INSTRUÇÕES BÁSICAS PARA PAGAMENTO DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS DE ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA ADVOGADOS E PERITOS PESSOA FÍSICA JURISDIÇÃO DELEGADA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INSTRUÇÕES BÁSICAS PARA PAGAMENTO DE HONORÁRIOS PROFISSIONAIS DE ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA ADVOGADOS E PERITOS PESSOA FÍSICA JURISDIÇÃO DELEGADA"

Transcrição

1 0 HONORÁRIOS PROFISSIONAIS DE ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA ADVOGADOS E PERITOS PESSOA FÍSICA JURISDIÇÃO DELEGADA RESOLUÇÃO 541/ CJF JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SÃO PAULO NÚCLEO FINANCEIRO SEÇÃO DE PROCESSAMENTOS E PAGAMENTOS DE ASSISTÊNCIA JURÍDICA A PESSOAS CARENTES SEÇÃO CONTÁBIL FISCAL 2010

2 A. OBJETIVOS 1 A1. Geral Fornecer instruções precisas e eficazes para processamento, análise e pagamento de Assistência Judiciária aos advogados dativos e peritos (Pessoas Físicas) que prestam serviços à Justiça Federal de Primeiro Grau em São Paulo por intermédio da Justiça Estadual no exercício da jurisdição delegada. A2. Específico Dar ênfase aos procedimentos de preenchimento dos dados primários, considerados fundamentais para a rapidez e qualidade no processamento dos Ofícios Requisitórios de pagamento dos honorários. B. INFORMAÇÕES GERAIS - O Sistema de Pagamento de AJ fundamenta-se no preenchimento do formulário Ofício Requisitório de Pagamento, Anexo I da Resolução nº 541/07 CJF pelas Comarcas Estaduais. - Os ofícios requisitórios de pagamento acompanhados das cópias dos despachos de nomeação e arbitramento de honorários deverão ser encaminhados ao NUFI Núcleo Financeiro da Justiça Federal de Primeiro Grau, situado na Rua Líbero Badaró, nº 73, 5º andar, anexo II, na cidade de São Paulo, Capital, CEP Caso seja a primeira nomeação do perito, enviar juntamente com o ofício requisitório a ficha cadastral, que se encontra disponível no sítio link FINANCEIRO. - O preenchimento de todos os dados da ficha de cadastro é imprescindível para o lançamento em banco de dados e ao pagamento, inclusive endereço completo do profissional com Código de Endereçamento Postal (CEP) e (para recebimento dos relatórios de pagamento). - Para fins de recebimento de honorários, o profissional deverá indicar conta-corrente individual. Não são aceitos as modalidades de conta poupança e conta conjunta. - Em caso de alteração dos dados de profissional já cadastrado, enviar nova ficha cadastral para o informando no assunto alteração de dados cadastrais.

3 2 - Não avaliamos os trabalhos dos peritos e advogados, portanto é dispensável encaminhar a petição e ou laudo pericial ao NUFI. C. PROCEDIMENTOS NA COMARCA A Vara deve enviar o ofício requisitório de pagamento, conforme Anexo I da Resolução nº 541/07 do CJF com o preenchimento de todos os dados: Número do ofício; Juiz requisitante; Comarca e Vara Distrital (Ofício/Cartório); Endereço, telefone e da Comarca para eventuais contatos; Tipo de honorário; Nos termos da resolução vigente, os Juízes poderão nomear peritos e advogados dativos. A exigência de indicação do tipo de honorário (perícia contábil, médica, estudo social, etc.) faz-se necessária em razão dos valores (honorários) para os profissionais acima indicados serem distintos, conforme tabelas I e II da resolução. Data da nomeação; Somente a partir de 19 de março de 2007 é que a Justiça Federal passou a ter competência para pagamentos dos honorários de advogados e peritos que prestam serviços no âmbito da jurisdição delegada. Desse modo, os ofícios requisitórios com data anterior à 19/03/07 não poderão ser pagos pela Justiça Federal e deverão ser encaminhados ao órgão competente para pagamento antes da vigência da Resolução nº 541/07 do CJF. Data do deferimento da Assistência Gratuita; Valor requisitado; As tabelas I e II da Resolução nº 541/07 do CJF prevê os valores a serem pagos aos advogados e peritos. Nos casos em que o valor do arbitramento ultrapasse o valor máximo determinado na Resolução 541/07 do CJF, nos termos do art. 3º (até três vezes o valor máximo da tabela), o Magistrado deverá requerer à Diretoria deste Foro, mediante pedido devidamente fundamentado, ressaltando a real necessidade do arbitramento acima do valor. Somente após o deferimento é que o ofício requisitório poderá ser encaminhado ao NUFI. Sem a autorização, as solicitações que estiverem com valor acima da tabela serão devolvidas.

4 3 Dados Processuais: Número do processo, tipo da ação, natureza da causa, autor, réu e advogado do réu; Para o Núcleo Financeiro da JFPG/SP efetivar o lançamento dos ofícios requisitórios no sistema de pagamento, faz-se necessário informar o número do processo e o número de ordem. Na atuação de advogados dativos em jurisdição delegada, devem-se observar as ações previstas na tabela I da Resolução nº 541/07 do CJF. Dados do beneficiário dos honorários: nome sem abreviações e Cadastro de Pessoa Física (CPF). D. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES - A Solicitação de pagamento devidamente preenchida deverá ser enviada, em via única, ao Núcleo Financeiro da Justiça Federal de 1º Grau em São Paulo. - A falta de um dos dados e/ou o preenchimento incorreto acarretará na devolução do ofício requisitório e, uma vez corrigido o problema, o ofício requisitório ingressará em nova ordem cronológica, tomando-se por base a data de recebimento do formulário corretamente preenchido, por parte deste Núcleo Financeiro. E. PROCEDIMENTOS E PRAZOS REFERENTES À SEÇÃO DE PROCESSAMENTOS E PAGAMENTOS DE ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA GRATUITA A PESSOAS CARENTES. 1. As solicitações serão pagas de acordo com a ordem cronológica de data de registro de entrada no NUFI (Núcleo Financeiro). Serão consideradas para a ordem cronológica as solicitações encaminhadas de acordo com as orientações contidas neste manual. 2. As solicitações serão devolvidas ao órgão emitente em caso de incorreções e/ou falta de dados. F. ORIENTAÇÕES 1- PRESTADORES DE SERVIÇOS PESSOA FÍSICA TRIBUTAÇÃO - OBJETIVO Neste ato objetivamos orientar os procedimentos adotados na JFPG-SP, para cumprir a obrigação de pagar as despesas com Assistência Judiciária dos prestadores de serviços como Pessoa Física, bem como as retenções devidas referentes à Contribuição

5 4 Previdenciária INSS, Imposto Sobre Serviço ISSQN e Imposto Sobre Renda na Fonte IR. - CADASTRO O preenchimento do formulário para cadastro (Anexo II) é imprescindível para fins de execução do pagamento dos honorários devidos aos Advogados Dativos e Peritos, bem como a disponibilização, mensal, de Comprovantes de Pagamento, e, anual, de Comprovantes de Rendimentos para fins de Imposto de Renda. 2- INSS CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA DA RETENÇÃO NA FONTE VALOR DO DESCONTO: Compreenderá na aplicação da alíquota de 11% sobre o valor dos Serviços Prestados, como Pessoa Física, denominados na Legislação Previdenciária como SEGURADO CONTRIBUINTE INDIVIDUAL. ( 4º do art.81 da IN/MPS/SRP Nº 03 de 14 de julho de 2005) ISENÇÕES: O Contribuinte Individual poderá isentar-se do desconto da Contribuição Previdenciária, apresentando Comprovante de Pagamento fornecido por outra fonte pagadora (empresa ou órgão público) ou, ainda, Declaração de Contribuição Previdenciária emitida pelo profissional, na forma dos Formulários - Declaração INSS 1, 2 ou 3, contidos nesta página. ( 1º e 2º do art.78 e 1º e 2º do art.81 da IN/MPS/SRP Nº 03 de 14 de julho de 2005) ATENÇÃO: Quando se tratar de fonte pagadora Órgão Público seja Municipal, Estadual ou Federal, a Declaração de Contribuição Previdenciária (via original) deverá ser apresentada, juntamente, com cópia simples de um comprovante de pagamento (tipo holerite), emitido em data próxima a data de emissão da Declaração apresentada. O benefício da isenção total ou parcial para os fins dessa orientação ocorrerá, somente, quando comprovado que a Contribuição Previdenciária declarada, pelo Contribuinte Individual ou outra fonte pagadora, tenha sido efetuada dentro do REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL - RGPS e recolhida para o INSS, Órgão Federal, do MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL.

6 2.3 - VEDAÇÃO: 5 Não serão aceitos os recolhimentos efetuados pelo Contribuinte Individual relativos a comprovantes individuais de recolhimento da contribuição previdenciária, tais como: carnê, GRPS, extratos de caixas eletrônicos, etc., para fins de abatimento da contribuição previdenciária a ser recolhida pela JFPG-SP, uma vez que esses comprovantes não fazem parte dos tipos previstos no artigo 81 da IN/MPS/SRP Nº 03 de 14 de julho de COMPROVAÇÃO: Contribuinte Individual que prestar serviços, com e / ou sem vínculo empregatício, a uma ou mais empresas ou órgãos públicos: Comprovante de Pagamento pelo Serviço Prestado, emitido pela empresa. contratante consignando: (inciso II do art.81 e inciso V do art.60) a. Nome e número do CNPJ da empresa emitente; b. Nome e número do CPF do Profissional; c. Número de inscrição do profissional no INSS (NIT ou PIS ou PASEP); d. Mês de referência da prestação do serviço; e. Valor da Remuneração; f. Valor do desconto da contribuição previdenciária (INSS); g. Compromisso de que a remuneração paga será informada na GFIP e a contribuição correspondente será recolhida; h. Local e data de emissão. OU Declaração do Contribuinte Individual, emitida pelo profissional, sob as penas da lei, consignando o(s) valor(es) sobre o(s) qual(is) ocorreu(ram) o(s) desconto(s) da contribuição(ões) previdenciária, devendo constar, ainda, os informes a seguir enumerados: (parágrafos 1º e 2º do artigo 81 e parágrafo 1º do artigo 78 da IN/MPS/SRP n.º 03 de ). a. Nome e Número do CPF do profissional; b. Número de inscrição do profissional, no INSS (NIT ou PIS ou PASEP); c. Mês de referência da prestação do serviço; d. Categoria profissional (profissão);

7 6 e. Nome e número do CNPJ da outra fonte pagadora (empresa); f. Valor da remuneração; g. Valor do desconto da contribuição previdenciária (INSS); h. Local e data de emissão DA ESCOLHA DO FORMULÁRIO DECLARAÇÃO 1 Quando a somatória da(s) remuneração(ões) recebida(s) e do(s) valor(es) descontado(s) não atingir(em) ao teto máximo do salário de contribuição vigente, UTILIZAR ESTE FORMULÁRIO indicando o mês de competência; DECLARAÇÃO 2 Quando a somatória da(s) remuneração(ões) recebida(s) e do(s) valor(es) descontado(s) não atingir(em) OU atingir(em) ao teto máximo do salário de contribuição vigente e a prestação dos serviços ocorrer, mês a mês, de forma regular - UTILIZAR ESTE FORMULÁRIO indicando o período de competência; DECLARAÇÃO 3 Quando a somatória da remuneração recebida e do valor descontado atingir ao teto máximo do salário de contribuição vigente e a prestação dos serviços ocorrer, mês a mês, de forma regular - UTILIZAR ESTE FORMULÁRIO indicando o período de competência. Parágrafo 2º - Art.81 da IN/MPS/SRP Nº 03 de Quando a prestação de serviços ocorrer de forma regular a pelo menos uma empresa, da qual o segurado contribuinte individual, empregado ou trabalhador avulso receba, mês a mês, remuneração igual ou superior ao limite máximo do salário-de-contribuição, a declaração poderá abranger um período dentro do exercício, desde que identificadas todas as competências a que se referir e, quando for o caso, daquela ou daquelas empresas que efetuarão o desconto até o limite máximo do salário de contribuição, devendo ser renovada ao término do período indicado na referida declaração ou ao término do exercício em curso, o que ocorrer primeiro.

8 PRAZO PARA COMPROVAÇÃO Os Comprovantes de Pagamento e/ou Declarações de Contribuinte Individual, para fins de abatimento do desconto da Contribuição Previdenciária (INSS), deverão ser entregues, no NUFI, até o dia 10 de cada mês, prazo necessário para serem considerados nos pagamentos do mesmo mês ENDEREÇO PARA ENTREGA DOS COMPROVANTES Ao Núcleo Financeiro NUFI - SEÇÃO CONTÁBIL FISCAL - Rua Líbero Badaró, 73 Anexo II 5.º andar Centro CEP São Paulo SP 3- ISSQN IMPOSTO SOBRE SERVIÇO DE QUALQUER NATUREZA DA RETENÇÃO NA FONTE VALOR DO DESCONTO: Compreenderá na aplicação de alíquota de 0 a 5%, sobre o valor dos honorários a pagar, conforme legislação em vigor no município correspondente ao local de prestação dos serviços. (Art.6º, 7º e 8º da Lei Complementar Federal nº 116 de ) DA COMPROVAÇÃO PARA ISENÇÃO O Contribuinte Individual poderá isentar-se do desconto, na fonte, se encaminhar, anualmente, à JFPG-SP. NUFI. Seção Contábil Fiscal, cópia autenticada da Guia de Recolhimento do ISSQN, quitado, com a devida identificação do contribuinte, a qual, poderá ser referente à competência do exercício vigente ou do exercício anterior imediato ao vigente. A cópia autenticada da guia poderá ser substituída por cópia simples legível, se encaminhada, juntamente, com uma Declaração do Contribuinte, na forma original, devidamente datada e assinada, declarando: DECLARO, SOB AS PENAS DA LEI, a autenticidade da guia de recolhimento do ISSQN, apresentada nesta data na forma de cópia simples.. Considerando as diversas formas de documentos adotadas, por cada município, os interessados poderão dirimir dúvidas com a Seção Contábil Fiscal, por meio do

9 PRAZOS E ENDEREÇO PARA ENTREGA DOS COMPROVANTES - Os comprovantes de recolhimento de ISS serão considerados, para fins de isenção, a partir do mês da entrega do comprovante, desde que seja recebido no NUFI até o dia 10 do mês correspondente ao pagamento. - Os comprovantes entregues após o citado prazo terão validade, somente, a partir do mês seguinte ao de recebimento, no NUFI. - O endereço para entrega é o mesmo citado nas instruções de comprovação - INSS. 4- IRRF IMPOSTO SOBRE A RENDA PESSOA FÍSICA Quando a Justiça Federal efetuar pagamento de serviços prestados por Pessoa Física, poderá ocorrer o desconto do IMPOSTO DE RENDA, na fonte, de acordo com a Tabela Progressiva Mensal, em vigor, editada pela SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL. O recolhimento será efetuado por meio de DARF eletrônico, executado no sistema SIAFI da SECRETARIA DO TESOURO NACIONAL.

Quadro Demonstrativo dos Impostos e Contribuições a serem retidos: CONFORME TABELA PROGRESSIVA PESSOA JURIDICA

Quadro Demonstrativo dos Impostos e Contribuições a serem retidos: CONFORME TABELA PROGRESSIVA PESSOA JURIDICA Prezado Credenciado, A Postal Saúde Caixa de Assistência e Saúde dos Empregados dos Correios, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos, operadora de plano de saúde na modalidade

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 004/DIR/2011

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 004/DIR/2011 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 004/DIR/2011 ESTABELECE NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA O PAGAMENTO DE SERVIÇOS PRESTADOS POR PESSOA FÍSICA, EM CARÁTER EVENTUAL, POR MEIO DE RECIBO DE PAGAMENTO A CONTRIBUINTE INDIVIDUAL

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE 1º GRAU DA 5ª REGIÃO SEÇÃO JUDICIÁRIA DE ALAGOAS GABINETE DO JUIZ FEDERAL DIRETOR DO FORO EDITAL

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL DE 1º GRAU DA 5ª REGIÃO SEÇÃO JUDICIÁRIA DE ALAGOAS GABINETE DO JUIZ FEDERAL DIRETOR DO FORO EDITAL Nº do documento: 00004/2014 Tipo do documento: EDITAL Descrição: EDITAL DE RECADASTRAMENTO DE PERITOS - SISTEMA AJG/CJF Autor: 30424 - ÉDNIS AMARAL SOTERO Usuário assinador: 20087 - ANDRÉ LUÍS MAIA TOBIAS

Leia mais

RETENÇÕES SOBRE SERVIÇOS PRESTADOS POR PESSOA FÍSICA

RETENÇÕES SOBRE SERVIÇOS PRESTADOS POR PESSOA FÍSICA RETENÇÕES SOBRE SERVIÇOS PRESTADOS POR PESSOA FÍSICA 2013 Visando esclarecer os procedimentos devidos para retenção dos tributos e contribuições sobre serviços contratados de Pessoas Físicas não assalariadas

Leia mais

Especial Imposto de Renda 2015

Especial Imposto de Renda 2015 Especial Imposto de Renda 2015 01. Durante o ano de 2014 contribuí para a Previdência Social como autônoma. Como devo fazer para deduzir esses valores? Qual campo preencher? Se pedirem CNPJ, qual devo

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 003/DIR/2013

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 003/DIR/2013 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 003/DIR/2013 ESTABELECE NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA O PAGAMENTO DE SERVIÇOS PRESTADOS POR PESSOA FÍSICA, EM CARÁTER EVENTUAL, POR MEIO DE RECIBO DE PAGAMENTO A CONTRIBUINTE INDIVIDUAL

Leia mais

RESOLUÇÃO DE ORIENTAÇÃO nº 002/2008. Edição em 01 de maio de 2011.

RESOLUÇÃO DE ORIENTAÇÃO nº 002/2008. Edição em 01 de maio de 2011. RESOLUÇÃO DE ORIENTAÇÃO nº 002/2008. Edição em 01 de maio de 2011. Orienta os procedimentos necessários para o pagamento de honorários aos professores dos cursos de Pós-Graduação promovidos pelo IEDUCORP

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DE SANTOS Praça Barão do Rio Branco nº 30 - Centro Santos (SP) Fone (13) 3228-1000

PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DE SANTOS Praça Barão do Rio Branco nº 30 - Centro Santos (SP) Fone (13) 3228-1000 PORTARIA Nº 02/2006 A Doutora LUCIANA DE SOUZA SANCHEZ, Juíza Federal Presidente do Juizado Especial Federal Cível de Santos, Seção Judiciária de São Paulo, no uso de suas atribuições legais e regulamentares,

Leia mais

DECRETO EXECUTIVO nº. 014/2012 D E C R E T A:

DECRETO EXECUTIVO nº. 014/2012 D E C R E T A: DECRETO EXECUTIVO nº. 014/2012 INSTITUI A NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE UBAPORANGA, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista o disposto

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO EDITAL Nº RJ-EDT-2009/00002

PODER JUDICIÁRIO EDITAL Nº RJ-EDT-2009/00002 PODER JUDICIÁRIO EDITAL Nº RJ-EDT-2009/00002 EDITAL DE CADASTRAMENTO DE ADVOGADOS VOLUNTÁRIOS, ADVOGADOS DATIVOS, TRADUTORES, PERITOS, INTÉRPRETES E CURADORES (PRAZO DE : a partir da data da publicação

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL NA PARAÍBA GABINETE DA DIREÇÃO DO FORO EDITAL Nº 01/2014

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL NA PARAÍBA GABINETE DA DIREÇÃO DO FORO EDITAL Nº 01/2014 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL NA PARAÍBA GABINETE DA DIREÇÃO DO FORO EDITAL Nº 01/2014 CADASTRAMENTO E RECADASTRAMENTO DE ADVOGADOS DATIVOS, ADVOGADOS VOLUNTÁRIOS, PERITOS, TRADUTORES, INTÉRPRETES E

Leia mais

Assim, esperamos agilizar o processo de pagamento, evitando cancelamentos, trocas ou atrasos no pagamento por falta do documento fiscal correto.

Assim, esperamos agilizar o processo de pagamento, evitando cancelamentos, trocas ou atrasos no pagamento por falta do documento fiscal correto. Prezado Credenciado, Visando dirimir dúvidas quanto ao preenchimento do documento fiscal Recibo de Pagamento a Autônomo - RPA emitido pelos credenciados Pessoas Físicas do Plano Complementar de Assistência

Leia mais

DECRETO Nº. 531 DE 01 DE JULHO DE 2012.

DECRETO Nº. 531 DE 01 DE JULHO DE 2012. DECRETO Nº. 531 DE 01 DE JULHO DE 2012. Regulamenta o uso da Nota Fiscal de Serviços Eletrônica no ISSQN, a forma e o prazo de recolhimento dos tributos municipais e respectivos acréscimos perante o Código

Leia mais

CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2011

CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2011 CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2011 Orientações Básicas INFORMAÇÕES GERAIS PESSOA JURÍDICA 1) DCTF : (Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais) ATENÇÃO! Apresentação MENSAL obrigatória pelas Pessoas

Leia mais

CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2012

CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2012 CARGA TRIBUTÁRIA ANO 2012 Orientações Básicas INFORMAÇÕES GERAIS PESSOA JURÍDICA 1) DCTF : (Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais) ATENÇÃO! Apresentação MENSAL obrigatória pelas Pessoas

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MATEUS ESTADO DO ESPÍRITO SANTO GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MATEUS ESTADO DO ESPÍRITO SANTO GABINETE DO PREFEITO 1 LEI Nº. 949/2010 INSTITUI A NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS E DISPÕE SOBRE A DECLARAÇÃO MENSAL DO IMPOSTO SOBRE A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE QUALQUER NATUREZA - ISSQN. O Prefeito Municipal de São Mateus,

Leia mais

ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4

ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4 ÍNDICE 1. SEJA BEM-VINDO... 2 1.1 Seja Bem-Vindo!... 2 SOBRE O SISTEMA... 3 1.2 Sobre o sistema... 3 1.3 Navegação... 3 2. FUNCIONALIDADES DO SISTEMA... 4 2.1 Efetuar Login Internet... 4 2.1.1 Efetuar

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PINHEIRO PRETO DECRETO Nº 4.042, DE 22 DE JULHO DE 2014.

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PINHEIRO PRETO DECRETO Nº 4.042, DE 22 DE JULHO DE 2014. DECRETO Nº 4.042, DE 22 DE JULHO DE 2014. Regulamenta a Lei nº 1.775, de 10 de junho de 2014, dispondo sobre o modelo, requisitos, emissão e cancelamento da Nota Fiscal de Serviços Eletrônica NFS-e, institui

Leia mais

GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS FINANCEIROS REPASSADOS PELO CREA-RS ÀS ENTIDADES DE CLASSE.

GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS FINANCEIROS REPASSADOS PELO CREA-RS ÀS ENTIDADES DE CLASSE. GUIA DE ORIENTAÇÕES PARA PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS FINANCEIROS REPASSADOS PELO CREA-RS ÀS ENTIDADES DE CLASSE. Gerência de Contabilidade Março/2014 APRESENTAÇÃO A finalidade deste guia é orientar

Leia mais

Código: Ministério da Saúde Fundação Oswaldo Cruz Diretoria de Administração. Orientação Normativa

Código: Ministério da Saúde Fundação Oswaldo Cruz Diretoria de Administração. Orientação Normativa Versão: 1/2007 Nome: para recolhimento de tributos previdenciários e IR I Introdução: Devido às dúvidas originadas por várias unidades da Fiocruz no que se refere ao recolhimento de Tributos Previdenciários

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e. Prefeitura Municipal de Tupãssi

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e. Prefeitura Municipal de Tupãssi NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e Prefeitura Municipal de Tupãssi PERGUNTAS E RESPOSTAS O QUE É A NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA NFS-e? R NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) é um documento

Leia mais

MEI MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL

MEI MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL MEI MICROEMPREENDEDOR INDIVIDUAL Conheça as condições para recolhimento do Simples Nacional em valores fixos mensais Visando retirar da informalidade os trabalhadores autônomos caracterizados como pequenos

Leia mais

PREVIDÊNCIA SOCIAL INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL. Educação Previdenciária

PREVIDÊNCIA SOCIAL INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL. Educação Previdenciária Todo(a) brasileiro(a), a partir de 16 anos de idade, pode filiar-se à Previdência Social e pagar mensalmente a contribuição para assegurar os seus direitos e a proteção à sua família. Vejamos com isso

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAMBUÍ Praça Mozart Torres, 68 Bairro Centro Cep.: 38.900-000 BAMBUÍ - MG CNPJ: 20.920.567/0001-93

PREFEITURA MUNICIPAL DE BAMBUÍ Praça Mozart Torres, 68 Bairro Centro Cep.: 38.900-000 BAMBUÍ - MG CNPJ: 20.920.567/0001-93 . DECRETO Nº 1.763 DE 18 DE MARÇO DE 2014. PREFEITO MUNICIPAL DE BAMBUÍ, em vigor, Estado de Minas Gerais, no uso de suas atribuições legais, DECRETA: CAPÍTULO I DO SISTEMA ELETRÔNICO DE GESTÃO DO ISSQN

Leia mais

Serviço de Informações Municipais Nota Fiscal de Serviços Eletrônica - NFS-e. Manual de Operação Versão 2.0

Serviço de Informações Municipais Nota Fiscal de Serviços Eletrônica - NFS-e. Manual de Operação Versão 2.0 Manual de Operação Versão 2.0 Índice de Operações 1. Apresentação...2 2. Solicitação de Uso da NFS-e...3 3. Consultar Andamento da Solicitação de Uso...5 4. Emitindo a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica...5

Leia mais

MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE LUCAS DO RIO VERDE CONTROLE INTERNO

MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE LUCAS DO RIO VERDE CONTROLE INTERNO 1/8 1) DOS OBJETIVOS: 1.1) Disciplinar e normatizar os procedimentos operacionais na administração de recursos humanos; 1.2) Garantir maior segurança na admissão e exoneração de pessoal; 1.3) Manter atualizado

Leia mais

DECRETO Nº 4.252 DE 13 DE MARÇO DE 2014

DECRETO Nº 4.252 DE 13 DE MARÇO DE 2014 DECRETO Nº 4.252 DE 13 DE MARÇO DE 2014 (Dispõe sobre a instituição e obrigatoriedade da nota fiscal eletrônica de serviços, da declaração eletrônica de prestadores e tomadores de serviços, com pertinência

Leia mais

Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90): Artigos 260 a 260-L

Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90): Artigos 260 a 260-L Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90): Artigos 260 a 260-L Art. 260. Os contribuintes poderão efetuar doações aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente nacional, distrital, estaduais

Leia mais

Aquisição ou venda feita em 2014 deve ser informada à Receita. Dica é conhecer

Aquisição ou venda feita em 2014 deve ser informada à Receita. Dica é conhecer Informativo Abril/2015 edição 20 Aquisição ou venda feita em 2014 deve ser informada à Receita. Dica é conhecer detalhes para evitar a malha fina. A declaração de imóveis no Imposto de Renda requer uma

Leia mais

FORMALIZAÇÃO formalização será feita pela internet no endereço no endereço www.portaldoempreendedor.gov.br, a partir de 01/07/2009.

FORMALIZAÇÃO formalização será feita pela internet no endereço no endereço www.portaldoempreendedor.gov.br, a partir de 01/07/2009. M.E.I. (Micro empreendedor Individual) Lei Complementar numero 128 de 19 de dezembro de 2008. Considera-se MEI o empresário individual a que se refere o art. 966 da Lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002

Leia mais

CALENDÁRIO DAS OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS e PREVIDENCIÁRIAS OUTUBRO/2010

CALENDÁRIO DAS OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS e PREVIDENCIÁRIAS OUTUBRO/2010 1 CALENDÁRIO DAS OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS e PREVIDENCIÁRIAS OUTUBRO/2010 Dia 06-10-2010 (Quarta-feira): SALÁRIOS Todos os empregadores, assim definidos pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Fato

Leia mais

EMISSAO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA MUNICÍPIO DE CAMPINAS

EMISSAO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA MUNICÍPIO DE CAMPINAS EMISSAO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA MUNICÍPIO DE CAMPINAS Para emissão de nota fiscal de serviço eletrônica (NFSE), a empresa deverá utilizar o internet explorer versão 6.0 ou superior. Deverá também desabilitar

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE ESTÂNCIA VELHA

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE ESTÂNCIA VELHA DECRETO MUNICIPAL N.º 102/2014, de 11 de dezembro de 2014. REGULAMENTA PROCEDIMENTOS, RELATIVOS A AIDOF, NOTAS FISCAIS DE SERVIÇO, ESCRITURAÇÃO FISCAL E REQUERIMENTOS E APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS FISCAIS

Leia mais

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE Guia do Usuário ÍNDICE ÍNDICE Setembro /2009 www.4rsistemas.com.br 15 3262 8444 IDENTIFICAÇÃO E SENHA... 3 Sou localizado no município... 4 Não sou localizado no município... 4 ACESSO AO SISTEMA... 5 Tela

Leia mais

FORMULÁRIO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS PROINFRA/IFCE -PRPI

FORMULÁRIO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS PROINFRA/IFCE -PRPI PRESTAÇÃO DE CONTAS FORMULÁRIO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS PROINFRA/IFCE -PRPI 1. A prestação de contas deve ser constituída dos seguintes documentos: a) Encaminhamento de Prestação de Contas Anexo I; b) Relação

Leia mais

Diário da Justiça Eletrônico SJRN

Diário da Justiça Eletrônico SJRN Direção do Foro Edital de Citação JUSTIÇA FEDERAL DE 1º GRAU DA 5ª REGIÃO SEÇÃO JUDICIÁRIA DO RIO GRANDE DO NORTE GABINETE DO JUIZ DIRETOR DO FORO EDITAL SJRN/Nº 0001/2014, DE 13 DE MARÇO DE 2014. CADASTRAMENTO

Leia mais

DECRETO Nº 057, de16 denovembro de 2011.

DECRETO Nº 057, de16 denovembro de 2011. DECRETO Nº 057, de16 denovembro de 2011. Regulamenta a Lei Municipal nº 1.874, de 11 de novembro de 2011, que instituiu a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) O Prefeito do Município de Campina Verde,

Leia mais

Elaboração: Nilson José da Silva. Auditor do Estado. Cristina Santos Vilella. Auditora do Estado

Elaboração: Nilson José da Silva. Auditor do Estado. Cristina Santos Vilella. Auditora do Estado Versão 1 - Cuiabá Novembro de 2005 1 Elaboração: Nilson José da Silva Auditor do Estado Cristina Santos Vilella Auditora do Estado 2 APRESENTAÇÃO A Auditoria-Geral do Estado de Mato Grosso AGE-MT após

Leia mais

RDT - Retificação de Dados do Trabalhador FGTS Grau de sigilo

RDT - Retificação de Dados do Trabalhador FGTS Grau de sigilo RDT - Retificação de Dados do Trabalhador FGTS Grau de sigilo Orientações de preenchimento são obtidas no "Manual de Orientações, Retificação de Dados, Transferência de Contas Vinculadas e Devolução de

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO.

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO. Página 1 PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAXÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E GESTÃO. ARAXÁ MINAS GERAIS 2010 Página 2 Manual do Sistema da Nota Fiscal Eletrônica de Serviços NFS-e ÍNDICE 1. NOTA FISCAL

Leia mais

CAPÍTULO I DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA

CAPÍTULO I DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA LEI Nº 2.182, DE 24 DE MAIO DE 2011. Institui a Nota Fiscal Eletrônica de Serviços no Município de Louveira, define forma, prazo e declarações de recolhimento do ISSQN pelo Sistema Eletrônico e dá outras

Leia mais

RECIBO DE PAGAMENTO A AUTÔNOMO

RECIBO DE PAGAMENTO A AUTÔNOMO RECIBO DE PAGAMENTO A AUTÔNOMO Como contratar um serviço de Autônomo? O Autônomo é definido por duas formas: 1. Aquele que presta serviço em caráter eventual, em uma ou mais empresas sem relação de emprego;

Leia mais

DECRETO Nº 092, DE 1º DE DEZEMBRO DE 2009.

DECRETO Nº 092, DE 1º DE DEZEMBRO DE 2009. DECRETO Nº 092, DE 1º DE DEZEMBRO DE 2009. Dispõe sobre a Instituição do Regime Especial de Es-crituração Fiscal Eletrônica - REFE, aos prestadores e tomadores de serviços, sujeitos à tributação do Im-posto

Leia mais

1º O acesso ao Sistema deverá ser feito por meio de Senha Web ou certificado digital.

1º O acesso ao Sistema deverá ser feito por meio de Senha Web ou certificado digital. ÍNTEGRA DA INSTRUÇÃO NORMATIVA O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE FINANÇAS, no uso de suas atribuições legais, considerando o disposto nos artigos 113 e 114 do Decreto n 53.151, de 17 de maio de 2012, RESOLVE:

Leia mais

Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e. Introdução. Apresentação

Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e. Introdução. Apresentação Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e Manual do Usuário Prestador Introdução Este manual tem como objetivo apresentar a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) que será utilizado pelos contribuintes

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA SMFA Nº 01/2010

INSTRUÇÃO NORMATIVA SMFA Nº 01/2010 INSTRUÇÃO NORMATIVA SMFA Nº 01/2010 Define as regras e os prestadores de serviços e substitutos tributários do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza obrigados a efetuar a Declaração Eletrônica Mensal

Leia mais

DECRETO Nº 659 DE 26 DE MAIO DE 2014. O PREFEITO MUNICIPAL DE TUPANDI, no uso de suas atribuições legais, D E C R E T A

DECRETO Nº 659 DE 26 DE MAIO DE 2014. O PREFEITO MUNICIPAL DE TUPANDI, no uso de suas atribuições legais, D E C R E T A DECRETO Nº 659 DE 26 DE MAIO DE 2014. REGULAMENTA A LEI MUNICIPAL N.º 1.209, DE 02 DE MAIO DE 2014, QUE INSTITUI A NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS, A DECLARAÇÃO ELETRÔNICA DE SERVIÇOS, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS

PERGUNTAS E RESPOSTAS PERGUNTAS E RESPOSTAS Palestra Imposto de Renda: "entenda as novas regras para os profissionais da Odontologia" Abril/2015 Palestra Imposto de Renda 2015 A Receita Federal do Brasil RFB para o exercício

Leia mais

Instrução Normativa 1.343, DE 08.04.2013, DA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL

Instrução Normativa 1.343, DE 08.04.2013, DA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL Instrução Normativa 1.343, DE 08.04.2013, DA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL ASSISTIDOS COM INÍCIO DO RECEBIMENTO DO BENEFÍCIO NO PERÍODO DE JAN.2008 A DEZ.2012 Perguntas e respostas para entendimento

Leia mais

INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE O SEGURO DESEMPREGO

INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE O SEGURO DESEMPREGO INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE O SEGURO DESEMPREGO Benefício temporário concedido ao trabalhador desempregado dispensado sem justa causa é composto por 3 a 5 parcelas mensais, pagas em dinheiro, de valores

Leia mais

ANEXO CONSELHO DELIBERATIVO DO FUNDO DE AMPARO AO TRABALHADOR RESOLUÇÃO Nº 736, DE 8 DE OUTUBRO DE 2014 Torna obrigatório aos empregadores o uso do

ANEXO CONSELHO DELIBERATIVO DO FUNDO DE AMPARO AO TRABALHADOR RESOLUÇÃO Nº 736, DE 8 DE OUTUBRO DE 2014 Torna obrigatório aos empregadores o uso do ANEXO CONSELHO DELIBERATIVO DO FUNDO DE AMPARO AO TRABALHADOR RESOLUÇÃO Nº 736, DE 8 DE OUTUBRO DE 2014 Torna obrigatório aos empregadores o uso do aplicativo Empregador Web no Portal Mais Emprego para

Leia mais

Retenção de Impostos e Contribuições

Retenção de Impostos e Contribuições Retenção de Impostos e Contribuições COMO A FONTE PAGADORA DEVE DESCONTAR: IR PIS/PASEP COFINS CSLL ISS INSS Resumo do conteúdo: IR Fonte Assalariados / Pro Labore IR Fonte Terceiros e Não Assalariados

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BRUMADO ESTADO DA BAHIA CNPJ/MF Nº 14.105.704/0001-33 Praça Cel. Zeca Leite, nº 415 Centro CEP: 46100-000 Brumado-BA

PREFEITURA MUNICIPAL DE BRUMADO ESTADO DA BAHIA CNPJ/MF Nº 14.105.704/0001-33 Praça Cel. Zeca Leite, nº 415 Centro CEP: 46100-000 Brumado-BA DECRETO Nº 4.496, DE 22 DE JULHO DE 2011 Regulamenta os procedimentos para Escrituração Fiscal e Recolhimento de Tributos Municipais de forma Eletrônica no Município de Brumado, e dá outras providências.

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 0020, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2005

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 0020, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2005 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 0020, DE 28 DE NOVEMBRO DE 2005 Publicada no DOE(Pa) de 29.11.05. Alterada pela IN 05/13. Dispõe sobre a apresentação da Declaração de Informações Econômico-Fiscais - DIEF relativa

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DE RENDA BOLSA PERMANÊNCIA DO MEC -

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DE RENDA BOLSA PERMANÊNCIA DO MEC - DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DE RENDA BOLSA PERMANÊNCIA DO MEC - ORIENTAÇÕES: a) Apresentar cópia simples dos documentos de todos os membros do grupo familiar (pessoas que vivem na mesma casa,

Leia mais

Prefeitura Municipal de Cruzeiro

Prefeitura Municipal de Cruzeiro DECRETO Nº. 345, DE 28 DE JUNHO DE 2012. Dispõe sobre a instituição do regime especial de emissão de nota fiscal de Serviço Eletrônica nfs-e, aos contribuintes prestadores de serviços sujeitos à tributação

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. PORTARIA Nº TRF2-PTP-2013/00423 de 6 de junho de 2013

PODER JUDICIÁRIO. PORTARIA Nº TRF2-PTP-2013/00423 de 6 de junho de 2013 JUSTIÇA FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL - 2ª REGIÃO PORTARIA Nº TRF2-PTP-2013/00423 de 6 de junho de 2013 Dispõe sobre a prestação de serviço voluntário nas atividades de conciliação no âmbito da Justiça

Leia mais

DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA/2015

DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA/2015 DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA/2015 Regulamento para a Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda, PESSOA FÍSICA, exercício de 2015, ano-calendário de 2014. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA

Leia mais

Orientações sobre Micro Empreendedor Individual

Orientações sobre Micro Empreendedor Individual Orientações sobre Micro Empreendedor Individual Micro Empreendedor individual Definição Microempreendedor Individual (MEI) é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário.

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS Prefeitura Municipal de Pirenópolis DECRETO N 2.492714. Gabinete DE 31 DE 01 DE 2014.

ESTADO DE GOIÁS Prefeitura Municipal de Pirenópolis DECRETO N 2.492714. Gabinete DE 31 DE 01 DE 2014. DECRETO N 2.492714. DE 31 DE 01 DE 2014. "INSTITUI O GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DO ISSQN, A ESCRITURAÇÃO ECONÔMICO- FISCAL E A EMISSÃO DE GUIA DE RECOLHI MENTO POR MEIOS ELETRÔNICOS, RELATI VÁS AO ISSQN

Leia mais

Guia de Pagamento do Docente

Guia de Pagamento do Docente Página1 FUNDAÇÃO UNIMED Prezado Professor (a): Órgão Executivo Dr. João Batista Caetano Presidente Executivo Dr. Luiz Carlos M. Palmquist Executivo Administrativo Financeiro Dr. Mauri Aparecido Raphaelli

Leia mais

Decreto Nº1601 de 19 de Agosto de 2009 DECRETA:

Decreto Nº1601 de 19 de Agosto de 2009 DECRETA: Decreto Nº1601 de 19 de Agosto de 2009 Av. Presidente Vargas, 3.215 Vila Maria INSTITUI O GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DO ISSQN, A ESCRITURAÇÃO ECONÔMICO- FISCAL E A EMISSÃO DE GUIA DE RECOLHIMENTO POR MEIOS

Leia mais

D E C R E T O Nº 9460 de 30 de novembro de 2011

D E C R E T O Nº 9460 de 30 de novembro de 2011 Publicado em 09/12/2011 no Diário Oficial nº 362. D E C R E T O Nº 9460 de 30 de novembro de 2011 (Altera e acrescenta dispositivos ao Decreto n 8063, de 15 de outubro de 2007, ampliando funcionalidades

Leia mais

Copyright 2004/2014 - VLC

Copyright 2004/2014 - VLC Escrituração Fiscal Manual do Usuário Versão 7.2 Copyright 2004/2014 - VLC As informações contidas neste manual são de propriedade da VLC Soluções Empresariais Ltda., e não poderão ser usadas, reproduzidas

Leia mais

SECRETARIA DE FINANÇAS ATO NORMATIVO Nº 001/2010 - GAB

SECRETARIA DE FINANÇAS ATO NORMATIVO Nº 001/2010 - GAB SECRETARIA DE FINANÇAS ATO NORMATIVO Nº 001/2010 - GAB Dispõe sobre a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica - NFS-e; a obrigatoriedade de credenciamento; a obtenção de número do usuário e senha e outras providências.

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA STN Nº 02, DE 22 DE MAIO DE 2009. Dispõe sobre a Guia de Recolhimento da União - GRU, e dá outras providências.

INSTRUÇÃO NORMATIVA STN Nº 02, DE 22 DE MAIO DE 2009. Dispõe sobre a Guia de Recolhimento da União - GRU, e dá outras providências. INSTRUÇÃO NORMATIVA STN Nº 02, DE 22 DE MAIO DE 2009. Dispõe sobre a Guia de Recolhimento da União - GRU, e dá outras providências. O SECRETÁRIO DO TESOURO NACIONAL SUBSTITUTO, no exercício das atribuições

Leia mais

Previdência Social sob a forma de Regime Geral

Previdência Social sob a forma de Regime Geral Previdência Social sob a forma de Regime Geral Estrutura do Sistema Previdenciário no Brasil Regime Geral de Previdência Social (RGPS) Administrado pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS); Obrigatório,

Leia mais

PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NORMAS E PROCEDIMENTOS GERAIS UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS http://www.fapemig.br/files/manual.

PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NORMAS E PROCEDIMENTOS GERAIS UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS http://www.fapemig.br/files/manual. PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NORMAS E PROCEDIMENTOS GERAIS UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS http://www.fapemig.br/files/manual.pdf INFORMAÇÕES GERAIS Duração do projeto O prazo de vigência do projeto

Leia mais

Resoluções ResoluçÃo CoNJuNTA PResI/CoGeR/CoJeF 20 De 18/10/2012 CAPÍTulo I Do PRoCeDIMeNTo De IMPlANTAçÃo Do AJG/CJF

Resoluções ResoluçÃo CoNJuNTA PResI/CoGeR/CoJeF 20 De 18/10/2012 CAPÍTulo I Do PRoCeDIMeNTo De IMPlANTAçÃo Do AJG/CJF RESOLUÇÃO CONJUNTA PRESI/COGER/COJEF 20 DE 18/10/2012 Resoluções Regulamenta os procedimentos para a implantação do novo Sistema Eletrônico de Assistência Judiciária Gratuita da Justiça Federal (AJG/ CJF),

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE TABOÃO DA SERRA - Estado de São Paulo -

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE TABOÃO DA SERRA - Estado de São Paulo - CONSIDERANDO o disposto nos artigos 66 e 67 da Lei Complementar nº 193/2009, que impõem ao prestador de serviços a obrigatoriedade de apresentar documentos fiscais na forma do que dispuser o regulamento;

Leia mais

NOTIFICAMOS QUE: Edital RSF 008/2012

NOTIFICAMOS QUE: Edital RSF 008/2012 Edital RSF 008/2012 Inscrição de Candidatos do PROUNI -Programa Universidade Para Todos 2 Semestre de 2012 na Universidade Presbiteriana Mackenzie O Instituto Presbiteriano Mackenzie, por meio da Gerência

Leia mais

MANUAL SISTEMA AJG/CJF

MANUAL SISTEMA AJG/CJF MANUAL DO SISTEMA AJG/CJF ÍNDICE 1. SEJA BEM VINDO AO AJG... 3 1.1 Seja Bem-Vindo!... 3 2. SOBRE A AJUDA... 4 2.1 Como navegar no ajuda on-line... 4 3. SOBRE O SISTEMA... 5 3.1 Sobre o sistema... 5 3.2

Leia mais

Retenções na Fonte e Informações para a D.C.T.F. (Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais)

Retenções na Fonte e Informações para a D.C.T.F. (Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais) São Paulo, agosto de 2012 Retenções na Fonte e Informações para a D.C.T.F. (Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais) Prezado cliente: Sua empresa está obrigada a entrega da DCTF (apresentação

Leia mais

DECRETO Nº 29.080, DE 09 DE SETEMBRO DE 2009

DECRETO Nº 29.080, DE 09 DE SETEMBRO DE 2009 DECRETO Nº 29.080, DE 09 DE SETEMBRO DE 2009 Regulamenta os artigos 94, 116, 118, 120 e 122 além de outros dispositivos correlacionados da Lei Complementar n.º 136, de 29 de dezembro de 2006, disciplinando

Leia mais

Lista de documentos mínimos necessários para o início do processo de solicitação de autorização de funcionamento por Modalidade

Lista de documentos mínimos necessários para o início do processo de solicitação de autorização de funcionamento por Modalidade Lista de documentos mínimos necessários para o início do processo de solicitação de autorização de funcionamento por Modalidade Administradora de Benefícios Documento Requerimento formal solicitando a

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROPEP MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS

ESTADO DE ALAGOAS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROPEP MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS ESTADO DE ALAGOAS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROPEP MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS 1 APRESENTAÇÃO As presentes instruções têm por finalidade estabelecer critérios

Leia mais

Tributação. Mercado à Vista e Day Trade, Compensação de Perdas e Declaração no Informe do Imposto Renda

Tributação. Mercado à Vista e Day Trade, Compensação de Perdas e Declaração no Informe do Imposto Renda Tributação Mercado à Vista e Day Trade, Compensação de Perdas e Declaração no Informe do Imposto Renda Índice Quem recolhe o Imposto? 3 Prazo para Recolhimento 3 Como calcular o Imposto 3 Imposto de Renda

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços.

Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços. 1 Apresentação: O Sistema Integrado de Gerenciamento de Imposto Sobre Serviços ou SIG-ISS é um sistema para gerenciamento do Imposto sobre

Leia mais

A TODOS OS USUÁRIOS DA FFM. (Versão atualizada)

A TODOS OS USUÁRIOS DA FFM. (Versão atualizada) Dir.Circ. 04/2015 São Paulo, 01 de abril de 2015. A TODOS OS USUÁRIOS DA FFM (Versão atualizada) Referente: Regras para preenchimento de Solicitação de Pagamento(SPe) de serviços prestados por pessoas

Leia mais

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais,

O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUÇÃO CFC Nº 1.364/2011 Dispõe sobre a Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos DECORE Eletrônica e dá outras providências. O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE, no exercício de suas atribuições

Leia mais

AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A

AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A AGENDA T R A B A L H I S T A E P R E V I D E N C I Á R I A JANEIRO / 2015 D S T Q Q S S 01 02 03 04 05 06 07 07 08 09 09 10 11 12 13 14 15 15 16 17 18 19 20 20 21 22 23 23 24 25 26 27 28 29 31 31-1 - AGENDA

Leia mais

ASSUNTO: NORMAS DA ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA

ASSUNTO: NORMAS DA ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA ASSUNTO: NORMAS DA ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA SOLUÇÃO DE CONSULTA Nº 235 de 15 de Setembro de 2010 EMENTA: Os serviços notariais e de registro (cartórios) devem possuir cadastro no CNPJ, o qual permanecerá

Leia mais

Solicitação de Saque do FGTS Pagamento a Residente no Exterior

Solicitação de Saque do FGTS Pagamento a Residente no Exterior 1 - Identificação do trabalhador Nome do Trabalhador Solicitação de Saque do FGTS Pagamento a Residente no Exterior PIS/PASEP CTPS Nº e Série Doc. identidade Data de nascimento / / CPF Endereço eletrônico

Leia mais

SEGURO-DESEMPREGO - EMPREGADO DOMÉSTICO - Considerações

SEGURO-DESEMPREGO - EMPREGADO DOMÉSTICO - Considerações SEGURO-DESEMPREGO - EMPREGADO DOMÉSTICO - Considerações Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 26/10/2012. Sumário: 1 - Introdução 2 - Seguro-Desemprego 3 - Finalidade 4 - Requisitos 4.1

Leia mais

NFTS (NOTA FISCAL ELETRÔNICA DO TOMADOR/INTERMEDIÁRIO DE SERVIÇOS)

NFTS (NOTA FISCAL ELETRÔNICA DO TOMADOR/INTERMEDIÁRIO DE SERVIÇOS) NFTS (NOTA FISCAL ELETRÔNICA DO TOMADOR/INTERMEDIÁRIO DE SERVIÇOS) A Nota Fiscal Eletrônica do Tomador/Intermediário de Serviços NFTS foi instituída pela Lei Nº 15.406, de 8 de julho de 2011, e se destina

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL PROEC

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MATO GROSSO DO SUL PROEC Edital Nº 003/ 2014 - PAE- /UEMS A Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários, no uso de suas atribuições legais, torna público para conhecimento da comunidade acadêmica UEMS o Edital Nº

Leia mais

NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS MUNICÍPIO DE SÃO PAULO

NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS MUNICÍPIO DE SÃO PAULO NOTA FISCAL ELETRÔNICA DE SERVIÇOS MUNICÍPIO DE SÃO PAULO Cortesia: FARO CONTÁBIL (www.farocontabil.com.br) Matéria publicada originalmente no Diário do Comércio Data: 01/08/2006 01 - CONCEITOS? 1.01.

Leia mais

Orientações para obter isenção de impostos (IPI, IOF, ICMS e IPVA) na compra de veículo para pessoa com deficiência

Orientações para obter isenção de impostos (IPI, IOF, ICMS e IPVA) na compra de veículo para pessoa com deficiência Decreto nº 5.296, de 2 de dezembro de 2004 Art. 5 o Os órgãos da administração pública direta, indireta e fundacional, as empresas prestadoras de serviços públicos e as instituições financeiras deverão

Leia mais

INSTRUÇÕES BÁSICAS. Locatário Pessoa Física:

INSTRUÇÕES BÁSICAS. Locatário Pessoa Física: INSTRUÇÕES BÁSICAS O que é necessário para alugar um imóvel na Bandeirantes Imóveis? Para alugar quaisquer dos imóveis disponíveis na carteira de locação da Bandeirantes Imóveis siga os seguintes passos:

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VISCONDE DO RIO BRANCO ESTADO DE MINAS GERAIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE VISCONDE DO RIO BRANCO ESTADO DE MINAS GERAIS DECRETO Nº 102/2011 Disciplina a emissão de notas fiscais de serviços no Município, define forma e prazo de recolhimento do ISSQN, cria obrigações acessórias pela internet, e dá outras providências. O

Leia mais

Passo 1: Entre em contato no numero abaixo em nossa Central Itaú Seguros para registrar a retirada do KIT de sinistro;

Passo 1: Entre em contato no numero abaixo em nossa Central Itaú Seguros para registrar a retirada do KIT de sinistro; Prezado Beneficiário, Para melhor apoiá-lo neste momento, encaminhamos abaixo todos os formulários e documentos necessários, bem como a orientação de como realizar o envio desses documentos. Procedimentos

Leia mais

SEGURO-DESEMPREGO - NOVOS VALORES - MARÇO/2011. Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 09/03/2011.

SEGURO-DESEMPREGO - NOVOS VALORES - MARÇO/2011. Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 09/03/2011. SEGURO-DESEMPREGO - NOVOS VALORES - MARÇO/2011 Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 09/03/2011. Sumário: 1 - Introdução 2 - Requisitos 3 - Comprovação 4 - Parcelas 4.1 - Parcelas Adicionais

Leia mais

MANUAL DO ISS ONLINE

MANUAL DO ISS ONLINE MANUAL DO ISS ONLINE Empresas Internas / Externas Índice 1 - Regularização Cadastral... 3 2 - Login... 5 3 - Acessos ao Sistema... 7 4 - Solicitações de AIDF e AIDF-e... 10 5 - Emissão de Notas Fiscais

Leia mais

Nota Fiscal Eletrônica do Tomador de Serviços NFTS

Nota Fiscal Eletrônica do Tomador de Serviços NFTS Nota Fiscal Eletrônica do Tomador de Serviços NFTS Versão 1.0 Nota Salvador NFS-e Versão do Manual: 1.0 pág. 2 Manual do Sistema da Nota Fiscal Eletrônica do Tomador de Serviços NFTS ÍNDICE 1. Acessando

Leia mais

Art. 4º A emissão da DECORE fica condicionada à realização do upload, efetuado eletronicamente, de toda documentação legal que serviu de lastro.

Art. 4º A emissão da DECORE fica condicionada à realização do upload, efetuado eletronicamente, de toda documentação legal que serviu de lastro. RESOLUÇÃO CFC Nº 1.492/2015 Altera a Resolução CFC n.º 1.364/11 que dispõem sobre a Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos DECORE e dá outras providências. O CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE DUARTINA

PREFEITURA MUNICIPAL DE DUARTINA LEI Nº 2173 Institui a Nota Fiscal Eletrônica de Prestação de Serviços e regulamenta a Lei Municipal nº. 1.725, de 08 de dezembro de 2003, que dispõe sobre o imposto sobre serviço de qualquer natureza

Leia mais

RESOLUÇÃO - RDC nº 6, de 2 de janeiro de 2001(*).

RESOLUÇÃO - RDC nº 6, de 2 de janeiro de 2001(*). RESOLUÇÃO - RDC nº 6, de 2 de janeiro de 2001(*). Dispõe sobre o sistema de Recolhimento da Arrecadação de Taxas de Fiscalização de Vigilância Sanitária e dá outras providências. A Diretoria Colegiada

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE COTIA Estado de São Paulo

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE COTIA Estado de São Paulo LEI COMPLEMENTAR Nº 98, DE 23 DE JULHO DE 2008. INSTITUI O GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DO IMPOSTO SOBRE SERVIÇOS DE QUALQUER NATUREZA ISSQN, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. JOAQUIM H. PEDROSO NETO, Prefeito do

Leia mais

Passo 1: Entre em contato no numero abaixo em nossa Central Itaú Seguros para registrar a retirada do KIT de sinistro;

Passo 1: Entre em contato no numero abaixo em nossa Central Itaú Seguros para registrar a retirada do KIT de sinistro; Prezado Beneficiário, Para melhor apoiá-lo neste momento, encaminhamos abaixo todos os formulários e documentos necessários, bem como a orientação de como realizar o envio desses documentos. Procedimentos

Leia mais

MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS

MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS MANUAL FUNCIONAL SOBRE NFS-e MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO/RS SUMÁRIO SUMÁRIO...2 1. APRESENTAÇÃO...4 1 2. ACESSO AO APLICATIVO...5 3. GERAÇÃO DE NFS-e...6 3.1. Preenchimento dos dados para emissão da NFS-e...6

Leia mais