Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "www.miraflores.com.br"

Transcrição

1 Rio de Janeiro, setembro de 2013 Informativo do Centro Educacional Miraflores Ano 12, Nº 17 Edição Especial A língua inglesa e sua importância no trabalho, na vida acadêmica, no lazer das famílias e no exercício cerebral e mais... I Grow - uma expedição bilíngue páginas 04 e 05 Roteiro de férias com olhar jornalístico página 10 MiraArraiá bilíngue reverte talento em doações página 11

2 r editorial Amanhã tudo poderá ser diferente Prever o futuro não é pretensão do Centro Educacional Miraflores, mas manter-se atualizado e com o olhar no horizonte, sim. Estudar e refletir sobre os avanços da Educação e manter-se atento às tendências do ensino moderno, do comportamento das pessoas na sociedade e até mesmo às exigências do mercado de trabalho futuro sempre foram exercícios realizados pelo corpo docente. O objetivo é manter a política pedagógica da escola na vanguarda do ensino, na incansável busca pela excelência. Se de uma geração a outra o mundo mudou radicalmente, amanhã tudo poderá ser diferente. Então cabe-nos a reflexão, a fim de nos prepararmos para o que vem pela frente. Dentre as certezas, está a de um mundo globalizado bilíngue, altamente tecnológico, que exige cada vez mais habilidades e competências nas relações cotidianas. Pensando nisso, o MiraFolha conversou com pais de alunos e especialistas sobre o ensino bilíngue e a importância do domínio de mais de um idioma. Ouviu histórias de pessoas cujo princípio educacional baseia-se no estímulo às múltiplas habilidades e no aprendizado de outras línguas, com a certeza de que esse investimento colabora bastante para o desenvolvimento intelectual, social, acadêmico e profissional do indivíduo. A matéria lembra que, até pouco tempo, havia uma ínfima aceitação do aprendizado de dois idiomas por crianças em idade pré-escolar e que agora há pesquisas que comprovam que esse estímulo proporciona um upgrade cerebral para a vida toda e que quanto antes iniciado, melhor. A matéria retrata, ainda, um pouco do trabalho bilíngue do Miraflores. Na sequência, o jornal aborda a cultura da Educação Continuada como ferramenta de modernização do ensino de alta performance, que passou a ser mais um desafio para as escolas do século XXI. Isso porque requer investimento e seriedade institucional. Algumas escolas acompanharam esse processo evolutivo e deixaram para traz o ensino tradicional e padronizado. Elas aderiram a um formato que motiva os professores e os alunos a desenvolverem a criatividade, a autonomia, a iniciativa e a empatia, além de manterem o equilíbrio emocional, o interesse pela descoberta ampla e contextualizada em todas as áreas do conhecimento, proporcionando novas experiências e vivências que agregam mais valores à vida. Para garantir resultados nesse caminho, o Miraflores aposta na mais alta qualificação de seus profissionais de ensino e sugere que ele faça parte de um grupo seleto de professores especializados, comprometidos com a formação contínua. E nesse sentido, investe cerca de R$100 mil por ano. Como o propósito do MiraFolha é fazer um recorte de algumas das principais atividades e dos acontecimentos de cada semestre, a festa junina bilíngue, que bateu recorde de público e de mobilização na campanha solidária, não poderia ficar de fora. Na sequência, abordaremos um dos nove subprojetos do Passaporte para o Futuro, o I Grow. Neste ano, essa ação recebeu reforço personalizado do fundador de uma ONG que criou uma reserva ecológica que vem sendo recuperada na Mata Atlântica. O projeto foi premiado, recentemente, pela Petrobras. O empreendedor ecológico Nicholas, que morou durante anos na Inglaterra e acompanhou a turma, conversou com os alunos usando os dois idiomas (Português e Inglês). Na intenção de evidenciar uma educação que propõe a formação de alunos pensantes e criativos, com o uso produtivo de novas tecnologias, o MiraFolha publicou uma pequena mostra do Jornal Cabeça, um periódico eletrônico elaborado e montado pelos alunos do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Há, ainda, textos escritos, por estudantes do 5º ano, com características jornalísticas. É um recorte das propostas contidas do Roteiro de Férias. Vale, além do prazer de conhecer mais sobre a escola, por meio do jornal, o desafio de usar o QR-Code para ver as produções e obter mais informações, no site da escola. Boa leitura! Informativo do Centro Educacional Miraflores Rio de Janeiro /2013, Edição Especial Diretora: Léa Rocha Lima EXPEDIENTE MiraFolha Bruna Alves - Estagiária Editoração Eletrônica: Stella Costa hotmail.com Unidade Barra: Av. Cmte. Júlio de Moura, 150 Barra da Tijuca - RJ - Telefone 55 (21) com.br Unidade Laranjeiras: Rua das Laranjeiras, 537 a Laranjeiras RJ - Telefone: 55 (21) Jornalista Responsável: André Regly MTB / RJ Revisora (Português): Maisa Aleksandravicius - Revisão (Inglês) Coordenação da escola Tiragem: 1500 exemplares em papel reciclado. Impressão: AMCS Gráfica 2

3 r EDUCAÇÃO CONTINUADA Escola investe R$100 mil por ano em Educação Continuada de corpo docente Para que pais, responsáveis e alunos recebam um amplo serviço de extrema qualidade, condizente com as exigências contemporâneas e tendências futuristas, todos os profissionais do Centro Educacional Miraflores dedicam-se, durante o ano letivo e nos períodos de férias, à Educação Continuada. São investidos cerca de R$100 mil anualmente. Estão contabilizados nesse valor, apenas, o pagamento de horas extras para o professor estudar, as gratificações por desempenho e as despesas com palestrantes convidados. O projeto, que reúne grupos de estudo da equipe pedagógica, durante uma vez por semana, no decorrer do ano, culmina em cada recesso escolar com seminários para avaliar, planejar, refletir e aprimorar a Educação oferecida pela instituição, fazendo cumprir a proposta pedagógica da escola. Nesse momento, todos os colaboradores da escola participam. É um investimento que poucos percebem, mas que agrega valor inestimável ao serviço que prestamos, comenta a Diretora Geral, a Pedagoga Léa Rocha Lima, mentora do Centro de Estudos do Século XXI, setor que organiza os eventos direcionados aos profissionais de ensino. Segundo Regina Lúcia Rocha Lima, Vice-Diretora Pedagógica, a Educação Continuada é um espaço de estudo destinado a ampliar o conhecimento e aperfeiçoar a prática pedagógica. Sempre buscamos profissionais de outras áreas do saber para interagir conosco. Por meio de palestras e workshops, eles trazem mais informações e motivam a discussão, o pensamento e os ânimos. Assim, melhoramos cada vez mais nossa performance, em busca de excelência profissional, explica Regina. Na programação das férias de julho, na primeira semana (15 a 19), constavam cerca de 10 palestras, quatro momentos de avaliação e planejamento e espaço para relato de casos e reflexão, entre outras atividades. A coordenadora Andreia Mendes, a Diretora Geral e Pedagoga Léa Rocha Lima e a vice-diretora no fundo, Regina Lúcia Rocha Lima Danilo Sahione, sócio do Sahione Advogados problemas no dia a dia e estimulou uma reflexão sobre as ações de segurança e cuidados com a saúde dos alunos; relatou casos de bullying e do cyberbullying e orientou quanto às providências a serem tomadas. Sinalizou para a importância da transparência entre a instituição e os responsáveis pelos alunos, o que já é praxe na instituição. Manter a boa relação e a transparência é a melhor forma de organizar o espaço e manter a satisfação do cliente. Pais que permanecem muito tempo dentro da escola, por exemplo, precisam saber que mesmo com a presença deles no local, o responsável jurídico pelo aluno continua sendo a escola, lembrou Danilo Sahione, que elogiou a iniciativa da direção do Centro Educacional, ao saber que Educação Continuada é uma prática constante: Vocês estão de parabéns por abrirem espaço para reflexões sobre temas que nem todas as instituições estão dispostas a discutir. Os pais e os alunos são os que mais ganham quando se investe em capacitação profissional, em um atendimento de qualidade e transparente, ressaltou. Nas férias de final de ano, a carga horária da Educação Continuada é sempre mais extensa. Inicia em dezembro e, geralmente, encerra em janeiro do ano posterior. No evento, há momentos para a premiação de profissionais, por meio da meritocracia. Conheça por meio do QR Code um pouco mais dessa investida que iniciou em dezembro de 2012 e encerrou em janeiro 2013 t Dezembro 2012/ Qualificação e meritocracia na IV semana de Educação Continuada O jurista Danilo Sahione, sócio da Sahione Advogados, trouxe uma lista de temas para serem discutidos no auditório. Falou sobre a disgrafia, relações interpessoais e sobre a nova sociedade do século XXI, ilustrando as diferentes formações familiares e relações sociais. Destacou aspectos jurídicos presentes em eventuais t Janeiro Professor Serrano Freire inaugura ano letivo com motivação e Raul Seixas 3

4 r PASSAPORTE O fundador da Regua, Nicholas Locke, promove tour bilíngue I Grow faz do Passaporte o adubo do conhecimento, em dois idiomas Pelo quarto ano consecutivo, o passeio pedagógico I Grow, do projeto Passaporte para o Futuro, semeou ainda mais o segundo idioma nas atividades realizadas na última viagem e proporcionou uma ampla interdisciplinaridade entre a Educação Ambiental e outras áreas do conhecimento. O passeio aconteceu no primeiro semestre, em abril, quando os alunos do 2º ano do Ensino Fundamental plantaram 130 mudas de árvores nativas, na Reserva Ecológica de Guapiaçu (REGUA), localizada na Região de Cachoeiras de Macacu (RJ). brasileiro Nicholas Locke, de 53 anos, que morou na Inglaterra por 20 anos. Em entrevista ao MiraFolha, quatro meses depois, o ecologista ainda se recorda dos alunos e declara que o Miraflores é a primeira escola bilíngue a visitar e a fazer parte do projeto. Segundo Nicholas, a reserva está acostumada a receber visitas de estrangeiros, pesquisadores, universitários e escolas locais. Durante a exploração do local, os turistas estudantes receberam reforço bilíngue do criador da reserva, o Preparação das mudas para a estufa Selecionando sementes para o viveiro de mudas Foi enriquecedor passar o dia com aquelas crianças. Costumo dizer que um dia no campo vale mais do que seis meses de sala de aula. O diretor da escola me pediu para fazer a caminhada com eles e disse que eu poderia me comunicar em português e inglês. Fiquei impressionado porque eles entendiam quase tudo e 4

5 r PASSAPORTE De acordo com o diretor administrativo da escola, Luiz Eduardo Rocha Lima, Nicholas é um homem empolgado e acompanhou os alunos o tempo todo. Ele conversou bastante com as crianças, em inglês, comentou. Ainda segundo o diretor, a viagem à reserva ecológica cumpre todos os objetivos da proposta pedagógica do Projeto Passaporte do Futuro, baseada no aprendizado a partir da vivência, do estímulo à autonomia e à tomada de decisões. Manoela Baron Silva Ramos contribui para o projeto da REGUA, que pretende plantar 100 mil árvores a cada 5 anos alguns até falavam e faziam perguntas usando o inglês, disse, ressaltando que o projeto acabou de receber o Prêmio Petrobras Ambiental, como referência em reflorestamento e que o Miraflores ganhou uma área de plantio exclusiva. No I Grow os alunos vivenciam o processo científico natural de reflorestamento e evolução das espécies. É uma aula viva sobre tudo o que já viram e ainda vão estudar nos livros didáticos. Eles colhem e selecionam as sementes para a sementeira, acompanham a evolução até o berçário e depois seguem para o viveiro de mudas, acompanhando cada processo. Aprendem sobre o preparo de adubo e da terra antes de plantarem as sementes e continuam até o momento do plantio das mudas. Depois visitam as árvores plantadas pelas turmas dos anos anteriores, resume Luiz Eduardo Rocha Lima, após falar sobre o contato que os alunos têm com os animais silvestres e com a alimentação orgânica, no local. É tudo muito simples, natural, mas de uma riqueza incalculável, encerra. A biodiversidade na ponta dos dedos O I Grow foi incorporado ao Passaporte para o Futuro em 2010, mas a iniciativa - que faz parte da política de Educação Ambiental da escola - existe há 10 anos. Surgiu com o projeto Clube da Árvore, com o propósito de compensar a natureza pelo carbono (CO2) emitido pela escola em serviços prestados aos alunos. As plantações são realizadas a partir de cálculos feitos por um agrônomo, para saber a média de CO2 emitido por cada aluno e chegar ao número de árvores a serem plantadas na compensação, anualmente. Ao todo, já foram plantadas mudas. Alunos regam suas mudas t Ano que vem, no 3º ano do Ensino Fundamental, os alunos passarão três dias hospedados no Hotel Fazenda Serra Castelhana, em Saquarema, em um tour para lá de cultural e histórico, o EU REVIVO A HISTÓRIA. 5

6 r CAPA Lello Alves, Sandra Queiroz Maia, Guilherme e Andrei Queiroz Alves em momento de lazer bilíngue Aprender mais de um idioma na infância vai além das expectativas de sucesso profissional Os empresários Sandra Queiroz Maia e Lello Alves têm como princípio incentivar os filhos a aprenderem mais de um idioma, privilegiando o universal Inglês, para que estejam mais preparados para se comunicarem em todas as instâncias da vida moderna. O casal possui uma agência de viagens que atende a toda América Latina e os idiomas Espanhol e Inglês são vitais no cotidiano profissional e sociocultural. Toda família moderna preocupa-se em investir no Inglês dos filhos, comenta Sandra, contando nos dedos os idiomas falados pelo filho do meio, o Andrei Queiroz Alves, de 19 anos, ex-aluno do Miraflores. Lembro que o Andrei ainda não sabia ler nem escrever e um dia me veio com a frase: Mãe, can I go to the bathroom?. Hoje ele fala fluentemente Inglês e Espanhol. Todos nós aqui em casa procuramos falar, ressalta. E o Andrei ainda domina bem o Alemão, o Russo e o Catalão, de forma autodidata, lista, enquanto o filho sinaliza as habilidades em Francês e o interesse em dedicar-se ao Italiano. Desde a década de 60, o bilinguismo e seus efeitos vêm sendo objeto de estudo de neurocientistas e o aprendizado de mais Rafael Sarubi, Luiza Martins, Felipe Barros e Patrícia Muller do Maternal explorando histórias em inglês no Ipad de um idioma desde cedo vem ganhando importância no desenvolvimento das atividades cerebrais. Um estudo científico feito recentemente com crianças, pela norte-americana Laura Ann Petitto, da Universidade de Gallaudet, revelou que o uso de mais de um idioma com bebês estimula partes do cérebro e os tornam capazes de aprender outras línguas e desenvolver outras habilidades com mais facilidade que os indivíduos monolíngues. Novas pesquisas sugerem que falar dois idiomas pode ter efeito profundo no modo como pensamos, pois fortalece o desenvolvimento de habilidades cognitivas. Ao que tudo indica, a teoria da Dra. Laura pode ser aplicada aos membros da família Queiroz. Segundo Andrei, depois que aprendeu a falar mais de uma língua, percebeu a semelhança entre elas e ficou até mais fácil a aquisição de outras. Agora acho até o Inglês bastante latino, devido à relação entre o inglês anglo-saxão com o Latim, esbanja conhecimento o poliglota, que junto com a mãe, apoia e colabora com os estudos de Guilherme Queiroz Alves, o caçula de 11 anos, que estudou por cerca de 6 anos no Miraflores 6

7 r CAPA Mãe e filho lendo, juntos, o Diary of a Wimpy kid de Laranjeiras e hoje encontra-se há três anos na unidade Barra. De acordo com Sandra, a família se comunica em casa em Inglês e Português, naturalmente, como no Miraflores. Ela recorda-se quando a diretora geral, a pedagoga Léa Rocha Lima, promovia palestras para os pais sobre as inteligências múltiplas e explicava sempre a importância de inserir o segundo idioma na vida da criança ainda pequena, com base em teóricos da Educação. Ela sempre incentivou muito o costume da leitura. Até hoje ela diz: Leiam na presença de seus filhos, acrescenta. Além de a família Queiroz se comunicar em casa usando o Inglês, também possui o hábito da leitura bilíngue. Guilherme, que já adotou a coleção Diário de um Banana, em Inglês, costuma ler ao lado da mãe, que destaca: Daqui de casa eu sou a que mais usa o inglês, em nível avançado de conversação, por conta do trabalho, mas o Gui (Guilherme) me corrige a pronúncia, de vez em quando, confessa Sandra, ressaltando que os momentos dedicados à leitura tem aumentado, porque a escola alterna a indicação mensal de livros literários em Português e Inglês. Muito segura de si, Sandra adianta que, ao terminar o 5º ano do Fundamental, vai matricular o Guilherme na Cultura Inglesa para que seu filho continue estudando o idioma. O caçula Guilherme diz que usa bastante o idioma na escola, em casa, quando viaja e lê. Na escola, as professoras falam Inglês até na hora do almoço, com os pequenos e com a gente. Acaba ficando fácil aprender. Eu gosto de estudar Inglês. Ano passado, ao fazer o Exame de Cambridge, conquistei 5 brasões em listening, 5 em speaking e 4 em writing. Esse ano me parece que também fui bem, prevê Guilherme, que ao dar entrevista para o MiraFolha, ainda não sabia do resultado. No Miraflores, como citou Guilherme, o horário de almoço também é momento bilíngue. As professoras e auxiliares acompanham as turmas até o refeitório. Seguem cantando com os menores e conversando com os maiores, em inglês. Os alimentos são oferecidos em Inglês e os alunos têm a oportunidade de manifestar preferências e fazer solicitações exercitando e ampliando o vocabulário. Assim, o uso do segundo idioma acontece naturalmente, explicam as coordenadoras de Língua Inglesa, Jucymar Boccazio e Renata Cantini, acrescentando que há, também, momentos de contação de histórias desde o berçário, com uso de novas tecnologias interativas, como Ipad e smartboad, favorecendo a estimulação precoce do idioma. Para Lello e Sandra, o conhecimento da língua inglesa é primordial, mesmo para quem não pensa em usá-la para o trabalho. Sandra conta que, ainda na faculdade Nutricionistas Flavia Bandeira e Márcia Teixeira oferecem o alimento em dois idiomas 7

8 r capa em que tipo de sociedade e mercado de trabalho nós vivemos hoje. As empresas querem profissionais que sejam híbridos, que tenham um conhecimento geral muito bom e saibam usá-lo. Ser fluente em Inglês é um passo importante, diz. Márcia Moraes, PhD em Educação de Biologia, seu filho mais velho, Diogo Alves, tinha uma literatura específica em Inglês e lia muito. A fim de investir no rapaz, o casal financiou um curso no exterior. Enquanto estudava, morando em Londres, trabalhou, juntou seu próprio dinheiro e viajou pela Europa por seis meses. Hoje, o segundo idioma é essencial no trabalho dele. Todas as apresentações são em Inglês e ainda precisa falar Espanhol para atender países da America Latina, comenta Sandra. Segundo Márcia Moraes, PhD em Educação, professora e coordenadora de pós-graduação e pesquisa na Faculdade CCAA, estudiosa de bilinguismo, a necessidade de se dominar mais de um idioma para a vida acadêmica, profissional e social não é novidade. Precisamos pensar globalmente e principalmente O jovem precisa ter proficiência e saber usar a língua estrangeira em diversas situações, hoje em dia. A prática constante da segunda língua é essencial, pois sem ela o jovem não consegue dominá-la bem. É importante que leia muito, assista a filmes sem legenda e se relacione com pessoas bilíngues. Isso é ir além da aquisição simplória da língua. As pessoas costumam achar que um diploma de graduação é suficiente. O acesso ao ensino superior é muito grande e o que difere um profissional do outro é o preparo que ele recebe, e quanto antes melhor. Ser bilíngue desde criança é um diferencial muito acentuado, abre portas, enfatiza a mestre em Educação. Márcia acha interessante a introdução da língua inglesa junto às primeiras falas, mas chama a atenção para o modo como isso deve ser feito. Para ela, é preciso que esse aprendizado seja especializado e muito bem orientado, pedagogicamente, para que a criança receba dois idiomas desde cedo. A aquisição da língua inglesa pode ocorrer em qualquer fase da vida. Mas quanto mais cedo, melhor. E na escola é preciso manter a prática dessa segunda língua em todas as disciplinas e situações, e não separadamente, ressalta, lembrando que, quando o aluno aprende inglês até na matemática, ele, de fato, está caminhando para ser bilíngue, ser um aluno proficiente, encerra. A teacher Mayara Lima e seus alunos (4º ano) Clarissa Cantalice, Guilherme Mello e Júlia Lameiras no smartboard, em sala de aula 8

9 r Resultado de Cambridge Alunos do Miraflores destacam-se entre os cabeças de Cambridge Mais uma vez a maioria dos alunos que se submeteu aos exames de Cambridge conquistou além da média de 10 brasões exigidos pela universidade para avançar de nível. No caso daqueles que fizeram o Flyers - o último nível da categoria infantil e que geralmente se alcança aos 12 anos -, encontram-se aptos a submeterem-se ao exame KET, que fica a um passo do nível FCB, exigido pelo mercado de trabalho. Uma quantidade satisfatória de alunos gabaritou. Após o exame, eles escreveram sobre a experiência. 9

10 r Alunos Cabeça E Roteiro de Férias Repórteres mirins apuram e fotografam para o MiraFolha Alunos do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental tiveram, como tarefa de férias, em julho, que cumprir um roteiro de sugestões. Entre as atividades indicadas havia o registro de seus passeios e viagens. O 5º ano encarregou-se de exercitar o olhar investigativo, seletivo e informativo e redigir textos com características jornalísticas, além de fazer fotos dos locais visitados. Na última semana de aula, participaram de um bate papo com o jornalista André Regly. Conversaram sobre o que é notícia e como informar um fato, usando a escrita e a imagem. Madame Tussauds museum London By Sofia Mota Madame Tussauds museum of London has a permanent show of wax dolls that looks like some famous people. The dolls are perfect and look like real. It is recommended for kids. Among all attractions, there is a 4D superhero. It s very cool! According to Mônica Mota, the dolls are impressive. I liked a lot of the perfection that the dolls are made of and the celebrities chosen like Mahatma Gandhi and Nelson Mandela that were great leaders from the peace movement. SOFIA ENTRE OS PERSONAGENS DE CREPÚSCULO I liked to see the artist too, like Michael Jackson, Lady Gaga and the Twilight saga characters. I loved it!, Said Mônica. A aluna Flávia Pontes optou por fotografar para o jornal. Ela relatou em nota que foi ao Museu de História Nacional de New York. FOTOS DE FLÁVIA PONTES, DO MUSEU NATURAL DE HISTÓRIA DE NEW YORK É onde foi gravado o filme Uma Noite no Museu. Fui com meus pais Adriana Valls Gouvea e Sérgio Guilherme Pontes.O passeio por esse museu é muito interessante porque tudo parece muito real. Ele é conhecido pela grande coleção de fósseis, incluindo diversas espécies de dinossauros. É um passeio inesquecível, escreveu Flávia. 10

11 r Evento Festa Junina solidária registra 100% de dedicação O MiraArraiá bilíngue 2013 encerrou o primeiro semestre registrando números positivos de participação familiar, que vão além da presença física, evidenciando a capacidade de mobilização social e criativa dos alunos. O evento contou com 93% dos estudantes nas duas unidades e registrou a arrecadação de 257 peças de roupa, na campanha solidária, além de ter angariado R$ 840 com a venda de cordéis escritos e ilustrados pelos alunos. As arrecadações foram encaminhadas a três creches apadrinhadas pelo Centro Educacional Miraflores e pelos pais e responsáveis. O vestuário seguiu para as instituições Tia Amália (Cosme Velho) e Centro Integrado São José (Barra da Tijuca). A verba angariada foi para a Creche Santanna, em Laranjeiras. O dinheiro será usado na reposição de um toldo no pátio, onde são realizadas as atividades de recreação. Os estudantes dos 2º e 3º segmentos do Ensino Fundamental do Miraflores foram os responsáveis pela campanha do agasalho. Já os repentes foram escritos BARRA p Festa brasileira country da Barra Alunos vendem cordéis durante a festa pelos alunos do 3º ao 5º ano. Em aula de educação financeira, contabilizaram e enviaram o dinheiro para doação. As famílias participaram ativamente, não apenas com a presença e prestigiando os dançarinos, mas doando. Para Ariana Ramos, mãe de Manoela e Maria Clara Ramos, que comprou sete cordéis, as campanhas sociais da escola servem para despertar o senso crítico e solidário nos alunos. Eles precisam mesmo ter consciência de que podem ajudar a quem precisa. E não se trata apenas de uma doação material. É muito mais do que isso. Eles têm iniciativa e doam criatividade e tempo para apoiar uma ação de responsabilidade social, comenta. Resumo estatístico da quantidade de alunos, por segmento e turma Do Berçário ao Maternal I presença de 85,96%, tendo o Berçário II comparecido em 100%. Do Maternal II ao 1º ano do Fundamental Total de 95,54% compareceram, tendo o Maternal II A, Pré-Escolar I e II B e o 1º ano 100% de presença. Do 2º ao 5º ano do Fundamental, a presença foi de 92,21%. O percentual geral da unidade Barra foi de 91,24%. Laranjeiras p Bois do Brasil em Laranjeiras Do Berçário ao Maternal I, estiveram presentes 75%. Do Maternal II ao 1º ano do Fundamental compareceram 85,22%, tendo o Pré-Escolar II registrado 100%. Do 2º ao 5º do Fundamental, marcaram presença 93,67%. Os 2º e 5º anos da manhã compareceram em 100%, assim como também o 5º ano da tarde. Total de presença na unidade Laranjeiras foi de 84,63%. Ser cabeça ou cabeçudo? Eis a questão. Indagam os cabeças do Fundamental Em um exercício interdisciplinar de reflexão com as turmas do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental sobre o que se pode criar usando a cabeça, nasceu o Jornal Eletrônico Cabeça, como expressão artística do pensamento, confeccionado pelos alunos no ipad. A riqueza do conteúdo produzido surpreendeu tanto os professores e coordenadores que foi sugerida a publicação do trabalho, usando-se a tecnologia como ferramenta de edição e divulgação. Conheça e prestigie a produção dos alunos nos tripdesigner, por meio do QR-Code de cada unidade. p barra p laranjeiras 11

12 r imprensa Miraflores na grande imprensa Quando a proposta político pedagógica de uma escola propõe manter-se na vanguarda da Educação, com base sólida nos estudos teóricos e práticas embasadas e atualizadas atrai a atenção da mídia espontânea e agrega em sua imagem, o reflexo de um trabalho sério e consistente, que imprime credibilidade. t TECNOLOGIA EM SALA DE AULA PODE AJUDAR NO APRENDIZADO DE ALUNOS - JORNAL GLOBOnEWS LEIA A MATÉRIA COMPLETA Revista Veja u 12

1) A prática e o aprofundamento das habilidades comunicativas específicas que serão avaliadas nos exames.

1) A prática e o aprofundamento das habilidades comunicativas específicas que serão avaliadas nos exames. C U R S O S ESPECIAIS I n s t i t u t o C e r v a n t e s d e B r a s i l i a CURSOS ESPECIAIS O Instituto Cervantes de Brasília dispõe de uma ampla oferta de cursos especiais para se adaptar as necessidades

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID): UMA AVALIAÇÃO DA ESCOLA SOBRE SUAS CONTRIBUIÇÕES

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID): UMA AVALIAÇÃO DA ESCOLA SOBRE SUAS CONTRIBUIÇÕES PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA (PIBID): UMA AVALIAÇÃO DA ESCOLA SOBRE SUAS CONTRIBUIÇÕES Silva.A.A.S. Acadêmica do curso de Pedagogia (UVA), Bolsista do PIBID. Resumo: O trabalho

Leia mais

PROPOSTA DE PARCERIA WIZARD E Aspuv

PROPOSTA DE PARCERIA WIZARD E Aspuv PROPOSTA DE PARCERIA WIZARD E Aspuv Viçosa Agosto 2015 APRESENTAÇÃO A Wizard Idiomas é a maior rede de franquias no segmento de ensino de idiomas do Brasil. Os dados são da Associação Brasileira de Franchising

Leia mais

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE

AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE AULA CRIATIVA DE HISTÓRIA - FOLCLORE Mesmo não acreditando na Educação Criativa, o professor pode fazer uma experiência para ver o resultado. É o caso da professora deste relato. Glorinha Aguiar glorinhaaguiar@uol.com.br

Leia mais

COMO É O SISTEMA DE ENSINO PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES NO CANADÁ

COMO É O SISTEMA DE ENSINO PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES NO CANADÁ COMO É O SISTEMA DE ENSINO PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES NO CANADÁ Uma das principais preocupações de casais que pretendem morar no Canadá levando os filhos diz respeito à educação das crianças e adolescentes

Leia mais

Curso de Formação Pedagógica para Docentes da FEI. Coordenação Prof. Dr. Marcos T. Masetto

Curso de Formação Pedagógica para Docentes da FEI. Coordenação Prof. Dr. Marcos T. Masetto Curso de Formação Pedagógica para Docentes da FEI Coordenação Prof. Dr. Marcos T. Masetto 1 Curso de Formação Pedagógica para Docentes da FEI Professor Doutor Marcos T. Masetto Objetivos Desenvolver competências

Leia mais

FACULDADE REDENTOR ITAPERUNA RJ

FACULDADE REDENTOR ITAPERUNA RJ RESULTADOS DA PESQUISA DE PERCEPÇÃO E SATISFAÇÃO DOS CURSOS DE: MBA - GESTÃO ESTRATÉGICA DOS NEGÓCIOS MBA - GESTÃO ESTRATÉGICA COM PESSOAS FACULDADE REDENTOR 2012 ITAPERUNA RJ MODELO DA PESQUISA DE SATISFAÇÃO

Leia mais

O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR

O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR O mundo como escola Texto Isis Lima Soares, Richele Manoel, Marcílio Ramos e Juliana Rocha Fotos Luciney Martins/Rede Rua Site 5HYLVWD9LUDomR Já pensou um bairro inteirinho se transformando em escola a

Leia mais

GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Faculdade de Engenharia Universidade do Estado de Minas Gerais

GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES. Faculdade de Engenharia Universidade do Estado de Minas Gerais GUIA DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES Faculdade de Engenharia Universidade do Estado de Minas Gerais Apresentação Querido (a) aluno (a) Seja bem vindo (a) à Faculdade de Engenharia da Universidade do Estado

Leia mais

PENSAMENTO E LINGUAGEM: ESTUDO DA INOVAÇÃO E REFLEXÃO DOS ANAIS E DO ENSINO/APRENDIZAGEM DO INGLÊS EM SALA DE AULA

PENSAMENTO E LINGUAGEM: ESTUDO DA INOVAÇÃO E REFLEXÃO DOS ANAIS E DO ENSINO/APRENDIZAGEM DO INGLÊS EM SALA DE AULA PENSAMENTO E LINGUAGEM: ESTUDO DA INOVAÇÃO E REFLEXÃO DOS ANAIS E DO ENSINO/APRENDIZAGEM DO INGLÊS EM SALA DE AULA Adriana Zanela Nunes (UFRJ) zannelli@bol.com.br, zannelli@ig.com.br zannelli@ibest.com.br

Leia mais

PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez.

PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez. PROJETO DE LEITURA E ESCRITA Era uma vez... E conte outra vez. CARACTERIZAÇÃO DO PROJETO TEMA; PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez. INSTITUIÇÃO Escola Estadual Lino Villachá

Leia mais

CURSOS DE IDIOMA NA EUROPA

CURSOS DE IDIOMA NA EUROPA CURSOS DE IDIOMA NA EUROPA Sediada em Dublin e com unidade de apoio no Brasil, a agência EUROPA INTERCAMBIO oferece os melhores cursos para quem quer aprender Inglês com eficiência e qualidade. Empregadores

Leia mais

106 anos. educação de vanguarda. Para ler a realidade e escrever o futuro. A história de uma

106 anos. educação de vanguarda. Para ler a realidade e escrever o futuro. A história de uma 106 anos Publicação da Coordenadoria de Comunicação Social do Instituto Metodista Izabela Hendrix - imprensa@metodistademinas.edu.br Informativo do Colégio Metodista Izabela Hendrix - Outubro 2010 A história

Leia mais

Faculdade Escola Paulista de Direito

Faculdade Escola Paulista de Direito REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO São Paulo 2014 ESCOLA PAULISTA DE DIREITO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE DIREITO ATIVIDADES COMPLEMENTARES As atividades

Leia mais

Conheça quatro projetos de educação transformadores que foram premiados pelo Sinepe/PR

Conheça quatro projetos de educação transformadores que foram premiados pelo Sinepe/PR Conheça quatro projetos de educação transformadores que foram premiados pelo Sinepe/PR Projetos educacionais transformadores realizados por instituições de ensino particular do Paraná ganharam reconhecimento

Leia mais

dicas para usar o celular nas aulas

dicas para usar o celular nas aulas E-book 11 dicas para usar o celular nas aulas Sugestões de atividades com os aplicativos mais básicos e simples de um aparelho Por Talita Moretto É permitido compartilhar e adaptar este material, desde

Leia mais

Não adianta falar inglês sem fazer sentido. 1

Não adianta falar inglês sem fazer sentido. 1 Não adianta falar inglês sem fazer sentido. 1 BOGUSZEWSKI, Luiza. 2 SCHETTERT, Gabriela Antunes. 3 MENEZES, Sérgio. 4 Universidade Positivo, Curitiba, PR. 2013 RESUMO Com a disseminação da cultura norte-americana

Leia mais

Fragmentos do Texto Indicadores para o Desenvolvimento da Qualidade da Docência na Educação Superior.

Fragmentos do Texto Indicadores para o Desenvolvimento da Qualidade da Docência na Educação Superior. Fragmentos do Texto Indicadores para o Desenvolvimento da Qualidade da Docência na Educação Superior. Josimar de Aparecido Vieira Nas últimas décadas, a educação superior brasileira teve um expressivo

Leia mais

LEITURA EM LÍNGUA ESPANHOLA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: COMPREENSÃO E EXPRESSÃO CRIATIVA

LEITURA EM LÍNGUA ESPANHOLA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: COMPREENSÃO E EXPRESSÃO CRIATIVA LEITURA EM LÍNGUA ESPANHOLA NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: COMPREENSÃO E EXPRESSÃO Instituto Federal Farroupilha Câmpus Santa Rosa ledomanski@gmail.com Introdução Ler no contexto mundial globalizado

Leia mais

Intercâmbio Marista, a diferença no currículo escolar e na vida.

Intercâmbio Marista, a diferença no currículo escolar e na vida. Intercâmbio Marista, a diferença no currículo escolar e na vida. INTERCÂMBIO CULTURAL COM CURSOS DE IDIOMAS Desejo de conhecer ou aperfeiçoar um idioma, entrar em contato com culturas diferentes e conviver

Leia mais

A PRÁTICA DE PROJETOS ESCOLARES COMO MEIO DE APRENDIZAGEM: UMA EXPERIENCIA EM BARRA DO GARÇAS (MT)

A PRÁTICA DE PROJETOS ESCOLARES COMO MEIO DE APRENDIZAGEM: UMA EXPERIENCIA EM BARRA DO GARÇAS (MT) A PRÁTICA DE PROJETOS ESCOLARES COMO MEIO DE APRENDIZAGEM: UMA EXPERIENCIA EM BARRA DO GARÇAS (MT) Rosinei Borges de Mendonça UFMT-Araguaia rosineibm@gmail.com Adriana Queiroz do Nascimento UFMT-Araguaia

Leia mais

INFORME UVV-ES Nº21 29/07-04/08 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

INFORME UVV-ES Nº21 29/07-04/08 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional EDITAIS DE MONITORIA E ESTÁGIO Até o dia 16 de agosto de 2013, estão abertas as inscrições para o preenchimento

Leia mais

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA DE DOCENTES NO ENSINO SUPERIOR

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA DE DOCENTES NO ENSINO SUPERIOR FORMAÇÃO PEDAGÓGICA DE DOCENTES NO ENSINO SUPERIOR As transformações sociais no final do século passado e início desse século, ocorridas de forma vertiginosa no que diz respeito aos avanços tecnológicos

Leia mais

COM CRIANÇAS INGRESSANTES NO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA EXPERIÊNCIA POSSÍVEL NOS DIFERENTES MODOS DE ENSINAR

COM CRIANÇAS INGRESSANTES NO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA EXPERIÊNCIA POSSÍVEL NOS DIFERENTES MODOS DE ENSINAR O USO DO BLOG COM CRIANÇAS INGRESSANTES NO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA EXPERIÊNCIA POSSÍVEL NOS DIFERENTES MODOS DE ENSINAR Isnary Aparecida Araujo da Silva 1 Introdução A sociedade atual vive um boom da tecnologia,

Leia mais

INTERDISCIPLINARIDADE NO ENSINO DE QUÍMICA: UMA PROPOSTA DE AÇÃO INTEGRADA ENVOLVENDO ESTUDOS SOBRE ALIMENTOS

INTERDISCIPLINARIDADE NO ENSINO DE QUÍMICA: UMA PROPOSTA DE AÇÃO INTEGRADA ENVOLVENDO ESTUDOS SOBRE ALIMENTOS INTERDISCIPLINARIDADE NO ENSINO DE QUÍMICA: UMA PROPOSTA DE AÇÃO INTEGRADA ENVOLVENDO ESTUDOS SOBRE ALIMENTOS Kelly Karina Cardoso (kkimica@hotmail.com) Eniz Conceição de Oliveira (eniz@univates.br) Marlise

Leia mais

Informativo EDIÇÃO 12 ANO IV. Julho/ Agosto/ Setembro 2015. PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS:

Informativo EDIÇÃO 12 ANO IV. Julho/ Agosto/ Setembro 2015. PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS: EDIÇÃO 12 ANO IV (11) 3648-4700 / (21) 3161-8600 www.pacer.com.br Informativo Julho/ Agosto/ Setembro 2015 PACER comemora 12 anos de história DESTAQUES DESTA EDIÇÃO TRANSPORTE DE CARGAS: 10 ANOS PACER:

Leia mais

Quando começou a pensar na alfabetização, em 1962, Paulo Freire trazia mais de 15 anos de

Quando começou a pensar na alfabetização, em 1962, Paulo Freire trazia mais de 15 anos de PAULO FREIRE E A ALFABETIZAÇÃO Vera Lúcia Queiroga Barreto 1 Uma visão de alfabetização que vai além do ba,be,bi,bo,bu. Porque implica uma compreensão crítica da realidade social, política e econômica

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE CARATINGA RELAÇÃO DE RESUMOS DE MONOGRAFIAS E ARTIGOS DE PÓS- GRADUAÇÃO Lato sensu Curso: Língua Inglesa/2005 Nome Aluno(a) Título Monografia/Artigo Orientador/Banca Annelise Lima

Leia mais

FORMULÁRIO DAS AÇÕES DE EXTENSÃO

FORMULÁRIO DAS AÇÕES DE EXTENSÃO Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Proppex Supervisão de Extensão 1. IDENTIFICAÇÃO DA ORIGEM FORMULÁRIO DAS AÇÕES DE EXTENSÃO 1.1. TÍTULO: Viagens de Estudos e Visitas Técnicas Internacionais

Leia mais

PROJETO FAZENDO ESCOLA: UMA EXPERIÊNCIA DO ORIENTADOR NO COMPROMISSO DA CAPACITAÇÃO DOCENTE

PROJETO FAZENDO ESCOLA: UMA EXPERIÊNCIA DO ORIENTADOR NO COMPROMISSO DA CAPACITAÇÃO DOCENTE PROJETO FAZENDO ESCOLA: UMA EXPERIÊNCIA DO ORIENTADOR NO COMPROMISSO DA CAPACITAÇÃO DOCENTE Sérgio Dal-Ri Moreira Pontifícia Universidade Católica do Paraná Palavras-chave: Educação Física, Educação, Escola,

Leia mais

Núcleo de Educação Infantil Solarium

Núcleo de Educação Infantil Solarium 0 APRESENTAÇÃO A escola Solarium propõe um projeto de Educação Infantil diferenciado que não abre mão do espaço livre para a brincadeira onde a criança pode ser criança, em ambiente saudável e afetivo

Leia mais

Sistema de Ensino CNEC

Sistema de Ensino CNEC 1 SUMÁRIO VOLUME 1 "O homem é um pedaço do Universo cheio de vida." Ralph Waldo Emerson Capítulo 1 O Tempo não para 5 Capítulo 2 Você percebendo-se como sujeito histórico 20 Capítulo 3 O Universo que nos

Leia mais

Quem somos? Por que, no KLUB, o aprendizado é tão rápido?

Quem somos? Por que, no KLUB, o aprendizado é tão rápido? plano pedagógico As línguas estrangeiras são seu passaporte intelectual para viagens internacionais, possibilidades acadêmicas e sucesso profissional. Através das línguas, você pode conhecer culturas,

Leia mais

As 11 dúvidas mais frequentes

As 11 dúvidas mais frequentes As 11 dúvidas mais frequentes Deyse Campos Assessora de Educação Infantil dcampos@positivo.com.br Frequentemente recebemos solicitações de professores de escolas que estão utilizando o Sistema Positivo

Leia mais

> Folha Dirigida, 18/08/2011 Rio de Janeiro RJ Enem começa a mudar as escolas Thiago Lopes

> Folha Dirigida, 18/08/2011 Rio de Janeiro RJ Enem começa a mudar as escolas Thiago Lopes > Folha Dirigida, 18/08/2011 Rio de Janeiro RJ Enem começa a mudar as escolas Thiago Lopes Criado em 1998, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), inicialmente, tinha como objetivo avaliar o desempenho

Leia mais

Universidade Estadual de Londrina CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE ZOOTECNIA

Universidade Estadual de Londrina CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE ZOOTECNIA PROPOSTA 1 Curso Nome(s) do(s) Curso(s) ZOOTECNIA Código e-mec 56129 Conceito ENADE 4 Coordenador da Proposta (Tutor do Grupo) ANA MARIA BRIDI 2 Caracterização da Proposta 2.1Área de Conhecimento (código

Leia mais

Atividades Pedagógicas. Agosto 2014

Atividades Pedagógicas. Agosto 2014 Atividades Pedagógicas Agosto 2014 EM DESTAQUE Acompanhe aqui um pouco do dia-a-dia de nossos alunos em busca de novos aprendizados. ATIVIDADES DE SALA DE AULA GRUPO II A GRUPO II B GRUPO II C GRUPO II

Leia mais

MOTIVAÇÃO E DESMOTIVAÇÃO NO APRENDIZADO DE LÍNGUAS

MOTIVAÇÃO E DESMOTIVAÇÃO NO APRENDIZADO DE LÍNGUAS MOTIVAÇÃO E DESMOTIVAÇÃO NO APRENDIZADO DE LÍNGUAS Prof. Dr. Richard Schütz www.sk.com.br Referência: SCHÜTZ, Ricardo. "Motivação e Desmotivação no Aprendizado de Línguas" English Made in Brazil .

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL UNIDADADE LITORAL NORTE/OSÓRIO GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA - LICENCIATURA CLAINES KREMER GENISELE OLIVEIRA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: POR UMA PERSPECTIVA DE RELAÇÕES ENTRE

Leia mais

Curso de Graduação em Administração

Curso de Graduação em Administração Curso de Graduação em Administração O curso de Administração da ESPM forma excelentes profissionais há mais de uma década. Iniciado em 1990, formou sua primeira turma em 1994, quando o curso tinha cinco

Leia mais

I CIPPEB - CONGRESSO INTERNACIONAL DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA RELATO DE EXPERIÊNCIA

I CIPPEB - CONGRESSO INTERNACIONAL DE PRÁTICAS PEDAGÓGICAS DA EDUCAÇÃO BÁSICA RELATO DE EXPERIÊNCIA RELATO DE EXPERIÊNCIA SEMANA DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: UMA PRÁTICA PEDAGÓGICA Mestranda Rita Aparecida Nunes de Souza da Luz PROGEPE UNINOVE Resumo O objetivo desse trabalho é relatar a experiência

Leia mais

Carta pedagógica. Professora: Maria Teresinha Turma: alfabetização

Carta pedagógica. Professora: Maria Teresinha Turma: alfabetização Carta pedagógica Ao escrever esta carta pedagógica, veio-me a questão do erro que acontece a todo o momento em minha turma na sala de aula. Lendo textos de autores como Morais, fiquei ciente da sua fala

Leia mais

Ministério da Educação. Primavera 2014. Atualização do Redesenho do Currículo

Ministério da Educação. Primavera 2014. Atualização do Redesenho do Currículo Ministério da Educação Primavera 2014 Atualização do Redesenho do Currículo Em 2010, o Ministério da Educação começou a transformar o sistema educacional de British Columbia, Canadá, Ensino Infantil Médio

Leia mais

6D Estúdio. promessa de ir além das 3 dimensões. Eles eram seis e, hoje, são sete sócios trabalhando do design impresso

6D Estúdio. promessa de ir além das 3 dimensões. Eles eram seis e, hoje, são sete sócios trabalhando do design impresso 6D Estúdio promessa de ir além das 3 dimensões Eles eram seis e, hoje, são sete sócios trabalhando do design impresso ao design em movimento, em vídeo ou internet. Eles unem diferentes conhecimentos técnicos

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

1ª a 5ª série. (Pró-Letramento, fascículo 1 Capacidades Linguísticas: Alfabetização e Letramento, pág.18).

1ª a 5ª série. (Pró-Letramento, fascículo 1 Capacidades Linguísticas: Alfabetização e Letramento, pág.18). SUGESTÕES PARA O APROVEITAMENTO DO JORNAL ESCOLAR EM SALA DE AULA 1ª a 5ª série A cultura escrita diz respeito às ações, valores, procedimentos e instrumentos que constituem o mundo letrado. Esse processo

Leia mais

PROGRAMAs de. estudantil

PROGRAMAs de. estudantil PROGRAMAs de empreendedorismo e protagonismo estudantil Ciclo de Palestras MAGNUM Vale do Silício App Store Contatos Calendário Fotos Safari Cumprindo sua missão de oferecer uma educação inovadora e de

Leia mais

O GRUPO DOM BOSCO ENSINO FUNDAMENTAL DOM BOSCO

O GRUPO DOM BOSCO ENSINO FUNDAMENTAL DOM BOSCO ENSINO FUNDAMENTAL DOM BOSCO O GRUPO DOM BOSCO Este é o momento de dar espaço à curiosidade, de fazer novas descobertas e formar suas próprias ideias. SEDE HORTO - Berçário - Educação Infantil - 1º Ano

Leia mais

Um ensino forte e bilíngue é o passaporte do seu filho para um mundo de oportunidades. É por isso que propomos uma cultura internacional, com

Um ensino forte e bilíngue é o passaporte do seu filho para um mundo de oportunidades. É por isso que propomos uma cultura internacional, com Um ensino forte e bilíngue é o passaporte do seu filho para um mundo de oportunidades. É por isso que propomos uma cultura internacional, com disciplinas ministradas em português e inglês, e uma metodologia

Leia mais

INFORME DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

INFORME DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS INFORME DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS FACULDADE INDEPENDENTE DO NORDESTE A Direção Geral da Faculdade Independente do Nordeste, com vistas à chamada para seleção de alunos para o Programa Ciência

Leia mais

Ensinar ciências fazendo ciência com professores e alunos da educação básica

Ensinar ciências fazendo ciência com professores e alunos da educação básica Ensinar ciências fazendo ciência com professores e alunos da educação básica Pavão, Antonio, C.¹, Rocha, Claudiane, F..S.², Silva, Ana, P.³ Espaço Ciência - www.espacociencia.pe.gov.br pavao@ufpe.br¹,

Leia mais

A Interdisciplinaridade como Metodologia de Ensino INTRODUÇÃO

A Interdisciplinaridade como Metodologia de Ensino INTRODUÇÃO A Interdisciplinaridade como Metodologia de Ensino O bom professor é o que consegue, enquanto fala trazer o aluno até a intimidade do movimento de seu pensamento. Paulo Freire INTRODUÇÃO A importância

Leia mais

REFERÊNCIAS DE ALGUNS DOS NOSSOS CLIENTES INDIVIDUAIS

REFERÊNCIAS DE ALGUNS DOS NOSSOS CLIENTES INDIVIDUAIS Ana Patricia Da Silva, Turismóloga, guia de turismo na Calábria e responsável comercial do operador Bonjour Italie Partita IVA (CNPJ da Itália): 03187610781 Skype: anapatriciaconsultant www.touristico.it

Leia mais

Interessados nos programas abaixo devem procurar a Assessoria de Assuntos Internacionais da Unijuí, fone 3332.0329

Interessados nos programas abaixo devem procurar a Assessoria de Assuntos Internacionais da Unijuí, fone 3332.0329 Interessados nos programas abaixo devem procurar a Assessoria de Assuntos Internacionais da Unijuí, fone 3332.0329 O que é Intercâmbio? A palavra INTERCÂMBIO significa TROCA. A partir dessa idéia, surgem

Leia mais

QUEM SOMOS intercâmbio

QUEM SOMOS intercâmbio alemanha Programa HIGH SCHOOL QUEM SOMOS intercâmbio O Number One Intercâmbio possui mais de 15 anos de mercado oferecendo as melhores opções de viagem para você e sua família, seja a lazer, trabalho ou

Leia mais

Entendendo a organização do sistema acadêmico brasileiro

Entendendo a organização do sistema acadêmico brasileiro Entendendo a organização do sistema acadêmico brasileiro Não é todo estudante que entende bem a organização do sistema educacional brasileiro e seus níveis de ensino. Nem todos sabem, por exemplo, a diferença

Leia mais

CURSINHO POPULAR OPORTUNIDADES E DESAFIOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA DOCENTE

CURSINHO POPULAR OPORTUNIDADES E DESAFIOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA DOCENTE CURSINHO POPULAR OPORTUNIDADES E DESAFIOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA DOCENTE INTRODUÇÃO Lucas de Sousa Costa 1 Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará lucascostamba@gmail.com Rigler da Costa Aragão 2

Leia mais

Os 3 Passos da Fluência - Prático e Fácil!

Os 3 Passos da Fluência - Prático e Fácil! Os 3 Passos da Fluência - Prático e Fácil! Implemente esses 3 passos para obter resultados fantásticos no Inglês! The Meridian, 4 Copthall House, Station Square, Coventry, Este material pode ser redistribuído,

Leia mais

PALÍNDROMO Nº 7 /2012 Programa de Pós Graduação em Artes Visuais CEART/UDESC

PALÍNDROMO Nº 7 /2012 Programa de Pós Graduação em Artes Visuais CEART/UDESC ENTREVISTA MUSEO DE ARTE LATINOAMERICANO DE BUENOS AIRES MALBA FUNDACIÓN CONSTANTINI Entrevista realizada com a educadora Florencia González de Langarica que coordenou o educativo do Malba até 2012, concedida

Leia mais

AUPP/UNISANTA Agência Universitária de Publicidade e Propaganda da Universidade Santa Cecília 1

AUPP/UNISANTA Agência Universitária de Publicidade e Propaganda da Universidade Santa Cecília 1 AUPP/UNISANTA Agência Universitária de Publicidade e Propaganda da Universidade Santa Cecília 1 Igor Vilchez Ramos GOMES 2 Renata ALCALDE 3 Universidade Santa Cecília, Santos, SP RESUMO A Agência Universitária

Leia mais

Vida Universitária Maio 2007 Ano XVII Nº 172

Vida Universitária Maio 2007 Ano XVII Nº 172 Mercado exige velocidade na atualização profissional Trabalhadores precisam estar capacitados para solucionar problemas, ser criativos e flexíveis e gostar da sua atividade A competição pela colocação

Leia mais

CALENDÁRIO 2014 MATERIAIS COMPLEMENTARES DIA 1 DE AGOSTO DIA DO ESTUDANTE

CALENDÁRIO 2014 MATERIAIS COMPLEMENTARES DIA 1 DE AGOSTO DIA DO ESTUDANTE DIA 1 DE AGOSTO DIA DO ESTUDANTE ATIVIDADE 1: GINCANA ESTUDANTIL 1. RESUMO DA AÇÃO 1.1 Proposta Organizar uma gincana para que os estudantes de diferentes salas possam participar e competir, com provas

Leia mais

PROGRAMA ESCOLA DA INTELIGÊNCIA - Grupo III ao 5º Ano

PROGRAMA ESCOLA DA INTELIGÊNCIA - Grupo III ao 5º Ano ... CEFF - CENTRO EDUCACIONAL FAZENDINHA FELIZ Rua Professor Jones, 1513 - Centro - Linhares / ES - CEP. 29.900-131 - Telefone: (27) 3371-2265 www.escolafazendinhafeliz.com.br... Ao colocar seu filho na

Leia mais

DOCÊNCIA ASSISTIDA NO ENSINO SUPERIOR: EXPERIÊNCIA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO CURSO DE MÚSICA LICENCIATURA DA UFRN

DOCÊNCIA ASSISTIDA NO ENSINO SUPERIOR: EXPERIÊNCIA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO CURSO DE MÚSICA LICENCIATURA DA UFRN DOCÊNCIA ASSISTIDA NO ENSINO SUPERIOR: EXPERIÊNCIA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO CURSO DE MÚSICA LICENCIATURA DA UFRN Autor: Anne Charlyenne Saraiva Campos; Co-autor: Emerson Carpegiane de Souza Martins

Leia mais

Escritório de Carreiras PUCRS - Carreira Internacional

Escritório de Carreiras PUCRS - Carreira Internacional ESTUDO/ TRABALHO: 1. Qual critério que devo utilizar para escolher o meu local de estudo/trabalho? Quando chega o momento de escolher o local de estudo/ trabalho devemos considerar alguns pontos importantes.

Leia mais

Linha Editorial da Agência de Notícias

Linha Editorial da Agência de Notícias UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Linha Editorial da Agência de Notícias Cruz das Almas BA 2012 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...3 2. RESPONSABILIDADE...3

Leia mais

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS BRASÍLIA ECHARDT VIEIRA (CENTRO DE ATIVIDADES COMUNITÁRIAS DE SÃO JOÃO DE MERITI - CAC). Resumo Na Baixada Fluminense, uma professora que não está atuando no magistério,

Leia mais

Respostas dos alunos sobre o curso

Respostas dos alunos sobre o curso Respostas dos alunos sobre o curso Aplicação INDICADOR: ENSINO QUESTÃO: EM TERMOS DE PRÁTICA PEDAGÓGICA, QUE ATIVIDADES VOCÊ CITARIA COMO UM DIFERENCIAL DO CURSO? FACULDADE: PÇL - NÚCLEO DE ARTE E TECNOLOGIA

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI

ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI PREFEITURA MUNICIPAL DE LONTRAS SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE ESCOLA MUNICIPAL DE PERÍODO INTEGRAL IRMÃ MARIA TAMBOSI DESPERTANDO AÇÕES SUSTENTÁVEIS LONTRAS 2013 1.TEMA A preservação

Leia mais

APRENDIZAGEM DA LINGUAGEM ORAL DA CRIANÇA COM SÍNDROME DE DOWN NA EDUCAÇÃO INFANTIL: CONCEPÇÕES DE PAIS E PROFESSORES

APRENDIZAGEM DA LINGUAGEM ORAL DA CRIANÇA COM SÍNDROME DE DOWN NA EDUCAÇÃO INFANTIL: CONCEPÇÕES DE PAIS E PROFESSORES APRENDIZAGEM DA LINGUAGEM ORAL DA CRIANÇA COM SÍNDROME DE DOWN NA EDUCAÇÃO INFANTIL: CONCEPÇÕES DE PAIS E PROFESSORES Resumo Gabriela Jeanine Fressato 1 - Universidade Positivo Mariana Gomes de Sá Amaral

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Graduação Tecnológica em Marketing Porto alegre, 2011 1 1. Objetivos do Curso O projeto do curso, através de sua estrutura curricular, está organizado em módulos, com certificações

Leia mais

CINEMA PEDAGÓGICO COMO INTERVENÇÃO PARA PRÁTICA DOCENTE. Elaine Fernanda Dornelas de Souza

CINEMA PEDAGÓGICO COMO INTERVENÇÃO PARA PRÁTICA DOCENTE. Elaine Fernanda Dornelas de Souza Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 721 CINEMA PEDAGÓGICO COMO INTERVENÇÃO PARA PRÁTICA DOCENTE Elaine Fernanda Dornelas de Souza Serviço Nacional de

Leia mais

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO

CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO CURSOS DE PÓS - GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO EM ECOTURISMO Objetivo: O Curso tem por objetivo capacitar profissionais, tendo em vista a carência de pessoas qualificadas na área do ecoturismo, para atender,

Leia mais

ANAIS DA VII JORNADA CIENTÍFICA DA FAZU 20 a 24 de outubro de 2008 ARTIGOS CIENTÍFICOS COMPUTAÇÃO SUMÁRIO

ANAIS DA VII JORNADA CIENTÍFICA DA FAZU 20 a 24 de outubro de 2008 ARTIGOS CIENTÍFICOS COMPUTAÇÃO SUMÁRIO ARTIGOS CIENTÍFICOS COMPUTAÇÃO SUMÁRIO AS NOVAS TECNOLOGIAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES PESQUISADORES... 2 AS NOVAS TECNOLOGIAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES PESQUISADORES SILVA, M.M Margareth Maciel Silva

Leia mais

CONECTADOS POR UM MUNDO MELHOR WWW.PELISSARI.COM Nº11 2016

CONECTADOS POR UM MUNDO MELHOR WWW.PELISSARI.COM Nº11 2016 WWW.PELISSARI.COM Nº11 2016 EDITORIAL FIQUE POR DENTRO FIQUE POR DENTRO DE TUDO O QUE ACONTECE NA PELISSARI! Agora você pode acompanhar ainda mais de perto o nosso dia-a-dia. Confira as novidades: Formato

Leia mais

UNIARA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ARARAQUARA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO: PROCESSOS DE ENSINO, GESTÃO E INOVAÇÃO REGULAMENTO SUMÁRIO

UNIARA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ARARAQUARA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO: PROCESSOS DE ENSINO, GESTÃO E INOVAÇÃO REGULAMENTO SUMÁRIO UNIARA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ARARAQUARA MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO: PROCESSOS DE ENSINO, GESTÃO E INOVAÇÃO REGULAMENTO SUMÁRIO TÍTULO I - APRESENTAÇÃO DO PROGRAMA... 1 TÍTULO II - DOS OBJETIVOS...

Leia mais

11ª Mostra Nacional de Trabalhos de Qualidade do Judiciário Gestão de Pessoas

11ª Mostra Nacional de Trabalhos de Qualidade do Judiciário Gestão de Pessoas Apresentação 11ª Mostra Nacional de Trabalhos de Qualidade do Judiciário Gestão de Pessoas Identificação do órgão: Supremo Tribunal Federal Unidade: Secretaria de Recursos Humanos / Coordenadoria de Desenvolvimento

Leia mais

O Dia D. 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE. e a culturalização de um. posicionamento estratégico

O Dia D. 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE. e a culturalização de um. posicionamento estratégico O Dia D e a culturalização de um posicionamento estratégico 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE Centro Universitário Franciscano uma universidade para suas aspirações Santa Maria é um polo educacional

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM TURISMO (BACHARELADO)

CURSO DE GRADUAÇÃO EM TURISMO (BACHARELADO) CURSO DE GRADUAÇÃO EM TURISMO (BACHARELADO) O Curso de Graduação em Turismo da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ibitinga foi reformulado no ano de 2008, tendo a proposta de adaptação do seu

Leia mais

SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO ENGENHARIA CIVIL POÇOS DE CALDAS

SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO ENGENHARIA CIVIL POÇOS DE CALDAS 1) Perfil do curso: SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO ENGENHARIA CIVIL POÇOS DE CALDAS O curso de Engenharia Civil da PUC Minas, campus de Poços de Caldas, tem como objetivo principal formar um profissional

Leia mais

Intercâmbio tem relatos de boas experiências e muita superação

Intercâmbio tem relatos de boas experiências e muita superação Intercâmbio tem relatos de boas experiências e muita superação Professora Áurea Santos, com o grupo de estudantes do Instituto Federal do Piauí pioneiro no intercâmbio com Espanha e a Portugal: A experiência

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUÍNTES EM 2014/1

ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUÍNTES EM 2014/1 CENTRO UNIVERSITÁRIO BELAS ARTES DE SÃO PAULO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Publicidade e Propaganda Rádio e Televisão Relações Públicas ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUÍNTES EM 2014/1 DEFINIÇÃO

Leia mais

MÚLTIPLAS LEITURAS: CAMINHOS E POSSIBILIDADES

MÚLTIPLAS LEITURAS: CAMINHOS E POSSIBILIDADES MÚLTIPLAS LEITURAS: CAMINHOS E POSSIBILIDADES EDIT MARIA ALVES SIQUEIRA (UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA). Resumo Diferentes instrumentos de avaliação (ENEM, SIMAVE) tem diagnosticado o despreparo dos alunos

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO 1. PRÁTICA DE GESTÃO EFICAZ - Projeto Via Turismo 1.1 Histórico da Prática Eficaz Descrever como surgiu o programa/prática e indicar a data de início das ações. O Projeto Via Turismo

Leia mais

Inglesar.com.br. asasasadsddsçlf

Inglesar.com.br. asasasadsddsçlf 1 Sumário Introdução...04 Passo 1...04 Passo 2...05 Passo 3...05 É possível Aprender Inglês Rápido?...07 O Sonho da Fórmula Mágica...07 Como Posso Aprender Inglês Rápido?...09 Porque isto Acontece?...11

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUINTES EM 2015/1

ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUINTES EM 2015/1 CENTRO UNIVERSITÁRIO BELAS ARTES DE SÃO PAULO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Publicidade e Propaganda Rádio e Televisão Relações Públicas ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUINTES EM 2015/1 DEFINIÇÃO

Leia mais

AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS

AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS Relatório de Atividades 2014 Sumário 1.0 Introdução - Pág 3 2.0 Quem Somos, Estatísticas, Valores - Pág 4 3.0 Projetos 2014 - Pág 5 a 15 3.1 Novo site - Pág 5 a 12

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS OPERACIONAIS PARA ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DOS ESTUDOS COMPLEMENTARES

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS OPERACIONAIS PARA ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DOS ESTUDOS COMPLEMENTARES REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS OPERACIONAIS PARA ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DOS ESTUDOS COMPLEMENTARES O Parecer do CNE/CES nº 492/2001, assim define as atividades complementares:

Leia mais

A DANÇA NO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA EXPERIÊNCIA COM O ESTILO HIP-HOP 1

A DANÇA NO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA EXPERIÊNCIA COM O ESTILO HIP-HOP 1 A DANÇA NO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA EXPERIÊNCIA COM O ESTILO HIP-HOP 1 Claudiane da S. EUSTACHIO Dayana Pires Alves GARCIA Fátima RODRIGUES Jean de J. SANTANA 2 Juliana CESANA 3 Ana Lucia de Carvalho MARQUES

Leia mais

Autor: Marcelo Maia http://infoempreendedorismo.com

Autor: Marcelo Maia http://infoempreendedorismo.com Nesse ebook você irá aprender como gerar uma renda mesmo que do zero rapidamente na internet, se você já tem um produto irá aprender como aumentar suas vendas agora mesmo de forma garantida. Crie um sistema

Leia mais

2. APRESENTAÇÃO. Mas, tem um detalhe muito importante: O Zé só dorme se escutar uma história. Alguém deverá contar ou ler uma história para ele.

2. APRESENTAÇÃO. Mas, tem um detalhe muito importante: O Zé só dorme se escutar uma história. Alguém deverá contar ou ler uma história para ele. 1.INTRODUÇÃO A leitura consiste em uma atividade social de construção e atribuição de sentidos. Assim definida, as propostas de leitura devem priorizar a busca por modos significativos de o aluno relacionar-se

Leia mais

Índice. 1. Metodologia na Educação de Jovens e Adultos...3

Índice. 1. Metodologia na Educação de Jovens e Adultos...3 GRUPO 6.1 MÓDULO 4 Índice 1. Metodologia na Educação de Jovens e Adultos...3 1.1. Desenvolvimento e Aprendizagem de Jovens e Adultos... 4 1.1.1. Educar na Diversidade... 5 1.2. Os Efeitos da Escolarização/Alfabetização

Leia mais

REGULAMENTO DO SEMINÁRIO DE INTERDISCIPLINARIDADE DO CÁLCULO -SINCAL

REGULAMENTO DO SEMINÁRIO DE INTERDISCIPLINARIDADE DO CÁLCULO -SINCAL REGULAMENTO DO SEMINÁRIO DE INTERDISCIPLINARIDADE DO CÁLCULO -SINCAL A Coordenadora da Faculdade de Ciência e Tecnologia de Montes Claros FACIT, no uso de suas atribuições regimentais, considerando que

Leia mais

Boletim trimestral 2015

Boletim trimestral 2015 abril 2015 Associação Vida Jovem São Paulo. Brasil www.vidajovem.org Boletim trimestral 2015 De Olho no Futuro mudança na vida de vários jovens e familiares. Mais um ano começa e com ele muitas expectativas

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES 1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES Este regulamento, elaborado pela Coordenação do Curso de Ciências Econômicas da Universidade Metodista de São Paulo, tem por objetivo regulamentar o desenvolvimento

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO 03/2009

BOLETIM INFORMATIVO 03/2009 Sindicato das Secretárias e Secretários do Estado do Rio Grande do Sul SISERGS Unindo você a todos os Secretários do RS! SISERGS BOLETIM INFORMATIVO 03/2009 Oi colegas! A terceira edição do Boletim SISERGS

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL IVAIPORÃ PROJETO DE LEITURA: LIVRO AMIGO

ESCOLA MUNICIPAL IVAIPORÃ PROJETO DE LEITURA: LIVRO AMIGO ESCOLA MUNICIPAL IVAIPORÃ PROJETO DE LEITURA: LIVRO AMIGO Projeto escolar com a temática Livro Amigo produzido no ano de 2012, 2013 e em andamento em 2014, por todos os integrantes da escola e comunidade.

Leia mais

NÚCLEO DE APOIO AO ACADÊMICO Projeto de Funcionamento

NÚCLEO DE APOIO AO ACADÊMICO Projeto de Funcionamento NÚCLEO DE APOIO AO ACADÊMICO Projeto de Funcionamento Responsável: Psic. Juliana Cohen MANAUS/AM APRESENTAÇÃO O Núcleo de Apoio ao Acadêmico (NAA) da Faculdade La Salle/Manaus-AM, em consonância com a

Leia mais

O ESPAÇO E O TEMPO DE FORA DA SALA DE AULA OBSERVAÇÕES PRELIMINARES

O ESPAÇO E O TEMPO DE FORA DA SALA DE AULA OBSERVAÇÕES PRELIMINARES 1 Trabalho apresentado no II EREBIO Encontro Regional de Ensino de Biologia. Niterói, Rio de Janeiro. Referência: DIB-FERREIRA, Declev Reynier. O espaço e o tempo de fora da sala de aula observações preliminares.

Leia mais

FACULDADE CASTANHAL-FCAT COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FCAT

FACULDADE CASTANHAL-FCAT COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FCAT 1 FACULDADE CASTANHAL-FCAT COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FCAT Dispõe sobre a estruturação e operacionalização do Programa de Iniciação Científica

Leia mais