Anatomia e Fisiologia Animal Sistema Digestivo - RUMINANTES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Anatomia e Fisiologia Animal Sistema Digestivo - RUMINANTES"

Transcrição

1 Anatomia e Fisiologia Animal Sistema Digestivo - RUMINANTES

2 Ruminantes: Animais que mastigam e regurgitam o alimento ingerido Dividido em 2 subordens: 1-) Ruminantia: veado, alce, rena, antílope, girafa, bisão, bovinos, ovinos e caprinos 2-) Tylopoda: camelo, lhama Caracterizados por apresentarem estômago PLURILOCULAR Tylopoda x Ruminantia: Tylopoda não apresenta omaso

3 Histórico: Surgimento do rúmen fruto de adaptação evolutiva da espécie Primórdios dos ruminantes = presas fáceis (predadores) Se alimentavam de pastagens em pradarias Necessidade de consumo rápido e em grande quantidade para evitar ataque de predadores em descampados

4 Histórico: Sistema Digestivo

5 Outros Ruminantes:

6 O Rúmen: Estômago adaptado à digestão por fermentação via ação de bactérias e protozoários Bactérias específicas atuam na digestão de cada tipo de alimento, exemplos: Celulolíticas Amilolíticas Proteolíticas Láticas

7 Aula10. Sistema Digestivo O Rúmen: Processo de obtenção de Energia via fermentação Enzimas digestivas de mamíferos: não degradam celulose Enzimas microbianas do rúmen: degradam celulose Fermentação Ruminal: necessita de condições especiais Umidade Temperatura Motilidade Secreção

8 Aula10. Sistema Digestivo O Rúmen: estômago PLURILOCULAR 4 compartimentos: Retículo Rúmen Omaso Abomaso

9 Aula10. Sistema Digestivo O Rúmen: estômago PLURILOCULAR

10 Estômago Verdadeiro: Abomaso (secreção de suco gástrico) Pré-Estômagos: Retículo Rúmen Omaso Rúmen: sempre no lado esquerdo

11 Ruminantes neonatos: Abomaso é o maior compartimento estomacal Desenvolvimento do rúmen: Ocorre com o tempo Colonização bacteriana Mamíferos: início da vida dependente do leite, adaptação e estrutura morfológica = Goteira Esofágica (esofagiana)

12 Aula10. Sistema Digestivo Ruminantes neonatos: Ingestão limitada de forragem Leite: principal alimento Goteira Esofágica: é um sulco reticular (localizado no retículo) Permite que o leite passe diretamente do esôfago para o omaso Se fecha na passagem do leite (formando um canalículo Reflexo iniciado quando são estimulados receptores na boca e faringe. Com a idade o reflexo perde capacidade de resposta

13 Aula10. Sistema Digestivo Ruminantes neonatos:

14 Ruminantes neonatos:

15 Rúmen: Sempre em movimento Apresenta 3 porções: sólida, líquida e gasosa Local onde ocorre a fermentação microbiana, alimento permanentemente misturado Local onde bactárias e protozoários produzem ácidos graxos voláteis (AGV s) Bactérias: 80% do metabolismo ruminal (10 11 bactérias/ml conteúdo)

16 Rúmen: Protozoários: 20% do metabolismo ruminal (10 6 protozoários/ml conteúdo) Produzem AGV s de cadeia curta: CO 2 CH 4 Ácidos: Acético (2C) Propiônico (3C) Butírico (4C)

17 Aula10. Sistema Digestivo Rúmen: AGV s principal fonte de energia para ruminantes São absorvidos e transferidos pelas papilas ruminais na forma gasosa para o sangue:

18 Aula10. Sistema Digestivo Rúmen: Produção de AGV s no rúmen: Acético: 60 a 70% Propiônico: 15 a 20% Butírico: 10 a 15% Esta proporção está estritamente correlacionada com o perfil de alimentos ingeridos

19 Aula10. Sistema Digestivo Rúmen: Alimentos concentrados (rações): São precursores de ácido propiônico Alimentos concentrados são ricos em amido (precursor da glicose) Epitélio ruminal: absorção de glicose e AGV s Microorganismos ruminais: também atuam na hidrólise de proteínas

20 Rúmen: Fornecimento de gordura deve ser limitado Gordura pode inibir desenvolvimento de bactérias digestoras de fibra (celulolíticas), impedindo perfeita digestão da fração volumoso da dieta Bactérias Ruminais: sintetizam bactérias do complexo B (exceto B 12 ) Digestão por microorganismos em herbívoros ocorre no intestino grosso

21 Rúmen: Hidrólise protéica ruminal: proteína degradada = quebra da cadeia de grandes peptídeos em aminácido livres Aminoácidos Livres: Desaminação Fermentativa Formação de AGV s, CO 2 e NH 3 (amônia) NH 3 principal constituinte solúvel nitrogenado do líquido ruminal Gorduras Triglicerídeos: hidrolisados no rúmen em glicerol + ácidos graxos

22 Rúmen: É uma verdadeira fábrica Ambiente ruminal deve estar equilibrado para garantia do seu perfeito funcionamento Para que esteja equilibrado, regras devem ser cumpridas como o correto fornecimento da fração fibra (vegetais) e concentrado Fibra Volumoso: Carboidratos Fibrosos

23 Rúmen: Fibra Volumoso: Carboidratos Fibrosos Presente na parede celular vegetal Degradação lenta Estimula salivação (ação tamponante) Precursor de acetato (acido acético) Degradada por bactérias celulotícas

24 Rúmen: Concentrados Rações: Carboidratos Não Fibrosos (CNF) NFC em inglês Quantia fornecida deve ser controlada Precursor de ácido propiônico Se fornecido em excesso pode causar acidose ruminal (ação de bactérias formadoras de ácido lático) Taxa de passagem (%/hora) muito rápida

25 Rúmen: Sempre em movimento Motilidade ruminal contrações (rúmen não para) não podem cessar Movimentação da massa de alimento 1 ou mais ciclos/min Controle do ph saliva (regurgitação) Ruminante: 100 a 200 L de saliva/dia (deglutida 2 a 3 vezes)

26 Rúmen: Ruminantes passam horas do dia ruminando Processo intercalado Até 14 períodos/24 horas Dietas ricas em volumoso: 8 horas ruminação/dia Formação de gases: Eructação ( arroto ) dos ruminantes Gás Carbônico (60 a 70%) e Metano (30 a 40%)

27 Rúmen: Eructação - volume: 0,5 a 1L/min (vaca leiteira) Frequência: 1 x/min Timpanismo ( empanzinamento ): Formação de espuma gasosa no rúmen Animal não consegue mais eructar; fruto de alimentação errada ou consumo muito rápido de alimentos ou de alimentos predisponentes como leguminosas

28 Rúmen: Timpanismo:

29 Rúmen: Timpanismo:

30 Rúmen: Fístula + cânula (bovinos fistulados) Necessidade de coleta de material ruminal para experimentos Possibilidade de se coletar material (conteúdo ruminal) para quantificar: Degradabilidade de alimentos Taxa de passagem (alimentos) ph Ingestão forçada : coloco no rúmen o que o animal não consumiria, por exemplo

31 Rúmen:

32 Rúmen: TMR Total Mix Ration (Ration = dieta) Dieta Total evitar a separação dos componentes Utilizada em programas de alimentação mais avançados Confinamentos de alta produção de leite ou engorda

33 Retículo: atua como uma bomba, estimulando o fluxo líquido para dentro e para fora do rúmen

34 Omaso: fermentação e absorção contínua de nutrientes Superfície com pregas, aspecto folhoso ( livro ) Alimento é prensado /espremido, perdendo boa parte da sua fração: água

35 Abomaso: estômago verdadeiro Local onde ocorre digestão química Atuação de enzimas digestivas e presença de suco gástrico

36 Intestino Delgado: continuação da digestão química Atuação do suco pancreático, bile e suco intestinal Importante local de absorção de nutrientes Alimentos by pass Absorção de proteína metabolizável Cuidados com fluxo de alimentos (permeabilidade de membrana) Enterotoxemia

37 Digestão Aviária: conceitos básicos Aves não possuem dentes Quebra mecânica do alimento ingerido é realizada pela moela Moela = estômago muscular adaptado para redução mecânica do alimento ingerido Esôfago: dividido em 2 partes: Pré-papo e Pós-papo

38 Esôfago: Comparativamente mais largo do que mamíferos Acumula e acomoda material deglutido de maior porte Pró-ventrículo: localizado entre esôfago, pós-papo e moela Local onde ocorrem a secreções gástricas: HCl, pepsinogênio Ceco: importante para aves selvagens (digestão de celulose) Cloaca: final do trato digestório comum ao trato digestivo, reprodutivo e urinário

39

40

Anatomia e fisiologia do sistema digestivo

Anatomia e fisiologia do sistema digestivo Anatomia e fisiologia do sistema digestivo Professor: Aparecido Porto da Costa Disciplina: Caprinovinocultura e Bovinocultura E-mail: aparecidoport@hotmail.com Introdução Classificação do hábito alimentar

Leia mais

Capacidade de alimentar-se de pastagem ou forragem.

Capacidade de alimentar-se de pastagem ou forragem. FISIOLOGIA DIGESTIVA DOS RUMINANTES Capacidade de alimentar-se de pastagem ou forragem. - Possibilidade de degradar os glúcidos estruturais da forragem como celulose, hemicelulose e pectina. - A degradação

Leia mais

Funções do sistema digestório

Funções do sistema digestório Sistema digestório Funções do sistema digestório Ingestão Digestão Absorção dos nutrientes Eliminação dos restos não-digeridos ou não absorvidos Processos Físicos Digestão Processos Químicos língua Cavidade

Leia mais

FISIOLOGIA DIGESTIVA

FISIOLOGIA DIGESTIVA EXERCÍCIOS DE APRENDIZAGEM FISIOLOGIA DIGESTIVA 01. Na digestão, a redução dos alimentos a partículas através de processos mecânicos tem por finalidade: a) facilitar a eliminação de substâncias inúteis

Leia mais

Proteína: digestibilidade e sua importância na produção. Fabrizio Oristanio (Biruleibe)

Proteína: digestibilidade e sua importância na produção. Fabrizio Oristanio (Biruleibe) Proteína: digestibilidade e sua importância na produção Fabrizio Oristanio (Biruleibe) Introdução Evolução das estimativas protéicas a partir da década de 80 Método fatorial Manutenção Produção Sistemas

Leia mais

FISIOLOGIA DA DIGESTÃO MONOGÁSTRICOS AULA 1

FISIOLOGIA DA DIGESTÃO MONOGÁSTRICOS AULA 1 Programa de Pós-Graduação em Zootecnia Produção Animal FISIOLOGIA DA DIGESTÃO MONOGÁSTRICOS AULA 1 Profa. Dra. Cinthia Eyng FCA/UFGD OBJETIVOS DA AULA: Importância da digestão; Estrutura do sistema digestório;

Leia mais

Sistema Digestório - Estômago

Sistema Digestório - Estômago Sistema Digestório - Estômago Profa Juliana Normando Pinheiro Morfofuncional III juliana.pinheiro@kroton.com.br O Estômago é um alargamento do canal alimentar em forma de saco entre o esôfago e o duodeno

Leia mais

SISTEMA DIGESTÓRIO. Introdução

SISTEMA DIGESTÓRIO. Introdução SISTEMA DIGESTÓRIO Introdução Os animais não encontram no meio, em forma imediatamente utilizável, todos os alimentos ou nutrientes de que necessitam. A absorção direta de nutrientes ocorre, excepcionalmente,

Leia mais

Trato Digestivo do Suíno

Trato Digestivo do Suíno Trato Digestivo do Suíno Monogástrico onívoro com limitada fermentação pós-gástrica Estômago simples, incapaz de utilizar dietas ricas em forragem Incapaz de digerir algumas substâncias presentes em grãos,

Leia mais

OS ALIMENTOS COMO VEÍCULO DE NUTRIENTES

OS ALIMENTOS COMO VEÍCULO DE NUTRIENTES Página1 OS ALIMENTOS COMO VEÍCULO DE NUTRIENTES Importância dos alimentos Todos os animais, incluindo o homem, precisam de se alimentar para sobreviver. Porque são tão importantes os alimentos? Os alimentos

Leia mais

A DIGESTÃO DE ALIMENTOS PELOS ANIMAIS

A DIGESTÃO DE ALIMENTOS PELOS ANIMAIS A DIGESTÃO DE ALIMENTOS PELOS ANIMAIS O que é digestão? A digestão de alimentos é um processo pelo qual os alimentos ingeridos, na maioria bastante complexos, são quebrados em formas mais simples para

Leia mais

Sistemas do Corpo Humano

Sistemas do Corpo Humano Sistemas do Corpo Humano Sistema Digestório consegue energia e matéria prima. Cada órgão tem uma função específica no processo de transformação dos alimentos O QUE É UM SISTEMA????? Sistema Digestório

Leia mais

Fazendo a digestão. A voz do professor. A voz do professor. De onde provém a energia necessária para o movimento dos automóveis?...

Fazendo a digestão. A voz do professor. A voz do professor. De onde provém a energia necessária para o movimento dos automóveis?... A U A UL LA Fazendo a digestão Atenção De onde provém a energia necessária para o movimento dos automóveis? Nosso corpo é semelhante a um carro. Como você acha que conseguimos energia para viver? Um corpo

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS SOMA. Ficha de trabalho Sistema digestivo

CENTRO DE ESTUDOS SOMA. Ficha de trabalho Sistema digestivo Ficha de trabalho Sistema digestivo Grupo I 1- Faz a legenda da figura. 1-2- 3-4- 5-6- 7-8- 9-10- 11-12- 1.1. Diz o que entendes por Digestão. 1.2. Dos órgãos que legendaste indica: a. Os que fazem parte

Leia mais

SISTEMA DIGESTIVO. Ciências Naturais 9º ano

SISTEMA DIGESTIVO. Ciências Naturais 9º ano SISTEMA DIGESTIVO Ciências Naturais 9º ano Digestão e Sistema Digestivo A digestão é o processo através do qual moléculas complexas dos alimentos são desdobradas, em moléculas mais simples que podem ser

Leia mais

34 Por que as vacas mastigam o tempo todo?

34 Por que as vacas mastigam o tempo todo? A U A UL LA Por que as vacas mastigam o tempo todo? Nos sítios e fazendas que têm criação de gado, os bois e vacas se espalham pelo pasto e têm hora certa para ir ao cocho receber o trato. O trato pode

Leia mais

Aula 9 Sistema digestório

Aula 9 Sistema digestório Aula 9 Sistema digestório Os alimentos fornecem nutrientes para construção de estruturas celulares e, ainda, liberação de energia para as atividades celulares. A função da digestão é converter os alimentos

Leia mais

Para viver, crescer e manter o nosso organismo, precisamos consumir alimentos. Mas o que acontece com os alimentos que ingerimos? Como os nutrientes

Para viver, crescer e manter o nosso organismo, precisamos consumir alimentos. Mas o que acontece com os alimentos que ingerimos? Como os nutrientes PROFESSORA NAIANE Para viver, crescer e manter o nosso organismo, precisamos consumir alimentos. Mas o que acontece com os alimentos que ingerimos? Como os nutrientes dos alimentos, chegam às células do

Leia mais

Prof. Admilson Toscano. IFSP_Campus Cubatão e-mail: Prof_toscano@hotmail.com

Prof. Admilson Toscano. IFSP_Campus Cubatão e-mail: Prof_toscano@hotmail.com Prof. Admilson Toscano IFSP_Campus Cubatão e-mail: Prof_toscano@hotmail.com 1ª Parte: Princípios e Bases para a Nutrição Animal Anatomia Geral Monogástricos x Ruminantes Secreções Digestivas Estômagos

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL. Aula 1.2 Conteúdo: Sistema Digestório

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL. Aula 1.2 Conteúdo: Sistema Digestório Aula 1.2 Conteúdo: Sistema Digestório 2 Habilidades: Conhecer o sistema digestório humano, compreendendo o papel de cada um de seus órgãos e glândulas anexas no processo de digestão. 3 4 Comendo insetos

Leia mais

95% de água, 3% de substâncias orgânicas e 2% de sais minerais. uma secreção serosa outra secreção mucosa

95% de água, 3% de substâncias orgânicas e 2% de sais minerais. uma secreção serosa outra secreção mucosa SISTEMA DIGESTÓRIO SALIVA A saliva é um líquido claro, viscoso, alcalino (ph entre 6 e 7), que contém em sua composição: 95% de água, 3% de substâncias orgânicas e 2% de sais minerais. Além disso, também

Leia mais

Fonte: Disponível em: http://veja.abril.com.br. Acesso em: 25 set. 2014.

Fonte: Disponível em: http://veja.abril.com.br. Acesso em: 25 set. 2014. 1. (Ufsm 2015) O consumo exagerado de sódio está associado a uma serie de doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), como as cardiovasculares. Essas moléculas são responsáveis por 72% das mortes no Brasil,

Leia mais

SUMÁRIO MÓDULO 6 ALIMENTOS E NUTRIENTES ATIVIDADE 1 (PÁGINA 221)

SUMÁRIO MÓDULO 6 ALIMENTOS E NUTRIENTES ATIVIDADE 1 (PÁGINA 221) 1 SUMÁRIO Módulo 6 Alimentos e nutrientes... 1 Atividade 1 (página 221)... 1 Atividade 2 (página 228)... 1 Atividade 3 (página 229)... 2 Em Casa (pagina 231)... 3 Módulo 7 O processo de digestão I... 4

Leia mais

DIGESTÃO HUMANA. Sistema Digestório. Professor: Fernando Stuchi. Enzimas Caminho da digestão Etapas da digestão

DIGESTÃO HUMANA. Sistema Digestório. Professor: Fernando Stuchi. Enzimas Caminho da digestão Etapas da digestão DIGESTÃO HUMANA 1. 2. 3. Enzimas Caminho da digestão Etapas da digestão Sistema Digestório Professor: Fernando Stuchi Dúvidas sobre Digestão Afinal o que é digestão? Conjunto de transformações físico-químicas

Leia mais

Aula 4: Sistema digestório

Aula 4: Sistema digestório Aula 4: Sistema digestório Sistema digestório As proteínas, lípideos e a maioria dos carboidratos contidos nos alimentos são formados por moléculas grandes demais para passar pela membrana plasmática e

Leia mais

Metabolismo de Lipídios PEDRO LEONARDO DE PAULA REZENDE

Metabolismo de Lipídios PEDRO LEONARDO DE PAULA REZENDE Universidade Federal de Goiás Escola de Veterinária Depto. De Produção Animal Pós-Graduação em Ciência Animal Metabolismo de Lipídios PEDRO LEONARDO DE PAULA REZENDE Zootecnista Especialista em Produção

Leia mais

95% de água, 3% de substâncias orgânicas e 2% de sais minerais. uma secreção serosa outra secreção mucosa

95% de água, 3% de substâncias orgânicas e 2% de sais minerais. uma secreção serosa outra secreção mucosa SISTEMA DIGESTÓRIO SALIVA A saliva é um líquido claro, viscoso, alcalino (ph entre 6 e 7), que contém em sua composição: 95% de água, 3% de substâncias orgânicas e 2% de sais minerais. Além disso, também

Leia mais

SISTEMA DIGESTÓRIO. Boca Glândulas salivares Esófago Fígado Vesícula biliar. Faringe. Estômago Pâncreas Intestino grosso. Intestino delgado.

SISTEMA DIGESTÓRIO. Boca Glândulas salivares Esófago Fígado Vesícula biliar. Faringe. Estômago Pâncreas Intestino grosso. Intestino delgado. SISTEMA DIGESTÓRIO SISTEMA DIGESTÓRIO O sistema digestivo tem a função de realizar a digestão, ou seja, fraccionar os alimentos e transformar as macromoléculas em micromoléculas. SISTEMA DIGESTÓRIO Boca

Leia mais

é a quebra física dos alimentos através da mastigação e dos movimentos peristálticos.

é a quebra física dos alimentos através da mastigação e dos movimentos peristálticos. SISTEMA DIGESTIVO Digestão Digestão mecânica: é a quebra física dos alimentos através da mastigação e dos movimentos peristálticos. Digestão química é a transformação das moléculas mais complexas em moléculas

Leia mais

PERSPECTIVA. ciências. Sugestão de avaliação. Coleção Perspectiva

PERSPECTIVA. ciências. Sugestão de avaliação. Coleção Perspectiva PERSPECTIVA Coleção Perspectiva ciências 8 Sugestão de avaliação Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao segundo bimestre escolar ou às Unidades 3 e 4 do Livro do Aluno. Avaliação Ciências

Leia mais

TUTORIAL - 3. Sistema digestivo comparado. Disciplina: Nutrição Animal Professora responsável: Izabelle Auxiliadora Molina de Almeida Teixeira

TUTORIAL - 3. Sistema digestivo comparado. Disciplina: Nutrição Animal Professora responsável: Izabelle Auxiliadora Molina de Almeida Teixeira UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CAMPUS DE JABOTICABAL FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E VETERINÁRIAS DEPARTAMENTO DE ZOOTECNIA TUTORIAL - 3. Sistema digestivo comparado. Disciplina: Nutrição Animal Professora

Leia mais

Prof Weber Ciências 7ºANO

Prof Weber Ciências 7ºANO Prof Weber Ciências 7ºANO O que é a digestão? É a transformação dos alimentos em moléculas menores para que possam ser absorvidos pelo nosso corpo. Acontece em um tubo chamado TUBO DIGESTÓRIO. O tubo digestório

Leia mais

C.S.F.X - BIOLOGIA- 3ºANO (A,B,C,D e E) PROFª.: JUCIMARA RODRIGUES BIOLOGIA I: SISTEMA DIGESTÓRIO

C.S.F.X - BIOLOGIA- 3ºANO (A,B,C,D e E) PROFª.: JUCIMARA RODRIGUES BIOLOGIA I: SISTEMA DIGESTÓRIO C.S.F.X - BIOLOGIA- 3ºANO (A,B,C,D e E) PROFª.: JUCIMARA RODRIGUES BIOLOGIA I: SISTEMA DIGESTÓRIO Digestão é o processo de transformação de macromoléculas, por hidrólise enzimática, liberando unidades

Leia mais

Recuperação. Células tecidos órgãos sistemas. - As células são as menores unidades vivas e são formadas por três regiões:

Recuperação. Células tecidos órgãos sistemas. - As células são as menores unidades vivas e são formadas por três regiões: Recuperação Capítulo 01 - Níveis de organização Células tecidos órgãos sistemas - As células são as menores unidades vivas e são formadas por três regiões: A- Membrana Plasmática - Revestimento da célula;

Leia mais

IESA-ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE 8º ANO - MANHÃ E TARDE- DISCIPLINA: CIÊNCIAS PROFESSORAS: CELIDE E IGNÊS. Aluno(a): Turma:

IESA-ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE 8º ANO - MANHÃ E TARDE- DISCIPLINA: CIÊNCIAS PROFESSORAS: CELIDE E IGNÊS. Aluno(a): Turma: IESA-ESTUDO DIRIGIDO 1º SEMESTRE 8º ANO - MANHÃ E TARDE- DISCIPLINA: CIÊNCIAS PROFESSORAS: CELIDE E IGNÊS Aluno(a): Turma: Querido (a) aluno (a), Este estudo dirigido foi realizado para que você revise

Leia mais

SISTEMA DIGESTÓRIO HUMANO. Definição Nutrição Alimentos Anatomia Fisiologia www.infopedia.pt/$sistema-digestivo,2

SISTEMA DIGESTÓRIO HUMANO. Definição Nutrição Alimentos Anatomia Fisiologia www.infopedia.pt/$sistema-digestivo,2 SISTEMA DIGESTÓRIO HUMANO Definição Nutrição Alimentos Anatomia Fisiologia www.infopedia.pt/$sistema-digestivo,2 Digestão É o conjunto de transformações fisioquímicas ou físico-químicas que os alimentos

Leia mais

CURSINHO PRÉ VESTIBULAR BIOLOGIA PROFº EDUARDO 05/08/2013

CURSINHO PRÉ VESTIBULAR BIOLOGIA PROFº EDUARDO 05/08/2013 CURSINHO PRÉ VESTIBULAR BIOLOGIA PROFº EDUARDO 05/08/2013 FISIOLOGIA HUMANA SISTEMA DIGESTÓRIO A função do sistema digestório é retirar dos alimentos ingeridos os nutriente necessários para o desenvolvimento

Leia mais

FISIOLOGIA ANIMAL COMPARADA

FISIOLOGIA ANIMAL COMPARADA FISIOLOGIA ANIMAL COMPARADA Prof. André Maia 1 - Fisiologia É à parte da Biologia que estuda as funções das células, órgãos, sistemas, etc. 1.1 Sistema É um conjunto de órgãos e estruturas, responsável

Leia mais

BIOLOGIA AULA 03. c) diabetes tipo II. d) hipertensão arterial.

BIOLOGIA AULA 03. c) diabetes tipo II. d) hipertensão arterial. BIOLOGIA Prof. Hélder Telles AULA 03 1. (Fgv 2015) O pâncreas é uma glândula anfícrina, ou seja, com dupla função, desempenhando um papel junto ao sistema digestório na produção de enzimas, tais como amilases

Leia mais

14 Aproveitamos tudo o que comemos?

14 Aproveitamos tudo o que comemos? A U A UL LA Aproveitamos tudo o que comemos? Nas Aulas 1 e 5 vimos a importância de carboidratos, proteínas e gorduras para o bom funcionamento do corpo e o quanto é fundamental uma alimentação saudável,

Leia mais

47 Por que preciso de insulina?

47 Por que preciso de insulina? A U A UL LA Por que preciso de insulina? A Medicina e a Biologia conseguiram decifrar muitos dos processos químicos dos seres vivos. As descobertas que se referem ao corpo humano chamam mais a atenção

Leia mais

Sistema Digestivo - Função

Sistema Digestivo - Função Sistema Digestivo Fome Saciedade Sistema Digestivo - Função O organismo humano recebe os nutrientes através dos alimentos. Estes alimentos têm de ser transformados em substâncias utilizáveis, envolvendo

Leia mais

SISTEMA DIGESTÓRIO. Quitéria Paravidino

SISTEMA DIGESTÓRIO. Quitéria Paravidino SISTEMA DIGESTÓRIO Quitéria Paravidino PROCESSOS DIGESTÓRIOS Ingestão:captar alimento pela boca; Mistura e movimentação do alimento:contrações musculares misturam o alimento e as secreções e movimentam

Leia mais

Co C mo m o é cons n tituído o aparel e ho di d ge g sti e vo v? Sistema Digestivo - Helena Carreiro 2010 1

Co C mo m o é cons n tituído o aparel e ho di d ge g sti e vo v? Sistema Digestivo - Helena Carreiro 2010 1 Como é constituído o aparelho digestivo? 1 Morfologia do aparelho digestivo Glândulas salivares Boca Faringe Esófago Fígado Vesícula biliar Estômago Intestino delgado pâncreas Apêndice Recto Intestino

Leia mais

DISCIPLINA DE ANATOMIA E FISIOLOGIA ANIMAL SISTEMA DIGESTÓRIO. Prof. Dra. Camila da Silva Frade

DISCIPLINA DE ANATOMIA E FISIOLOGIA ANIMAL SISTEMA DIGESTÓRIO. Prof. Dra. Camila da Silva Frade DISCIPLINA DE ANATOMIA E FISIOLOGIA ANIMAL SISTEMA DIGESTÓRIO Prof. Dra. Camila da Silva Frade ? Para a manutenção da vida dos animais, pois obtêm nutrientes essenciais para os processos corpóreos a partir

Leia mais

Responda as questões usando caneta azul ou preta. Respostas a lápis ou com rasuras não serão consideradas.

Responda as questões usando caneta azul ou preta. Respostas a lápis ou com rasuras não serão consideradas. Universidade Comunitária da Região de Chapecó UNOCHAPECÓ Curso de Agronomia Disciplina: Anatomia e Fisiologia dos animais domésticos Prova G2 Nome: Data: 27/11/2013 Responda as questões usando caneta azul

Leia mais

18/02/2011. Introdução. Biologia. Tipos de alimentos. Tipos de alimentos. Colesterol... Tema:

18/02/2011. Introdução. Biologia. Tipos de alimentos. Tipos de alimentos. Colesterol... Tema: Biologia Tema: Nutrição e Sistema Digestório Módulo 01: Anatomia e fisiologia Marcos Vinícius Introdução É um conjunto de órgãos responsáveis pelas transformações mecânicas e químicas dos alimentos, tornando

Leia mais

BIOLOGIA 7B-AULA 19 E 20. Sistema Digestório

BIOLOGIA 7B-AULA 19 E 20. Sistema Digestório BIOLOGIA 7B-AULA 19 E 20 Sistema Digestório DIGESTÃO Processos mecânicos e químicos sofridos pelos alimentos para serem convertidos em moléculas muito pequenas possíveis de serem absorvidas e transportadas

Leia mais

Para quê precisamos comer?

Para quê precisamos comer? Para quê precisamos comer? Para a reposição de água, substratos energéticos, vitaminas e sais minerais. O TUBO DIGESTIVO E SUAS PRINCIPAIS ESTRUTURAS O Trato Gastrointestinal (TGI) Digestive System (Vander,

Leia mais

Tipo de itens. O sangue é o principal fluído que circula no organismo humano.

Tipo de itens. O sangue é o principal fluído que circula no organismo humano. Tipo de itens O sangue é o principal fluído que circula no organismo humano. 1. Quais são as suas principais funções? Transporte de nutrientes, defesa, regulação térmica e controlo 2. Quais os seus constituintes?

Leia mais

PROGRAMA DO CURSO Pós-Graduação em Nutrição de Bovinos Leiteiros Uberlândia, MG

PROGRAMA DO CURSO Pós-Graduação em Nutrição de Bovinos Leiteiros Uberlândia, MG Realização: PROGRAMA DO CURSO Pós-Graduação em Nutrição de Bovinos Leiteiros Uberlândia, MG Parceria: Programa do curso Pós-Graduação em Nutrição de Bovinos Leiteiros Uberlândia, MG O curso oferece 18

Leia mais

Ingestão; Secreção; Mistura e propulsão; Digestão; Absorção; Defecação; Ingestão de Alimento. Processo Digestivo. Processo Absortivo.

Ingestão; Secreção; Mistura e propulsão; Digestão; Absorção; Defecação; Ingestão de Alimento. Processo Digestivo. Processo Absortivo. Ingestão; Secreção; Mistura e propulsão; Digestão; Absorção; Defecação; Ingestão de Alimento Processo Digestivo Processo Absortivo Defecação Grandes moléculas Moléculas menores Utilização Resíduos Trato

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO DEPARTAMENTO DE ZOOTECNIA BOVINOS LEITEIROS

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO DEPARTAMENTO DE ZOOTECNIA BOVINOS LEITEIROS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO DEPARTAMENTO DE ZOOTECNIA BOVINOS LEITEIROS Prof. Ricardo Alexandre Silva Pessoa MANEJO DE VACAS SECAS E PERÍODO DE TRANSIÇÃO ponto de vista tecnológico = alimentar

Leia mais

ANATOMIA E FISIOLOGIA

ANATOMIA E FISIOLOGIA ANATOMIA E FISIOLOGIA SITEMA DIGESTÓRIO Enfª Renata Loretti Ribeiro 2 3 SISTEMA DIGESTÓRIO Introdução O trato digestório e os órgãos anexos constituem o sistema digestório. O trato digestório é um tubo

Leia mais

Intestino delgado. Intestino grosso (cólon)

Intestino delgado. Intestino grosso (cólon) As fibras alimentares estão presentes nos alimentos de origem vegetal, englobando um conjunto de compostos que não podem ser digeridos pelas enzimas do nosso sistema gastrointestinal, não sendo por isso

Leia mais

Os alimentos representam a fonte de matéria e energia para os seres vivos

Os alimentos representam a fonte de matéria e energia para os seres vivos INTRODUÇÃO Os alimentos representam a fonte de matéria e energia para os seres vivos Nos organismos heterótrofos os alimentos são obtidos de forma pronta. A digestão é um conjunto de processos que visa

Leia mais

Organismos autótrofos - produzem o próprio alimento (ex: bactérias, cianobactérias, algas e plantas).

Organismos autótrofos - produzem o próprio alimento (ex: bactérias, cianobactérias, algas e plantas). INTRODUÇÃO Alimentos - fonte de matéria e energia Organismos autótrofos - produzem o próprio alimento (ex: bactérias, cianobactérias, algas e plantas). Organismos heterótrofos - obtém alimentos de forma

Leia mais

Introdução. Conceitos aplicados a alimentação animal. Produção animal. Marinaldo Divino Ribeiro. Nutrição. Alimento. Alimento. Nutriente.

Introdução. Conceitos aplicados a alimentação animal. Produção animal. Marinaldo Divino Ribeiro. Nutrição. Alimento. Alimento. Nutriente. Conceitos aplicados a alimentação animal Introdução Produção animal Marinaldo Divino Ribeiro EMV Depto de Produção ão Animal - UFBA Genética Sanidade Nutrição Alimento Susbstância que, consumida por um

Leia mais

AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV

AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Ciências AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Graduada em História e Pedagogia, Doutora em Filosofia e Metodologia de Ensino, Autora da Metodologia ACRESCER. REGINALDO STOIANOV Licenciatura Plena em Biologia,

Leia mais

FISIOLOGIA ANIMAL COMPARADA

FISIOLOGIA ANIMAL COMPARADA FISIOLOGIA ANIMAL COMPARADA NUTRIÇÃO É o conjunto de processos pelos quais o organismo incorpora e utiliza os nutrientes. Compreende as seguintes funções: digestão, respiração, excreção e circulação. Pode

Leia mais

TESTES DE PRODUTIVIDADE

TESTES DE PRODUTIVIDADE TESTES DE PRODUTIVIDADE INDÚSTRIA DE MEDICAMENTOS VETERINÁRIOS LTDA. PROBIÓTICO SISTEMA DIGESTIVO E FLORA DE RÚMEN Os ruminantes (bovinos, ovinos, caprinos e bubalinos) constituem um grupo de animais com

Leia mais

BATERIA DE EXERCÍCIOS 8º ANO

BATERIA DE EXERCÍCIOS 8º ANO Professor: CRISTINO RÊGO Disciplina: CIÊNCIAS Assunto: FUNDAMENTOS DE GENÉTICA Belém /PA BATERIA DE EXERCÍCIOS 8º ANO 1. A importância da digestão para o nosso corpo é: a) desenvolver nosso organismo.

Leia mais

Impacto da nutrição na qualidade da carne e do leite. Marcone Costa Zootecnista - DSc Ass. Téc. Nutrição Animal

Impacto da nutrição na qualidade da carne e do leite. Marcone Costa Zootecnista - DSc Ass. Téc. Nutrição Animal Impacto da nutrição na qualidade da carne e do leite Marcone Costa Zootecnista - DSc Ass. Téc. Nutrição Animal 1 Introdução: Brasil exportador - carne e leite ; Saltos de produtividade; Ganhos em escala;

Leia mais

ANATOMIA HUMANA I. Sistema Digestório. Prof. Me. Fabio Milioni. Função: - Preensão - Mastigação - Deglutição - Digestão - Absorção - Defecação

ANATOMIA HUMANA I. Sistema Digestório. Prof. Me. Fabio Milioni. Função: - Preensão - Mastigação - Deglutição - Digestão - Absorção - Defecação ANATOMIA HUMANA I Sistema Digestório Prof. Me. Fabio Milioni Função: - Preensão - Mastigação - Deglutição - Digestão - Absorção - Defecação Sistema Digestório 1 Órgãos Canal alimentar: - Cavidade oral

Leia mais

Sistema Digestório. Prof. MSc. Leandro Felício

Sistema Digestório. Prof. MSc. Leandro Felício Sistema Digestório Prof. MSc. Leandro Felício INTRODUÇÃO Alimentos - fonte de matéria e energia Organismos autótrofos - produzem o próprio alimento (ex: bactérias, cianobactérias, algas e plantas). Organismos

Leia mais

SISTEMA DIGESTÓRIO. Prof. Me. Leandro Parussolo

SISTEMA DIGESTÓRIO. Prof. Me. Leandro Parussolo SISTEMA DIGESTÓRIO Prof. Me. Leandro Parussolo SISTEMA DIGESTÓRIO Função retirar dos alimentos as substâncias necessárias para o desenvolvimento e manutenção do organismo. Alimento é digerido e transformado

Leia mais

FISIOLOGIA SISTEMA DIGESTÓRIO

FISIOLOGIA SISTEMA DIGESTÓRIO FISIOLOGIA SISTEMA DIGESTÓRIO Prof. André Maia O sistema ou aparelho digestivo (também chamado sistema digestório) é o sistema que, nos animais, é responsável por obter dos alimentos ingeridos os nutrientes

Leia mais

SISTEMA DIGESTÓRIO DAS AVES

SISTEMA DIGESTÓRIO DAS AVES Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Rurais Departamento de Zootecnia Curso de Pós-graduaP s-graduação o em Zootecnia SISTEMA DIGESTÓRIO DAS AVES Funções Ingestão e transporte dos alimentos

Leia mais

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA CIÊNCIAS CN

SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA CIÊNCIAS CN SEQUÊNCIA DIDÁTICA PODCAST ÁREA CIÊNCIAS CN Título do Podcast Área Segmento Duração Sistema Digestório Ciências da Natureza Ensino Médio 4min 45seg Habilidades: (H30) Identificar a função dos órgãos e

Leia mais

Animais Monogástricos. Digestão Monogástricos. Animais Monogástricos. Digestão Monogástricos 28/08/2012

Animais Monogástricos. Digestão Monogástricos. Animais Monogástricos. Digestão Monogástricos 28/08/2012 Animais Monogástricos Digestão e Absorção de Carboidratos Animais monogástricos e ruminantes Prof. Dr. Bruno Lazzari de Lima Principais fontes de glicídeos: Polissacarídeos. Amido. Glicogênio. Dextrinas.

Leia mais

Fisiologia da Digestão. Deise Maria Furtado de Mendonça

Fisiologia da Digestão. Deise Maria Furtado de Mendonça Fisiologia da Digestão Deise Maria Furtado de Mendonça Função Geral O sistema ou aparelho gastrintestinal é a porta de entrada do organismo a todos os nutrientes necessários: carboidratos, lipídios, proteínas,

Leia mais

Digestão extra-celular

Digestão extra-celular Digestão extra-celular Na maioria dos seres heterotróficos multicelulares a digestão realiza-se fora das células, digestão extracelular, podendo ocorrer fora do corpo, digestão extracorporal, como nos

Leia mais

Aditivos Ionóforos para a Alimentação de Bovinos INTRODUÇÃO

Aditivos Ionóforos para a Alimentação de Bovinos INTRODUÇÃO Aditivos Ionóforos para a Alimentação de Bovinos INTRODUÇÃO Uma ampla gama de produtos classificados como aditivos está disponível no mercado para o produtor. Portanto, o objetivo deste artigo é fazer

Leia mais

Exercícios de Aprofundamento Biologia Digestão Animal e Humana

Exercícios de Aprofundamento Biologia Digestão Animal e Humana 1. (Unifesp 2015) Recomenda-se frequentemente aos vestibulandos que, antes do exame, prefiram alimentos ricos em carboidratos (glicídios) em vez de gorduras (lipídios), pois estas são digeridas mais lentamente.

Leia mais

3ªsérie B I O L O G I A

3ªsérie B I O L O G I A 3.1 QUESTÃO 1 Três consumidores, A, B e C, compraram, cada um deles, uma bebida em embalagem longa vida, adequada às suas respectivas dietas. As tabelas abaixo trazem informações nutricionais sobre cada

Leia mais

Roteiro de aulas teórico-práticas

Roteiro de aulas teórico-práticas Roteiro de aulas teórico-práticas Sistema digestório O sistema digestório humano é formado por um longo tubo musculoso, ao qual estão associados órgãos e glândulas que participam da digestão. Apresenta

Leia mais

S I S T E M A A D I G E S T Ó R I O P r o f º Fe r n a n d o B e l a n - B I O L O G I A M A I S

S I S T E M A A D I G E S T Ó R I O P r o f º Fe r n a n d o B e l a n - B I O L O G I A M A I S SISTEMA DIGESTÓRIO Profº Fe r n a n d o Belan - BIOLOGIA MAIS DIGESTÃO INTRACELULAR DIGESTÃO INTRACELULAR DIGESTÃO EXTRACELULAR DIGESTÓRIO INCOMPLETO Cnidários Platelmintos DIGESTÓRIO COMPLETO Nematelmintos

Leia mais

MANEJO NUTRICIONAL DE EQUINOS. Prof. Dr. Alexandre A. de O. Gobesso

MANEJO NUTRICIONAL DE EQUINOS. Prof. Dr. Alexandre A. de O. Gobesso MANEJO NUTRICIONAL DE EQUINOS Prof. Dr. Alexandre A. de O. Gobesso 1 2 3 4 5 6 Características Anatômicas Características Fisiológicas mastigação e salivação eructação e regurgitação velocidade de trânsito

Leia mais

Sistema tampão. Um sistema tampão é constituído por um ácido fraco e sua base conjugada HA A - + H +

Sistema tampão. Um sistema tampão é constituído por um ácido fraco e sua base conjugada HA A - + H + Sistema tampão Um sistema tampão é constituído por um ácido fraco e sua base conjugada HA A - + H + Quando se adiciona um ácido forte na solução de ácido fraco HX X - + H + HA A - H + X - H + H + HA A

Leia mais

Uso de lipídeos em dietas de ruminantes

Uso de lipídeos em dietas de ruminantes Uso de lipídeos em dietas de ruminantes Sérgio Raposo de Medeiros 1 1 Pesquisador Embrapa Gado de Corte, Campo Grande, MS. A evolução das espécies ruminantes ocorreu associada à ingestão de forragens que

Leia mais

Questões. Biologia Professor: Rubens Oda 24/11/2014. #VaiTerEspecífica. 1 (UEMG 2014) Considere, a seguir, a recorrência de uma heredopatia.

Questões. Biologia Professor: Rubens Oda 24/11/2014. #VaiTerEspecífica. 1 (UEMG 2014) Considere, a seguir, a recorrência de uma heredopatia. Questões 1 (UEMG 2014) Considere, a seguir, a recorrência de uma heredopatia. De acordo com o heredograma e outros conhecimentos sobre o assunto, é CORRETO afirmar que a) normalidade ocorre na ausência

Leia mais

Biologia. 8 o ano. Caderno 2

Biologia. 8 o ano. Caderno 2 Biologia 8 o ano Caderno 2 Módulos 7 e 8 1 A atividade das enzimas no organismo humano varia em função do grau de acidez do meio. Observe o gráfico e responda: Qual curva representa o local da ação da

Leia mais

Disciplina: Tratamento de Resíduos Sólidos e Efluentes Gasosos. 8 Compostagem. Professor: Sandro Donnini Mancini. Sorocaba, Março de 2015.

Disciplina: Tratamento de Resíduos Sólidos e Efluentes Gasosos. 8 Compostagem. Professor: Sandro Donnini Mancini. Sorocaba, Março de 2015. Campus Experimental de Sorocaba Disciplina: Tratamento de Resíduos Sólidos e Efluentes Gasosos Graduação em Engenharia Ambiental 8 Compostagem Professor: Sandro Donnini Mancini Sorocaba, Março de 2015.

Leia mais

MANEJO NUTRICIONAL DE BOVINOS DE CORTE

MANEJO NUTRICIONAL DE BOVINOS DE CORTE 1. Introdução MANEJO NUTRICIONAL DE BOVINOS DE CORTE Rogério Marchiori Coan 1 O complexo pecuário brasileiro de corte apresenta diversos pontos de ineficiência, destacando-se a produtividade extremamente

Leia mais

Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI

Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS Porção de 100g (1/2 copo) Quantidade por porção g %VD(*) Valor Energético (kcal) 64 3,20 Carboidratos 14,20 4,73 Proteínas 1,30 1,73 Gorduras

Leia mais

Palestrante: Nelson Backes Supervisor Técnico Comercial Tortuga Cia Zootécnica Agrária Teutônia 21 de maio de 2010

Palestrante: Nelson Backes Supervisor Técnico Comercial Tortuga Cia Zootécnica Agrária Teutônia 21 de maio de 2010 Palestrante: Nelson Backes Supervisor Técnico Comercial Tortuga Cia Zootécnica Agrária Teutônia 21 de maio de 2010 Introdução Fase monogástrica da Terneira; Base nutricional é o leite; Imunidade passiva;

Leia mais

Importante reserva energética; são as gorduras.

Importante reserva energética; são as gorduras. Importante reserva energética; são as gorduras. 1g de lipídio libera 9kcal contra 4kcal por 1g de carboidrato. Podem ser armazenados de forma mais concentrada que os carboidratos. O excesso do consumo

Leia mais

1. Introdução. Digestão, Absorção e Transporte:

1. Introdução. Digestão, Absorção e Transporte: 1. Introdução Todas as células do corpo necessitam de nutrição tendo este que lhe ser fornecido. O aparelho digestivo, com a colaboração importante do aparelho circulatório, forma como que uma refeição

Leia mais

ORIGEM EMBRIONÁRIA. A zigoto; B clivagem; C mórula; D blástula; E corte de blástula; F gástrula inicial; G - gástrula

ORIGEM EMBRIONÁRIA. A zigoto; B clivagem; C mórula; D blástula; E corte de blástula; F gástrula inicial; G - gástrula ORIGEM EMBRIONÁRIA A zigoto; B clivagem; C mórula; D blástula; E corte de blástula; F gástrula inicial; G - gástrula A- Radiata Mesoderme se forma a partir de células invasoras da endoderme (Equinodermatas)

Leia mais

Função orgânica nossa de cada dia. Profa. Kátia Aquino

Função orgânica nossa de cada dia. Profa. Kátia Aquino Função orgânica nossa de cada dia Profa. Kátia Aquino Vamos analisar! Funções Carboidratros (ou Glicídios) Energética: eles são os maiores fornecedores de energia para os seres vivos, principalmente a

Leia mais

VALOR NUTRITIVO DA CARNE

VALOR NUTRITIVO DA CARNE VALOR NUTRITIVO DA CARNE Os alimentos são consumidos não só por saciarem a fome e proporcionarem momentos agradáveis à mesa de refeição mas, sobretudo, por fornecerem os nutrientes necessários à manutenção

Leia mais

BIOLOGIA ANATOMIA E FISIOLOGIA ANIMAL PROF ESTEVAM DIGESTÃO

BIOLOGIA ANATOMIA E FISIOLOGIA ANIMAL PROF ESTEVAM DIGESTÃO BIOLOGIA ANATOMIA E FISIOLOGIA ANIMAL PROF ESTEVAM CONTEÚDO: Digestão e Circulação DIGESTÃO O processo de digestão é um dos primordiais dos seres vivos por ser por meio dele que se adquire a matéria necessária

Leia mais

BIOLOGIA Nutrição e digestão

BIOLOGIA Nutrição e digestão Módulo 29 Página 29 à 41 MORFOFISIOLOGIA É o estudo da estrutura e do funcionamento do corpo humano Sobre os sistemas dos animais: Finalidade Importância Sobre os filos: As adaptações Aspectos gerais da

Leia mais

Sistema Digestório Características Saliva e peristaltismo GLÂNDULAS SALIVARES Saliva ptialina amilase salivar Glândula parótida

Sistema Digestório Características Saliva e peristaltismo GLÂNDULAS SALIVARES Saliva ptialina amilase salivar Glândula parótida Sistema Digestório O tubo digestivo apresenta as seguintes regiões; boca, faringe, esôfago, estômago, intestino delgado, intestino grosso e ânus. A parede do tubo digestivo tem a mesma estrutura da boca

Leia mais

CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ

CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUBSECRETARIA DE ENSINO COORDENADORIA DE EDUCAÇÃO CIÊNCIAS PROVA 2º BIMESTRE 8º ANO PROJETO CIENTISTAS DO AMANHÃ Prova elaborada

Leia mais

27/08/2014. Carboidratos. Monossacarídeos. Introdução. Classificação (quanto ao número de monômeros) Carboidratos

27/08/2014. Carboidratos. Monossacarídeos. Introdução. Classificação (quanto ao número de monômeros) Carboidratos Introdução CARBOIDRATOS Outras denominações: - Hidratos de carbono - Glicídios, glícides ou glucídios - Açúcares. Ocorrência e funções gerais: São amplamente distribuídos nas plantas e nos animais, onde

Leia mais

O uso de concentrado para vacas leiteiras Contribuindo para eficiência da produção

O uso de concentrado para vacas leiteiras Contribuindo para eficiência da produção Leite relatório de inteligência JANEIRO 2014 O uso de concentrado para vacas leiteiras Contribuindo para eficiência da produção Na busca da eficiência nos processos produtivos na atividade leiteira este

Leia mais

Fisiologia: Digestão, respiração, circulação, excreção, coordenação e reprodução

Fisiologia: Digestão, respiração, circulação, excreção, coordenação e reprodução Fisiologia: Digestão, respiração, circulação, excreção, coordenação e reprodução 1. No nosso organismo existem dois tipos de enzimas do tipo amilase, a amilase pancreática e a amilase salivar, com velocidades

Leia mais

Sistema Digestivo dos Peixes

Sistema Digestivo dos Peixes Sistema Digestivo dos Peixes Seminário Histologia SISTEMA DIGESTIVO DOS PEIXES Camila Bedulli Do Carmo Gabriel Cohen Guilherme G. Da Silva Miranda Izabela Franca Marcela C. Biondo Patricia Mayumi Bellete

Leia mais

ALUNO(a): Observe o esquema a seguir, no qual I e II representam diferentes estruturas citoplasmáticas.

ALUNO(a): Observe o esquema a seguir, no qual I e II representam diferentes estruturas citoplasmáticas. GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: DISCIPLINA: SÉRIE: 3º ano ALUNO(a): Lista de Exercícios NOTA: No Anhanguera você é + Enem Questão 01) Observe o esquema a seguir, no qual I e II representam diferentes estruturas

Leia mais