FICHA DE CURSO. Mestrado em Ciências do Desporto (796) Ano Letivo 2011/12

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FICHA DE CURSO. Mestrado em Ciências do Desporto (796) Ano Letivo 2011/12"

Transcrição

1 FICHA DE CURSO Mestrado em Ciências do Desporto (796) Ano Letivo 2011/12

2 FICHA DE CURSO Nome do Curso Mestrado em Ciências do Desporto (796) Créditos ECTS 120 Diretor de Curso Mário António Cardoso Marques Regime de estudos Presencial e à distância Requisitos de Admissão A admissão ao mestrado será feita de acordo com o art.17º do Decreto-Lei nº 74/2006, de 24 de Março. A admissão, a formalização, bem como as regras de seriação de candidatura, o número de vagas e os prazos de candidatura ao Mestrado/2ºciclo serão fixados anualmente por despacho do Reitor da Universidade Beira Interior, nos termos do nº 2 do artigo 1 do Regulamento do Grau de Mestre da Universidade da Beira Interior. Caracterização (perfil) do curso (Objectivos gerais) O Mestrado em Ciências do Desporto na UBI está essencialmente dirigido a Licenciados, Professores de Educação Física e Treinadores. A qualidade e experiência Profissional dos docentes que asseguram este Mestrado tornam possível um elevado grau de aprendizagem teórica e prática. Foi nossa preocupação seleccionar um corpo docente com enorme reputação nacional e internacional, com vasta publicação científica e elevada experiência de ensino superior. Que tipo de Mestrado queremos? Queremos um Mestrado moderno, assente numa sólida base teórica, mas sobretudo inovador na sua vertente prática. Assim, será determinante uma forte aproximação professor/aluno, a ser conseguida nos seminários intensivos que estes professores convidados dirigirão e no acompanhamento tutorial que os docentes internos assegurarão. Não queremos uma avaliação clássica, com exames ou avaliações orais, mas sim, com apresentação regular de trabalhos propostos por cada um dos docentes. Competências do curso O curso de Mestrado/2ºciclo em Ciências de Desporto fornece competências para o prescrição do exercício da actividade profissional e/ou da investigação científica. Saídas Profissionais Concluído o 1º ano do curso, os alunos podem elaborar a sua dissertação em qualquer dos temas para os quais existem orientadores no Departamento, nomeadamente nas áreas de: Treino Desportivo, Exercício e Saúde e Gestão Desportiva. Infra-estruturas O curso conta com a participação de todas as estruturas e laboratórios da UBI e ainda com o apoio do CIDESD Centro de Investigação em Desporto, Saúde e Desenvolvimento Humano e seus diversos grupos de Performance Desportiva, Saúde e Exercício e Intervenção Profissional e Pedagógica. Laboratório com os seguintes equipamentos: Biopac system Medidor linear de posição Cosmed calibration Câmaras Medidores tensão Hangrip Tapete de saltos Células fotoeléctricas Radares 2/26

3 Balança biopedancia Medidores lactato Medidores glucose Medidores triglicédios Plataforma de forças Bicicleta Tapete rolante Pavilhões cobertos Pista de atletismo Piscina coberta de 25m Normas e regulamentos (avaliação e graduação) Ver regulamento do 2 Ciclo em Ciências do Desporto 3/26

4 Estrutura do Curso e créditos Ciências do Desporto Ano Código Unidade Curricular Sem Tipo AC ECTS Desenvolvimento Estratégico Em Desporto 1ºS Normal CD Epistemologia 1ºS Normal FIL Metodologia de Investigação Em Ciências do Desporto 1ºS Normal CD Seminário I 1ºS Normal CD Teoria e Metodologia do Treino Desportivo 1ºS Normal CD Cinesiologia 2ºS Normal CD Coaching Organizacional 2ºS Normal CD Estatística Aplicada 2ºS Normal M Psicologia Cognitiva 2ºS Normal P Seminário II 2ºS Normal CD Dissertação Ou Projecto A Normal CD /26

5 FICHA DE UNIDADE CURRICULAR Nome da UC Ano/Semestre Créditos ECTS Língua Tipo de UC Responsável Carga horária Desenvolvimento Estratégico Em Desporto (9467) 1/S1 6.0 Português Normal Dina Alexandra Marques Miragaia OT(16H)/S (16H)/T (32H) Tipo de ensino Presencial e à Distância Estágios Não aplicável Objectivos Gerais da UC Fornecer conceitos, instrumentos e técnicas de análise, que permitam conhecer, investigar e analisar as principais ferramentas de formulação, análise e implementação estratégica. Fornecer uma visão sobre os quadros legislativos e regulamentares do contexto desportivo global. Competências da UC ou Resultados da Aprendizagem Identifica, analisa e compreende os indicadores organizacionais e de mercado como suporte à definição do planeamento estratégico. Analisa e compreende modelos de governança. Compreende os fundamentos científicos do processo de definição do planeamento estratégico. Conteúdos / Programa Modulo 1: 1 - Contexto da Estratégia Empresarial 1.1- Introdução Estratégia Competitiva e Sector de Atividade 2. Modelos de Planeamento Estratégico Conceito de Planeamento/Pensamento Estratégico O Plano Estratégico de uma Organização Desportiva 3 - Análise Interna e Vantagem Competitiva Posicionamento Dentro do Sector Fontes da Vantagem Competitiva Modulo 2: 1. Gestão Desportiva Internacional - Poder, política e conflito; cultura do desporto, inovação e diversidade, globalização, ética e responsabilidade social, liderança para o século 21, a gestão da mudança, a qualidade do processo de gestão; registo profissional, humanitário e científico. 2. Governança Internacional e Perspectivas do Desporto. 3. Governos, desporto e política de desenvolvimento. 4. A boa governança no desporto. 5/26

6 Bibliografia / Fontes de Informação Bibliografia Principal: 1. BARNEY, J. e CLARK, D. (2007). Resource-Based Theory: Creating and Sustaining Competitive Advantage; Oxford, University Press. 2. COAKLEY, J. (2009). Sports in society: Issues and controversies (10th ed.). New York, NY: McGraw-Hill. 3. FAUKNER, D. e CAMPBELL, A. (2006). Strategy: A Strategy Overview and Competitive Strategy, Oxford, University press. 4. FLEISHER, C. e BENSOUSSAN, B. (2003). Strategic and Competitive Analysis: Methods and techniques for Analyzing Business Competition, Prentice-Hall, New Jersey. 5. HELFAT, C. E, FINKELSTAIN, S., MITCHELL, W., PETERAF, M., SINGH, H., TEECE, D. e WINTER, S. (2007). Dynamic Capabilities: Understanding Strategic Change in Organizations, Blackwell Publishing, UK. 6. HUMS, M. A. & MACLEAN, J. C. (2009). Governance and policy in sport organizations (2nd ed.). Scottsdale, Arizona: Holcomb Hathaway Publishers Inc. Actividades de Ensino-Aprendizagem e Metodologias Pedagógicas As metodologias pedagógicas utilizadas combinam uma parte de exposição teórica da matéria pelo professor com questões de reflexão que são colocadas aos alunos e que exigem a exposição oral e o debate, proporcionando treino da oralidade e a necessidade de interligação entre os diferentes conteúdos lecionados. São utilizados meios audiovisuais (Power Point e filmes). Os alunos são orientados e estimulados a pesquisar em diversas bases de dados científicas, como forma de identificarem os diversos campos de aplicação científica dos conteúdos abordados. São proporcionadas sessões de apresentação e debate com base nos elementos pesquizados. Métodos e Critérios de Avaliação - Análise e Reflexão de um Artigo - (4 valores - 20%) - Trabalho de Investigação (Artigo de Revisão) - (16 valores - 80%) 6/26

7 FICHA DE UNIDADE CURRICULAR Nome da UC Ano/Semestre Créditos ECTS Língua Tipo de UC Responsável Carga horária Epistemologia (9469) 1/S1 5.0 Português Normal André Barata Nascimento OT(15H)/TP(45H) Tipo de ensino presencial e à distância Estágios Não aplicável Objectivos Gerais da UC Esta UC tem como principais objectivos: Introdução à reflexão epistemológica contemporânea Interpretar suas implicações no âmbito das ciências do desporto. Competências da UC ou Resultados da Aprendizagem Concluída a UC o estudante deve ser capaz de Competências Básicas - Identificar temas gerais e questões de epistemologia; Competências Científicas - Compreender teoricamente os aspectos nucleares do debate epistemológico, especificamente no domínio científico das Ciências do Desporto; Competências Operacionais - Saber importar contexto epistemológico para a investigação concreta em Ciências do Desporto; Competências Transversais - Relacionamento com os outros, liderar e comunicar, mobilizar recursos, saber aproveitar oportunidades com base em atitudes comportamentais activas, moralmente saudáveis e com ética, expondo-se à crítica dos seus pares, respeitando-os. Conteúdos / Programa 1. O que é o conhecimento? Conhecimento como crença verdadeira e justificada. 2. Critério de demarcação de Popper para o conhecimento científico; a sua recepção por T. Kuhn e I. Lakatos. 3. Observações sobre a distinção epistemológica entre ciências naturais e humanas. 4. Tipos de conhecimento. Conhecimento tácito e explícito. 5. Transmissão de conhecimento e confiança. 7/26

8 Bibliografia / Fontes de Informação 1. BIBLIOGRAFIA OBRIGATÓRIA AMSTERDAMSKY, S. (Ed.). Enciclopédia Einaudi - Explicação (vol. 33, Ed. Port.). (Lisboa: IN-CM, 1996) CARRILHO, M. M. (Ed.). Epistemologia: Posições e Críticas. (Lisboa: F.C.G., 1991) SÈRGIO, M. Algumas Teses sobre Desporto. (Lisboa: Compendium, 2010). ****** 2. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR GAYA, A. "Caminhos e descaminhos nas Ciências do Desporto. Entre o Porto Alegre e o Porto Sentido. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto", 2001, vol. 1, nº 1, MCFEE, G. Ethics, Knowledge and Truth in Sports Research: An Epistemology of Sport (London: Routledge, 2011) SÉRGIO, M. Um Corte Epistemológico - Da Educação Fisica à Motricidade Humana (Lisboa: Piaget, 1999) SÉRGIO, M. Motricidade Humana - Contribuições para um Paradigma Emergente (Lisboa: Piaget, 1995) SÉRGIO, M. Para uma Epistemologia da Motricidade Humana (Lisboa: Compendium, 2000) SÉRGIO, M. Para uma Nova Dimensão do Desporto (Lisboa: Piaget, 2003) Actividades de Ensino-Aprendizagem e Metodologias Pedagógicas Em cada aula, adoptar-se-á um modelo tripartido: (i) parte inicial; (ii) parte principal; (iii) parte final. Na parte inicial será apresentado o sumário, que incluirá a bibliografia recomendada. O sumário deverá ser publicado antes da aula na plataforma online. Caso se justifique, efectuar-se-á um resumo da aula anterior para contextualizar os conteúdos da presente aula. Considera-se como parte principal da aula a exposição dos conteúdos fundamentais a desenvolver, com recurso às metodologias e estilos de ensino mais apropriados ao tipo de aula. A parte final da aula realiza uma síntese das actividades concretizadas e conclusão dos trabalhos. Poderá também servir para avaliar a UC. Métodos e Critérios de Avaliação A avaliação assenta na realização de um teste teórico e na elaboração de um esboço de paper, sobre temática previamente acordada com o professor. O teste teórico terá um "peso" de 20% na nota final e o trabalho 80%. 8/26

9 FICHA DE UNIDADE CURRICULAR Nome da UC Ano/Semestre Créditos ECTS Língua Tipo de UC Responsável Carga horária Metodologia de Investigação Em Ciências do Desporto (9468) 1/S1 6.0 Português Normal Mário António Cardoso Marques OT(16H)/PL(16H)/TP(32H) Tipo de ensino Presencial e à distância Estágios Não aplicável Objectivos Gerais da UC O objectivo da unidade curricular é aprofundar os níveis de conhecimento dos estudantes no que diz respeito às competências sobre as metodologias de investigação e análise estatística, bem como, sistematizar a investigação nas Ciências do Desporto. Competências da UC ou Resultados da Aprendizagem As competências devem estar estruturadas em quatro grandes vertentes: - Básicas - Observar, analisar e compreender com detalhe o treino desportivo; - Científicas - Compreender os fundamentos científicos do processo de treino; - Operacionais - Intervir em função do público-alvo e seus objectivos; organizar e gerir actividades em contexto de treino de forma eficaz e eficiente; - Transversais - Relacionamento com os outros, liderar e comunicar, mobilizar recursos, saber aproveitar oportunidades com base em atitudes comportamentais activas, moralmente saudáveis e com ética, expondo-se à crítica dos seus pares, respeitando-os. - Conteúdos / Programa 1. AS FONTES DO CONHECIMENTO: (tradição, experiência, senso comum, ciência e prática científica) 2. TEORIAS EM INVESTIGAÇÃO E NA PRÁTICA CIENTÍFICA: é possível uma Ciência sem Teoria? 3. CUIDADOS A TER NA FORMULAÇÃO DO PROBLEMA: Selecção do problema a investigar, elaboração e refinamento do problema. 4. O PROCESSO DE MEDIDA: níveis de medida, avaliação da medida. 5. AMOSTRAGEM: o objectivo da amostragem e a sua terminologia (técnicas de amostragem probabilística e não probabilística). 6. TIPOS DE INVESTIGAÇÃO. Experimental: a logística da experimentação, desenhos experimentais (desenho pré, experimental e quasi experimental), validade externa e como ultrapassar as suas limitações. 7. AS BASES TEÓRICAS DO DESENHO EXPERIMENTAL E AS DECISÕES ESTATÍSTICAS 8. COMO DESCREVER OS RESULTADOS ESTATÍSTICOS. 9. A ESCRITA CIENTÍFICA: submissão de projectos, planeamento de submissão de projectos, redacção do relatório científico. 10. NORMAS DE PUBLICAÇÃO: APA, Vancouver,etc. 9/26

10 Bibliografia / Fontes de Informação Harris, P. (2008).Designing and reporting experiments in psychology. New York: Open University Press. Marczyk, G., DeMatteo, D., & Festinger, D. (2005). Essentials of research and methodology. New York: John Wiley & Sons. McManee, M. (2005). Philosophy and the sciences of Exercise, health and sports: Critical perspectives on Research methods. New York: Routledge. Munro, B. (2001). Statistical methods for health care research. New York: Lippincott. Rugg, G., & Petre, M. (2007). A gentle guide to research methods. New York: Open Univ. Press. Shamoo, A., & Resnik, D. (2009). Responsible conduct of research. Oxford: Oxford Univ.Press. Métodos e Critérios de Avaliação Optar-se-á pela realização de um teste teórico e a realização de um trabalho proposto pelo docente, no âmbito das temáticas abordadas. A ponderação de cada frequência será de 20% e de cada trabalho de 80% da classificação final. Actividades de Ensino-Aprendizagem e Metodologias Pedagógicas As aulas teóricas consubstanciar-se-ão, principalmente, na exposição oral e através de meio multimédia (diapositivos power point), e interactivos (internet), dos conteúdos da UC. Adoptarse-á uma metodologia de actuação pedagógico-didáctica predominante de exposição/discussão. As aulas teórico-práticas procurarão dotar os alunos de vivências e experiências práticas no âmbito da análise e do estudo de fenómenos do treino desportivo e sua relação com os temas teóricos abordados. Finalmente, as aulas de orientação tutorial procuram apoiar e orientar os alunos nas diversas tarefas inerentes às actividades solicitadas na UC. 10/26

11 FICHA DE UNIDADE CURRICULAR Nome da UC Ano/Semestre Créditos ECTS Língua Tipo de UC Responsável Carga horária Seminário I (9470) 1/S1 6.0 Português Normal Daniel Almeida Marinho OT(32H)/S (32H) Tipo de ensino presencial/à distância Estágios Não tem. Objectivos Gerais da UC Desenvolver a capacidade de investigação; Fornecer aos alunos uma visão mais específica dos temas de atualidade da investigação em Ciências do Desporto; Treinar técnicas de preparação de artigos e comunicações; Desenvolver capacidade de realizar uma revisão de literatura Competências da UC ou Resultados da Aprendizagem - Básicas - Analisar e compreender com detalhe a literatura científica de Ciências do Desporto; - Científicas - Compreender a estrutura de um artigo científico; Compreender a importância dos mapas de citações (anteriores e posteriores); direcionar a pesquiza de artigos com o objetivo do trabalho de investigação. - Operacionais - Saber consultar bases de dados científicas; compreender a diferença de conhecimento publicado com e sem revisão pelos pares; - Transversais - Saber relacionar-se com os outros, liderar e comunicar, mobilizar recursos, saber aproveitar oportunidades com base em atitudes comportamentais activas, moralmente saudáveis e com ética. Conteúdos / Programa 1. Investigação científica em Ciências do Desporto Apresentação das diferentes áreas de investigação em Ciências do Desporto 1.2. Apresentação da estrutura de investigação em Portugal 1.3. Apresentação das principais publicações (ISI/SCOPUS/SCIELO) em Ciências do Desporto 1.4. Discussão da estrutura de um artigo científico 1.5. Discussão sobre o processo de revisão em ciência (peer review) 1.6. Apresentação das diferentes bases de dados e dos tipos de pesquisa que podem ser feitas 1.7. Elaboração de um artigo de revisão sobre o problema definido 11/26

12 Bibliografia / Fontes de Informação A. 1. Cabral, H. (2009). Técnicas de escrita Científica. Faculdade de Ciências, Universidade de Lisboa. 2. Gustavii, B. (2008). How to Write and Illustrate a Scientific Paper. Second Edition, Cambridge University Press. 3. Azevedo, C.M., Azevedo, A.G. (1994). Metodologia Científica. Contributos práticos para a elaboração de trabalhos académicos. Porto: C. Azevedo. 4. Marinho, D.A., Rouboa, A., Alves, F., Vilas-Boas, J.P., Machado, L., Reis, V.M., Silva, A. (2009). Hydrodynamical analysis of different thumb positions in swimming. Journal of Sports Science and Medicine, 8: Silva, A.J., Carvalhal, M.I., Reis, V.M., Mota, P.M., Garrido, N.D., Pitanga, F., Marinho, D.A. (2008). A prevalência do excesso de peso e da obesidade entre crianças portuguesas. Fitness and Performance Journal, 7: B. A selecionar pelos docentes de acordo com os temas dos alunos inscritos. Textos de apoio diversos a fornecerem ao longo do semestre. Métodos e Critérios de Avaliação A avaliação basear-se-á na análise do trabalho de revisão elaborado a partir do problema de investigação definido por cada aluno, valendo 100% da nota final. Actividades de Ensino-Aprendizagem e Metodologias Pedagógicas As aulas teóricas (Seminário) consubstanciar-se-ão, principalmente, na exposição oral e através de meio multimédia (diapositivos power point), e interactivos (internet), dos conteúdos da UC. Adoptar-se-á uma metodologia de actuação pedagógico-didáctica predominante de exposição/discussão. A exposição das temáticas será dirigida de modo a permitir a autodescoberta e o raciocínio crítico. Para tal, estimular-se-á a interpelação e a orientação de debates/discussão, conduzindo os alunos à operacionalização dos conceitos, à colocação de problemas e à elaboração de hipóteses no âmbito de cada tema, que serão tratadas com mais pormenor nas aulas de Orientação Tutorial. 12/26

13 FICHA DE UNIDADE CURRICULAR Nome da UC Ano/Semestre Créditos ECTS Língua Tipo de UC Responsável Carga horária Teoria e Metodologia do Treino Desportivo (9466) 1/S1 7.0 Português Normal Mário António Cardoso Marques OT(16H)/S (32H)/T (16H) Tipo de ensino Presencial e à distância Estágios Não aplicável Objectivos Gerais da UC Adquirir conceitos e procedimentos básicos relacionados com o treino desportivo; Interpretar criticamente a informação proveniente da literatura científica; Planificar e elaborar estratégias para identificar, analisar, e avaliar as necessidades da condição física e do rendimento. Competências da UC ou Resultados da Aprendizagem - Básicas - Observar, analisar e compreender com detalhe o treino desportivo; - Científicas - Compreender os fundamentos científicos do processo de treino; - Operacionais - Intervir em função do público-alvo e seus objectivos; organizar e gerir actividades em contexto de treino de forma eficaz e eficiente; - Transversais - Relacionamento com os outros, liderar e comunicar, mobilizar recursos, saber aproveitar oportunidades com base em atitudes comportamentais activas, moralmente saudáveis e com ética, expondo-se à crítica dos seus pares, respeitando-os. Conteúdos / Programa 1. Conceitos aplicados de força 2. Como controlar a carga de treino de força 3. Planificação do treino de força em atletas de alto nível 4. O Papel da Universidade no Treino Desportivo 5. A relevância da Prática 6. As necessidades do treinador 7. As necessidades específicas do atleta 8. Experiência prática: natação 13/26

14 Bibliografia / Fontes de Informação González-Badilllo, J.J. (2000) Concepto y Medida de la Fuerza Explosiva en el Deporte. Posibles Aplicaciones al entrenamiento. Revista de Entrenamiento Deportivo. Tomo XIV, n. º 1: González-Badilllo, J.J., y Gorostiaga, E. M. (1995) Fundamentos del entrenamiento de la fuerza. Zaragoza. Inde. Gnzález-Badillo, J.J. (2003) Análisis de datos en la evaluación del entrenamiento deportivo. COE: Madrid. González-Badillo, J.J., y Ribas, J. (2002) Bases de la programación del entrenamiento de fuerza. Barcelona: Inde. Silva, A.J., Rouboa, A., Moreira, A., Reis, V., Alves, F., Vilas-Boas, J.P., Marinho, D. (2008). Analysis of drafting effects in swimming using computational fluid dynamics. Journal of Sports Science and Medicine, 7(1), Rouboa, A., Silva, A., Leal, L., Rocha, J., Alves, F. (2006). The effect of swimmer's hand/forearm acceleration on propulsive forces generation using computational fluid dynamics. Journal of Biomechanics, 39, Actividades de Ensino-Aprendizagem e Metodologias Pedagógicas As aulas teóricas consubstanciar-se-ão, principalmente, na exposição oral e através de meio multimédia (diapositivos power point), e interactivos (internet), dos conteúdos da UC. Adoptarse-á uma metodologia de actuação pedagógico-didáctica predominante de exposição/discussão. As aulas teórico-práticas procurarão dotar os alunos de vivências e experiências práticas no âmbito da análise e do estudo de fenómenos do treino desportivo e sua relação com os temas teóricos abordados. Finalmente, as aulas de orientação tutorial procuram apoiar e orientar os alunos nas diversas tarefas inerentes às actividades solicitadas na UC. Métodos e Critérios de Avaliação Optar-se-á pela realização de um teste teórico e a elaboração de um trabalho proposto pelo docente, no âmbito das temáticas abordadas. O teste teórico terá um "peso" de 20% na nota final e o trabalho 80%. 14/26

15 FICHA DE UNIDADE CURRICULAR Nome da UC Ano/Semestre Créditos ECTS Língua Tipo de UC Responsável Carga horária Cinesiologia (9473) 1/S2 7.0 Português Normal Daniel Almeida Marinho OT(16H)/T (16H)/TP(32H) Tipo de ensino Presencial e à distância. Estágios Não tem. Objectivos Gerais da UC - Compreender quais os indicadores mais adequados para prescrever o treino; - Compreender que testes são mais adequados para controlar o estado do treino; - Compreender como é que a avaliação cardio-respiratória pode ajudar na prescrição de exercícios. Competências da UC ou Resultados da Aprendizagem - Básicas - Observar, analisar e compreender com detalhe o treino desportivo; - Científicas - Compreender os fundamentos científicos do processo de treino; - Operacionais - Intervir em função do público-alvo e seus objectivos; organizar e gerir actividades em contexto de treino de forma eficaz e eficiente; - Transversais - Relacionamento com os outros, liderar e comunicar, mobilizar recursos, saber aproveitar oportunidades com base em atitudes comportamentais activas, moralmente saudáveis e com ética, expondo-se à crítica dos seus pares, respeitando-os. Conteúdos / Programa 1. Relações entre carga interna e externa durante o exercício/ Potência aeróbica/ Potência e capacidade anaeróbica/ Eficiência mecânica e economia do movimento/ Indicadores de carga interna: lactato no sangue, frequência cardíaca, consumo de oxigénio e deficit de oxigénio/ aplicações práticas 2. Vantagens da avaliação cardio-respiratória/ Indicadores da intensidade do exercício cardiorespiratório/ Consumo máximo de oxigénio e limiares ventilatórios/ Relação entre carga interna e externa durante o exercício/ Energia equivalente ao consumo de oxigénio/ Validade e fiabilidade dos protocolos para avaliações cardio-respiratórias/ Cálculos de gasto de energia e sua utilização na prescrição de exercícios/ aplicações práticas 15/26

16 Bibliografia / Fontes de Informação Bibliografia principal 1. Billat V. Fisiología y metodología del entrenamiento - de la teoria a la práctica. Barcelona, Paidotribo, Chicharro JL, Legido JC. Umbral Anaeróbico. Bases fisiológicas y aplicación. Madrid, Interamericana-McGray-Hill, 1991.MacDougall JD, Wenger HA, Green HJ. Evaluación fisiológica del deportista. Barcelona, Paidotribo, Reis VM, Carneiro AL. (2005). Metodologia de estimativa do Deficit de Oxigénio Acumulado. Rev Bras Ciência Mov. 13(3): Bibliografia complementar 1. IZQUIERDO M (2008). Biomecánica y Bases Neuromusculares en la Actividad Física y el Deporte. Editorial MédicaPanamericana, Madrid. 2. IZQUIERDO M, IBAÑEZ J, CALBET JAL,, NAVARRO-AMEZQUETA I, GONZALEZ-IZAL M, IDOATE F, HÄKKINEN K, KRAEMER WJ, PALACIOS-SARRASQUETA M, ALMAR MI, GOROSTIAGA EM (2009). Cytokine and hormone responses to resistance training. Eur J Appl Physiol. DOI /s x Actividades de Ensino-Aprendizagem e Metodologias Pedagógicas As aulas teóricas consubstanciar-se-ão na exposição oral e através de meio multimédia, e interativos, dos conteúdos da UC. As aulas teórico-práticas procurarão dotar os alunos de vivências e experiências práticas. Serão delineadas tarefas a desenvolver pelos alunos. Estas visarão a aprendizagem de técnicas e procedimentos relacionados com as diferentes metodologias de treino (estilo de "ensino por tarefas" e "ensino em pequenos grupos"). Para o efeito, quer os equipamentos, quer as instalações, estarão à disposição dos alunos. As aulas de orientação tutorial procuram apoiar e orientar os alunos nas diversas tarefas inerentes às actividades solicitadas na UC. Métodos e Critérios de Avaliação Optar-se-á pela realização de um teste teórico e a realização de um trabalho proposto pelo docente, no âmbito das temáticas abordadas. A ponderação da frequência será de 20% e do trabalho de 80% da classificação final. 16/26

17 FICHA DE UNIDADE CURRICULAR Nome da UC Ano/Semestre Créditos ECTS Língua Tipo de UC Responsável Carga horária Coaching Organizacional (9474) 1/S2 6.0 Português Normal Pedro Ferreira Guedes de Carvalho OT(16H)/S (32H)/T (16H) Tipo de ensino Presencial e à distância com fórum e apoio tutorial - tutorial, seminários, teóricas Estágios Não aplicável Objectivos Gerais da UC 1. Fornecer aos alunos uma visão sistémica de Coaching. 2. Dar a conhecer técnicas de Coaching para Indivíduos e Organizações. 3. Contribuir para a auto-estima e assertividade dos estudantes. 4. Desenvolver a capacidade de liderança 5. Estudar literatura científica recente em Coaching. Competências da UC ou Resultados da Aprendizagem 1. Capacidade de trabalhar o seu Auto-conhecimento 2. Capacidade de Liderar indivíduos e grupos com ferramentas de Coaching 3. Conhecimento de técnicas de Coaching mais utilizadas no panorama internacional 4. Predisposição para aceitar desafios e resolver problemas, sempre 17/26

18 Conteúdos / Programa 1. AS PESSOAS VERSUS RECURSOS HUMANOS 2. O que esperam as empresas de um líder eficiente; preparar o líder para conduzir pessoas para brilhar em equipas; alcançar os melhores resultados com os recursos disponíveis 3. O COACHING SISTÉMICO 4. ASSUNTOS ABORDAR EM CONFORMIDADE COM O GRUPO DE ALUNOS 4.1. Coaching - uma definição operacional para o Séc. XXI 4.2. O coaching como ferramenta de desenvolvimento de competências 4.3. Competências técnicas do Coach 4.4. O processo de coaching As fases do processo O contrato A avaliação de resultados 5. OS DIFERENTES TIPOS DE COACHING 5.1. Coaching interno 5.2. Coaching externo 5.3. Coaching individual 5.4. Coaching de equipas 5.5. Coaching organizacional 6. LIMITES DO COACHING 7. A ÉTICA DO COACHING 8. TREINO DAS ATITUDES FACILITADORAS DO PROCESSO DE COACHING Bibliografia / Fontes de Informação Cassidy, T., Jones, R., & Potrac, P. (2004). Understanding sports coaching: The social, cultural and pedagogical foundations of coaching practice. London: Routledge. Côté, J. (2006). The Development of Coaching Knowledge International Journal of Sport Science & Coaching, 1(3), Ingham, Jon. (2007) Strategic Human Capital Management: Creating Value through People. E- book. Jones, R. (2005). The sport coach as educator: Reconceptualising sports coaching London: Routledge. Jones, R., Armour, K., & Potrac, P. (2004). Sports Coaching Cultures: From practice to theory. London: Routledge; Taylor & Francis Group. Urrutikoexea, K.L. (2003). Técnicas de entrenamiento deportivas para el desrrollo de colaboradores. In M.V. Elorza (coord..) Coaching Directivo: Desarrolando el Liderazgo - Fundamentos y práctica del coaching (pp ). Barcelona: Editorial Ariel. Zeus and Skiffington (2003) The Complete Guide to Coaching at Work, McGraw-Hill Education (New York, London, Sydney). Métodos e Critérios de Avaliação A avaliação dos saberes - teste escrito (40%) e trabalho individual com memória descritiva da pesquisa bibliográfica (50%). Participação nos exercícios das aulas (10%) Os trabalhadores estudantes são obrigados a ir às aulas presenciais que decorrem em Junho, em 4 períodos concentrados. 18/26

19 Actividades de Ensino-Aprendizagem e Metodologias Pedagógicas Aulas teóricas. Exercícios concretos de Coaching Aulas experimentais Trabalho escrito sobre um artigo Teste escrito O estudante deve ser capaz de fazer uma pesquisa bibliográfica utilizando. Metodologias de ensino: aulas práticas com utilização de computadores/ trabalhos de grupo/tutoriais on line Está prevista também a realização de um trabalho de grupo em que os estudantes utilizam as aprendizagens anteriores para concretizar esse trabalho. O estudante deve ser capaz de conhecer best practices de Coaching, pelo que terá de ler a bibliografia indicada para o efeito, mostrando-se eventualmente disponível para frequentar alguns casos de prática disponibilizados. 19/26

20 FICHA DE UNIDADE CURRICULAR Nome da UC Ano/Semestre Créditos ECTS Língua Tipo de UC Responsável Carga horária Estatística Aplicada (9472) 1/S2 6.0 Português Normal Sandra Maria Bargão Saraiva Ferreira TP(64H) Tipo de ensino Presencial, distance learning Estágios Não aplicável Objectivos Gerais da UC Estimular a capacidade crítica na formulação de hipóteses e na interpretação de resultados; Incentivar a aplicação dos métodos e técnicas da Estatística; Promover a utilização de programas computacionais (SPSS) na análise e tratamento de dados. Competências da UC ou Resultados da Aprendizagem - Básicas - Demonstra cultura geral relativamente ao desporto: perspectiva histórica e contemporânea; competência retórica e sentido crítico na argumentação de ideias. - Científicas - Demonstra conhecimentos básicos de Cálculo Matemático aplicado às C. Desporto; demonstra conhecimentos básicos de Estatística - Operacionais - Conhece e domina a linguagem matemática básica utilizada na Estatística; - Transversais - Compreende e demonstra princípios gerais de ética e moral; capacidade de trabalho em equipa; capacidade de manutenção de registos organizados. Conteúdos / Programa 1. Inferência estatística para duas populações 2. Inferência estatística para mais de duas populações 3. Inferência estatística paramétrica sobre proporções 4. Testes do qui-quadrado 5. Regressão linear 6. Análise de variância dupla 20/26

TEORIAS DA PERSONALIDADE

TEORIAS DA PERSONALIDADE 1 Ano Lectivo 2010/11 Psicologia do Desporto e do Exercício PROGRAMA UNIDADE CURRICULAR TEORIAS DA PERSONALIDADE Instituto Politécnico de Santarém Escola Superior de Desporto de Rio Maior Anabela Vitorino

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM. Dinâmica de Grupo (opção CSH)

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM. Dinâmica de Grupo (opção CSH) INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM Escola Superior de Desporto de Rio Maior 1 LICENCIATURA TREINO DESPORTIVO Dinâmica de Grupo (opção CSH) 6º Semestre 2009/2010 Docente: Carla Chicau Borrego (Regente) Dora

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular GESTÃO E ORGANIZAÇÃO DO DESPORTO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular GESTÃO E ORGANIZAÇÃO DO DESPORTO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular GESTÃO E ORGANIZAÇÃO DO DESPORTO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Motricidade Humana 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

INTRODUÇÃO À BIOMECÂNICA

INTRODUÇÃO À BIOMECÂNICA 1 Ano Lectivo 2009/10 Licenciatura em Condição Física e Saúde no Desporto PROGRAMA UNIDADE CURRICULAR INTRODUÇÃO À BIOMECÂNICA Instituto Politécnico de Santarém Escola Superior de Desporto de Rio Maior

Leia mais

Ficha da Unidade Curricular (UC)

Ficha da Unidade Curricular (UC) Impressão em: 03-01-2013 16:13:42 Ficha da Unidade Curricular (UC) 1. Identificação Unidade Orgânica : Escola Superior de Tecnologia e Gestão Curso : [IS] Informática para a Saúde Tipo de Curso : UC/Módulo

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular GESTÃO DAS EMPRESAS DESPORTIVAS Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular GESTÃO DAS EMPRESAS DESPORTIVAS Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular GESTÃO DAS EMPRESAS DESPORTIVAS Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão das Organizações Desportivas 3. Ciclo

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ACTIVIDADES DESPORTIVAS Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ACTIVIDADES DESPORTIVAS Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular ACTIVIDADES DESPORTIVAS Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão das Organizações Desportivas 3. Ciclo de Estudos

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO À GESTÃO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO À GESTÃO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO À GESTÃO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão de Empresa 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Sistemática do Desporto I - Natação

Sistemática do Desporto I - Natação INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR LICENCIATURA EM TREINO DESPORTIVO PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR Sistemática do Desporto I - Natação REGENTE: Equiparada a Profª.

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MÉTODOS QUALITATIVOS Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MÉTODOS QUALITATIVOS Ano Lectivo 2012/2013 Programa da Unidade Curricular MÉTODOS QUALITATIVOS Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Psicologia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular MÉTODOS

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ÉTICA PROFISSIONAL Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ÉTICA PROFISSIONAL Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular ÉTICA PROFISSIONAL Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Serviço Social (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Serviço Social 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade Curricular ÉTICA

Leia mais

Os Cursos de Licenciatura e de Mestrado:

Os Cursos de Licenciatura e de Mestrado: Departamento de Educação Física F e Desporto SEMINÁRIO Educação Física e Desporto O Processo Bolonha, Estágios e Saídas Profissionais 26 de Junho de 2007 Os Cursos de Licenciatura e de Mestrado: Jorge

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR ANO LECTIVO: 2013/14 FICHA DE UNIDADE CURRICULAR MESTRADO/LICENCIATURA 1.Unidade Curricular Nome: METODOS E TÉCNICAS DE INVESTIGAÇÃO SOCIAL Código: 172 Área Científica: SOCIOLOGIA Curso: MESTRADO EM GERONTOLOGIA

Leia mais

Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2

Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2 CONSELHO CIENTÍFICO-PEDAGÓGICO DE FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE ESTÁGIO, PROJECTO, OFICINA DE FORMAÇÃO E CÍRCULO DE ESTUDOS Formulário de preenchimento obrigatório,

Leia mais

DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5,0

DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5,0 DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR Unidade Curricular: Gestão de Eventos Área Científica: Ciências da Comunicação CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5,0 CURSO: Comunicação e Relações Públicas Ano: 1º 2º 3º 4º Semestre:

Leia mais

DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5

DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5 DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR Unidade Curricular: Turismo, Hotelaria e Restauração Área Científica: Hotelaria CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5 CURSO: Licenciatura em Restauração e Catering Ano: 1º Semestre:

Leia mais

Estatística. 5 (tempo total de trabalho: 28h *5 = 140 horas) 70 = 15 Teóricas (T) + 45 Teórico-práticas (TP) + 10 Orientação tutorial (OT) Luís Faísca

Estatística. 5 (tempo total de trabalho: 28h *5 = 140 horas) 70 = 15 Teóricas (T) + 45 Teórico-práticas (TP) + 10 Orientação tutorial (OT) Luís Faísca 1 Estatística II 1. Resumo descritivo 1.1. Elementos básicos Curso Unidade Curricular Área Científica Ano / Semestre ECTS Horas de Contacto Professor responsável Docentes 1.2. Síntese descritiva Psicologia

Leia mais

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A Licenciatura em Ecoturismo Ref.ª : 8810004 Ano lectivo: 2012-13 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR GESTÃO EMPRESARIAL E EMPREENDEDORISMO ENTERPRISE MANAGEMENT AND ENTREPRENEURSHIP 1. Unidade Curricular: 1.1

Leia mais

Introdução à Psicologia do Desporto e Exercício

Introdução à Psicologia do Desporto e Exercício INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR LICENCIATURA EM PSICOLOGIA do DESPORTO e do EXERCÍCIO PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR Introdução à Psicologia do Desporto e Exercício

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular FINANÇAS Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular FINANÇAS Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular FINANÇAS Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Gestão 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade Curricular FINANÇAS

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão de Recursos Humanos 3. Ciclo de Estudos 1º

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIDADE CURRICULAR Competitividade, Planeamento e Controlo nos Serviços de Saúde MESTRADO

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular FINANÇAS Ano Lectivo 2011/2012

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular FINANÇAS Ano Lectivo 2011/2012 Programa da Unidade Curricular FINANÇAS Ano Lectivo 2011/2012 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Gestão 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade Curricular FINANÇAS

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PRESCRIÇÃO DO EXERCÍCIO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PRESCRIÇÃO DO EXERCÍCIO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular PRESCRIÇÃO DO EXERCÍCIO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Motricidade Humana 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

SOCIOLOGIA OBJECTO E MÉTODO

SOCIOLOGIA OBJECTO E MÉTODO Ano Lectivo 2008/2009 SOCIOLOGIA OBJECTO E MÉTODO Cursos: Licenciatura em Sociologia e Licenciatura em Sociologia e Planeamento (1º ciclo) Unidade Curricular: Sociologia Objecto e Método Localização no

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRA. Departamento de Gestão de Empresas SUMÁRIO: I - OBJECTIVOS DA DISCIPLINA II - PROGRAMA III - AVALIAÇÃO DE CONHECIMENTOS

GESTÃO FINANCEIRA. Departamento de Gestão de Empresas SUMÁRIO: I - OBJECTIVOS DA DISCIPLINA II - PROGRAMA III - AVALIAÇÃO DE CONHECIMENTOS Departamento de Gestão de Empresas GESTÃO FINANCEIRA SUMÁRIO: I - OBJECTIVOS DA DISCIPLINA II - PROGRAMA III - AVALIAÇÃO DE CONHECIMENTOS IV - LOCAL E HORÁRIO DE APOIO AOS ALUNOS V - BIBLIOGRAFIA O Docente

Leia mais

Gestão de Marketing e Ética Empresarial

Gestão de Marketing e Ética Empresarial Escola de Economia e Gestão Gestão de Marketing e Ética Empresarial Reconhecer e explicar os conceitos pilares do marketing e seu ambiente; Reconhecer a estratégia de marketing e aplicar os principais

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO. Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2

APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO. Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2 CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE EQUIPAS Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE EQUIPAS Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DE EQUIPAS Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Motricidade Humana 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular LIDERANÇA, COACHING E NEGOCIAÇÃO Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular LIDERANÇA, COACHING E NEGOCIAÇÃO Ano Lectivo 2012/2013 Programa da Unidade Curricular LIDERANÇA, COACHING E NEGOCIAÇÃO Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Gestão de Recursos Humanos e

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DO DESPORTO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DO DESPORTO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DO DESPORTO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão das Organizações Desportivas 3. Ciclo de Estudos

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIDÁTICA DA EDUCAÇÃO FÍSICA E DO DESPORTO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular DIDÁTICA DA EDUCAÇÃO FÍSICA E DO DESPORTO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular DIDÁTICA DA EDUCAÇÃO FÍSICA E DO DESPORTO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Motricidade Humana 3. Ciclo de Estudos

Leia mais

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A Licenciatura em Ecoturismo Ref.ª : 8810005 Ano lectivo: 2012-13 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR LÍNGUA INGLESA E COMUNICAÇÃO ENGLISH LANGUAGE AND COMMUNICATION 1. Unidade Curricular: 1.1 Área científica:

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MERCADOS FINANCEIROS Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MERCADOS FINANCEIROS Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular MERCADOS FINANCEIROS Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Economia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Escola Superior de Desporto de Rio Maior PÓS-GRADUAÇÃO EM ACTIVIDADE FÍSICA NA GRAVIDEZ E PÓS-PARTO PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR

Escola Superior de Desporto de Rio Maior PÓS-GRADUAÇÃO EM ACTIVIDADE FÍSICA NA GRAVIDEZ E PÓS-PARTO PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM Escola Superior de Desporto de Rio Maior PÓS-GRADUAÇÃO EM ACTIVIDADE FÍSICA NA GRAVIDEZ E PÓS-PARTO PRESCRIÇÃO DO EXERCÍCIO NA GRAVIDEZ E PÓS-PARTO 1.º semestre PROGRAMA

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular LIDERANÇA, COACHING E NEGOCIAÇÃO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular LIDERANÇA, COACHING E NEGOCIAÇÃO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular LIDERANÇA, COACHING E NEGOCIAÇÃO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Gestão de Recursos Humanos e

Leia mais

1. DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO Oficina de Formação de Professores em Empreendedorismo

1. DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO Oficina de Formação de Professores em Empreendedorismo 1. DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO Oficina de Formação de Professores em Empreendedorismo 2. RAZÕES JUSTIFICATIVAS DA ACÇÃO: PROBLEMA/NECESSIDADE DE FORMAÇÃO IDENTIFICADO Esta formação de professores visa

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR 2011/2012. Docente (s) Maria João Alvarez (docente responsável pela UC) e Alexandra Marques Pinto

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR 2011/2012. Docente (s) Maria João Alvarez (docente responsável pela UC) e Alexandra Marques Pinto FICHA DE UNIDADE CURRICULAR 2011/2012 Designação Temas de Desenvolvimento Pessoal e Social Docente (s) Maria João Alvarez (docente responsável pela UC) e Alexandra Marques Pinto Creditação (ECTS) 6 ECTS

Leia mais

E-Business (Opção) vários cursos 1º Ciclo 2012/2013. Fernando Angelino e Sandrina Berthault Moreira. Obrigatória Opcional

E-Business (Opção) vários cursos 1º Ciclo 2012/2013. Fernando Angelino e Sandrina Berthault Moreira. Obrigatória Opcional E-Business (Opção) vários cursos 1º Ciclo 2012/2013 PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR Responsável: Docente: Sandrina Berthault Moreira Fernando Angelino e Sandrina Berthault Moreira Duração: Tipo: Carga Horária:

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular OPÇÃO II - PSICOLOGIA FORENSE Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular OPÇÃO II - PSICOLOGIA FORENSE Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular OPÇÃO II - PSICOLOGIA FORENSE Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Psicologia Clínica 3. Ciclo de Estudos

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTUDOS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA

REGULAMENTO DE ESTUDOS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA NORMAS REGULAMENTARES De acordo com o estipulado pelos artigos 14.º e 26.º do Decreto-Lei n.º 107/2008, de 25 de Junho REGULAMENTO DE ESTUDOS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA Regulamento n.º 487/2010,

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular REDES DE ENERGIA ELÉCTRICA Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular REDES DE ENERGIA ELÉCTRICA Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular REDES DE ENERGIA ELÉCTRICA Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Engenharia Electrotécnica e de Computadores 3.

Leia mais

ACEF/1112/02397 Relatório preliminar da CAE

ACEF/1112/02397 Relatório preliminar da CAE ACEF/1112/02397 Relatório preliminar da CAE Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Universidade Do Minho A.1.a. Identificação

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Psicologia Social e das Organizações Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular Psicologia Social e das Organizações Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular Psicologia Social e das Organizações Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Serviço Social (1º Ciclo) 2. Curso Serviço Social 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

2015-2016. Mestrado em Educação Especial Desenvolvimento Cognitivo e Motor. Tecnologias de Informação e da Comunicação para NEE.

2015-2016. Mestrado em Educação Especial Desenvolvimento Cognitivo e Motor. Tecnologias de Informação e da Comunicação para NEE. Ano Letivo 2015-2016 Designação do Curso Mestrado em Educação Especial Desenvolvimento Cognitivo e Motor Unidade Curricular Tecnologias de Informação e da Comunicação para NEE Área Científica Informática

Leia mais

Formação Pedagógica Inicial de Formadores

Formação Pedagógica Inicial de Formadores Formação Pedagógica Inicial de Formadores MÓDULOS CARGA HORÁRIA Acolhimento 1 O formador face aos sistemas e contextos de formação 8 Factores e processos de aprendizagem 6 Comunicação e Animação de Grupos

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular AVALIAÇÃO DA CONDIÇÃO FÍSICA Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular AVALIAÇÃO DA CONDIÇÃO FÍSICA Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular AVALIAÇÃO DA CONDIÇÃO FÍSICA Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Motricidade Humana 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE

REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM PSICOLOGIA CLÍNICA E DA SAÚDE Artigo 1º Objeto O Regulamento do 2º Ciclo de Estudos Conducentes ao Grau de Mestre em Psicologia Clínica

Leia mais

FICHA DE DISCIPLINAS: ANO LECTIVO DE 2008/09 SERVIÇO SOCIAL. Questões Avançadas em Serviço Social

FICHA DE DISCIPLINAS: ANO LECTIVO DE 2008/09 SERVIÇO SOCIAL. Questões Avançadas em Serviço Social FICHA DE DISCIPLINAS: ANO LECTIVO DE 2008/09 SERVIÇO SOCIAL Nome da disciplina Questões Avançadas em Serviço Social Ciclo de estudos 2º Equipa docente com breve resenha curricular dos docentes (1) Nº de

Leia mais

REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS

REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Faculdade de Ciências Sociais e Humanas REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM RELAÇÕES INTERNACIONAIS Artigo 1º Natureza O presente regulamento

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular OPÇÃO I - TÓPICOS AVANÇADOS DE COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL. Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular OPÇÃO I - TÓPICOS AVANÇADOS DE COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL. Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA Programa da Unidade Curricular OPÇÃO I TÓPICOS AVANÇADOS DE COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Ciências Humanas e Sociais (2º Ciclo) Ano Lectivo 2013/2014 2.

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM MARKETING Artigo 1.º Criação A Universidade da Beira Interior, através

Leia mais

1331002 2013-14 FICHA DA UNIDADE CURRICULAR GESTÃO EMPRESARIAL E EMPREENDEDORISMO

1331002 2013-14 FICHA DA UNIDADE CURRICULAR GESTÃO EMPRESARIAL E EMPREENDEDORISMO Licenciatura em Engenharia Alimentar Ref.ª : 1331002 Ano lectivo: 2013-14 1. Caraterização FICHA DA UNIDADE CURRICULAR GESTÃO EMPRESARIAL E EMPREENDEDORISMO 1.1 - Área científica: 34 - Ciências Empresariais

Leia mais

Do desenvolvimento curricular ao conhecimento profissional

Do desenvolvimento curricular ao conhecimento profissional Do desenvolvimento curricular ao conhecimento profissional José Duarte jose.duarte@ese.ips.pt Escola Superior de Educação de Setúbal José Duarte iniciou a sua carreira como professor de Matemática do Ensino

Leia mais

DISCIPLINAS TEORIA DAS ORGANIZAÇÕES:

DISCIPLINAS TEORIA DAS ORGANIZAÇÕES: DISCIPLINAS TEORIA DAS ORGANIZAÇÕES: A Teoria das Organizações em seu contexto histórico. Conceitos fundamentais. Abordagens contemporâneas da teoria e temas emergentes. Balanço crítico. Fornecer aos mestrandos

Leia mais

Aprendizagem de Português L2 Criação e aplicação de estratégias e materiais conducentes ao sucesso educativo dos alunos PLNM

Aprendizagem de Português L2 Criação e aplicação de estratégias e materiais conducentes ao sucesso educativo dos alunos PLNM Aprendizagem de Português L2 Criação e aplicação de estratégias e materiais conducentes ao sucesso educativo dos alunos PLNM Luísa Solla, ILTEC/ESE Setúbal e Fabíola Santos, ILTEC luisa.solla@sapo.pt fabiola.santos@iltec.pt

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INFORMÁTICA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INFORMÁTICA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular INFORMÁTICA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Gestão das Organizações Desportivas 3. Ciclo de Estudos 1º 4.

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO

PROGRAMA DE FORMAÇÃO PROGRAMA DE FORMAÇÃO 1. Identificação do Curso Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Recursos Humanos 2. Destinatários Profissionais em exercício de funções na área de especialização do curso ou novos

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIDADE CURRICULAR Qualidade Total e Gestão das Operações MESTRADO Gestão Negócios ANO E

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MUSICOTERAPIA APLICADA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MUSICOTERAPIA APLICADA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular MUSICOTERAPIA APLICADA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Musicoterapia 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade

Leia mais

DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR. Unidade Curricular: Marketing Turístico Área Científica: Ciências Empresariais CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5

DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR. Unidade Curricular: Marketing Turístico Área Científica: Ciências Empresariais CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5 DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR Unidade Curricular: Marketing Turístico Área Científica: Ciências Empresariais CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5 CURSO: Ano: 1º 2º 3º Semestre: 1º 2º Regime: Obrigatório Optativo

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR ANO LECTIVO: 2013/2014 FICHA DE UNIDADE CURRICULAR MESTRADO/LICENCIATURA 1.Unidade Curricular Nome: PSICOLOGIA DO ENVELHECIMENTO Área Científica: Psicologia Curso: Mestrado em Gerontologia Social Semestre:

Leia mais

Sinopse das Unidades Curriculares Mestrado em Marketing e Comunicação. 1.º Ano / 1.º Semestre

Sinopse das Unidades Curriculares Mestrado em Marketing e Comunicação. 1.º Ano / 1.º Semestre Sinopse das Unidades Curriculares Mestrado em Marketing e Comunicação 1.º Ano / 1.º Semestre Marketing Estratégico Formar um quadro conceptual abrangente no domínio do marketing. Compreender o conceito

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PRODUÇÃO DE DESIGN MULTIMÉDIA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PRODUÇÃO DE DESIGN MULTIMÉDIA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular PRODUÇÃO DE DESIGN MULTIMÉDIA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Arquitectura e Artes (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Design 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade Curricular

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO. Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2

APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO. Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2 CONSELHO CIENTÍFICO PEDAGÓGICO DA FORMAÇÃO CONTÍNUA APRESENTAÇÃO DE ACÇÃO DE FORMAÇÃO NAS MODALIDADES DE CURSO, MÓDULO E SEMINÁRIO Formulário de preenchimento obrigatório, a anexar à ficha modelo ACC 2

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de e Economia REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM GESTÃO Artigo 1.º Criação A Universidade da Beira Interior, através do Departamento

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA Programa da Unidade Curricular TÉCNICAS AVANÇADAS DE SELECÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HUMANOS Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado

Leia mais

Advisory Human Capital & Tax Services Family Business. Pensar a Família, Pensar o Negócio

Advisory Human Capital & Tax Services Family Business. Pensar a Família, Pensar o Negócio Advisory Human Capital & Tax Services Family Business Pensar a Família, Pensar o Negócio Realidade das Empresas Familiares Na PricewaterhouseCoopers há muito que reconhecemos nas empresas familiares um

Leia mais

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A Licenciatura em Ecoturismo Ref.ª : 1832001 Ano lectivo: 2012-13 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR GESTÃO TURÍSTICA TOURISM MANAGEMENT 1. Unidade Curricular: 1.1 Área científica: 4 - Ciências Empresariais

Leia mais

Regulamento do Curso de Mestrado em Desporto

Regulamento do Curso de Mestrado em Desporto Escola Superior de Desporto de Rio Maior (ESDRM) Instituto Politécnico de Santarém (IPS) Regulamento do Curso de Mestrado em Desporto Artigo 1º Natureza e âmbito de aplicação 1. O curso pretende atingir

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM GESTÃO DE UNIDADES DE SAÚDE Artigo 1.º Criação A Universidade da Beira

Leia mais

CURSO DE MESTRADO EM SUPERVISÃO UNIVERSIDADE DOS AÇORES

CURSO DE MESTRADO EM SUPERVISÃO UNIVERSIDADE DOS AÇORES CURSO DE MESTRADO EM SUPERVISÃO UNIVERSIDADE DOS AÇORES Disciplina de Metodologia de Ensino das Ciências 2003/04 1º Semestre Docente Responsável: Nilza Costa (*) (nilza@dte.ua.pt) Colaboradores: Luís Marques

Leia mais

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia

UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia UNIVERSIDADE DA BEIRA INTERIOR Departamento de Gestão e Economia REGULAMENTO DO 2º CICLO DE ESTUDOS CONDUCENTES AO GRAU DE MESTRE EM EMPREENDEDORISMO E CRIAÇÃO DE EMPRESAS Artigo 1.º Criação A Universidade

Leia mais

Centro de Competência de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Educação 1º Ciclo de Ciências da Educação. Programa. Unidade Curricular

Centro de Competência de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Educação 1º Ciclo de Ciências da Educação. Programa. Unidade Curricular Centro de Competência de Ciências Sociais Departamento de Ciências da Educação 1º Ciclo de Ciências da Educação Programa Unidade Curricular Gestão de Projectos em Educação Área Científica Educação Regência

Leia mais

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC)

FICHA DE UNIDADE CURRICULAR (UC) Ano/Semestre curricular Ano letivo 2014-2015 Curso Unidade Curricular [designação e tipo/se é do tipo obrigatório ou optativo] Língua de ensino ECTS - tempo de trabalho (horas) FICHA DE UNIDADE CURRICULAR

Leia mais

Guia de Curso. Administração e Gestão Educacional. Mestrado em. 15ª Edição. Universidade Aberta Departamento de Educação e Ensino a Distância

Guia de Curso. Administração e Gestão Educacional. Mestrado em. 15ª Edição. Universidade Aberta Departamento de Educação e Ensino a Distância Universidade Aberta Sede R. da Escola Politécnica, 147 1269-001 Lisboa Campus do Taguspark Av. J. Delors, Edifício Inovação I 2740-122 Porto Salvo, Oeiras Coordenadora: Guia de Curso Lídia Grave-Resendes

Leia mais

REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO A APLICAR AOS 1 OS CICLOS

REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO A APLICAR AOS 1 OS CICLOS REGULAMENTO DE FREQUÊNCIA E AVALIAÇÃO A APLICAR AOS 1 OS CICLOS DE ESTUDOS DOS CURSOS ADEQUADOS AO PROCESSO DE BOLONHA I Calendário e carga horária 1. O ano escolar tem início em Setembro e termina em

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ANÁLISE E TRATAMENTO DE DADOS Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ANÁLISE E TRATAMENTO DE DADOS Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular ANÁLISE E TRATAMENTO DE DADOS Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Psicologia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DOS MESTRADOS EM ENSINO - FORMAÇÃO DE PROFESSORES

REGULAMENTO INTERNO DOS MESTRADOS EM ENSINO - FORMAÇÃO DE PROFESSORES REGULAMENTO INTERNO DOS MESTRADOS EM ENSINO - FORMAÇÃO DE PROFESSORES Artigo 1º Âmbito O Regulamento interno dos mestrados em ensino formação inicial de professores aplica-se aos seguintes ciclos de estudo

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular Ficha de Unidade Curricular Unidade Curricular Designação INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO Área Científica Gestão Ciclo de Estudos Licenciatura em Som e Imagem Ramo de Vídeo e ramo de som Carácter: Obrigatória

Leia mais

Universidade Nova de Lisboa ESCOLA NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA

Universidade Nova de Lisboa ESCOLA NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA REGULAMENTO O Regulamento do Curso de Especialização em Medicina do Trabalho (CEMT) visa enquadrar, do ponto de vista normativo, o desenvolvimento das actividades inerentes ao funcionamento do curso, tendo

Leia mais

ACEF/1314/21732 Relatório final da CAE

ACEF/1314/21732 Relatório final da CAE ACEF/1314/21732 Relatório final da CAE Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de Ensino Superior / Entidade Instituidora: Universidade De Lisboa A.1.a. Outras Instituições

Leia mais

Pretende-se que os estudantes adquiram os seguintes conhecimentos e competências:

Pretende-se que os estudantes adquiram os seguintes conhecimentos e competências: CONTABILIDADE DE GESTÃO NAS ENTIDADES PÚBLICAS [14006] GERAL Ano Letivo: 201516 Grupo Disciplinar: Contabilidade Pública ECTS: 4,5 Regime: EL Semestre: S1 OBJETIVOS Os objetivos da unidade curricular de

Leia mais

2014-2015. Doutoramento em Ecologia Humana. Coordenação Científica Profª Iva Pires

2014-2015. Doutoramento em Ecologia Humana. Coordenação Científica Profª Iva Pires 2014- Doutoramento em Ecologia Coordenação Científica Profª Iva Pires Guia do Curso Ano Académico 2014/ Coordenação Científica Profª Iva Pires im.pires@fcsh.unl.pt pires.iva.fcsh@gmail.com Para mais informações

Leia mais

Programa de Unidade Curricular

Programa de Unidade Curricular Programa de Unidade Curricular Faculdade Engenharia Licenciatura Engenharia e Gestão Industrial Unidade Curricular GESTÃO DA PRODUÇÃO Semestre: 5 Nº ECTS: 6, Regente João Paulo Oliveira Pinto Assistente

Leia mais

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A

E S C O L A S U P E R I O R A G R Á R I A Licenciatura em Engenharia Agro-pecuária Ref.ª : 1531001 Ano lectivo: 2010-11 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR GESTÃO EMPRESARIAL E EMPREENDEDORISMO ENTERPRISE MANAGEMENT AND ENTREPRENEURSHIP 1. Unidade

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular. Fernando Galrito, Stephan Jürgens, Filipe Pais

Ficha de Unidade Curricular. Fernando Galrito, Stephan Jürgens, Filipe Pais Ficha de Unidade Curricular Fernando Galrito, Stephan Jürgens, Filipe Pais Unidade Curricular Designação PROJECTO INTERDISCIPLINAR ARTÍSTICO Área Científica CV Ciclo de Estudos SOM E IMAGEM Carácter: Obrigatória

Leia mais

Regulamento n.º 663/2010. Curso de Estudos Avançados em Gestão Pública (CEAGP) 11.ª Edição (2010-2011) Artigo 1.º. Missão e Objectivos

Regulamento n.º 663/2010. Curso de Estudos Avançados em Gestão Pública (CEAGP) 11.ª Edição (2010-2011) Artigo 1.º. Missão e Objectivos Regulamento n.º 663/2010 Curso de Estudos Avançados em Gestão Pública (CEAGP) 11.ª Edição (2010-2011) Artigo 1.º Missão e Objectivos O CEAGP tem por missão propiciar uma formação generalista, de nível

Leia mais

curso de especialização em gestão

curso de especialização em gestão F OR M A Ç Ã O A V A N Ç A D A curso de especialização em gestão FORMAÇÃO ESPECÍFICA PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ENGENHEIROS Enquadramento O CEGE/ISEG é um centro de investigação e projectos do ISEG Instituto

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ÉTICA Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ÉTICA Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular ÉTICA Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Marketing e Publicidade 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOTERAPIAS Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOTERAPIAS Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular PSICOTERAPIAS Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Psicologia Clínica 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade Curricular

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO E ORGANIZAÇÃO DA JUSTIÇA REGULAMENTO. Objeto, duração e definições

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO E ORGANIZAÇÃO DA JUSTIÇA REGULAMENTO. Objeto, duração e definições CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO E ORGANIZAÇÃO DA JUSTIÇA REGULAMENTO Objeto, duração e definições Artigo 1.º Objecto do Curso 1. O Curso de Especialização em Gestão e Organização da Justiça é um Curso de

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR LICENCIATURA EM CONDIÇÃO FÍSICA E SAÚDE NO DESPORTO FITNESS I

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR LICENCIATURA EM CONDIÇÃO FÍSICA E SAÚDE NO DESPORTO FITNESS I INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR LICENCIATURA EM CONDIÇÃO FÍSICA E SAÚDE NO DESPORTO FITNESS I PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR 2009/2010 1 UNIDADE CURRICULAR Fitness

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ESTRATÉGIA EMPRESARIAL Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ESTRATÉGIA EMPRESARIAL Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular ESTRATÉGIA EMPRESARIAL Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Gestão 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade

Leia mais

Licenciatura Psicologia do Desporto e do Exercício. PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR Psicologia do Trabalho e das Organizações

Licenciatura Psicologia do Desporto e do Exercício. PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR Psicologia do Trabalho e das Organizações INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR Licenciatura Psicologia do Desporto e do Exercício PROGRAMA DA UNIDADE CURRICULAR Psicologia do Trabalho e das Organizações Ano

Leia mais

ACEF/1112/03877 Relatório preliminar da CAE

ACEF/1112/03877 Relatório preliminar da CAE ACEF/1112/03877 Relatório preliminar da CAE Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.10 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora: Universidade Da Beira Interior A.1.a. Identificação

Leia mais

Projecto de Rede Temática AEHESIS

Projecto de Rede Temática AEHESIS Projecto de Rede Temática AEHESIS Aligning a European Higher Education Structure In Sport Science Relatório do Terceiro Ano - Resumo - (translated by the Polytechnique Institute of Santarem, Escola Superior

Leia mais