Apostila de Treinamento CONTROLE DE ACESSO REV 02

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apostila de Treinamento CONTROLE DE ACESSO REV 02"

Transcrição

1 Apostila de Treinamento CONTROLE DE ACESSO REV 02

2 ÍNDICE Introdução... 2 Visão Geral da Linha Citrox... 3 Controladora IP-Wide 2 Portas... 5 Funções... 6 Software Access Control... 7 Guia de Instalação Controladora IP-WIDE e Software Access Control... 8 Diagrama de Ligação dos Bornes da Controladora IP-Wide... 9 Conexão da Controladora com o Computador Instalação do Servidor de Banco de Dados Instalação do Software Access Control Pontos de Acesso - Cadastrar o Primeiro Ponto de Acesso Cadastrar o Segundo Ponto de Acesso Senha da Controladora Revisando os Dados Operadores Zonas de Tempo Departamentos Regras de Antipassback Perfis de Acesso Usuários Relatórios Configurações da Controladora Leitor RFID Passivo 900 MHZ Distância de Leitura Indicação Sonora de Leitura Recomendação para Instalação Características Técnicas Conexão com a Controladora Configurações do Leitor RFID Passivo 900 MHZ Acessórios que acompanham este produto Suporte para Leitor RFID Passivo 900 MHZ Cartão RFID Passivo 900 MHZ Suporte Automotivo Leitor de Cartão de Proximidade RFID 125 khz Leitor de Cartão de Proximidade RFID 125 khz com Teclado Cartão de Proximidade RFID 125 khz Chaveiro de Proximidade RFID 125 khz Leitor de Controle Remoto 433 Mhz Central de Laço Indutivo Laço Indutivo Fechadura Eletromagnética 180 kgf e 280 kgf Controladora Calixto Adicionando Cartão de Usuário Apagando Cartão de Usuário Abertura por Cartão ou Senha Selecionando o Tempo de Abertura Selecionando a Senha de Abertura da Porta Utilizando a Controladora 1 Porta Compatibilidade com outros produtos do mercado Diferenciais competitivos em relação ao que existe no mercado Glossário

3 INTRODUÇÃO Conforto, modernidade e segurança são algumas das vantagens de se possuir um sistema completo de controle de acesso Citrox. Aliando o software Access Control à Controladora IP- WIDE 2 Portas, você tem um excelente controle de todos os acessos as dependências do seu condomínio, empresa ou escritório, garantindo assim a segurança e a tranquilidade de sua família e funcionários. Conheça nosso sistema, com ele você pode: - Controlar a entrada e a saída de pessoas e veículos de vários lugares ao mesmo tempo; - Definir tabela de horário e nível de acesso por grupos; - Adicionar e remover qualquer usuário a qualquer momento; - Visualizar em tempo real todos os acessos do sistema. Controle de Acesso, tecnologia ao seu alcance! Surpreenda-se! 2

4 VISÃO GERAL DA LINHA CITROX ACCESS Leitor RFID Passivo 900 MHz Leitor de Cartão de Proximidade RFID 125 khz com Teclado Suporte para Leitor RFID Passivo 900 MHz Software Access Control Cartão de Proximidade RFID 125 khz Leitor de Cartão de Proximidade RFID 125 khz Controladora IP-WIDE 2 Portas Cartão RFID Passivo 900 MHz Chaveiro de Proximidade RFID 125 khz Controladora Calixto Leitor de Controle Remoto 433 MHz Suporte Automotivo Laço Indutivo Central de Laço Indutivo Fechadura Eletromagnética 180 kgf e 280 kgf 3

5 CONTROLE DE ACESSO PRODUTOS

6 Controladora IP-WIDE 2 Portas A Controladora IP-WIDE 2 Portas é a central de comandos e gerenciamento do sistema, pode ser ligada diretamente na tomada e trabalha com bateria para falta de energia. Cada Controladora é capaz de gerenciar 2 Pontos de Acesso( Ponto de Acesso: portas, portões, cancelas, etc.), e é possível conectar até 64 Controladoras na mesma rede Ethernet, sendo possível controlar 128 pontos de acesso com o mesmo Software(Software Access Control, que acompanha a Controladora). A Controladora não necessita de um computador para operá-la, pode trabalhar no modo off-line. No entanto, com um computador, o sistema irá operar no modo on-line e o usuário terá muitos recursos, que trarão comodidade, e muitas vantagens. 5

7 Controladora IP-WIDE 2 Portas Funções Capacidade de Cadastro de Usuários e Registro de Eventos No modo OFF-LINE a Controladora IP-WIDE tem um limite de Cadastros de Usuários e de Registros de Eventos. No modo ON-LINE não há limites. Alimentação Elétrica A Controladora IP-WIDE pode ser ligada diretamente em uma tomada de 110V ou 220V, bastando para isso, selecionar a tensão internamente. Bateria para Falta de Energia No gabinete da Controladora IP-WIDE existe um alojamento para bateria selada 12V/7AH, a própria Controladora carrega a bateria. Em caso de falta de energia, o sistema continuará em funcionamento, sendo alimentado pela bateria. Item não incluso. Entradas para Leitores Existem duas entradas para Leitores. Sendo possível utilizar qualquer leitor que possua o protocolo de comunicação Wiegand 26 bits. Entradas para Sensores Existem duas entradas para Sensores do tipo NF, para utilizá-las basta retirar o Jumper correspondente à entrada desejada. Entradas para Botoeiras Existem duas entradas para Botoeiras do tipo NA. Saídas para Abertura de Portas A controladora dispõe de duas Saídas para Abertura de Portas. Cada Saída com contatos NA, NF e Comum. corresponde à um relé Saída para Acionamento de Alarme Existe uma Saída correspondente ao Alarme da Controladora IP-WIDE. Trata-se de um relé com contatos NA, NF e Comum. Conexão para Rede Ethernet A Controladora IP-WIDE oferece suporte para conexão Ethernet, podendo trabalhar numa rede de até 64 Controladoras. 6

8 Controladora IP-WIDE 2 Portas Software Access Control O Software Access Control é o gerenciador do sistema. Trabalha em conjunto com a Controladora IP- WIDE e permite a visualização de todos os acessos realizados. Com ele é possível alterar a qualquer momento as permissões de acesso de qualquer usuário. É um software amigável, há em sua tela principal Botoeiras Virtuais e atalhos para as principais funções, e não é necessário pessoal especializado para operá-lo. Nesse sistema, caso um usuário perca seu Cartão de Acesso (assim como Chaveiro, Cartão Veicular, Controle Remoto, etc.), não é preciso apagar todos os cadastros, e recolher os cartões de todos os usuários. É possível desativar o cadastro do cartão perdido, sem alterar os outros cadastros. Dentre as inúmeras vantagens, destacam-se: - Alarme indicador de arrombamento e/ou porta aberta ; - Modo Gaiola: Impede a abertura simultânea de dois pontos de acesso; - Antipassback: Evita que o usuário engane o sistema usando seu cartão/controle remoto para acesso de uma segunda pessoa, ou seja, somente com o registro da saída do usuário do ambiente controlado o sistema permitirá sua entrada novamente; - Gera diversos relatórios facilitando o controle administrativo; - Possibilita adicionar a foto dos usuários para controle e registro de acesso; - Botoeiras virtuais que possibilitam controlar rapidamente os acessos pelo software. Requisitos necessários Item Requisito Mínimo Requisito Recomendado Memória RAM 512 MB 1 GB Disco Rígido (HD) 40 GB 160 GB Java Virtual Machine Jre6 update 7 Jre6 update 16 Sistemas Operacionais Suportados Windows XP ou superior Windows Vista Professional ou superior Windows 2003 Server ou superior Windows Seven Professional ou superior Licenças do Software O software Access Control, é liberado para o gerenciamento de até 2 Controladoras IP-WIDE. Para o gerenciamento simultâneo de mais de 2 Controladoras IP-WIDE, se torna necessária a utilização de Licenças de Software. As Licenças são entregues em HardLocks (Dispositivos de memória USB), e existem Licenças diferentes, para diferentes quantidades de Controladoras a serem gerenciadas. São disponibilizadas Licenças para quantidade pares de Controladoras, por exemplo, 4,6,8,10,...,62,64. 7

9 Controladora IP-WIDE 2 Portas Guia de Instalação Controladora IP-WIDE e Software Access Control Fluxograma de Instalação e Configuração Instal. da Máquina Virtual Instale a Máquina Virtual Java Instal. do Banco de Dados Instale o servidor de banco de dados FireBird Instal. do Access Control Instale o software Access Control Conexão com Controladora Conecte a Controladora IP WIDE 2 Portas ao computador Config. da Controladora Configure a Controladora IP -WIDE 2 Portas Pontos de Acessos Cadastre os pontos de acesso Operadores Cadastre os operadores do sistema (opcional) Zonas de Tempo Cadastre as zonas de tempo Departamentos Cadastre os departamentos (opcional) Regras de Antipassback Cadastre as regras de antipassback (opcional) Perfis de Acesso Cadastre os perfis de acesso Usuários Cadastre os usuários Relatórios Gere os relatórios 8

10 Controladora IP-WIDE 2 Portas Diagrama de Ligação dos Bornes da Controladora IP-Wide Abaixo, segue a descrição dos Bornes de ligação da Controladora IP-Wide e os principais passos de configuração. ALIMENTAÇÃO Entrada do transformador 16VAC LIGAÇÕES DO PONTO 1 Entradas do leitor 1 Entrada para botoeira 1 Entrada para sensor 1 Contatos do relé 1 LIGAÇÕES DO PONTO 2 Entradas do leitor 2 Entrada para botoeira 2 Entrada para sensor 2 Contatos do relé 2 SAÍDA DE ALARME Saída de Alarme 9

11 Controladora IP-WIDE 2 Portas Conexão da Controladora com o Computador Conecte a Controladora IP-Wide diretamente a um computador, para isso utilize o cabo crossover fornecido juntamente com o produto. Conecte uma das extremidades do cabo à Controladora IP-Wide e a outra ao computador. O IP padrão da controladora é , troque o IP de seu computador para No navegador de acesso à internet de sua preferência, acesse a Controladora IP-Wide pelo endereço Logo em seguida aparecerá uma tela solicitando o Nome de usuário e a Senha. O Nome de usuário sempre será admin, com letras minúsculas, e a Senha, como se trata do primeiro acesso, também será admin. Somente a senha poderá ser alterada após o primeiro acesso. Ative o DHCP para que a Controladora IP-WIDE encontre um IP válido na rede em que está sendo instalada. A alteração do IP pode ser feita manualmente, mas é recomendado utilizar a função do DHCP. É necessário voltar o IP do computador para um IP válido da rede. 10

12 Controladora IP-WIDE 2 Portas Instalação do Servidor de Banco de Dados O servidor de banco de dados deve ser instalado primeiro. Para isso, basta dar um duplo clique em SetupServer1.0.exe e executar os passos a seguir: Passo 1: Após executar o arquivo SetupServer1.0.exe, o instalador será iniciado. O primeiro passo do instalador apenas exibe a versão atual do servidor de banco de dados. Clique em avançar para prosseguir com a instalação. Passo 2: Leia cuidadosamente os termos de licença de uso do software. A instalação só poderá prosseguir se os termos do contrato forem aceitos. Nesse caso, marque a opção Eu aceito os termos do Contrato e clique em avançar. Passo 3: A janela seguinte mostra o caminho em disco onde o servidor de banco de dados será instalado e o espaço mínimo necessário para isso. O local da instalação pode ser alterado de acordo com sua preferência. Após escolher o local da instalação, clique em avançar para prosseguir. Passo 4: Reveja os dados configurados durante os passos anteriores. Para iniciar a instalação, clique em instalar. 11

13 Controladora IP-WIDE 2 Portas Instalação do Servidor de Banco de Dados Observação: Se o servidor de banco de dados Firebird já estiver instalado, uma mensagem será exibida, indicando que o mesmo já está em execução. Caso contrário, a instalação prosseguirá normalmente. Passo 5: Finalize o processo de instalação clicando em concluir. Instalação do Software Access Control OBS: Para o funcionamento do Software Access Control é necessário instalar a Máquina Virtual Java disponível em Passo 1: Dê dois cliques no arquivo SetupCitrox exe e o instalador será iniciado. O primeiro passo do instalador apenas exibe a versão atual do software Acess Control. Clique em avançar, para prosseguir com a instalação. Passo 2: Leia cuidadosamente os termos de licença de uso do software. A instalação só poderá prosseguir se os termos do contrato forem aceitos. Nesse caso, marque a opção Eu aceito os termos do Contrato e clique em avançar. 12

14 Controladora IP-WIDE 2 Portas Instalação do Software Access Control Passo 3: Ajanela seguinte mostra o caminho em disco onde o softwareaccess Control será instalado e o espaço mínimo necessário para isso. O local da instalação pode ser alterado de acordo com sua preferência. Após escolher o local da instalação, clique em avançar para prosseguir. Passo 4: Escolha a pasta no Menu Iniciar onde o instalador irá criar os atalhos para o Controle de Acesso. Passo 5: Reveja os dados configurados durante os passos anteriores. Para iniciar a instalação, clique em instalar. Passo 6: Durante a instalação do Software Access Control, será necessário também a instalação do framework JMF. Clique em Yes para continuar a instalação. Passo 7: A janela seguinte mostra o caminho em disco onde o framework JMF será instalado e o espaço mínimo necessário para isso. O local da instalação pode ser alterado de acordo com sua preferência. Após escolher o local da instalação, clique em next para prosseguir. 13

15 Controladora IP-WIDE 2 Portas Instalação do Software Access Control Passo 3: Ajanela seguinte mostra o caminho em disco onde o softwareaccess Control será instalado e o espaço mínimo necessário para isso. O local da instalação pode ser alterado de acordo com sua preferência. Após escolher o local da instalação, clique em avançar para prosseguir. Passo 8: Na janela de seleção de componentes, mantenha as opções no padrão em que se encontram, e clique em Next para prosseguir. Aguarde o processo de instalação do framework JMF. Passo 9: Para finalizar a instalação do framework JMF marque a opção No, I Will restart my computer later e clique em Finish. Passo 10: No final da instalação, uma janela pede a configuração da conexão com o banco de dados. Os seguintes campos devem ser preenchidos com base na instalação do servidor de banco de dados. IP: Endereço IP, da máquina onde foi instalado o servidor de banco de dados. PORTA: Porta de uso do servidor de banco de dados (Padrão 3050). CAMINHO: A pasta onde foi instalado o servidor de banco de dados. As pastas devem estar separadas por \ (contra barra dupla). 14

16 Controladora IP-WIDE 2 Portas Instalação do Software Access Control Passo 11: Marque a opção Sim, reiniciar o computador agora e clique em Concluir. Seu computador será reiniciado. Pontos de Acesso Cadastrar o Primeiro Ponto de Acesso Nome Identifica o Ponto de Acesso. É importante definir nomes distintos para cada ponto de acesso, pois os eventos de todos os pontos de acesso, de todas as controladoras ligadas na rede, serão vistos na mesma tela. Tipo Escolha o tipo do Ponto de Acesso: Entrada, Saída ou Indiferente. Importante lembrar que o tipo do ponto é levado em consideração na criação de Regras de Antipassback. Status Determina se o Ponto de Acesso está ativo, ou seja, habilitado para trabalhar segundo os perfis de acesso estabelecidos. Cadastrar o Segundo Ponto de Acesso Nome Identifica o Ponto de Acesso. È importante definir nomes distintos para cada ponto de acesso, pois os eventos de todos os pontos de acesso, de todas as controladoras ligadas na rede, serão vistos na mesma tela. Tipo Escolha o tipo do Ponto de Acesso: Entrada, Saída ou Indiferente. Importante lembrar que o tipo do ponto é levado em consideração na criação de Regras de Antipassback. Status Determina se o Ponto de Acesso está ativo, ou seja, habilitado para trabalhar segundo os perfis de acesso estabelecidos. 15

17 Controladora IP-WIDE 2 Portas Senha da Controladora O padrão de fábrica é admin (em letras minúsculas). Esta senha pode ser alterada nas configurações gerais (via navegador web). Revisando os Dados Revise todas as informações inseridas no último passo do Assistente de Cadastro de Pontos de Acesso Operadores Podem-se criar administradores, e vários operadores para o Software Access Control. Sendo possível estabelecer a autonomia de cada um deles. Nas c o n f i g u r a ç õ e s d o s o p e r a d o r e s determinam-se quais campos de cadastros e configurações os mesmos poderão alterar. Para configurar clique na barra de menus no item Operadores>Operadores do Sistema. 16

18 Controladora IP-WIDE 2 Portas Zonas de Tempo Para criar uma nova Tabela de Horário e impor restrições de acesso por horário aos seus usuários, clique na barra de menus, no item Cadastro>Zona de Tempo> Tabelas de Horários. Por padrão de fábrica, o software já possui uma tabela de Horário (O Tempo Todo) cadastrada, a qual não possui restrições de tempo. Departamentos Esta função não é obrigatória para o cadastro de usuários no sistema, mas se houver necessidade, clique na barra de menus, no item Cadastro>Departamentos. 17

19 Controladora IP-WIDE 2 Portas Regras de Antipassback Um ponto rotulado como entrada só poderá ser acessado novamente se o usuário passar pelo ponto rotulado de saída dentro da Regra de Antipassback. Para cadastrar uma regra de Antipassback, clique na barra de menus, no item Cadastro>Regras de Antipassback e crie uma ou mais regras escolhendo os Pontos deacesso de Entrada e de Saída. Um Ponto de Acesso pode ser adicionado em apenas uma regra. Esta função não é obrigatória para o cadastro de usuários no sistema. Perfis de Acesso O perfil é de extrema importância para o cadastro de usuários, nele são inseridos os Pontos de Acesso e Regras de Antipassback.Para criar um Perfil de Acesso, clique na barra de menus no item Cadastro>Perfil de Acesso. 18

20 Controladora IP-WIDE 2 Portas Usuários Permite que todos os usuários possam ser cadastrados para o controle de acesso, bem como a adição de permissões garantidas pelos Perfis de Acesso. Para cadastrar um usuário, clique na barra de menus no item Cadastro> Usuários. Relatórios O Software Access Control gera sete tipos de Relatórios de Acessos: O Operador poderá utilizar os formatos que mais lhe forem úteis: - Por Intervalo de Datas; - Por Nome e Intervalo de Datas; - Por Ponto deacesso e Intervalo de Datas; - PorAção, Intervalo de Datas e Hora; - Por Visitantes por Intervalo de Datas; - Por Usuários Sob Antipassback; - Por Cartões Não Cadastrados. Para gerar relatórios clique na barra de menu no item Relatórios. 19

21 Controladora IP-WIDE 2 Portas Configurações da Controladora Id: É o nome de identificação da Controladora IP-WIDE 2 Portas na rede Ethernet com, no máximo, 15 (quinze) dígitos. (DE FÁBRICA IP-WIDE). Senha: É a senha de acesso da Controladora IP-WIDE 2 Portas, sendo que para acessá-la o usuário será sempre admin (com letras minúsculas) e a senha deverá ter, no máximo, 8 (oito) dígitos. (DE FÁBRICA admin). Modo de Operação: Determina como a Controladora IP-WIDE 2 Portas irá funcionar: off-line ou on-line. (DE FÁBRICA On-line). Off-line Neste modo de operação, a Controladora Wide IP-WIDE 2 Portas permitirá ou negará acessos baseados na última sincronização com o computador. On-line No modo de operação on-line, a Controladora Wide Duas Portas permitirá ou negará acessos de acordo com as informações contidas no banco de dados do computador. No entanto, caso a conexão de rede seja interrompida, a Controladora IP-WIDE 2 Portas passará automaticamente para o modo off-line até que a conexão de rede seja re-estabelecida. Somente On-line No modo de operação Somente On-line, a Controladora Wide Duas Portas permitirá ou negará acessos de acordo com as informações contidas no banco de dados do computador. Neste modo a Controladora Wide Duas Portas deixa de funcionar caso não haja conexão de rede. Antipassback: Proíbe a entrada ou saída sucessiva de um usuário por uma mesma porta. Com essa função ativada, para que um usuário entre novamente, ele precisará sair e vice-versa. Para isso é preciso criar uma Regra de Antipassback, indicando o ponto de acesso correspondente à entrada, assim como o ponto de acesso correspondente à saída. Esta função pode ser habilitada ou desabilitada individualmente pelo perfil do usuário. (DE FÁBRICA Desativado). Modo Gaiola: A Controladora IP-WIDE 2 Portas possui 2 entradas para sensores N.F., um para cada porta. Para acessar qualquer uma das portas, é necessário que ambas estejam fechadas. Se uma das portas estiver aberta, a outra porta não liberará o acesso mesmo com um cartão autorizado. (DE FÁBRICA Desativado). Modo Botoeira: A botoeira possui dois modos de funcionamento: Usuário e Automático. No modo Usuário, a botoeira é controlada pelo Perfil de Acesso. Já no modo Automático, a botoeira abrirá a porta independente do Perfil de Acesso. (DE FÁBRICA automático). Tempo Mínimo entre Leituras: O tempo de leitura entre um cartão e outro pode ser regulado variando de 0 (zero) a 255 segundos. (DE FÁBRICA 001 segundo).. Tempo do Relé da Porta 1: É o tempo que o relé 1 ficará ativo após o leitor 1 realizar a leitura de um cartão autorizado. Esse tempo varia de 001 a 255 segundos. Se o tempo for programado para 000 segundo, o relé funcionará como uma chave com retenção, sendo que um comando o ativará e outro comando o desativará. (DE FÁBRICA 001 segundo). Tempo deabertura de Porta 1: É o tempo em que a porta 1 pode ser aberta sem o acionamento do alarme de Arrombamento. Esse tempo varia de 001 a 255 segundos. (DE FÁBRICA 005 segundos). Tempo do Relé da Porta 2: É o tempo que o relé 2 ficará ativo após o leitor 2 realizar a leitura de um cartão autorizado. Esse tempo varia de 001 a 255 segundos. Se o tempo for programado para 000 segundo, o relé funcionará como uma chave com retenção, sendo que um comando o ativará e o outro comando o desativará. (DE FÁBRICA 001 segundo). 20

22 Controladora IP-WIDE 2 Portas Configurações da Controladora Tempo deabertura de Porta 2: É o tempo em que a porta 2 pode ser aberta sem o acionamento do alarme de Arrombamento. Esse tempo varia de 001 a 255 segundos. (DE FÁBRICA 005 segundos). Tempo de Alarme: É o tempo que o relé 3 (relé de alarme) ficará ativo após alguma porta (programada) ter a abertura forçada. Essa função tem que ser habilitada no item Modo de Operação do Sensor 1 ou Sensor 2 e esse tempo varia de 001 a 255 segundos. (DE FÁBRICA 010 segundos). Tempo de Porta Aberta: É o tempo programado para acionar o relé 3 (relé de alarme), caso a porta for deixada aberta. Esta função tem que ser habilitada no item Modo de Operação do Sensor 1 ou Sensor 2 e esse tempo varia de 001 a 255 segundos. (DE FÁBRICA 030 segundos). Duração de Porta Aberta: É o tempo que o relé 3 (relé de alarme) ficará ativo após alguma porta (programada) estar aberta por um tempo igual ao determinado no item Tempo de Porta Aberta. Esta função tem que ser habilitada no item Modo de Operação do Sensor 1 ou Sensor 2 e esse tempo varia de 001 a 255 segundos.(de FÁBRICA 030 segundos). Modo de Operação dos Sensores: Na Controladora Wide Duas Portas existem duas entradas para sensores N.F. (Sensor 1 e Sensor 2). O Sensor 1 está interligado ao Leitor 1 e ao Relé 1 (Porta 1). O sensor 2 está interligado ao Leitor 2 e ao Relé 2 (Porta 2). Existem três modos de operação diferentes para cada Sensor. Modo de Operação do Sensor 1: (DE FÁBRICA Todos desativados) Wiegand: Neste modo, o Leitor 1 somente conseguirá validar uma leitura de cartão se o Sensor 1 estiver fechado (porta 1 fechada). Caso contrário, ele irá ler o cartão, mas a Controladora IP-WIDE 2 Portas não validará a leitura. Alarme: O Relé 3 (relé de alarme) ativará sempre que o Sensor 1 (Porta 1) sofrer uma abertura forçada e voltará ao repouso após transcorrer o Tempo de Alarme. Porta Aberta: O Relé 3 (relé de alarme) ativará sempre que o Sensor 1 (Porta 1) ficar aberto pelo tempo programado em Tempo de Porta Aberta e voltará ao repouso após transcorrer o Tempo de Porta Aberta ou quando a porta 1 for fechada. Modo de Operação do Sensor 2: (DE FÁBRICA Todos desativados) Wiegand: Neste modo, o Leitor 2 somente conseguirá validar uma leitura de cartão se o Sensor 2 estiver fechado (porta 2 fechada). Caso contrário, ele irá ler o cartão, mas a Controladora Wide Duas Portas não validará a leitura. Alarme: O Relé 3 (relé de alarme) ativará sempre que o Sensor 2 (Porta 2) sofrer uma abertura forçada e voltará ao repouso após transcorrer o Tempo de Alarme. Porta Aberta: O Relé 3 (relé de alarme) ativará sempre que o Sensor 2 (Porta 2) ficar aberto pelo tempo programado em Tempo de Porta Aberta e voltará ao repouso após transcorrer o Tempo de Porta Aberta ou quando a porta 2 for fechada. 21

23 Controladora IP-WIDE 2 Portas Configurações da Controladora Configurações de Rede DHCP: Ativa o DHCP da Controladora IP-Wide 2 Portas. (DE FÁBRICA Desativado). IP: Configura o IP que a Controladora IP-Wide 2 Portas utilizará. (DE FÁBRICA ). Máscara: Configura a Máscara de rede que a Controladora IP-Wide ). 2 Portas utilizará. (DE FÁBRICA Gateway: Configura o Gateway da rede local. (DE FÁBRICA ). DNS Primário: Configura o DNS Primário da rede local. (DE FÁBRICA ). DNS Secundário: Configura o DNS Secundário da rede local. (DE FÁBRICA ). Endereço MAC: Gerado internamente. 22

24 Leitor RFID Passivo 900 MHz Com tecnologia de primeiro mundo, esse Leitor vem revolucionar o conceito de acesso controlado de veículos. Com um alcance de leitura de 4 metros, e sua alta confiabilidade, se tornou indispensável para condomínios e empresas com grande número de veículos. Distância de Leitura A distância de leitura do Leitor RFID Passivo 900 MHz é de 4 metros, sendo que o campo de detecção do Leitor RFID Passivo 900 MHz é direcional, perpendicular à sua face. Importante: Em aplicações em que houver mais um de Leitor RFID Passivo 900MHz, deve-se direcionar os mesmos, de modo que os campos de leitura não se sobreponham. Indicação Sonora de Leitura O Leitor RFID Passivo 900 MHz emite uma sequência de bips, sempre que um Cartão RFID Passivo 900 MHz entrar em seu campo de leitura. 23

25 Leitor RFID Passivo 900 MHz Recomendação para Instalação É apropriado para uso externo, sendo fabricado com material resistente à chuva. Características Técnicas Alimentação 12Vdc/2,6A (Fonte que acompanha o produto) Frequencia MHz (Ajustável) Consumo de energia Menor que 10 Watts Potência do Leitor Máxima de 30 dbm (Ajustável) Polarização do Leitor 7dBI horizontal Temperatura de Trabalho -30 C à 75 C Ângulo de Leitura 60 Distância de Leitura 4 metros Protocolo de Comunicação Wiegand 26/34, RS232/RS485 (Max bps) Dimensões 230x230x58 [mm] Conexão com a Controladora Para conectar o Leitor RFID Passivo 900 MHz na controladora deve-se obedecer a seguinte sequência: Fios do Leitor RFID Passivo 900 MHz Bornes da Controladora IP -WIDE Verde Data 0 Branco Data 1 Preto GND Controladora e Negativo Fonte Vermelho Positivo Fonte Fios do Leitor RFID Passivo 900 MHz Descrição Vermelho +12Vdc Verde Data 0 ou 485+ Branco Data 1 ou Cinza Trigger Preto GND Marrom 232RXD Amarelo 232TXD Azul GND 24

26 Leitor RFID Passivo 900 MHz Importante - Apesar do Leitor RFID Passivo 900 MHz utilizar uma fonte de alimentação independente da Controladora IP-WIDE, é necessário ligar o Fio Preto do Leitor RFID Passivo 900 MHz no Borne GND da Controladora IP- WIDE, para unir os Terras. - Os demais Fios do Leitor RFID Passivo 900 MHz não são conectados na Controladora IP-WIDE, e somente são utilizados para configuração do Leitor RFID Passivo 900 MHZ. Configurações do Leitor RFID Passivo 900 MHZ Para configuração do Leitor RFID Passivo 900 MHz, existe um Software específico que pode ser encontrado no site Através desse Software é possível ajustar várias características do Leitor, destacando-se: - Potência de leitura; - Intervalo entre leituras; - Frequência de trabalho; - Protocolo de comunicação. Acessórios que Acompanham este Produto Suporte de Fixação Cabo para Fonte de Alimentação Cabo de Comunicação Serial 25

27 Suporte para Leitor RFID Passivo 900 MHz Feito com material resistente, e de fácil instalação. Esse suporte é adaptável a vários tipos e garagens e estacionamentos. Cartão RFID Passivo 900 MHz Cartão sem bateria, com alto desempenho e sistema anti-clonagem. Possibilidade de Adicionar Imagens Neste Cartão é possível estampar imagens dos usuários, seus dados pessoais, além de logomarcas. Recomendações para Utilização: - Para uso em veículos o Cartão RFID 900 MHz deverá ser utilizado sempre dentro do Suporte Automotivo. - Para utilização do Cartão RFID 900 MHz segurando-o com as mãos, deve se ter cuidado, segurá-lo apenas pelas bordas, evitando que os dedos cubram sua face. 26

28 Suporte Automotivo Suporte adaptável a qualquer tipo de pára-brisas. Posições para Instalação no Veículo 8 cm 6 cm A B C D E F A, B, C, D, E, F Cartão RFID 900MHz Posições indicadas para fixação no pára-brisas do veículo 27

29 Leitor de Cartão de Proximidade RFID 125 khz Esses leitores são ideais para acesso de pedestres a condomínios, salas restritas, etc. Por ser de Proximidade, não há necessidade de contato entre o Cartão e o Leitor, o que aumenta sua vida útil. Características Técnicas ITEM Alimentação Protocolo Distância de Leitura Dimensões Temperatura Sinalização Tipo de Cartão Teclado ESPECIFICAÇÃO 12Vdc ± 10%; corrente < 0,1A Wiegand 26 bits 10 centímetros 118mm x 78mm x 25mm -20ºC à 60ºC Audiovisual EM ou EM compatível 12 dígitos Importante O leitor de Cartão de Proximidade RFID 125 khz é alimentado pela própria Controladora IP-WIDE. Distância de Leitura Adistância máxima de leitura é de 10 cm. Indicação Audiovisual de Leitura Diagrama de Instalação FIO Vermelho Preto Verde Branco Azul Amarelo Marrom Cinza FUNÇÃO +12Vdc GND D0 - Wiegand 0 D1 - Wiegand 1 Led Verde - Ativa em GND Buzzer - Ativa em GND Botão - Contato N/A Botão - Contato N/A Sempre que ler um cartão compatível, o Leitor de Cartão de Proximidade RFID 125 khz emite um bip e altera instantaneamente a cor do Led de Vermelho para Azul. Tecla para Acionamentos Diversos O Leitor de Cartão de Proximidade RFID 125 khz possui uma tecla adicional com contato NA. Destinada para acionamentos diversos, como campainha, etc. Recomendação para Instalação É apropriado para uso interno, para uso externo deve ser protegido de chuva. 28

Controle de Acesso. Erika Araujo Analista de Sistemas

Controle de Acesso. Erika Araujo Analista de Sistemas Controle de Acesso Erika Araujo Analista de Sistemas VIDEO INSTITUCIONAL 9 Lojas em Minas 17 anos Treinamento Controle de Acesso Prédios Treinamento Controle de Acesso 7 Condomínios - Controle fluxo de

Leia mais

Controladora Biométrica Bio SA

Controladora Biométrica Bio SA Manual do usuário Controladora Biométrica Bio SA 1 2 Manual do usuário Parabéns, você acaba de adquirir um produto desenvolvido com qualidade e segurança Citrox. Este manual foi desenvolvido para ser uma

Leia mais

Índice. Para maiores informações acesse www.citrox.com.br - Rev.: 2.1

Índice. Para maiores informações acesse www.citrox.com.br - Rev.: 2.1 1 Índice 1. Introdução... 3 2. Apresentação... 3 3. Instalação Física... 4 4. Conceitos Básicos... 4 5. Configurações da Controladora IP Wide... 4 5.1. Conexão da Controladora IP Wide... 4 5.2. Configurações

Leia mais

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Manual do equipamento Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. +55 41 3661-0100 Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis - Pinhais/PR - Brasil CEP: 83322-010 CNPJ: 01.245.055/0001-24 Inscrição

Leia mais

Av. Francisco Andrade Ribeiro 543 - Bloco 13 - Centro Santa Rita do Sapucaí- MG CEP: 37.540-000 Tel: (35) 3471-0895

Av. Francisco Andrade Ribeiro 543 - Bloco 13 - Centro Santa Rita do Sapucaí- MG CEP: 37.540-000 Tel: (35) 3471-0895 Grupo Giga Av. Francisco Andrade Ribeiro 543 - Bloco 13 - Centro Santa Rita do Sapucaí- MG CEP: 37.540-000 Tel: (35) 3471-0895 http:// Manual do Usuário NibProx Prime Função Comando 4-2 (Habilitar / desabilitar

Leia mais

Manual. ID REP Config Versão 1.0

Manual. ID REP Config Versão 1.0 Manual ID REP Config Versão 1.0 Sumário 1. Introdução... 3 2. Pré-Requisitos... 3 3. Instalação do ID REP Config... 4 4. Visão Geral do Programa... 8 4.1. Tela Principal... 8 4.2. Tela de Pesquisa... 12

Leia mais

Leitor MaxProx-Lista-PC

Leitor MaxProx-Lista-PC Leitor MaxProx-Lista-PC O leitor de cartões de proximidade MaxProx-Lista-PC é destinado aos Integradores de Controle de Acesso. Ele foi especialmente projetado para controle de acesso, para ser usado Stand

Leia mais

http://www.nibtec.com.br Manual do Usuário NibProx Light

http://www.nibtec.com.br Manual do Usuário NibProx Light http:// Manual do Usuário NibProx Light INTRODUÇÃO Independente do porte de sua empresa, residência ou condomínio, os controladores de acesso NibAccess atendem na medida certa. Compactos e com design arrojado,

Leia mais

Características... 3. Identificando a placa... 3. Esquema de ligação... 3. Parâmetros programados no painel de alarme... 4

Características... 3. Identificando a placa... 3. Esquema de ligação... 3. Parâmetros programados no painel de alarme... 4 P18640 - Rev. 0 Índice Características... 3 Identificando a placa... 3 Esquema de ligação... 3 Parâmetros programados no painel de alarme... 4 Instalação do software programador... 4 Instalação do cabo

Leia mais

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Índice 1 Introdução... 4 Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Verificação dos itens recebidos... 6 Painel Frontal... 7 Painel Traseiro... 8 3 Conectando o

Leia mais

DataQuest. Soluções para Controle de Acesso. DataMini. Manual Técnico Software Ver. 1.0

DataQuest. Soluções para Controle de Acesso. DataMini. Manual Técnico Software Ver. 1.0 DataQuest Soluções para Controle de Acesso DataMini Manual Técnico Software Ver. 1.0 DataQuest DataQuest Comércio e Consultoria Ltda. Av. Dr. Guilherme Dumont Villares, n 1050 Sala 11 Vila Suzana - São

Leia mais

Manual de utilização do módulo NSE METH 3E4RL

Manual de utilização do módulo NSE METH 3E4RL INSTALAÇÃO 1 - Baixe o arquivo Software Configurador Ethernet disponível para download em www.nse.com.br/downloads-manuais e descompacte-o em qualquer pasta de sua preferência. 2 - Conecte a fonte 12Vcc/1A

Leia mais

Manual de utilização do módulo NSE METH-8RL/Exp

Manual de utilização do módulo NSE METH-8RL/Exp INSTALAÇÃO 1 - Baixe o arquivo Software Configurador Ethernet disponível para download em www.nse.com.br/downloads-manuais e descompacte-o em qualquer pasta de sua preferência. 2 - Conecte a fonte 12Vcc/1A

Leia mais

Comm5 Tecnologia Manual de utilização da família MI. Manual de Utilização. Família MI

Comm5 Tecnologia Manual de utilização da família MI. Manual de Utilização. Família MI Manual de Utilização Família MI ÍNDICE 1.0 COMO LIGAR O MÓDULO... pág 03 e 04 2.0 OBJETIVO... pág 05 3.0 COMO CONFIGURAR O MÓDULO MI... pág 06, 07, 08 e 09 4.0 COMO TESTAR A REDE... pág 10 5.0 COMO CONFIGURAR

Leia mais

ST 160 ST 160 0 # Manual de Referência e Instalação

ST 160 ST 160 0 # Manual de Referência e Instalação ST 160 ST 160 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 # Manual de Referência e Instalação Descrições 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 # 3 2 Número Descrição 1 Indicador de modo 2 Antena 3 Matriz do Teclado 4 Parafuso Especificações

Leia mais

Central de Alarme de Oito Zonas

Central de Alarme de Oito Zonas Central de Alarme de Oito Zonas R02 ÍNDICE CARACTERÍSTICAS GERAIS:... 3 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS:... 3 CONHECENDO A CENTRAL:... 4 COMO A CENTRAL FUNCIONA:... 4 COMO APAGAR A MEMÓRIA DA CENTRAL:... 4 COMO

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 SÃO CAETANO DO SUL 06/06/2014 SUMÁRIO Descrição do Produto... 3 Características... 3 Configuração USB... 4 Configuração... 5 Página

Leia mais

AEC Access Easy Controller. Guia de Referência

AEC Access Easy Controller. Guia de Referência AEC Access Easy Controller Guia de Referência Índice 3 1. AEC - Vista Geral do Sistema 4 2. AEC - Componentes Principais 6 3. AEC - Configuração 7 4. AEC - Benefícios 8 5. AEC - Como encomendar? 10 6.

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

Manual. ID REP Config Versão 1.0

Manual. ID REP Config Versão 1.0 Manual ID REP Config Versão 1.0 Sumário 1. Introdução... 3 2. Pré-Requisitos... 3 2.1. Atualização... 3 3. Instalação do ID REP Config... 4 4. Visão Geral do Programa... 6 4.1. Tela Principal... 6 4.2.

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA CÓD.:682-0

GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA CÓD.:682-0 WPS Roteador Wireless 300N GWA-101 5dBi Bi-Volt GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA CÓD.:682-0 Roteador Wireless 300Mbps Guia de Instalação Rápida REV. 2.0 1. Introdução: O Roteador Wireless 300Mbps, modelo 682-0

Leia mais

Duas capacidades de armazenamento de digitais: 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais (opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais: 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais (opcional); Características Possui estrutura com design moderno e LEDs que indicam a confirmação de registros; Os dados são gravados em um cartucho USB. Este modo de gravação oferece total proteção contra a perda

Leia mais

CONTATTO MANUAL DE INSTRUÇÕES

CONTATTO MANUAL DE INSTRUÇÕES 0800 550 250 www.ppa.com.br CONTATTO MANUAL DE INSTRUÇÕES MOTOPPAR INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE AUTOMATIZADORES LTDA. Av. Dr. Labieno da Costa Machado, 3526 - Distrito Industrial CEP 17400-000 - Garça - SP

Leia mais

Portaria Express 3.0

Portaria Express 3.0 Portaria Express 3.0 A portaria do seu condomínio mais segura e eficiente. Com a preocupação cada vez mais necessária de segurança nos condomínio e empresas, investe-se muito em segurança. Câmeras, cercas,

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada AP4/AP4 D

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada AP4/AP4 D MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Central de Alarme Particionada AP/AP D Índice 1.Apresentação... 2.Características... 3.Características Técnicas... 5.Status de Bips... 5 5.Status dos Led s... 5 6.Conhecendo

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO PÉGASUS (ETHERNET) STUDIO V2.02 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Rua Coronel Botelho, 64 - Alto da Lapa - CEP: 05088-020 São Paulo - SP - Brasil +55 (11) 3832-6102 PÉGASUS (ETHERNET) STUDIO V2.02 - MANUAL

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL CARACTERÍSTICAS BÁSICAS 8 Zonas programáveis sendo 4 mistas, ou seja, com fio e sem fio e 4 com fio; 1 senha mestre; 1 senha de usuário; Entrada para teclado

Leia mais

TopPendrive Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 1 -

TopPendrive Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 1 - TopPendrive Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 1 - Índice Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 2 - ÍNDICE 1 APRESENTAÇÃO... 3 1.1 ACESSÓRIOS

Leia mais

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais opcional); Características Possui estrutura com design moderno e LEDs que indicam a confirmação de registros; Exclusivo sistema de hibernação quando o equipamento encontra-se sem energia vinda da rede elétrica, o

Leia mais

Software RedeMB5 Manual do Usuário (Ver. 2)

Software RedeMB5 Manual do Usuário (Ver. 2) Manual do Usuário (Ver. 2) 1. Introdução O software RedeMB5 é uma ferramenta que permite monitorar em tempo real 247 medidores de energia ou multitransdutores digitais KRON em uma rede padrão RS-485 com

Leia mais

Manual. Rev 2 - junho/07

Manual. Rev 2 - junho/07 Manual 1.Desbloquear o software ------------------------------------------------------------------02 2.Botões do programa- --------------------------------------------------------------------- 02 3. Configurações

Leia mais

Controle de acesso FINGER

Controle de acesso FINGER Controle de acesso FINGER MANUAL DE INSTRUÇÕES Sobre esse Guia Esse guia fornece somente instruções de instalação. Para obter informações sobre instruções de uso, favor ler o Manual do usuário.. ÍNDICE

Leia mais

Soluções em CFTV e Controle Acesso. Manual do usuário. Software Access Control WEB

Soluções em CFTV e Controle Acesso. Manual do usuário. Software Access Control WEB Manual do usuário 1 Manual do usuário Instalação 3 Login 5 Elementos da interface 6 Menu de opções 7 Menu de atalhos 8 Logs 9 Úl mos acessos 9 Abrir porta pelo so ware 9 Alertas 9 Cadastrando uma controladora

Leia mais

Manual. Controle de motores via Bluetooth. William Trevine

Manual. Controle de motores via Bluetooth. William Trevine A Manual Controle de motores via Bluetooth 1 William Trevine Sumário 1 Introdução... 4 2 Características... 5 3 Instalação... 6 3.1 Alimentação... 7 3.2 Motores... 8 3.3 Liga e desliga... 9 3.4 Saídas

Leia mais

Stratus. Stratus. Floorplan Monitor

Stratus. Stratus. Floorplan Monitor Allied Allied Professional Professional Access Access Point Point Stratus Stratus Floorplan Monitor Manual de operação Release 0506.2014 Índice Alterar / Importar Plano de fundo... 13 Apresentação do Allied

Leia mais

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev P27070 - Rev. 0 1. RESTRIÇÕES DE FUNCIONAMENTO RECEPTOR IP ÍNDICE 1. Restrições de Funcionamento... 03 2. Receptor IP... 03 3. Inicialização do Software... 03 4. Aba Eventos... 04 4.1. Botão Contas...

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

SC-06 Controle de Acesso Stand-Alone Proximidade + Teclado. Manual de Instalação e Usuário

SC-06 Controle de Acesso Stand-Alone Proximidade + Teclado. Manual de Instalação e Usuário SC-06 Controle de Acesso Stand-Alone Proximidade + Teclado Manual de Instalação e Usuário 1. Introdução O SC-06 não é apenas um controlador comum integrando leitor de proximidade e teclado, mas sim um

Leia mais

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...8

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...8 1 ÍNDICE Apresentação...3 Vantagens...3 Instalação...4 Informações Técnicas...5 Especificações Técnicas......8 2 APRESENTAÇÃO: O SS100 é um rastreador desenvolvido com os mais rígidos padrões de qualidade

Leia mais

Câmera CFTV Digital Sem Fio

Câmera CFTV Digital Sem Fio Câmera CFTV Digital Sem Fio Manual do Usuário Você acaba de adquirir um produto Leadership, testado e aprovado por diversos consumidores em todo Brasil. Neste manual estão contidas todas as informações

Leia mais

MANUAL SENHA DIGITAL SUMÁRIO:

MANUAL SENHA DIGITAL SUMÁRIO: SUMÁRIO: APRESENTAÇÃO... 02 1- RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES... 02 2- DESEMBALANDO O CONTROLE DE ACESSO... 02 3- ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS... 02 4- COMO INSTALAR... 03 5- EXEMPLO DE POSICIONAMENTO DO CONTROLE

Leia mais

Guia de instalação UEG Linux 14.04 LTS

Guia de instalação UEG Linux 14.04 LTS 1. Apresentação O UEG Linux 14.04 LTS é um sistema operacional baseado em Linux e derivado do Ubuntu, customizado pela Gerência de Núcleo de Inovação Tecnológica da Universidade Estadual de Goiás para

Leia mais

Manual do Usuário Mundi 1000. Sumário

Manual do Usuário Mundi 1000. Sumário Sumário 1.Instalação...2 2.Estrutura do menu...5 3.Operações básicas:...5 3.1.Cadastramento de usuário:...5 3.1.1.Reg RFID...5 3.1.2.Cadastrar Senha...7 3.1.3.Reg RFID e Senha...8 3.2.Exclusão de usuário...9

Leia mais

Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Versão 3.6

Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Versão 3.6 Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro Versão 3.6 O Gerenciador é um Software para ambiente Windows que trabalha em conjunto com o Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro, através de

Leia mais

GerSAT Manual de Usuário

GerSAT Manual de Usuário GerSAT Manual de Usuário Manual do Usuário Ver. 1.1 Junho 2015 Informações importantes Antes de utilizar o equipamento, pedimos para que leia e siga todas as instruções descritas neste manual, pois a utilização

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Gerenciamento. Controlador de Fator de Potência. Self Control

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Gerenciamento. Controlador de Fator de Potência. Self Control MANUAL DO USUÁRIO Software de Gerenciamento Controlador de Fator de Potência Self Control ÍNDICE 1.0 INTRODUÇÃO 4 1.1 Aplicações 4 2.0 CARACTERÍSTICAS 4 2.1 Compatibilidade 4 3.0 INSTALAÇÃO 4 4.0 INICIALIZAÇÃO

Leia mais

Guia DIE-100 para ADSL e sistema operacional Windows 98

Guia DIE-100 para ADSL e sistema operacional Windows 98 Guia DIE-100 para ADSL e sistema operacional Windows 98 O Express First Net Internet Kit da D-Link permitirá que você conecte seu escritório com o mundo, compartilhe o acesso à Internet com grande velocidade

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado

Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Sistema Operacional Unidade 4.2 - Instalando o Ubuntu Virtualizado Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 CRIAÇÃO DA MÁQUINA VIRTUAL... 3 Mas o que é virtualização?... 3 Instalando o VirtualBox...

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO ETHERNET BOX MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO E.P.M. Tecnologia e Equipamentos Ltda. Av. Comendador Gumercindo Barranqueiros, 285 Jardim Samambaia - Jundiaí SP CEP: 13211-410 Telefone (0xx11) 4582-5533

Leia mais

MANUAL CATRACAS GUIA DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO MANUAL CATRACAS GUIA DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO

MANUAL CATRACAS GUIA DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO MANUAL CATRACAS GUIA DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO MANUAL CATRACAS GUIA DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO MANUAL CATRACAS GUIA DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO APRESENTAÇÃO Parabéns! Você acaba de adquirir um produto Citrox. Desenvolvido com a mais avançada tecnologia

Leia mais

Manual do Aplicativo de Configurações

Manual do Aplicativo de Configurações Registrador Eletrônico de Ponto Manual do Aplicativo de Configurações Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis Código Postal 83.322-010 Pinhais - Paraná

Leia mais

MANUAL CFTV DIGITAL - LINHA LIGHT 16 CANAIS 120 FPS / VID 120-LI CONFIGURAÇÃO DO COMPUTADOR 16 Canais - 120 FPS Processador Dual Core 2.0GHZ ou superior; Placa Mãe Intel ou Gigabyte com chipset Intel;

Leia mais

PROGRAMANDO TCP/IP NX-590E

PROGRAMANDO TCP/IP NX-590E Descrição dos Leds PROGRAMANDO TCP/IP NX-590E O módulo de Internet tem cinco LEDs (5) vermelhas ao longo da frente do bordo e mais dois no módulo SIM. Esses LEDs fornecem valiosas informações sobre o estado

Leia mais

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário Índice 1. Introdução...3 2. Requisitos Mínimos de Instalação...3 3. Instalação...3 4. Inicialização do Programa...5 5. Abas de Configuração...6 5.1 Aba Serial...6 5.2 Aba TCP...7 5.2.1 Opções Cliente /

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

CDE4000 MANUAL 1. INTRODUÇÃO 2. SOFTWARE DE CONFIGURAÇÃO 3. COMUNICAÇÃO

CDE4000 MANUAL 1. INTRODUÇÃO 2. SOFTWARE DE CONFIGURAÇÃO 3. COMUNICAÇÃO CDE4000 MANUAL 1. INTRODUÇÃO O controlador CDE4000 é um equipamento para controle de demanda e fator de potência. Este controle é feito em sincronismo com a medição da concessionária, através dos dados

Leia mais

Data Autor Descrição Revisão Configuração HX600 via GPRS 1.0

Data Autor Descrição Revisão Configuração HX600 via GPRS 1.0 Data Autor Descrição Revisão 06/05/2009 Barbarini Configuração HX600 via GPRS 1.0 Page 1 / 13 Procedimento de Instalação 1 O módulo deverá ser fixado próximo ao medidor. Para alimentá-lo é necessária uma

Leia mais

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Discadora por Celular HERA HR2048.

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Discadora por Celular HERA HR2048. Discadora por Celular HERA HR2048 Manual do Usuário Índice: Paginas: 1. Introdução 03 1.1 Visão Geral 03 2. Características 04 3. Funcionamento 04, 05 e 06 3.1 Mensagens 06 e 07 4. Instalação da Discadora

Leia mais

GPRS Universal. Manual do Instalador. C209994 - Rev 0

GPRS Universal. Manual do Instalador. C209994 - Rev 0 GPRS Universal Manual do Instalador C209994 - Rev 0 » Introdução: Antes da instalação deste produto, recomendamos a leitura deste manual, que contém todas as informações necessárias para a correta instalação

Leia mais

INFORMATIVO DE PRODUTO

INFORMATIVO DE PRODUTO Temporizador Automático / Relógio Programador de Horário Para Acionamento Automático de Sirenes e Outros Equipamentos Código: AFKITPROG 2 O REGISTRADOR ELETRÔNICO DE PONTO REP O Relógio Acionador Automático

Leia mais

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 (opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 (opcional); Características Fabricada em aço-carbono, com pintura em epóxi preto; Tratamento anticorrosivo; Acabamento em aço inox; Fechadura para acesso aos componentes eletrônicos; Iluminação frontal, com chave

Leia mais

idaccess Controlador de Acesso Multifuncional Apostila de treinamento

idaccess Controlador de Acesso Multifuncional Apostila de treinamento idaccess Controlador de Acesso Multifuncional Apostila de treinamento Esta apostila é fornecida da forma como está e as informações nela contidas estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. As imagens

Leia mais

Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010.

Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010. Manual de Configuração Este documento consiste em 48 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Janeiro de 2010. Impresso no Brasil. Sujeito a alterações técnicas. A reprodução

Leia mais

Manual do usuário. Mobile Client

Manual do usuário. Mobile Client Manual do usuário Mobile Client Mobile Client Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para a sua instalação e operação e traz

Leia mais

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client?

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Assim que abrir o DVR Client, no canto superior direito há um grupo de opções denominado Login, preencha de acordo

Leia mais

W-R1000nL Guia de instalação

W-R1000nL Guia de instalação W-R1000nL Guia de instalação 1 Sumário Configurando seu Computador...3 Configuração de Roteamento...4 Configurando repetição de sinal...8 2 Configurando seu Computador Esta configuração pode variar dependendo

Leia mais

Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0

Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0 Manual de instalação Priority HIPATH 1100 versão 7.0 2014 Innova Soluções Tecnológicas Este documento contém 28 páginas. Elaborado por: Innova Tecnologia de Soluções. Liberado em Novembro de 2014. Impresso

Leia mais

CONTROLE DE ACESSO Modelo PP-360/N

CONTROLE DE ACESSO Modelo PP-360/N CONTROLE DE ACESSO Modelo PP-360/N Imagem Ilustrativa Características: 1. Leitura de 125 khz do cartão de proximidade com o EM chip acoplado internamente para o modelo padrão. 2. Os parâmetros do sistema

Leia mais

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM...

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM... 1 de 30 INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 3.1. ONDE SE DEVE INSTALAR O SERVIDOR BAM?... 4 3.2. ONDE SE DEVE INSTALAR O PROGRAMADOR REMOTO BAM?... 4 3.3. COMO FAZER

Leia mais

Manual da Placa de Interface e Acionamento. SnowFlakes 4S

Manual da Placa de Interface e Acionamento. SnowFlakes 4S Manual da Placa de Interface e Acionamento SnowFlakes 4S Introdução O SnowFlakes é uma placa eletrônica Open Source desenvolvida com o controlador programável Tibbo AKTEM-203, vendido no e-commerce do

Leia mais

Aplicativo para configuração da interface de celular ITC 4000

Aplicativo para configuração da interface de celular ITC 4000 MANUAL DO USUÁRIO Aplicativo para configuração da interface de celular ITC 4000 Este aplicativo roda em plataforma Windows e comunica-se com a ITC 4000 via conexão USB. Através do ITC 4000 Manager, o usuário

Leia mais

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 1-13

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 1-13 1-13 INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Módulo de Acesso com Teclado 1. Manual do Usuário. Apresentação Instalação Codificação dos Receptores Programações Operações

Módulo de Acesso com Teclado 1. Manual do Usuário. Apresentação Instalação Codificação dos Receptores Programações Operações Módulo de Acesso com Teclado 1 Manual do Usuário Apresentação Instalação Codificação dos Receptores Programações Operações 2 Manual do Usuário Módulo de Acesso com Teclado 3 ÍNDICE CAPÍTULO I - APRESENTAÇÃO...07

Leia mais

Motorola Phone Tools. Início Rápido

Motorola Phone Tools. Início Rápido Motorola Phone Tools Início Rápido Conteúdo Requisitos mínimos... 2 Antes da instalação Motorola Phone Tools... 3 Instalar Motorola Phone Tools... 4 Instalação e configuração do dispositivo móvel... 5

Leia mais

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 A partir da versão 9.0 (BETA 3) do Software HCS 2010 é possível monitorar e gerenciar as biometrias

Leia mais

Manual do Data Logger Perceptec DL12 One Way. Descartável

Manual do Data Logger Perceptec DL12 One Way. Descartável Manual do Data Logger Perceptec DL12 One Way Descartável Conteúdo: 1 - Apresentação 2 - Características 3 - Instalação do sistema 4 - Funcionamento 5 - Especificações 6 - Certificado de Garantia 7 - Certificado

Leia mais

Interface Ethernet SIEMENS 828D T60542A

Interface Ethernet SIEMENS 828D T60542A Interface Ethernet SIEMENS 828D T60542A ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. INSTALAÇÃO... 3 2.1 CNC...3 2.1.1. Configuração...3 2.2 PC...6 2.2.1 Configurar a rede Microsoft...6 2.2.2. Inibir o Firewall da rede

Leia mais

Conect. Senha. Manual de Instalação Controle de Acesso C203702R3

Conect. Senha. Manual de Instalação Controle de Acesso C203702R3 Conect Senha C203702R3 Manual de Instalação Controle de Acesso : 1 - Antes de Começar...01 2 - Características Gerais... 02 3 - O Teclado... 03 4 - Instalação... 04 5 - Sinalização Audível... 05 6 - Sinalização

Leia mais

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB.

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-300U deve ser conectado via cabo

Leia mais

Guia do usuário ITC MANAGER

Guia do usuário ITC MANAGER Guia do usuário ITC MANAGER ITC MANAGER Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este aplicativo roda em plataforma Windows e comunica-se com a ITC 4000i/ ITC

Leia mais

Guia DIE-100 para Cable Modem e sistema operacional Windows XP

Guia DIE-100 para Cable Modem e sistema operacional Windows XP Guia DIE-100 para Cable Modem e sistema operacional Windows XP O Express First Net Internet Kit da D-Link permitirá que você conecte seu escritório com o mundo, compartilhe o acesso à Internet com grande

Leia mais

Indice. Indice.1. 6.1- Reprodução Local...18. 6.2- Reprodução Remota...19

Indice. Indice.1. 6.1- Reprodução Local...18. 6.2- Reprodução Remota...19 Indice Indice.1 1. Introdução...2 1.1. Ambiente de Operação...2 1.2. Instruções de Instalação...2 2. Instalação e desinstalação...3 2.1. Instalação...3 2.2. Desinstalação...4 2.3. Reparo...5 3. Operação

Leia mais

Manual de Instalação... 2 RECURSOS DESTE RELÓGIO... 3 1 - REGISTRANDO O ACESSO... 4 1.1 Acesso através de cartão de código de barras:...

Manual de Instalação... 2 RECURSOS DESTE RELÓGIO... 3 1 - REGISTRANDO O ACESSO... 4 1.1 Acesso através de cartão de código de barras:... 0 Conteúdo Manual de Instalação... 2 RECURSOS DESTE RELÓGIO... 3 1 - REGISTRANDO O ACESSO... 4 1.1 Acesso através de cartão de código de barras:... 4 1.2 Acesso através do teclado (digitando a matrícula):...

Leia mais

Acionamento através de senha*, cartão de proximidade ou biometria. Compatível com fechaduras magnéticas, eletroímãs e cancelas.

Acionamento através de senha*, cartão de proximidade ou biometria. Compatível com fechaduras magnéticas, eletroímãs e cancelas. 1/8 SISTEMA ZIGLOCK TCP Visão Geral: Instalação e configuração simplificada. Alta capacidade de armazenamento de registros e usuários. Acionamento através de senha*, cartão de proximidade ou biometria.

Leia mais

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...9

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...9 1 ÍNDICE Apresentação...3 Vantagens...3 Instalação...4 Informações Técnicas...5 Especificações Técnicas...9 2 APRESENTAÇÃO: O SS100 Moto é um rastreador exclusivo para Motos desenvolvido com os mais rígidos

Leia mais

GABARITO - B. manuel@carioca.br

GABARITO - B. manuel@carioca.br NOÇÕES DE INFORMÁTICA EDITORA FERREIRA PROVA MPRJ -TÉCNICO ADMINISTRATIVO - TADM NCE-UFRJ CORREÇÃO - GABARITO COMENTADO Considere que as questões a seguir referem-se a computadores com uma instalação padrão

Leia mais

Procedimento de configuração para usuários VONO

Procedimento de configuração para usuários VONO Adaptador de telefone analógico ZOOM Procedimento de configuração para usuários VONO Modelos 580x pré configurados para VONO 1 - Introdução Conteúdo da Embalagem (ATENÇÃO: UTILIZE APENAS ACESSÓRIOS ORIGINAIS):

Leia mais

BuscaPreço Gertec V3.0

BuscaPreço Gertec V3.0 BuscaPreço Gertec V3.0 Gertec Telecomunicações Ltda. Manual do Usuário 1 DESCRIÇÃO... 3 RECONHECENDO O TERMINAL... 4 INSTALAÇÃO DO TERMINAL... 5 CONFIGURAÇÃO DO TERMINAL... 5 CONFIGURANDO PELO TECLADO...

Leia mais

Manual de Instalação. GPRS Universal

Manual de Instalação. GPRS Universal Manual de Instalação GPRS Universal INTRODUÇÃO O módulo GPRS Universal Pináculo é um conversor de comunicação que se conecta a qualquer painel de alarme monitorado que utilize o protocolo de comunicação

Leia mais

Manual do usuário Vídeo Porteiro Sem Fio VPV-800

Manual do usuário Vídeo Porteiro Sem Fio VPV-800 Manual do usuário Vídeo Porteiro Sem Fio VPV-800 Atenção: Antes de operar o equipamento, leia o manual do usuário, qualquer dano causado decorrente de utilização errônea do mesmo implicará na perda imediata

Leia mais

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com.

VESOFTWARE - DESENVOLIMENTO DE SISTEMAS E WEBSITES Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com. Fone: (11) 4036-6980 VIVO(11)9607-5649 TIM(11)7013-8480 www.vesoftware.com.br 1-15 INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior,

Leia mais

Madis Rodbel Soluções de Ponto e Acesso Ltda.

Madis Rodbel Soluções de Ponto e Acesso Ltda. Elaborado: Qualidade de Software Versão: 3.00 Data: 11/06/2012 Apresentação O software Ativador REP é um software desenvolvido pela MADIS, para efetuar o controle das ativações do MD REP, MD REP NF, MD

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO F 19

GUIA DE INSTALAÇÃO F 19 GUIA DE INSTALAÇÃO F 19 1. Instalação do equipamento (1)Cole o modelo de montagem na (2) Remova o parafuso na parte (3) Tire a placa traseira. parede, Faça os furos de acordo inferior do dispositivo com

Leia mais

guia do usuário instalação do aparelho configuração do computador ativação do serviço efetuando ligações

guia do usuário instalação do aparelho configuração do computador ativação do serviço efetuando ligações guia do usuário instalação do aparelho ativação do serviço efetuando ligações instalação do aparelho montagem inicial 1. Retire o cabo da internet ligado ao seu computador e ligue à porta WAN do aparelho

Leia mais

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público Notas de Aplicação Utilizando o servidor de comunicação SCP Server HI Tecnologia Documento de acesso público ENA.00024 Versão 1.02 dezembro-2006 HI Tecnologia Utilizando o servidor de comunicação SCP Server

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup MANUAL DO USUÁRIO Software de Ferramenta de Backup Software Ferramenta de Backup Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para

Leia mais

Certificado Digital A1

Certificado Digital A1 Certificado Digital A1 Geração Todos os direitos reservados. Imprensa Oficial do Estado S.A. - 2012 Página 1 de 41 Pré-requisitos para a geração Dispositivos de Certificação Digital Para que o processo

Leia mais

Índice. Mamut Gravador Telefônico Digital MGC Manual de Instalação Procedimento de Instalação do Gravador Digital Mamut. V 1.0

Índice. Mamut Gravador Telefônico Digital MGC Manual de Instalação Procedimento de Instalação do Gravador Digital Mamut. V 1.0 Procedimento de Instalação do Gravador Digital Mamut. V 1.0 Índice 1- Preparação da CPU para o funcionamento do Gravador Digital Mamut 1.1 - Preparação da CPU 1.2 - Instalação do Firebird 2 - Instalação

Leia mais

Manual de Instalação ProJuris8

Manual de Instalação ProJuris8 Manual de Instalação ProJuris8 Sumário 1 - Requisitos para a Instalação... 3 2 - Instalação do Firebird.... 4 3 - Instalação do Aplicativo ProJuris 8.... 8 4 - Conexão com o banco de dados.... 12 5 - Ativação

Leia mais