MÓDULO INFORMÁTICA PROFESSOR MARCELO NASCIMENTO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MÓDULO INFORMÁTICA PROFESSOR MARCELO NASCIMENTO"

Transcrição

1 MÓDULO INFORMÁTICA PROFESSOR MARCELO NASCIMENTO Um Sistema Operacional é um conjunto de rotinas executadas pelo processador, da mesma forma como qualquer outro programa. Sua principal função é controlar o funcionamento do computador, gerenciando os diversos recursos disponíveis no sistema. O Sistema Operacional executa basicamente duas funções: - Facilita o acesso aos recursos do sistema - Compartilha de forma organizada e protegida os recursos do sistema O Sistema Operacional torna a interação entre o usuário e o computador mais simples, confiável e eficiente. Conceitos Básicos Hardware: Um computador é constituído por um conjunto de dispositivos interligados, composto por processadores, memória principal e dispositivos físicos. Estes componentes podem ser subdivididos em três subsistemas básicos: - Unidade Central de Processamento (UCP ou CPU) - Memória Principal - Dispositivos de Entrada e Saída (I/O) Unidade Central de Processamento (CPU): A principal função da Unidade Central de Processamento é unificar todo o sistema, controlando as funções realizadas por cada unidade funcional. Ela é também responsável pela execução de todos os programas do sistema, que obrigatoriamente deverão estar armazenados na memória principal. Um programa é composto por uma série de instruções ordenadas logicamente, que são executadas sequencialmente pela CPU. Ela busca cada instrução na memória principal e interpreta para a sua execução. A CPU é composta por dois componentes básicos: Unidade de Controle (UC) e Unidade Lógica e Aritmética (ULA). A Unidade de Controle é responsável por controlar as atividades de todos os componentes do computador, emitindo sinais elétricos gerados pelo dispositivo denominado Clock. Este sinal pode ser para a gravação de um dado no disco ou para uma busca de instrução na memória. A Unidade Lógica e Aritmética é responsável pela realização de operações lógicas (testes e comparação) e aritméticas (soma ou subtração). A velocidade de processamento de uma CPU é determinada pelo número de instruções que o processador executa por unidade de tempo, normalmente segundo. Esta denominação pode ser MIPS (Milhões de Instruções por Segundo) ou MFLOPS/GFLOPS (Milhões / Bilhões de Instruções por ponto flutuante por segundo). Clock: É um dispositivo que está localizado na CPU e que gera pulsos elétricos síncronos em um determinado intervalo de tempo. O sinal de Clock é utilizado pela Unidade de Controle para execução das instruções. A freqüência do Clock de um processador é medida em Hertz ( Hz). Registradores: Os registradores são dispositivos de alta velocidade, que estão localizados dentro da CPU e que armazenam dados temporários. Cada processador possui um determinado número de registradores. Memória Principal: Também conhecida como memória primária, é o local onde são armazenados as instruções e os dados. Ela é composta por unidades de acesso denominadas células, sendo que cada uma desta célula é composta por um determinado número de bits. O bit é a unidade básica da memória, podendo assumir o valor 0 e 1. O acesso de cada célula é realizado com a especificação de um número denominado endereço. Desta forma quando um programa escrever ou ler um dado em uma célula deve especificar primeiro qual o endereço de memória desejado, para depois realizar a operação. A memória principal pode ser classificada de acordo com a sua volatilidade que é a capacidade da memória em preservar o seu conteúdo mesmo sem uma fonte de alimentação. As memórias voláteis se caracterizam por poderem ser lidas e gravadas, como por exemplo, as memórias RAM (Random Acess Memory). Outro tipo de memória não volátil é a memória ROM (Read Only Memory), que já vem gravada do fabricante, geralmente com algum programa e seu conteúdo é mantido inalterado mesmo quando a alimentação é desligada. Memória Cache: Trata-se de uma memória volátil de alta velocidade. Toda vez que o processador busca um dado na memória principal, ele "olha" primeiramente para a memória cache. Se este dado estiver armazenado nela, não existe a necessidade do acesso da memória principal. Memória Secundaria: A memória secundária é um meio não volátil de armazenamento de programas e dados. O acesso a este tipo de dispositivo é lento se compararmos a memória principal ou a memória cache, porém o seu custo é baixo e a sua capacidade de armazenamento, na maioria das vezes, é muito maior. Dispositivos de Entrada e Saída: Os dispositivos de entrada e saída permitem a comunicação entre o computador e o mundo externo. Através desses dispositivos, a CPU e memória principal podem se comunicar tanto com o usuário como a memória secundária, para realizar qualquer tipo de processamento. Estes dispositivos de Entrada e Saída podem ser divididos em duas categorias: - Aqueles que são utilizados como memória secundária como discos e fitas magnéticas e que tem um custo bem menor em relação a memória principal, armazenam uma quantidade maior de informações, porém possuem uma velocidade de acesso menor. - Aqueles que são utilizados como interface homem-máquina, como teclado, monitores, impressoras, etc. Com o avanço da tecnologia, estes dispositivos tem se tornado bastante amigáveis, possibilitando que usuários com pouco conhecimento de informática, possam utilizar o computador de forma bastante satisfatória. Barramento: A CPU, a memória principal e os dispositivos de E/S são interligados através de linhas de comunicação denominadas barramentos, barras ou vias. Um barramento (BUS) é um conjunto de fios paralelos onde trafegam informações como dados, endereços ou sinais de controle. Os barramentos podem ser classificados como Unidirecional (transmitem em uma única direção) ou Bidirecional (transmitem em duas direções). Na ligação entre CPU e Memória Principal, são necessários a ligação de 3 barramentos: - Barramento de Dados: onde trafegam as informações entre a CPU e a Memória Principal - Barramento de Endereço: onde a CPU especifica o endereço da célula que irá ser acessada - Barramento de Controle: onde a CPU envia pulsos de controle relativos a leitura e gravação Pipelining: O conceito de Pipelining se assemelha a de uma linha de produção, onde uma tarefa é subdividida em outras subtarefas, executadas em diferentes estágios, dentro de uma linha de produção. A execução de uma instrução pode ser dividida em sub-tarefas, como as fases de busca de instrução de operandos, execução e armazenamento de resultados. O processador através de unidades funcionais pipeline, permite que enquanto a instrução se encontra na fase de execução, possa estar em fase de busca simultaneamente. Ativação e Desativação do Sistema: O Sistema Operacional é essencial para o funcionamento do Computador. Sem ele grande parte dos recursos do sistema não estaria disponível. 1

2 Toda vez que um computador é ligado é necessário que o computador seja carregado da memória secundaria para a memória principal. Este processo, denominado ativação do sistema (boot), é realizado por um programa localizado em um local específico do disco (disco block), sendo geralmente o primeiro bloco. Este procedimento de ativação varia em função do equipamento, podendo ser realizado através de teclado, de um terminal, ou de chaves em um painel. Além da carga do Sistema Operacional, a ativação do sistema também consiste na execução de arquivos de inicialização. Na maioria dos sistemas existe o processo de desativação denominado Shutdown. Este procedimento permite que as aplicações e componentes sejam desativados de maneira ordenada, garantindo a integridade do sistema. Arquitetura RISC e CISC Um processador com arquitetura RISC (Reduced Instruction Set Computer) se caracteriza por ter poucas instruções de máquina, bastante simples e que são executadas diretamente pelo hardware. Na sua maioria, estas instruções não acessam a memória principal, trabalhando principalmente com os registradores, que neste tipo de processador, se apresentam em grande número. Um processador com arquitetura CISC (Complex Instrution Set Computer) já possuem instruções já interpretadas por micro programas. O número de registradores é pequeno e qualquer instrução pode referenciar a memória principal. Software: O Hardware sozinho não tem a menor utilidade. Para torná-lo útil é necessário que um conjunto de programas que fazem a interface entre as necessidades do usuário e a capacidade do hardware. A utilização de softwares adequados às diversas tarefas e aplicações, torna o trabalho do usuário muito mais simples e eficiente. Funcionamento A placa-mãe realiza a interconexão das peças componentes do microcomputador. Assim, processador, memória, placa de vídeo, HD, teclado, mouse, etc. estão ligados diretamente à placa-mãe. Ela possui diversos componentes eletrônicos (circuitos integrados, capacitores, resistores, etc) e entradas especiais (slots) para que seja possível conectar os vários dispositivos. pinos, por exemplo, ou o barramento da ponte norte. Assim sendo, a placa-mãe deve ser desenvolvida para aceitar determinados processadores. Memória RAM Com relação à capacidade de instalação de memória RAM nas placas-mãe mais antigas chegavam a 32 MB ou 64 MB, entretanto hoje achamos micros com módulos de memória com 2GB ou 4GB, podendo chegar em algumas placas para servidor a 128 GB (embora essas placas sejam muito raras, a possibilidade existe). BIOS BIOS (Basic Input Output System) é um tipo de chip (Flash- ROM) que contém um pequeno software responsável por controlar o uso dos dispositivos e mantém informações de data e hora. O BIOS trabalha junto com o POST (Power On Self Test), um software que testa os componentes do micro em busca de eventuais erros. Podemos alterar as configurações de hardware através do Setup, uma interface também presente na Flash- ROM. Bateria A bateria interna do tipo Lítio (bateria de lítio) CR2032 tem a função de manter as informações da Flash-ROM (EEPROM) armazenadas enquanto o computador está desligado (somente em placas-mãe antigas, nas atuais sua principal função é manter o relógio interno funcionando). Chipset Um chipset (em português: conjunto de circuitos integrados) é um grupo de circuitos integrados ou chips, que são projetados para trabalhar em conjunto e que são geralmente comercializados como um produto único. Componentes Vamos destacar os mais importantes componentes de uma placa mãe: Processador (conectado ao soquete) Memória RAM Bios (memória ROM) Bateria Chipset (norte e sul) Conectores Slots de expansão (PCI, ISA, AGP...) Conector IDE Conector SATA Conector Mouse(br)/Rato(pt) Conector Teclado Conectores PS/2 Conector Impressora (porta paralela) Conector USB Processador O processador fica encaixado no soquete devendo observar que uma placa-mãe não aceita qualquer tipo de processador, pois é desenvolvida para soquetes específicos. Cada tipo de processador tem características que o diferenciam de outros modelos, a quantidade de Diagrama de um chipset de placa-mãe. Chipset é um chip (ou conjunto de chips) responsável pelo controle de diversos dispositivos de entrada e saída como o barramento de comunicação do processador, o acesso à memória, o acesso ao HD, periféricos on-board e off-board, comunicação do processador com a memória RAM e entre outros componentes da placa-mãe. Geralmente, é dividido em southbridge e northbridge. O northbridge faz a comunicação do processador com as memórias, através do barramento de comunicação externa do processador, e com os barramentos de alta velocidade AGP e 2

3 PCI Express. Como ele faz o trabalho mais pesado, geralmente requer um dissipador de calor devido ao seu aquecimento elevado. O southbridge geralmente é responsável pelo controle de dispositivos de entrada ou saída (I/O) como as interfaces IDE que ligam os HDs, os drives de CD-ROM, drives de DVD-ROM ao processador. Controlam também as interfaces Serial ATA. Geralmente cuidam também do controle de dispositivos on-board como o som. Slots de expansão Algumas tecnologias foram desenvolvidas para dar maior flexibilidade aos computadores pessoais uma vez que cada cliente pretende utiliza-lo para um fim específico. O barramento PCI ou (Peripheral Component Interconnect) é uma tecnologia para conectar diferentes periféricos na Placamãe. O barramento AGP ou (Accelerated Graphics Port) é uma tecnologia de barramento usada principalmente por placas de vídeo. As placas AGP excedem um pouco em tamanho as placas PCI. A tecnologia AGP está sendo substituída pelo barramento PCI Express. A tecnologia PCI Express conta com um recurso que permite o uso de uma ou mais conexões seriais. Controladores On-board: como o próprio nome diz, o componente onboard vem diretamente conectado aos circuitos da placa mãe, funcionando em sincronia e usando capacidade do processador e memória RAM quando se trata de vídeo, som, modem e rede. Tem como maior objetivo diminuir o preço das placas ou componentes mas, em caso de defeito o dispositivo não será recuperável. São exemplos de circuitos on-board: vídeo, modem, som e rede. Off-board: são os componentes ou circuitos que funcionam independentemente da placa mãe e por isso, são separados, tendo sua própria forma de trabalhar e não usando o processador, geralmente, quando vídeo, som, modem ou rede, o dipositivo é "ligado" a placa-mãe usando os slots de expansão para isso, têm um preço mais elevado que os dispositivos onboard, sendo quase que totalmente o contrário em todos os aspectos do tipo on-board, ou seja, praticamente todo o processamento é realizado pelo próprio chipset encontrado na placa do dispositivo. ATA, um acrónimo para a expressão inglesa Advanced Technology Attachment, é um padrão para interligar dispositivos de armazenamento, como discos rígidos e drives de CD-ROMs, no interior de computadores pessoais. A evolução do padrão fez com que se reunissem em si várias tecnologias antecessoras, como: (E)IDE - (Extended) Integrated Drive Electronics ATAPI - Advanced Technology Attachment Packet Interface UDMA - Ultra DMA Com a introdução do Serial ATA em 2003, o padrão ATA original foi retroactivamente renomeado para Parallel ATA (ATA Paralelo, ou PATA). Socket IDE/ATA numa motherboard Conector com cabo. Serial ATA, SATA ou S-ATA (acrônimo para Serial AT Attachment) é uma tecnologia de transferência de dados entre um computador e dispositivos de armazenamento em massa (mass storage devices) como unidades de disco rígido e drives ópticos. É o sucessor da tecnologia ATA Componentes A placa-mãe pode variar conforme o modelo e fabricante, mas há componentes que se mantêm: Slots; Conectores; Portas; Bios; Chipset Barramentos Barramento de entrada e saída O Barramento de Entrada e Saída (I/O ou E/S) é um conjunto de circuitos e linhas de comunicação que se ligam ao resto do PC com a finalidade de possibilitar a expansão de periféricos e a instalação de novas placas no PC. Permitem a conexão de dispositivos como: Placa gráfica, Rede, Placa de Som, Mouse, Teclado, Modem São exemplos de Barramentos de Entrada e Saída: AGP, AMR, EISA, FireWire, IrDA, ISA, MCA, PCI, PCI Express, Pipeline, SCSI, VESA Local Bus, USB, PS/2 PCI (Peripheral Component Interconnect - Interconector de Componentes Periféricos) é um elemento para conectar periféricos em computadores baseados na arquitetura IBM PC. Foi criado pela Intel em junho de 1992 na mesma época em que desenvolvia o processador Pentium. O barramento PCI veio para substituir o barramento ISA. USB Slot Serial ATA em uma placa-mãe. Versão do USB Ano de Lançamento Taxa Transferência Alimentação elétrica de 1,5 Mbps - 12 Mbps 5V ma 480 Mbps 4,8 Gbps 5V ma Entre os mais conhecidos dispositivos que utilizam-se da interface USB estão: Webcam; Teclado; Mouse; Unidades de armazenamento (HD, Pendrive, CD-ROM) ; Joystick; Gamepad; PDA; Câmera digital; Impressora; Placa-de-Som; Modem; MP3 Player Alguns dispositivos usam apenas a alimentação eléctrica da USB sem nenhuma função de comunicação ou controle. São exemplos: pequenas luminárias e ventiladores. Adaptadores Bluetooth 3

4 O COMPUTADOR ENIAC 1º Computador digital do mundo Periféricos de Saída Convertem do formato digital para o natural A evolução HANDHELD COMPUTADOR DE MÃO Periféricos de Entrada / Saída Funcionamento do Computador Entrada dos dados: acontece nos equipamentos de entrada; Processamento: acontece na CPU; Armazenamento: acontece nas memórias; Saída das informações: é realizada pelos equipamentos de saída. Microprocessador Principal componente de um computador, sendo muitas vezes chamado de cérebro da máquina. Isso porque é o processador que executa, com auxílio de dispositivos como memórias e discos rígidos, todas as operações no computador. Dispositivos (Periféricos) São tradutores entre a máquina e o usuário Periféricos de Entrada; Periféricos de Saída; Periféricos de Entrada e Saída. Periféricos de Entrada Convertem dados do formato natural para o digital. Microprocessador: Clock Forma de indicar o número de instruções que podem ser executadas a cada segundo (ciclo). Sua medição é feita em Hz Instruções podem precisar de vários ciclos para serem executadas, enquanto outras, um ciclo só. 4

5 POR QUE BITS E BYTES? Bits e Bytes são usados como unidades de medida de informação digital. Todo equipamento eletrônico digital lida com informações que podem ser representadas como bits e Bytes. Bit é a menor unidade de informação que um computador pode manipular; PARA QUE SERVEM BITS E BYTES? Medimos o tamanho das informações com que trabalhamos em Bytes. Medimos a capacidade de armazenamento das memórias do computador em Bytes. Também medimos as velocidades de transmissão de informações em bits por segundo (bps) ou Bytes por segundo (B/s) Memória ROM Memória (não Volátil) = permanente; Memória de difícil acesso (somente de leitura); Memória responsável pelo armazenamento do Firmware. UNIDADES DE MEDIDAS Medida Usual 10 Kilobyte (KB) 2 = Megabyte (MB) 2 = Quantidade (bytes) 30 Gigabyte (GB) 2 = Terabyte (TB) 2 = Petabyte (PB) 2 = Hexabyte (HB) 2 = Registradores Memória pequena e rápida, contida na CPU, utilizada no armazenamento temporário durante o processamento. Memória Cache Consiste numa pequena quantidade de memória SRAM, incluída no chip do processador. A cache fica entre o processador e a memória RAM Cache L1 Cache L2 Cache L3 A PLACA MÃE (MOTHER BOARD) 70 Zetabyte (ZB) 2 = Yottabyte (YB) 80 2 = CLASSIFICAÇÃO DAS MEMÓRIAS RAM Utiliza pulsos elétricos (só armazena informações enquanto houver energia). É volátil. ROM Grava seus dados em circuitos eletrônicos fixos (não pode ser alterada pelo usuário é gravada na fábrica). Só pode ser lida. Não é volátil. MAGNÉTICA Usa pulsos magnéticos em superfícies com ímãs (disquetes, fitas e discos rígidos) ÓPTICA Armazena dados através do posicionamento de RAM ROM uma superfície que reflete luz (raio laser disparado pelo equipamento leitor). CDs e DVDs. DRAM SRAM SDRAM DDR DDR2 PROM EPROM EEPROM (EAROM) FLASH (FEPROM) 5 A = Processador E = Conectores IDE e Drive de B = Memória RAM disquete C = Slots de Expansão F = Bios e bateria C1 = PCI G = Conectores de teclado, Mouse, C2 = AGP USB e outros C3 = PCI Express H = Furos de Encaixe D = Alimentação I = Chipset BARRAMENTOS Para que o computador possa oferecer recursos e possibilidades diversas de uso ao usuário, é necessária a utilização de dispositivos adicionais, como placas de vídeo e de som, modem, disco rígido, teclado, etc. Estes componentes são conhecidos como Dispositivos de Entrada (teclado e mouse, por exemplo) e Saída (placa de vídeo e som, por exemplo). Em inglês, utiliza-se a sigla I/O, de Input/Output. Para que o processador possa trabalhar com esses dispositivos, ele usa um barramento para se comunicar. Assim é possível que o processador envie informações (por exemplo, os

6 dados para uma impressora, quando você pede para imprimir um arquivo) e receba (por exemplo, quando você digita algo no teclado). Esse barramento é conhecido como "barramento de dados" (ou data bus). Modelos: ISA (8 e 16 bits): Para placas de som, Fax Modem, Placas de Rede, dentre outras. EISA (32 bits): mesma compatibilidade do ISA. VLB (VESA 32 bits): Para Placa de vídeo PCI (32 ou 64 bits): Para Placa de Rede, digitalizadoras de vídeo, controladoras SCSI, placas de som e placas de fax modem. AGP (porta aceleradora de gráficos) sua vantagem é o uso de maior quantidade de memória para armazenamento de texturas para objetos tridimensionais, além da alta velocidade no acesso a essas texturas para aplicação na tela: Para placas de vídeo. PCI Express (evolução do PCI): Foi criada para substituir o AGP e PCI Memória Virtual É uma extensão da memória RAM, ou seja, é constituída da junção da memória principal (DRAM) com a memória secundária (HD). É reservado um determinado espaço do HD para tal função. Quanto menos memória RAM um computador tiver, maior será a necessidade da utilização da memória virtual. Interfaces Externas Mídias Ópticas CD-R CD-RW DVD-ROM DVD-RAM HD-DVD Blu-Ray São utilizadas para a conexão dos dispositivos externos (periféricos) ao computador. PORTAS DE COMUNICAÇÃO Serial: Normalmente para mouse, antigamente para transferir arquivos e conectar modems externos. Paralela: Normalmente para impressoras e scanners IrDA: Para comunicação sem fios. A comunicação é feita através de luz infravermelha, conforme ocorre com o controle remoto de TV. Normalmente para teclado, mouse e impressoras USB: para diversos tipos de periféricos. HD Drives Ópticos Memória Flash Fita Magnética (Tapes) 6

7 PALAVRAS CRUZADAS Termos de Hardware. a. Tipo de memória de altíssima velocidade (mais rápido que a memória cache), contida na CPU. (plural). b. Nome dado aos dispositivos de entrada e saída. c. Refere-se ao número de pulsos por segundo gerado por um oscilador na forma de um cristal de quartzo, localizado na placa mãe, que determina a freqüência do processador. d. sigla de Complex Instruction Set Computer, arquitetura do processador capaz de executar centenas de instruções complexas diferentes. e. Programa armazenado em memória do tipo ROM, atualmente flashrom, onde ficam armazenado as configurações do computador. Através deste programa fazemos o ajunte fino do hardware. f. Conjunto de trilhas de comunicação que permitem a interligação entre dispositivos, tais como, CPU, memória etc. Podem ser divididos em dados, endereço e controle. g. Toda e qualquer informação no computador é convertido em número... h. Nome do arquivo que utiliza uma área do disco rígido como se fosse memória RAM. i. Diz-se respeito a uma das unidades de um processador. j. Abreviação de Basic Input Output System. É um programa armazenado em um chip de memória do tipo ROM, localizado na placa mãe, que serve basicamente para detectar o hardware de um computador. k. Memória do tipo RAM localizada dentro do processador. Tem como finalidade principal melhora o desempenho do computador. l. Nome dado ao conjunto de 8 bits. m. Sistema de numeração que utiliza 8 símbolos para a representação de quantidade. n. Sistema de numeração que utiliza 10 símbolos. o. Central Processing Unit ou Unidade Central de Processamento, é a parte de um computador que interpreta e processa as instruções contidas em um software. p. Nome dado ao tipo de memória que é uma extensão da memória RAM. É reservado um determinado espaço do disco rígido para tal função. q. Termo muito utilizado para denominação do disco rígido. r. Acrônimo para American Standard Code for Information Interchange. É um conjunto de códigos utilizado pelo computador para representação de números, letras, pontuação e outros caracteres. s. Denominação para placa mãe. t. Sistema de numeração que utiliza 16 símbolos para representação de dados. u. Menor unidade da informação. v. Memória de acesso aleatório volátil. w. Memória somente de leitura. x. Reduced Instruction Set Computer, arquitetura de processador com um Conjunto Instruções Reduzidas. CPU que favorece um conjunto simples e pequeno de instruções que levam aproximadamente a mesma quantidade de tempo para serem executadas. y. Padrão de codificação de caracteres desenvolvido pelo Unicode Consortium. Abrange quase todas as escritas no mundo, além das escritas históricas já extintas e os símbolos matemáticos e os musicais. z. Acrônimo para Power On Self Test. É um teste feito pelo BIOS no computador que verifica se está tudo funcionando corretamente. Se no meio do teste for detectado algum problema, uma serie de bips sonoros são emitidos. 7

8 a. Dispositivos de armazenamento de dados, tais como, HD, disquete, Fita Dat etc, são considerados memória... b. O mesmo que acesso aleatório. c. Sigla de Small Computer System Interface. Tecnologia criada para acelerar a taxa de transferência entre dispositivos de um computador. Permite a conexão de diversos dispositivos, tais como, discos rígidos, CDROMs, impressoras e scanners etc. Geralmente utilizado em servidores. d. É um dos itens que compõe um cluster. e. Acrônimo para Master Boot Record. Primeiro setor de um HD que identifica onde está localizado o sistema operacional, para que possa ser carregado pelo computador (boot). f. Universal Serial Bus, barramento Plug and Play que permite a conexão de periféricos sem a necessidade de desligar o computador. Permite a conexão de até 127 periféricos em uma única porta. g. Barramento que transfere dados de forma paralela. h. Tipo de fita muito utilizada para backup. i. Nome dado ao conjunto formado pelas mesmas trilhas de cada prato de um disco rígido. j. Interface serial para computadores pessoais de alta velocidade que permite a conexão de até 63 dispositivos. k. Dispositivo utilizado para leitura e/ou gravação de dados, em disquete, CD-ROM etc. l. Acrônimo para Serial Advanced Technology Attachment. Tecnologia de transferência de dados entre um disco rígido e a placa-mãe. m. Nome atribuído a memória principal de um computador. n. Forma de leitura e acesso feito na fita DAT. o. Acrônimo de Advanced Graphics Port - barramento de alta velocidade utilizado para placas de vídeo. p. Abreviatura para Compact Disc read-only memory. q. Forma de armazenamento de dados em disquete, HD, fita DAT r. Porta muito utilizada para conexão de impressora e scanner. Atualmente estão sendo substituídas pela porta USB. s. Nome dado a unidade gravadora de DVD. t. Nome atribuído aos programas necessários para configuração do hardware. u. Dispositivo portátil de armazenamento de dados, constituído por memória flash e um adaptador USB. v. Forma de leitura e gravação do CD e DVD. w. Compõe o disquete depois de formatado. x. Drive de disquete de 3 ½ polegadas, que permite o armazenamento de até 700 MB. y. Porta utilizada para conexão de mouse e modem. z. Também conhecido como barramento paralelo IDE. 8

9 Palavra cruzada 1 Palavra cruzada 2 FCC TCE SP AGENTE DE FISCALIZAÇÃO FINANCEIRA 01. O Sistema Operacional (A) é o software responsável pelo gerenciamento, funcionamento e execução de todos os programas. (B) é um software da categoria dos aplicativos, utilizado para a criação de textos, planilhas de cálculo, desenhos etc. (C) apesar de gerenciar a leitura e a gravação de arquivos, delega a função de localização de programas nas unidades de discos a softwares utilitários de terceiros. (D) Linux é um software proprietário, já o Windows, é o software livre mais utilizado nos computadores pessoais atualmente. (E) não está relacionado à evolução das CPUs, pois independem de componentes de hardware, já que são executados em um computador virtual (virtual machine). FCC TRE SP TEC JUD - ADMINISTRATIVA 02. O sistema operacional de um computador consiste em um (A) conjunto de procedimentos programados, armazenados na CMOS, que é ativado tão logo o computador seja ligado. (B) conjunto de procedimentos programados, armazenados na BIOS, que é ativado tão logo o computador seja ligado. (C) conjunto de dispositivos de hardware para prover gerenciamento e controle de uso dos componentes de hardware, software e firmware. (D) hardware de gerenciamento que serve de interface entre os recursos disponíveis para uso do computador e o usuário, sem que este tenha que se preocupar com aspectos técnicos do software. (E) software de gerenciamento, que serve de interface entre os recursos disponíveis para uso do computador e o usuário, sem que este tenha que se preocupar com aspectos técnicos do hardware. FCC 2012 TRE CE ANAL JUD CONTABILIDADE 03. Sobre sistemas operacionais é INCORRETO afirmar: (A) O sistema operacional é uma camada de hardware que separa as aplicações do software que elas acessam e fornece serviços que permitem que cada aplicação seja executada com segurança e efetividade. (B) Na maioria dos sistemas operacionais um usuário requisita ao computador que execute uma ação (por exemplo, imprimir um documento), e o sistema operacional gerencia o software e o hardware para produzir o resultado esperado. (C) Um usuário interage com o sistema operacional via uma ou mais aplicações de usuário e, muitas vezes, por meio de uma aplicação especial denominada shell ou interpretador de comandos. (D) Primordialmente, são gerenciadores de recursos gerenciam hardware como processadores, memória, dispositivos de entrada/saída e dispositivos de comunicação. (E) O software que contém os componentes centrais do sistema operacional chama-se núcleo (kernel). FCC TJ-PI - Técnico Judiciário - Área Administrativa 9 Atenção: Para responder à questão abaixo considere o quadro acima: 04- Os locais apropriados mencionados na tarefa VI são, geral e comumente, identificados como a) portas. b) racks. c) slots. d) hubs. e) jumps. FCC Banco do Brasil - Escriturário 05- Na placa-mãe alguns componentes já vêm instalados e outros serão conectados na sua placa de circuito. Um exemplo típico de componente que já vem, nativamente, instalado na placa-mãe é: a) processador. b) memória RAM. c) disco rígido. d) gravador de DVD. e) chipset. FCC TCE-SP - Agente de Fiscalização Financeira Administração 06. O processador do computador (ou CPU) é uma das partes principais do hardware do computador e é responsável pelos cálculos, execução de tarefas e processamento de dados. Sobre processadores, considere: I. Contém um conjunto restrito de células de memória chamados registradores que podem ser lidos e escritos muito mais rapidamente que em outros dispositivos de memória. II. Em relação a sua arquitetura, se destacam os modelos RISC (Reduced Instruction Set Computer) e CISC (Complex Instruction Set Computer). III. Possuem um clock interno de sincronização que define a velocidade com que o processamento ocorre. Essa velocidade é medida em Hertz. Está correto o que se afirma em (A) III, apenas. (B) I e II, apenas. (C) II e III, apenas. (D) II, apenas. (E) I, II e III. FCC TRT 6a REGIÃO - Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Tecnologia da Informação 07. A capacidade nominal de armazenamento de uma mídia de DVD-RW, com camada simples e lado simples é de (A) 4,7GB. (B) 700MB. (C) 9,40GB. (D) 720MB. (E) 1024TB.

10 FCC TRE-SP - Analista Judiciário - Área Administrativa 08. João possui uma pasta em seu computador com um conjunto de arquivos que totalizam 4GB. A mídia de backup adequada, dentre outras, para receber uma cópia da pasta é (A) DVD-RW. (B) CD-R. (C) Disquete de 3 e 1/2 polegadas de alta densidade. (D) Memória CACHE. (E) Memória RAM. FCC MPE PE - Técnico Ministerial - Área Administrativa 09. Considerando os dispositivos de armazenamento ótico removíveis, é correto afirmar que: (A) um CD-RW pode ser escrito apenas uma vez usando um gravador de CD, mas lido várias vezes por gravadores e leitores de CD. (B) um CD-ROM pode ser escrito apenas uma vez usando um gravador de CD, mas lido várias vezes por gravadores e leitores de CD. (C) um CD-R pode ser escrito e lido várias vezes por gravadores e leitores de CD. (D) um CD-R só pode ser escrito por um leitor de CD após ter sido formatado por um gravador de CD. (E) um CD-ROM é fabricado (masterizado) com todos os dados já escritos e estes dados não podem ser alterados por um gravador de CD. FCC TRE SP - Técnico Judiciário Área Administrativa 10. Durante a operação de um computador, caso ocorra interrupção do fornecimento de energia elétrica e o computador seja desligado, os dados em utilização que serão perdidos estão armazenados (A) no disco rígido e memória RAM. (B) em dispositivos removidos com segurança. (C) no disco rígido. (D) na memória RAM. (E) no disco rígido decorrentes de atividades dos programas que estavam em execução. FCC TCE-SP - Agente de Fiscalização Financeira Administração 11. O armazenamento de informações em computadores é feito pela utilização de dispositivos chamados de memória, que as mantêm de forma volátil ou permanente. Entre esses dispositivos, está a memória RAM ou memória (A) magnética. (B) secundária. (C) cache. (D) principal. (E) de armazenamento em massa. FCC TRE-CE - Técnico Judiciário - Área Administrativa 12. Adquirir um disco magnético (HD) externo de 1 TB (terabyte) significa dizer que a capacidade nominal de armazenamento aumentará em (A) bytes ou 10 9 bytes. (B) bytes ou bytes. (C) bytes ou 2 30 bytes. (D) bytes ou 2 40 bytes. (E) bytes ou 16 8 bytes. FCC TRE-SP - Analista Judiciário - Área Administrativa 13. Em relação a hardware e software, é correto afirmar: (A) Para que um software aplicativo esteja pronto para execução no computador, ele deve estar carregado na memória flash. (B) O fator determinante de diferenciação entre um processador sem memória cache e outro com esse recurso reside na velocidade de acesso à memória RAM. (C) Processar e controlar as instruções executadas no computador é tarefa típica da unidade de aritmética e lógica. (D) O pendrive é um dispositivo de armazenamento removível, dotado de memória flash e conector USB, que pode ser conectado em vários equipamentos eletrônicos. (E) Dispositivos de alta velocidade, tais como discos rígidos e placas de vídeo, conectam-se diretamente ao processador. FCC TJ-PI - Analista Judiciário - Área Administrativa Atenção: Para responder à questão considere a assertiva abaixo: VIII. Ao instalar quaisquer dispositivos que necessitem de comunicação entre o sistema operacional e o hardware (espécie de tradutor/intérprete), providenciar as ações necessárias. 14. A ação mencionada em VIII refere-se à instalação conjunta de programas que acompanham os dispositivos conhecidos por a) drives. b) firewalls. c) drivers. d) adwares. e) speakers. FCC TJ-SE - Analista Judiciário - Área Judiciária 15- Os cartões de memória, pendrives, memórias de câmeras e de smartphones, em geral, utilizam para armazenar dados uma memória do tipo (A) FLASH. (B) RAM. (C) ROM. (D) SRAM. (E) STICK. FCC Banco do Brasil - Escriturário - Ed Um tipo de elemento do microcomputador que permite apenas a leitura pelo usuário comum e vem com seu conteúdo gravado durante a fabricação. Trata-se de (A) disco rígido. (B) memória USB. (C) memória ROM. (D) memória RAM. (E) placa-mãe. FCC DNOCS Administrador 17. O supervisor de um departamento solicitou a um funcionário que ele fizesse uma lista de itens de hardware e de software que estavam em seu poder. O funcionário tinha em sua posse, além de uma CPU com Windows XP, um hard disk, um pen drive onde tinha gravado o Windows Media Player, e uma unidade de CD- ROM. Na CPU ele tinha instalado também o MS-Word e a Calculadora do Windows. Nessa situação, na lista que o funcionário fez corretamente constavam (A) dois itens de hardware e três de software. (B) três itens de hardware e quatro de software. (C) três itens de hardware e cinco de software. (D) quatro itens de hardware e três de software. (E) quatro itens de hardware e quatro de software. FCC TCE-SP - Agente de Fiscalização Financeira Administração 18. Sobre os computadores é correto afirmar: (A) O BIOS é um software armazenado em um chip de memória RAM fixado na placa mãe. Tem a função de armazenar o Sistema Operacional. (B) A fonte de alimentação transforma a tensão elétrica que entra no computador, de 240 V para 110 V, pois os componentes internos suportam apenas a tensão de 110 V. (C) Barramentos são circuitos integrados que fazem a transmissão física de dados de um dispositivo a outro. (D) Quando o sistema de fornecimento de energia falha, um estabilizador comum tem como principal objetivo manter o abastecimento por meio de sua bateria até que a energia volte ou o computador seja desligado. (E) Um bit representa um sinal elétrico de exatos 5 V que é interpretado pelos componentes de hardware do computador. GABARITO 1 A 6 E 11 D 16 C 2 E 7 A 12 D 17 E 3 A 8 A 13 D 18 C 4 C 9 E 14 C 5 E 10 D 15 A 10

Conhecer os tipos de Placa Mãe, principais caracteristicas, seus componentes e suas funcionalidades, destacando assim, a importância de uma placa mãe.

Conhecer os tipos de Placa Mãe, principais caracteristicas, seus componentes e suas funcionalidades, destacando assim, a importância de uma placa mãe. PLACA MÃE 1. OBJETIVO Conhecer os tipos de Placa Mãe, principais caracteristicas, seus componentes e suas funcionalidades, destacando assim, a importância de uma placa mãe. 2. COMPONENTES DA PLACA MÃE

Leia mais

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET

Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Universidade Tuiuti do Paraná UTP Faculdade de Ciências Exatas - FACET Hardware de Computadores Questionário II 1. A principal diferença entre dois processadores, um deles equipado com memória cache o

Leia mais

Informática para Banca IADES. Hardware e Software

Informática para Banca IADES. Hardware e Software Informática para Banca IADES Conceitos Básicos e Modos de Utilização de Tecnologias, Ferramentas, Aplicativos e Procedimentos Associados ao Uso de Informática no Ambiente de Escritório. 1 Computador É

Leia mais

sobre Hardware Conceitos básicos b Hardware = é o equipamento.

sobre Hardware Conceitos básicos b Hardware = é o equipamento. Conceitos básicos b sobre Hardware O primeiro componente de um sistema de computação é o HARDWARE(Ferragem), que corresponde à parte material, aos componentes físicos do sistema; é o computador propriamente

Leia mais

Microinformática Introdução ao hardware. Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP

Microinformática Introdução ao hardware. Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP Microinformática Introdução ao hardware Jeronimo Costa Penha SENAI - CFP/JIP Informática Informática é o termo usado para se descrever o conjunto das ciências da informação, estando incluídas neste grupo:

Leia mais

Tipos de placas-mãe PLACA MÃE. Placa-mãe com slot ISA (destaque)

Tipos de placas-mãe PLACA MÃE. Placa-mãe com slot ISA (destaque) PLACA MÃE Placa mãe, também denominada mainboard ou motherboard, é uma placa de circuito impresso, que serve como base para a instalação dos demais componentes de um computador, como o processador, memória

Leia mais

MODULO II - HARDWARE

MODULO II - HARDWARE MODULO II - HARDWARE AULA 01 O Bit e o Byte Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. Aplicações: Byte 1 0 1 0 0

Leia mais

Computação I. Profa. Márcia Hellen Santos marciasantos@uepa.br

Computação I. Profa. Márcia Hellen Santos marciasantos@uepa.br Computação I Profa. Márcia Hellen Santos marciasantos@uepa.br MÓDULO I- Introdução à Informática Hardware Hardware? HARDWARE é a parte física do computador. É o conjunto de componentes mecânicos, elétricos

Leia mais

Fundamentos em Informática

Fundamentos em Informática Fundamentos em Informática 04 Organização de Computadores nov/2011 Componentes básicos de um computador Memória Processador Periféricos Barramento Processador (ou microprocessador) responsável pelo tratamento

Leia mais

Informática para concursos

Informática para concursos Informática para concursos Prof.: Fabrício M. Melo www.professorfabricio.com msn:fabcompuway@terra.com.br Hardware Software peopleware Parte física (Tangível). Parte lógica (Intangível). Usuários. Processamento

Leia mais

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B

Hardware 2. O Gabinete. Unidades Derivadas do BYTE. 1 KB = Kilobyte = 1024B = 2 10 B. 1 MB = Megabyte = 1024KB = 2 20 B 1 2 MODULO II - HARDWARE AULA 01 OBiteoByte Byte 3 Definições: Bit é a menor unidade de informação que circula dentro do sistema computacional. Byte é a representação de oito bits. 4 Aplicações: Byte 1

Leia mais

Noções básicas sobre sistemas de computação

Noções básicas sobre sistemas de computação Noções básicas sobre sistemas de computação Conceitos e definições Dado: Pode ser qualquer coisa! Não tem sentido nenhum se estiver sozinho; Informação: São dados processados. Um programa determina o que

Leia mais

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos

MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware. Professor: Renato B. dos Santos MOTAGEM E MANUTENÇÃO Hardware Professor: Renato B. dos Santos 1 O computador é composto, basicamente, por duas partes:» Hardware» Parte física do computador» Elementos concretos» Ex.: memória, teclado,

Leia mais

TI Aplicada. Aula 03 Componentes Básicos Hardware e Rede. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.

TI Aplicada. Aula 03 Componentes Básicos Hardware e Rede. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti. TI Aplicada Aula 03 Componentes Básicos Hardware e Rede Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.br Principais Componentes Barramentos Placa Mãe Processadores Armazenamento

Leia mais

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Introdução. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática. Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware)

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Introdução. Introdução. Curso Conexão Noções de Informática. Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware) Curso Conexão Noções de Informática Aula 1 Arquitetura de Computadores (Hardware) Agenda ; Arquitetura do Computador; ; ; Dispositivos de Entrada e Saída; Tipos de Barramentos; Unidades de Medidas. Email:

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 02. Cursos de Computação

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 02. Cursos de Computação Cursos de Computação Sistemas Operacionais Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 02 Referência: MACHADO, F.B. ; MAIA, L.P. Arquitetura de Sistemas Operacionais. 4.ed.

Leia mais

Conceitos Básicos de Informática. Antônio Maurício Medeiros Alves

Conceitos Básicos de Informática. Antônio Maurício Medeiros Alves Conceitos Básicos de Informática Antônio Maurício Medeiros Alves Objetivo do Material Esse material tem como objetivo apresentar alguns conceitos básicos de informática, para que os alunos possam se familiarizar

Leia mais

Componentes de um Sistema de Computador

Componentes de um Sistema de Computador Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade responsável pelo processamento dos dados, ou seja, o equipamento (parte física) SOFTWARE: Instruções que dizem o que o computador deve fazer (parte

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO O que é a Informática? A palavra Informática tem origem na junção das palavras: INFORMAÇÃO + AUTOMÁTICA = INFORMÁTICA...e significa, portanto, o tratamento da informação

Leia mais

Aula 04 B. Interfaces. Prof. Ricardo Palma

Aula 04 B. Interfaces. Prof. Ricardo Palma Aula 04 B Interfaces Prof. Ricardo Palma Interface SCSI SCSI é a sigla de Small Computer System Interface. A tecnologia SCSI (pronuncia-se "scuzzy") permite que você conecte uma larga gama de periféricos,

Leia mais

Apresentação. Conceitos Iniciais. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação & Introdução.

Apresentação. Conceitos Iniciais. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação & Introdução. Apresentação www.profricardobeck.com.br contato@profricardobeck.com.br Apresentação & Introdução Condicionamento Material Didático Site / E-mail Testes? Edital Conceitos Iniciais 1 Mensurando Dados Sistemas

Leia mais

Formação Modular Certificada. Arquitetura interna do computador. Hardware e Software UFCD - 0769. Joaquim Frias

Formação Modular Certificada. Arquitetura interna do computador. Hardware e Software UFCD - 0769. Joaquim Frias Formação Modular Certificada Arquitetura interna do computador Hardware e Software UFCD - 0769 Joaquim Frias Computador É um conjunto de dispositivos eletrónicos capaz de aceitar dados e instruções, executa

Leia mais

Apresentação. Conceitos Iniciais. Apresentação & Introdução. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br.

Apresentação. Conceitos Iniciais. Apresentação & Introdução. www.profricardobeck.com.br. contato@profricardobeck.com.br. Apresentação Apresentação & Introdução Condicionamento www.profricardobeck.com.br contato@profricardobeck.com.br Material Didático Site / E-mail Testes? Edital Mensurando Dados Sistemas de numeração Conceitos

Leia mais

HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO. Wagner de Oliveira

HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO. Wagner de Oliveira HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS E FUNCIONAMENTO Wagner de Oliveira SUMÁRIO Hardware Definição de Computador Computador Digital Componentes Básicos CPU Processador Memória Barramento Unidades de Entrada e

Leia mais

Aula 04 A. Barramentos. Prof. Ricardo Palma

Aula 04 A. Barramentos. Prof. Ricardo Palma Aula 04 A Barramentos Prof. Ricardo Palma Definição Em ciência da computação barramento é um conjunto de linhas de comunicação que permitem a interligação entre dispositivos, como o CPU, a memória e outros

Leia mais

Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES

Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES Universidade do Contestado Campus Concórdia Curso de Engenharia Ambiental Prof.: Maico Petry Introdução à Informática ARQUITETURA DE COMPUTADORES DISCIPLINA: Informática Aplicada O Que éinformação? Dados

Leia mais

Barramentos do Sistema

Barramentos do Sistema Barramentos do Sistema AOC: Arquitetura e Organização de Computadores Computador CPU Quais os barramentos? Unidade lógica e aritmética Equipamentos de E/S Memória principal Unidade de controle Linhas de

Leia mais

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto Introdução a Informática Prof.: Roberto Franciscatto 3.1 EXECUÇÃO DAS INSTRUÇÕES A UCP tem duas seções: Unidade de Controle Unidade Lógica e Aritmética Um programa se caracteriza por: uma série de instruções

Leia mais

Informática. Aulas: 01 e 02/12. Prof. Márcio Hollweg. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.

Informática. Aulas: 01 e 02/12. Prof. Márcio Hollweg. www.conquistadeconcurso.com.br. Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM. Informática Aulas: 01 e 02/12 Prof. Márcio Hollweg UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO

Leia mais

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto

Introdução a Informática. Prof.: Roberto Franciscatto Introdução a Informática Prof.: Roberto Franciscatto 4.1 HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS Qualquer PC é composto pelos mesmos componentes básicos: Processador, memória, HD, placa-mãe, placa de vídeo e monitor

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 2. Hardware: Componentes Básicos e Funcionamento Prof. Ronaldo Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 2. Hardware: Componentes Básicos e Funcionamento Prof. Ronaldo Componentes de um Sistema de Computador HARDWARE: unidade

Leia mais

Prof. Sandrina Correia

Prof. Sandrina Correia Tecnologias de I informação de C omunicação 9º ANO Prof. Sandrina Correia TIC Prof. Sandrina Correia 1 Objectivos Definir os conceitos de Hardware e Software Identificar os elementos que compõem um computador

Leia mais

Arquitetura Genérica

Arquitetura Genérica Arquitetura Genérica Antes de tudo, vamos revisar o Modelo Simplificado do Funcionamento de um Computador. Modelo Simplificado do Funcionamento de um Computador O funcionamento de um computador pode ser

Leia mais

Componentes de um computador típico

Componentes de um computador típico Componentes de um computador típico Assim como em um videocassete, no qual é necessário ter o aparelho de vídeo e uma fita contendo o filme que será reproduzido, o computador possui a parte física, chamada

Leia mais

Introdução. à Estrutura e Funcionamento de um Sistema Informático

Introdução. à Estrutura e Funcionamento de um Sistema Informático Introdução à Estrutura e Funcionamento de um Sistema Informático Estrutura básica de um sistema informático Componentes de um sistema informático O interior de um PC A placa principal ou motherboard O

Leia mais

Placa Mãe. Prof. Alexandre Beletti Ferreira

Placa Mãe. Prof. Alexandre Beletti Ferreira Placa Mãe Prof. Alexandre Beletti Ferreira Hardware Todo equipamento, peças, que pode ser tocado. Exemplos: memória, processador, gabinete, mouse, teclado, monitor (também chamados de periféricos). Placa

Leia mais

Introdução à Ciência da Computação

Introdução à Ciência da Computação UESC Introdução à Ciência da Computação Dispositivos de entrada CPU Memória Dispositivos de saída Fluxo de Informações Central Processing Unit - CPU Unidade Central de Processamento - UCP Responsável

Leia mais

SISTEMAS INFORMÁTICOS

SISTEMAS INFORMÁTICOS SISTEMAS INFORMÁTICOS Nesta apresentação, aprenderá a distinguir Hardware de software, identificar os principais componentes físicos de um computador e as suas funções. Hardware e Software Estrutura de

Leia mais

Visão Geral da Arquitetura de Computadores. Prof. Elthon Scariel Dias

Visão Geral da Arquitetura de Computadores. Prof. Elthon Scariel Dias Visão Geral da Arquitetura de Computadores Prof. Elthon Scariel Dias O que é Arquitetura de Computadores? Há várias definições para o termo arquitetura de computadores : É a estrutura e comportamento de

Leia mais

Capítulo 2: Cuidados com os componentes. Anatomia da Placa mãe. Apostila Hardware Básico I Profª Thaís Viegas

Capítulo 2: Cuidados com os componentes. Anatomia da Placa mãe. Apostila Hardware Básico I Profª Thaís Viegas Capítulo 2: Cuidados com os componentes Anatomia da Placa mãe É muito importante que saibamos identificar os componentes de uma placa-mãe. Na figura abaixo vamos destacar os principais componentes de uma

Leia mais

DESCREVENDO SISTEMAS DE UM COMPUTADOR

DESCREVENDO SISTEMAS DE UM COMPUTADOR DESCREVENDO SISTEMAS DE UM COMPUTADOR Componentes de Hardware, Software e Sistemas Operacionais Curso Superior de Redes de Computadores André Moraes SISTEMAS DE COMPUTADOR Um sistema de computador consiste

Leia mais

Como è feito computador

Como è feito computador Como è feito computador O computador contém uma parte elétrica e uma parte eletrónica. Parte elétrica é usada para transformar e dinstribuir a eletricidade que vem para os vários componentes. Parte eletrónica

Leia mais

Barramentos - BUS. Professor Especialista: Airton Ribeiro de Sousa

Barramentos - BUS. Professor Especialista: Airton Ribeiro de Sousa Professor Especialista: Airton Ribeiro de Sousa É o percurso principal dos dados entre dois ou mais componentes de um sistema de computação, neste caso são os caminhos arquitetados na PLACA MÃE até o ponto

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA COMPUTADOR QUANTO AO TIPO COMPUTADOR SISTEMAS DE COMPUTAÇÃO o Analógico o Digital o Híbrido o Hardware (parte física)

Leia mais

Arquitetura e Organização de Computadores Introdução à Organização do Computador

Arquitetura e Organização de Computadores Introdução à Organização do Computador 1 Arquitetura e Organização de Computadores Introdução à Organização do Computador Professor: João Paulo de Brito Gonçalves Curso: Sistemas de Informação Introdução 2 O Computador é uma ferramenta que

Leia mais

Por razões, é requerido um módulo de E/S, que deve desempenhar duas funções principais:

Por razões, é requerido um módulo de E/S, que deve desempenhar duas funções principais: Entrada e Saída Além do processador e da memória, um terceiro elemento fundamental de um sistema de computação é o conjunto de módulos de E/S. Cada módulo se conecta com o barramento do sistema ou com

Leia mais

UCP. Memória Periféricos de entrada e saída. Sistema Operacional

UCP. Memória Periféricos de entrada e saída. Sistema Operacional Arquitetura: Conjunto de elementos que perfazem um todo; estrutura, natureza, organização. Houaiss (internet) Bit- Binary Digit - Número que pode representar apenas dois valores: 0 e 1 (desligado e ligado).

Leia mais

Computação e Processamento de Dados CPD INF400

Computação e Processamento de Dados CPD INF400 Computação e Processamento de Dados CPD INF400 Professor: André Ferreira andre.ferreira@ifba.edu.br Material baseado: Prof.ª Renata Vilas e outros Apresentação Quem vai solicitar aproveitamento de disciplina?

Leia mais

DRAM. DRAM (Dynamic RAM) É a tecnologia usada na fabricação das memória de 30, 72 e 168 pinos. Divide-se em:

DRAM. DRAM (Dynamic RAM) É a tecnologia usada na fabricação das memória de 30, 72 e 168 pinos. Divide-se em: DRAM DRAM (Dynamic RAM) É a tecnologia usada na fabricação das memória de 30, 72 e 168 pinos. Divide-se em: FPM RAM (Fast Page Mode) EDO RAM (Extended Data Output RAM) BEDO RAM (Burst Extended Data Output

Leia mais

MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA. São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática.

MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA. São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática. Tecnologias da Informação e Comunicação MINI DICIONÁRIO TÉCNICO DE INFORMÁTICA São apresentados aqui alguns conceitos básicos relativos à Informática. Informática: Tratamento da informação por meios automáticos.

Leia mais

Conhecendo o Computador

Conhecendo o Computador Conhecendo o Computador Resumo 1. O Computador 2. Principais componentes do hardware do computador 3. Placa-mãe 3.1. Descrição dos componentes na placa-mãe 3.2. Conexões do painel traseiro 3.3. Barramento

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 01. Cursos de Computação

Sistemas Operacionais. Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira. Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 01. Cursos de Computação Cursos de Computação Sistemas Operacionais Prof. M.Sc. Sérgio Teixeira Aula 03 Conceitos de Hardware e Software parte 01 Referência: MACHADO, F.B. ; MAIA, L.P. Arquitetura de Sistemas Operacionais. 4.ed.

Leia mais

Chama-se sistema informatizado a integração que

Chama-se sistema informatizado a integração que Sistema Informatizado Hardware Sistema Informatizado Chama-se sistema informatizado a integração que acontece de três componentes básicos: a) Os computadores = hardware b) Os programas = software c) Os

Leia mais

Montagem e Manutenção de Computadores Aula1

Montagem e Manutenção de Computadores Aula1 Montagem e Manutenção de Computadores Aula1 Programa Instrutor Universidade Federal do Paraná Departamento de Informática 18 de Maio de 2010 Programa Instrutor (Universidade Federal do Montagem Paraná,

Leia mais

Universidade Federal de Alagoas Campus Arapiraca Curso de Administração Pública QUESTIONÁRIO SUPLEMENTAR 01

Universidade Federal de Alagoas Campus Arapiraca Curso de Administração Pública QUESTIONÁRIO SUPLEMENTAR 01 Universidade Federal de Alagoas Campus Arapiraca Curso de Administração Pública Sistemas de Informação Gerenciais 2º Período 2013.2 QUESTIONÁRIO SUPLEMENTAR 01 FCC - 2013 - Banco do Brasil - Escriturário

Leia mais

Noções de Hardware. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com)

Noções de Hardware. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Hardware André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Gerações de hardware Tipos de computadores Partes do Microcomputador Periféricos Armazenamento de

Leia mais

ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. João Inácio

ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. João Inácio ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. João Inácio Memórias Memória: é o componente de um sistema de computação cuja função é armazenar informações que são, foram ou serão manipuladas pelo sistema. Em outras

Leia mais

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS INFORMÁTICA PARA CONCURSOS HARDWARE Professor Mauricio Franceschini Duarte profmaudua@gmail.com HARDWARE VÁRIOS TIPOS DE EQUIPAMENTOS GRANDE PORTE MAINFRAME COMPUTADOR PESSOAL - PC DESKTOPS COMPUTADOR

Leia mais

PROCESSAMENTO DE DADOS

PROCESSAMENTO DE DADOS PROCESSAMENTO DE DADOS Aula 1 - Hardware Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari Profa. Dra. Amanda Liz Pacífico Manfrim Perticarrari 2 3 HARDWARE Todos os dispositivos físicos que constituem

Leia mais

INSTITUTO MARTIN LUTHER KING CURSO PROCESSAMENTO DE DADOS DISCIPLINA: HARDWARE

INSTITUTO MARTIN LUTHER KING CURSO PROCESSAMENTO DE DADOS DISCIPLINA: HARDWARE Memória ROM Vamos iniciar com a memória ROM que significa Read Only Memory, ou seja, uma memória somente para leitura. Isso quer dizer que as instruções que esta memória contém só podem ser lidas e executadas,

Leia mais

Placa - Mãe - Introdução

Placa - Mãe - Introdução Aula de Hardware Placa - Mãe - Introdução Também conhecida como "motherboard" ou "mainboard", a placa-mãe é, basicamente, a responsável pela interconexão de todas as peças que formam o computador. O HD,

Leia mais

Introdução a Ciência da Computação Conceitos Básicos de Sistema PROFESSORA CINTIA CAETANO

Introdução a Ciência da Computação Conceitos Básicos de Sistema PROFESSORA CINTIA CAETANO Introdução a Ciência da Computação Conceitos Básicos de Sistema PROFESSORA CINTIA CAETANO Introdução A informática é uma área que atualmente vem evoluindo muito rapidamente. A cada dia se torna mais importante

Leia mais

Sistemas Operacionais. Prof. Pedro Luís Antonelli Anhanguera Educacional

Sistemas Operacionais. Prof. Pedro Luís Antonelli Anhanguera Educacional Sistemas Operacionais Prof. Pedro Luís Antonelli Anhanguera Educacional Hardware HARDWARE Sistema Computacional = conjunto de circuitos eletrônicos interligados formado por processador, memória, registradores,

Leia mais

Placa Mãe e seus Dispositivos

Placa Mãe e seus Dispositivos Índice Placa Mãe e seus Dispositivos Autor: Bruno Henrique Ventrice Pereira 1 Índice... 1 Placa-mãe - Principais características... 3 Introdução... 3 Item A - processador... 3 Item B - Memória RAM... 4

Leia mais

O hardware é a parte física do computador, como o processador, memória, placamãe, entre outras. Figura 2.1 Sistema Computacional Hardware

O hardware é a parte física do computador, como o processador, memória, placamãe, entre outras. Figura 2.1 Sistema Computacional Hardware 1 2 Revisão de Hardware 2.1 Hardware O hardware é a parte física do computador, como o processador, memória, placamãe, entre outras. Figura 2.1 Sistema Computacional Hardware 2.1.1 Processador O Processador

Leia mais

Prof. Demétrios Coutinho. Informática. Hardware

Prof. Demétrios Coutinho. Informática. Hardware 1 Prof. Demétrios Coutinho Informática Hardware 2 Componentes Básicos e Funcionamento 2 Hardware 3 Conjunto de dispositivos elétricos/eletrônicos que englobam a CPU, a memória e os dispositivos de entrada/saída

Leia mais

Processadores. Prof. Alexandre Beletti Ferreira

Processadores. Prof. Alexandre Beletti Ferreira Processadores Prof. Alexandre Beletti Ferreira Introdução O processador é um circuito integrado de controle das funções de cálculos e tomadas de decisão de um computador. Também é chamado de cérebro do

Leia mais

Infra-Estrutura de Hardware

Infra-Estrutura de Hardware Infra-Estrutura de Hardware P r o f. W i l t o n O. F e r r e i r a U n i v e r s i d a d e F e d e r a l R u r a l d e P e r n a m b u c o U F R P E 1 º S e m e s t r e / 2 0 1 2 Conteúdo da aula Hardware

Leia mais

Tecnologia da Informação

Tecnologia da Informação Tecnologia da Informação Componentes Sistema Informação Hardware - Computadores - Periféricos Software - Sistemas Operacionais - Aplicativos - Suítes Peopleware - Analistas - Programadores - Digitadores

Leia mais

CONHEÇA MELHOR SEU COMPUTADOR

CONHEÇA MELHOR SEU COMPUTADOR CONHEÇA MELHOR SEU COMPUTADOR Por: Pedro ( Lan House Viagem Virtual ) Sacie sua fome de conhecimento, veja em ordem alfabética os principais termos sobre hardware. Como muitos devem saber, os computadores

Leia mais

AULA 2. Informática Básica. Gustavo Leitão. gustavo.leitao@ifrn.edu.br. Disciplina: Professor: Email:

AULA 2. Informática Básica. Gustavo Leitão. gustavo.leitao@ifrn.edu.br. Disciplina: Professor: Email: AULA 2 Disciplina: Informática Básica Professor: Gustavo Leitão Email: gustavo.leitao@ifrn.edu.br Índice Continuação aula anterior... Memória Barramento Unidades de armazenamento Periféricos Interfaces

Leia mais

ILHA I GERENCIAMENTO DE CONTEÚDO CMS DISCIPLINA: Introdução à Computação MÓDULO II Memórias e Processamento

ILHA I GERENCIAMENTO DE CONTEÚDO CMS DISCIPLINA: Introdução à Computação MÓDULO II Memórias e Processamento MÓDULO II Memórias e Processamento Esse módulo irá relatar sobre as memórias seus tipos e a ligação com os tipos variados de processamento. Leia atentamente todo o conteúdo e participe dos fóruns de discursão,

Leia mais

Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos de qualquer arte, ofício ou técnica.

Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos de qualquer arte, ofício ou técnica. Técnica - Conjunto de processos que constituem uma arte ou um ofício. Aplicação prática do conhecimento científico. Tecnologia - Conjunto de instrumentos, métodos e processos específicos de qualquer arte,

Leia mais

Estrutura de um Computador. Linguagem de Programação Rone Ilídio UFSJ - CAP

Estrutura de um Computador. Linguagem de Programação Rone Ilídio UFSJ - CAP Estrutura de um Computador Linguagem de Programação Rone Ilídio UFSJ - CAP Hardware e Software HARDWARE: Objetos Físicos que compões o computador Circuitos Integrados, placas, cabos, memórias, dispositivos

Leia mais

Noções de Informática. Rodrigo Schaeffer

Noções de Informática. Rodrigo Schaeffer Noções de Informática Rodrigo Schaeffer Hardware Hardware Parte Física O teclado, mouse, vídeo, impressora, disco rígido, são alguns exemplos de hardware. Software Software Parte Lógica Os programas, arquivos,

Leia mais

Memória Informações Adicionais. Memória Informações Adicionais. Memória Informações Adicionais. Memória Informações Adicionais

Memória Informações Adicionais. Memória Informações Adicionais. Memória Informações Adicionais. Memória Informações Adicionais Ciência da Computação Arq. e Org. de Computadores Parte II Prof. Sergio Ribeiro de um computador sistema constituído de vários componentes (vários tipos diferentes de memória) interligados e integrados,

Leia mais

Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação

Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação Conceitos Básicos sobre Sistema de Computação INFORMÁTICA -É Ciência que estuda o tratamento automático da informação. COMPUTADOR Equipamento Eletrônico capaz de ordenar, calcular, testar, pesquisar e

Leia mais

Arquitetura de Computadores. Professor: Vilson Heck Junior

Arquitetura de Computadores. Professor: Vilson Heck Junior Arquitetura de Computadores Professor: Vilson Heck Junior Agenda Conceitos Estrutura Funcionamento Arquitetura Tipos Atividades Barramentos Conceitos Como já discutimos, os principais componentes de um

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO As respostas das atividades deverão ser mais simples e completas possíveis e baseadas nas aulas (vídeo-aula). Acrescentei mais informações para servirem de material de apoio aos estudos para avaliações

Leia mais

Técnicas de Manutenção de Computadores

Técnicas de Manutenção de Computadores Técnicas de Manutenção de Computadores Professor: Luiz Claudio Ferreira de Souza Placa Mãe Dispositivos (Onboard) São aqueles encontrados na própria Placa Mãe. Ex: Rede, Som, Vídeo e etc... Prof. Luiz

Leia mais

HARDWARE FUNDAMENTAL. Unidade de sistema CPU Memória Primária Bus ou Barramento

HARDWARE FUNDAMENTAL. Unidade de sistema CPU Memória Primária Bus ou Barramento HARDWARE FUNDAMENTAL Unidade de sistema CPU Memória Primária Bus ou Barramento Um computador é um sistema capaz de processar informação de acordo com as instruções contidas em programas, independentemente

Leia mais

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015. Prof. Marco Antônio

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015. Prof. Marco Antônio INFORMÁTICA PARA CONCURSOS - 2015 Prof. Marco Antônio Gestão da Informação e Conhecimento Dados Elemento bruto que não expressa informação Ex.: A, ], % *, & Gestão da Informação e Conhecimento Informação

Leia mais

Arquitetura de Computadores Arquitetura de entrada e saída

Arquitetura de Computadores Arquitetura de entrada e saída Arquitetura de Entrada e Saída Arquitetura de Computadores Arquitetura de entrada e saída Barramento Meio de transmissão de dados entre a CPU, a memória principal e os dispositivos de entrada e saída.

Leia mais

Placa-mãe mainboard motherboard Tipos de placas-mãe Placa AT - ATX -

Placa-mãe mainboard motherboard Tipos de placas-mãe Placa AT - ATX - Placa-mãe Placa-mãe, também denominada mainboard ou motherboard, é uma placa de circuito impresso, que serve como base para a instalação dos demais componentes de um computador, como o processador, memória

Leia mais

Conceitos básicos (Hardware/Software) CESPE

Conceitos básicos (Hardware/Software) CESPE Conceitos básicos (Hardware/Software) CESPE INDEA/MT (Adaptada). Cargo: Área: Técnico Agrícola Aplicação: 3/11/2002 1. Julgue os itens seguintes. 1. A função da placa de fax/modem é a de interligar o computador

Leia mais

2012/2013. Profª Carla Cascais 1

2012/2013. Profª Carla Cascais 1 Tecnologias de Informação e Comunicação 7º e 8º Ano 2012/2013 Profª Carla Cascais 1 Conteúdo Programático Unidade 1 Informação/Internet Unidade 2 Produção e edição de documentos -Word Unidade 3 Produção

Leia mais

Entendendo o Computador Resumo. ADS IFBA www.ifba.edu.br/professores/antoniocarlos

Entendendo o Computador Resumo. ADS IFBA www.ifba.edu.br/professores/antoniocarlos Entendendo o Computador Resumo Tipos de Computadores Mainframe computador de grande porte, normalmente utilizado para gerenciar grande quantidade de fluxo de dados (operadoras de cartões de crédito, telefonia).

Leia mais

Escola Secundária de Emídio Navarro

Escola Secundária de Emídio Navarro Escola Secundária de Emídio Navarro Curso Secundário de Carácter Geral (Agrupamento 4) Introdução às Tecnologias de Informação Correcção da ficha de trabalho N.º 1 1. Refere algumas das principais áreas

Leia mais

Utilização do Computador

Utilização do Computador Princípios Básicos de Utilização do Computador Aula 1 Utilização do Computador O que é Informática? INFORmação automática (1962) Uso do computador para automatizar tarefas Tratamento automático das informações

Leia mais

Introdução à estrutura e funcionamento de um Sistema Informático

Introdução à estrutura e funcionamento de um Sistema Informático Introdução à estrutura e funcionamento de um Sistema Informático Elementos que constituem o Computador O funcionamento do computador é possível devido aos vários elementos interligados que o constituem:

Leia mais

Laboratório de Hardware

Laboratório de Hardware Laboratório de Hardware Um PC é composto por diversos componentes, incluindo o processador, pentes de memória, HD, placa de rede e assim por diante. Prof. Marcel Santos Silva No início, as placas-mãe serviam

Leia mais

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com Informática Componentes de um SC Hardware X Software Memória do Computador Hardware X Software Toda interação dos usuários de computadores modernos é realizada

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO O que é a Informática? A palavra Informática tem origem na junção das palavras: INFORMAÇÃO + AUTOMÁTICA = INFORMÁTICA...e significa, portanto, o tratamento da informação

Leia mais

23/05/2013. Partes do Sistema Computacional. Hardware. Ciclo do Processamento de Dados HARDWARE: CONCEITOS BÁSICOS. Hardware Software Dados Usuários

23/05/2013. Partes do Sistema Computacional. Hardware. Ciclo do Processamento de Dados HARDWARE: CONCEITOS BÁSICOS. Hardware Software Dados Usuários 2 Partes do Sistema Computacional HARDWARE: CONCEITOS BÁSICOS Software Dados Usuários Introdução à Microinformática Prof. João Paulo Lima Universidade Federal Rural de Pernambuco Departamento de Estatística

Leia mais

Introdução às Tecnologias de Informação e Comunicação. Conceitos Introdutórios

Introdução às Tecnologias de Informação e Comunicação. Conceitos Introdutórios Introdução às Tecnologias de Informação e Comunicação Conceitos Introdutórios Informática Informática - Tratamento ou processamento da informação utilizando meios automáticos, nomeadamente o computador.

Leia mais

Capítulo 3: Noções de Hardware. Prof.: Roberto Franciscatto

Capítulo 3: Noções de Hardware. Prof.: Roberto Franciscatto Capítulo 3: Noções de Hardware Prof.: Roberto Franciscatto HARDWARE COMPONENTES BÁSICOS Qualquer PC é composto pelos mesmos componentes básicos: Processador, memória, HD, placa-mãe, placa de vídeo e monitor

Leia mais

SAMUEL MARTINS SEAP 07-01-2015 INFORMÁTICA HARDWARE

SAMUEL MARTINS SEAP 07-01-2015 INFORMÁTICA HARDWARE HARDWARE CONCEITOS INICIAIS A informática é um meio de obter informações de forma rápida e automática utilizando equipamentos como: Microcomputadores PC s (Desktops), Mainframes, Notebooks, Tablet e outros

Leia mais