ESCOLA PROFISSIONAL DE VOUZELA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESCOLA PROFISSIONAL DE VOUZELA"

Transcrição

1 ESCOLA PROFISSIONAL DE VOUZELA 3ª Edição Boletim bimensal EDITORIAL As sociedades modernizaram-se e, em termos estruturais, estão muito mais competitivas. Por essa Europa fora, os países modernos investiram sobretudo na qualificação da mão-de-obra, o que permite às empresas serem mais produtivas, logo mais concorrenciais. Portugal atrasou-se. O ensino profissional veio equilibrar a situação de carência de profissionais qualificados em que o nosso país está mergulhado. No preciso momento, o enveredar por um curso profissional significa conquistar um lugar no mercado de trabalho. As taxas de empregabilidade dos cursos administrados nas escolas profissionais falam por si. São cursos de preparação para a vida prática, capazes de acabar com os desequilíbrios profissionais que hoje Portugal enfrenta. No nosso país luta-se por um emprego desesperadamente. Os quadros superiores estão completamente lotados. Enquanto isso, faltam bons serralheiros, bons hoteleiros, sapateiros, canalizadores, etc. Ora, são estes quadros intermédios que vão assegurar a sobrevivência dos quadros superiores. Se eles não existem cria-se um enorme desequilíbrio. A Escola Profissional de Vouzela pretende continuar a estabelecer a ponte entre a escola e a vida profissional, porque um curso profissional é uma ferramenta com garantia de integração no mercado de trabalho. CURSOS DE NÍVEL III CANDIDATADOS PARA O TRIÉNIO 2005/2008 Curso Técnico de Instalações Eléctricas Curso Técnico de Hotelaria/Restauração, Organização e Controlo O Director Pedagógico José Lino Tavares Curso Técnico de Construção Civil

2 Página 2 Escola em movimento... Ida à CGD Visita à Brintons Os alunos da turma de contabilidade efectuaram no dia 15 de Fevereiro, uma visita de estudo à agência de Vouzela da Caixa Geral de Depósitos. Pretendiam ver in loco, a perspectiva bancária de débito e crédito, no âmbito da análise das contas de carácter financeiro na disciplina de Contabilidade. No passado dia 14 de Março, no âmbito da disciplina de Contabilidade, a turma do segundo ano do curso de Técnico de Contabilidade efectuou uma visita de estudo à empresa Brintons Indústria de Alcatifas, Lda., na zona industrial de Campia. Tinha como objectivo acompanhar o processo produtivo das carpetes e tapetes produzidos nesta unidade industrial, mas também contemplou uma pequena, mas elucidativa explicação sobre o funcionamento do departamento contabilístico. Esta apresentação esteve a cargo do Dr. Miguel Campos, que se mostrou receptivo a responder a todas as questões colocadas pelos alunos. Esta visita teve grande receptividade e um excelente acolhimento por parte do gerente da agência, Sr. Armando Leitão Matos, que se disponibilizou para esclarecer todas as dúvidas dos alunos e a quem agradecem o sucesso desta visita de estudo. Preenchimento de IRS O acolhimento foi feito pela Dra. Noémia, responsável pela qualidade, que fez a apresentação da empresa e encaminhou depois os alunos para a visita à parte da produção. Os alunos regressaram satisfeitos e enriquecidos, prontos para trabalhar os novos conhecimentos na sala de aula e agradecidos pela recepção acolhedora de que foram alvo por parte de todos os trabalhadores da Brintons que, directa ou indirectamente, contribuíram para a visita. Tal como tinha sido noticiado, os alunos do curso de contabilidade disponibilizaram-se para o preenchimento das declarações de rendimentos das categorias A e H. Esta iniciativa teve, à semelhança do sucedido no ano passado, grande receptividade junto da comunidade escolar. Este ano estendeu-se a toda a população interessada, embora, por falta de conhecimento ou de hábito, não tenha tido a adesão pretendida. Como é sua vontade servir cada vez vez mais e melhor, no próximo ano contam regressar à Junta de Freguesia de Vouzela para prestar de novo este serviço! SOLIDARIEDADE COM A ÁSIA Tal como foi já referido na última edição, a nossa Escola levou a cabo uma campanha de angariação de fundos, solidarizando-se com as vítimas do Tsunami asiático. Toda a comunidade escolar foi solicitada a participar, tendo a verba recolhida sido no valor de 221,85, a qual foi já depositada na conta da Cruz Vermelha através do BPI.

3 Página 3 Escola em movimento... Visita à Barragem Hidroeléctrica da Régua No dia 11 de Fevereiro, pelas 11 horas, realizou-se uma visita de estudo para os alunos do curso Técnico de Instalações Eléctricas a fim de contactarem com uma das fontes de energia renovável - a água. Uma pilha no pilhão Até ao final do mês de Maio, está a decorrer, na nossa escola, um concurso que pretende sensibilizar a população escolar, para o impacto negativo que as pilhas representam no nosso ambiente. O concurso Uma pilha no pilhão, vai tornar-te campeão, promovido pela Câmara Municipal de Vouzela, foi integrado no plano de actividades da biblioteca da nossa escola e consiste na atribuição de um prémio por cada cem pilhas recolhidas. É relevante realçar a adesão dos alunos a esta causa, visto que as pilhas fazem parte da lista de resíduos perigosos que não deviam ir parar ao lixo normal, pois implicam riscos para o nosso planeta. Na verdade, as pilhas libertam resíduos tóxicos como metais pesados (por exemplo, cádmio ou chumbo), que, mesmo O aproveitamento hidroeléctrico da Régua está localizado a cerca de 4Km a montante da cidade da Régua, estendendo-se a albufeira por cerca de 43,5Km 2 e tendo, no nível máximo de retenção, uma capacidade total de 95 milhões de m 3, dos quais em exploração normal, apenas são utilizados cerca de 13 milhões. No conjunto, a vazão máxima disponível da barragem é de m 3 /s. Esta barragem está equipada com três grupos geradores, cada um deles alimentado por um circuito hidráulico independente e constituído por uma turbina Kaplan acoplada a um alternador trifásico. Há ainda a salientar o facto de, em cada um dos extremos da barragem, haver uma eclusa para os peixes e uma outra destinada à navegação, separadas pelo muro da barragem central. No edifício central, visitámos a sala de comando do aproveitamento e o posto telecomandado de emergência dos aproveitamentos hidroeléctricos do Centro de Produção Douro. Foi-nos dada a oportunidade de colocar questões que, de imediato e muito prontamente, nos foram esclarecidas por um dos responsáveis, permitindo-nos assim obter mais informação nesta área que nos será bastante útil no nosso curso. Fomos também informados de que os aproveitamentos do rio Douro constituem um importante factor de progresso e de desenvolvimento económico e social desta vasta região. Trabalho realizado pela turma B do 2º Ano do curso Técnico de Instalações Eléctricas em pequenas quantidades, poderão contaminar em larga escala o solo e a água, logo, afectar os ecossistemas. A longo prazo, estes metais também podem provocar problemas renais e doenças cardíacas. Estes riscos seriam evitados se todos nós colocássemos as pilhas e baterias nos pilhões que se encontram à nossa disposição em quase todos os hiper/ supermercados e também na grande maioria dos ecopontos e ecocentros. Recorde-se que quando compramos pilhas já pagamos uma taxa para financiar o seu processo de recolha selectiva e reciclagem, gerido pela Ecopilhas, criada para esse efeito.

4 Página 4 Escola em movimento... A adolescência e a sexualidade No passado dia 17 de Março, realizou-se, nas instalações da Escola Profissional, uma Acção de Formação subordinada ao tema Sexualidade e Planeamento Familiar, para todos os alunos, orientada por responsáveis do Centro de Saúde de Vouzela, com os seguintes objectivos: Promover uma Acção de Educação para a saúde, tendo como método uma apresentação breve de conteúdos direccionados para a sexualidade e educação sexual; A falta de informação relativa à problemática da sexualidade e as muitas dúvidas que surgem no dia-a-dia dos nossos adolescentes, foram as razões que levaram as responsáveis pela Biblioteca a dinamizar uma acção subordinada a este tema. Nem sempre é fácil lidar com uma corpo em mudança e com uma nova forma de pensar e de sentir. No entanto é importante ouvirmos os outros e trocarmos impressões, aprendermos que todos temos dúvidas e receios e que não somos os únicos. E, embora estejamos no século XXI, este é ainda um tema tabu, raramente abordado entre pais e filhos. Por isso, se os nossos alunos obtiveram mais informação e um maior esclarecimento para as suas dúvidas, é porque valeu a pena, pois estar bem informado é uma boa via para se ter consciência dos cuidados e hábitos de vida que podem permitir ter uma sexualidade responsável e sem receios. Pequeno almoço à inglesa Esclarecer dúvidas e reforçar mensagens que incitem à responsabilidade e autonomia pela manutenção da sua saúde; Desmistificar o conceito de educação sexual de forma a salientar a importância desta, na melhoria da qualidade de vida. No dia 24 de Fevereiro, no âmbito da disciplina de Inglês foi, uma vez mais, servido, para toda a comunidade escolar, um pequeno-almoço à Inglesa, confeccionado pelos alunos do curso Técnico de Hotelaria /Restauração, Organização e Controlo. A dinamização desta actividade teve como principais objectivos: - Dar a conhecer a cultura e gastronomia inglesas; - Fomentar o interesse pela cultura britânica; - Comparar os hábitos alimentares do povo inglês e do povo português; - Promover a socialização.

5 Página 5 Escola em movimento... Dia Mundial da Árvore Na Escola Profissional de Vouzela, a comemoração do Dia da Mundial da Árvore pretendeu ser um gesto que simbolize a necessidade que todos temos de estar conscientes dos problemas ambientais que afectam todo o nosso planeta. Na nossa escola plantaram-se árvores e com isso queremos que cresça, em cada um de nós, o sentimento de que está nas nossas mãos fazermos do nosso planeta um lugar mais limpo e mais saudável. Se nada fizermos, os problemas que enfrentamos actualmente terão um impacto ainda mais negativo, com consequências incalculáveis nas gerações vindouras. Plantar uma árvore deve ser uma festa porque, tal como diz a canção, UMA ÁRVORE É UM AMIGO! FESTA DAS FLORES Comemoração do Dia Mundial da Árvore No dia 18 de Março, a nossa Escola realizou mais uma caminhada, tendo sido o Trilho da Serra do Caramulo, o percurso escolhido para comemorar este Dia. Equipados com as cores da nossa escola, de camisola e boné, alunos e professores iniciaram a caminhada na Lapa da Meruje em Carvalhal de Vermilhas, onde uma ambulância e dois bombeiros nos aguardavam para nos acompanhar durante o percurso, não fosse o diabo tecê-las. Ao longo da caminhada, pudemos apreciar a beleza da região e conhecer algum do seu património arqueológico. O almoço chegou por volta da uma hora da tarde, na Nogueira, em Alcofra. E que bem que soube! A Torre Medieval de Alcofra foi a última paragem, antes de regressarmos à escola, cansados, mas satisfeitos. Este ano, a Primavera chegou mais cedo à nossa Escola. Houve flores, muitas flores de várias cores. Foi desta forma colorida que a nossa escola comemorou o Dia Mundial da Árvore, com uma venda de flores que decorreu de 15 a 18 de Março. Esta iniciativa foi realizada pela primeira vez, tendo alcançado bastante sucesso entre a comunidade escolar. O lucro das vendas traduziu-se na aquisição de várias plantas para decorar e embelezar o espaço Escola, tornando-o mais agradável e atractivo. Foi um dia diferente e muito interessante. Esta iniciativa, para além de benéfica para a saúde, permitiu-nos descobrir as potencialidades naturais da nossa região e relembrar a necessidade de preservar a Natureza para bem de todos nós. Sofia Laranjeira, nº15 2º ano do Curso Técnico de Contabilidade

6 Página 6 O Cantinho dos Autores Para mim há uma coisa sagrada: Ser livre como o vento Luís de Sttau Monteiro Luís de Sttau Monteiro nasceu em Lisboa em 3 de Abril de 1926, filho de um jurista e diplomata. Com 10 anos, parte para Inglaterra, regressando em 1943, data em que seu pai, o embaixador Armindo Monteiro, é demitido do cargo por Salazar. Licenciou-se em Direito na Faculdade de Lisboa, exercendo a advocacia por pouco tempo. O amigo e escritor José Pires Cardoso arrastá-lo-á para o jornalismo e a ficção. Em 1960, estreou-se com o romance Um Homem Não Chora, e, no ano seguinte escreveu a sua melhor obra: Angústia para o Jantar. Dedicouse ao teatro, sendo Felizmente Há Luar!, 1961, a sua mais famosa peça. Escreveu ainda a telenovela Chuva na Areia. Faleceu em 27 de Julho de É preciso que os homens se definam para que possam ser julgados. O Cantinho dos alunos In Felizmente Há Luar! Amar-te é: Querer estar contigo E não poder. Querer-te comigo E não te poder ter. Querer um abraço querido E não o receber, Ver-te e voar. Querer tocar-te e beijar-te Mas não poder. Lutar contra todos; Defender-te e proteger-te Do mal que existe no Mundo; Não te deixar bater no fundo Porque preciso de ti para viver, Preciso de ti para brilhar. Amar-te é: Precisar sempre de ti; Imaginar-te aqui, Olhar-te e ver teu coração, Perceber se me amas ou não, Agarrar a tua mão E conhecer teu lado bom. Sentir um friozinho Quando me falas baixinho E me olhas com carinho. Sentir tudo o que sentes Pôr-me em teu lugar E tentar compreender-te Através das tuas atitudes Boas ou rudes; Amar-te é: Ter medo de te magoar, Ter medo de te desiludir, Ter medo de te perder, Amar-te é difícil, mas é um prazer Cristina Marques, 12º A Passatempos Solução do número anterior: 1-36 pintos e 5 capoeiras 2- Moldura aritmética: A=8; B=7; C=1; D=4; E=5; F=2; G=3; H=6 Projecto Melhor Biblioteca O livro do mês... O Diabo veste Prada, de Lauren Weisberger Andrea Sachs, acabada de sair da universidade, consegue um emprego fabuloso «pelo qual um milhão de jovens eram capazes de dar a vida»: é contratada como assistente de Miranda Priestly, a editora da famosa revista Runway e vai ver-se forçada a suportar toda uma série de abusos, realizando tarefas como encomendar-lhe o pequeno-almoço, tratar-lhe da roupa suja, fazer de motorista para a cadelinha buldogue francesa, preparar-lhe as viagens Resumindo, Andrea tem de estar disponível vinte e quatro horas por dia para atender aos seus pedidos, e, ainda por cima, sempre com um sorriso no rosto! Será que um ano de sacrifício, ao serviço de um diabo que veste Prada, não é um preço demasiado alto a pagar pelo emprego da sua vida?! Um livro hilariante, muito fashion!

7 Página 7 MEMÓRIAS DE ESTUDANTE A Escola Profissional de Vouzela recebeume, acolheu-me, ensinou-me e fez-me crescer quer a nível profissional, quer a nível pessoal. Fez-me chegar mais longe, ser aquilo que hoje sou. Também é certo que, para isso, foi necessário da minha parte, trabalho, esforço, dedicação e muita vontade de chegar mais além na minha vida. Porém, a esta Escola o devo, pois tudo fez para que isso acontecesse: criou condições para eu receber formação quando seleccionou o corpo docente para dar a mesma e todas as outras questões que os cursos ministrados pela mesma implicam. A nível profissional, sinto-me realizada e reconheço que a minha realização se deve, em parte, à formação dada nesta escola onde para além de ter sido aluna, fui, alguns anos mais tarde, também formadora. A Escola cresceu, melhorou e modernizou-se o que prova que projectos como este, ou seja, este tipo de escola deva sempre continuar, proporcionando assim uma oportunidade de vida, a pessoas como eu. Licínia Sousa (Antiga aluna do Curso Técnico de Hotelaria/Restauração, Organização e Controlo, 1996/1999) O meu nome é Miguel Ângelo Gomes Ferreira e concluí o curso de Técnico de Construção Civil/Topografia na Escola Profissional de Vouzela, no ano de Actualmente, sou topógrafo de 1º classe na Câmara Municipal de Vouzela, mas também desenvolvo trabalhos particulares para projectos de construção de moradias, para destaques de parcelas, medição de áreas, plantas de cadastro, etc. À EPV devo tudo aquilo que sou hoje em termos profissionais. Foi esta escola que me proporcionou ter uma integração no mercado de trabalho, porque me preparou com saberes práticos para a vida activa. O facto de ter ingressado na Escola Profissional de Vouzela foi uma escolha acertada, pois estou a realizar-me profissionalmente. Miguel Ângelo Gomes Ferreira (Antigo aluno do Curso de Técnico de Construção Civil, 1995/1998)) Após concluir o 9º. Ano de escolaridade, deparei-me com um grande problema, a escolha entre o ingressar no ensino profissional ou numa escola secundária. Talvez ainda hoje não saiba o porquê da decisão que vim a tomar, mas de uma coisa eu tenho a certeza, nunca me arrependerei! Optei por me inscrever na Escola Profissional de Vouzela, num curso pelo qual sempre tive alguma curiosidade: Técnico de Instalações Eléctricas. A minha primeira impressão, mal entrei no recinto escolar, não foi das melhores, pois depareime com umas instalações um pouco diferentes das outras escolas. Ignorava que seria nessa escola que eu viria a passar alguns, senão muitos, dos melhores momentos da minha vida. Os primeiros dias não foram fáceis pois não conhecia ninguém. De ínicio as aulas eram um pouco cansativas, talvez por terem uma carga horária um pouco exagerada, mas apesar disso eram muito divertidas. Havia momentos para trabalhar e para nos divertirmos. O tempo foi passando e as amizades com os colegas de turma, com os professores e com auxiliares cada vez se solidificavam mais. Vivi muitas aventuras com a minha turma, aventuras que nunca esquecerei, assim como as amizades que desenvolvi com os meus professores: com o meu tutor de turma, que tanto trabalhou para que a minha turma fosse das melhores, apesar de todas as dores de cabeça por que passou para nos aturar ; com a simpatia das minhas professoras de Inglês, Área de integração e de Matemática, professoras com quem se podia contar para tudo o que fosse necessário. Outra professora que também nunca esquecerei é a minha professora de Física e Química e o seu jeito para organizar eventos. Mas como o que é bom acaba depressa, quando dei por mim já estava a concluir o curso e as saudades já começavam a aparecer. Neste momento trabalho, mas não trabalho sozinho, pois tenho o privilégio de poder trabalhar com metade da minha turma. Posso, por fim, dizer que a minha escola, e digo minha com orgulho, foi a melhor escola por onde andei. José Miguel Quelhas (Antigo aluno do Curso de Técnico de Instalações Eléctricas, 2001/2004)

8 Página 8 Programa provisório para a semana escolar 23 a ESCOLA PROFISSIONAL DE VOUZELA Rua António Sérgio Vouzela Telefone: Fax: Curso de Técnico de Instalações Eléctricas e Técnico de Electrotecnia/Áudio, Vídeo e TV - Exposição de material eléctrico desde a antiguidade até à actualidade. - Sessão técnica por professores/alunos da ESTV. - Palestra Sinais de TV e FM, analógicos e digitais,pela Televés. - Exposição das Provas de Aptidão Profissional pelos alunos finalistas. Curso de Técnico de Contabilidade - Visita de estudo à Feira de Franchising Fil - Lisboa. - Workshop sobre Como poupar no IRS. - Acção de formação A contabilidade como instrumento de controlo fiscal. Data prevista 23, 24 e 24 de Maio 23, 24 e 23 de Maio 24 de Maio UM ENSINO DE QUALIDADE... UMA APRENDIZAGEM PARA O FUTURO... virada para o aprender fazendo, mais ajustada às necessidades de formação e valorização profissional de todos aqueles que procuram ingressar mais cedo no mundo do trabalho Curso de Técnico de Turismo - Seminário de turismo: Gastronomia Património Turístico. - Visita guiada aos monumentos de Vouzela e da região, pelos alunos de Turismo. Curso de Técnico de Hotelaria/ Restauração, Organização e Controlo - Apresentação das Provas de Aptidão Profissional, pelos alunos finalistas. - Confecção de um Folar de Vouzela gigante para exposição. - Almoço à francesa. - Festa Africana e ainda: 23 de Maio 23 de Maio 24 de Maio UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu

2011/2012. CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente

2011/2012. CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente PLANO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL 2011/2012 CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente 2011/2012 Índice: Introdução Ações de Sensibilização: Ateliers: Datas Comemorativas: Visitas de Estudo: Concursos: Projetos:

Leia mais

DTIM Associação Regional para o Desenvolvimento das Tecnologias de Informação na Madeira

DTIM Associação Regional para o Desenvolvimento das Tecnologias de Informação na Madeira DTIM Associação Regional para o Desenvolvimento das Tecnologias de Informação na Madeira APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional Plurifundos da Região Autónoma da Madeira (POPRAM

Leia mais

CLUBE DE FRANCÊS PROPOSTA PARA O ANO LECTIVO 2010/2011

CLUBE DE FRANCÊS PROPOSTA PARA O ANO LECTIVO 2010/2011 CLUBE DE FRANCÊS PROPOSTA PARA O ANO LECTIVO 2010/2011 Responsável pelo Clube de Francês Profª Ana Serra CLUBE DE FRANCÊS PROPOSTA - ANO LECTIVO 2010/2011 INTRODUÇÃO O Francês, como língua estrangeira

Leia mais

PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE

PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO PARA A SUSTENTABILIDADE Enquadramento geral Os Programas de Educação para a Sustentabilidade têm como principal objectivo promover a educação e a sensibilização ambiental de todos

Leia mais

Todos nós temos momentos altos, no alto da roda, no cume da montanha. Mas também temos momentos difíceis

Todos nós temos momentos altos, no alto da roda, no cume da montanha. Mas também temos momentos difíceis ta da Autora Olá, Todos nós temos momentos altos, no alto da roda, no cume da montanha. Mas também temos momentos difíceis passados em verdadeiros vales e dias de deserto. Todos os nossos planos se desvanecem

Leia mais

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar CATEGORIAS OBJECTIVOS ESPECÍFICOS S. C. Sim, porque vou para a beira de um amigo, o Y. P5/E1/UR1 Vou jogar à bola, vou aprender coisas. E,

Leia mais

Quarto Estudo de Follow up dos Diplomados

Quarto Estudo de Follow up dos Diplomados Cursos de Formação em Alternância na Banca Quarto Estudo de Follow up dos Diplomados Relatório Cursos terminados entre 2006 e 2009 Projecto realizado em parceria e financiado pelo Instituto de Emprego

Leia mais

Plano de Acção 2010-11. Escola Básica 2.3 Professor Noronha Feio Queijas, Oeiras. Página 1 de 7

Plano de Acção 2010-11. Escola Básica 2.3 Professor Noronha Feio Queijas, Oeiras. Página 1 de 7 Página 1 de 7 Diagnóstico Objectivos Diagnóstico Acções Recursos Intervenientes Calendarização Água Resíduos Energia Transportes Biodiversidade Mar Plano de Acção Elementos do Plano de Acção Temas em que

Leia mais

Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva

Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva Painel Temático 2: A Educação para o Desenvolvimento Sustentável Sala G4 10H45 12H15 Moderadora: Cristina Gomes Ferreira Relatora: Elizabeth Silva Apresentação dos seguintes projectos: 1) Câmara de Lobos.

Leia mais

INTRODUÇÃO. Projecto Curricular de Turma SALA DO ATL

INTRODUÇÃO. Projecto Curricular de Turma SALA DO ATL INTRODUÇÃO A Educação não formal distingue-se, nas últimas décadas da Educação formal ou ensino tradicional, uma vez que confere outro tipo de reconhecimento, organização, qualificação e estrutura. A Educação

Leia mais

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos

Conhece os teus Direitos. A caminho da tua Casa de Acolhimento. Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Conhece os teus Direitos A caminho da tua Casa de Acolhimento Guia de Acolhimento para Jovens dos 12 aos 18 anos Dados Pessoais Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - Telefone: Telemóvel: E

Leia mais

O acesso a uma plataforma online "recheada" de propostas de atividades meticulosamente concebidas é uma outra das mais-valias deste projeto.

O acesso a uma plataforma online recheada de propostas de atividades meticulosamente concebidas é uma outra das mais-valias deste projeto. CARTAS Caros colegas, um professor não é apenas aquele que ensina, mas também o que se deixa aprender. E ainda há tanto para aprender... Com o NPP e metas curriculares, urge adquirirmos ferramentas para

Leia mais

Em primeiro lugar, deverá encaixar a frase 2 dentro da frase 1, tal como nos exemplos seguintes:

Em primeiro lugar, deverá encaixar a frase 2 dentro da frase 1, tal como nos exemplos seguintes: CÓDIGO DE IDENTIFICAÇÃO Neste exercício deverá transformar conjuntos de duas frases numa frase apenas. Em primeiro lugar, deverá encaixar a frase 2 dentro da frase 1, tal como nos exemplos seguintes: 1)

Leia mais

WORKSHOP O PAPEL DA MULHER NO DESENVOLVIMENTO RURAL

WORKSHOP O PAPEL DA MULHER NO DESENVOLVIMENTO RURAL WORKSHOP O PAPEL DA MULHER NO DESENVOLVIMENTO RURAL 3 FEVEREIRO 2010 CENTRO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DO VALE GONÇALINHO ORGANIZAÇÃO: PARCEIROS: FINANCIAMENTO: O Rural Value, enquanto projecto dinamizador

Leia mais

PONTO DE APOIO SEREM DESENVOLVIDAS NAEDUCAÇÃOINFANTIL EENSINO FUNDAMENTAL, CONSIDERANDO AS HISTÓRIAS PUBLICADAS NA REVISTA PLANETA AZUL EDIÇÃO 138

PONTO DE APOIO SEREM DESENVOLVIDAS NAEDUCAÇÃOINFANTIL EENSINO FUNDAMENTAL, CONSIDERANDO AS HISTÓRIAS PUBLICADAS NA REVISTA PLANETA AZUL EDIÇÃO 138 PONTO DE APOIO Edição 138 NO PONTO DE APOIO, INDICAMOS SUGESTÕES DE ATIVIDADES E REFLEXÕES A SEREM DESENVOLVIDAS NAEDUCAÇÃOINFANTIL EENSINO FUNDAMENTAL, CONSIDERANDO AS HISTÓRIAS PUBLICADAS NA REVISTA

Leia mais

INDICE ANEXOS. Anexo I Guião de entrevista --------------------------------------------------------------- 2

INDICE ANEXOS. Anexo I Guião de entrevista --------------------------------------------------------------- 2 INDICE ANEXOS Anexo I Guião de entrevista --------------------------------------------------------------- 2 Anexo II Grelhas de análise de entrevista ---------------------------------------------- 7 Anexo

Leia mais

Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com

Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com Ciência na Cidade de Guimarãeswww.ciencianacidade.com Cidade de Guimarães Faixas Etárias do Concelho 65 ou mais 24-64 anos 15-24 anos 0-14 anos 0 20000 40000 60000 80000 100000 População do Concelho 159.576

Leia mais

AJUDA DE MÃE. APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT)

AJUDA DE MÃE. APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT) AJUDA DE MÃE APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional da Região de Lisboa e Vale do Tejo (PORLVT) Objectivos: Informar, apoiar, encaminhar e acolher a mulher grávida. Ajudar cada

Leia mais

Relatório Final da Acção de Formação

Relatório Final da Acção de Formação Acção de Formação: Sustentabilidade na Terra e Energia na Didáctica das Ciências Contexto: utilização da Web 2.0 aplicada à didáctica do ensino das Ciências Relatório Final da Acção de Formação Centro

Leia mais

Projeto Curricular do 1.º Ciclo

Projeto Curricular do 1.º Ciclo Projeto Curricular do 1.º Ciclo Tema Felizes os que constroem a vida na verdade e no bem. INTRODUÇÃO Este ano letivo 2014/2015 ficou definido como tema geral Felizes os que constroem a vida na verdade

Leia mais

Ano Lectivo 2006-2007

Ano Lectivo 2006-2007 Ano Lectivo 2006-2007 CLUBE EUROPEU da Escola Secundária de Viriato RELATÓRIO FINAL DAS ACTIVIDADES No âmbito dos Objectivos do Clube Europeu, foram desenvolvidas as seguintes actividades: 1. Comemoração

Leia mais

O início de minha vida...

O início de minha vida... Relato 1 Memórias de minha vida Juliana Pedroso 1 O início de minha vida... Perceber com clareza é o mesmo que ter a visão iluminada pela Luz da Alma. Podemos ficar livres da ignorância e ver corretamente

Leia mais

Heróis da Fruta voltam às escolas para prevenir obesidade infantil

Heróis da Fruta voltam às escolas para prevenir obesidade infantil APCOI lança 4ª edição do projeto que incentiva os alunos a comer mais fruta no lanche escolar Heróis da Fruta voltam às escolas para prevenir obesidade infantil Depois do sucesso das edições anteriores

Leia mais

NÃO SE ENCONTRA O QUE SE PROCURA

NÃO SE ENCONTRA O QUE SE PROCURA NÃO SE ENCONTRA O QUE SE PROCURA Do Autor: ficção Não te deixarei morrer, David Crockett (Contos e Crónicas), 2001 Equador (Romance), 2003 Premio Grinzane Cavour Narrativa Straniera (Itália) Rio das Flores

Leia mais

EMPREENDEDORISMO JOVEM METODOLOGIA DESCRITIVA E ORIENTADORA DE ACÇÕES PARA ENQUADRAMENTO DE INICIATIVAS DE EMPREGO LOCAL PARA JOVENS DESEMPREGADOS/AS

EMPREENDEDORISMO JOVEM METODOLOGIA DESCRITIVA E ORIENTADORA DE ACÇÕES PARA ENQUADRAMENTO DE INICIATIVAS DE EMPREGO LOCAL PARA JOVENS DESEMPREGADOS/AS 1 2 EMPREENDEDORISMO JOVEM METODOLOGIA DESCRITIVA E ORIENTADORA DE ACÇÕES PARA ENQUADRAMENTO DE INICIATIVAS DE EMPREGO LOCAL PARA JOVENS DESEMPREGADOS/AS 3 4 TÍTULO: Empreendedorismo jovem - metodologia

Leia mais

Este testemunho é muito importante para os Jovens.

Este testemunho é muito importante para os Jovens. Este testemunho é muito importante para os Jovens. Eu sempre digo que me converti na 1ª viagem missionária que fiz, porque eu tinha 14 anos e fui com os meus pais. E nós não tínhamos opção, como é o pai

Leia mais

F ONT I S. Carla Valéria Siqueira Pinto da Silva

F ONT I S. Carla Valéria Siqueira Pinto da Silva ARQUITECTURA derrubando F ONT I S Carla Valéria Siqueira Pinto da Silva Lisboa 2011 Para a minha filha Isabella, que acompanhou e ouviu todas as aulas, enquanto crescia dentro de mim e me debruçava sobre

Leia mais

19 / 20 MARÇO/ 2011 DE ALMODÔVAR

19 / 20 MARÇO/ 2011 DE ALMODÔVAR 4 VOLTA ª 19 / 20 MARÇO/ 2011 AO CONCELHO DE ALMODÔVAR Henrique Revés Empresário - 41 anos Neste período que atravessamos, só com muito trabalho, dedicação e empenho é que conseguimos manter a dinâmica

Leia mais

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas?????

Onde você vai encontrar as suas futuras iniciadas????? Há 16 anos quando entrou na MK, a consagrada Diretora Nacional, Gloria Mayfield, não sabia como chegar ao topo, hoje ela dá o seguinte conselho. As lições que eu aprendi na Mary Kay para me tornar uma

Leia mais

Heróis da Fruta voltam às escolas para prevenir obesidade infantil

Heróis da Fruta voltam às escolas para prevenir obesidade infantil APCOI lança 5ª edição do projeto que incentiva os alunos a comer mais fruta no lanche escolar Heróis da Fruta voltam às escolas para prevenir obesidade infantil Depois do sucesso das edições anteriores

Leia mais

Revista de Actividades de Educação Ambiental. Junho 2010 n.º 7

Revista de Actividades de Educação Ambiental. Junho 2010 n.º 7 Revista de Actividades de Educação Ambiental Junho 2010 n.º 7 Quanta honra o nosso Henrique ter sido o Ecomosqueteiro do ano 2010... Henrique, sabias que em 2009 o nosso Município produziu uma quantidade

Leia mais

plano anual de educação ambiental

plano anual de educação ambiental plano anual de educação ambiental 2009/2010 complexo de educação ambiental da quinta da gruta PROGRAMA FAMÍLIAS Grelha Resumo por Sector Sector Rios/Espaços Verdes Animais Dias comemorativos Férias Datas

Leia mais

Nº 26 - Dezembro 2013 - GRATUITO. newsletter E I P D A AGENDA. copywright Escola Intercultural, empresa municipal

Nº 26 - Dezembro 2013 - GRATUITO. newsletter E I P D A AGENDA. copywright Escola Intercultural, empresa municipal Nº 26 - Dezembro 2013 - GRATUITO newsletter copywright Escola Intercultural, empresa municipal E I P D A ENSINO INTERVENÇÃO PARCERIAS DESENVOLVIMENTO AGENDA 01 EDITORIAL Ser inovador é, antes do mais,

Leia mais

- Fernão, mentes? - Minto!

- Fernão, mentes? - Minto! Na etapa 3, leste um excerto do primeiro capítulo da Peregrinação de Fernão Mendes Pinto, numa adaptação de Aquilino Ribeiro. Nesta etapa, vais ler um excerto do último capítulo do original, Peregrinação,

Leia mais

QUESTÃO 4. Legenda da análise: De que forma vêem.

QUESTÃO 4. Legenda da análise: De que forma vêem. QUESTÃO 4 Reportando-nos ao seu círculo de relacionamentos sociais (colegas, amigos, familiares), de que forma pensa que o (a) vêm agora? Têm novas expectativas sobre si? (pode usar uma ou duas frases

Leia mais

Agora não posso atender. Estou no. Vou comprar o último livro do José Luís Peixoto. Posso usar a tua gravata azul? A Ana Maria vai ser nossa

Agora não posso atender. Estou no. Vou comprar o último livro do José Luís Peixoto. Posso usar a tua gravata azul? A Ana Maria vai ser nossa MODELO 1 Compreensão da Leitura e Expressão Escrita Parte 1 Questões 1 20 O Luís enviou cinco mensagens através do telemóvel. Leia as frases 1 a 5. A cada frase corresponde uma mensagem enviada pelo Luís.

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES 2014 2015 GRUPO: 200,210,300

PLANO DE ATIVIDADES 2014 2015 GRUPO: 200,210,300 2º Ciclo ATIVIDADE EXPOSIÇÃO DE TRABALHOS CALENDARIZAÇÃO Desenvolver a escrita e a criatividade. Criar autonomia na escrita. 5.º A e 5.º B / Comunidade escolar. Docente de Português (Maria da Luz Moreira)

Leia mais

Para gostar de pensar

Para gostar de pensar Rosângela Trajano Para gostar de pensar Volume III - 3º ano Para gostar de pensar (Filosofia para crianças) Volume III 3º ano Para gostar de pensar Filosofia para crianças Volume III 3º ano Projeto editorial

Leia mais

O que é a Junior Achievement 4. O que é a Junior Achievement Portugal 4. Bem-vindo ao programa Braço Direito, Um dia no teu Futuro!

O que é a Junior Achievement 4. O que é a Junior Achievement Portugal 4. Bem-vindo ao programa Braço Direito, Um dia no teu Futuro! GUIA DO ALUNO O que é a Junior Achievement 4 O que é a Junior Achievement Portugal 4 Números totais da JAP desde 2005 4 Bem-vindo ao programa Braço Direito, Um dia no teu Futuro! 5 Que benefícios oferece

Leia mais

Compras Públicas Sustentáveis

Compras Públicas Sustentáveis Compras Públicas Sustentáveis Município de Torres Vedras 12 de Novembro 2013 Seminário: Sustentabilidade Energética nas Compras Públicas OesteCIM Supported by: Coordination: Partners: Resumo 1 - Território

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB!

O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! O Ponto entrevista Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para ATRFB! A história da Letícia Odorizi, aprovada em 1º lugar para Analista Tributário da Receita Federal do Brasil, é mais uma das histórias

Leia mais

Junho 2007 nº4 MENSAGEM DO PRESIDENTE Olá Viva A edição da nossa revista O Ambúzio de Junho 2007 é um convite a uma visita às nossas Praia da Barra e da Costa Nova, e um desafio para que continues a participar

Leia mais

PROPOSTAS PARA O PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2011/2012

PROPOSTAS PARA O PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2011/2012 PROPOSTAS PARA O PLANO ANUAL DE ATIVIDADES ANO LETIVO 2011/2012 PROJETO EDUCAR PARA A SAÚDE Atividades a desenvolver Dia mundial da alimentação - Disponibilizar fruta grátis no bar da escola. - Disponibilizar

Leia mais

CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE"

CICLO DE CONFERÊNCIAS 25 ANOS DE PORTUGAL NA UE Boletim Informativo n.º 19 Abril 2011 CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE" A Câmara Municipal de Lamego no âmbito de atuação do Centro de Informação Europe Direct de Lamego está a promover

Leia mais

A DIMENSÃO CULTURAL DA UNIÃO EUROPEIA NO MUNDO FUNDOS E PROGRAMAS. Lisboa, 16 de Maio de 2006

A DIMENSÃO CULTURAL DA UNIÃO EUROPEIA NO MUNDO FUNDOS E PROGRAMAS. Lisboa, 16 de Maio de 2006 APGC Associação Portuguesa de Gestão Cultural CIEJD - Centro de Informação Europeia Jacques Delors CNC - Centro Nacional de Cultura CultDigest - Gestão Cultural A Política Cultural da União Europeia, a

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO. NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO. NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org PROGRAMA DE VOLUNTARIADO NOME: Serviço Voluntário Europeu (SVE) EMAIL: info@euromedp.org WEBSITES: Serviço de Voluntariado Europeu: http://www.sve.pt http://www.facebook.com/l.php?u=http%3a%2f%2fwww.sve.pt%2f&h=z

Leia mais

Escola E.B. 2/3 Ciclos do Paul. Trabalho elaborado por: Frederico Matias 8ºA nº8 João Craveiro 8ºA nº5

Escola E.B. 2/3 Ciclos do Paul. Trabalho elaborado por: Frederico Matias 8ºA nº8 João Craveiro 8ºA nº5 Escola E.B. 2/3 Ciclos do Paul Trabalho elaborado por: Frederico Matias 8ºA nº8 João Craveiro 8ºA nº5 Introdução Este trabalho foi-nos proposto na aula de Área de Projecto pela Professora. Pretendemos

Leia mais

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai

BOM DIA DIÁRIO. Guia: Em nome do Pai BOM DIA DIÁRIO Segunda-feira (04.05.2015) Maria, mãe de Jesus e nossa mãe Guia: 2.º Ciclo: Padre Luís Almeida 3.º Ciclo: Padre Aníbal Afonso Mi+ Si+ Uma entre todas foi a escolhida, Do#- Sol#+ Foste tu,

Leia mais

O tema da nossa edição deste mês é Ouvindo histórias.

O tema da nossa edição deste mês é Ouvindo histórias. 1 Olá! O tema da nossa edição deste mês é Ouvindo histórias. Este mês, conhecemos histórias muito interessantes que deixaram tantas recordações e aprendizados para nossos alunos! Padrinhos Argumento: EM

Leia mais

Conheça os seus direitos em caso de: Recusa de embarque Cancelamento de voo Atrasos prolongados Colocação em classe inferior Viagens organizadas

Conheça os seus direitos em caso de: Recusa de embarque Cancelamento de voo Atrasos prolongados Colocação em classe inferior Viagens organizadas OS DIREITOS DOS PASSAGEIROS DE TRANSPORTE AÉREO AS NOVAS REGRAS Dia 17 de Fevereiro entra em vigor o Regulamento (CE) n.º 261/2004, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 11 de Fevereiro de 2004, que

Leia mais

Plano Anual de Atividades 2014-2015 Departamento de Ciências Humanas

Plano Anual de Atividades 2014-2015 Departamento de Ciências Humanas Visita de estudo Geografia Conhecer o funcionamento de uma unidade industrial; Reconhecer a importância da atividade industrial na economia. Geografia e Alunos do 9º Ano Unidade Industrial 2ºPeríodo Visita

Leia mais

Dados Pessoais. Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - E - mail: Outros contactos:

Dados Pessoais. Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - E - mail: Outros contactos: Errata Dados Pessoais Nome: Apelido: Morada: Localidade: Código Postal - Telefone: Telemóvel: E - mail: Outros contactos: 1 Edição Instituto da Segurança Social, I.P. Coordenação e Supervisão Técnica Departamento

Leia mais

24-06-2015. Um programa educativo: Parceiros: A DINÂMICA

24-06-2015. Um programa educativo: Parceiros: A DINÂMICA Um programa educativo: Parceiros: A DINÂMICA 1 COMO PARTICIPAR? APRESENTAÇÃO E INSCRIÇÕES Cada grupo cria a sua página no Facebook Apresentação do Programa Young VolunTeam às escolas no início do ano letivo

Leia mais

O trabalho com as cantigas e parlendas

O trabalho com as cantigas e parlendas O trabalho com as cantigas e parlendas nós na sala de aula - módulo: língua portuguesa 1º ao 3º ano - unidade 4 Cantigas e parlendas ajudam a introduzir a criança no mundo da leitura. Isso porque são textos

Leia mais

Mobilizar para a saúde ambiental... 12 A mudança leva tempo... 13 Actividades para aprender e mobilizar... 14 As mulheres precisam de uma voz...

Mobilizar para a saúde ambiental... 12 A mudança leva tempo... 13 Actividades para aprender e mobilizar... 14 As mulheres precisam de uma voz... Mobilizar para a saúde ambiental........................... 12 A mudança leva tempo................................... 13 Actividades para aprender e mobilizar........................ 14 As mulheres precisam

Leia mais

JUNHO 2013 (2ª QUINZENA) Nº62. Editorial. competências. Por exemplo: dizemos que os jovens devem ser empreendedores,

JUNHO 2013 (2ª QUINZENA) Nº62. Editorial. competências. Por exemplo: dizemos que os jovens devem ser empreendedores, Associação Nacional de Docentes de Educação Especial Newsletter JUNHO 2013 (2ª QUINZENA) Nº62 Editorial Não é normal Quando eu fui professor do ensino básico, costumava propor aos meus alunos um jogo que

Leia mais

MÚSICAS. Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé

MÚSICAS. Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé MÚSICAS Hino da Praznik Sempre Quando vens p ras colónias Sei de alguém Menino de Bronze Tenho Vontade VuVu & ZéZé Hino da Praznik Do Fá Gosto de aqui estar Sol Do E contigo brincar E ao fim vou arranjar

Leia mais

Lívia Calazans Adriana Oliveira Kátia Alves Ansely Priscilla.

Lívia Calazans Adriana Oliveira Kátia Alves Ansely Priscilla. Aproveito a oportunidade para dizer que suas aulas são maravilhosas, já assisti diversas algumas aulas de processo do trabalho, mas nenhuma com tanta profundidade quanto as ministradas pelo senhor. Lívia

Leia mais

TRABALHO FINAL EMPRESA:

TRABALHO FINAL EMPRESA: TRABALHO FINAL EMPRESA: CURSO: MARKETING E PUBLICIDADE P/L 2º SEMESTRE DISCIPLINA: Marketing II DOCENTE: Prof. Dr. Fernando Gaspar DISCENTE: Ana Inês Charrua de Oliveira Nº 9072 Introdução Dando seguimento

Leia mais

Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22

Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22 Câmara Municipal: Cidade SANTARÉM Santarém Setembro Dia Europeu Sem Carros 22 Semana Europeia da Mobilidade 16 17 18 19 20 21 22 Área da cidade 29 Km 2 População total 28 760 hab. Dimensão da ZSTA 650

Leia mais

No dia 21 de setembro as aulas iniciaram e eu estava super emocionada!

No dia 21 de setembro as aulas iniciaram e eu estava super emocionada! No dia 21 de setembro as aulas iniciaram e eu estava super emocionada! Hoje já não me dou conta mas foi assim era uma nova escola, novos colegas, novos desafios e, para desafio, tinha de estar cheia de

Leia mais

IAPMEI Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e ao Investimento (Programa Gerir Formação e Consultoria para Pequenas Empresas)

IAPMEI Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e ao Investimento (Programa Gerir Formação e Consultoria para Pequenas Empresas) IAPMEI Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e ao Investimento (Programa Gerir Formação e Consultoria para Pequenas Empresas) APOIO DO FUNDO SOCIAL EUROPEU: Através do Programa Operacional Emprego,

Leia mais

A leitura, um bem essencial

A leitura, um bem essencial A leitura, um bem essencial A leitura, um bem essencial A leitura é uma competência básica que todas as pessoas devem adquirir para conseguirem lidar de forma natural com a palavra escrita. Mas aprender

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Universidade Nova de Lisboa

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Universidade Nova de Lisboa Este questionário contém perguntas sobre as tuas experiências e tipo de aprendizagem na disciplina de Ciências Naturais. Não há respostas correctas nem erradas, apenas as que correspondem à forma como

Leia mais

UNIVERSIDADE POPULAR DO PORTO

UNIVERSIDADE POPULAR DO PORTO ACÇÃO DE FORMAÇÃO OS ARQUIVOS DO MUNDO DO TRABALHO TRATAMENTO TÉCNICO ARQUIVÍSTICO RELATÓRIO FINAL Enquadramento A acção de formação Os arquivos do mundo do trabalho tratamento técnico arquivístico realizou-se

Leia mais

CENTRO DE BEM ESTAR INFANTIL NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

CENTRO DE BEM ESTAR INFANTIL NOSSA SENHORA DE FÁTIMA CENTRO DE BEM ESTAR INFANTIL NOSSA SENHORA DE FÁTIMA Projecto Pedagógico 2007/2008 Sala 9- Sala Aventura Estão habituadas à convivência com outras crianças e adultos não pertencentes à família. Aprenderam

Leia mais

O ENSINO ESPECIAL A LENDA DA SERRA DA ESTRELA DATA DO BOLETIM: DEZEMBRO DE 2007 A MARIA CASTANHA A TURMA DO O DIA DE S.MARTINHO O PÃO NA NOSSA

O ENSINO ESPECIAL A LENDA DA SERRA DA ESTRELA DATA DO BOLETIM: DEZEMBRO DE 2007 A MARIA CASTANHA A TURMA DO O DIA DE S.MARTINHO O PÃO NA NOSSA VOLUME 1, EDIÇÃO 1 DATA DO BOLETIM: DEZEMBRO DE 2007 NESTA EDIÇÃO: A MARIA CASTANHA 2 A TURMA DO 2.º 2.ª 3 O DIA DE S.MARTINHO 4 O PÃO NA NOSSA ALIMENTAÇÃO A TURMA DO 1.º 2.ª 5 6 O ENSINO ESPECIAL 7 SOLIDARIEDADE

Leia mais

Das conclusões da 10.ª Assembleia de Crianças:

Das conclusões da 10.ª Assembleia de Crianças: Das conclusões da 10.ª Assembleia de Crianças: Ouvir as crianças lutar pelo fim da escravatura de crianças no mundo 41.ª ASSEMBLEIA-GERAL Braga, 28 de Março de 2015 Relatório de Atividades - 2014 INTRODUÇÃO

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCABIDECHE ESCOLA BÁSICA 2,3 DE ALCABIDECHE Sede

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCABIDECHE ESCOLA BÁSICA 2,3 DE ALCABIDECHE Sede AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE ALCABIDECHE ESCOLA BÁSICA 2,3 DE ALCABIDECHE Sede 1. Identificação DEPARTAMENTO: Pré-Escolar PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES - PROPOSTA DE ACTIVIDADES ANO LECTIVO - 2010 / 2011 Coordenador(a):

Leia mais

Serviço de Apoio à Criação de Emprego e estágios

Serviço de Apoio à Criação de Emprego e estágios Serviço de Apoio à Criação de Emprego e estágios Novembro de 2009 Agenda EM DESTAQUE PREPARA-TE! Índice Nota Editorial Eventos/Notícias Na Primeira Pessoa Empresa do Mês Vamos Falar Sobre Protocolos Contactos

Leia mais

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES CRECHE ANO LECTIVO 2014 / 2015 - Tema transversal a trabalhar ao longo do ano: A Magia do Circo DATAS A SALIENTAR

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES CRECHE ANO LECTIVO 2014 / 2015 - Tema transversal a trabalhar ao longo do ano: A Magia do Circo DATAS A SALIENTAR MÊS Setembro TEMA Adaptação das Crianças PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES CRECHE ANO LECTIVO 2014 / 2015 - Tema transversal a trabalhar ao longo do ano: A Magia do Circo DATAS A SALIENTAR ACTIVIDADES PEDAGÓGICAS

Leia mais

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma.

PERTO DE TI AUTOR: SILAS SOUZA MAGALHÃES. Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. PERTO DE TI Tu és meu salvador. Minha rocha eterna. Tu és minha justiça, ó Deus. Tu és Jesus, amado da Minh alma. Jesus! Perto de ti, sou mais e mais. Obedeço a tua voz. Pois eu sei que tu és Senhor, o

Leia mais

RELATÓRIO CHEFE DE MISSÃO AOS JOGOS OLÍMPICOS

RELATÓRIO CHEFE DE MISSÃO AOS JOGOS OLÍMPICOS RELATÓRIO DO CHEFE DE MISSÃO Missão Portuguesa aos Jogos Olímpicos de Inverno - Sochi 2014 RELATÓRIO CHEFE DE MISSÃO AOS JOGOS OLÍMPICOS SOCHI 2014 2 INTRODUÇÃO A vigésima segunda edição dos Jogos Olímpicos

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 PROGRAMA DE VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 VOLUNTARIADO SERRALVES EM FESTA 2012 Preparado para mais um Serralves em Festa? É já nos dias 2 e 3 de Junho que se realiza mais uma edição do Serralves

Leia mais

Trabalho realizado por: Inês, 6ºD Joana Tavares, 6ºD Paulo, 6ºD Pedro Filipe, 6ºD Sérgio, 6ºD

Trabalho realizado por: Inês, 6ºD Joana Tavares, 6ºD Paulo, 6ºD Pedro Filipe, 6ºD Sérgio, 6ºD Trabalho realizado por: Inês, 6ºD Joana Tavares, 6ºD Paulo, 6ºD Pedro Filipe, 6ºD Sérgio, 6ºD Nós somos o Grupo nº 1, do 6º D, que se encarregou de fazer as seguintes entrevistas: Uma auxiliar de acção

Leia mais

AGENDA 21 LOCAL DE ALENQUER RELATÓRIO DO 4º FÓRUM DE PARTICIPAÇÃO VECTOR: AMBIENTE E RECURSOS NATURAIS / POLUIÇÕES 20 DE SETEMBRO DE 2008

AGENDA 21 LOCAL DE ALENQUER RELATÓRIO DO 4º FÓRUM DE PARTICIPAÇÃO VECTOR: AMBIENTE E RECURSOS NATURAIS / POLUIÇÕES 20 DE SETEMBRO DE 2008 AGENDA 21 LOCAL DE ALENQUER RELATÓRIO DO 4º FÓRUM DE PARTICIPAÇÃO VECTOR: AMBIENTE E RECURSOS NATURAIS / POLUIÇÕES 20 DE SETEMBRO DE 2008 Elaborado para a Câmara Municipal de Alenquer Por CIVITAS/DCEA/FCT/UNL

Leia mais

Índice. Campanha Praias 2010 Alentejo Algarve E R P P o r t u g a l. 1. A ERP Portugal. 2. Depositrão. 3. Campanha Praias_2010

Índice. Campanha Praias 2010 Alentejo Algarve E R P P o r t u g a l. 1. A ERP Portugal. 2. Depositrão. 3. Campanha Praias_2010 Campanha Praias 2010 Alentejo Algarve E R P P o r t u g a l Índice 1. A ERP Portugal 2. Depositrão 3. 4. Resumo Campanha Praias_2009 5. Agradecimentos 2 1 A ERP Portugal ERP PORTUGAL Associação Gestora

Leia mais

OS MEMBROS DA MINHA FAMÍLIA

OS MEMBROS DA MINHA FAMÍLIA NOME OS MEMBROS DA MINHA FAMÍLIA ESTABELEÇO RELAÇÕES DE PARENTESCO : avós, pais, irmãos, tios, sobrinhos Quem pertence à nossa família? Observa as seguintes imagens. Como podes observar, nas imagens estão

Leia mais

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 2010/2011. Área Disciplinar: Português

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES 2010/2011. Área Disciplinar: Português Ida ao teatro: Um eléctrico chamado desejo, de Tenessee Williams - Contribuir para o desenvolvimento, nos alunos, de estratégias de escuta global e selectiva; - Proporcionar aos alunos a oportunidade de

Leia mais

Especialmente preparado para. Circuito da Boavista 17 19 Junho e 1-3 de July de 2011 pelo DMC Porto

Especialmente preparado para. Circuito da Boavista 17 19 Junho e 1-3 de July de 2011 pelo DMC Porto Especialmente preparado para Circuito da Boavista 17 19 Junho e 1-3 de July de 2011 pelo DMC Porto www.dmcportugal.abreu.pt ÍNDICE 1. Descrição Zona 2. Grid (Suggested Program) 3. Circuitos 4. Abreu DMC

Leia mais

Pobreza e Exclusão Social

Pobreza e Exclusão Social Sérgio Nuno Damas Coimbra, 2010 Trabalho realizado no âmbito da disciplina de Fontes de Informação Sociológica Professor Paulo Peixoto Licenciatura em Sociologia 2º Semestre Tema: Pobreza e Exclusão Social

Leia mais

SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO

SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO ORIENTAÇÃO ESCOLAR E VOCACIONAL A conclusão do 9.º ano de escolaridade, reveste-se de muitas dúvidas e incertezas, nomeadamente na escolha de uma área de estudos ou num

Leia mais

Experiência Profissional em Formação Profissional:

Experiência Profissional em Formação Profissional: Dados Pessoais: Nome: Ana Luísa da Cunha Luís Félix Contacto: Escola Secundária Manuel de Arriaga, Rua Vasco da Gama 9901-859 Telefone/ Fax : 292 202 130 / 292 202 135 Correio electrónico: es.marriaga@dre.raa.pt

Leia mais

9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS

9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS 9.ª EDIÇÃO 24 Fevereiro a 02 Março ORGANIZAÇÃO SINDICATO DOS JOGADORES PROFISSIONAIS DE FUTEBOL PRODUÇÃO RM PREMIUM EVENTS conceito O futebol, fonte de paixão e emoção, continua a potenciar extremismos

Leia mais

Braga, 10 de Janeiro de 2011.

Braga, 10 de Janeiro de 2011. Braga, 10 de Janeiro de 2011. Página 1 de 20 INDICE INTRODUÇÃO... 3 Págs. CARACTERIZAÇÃO DO SERVIÇO DE FORMAÇÃO... 10 BALANÇO DAS ACTIVIDADES DEP. FORMAÇÃO.11 PRIORIDADES DE MELHORIA. 15 CONCLUSÃO.. 16

Leia mais

magazine A inaugurar a época de bom tempo e de boas sardinhas

magazine A inaugurar a época de bom tempo e de boas sardinhas magazine DESTAQUES Junho 2012 Santos populares Amera 3.0 Planos ambiciosos de animação edição 34 90 exemplares www.amera.com.pt 21 444 75 30 SANTOS POPULARES A inaugurar a época de bom tempo e de boas

Leia mais

Em Março de 2007 começa a história que mudou a minha vida para sempre.

Em Março de 2007 começa a história que mudou a minha vida para sempre. D.F., 25 anos, solteira, psicóloga, cancro da mama em 2007 Em Março de 2007 começa a história que mudou a minha vida para sempre. Certo dia senti uma dor suave da mama para a axila e na apalpação descobri

Leia mais

Livro com atividades para colorir, desenhar, construir, e muito mais! Este livro pertence a

Livro com atividades para colorir, desenhar, construir, e muito mais! Este livro pertence a Livro com atividades para colorir, desenhar, construir, e muito mais! Este livro pertence a CENTRO DE PSICOLOGIA APLICADA DO EXÉRCITO NÚCLEO DE APOIO PSICOLÓGICO E INTERVENÇÃO NA CRISE Edição - Julho 2014

Leia mais

NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS

NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS NOVA IMAGEM. NOVA TECNOLOGIA. NOVOS OBJECTIVOS O PROJECTO COMO NASCEU O CARTÃO SOLIDÁRIO O projecto Cartão Solidário nasceu da vontade de responder de forma contínua e sustentável às necessidades das Instituições

Leia mais

Vila Baleira Ilha de Porto Santo

Vila Baleira Ilha de Porto Santo Vila Baleira Ilha de Porto Santo Dia 0 Lisboa Porto Santo (25 12 2009) A viagem a Porto Santo começou a ser preparada com alguma antecedência, de forma a ser adequada a uma família de 4 pessoas. Para isso,

Leia mais

Edição Trimestral -N.º2, Março de 2004

Edição Trimestral -N.º2, Março de 2004 Edição Trimestral -N.º2, Março de 2004 Índice Uma viagem pela minha terra 1º Ano 2º Ano 3º Ano 4º Ano Informática Expressão Plástica English Corner O Cantinho da Fantasia Educação Especial Expressão Dramática

Leia mais

TempoLivre. Deixem brincar as crianças. Entrevista com a pedagoga Maria José Araújo. www.inatel.pt. N.º 235 Março 2012 Mensal 2,00

TempoLivre. Deixem brincar as crianças. Entrevista com a pedagoga Maria José Araújo. www.inatel.pt. N.º 235 Março 2012 Mensal 2,00 N.º 235 Março 2012 Mensal 2,00 TempoLivre www.inatel.pt Entrevista com a pedagoga Maria José Araújo Deixem brincar as crianças Destacável Viagens Primavera Verão 2012 Entrevista Maria José Araújo Pedagoga

Leia mais

CEGO, SURDO E MUDO (porque nao?) LETRA: Ricardo Oliveira e Mário F.

CEGO, SURDO E MUDO (porque nao?) LETRA: Ricardo Oliveira e Mário F. FRUTO PROIBIDO FRUTO PROIBIDO 1 Cego, surdo e mudo (porque não?) 2 Mundo inteiro 3 Acordo a tempo 4 Contradição 5 A água não mata a fome 6 Quem és é quanto basta 7 Nascer de novo (és capaz de me encontrar)

Leia mais

Banco. Tendo tomado conhecimento do Regulamento Geral de Feiras e Aditamento da Ecorex, Lda., declaramos aceitar todas as condições aí descritas.

Banco. Tendo tomado conhecimento do Regulamento Geral de Feiras e Aditamento da Ecorex, Lda., declaramos aceitar todas as condições aí descritas. BOLETIM DE INSCRIÇÃO N.º LISBOA NORTE 008 Empresa: CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO Assinalar a opção pretendida Direitos de Inscrição - 150 por expositor Contribuinte N.º: Morada: A - Espaço Livre (Mínimo 9

Leia mais

Vinho Novo Viver de Verdade

Vinho Novo Viver de Verdade Vinho Novo Viver de Verdade 1 - FILHOS DE DEUS - BR-LR5-11-00023 LUIZ CARLOS CARDOSO QUERO SUBIR AO MONTE DO SENHOR QUERO PERMANECER NO SANTO LUGAR QUERO LEVAR A ARCA DA ADORAÇÃO QUERO HABITAR NA CASA

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE PROJECTOS NÍVEL 1 EDIÇÃO Nº 01/2013

FICHA TÉCNICA DO CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE PROJECTOS NÍVEL 1 EDIÇÃO Nº 01/2013 FICHA TÉCNICA DO CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE PROJECTOS NÍVEL 1 EDIÇÃO Nº 01/2013 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Especialização em Gestão de Projectos Nível 1 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER Este curso constitui

Leia mais

Centro de Informação Europeia Jacques Delors. Oferta formativa

Centro de Informação Europeia Jacques Delors. Oferta formativa Oferta formativa 2009/2010 Centro de Informação Europeia Jacques Delors DGAE / Ministério dos Negócios Estrangeiros Curso de Formação «A Cidadania Europeia e a Dimensão Europeia na Educação» Formação acreditada,

Leia mais

CONVITE. Falecido em 2012, Manuel António Pina deixou uma obra singular, no campo da poesia, da crónica, da literatura infanto-juvenil e do teatro.

CONVITE. Falecido em 2012, Manuel António Pina deixou uma obra singular, no campo da poesia, da crónica, da literatura infanto-juvenil e do teatro. Dando continuidade a projetos anteriores, o Museu Nacional da Imprensa está a preparar várias iniciativas para assinalar o 71.º aniversário do nascimento (18.nov.1943) do jornalista e escritor Manuel António

Leia mais