Apostila de Treinamento CONTROLE DE ACESSO REV 02

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apostila de Treinamento CONTROLE DE ACESSO REV 02"

Transcrição

1 Apostila de Treinamento CONTROLE DE ACESSO REV 02

2 ÍNDICE Introdução... 2 Visão Geral da Linha Citrox... 3 Controladora IP-Wide 2 Portas... 5 Funções... 6 Software Access Control... 7 Guia de Instalação Controladora IP-WIDE e Software Access Control... 8 Diagrama de Ligação dos Bornes da Controladora IP-Wide... 9 Conexão da Controladora com o Computador Instalação do Servidor de Banco de Dados Instalação do Software Access Control Pontos de Acesso - Cadastrar o Primeiro Ponto de Acesso Cadastrar o Segundo Ponto de Acesso Senha da Controladora Revisando os Dados Operadores Zonas de Tempo Departamentos Regras de Antipassback Perfis de Acesso Usuários Relatórios Configurações da Controladora Leitor RFID Passivo 900 MHZ Distância de Leitura Indicação Sonora de Leitura Recomendação para Instalação Características Técnicas Conexão com a Controladora Configurações do Leitor RFID Passivo 900 MHZ Acessórios que acompanham este produto Suporte para Leitor RFID Passivo 900 MHZ Cartão RFID Passivo 900 MHZ Suporte Automotivo Leitor de Cartão de Proximidade RFID 125 khz Leitor de Cartão de Proximidade RFID 125 khz com Teclado Cartão de Proximidade RFID 125 khz Chaveiro de Proximidade RFID 125 khz Leitor de Controle Remoto 433 Mhz Central de Laço Indutivo Laço Indutivo Fechadura Eletromagnética 180 kgf e 280 kgf Controladora Calixto Adicionando Cartão de Usuário Apagando Cartão de Usuário Abertura por Cartão ou Senha Selecionando o Tempo de Abertura Selecionando a Senha de Abertura da Porta Utilizando a Controladora 1 Porta Compatibilidade com outros produtos do mercado Diferenciais competitivos em relação ao que existe no mercado Glossário

3 INTRODUÇÃO Conforto, modernidade e segurança são algumas das vantagens de se possuir um sistema completo de controle de acesso Citrox. Aliando o software Access Control à Controladora IP- WIDE 2 Portas, você tem um excelente controle de todos os acessos as dependências do seu condomínio, empresa ou escritório, garantindo assim a segurança e a tranquilidade de sua família e funcionários. Conheça nosso sistema, com ele você pode: - Controlar a entrada e a saída de pessoas e veículos de vários lugares ao mesmo tempo; - Definir tabela de horário e nível de acesso por grupos; - Adicionar e remover qualquer usuário a qualquer momento; - Visualizar em tempo real todos os acessos do sistema. Controle de Acesso, tecnologia ao seu alcance! Surpreenda-se! 2

4 VISÃO GERAL DA LINHA CITROX ACCESS Leitor RFID Passivo 900 MHz Leitor de Cartão de Proximidade RFID 125 khz com Teclado Suporte para Leitor RFID Passivo 900 MHz Software Access Control Cartão de Proximidade RFID 125 khz Leitor de Cartão de Proximidade RFID 125 khz Controladora IP-WIDE 2 Portas Cartão RFID Passivo 900 MHz Chaveiro de Proximidade RFID 125 khz Controladora Calixto Leitor de Controle Remoto 433 MHz Suporte Automotivo Laço Indutivo Central de Laço Indutivo Fechadura Eletromagnética 180 kgf e 280 kgf 3

5 CONTROLE DE ACESSO PRODUTOS

6 Controladora IP-WIDE 2 Portas A Controladora IP-WIDE 2 Portas é a central de comandos e gerenciamento do sistema, pode ser ligada diretamente na tomada e trabalha com bateria para falta de energia. Cada Controladora é capaz de gerenciar 2 Pontos de Acesso( Ponto de Acesso: portas, portões, cancelas, etc.), e é possível conectar até 64 Controladoras na mesma rede Ethernet, sendo possível controlar 128 pontos de acesso com o mesmo Software(Software Access Control, que acompanha a Controladora). A Controladora não necessita de um computador para operá-la, pode trabalhar no modo off-line. No entanto, com um computador, o sistema irá operar no modo on-line e o usuário terá muitos recursos, que trarão comodidade, e muitas vantagens. 5

7 Controladora IP-WIDE 2 Portas Funções Capacidade de Cadastro de Usuários e Registro de Eventos No modo OFF-LINE a Controladora IP-WIDE tem um limite de Cadastros de Usuários e de Registros de Eventos. No modo ON-LINE não há limites. Alimentação Elétrica A Controladora IP-WIDE pode ser ligada diretamente em uma tomada de 110V ou 220V, bastando para isso, selecionar a tensão internamente. Bateria para Falta de Energia No gabinete da Controladora IP-WIDE existe um alojamento para bateria selada 12V/7AH, a própria Controladora carrega a bateria. Em caso de falta de energia, o sistema continuará em funcionamento, sendo alimentado pela bateria. Item não incluso. Entradas para Leitores Existem duas entradas para Leitores. Sendo possível utilizar qualquer leitor que possua o protocolo de comunicação Wiegand 26 bits. Entradas para Sensores Existem duas entradas para Sensores do tipo NF, para utilizá-las basta retirar o Jumper correspondente à entrada desejada. Entradas para Botoeiras Existem duas entradas para Botoeiras do tipo NA. Saídas para Abertura de Portas A controladora dispõe de duas Saídas para Abertura de Portas. Cada Saída com contatos NA, NF e Comum. corresponde à um relé Saída para Acionamento de Alarme Existe uma Saída correspondente ao Alarme da Controladora IP-WIDE. Trata-se de um relé com contatos NA, NF e Comum. Conexão para Rede Ethernet A Controladora IP-WIDE oferece suporte para conexão Ethernet, podendo trabalhar numa rede de até 64 Controladoras. 6

8 Controladora IP-WIDE 2 Portas Software Access Control O Software Access Control é o gerenciador do sistema. Trabalha em conjunto com a Controladora IP- WIDE e permite a visualização de todos os acessos realizados. Com ele é possível alterar a qualquer momento as permissões de acesso de qualquer usuário. É um software amigável, há em sua tela principal Botoeiras Virtuais e atalhos para as principais funções, e não é necessário pessoal especializado para operá-lo. Nesse sistema, caso um usuário perca seu Cartão de Acesso (assim como Chaveiro, Cartão Veicular, Controle Remoto, etc.), não é preciso apagar todos os cadastros, e recolher os cartões de todos os usuários. É possível desativar o cadastro do cartão perdido, sem alterar os outros cadastros. Dentre as inúmeras vantagens, destacam-se: - Alarme indicador de arrombamento e/ou porta aberta ; - Modo Gaiola: Impede a abertura simultânea de dois pontos de acesso; - Antipassback: Evita que o usuário engane o sistema usando seu cartão/controle remoto para acesso de uma segunda pessoa, ou seja, somente com o registro da saída do usuário do ambiente controlado o sistema permitirá sua entrada novamente; - Gera diversos relatórios facilitando o controle administrativo; - Possibilita adicionar a foto dos usuários para controle e registro de acesso; - Botoeiras virtuais que possibilitam controlar rapidamente os acessos pelo software. Requisitos necessários Item Requisito Mínimo Requisito Recomendado Memória RAM 512 MB 1 GB Disco Rígido (HD) 40 GB 160 GB Java Virtual Machine Jre6 update 7 Jre6 update 16 Sistemas Operacionais Suportados Windows XP ou superior Windows Vista Professional ou superior Windows 2003 Server ou superior Windows Seven Professional ou superior Licenças do Software O software Access Control, é liberado para o gerenciamento de até 2 Controladoras IP-WIDE. Para o gerenciamento simultâneo de mais de 2 Controladoras IP-WIDE, se torna necessária a utilização de Licenças de Software. As Licenças são entregues em HardLocks (Dispositivos de memória USB), e existem Licenças diferentes, para diferentes quantidades de Controladoras a serem gerenciadas. São disponibilizadas Licenças para quantidade pares de Controladoras, por exemplo, 4,6,8,10,...,62,64. 7

9 Controladora IP-WIDE 2 Portas Guia de Instalação Controladora IP-WIDE e Software Access Control Fluxograma de Instalação e Configuração Instal. da Máquina Virtual Instale a Máquina Virtual Java Instal. do Banco de Dados Instale o servidor de banco de dados FireBird Instal. do Access Control Instale o software Access Control Conexão com Controladora Conecte a Controladora IP WIDE 2 Portas ao computador Config. da Controladora Configure a Controladora IP -WIDE 2 Portas Pontos de Acessos Cadastre os pontos de acesso Operadores Cadastre os operadores do sistema (opcional) Zonas de Tempo Cadastre as zonas de tempo Departamentos Cadastre os departamentos (opcional) Regras de Antipassback Cadastre as regras de antipassback (opcional) Perfis de Acesso Cadastre os perfis de acesso Usuários Cadastre os usuários Relatórios Gere os relatórios 8

10 Controladora IP-WIDE 2 Portas Diagrama de Ligação dos Bornes da Controladora IP-Wide Abaixo, segue a descrição dos Bornes de ligação da Controladora IP-Wide e os principais passos de configuração. ALIMENTAÇÃO Entrada do transformador 16VAC LIGAÇÕES DO PONTO 1 Entradas do leitor 1 Entrada para botoeira 1 Entrada para sensor 1 Contatos do relé 1 LIGAÇÕES DO PONTO 2 Entradas do leitor 2 Entrada para botoeira 2 Entrada para sensor 2 Contatos do relé 2 SAÍDA DE ALARME Saída de Alarme 9

11 Controladora IP-WIDE 2 Portas Conexão da Controladora com o Computador Conecte a Controladora IP-Wide diretamente a um computador, para isso utilize o cabo crossover fornecido juntamente com o produto. Conecte uma das extremidades do cabo à Controladora IP-Wide e a outra ao computador. O IP padrão da controladora é , troque o IP de seu computador para No navegador de acesso à internet de sua preferência, acesse a Controladora IP-Wide pelo endereço Logo em seguida aparecerá uma tela solicitando o Nome de usuário e a Senha. O Nome de usuário sempre será admin, com letras minúsculas, e a Senha, como se trata do primeiro acesso, também será admin. Somente a senha poderá ser alterada após o primeiro acesso. Ative o DHCP para que a Controladora IP-WIDE encontre um IP válido na rede em que está sendo instalada. A alteração do IP pode ser feita manualmente, mas é recomendado utilizar a função do DHCP. É necessário voltar o IP do computador para um IP válido da rede. 10

12 Controladora IP-WIDE 2 Portas Instalação do Servidor de Banco de Dados O servidor de banco de dados deve ser instalado primeiro. Para isso, basta dar um duplo clique em SetupServer1.0.exe e executar os passos a seguir: Passo 1: Após executar o arquivo SetupServer1.0.exe, o instalador será iniciado. O primeiro passo do instalador apenas exibe a versão atual do servidor de banco de dados. Clique em avançar para prosseguir com a instalação. Passo 2: Leia cuidadosamente os termos de licença de uso do software. A instalação só poderá prosseguir se os termos do contrato forem aceitos. Nesse caso, marque a opção Eu aceito os termos do Contrato e clique em avançar. Passo 3: A janela seguinte mostra o caminho em disco onde o servidor de banco de dados será instalado e o espaço mínimo necessário para isso. O local da instalação pode ser alterado de acordo com sua preferência. Após escolher o local da instalação, clique em avançar para prosseguir. Passo 4: Reveja os dados configurados durante os passos anteriores. Para iniciar a instalação, clique em instalar. 11

13 Controladora IP-WIDE 2 Portas Instalação do Servidor de Banco de Dados Observação: Se o servidor de banco de dados Firebird já estiver instalado, uma mensagem será exibida, indicando que o mesmo já está em execução. Caso contrário, a instalação prosseguirá normalmente. Passo 5: Finalize o processo de instalação clicando em concluir. Instalação do Software Access Control OBS: Para o funcionamento do Software Access Control é necessário instalar a Máquina Virtual Java disponível em Passo 1: Dê dois cliques no arquivo SetupCitrox exe e o instalador será iniciado. O primeiro passo do instalador apenas exibe a versão atual do software Acess Control. Clique em avançar, para prosseguir com a instalação. Passo 2: Leia cuidadosamente os termos de licença de uso do software. A instalação só poderá prosseguir se os termos do contrato forem aceitos. Nesse caso, marque a opção Eu aceito os termos do Contrato e clique em avançar. 12

14 Controladora IP-WIDE 2 Portas Instalação do Software Access Control Passo 3: Ajanela seguinte mostra o caminho em disco onde o softwareaccess Control será instalado e o espaço mínimo necessário para isso. O local da instalação pode ser alterado de acordo com sua preferência. Após escolher o local da instalação, clique em avançar para prosseguir. Passo 4: Escolha a pasta no Menu Iniciar onde o instalador irá criar os atalhos para o Controle de Acesso. Passo 5: Reveja os dados configurados durante os passos anteriores. Para iniciar a instalação, clique em instalar. Passo 6: Durante a instalação do Software Access Control, será necessário também a instalação do framework JMF. Clique em Yes para continuar a instalação. Passo 7: A janela seguinte mostra o caminho em disco onde o framework JMF será instalado e o espaço mínimo necessário para isso. O local da instalação pode ser alterado de acordo com sua preferência. Após escolher o local da instalação, clique em next para prosseguir. 13

15 Controladora IP-WIDE 2 Portas Instalação do Software Access Control Passo 3: Ajanela seguinte mostra o caminho em disco onde o softwareaccess Control será instalado e o espaço mínimo necessário para isso. O local da instalação pode ser alterado de acordo com sua preferência. Após escolher o local da instalação, clique em avançar para prosseguir. Passo 8: Na janela de seleção de componentes, mantenha as opções no padrão em que se encontram, e clique em Next para prosseguir. Aguarde o processo de instalação do framework JMF. Passo 9: Para finalizar a instalação do framework JMF marque a opção No, I Will restart my computer later e clique em Finish. Passo 10: No final da instalação, uma janela pede a configuração da conexão com o banco de dados. Os seguintes campos devem ser preenchidos com base na instalação do servidor de banco de dados. IP: Endereço IP, da máquina onde foi instalado o servidor de banco de dados. PORTA: Porta de uso do servidor de banco de dados (Padrão 3050). CAMINHO: A pasta onde foi instalado o servidor de banco de dados. As pastas devem estar separadas por \ (contra barra dupla). 14

16 Controladora IP-WIDE 2 Portas Instalação do Software Access Control Passo 11: Marque a opção Sim, reiniciar o computador agora e clique em Concluir. Seu computador será reiniciado. Pontos de Acesso Cadastrar o Primeiro Ponto de Acesso Nome Identifica o Ponto de Acesso. É importante definir nomes distintos para cada ponto de acesso, pois os eventos de todos os pontos de acesso, de todas as controladoras ligadas na rede, serão vistos na mesma tela. Tipo Escolha o tipo do Ponto de Acesso: Entrada, Saída ou Indiferente. Importante lembrar que o tipo do ponto é levado em consideração na criação de Regras de Antipassback. Status Determina se o Ponto de Acesso está ativo, ou seja, habilitado para trabalhar segundo os perfis de acesso estabelecidos. Cadastrar o Segundo Ponto de Acesso Nome Identifica o Ponto de Acesso. È importante definir nomes distintos para cada ponto de acesso, pois os eventos de todos os pontos de acesso, de todas as controladoras ligadas na rede, serão vistos na mesma tela. Tipo Escolha o tipo do Ponto de Acesso: Entrada, Saída ou Indiferente. Importante lembrar que o tipo do ponto é levado em consideração na criação de Regras de Antipassback. Status Determina se o Ponto de Acesso está ativo, ou seja, habilitado para trabalhar segundo os perfis de acesso estabelecidos. 15

17 Controladora IP-WIDE 2 Portas Senha da Controladora O padrão de fábrica é admin (em letras minúsculas). Esta senha pode ser alterada nas configurações gerais (via navegador web). Revisando os Dados Revise todas as informações inseridas no último passo do Assistente de Cadastro de Pontos de Acesso Operadores Podem-se criar administradores, e vários operadores para o Software Access Control. Sendo possível estabelecer a autonomia de cada um deles. Nas c o n f i g u r a ç õ e s d o s o p e r a d o r e s determinam-se quais campos de cadastros e configurações os mesmos poderão alterar. Para configurar clique na barra de menus no item Operadores>Operadores do Sistema. 16

18 Controladora IP-WIDE 2 Portas Zonas de Tempo Para criar uma nova Tabela de Horário e impor restrições de acesso por horário aos seus usuários, clique na barra de menus, no item Cadastro>Zona de Tempo> Tabelas de Horários. Por padrão de fábrica, o software já possui uma tabela de Horário (O Tempo Todo) cadastrada, a qual não possui restrições de tempo. Departamentos Esta função não é obrigatória para o cadastro de usuários no sistema, mas se houver necessidade, clique na barra de menus, no item Cadastro>Departamentos. 17

19 Controladora IP-WIDE 2 Portas Regras de Antipassback Um ponto rotulado como entrada só poderá ser acessado novamente se o usuário passar pelo ponto rotulado de saída dentro da Regra de Antipassback. Para cadastrar uma regra de Antipassback, clique na barra de menus, no item Cadastro>Regras de Antipassback e crie uma ou mais regras escolhendo os Pontos deacesso de Entrada e de Saída. Um Ponto de Acesso pode ser adicionado em apenas uma regra. Esta função não é obrigatória para o cadastro de usuários no sistema. Perfis de Acesso O perfil é de extrema importância para o cadastro de usuários, nele são inseridos os Pontos de Acesso e Regras de Antipassback.Para criar um Perfil de Acesso, clique na barra de menus no item Cadastro>Perfil de Acesso. 18

20 Controladora IP-WIDE 2 Portas Usuários Permite que todos os usuários possam ser cadastrados para o controle de acesso, bem como a adição de permissões garantidas pelos Perfis de Acesso. Para cadastrar um usuário, clique na barra de menus no item Cadastro> Usuários. Relatórios O Software Access Control gera sete tipos de Relatórios de Acessos: O Operador poderá utilizar os formatos que mais lhe forem úteis: - Por Intervalo de Datas; - Por Nome e Intervalo de Datas; - Por Ponto deacesso e Intervalo de Datas; - PorAção, Intervalo de Datas e Hora; - Por Visitantes por Intervalo de Datas; - Por Usuários Sob Antipassback; - Por Cartões Não Cadastrados. Para gerar relatórios clique na barra de menu no item Relatórios. 19

21 Controladora IP-WIDE 2 Portas Configurações da Controladora Id: É o nome de identificação da Controladora IP-WIDE 2 Portas na rede Ethernet com, no máximo, 15 (quinze) dígitos. (DE FÁBRICA IP-WIDE). Senha: É a senha de acesso da Controladora IP-WIDE 2 Portas, sendo que para acessá-la o usuário será sempre admin (com letras minúsculas) e a senha deverá ter, no máximo, 8 (oito) dígitos. (DE FÁBRICA admin). Modo de Operação: Determina como a Controladora IP-WIDE 2 Portas irá funcionar: off-line ou on-line. (DE FÁBRICA On-line). Off-line Neste modo de operação, a Controladora Wide IP-WIDE 2 Portas permitirá ou negará acessos baseados na última sincronização com o computador. On-line No modo de operação on-line, a Controladora Wide Duas Portas permitirá ou negará acessos de acordo com as informações contidas no banco de dados do computador. No entanto, caso a conexão de rede seja interrompida, a Controladora IP-WIDE 2 Portas passará automaticamente para o modo off-line até que a conexão de rede seja re-estabelecida. Somente On-line No modo de operação Somente On-line, a Controladora Wide Duas Portas permitirá ou negará acessos de acordo com as informações contidas no banco de dados do computador. Neste modo a Controladora Wide Duas Portas deixa de funcionar caso não haja conexão de rede. Antipassback: Proíbe a entrada ou saída sucessiva de um usuário por uma mesma porta. Com essa função ativada, para que um usuário entre novamente, ele precisará sair e vice-versa. Para isso é preciso criar uma Regra de Antipassback, indicando o ponto de acesso correspondente à entrada, assim como o ponto de acesso correspondente à saída. Esta função pode ser habilitada ou desabilitada individualmente pelo perfil do usuário. (DE FÁBRICA Desativado). Modo Gaiola: A Controladora IP-WIDE 2 Portas possui 2 entradas para sensores N.F., um para cada porta. Para acessar qualquer uma das portas, é necessário que ambas estejam fechadas. Se uma das portas estiver aberta, a outra porta não liberará o acesso mesmo com um cartão autorizado. (DE FÁBRICA Desativado). Modo Botoeira: A botoeira possui dois modos de funcionamento: Usuário e Automático. No modo Usuário, a botoeira é controlada pelo Perfil de Acesso. Já no modo Automático, a botoeira abrirá a porta independente do Perfil de Acesso. (DE FÁBRICA automático). Tempo Mínimo entre Leituras: O tempo de leitura entre um cartão e outro pode ser regulado variando de 0 (zero) a 255 segundos. (DE FÁBRICA 001 segundo).. Tempo do Relé da Porta 1: É o tempo que o relé 1 ficará ativo após o leitor 1 realizar a leitura de um cartão autorizado. Esse tempo varia de 001 a 255 segundos. Se o tempo for programado para 000 segundo, o relé funcionará como uma chave com retenção, sendo que um comando o ativará e outro comando o desativará. (DE FÁBRICA 001 segundo). Tempo deabertura de Porta 1: É o tempo em que a porta 1 pode ser aberta sem o acionamento do alarme de Arrombamento. Esse tempo varia de 001 a 255 segundos. (DE FÁBRICA 005 segundos). Tempo do Relé da Porta 2: É o tempo que o relé 2 ficará ativo após o leitor 2 realizar a leitura de um cartão autorizado. Esse tempo varia de 001 a 255 segundos. Se o tempo for programado para 000 segundo, o relé funcionará como uma chave com retenção, sendo que um comando o ativará e o outro comando o desativará. (DE FÁBRICA 001 segundo). 20

22 Controladora IP-WIDE 2 Portas Configurações da Controladora Tempo deabertura de Porta 2: É o tempo em que a porta 2 pode ser aberta sem o acionamento do alarme de Arrombamento. Esse tempo varia de 001 a 255 segundos. (DE FÁBRICA 005 segundos). Tempo de Alarme: É o tempo que o relé 3 (relé de alarme) ficará ativo após alguma porta (programada) ter a abertura forçada. Essa função tem que ser habilitada no item Modo de Operação do Sensor 1 ou Sensor 2 e esse tempo varia de 001 a 255 segundos. (DE FÁBRICA 010 segundos). Tempo de Porta Aberta: É o tempo programado para acionar o relé 3 (relé de alarme), caso a porta for deixada aberta. Esta função tem que ser habilitada no item Modo de Operação do Sensor 1 ou Sensor 2 e esse tempo varia de 001 a 255 segundos. (DE FÁBRICA 030 segundos). Duração de Porta Aberta: É o tempo que o relé 3 (relé de alarme) ficará ativo após alguma porta (programada) estar aberta por um tempo igual ao determinado no item Tempo de Porta Aberta. Esta função tem que ser habilitada no item Modo de Operação do Sensor 1 ou Sensor 2 e esse tempo varia de 001 a 255 segundos.(de FÁBRICA 030 segundos). Modo de Operação dos Sensores: Na Controladora Wide Duas Portas existem duas entradas para sensores N.F. (Sensor 1 e Sensor 2). O Sensor 1 está interligado ao Leitor 1 e ao Relé 1 (Porta 1). O sensor 2 está interligado ao Leitor 2 e ao Relé 2 (Porta 2). Existem três modos de operação diferentes para cada Sensor. Modo de Operação do Sensor 1: (DE FÁBRICA Todos desativados) Wiegand: Neste modo, o Leitor 1 somente conseguirá validar uma leitura de cartão se o Sensor 1 estiver fechado (porta 1 fechada). Caso contrário, ele irá ler o cartão, mas a Controladora IP-WIDE 2 Portas não validará a leitura. Alarme: O Relé 3 (relé de alarme) ativará sempre que o Sensor 1 (Porta 1) sofrer uma abertura forçada e voltará ao repouso após transcorrer o Tempo de Alarme. Porta Aberta: O Relé 3 (relé de alarme) ativará sempre que o Sensor 1 (Porta 1) ficar aberto pelo tempo programado em Tempo de Porta Aberta e voltará ao repouso após transcorrer o Tempo de Porta Aberta ou quando a porta 1 for fechada. Modo de Operação do Sensor 2: (DE FÁBRICA Todos desativados) Wiegand: Neste modo, o Leitor 2 somente conseguirá validar uma leitura de cartão se o Sensor 2 estiver fechado (porta 2 fechada). Caso contrário, ele irá ler o cartão, mas a Controladora Wide Duas Portas não validará a leitura. Alarme: O Relé 3 (relé de alarme) ativará sempre que o Sensor 2 (Porta 2) sofrer uma abertura forçada e voltará ao repouso após transcorrer o Tempo de Alarme. Porta Aberta: O Relé 3 (relé de alarme) ativará sempre que o Sensor 2 (Porta 2) ficar aberto pelo tempo programado em Tempo de Porta Aberta e voltará ao repouso após transcorrer o Tempo de Porta Aberta ou quando a porta 2 for fechada. 21

23 Controladora IP-WIDE 2 Portas Configurações da Controladora Configurações de Rede DHCP: Ativa o DHCP da Controladora IP-Wide 2 Portas. (DE FÁBRICA Desativado). IP: Configura o IP que a Controladora IP-Wide 2 Portas utilizará. (DE FÁBRICA ). Máscara: Configura a Máscara de rede que a Controladora IP-Wide ). 2 Portas utilizará. (DE FÁBRICA Gateway: Configura o Gateway da rede local. (DE FÁBRICA ). DNS Primário: Configura o DNS Primário da rede local. (DE FÁBRICA ). DNS Secundário: Configura o DNS Secundário da rede local. (DE FÁBRICA ). Endereço MAC: Gerado internamente. 22

24 Leitor RFID Passivo 900 MHz Com tecnologia de primeiro mundo, esse Leitor vem revolucionar o conceito de acesso controlado de veículos. Com um alcance de leitura de 4 metros, e sua alta confiabilidade, se tornou indispensável para condomínios e empresas com grande número de veículos. Distância de Leitura A distância de leitura do Leitor RFID Passivo 900 MHz é de 4 metros, sendo que o campo de detecção do Leitor RFID Passivo 900 MHz é direcional, perpendicular à sua face. Importante: Em aplicações em que houver mais um de Leitor RFID Passivo 900MHz, deve-se direcionar os mesmos, de modo que os campos de leitura não se sobreponham. Indicação Sonora de Leitura O Leitor RFID Passivo 900 MHz emite uma sequência de bips, sempre que um Cartão RFID Passivo 900 MHz entrar em seu campo de leitura. 23

25 Leitor RFID Passivo 900 MHz Recomendação para Instalação É apropriado para uso externo, sendo fabricado com material resistente à chuva. Características Técnicas Alimentação 12Vdc/2,6A (Fonte que acompanha o produto) Frequencia MHz (Ajustável) Consumo de energia Menor que 10 Watts Potência do Leitor Máxima de 30 dbm (Ajustável) Polarização do Leitor 7dBI horizontal Temperatura de Trabalho -30 C à 75 C Ângulo de Leitura 60 Distância de Leitura 4 metros Protocolo de Comunicação Wiegand 26/34, RS232/RS485 (Max bps) Dimensões 230x230x58 [mm] Conexão com a Controladora Para conectar o Leitor RFID Passivo 900 MHz na controladora deve-se obedecer a seguinte sequência: Fios do Leitor RFID Passivo 900 MHz Bornes da Controladora IP -WIDE Verde Data 0 Branco Data 1 Preto GND Controladora e Negativo Fonte Vermelho Positivo Fonte Fios do Leitor RFID Passivo 900 MHz Descrição Vermelho +12Vdc Verde Data 0 ou 485+ Branco Data 1 ou Cinza Trigger Preto GND Marrom 232RXD Amarelo 232TXD Azul GND 24

26 Leitor RFID Passivo 900 MHz Importante - Apesar do Leitor RFID Passivo 900 MHz utilizar uma fonte de alimentação independente da Controladora IP-WIDE, é necessário ligar o Fio Preto do Leitor RFID Passivo 900 MHz no Borne GND da Controladora IP- WIDE, para unir os Terras. - Os demais Fios do Leitor RFID Passivo 900 MHz não são conectados na Controladora IP-WIDE, e somente são utilizados para configuração do Leitor RFID Passivo 900 MHZ. Configurações do Leitor RFID Passivo 900 MHZ Para configuração do Leitor RFID Passivo 900 MHz, existe um Software específico que pode ser encontrado no site Através desse Software é possível ajustar várias características do Leitor, destacando-se: - Potência de leitura; - Intervalo entre leituras; - Frequência de trabalho; - Protocolo de comunicação. Acessórios que Acompanham este Produto Suporte de Fixação Cabo para Fonte de Alimentação Cabo de Comunicação Serial 25

27 Suporte para Leitor RFID Passivo 900 MHz Feito com material resistente, e de fácil instalação. Esse suporte é adaptável a vários tipos e garagens e estacionamentos. Cartão RFID Passivo 900 MHz Cartão sem bateria, com alto desempenho e sistema anti-clonagem. Possibilidade de Adicionar Imagens Neste Cartão é possível estampar imagens dos usuários, seus dados pessoais, além de logomarcas. Recomendações para Utilização: - Para uso em veículos o Cartão RFID 900 MHz deverá ser utilizado sempre dentro do Suporte Automotivo. - Para utilização do Cartão RFID 900 MHz segurando-o com as mãos, deve se ter cuidado, segurá-lo apenas pelas bordas, evitando que os dedos cubram sua face. 26

28 Suporte Automotivo Suporte adaptável a qualquer tipo de pára-brisas. Posições para Instalação no Veículo 8 cm 6 cm A B C D E F A, B, C, D, E, F Cartão RFID 900MHz Posições indicadas para fixação no pára-brisas do veículo 27

29 Leitor de Cartão de Proximidade RFID 125 khz Esses leitores são ideais para acesso de pedestres a condomínios, salas restritas, etc. Por ser de Proximidade, não há necessidade de contato entre o Cartão e o Leitor, o que aumenta sua vida útil. Características Técnicas ITEM Alimentação Protocolo Distância de Leitura Dimensões Temperatura Sinalização Tipo de Cartão Teclado ESPECIFICAÇÃO 12Vdc ± 10%; corrente < 0,1A Wiegand 26 bits 10 centímetros 118mm x 78mm x 25mm -20ºC à 60ºC Audiovisual EM ou EM compatível 12 dígitos Importante O leitor de Cartão de Proximidade RFID 125 khz é alimentado pela própria Controladora IP-WIDE. Distância de Leitura Adistância máxima de leitura é de 10 cm. Indicação Audiovisual de Leitura Diagrama de Instalação FIO Vermelho Preto Verde Branco Azul Amarelo Marrom Cinza FUNÇÃO +12Vdc GND D0 - Wiegand 0 D1 - Wiegand 1 Led Verde - Ativa em GND Buzzer - Ativa em GND Botão - Contato N/A Botão - Contato N/A Sempre que ler um cartão compatível, o Leitor de Cartão de Proximidade RFID 125 khz emite um bip e altera instantaneamente a cor do Led de Vermelho para Azul. Tecla para Acionamentos Diversos O Leitor de Cartão de Proximidade RFID 125 khz possui uma tecla adicional com contato NA. Destinada para acionamentos diversos, como campainha, etc. Recomendação para Instalação É apropriado para uso interno, para uso externo deve ser protegido de chuva. 28

Controladora Biométrica Bio SA

Controladora Biométrica Bio SA Manual do usuário Controladora Biométrica Bio SA 1 2 Manual do usuário Parabéns, você acaba de adquirir um produto desenvolvido com qualidade e segurança Citrox. Este manual foi desenvolvido para ser uma

Leia mais

Controle de Acesso. Erika Araujo Analista de Sistemas

Controle de Acesso. Erika Araujo Analista de Sistemas Controle de Acesso Erika Araujo Analista de Sistemas VIDEO INSTITUCIONAL 9 Lojas em Minas 17 anos Treinamento Controle de Acesso Prédios Treinamento Controle de Acesso 7 Condomínios - Controle fluxo de

Leia mais

Índice. Para maiores informações acesse www.citrox.com.br - Rev.: 2.1

Índice. Para maiores informações acesse www.citrox.com.br - Rev.: 2.1 1 Índice 1. Introdução... 3 2. Apresentação... 3 3. Instalação Física... 4 4. Conceitos Básicos... 4 5. Configurações da Controladora IP Wide... 4 5.1. Conexão da Controladora IP Wide... 4 5.2. Configurações

Leia mais

http://www.nibtec.com.br Manual do Usuário NibProx Light

http://www.nibtec.com.br Manual do Usuário NibProx Light http:// Manual do Usuário NibProx Light INTRODUÇÃO Independente do porte de sua empresa, residência ou condomínio, os controladores de acesso NibAccess atendem na medida certa. Compactos e com design arrojado,

Leia mais

Av. Francisco Andrade Ribeiro 543 - Bloco 13 - Centro Santa Rita do Sapucaí- MG CEP: 37.540-000 Tel: (35) 3471-0895

Av. Francisco Andrade Ribeiro 543 - Bloco 13 - Centro Santa Rita do Sapucaí- MG CEP: 37.540-000 Tel: (35) 3471-0895 Grupo Giga Av. Francisco Andrade Ribeiro 543 - Bloco 13 - Centro Santa Rita do Sapucaí- MG CEP: 37.540-000 Tel: (35) 3471-0895 http:// Manual do Usuário NibProx Prime Função Comando 4-2 (Habilitar / desabilitar

Leia mais

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda.

Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. Manual do equipamento Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. +55 41 3661-0100 Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis - Pinhais/PR - Brasil CEP: 83322-010 CNPJ: 01.245.055/0001-24 Inscrição

Leia mais

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev

CONFORTO COM SEGURANÇA CONFORTO COM SEGURANÇA. 0 P27070 - Rev P27070 - Rev. 0 1. RESTRIÇÕES DE FUNCIONAMENTO RECEPTOR IP ÍNDICE 1. Restrições de Funcionamento... 03 2. Receptor IP... 03 3. Inicialização do Software... 03 4. Aba Eventos... 04 4.1. Botão Contas...

Leia mais

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA

TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA TECNOLOGIA EM SEGURANÇA SOLUÇÕES EM ELETRÔNICA 3. CARACTERÍSTICAS 3.1 Central de alarme microprocessada com 4 setores expansível para 8 ou 12 setores; 3.2 Acompanha dois transmissores (mod. TSN); 3.3 Acionamento

Leia mais

MANUAL CATRACAS GUIA DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO MANUAL CATRACAS GUIA DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO

MANUAL CATRACAS GUIA DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO MANUAL CATRACAS GUIA DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO MANUAL CATRACAS GUIA DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO MANUAL CATRACAS GUIA DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO APRESENTAÇÃO Parabéns! Você acaba de adquirir um produto Citrox. Desenvolvido com a mais avançada tecnologia

Leia mais

Manual. ID REP Config Versão 1.0

Manual. ID REP Config Versão 1.0 Manual ID REP Config Versão 1.0 Sumário 1. Introdução... 3 2. Pré-Requisitos... 3 3. Instalação do ID REP Config... 4 4. Visão Geral do Programa... 8 4.1. Tela Principal... 8 4.2. Tela de Pesquisa... 12

Leia mais

SC-06 Controle de Acesso Stand-Alone Proximidade + Teclado. Manual de Instalação e Usuário

SC-06 Controle de Acesso Stand-Alone Proximidade + Teclado. Manual de Instalação e Usuário SC-06 Controle de Acesso Stand-Alone Proximidade + Teclado Manual de Instalação e Usuário 1. Introdução O SC-06 não é apenas um controlador comum integrando leitor de proximidade e teclado, mas sim um

Leia mais

Módulo de Acesso com Teclado 1. Manual do Usuário. Apresentação Instalação Codificação dos Receptores Programações Operações

Módulo de Acesso com Teclado 1. Manual do Usuário. Apresentação Instalação Codificação dos Receptores Programações Operações Módulo de Acesso com Teclado 1 Manual do Usuário Apresentação Instalação Codificação dos Receptores Programações Operações 2 Manual do Usuário Módulo de Acesso com Teclado 3 ÍNDICE CAPÍTULO I - APRESENTAÇÃO...07

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 SÃO CAETANO DO SUL 06/06/2014 SUMÁRIO Descrição do Produto... 3 Características... 3 Configuração USB... 4 Configuração... 5 Página

Leia mais

MANUAL SENHA DIGITAL SUMÁRIO:

MANUAL SENHA DIGITAL SUMÁRIO: SUMÁRIO: APRESENTAÇÃO... 02 1- RECOMENDAÇÕES IMPORTANTES... 02 2- DESEMBALANDO O CONTROLE DE ACESSO... 02 3- ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS... 02 4- COMO INSTALAR... 03 5- EXEMPLO DE POSICIONAMENTO DO CONTROLE

Leia mais

Leitor MaxProx-Lista-PC

Leitor MaxProx-Lista-PC Leitor MaxProx-Lista-PC O leitor de cartões de proximidade MaxProx-Lista-PC é destinado aos Integradores de Controle de Acesso. Ele foi especialmente projetado para controle de acesso, para ser usado Stand

Leia mais

Manual de utilização do módulo NSE METH-8RL/Exp

Manual de utilização do módulo NSE METH-8RL/Exp INSTALAÇÃO 1 - Baixe o arquivo Software Configurador Ethernet disponível para download em www.nse.com.br/downloads-manuais e descompacte-o em qualquer pasta de sua preferência. 2 - Conecte a fonte 12Vcc/1A

Leia mais

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...9

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...9 1 ÍNDICE Apresentação...3 Vantagens...3 Instalação...4 Informações Técnicas...5 Especificações Técnicas...9 2 APRESENTAÇÃO: O SS100 Moto é um rastreador exclusivo para Motos desenvolvido com os mais rígidos

Leia mais

AEC Access Easy Controller. Guia de Referência

AEC Access Easy Controller. Guia de Referência AEC Access Easy Controller Guia de Referência Índice 3 1. AEC - Vista Geral do Sistema 4 2. AEC - Componentes Principais 6 3. AEC - Configuração 7 4. AEC - Benefícios 8 5. AEC - Como encomendar? 10 6.

Leia mais

Comm5 Tecnologia Manual de utilização da família MI. Manual de Utilização. Família MI

Comm5 Tecnologia Manual de utilização da família MI. Manual de Utilização. Família MI Manual de Utilização Família MI ÍNDICE 1.0 COMO LIGAR O MÓDULO... pág 03 e 04 2.0 OBJETIVO... pág 05 3.0 COMO CONFIGURAR O MÓDULO MI... pág 06, 07, 08 e 09 4.0 COMO TESTAR A REDE... pág 10 5.0 COMO CONFIGURAR

Leia mais

Central de Alarme de Oito Zonas

Central de Alarme de Oito Zonas Central de Alarme de Oito Zonas R02 ÍNDICE CARACTERÍSTICAS GERAIS:... 3 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS:... 3 CONHECENDO A CENTRAL:... 4 COMO A CENTRAL FUNCIONA:... 4 COMO APAGAR A MEMÓRIA DA CENTRAL:... 4 COMO

Leia mais

A L A R M E S P A R A S U A S E G U R A N Ç A MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO CENTRAL DE ALARME PARTICIONADA AP2/AP2D

A L A R M E S P A R A S U A S E G U R A N Ç A MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO CENTRAL DE ALARME PARTICIONADA AP2/AP2D COMPATEC A L A R M E S P A R A S U A S E G U R A N Ç A MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO CENTRAL DE ALARME PARTICIONADA AP2/AP2D ÍNDICE Apresentação...3 Conheçendo a central...3 Características Gerais...4

Leia mais

AP4/AP4D CENTRAL DE ALARME PARTICIONADA MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Compatec Sistemas Eletrônicos Ltda Indústria Brasileira www.compatec.com.

AP4/AP4D CENTRAL DE ALARME PARTICIONADA MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Compatec Sistemas Eletrônicos Ltda Indústria Brasileira www.compatec.com. SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE COMPATEC ALARMES PARA SUA SEGURANÇA MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO suporte@compatec.com.br fone:(54)4009 4711 Compatec Sistemas Eletrônicos Ltda Indústria Brasileira

Leia mais

Manual de utilização do módulo NSE METH 3E4RL

Manual de utilização do módulo NSE METH 3E4RL INSTALAÇÃO 1 - Baixe o arquivo Software Configurador Ethernet disponível para download em www.nse.com.br/downloads-manuais e descompacte-o em qualquer pasta de sua preferência. 2 - Conecte a fonte 12Vcc/1A

Leia mais

CONTROLE DE ACESSO Modelo PP-360/N

CONTROLE DE ACESSO Modelo PP-360/N CONTROLE DE ACESSO Modelo PP-360/N Imagem Ilustrativa Características: 1. Leitura de 125 khz do cartão de proximidade com o EM chip acoplado internamente para o modelo padrão. 2. Os parâmetros do sistema

Leia mais

Características. São Paulo: (11) 4063-5544 Campinas: (19) 4062-9211 Campo Grande: (67) 4062-7122 Cuiabá: (65) 4052-9722. MPEBrasil

Características. São Paulo: (11) 4063-5544 Campinas: (19) 4062-9211 Campo Grande: (67) 4062-7122 Cuiabá: (65) 4052-9722. MPEBrasil Características - Único com este conceito no mercado e com preços atraentes; Iluminação frontal, com chave liga/desliga, em quatro opções de cores (azul, verde, vermelho e amarelo); - Possui sistema de

Leia mais

Duas capacidades de armazenamento de digitais: 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais (opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais: 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais (opcional); Características Possui estrutura com design moderno e LEDs que indicam a confirmação de registros; Os dados são gravados em um cartucho USB. Este modo de gravação oferece total proteção contra a perda

Leia mais

MÓDULO UNIVERSAL GPRS GVU10

MÓDULO UNIVERSAL GPRS GVU10 1 Apresentação. MÓDULO UNIVERSAL GPRS GVU10 1.1 Características. - Compatível com todos os softwares de monitoramento do mercado; - Programação simplificada inteiramente por USB via pendrive; - Comunica

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada AP4/AP4 D

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Central de Alarme Particionada AP4/AP4 D MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Central de Alarme Particionada AP/AP D Índice 1.Apresentação... 2.Características... 3.Características Técnicas... 5.Status de Bips... 5 5.Status dos Led s... 5 6.Conhecendo

Leia mais

Central Monitorada CAM 816

Central Monitorada CAM 816 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Central Monitorada CAM 816 www.compatec.com.br Índice 1.Apresentação... 2.Características Gerais....Características Técnicas... 4 4.Status de Bips... 4 5.Status de Bips

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO PÉGASUS (ETHERNET) STUDIO V2.02 MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Rua Coronel Botelho, 64 - Alto da Lapa - CEP: 05088-020 São Paulo - SP - Brasil +55 (11) 3832-6102 PÉGASUS (ETHERNET) STUDIO V2.02 - MANUAL

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS CONTROL

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS CONTROL ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS e OPERACIONAIS CONTROL ÍNDICE a) Objetivo 3 b) Hierarquia dos Produtos 3 c) Control c.1) Características Operacionais Genéricas 4 c.2) Características Técnicas Genéricas 4 c.3)

Leia mais

www.lojatotalseg.com.br

www.lojatotalseg.com.br Henry Equipamentos Eletrônicos e Sistemas Ltda. +55 41 3661-0100 Rua Rio Piquiri, 400 - Jardim Weissópolis - Pinhais/PR - Brasil CEP: 83322-010 CNPJ: 01.245.055/0001-24 Inscrição Estadual: 90.111.008-53

Leia mais

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6

1 Introdução... 4. Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5. 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Índice 1 Introdução... 4 Características... 4 Requisitos do Dispositivo... 5 2 Conhecendo o dispositivo... 6 Verificação dos itens recebidos... 6 Painel Frontal... 7 Painel Traseiro... 8 3 Conectando o

Leia mais

Características... 3. Identificando a placa... 3. Esquema de ligação... 3. Parâmetros programados no painel de alarme... 4

Características... 3. Identificando a placa... 3. Esquema de ligação... 3. Parâmetros programados no painel de alarme... 4 P18640 - Rev. 0 Índice Características... 3 Identificando a placa... 3 Esquema de ligação... 3 Parâmetros programados no painel de alarme... 4 Instalação do software programador... 4 Instalação do cabo

Leia mais

C3-200 Placa para Controle de Acesso

C3-200 Placa para Controle de Acesso C3-200 Placa para Controle de Acesso Manual de Referência e Instalação Apresentação Obrigado por adquirir um produto de qualidade CS Comunicação e Segurança. Conheça a nova placa para Controle de Acesso

Leia mais

ST 160 ST 160 0 # Manual de Referência e Instalação

ST 160 ST 160 0 # Manual de Referência e Instalação ST 160 ST 160 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 # Manual de Referência e Instalação Descrições 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 0 # 3 2 Número Descrição 1 Indicador de modo 2 Antena 3 Matriz do Teclado 4 Parafuso Especificações

Leia mais

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...8

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...8 1 ÍNDICE Apresentação...3 Vantagens...3 Instalação...4 Informações Técnicas...5 Especificações Técnicas......8 2 APRESENTAÇÃO: O SS100 é um rastreador desenvolvido com os mais rígidos padrões de qualidade

Leia mais

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário

NETALARM GATEWAY. Manual do Usuário Índice 1. Introdução...3 2. Requisitos Mínimos de Instalação...3 3. Instalação...3 4. Inicialização do Programa...5 5. Abas de Configuração...6 5.1 Aba Serial...6 5.2 Aba TCP...7 5.2.1 Opções Cliente /

Leia mais

Manual do usuário. Mobile Client

Manual do usuário. Mobile Client Manual do usuário Mobile Client Mobile Client Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para a sua instalação e operação e traz

Leia mais

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 (opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 (opcional); Características Fabricada em aço-carbono, com pintura em epóxi preto; Tratamento anticorrosivo; Acabamento em aço inox; Fechadura para acesso aos componentes eletrônicos; Iluminação frontal, com chave

Leia mais

RECEPTOR - MULTIFUNÇÃO 076-RECMULTIFUNC-RV10

RECEPTOR - MULTIFUNÇÃO 076-RECMULTIFUNC-RV10 LINEAR-HCS http://www.linear-hcs.com.br/ RUA SÃO JORGE, 267 - TELEFONE: 2823-8800 SÃO CAETANO DO SUL - SP - CEP: 09530-250 Atualizado em 16/11/2009 RECEPTOR - MULTIFUNÇÃO 076-RECMULTIFUNC-RV10 1.CARACTERÍSTICAS:

Leia mais

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...8

Apresentação...3. Vantagens...3. Instalação...4. Informações Técnicas...5. Especificações Técnicas...8 1 ÍNDICE Apresentação...3 Vantagens...3 Instalação...4 Informações Técnicas...5 Especificações Técnicas...8 2 APRESENTAÇÃO: O SS300 é um rastreador desenvolvido com os mais rígidos padrões de qualidade

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA CELL 804

CENTRAL DE ALARME BRISA CELL 804 CENTRAL DE ALARME - PAINEL FRONTAL Led REDE: Indica que o aparelho está sendo alimentado pela rede AC. Led BATERIA: Indica que o aparelho está sendo alimentado pela bateria. Led ARMADO: Aceso indica que

Leia mais

R2M CARACTERÍSTICAS. Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. APRESENTAÇÃO DA PLACA. Buzzer. Placa de RF Antena

R2M CARACTERÍSTICAS. Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. APRESENTAÇÃO DA PLACA. Buzzer. Placa de RF Antena 38 R2M CENTRAL DE ALARME 2 SETORES MICROPROCESSADA Aplicação - Usada como central de alarme residencial, comercial ou industrial. APRESENTAÇÃO DA PLACA Led - setor 2 Buzzer Placa de RF Antena Led - setor

Leia mais

CONTATTO MANUAL DE INSTRUÇÕES

CONTATTO MANUAL DE INSTRUÇÕES 0800 550 250 www.ppa.com.br CONTATTO MANUAL DE INSTRUÇÕES MOTOPPAR INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE AUTOMATIZADORES LTDA. Av. Dr. Labieno da Costa Machado, 3526 - Distrito Industrial CEP 17400-000 - Garça - SP

Leia mais

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais opcional);

Duas capacidades de armazenamento de digitais. Opção para 1.900 digitais (padrão) ou 9.500 digitais opcional); Características Possui estrutura com design moderno e LEDs que indicam a confirmação de registros; Exclusivo sistema de hibernação quando o equipamento encontra-se sem energia vinda da rede elétrica, o

Leia mais

Microterminal MT 740. Manual do Usuário - versão 1.2

Microterminal MT 740. Manual do Usuário - versão 1.2 w Microterminal MT 740 Manual do Usuário - versão 1.2 1 2 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO 1 2 RECONHECENDO O MT 740 2 3 INSTALAÇÃO 3 4 FUNCIONAMENTO 4 4.1 DESCRIÇÃO DAS CONFIGURAÇÕES E DOS COMANDOS 6 4.2 COMUNICAÇÃO

Leia mais

NVS (Servidor de vídeo em rede) e Câmeras IPS

NVS (Servidor de vídeo em rede) e Câmeras IPS NVS (Servidor de vídeo em rede) e Câmeras IPS Guia rápido de usuário (Versão 3.0.4) Nota: Esse manual pode descrever os detalhes técnicos incorretamente e pode ter erros de impressão. Se você tiver algum

Leia mais

Inner Bio T24-04-0010 Manual de instruções

Inner Bio T24-04-0010 Manual de instruções T24-04-0010 Manual de instruções 1 NOTAS E CUIDADOS NA INSTALAÇÃO...2 2 INTRODUÇÃO...3 2.1 O QUE É O COLETOR DE DADOS INNER BIO?...3 2.2 QUAIS AS APLICAÇÕES DO INNER BIO?...4 2.3 QUE PROGRAMA UTILIZAR

Leia mais

Apresentação Instalação Codificação dos Receptores Programações Operações

Apresentação Instalação Codificação dos Receptores Programações Operações Manual do Usuário Apresentação Instalação Codificação dos Receptores Programações Operações Módulo de Acesso com Teclado 3 ÍNDICE CAPÍTULO I - APRESENTAÇÃO...07 1.01 - Introdução...07 1.02 - Aplicações...07

Leia mais

Manual do Usuário Mundi 1000. Sumário

Manual do Usuário Mundi 1000. Sumário Sumário 1.Instalação...2 2.Estrutura do menu...5 3.Operações básicas:...5 3.1.Cadastramento de usuário:...5 3.1.1.Reg RFID...5 3.1.2.Cadastrar Senha...7 3.1.3.Reg RFID e Senha...8 3.2.Exclusão de usuário...9

Leia mais

CENTRAL DE ALARME SEM FIO AS-321

CENTRAL DE ALARME SEM FIO AS-321 CENTRAL DE E SEM FIO AS- CARACTERÍSTICAS DO APARELHO - Central de alarme sem fio com setor misto ( com e/ou sem fio ); - Caixa plástica com alojamento para bateria selada de 7 A/H; - Carregador de bateria

Leia mais

Controle de acesso FINGER

Controle de acesso FINGER Controle de acesso FINGER MANUAL DE INSTRUÇÕES Sobre esse Guia Esse guia fornece somente instruções de instalação. Para obter informações sobre instruções de uso, favor ler o Manual do usuário.. ÍNDICE

Leia mais

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client?

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Assim que abrir o DVR Client, no canto superior direito há um grupo de opções denominado Login, preencha de acordo

Leia mais

Portaria Express 3.0

Portaria Express 3.0 Portaria Express 3.0 A portaria do seu condomínio mais segura e eficiente. Com a preocupação cada vez mais necessária de segurança nos condomínio e empresas, investe-se muito em segurança. Câmeras, cercas,

Leia mais

TERMO DE GARANTIA MANUAL DE INSTRUÇÕES

TERMO DE GARANTIA MANUAL DE INSTRUÇÕES TERMO DE GARANTIA 1. Este equipamento é garantido contra defeitos de fabricação pelo prazo de 12 meses. Sendo os primeiros 3 meses de garantia legal, e os últimos 9 meses de garantia especial concedida

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO. CONTROL MIDI Controlador de Acesso Biométrico

MANUAL DE OPERAÇÃO. CONTROL MIDI Controlador de Acesso Biométrico MANUAL DE OPERAÇÃO CONTROL MIDI Controlador de Acesso Biométrico Sumário 1. Operação... 4 1.1. Inicialização do Equipamento... 4 1.2. Utilização... 4 1.3. Cadastro... 6 1.3.1. Cadastro de Biometria...

Leia mais

Stratus. Stratus. Floorplan Monitor

Stratus. Stratus. Floorplan Monitor Allied Allied Professional Professional Access Access Point Point Stratus Stratus Floorplan Monitor Manual de operação Release 0506.2014 Índice Alterar / Importar Plano de fundo... 13 Apresentação do Allied

Leia mais

Inner Acesso Inner Acesso Inner Acesso Bio Inner Acesso Bio Light

Inner Acesso Inner Acesso Inner Acesso Bio Inner Acesso Bio Light Inner Acesso Inner Acesso Bio Inner Acesso Bio Light Manual de Instruções Linha de Coletores Inner Acesso Rev 1-04/04/2014 PG - 1 - Índice ÍNDICE 1 APRESENTAÇÃO... 5 1.1 MODELOS DE INNER ACESSO... 7 1.2

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Gerenciamento. Controlador de Fator de Potência. Self Control

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Gerenciamento. Controlador de Fator de Potência. Self Control MANUAL DO USUÁRIO Software de Gerenciamento Controlador de Fator de Potência Self Control ÍNDICE 1.0 INTRODUÇÃO 4 1.1 Aplicações 4 2.0 CARACTERÍSTICAS 4 2.1 Compatibilidade 4 3.0 INSTALAÇÃO 4 4.0 INICIALIZAÇÃO

Leia mais

Manual. ID REP Config Versão 1.0

Manual. ID REP Config Versão 1.0 Manual ID REP Config Versão 1.0 Sumário 1. Introdução... 3 2. Pré-Requisitos... 3 2.1. Atualização... 3 3. Instalação do ID REP Config... 4 4. Visão Geral do Programa... 6 4.1. Tela Principal... 6 4.2.

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA CÓD.:682-0

GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA CÓD.:682-0 WPS Roteador Wireless 300N GWA-101 5dBi Bi-Volt GUIA DE INSTALAÇÃO RÁPIDA CÓD.:682-0 Roteador Wireless 300Mbps Guia de Instalação Rápida REV. 2.0 1. Introdução: O Roteador Wireless 300Mbps, modelo 682-0

Leia mais

Sistema irá modular até 32 câmeras: Você pode conectar de 1 até 32 câmeras.

Sistema irá modular até 32 câmeras: Você pode conectar de 1 até 32 câmeras. MANUAL DO SISTEMA Introdução Apresentação Requisitos mínimos Instalação do programa Acessando o Secullum DVR Tela Principal Indicador de espaço em disco Disposição de telas Status de Gravação Usuário atual

Leia mais

DISCADORA PHONE CELL

DISCADORA PHONE CELL DISCADORA PHONE CELL - Caro Usuário A interface celular Phone Cell foi desenvolvida com o objetivo de unir segurança e conectividade em um só aparelho. O produto realiza e recebe ligações telefônicas através

Leia mais

Manual. Controle de motores via Bluetooth. William Trevine

Manual. Controle de motores via Bluetooth. William Trevine A Manual Controle de motores via Bluetooth 1 William Trevine Sumário 1 Introdução... 4 2 Características... 5 3 Instalação... 6 3.1 Alimentação... 7 3.2 Motores... 8 3.3 Liga e desliga... 9 3.4 Saídas

Leia mais

Guia DIE-100 para ADSL e sistema operacional Windows 98

Guia DIE-100 para ADSL e sistema operacional Windows 98 Guia DIE-100 para ADSL e sistema operacional Windows 98 O Express First Net Internet Kit da D-Link permitirá que você conecte seu escritório com o mundo, compartilhe o acesso à Internet com grande velocidade

Leia mais

Parabéns, você acaba de adquirir um produto com qualidade e tecnologia Identech.

Parabéns, você acaba de adquirir um produto com qualidade e tecnologia Identech. MANUAL Sumário 1 INTRODUÇÃO3 2 LIGANDO/CONECTANDO3 3 CONFIGURAÇÕES4 31 - INICIAL4 32 - REDE8 321-3G8 322 - WAN9 323 - LAN10 324 - Tipo de Reconexão13 325 - Redirecionar14 33 - WIRELESS16 34 - DHCP17 35

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA-4

CENTRAL DE ALARME BRISA-4 CENTRAL DE ALARME BRISA-4 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS -4 zonas mistas programáveis -disca para até 4 telefones -pânico pelo controle remoto -dupla tecnologia hopping code e rolling code em 4,9mhz -indica

Leia mais

Sistema Gerenciador de Locadora Glossário Versão 1.1

Sistema Gerenciador de Locadora Glossário Versão 1.1 GLOSSÁRIO Sistema Gerenciador de Locadora Glossário Versão 1.1 Responsável: Gustavo Teles GL01 Glossário 01 Página 1 de 7 A Aba - 1. Ficha com objetivo de separar ou agrupar em um mesmo contexto campos

Leia mais

SOLUTION. Painel Convencional de Alarme de Incêndio. SOLUTION - Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio. Revisão 1.1 Maio de 2006

SOLUTION. Painel Convencional de Alarme de Incêndio. SOLUTION - Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio. Revisão 1.1 Maio de 2006 SOLUTION Painel Convencional de Alarme de Incêndio TABELA DE CONTEÚDO Capitulo 1: Descrição do Produto... 2 1.1: Características...2 1.2: Especificações...2 Capitulo 2: Lógica de Detecção e Alarme de Incêndios...

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO ETHERNET BOX MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO E.P.M. Tecnologia e Equipamentos Ltda. Av. Comendador Gumercindo Barranqueiros, 285 Jardim Samambaia - Jundiaí SP CEP: 13211-410 Telefone (0xx11) 4582-5533

Leia mais

PROGRAMANDO TCP/IP NX-590E

PROGRAMANDO TCP/IP NX-590E Descrição dos Leds PROGRAMANDO TCP/IP NX-590E O módulo de Internet tem cinco LEDs (5) vermelhas ao longo da frente do bordo e mais dois no módulo SIM. Esses LEDs fornecem valiosas informações sobre o estado

Leia mais

TopPendrive Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 1 -

TopPendrive Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 1 - TopPendrive Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 1 - Índice Manual de Instruções TopPendrive - MP07301-01 Rev 06-03/05/2010 PG - 2 - ÍNDICE 1 APRESENTAÇÃO... 3 1.1 ACESSÓRIOS

Leia mais

DataQuest. Soluções para Controle de Acesso. DataMini. Manual Técnico Software Ver. 1.0

DataQuest. Soluções para Controle de Acesso. DataMini. Manual Técnico Software Ver. 1.0 DataQuest Soluções para Controle de Acesso DataMini Manual Técnico Software Ver. 1.0 DataQuest DataQuest Comércio e Consultoria Ltda. Av. Dr. Guilherme Dumont Villares, n 1050 Sala 11 Vila Suzana - São

Leia mais

Acionamento através de senha*, cartão de proximidade ou biometria. Compatível com fechaduras magnéticas, eletroímãs e cancelas.

Acionamento através de senha*, cartão de proximidade ou biometria. Compatível com fechaduras magnéticas, eletroímãs e cancelas. 1/8 SISTEMA ZIGLOCK TCP Visão Geral: Instalação e configuração simplificada. Alta capacidade de armazenamento de registros e usuários. Acionamento através de senha*, cartão de proximidade ou biometria.

Leia mais

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014

GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 GUIA PARA HABILITAÇÃO DAS BIOMETRIAS LINEAR (SÉRIE LN) NO SOFTWARE HCS 2010 V9.0 (BETA 3) 11/06/2014 A partir da versão 9.0 (BETA 3) do Software HCS 2010 é possível monitorar e gerenciar as biometrias

Leia mais

Acabamento em aço inox (Tampa superior embutida, proporcionando um melhor acabamento);

Acabamento em aço inox (Tampa superior embutida, proporcionando um melhor acabamento); Características Fabricada em aço-carbono com pintura em epóxi preto; Tratamento anti-corrosivo; Acabamento em aço inox (Tampa superior embutida, proporcionando um melhor acabamento); Fechadura para acesso

Leia mais

Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Versão 3.6

Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro. Versão 3.6 Gerenciador USB do Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro Versão 3.6 O Gerenciador é um Software para ambiente Windows que trabalha em conjunto com o Monitor de Rede Elétrica Som Maior Pro, através de

Leia mais

SUMÁRIO PlugSec Guardian ST100 PlugSec Guardian ST100

SUMÁRIO PlugSec Guardian ST100 PlugSec Guardian ST100 SUMÁRIO 1. Introdução 3 2. Para sua Segurança 3 3. Conteúdo da Embalagem 3 4. Funcionamento Básico 4 5. Compatibilidade 4 6. Modelos 4 7. Conhecendo o PlugSec Guardian ST100 5 8. Instalando Passo a Passo

Leia mais

Guia DIE-100 para Cable Modem e sistema operacional Windows 2000

Guia DIE-100 para Cable Modem e sistema operacional Windows 2000 Guia DIE-100 para Cable Modem e sistema operacional Windows 2000 O Express First Net Internet Kit da D-Link permitirá que você conecte seu escritório com o mundo, compartilhe o acesso à Internet com grande

Leia mais

Conect. Senha. Manual de Instalação Controle de Acesso C203702R3

Conect. Senha. Manual de Instalação Controle de Acesso C203702R3 Conect Senha C203702R3 Manual de Instalação Controle de Acesso : 1 - Antes de Começar...01 2 - Características Gerais... 02 3 - O Teclado... 03 4 - Instalação... 04 5 - Sinalização Audível... 05 6 - Sinalização

Leia mais

Manual Operacional SAT TS-1000

Manual Operacional SAT TS-1000 Manual Operacional SAT TS-1000 APRESENTAÇÃO O TS-1000 é o equipamento SAT da Tanca destinado a emissão de Cupons Fiscais Eletrônicos. Equipado com o que há de mais moderno em Tecnologia de Processamento

Leia mais

Manual da Placa de Interface e Acionamento. SnowFlakes 4S

Manual da Placa de Interface e Acionamento. SnowFlakes 4S Manual da Placa de Interface e Acionamento SnowFlakes 4S Introdução O SnowFlakes é uma placa eletrônica Open Source desenvolvida com o controlador programável Tibbo AKTEM-203, vendido no e-commerce do

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL CARACTERÍSTICAS BÁSICAS 8 Zonas programáveis sendo 4 mistas, ou seja, com fio e sem fio e 4 com fio; 1 senha mestre; 1 senha de usuário; Entrada para teclado

Leia mais

Indice. Indice.1. 6.1- Reprodução Local...18. 6.2- Reprodução Remota...19

Indice. Indice.1. 6.1- Reprodução Local...18. 6.2- Reprodução Remota...19 Indice Indice.1 1. Introdução...2 1.1. Ambiente de Operação...2 1.2. Instruções de Instalação...2 2. Instalação e desinstalação...3 2.1. Instalação...3 2.2. Desinstalação...4 2.3. Reparo...5 3. Operação

Leia mais

BuscaPreço Gertec V3.0

BuscaPreço Gertec V3.0 BuscaPreço Gertec V3.0 Gertec Telecomunicações Ltda. Manual do Usuário 1 DESCRIÇÃO... 3 RECONHECENDO O TERMINAL... 4 INSTALAÇÃO DO TERMINAL... 5 CONFIGURAÇÃO DO TERMINAL... 5 CONFIGURANDO PELO TECLADO...

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações

Manual de Instalação de Telecentros Comunitários. Ministério das Comunicações Manual de Instalação de Telecentros Comunitários Ministério das Comunicações As informações contidas no presente documento foram elaboradas pela International Syst. Qualquer dúvida a respeito de seu uso

Leia mais

www.pontodigitalnetwork.com.br Manual de Instruções Mundi 1022 Coletor de Dados Ponto Digital Mundi 1022 Manual de Instruções 1/23

www.pontodigitalnetwork.com.br Manual de Instruções Mundi 1022 Coletor de Dados Ponto Digital Mundi 1022 Manual de Instruções 1/23 www.pontodigitalnetwork.com.br Manual de Instruções Mundi 1022 Coletor de Dados Ponto Digital Mundi 1022 Manual de Instruções 1/23 www.pontodigitalnetwork.com.br Manual de Instruções Mundi 1022 Sumário

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR

Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR ÍNDICE DESCRIÇÃO................................................. PÁG. 1 - Configuração necessária para o bom funcionamento................... 03 2

Leia mais

TC505 Gertec V3.0. Gertec Telecomunicações Ltda. Manual do Usuário

TC505 Gertec V3.0. Gertec Telecomunicações Ltda. Manual do Usuário TC505 Gertec V3.0 Gertec Telecomunicações Ltda. Manual do Usuário 1 DESCRIÇÃO... 3 RECONHECENDO O TERMINAL... 4 INSTALAÇÃO DO TERMINAL... 5 CONFIGURAÇÃO DO TERMINAL... 5 CONFIGURANDO PELO TECLADO... 5

Leia mais

GUIAS RÁPIDOS DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO. Revisão 5

GUIAS RÁPIDOS DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO. Revisão 5 GUIAS RÁPIDOS DE INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO Revisão 5 011 Wellcare Automação Ltda. Todos os direitos reservados. Índice P - Guia Rápido de Instalação - Controladores que administram portas P1 - Porta com

Leia mais

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Discadora por Celular HERA HR2048.

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Discadora por Celular HERA HR2048. Discadora por Celular HERA HR2048 Manual do Usuário Índice: Paginas: 1. Introdução 03 1.1 Visão Geral 03 2. Características 04 3. Funcionamento 04, 05 e 06 3.1 Mensagens 06 e 07 4. Instalação da Discadora

Leia mais

Guia DIE-100 para Cable Modem e sistema operacional Windows XP

Guia DIE-100 para Cable Modem e sistema operacional Windows XP Guia DIE-100 para Cable Modem e sistema operacional Windows XP O Express First Net Internet Kit da D-Link permitirá que você conecte seu escritório com o mundo, compartilhe o acesso à Internet com grande

Leia mais

Manual de Operação e Instalação MA300

Manual de Operação e Instalação MA300 Manual de Operação e Instalação MA300 Versão 1.1KB Janeiro 2013-01-24 1 Sobre este Documento Este documento introduz as operações do equipamento de controle de acesso. Para a instalação do equipamento

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

Central Discadora Celular. ITCell SEG MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO P P B. Empresa Nacional. Processo Produtivo Básico

Central Discadora Celular. ITCell SEG MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO P P B. Empresa Nacional. Processo Produtivo Básico Central Discadora Celular ITCell MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO P P B Processo Produtivo Básico Empresa Nacional 01. INTRODUÇÃO 03 02. FUNCIONAMENTO 03 2.1. SINAIS SONOROS 03 2.2. ESQUEMA DE CONEXÃO 04

Leia mais

Interface Ethernet SIEMENS 828D T60542A

Interface Ethernet SIEMENS 828D T60542A Interface Ethernet SIEMENS 828D T60542A ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. INSTALAÇÃO... 3 2.1 CNC...3 2.1.1. Configuração...3 2.2 PC...6 2.2.1 Configurar a rede Microsoft...6 2.2.2. Inibir o Firewall da rede

Leia mais