Some things can only be achieved through TRAINING TRAINING TRAINING TRAINING

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Some things can only be achieved through TRAINING TRAINING TRAINING TRAINING"

Transcrição

1 Some things can only be achieved through TRAINING TRAINING TRAINING TRAINING

2

3 QUEM SOMOS A C.B. Talents é uma Specialist Recruitment Consultancy com uma rede global de parceiros nos cinco continentes. Oferece soluções permanentes de recrutamento para áreas específicas como Engenharia, Medicina, Tecnologias de informação e Financeira. Aposta na mobilidade de talentos pelo mundo de uma forma simples e eficaz. Num mundo onde todos querem brilhar apenas uma pequena minoria consegue fazê-lo. A Outgenius oferece soluções de treino ao nível do negócio, liderança e vendas para alavancagem de resultados. Levamos a performance a sério. Por isso criámos um ginásio para campeões. A Cross Border Talents e a Outgenius, uniram esforços para criar a Public Speaking Gym. A vastíssima experiência em avaliação de capacidades aliada ao capital de conhecimento na área da formação de executivos, deram lugar a este projecto inovador.

4 À ESCALA GLOBAL EUROPE NORTH AMERICA AFRICA AUSTRALASIA Austria Belgium Czech Denmark Finland France Germany Greece Hungary Italy Luxemburg Netherlands Norway Poland Portugal Russia Slovakia Spain Sweden Switzerland Turkey Ukraine United Kingdom Canada United States LATIN AMERICA Argentina Brazil Chile Colombia Mexico Uruguay Angola Mozambique South Africa MIDDLE EAST UAE KSA Australia China Japan India Presente em 40 países nos 5 continentes Cursos disponíveis na Alemanha, Portugal, Espanha e Brasil DEUTSCHLAND Bockenheimer Landstrasse Frankfurt/Main DEUTSCHLAND Europaplatz 2, Berlin PORTUGAL Espaço Amoreiras Centro Empresarial Rua D. João V, 24 BRASIL Av. Paulista, º Bela Vista São Paulo

5 A IMPORTÂNCIA DE SABER FALAR EM PÚBLICO As capacidades de apresentação são fundamentais para o sucesso. É a melhor forma de gerar vendas Permite demonstrar a expertise existente Permite destacar-se facilmente de colegas e concorrentes Alavanca a confiança e autoestima Aumenta a popularidade e a reputação Grandes líderes são óptimos comunicadores. Quem pretende ser reconhecido como líder tem que dominar obrigatoriamente a ciência de falar em público.

6 O NOSSO MÉTODO TREINAR TREINAR TREINAR Um método inovador: 24 SESSÕES AO LONGO DE UM ANO 24 DISCURSOS OU APRESENTAÇÕES 24 AVALIAÇÕES DE PERFORMANCE Fortíssima componente prática Estruturado em projectos específicos Progressividade com precedência Feedback imediato Trabalho fora das comfort zones 24 FILMES PARA ANÁLISE 4 MÓDULOS COM PRECEDÊNCIA 10 FORMADORES DE TOPO

7 ESTRUTURA DO CURSO MODULE 1 BLOCK 1 SESSION 1 SESSION 2 BLOCK 2 SESSION 3 SESSION 4 BLOCK 3 SESSION 5 SESSION 6 STARTED STARTED START YOUR SPEECH DEVELOP YOUR SPEECH RETHORICAL TOOLS STRAIGHT TO THE POINT EYE & FACIAL EXPRESSION CERTIFICATION MODULE 1 MODULE 2 BLOCK 4 SESSION 7 SESSION 8 BLOCK 5 SESSION 9 SESSION 10 BLOCK 6 SESSION 11 SESSION 12 SKILLED ANALISE THE SPEECH USE YOUR BODY CONQUER THE SPACE YOUR VOICE INFO FACTS SOURCES LET S VISUAL CERTIFICATION MODULE 2 MODULE 3 BLOCK 7 SESSION 13 SESSION 14 BLOCK 8 SESSION 15 SESSION 16 BLOCK 9 SESSION 17 SESSION 18 PROFICIENT YOU AS A STORY EMOTIONAL TALE JUST SELL CLOSE THE SALE DEAL WITH NO PRESENT WITH DETAIL CERTIFICATION MODULE 3 MODULE 4 BLOCK 10 SESSION 19 SESSION 20 BLOCK 11 SESSION 21 SESSION 22 BLOCK 12 SESSION 23 SESSION 24 PRO DEMO TALK CONCEPTUAL SPEECH FROM THE HEART LET S TECHNICAL POWERFUL PERSUATION BE INSPIRATIONAL CERTIFICATION COURSE

8 O SUCESSO É MENSURÁVEL! DISCURSO DISCURSO 1 VÍDEO KPIs DISCURSO 12 VÍDEO KPIs DISCURSO 24 VÍDEO KPIs CERTIFICAÇÃO Em cada uma das 24 sessões, cada elemento do grupo de 10 formandos será convidado a apresentar um discurso de 5 minutos. Esta apresentação é gravada para registo de performance. Em cada uma das 36 horas de formação serão trabalhadas diferentes competências, sempre ajustadas à realidade profissional, académica e social onde o formando se insere.

9 COMO QUANTIFICAR O SEU ROI Com o Public Speaking Gym conseguirá: Eliminar o medo de falar em público e através de video-conferências Aprender a colocar-se no estado emocional correcto para entregar apresentações e discursos poderosos Utilizar técnicas para criar discursos e preparar apresentações Dominar os estilos de entrega mais impactantes Divertir-se a falar em público Para planear um curso necessitamos da seguinte informação: Qual a definição de ROI para a sua empresa Quais os KPIs utilizados na sua empresa para aferir a performance dos colaboradores Parâmetros internos de avaliação Que resultados concretos ambiciona alcançar em cada módulo realizado

10 FORMADORES Paula Madeira Maria João Gama O desenvolvimento pessoal, interpessoal e organizacional, são o foco da vertente profissional. Psicóloga de formação, realizou diversas especializações nas vertentes de Comunicação, Liderança e Gestão de Equipas de Elevado Desempenho, Apresentação em Público e diferentes vertentes do desenvolvimento humano. Licenciatura em Línguas e Literaturas Modernas Variante Estudos Portugueses. Mestrado em Literaturas Africanas de Expressão Portuguesa. Formadora no Conselho Científico - Pedagógico de Formação Contínua no Centro de formação de Braga. Apresentadora RTP, pesquisa, produção e edição de programas. Elsa Vieira Marco Meireles Gestora de Formação a nível nacional e internacional, com responsabilidade por todo o processo formativo, incluindo a criação e formação das equipas de trabalho, a nível pedagógico e comercial Especialista em Liderança, Performance, Comunicação e Public speaking. Advanced Communicator Gold. Distinguished Toastmaster- máximo reconhecimento da Toastmasters International com sede nos E.U.A pelo progresso no programa educacional ao nível da liderança e comunicação em público. Speaker profissional..

11 FUNDADORES Ricardo Nobre Ricardo started his career at ABB Alstom Power, where worked as site manager in Portugal (Alqueva Hidro- Electrical project) and Thailand (Lam ta Khong pumped storage Project). He joined the recruitment industry in 2001, having worked as country manager at the start up of an HR company, Randstad. From 2007 to 2011 worked at Randstad Holding (Amsterdam) as specialty manager, providing strategic advice to companies in 44 countries. Since 2011 he was a board member at ManpowerGroup Germany where worked as Strategic Clients Director. Currently leads a specialist recruitment consultancy with a global network of recruitment partners across Europa, Americas, Africa, Middle East and Australasia. CB Talents provide permanent recruitment for the Engineering, Medical, IT and Finance sectors. By talents mobility worldwide and keeping the recruitment process short and simple, CBT contribute to solve the global skills shortage challenge. Ricardo hold a master degree in Engineering from Superior Técnico (Lisbon), a master business program from Tias Business School (The Netherlands) and Universidade de Navarra (Spain). graduated on a business program from Católica Lisbon School of Business & Economics named Strategic Management and Value Marco Meireles Especialista em Liderança, Performance, Comunicação e Public speaking. Advanced Communicator Gold. Toastmaster- máximo reconhecimento da Toastmasters com sede nos E.U.A pelo progresso no programa educacional ao nível da liderança e comunicação em público. Speaker profissional. Docente em programas de Formação de nas áreas da liderança e da performance. Governador da Divisão L (Portugal e ilhas) da Toastmasters - organização líder mundial no desenvolvimento de competências de comunicação e liderança que conta com mais de membros e clubes distribuídos por 116 países. Fundador da Innergenius Corporate Coaching e fundador e Diretor- Geral da Outgenius empresa dedicada à alavancagem de resultados através do treino de comportamentos de liderança e comunicação. Presidente da Global Coach associação sem fins dedicada à de comportamentos de excelência ao nível da Liderança, Comunicação e Alto Desempenho. Co- fundador do ginásio de comunicação Public Speaking Gym.

12 Ricardo Nobre Founder and MD of CB Talents T: + 49 (0) Marco Meireles Founder and MD of Outgenius T:

Relatório Gráfico de Acessibilidade à Página www.ceivap.org.br Janeiro até Dezembro / 2007

Relatório Gráfico de Acessibilidade à Página www.ceivap.org.br Janeiro até Dezembro / 2007 Relatório Gráfico de Acessibilidade à Página www.ceivap.org.br Janeiro até Dezembro / 2007 1. Visitações Diárias ( Y ) Visitas ( X ) Dia do mês 1.1) Janeiro 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15

Leia mais

A Norma Brasileira e o Gerenciamento de Projetos

A Norma Brasileira e o Gerenciamento de Projetos A Norma Brasileira e o Gerenciamento de Projetos Realidade Operacional e Gerencial do Poder Judiciário de Mato Grosso Na estrutura organizacional, existe a COPLAN que apoia administrativamente e oferece

Leia mais

Desafios Institucionais do Brasil: A Qualidade da Educação

Desafios Institucionais do Brasil: A Qualidade da Educação Desafios Institucionais do Brasil: A Qualidade da Educação André Portela Souza EESP/FGV Rio de Janeiro 13 de maio de 2011 Estrutura da Apresentação 1. Porque Educação? Educação e Crescimento 2. Educação

Leia mais

Interpretação da norma NBR ISO/IEC 27001:2006

Interpretação da norma NBR ISO/IEC 27001:2006 Curso e Learning Sistema de Gestão de Segurança da Informação Interpretação da norma NBR ISO/IEC 2700:2006 Todos os direitos de cópia reservados. Não é permitida a distribuição física ou eletrônica deste

Leia mais

Associação KNX Portugal

Associação KNX Portugal Associação KNX Portugal Organização KNX e rede de parceiros KNX Association International Page No. 3 Associações Nacionais: Membros Membros KNX Nacionais: Fabricantes: Empresas fabricantes ou representantes

Leia mais

useful phone numbers Students Union Associação Académica da Universidade da Beira Interior

useful phone numbers Students Union Associação Académica da Universidade da Beira Interior useful phone numbers Students Union Associação Académica da Universidade da Beira Interior Headquarters: Rua Senhor da Paciência, 39 6200-158 Covilhã Portugal Telephone: +351 275 319 530 Fax: +351 275

Leia mais

EDUCAÇÃO. Base do Desenvolvimento Sustentável

EDUCAÇÃO. Base do Desenvolvimento Sustentável EDUCAÇÃO Base do Desenvolvimento Sustentável 1 Por que investir em educação? 2 Por que investir em educação? 1. Acesso à cidadania. 2. Aumento da renda pessoal (prêmio salarial): 10% por um ano a mais

Leia mais

PRODUTIVIDADE DO TRABALHO E COMPETITIVIDADE: BRASIL E SEUS CONCORRENTES

PRODUTIVIDADE DO TRABALHO E COMPETITIVIDADE: BRASIL E SEUS CONCORRENTES PRODUTIVIDADE DO TRABALHO E COMPETITIVIDADE: BRASIL E SEUS CONCORRENTES Eduardo Augusto Guimarães Maio 2012 Competitividade Brasil 2010: Comparação com Países Selecionados. Uma chamada para a ação África

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO

CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO Luis Barrinha - Gestor de Ambiente e Segurança SGS ICS - International Certification Services Funchal, 28 de Novembro de 2002 SOCIÉTÉ

Leia mais

DESPESA EM I&D E Nº DE INVESTIGADORES EM 2007 EM PORTUGAL

DESPESA EM I&D E Nº DE INVESTIGADORES EM 2007 EM PORTUGAL DESPESA EM I&D E Nº DE INVESTIGADORES EM 2007 EM PORTUGAL Súmula dos dados provisórios do Inquérito ao Potencial Científico e Tecnológico Nacional, IPCTN, 2007 I DESPESA 1. Despesa em I&D nacional total

Leia mais

Políticas para Inovação no Brasil

Políticas para Inovação no Brasil Políticas para Inovação no Brasil Naercio Menezes Filho Centro de Políticas Públicas do Insper Baixa Produtividade do trabalho no Brazil Relative Labor Productivity (GDP per Worker) - 2010 USA France UK

Leia mais

EDUCAÇÃO. Base para o desenvolvimento

EDUCAÇÃO. Base para o desenvolvimento EDUCAÇÃO Base para o desenvolvimento 1 Por que investir em educação? 2 Por que investir em educação? 1. Acesso à cidadania. 2. Aumento da renda pessoal (prêmio salarial): 10% por um ano a mais de escolaridade.

Leia mais

MVNO Operadoras Virtuais no Brasil. Conhecendo o usuário brasileiro. Valter Wolf 18 de Novembro de 2010

MVNO Operadoras Virtuais no Brasil. Conhecendo o usuário brasileiro. Valter Wolf 18 de Novembro de 2010 MVNO Operadoras Virtuais no Brasil Conhecendo o usuário brasileiro Valter Wolf 18 de Novembro de 2010 O estudo A&R contempla 17 países com mais de 20 mil entrevistas, agrupadas em 3 categorias: Mature,

Leia mais

ESPANHA Porta de acessoà Europa para as multinacionais brasileiras

ESPANHA Porta de acessoà Europa para as multinacionais brasileiras ESPANHA Porta de acessoà Europa para as multinacionais brasileiras Existem muitas empresas e investimentos espanhóis no Brasil. É a hora de ter investimentos brasileiros na Espanha Presidente Lula da Silva,

Leia mais

CREBi Media Kit. Site CREBI Conforme relatórios de visitas emtidos em dezembro de 2008, temos os seguintes dados médios:

CREBi Media Kit. Site CREBI Conforme relatórios de visitas emtidos em dezembro de 2008, temos os seguintes dados médios: CREBi Media Kit Atualmente, somos a mais representativa mídia eletrônica do setor de jóias e afins e também já superamos em muito as maiores médias de outras categorias de mídia. O CREBi oferece três canais

Leia mais

Certificação de Sistemas de Gestão. ACIF_SGS Funchal, 4 de Junho de 2008

Certificação de Sistemas de Gestão. ACIF_SGS Funchal, 4 de Junho de 2008 Certificação de Sistemas de Gestão ACIF_SGS Funchal, 4 de Junho de 2008 Sumário 1. Certificação de Sistemas de Gestão Qualidade (ISO 9001:2000); 2. Certificação de Sistemas de Gestão Ambiental (ISO 14001:2004);

Leia mais

Universidade Nova de Lisboa Ano Lectivo 2006/2007. João Amador Seminário de Economia Europeia. Economia Portuguesa e Europeia. Exame de 1 a época

Universidade Nova de Lisboa Ano Lectivo 2006/2007. João Amador Seminário de Economia Europeia. Economia Portuguesa e Europeia. Exame de 1 a época Universidade Nova de Lisboa Ano Lectivo 2006/2007 FaculdadedeEconomia João Salgueiro João Amador Seminário de Economia Europeia Economia Portuguesa e Europeia Exame de 1 a época 5 de Janeiro de 2007 Atenção:

Leia mais

Q: Preciso contratar um numero de empregados para solicitar o visto E2? R: Não, o Visto E2 não requer um numero de empregados como o Visto Eb5.

Q: Preciso contratar um numero de empregados para solicitar o visto E2? R: Não, o Visto E2 não requer um numero de empregados como o Visto Eb5. RE: Visto E1 O E2 Visto E1 O E2 Q :Preciso contratar um advogado para solicitar o Visto E2? R: Sim, o visto E2 requer o conhecimento especializado da legislacao migratória e a experiência de um advogado

Leia mais

Cirurgia Robótica. Enfermeiro Rodrigo Pinheiro Clinical Sales Manager

Cirurgia Robótica. Enfermeiro Rodrigo Pinheiro Clinical Sales Manager Cirurgia Robótica Enfermeiro Rodrigo Pinheiro Clinical Sales Manager Décadas de mudanças na formação cirúrgica 1950 1960 1970 1980 1990 2000 Anfiteatros Cirúrgicos Cirurgia Experimental Indústria de pesquisa

Leia mais

Bra Top: BT 3331 Color: 160 Short: SH 4069 Color: 160

Bra Top: BT 3331 Color: 160 Short: SH 4069 Color: 160 Rio Collection 1 2 3 4 Bra Top: BT 3331 Color: 160 Short: SH 4069 Color: 160 5 6 Tank Top: TT 4286 Color: 477 Bra Top: BT 3331 Color: 160 Legging: LE 4069 Color: 160 Rio Collection Bra Top: BT 3331 Color:

Leia mais

Artemis7. Portfolio and Project Management Solutions. Better decisions. Better results

Artemis7. Portfolio and Project Management Solutions. Better decisions. Better results Artemis7 Portfolio and Project Management Solutions Better decisions. Better results ESCRITÓÓÓORIO BRASIL Av. Dr. Guilherme Dumont Villares, 1410 6o. andar - Morumbi - 05640-003 55 11 3773-9009 REGIONAL

Leia mais

CISCO ETHERNET PARA A FÁBRICA

CISCO ETHERNET PARA A FÁBRICA OVERVIEW CISCO ETHERNET PARA A FÁBRICA A solução Ethernet para a Fábrica (EttF) da Cisco é um componente da visão Rede Inteligente para Manufatura (INM) da Cisco. Ela elimina a distância entre o escritório

Leia mais

Educação, Economia e Capital Humano em Portugal Notas sobre um Paradoxo

Educação, Economia e Capital Humano em Portugal Notas sobre um Paradoxo Portugal na União Europeia 1986-2010 Faculdade de Economia, Universidade do Porto - 21 Janeiro 2011 Educação, Economia e Capital Humano em Portugal Notas sobre um Paradoxo Pedro Teixeira (CEF.UP/UP e CIPES);

Leia mais

Com base nesse diagnóstico, a consultoria analisou uma série de determinantes para evidenciar as possibilidades de sucesso no torneio:

Com base nesse diagnóstico, a consultoria analisou uma série de determinantes para evidenciar as possibilidades de sucesso no torneio: Press release Data: 11 de Junho de 2014 Contato: Marta Telles Tel: (11) 3526-4508 marta.telles@imagemcorporativa.com.br Marcia Avruch Tel: (11) 3674-3762 marcia.avruch@br.pwc.com Brasil tem vantagem na

Leia mais

Fresas Interpoladoras de Rosca em Metal Duro

Fresas Interpoladoras de Rosca em Metal Duro Fresas Interpoladoras de Rosca em Metal Duro Introdução O programa de fresas de metal duro para interpolar rosca da Dormer é abrangente e as ferramentas são de alta performance oferecendo ao usuário uma

Leia mais

Sessão de Informação ERASMUS+ 1 9 d e m a r ç o d e 2 0 1 4 I n s t i t u t o P o l i t é c n i c o d e B e j a

Sessão de Informação ERASMUS+ 1 9 d e m a r ç o d e 2 0 1 4 I n s t i t u t o P o l i t é c n i c o d e B e j a Sessão de Informação ERASMUS+ 1 9 d e m a r ç o d e 2 0 1 4 I n s t i t u t o P o l i t é c n i c o d e B e j a Mobilidade de indivíduos para aprendizagem (KA1) Mobilidade de staff, em particular de pessoal

Leia mais

www.dalecarnegie.com. Programa de Treinamentos De Alta Performance

www.dalecarnegie.com. Programa de Treinamentos De Alta Performance www.dalecarnegie.com. Programa de Treinamentos De Alta Performance Copyright 2007 Dale Carnegie & Associates, Inc. 290 Motor Parkway Hauppauge, New York 11788 All rights reserved. Tabela de Conteúdos 1.

Leia mais

CARTA DO DIRETOR-EXECUTIVO

CARTA DO DIRETOR-EXECUTIVO International Coffee Organization Organización Internacional del Café Organização Internacional do Café Organisation Internationale du Café P CARTA DO DIRETOR-EXECUTIVO RELATÓRIO SOBRE O MERCADO CAFEEIRO

Leia mais

Tecnologia Conectividade

Tecnologia Conectividade Funcionalidade de Alimentos como Ferramenta de Marketing Mª Engª Alexia Hoppe I Mostra de Ciência e Tecnologia TecnoDohms Porto Alegre, Maio 2012 Tecnologia Conectividade Geração Y: valores e atitudes

Leia mais

Revitalização da Indústria Fonográfica no Brasil

Revitalização da Indústria Fonográfica no Brasil Revitalização da Indústria Fonográfica no Brasil Impacto Positivo de uma Redução de Tributos para Empresas e Consumidores Rio de Janeiro, 27 de maio de 2009 Em 2008, o mercado brasileiro de CDs e DVDs

Leia mais

PROJETO SERIALIZAÇÃO. Projeto Serialização DHL

PROJETO SERIALIZAÇÃO. Projeto Serialização DHL PROJETO SERIALIZAÇÃO Projeto Serialização DHL 1 Serialização SETRM 2015 DEUTSCHE POST DHL DHL Supply Chain é parte do Grupo Deutsche Post com presença global e extensivo portifólio em serviços Logísticos

Leia mais

Credibilidade Compromisso. Integridade Confiança. Dinamismo Inovação

Credibilidade Compromisso. Integridade Confiança. Dinamismo Inovação MISSAO Contribuir para o desenvolvimento do potencial humano, dinamizar e elevar com rigor os padrões do conhecimento, das competências e da performance, originando melhores resultados. VALORES Integridade

Leia mais

III.4.1 - Indicadores do comércio internacional por NUTS II, 2004. III.4.1 - Indicators of international trading by NUTS II, 2004

III.4.1 - Indicadores do comércio internacional por NUTS II, 2004. III.4.1 - Indicators of international trading by NUTS II, 2004 III.4.1 - Indicadores do comércio internacional por NUTS II, 2004 III.4.1 - Indicators of international trading by NUTS II, 2004 Unidade: % Unit:% Taxa de cobertura das pelas para os 4 principais mercados

Leia mais

EUROPEAN SOCIAL SURVEY 2006. Atitudes face à Prisão Preventiva e à Tortura como forma de evitar actos terroristas

EUROPEAN SOCIAL SURVEY 2006. Atitudes face à Prisão Preventiva e à Tortura como forma de evitar actos terroristas EUROPEAN SOCIAL SURVEY 2006 Atitudes face à Prisão Preventiva e à Tortura como forma de evitar actos terroristas Junho 2009 1 Amostra O European Social Survey 3 foi aplicado a amostras aleatórias e probabilísticas

Leia mais

BRASIL. 2º Trimestre 2015 Escritórios Corporativos Classe A e A+ Economia & Mercado

BRASIL. 2º Trimestre 2015 Escritórios Corporativos Classe A e A+ Economia & Mercado Evolução do Emprego Formal (%) Taxa de Vacância (%) 2º Trimestre 215 Economia & Mercado O aumento da desaprovação do governo pelos eleitores e a crise política continuam afetando a confiança dos empresários

Leia mais

A importância e desafios da agricultura na economia regional. Assessoria Econômica

A importância e desafios da agricultura na economia regional. Assessoria Econômica A importância e desafios da agricultura na economia regional Assessoria Econômica A Agricultura é importante para o crescimento e desenvolvimento econômico ou é apenas fornecedora de alimentos? Taxa Média

Leia mais

Evolução Nacional da Sociedade da Informação e Comparações Internacionais

Evolução Nacional da Sociedade da Informação e Comparações Internacionais Evolução Nacional da Sociedade da Informação e Comparações Internacionais Forum para a Sociedade da Informação Aveiro, 10 Mar 2006 Luis Magalhães Presidente da UMIC Agência para a Sociedade do Conhecimento,

Leia mais

Empreender em Portugal: Rumo a um Empreendedorismo Sustentado

Empreender em Portugal: Rumo a um Empreendedorismo Sustentado Empreender em Portugal: Rumo a um Empreendedorismo Sustentado Patrícia Jardim da Palma Professora Universitária no ISCSP Coordenadora do Hélios Directora do INTEC ppalma@iscsp.utl.pt Agenda O empreendedorismo

Leia mais

76% das empresas portuguesas prevê novas contratações em 2016

76% das empresas portuguesas prevê novas contratações em 2016 76% das empresas portuguesas prevê novas contratações em 2016 LISBOA (17 Dezembro, 2015) O Estudo Workforce+Pay 2016 lançado pela Korn Ferry (NYSE:KFY), a consultora global na gestão organizacional e de

Leia mais

DEVELOPMENT: WORKING FOR A BETTER TOMORROW.

DEVELOPMENT: WORKING FOR A BETTER TOMORROW. INTERNATIONAL DEVELOPMENT: WORKING FOR A BETTER TOMORROW. Alguns projectos: Sistema de Gestão de Recursos Humanos da Administração Pública (Governo de Timor-Leste) Sistema de gestão municipal SIGEM (Conselho

Leia mais

HCC - HEALTH CARE COMPLIANCE

HCC - HEALTH CARE COMPLIANCE HCC - HEALTH CARE COMPLIANCE Discutir a importância do cumprimento dos requisitos de conformidade e comportamento ético à luz de leis e regulamentações estrangeira em vigor. FEIRA HOSPITALAR Junho de 2008

Leia mais

FISIPE a via Europeia para entrar no negócio da Fibra de Carbono. Março 2012 Instituto de Defesa Nacional 1

FISIPE a via Europeia para entrar no negócio da Fibra de Carbono. Março 2012 Instituto de Defesa Nacional 1 FISIPE a via Europeia para entrar no negócio da Fibra de Carbono Março 2012 Instituto de Defesa Nacional 1 Fibra de Carbono um negócio com fortes barreiras à entrada Precursor Custos de Operação Tecnologia

Leia mais

Serviços de Credit Management. Câmara de Comércio e Indústria Luso-Brasileira 21 de Janeiro de 2014 - Corinthia Hotel Lisbon -

Serviços de Credit Management. Câmara de Comércio e Indústria Luso-Brasileira 21 de Janeiro de 2014 - Corinthia Hotel Lisbon - Serviços de Credit Management Câmara de Comércio e Indústria Luso-Brasileira 21 de Janeiro de 2014 - Corinthia Hotel Lisbon - O Export Pack é o primeiro conceito em Portugal a agregar numa única solução

Leia mais

Recursos Integrados SERVICES AND SOLUTIONS

Recursos Integrados SERVICES AND SOLUTIONS SERVICES AND SOLUTIONS Recursos Integrados Gerenciamento e Otimização de Bens Serviços Técnicos e Engenharia Educação e Treinamento Peças Sobressalentes e Serviços de Pós-Venda Experience In Motion SERVIÇOS

Leia mais

Especialistas em Consultoria à EF e Protocolo Familiar

Especialistas em Consultoria à EF e Protocolo Familiar Especialistas em Consultoria à EF e Protocolo Familiar Helena McDonnell e Magda Gabriel Especialistas em Consultoria à EF e Protocolo Familiar Cambridge Institute Página 1 Especialistas em Consultoria

Leia mais

Global leader in hospitality consulting. Global Hotel Market Sentiment Survey 1 Semestre 2014 BRASIL

Global leader in hospitality consulting. Global Hotel Market Sentiment Survey 1 Semestre 2014 BRASIL Global leader in hospitality consulting Global Hotel Market Sentiment Survey 1 Semestre 2014 BRASIL % DE RESPOSTAS POR REGIÃO INTRODUÇÃO Américas 19% Ásia 31% A pesquisa global de opinião sobre o mercado

Leia mais

BRASIL. 2º Semestre 2014 Escritórios Corporativos. Economia & Mercado. Oferta e Demanda. Tendências de Mercado

BRASIL. 2º Semestre 2014 Escritórios Corporativos. Economia & Mercado. Oferta e Demanda. Tendências de Mercado . m² Variação do preço pedido (%) 2º Semestre 214 Economia & Mercado Depois da definição das eleições no segundo semestre de 214, a redução das expectativas do mercado com relação ao resultado do crescimento

Leia mais

SciELO e o aperfeiçoamento da qualidade dos periódicos científicos brasileiros

SciELO e o aperfeiçoamento da qualidade dos periódicos científicos brasileiros SciELO e o aperfeiçoamento da qualidade dos periódicos científicos brasileiros Fabiana Montanari Lapido Projeto SciELO FAPESP, CNPq, BIREME, FapUNIFESP Informação Conhecimento científico pesquisa científica

Leia mais

Segurança no transporte para a Indústria da Madeira e Aglomerados

Segurança no transporte para a Indústria da Madeira e Aglomerados Segurança no transporte para a Indústria da Madeira e Aglomerados T E C H N O L O G Y Instalações automáticas Para novas instalações ou para integração em linhas de embalamento existentes Benefícios para

Leia mais

Foad Shaikhzadeh Presidente Furukawa Industrial SA

Foad Shaikhzadeh Presidente Furukawa Industrial SA Para ajudar a proteger sua privacidade, o PowerPoint impediu o download automático desta imagem externa. Para baixar e exibir esta imagem, clique em Opções na Barra de Mensagens e clique em Habilitar conteúdo

Leia mais

www.pwc.com/br Audiência no Senado Escolha e Contratação da Entidade Aferidora da Qualidade 22 de Março de 2012 Luiz Eduardo Viotti Sócio da PwC

www.pwc.com/br Audiência no Senado Escolha e Contratação da Entidade Aferidora da Qualidade 22 de Março de 2012 Luiz Eduardo Viotti Sócio da PwC www.pwc.com/br Audiência no Senado Escolha e Contratação da Entidade Aferidora da Qualidade 22 de Março de 2012 Luiz Eduardo Viotti Sócio da PwC Participamos do processo de escolha da Entidade Aferidora

Leia mais

ED 2068/09. 16 junho 2009 Original: inglês. Obstáculos ao consumo

ED 2068/09. 16 junho 2009 Original: inglês. Obstáculos ao consumo ED 2068/09 16 junho 2009 Original: inglês P Obstáculos ao consumo 1. Cumprimentando os Membros, o Diretor-Executivo recorda-lhes que, de acordo com o Artigo 33 do Convênio Internacional do Café de 2001

Leia mais

Terceiro Sector, Contratualização para ganhos em saúde

Terceiro Sector, Contratualização para ganhos em saúde Terceiro Sector, Contratualização para ganhos em saúde 1º Encontro Nacional - Desafios do presente e do futuro Alexandre Lourenço www.acss.min-saude.pt Sumário Organizações do Terceiro Sector Necessidade

Leia mais

A Governança da Internet no Brasil e os padrões para Web

A Governança da Internet no Brasil e os padrões para Web A Governança da Internet no Brasil e os padrões para Web ALGUNS EVENTOS E DADOS IMPORTANTES DA INTERNET NO BRASIL E NO MUNDO NO BRASIL Primeira conexão à redes (Bitnet) => Outubro 88 Domínio.br foi registrado

Leia mais

BARRAS DYWIDAG GRP Enfilagem, Pregamento e Tirantes em Fibra de Vidro

BARRAS DYWIDAG GRP Enfilagem, Pregamento e Tirantes em Fibra de Vidro BARRAS DYWIDAG GRP Enfilagem, Pregamento e Tirantes em Fibra de Vidro 2 Conteúdo Introdução... 3 Campos de Aplicação... 4 Principais Vantagens... 4 Descrição do Sistema... 4 Componentes do Sistema... 4

Leia mais

Global leader in hospitality consulting. Global Hotel Market Sentiment Survey 1 Semestre 2015 BRASIL

Global leader in hospitality consulting. Global Hotel Market Sentiment Survey 1 Semestre 2015 BRASIL Global leader in hospitality consulting Global Hotel Market Sentiment Survey 1 Semestre 2015 BRASIL INTRODUÇÃO Europe 43% % DE RESPOSTAS POR REGIÃO Americas 9% Asia 48% A pesquisa global de opinião sobre

Leia mais

Maximizando os Incentivos à Inovação

Maximizando os Incentivos à Inovação TAX CIESP Maximizando os Incentivos à Inovação R&D Tax Incentives Proposta para prestação de serviços profissionais Agosto de 2014 Agenda Ambiente de Inovação e Incentivos Incentivos Fiscais à Inovação

Leia mais

Áreas de Intervenção A DIVISON OF: A MEMBER FIRM OF:

Áreas de Intervenção A DIVISON OF: A MEMBER FIRM OF: A DIVISON OF: A MEMBER FIRM OF: Áreas de Intervenção Argentina, Australia, Austria, Brazil, Canada, Chile, China, Colombia, Denmark, Finland, France, Germany, Ghana, India, Italy, Mexico, Nigeria, New

Leia mais

o Empresa Internacional de Executive Search e Consultoria em Gestão Estratégica de Recursos Humanos.

o Empresa Internacional de Executive Search e Consultoria em Gestão Estratégica de Recursos Humanos. o Empresa Internacional de Executive Search e Consultoria em Gestão Estratégica de Recursos Humanos. o Formada por uma Equipa de Consultores com uma consolidada e diversificada experiência, quer na área

Leia mais

Economia Social Pós. Ações governamentais com impacto sobre rendimento e emprego: Ações governamentais com impacto sobre rendimento e emprego:

Economia Social Pós. Ações governamentais com impacto sobre rendimento e emprego: Ações governamentais com impacto sobre rendimento e emprego: Economia Social Pós Parte III: Mercado de Trabalho Ênfase na parte de políticas Profa. Danielle Carusi Prof. Fábio Waltenberg Aula 5 (parte III) setembro de 2010 Economia UFF 1. Políticas macroeconômicas,

Leia mais

A procura de novas soluções para os problemas do envelhecimento: As abordagens integradas.

A procura de novas soluções para os problemas do envelhecimento: As abordagens integradas. A procura de novas soluções para os problemas do envelhecimento: As abordagens integradas. Constança Paúl, 19 Abril 2012, IPO-Porto Health Cluster Portugal: Encontros com a inovação em saúde A procura

Leia mais

Gestão Educacional. Ciclo de Debates

Gestão Educacional. Ciclo de Debates Gestão Educacional Ciclo de Debates 2012 Gestão Educacional Ciclo de Debates 2012 Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) Dialogos sobre a gestão

Leia mais

Segurança no transporte para a Indústria de Garrafas e Latas

Segurança no transporte para a Indústria de Garrafas e Latas Segurança no transporte para a Indústria de Garrafas e Latas Instalações automáticas Cintagem de garrafas em camadas Cintagem horizontal de camadas individuais de garrafas de vidro em linhas de produção

Leia mais

Optimização da Cadeia de Valor KaizenInstitute, António Costa. KAIZEN and GEMBAKAIZEN are trademarks of the KAIZEN Institute

Optimização da Cadeia de Valor KaizenInstitute, António Costa. KAIZEN and GEMBAKAIZEN are trademarks of the KAIZEN Institute Optimização da Cadeia de Valor KaizenInstitute, António Costa 2 KAIZEN - Significado K A I Mudar Z E N Melhor K A I Z E N = Melhoria Contínua Todas as Pessoas (Everybody)! Todos os Dias (Everyday)! Todas

Leia mais

Eficiência Energética. Monitorização e Análise do Consumo Energético de Edifícios

Eficiência Energética. Monitorização e Análise do Consumo Energético de Edifícios j Infrastructures & Cites Building Efficiency Monitoring Eficiência Energética Monitorização e Análise do Consumo Energético de Edifícios Monitorização e Controlo de Energia de forma simples e eficaz.

Leia mais

Secretariado Executivo 2014

Secretariado Executivo 2014 Ciclo de CONFERENCES AT BREAKFAST Secretariado Executivo 2014 01, 02 e 03 de Dezembro. Lisboa Novos Desafios e Estratégias Comunicação Assertiva, PNL, Influência - RP e Branding- Novas Tecnologias- Gestão

Leia mais

Diretrizes para Relatórios de Sustentabilidade Glaucia Terreo

Diretrizes para Relatórios de Sustentabilidade Glaucia Terreo Global Reporting Initiative Diretrizes para Relatórios de Sustentabilidade Glaucia Terreo O que é relatório de Sustentabilidade? t d Ambiental Econômico Social Mas como medir e Monitorar esses impactos?

Leia mais

José Alexandre Scheinkman

José Alexandre Scheinkman José Alexandre Scheinkman Edwin W. Rickert Professor of Economics Columbia University Brasil: O Desafio da Produtividade Brasil: Problemas O Brasil tem problemas econômicos prementes de curto prazo. Déficit

Leia mais

ICC 109 8. 14 setembro 2012 Original: inglês. Conselho Internacional do Café 109 a sessão 24 28 setembro 2012 Londres, Reino Unido

ICC 109 8. 14 setembro 2012 Original: inglês. Conselho Internacional do Café 109 a sessão 24 28 setembro 2012 Londres, Reino Unido ICC 109 8 14 setembro 2012 Original: inglês P Conselho Internacional do Café 109 a sessão 24 28 setembro 2012 Londres, Reino Unido Tendências do consumo de café em países importadores selecionados Antecedentes

Leia mais

Tendências Econômicas e seu Impacto na Área Educacional

Tendências Econômicas e seu Impacto na Área Educacional Tendências Econômicas e seu Impacto na Área Educacional Antonio Delfim Netto 25/03/2009 São Paulo, SP I. A Economia de Mercado A. O que ela produziu 1. Melhoria nas condições de vida 2. Tecnologia e crescimento

Leia mais

Criar eventos de excelência Assessoria e orientação estratégica Soluções criativas Transferência de conhecimento

Criar eventos de excelência Assessoria e orientação estratégica Soluções criativas Transferência de conhecimento Your global partner Quem Somos A NewEvents, constituída por profissionais com elevado Know-how, é uma empresa pioneira e especializada na organização, formação e consultoria internacional em Gestão e Marketing

Leia mais

Integrando informação, indicadores e melhoria: experiências internacionais. OECD e da Europa. Niek Klazinga, QualiHosp Sao Paulo, April 3th 2012

Integrando informação, indicadores e melhoria: experiências internacionais. OECD e da Europa. Niek Klazinga, QualiHosp Sao Paulo, April 3th 2012 Integrando informação, indicadores e melhoria: experiências internacionais sobre assistência à saúde da OECD e da Europa Niek Klazinga, QualiHosp Sao Paulo, April 3th 2012 Por que a qualidade do cuidado

Leia mais

WORLD CUP BRAZIL 2014

WORLD CUP BRAZIL 2014 WORLD CUP BRAZIL 2014 Match Date Match Stadium City Cat 1 Cat 2 Cat 3/4 VIP 1 12 jun Brazil vs. Croatia Arena De São Paulo Sao Paulo $2,900 $2,500 $1,800 2 13 jun Mexico vs. Cameroon Estadio Das Dunas

Leia mais

Segurança no transporte para a Produção, Comércio e Logística

Segurança no transporte para a Produção, Comércio e Logística Segurança no transporte para a Produção, Comércio e Logística Cintagem Envolvimento com filme estirável Instalações automáticas para a Produção, Comércio e Logística Cintagem Strapex Endsealer o sistema

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE O MERCADO DE ÁGUA MINERAL NA GRÉCIA

INFORMAÇÕES SOBRE O MERCADO DE ÁGUA MINERAL NA GRÉCIA INFORMAÇÕES SOBRE O MERCADO DE ÁGUA MINERAL NA GRÉCIA Embaixada do Brasil em Atenas Setor Comercial secomgre@embratenas.gr Tel: 30 210 72 444 34 Fax: 30 210 724 47 31 http://atenas.itamaraty.gov.br MAR

Leia mais

NOVOS FATORES DE RISCO PARA DIRETORES E CONSELHEIROS

NOVOS FATORES DE RISCO PARA DIRETORES E CONSELHEIROS NOVOS FATORES DE RISCO PARA DIRETORES E CONSELHEIROS Gustavo Galrão Head of Professional Lines Brazil XL Group Insurance ABGR, Sao Paulo, Brazil 23 de Outubro de 2013 1 Agenda 1) Responsabilidade de Administradores

Leia mais

ESPANHA Porta de acesso à Europa para as multinacionais brasileiras

ESPANHA Porta de acesso à Europa para as multinacionais brasileiras ESPANHA Porta de acesso à Europa para as multinacionais brasileiras ESPANHA: UM PAÍS QUE SAE DA CRISE 2,00% 1,50% Evolução do PIB espanhol 1,70% 1,00% 1% 0,50% 0,00% -0,50% -0,20% 0,10% 2010 2011 2012

Leia mais

Israel: Inovando para um mundo melhor

Israel: Inovando para um mundo melhor Israel: Inovando para um mundo melhor O futuro, Israel e você Boaz Albaranes Cônsul para Assuntos Econômicos Missão Econômica de Israel no Brasil O que todos estes têm em comum? Dilema atual Tecnologias

Leia mais

MASTER EM PROGRAMAÇÃO NEURO LINGUÍSTICA. Carvoeiro, 05/06/2016 a 12/06/2016

MASTER EM PROGRAMAÇÃO NEURO LINGUÍSTICA. Carvoeiro, 05/06/2016 a 12/06/2016 MASTER EM PROGRAMAÇÃO NEURO LINGUÍSTICA Carvoeiro, 05/06/2016 a 12/06/2016 :MASTER EM PROGRAMAÇÃO NEURO LINGUÍSTICA conhecimento de PNL como nenhuma outra em Portugal.Com este curso, vai dar corpo aos

Leia mais

A GESTÃO DA PERFORMANCE NA NAV Portugal

A GESTÃO DA PERFORMANCE NA NAV Portugal A GESTÃO DA PERFORMANCE NA NAV Portugal APDH - CONVERSAS DE FIM DE TARDE O Desempenho Organizacional Hospitalar. Como Obter Ganhos de Eficiência nos Serviços de Saúde 22 de Junho de 2006 João Batista Controlo

Leia mais

SISTEMAS DYWIDAG ST 85/105

SISTEMAS DYWIDAG ST 85/105 Sistemas DYWIDAG SISTEMAS DYWIDAG ST 85/105 As barras e componentes DYWIDAG excedem os limites requeridos pelas normas brasileiras. Sua rosca robusta proporciona máxima aderência aço/concreto, única no

Leia mais

Financiamento: Inovação e / ou Sustentabilidade em tempos de crise. Adalberto Campos Fernandes

Financiamento: Inovação e / ou Sustentabilidade em tempos de crise. Adalberto Campos Fernandes Financiamento: Inovação e / ou Sustentabilidade em tempos de crise Adalberto Campos Fernandes O Contexto FINANCIAMENTO: INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE EM TEMPOS DE CRISE O CONTEXTO A ESPECIFICIDADE DO BEM

Leia mais

Projeto GeoCONVIAS abril 2009

Projeto GeoCONVIAS abril 2009 Projeto GeoCONVIAS abril 2009 Logica 2008. All rights reserved Agenda 1 2 3 4 5 6 7 8 Instituições Participantes Objetivo do Projeto Fluxo de Trabalho de CONVIAS Benefícios Escopo do Projeto Arquitetura

Leia mais

Em diversas organizações de Portugal, Angola e Brasil

Em diversas organizações de Portugal, Angola e Brasil Curriculum Vitae Informação pessoal Nome completo Cristina Fernandes Data de nascimento 13/01/1967 Experiência profissional Em ambiente empresarial Datas Desde 2011 Consultora e Formadora Freelancer Em

Leia mais

Janelas para toda a vida

Janelas para toda a vida Janelas para toda a vida Argentina Australia Austria Belarus Belgium Bosnia-Herzegovinia Brazil Bulgaria Canada Chile China Croatia Czech Republic Denmark Ecuador Egypt El Salvador France Greece Guatemala

Leia mais

O trabalho da Organização das Nações Unidas

O trabalho da Organização das Nações Unidas O trabalho da Organização das Nações Unidas Report A Inclusion Europe e os seus 49 membros de 36 países lutam contra a Inclusion Europe and its 47 members in these 34 countries are fighting exclusão social

Leia mais

Pesquisa TIC Kids Online Brasil

Pesquisa TIC Kids Online Brasil Semana da Infraestrutura da Internet no Brasil Grupo de Trabalho de Engenharia e Operação de Redes GTER Grupo de Trabalho em Segurança de Redes GTS Pesquisa TIC Kids Online Brasil Parte I: Visão geral

Leia mais

O Papel da Educação no Desenvolvimento Econômico e Social

O Papel da Educação no Desenvolvimento Econômico e Social O Papel da Educação no Desenvolvimento Econômico e Social Naércio Aquino Menezes Filho Instituto Futuro Brasil, Ibmec São Paulo e USP 1ª Jornada da Educação - TCE - 04/12/2008 Roteiro 1) Introdução O papel

Leia mais

Qualidade de Software nas MPE ISO/IEC 29110

Qualidade de Software nas MPE ISO/IEC 29110 Qualidade de Software nas MPE ISO/IEC 29110 A Hipótese em 2004 Uso de normas de ES nas PMEs A indústria de Software Austrália Reunião Plenária (2004) Reconhecimento das Necessidades e Problemas + 90% das

Leia mais

Exportar para Crescer. Novos Caminhos para o Mercado Externo

Exportar para Crescer. Novos Caminhos para o Mercado Externo Exportar para Crescer Novos Caminhos para o Mercado Externo Panorama Coface 30 06 2011 Denise Cortez Grupo Coface Visão Global Empresa de Origem francesa especializada no Gerenciamento de Risco de Crédito:

Leia mais

Global leader in hospitality consulting. Global Hotel Market Sentiment Survey 2 Semestre 2013 BRASIL

Global leader in hospitality consulting. Global Hotel Market Sentiment Survey 2 Semestre 2013 BRASIL Global leader in hospitality consulting Global Hotel Market Sentiment Survey 2 Semestre 2013 BRASIL 50 40 30 20 10 0-10 -20-30 -40-50 Fev 2009 Jul 2009 SENTIMENT NÍVEL GLOBAL Jan 2010 % DE RESPOSTAS POR

Leia mais

ÍNDICE A CATÓLICA LISBON COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL. As nossas acreditações A nossa oferta A Formação de Executivos

ÍNDICE A CATÓLICA LISBON COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL. As nossas acreditações A nossa oferta A Formação de Executivos ÍNDICE A CATÓLICA LISBON 02 As nossas acreditações A nossa oferta A Formação de Executivos COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL Conteúdos Programáticos Metodologia Docente 04 05 07 07 2015 SEMINÁRIO DE COMUNICAÇÃO

Leia mais

A Direção-Geral do Território disponibiliza aos seus clientes diversas modalidades de pagamento:

A Direção-Geral do Território disponibiliza aos seus clientes diversas modalidades de pagamento: Modalidades de Pagamento A disponibiliza aos seus clientes diversas modalidades de pagamento: Estações de CTT Cheque por Correio Depósito Bancário Transferência Bancária Balcão 'Loja da DGT' Estações dos

Leia mais

http://www.puc-rio.br/ensinopesq/ccci/ Novembro de 2014

http://www.puc-rio.br/ensinopesq/ccci/ Novembro de 2014 a http://www.puc-rio.br/ensinopesq/ccci/ Novembro de 2014 Metas e Desafios da Internacionalização na PUC-Rio A Internacionalização na PUC-Rio Estrutura acadêmico-administrativa Coordenação Central de Internacionalização:

Leia mais

Segurança Rodoviária: Lições resultantes do trabalho do International Transport Forum

Segurança Rodoviária: Lições resultantes do trabalho do International Transport Forum Segurança Rodoviária: Lições resultantes do trabalho do International Transport Forum José Viegas Secretário Geral International Transport Forum 19º Congresso Brasileiro de Transporte e Trânsito, Brasília,

Leia mais

Health Management Future

Health Management Future 2012 Health Management Future COM O PATROCÍNIO DE O grupo BIAL tem como missão desenvolver, encontrar e fornecer novas soluções terapêuticas na área da Saúde. Fundado em 1924, ao longo dos anos BIAL conquistou

Leia mais

HEALTH MANAGEMENT CHALLENGES

HEALTH MANAGEMENT CHALLENGES 2011 HEALTH MANAGEMENT CHALLENGES COM O PATROCÍNIO DE: ÍNDICE A NOSSA PROPOSTA DE VALOR 3 HEALTH MANAGEMENT CHALLENGES 4 Estrutura e Coordenação 5 Conteúdos e Corpo Docente 6 Introdução: Health Servuction

Leia mais

Teixeira Duarte Distribuição Teixeira Duarte Distribution. Marcas representadas Represented brands. Aposta na competência Focus on competence

Teixeira Duarte Distribuição Teixeira Duarte Distribution. Marcas representadas Represented brands. Aposta na competência Focus on competence Teixeira Duarte Distribuição Teixeira Duarte Distribution Marcas representadas Represented brands Aposta na competência Focus on competence Mercados de atuação Marketplaces Angola Angola Brasil Brazil

Leia mais

SGA. Introdução. Qualidade ISO 14001. Sistemas. Sustentáveis. Casos. Prática. Manuel Duarte Pinheiro SGA. Introdução. Qualidade ...

SGA. Introdução. Qualidade ISO 14001. Sistemas. Sustentáveis. Casos. Prática. Manuel Duarte Pinheiro SGA. Introdução. Qualidade ... por RESPONSABILIDADE SOCIAL E SUSTENTABILIDADE NOVAS DIMENSÕES por SA SIGMA SISTEMAS DE GESTÃO DO AMBIENTE 2003/2004 GRI por Nível 1 Nível 2 PROACTIVIDADE CRESCENTE Nível 3 ISSO EMAS I Excelência Ambiental...

Leia mais