Modelo de Governo. Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato. Conselho de Administração. Presidente Resolução 12/2015, de 12.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Modelo de Governo. Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato. Conselho de Administração. Presidente 2015-2017. Resolução 12/2015, de 12."

Transcrição

1 Modelo de Governo Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato Conselho de Administração Presidente João Manuel Alves da Silveira Ribeiro 12/2015, de 12.02(*) Vogal (1 Mário de Figueiredo Bernardes 12/2015, de 12.02(*) Vogal (2) Elsa Maria Baião Ferreira Airoso Banza 12/2015, de 12.02(*) Vogal (3) Diretora Clínica Elisabete Maria Farias Gonçalves Rodrigues 12/2015, de 12.02(*) Vogal (4) Enfermeira Diretora Luisa Maria Alves da Luz 12/2015, de 12.02(*) Fiscal Único Efetivo ABC - Azevedo Rodrigues, Batalha e Costa, SROC representada pelo Dr. José Maria Monteiro de Azevedo Rodrigues, ROC n.º 681 Desp SETF 498/12, de Suplente Reinaldo Soares, Rogério Coelho & José Jacob, SROC n.º 162, representada pelo Dr. Rogério Carlos Guedes Coelho, ROC n.º 787. Conselho Consultivo Presidente António Afonso Reynaud de Melo Pires Despacho MS 1505/2015, de (**) (*) Produz efeitos a (**) Produz efeitos a

2 Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato Conselho de Administração Presidente João Manuel Alves da Silveira Ribeiro 45/2012, de (*) Vogal (1) Mário de Figueiredo Bernardes 45/2012, de (*) Vogal (2) Diretora Clínica Vogal (3) Enfermeira Diretora Elisabete Maria Farias Gonçalves Rodrigues Luisa Maria Alves da Luz 45/2012, de (*) 45/2012, de (*) Vogal (2) Elsa Maria Baião Ferreira Airoso Banza 18/2013, de (**) Fiscal Único Efetivo Suplente ABC - Azevedo Rodrigues, Batalha e Costa, SROC representada pelo Dr. José Maria Monteiro de Azevedo Rodrigues, ROC n.º 681 Reinaldo Soares, Rogério Coelho & José Jacob, SROC n.º 162, representada pelo Dr. Rogério Carlos Guedes Coelho, ROC n.º 787. Desp SETF 498/12, de (*) Produz efeitos a (**) Produz efeitos a

3 Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato Conselho de Administração (**) Presidente Vogal (1) Vogal (2) Vogal (3) Diretora Clínica Vogal (4) Enfermeira Diretora Izabel Maria Nunes Rodrigues Daniel Pinto Monteiro Nina Moreira Pires de Sousa Santos e Geraldes Rodrigues Ruben José de Almeida Martins Raposo Elisabete Maria Farias Gonçalves Rodrigues Maria Helena Ferreira de Almeida Fiscal Único Desp MEF e MS 15971/2011, de (*) Efetivo Suplente ABC - Azevedo Rodrigues, Batalha e Costa, SROC representada pelo Dr. José Maria Monteiro de Azevedo Rodrigues, ROC n.º 681 Reinaldo Soares, Rogério Coelho & José Jacob, SROC n.º 162, representada pelo Dr. Rogério Carlos Guedes Coelho, ROC n.º 787. Desp SETF 498/12, de (*) Produção de efeitos a (**) CA dissolvido pela n.º 45/2012, de Estatuto remuneratório fixado Mandato III Conselho de Administração Presidente O estatuto remuneratório é o decorrente do regime jurídico do sector empresarial do estado (Decreto-Lei n.º 558/99 de 17 de Dezembro) e do estatuto do gestor público (aprovado pelo Decreto-Lei nº 71/2007 de 27 de Março e republicado pela Lei n.º 8/2012 de 18 de Janeiro), bem como da do Conselho de Ministros n.º 36/2012, publicada no DR, I série, n.º 61 de 26 de Março. Por aplicação do disposto no artigo 12.º da Lei n.º 12-A/2010 de 30 de Junho, a remuneração mensal ilíquida é de 3.993,97 euros, com despesas de representação de 1.397,89 euros. Vogal Executivo O estatuto remuneratório é o decorrente do regime jurídico do sector empresarial do estado (Decreto-Lei n.º 558/99 de 17 de Dezembro) e do estatuto do gestor público (aprovado pelo Decreto- Lei nº 71/2007 de 27 de Março e republicado pela Lei n.º 8/2012 de 18 de Janeiro), bem como da do Conselho de Ministros n.º 36/2012, publicada no DR, I série, nº 61 de 26 de Março. Por aplicação do disposto no artigo 12.º da Lei n.º 12-A/2010 de 30 de Junho, a remuneração mensal ilíquida é de 3.473,02 euros, com despesas de representação de 1.041,90 euros. Vogal Executivo O estatuto remuneratório é o decorrente do regime jurídico do sector empresarial do estado (Decreto-Lei n.º 558/99 de 17 de Dezembro) e do estatuto do gestor público (aprovado pelo Decreto- Lei nº 71/2007 de 27 de Março e republicado pela Lei n.º 8/2012 de 18 de Janeiro), bem como da do Conselho de Ministros n.º 36/2012, publicada no DR, I série, nº 61 de 26 de Março. Por aplicação do disposto no artigo 12.º da Lei n.º 12-A/2010 de 30 de Junho, a remuneração mensal ilíquida é de 3.505,03 euros, com despesas de representação de 1.041,90 euros.

4 Diretora Clínica O estatuto remuneratório é o decorrente do regime jurídico do sector empresarial do estado (Decreto-Lei n.º 558/99 de 17 de Dezembro) e do estatuto do gestor público (aprovado pelo Decreto- Lei nº 71/2007 de 27 de Março e republicado pela Lei n.º 8/2012 de 18 de Janeiro), bem como da do Conselho de Ministros n.º 36/2012, publicada no DR, I série, n.º 61 de 26 de Março. Por ter optado pelo vencimento de origem, e por aplicação do disposto no artigo 12.º da Lei n.º 12-A/2010 de 30 de Junho, a remuneração mensal ilíquida é de 3.901,67 euros, com despesas de representação de 1.041,90 euros. Enfermeira Diretora O estatuto remuneratório é o decorrente do regime jurídico do sector empresarial do estado (Decreto-Lei n.º 558/99 de 17 de Dezembro) e do estatuto do gestor público (aprovado pelo Decreto- Lei nº 71/2007 de 27 de Março e republicado pela Lei n.º 8/2012 de 18 de Janeiro), bem como da do Conselho de Ministros n.º 36/2012, publicada no DR, I série, n.º 61 de 26 de Março. Por aplicação do disposto no artigo 12.º da Lei n.º 12-A/2010 de 30 de Junho, a remuneração mensal ilíquida é de 3.473,02 euros, com despesas de representação de 1.041,90 euros. Conselho Consultivo O exercício do cargo de membro do conselho consultivo não é remunerado, sendo as ajudas de custo a que houver lugar suportadas pelos organismos públicos que designaram os seus representantes e, nos restantes casos, suportadas pelo hospital E. P. E. (n.º 5 do artigo 18.º dos Estatutos) Mandato II Conselho de Administração Presidente O estatuto remuneratório é o decorrente do regime jurídico do sector empresarial do estado (Decreto-Lei n.º 558/99 de 17 de Dezembro) e do estatuto do gestor público (aprovado pelo Decreto-Lei nº 71/2007 de 27 de Março e republicado pela Lei n.º 8/2012 de 18 de janeiro), bem como da do Conselho de Ministros n.º 36/2012, publicada no DR, I série, n.º 61 de 26 de Março. Por aplicação do disposto no artigo 12.º da Lei n.º 12-A/2010 de 30 de Junho, a remuneração mensal ilíquida é de 3.993,97 euros, com despesas de representação de 1.397,89 euros. Vogal Executivo O estatuto remuneratório é o decorrente do regime jurídico do sector empresarial do estado (Decreto-Lei n.º 558/99 de 17 de Dezembro) e do estatuto do gestor público (aprovado pelo Decreto- Lei nº 71/2007 de 27 de Março e republicado pela Lei n.º 8/2012 de 18 de Janeiro), bem como da do Conselho de Ministros n.º 36/2012, publicada no DR, I série, nº 61 de 26 de Março. Por aplicação do disposto no artigo 12.º da Lei n.º 12-A/2010 de 30 de Junho, a remuneração mensal ilíquida é de 3.473,02 euros, com despesas de representação de 1.041,90 euros. Diretora Clínica O estatuto remuneratório é o decorrente do regime jurídico do sector empresarial do estado (Decreto-Lei n.º 558/99 de 17 de Dezembro) e do estatuto do gestor público (aprovado pelo Decreto- Lei nº 71/2007 de 27 de Março e republicado pela Lei n.º 8/2012 de 18 de Janeiro), bem como da do Conselho de Ministros n.º 36/2012, publicada no DR, I série, n.º 61 de 26 de Março. Por ter optado pelo vencimento de origem, e por aplicação do disposto no artigo 12.º da Lei n.º 12-A/2010 de 30 de Junho, a remuneração mensal ilíquida é de 3.901,67 euros, com despesas de representação de 1.041,90 euros. Enfermeira Diretora O estatuto remuneratório é o decorrente do regime jurídico do sector empresarial do estado (Decreto-Lei n.º 558/99 de 17 de Dezembro) e do estatuto do gestor público (aprovado pelo Decreto- Lei nº 71/2007 de 27 de Março e republicado pela Lei n.º 8/2012 de 18 de Janeiro), bem como da do Conselho de Ministros n.º 36/2012, publicada no DR, I série, n.º 61 de 26 de Março. Por aplicação do disposto no artigo 12.º da Lei n.º 12-A/2010 de 30 de Junho, a remuneração mensal ilíquida é de 3.473,02 euros, com despesas de representação de 1.041,90 euros.

5 Mandato I Conselho de Administração Presidente O estatuto remuneratório é decorrente do regime jurídico do sector empresarial do estado, decreto-lei nº 558/99 de 17 de Dezembro e do estatuto do gestor público, decreto-lei nº 71/2007 de 27 de Março, bem como despacho conjunto nº 351/2006, publicado do DR de 26 de Abril. Remuneração mensal ilíquido de 3.993,97 euros, 14 vezes por ano, acrescido de despesas de representação no valor de 1.471,46 euros, 12 vezes por ano. Vogal Executivo O estatuto remuneratório é decorrente do regime jurídico do sector empresarial do estado, decreto-lei nº 558/99 de 17 de Dezembro e do estatuto do gestor público, decreto-lei nº 71/2007 de 27 de Março, bem como despacho conjunto nº 351/2006, publicado do DR de 26 de Abril. Remuneração mensal ilíquido de 3.473,02 euros, 14 vezes por ano, despesas de representação de 1.096,74 euros, 12 vezes por ano. Diretora Clínica O estatuto remuneratório é decorrente do regime jurídico do sector empresarial do estado, decreto-lei nº 558/99 de 17 de Dezembro e do estatuto do gestor público, decreto-lei nº 71/2007 de 27 de Março, bem como despacho conjunto nº 351/2006, publicado do DR de 26 de Abril. Remuneração mensal ilíquido de 3.924,23 euros, 14 vezes por ano, despesas de representação de 1.096,74 euros, 12 vezes por ano. Enfermeira Diretora O estatuto remuneratório é decorrente do regime jurídico do sector empresarial do estado, decreto-lei nº 558/99 de 17 de Dezembro e do estatuto do gestor público, decreto-lei nº 71/2007 de 27 de Março, bem como despacho conjunto nº 351/2006, publicado do DR de 26 de Abril. Remuneração mensal ilíquido de 3.473,02 euros, 14 vezes por ano, despesas de representação de 1.096,74 euros, 12 vezes por ano. Fiscal Único Mandato O Fiscal Único foi nomeado por despacho do SETF n.º 498/2012, de 13 de abril foi estabelecida a remuneração anual de ,00 aplicando a lei da redução do OE no montante de 1.827,00.

6 Remunerações e outras regalias (valores anuais) Conselho de Administração - Ano 2014 Mandato Designação OPRLO Cargo Nome (Início - Fim) Forma (1) Data [Identificação Entidade] Pagadora(O/D) 01/01/2015 a 31/12/ /01/2015 a 31/12/ /01/2015 a 31/12/ /01/2015 a 31/12/ /01/2015 a 31/12/2017 Presidente João Manuel Alves da Silveira Ribeiro RCM nº 12/ Não CHLC/CHBM Vogal Mário de Figueiredo Bernardino RCM nº 12/ Sim CHLC/CHBM Vogal Elsa Maria Baião Ferreira Airoso Banza RCM nº 12/ Não ARSLVT/CHBM Directora Clínica Elisabete Maria Farias Gonçalves Rodrigues RCM nº 12/ Sim CHBM/CHBM Enfª Directora Luísa Maria Alves da Luz RCM nº 12/ Não CHBM/CHBM Remuneração Anual ( ) Membro do CA (Nome) Variável Fixa ** Bruto (1) Reduções Remuneratórias (2) Valor após Reduções (3) = (1)-(2) João Manuel Alves da Silveira Ribeiro , , ,61 Mário de Figueiredo Bernardino , , ,72 Elsa Maria Baião Ferreira Airoso Banza , , ,45 Elisabete Maria Farias Gonçalves Rodrigues , , ,85 Luísa Maria Alves da Luz , , ,45 Benefícios Sociais ( ) Membro do CA (Nome) Subsídio de Refeição Valor / Dia Montante pago Ano Regime de Proteção Social Seguro de Saúde Seguro de Vida Outros Identificar Valor Identificar Valor João Manuel Alves da Silveira Ribeiro 4, ,53 CGA ,00 Mário de Figueiredo Bernardino 4,27 999,18 SS ,23 Elsa Maria Baião Ferreira Airoso Banza 4, ,45 CGA ,20 Elisabete Maria Farias Gonçalves Rodrigues 4,27 781,41 CGA ,19 Luísa Maria Alves da Luz 4,27 965,02 CGA ,20

7 Membro do CA (Nome) Plafond Mensal Definido Gastos com Comunicações Móveis ( ) Valor Anual Observações João Manuel Alves da Silveira Ribeiro 70 70,09 Mário de Figueiredo Bernardino ,03 Elsa Maria Baião Ferreira Airoso Banza ,15 Elisabete Maria Farias Gonçalves Rodrigues 70 3,75 Luísa Maria Alves da Luz 70 9,68 Encargos com Viaturas Membro do CA (Nome) Viatura atribuída Celebração de contrato Valor de referência da viatura Modalidade (1) Ano Inicio Ano Termo Valor da Renda Mensal Gasto Anual com Rendas Nº Prestações Contratuais Remanescentes [S/N] [S/N] [ ] [identificar] [ ] [ ] [ ] João Manuel Alves da Silveira Ribeiro Mário de Figueiredo Bernardino Elsa Maria Baião Ferreira Airoso Banza Elisabete Maria Farias Gonçalves Rodrigues Luísa Maria Alves da Luz NA NA NA NA NA NA NA NA NA NA NA NA NA NA NA Membro do CA (Nome) Plafond Mensal definido para combustível Combustível Gastos anuais associados a Viaturas ( ) Portagens Outras Reparações Seguro Observações João Manuel Alves da Silveira Ribeiro Mário de Figueiredo Bernardino Elsa Maria Baião Ferreira Airoso Banza Elisabete Maria Farias Gonçalves Rodrigues Luísa Maria Alves da Luz

8 Membro do CA (Nome) João Manuel Alves da Silveira Ribeiro Mário de Figueiredo Bernardino Elsa Maria Baião Ferreira Airoso Banza Elisabete Maria Farias Gonçalves Rodrigues Luísa Maria Alves da Luz Deslocações em Serviço Gastos anuais associados a Deslocações em Serviço ( ) Custo com Alojamento Ajudas de custo Identficar Outras Valor Gasto total com viagens (Σ) Fiscal Único Mandato Designação Cargo Nome (Início - Fim) Forma (1) Data Estatuto Remuneratório Fixado (mensal) [ ] 31/12/2005 a 31/12/2007 Fiscal Único Azevedo Rodrigues, Batalha, Costa e Associado, SROC RCM nº 161/ ,00 31/12/2005 a 31/12/2007 ROC José Maria Monteiro de Azevedo Rodrigues RCM nº 161/ /12/2005 a 31/12/2007 Fiscal Suplente Reinaldo Soares, Rogerio Coelho e José Jacob, SROC RCM nº 161/ /12/2005 a 31/12/2007 ROC Suplente Rogerio carlos Guedes Coelho RCM nº 161/ Nome Bruto (1) Remuneração Anual 2014 ( ) Reduções Remuneratórias (2) Valor após Reduções (3) = (1)-(2) Azevedo Rodrigues, Batalha, Costa e Associado, SROC , , ,00 José Maria Monteiro de Azevedo Rodrigues Reinaldo Soares, Rogerio Coelho e José Jacob, SROC Rogerio carlos Guedes Coelho Mandato Identificação SROC/ROC Designação Nº de Mandatos Cargo exercidos (Início - Fim) Nome Número Forma (1) Data Contratada na sociedade 31/12/2005 a 31/12/ /12/2005 a 31/12/ /12/2005 a 31/12/ /12/2005 a 31/12/2007 Fiscal Único Azevedo Rodrigues, Batalha, Costa e Associado, SROC 115 ROC José Maria Monteiro de Azevedo Rodrigues 681 Fiscal Suplente Reinaldo Soares, Rogerio Coelho e José Jacob, SROC 162 ROC Suplente Rogerio carlos Guedes Coelho 787 RCM nº 161/ ,00 2 RCM nº 161/ RCM nº 161/ RCM nº 161/

9 Conselho de Administração - Ano 2013 Encargos com Viaturas Viatura Atribuida Celebração de Contrato Valor de referência da Viatura Modalidade (1) Ano inicio Ano Termo Nº Prestações Valor da Renda Mensal valor Anual (S/N) (S/N) ( ) (Identificar) ( ) ( ) Nome Plafond Mensal definido para Gastos Anuais associados a Viaturas Combustível Portagens Outras Reparações Seguro Observações Dr. João Manuel Alves da Silveira Ribeiro 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 Dr. Mário de Figueiredo Bernardino 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 Dr.ª Elsa Maria Baião Ferreira Airoso Banza 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 Dr.ª Elisabete Maria Farias Gonçalves Rodrigues 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 Enfª Luísa Maria Alves da Luz 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00

10 Nome Deslocações em Serviço Gastos Anuais associados a Deslocações em Serviço Custo com Alojamento Ajudas de Custo Outras Identificar Valor Gasto total com viagens ( ] ( ] ( ] ( ] ( ] Dr. João Manuel Alves da Silveira Ribeiro 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 Dr. Mário de Figueiredo Bernardino 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 Dr.ª Elsa Maria Baião Ferreira Airoso Banza 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 Dr.ª Elisabete Maria Farias Gonçalves Rodrigues 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 Enfª Luísa Maria Alves da Luz 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 Fiscal Único Nome Bruta Renumeração Anual Reduções (Lei OE) Bruta Após Reduções Azevedo Rodrigues, Batalha, Costa e Associado, SROC , , ,00 José Maria Monteiro de Azevedo Rodrigues Reinaldo Soares, Rogério Coelho e José Jacob, SROC Rogério Carlos Guedes Coelho

11 Conselho de Administração - Ano 2012 Conselho de Administração Unid: Presidente Vogal Vogal Directora Clinica Enfª Directora Mandato I I I I I Adaptado ao EGP (Sim/Não) Não Não Não Não Não Remuneração Total ( ) , , , , ,82 OPRLO Não Não Não Sim Não Entidade de Origem (identificar) CHLC SGMS Privado CHBM CHBM Entidade pagadora (origem/destino) CHBM CHBM CHBM CHBM CHBM 1.1.Remuneração Anual , , , , , Despesas de Representação (Anual) , , , , , Senha de presença (Valor Anual) 1.4.Redução decorrente da Lei 12-A/ , , , , , Redução decorrente da Lei 64-B/ , , , , , Suspensão do pagamento dos subsidios de férias e natal 8.408, , , , , Reduções de anos anteriores 1. Remuneração Anual Efetiva Líquida ( ) , , , , ,82 2. Remuneração variável 3.Isenção de Horário de Trabalho (IHT) 4.Outras (identificar) 3.046,78 Subsídio de deslocação Subsídio de refeição 815,57 845,46 862,54 815,57 734,44 Encargos com benefícios sociais 6.731, , , , ,51 Regime de Proteção Social (ADSE/Seg.Social/Outros) CGA CGA SS CGA CGA Seguros de saúde Seguros de vida Seguro de Acidentes Pessoais Outros (indicar) Acumulação de Funções de Gestão (S/N) Não Não Não Não Não Entidade (identificar) Remuneração Anual Parque Automóvel Mandato I I I I I Modalidade de Utilização Valor de referência da viatura nova Ano Inicio Ano Termo N.º prestações (se aplicável) Valor Residual Valor de renda/prestação anual da viatura de serviço Combustível gasto com a viatura Plafond anual Combustivel atribuído Outros (Portagens / Reparações / Seguro) Limite definido conforme Art.º 33 do EGP (Sim/Não) Outras regalias e compensações Mandato I I I I I Plafond mensal atribuido em comunicações móveis 367, Gastos anuais com comunicações móveis 2.571, Outras (indicar) Limite definido conforme Art.º 32 do EGP (Sim/Não) Gastos c/ deslocações Mandato I I I I I Custo total anual c/ viagens Custos anuais com Alojamento Ajudas de custo Outras (indicar) * Decorrente da Lei 55-A/2010 ou Lei 64-B/2011, conforme aplicável

12 Conselho de Administração Unid: Presidente Vogal Directora Clinica Enfª Directora Mandato II II II II Adaptado ao EGP (Sim/Não) Não Não Não Não Remuneração Total ( ) 6.308, , , ,44 OPRLO Não Não Sim Não Entidade de Origem (identificar) CHLC ARSLVT CHBM CHBM Entidade pagadora (origem/destino) CHBM CHBM CHBM CHBM 1.1.Remuneração Anual 5.465, , , , Despesas de Representação (Anual) 1.912, , , , Senha de presença (Valor Anual) 1.4.Redução decorrente da Lei 12-A/ ,65 308,92 308,92 308, Redução decorrente da Lei 64-B/ ,98 586,95 650,74 586, Suspensão do pagamento dos subsidios de férias e natal 1.7.Reduções de anos anteriores 1. Remuneração Anual Efetiva Líquida ( ) 6.308, , , ,44 2. Remuneração variável 3.Isenção de Horário de Trabalho (IHT) 4.Outras (identificar) Subsídio de deslocação Subsídio de refeição 115,29 115,29 115,29 115,29 Encargos com benefícios sociais 674,23 567,25 814,39 591,37 Regime de Proteção Social (ADSE/Seg.Social/Outros) CGA CGA CGA CGA Seguros de saúde Seguros de vida Seguro de Acidentes Pessoais Outros (indicar) Acumulação de Funções de Gestão (S/N) Não Não Não Não Entidade (identificar) Remuneração Anual Parque Automóvel Mandato II II II II Modalidade de Utilização Valor de referência da viatura nova Ano Inicio Ano Termo N.º prestações (se aplicável) Valor Residual Valor de renda/prestação anual da viatura de serviço Combustível gasto com a viatura Plafond anual Combustivel atribuído Outros (Portagens / Reparações / Seguro) Limite definido conforme Art.º 33 do EGP (Sim/Não) Outras regalias e compensações Mandato II II II II Plafond mensal atribuido em comunicações móveis 367, Gastos anuais com comunicações móveis 12,13 31,42 Outras (indicar) Limite definido conforme Art.º 32 do EGP (Sim/Não) Gastos c/ deslocações Mandato II II II II Custo total anual c/ viagens Custos anuais com Alojamento Ajudas de custo Outras (indicar) * Decorrente da Lei 55-A/2010 ou Lei 64-B/2011, conforme aplicável

13 Fiscal Único Ano 2012 Fiscal Único Mandato Identificação SROC/ROC Designação Remuneração Anual Cargo (Inicio-Fim) Nome Numero Doc Data Limite Fixado Contratado Auferida Nº de Mandatos Exercícios na sociedade ROC ROC Suplente Azevedo Rodrigues, Batalha, Costa e Associado, SROC José Maria Monteiro de Azevedo Rodrigues 681 Desp. 498/12-SETF , , ,00 2 Reinaldo Soares, Rogério Coelho e José Jacob, SROC Rogério Carlos Guedes Coelho 787 Desp. 498/12-SETF Funções e Responsabilidades Para além das competências próprias do Conselho de Administração previstas no artigo 7.º dos Estatutos, das específicas do Presidente do Conselho de Administração, do Diretor Clínico e do Enfermeiro Diretor, previstas, respectivamente, nos artigos 8.º, 9.º e 10.º dos referidos Estatutos, a cada um dos membros do Conselho de Administração foi atribuída a responsabilidade de pelouros, através de delegação de competências, publicadas em Diário da República, II série, nº 188 de 30/09/13, mediante Despacho n.º 12441/2013. João Manuel Alves da Silveira Ribeiro Presidente do Conselho de Administração - Coordena a atividade do Conselho de Administração, garante a execução das deliberações aprovadas, representa o Hospital em juízo e fora dele. Garante a supervisão das áreas de estratégia, qualidade, segurança e comunicação, a coordenação de instalações e equipamentos, informática, apoio à gestão e serviços financeiros. Mário de Figueiredo Bernardino Vogal do Conselho de Administração Coordena o aprovisionamento, farmácia, gestão de doentes, arquivo, gabinete jurídico, codificação e transportes. Elsa Maria Baião Ferreira Airoso Banza Vogal do Conselho de Administração Coordena os recursos humanos, hoteleiros, ação social e formação. Elisabete Maria Farias Gonçalves Rodrigues Directora Clínica Coordena as áreas da governação clínica nos serviços, departamentos e unidades de ação médica e de diagnóstico e terapêutica, comissão de qualidade e segurança do doente, comissão de controlo de infecção, comissão de farmácia e terapêutica, comissão de coordenação oncológica, comissão técnica de certificação de interrupção da gravidez, nutrição e dietética, saúde ocupacional, equipa de gestão de altas e comissão de ética. Luísa Maria Alves da Luz Enfermeira Diretora Coordena a gestão dos enfermeiros e assistentes operacionais no que respeita aos serviços, departamentos e unidades de acção médica e de diagnóstico e terapêutica, das áreas dos serviços gerais, esterilização, gestão de espólios e comissão técnica de avaliação dos enfermeiros. Síntese Curricular Presidente: João Manuel Alves da Silveira Ribeiro Nascido a 19 de novembro de 1951, na freguesia de Cedofeita, concelho do Porto. Formação académica: Programa de Alta Direção de Instituições de Saúde (PADIS), pela AESE Escola de Direção e Negócios; graduação em Administração Hospitalar pela Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP); licenciatura em Economia pelo Instituto Superior de Economia e Gestão; membro n.º 188 da Ordem dos Economistas.

14 Atividade profissional: adjunto do conselho de administração do Centro Hospitalar de Lisboa Central, E. P. E., para o Hospital de Santo António dos Capuchos; consultor de empresas; presidente da Comissão de Fiscalização do INFARMED; presidente do conselho de administração do Hospital de Egas Moniz, S. A.; administrador-delegado do Hospital de Santa Maria; membro da Comissão de Avaliação dos Administradores Hospitalares; administrador hospitalar de 1.ª classe (1.º grau) do quadro do Hospital de São José, responsável pelos Serviços Jurídicos e de Contencioso e Serviço de Aprovisionamento (2002); o Presidente da Comissão de Fiscalização do INFARMED e do Conselho Fiscal do Montepio Comercial e Industrial (associação mutualista); o Consultor de empresas e gestor e liquidatário JUDICIAL no Tribunal da Relação de Lisboa; chefe de Gabinete do Ministro da Saúde; vogal da Comissão de Gestão da SNAB - Sociedade Nacional de Armadores de Bacalhau, S. A.; presidente do conselho de administração e administrador-delegado do Hospital de Santa Marta, em Lisboa; presidente da Comissão Instaladora do Instituto Português do Sangue; administrador-delegado do Hospital de São João, no Porto; administrador-delegado do Hospital de Santa Maria, em Lisboa; presidente do conselho diretivo do Centro Regional de Segurança Social de Coimbra; assessor do Ministro dos Assuntos Sociais, para a área de gestão hospitalar; administrador do Hospital Distrital de Santarém e membro da Comissão Instaladora do novo Hospital de Santarém adjunto administrativo do diretor de Saúde do distrito de Braga. Outras atividades: Membro da Comissão de Acompanhamento e da Comissão de Avaliação de Propostas do Concurso Público Internacional n.º 3/2008, relativo à celebração do contrato de gestão do edifício hospitalar do Hospital Oriental de Lisboa, em regime de parceria público-privada; Membro da Comissão Paritária Ordem dos Médicos/Ministério dos Assuntos Sociais que, em representação do Primeiro-Ministro, estudou e elaborou em 1982 o relatório de viabilidade económica do convencionalismo médico na área de prestação de cuidados de saúde extra hospitalares; Presidente da direção da Associação de Nossa Senhora da Visitação, entre 1998 e 2002, em representação dos Hospitais Civis de Lisboa; Orientador de estágios de gestão hospitalar de formandos de diversos Cursos de Administração Hospitalar;

15 Participação como docente convidado em diversos cursos de pós graduação de gestão em Saúde, em módulos de «Política e Sistemas de Saúde», «Sistemas de Saúde e Financiamento» e «Planeamento da Saúde». Vogal Executivo - Mário de Figueiredo Bernardino Licenciado em Direito pela Universidade Autónoma de Lisboa em 1990, completou o estágio de advocacia pela Ordem dos Advogados em 1992, acabou a pós-graduação em Administração Hospitalar na Escola Nacional de Saúde Pública em 1994, fez o Curso de Formação Pedagógica de Formadores em 2001, e concluiu o Curso Avançado de Gestão Publica (CAGEP) no Instituto Nacional de Administração, I. P., em Nomeado administrador do 4.º grau da carreira de administração hospitalar desde 1995, foi promovido a administrador do 3.º grau do quadro único de administradores hospitalares com efeitos a 1998, e nomeado como administrador de 3.ª classe do Centro Hospitalar de Torres Vedras com efeitos a 1 de maio de De 2002 a 2012 integrou o conselho de administração do Hospital de Reynaldo dos Santos em Vila Franca de Xira (HRS), como administrador-delegado em , e como presidente do conselho de administração, durante três mandatos desde 2003, até à transmissão da gestão do estabelecimento hospitalar, em junho de 2011, na sequência do concurso público para construção e gestão do novo hospital em regime de parceria público-privada. Após a transmissão do estabelecimento, foi responsável pelo processo de fusão, liquidação e extinção da entidade pública HRS em outubro de Em 2005 integrou o grupo de trabalho designado pelo Ministro da Saúde para elaboração do parecer sobre a relevância do projeto do novo Hospital de Vila Franca de Xira. Exerceu funções como administrador do Hospital de Reynaldo dos Santos (HRS) de 1994 a 2000 e administrador do Hospital de Santa Cruz em Nestes hospitais desenvolveu atividades, essencialmente, nas áreas da gestão de materiais e da gestão da produção. No HRS incrementou e dirigiu centros de responsabilidade nas áreas assistenciais e de apoio, integrou e coordenou diversas comissões e grupos de trabalho como a Comissão de Higiene e Controlo da Infeção Hospitalar, a Comissão de Cirurgia do Ambulatório, a Comissão de Ética para a Saúde, a Comissão de Antibióticos, a «Task Force 2000» e a Direção da Liga dos Amigos do Hospital. Desempenhou ainda funções como jurista no Serviço de Justiça do Comando da Região Militar de Lisboa em Foi advogado e consultor jurídico em Tem a cédula profissional n.º 10284L da Ordem dos Advogados com inscrição suspensa voluntariamente. Foi secretário-adjunto do Terceiro Tribunal Militar Territorial de Lisboa em e membro titular do Instituto Hispano-Luso-Americano de Direito Marítimo em Colabora com a Faculdade de Ciências e Tecnologias da Saúde da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias em Lisboa (ULHT), como docente convidado desde 2008, onde leciona as disciplinas de Gestão de Materiais e Aprovisionamento, Logística e Aprovisionamento, Distribuição e Aprovisionamento em Unidades de Saúde, e Administração de Unidades de Saúde. Foi consultor e formador na área de aprovisionamento e compras públicas de 1997 a 2006, tendo colaborado com o Centro de Formação e Aperfeiçoamento Profissional do Departamento de Recursos Humanos da Saúde, Management Global Information - MGI (Portugal), Escola Superior de Gestão de Tomar, Associação dos Técnicos Administrativos Municipais, Universidade Moderna (Setúbal), e diversas unidades de saúde. Publicou alguns artigos de investigação em revistas e diplomas da especialidade, e é autor das seguintes obras patenteadas por Edições Almedina, S. A. - Coimbra: «Aquisições de Bens e Serviços na Administração Publica» em novembro de 2000; «Aquisições de Bens e Serviços na Administração Publica - 2.ª Edição Revista e Atualizada» em julho de 2003; «Aquisições de Bens e Serviços na Administração Publica - 3.ª Edição Revista e Atualizada» em maio de 2006; e «As Compras e a Gestão de Materiais - Especificidades na Administração Pública» em maio de 2012.

16 Vogal Executiva Elsa Maria Baião Ferreira Airoso Banza DATA DE NASCIMENTO - 14/02/1974 FORMAÇÃO ACADÉMICA 2013 Frequenta atualmente o Mestrado em Gestão de Unidades de Saúde, Universidade da Beira Interior 2006 Especialização em Sistemas de Informação para a Saúde, INA 2003 Especialização em Controlo de Gestão, ISCTE 1999 Pós -Graduação em Administração Hospitalar, Escola Nacional de Saúde Pública 1997 Licenciatura em Direito, Universidade Católica Portuguesa EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL 2011 Vogal do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde Castelo Branco, EPE 2009 Vogal do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Cova da Beira, EPE 2004 Administradora Hospitalar no Hospital de Santa Marta, EPE, atualmente Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE, responsável pelo Serviço de Recursos Humanos, Formação, Saúde no Trabalho e vários serviços clínicos Administradora Hospitalar no Hospital de Santa Maria, responsável pelo Serviço de Recursos Humanos e vários serviços clínicos. FORMAÇÃO PROFISSIONAL Nas áreas de coordenação e gestão de pessoas/equipas, planeamento, análise e implementação de projetos, contratualização interna, financiamento hospitalar, SIGIC, SIADAP, metodologia e resolução de problemas, sistema de gestão da qualidade, direito da função pública, sistemas de informação para a saúde, controlo interno, entre outras. Diretora Clínica - Elisabete Maria Farias Gonçalves Rodrigues Nascida a 21 de agosto de 1965, em França, licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina de Lisboa em 1990 e está inscrita na Ordem dos Médicos e Colégio da Especialidade de Pediatria - Secção Regional do Sul com a cédula profissional n.º Carreira académica e profissional: Realizou o Internato Geral no Hospital de Santa Maria ( ); Iniciou funções no Hospital Nossa Senhora do Rosário-Barreiro em 1993, como interna do Internato Complementar de Pediatria ( ), com estágios parcelares no Hospital Dona Estefânia, Hospital de Santa Marta e Hospital de Santa Maria, tendo realizado exame final do Internato Complementar de Pediatria - provas públicas com júri constituído por elementos indicados pela Ordem dos Médicos e pelo Ministério da Saúde, com obtenção do grau de assistente de pediatria (1998);

17 Concurso Público de Admissão ao Ciclo de Estudos Especiais de Neuropediatria, no Serviço de Neurologia Pediátrica do Hospital de Dona Estefânia ( ), com exame final - Provas Públicas, com obtenção da Subespecialidade de Neuropediatria em 2005; Concurso de habilitação ao grau de consultor da carreira médica ( ), com obtenção do grau de consultora da carreira médica hospitalar; Obtenção da categoria de assistente hospital graduada em 2008, por deliberação do conselho de administração do Hospital Nossa Senhora do Rosário, E. P. E., após avaliação por Comissão de Avaliação Curricular. Outras atividades clínicas, científicas e de formação: Atividade clínica em regime de tarefa no Serviço de Urgência da Maternidade Alfredo da Costa ( ); Responsável pela escala da Urgência Pediátrica do Hospital Nossa Senhora do Rosário-Barreiro ( e ); Orientadora de Formação para o Internato Complementar de Pediatria (até nomeação para a Direção do Serviço, por incompatibilidade regulamentar); Formação para Orientadores dos Internatos Médicos, no âmbito do Programa Operacional Saúde - Departamento de Formação da Ordem dos Médicos (2003); Comunicações científicas em reuniões nacionais e internacionais e publicações em revistas científicas nacionais e internacionais; Júri de concursos públicos nacionais; Membro da Sociedade Portuguesa de Pediatria, Associação de Saúde Infantil de Coimbra e da Sociedade Portuguesa de Neuropediatria. Outros cargos: Membro da subunidade de Saúde Materna e Neonatal e Saúde da Criança e do Adolescente da Unidade Coordenadora Funcional (UCF) Arco Ribeirinho ( ); Diretora do Serviço de Pediatria do Hospital Nossa Senhora do Rosário, Centro Hospitalar Barreiro Montijo, E. P. E. ( ); Adjunta da Direção Clínica do Hospital Nossa Senhora do Rosário-Centro Hospitalar Barreiro Montijo, E. P. E., para a área da Saúde Materno Infantil ( ); Diretora clínica do Centro Hospitalar Barreiro Montijo, E. P. E., desde janeiro de Enfermeira Diretora - Luísa Maria Alves da Luz Nascida em 17 de setembro de 1958, na freguesia de Socorro, Lisboa. Formação:

18 Licenciatura em Enfermagem obtida através do Curso de Complemento de Formação em Enfermagem, concluído em 30 de março de 2001 na Escola Superior de Enfermagem de Maria Fernanda Resende. Curso de Especialização em Enfermagem Médico-Cirúrgica, entre outubro de 1990 a junho de 1992 na Escola Superior de Enfermagem de Maria Fernanda Resende. Curso de Enfermagem Geral, concluído em 31 de agosto de 1978 na Escola de Enfermagem Artur Ravara. Formação sobre Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem - CIPE. Experiência profissional: Enfermeira-chefe do Serviço de Medicina Interna do CHBM, E. P. E.; Adjunta da enfermeira diretora e substituição da mesma na sua ausência. Gestão de serviços de internamento nas vertentes médicas, cirúrgica e doente crítico - 26 anos, com a categoria de enfermeira-chefe desde Setembro de 1992 a outubro de chefia de serviço com a categoria de enfermeira especialista 1986 a enfermeira-chefe do serviço de medicina interna do hospital do Barreiro - CHBM - E. P. E., na categoria de enfermeira graduada, de 1986 até 1994; Integrante da Comissão Coordenadora de Avaliação de Desempenho; Participação em júris de concurso de enfermagem; Participação na implementação do Sistema de Controlo de Assiduidade através do registo biométrico, dos registos de enfermagem em formato CIPE e da utilização SAPE. Colaboração na formação dos profissionais do Hospital; Auditora coordenadora do grupo de auditoras do SCD/E; Coordenadora do projeto de quedas de doentes internados Fiscal único efetivo - José Azevedo Rodrigues Data de Nascimento: 05 de Março de 1952 Habilitações Académicas Revisor Oficial de Contas Actividade Profissional Revisor Oficial de Contas. Presidente do Conselho Consultivo António Afonso Reynaud de Melo Pires Nascido em Lisboa em 1957

19 Formação Académica: Licenciou-se em Engenharia Mecânica, no Instituto superior Técnico, em Lisboa. Actividade Profissional: e até a data Regressa a Portugal e à Volkswagen Autoeuropa, como Director Geral Foi designado como Director da Fábrica de Curitiba, no estado do Panamá Transitou para a Volkswagen do Brasil. Primeiro como Director de Produção na fábrica Volkswagen Auchieta, em São Bernardo do Campo, no Estado de S. Paulo Transitou para a Volkswagen em Espanha com as mesmas funções de Director de Produção Inicia funções na Volkswagen Autoeuropa, com diversas funções terminando como Director da área de prensas e carroçarias Integrou nas Forças Armadas como instrutor e depois na Força Aérea Portuguesa como oficial Engenheiro aeronáutico Iniciou a sua actividade profissional como professor de ensino Secundário, na escola Secundária de Palmela

NOTAS CURRICULARES. João Manuel Alves da Silveira Ribeiro Nascido a 19 de novembro de 1951, na freguesia de Cedofeita, concelho do Porto.

NOTAS CURRICULARES. João Manuel Alves da Silveira Ribeiro Nascido a 19 de novembro de 1951, na freguesia de Cedofeita, concelho do Porto. NOTAS CURRICULARES João Manuel Alves da Silveira Ribeiro Nascido a 19 de novembro de 1951, na freguesia de Cedofeita, concelho do Porto. Formação académica: 2007 - Programa de Alta Direção de Instituições

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia-geral. Não Aplicável. Conselho de Administração

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia-geral. Não Aplicável. Conselho de Administração Modelo de Governo Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Presidente Vice-Presidente Secretário Mesa da Assembleia-geral Não Aplicável Presidente Conselho de Administração Izabel Maria Nunes Rodrigues Daniel

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Conselho de Administração. Fiscal Único

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Conselho de Administração. Fiscal Único Modelo de Governo II 2014-2016 Cargo Órgãos Sociais Eleição Conselho de Administração Presidente Vogal (1) Vogal (2) Francisca Passo Valente Carneiro Fernandes José Manuel Matos da Silva Sandra Bela de

Leia mais

Estatuto remuneratório fixado

Estatuto remuneratório fixado Estatuto remuneratório fixado De acordo com o estabelecido pela Comissão de Vencimentos em 14 de abril de 2004, os membros dos Órgãos Sociais podem auferir as seguintes remunerações principais brutas:

Leia mais

1. Estatuto remuneratório fixado para os Membros do Conselho de Administração

1. Estatuto remuneratório fixado para os Membros do Conselho de Administração Órgãos Sociais 1. Estatuto remuneratório fixado para os Membros do Conselho de Administração A. Competência para a Determinação Compete à Assembleia Geral a aprovação da política de remunerações dos membros

Leia mais

Remunerações e outras regalias

Remunerações e outras regalias Remunerações e outras regalias 1. Mesa Assembleia Geral Não se aplica 2. Conselho de Administração Exercício de 2012 Adaptado ao EGP (Sim/Não) sim sim sim sim sim sim Remuneração Total (1.+2.+3.+4.) 69,863.78

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato. Conselho de Administração. Carlos José Cadavez Fernando Miguel P. Oliveira Pereira. José Joaquim Costa

Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato. Conselho de Administração. Carlos José Cadavez Fernando Miguel P. Oliveira Pereira. José Joaquim Costa Modelo de Governo O Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, E. P. E, reveste a natureza de entidade pública Empresarial, e foi criado através do Decreto-Lei n.º 50-A/2007 de 28 de Fevereiro,

Leia mais

2013/2015 2010/2012. 2. Fiscal Único 2013/2015

2013/2015 2010/2012. 2. Fiscal Único 2013/2015 Modelo de Governo O Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro, E. P. E, reveste a natureza de entidade pública Empresarial, e foi criado através do Decreto-Lei n.º 50-A/2007 de 28 de Fevereiro,

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Conselho de Administração. Fiscal Único. Fiscal Único. Conselho Consultivo

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Conselho de Administração. Fiscal Único. Fiscal Único. Conselho Consultivo Modelo de Governo Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Conselho de Administração (1) (2) Director Clínico (3) Enf. Director (4) Eng. Joaquim Nabais Esperancinha Dr. António José Horta Lérias Eng. João

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Henrique Manuel Gil Martins Rogério Pereira Rodrigues Artur Manuel Trindade Mimoso.

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Henrique Manuel Gil Martins Rogério Pereira Rodrigues Artur Manuel Trindade Mimoso. Modelo de Governo Mandato III Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Presidente Vogal (1) Vogal (2) Henrique Manuel Gil Martins Rogério Pereira Rodrigues Artur Manuel Trindade Mimoso RCM nº8/2014 de 25.02

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato. Conselho de Administração FISCAL ÚNICO. Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato. Conselho de Administração

Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato. Conselho de Administração FISCAL ÚNICO. Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato. Conselho de Administração Modelo de Governo Mandato 2015-2017 Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato Conselho de Administração Presidente Vogal (1) Vogal (2) Vogal (3) Vogal (4) José Manuel de Araújo Cardoso Manuel Basto Carvalho

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia Geral. Francisco Torres Sampaio Inês Alexandra Gomes da Costa. Conselho de Administração

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia Geral. Francisco Torres Sampaio Inês Alexandra Gomes da Costa. Conselho de Administração Modelo de Governo O modelo de governo adoptado pela Polis Litoral Norte é o modelo clássico, composto pelo Conselho de Administração, Assembleia Geral e Fiscal Único, constituindo estes os seus órgão sociais

Leia mais

Notas curriculares. Aurélio Rodrigues, nasceu a 05/06/1954, no concelho de Melgaço.

Notas curriculares. Aurélio Rodrigues, nasceu a 05/06/1954, no concelho de Melgaço. Notas curriculares Aurélio Rodrigues, nasceu a 05/06/1954, no concelho de Melgaço. Licenciado em História, pela Universidade do Porto. Doutorando em Políticas Públicas, na Universidade de Aveiro. Especialista

Leia mais

A CONTRATUALIZAÇÃO INTERNA FIGUEIRA DA FOZ HOTEL EUROSTARS OASIS PLAZA 19 DE SETEMBRO

A CONTRATUALIZAÇÃO INTERNA FIGUEIRA DA FOZ HOTEL EUROSTARS OASIS PLAZA 19 DE SETEMBRO A CONTRATUALIZAÇÃO INTERNA FIGUEIRA DA FOZ HOTEL EUROSTARS OASIS PLAZA 19 DE SETEMBRO MODERAÇÃO PEDRO BEJA AFONSO Para além de Presidente do Conselho de Administração do Hospital Distrital da Figueira

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato. Conselho de Administração. Margarida Fernanda Coelho Murta Rebelo da Silveira. José Gaspar Monteiro Rodrigues

Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato. Conselho de Administração. Margarida Fernanda Coelho Murta Rebelo da Silveira. José Gaspar Monteiro Rodrigues Modelo de Governo Mandato 2015 2017 Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato Conselho de Administração Presidente Vogal (1) Vogal (2) Vogal (3) Vogal (4) Margarida Fernanda Coelho Murta Rebelo da Silveira

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia Geral. Não aplicável

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia Geral. Não aplicável Modelo de Governo Mandato 2007/2009 Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Presidente Vice- Presidente Secretário Mesa da Assembleia Geral Não aplicável Presidente Vogal (1) Vogal (2) Vogal (3) Director

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Modelo do Governo Mandato I - 2013-2015 Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Conselho de Administração Presidente: Fernando Manuel Marques Vogal Executivo: Diretora Clínica: Enfermeiro Diretor: Augusta

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 12 de agosto de 2015. Série. Número 146

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 12 de agosto de 2015. Série. Número 146 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quarta-feira, 12 de agosto de 2015 Série Sumário SECRETARIA REGIONAL DA SAÚDE Despacho n.º 372/2015 Designa no cargo de Chefe do Gabinete, o licenciado Miguel

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia Geral

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia Geral Modelo de Governo Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Mesa da Assembleia Geral Vice- Secretário Dra. Sara Alexandra Pereira Simões Duarte Ambrósio Dra. Rita Maria Pereira Silva Dr. Cláudio José Sarmento

Leia mais

Identificação da Empresa. Missão. Visão

Identificação da Empresa. Missão. Visão Identificação da Empresa Designação social: Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE Sede: Rua José António Serrano, 1150-199 - Lisboa Natureza jurídica: Entidade Pública Empresarial Início de actividade:

Leia mais

DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA

DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA DEMOCRACIA E GESTÃO AUTÁRQUICA DURAÇÃO / COMPONENTE / DIPLOMA CURSO DE FORMAÇÃO AVANÇADA I Edição 2014 30 Horas lectivas / Teórica / Curso de Formação Avançada COORDENAÇÃO Coordenação Científica Prof.

Leia mais

Curriculum Vitae. Elementos de identificação. Nome: Monteiro de Macedo /João Carlos. Natural de: (Angola) Nacionalidade: Portuguesa

Curriculum Vitae. Elementos de identificação. Nome: Monteiro de Macedo /João Carlos. Natural de: (Angola) Nacionalidade: Portuguesa 1 Curriculum Vitae Elementos de identificação Nome: Monteiro de Macedo /João Carlos Natural de: (Angola) Nacionalidade: Portuguesa Nascido em: 10 de Maio de 1959 Estado civil: Casado Cartão do cidadão

Leia mais

Governo Mandato 2015 2017

Governo Mandato 2015 2017 Governo Mandato 2015 2017 Cargo Órgãos Sociais Nomeação Mandato Conselho de Administração Presidente Vogal (1) Vogal (2) Vogal (3) Vogal (4) Margarida Fernanda Coelho Murta Rebelo da Silveira José Gaspar

Leia mais

PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 73/2013 de 1 de Julho de 2013

PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 73/2013 de 1 de Julho de 2013 PRESIDÊNCIA DO GOVERNO Resolução do Conselho do Governo n.º 73/2013 de 1 de Julho de 2013 Tendo por aceite que os órgãos de gestão das unidades de saúde devem manter os seus representantes clínicos, mas

Leia mais

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO em Administração e Gestão de Serviços de Saúde ESEnfCVPOA Mestre Fernanda Príncipe

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO em Administração e Gestão de Serviços de Saúde ESEnfCVPOA Mestre Fernanda Príncipe Curso Coordenação Direção CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO em Administração e Gestão de Serviços de Saúde ESEnfCVPOA Mestre Fernanda Príncipe ESEnfCVPOA Mestre Henrique Pereira Código: 3451 Descrição Objetivos Destinatários

Leia mais

Currículos. 1. Membros do Conselho de Administração. 1.1. Administradores Executivos. 1.1.1. Presidente CA Luís Filipe Ottolini Coimbra

Currículos. 1. Membros do Conselho de Administração. 1.1. Administradores Executivos. 1.1.1. Presidente CA Luís Filipe Ottolini Coimbra Currículos 1. Membros do Conselho de Administração 1.1. Administradores Executivos 1.1.1. Presidente CA Luís Filipe Ottolini Coimbra Ano de Nascimento: 1944 - Licenciatura em Engenharia Aeronáutica e Mecânica

Leia mais

PROPOSTA DE CARREIRA PARA OS TÉCNICOS SUPERIORES DA ÁREA DA SAÚDE EM REGIME DE CIT. Capítulo I Objecto e Âmbito Artigo 1.º Objecto

PROPOSTA DE CARREIRA PARA OS TÉCNICOS SUPERIORES DA ÁREA DA SAÚDE EM REGIME DE CIT. Capítulo I Objecto e Âmbito Artigo 1.º Objecto PROPOSTA DE CARREIRA PARA OS TÉCNICOS SUPERIORES DA ÁREA DA SAÚDE EM REGIME DE CIT Capítulo I Objecto e Âmbito Artigo 1.º Objecto 1 - O presente Decreto-Lei estabelece o regime jurídico da carreira dos

Leia mais

Dados Pessoais. Contactos profissionais: joaomiranda@fd.ul.pt jmiranda@falm.pt

Dados Pessoais. Contactos profissionais: joaomiranda@fd.ul.pt jmiranda@falm.pt I Dados Pessoais JOÃO PEDRO OLIVEIRA DE MIRANDA Nascido a 28 de Agosto de 1972 Natural de Lisboa Contactos profissionais: joaomiranda@fd.ul.pt jmiranda@falm.pt 1 II Dados Curriculares 1. Ocupações actuais

Leia mais

SEDE - Carnaxide. Número de postos de trabalho - Presidente (1) - 1. Cargo/carreira/categoria. Técnico Superior. Técnico Superior Direito 3

SEDE - Carnaxide. Número de postos de trabalho - Presidente (1) - 1. Cargo/carreira/categoria. Técnico Superior. Técnico Superior Direito 3 2009 MAPA DE PESSOAL DA ANPC (Artigo 5º da Lei nº 2-A/2008, 27 Fevereiro) SEDE - Carnaxi Competências/Actividas Área formação académica e/ou - Presinte () - - Director Nacional () - 3 - Comandante Operacional

Leia mais

Resolução do Conselho de Ministros n.º 34/2012

Resolução do Conselho de Ministros n.º 34/2012 Resolução do Conselho de Ministros n.º 34/2012 A Resolução do Conselho de Ministros n.º 16/2012, de 14 de fevereiro, que aprova os critérios de determinação do vencimento dos gestores públicos, estabelece

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 11 de dezembro de 2015. Série. Número 223

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 11 de dezembro de 2015. Série. Número 223 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 11 de dezembro de 2015 Série Sumário SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO Despacho n.º 470/2015 Nomeação em regime de substituição do Licenciado João Manuel

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Conselho de Administração

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Conselho de Administração Modelo de Governo Mandato 2012 (a partir de 25 de janeiro de 2012) - 2014 Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Conselho de Administração Presidente Vogal (1) Vogal (2) Vogal (3) Vogal (4) Margarida Fernanda

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia Geral. Não aplicável

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia Geral. Não aplicável Modelo de Governo Mandato 2011/2013 Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Presidente Vice- Presidente Secretário Mesa da Assembleia Geral Não aplicável Presidente Director Clínico Enfermeiro Director Vogal

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia Geral

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia Geral Modelo de Governo Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Mesa da Assembleia Geral Presidente Secretário Secretário Professora Doutora Maria Helena Vaz de Carvalho Nazaré Dr. José Carlos Moreira Amaral (cessou

Leia mais

NOVO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

NOVO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Boletim Informativo do Hospital de Nossa Senhora do Rosário - Barreiro notíciasdezembro12 n.º 49 NOVO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO O novo Conselho de Administração do Centro Hospitalar Barreiro Montijo, EPE

Leia mais

TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS SECÇÃO ÚNICA Disposições Gerais

TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS SECÇÃO ÚNICA Disposições Gerais REGULAMENTO DE ATRIBUIÇÃO DO TÍTULO DE ESPECIALISTA NA ESCOLA SUPERIOR DE ENFERMAGEM S. FRANCISCO DAS MISERICÓRDIAS TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS SECÇÃO ÚNICA Disposições Gerais Artigo 1.º (Objecto e âmbito)

Leia mais

P A U L O G R A Ç A A d v o g a d o CURRICULUM VITAE. 1. NOME: Paulo Alexandre Pinto Correia Rodrigues da Graça.

P A U L O G R A Ç A A d v o g a d o CURRICULUM VITAE. 1. NOME: Paulo Alexandre Pinto Correia Rodrigues da Graça. CURRICULUM VITAE I. IDENTIFICAÇÃO PESSOAL 1. NOME: Paulo Alexandre Pinto Correia Rodrigues da Graça. 2. ESTADO CIVIL: Divorciado. 3. FILIAÇÃO: João Pinto da Graça e Maria Manuela Pinto Correia Rodrigues

Leia mais

CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL. NOME - Diogo Nuno de Gouveia Torres Feio FORMAÇÃO ACADÉMICA

CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL. NOME - Diogo Nuno de Gouveia Torres Feio FORMAÇÃO ACADÉMICA CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL NOME - Diogo Nuno de Gouveia Torres Feio FORMAÇÃO ACADÉMICA 1998 - Mestrado em Ciências Jurídico-Políticas, pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, com

Leia mais

REGULAMENTO ORGÂNICO DOS SERVIÇOS DO ISA

REGULAMENTO ORGÂNICO DOS SERVIÇOS DO ISA Deliberação nº /2011 Considerando que, nos termos do nº 3 do artigo 12º dos Estatutos do Instituto Superior de Agronomia, compete ao Conselho de Gestão do Instituto Superior de Agronomia (ISA), aprovar,

Leia mais

CURRICULUM VITAE JOSÉ GABRIEL PAIXÃO CALIXTO

CURRICULUM VITAE JOSÉ GABRIEL PAIXÃO CALIXTO CURRICULUM VITAE JOSÉ GABRIEL PAIXÃO CALIXTO ECONOMISTA Janeiro, 2006 Rua Marquês de Pombal, Nº 17 7200-389 Reguengos de Monsaraz Telemóvel: +351 964 895 518 jose.calixto@netcabo.pt C URRICULUM VITAE JOSÉ

Leia mais

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA

PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA PRÉMIO EMPREENDEDORISMO INOVADOR NA DIÁSPORA PORTUGUESA 2015 CONSTITUIÇÃO DO JÚRI Joaquim Sérvulo Rodrigues Membro da Direcção da COTEC Portugal, Presidente do Júri; Carlos Brazão Director Sénior de Vendas

Leia mais

António José da Mota Casa Nova DN 28/02/1965

António José da Mota Casa Nova DN 28/02/1965 RESENHA CURRICULAR António José da Mota Casa Nova DN 28/02/1965 Professor Ajunto de Nomeação Definitiva Escola Superior de Saúde de Portalegre casanova@essp.pt FORMAÇÃO ACADÉMICA Escola Superior de Enfermagem

Leia mais

JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 26 de abril de 2013

JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 26 de abril de 2013 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 26 de abril de 2013 Série Sumário VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL E SECRETARIA REGIONAL DO PLANO E FINANÇAS Despacho conjunto n.º 31/2013 Homologação

Leia mais

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE SAÚDE FAMILIAR

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE SAÚDE FAMILIAR Curso Coordenação CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM DE SAÚDE FAMILIAR ESEnfCVPOA Manuela Ferreira Código: 7236 Descrição Objetivos Atualmente a especialização e a gestão da formação constituem medidas

Leia mais

Diário da República, 2.ª série N.º 62 30 de março de 2015 7769 INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA INSTITUTO POLITÉCNICO DO CÁVADO E DO AVE

Diário da República, 2.ª série N.º 62 30 de março de 2015 7769 INSTITUTO POLITÉCNICO DA GUARDA INSTITUTO POLITÉCNICO DO CÁVADO E DO AVE Diário da República, 2.ª série N.º 62 30 de março de 2015 7769 Doutor Bruno Filipe Rama Travassos, Professor Auxiliar da Universidade da Beira Interior; Doutor Victor Manuel de Oliveira Maças, Professor

Leia mais

Manuel Luís Macaísta Malheiros

Manuel Luís Macaísta Malheiros Curriculum Vitae Manuel Luís Macaísta Malheiros Dados Pessoais Data de Nascimento: 27 de Agosto de 1940 Estado Civil: Casado Nacionalidade: Portuguesa Situação actual Inscrito como advogado na lista de

Leia mais

Índice Vol. I. Lei nº 85/III/90, de 6-10-Define e regula as bases do estatuto dos titulares de cargos políticos 5

Índice Vol. I. Lei nº 85/III/90, de 6-10-Define e regula as bases do estatuto dos titulares de cargos políticos 5 Índice Vol. I CARGOS POLÍTICOS Lei nº 85/III/90, de 6-10-Define e regula as bases do estatuto dos titulares de cargos políticos 5 Lei nº 28/V/97, de 23-6 Regula estatuto remuneratório dos titulares de

Leia mais

JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 19 de julho de 2013

JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 19 de julho de 2013 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 19 de julho de 2013 Série Sumário VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL Despacho n.º 114/2013 Designa, em regime de comissão de serviço, o DR. EMANUEL

Leia mais

CURRICULUM VITAE NOME DATA DE NASCIMENTO HABILITAÇÕES LITERÁRIAS CONHECIMENTO DE LÍNGUAS EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL - JOSÉ MIGUEL SARDINHA - 15/09/59

CURRICULUM VITAE NOME DATA DE NASCIMENTO HABILITAÇÕES LITERÁRIAS CONHECIMENTO DE LÍNGUAS EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL - JOSÉ MIGUEL SARDINHA - 15/09/59 CURRICULUM VITAE NOME - JOSÉ MIGUEL SARDINHA DATA DE NASCIMENTO - 15/09/59 HABILITAÇÕES LITERÁRIAS - LICENCIADO EM DIREITO PELA FACULDADE DE DIREITO DE LISBOA (1984). 13 valores.grau de Mestre em Direito

Leia mais

MAPA ANEXO. Grupos de pessoal Nível Área funcional Carreira Categoria

MAPA ANEXO. Grupos de pessoal Nível Área funcional Carreira Categoria 3464 DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o 163 17-7-1998 PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS E MINISTÉRIOS DAS FINANÇAS E DA SAÚDE Portaria n. o 413/98 17 Julho O quadro pessoal do Hospital Sousa Martins

Leia mais

Revisor Oficial de Contas, desde 1990.

Revisor Oficial de Contas, desde 1990. 1. Dados pessoais Nome: Vitor Manuel Batista de Almeida Data de nascimento: 14 de Julho de 1956 Naturalidade: Lisboa Residência: Calçada das Lages, Lote 3, Nº 61-A, 14º C 1900-291 Lisboa Telefone casa:

Leia mais

INFORMAÇÃO AOS ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

INFORMAÇÃO AOS ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL INFORMAÇÃO AOS ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Directores Executivos dos Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) da Região de Lisboa e Vale do Tejo ACES Lisboa Norte Centros de Saúde de Alvalade, Benfica,

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE O GOVERNO DA SOCIEDADE

RELATÓRIO SOBRE O GOVERNO DA SOCIEDADE RELATÓRIO SOBRE O GOVERNO DA SOCIEDADE Relatório sobre o Governo da Sociedade 1. Missão, objectivos e políticas da empresa a) A Companhia das Lezírias (CL) na sua qualidade de maior empresa agrícola portuguesa

Leia mais

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE

M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome ANJOS, MARIA DO ROSÁRIO PEREIRA CARDOSO EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL De 1991 a 2011 Exercício de Advocacia. Advogada Conselho Distrital da Ordem

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 6 de maio de 2015. Série. Número 80

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 6 de maio de 2015. Série. Número 80 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quarta-feira, 6 de maio de 2015 Série Sumário ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA MADEIRA Despacho n.º 201/2015 Designa Nelson Ferreira Mendonça, Assistente Administrativo

Leia mais

SISTEMA DE INCENTIVOS À I&DT

SISTEMA DE INCENTIVOS À I&DT ORIENTAÇÃO TÉCNICA N.º 13.REV1/2011 SISTEMA DE INCENTIVOS À I&DT LIMITES À ELEGIBILIDADE DE DESPESAS, CONDIÇÕES ESPECÍFICAS DE APLICAÇÃO DAS DESPESAS ELEGÍVEIS E METODOLOGIA DE CÁLCULO DAS DESPESAS COM

Leia mais

Mesa da Assembleia Geral. Dr. Paulo Manuel Marques Fernandes Dr. Paulo Miguel Garcês Ventura Dra. Maria Fernanda Joanaz Silva Martins.

Mesa da Assembleia Geral. Dr. Paulo Manuel Marques Fernandes Dr. Paulo Miguel Garcês Ventura Dra. Maria Fernanda Joanaz Silva Martins. Modelo de Governo MANDATO ATUAL (*) Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Vice- Conselho de Administração Dr. António Manuel Palma Ramalho Dr. José Serrano Gordo Eng.º José Luis Ribeiro dos Santos Dr. Alberto

Leia mais

C U R R I C U L U M V I T A E

C U R R I C U L U M V I T A E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome GONÇALVES, RUI MANUEL DA SILVA Morada (1) TRAVESSA DA SANTA QUITÉRIA, 32 3º 1250-212 LISBOA Morada (2) RUA FERNANDO NAMORA, 147 3º DTº, 4425-651 MAIA

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Decreto-Lei n.º 99/2001 de 28 Março

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Decreto-Lei n.º 99/2001 de 28 Março MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Decreto-Lei n.º 99/2001 de 28 Março As escolas superiores de enfermagem e de tecnologia da saúde são estabelecimentos de ensino politécnico dotados de personalidade jurídica e de

Leia mais

Curso de Especialização em Gestão de Recursos Humanos - Nova Lei Geral do Trabalho- Angola- Novo Regime Jurídico da Lei nº 7/15 de 15 de Junho

Curso de Especialização em Gestão de Recursos Humanos - Nova Lei Geral do Trabalho- Angola- Novo Regime Jurídico da Lei nº 7/15 de 15 de Junho Curso de Especialização em Gestão de Recursos Humanos - Nova Lei Geral do Trabalho- Angola- Novo Regime Jurídico da Lei nº 7/15 de 15 de Junho Índice Designação do Curso... 2 Duração Total... 2 Destinatários...

Leia mais

UMA OFERTA FORMATIVA INOVADORA FORTE COMPONENTE DE TRABALHO DE CAMPO AULAS EM MÓDULOS SEMINÁRIOS TEMÁTICOS TUTORIAS

UMA OFERTA FORMATIVA INOVADORA FORTE COMPONENTE DE TRABALHO DE CAMPO AULAS EM MÓDULOS SEMINÁRIOS TEMÁTICOS TUTORIAS 4 www.estesl.ipl.pt UMA OFERTA FORMATIVA INOVADORA FORTE COMPONENTE DE TRABALHO DE CAMPO AULAS EM MÓDULOS SEMINÁRIOS TEMÁTICOS TUTORIAS PARCERIAS INSTITUCIONAIS PROJETO EM INTERVENÇÃO COMUNITÁRIA E CUIDADOS

Leia mais

Regulamento do Centro de Ciências Matemáticas

Regulamento do Centro de Ciências Matemáticas Centro de Ciências Matemáticas Campus Universitário da Penteada P 9000-390 Funchal Tel + 351 291 705181 /Fax+ 351 291 705189 ccm@uma.pt Regulamento do Centro de Ciências Matemáticas I Disposições gerais

Leia mais

Lei Orgânica da Provedoria de Justiça

Lei Orgânica da Provedoria de Justiça Lei Orgânica da Provedoria de Justiça Decreto-Lei n.º 279/93, de 11 de Agosto (alterado pelo Decreto Lei N.º15/98, de 29 de Janeiro) (alterado pelo Decreto-Lei n.º 195/2001, de 27 de Junho) (alterado pelo

Leia mais

CURRICULUM VITÆ JOÃO CARLOS ALBUQUERQUE AMARAL E ALMEIDA. Nasceu em Mangualde, distrito de Viseu, a 3 de Setembro de 1964.

CURRICULUM VITÆ JOÃO CARLOS ALBUQUERQUE AMARAL E ALMEIDA. Nasceu em Mangualde, distrito de Viseu, a 3 de Setembro de 1964. CURRICULUM VITÆ JOÃO CARLOS ALBUQUERQUE AMARAL E ALMEIDA DADOS PESSOAIS: Nasceu em Mangualde, distrito de Viseu, a 3 de Setembro de 1964. Estado civil: solteiro. Trabalha em Lisboa, com escritório na Rua

Leia mais

DADOS PESSOAIS NOTA CURRICULAR

DADOS PESSOAIS NOTA CURRICULAR DADOS PESSOAIS Nome : SOFIA DE SEQUEIRA GALVÃO Data de nascimento : 06.ABR.1963 Naturalidade : Lisboa Nacionalidade : Portuguesa Estado Civil : Divorciada 1 Advocacia NOTA CURRICULAR Sócia da Sérvulo Correia

Leia mais

Lei n.º 29/87, de 30 de Junho ESTATUTO DOS ELEITOS LOCAIS

Lei n.º 29/87, de 30 de Junho ESTATUTO DOS ELEITOS LOCAIS Lei n.º 29/87, de 30 de Junho ESTATUTO DOS ELEITOS LOCAIS A Assembleia da República decreta, nos termos dos artigos 164.º, alínea d), 167.º, alínea g), e 169.º, n.º 2, da Constituição, o seguinte: Artigo

Leia mais

VI CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO INTELECTUAL 2015 APRESENTAÇÃO DO CURSO PROGRAMA

VI CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO INTELECTUAL 2015 APRESENTAÇÃO DO CURSO PROGRAMA VI CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO INTELECTUAL 2015 APRESENTAÇÃO DO CURSO A Associação Portuguesa de Direito Intelectual leva a cabo em 2015, em parceria com a Faculdade de Direito da Universidade de

Leia mais

Diário da República, 1.ª série N.º 184 22 de Setembro de 2009 6761

Diário da República, 1.ª série N.º 184 22 de Setembro de 2009 6761 Diário da República, 1.ª série N.º 184 22 de Setembro de 2009 6761 tegorias de carreira, são oponíveis para a elegibilidade necessária aos procedimentos de recrutamento e mudança de categoria previstos

Leia mais

Inquérito Diplomados Ciências Farmacêuticas 2011/2012 O E OBSERVATÓRIO DA EMPREGABILIDADE N O S E C T O R F A R M A C Ê U T I C O

Inquérito Diplomados Ciências Farmacêuticas 2011/2012 O E OBSERVATÓRIO DA EMPREGABILIDADE N O S E C T O R F A R M A C Ê U T I C O Inquérito Diplomados Ciências Farmacêuticas 2011/2012 O E OBSERVATÓRIO DA EMPREGABILIDADE N O S E C T O R F A R M A C Ê U T I C O INQUÉRITO AOS DIPLOMADOS EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS 2011/2012 traçar o perfil

Leia mais

UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE CENTRO DE BIOTECNOLOGIA REGULAMENTO DE ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO. CAPÍTULO I Das disposições gerais

UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE CENTRO DE BIOTECNOLOGIA REGULAMENTO DE ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO. CAPÍTULO I Das disposições gerais UNIVERSIDADE EDUARDO MONDLANE CENTRO DE BIOTECNOLOGIA REGULAMENTO DE ORGANIZAÇÃO E FUNCIONAMENTO CAPÍTULO I Das disposições gerais ARTIGO 1 (Denominação, natureza jurídica e finalidade) O Centro de Biotecnologia,

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM PROTEÇÃO CIVIL

PÓS-GRADUAÇÃO EM PROTEÇÃO CIVIL PÓS-GRADUAÇÃO EM PROTEÇÃO CIVIL DOCENTES MESTRE ISABEL ONETO Licenciada em Direito, mestre e doutoranda em Direito, em Ciências Jurídico-Criminais. Governadora Civil do Distrito do Porto entre 2005 e 2009

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia Geral. Dra. Maria Fernanda Joanaz Silva Martins. Dra. Luísa Maria do Rosário Roque

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Mesa da Assembleia Geral. Dra. Maria Fernanda Joanaz Silva Martins. Dra. Luísa Maria do Rosário Roque Modelo de Governo Mandato (2014-2016) Quadro III Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Mesa da Assembleia Geral Presidente Secretário Dra. Maria Fernanda Joanaz Silva Martins Dra. Luísa Maria do Rosário

Leia mais

MBA em GESTÃO DE UNIDADES DE SAÚDE

MBA em GESTÃO DE UNIDADES DE SAÚDE MBA em Este MBA resulta do protocolo de colaboração estabelecida entre a Escola da APEL e a UAL, e com a participação da Escola Superior de Enfermagem S. Francisco das Misericórdias. Coordenador Científico

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E A REPÚBLICA DA GUINÉ-BISSAU NOS DOMÍNIOS DO EQUIPAMENTO, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES.

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A REPÚBLICA PORTUGUESA E A REPÚBLICA DA GUINÉ-BISSAU NOS DOMÍNIOS DO EQUIPAMENTO, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES. Decreto n.º 28/98 de 12 de Agosto Protocolo de Cooperação entre a República Portuguesa e a República da Guiné-Bissau nos Domínios do Equipamento, Transportes e Comunicações, assinado em Bissau em 11 de

Leia mais

O Ministério da Justiça da República Portuguesa e o Ministério da Justiça da República democrática de Timor - Leste:

O Ministério da Justiça da República Portuguesa e o Ministério da Justiça da República democrática de Timor - Leste: Protocolo de Cooperação Relativo ao Desenvolvimento do Centro de Formação do Ministério da Justiça de Timor-Leste entre os Ministérios da Justiça da República Democrática de Timor-Leste e da República

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 19 de outubro de 2015. Série. Número 189

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 19 de outubro de 2015. Série. Número 189 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 19 de outubro de 2015 Série Sumário SECRETARIA REGIONAL DA ECONOMIA, TURISMO E CULTURA Despacho n.º 445/2015 Designa, em regime de substituição,

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Conselho de Administração. Fiscal Único. Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Fiscal Único

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Conselho de Administração. Fiscal Único. Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato. Fiscal Único Modelo de Governo Mandato 3 Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Conselho de Administração Presidente Dorinda Maria de Carvalho Gomes Calha Vogal (1) Diretor Clínico Joaquim Filomeno Duarte Araújo José

Leia mais

Ministério da Ciência e Tecnologia

Ministério da Ciência e Tecnologia Ministério da Ciência e Tecnologia Decreto n.º4/01 De 19 de Janeiro Considerando que a investigação científica constitui um pressuposto importante para o aumento da produtividade do trabalho e consequentemente

Leia mais

Diário da República, 1.ª série N.º 205 22 de Outubro de 2009 7933. CAPÍTULO II Regime jurídico Artigo 5.º

Diário da República, 1.ª série N.º 205 22 de Outubro de 2009 7933. CAPÍTULO II Regime jurídico Artigo 5.º Diário da República, 1.ª série N.º 205 22 de Outubro de 2009 7933 CAPÍTULO II Regime jurídico Artigo 5.º Regime aplicável 1 À entidade pública empresarial criada pelo presente decreto -lei aplica -se,

Leia mais

Curriculum Vitae I. DADOS PESSOAIS II. FORMAÇÃO ACADÉMICA III. SERVIÇO MILITAR

Curriculum Vitae I. DADOS PESSOAIS II. FORMAÇÃO ACADÉMICA III. SERVIÇO MILITAR Curriculum Vitae I. DADOS PESSOAIS Nome: Carlos de Barros Rodrigues Filiação: José Alves Rodrigues e Adelaide de Barros Fernandes Data de Nascimento: 5 de Outubro de 1953 Estado Civil: Divorciado Naturalidade:

Leia mais

Dá-se conhecimento público que, na Sessão do Plenário Ordinário, de 03-03-2015, pelas 12:00 hr., foram apreciadas as seguintes matérias:

Dá-se conhecimento público que, na Sessão do Plenário Ordinário, de 03-03-2015, pelas 12:00 hr., foram apreciadas as seguintes matérias: Dá-se conhecimento público que, na Sessão do Plenário Ordinário, de 03-03-2015, pelas 12:00 hr., foram apreciadas as seguintes matérias: Acelerações Processuais. 2015-XXX-/AP - Foi deliberado por unanimidade

Leia mais

V CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO INTELECTUAL 2014 APRESENTAÇÃO DO CURSO PROGRAMA

V CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO INTELECTUAL 2014 APRESENTAÇÃO DO CURSO PROGRAMA V CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO INTELECTUAL 2014 APRESENTAÇÃO DO CURSO Dando continuidade à atividade de formação encetada há cerca de vinte anos em parceria com a Faculdade de Direito da Universidade

Leia mais

Princípios de Bom Governo

Princípios de Bom Governo Princípios de Bom Governo Regulamentos internos e externos a que a empresa está sujeita O CHC, E.P.E. rege-se pelo regime jurídico aplicável às entidades públicas empresariais, com as especificidades previstas

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL

MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL MINISTÉRIO DA DEFESA NACIONAL Decreto Lei n.º 142/2015 de 31 de julho O Decreto Lei n.º 296/2009, de 14 de outubro, procedeu à alteração da estrutura do regime remuneratório aplicável aos militares dos

Leia mais

Experiência Profissional

Experiência Profissional CURRICULUM VITAE Paulo Alexandre Fernandes Varela Simões Caldas Nascimento: Nampula - Moçambique, 25 de Setembro de 1972; Estado Civil: Casado Experiência Profissional - Vice-Presidente da Comunidade Urbana

Leia mais

PROPIEDADE INTELECTUAL NA INTERNET

PROPIEDADE INTELECTUAL NA INTERNET PROPIEDADE INTELECTUAL NA INTERNET Fundação Calouste Gulbenkian. Lisboa 2 de dezembro (09h-14h) Carlos Guervós Maíllo (Moderador) Subdirector General de Propiedad Intelectual (Secretaría de Estado de Cultura)

Leia mais

Avaliação do Desempenho 2009

Avaliação do Desempenho 2009 Relatório Anual Instituto do Desporto de Portugal I.P. Avaliação do 2009 Sistema Integrado de Gestão e Avaliação do na Administração Pública (SIADAP) Novembro 2010 I Introdução No âmbito da aplicação do

Leia mais

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato

Cargo Órgãos Sociais Eleição Mandato Modelo de Governo O CHBA integra o SNS (Serviço Nacional de Saúde), estando sujeito ao modelo de governo definido pela tutela. O CHBA, EPE opera desde 31-12-2005, em resultado da extinção dos hospitais

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Dados Pessoais

CURRICULUM VITAE. Dados Pessoais CURRICULUM VITAE Dados Pessoais Nome: Nuno Ricardo Pereira Branco Data de Nascimento: 21-09-1979 Bilhete de Identidade n.º: 225276909 Estado Civil: Casado Contactos: Residência: Avenida dos Estados Unidos

Leia mais

11,00 classificações obtidas 1.4 De conclusão de curso do curso de especialização tecnológica

11,00 classificações obtidas 1.4 De conclusão de curso do curso de especialização tecnológica TABELA DE EMOLUMENTOS DO IPL 1 1 Certidões: Euros 1.1 Certidão do registo de graus e diplomas de ensino superior (licenciatura; mestrado; diploma de estudos superiores de curta duração; 15,00 conclusão

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 18 de julho de 2014. Série. Número 131

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 18 de julho de 2014. Série. Número 131 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 18 de julho de 2014 Série Número 131 Sumário SECRETARIA REGIONAL DA CULTURA, TURISMO E TRANSPORTES Despacho n.º 125/2014 Delega na Diretora Regional

Leia mais

Ricardo Marques Candeias

Ricardo Marques Candeias CURRICULUM VITAE Ricardo Marques Candeias 1. IDENTIFICAÇÃO Nome: Ricardo Jorge Marques Candeias. Profissão: Advogado / Jurisconsulto; Docente do Instituto Politécnico de Coimbra Instituto Superior de Contabilidade

Leia mais

Contabilidade e Fiscalidade

Contabilidade e Fiscalidade www. indeg. iscte-iul. pt ARTICULA OS PRINCIPAIS TEMAS DE RELEVÂNCIA ATUAL E FUTURA NA ÁREA DA ATRAVÉS DE UMA ESTRUTURA PROGRAMÁTICA SÓLIDA E ABRANGENTE NA ÁREA CIENTÍFICA DA CONTABILIDADE Contabilidade

Leia mais

Órgãos Sociais da SATU-Oeiras, E.M., S.A. Triénio 2012-2014. Assembleia Geral. Presidente da Mesa da Assembleia Geral

Órgãos Sociais da SATU-Oeiras, E.M., S.A. Triénio 2012-2014. Assembleia Geral. Presidente da Mesa da Assembleia Geral Assembleia Geral Presidente da Mesa da Assembleia Geral Nome: Jorge Manuel Madeiras Silva Pracana Licenciatura em Direito na Faculdade de Direito da Universidade Clássica de Lisboa. Advogado. Membro de

Leia mais

Regulamento de Bolsas do CCMar

Regulamento de Bolsas do CCMar Regulamento de Bolsas do CCMar CAPÍTULO I Disposições gerais Artigo 1º Âmbito O presente Regulamento, aprovado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia ao abrigo do Decreto-Lei nº 123/99, de 20 de Abril,

Leia mais

SÚMULA CURRICULAR Jaime da Cunha Branco

SÚMULA CURRICULAR Jaime da Cunha Branco SÚMULA CURRICULAR Jaime da Cunha Branco 1_ DADOS BIOGRÁFICOS E FORMAÇÃO ESCOLAR JAIME DA CUNHA BRANCO, filho de Francisco Rodrigues Branco e de Dorinda Maria da Cunha Claro Branco( ), nasceu em Lisboa,

Leia mais

Estatutos - Hospitais E.P.E.

Estatutos - Hospitais E.P.E. Estatutos - Hospitais E.P.E. ANEXO II ao Decreto-Lei n.º 233/05, de 29 de Dezembro ESTATUTOS CAPÍTULO I Princípios gerais Artigo 1.º Natureza e duração 1 - O hospital E. P. E. é uma pessoa colectiva de

Leia mais

Vida por vida 2014 PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO ANO DE 2014

Vida por vida 2014 PLANO DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO ANO DE 2014 Vida por vida PL DE ATIVIDADES E ORÇAMENTO DE Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Amarante Fundada em 1921 NOTA DE APRESENTAÇÃO Excelentíssimos Senhores Associados, Para cumprimento do

Leia mais

25136 Diário da República, 2.ª série N.º 152 8 de agosto de 2013

25136 Diário da República, 2.ª série N.º 152 8 de agosto de 2013 25136 Diário da República, 2.ª série N.º 152 8 de agosto de 2013 10 Plano de Estudos: Universidade do Minho Escola de Engenharia Formação Especializada em Engenharia Tingimento e Estamparia 1.º semestre

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 24 de abril de 2015. Série. Número 73

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 24 de abril de 2015. Série. Número 73 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Sexta-feira, 24 de abril de 2015 Série Suplemento Sumário PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL DA MADEIRA Despacho n.º 143/2015 Siglas oficiais a utilizar pelos departamentos

Leia mais