comemorações dos 30 anos do Pólo. Considerando a relação que o Cofic mantém com a Prefeitura de Camaçari, esperamos que os próximos 30 anos venham pautados na sustentabilidade e respeito ao meio ambiente stamos otimistas para, porém, acreditamos que enfrentaremos dificuldades em função da crise econômica mundial. Como os indicativos do Brasil ainda são favoráveis dada sua estabilidade, teremos que esperar a conclusão dos planos de ação das empresas para que possamos estabelecer metas exeqüíveis, principalmente por termos pela frente o programa tuação Responsável (R) no seu novo formato, demandando mais dedicação e compromisso dos empresários. Nós acreditamos no R, pois é um programa que demonstra uma nova fase da Industria Química no Brasil para que o patamar de melhor imagem perante a sociedade e qualidade da relação seja cada dia melhor, pois, só assim, vamos ver, verdadeiramente, saúde,segurança, meio ambiente, sustentabilidade e responsabilidade social, passarem a ser uma premissa de todos. 6 11/12/ 09:23:51

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 3 } 1. INTRODUÇÃO: PARQUE TECNOLÓGICO CAPITAL DIGITAL - PTCD Principal polo de desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação do Distrito Federal, o PTCD

Leia mais

Estudos e projetos para o Oceanário de Salvador. Categoria Valorização e gestão de atrativos turísticos e criação de novos produtos

Estudos e projetos para o Oceanário de Salvador. Categoria Valorização e gestão de atrativos turísticos e criação de novos produtos Componente 1 Título da Ação Estratégia de Produto Turístico Item 1.4 Objetivos Estudos e projetos para o Oceanário de Salvador Categoria Valorização e gestão de atrativos turísticos e criação de novos

Leia mais

A ESTRELA QUE QUEREMOS. Planejamento Estratégico de Estrela

A ESTRELA QUE QUEREMOS. Planejamento Estratégico de Estrela Planejamento Estratégico de Estrela 2015 2035 O planejamento não é uma tentativa de predizer o que vai acontecer. O planejamento é um instrumento para raciocinar agora, sobre que trabalhos e ações serão

Leia mais

10 ANOS DO PROGRAMA COMUNITÁRIO PETROBRAS/REVAP.

10 ANOS DO PROGRAMA COMUNITÁRIO PETROBRAS/REVAP. POP: Prêmio Nacional de Relações Públicas Categoria: Relações Públicas e Responsabilidade Social Profissional: Aislan Ribeiro Greca Empresa: Petrobras 10 ANOS DO PROGRAMA COMUNITÁRIO PETROBRAS/REVAP. 2008

Leia mais

O sucesso da política depende do forte comprometimento de cada um dos envolvidos no processo, de governo e empresas até consumidores.

O sucesso da política depende do forte comprometimento de cada um dos envolvidos no processo, de governo e empresas até consumidores. ECONOMIA - 19/08/14 BRIEFING DE POSICIONAMENTO SOBRE A POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS 1. CONTEXTO Posicionamento geral para quaisquer entrevistas realizadas no âmbito da terceira edição do projeto

Leia mais

Gerenciamento de Riscos

Gerenciamento de Riscos Gerenciamento de Riscos Introdução Crescimento industrial das últimas décadas Industrias maiores e mais complexas Acidentes industriais Investir na prevenção Histórico Engenharia de Confiabilidade - Análise

Leia mais

2013 Inventta Todos os direitos reservados.

2013 Inventta Todos os direitos reservados. Agenda Quem Somos Gerindo a Inovação nas Empresas Estímulos Governamentais à Inovação Resultados da pesquisa FDC/Inventta Conclusões O GRUPO A Inventta é uma consultoria especializada em gestão da inovação,

Leia mais

Carta da Indústria 2014 (PDF 389) (http://arquivos.portaldaindustria.com.br/app/conteudo_18/2013/06/06/481/cartadaindstria_2.pdf)

Carta da Indústria 2014 (PDF 389) (http://arquivos.portaldaindustria.com.br/app/conteudo_18/2013/06/06/481/cartadaindstria_2.pdf) www.cni.org.br http://www.portaldaindustria.com.br/cni/iniciativas/eventos/enai/2013/06/1,2374/memoria-enai.html Memória Enai O Encontro Nacional da Indústria ENAI é realizado anualmente pela CNI desde

Leia mais

ConstruBusiness - Rumo a 2022

ConstruBusiness - Rumo a 2022 ConstruBusiness - Rumo a 2022 EXPRESS ANO 1/12 Nº44 DEZ/12 CONSTRUBUSINESS 2012 10º CONGRESSO BRASILEIRO DA CONSTRUÇÃO Em sua 10ª edição, o Construbusiness elaborou o programa Compete Brasil, com soluções

Leia mais

Caracterização de Feira de Santana

Caracterização de Feira de Santana Caracterização de Feira de Santana! O município representa a maior concentração urbana do interior do Nordeste brasileiro, considerando as cidades fora das regiões metropolitanas das capitais.! Em sua

Leia mais

As ações do Pacto serão delineadas de acordo com as seguintes prioridades:

As ações do Pacto serão delineadas de acordo com as seguintes prioridades: Finalidade A conservação da biodiversidade e de demais atributos da Mata Atlântica depende de um conjunto articulado de estratégias, incluindo a criação e a implantação de Unidades de Conservação, Mosaicos

Leia mais

Centro Cultural e de Exposições de Maceió

Centro Cultural e de Exposições de Maceió Centro Cultural e de Exposições de Maceió Descrição Administrar, explorar comercialmente e desenvolver eventos culturais, de lazer e de negócios no Centro Cultural e de Exposições de Maceió, localizado

Leia mais

Fortaleza, 4 de novembro de 2013.

Fortaleza, 4 de novembro de 2013. Fortaleza, 4 de novembro de 2013. Discurso do Ministro Alexandre Tombini, Presidente do Banco Central do Brasil, no V Fórum Banco Central sobre Inclusão Financeira Senhoras e senhores, boa tarde a todos.

Leia mais

PLANO DE GOVERNO 2015-2018 EXPEDITO JÚNIOR....o futuro pode ser melhorado por uma intervenção ativa no presente. Russel Ackoff

PLANO DE GOVERNO 2015-2018 EXPEDITO JÚNIOR....o futuro pode ser melhorado por uma intervenção ativa no presente. Russel Ackoff PLANO DE GOVERNO 2015-2018 EXPEDITO JÚNIOR...o futuro pode ser melhorado por uma intervenção ativa no presente. Russel Ackoff Julho/2014 0 APRESENTAÇÃO Se fôssemos traduzir o Plano de Governo 2015-2018

Leia mais

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global

Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Copersucar completa 50 anos de liderança em açúcar e etanol com planos para aumentar ainda mais sua atuação global Exportações de açúcar da empresa devem aumentar 86% na safra 2009/2010 A Copersucar completa

Leia mais

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Este guia pretende nortear os Grupos Escoteiros do Brasil a desenvolverem um

Leia mais

EXECUÇÃO DE PROGRAMAS ESTRATÉGICOS

EXECUÇÃO DE PROGRAMAS ESTRATÉGICOS EXECUÇÃO DE PROGRAMAS ESTRATÉGICOS 6º FÓRUM NACIONAL DE ESTRATÉGIA NA PRÁTICA & GESTÃO POR PROCESSOS Conteúdo da Apresentação Modelo de Gestão de Porto Alegre Alinhamento Planejamento Estratégico e Orçamento

Leia mais

Sindicato da Indústria de Calçados, Componentes para Calçados de Três Coroas

Sindicato da Indústria de Calçados, Componentes para Calçados de Três Coroas Sindicato da Indústria de Calçados, Componentes para Calçados de Três Coroas Responsável pelo Projeto: Sindicato da Indústria de Calçados, Componentes para Calçados de Três Coroas. 2015 CONCEITOS DE SUSTENTABILIDADE

Leia mais

O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE)

O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE) O que é o Plano de Mobilização Social Pela Educação (PMSE) É o chamado do Ministério da Educação (MEC) à sociedade para o trabalho voluntário de mobilização das famílias e da comunidade pela melhoria da

Leia mais

PAC Programa de Aceleração do Crescimento. Retomada do planejamento no país. Marcel Olivi

PAC Programa de Aceleração do Crescimento. Retomada do planejamento no país. Marcel Olivi PAC Programa de Aceleração do Crescimento Retomada do planejamento no país Marcel Olivi PAC PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO Lançado em 22/01/2007 o programa é constituído por Medidas de estímulo

Leia mais

O Polo de Informática de Ilhéus e a atuação da Associação das Indústrias de Eletroeletrônicos, Telecomunicações e Informática do Polo de Ilhéus

O Polo de Informática de Ilhéus e a atuação da Associação das Indústrias de Eletroeletrônicos, Telecomunicações e Informática do Polo de Ilhéus O Polo de Informática de Ilhéus e a atuação da Associação das Indústrias de Eletroeletrônicos, Telecomunicações e Informática do Polo de Ilhéus Christian Villela Dunce Presidente da Assipi Salvador, 23

Leia mais

PLANO DE DIRETRIZES E METAS DA AMOSC 2015

PLANO DE DIRETRIZES E METAS DA AMOSC 2015 PLANO DE DIRETRIZES E METAS DA AMOSC 2015 DIRETORIA EXECUTIVA/SECRETARIA EXECUTIVA Anexo 6 EIXOS DE ATUAÇÃO Representação Política Desenvolvimento Regional Assessoria Técnica Capacitação Processos Internos

Leia mais

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Outubro 2009 Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Sustentabilidade Articulação Ampliação dos limites Sistematização Elementos do Novo Modelo Incubação

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO PROGRAMAÇÃO DO EVENTO Dia 08/08 // 09h00 12h00 PLENÁRIA Nova economia: includente, verde e responsável Nesta plenária faremos uma ampla abordagem dos temas que serão discutidos ao longo de toda a conferência.

Leia mais

BENEFÍCIOS DA PARTICIPAÇÃO NO ACORDO INTERNATIONAL DO CAFÉ DE 2007

BENEFÍCIOS DA PARTICIPAÇÃO NO ACORDO INTERNATIONAL DO CAFÉ DE 2007 BENEFÍCIOS DA PARTICIPAÇÃO NO ACORDO INTERNATIONAL DO CAFÉ DE 2007 O Acordo Internacional do Café (AIC) de 2007 é um instrumento chave para a cooperação internacional em matéria de café, e participar dele

Leia mais

S O C I O A M B I E N TA L

S O C I O A M B I E N TA L Apresentação Todas as ações desenvolvidas pelo Banrisul estão comprometidas em preservar o meio ambiente, seja no momento de realizar um contrato de financiamento agrícola, investimento em projeto, seja

Leia mais

MOVIMENTO LONDRINA CRIATIVA

MOVIMENTO LONDRINA CRIATIVA MOVIMENTO LONDRINA CRIATIVA Mostra Local de: Londrina Categoria do projeto: I Projetos em Implantação (projetos que estão em fase inicial) Nome da Instituição/Empresa: "Profissional Autonoma Abril 2009

Leia mais

Avaliação de Políticas Públicas (Resolução nº 44, de 2013)

Avaliação de Políticas Públicas (Resolução nº 44, de 2013) Avaliação de Políticas Públicas (Resolução nº 44, de 2013) Presidente: SENADOR CRISTOVAM BUARQUE Vice-Presidente: SENADOR HÉLIO JOSÉ Relator: SENADOR OMAR AZIZ Proposta de Plano de Trabalho Avaliação de

Leia mais

Brasil em Ação (Investimentos Básicos para o Desenvolvimento)

Brasil em Ação (Investimentos Básicos para o Desenvolvimento) Brasil em Ação (Investimentos Básicos para o Desenvolvimento) Nos dois últimos anos, vimos construindo as bases de um crescimento sustentável e socialmente benéfico para a grande maioria dos brasileiros.

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2008/2011. Fórum das Agências Reguladoras Intercâmbio Interno de Experiências em Planejamento e Gestão Abril/2009.

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2008/2011. Fórum das Agências Reguladoras Intercâmbio Interno de Experiências em Planejamento e Gestão Abril/2009. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO 2008/2011 Fórum das Agências Reguladoras Intercâmbio Interno de Experiências em Planejamento e Gestão Abril/2009. Premissas para a Construção do Planejamento Estratégico Início

Leia mais

Iniciativas Futuro Verde" do Japão

Iniciativas Futuro Verde do Japão 1. Compreensão Básica Iniciativas Futuro Verde" do Japão 1. Nas condições atuais, em que o mundo está enfrentando diversos problemas, como o crescimento populacional, a urbanização desordenadas, a perda

Leia mais

Brasília, 9 de maio de 2012

Brasília, 9 de maio de 2012 Brasília, 9 de maio de 2012 Discurso do presidente Alexandre Tombini em evento no Sebrae para lançamento do Plano de Ação para Fortalecimento do Ambiente Institucional para a Adequada Inclusão Financeira

Leia mais

EIXO 4 PLANEJAMENTO E GESTÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA. D 4.7 Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas (20h) (Aula 3: Monitoramento do PAC)

EIXO 4 PLANEJAMENTO E GESTÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA. D 4.7 Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas (20h) (Aula 3: Monitoramento do PAC) EIXO 4 PLANEJAMENTO E GESTÃO ORÇAMENTÁRIA E FINANCEIRA D 4.7 Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas (20h) (Aula 3: Monitoramento do PAC) Professor: Pedro Antônio Bertone Ataíde 23 a 27 de março

Leia mais

O passo a passo da participação popular Metodologia e diretrizes

O passo a passo da participação popular Metodologia e diretrizes O passo a passo da participação popular Metodologia e diretrizes Com o objetivo de garantir a presença da população na construção e no planejamento de políticas públicas, o Governo de Minas Gerais instituiu

Leia mais

CONSELHO TEMÁTICO DA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA

CONSELHO TEMÁTICO DA MICRO, PEQUENA E MÉDIA INDÚSTRIA ASSUNTOS TRATADOS Cartilha sobre produtos e serviços bancários para Micro e Pequenos Empresários Apresentação dos cases de sucesso e fracasso no setor da Construção Civil Notícias sobre o Fórum Permanente

Leia mais

Fomento à Inovação e Negócios em Ciências da Vida em Belo Horizonte

Fomento à Inovação e Negócios em Ciências da Vida em Belo Horizonte Fomento à Inovação e Negócios em Ciências da Vida em Belo Horizonte Atração de Investimentos, Promoção Comercial e Projeção Internacional Eduardo Bernis Secretaria Municipal de Desenvolvimento Belo Horizonte

Leia mais

PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO. Programa de Educação Ambiental Interno

PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO. Programa de Educação Ambiental Interno PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO Programa de Educação Ambiental Interno Condicionante 57 LO 417/2010 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO 04 2. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA 05 3. REGULAMENTO APLICÁVEL 06 3.1. FEDERAL

Leia mais

PROGRAMA DE PROSPECÇÃO E RESGATE ARQUEOLÓGICO

PROGRAMA DE PROSPECÇÃO E RESGATE ARQUEOLÓGICO PROGRAMA DE PROSPECÇÃO E RESGATE ARQUEOLÓGICO O Programa de Prospecção e Resgate Arqueológico da CSP visa atender aos requisitos legais de licenciamento ambiental, identificar e preservar o patrimônio

Leia mais

III-053 - PET PÓS-CONSUMO: UMA PROPOSTA DE INCLUSÃO SOCIAL

III-053 - PET PÓS-CONSUMO: UMA PROPOSTA DE INCLUSÃO SOCIAL 22º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental 14 a 19 de Setembro 2003 - Joinville - Santa Catarina III-053 - PET PÓS-CONSUMO: UMA PROPOSTA DE INCLUSÃO SOCIAL Maria de Fátima Nunesmaia(1)

Leia mais

Nos trilhos do progresso

Nos trilhos do progresso Nos trilhos do progresso brasil: polo internacional de investimentos e negócios. Um gigante. O quinto maior país do mundo em extensão e população e o maior da América Latina, onde se destaca como a economia

Leia mais

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido

Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Ensino Vocacional, Técnico e Tecnológico no Reino Unido Apoiar a empregabilidade pela melhora da qualidade do ensino profissionalizante UK Skills Seminar Series 2014 15 British Council UK Skills Seminar

Leia mais

SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras. Eduarda Ramires Silveira. Evelyn Victória Cardoso Lopes. Mel Suzane Santos Marques. Voluntários

SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras. Eduarda Ramires Silveira. Evelyn Victória Cardoso Lopes. Mel Suzane Santos Marques. Voluntários SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras Eduarda Ramires Silveira Evelyn Victória Cardoso Lopes Mel Suzane Santos Marques Voluntários Joyce Thaís Mendes Alves Sílvia Rocha Pena Rodrigues Luíza Almeida Dias de Carvalho

Leia mais

Página 1 de 19 Data 04/03/2014 Hora 09:11:49 Modelo Cerne 1.1 Sensibilização e Prospecção Envolve a manutenção de um processo sistematizado e contínuo para a sensibilização da comunidade quanto ao empreendedorismo

Leia mais

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Tocantins decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 1.374, DE 08 DE ABRIL DE 2003. Publicado no Diário Oficial nº 1.425. Dispõe sobre a Política Estadual de Educação Ambiental e adota outras providências. O Governador do Estado do Tocantins Faço

Leia mais

AGENDA. Impacto na Região Linhas Estratégicas

AGENDA. Impacto na Região Linhas Estratégicas AGENDA Como Surgiu Situação Atual Variáveis Importantes Governança Conquistas Impacto na Região Linhas Estratégicas Rodrigo Fernandes Coordenador Executivo da COMTEC Como Surgiu A T.I. surgiu para prover

Leia mais

DECRETO Nº. 8.699, DE 14 DE ABRIL DE 2009. A PREFEITA MUNICIPAL DO NATAL, no uso de suas atribuições legais e,

DECRETO Nº. 8.699, DE 14 DE ABRIL DE 2009. A PREFEITA MUNICIPAL DO NATAL, no uso de suas atribuições legais e, DECRETO Nº. 8.699, DE 14 DE ABRIL DE 2009. Regulamenta a Lei nº. 5.915 de 07 de abril de 2009, que estabelece parceria para adoção de Áreas Verdes Públicas, no Município de Natal. A PREFEITA MUNICIPAL

Leia mais

Análise dos investimentos industriais previstos para a Bahia por Territórios de Identidade e setores de atividade econômica entre 2008 e 2012

Análise dos investimentos industriais previstos para a Bahia por Territórios de Identidade e setores de atividade econômica entre 2008 e 2012 ARTIGOS Análise dos investimentos industriais previstos para a Bahia por Territórios de Identidade e setores de atividade econômica entre 2008 e 2012 Fabiana Karine S. Andrade* Os investimentos industriais

Leia mais

1 - CONTEXTO O Projeto Corredores Ecológicos, componente do Programa Piloto para a Proteção das Florestas Tropicais Brasileiras tem como principal

1 - CONTEXTO O Projeto Corredores Ecológicos, componente do Programa Piloto para a Proteção das Florestas Tropicais Brasileiras tem como principal MINISTÉRIO DO MEIO AMBENTE SECRETARIA EXECUTIVA PROGRAMA PILOTO PARA A PROTEÇÃO DAS FLORESTAS TROPICAIS BRASILEIRAS PROJETO CORREDORES ECOLÓGICOS SUB PROJETO CONSOLIDAÇÃO DA CADEIA PRODUTIVA DOS ÓLEOS

Leia mais

PROJETO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Resumo das ações Janeiro a Agosto de 2014

PROJETO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Resumo das ações Janeiro a Agosto de 2014 PROJETO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Resumo das ações Janeiro a Agosto de 2014 Educadora Ambiental: Manuelita Stucchi Equipe Aquerê Ambiental - Associação Aquerê Coordenação: Priscilla Valentim Apoio: APEMA Associação

Leia mais

mudanças qualitativas radicais na vida econômica, social e política das nações.

mudanças qualitativas radicais na vida econômica, social e política das nações. PRONUNCIAMENTO DO MINISTRO EDUARDO CAMPOS NA SOLENIDADE DE INSTALAÇÃO DA III ASSEMBLÉIA GERAL DA ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DE PARLAMENTARES PARA A TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (IPAIT), NA CÂMARA DOS DEPUTADOS,

Leia mais

Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica

Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica Rogério Reis Paraná se destaca no cenário brasileiro de sistemas de segurança eletrônica CRESCIMENTO ECONÔMICO DA REGIÃO SUL IMPULSIONA MERCADO PARANAENSE POR ADRIANE DO VALE redacao@cipanet.com.br FOTOS

Leia mais

Clipping, Segunda-feira, 04 de Janeiro de 2010 Jornal do Commercio PE (28/12/09) - online Porto Gente (04/01/10) online

Clipping, Segunda-feira, 04 de Janeiro de 2010 Jornal do Commercio PE (28/12/09) - online Porto Gente (04/01/10) online Clipping, Segunda-feira, 04 de Janeiro de 2010 Jornal do Commercio PE (28/12/09) - online Porto Gente (04/01/10) online Pernambuco Na indústria, mais demanda por trabalho Texto publicado em 28 de Dezembro

Leia mais

Atuando com responsabilidade para. colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos

Atuando com responsabilidade para. colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos Atuando com responsabilidade para colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos Compromisso com um futuro melhor. Com o nosso trabalho, somos parte da solução para uma agricultura mais sustentável.

Leia mais

AULA 5 SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL. Professor: ALAN Coordenador: Prof. LAÉRCIO

AULA 5 SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL. Professor: ALAN Coordenador: Prof. LAÉRCIO 1 Professor: ALAN Coordenador: Prof. LAÉRCIO 1 2 Reconheça o que está ao alcance dos seus olhos, e o que está oculto tornar-se-á claro para você. Jesus de Nazaré 2 3 1. Citar as principais contribuições

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

FOCOS DE ATUAÇÃO. Tema 8. Expansão da base industrial

FOCOS DE ATUAÇÃO. Tema 8. Expansão da base industrial FOCOS DE ATUAÇÃO Tema 8. Expansão da base industrial Para crescer, a indústria capixaba tem um foco de atuação que pode lhe garantir um futuro promissor: fortalecer as micro, pequenas e médias indústrias,

Leia mais

BRICS Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul

BRICS Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul MECANISMOS INTER-REGIONAIS BRICS Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul O que faz o BRICS? Desde a sua criação, o BRICS tem expandido suas atividades em duas principais vertentes: (i) a coordenação

Leia mais

Plataforma Ambiental para o Brasil

Plataforma Ambiental para o Brasil Plataforma Ambiental para o Brasil A Plataforma Ambiental para o Brasil é uma iniciativa da Fundação SOS Mata Atlântica e traz os princípios básicos e alguns dos temas que deverão ser enfrentados na próxima

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa RESOLUÇÃO DE MESA N.º 806/2007. (publicada no DOE nº 236, de 13 de dezembro de 2007) Dispõe sobre o Programa de Gerenciamento

Leia mais

Prefeitura Municipal de Jaboticabal

Prefeitura Municipal de Jaboticabal LEI Nº 4.715, DE 22 DE SETEMBRO DE 2015 Institui a Política Municipal de estímulo à produção e ao consumo sustentáveis. RAUL JOSÉ SILVA GIRIO, Prefeito Municipal de Jaboticabal, Estado de São Paulo, no

Leia mais

Usina Hidrelétrica de Belo Monte

Usina Hidrelétrica de Belo Monte Usina Hidrelétrica de Belo Monte PA Ao dar continuidade ao maior programa de infraestrutura do Brasil desde a redemocratização, o Governo Federal assumiu o compromisso de implantar um novo modelo de desenvolvimento

Leia mais

Pira 21 Piracicaba Realizando o Futuro

Pira 21 Piracicaba Realizando o Futuro Pira 21 Piracicaba Realizando o Futuro AGENDA 21 DE PIRACICABA E SUA RELAÇÃO COM O PLANO DIRETOR Revisão dos Planos Diretores - 09/10/2013 Pauta: Apresentação da Oscip Pira 21 O que é a OSCIP Pira 21?

Leia mais

REGULAMENTO DA POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS DECRETO 7.404, DE 23.12.2010

REGULAMENTO DA POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS DECRETO 7.404, DE 23.12.2010 REGULAMENTO DA POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS DECRETO 7.404, DE 23.12.2010 I - Dos objetivos do Decreto Quase cinco meses após a publicação da lei 12.305/10, que instituiu a chamada Política Nacional

Leia mais

Como o CERNE foi construído?

Como o CERNE foi construído? Por que CERNE? O movimento brasileiro de incubadoras vem crescendo a uma taxa expressiva nos últimos dez anos, alcançando uma média superior a 25% ao ano. Atualmente, as incubadoras brasileiras apóiam

Leia mais

Rede de Responsabilidade Social Empresarial pela Sustentabilidade

Rede de Responsabilidade Social Empresarial pela Sustentabilidade Rede de Responsabilidade Social Empresarial pela Sustentabilidade Existe a compreensão evidente por parte das lideranças empresariais, agentes de mercado e outros formadores de opinião do setor privado

Leia mais

CONFERÊNCIA DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO CAPÍTULO 30 FORTALECIMENTO DO PAPEL DO COMÉRCIO E DA INDÚSTRIA INTRODUÇÃO

CONFERÊNCIA DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO CAPÍTULO 30 FORTALECIMENTO DO PAPEL DO COMÉRCIO E DA INDÚSTRIA INTRODUÇÃO CONFERÊNCIA DAS NAÇÕES UNIDAS SOBRE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO CAPÍTULO 30 FORTALECIMENTO DO PAPEL DO COMÉRCIO E DA INDÚSTRIA INTRODUÇÃO 30.1. O comércio e a indústria, inclusive as empresas transnacionais,

Leia mais

Metas e Linhas de Ação do CRESESB

Metas e Linhas de Ação do CRESESB Metas e Linhas de Ação do CRESESB Missão do CRESESB Promover o desenvolvimento das energias solar e eólica através da difusão de conhecimentos, da ampliação do diálogo entre as entidades envolvidas e do

Leia mais

Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil

Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil Nota de Imprensa Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil Presidente mundial do Banco Santander apresenta em São Paulo o Plano Estratégico 2008-2010 para o A integração

Leia mais

RECURSOS HÍDRICOS URBANOS - PROPOSTA DE UM MODELO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO INTEGRADA E PARTICIPATIVA NO MUNICÍPIO DE MANAUS - AM.

RECURSOS HÍDRICOS URBANOS - PROPOSTA DE UM MODELO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO INTEGRADA E PARTICIPATIVA NO MUNICÍPIO DE MANAUS - AM. RECURSOS HÍDRICOS URBANOS - PROPOSTA DE UM MODELO DE PLANEJAMENTO E GESTÃO INTEGRADA E PARTICIPATIVA NO MUNICÍPIO DE MANAUS - AM. Andréa Viviana Waichman* João Tito Borges** INTRODUÇÃO Nas últimas décadas

Leia mais

Nordeste atrai novos investimentos em celulose

Nordeste atrai novos investimentos em celulose Reportagem de Capa Agência Vale Nordeste atrai novos investimentos em celulose O PAPEL - Março 2010 O sul da Bahia já tem exemplos de sucesso, como as fábricas da Veracel e da Suzano. Agora, os Estados

Leia mais

ÓRGÃO: 14000 - SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO-AMBIENTE PROGRAMA DE TRABALHO

ÓRGÃO: 14000 - SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO-AMBIENTE PROGRAMA DE TRABALHO PLANO PLURIANUAL 2010-2013 CÓDIGO ESPECIFICAÇÃO - FUNCIONAL PROGRAMÁTICA 18000000 GESTÃO AMBIENTAL 18542000 CONTROLE AMBIENTAL 18542010 PROGRAMA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE 185420102.074 COORDENAÇÃO DOS

Leia mais

PGQP. Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade. Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade

PGQP. Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade. Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade PGQP Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade Qualidade Gestão Inovação Competitividade Sustentabilidade visão das lideranças A Excelência de qualquer organização depende da sinergia entre três fatores:

Leia mais

Plano de Fiscalização de Unidades de Conservação - SIM

Plano de Fiscalização de Unidades de Conservação - SIM Plano de Fiscalização de Unidades de Conservação - SIM Formação Socioambiental 3º Encontro Planejando intervenções Polo 6 P.E. Serra do Mar Núcleo Caraguatatuba Algo que pode provocar ou, também, inspirar...

Leia mais

ICC 114 8. 10 março 2015 Original: inglês. Conselho Internacional do Café 114. a sessão 2 6 março 2015 Londres, Reino Unido

ICC 114 8. 10 março 2015 Original: inglês. Conselho Internacional do Café 114. a sessão 2 6 março 2015 Londres, Reino Unido ICC 114 8 10 março 2015 Original: inglês P Conselho Internacional do Café 114. a sessão 2 6 março 2015 Londres, Reino Unido Memorando de Entendimento entre a Organização Internacional do Café, a Associação

Leia mais

R E G U L A M E N T O 2016

R E G U L A M E N T O 2016 R E G U L A M E N T O 2016 www.asmaiseticasdobrasil.org.br Iniciativa e Realização www.eticanosnegocios.org.br R E G U L A M E N T O INICIATIVA E REALIZAÇÃO A iniciativa e realização desta iniciativa é

Leia mais

ANEXO III Resolução 1 da Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima. Contribuição da Atividade de Projeto para o Desenvolvimento Sustentável

ANEXO III Resolução 1 da Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima. Contribuição da Atividade de Projeto para o Desenvolvimento Sustentável ANEXO III Resolução 1 da Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima Contribuição da Atividade de Projeto para o Desenvolvimento Sustentável Projeto: Geração de eletricidade a partir de fontes

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

#ElesPorElas. Movimento ElesPorElas (HeForShe) de Solidariedade da ONU Mulheres pela Igualdade de Gênero Impactando Universidades

#ElesPorElas. Movimento ElesPorElas (HeForShe) de Solidariedade da ONU Mulheres pela Igualdade de Gênero Impactando Universidades #ElesPorElas Movimento ElesPorElas (HeForShe) de Solidariedade da ONU Mulheres pela Igualdade de Gênero Impactando Universidades ElesPorElas Criado pela ONU Mulheres, a Entidade das Nações Unidas para

Leia mais

PROCERRADO PROJETO DE REDUÇÃO DO DESMATAMENTO E DAS QUEIMADAS NO CERRADO DO PIAUÍ TERMO DE REFERÊNCIA

PROCERRADO PROJETO DE REDUÇÃO DO DESMATAMENTO E DAS QUEIMADAS NO CERRADO DO PIAUÍ TERMO DE REFERÊNCIA PROCERRADO PROJETO DE REDUÇÃO DO DESMATAMENTO E DAS QUEIMADAS NO CERRADO DO PIAUÍ Acordo de Doação Nº TF016192 TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE CONSULTORIA INDIVIDUAL DE LONGO

Leia mais

Plano de Trabalho e Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras

Plano de Trabalho e Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras Plano de Trabalho e Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras 1. Introdução O Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras foi idealizado pelo Conselho Gestor da Escola,

Leia mais

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE LEI Nº N 12.305/2010 DECRETO Nº N 7.404/2010

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE LEI Nº N 12.305/2010 DECRETO Nº N 7.404/2010 MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOSS LEI Nº N 12.305/2010 DECRETO Nº N 7.404/2010 TRAMITAÇÃO DA PNRS 1989 Projeto de Lei Nº N 354/89 do Senado 1991 Projeto de Lei Nº N 203/91

Leia mais

Superintendência de Desenvolvimento Industrial Setembro, 2011

Superintendência de Desenvolvimento Industrial Setembro, 2011 Integração de Cadeias Produtivas Superintendência de Desenvolvimento Industrial Setembro, 2011 Agenda 1. Crescimento do Mercado Consumidor e Ascensão da Classe Média 1. Áreas de Investimento e Adensamento

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO PROJETO PÚBLICO ALVO

APRESENTAÇÃO DO PROJETO PÚBLICO ALVO SUMÁRIO 4 APRESENTAÇÃO DO PROJETO 6 JUSTIFICATIVA 7 OBJETIVOS 7 PÚBLICO ALVO 8 HISTÓRICO DO EVENTO 12 EMPRESAS E INSTITUIÇÕES PARCEIRAS APRESENTAÇÃO DO PROJETO Foto 1: Vista aérea do evento A Expoarroz

Leia mais

José Carlos de Oliveira Lima recebe homenagem especial da Fundação Vanzolini por sua atuação em prol da construção sustentável

José Carlos de Oliveira Lima recebe homenagem especial da Fundação Vanzolini por sua atuação em prol da construção sustentável José Carlos de Oliveira Lima recebe homenagem especial da Fundação Vanzolini por sua atuação em prol da construção sustentável Placa de reconhecimento foi entregue ao engenheiro durante a Conferência Aqua,

Leia mais

PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS SOLIDOS URBANOS

PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS SOLIDOS URBANOS PREFEITURA MUNICIPAL DE TUCURUÍ PARÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE DE TUCURUÍ SEMMA / TUCURUÍ PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS SOLIDOS URBANOS APRESENTAÇAO O presente documento consolida o diagnóstico

Leia mais

Promover maior integração

Promover maior integração Novos horizontes Reestruturação do Modelo de Gestão do SESI leva em conta metas traçadas pelo Mapa Estratégico Promover maior integração entre os departamentos regionais, as unidades de atuação e os produtos

Leia mais

Aliança do Setor Privado para a Redução do Risco de Desastres no Brasil. Escritório das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres

Aliança do Setor Privado para a Redução do Risco de Desastres no Brasil. Escritório das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres Aliança do Setor Privado para a Redução do Risco de Desastres no Brasil Escritório das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres Iniciativas Globais Aliança do Setor Privado para a Redução do

Leia mais

Reciclagem e Valorização de Resíduos Sólidos - Meio Ambiente e Sustentabilidade

Reciclagem e Valorização de Resíduos Sólidos - Meio Ambiente e Sustentabilidade SEMINÁRIO Reciclagem e Valorização de Resíduos Sólidos - Meio Ambiente e Sustentabilidade Universidade de São Paulo Escola Politécnica Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais 27 de maio de

Leia mais

BARRO ALTO. Sesi-Senai inaugura núcleo integrado. Euclides Oliveira

BARRO ALTO. Sesi-Senai inaugura núcleo integrado. Euclides Oliveira BARRO ALTO Sesi-Senai inaugura núcleo integrado Euclides Oliveira O Núcleo Integrado Sesi-Senai foi inaugurado na manhã da quinta-feira (10), em Barro Alto, em parceria com a mineradora Anglo American

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL 2014-2018 PROPOSTAS DE METAS, AÇÕES E INDICADORES

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL 2014-2018 PROPOSTAS DE METAS, AÇÕES E INDICADORES PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS PROPOSTAS DE METAS, AÇÕES E INDICADORES CAMPUS CONGONHAS DEZEMBRO - 2013 INFRA-ESTRUTURA Objetivo

Leia mais

FRANQUIA O BOTICÁRIO TRÊS RIOS (RJ) RESPEITO AO MEIO AMBIENTE

FRANQUIA O BOTICÁRIO TRÊS RIOS (RJ) RESPEITO AO MEIO AMBIENTE FRANQUIA O BOTICÁRIO TRÊS RIOS (RJ) RESPEITO AO MEIO AMBIENTE RESUMO Numa sociedade cada vez mais consciente, a proteção ao meio ambiente passa a ser objetivo de atenção de franquias com um posicionamento

Leia mais

Prefeito Empreendedor. Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios

Prefeito Empreendedor. Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios Prefeito Empreendedor Guia de Recomendações Preliminares para o Fomento do Empreendedorismo nos Municípios Março/2012 Expediente Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior MDIC Fernando

Leia mais

V CNEG Congresso Nacional de Excelência em Gestão Julho/ 2009

V CNEG Congresso Nacional de Excelência em Gestão Julho/ 2009 Produção mais Limpa (P+L) e Sustentabilidade: a Visão da Eng Flávio de Miranda Ribeiro Gerente da Divisão de Produção mais Limpa e Qualidade Laboratorial Julho - 2009 Flávio Ribeiro- Agosto/ 2008 Contexto

Leia mais

PROPOSTA. Plano de Trabalho do Comitê Temático de APLs de Base Mineral 2011/ 2012.

PROPOSTA. Plano de Trabalho do Comitê Temático de APLs de Base Mineral 2011/ 2012. PROPOSTA Plano de Trabalho do Comitê Temático de APLs de Base Mineral 2011/ 2012. 1 Apresentação No campo da Política Nacional de Apoio aos Arranjos Produtivos Locais (APLs), o Grupo de Trabalho Permanente

Leia mais

Diagnóstico de oportunidades de quebra de barreiras para acesso às políticas públicas da Agricultura Familiar em São Félix do Xingu, Pará.

Diagnóstico de oportunidades de quebra de barreiras para acesso às políticas públicas da Agricultura Familiar em São Félix do Xingu, Pará. TERMO DE REFERÊNCIA Diagnóstico de oportunidades de quebra de barreiras para acesso às políticas públicas da Agricultura Familiar em São Félix do Xingu, Pará. 1. Título: Diagnóstico de oportunidades para

Leia mais

Gestão de Resíduos Secos IV CMMA

Gestão de Resíduos Secos IV CMMA 1 Resultados da IV Conferência Municipal do Meio Ambiente de São Paulo, 30 e 31 de agosto e 1º de setembro de 2013. Reelaboração Participativa do Plano de Gestão de Resíduos Sólidos - PGIRS / SP - texto

Leia mais

TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF)

TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF) TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF) Maio de 2007 Maria Rachel Barbosa Fundação Trompovsky (Apoio ao NEAD CENTRAN) rachel@centran.eb.br Vanessa Maria

Leia mais

PROGRAMAS AMBIENTAIS PARQUES EÓLICOS LER 2009

PROGRAMAS AMBIENTAIS PARQUES EÓLICOS LER 2009 PROGRAMAS AMBIENTAIS PARQUES EÓLICOS LER 2009 RELATÓRIO TRIMESTRAL FEVEREIRO DE 2012 ÍNDICE INTRODUÇÃO 3 1 2 COMUNICAÇÃO SOCIAL 4 EDUCAÇÃO EM SAÚDE 10 3 MONITORAMENTO DE NASCENTES 13 4 VIVEIRO DE MUDAS

Leia mais

CidadesDigitais. A construção de um ecossistema de cooperação e inovação

CidadesDigitais. A construção de um ecossistema de cooperação e inovação CidadesDigitais A construção de um ecossistema de cooperação e inovação CidadesDigitais PRINCÍPIOs 1. A inclusão digital deve proporcionar o exercício da cidadania, abrindo possibilidades de promoção cultural,

Leia mais

AÇÃO INTERSECRETARIAL

AÇÃO INTERSECRETARIAL AÇÃO INTERSECRETARIAL Programas Ambientes Verdes e Saudáveis (PAVS) Fortalecimento da ação integrada entre os setores de meio ambiente, saúde e desenvolvimento social, com enfoque multidisciplinar em saúde

Leia mais