GEONFORMAÇÃO PARA NÃO ESPECIALISTAS

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GEONFORMAÇÃO PARA NÃO ESPECIALISTAS"

Transcrição

1 GEONFORMAÇÃO PARA NÃO ESPECIALISTAS - Produtos Cartográficos - Geoprocessamento - Sistemas de Informações Geográficas (GIS) - Serviços de Mapas - Demo de um GIS aplicado na PMSP

2 CARTOGRAFIA (conceitos) Ciência e arte de representar graficamente através de mapas, cartas e plantas, o conhecimento da superfície da Terra. O conjunto de todas as ciências e técnicas que conduzem à carta, tal como Topografia, Geodésia, Astronomia de Posição, Fotogrametria, Sensoriamento Remoto, Foto-interpretação. É a organização, apresentação, comunicação e utilização da geoinformação nas formas visual, digital ou táctil, que inclui todos os processos de preparação de dados, no emprego e estudo de todo e qualquer tipo de mapa.

3 MAPEAR PRA QUÊ? DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO PLANEJAR E CONSTRUIR MONITORAR MEIO-AMBIENTE ARRECADAR IMPOSTOS DE MODO JUSTO CADASTRAR E GERENCIAR INFRAESTRUTURA GERIR RECURSOS NATURAIS QUANTIFICAR PRODUÇÃO AGRÍCOLA EXECUÇÃO DE OBRAS PÚBLICAS

4 ESCOLHA DA SOLUÇÃO ADEQUADA A CADA PROBLEMA PLANEJAMENTO? PROJETO E EXECUÇÃO DE OBRAS CIVIS? GESTÃO?

5 VOO FOTOGRAMÉTRICO

6 DA FOTOGRAFIA AOS MAPAS

7 TIPOS DE PRODUTOS: - PLANTAS (ATÉ ESCALA 1:10000) - CARTAS (ATÉ ESCALA 1: ) - MAPAS (MENORES QUE 1: )- ADOTADO GENERICAMENTE - ORTOFOTOS/ORTOIMAGENS - MOSAICOS SEMI-CONTROLADOS/SERVIÇO DE MAPAS - MODELOS DIGITAIS DO TERRENO - MODELOS DIGITAIS DE SUPERFÍCIE/3D DE CIDADES

8 - BASE CARTOGRÁFICA PARA GIS/WEB MAPPING/LBS - MAPAS DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO - MAPAS DE CURVAS DE NÍVEL - MAPAS DE DECLIVIDADE - MAPAS DE REDES DE DRENAGEM - MAPAS DE VISIBILIDADE (Viewshed)

9 PLANTA PLANIALTIMÉTRICA NA ESCALA 1:2000

10 CARTA NA ESCALA 1:50000

11 MAPA NA ESCALA 1:

12 ORTOFOTO- ESCALA 1:5000

13 SERVIÇO DE MAPAS/CARTA-IMAGEM/ MOSAICO SEMI- CONTROLADO

14 MODELO DIGITAL DO TERRENO + REDES DE DRENAGEM (WATERSHED)

15 MODELO 3D DE CIDADE

16 CARTA DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO

17 BASE CARTOGRÁFICA MUNICIPAL (FONTE : APRESENTAÇÃO 2008 LTG-USP)

18 MAPAS DE CURVAS DE NÍVEL

19 CARTA DE DECLIVIDADE

20 CARTAS DE VISIBILIDADE(VIEWSHED)

21 GEOPROCESSAMENTO CONCEITO: CONJUNTO DE TECNOLOGIAS QUE COLETAM, ARMAZENAM, ANALISAM E EXIBEM DADOS ESPACIAIS. DENTRE ELAS: CARTOGRAFIA DIGITAL, AUTOMAÇÃO TOPOGRÁFICA, GPS, SENSORIAMENTO REMOTO, GIS, SERVIÇOS DE MAPAS, BANCO DE DADOS, GEOMETRIA COMPUTACIONAL ETC

22 GEOPROCESSAMENTO DADOS ESPACIAIS - MAPAS - ORTOFOTOS - IMAGENS ORBITAIS (SATÉLITE E RADAR) - FOTOS AÉREAS

23 GEOPROCESSAMENTO ESTRUTURA DE DADOS ESPACIAIS Vetoriais Matriciais

24 GEOPROCESSAMENTO BANCO DE DADOS ESPACIAIS Conjunto de planos de informação (temas) georreferenciados Uso da terra (polígono) Solos (polígono) Estações fluviométricas (ponto) Rios (linha) Bacias Hidrográficas (polígono)

25 GEOPROCESSAMENTO

26 GEOPROCESSAMENTO SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS (GIS): SOFTWARE QUE COLETA, MANIPULA, ANALISA E APRESENTA INFORMAÇÕES REFERENCIADAS GEOGRAFICAMENTE SOFTWARE, HARDWARE, BASE DE DADOS E PESSOAL TÉCNICO.

27 GEOPROCESSAMENTO GIS APLICADO EM MARKETING

28 GEOPROCESSAMENTO EXEMPLO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS (GIS)

29 GEOPROCESSAMENTO EXEMPLO DE SERVIÇOS DE MAPAS PARA CALCULO DE ROTAS PARA LOGÍSTICA

30 GEOPROCESSAMENTO EXEMPLO DE SERVIÇOS DE GEOINFORMAÇÃO COMO GOOGLE EARTH

31 GEOPROCESSAMENTO EXEMPLO DE MODELO 3D DE ESTÁDIOS DA COPA DO MUNDO

32 CONCLUSÕES A GEOINFORMAÇÃO PERCORRE : - MERCADOS TRADICIONAIS (ENGENHARIA, INFRA- ESTRUTURA, GOVERNO, DEFESA, MEIO-AMBIENTE) - MERCADOS EMERGENTES (PROCESSOS DE MARKETING, LOGÍSTICA, SEGURANÇA, BI, CRM, NAVEGAÇÃO, MOBILIDADE, SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO)

33 CONCLUSÕES A GEOINFORMAÇÃO TURBINA A MAIORIA DOS PROCESSOS DE NEGÓCIOS CORPORATIVOS. ESTIMA-SE QUE 80% DE TODAS AS DECISÕES SÃO DE ALGUMA FORMA ESPACIAIS.

34 PEDRO GUIDARA JR ww.metalocation.com.br

INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO. Profª Iana Alexandra Alves Rufino [iana_alex@uol.com.br]

INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO. Profª Iana Alexandra Alves Rufino [iana_alex@uol.com.br] INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO Profª Iana Alexandra Alves Rufino [iana_alex@uol.com.br] Introdução ao Geoprocessamento Conceitos básicos Componentes de um SIG Exemplos de aplicações Conceitos Geoprocessamento

Leia mais

Tecnologias Digitais de Geoprocessamento

Tecnologias Digitais de Geoprocessamento Gilberto Pessanha Ribeiro Engenheiro Cartógrafo - UERJ Mestre em Ciências Geodésicas - UFPR Doutor em Geografia UFF Especialista em Geologia do Quaternário Museu Nacional/UFRJ gilberto@eng.uerj.br gilberto@globalgeo.com.br

Leia mais

Bases de Dados Geoespaciais: Conceitos e Tendências. Paulo Costa Paulo.fernando.costa@vale.com

Bases de Dados Geoespaciais: Conceitos e Tendências. Paulo Costa Paulo.fernando.costa@vale.com Paulo Costa Paulo.fernando.costa@vale.com Sumário Dados e informações Base de dados Normatização dos Dados Banco de dados único Interoperabilidade de dados Tendências DADOS E INFORMAÇÕES Dados são observações

Leia mais

GERAÇÃO DE MAPAS DIGITAIS E MODELOS TRIDIMENSIONAIS DE SUPERFÍCIES. Manoel Silva Neto Engenheiro Cartógrafo

GERAÇÃO DE MAPAS DIGITAIS E MODELOS TRIDIMENSIONAIS DE SUPERFÍCIES. Manoel Silva Neto Engenheiro Cartógrafo GERAÇÃO DE MAPAS DIGITAIS E MODELOS TRIDIMENSIONAIS DE SUPERFÍCIES Manoel Silva Neto Engenheiro Cartógrafo Com um novo conceito enraizado na inovação, a Droneng busca integrar a multidisciplinaridade no

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA Jugurta Lisboa Filho Departamento de Informática Universidade Federal de Viçosa (MG) jugurta@dpi.ufv.br Universidade Federal de Viçosa Departamento de Informática Tópicos

Leia mais

Grupo: Irmandade Bruna Hinojosa de Sousa Marina Schiave Rodrigues Raquel Bressanini Thaís Foffano Rocha

Grupo: Irmandade Bruna Hinojosa de Sousa Marina Schiave Rodrigues Raquel Bressanini Thaís Foffano Rocha Projeto de Engenharia Ambiental Sensoriamento remoto e Sistema de Informação Geográfica Grupo: Irmandade Bruna Hinojosa de Sousa Marina Schiave Rodrigues Raquel Bressanini Thaís Foffano Rocha Sensoriamento

Leia mais

ESTUDO COMPARATIVO DE SOFWARES GRATUITOS DE GEOPROCESSAMENTO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE ENGENHARIA

ESTUDO COMPARATIVO DE SOFWARES GRATUITOS DE GEOPROCESSAMENTO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE ENGENHARIA ESTUDO COMPARATIVO DE SOFWARES GRATUITOS DE GEOPROCESSAMENTO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE ENGENHARIA 1. Introdução Nos últimos anos, a área de geotecnologias ganhou maior visibilidade através da popularização

Leia mais

GERAÇÃO DE MAPAS DIGITAIS E MODELOS TRIDIMENSIONAIS DE SUPERFÍCIES. Manoel Silva Neto Engenheiro Cartógrafo

GERAÇÃO DE MAPAS DIGITAIS E MODELOS TRIDIMENSIONAIS DE SUPERFÍCIES. Manoel Silva Neto Engenheiro Cartógrafo GERAÇÃO DE MAPAS DIGITAIS E MODELOS TRIDIMENSIONAIS DE SUPERFÍCIES Manoel Silva Neto Engenheiro Cartógrafo Com um novo conceito enraizado na inovação, a Droneng busca integrar a multidisciplinaridade no

Leia mais

MAPEAMENTO FLORESTAL

MAPEAMENTO FLORESTAL MAPEAMENTO FLORESTAL ELISEU ROSSATO TONIOLO Eng. Florestal Especialista em Geoprocessamento OBJETIVO Mapear e caracterizar a vegetação visando subsidiar o diagnóstico florestal FUNDAMENTOS É uma ferramenta

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA (I)

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA (I) UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE BIOSSISTEMAS DISCIPLINA: LEB450 TOPOGRAFIA E GEOPROCESSAMENTO II PROF. DR. CARLOS ALBERTO VETTORAZZI

Leia mais

Sistemas de Informação Geográfica Prof. Tiago Eugenio de Melo, MSc.

Sistemas de Informação Geográfica Prof. Tiago Eugenio de Melo, MSc. Sistemas de Informação Geográfica Prof. Tiago Eugenio de Melo, MSc. SUMÁRIO Apresentação da ementa Introdução Conceitos Básicos de Geoinformação Arquitetura de SIGs Referências Bibliográficas APRESENTAÇÃO

Leia mais

SIG APLICADO AO MEIO AMBIENTE

SIG APLICADO AO MEIO AMBIENTE SIG APLICADO AO MEIO AMBIENTE Prof. Luciene Delazari Grupo de Pesquisa em Cartografia e SIG da UFPR SIG Aplicado ao Meio Ambiente - 2011 GA020- SIG APLICADO AO MEIO AMBIENTE Prof. Luciene S. Delazari -

Leia mais

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO / DIURNO PROGRAMA DE DISCIPLINA

CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO / DIURNO PROGRAMA DE DISCIPLINA CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO / DIURNO PROGRAMA DE DISCIPLINA DISCIPLINA: CARTOGRAFIA E TOPOGRAFIA CÓDIGO: CRT003 CLASSIFICAÇÃO: Obrigatória PRÉ-REQUISITO: não tem CARGA HORÁRIA: TÉORICA : 30 horas

Leia mais

Sistema de Informações Geográficas

Sistema de Informações Geográficas UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE Pós Graduação Ecologia e Manejo de Recursos Naturais Sistema de Informações Geográficas Prof. Fabiano Luiz Neris Criciúma, Março de 2011. A IMPORTÂNCIA DO ONDE "Tudo

Leia mais

Novas ferramentas GIS para gestão Ambiental. Fabiano Cucolo 26/02/2015

Novas ferramentas GIS para gestão Ambiental. Fabiano Cucolo 26/02/2015 Novas ferramentas GIS para gestão Ambiental Fabiano Cucolo 26/02/2015 Um pouco sobre o palestrante Fabiano Cucolo fabiano@soloverdi.com.br 11-98266-0244 (WhatsApp) Consultor de Geotecnologias Soloverdi

Leia mais

SPRING 3.6.03 - Apresentação

SPRING 3.6.03 - Apresentação SPRING 3.6.03 - Apresentação GEOPROCESSAMENTO Conjunto de ferramentas usadas para coleta e tratamento de informações espaciais, geração de saídas na forma de mapas, relatórios, arquivos digitais, etc;

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE MATERIAL CARTOGRÁFICO PARA AVALIAÇÃO DE IMPACTO AMBIENTAL - AIA

ORIENTAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE MATERIAL CARTOGRÁFICO PARA AVALIAÇÃO DE IMPACTO AMBIENTAL - AIA ORIENTAÇÃO PARA A PRODUÇÃO DE MATERIAL CARTOGRÁFICO PARA AVALIAÇÃO DE IMPACTO AMBIENTAL - AIA É indispensável que um estudo de impacto ambiental contenha, ao menos, os seguintes documentos cartográficos:

Leia mais

GEOPROCESSAMENTO. Conjunto de ferramentas usadas para coleta e tratamento de informaçõ. ções espaciais, geraçã

GEOPROCESSAMENTO. Conjunto de ferramentas usadas para coleta e tratamento de informaçõ. ções espaciais, geraçã GEOPROCESSAMENTO Conjunto de ferramentas usadas para coleta e tratamento de informaçõ ções espaciais, geraçã ção o de saídas na forma de mapas, relatórios, rios, arquivos digitais, etc; Deve prover recursos

Leia mais

SIG - Sistemas de Informação Geográfica

SIG - Sistemas de Informação Geográfica SIG - Sistemas de Informação Geográfica Gestão da Informação Para gestão das informações relativas ao desenvolvimento e implantação dos Planos Municipais de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA DE BIOSSISTEMAS DISCIPLINA: LEB210 GEOPROCESSAMENTO SEGUNDO SEMESTRE DE 2013 PROF. DR. CARLOS ALBERTO

Leia mais

Geomática Aplicada à Engenharia Civil. 1 Fotogrametria

Geomática Aplicada à Engenharia Civil. 1 Fotogrametria Geomática Aplicada à Engenharia Civil 1 Fotogrametria Conceitos 2 Segundo Wolf (1983), a Fotogrametria pode ser definida como sendo a arte, a ciência e a tecnologia de se obter informações confiáveis de

Leia mais

Site da disciplina: Site do Laboratório de Geotecnologias Aplicadas: https://moodleinstitucional.ufrgs.br. http://www.ufrgs.

Site da disciplina: Site do Laboratório de Geotecnologias Aplicadas: https://moodleinstitucional.ufrgs.br. http://www.ufrgs. Universidade Federal do Rio Grande do Sul Instituto de Geociências Departamento de Geografia Sistemas de Informações Geográficas I GEO 01007 Professora: Eliana Lima da Fonseca Site da disciplina: https://moodleinstitucional.ufrgs.br

Leia mais

Introdução ao SIG. Objetivos Específicos 18/11/2010. Competência: Apresentar: Utilidade de um SIG

Introdução ao SIG. Objetivos Específicos 18/11/2010. Competência: Apresentar: Utilidade de um SIG MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE - MMA INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE - ICMBio DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA - DIPLAN COORDENAÇÃO GERAL DE GESTÃO DE PESSOAS -

Leia mais

Conceitos Iniciais MARCEL SANTOS SILVA

Conceitos Iniciais MARCEL SANTOS SILVA Conceitos Iniciais MARCEL SANTOS SILVA DPI - INPE Criada em 1984, a Divisão de Processamento de Imagens (DPI) faz parte da Coordenação Geral de Observação da Terra/OBT do Instituto Nacional de Pesquisas

Leia mais

Dados para mapeamento

Dados para mapeamento Dados para mapeamento Existem dois aspectos com relação aos dados: 1. Aquisição dos dados para gerar os mapas 2. Uso do mapa como fonte de dados Os métodos de aquisição de dados para o mapeamento divergem,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA - UFBA Instituto de Ciências Ambientais e Desenvolvimento Sustentável Prof. Pablo Santos 4 a Aula SISTEMA DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA - SIG Introdução Definições Necessárias

Leia mais

Sistema de Informação Geográfica Aplicado na Agricultura

Sistema de Informação Geográfica Aplicado na Agricultura Universidade Federal do Ceará Centro de Ciências Agrárias Departamento Engenharia Agrícola Pós-Graduação em Engenharia Agrícola Disciplina: Seminário I Sistema de Informação Geográfica Aplicado na Agricultura

Leia mais

ESTUDO COMPARATIVO DE FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS QUE UTILIZAM GEOPROCESSAMENTO E TECNOLOGIA BIM PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE ENGENHARIA CIVIL

ESTUDO COMPARATIVO DE FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS QUE UTILIZAM GEOPROCESSAMENTO E TECNOLOGIA BIM PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE ENGENHARIA CIVIL ESTUDO COMPARATIVO DE FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS QUE UTILIZAM GEOPROCESSAMENTO E TECNOLOGIA BIM PARA DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE ENGENHARIA CIVIL 1. INTRODUÇÃO E REFERENCIAL TEÓRICO A área de geoprocessamento

Leia mais

USO DO GEOPROCESSAMENTO NO MONITORAMENTO DO SETOR AGRÍCOLA PARA FINS TRIBUTÁRIOS NA SEFAZ-GO. Geoprocessamento

USO DO GEOPROCESSAMENTO NO MONITORAMENTO DO SETOR AGRÍCOLA PARA FINS TRIBUTÁRIOS NA SEFAZ-GO. Geoprocessamento USO DO GEOPROCESSAMENTO NO MONITORAMENTO DO SETOR AGRÍCOLA PARA FINS TRIBUTÁRIOS NA SEFAZ-GO Geog.Ms. Maria G. da Silva Barbalho maria-gsb@sefaz.go.gov.br Conceito Disciplina do conhecimento que utiliza

Leia mais

SENSORIAMENTO REMOTO APLICADO AO CADASTRO URBANO

SENSORIAMENTO REMOTO APLICADO AO CADASTRO URBANO SENSORIAMENTO REMOTO APLICADO AO CADASTRO URBANO 04/04/2013 Leonardo Scharth Loureiro Silva Sumário 1 Fundamentos básicos de Sensoriamento Remoto 2 Levantamento aerofotogramétrico para fins de cadastro

Leia mais

GEOPROCESSAMENTO. Herondino Filho

GEOPROCESSAMENTO. Herondino Filho GEOPROCESSAMENTO Herondino Filho Sumário 1. Introdução 1.1 Orientações Avaliação Referência 1.2 Dados Espaciais 1.2.1 Exemplo de Dados Espaciais 1.2.2 Aplicações sobre os Dados Espaciais 1.3 Categoria

Leia mais

DO CARTA GERAL AO SIRGAS-2000, A EVOLUÇÃO DO MAPEAMENTO EM PORTO ALEGRE.

DO CARTA GERAL AO SIRGAS-2000, A EVOLUÇÃO DO MAPEAMENTO EM PORTO ALEGRE. DO CARTA GERAL AO SIRGAS-2000, A EVOLUÇÃO DO MAPEAMENTO EM PORTO ALEGRE. INTRODUÇÃO A cidade de Porto Alegre está realizando um novo mapeamento, utilizando as mais modernas tecnologias empregadas na cartografia.

Leia mais

Introdução ao Geoprocessamento

Introdução ao Geoprocessamento Sistema de Informação Geográfica SIG Introdução ao Geoprocessamento Professor: Daniel Luis Nithack e Silva O processo de urbanização marcha em um ritmo mais acelerado do que as possibilidades de planejar

Leia mais

O USO DO SIG NA ADMINISTRAÇÃO E AVALIAÇÃO DE IMÓVEIS DA COMPANHIA IMOBILIÁRIA DE BRASÍLIA TERRACAP

O USO DO SIG NA ADMINISTRAÇÃO E AVALIAÇÃO DE IMÓVEIS DA COMPANHIA IMOBILIÁRIA DE BRASÍLIA TERRACAP O USO DO SIG NA ADMINISTRAÇÃO E AVALIAÇÃO DE IMÓVEIS DA COMPANHIA IMOBILIÁRIA DE BRASÍLIA TERRACAP Thais Borges Sanches Lima e Bruno Tamm Rabello Setembro/2012 Introdução 1. Experiência de um grupo de

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE CANOINHAS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO "Departamento de Licitações"

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE CANOINHAS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO Departamento de Licitações PROCESSO N.º 02/2009 TOMADA DE PREÇOS N.º 0/2009 ANEXO IV CRONOGRAMA FÍSICO PRAZO DE EXECUÇÃO (MESES) ITEM DESCRIÇÃO DOS PRODUTOS E SERVIÇOS o MÊS 2 o MÊS 3 o MÊS 4 o MÊS 5 o MÊS 6 o MÊS 7 o MÊS 8 o MÊS

Leia mais

Conceitos Básicos. Geoprocessamento: Uma Ferramenta Para o Desenvolvimento Regional Sustentável. Conceitos Básicos.

Conceitos Básicos. Geoprocessamento: Uma Ferramenta Para o Desenvolvimento Regional Sustentável. Conceitos Básicos. Geoprocessamento: Uma Ferramenta Para o Desenvolvimento Regional Sustentável Sistema de Informação Dados Armazenados Questão Informação Laboratório de Geoprocessamento (LAGEO) Programa de Mestrado em Ciências

Leia mais

Geoprocessamento e Cartografia Prof. MSc. Alexander Sergio Evaso

Geoprocessamento e Cartografia Prof. MSc. Alexander Sergio Evaso Geoprocessamento e Cartografia Prof. MSc. Alexander Sergio Evaso Aula 02 Componentes de um GIS (SIE, ou SIG) Ideias dependem de pessoas. Pessoas trazem o conhecimento para uma equipe, que engendra ideias.

Leia mais

POLÍTICA DE GEOPROCESSAMENTO DA ELETROSUL

POLÍTICA DE GEOPROCESSAMENTO DA ELETROSUL POLÍTICA DE GEOPROCESSAMENTO DA ELETROSUL Abril - 2013 SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2. ABRANGÊNCIA... 3 3. CONCEITOS... 3 3.1. Geoprocessamento... 3 3.2. Gestão das Informações Geográficas... 3 3.3. Dado Geográfico

Leia mais

DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS - DEP:

DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS - DEP: DIRETORIA DE ESTUDOS E PESQUISAS - DEP: DEP Departamento de Contas Regionais e Estudos Populacionais DCRP Departamento de Conjuntura Econômica e Estudos Sociais DCES Departamento de Estudos Urbanos e Regionais

Leia mais

Boas vindas!!! Webinar 10 Mitos Geo Resultados da Pesquisa 16 de julho de 2014

Boas vindas!!! Webinar 10 Mitos Geo Resultados da Pesquisa 16 de julho de 2014 Boas vindas!!! Webinar 10 Mitos Geo Resultados da Pesquisa 16 de julho de 2014 Dinâmica Webinar 10 Mitos Geo Resultados da Pesquisa 16 de julho de 2014 Arquivos & Certificados Webinar 10 Mitos Geo Resultados

Leia mais

COMPATIBILIZANDO CADASTROS

COMPATIBILIZANDO CADASTROS COMPATIBILIZANDO CADASTROS EM PROJETO SIG Cristiane Vaz Domingues cristiane.vaz@uol.com.br FOTOGRAFIA Hoje nas instituiçõesições públicas existem: informações repetidas e/ou complementares distribuídas

Leia mais

Geotecnologias no planejamento ambiental de trilhas em unidades de conservação

Geotecnologias no planejamento ambiental de trilhas em unidades de conservação Geotecnologias no planejamento ambiental de trilhas em unidades de conservação Msc. Hélio Beiroz Sistema LABGIS hbeiroz@labgis.uerj.br www.labgis.uerj.br Definições Geotecnologias Conjunto de tecnologias

Leia mais

Figura 1 Classificação Supervisionada. Fonte: o próprio autor

Figura 1 Classificação Supervisionada. Fonte: o próprio autor ANÁLISE DAS ÁREAS DE PRESERVAÇÃO PERMANENTE NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO JUQUERY ATRÁVES DE TÉCNICAS DE GEOPROCESSAMENTO E IMAGENS DE SENSORIAMENTO REMOTO 1. INTRODUÇÃO Ultimamente tem-se visto uma grande

Leia mais

VANT O Uso na Agricultura de Precisão

VANT O Uso na Agricultura de Precisão VANT O Uso na Agricultura de Precisão Conceituação De acordo com acircular de Informações Aeronáuticas AIC N21/10, do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), define que: É um veículo aéreo projetado

Leia mais

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS FERRAMENTAS ELETRÔNICAS NO APRIMORAMENTO DA ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS FERRAMENTAS ELETRÔNICAS NO APRIMORAMENTO DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

ANEXO II - B CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 003 /2014 CRONOGRAMA FINANCEIRO DE PAGAMENTO

ANEXO II - B CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 003 /2014 CRONOGRAMA FINANCEIRO DE PAGAMENTO ANEXO II - B CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 003 /2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2014024970/2014 CRONOGRAMA FINANCEIRO DE PAGAMENTO Sabendo que o prazo do contrato será de 12 meses para fins de cronograma financeiro,

Leia mais

Geoprocessamento / Sistemas de Informações Geográficas Estudo de Caso: Municipalidade

Geoprocessamento / Sistemas de Informações Geográficas Estudo de Caso: Municipalidade Geoprocessamento / Sistemas de Informações Geográficas Estudo de Caso: Municipalidade Professor: Frederico D. Bortoloti Laboratório de Topografia e Cartografia - UFES Como localizar no planeta o país onde

Leia mais

Secretaria Municipal de Educação / SEMED - MANAUS AM

Secretaria Municipal de Educação / SEMED - MANAUS AM Secretaria Municipal de Educação / SEMED - MANAUS AM Secretaria Municipal de Educação - MANAUS AM Relato de experiência utilizando o ARCMAP desde o planejamento até a produção cartográfica dinâmica para

Leia mais

EXÉRCITO BRASILEIRO. Departamento de Ciência e Tecnologia. Diretoria de Serviço Geográfico. MundoGEO#Connect Latin America 2014

EXÉRCITO BRASILEIRO. Departamento de Ciência e Tecnologia. Diretoria de Serviço Geográfico. MundoGEO#Connect Latin America 2014 EXÉRCITO BRASILEIRO Departamento de Ciência e Tecnologia Diretoria de Serviço Geográfico MundoGEO#Connect Latin America 2014 PRODUZINDO GEOINFORMAÇÃO BÁSICA PARA A DEFESA E SOCIEDADE Gen Bda PEDRO SOARES

Leia mais

ANEXO II-A CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 003/2014 DETALHAMENTO DA PROPOSTA DE PREÇOS

ANEXO II-A CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 003/2014 DETALHAMENTO DA PROPOSTA DE PREÇOS ANEXO II-A Edital de Concorrência Pública N 003/2014 Técnica e Preço CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 003/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2014024970/2014 DETALHAMENTO DA PROPOSTA DE PREÇOS QTDADE ITEM Detalhamento

Leia mais

I ENCONTRO PAULISTA DE BIODIVERSIDADE

I ENCONTRO PAULISTA DE BIODIVERSIDADE I ENCONTRO PAULISTA DE BIODIVERSIDADE 16 a 18 de novembro de 2009 Fundação Mokiti Okada Palestrante: Mônica Pavão Pesquisadora do Instituto Florestal INVENTÁRIO FLORESTAL DO ESTADO DE SÃO PAULO INVENTÁRIO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA COMISSÃO DE PROCESSO SELETIVO PONTOS

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA COMISSÃO DE PROCESSO SELETIVO PONTOS UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA COMISSÃO DE PROCESSO SELETIVO PONTOS ÁREA: FÍSICA APLICADA 1. Mecânica Newtoniana. 2. Oscilações Mecânicas: Oscilador Harmônico Clássico. 3. Gravitação Universal.

Leia mais

Projeto Geoimagem Introduzindo Diferencial Estratégico e Técnico aos Sistemas Corporativos de Informações Georreferenciadas da CEMIG

Projeto Geoimagem Introduzindo Diferencial Estratégico e Técnico aos Sistemas Corporativos de Informações Georreferenciadas da CEMIG 21 a 25 de Agosto de 2006 Belo Horizonte - MG Projeto Geoimagem Introduzindo Diferencial Estratégico e Técnico aos Sistemas Corporativos de Informações Georreferenciadas da CEMIG Carlos Alberto Moura CEMIG

Leia mais

METODOLOGIA PARA O GEORREFERENCIAMENTO DE ILHAS COSTEIRAS COMO SUBSÍDIO AO MONITORAMENTO AMBIENTAL

METODOLOGIA PARA O GEORREFERENCIAMENTO DE ILHAS COSTEIRAS COMO SUBSÍDIO AO MONITORAMENTO AMBIENTAL METODOLOGIA PARA O GEORREFERENCIAMENTO DE ILHAS COSTEIRAS COMO SUBSÍDIO AO MONITORAMENTO AMBIENTAL Carolina Rodrigues Bio Poletto¹ & Getulio Teixeira Batista² UNITAU - Universidade de Taubaté Estrada Municipal

Leia mais

Izabel Cecarelli. GEOAMBIENTE Sensoriamento Remoto

Izabel Cecarelli. GEOAMBIENTE Sensoriamento Remoto Izabel Cecarelli GEOAMBIENTE Sensoriamento Remoto A GEOAMBIENTE, atuante no mercado há 10 anos, presta serviços em aplicações de sensoriamento remoto e desenvolvimento / integração de sistemas de informações

Leia mais

CONCEITOS EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

CONCEITOS EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO CONCEITOS EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Referência Tecnologia da Informação para Gestão : Transformando os negócios na Economia Digital. Bookman, sexta edição, 2010. The Economics Of The Cloud, Microsoft,

Leia mais

Panorama tecnológico do Geoprocessamento na Prefeitura de São Paulo

Panorama tecnológico do Geoprocessamento na Prefeitura de São Paulo Panorama tecnológico do Geoprocessamento na Prefeitura de São Paulo Ivan Ciola Analista GIS Núcleo de Geoprocessamento PRODAM Quem é a PRODAM? Empresa de economia mista, criada em 1971, com a finalidade

Leia mais

Setor Sucroenergético: GIS Corporativo e Inovações no Grupo Noble CASE NOBLE GROUP. Herbert Del Petri Gerente Técnico Agrícola

Setor Sucroenergético: GIS Corporativo e Inovações no Grupo Noble CASE NOBLE GROUP. Herbert Del Petri Gerente Técnico Agrícola Gerente Técnico Agrícola Introdução O Noble Bioenergia ao longo da sua história no Brasil vem desenvolvendo o uso das informações espacializadas no dia-a-dia das operações e planejamento agrícola através

Leia mais

SigaGeo Monitoramento de Projetos Seminário Gestores Públicos da Geoinformação

SigaGeo Monitoramento de Projetos Seminário Gestores Públicos da Geoinformação Seminário Gestores Públicos da Geoinformação Ações de Governo no uso da Geoinformação como instrumento para uma Gestão Pública mais eficiente Metodologia para Monitoramento de Projetos Estratégicos para

Leia mais

OBTENÇÃO DE IMAGEM DO GOOGLE EARTH PARA CLASSIFICAÇÃO DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO

OBTENÇÃO DE IMAGEM DO GOOGLE EARTH PARA CLASSIFICAÇÃO DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO OBTENÇÃO DE IMAGEM DO GOOGLE EARTH PARA CLASSIFICAÇÃO DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO ROGER TORLAY 1 ; OSVALDO T. OSHIRO 2 N 10502 RESUMO O sensoriamento remoto e o geoprocessamento trouxeram importantes avanços

Leia mais

Plano Nacional de Gestão de Riscos e Resposta a Desastres Naturais

Plano Nacional de Gestão de Riscos e Resposta a Desastres Naturais Plano Nacional de Gestão de Riscos e Resposta a Desastres Naturais 2012 2014 Novos Investimentos R$ 18,8 bilhões Socorro, assistência e reconstrução Prevenção Obras estruturantes Resposta Mapeamento Monitoramento

Leia mais

IMPACTOS NO MAPEAMENTO CADASTRAL

IMPACTOS NO MAPEAMENTO CADASTRAL IMPACTOS NO MAPEAMENTO CADASTRAL PMSP Prefeitura do Município de São Paulo SIURB Secretaria da Infra-Estrutura Urbana CONVIAS Departamento de Controle de Uso de Vias Públicas CONVIAS 3 - Divisão de Topografia

Leia mais

INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO GEOPROCESSAMENTO. Introdução ao Geoprocessamento. Conceitos básicos 18/06/2015. Conceitos básicos

INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO GEOPROCESSAMENTO. Introdução ao Geoprocessamento. Conceitos básicos 18/06/2015. Conceitos básicos GEOPROCESSAMENTO INTRODUÇÃO AO GEOPROCESSAMENTO Prof. Esp. André Aparecido da Silva Introdução ao Geoprocessamento Conceitos básicos Conceitos básicos Componentes de um SIG Entrada de Dados em Geoprocessamento

Leia mais

Opções de utilização de produtos cartográficos e gerenciamento de bases de dados espaciais na Gestão Municipal, Prefeitura de Joinville/SC.

Opções de utilização de produtos cartográficos e gerenciamento de bases de dados espaciais na Gestão Municipal, Prefeitura de Joinville/SC. Opções de utilização de produtos cartográficos e gerenciamento de bases de dados espaciais na Gestão Municipal, Prefeitura de Joinville/SC. Geógrafo, Msc Celso Voos Vieira Gerente da Unidade de Gestão

Leia mais

CARTOGRAFIA - Topografia e Geodésia

CARTOGRAFIA - Topografia e Geodésia CARTOGRAFIA - Topografia e Geodésia Apresentação Empresa certificada pela Iso 9001 em Cartografia. Há quase 30 anos no mercado, a MESSEN ENGENHARIA incorpora as áreas de construção civil e cartografia,

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA DE AGRIMENSURA. COORDENADOR DO CURSO DE ENGENHARIA DE AGRIMENSURA Fernando Alves Pinto ferpinto@ufv.

Currículos dos Cursos do CCE UFV ENGENHARIA DE AGRIMENSURA. COORDENADOR DO CURSO DE ENGENHARIA DE AGRIMENSURA Fernando Alves Pinto ferpinto@ufv. 132 ENGENHARIA DE AGRIMENSURA COORDENADOR DO CURSO DE ENGENHARIA DE AGRIMENSURA Fernando Alves Pinto ferpinto@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2002 133 CURRÍCULO DO CURSO DE ENGENHARIA DE AGRIMENSURA ATUAÇÃO

Leia mais

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*.

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*. EMENTÁRIO As disciplinas ministradas pela Universidade Federal de Viçosa são identificadas por um código composto por três letras maiúsculas, referentes a cada Departamento, seguidas de um número de três

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE FERRAMENTAS E SERVIÇOS GOOGLE PARA O DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E URBANISMO

UTILIZAÇÃO DE FERRAMENTAS E SERVIÇOS GOOGLE PARA O DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E URBANISMO UTILIZAÇÃO DE FERRAMENTAS E SERVIÇOS GOOGLE PARA O DESENVOLVIMENTO DE PROJETOS DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E URBANISMO 1. Introdução A empresa Google Inc. nasceu em 1998, quando Larry Page e Sergey Brin,

Leia mais

Panorama do Sistema de Automação Topográfica - POSIÇÃO

Panorama do Sistema de Automação Topográfica - POSIÇÃO Panorama do Sistema de Automação Topográfica - POSIÇÃO MundoGEO#Connect LatinAmerica 2013 18 a 20 de Junho São Paulo Brasil Apresentado por: Danilo Sidnei dos Santos Gerente e Desenvolvedor do Posição

Leia mais

ATIVIDADES DO NGEO. As atividades do NGEO se dividem em basicamente duas linhas principais:

ATIVIDADES DO NGEO. As atividades do NGEO se dividem em basicamente duas linhas principais: O NGEO O Núcleo de Geoprocessamento NGEO, inaugurado oficialmente em 02 de dezembro de 2004, está subordinado à gerência de Tecnologia e é o local na Agência Ambiental responsável pela verificação da qualidade

Leia mais

CATÁLOGO DE REQUISITOS

CATÁLOGO DE REQUISITOS CATÁLOGO DE REQUISITOS Biologia (Base Nacional Comum) Biologia (LP) Ciências Biológicas (LP) Ciências com Habilitação em Biologia (LP) Ciências da Natureza (LP) Ciências da Natureza com Habilitação em

Leia mais

Técnicas de Cartografia Digital

Técnicas de Cartografia Digital Técnicas de Cartografia Digital Maria Cecília Bonato Brandalize 2011 Aula 8 1. Vetoriais 2. Matriciais 3. Vantagens e Desvantagens 1. Vetoriais 2. Matriciais 3. Vantagens e Desvantagens Como são representados

Leia mais

GIS Cloud na Prática. Fabiano Cucolo 26/08/2015

GIS Cloud na Prática. Fabiano Cucolo 26/08/2015 GIS Cloud na Prática Fabiano Cucolo 26/08/2015 Um pouco sobre o palestrante Fabiano Cucolo fabiano@soloverdi.com.br 11-98266-0244 (WhatsApp) Consultor de Geotecnologias Soloverdi Engenharia www.soloverdi.com.br.

Leia mais

Utilização de SIG aliado ao sistema de gestão ambiental em cursos d água urbanos.

Utilização de SIG aliado ao sistema de gestão ambiental em cursos d água urbanos. Utilização de SIG aliado ao sistema de gestão ambiental em cursos d água urbanos. AUTORES: Reginal Exavier¹, Elizabeth Rodrigues Brito Ibrahim² ¹Graduado no curso de Engenharia Ambiental e Sanitária pelo

Leia mais

C:\Documents and Settings\Usuario\Desktop\Júlio\Arquivos finais_esa\grade-eng.sanitária-v.final_17.02.12.doc

C:\Documents and Settings\Usuario\Desktop\Júlio\Arquivos finais_esa\grade-eng.sanitária-v.final_17.02.12.doc 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Curso de Graduação em Engenharia Sanitária e Ambiental Grade Curricular válida a partir de 29/11/2011 Natureza Créditos Horas-aula Disciplinas Obrigatórias 210 3.150

Leia mais

ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Tupã. Em que Componente posso me Inscrever - COMPONENTE CURRICULAR (CURSO E/OU HABILITAÇÃO):

ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Tupã. Em que Componente posso me Inscrever - COMPONENTE CURRICULAR (CURSO E/OU HABILITAÇÃO): ETEC PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Tupã Em que Componente posso me Inscrever - COMPONENTE CURRICULAR (CURSO E/OU HABILITAÇÃO): 1. Física (Base Nacional Comum Ensino Médio) Ciências com Habilitação em Física

Leia mais

Disciplina: Leituras Cartográficas e Interpretações Estatísticas II Carga Horária total 75H

Disciplina: Leituras Cartográficas e Interpretações Estatísticas II Carga Horária total 75H Disciplina: Leituras Cartográficas e Interpretações Estatísticas II Carga Horária total 75H PLANO DE CURSO I - EMENTA Gráficos e diagramas; Cartogramas; Nivelamento topográfico; Interpretação de imagens;

Leia mais

ANEXO II INFORMAÇÕES BÁSICAS DOS CURSOS. Modalidade Subseqüente

ANEXO II INFORMAÇÕES BÁSICAS DOS CURSOS. Modalidade Subseqüente Serviço Público Federal Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará Campus Belém Processo Seletivo Técnico Subseqüente 2012/2 ANEXO II INFORMAÇÕES BÁSICAS DOS CURSOS

Leia mais

ERRATA DO EDITAL nº 01/15 MOT/CIGEx, de 08 de abril de 2015. Quartafeira

ERRATA DO EDITAL nº 01/15 MOT/CIGEx, de 08 de abril de 2015. Quartafeira ERRATA DO EDITAL nº 01/15 MOT/CIGEx, de 08 de abril de 2015. 11. DAS CONDIÇÕES PARA CONTRATAÇÃO Onde se lê : Total de horas semanais Terça-feira Segundafeira Quartafeira Quintafeira Sexta-feira da Salário

Leia mais

G E O P R O C E S S A M E N T O N A N U V E M

G E O P R O C E S S A M E N T O N A N U V E M G E O P R O C E S S A M E N T O N A N U V E M A empresa Com 16 anos de experiência, a Tecnomapas fornece soluções tecnológicas para diversas instituições públicas do país que abrangem as áreas de licenciamento

Leia mais

Gabriel Carvalho Business Developer

Gabriel Carvalho Business Developer Gabriel Carvalho Business Developer ESTRUTURA DA CORPORAÇÃO Geosystems Metrology Captura, referência, analise, processo e armazenamento de valiosa informação geográfica, permitindo, em muitos casos, os

Leia mais

Requisitos de Titulação para Inscrição no Processo Seletivo de Docentes Aviso 064.02.2013 Processo 4219/2013

Requisitos de Titulação para Inscrição no Processo Seletivo de Docentes Aviso 064.02.2013 Processo 4219/2013 Etec Professor Horácio Augusto da Silveira Requisitos de Titulação para Inscrição no Processo Seletivo de Docentes Aviso 064.02.2013 Processo 4219/2013 Para a Inscrição no Processo Seletivo, é necessário

Leia mais

GEOPROCESSAMENTO COMO INSTRUMENTO DE ANÁLISE NOS IMPACTOS AMBIENTAIS: MINERADORA CAMPO GRANDE TERENOS/MS.

GEOPROCESSAMENTO COMO INSTRUMENTO DE ANÁLISE NOS IMPACTOS AMBIENTAIS: MINERADORA CAMPO GRANDE TERENOS/MS. GEOPROCESSAMENTO COMO INSTRUMENTO DE ANÁLISE NOS IMPACTOS AMBIENTAIS: MINERADORA CAMPO GRANDE TERENOS/MS. CÁSSIO SILVEIRA BARUFFI(1) Acadêmico de Engenharia Sanitária e Ambiental, Universidade Católica

Leia mais

PRINCIPAIS MUDANÇAS ENTRE A 2ª NTGIR E A 3ª NTGIR

PRINCIPAIS MUDANÇAS ENTRE A 2ª NTGIR E A 3ª NTGIR PRINCIPAIS MUDANÇAS ENTRE A 2ª NTGIR E A 3ª NTGIR Autor: LUIS ANDERSON CERINO PIRES Consultor Técnico AutoTOPO Revisão: Eng Rômulo Corrêa de Magalhães autor AutoTOPO wwwautotoponet Goiânia-GO, 02/outubro/2013

Leia mais

Cloud Computing. O modelo no cenário Geoespacial. Technology Session Latin America Geospatial Forum. 15-17 August 2012 Rio de Janeiro

Cloud Computing. O modelo no cenário Geoespacial. Technology Session Latin America Geospatial Forum. 15-17 August 2012 Rio de Janeiro Cloud Computing O modelo no cenário Geoespacial Technology Session Latin America Geospatial Forum 15-17 August 2012 Rio de Janeiro Iara Musse Felix Diretora, Santiago e Cintra Consultoria, Brazil Alguns

Leia mais

PRODUÇÃO E ATUALIZAÇÃO DE MAPAS. Sensores aéreos e orbitais

PRODUÇÃO E ATUALIZAÇÃO DE MAPAS. Sensores aéreos e orbitais PRODUÇÃO E ATUALIZAÇÃO DE MAPAS Sensores aéreos e orbitais Pilares do Mapeamento 1. Resolução espacial e radiométrica 2. Cobertura multispectral 3. Geometria consistente 4. Automação e resposta rápida

Leia mais

COMUNICADO Nº 001/2010 ESTIMATIVA DE DEMANDA PARA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE TREINAMENTO DE SOFTWARES AUTODESK TERMO DE REFERÊNCIA

COMUNICADO Nº 001/2010 ESTIMATIVA DE DEMANDA PARA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE TREINAMENTO DE SOFTWARES AUTODESK TERMO DE REFERÊNCIA COMUNICADO Nº 001/2010 ESTIMATIVA DE DEMANDA PARA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE TREINAMENTO DE SOFTWARES AUTODESK ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA Aquisição de CURSOS DE SOFTWARE AUTODESK,

Leia mais

NOÇÕES DE GEOPROCESSAMENTO. Módulo 3

NOÇÕES DE GEOPROCESSAMENTO. Módulo 3 NOÇÕES DE GEOPROCESSAMENTO Módulo 3 Sistema Metropolitano de Informações Georreferenciadas MetroGeo Curso Noções de Geoprocessamento Módulo 3 Oscar Ricardo M. Schmeiske Programação Curso Noções de Geoprocessamento

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO Setor de Ciências Agrárias e Ambientais Unidade Universitária de Irati CURRÍCULO PLENO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE - UNICENTRO Setor de Ciências Agrárias e Ambientais Unidade Universitária de Irati CURRÍCULO PLENO CURSO: ENGENHARIA AMBIENTAL (540/I Integral 02 e SEM_02) (Para alunos ingressos entre 2006 a 2008) CÓD. D. DEPTOS. DISCIPLINAS 1º 2º 3º 4º 1ª 2ª 3ª 4ª 5ª 6ª 7ª 8ª C/H 0872/I DEMAT/I Cálculo I 3 51 0873/I

Leia mais

GEOPROCESSAMENTO O que ele pode fazer por Você? Anderson Maciel Lima de Medeiros Tecnólogo em Geoprocessamento 2010

GEOPROCESSAMENTO O que ele pode fazer por Você? Anderson Maciel Lima de Medeiros Tecnólogo em Geoprocessamento 2010 GEOPROCESSAMENTO O que ele pode fazer por Você? Anderson Maciel Lima de Medeiros Tecnólogo em Geoprocessamento 2010 Sumário Geoprocessamento O que é? Geotecnologias Análise Espacial Geoprocessamento e

Leia mais

MODELAGEM DIGITAL DE SUPERFÍCIES

MODELAGEM DIGITAL DE SUPERFÍCIES MODELAGEM DIGITAL DE SUPERFÍCIES Prof. Luciene Delazari Grupo de Pesquisa em Cartografia e SIG da UFPR SIG 2012 Introdução Os modelo digitais de superficie (Digital Surface Model - DSM) são fundamentais

Leia mais

Universidade do Estado de Santa Catarina Departamento de Engenharia Civil TOPOGRAFIA II. Profa. Adriana Goulart dos Santos

Universidade do Estado de Santa Catarina Departamento de Engenharia Civil TOPOGRAFIA II. Profa. Adriana Goulart dos Santos Universidade do Estado de Santa Catarina Departamento de Engenharia Civil TOPOGRAFIA II Profa. Adriana Goulart dos Santos Aerofotogrametria Fotogrametria é a ciência aplicada que se propõe a registrar,

Leia mais

2010-2014 NUVEM TECNOLOGIA LTDA. WWW.NUVEM.NET

2010-2014 NUVEM TECNOLOGIA LTDA. WWW.NUVEM.NET Sediada em Cuiabá, Mato Grosso, a Nuvem Tecnologia Ltda desenvolve softwares para empresas de médio e grande porte no centro-oeste do país. A partir do know-how adquirido sobre rastreabilidade, lançou

Leia mais

Da Prancheta ao Computador...

Da Prancheta ao Computador... Da Prancheta ao Computador... Introdução Como necessidade básica de se localizar ou mesmo para detalhar projetos de quaisquer obras, ao longo do tempo inúmeras formas de representar paisagens e idéias

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DE GOIÁS

MINISTÉRIO PÚBLICO DE GOIÁS MINISTÉRIO PÚBLICO DE GOIÁS SUPERINTENDÊNCIA DE INFORMÁTICA DEPARTAMENTO DE SEGURANÇA E ADMINISTRAÇÃO DE DADOS GEOPROCESSAMENTO PERGUNTAS E RESPOSTAS AGOSTO 2009 1. O QUE É GEOPROCESSAMENTO? Geoprocessamento

Leia mais

Soluções. Valéria Prisco. Pré-Vendas Google -Geoambiente. ValériaPrisco. Pré-VendasGoogle Geoambiente

Soluções. Valéria Prisco. Pré-Vendas Google -Geoambiente. ValériaPrisco. Pré-VendasGoogle Geoambiente Soluções Valéria Prisco Pré-Vendas Google -Geoambiente ValériaPrisco Pré-VendasGoogle Geoambiente Parceria Google Google for Business Ferramentas e conteúdo com know-how Brasileiro 20 anos de Know-how

Leia mais

Estruturando o SIG para fornecer suporte para elaboração e implantação do Plano Municipal de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica

Estruturando o SIG para fornecer suporte para elaboração e implantação do Plano Municipal de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica Estruturando o SIG para fornecer suporte para elaboração e implantação do Plano Municipal de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica SIG Sistema de Informação Geográfica O SIG é um sistema de Informação

Leia mais

Apresentações do evento GGP 2013

Apresentações do evento GGP 2013 Apresentações do evento GGP 2013 Acesse outras apresentações e vídeos das palestras no site: http://www.ggp.uerj.br Processos GIS: Benefícios e Progressos para a Gestão José Augusto da Silva Machado Gerente

Leia mais

Plataforma Integrada de Gestão e Accionamento de Cenários

Plataforma Integrada de Gestão e Accionamento de Cenários , Plataforma Integrada de Gestão e Accionamento de Cenários Cláudia Paixão A Ilha da Madeira apresenta um conjunto de riscos específicos entre os quais se destacam: Movimentação de Massas Cheias Rápidas

Leia mais