Earnings Release. Relação com Investidores. Destaques do 2T11. Brasil Insurance Anuncia Resultados do 2T11

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Earnings Release. Relação com Investidores. Destaques do 2T11. Brasil Insurance Anuncia Resultados do 2T11"

Transcrição

1 Relação com Investidores Luis Eduardo Fischman Diretor de Relações com Investidores (55 21) Teleconferência de Resultados 2T11 Terça-Feira, 16 de agosto de 2011 Português 12:30 p.m. (BR); 11:30 a.m. (US-EST) Telefone: (55 11) Senha: Brasil Insurance Inglês 11:00 a.m (BR); 10:00 a.m. (US-EST) Telefone: EUA: +1(877) Intl.: +(412) Senha: Brasil Insurance Website Endereço Av. Das Américas, Bl. 19 Sala 301 Barra da Tijuca Rio de Janeiro - RJ CEP: Brasil Insurance Anuncia Resultados do 2T11 Rio de Janeiro, 15 de agosto de 2011 Brasil Insurance Participações e Administração S.A. (Bovespa: BRIN3) uma das maiores e mais diversificadas companhias brasileiras de corretagem de Seguros no Brasil, formada por 33 empresas com forte presença em mercados-chave no país, anuncia hoje seus resultados para o segundo trimestre de Nossas demonstrações financeiras consolidadas foram preparadas de acordo com os padrões contábeis geralmente aceitos no Brasil, a Lei das S/A, regulamentos da CVM e auditadas pela Ernst & Young. Destaques do 2T11 Lucro líquido consolidado e EBITDA 100% e 60% respectivamente superiores ao 2T10. Historicamente, o segundo trimestre representa 22% do faturamento anual e o primeiro semestre representa 42%. Comissão media de 14,4% frente a 14,2% no 1T11. Margem líquida pro forma de 60,5% e margem EBITDA de 60,6% no 2T11, frente a 55,7% e 57,6% no 1T11 respectivamente. Lucro líquido pro forma de R$ 27,3 milhões e EBITDA de R$ 27,3 milhões, incluindo as três corretoras recém-adquiridas e excluindo R$ 1,6 milhões em despesas sem efeito caixa que se referem ao plano de opção de compra de ações no 2T11. Lucro líquido pro forma de R$52 milhões e EBITDA de R$53 milhões, incluindo as seis corretoras recém-adquiridas e excluindo R$3,2 milhões em despesas sem efeito caixa que se referem ao plano de opção de compra de ações no 1S11. Comissões provenientes de cross selling representaram 5% das receitas totais, frente a 3% no 1T11. Integração de escritórios regionais em quatro capitais reduzindo o número total de escritórios nestas capitais de 16 para 7, o que representa uma economia anual de R$2 milhões. R$ 0,8 milhões em despesas não recorrentes no segundo trimestre principalmente com reposicionamento das marcas.

2 Aquisição de 99,9% da primeira corretora situada no Paraná, a Graciosa Corretora, pelo valor estimado de R$ 11 milhões e 99,9% da Fazon Corretora, baseada em Belo Horizonte, pelo valor estimado de R$36 milhões, elevando os gastos com aquisições neste ano para R$128 milhões até o momento. Desdobramento de ações aprovado pelos acionistas e órgãos reguladores em vigor desde 7 de julho, passando a ter um volume médio diário negociado de R$4,4 milhões, crescimento de 33% comparado ao 1T11, enquanto o do mercado como um todo caiu 14%.

3 PERSPECTIVAS No segundo trimestre de 2011, o mercado de seguros brasileiro manteve crescimento de dois dígitos. De acordo com a SUSEP, os prêmios cresceram 19,5% nos cinco primeiros meses de 2011 em comparação com o mesmo período de Dados da ANS para 2011 ainda não foram divulgados. Os quatro principais drivers do crescimento de prêmios no mercado de seguros brasileiro foram: 1. Taxa de desemprego decrescente 2. Consumo crescente 3. Aumento dos investimentos em infra-estrutura e no mercado imobiliário 4. Crescente licenciamento de veículos novos Taxa de Desemprego 11,6% 13,0% 11,7% 9,4% 10,4% 9,7% 7,9% 8,1% 7,0% 6,2% Fonte: IBGE CAGR: 10,7% Veículos Licenciados (milhões) e Fonte: Anfavea Financiamento Imobiliário (R$ '000) e Fonte: CBIC

4 Como consequência continuamos a ver a penetração do seguro como percentual do PIB crescendo. Crescimento dos prêmios nos principais segmentos: Auto Vida R$ 7,7 R$ 8,2 R$ 6,2 R$ 6,8 6.5% 9.7% 5M10 5M11 5M10 5M11 Transporte Engenharia 28.6% R$ 0,7 R$ 0,9 50% R$ 0,2 R$ 0,3 5M10 5M11 5M10 5M11 PRINCIPAIS INICIATIVAS OPERACIONAIS Integração Durante o segundo trimestre, três iniciativas operacionais foram implementadas, em linha com nossa estratégia de consolidação das estruturas regionais, a fim de fortalecer as unidades comerciais e a criação de hubs de excelência de produtos. I. O hub de São Paulo foi implementado, centralizando as operações de seguro saúde em uma única unidade operacional. Esta consolidação nos permite (I) oferecer aos nossos clientes um serviço padronizado e de maior qualidade, (II) capturar uma significativa sinergia de custos principalmente através da redução da folha de funcionários e (III) centralizar o relacionamento com as seguradoras e operadoras de saúde. O hub está estruturado em cinco departamentos: Gestão de relacionamento Análise técnica Atendimento aos clientes Back-office operacional e processamento Clientes premium

5 Hub de Saúde II. O hub imobiliário em São Paulo também foi estabelecido, consolidando as operações de riscos de engenharia em uma única unidade. Esta consolidação nos permitirá (I) melhorar nossa capacidade de fornecer serviços aprimorados de âmbito nacional, com uma base mais ampla de produtos, (II) padronizar e aumentar nossa carteira de riscos de engenharia com novos produtos e (III) centralizar o relacionamento com as seguradoras. Hub Imobiliário III. Consolidação regional dos escritórios em Salvador, Recife, Fortaleza e Rio de Janeiro: De acordo com a nossa estratégia de redução de escritórios e integração das unidades comerciais, o número de escritórios nas quatro capitais mencionadas acima foi reduzido de 16 para apenas 7. Esta consolidação nos pemitirá (I) desenvolver uma melhor coordenação comercial com as corretoras e suas equipes estimulando as iniciativas de cross selling assim como (II) capturar sinergias administrativas e de pessoal (III) e padronizar os processos internos através dos hubs. Juntas, estas iniciativas corresponderão a aproximadamente R$2 milhões em redução de custos. Cross Selling As oportunidades de cross selling entre as corretoras são um dos principais drivers de crescimento orgânico, uma vez que a maioria dos nossos clientes possuem apenas um tipo de seguro oferecido pela Brasil Insurance. O departamento comercial e de cross selling criado no 1T11 implementou um (I) processo de cross selling disciplinado e com objetivos específicos, (II) um programa de treinamento da equipe comercial e (III) um sistema de monitoramento de resultados.

6 Na primeira fase, 100 clientes corporativos em todo o país foram selecionados, priorizando os produtos de saúde, vida e transporte. Outros 400 clientes corporativos serão abordados ao longo do segundo semestre com ofertas específicas de cross sell. Durante o primeiro semestre, a companhia conseguiu gerar mais de 40 oportunidades de cross selling e as converteu em contratos, representando um adicional de aproximadamente R$ 8 milhões em receitas. DESTAQUES OPERACIONAIS A comissão media no 2T11 cresceu para 14,4% frente a 14,2% no trimestre anterior, sem qualquer alteração relevante no mix de produtos. Prêmios 15% 1% 6% 5% 8% 4% 16% 44% Vida Saúde Auto Garantia Transporte Affinity P&C Previdência SUMÁRIO FINANCEIRO DOS RESULTADOS DO SEGUNDO TRIMESTRE Receita Bruta pro forma atingiu R$48,5 milhões no 2T11 com cerca de 5% provenientes de cross selling entre nossas subsidiárias, evidenciando ainda muito espaço para melhorias nas atividades de cross selling em toda a empresa. EBITDA pro forma atingiu R$27,3 milhões representando uma margem EBITDA de 60.6%. Lucro Líquido pro forma atingiu R$27,3 milhões representando uma margem líquida de 60.5%. Despesas não recorrentes de R$ 0,8 milhões no segundo trimestre principalmente com reposicionamento das marcas. Receitas Financeiras adicionaram R$ 9,2 milhões ao nosso resultado gerado por uma posição de caixa de R$308,7 milhões. O saldo dos recursos líquidos do IPO de 2010 estão totalmente alocados em certificados de depósito bancário e debêntures emitidos por bancos de primeira linha com uma taxa média de remuneração de 104,09% do CDI taxa Selic com liquidez programada. O caixa das subsidiárias, equivalente a R$21,4 milhões, está alocado em CDBs que remuneram a taxa de 104,5%

7 da taxa Selic e está sujeito uma carência de 30 dias antes do resgate. A taxa média de retorno é 104,1% do CDI. A taxa líquida efetiva sobre o lucro líquido antes dos impostos atingiu 21,8% no segundo trimestre, ante 22,3% no primeiro trimestre devido a um maior lucro operacional antes dos impostos, que estão sujeitos ao sistema de imposto de renda sobre o lucro presumido. A Companhia prevê uma taxa efetiva de imposto sobre o lucro líquido das operações continuadas de 21,1% em relação ao lucro antes dos impostos para 2011.

8 ANÁLISE DOS RESULTADOS FINANCEIROS DO SEGUNDO TRIMESTRE Demonstração dos Resultados Pro Forma do 2T11 DRE PRO FORMA R$ thousands 2Q11 YTD Receita Bruta 48,588 96,311 Deduções -3,485-7,111 Receita Líquida 45,103 89,200 Custo dos Serviços Prestados -4,358-9,438 Lucro Bruto 40,745 79,762 Despesas Operacionais -13,586-27,469 Salários e Benefícios -10,573-20,277 Administrativas -6,537-12,521 Marketing e Vendas -1,099-1,827 Depreciação / Amortização Outras Receitas Operacionais 4,806 7,517 Lucro Operacional 27,159 52,293 EBITDA 27,342 52,654 Mg. EBITDA 60.6% 59.0% Resultado Financeiro 9,372 17,777 EBT 36,530 70,069 IR e CSLL -8,000-15,795 Participações Minoritárias -1,246-2,527 Lucro Líquido 27,284 51,747 Mg. Líquida 60.5% 58.0%

9 X100 Earnings Release MERCADO DE CAPITAIS As ações da empresa são listadas no Novo Mercado da Bovespa, o segmento de maior nível de governança corporativa do mercado brasileiro, sob o código BRIN3. No 2T11, o preço da ação valorizou 8,3% frente a uma queda de 9,0% do índice Ibovespa. Em 6 de julho o desdobramento das ações de 1 para 100 foi aprovado por unanimidade pelo acionistas e efetivado em 7 de julho. 125,0 BRIN3 vs. Peers 110,0 95,0 80,0 BRIN3 SULA11 PSSA3 AMIL3 IBOV O volume médio diário de negociação das ações no 2T11 foi R$4,4 milhões, crescendo 33,3% frente aos R$3,3 milhões do 1T11. AQUISIÇÕES Em 20 de junho de 2011 a Companhia adquiriu 99,9% da Graciosa Corretora pelo valor total estimado de R$11 milhões. A Graciosa é baseada em Curitiba, Paraná, e tem mais de 10 anos de experiência no setor de seguros. A corretora é especializada em vida, saúde e ramos elementares, e será a base para futuras aquisições da Brasil Insurance no estado. A corretora vendeu aproximadamente R$17 milhões em prêmios em Dado que a aquisição foi efetivada no segundo trimestre, os números da Graciosa estão sendo consolidados em nossas demonstrações financeiras. A Assembleia Geral Extraordinária para discutir a aquisição foi realizada em 03 de agosto na sede da Companhia e aprovada por unanimidade.

10 EVENTOS SUBSEQUENTES Em julho a Companhia adquiriu 99,9% da Fazon Corretora de Seguros por um valor total estimado de R$36 milhões. A Fazon é baseada em Belo Horizonte e representa nossa primeira corretora na capital do estado de Minas Gerais. Atua principalmente nos ramos de saúde, vida, auto/frota e previdência. Em 2010 a corretora vendeu aproximadamente R$55 milhões em prêmios de seguro. A Assembleia Geral Extraordinária para aprovar esta aquisição será convocada em agosto. As aquisições acima referidas foram feitas com base em uma parcela em dinheiro e uma em ações da Companhia. Além disso, os vendedores estão sujeitos a uma estrutura de earn out, que varia de acordo com os níveis de lucro líquido pré-determinados. No total, em 2011, a Brasil Insurance adquiriu seis corretoras de seguro que representam um investimento total, incluindo a estimativa das parcelas de earn out, de R$128 milhões. Também em julho, os acionistas da companhia votaram em uma Assembleia Geral Extraordinária para decidir sobre o desdobramento das ações de 1 para 100 ações. O desdobramento foi aprovado por unanimidade e entrou em vigor em 07 de julho. SOBRE A BRASIL INSURANCE A Brasil Insurance (Bovespa:BRIN3) é um dos líderes em corretagem de seguros no Brasil. Presente em mais de 30 locais no país, a Companhia gera um valor significativo para seus clientes, com inovação, gerenciamento de risco efetivo e soluções para produtividade da força de trabalho. Atualmente, a Companhia é composta por 33 corretoras nos segmentos de saúde, vida, veículos, ramos elementares e afinidade, cobrindo praticamente 100% das necessidades de seguro de nossos clientes. Acreditamos estar preparados para alcançar o topo do mercado de corretagem no curto prazo, graças ao nosso portfólio de produtos e expertise técnico de nossa equipe de corretagem.

11 DETALHES DAS TELECONFERÊNCIAS Inglês 16 de Agosto de (Horário de Brasília) Telefone: +1(877) (EUA apenas) +1(412) (Non-US) Português 16 de Agosto de pm (Horário de Brasília) Telefone: +55(11) Código: Brasil Insurance Código: Brasil Insurance Visite para maiores informações sobre a Companhia.

12 APÊNDICE I Balance Patrimonial II Demonstrativo de Resultados de Exercício III Demonstrativo do Fluxo de Caixa

13 Apêndice I Balanço Patrimonial Ativo Circulante Controladora Consolidado Controladora Consolidado Passivo Circulante Caixa e equivalentes de caixa Empréstimos e financiamentos Títulos e valores mobiliários Fornecedores Contas a receber de clientes Partes relacionadas - 1 Contas a receber de sociedades em conta de participação Obrigações trabalhistas Ativos Financeiros Impostos de renda e contribuição social Impostos a recuperar Obrigações tributárias Outros Dividendos propostos Não circulante Adiantamentos de clientes Contas a pagar de aquisição de Controladas Outros Não circulante Realizável a longo prazo Empréstimos e financiamentos - 26 Contas a receber de clientes Fornecedores Ativo financeiro Partes relacionadas Aplicações financeiras - - Impostos de renda e contribuição social - - Partes relacionadas Obrigações tributárias Outros Provisões para contingências Investimento Contas a pagar de aquisição de controladas Imobilizado Outros Intangível de junho de de junho de Patrimônio líquido Capital social Reserva de capital Ações em tesouraria -5-5 Reserva de lucros Lucro líquido do período Participação de não controladores Total do ativo Total do passivo e patrimônio líquido

14 Apêndice II Demonstrativo de Resultado do Exercício Controladora Consolidado 2T11 2T11 Receitas líquidas de serviços prestados Despesas operacionais Remunerações, encargos sociais e benefícios Remuneração baseada em ações Serviços contratados Depreciação e amortização Resultado em conta de participação Equivalência patrimonial Outras despesas operacionais Lucro (prejuízo) operacional Resultado financeiro líquido Receitas financeiras Despesas financeiras Lucro antes da contribuição social e imposto de renda Contribuição Social Imposto de renda Lucro do período antes da participação de não controladores Participação de não controladores Lucro líquido do período

15 Apêndice III Demonstrativo do Fluxo de Caixa Controladora Consolidado Fluxos de caixa das atividades operacionais Lucro do exercício Não controladores Ajustes de receitas e despesas não envolvendo caixa Remuneração baseada em ações Depreciação Equivalência patrimonial (Aumento) redução de ativos e aumento (redução) de passivos Contas a receber Contas a receber de Sociedades em conta de participação Aplicação financeira Impostos a recuperar Fornecedores Obrigações trabalhistas Impostos a pagar Outros ativos e passivos Caixa líquido gerado (usado) nas atividades operacionais Fluxos de caixa das atividades de investimentos Aquisição de imobilizado Investimento Intangível Aplicação financeira Caixa líquido usado nas atividades de investimentos Fluxos de caixa das atividades de financiamentos Partes relacionadas Distribuição de dividendos Ingresso liquido de capital Reserva de capital Empréstimos e financiamentos Caixa líquido usado nas atividades de financiamentos Diminuição de caixa e equivalentes de caixa Caixa e equivalentes de caixa no início do exercício Caixa e equivalentes de caixa no final do exercício

Divulgação de Resultados 3T11

Divulgação de Resultados 3T11 Divulgação de Resultados 3T11 15 de Novembro de 2011 Palestrantes Luis Eduardo Fischman Diretor Financeiro e de RI José Ricardo Brun Fausto Diretor Operacional 2 Disclaimer Esta apresentação não constitui

Leia mais

Relações com Investidores DESTAQUES DO 2T12. Brasil Insurance Anuncia Resultados do 2T12

Relações com Investidores DESTAQUES DO 2T12. Brasil Insurance Anuncia Resultados do 2T12 Relações com Investidores Luis Eduardo Fischman Diretor de Relações com Investidores (55 21) 3626-1550 ri@brasilinsurance.com.br Teleconferência de Resultados 2T12 Terça-feira, 14 de agosto de 2012 Português

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2013 - BRASIL INSURANCE PARTICIPAÇÕES E ADMINISTRAÇÃO S/A Versão : 1. Composição do Capital 1

ITR - Informações Trimestrais - 30/06/2013 - BRASIL INSURANCE PARTICIPAÇÕES E ADMINISTRAÇÃO S/A Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T12

Divulgação de Resultados 1T12 Divulgação de Resultados 1T12 17 de maio de 2012 Palestrantes Bruno Padilha Presidente do Conselho de Administração Tuca Ramos - Presidente Luis Eduardo Fischman Diretor Financeiro e de RI José Ricardo

Leia mais

Relações com Investidores DESTAQUES FINANCEIROS E OPERACIONAIS. Brasil Insurance Anuncia Resultados do 3T13

Relações com Investidores DESTAQUES FINANCEIROS E OPERACIONAIS. Brasil Insurance Anuncia Resultados do 3T13 Brasil Insurance Anuncia Resultados do 3T13 Relações com Investidores Miguel Longo Junior Diretor de Relações com Investidores (55 11) 3175-2900 ri@brasilinsurance.com.br Teleconferência dos Resultados

Leia mais

Divulgação de resultados 3T13

Divulgação de resultados 3T13 Brasil Brokers divulga seus resultados do 3º Trimestre do ano de 2013 Rio de Janeiro, 13 de novembro de 2013. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no

Leia mais

Resultados 1T07 10 de maio de 2007

Resultados 1T07 10 de maio de 2007 PUBLICIDADE CAIXA CRESCEU 102% BASE DE ASSINANTES BANDA LARGA CRESCEU 32% São Paulo, O UOL (BOVESPA: UOLL4) anuncia hoje os resultados do 1T07. As demonstrações financeiras da Companhia são elaboradas

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010

Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Brasil Brokers divulga seus resultados do 2º Trimestre de 2010 Rio de Janeiro, 16 de agosto de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (BM&FBovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de

Leia mais

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009

Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009 Brasil Brokers divulga seus resultados do 4º Trimestre de 2009 Rio de Janeiro, 10 de março de 2010. A Brasil Brokers Participações S.A. (Bovespa: BBRK3) uma empresa com foco e atuação no mercado de intermediação

Leia mais

Gostaria agora de passar a palavra ao Sr. Bruno Padilha, Presidente. Por favor, Sr. Bruno, pode prosseguir.

Gostaria agora de passar a palavra ao Sr. Bruno Padilha, Presidente. Por favor, Sr. Bruno, pode prosseguir. Operadora: Boa tarde, senhoras e senhores, e obrigada por aguardarem. Sejam bem-vindos à teleconferência da para apresentação dos resultados do 2T11. Estão presentes o Sr. Bruno Padilha, CEO; o Sr. Luis

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2011 - BRASIL INSURANCE PARTICIPAÇÕES E ADMINISTRAÇÃO S/A Versão : 2. Composição do Capital 1

ITR - Informações Trimestrais - 31/03/2011 - BRASIL INSURANCE PARTICIPAÇÕES E ADMINISTRAÇÃO S/A Versão : 2. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Fluxo de Caixa

Leia mais

BRASIL INSURANCE ANUNCIA OS RESULTADOS DO 4 TRIMESTRE E ANO DE 2015.

BRASIL INSURANCE ANUNCIA OS RESULTADOS DO 4 TRIMESTRE E ANO DE 2015. RELEASE DE RESULTADOS Relações com Investidores Bruno Carobrez Diretor de Relações com Investidores (55 11) 3175-2900 ri@brinsurance.com.br Ana Carolina Pires Bastos Relações com Investidores (55 11) 3175-2920

Leia mais

BR INSURANCE CORRETORA DE SEGUROS S.A. ANUNCIA OS RESULTADOS DO 1 TRIMESTRE DE 2016.

BR INSURANCE CORRETORA DE SEGUROS S.A. ANUNCIA OS RESULTADOS DO 1 TRIMESTRE DE 2016. RELEASE DE RESULTADOS Relações com Investidores Marcelo Moojen Epperlein Diretor-Presidente e de Relações com Investidores (55 11) 3175-2900 ri@brinsurance.com.br Ana Carolina Pires Bastos Relações com

Leia mais

Resultados 2005 Resultados 2005

Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 2005 Resultados 1T06 Bovespa: RSID3 NYSE (ADR): RSR2Y Receita Líquida alcança R$ 85,2 milhões VGV totaliza R$ 94,3 milhões Vendas contratadas crescem 63% São Paulo, 11 de maio

Leia mais

Relações com Investidores

Relações com Investidores Relações com Investidores Miguel Longo Junior Diretor de Relações com Investidores (55 11) 3175-2900 Bernardo Ferraz Relações com Investidores (55 11) 3175-2900 ri@brasilinsurance.com.br Teleconferência

Leia mais

Relações com Investidores

Relações com Investidores Relações com Investidores Miguel Longo Junior Diretor de Relações com Investidores (55 11) 3175-2900 ri@brasilinsurance.com.br Nathalia Boiseaux RI (55 11) 3175-2900 ri@brasilinsurance.com.br Teleconferência

Leia mais

Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006.

Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006. Lucro Líquido de R$179,4 milhões ou R$2,33 por ação no 4T06 e R$460,2 milhões ou R$5,99 por ação em 2006. São Paulo, 28 de fevereiro de 2007 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia seu resultado

Leia mais

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011

Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 Abril Educação S.A. Informações Proforma em 30 de junho de 2011 RESULTADOS PRO FORMA NÃO AUDITADOS CONSOLIDADOS DA ABRIL EDUCAÇÃO As informações financeiras consolidadas pro forma não auditadas para 30

Leia mais

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A.

A Geradora Aluguel de Máquinas S.A. Balanço patrimonial em 31 de dezembro Ativo Passivo e patrimônio líquido Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 17.488 25.888 Fornecedores e outras obrigações 17.561 5.153 Contas a receber

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T15

Divulgação de Resultados 1T15 São Paulo - SP, 06 de Maio de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private equity

Leia mais

PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48

PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48 PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$110,9 MILHÕES OU R$0,48 POR AÇÃO ATÉ MAIO DE 2008. São Paulo, 02 de julho de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os resultados dos 5M08. As informações

Leia mais

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009

1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados. 14 de Maio de 2009 1º Trimestre de 2009 Teleconferência de Resultados 14 de Maio de 2009 Aviso Legal Informações e Projeções Algumas das afirmações aqui contidas se baseiam nas hipóteses e perspectivas atuais da administração

Leia mais

Divulgação de Resultados 2014

Divulgação de Resultados 2014 São Paulo - SP, 10 de Fevereiro de 2015. A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity

Leia mais

Release de Resultado 3T08

Release de Resultado 3T08 PORTO SEGURO ANUNCIA LUCRO LÍQUIDO DE R$75,0 MILHÕES OU R$0,33 POR AÇÃO NO E R$211,6 MILHÕES OU R$0,92 POR AÇÃO NO 9M08. São Paulo, 7 de Novembro de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os

Leia mais

DESTAQUES DO PERÍODO (2T11)

DESTAQUES DO PERÍODO (2T11) QUALICORP REGISTRA CRESCIMENTO DO TRIMESTRE NO NÚMERO DE BENEFICIÁRIOS DE 18,5%, RECEITA LÍQUIDA DE 43,9%, EBITDA AJUSTADO DE 36,6% EM RELAÇÃO AO 2T10 1 São Paulo, 12 de agosto de 2011. A QUALICORP S.A.

Leia mais

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas)

TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) TELEFÔNICA DATA BRASIL HOLDING S.A. Resultado Consolidado para o Terceiro Trimestre de 2005 Publicação, 08 de novembro de 2005 (07 páginas) Para maiores informações, contatar: Daniel de Andrade Gomes TELEFÔNICA

Leia mais

Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 32% nas receitas brutas, 18,5% nas vendas de lojas comparáveis e 26% em EBITDA ajustado 1

Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 32% nas receitas brutas, 18,5% nas vendas de lojas comparáveis e 26% em EBITDA ajustado 1 Le Lis Blanc inicia o ano com crescimento de 32% nas receitas brutas, 18,5% nas vendas de lojas comparáveis e 26% em EBITDA ajustado 1 São Paulo, Brasil, 15 de maio de 2008 - A Le Lis Blanc Deux Comércio

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T14

Divulgação de Resultados 1T14 Divulgação de Resultados 1T14 A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity ( Fundos

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2011 - BRASIL INSURANCE PARTICIPAÇÕES E ADMINISTRAÇÃO S/A Versão : 2. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2011 - BRASIL INSURANCE PARTICIPAÇÕES E ADMINISTRAÇÃO S/A Versão : 2. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL REGIONAL JARAGUAENSE - FERJ BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE Valores expressos em Reais. ATIVO Notas 2010 2009

FUNDAÇÃO EDUCACIONAL REGIONAL JARAGUAENSE - FERJ BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE Valores expressos em Reais. ATIVO Notas 2010 2009 BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE ATIVO Notas 2010 2009 CIRCULANTE Caixa e bancos 422.947 20.723 Contas a receber 4 698.224 903.098 Outras contas a receber 5 3.304.465 121.908 Estoques 14.070

Leia mais

Relações com Investidores

Relações com Investidores Relações com Investidores Miguel Longo Junior Diretor de Relações com Investidores (55 11) 3175-2900 ri@brasilinsurance.com.br Nathalia Boiseaux Relações com Investidores (55 11) 3175-2900 ri@brasilinsurance.com.br

Leia mais

2ª Reunião Annual com Investidores

2ª Reunião Annual com Investidores 2ª Reunião Annual com Investidores 30 de novembro, 2012 Disclaimer Esta apresentação não constitui uma oferta, convite ou pedido de qualquer forma, para a subscrição ou compra de ações ou qualquer outro

Leia mais

A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11.

A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11. A BM&FBOVESPA S.A. anuncia os resultados do primeiro trimestre de 2009. O lucro líquido atingiu R$ 227 milhões com lucro por ação de R$ 0,11. O Lucro Líquido do 1T09 (sem ajustes) apresentou queda de 1,4%

Leia mais

EARNINGS RELEASE 2T12 e 1S12

EARNINGS RELEASE 2T12 e 1S12 São Paulo, 15 de agosto de 2012 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa de consolidação e gestão de marcas de lifestyle e moda premium do Brasil, anuncia hoje os resultados do segundo

Leia mais

Release de Resultados do 1T10

Release de Resultados do 1T10 Release de Resultados do 1T10 Fale com R.I Relações com Investidores Tel: (11) 3366-5323 / 3366-5378 www.portoseguro.com.br, gri@portoseguro.com.br Porto Seguro S.A. Alameda Ribeiro da Silva, 275 1º andar

Leia mais

Curso Extensivo de Contabilidade Geral

Curso Extensivo de Contabilidade Geral Curso Extensivo de Contabilidade Geral Adelino Correia 4ª Edição Enfoque claro, didático e objetivo Atualizado de acordo com a Lei 11638/07 Inúmeros exercícios de concursos anteriores com gabarito Inclui

Leia mais

4 T 10 RESULTADOS DO 4T10. Dados em 31/12/2010. Grazziotin PN (CGRA4) R$ 16,00. Valor de Mercado R$ 338,0 milhões

4 T 10 RESULTADOS DO 4T10. Dados em 31/12/2010. Grazziotin PN (CGRA4) R$ 16,00. Valor de Mercado R$ 338,0 milhões 4 T 10 Passo Fundo, 14 de março de 2011 A Grazziotin (BM&FBOVESPA: CGRA3 e CGRA4), empresa de comércio varejista do segmento de vestuário e utilidades domésticas, localizada na região sul do país, divulga

Leia mais

Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008. 03 de abril de 2009 03 de abril de 2009

Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008. 03 de abril de 2009 03 de abril de 2009 Anhanguera reporta crescimento de 139,1% na Receita Líquida e de 103,0% no EBITDA Ajustado no ano de 2008 www.unianhanguera.edu.br 4T08 Ricardo Scavazza Vice Presidente Operacional e Relações com Investidores

Leia mais

Banco Santander (Brasil) S.A.

Banco Santander (Brasil) S.A. Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados em BR GAAP 4T14 3 de Fevereiro de 2015 INFORMAÇÃO 2 Esta apresentação pode conter certas declarações prospectivas e informações relativas ao Banco Santander (Brasil)

Leia mais

LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005

LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005 LUCRO DO SUBMARINO SOBE 316% NO TERCEIRO TRIMESTRE 2005 São Paulo, 07 de Novembro de 2005 - O Submarino S.A. (Bovespa: SUBA3), empresa líder dentre aquelas que operam exclusivamente no varejo eletrônico

Leia mais

ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS.

ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS. ABERTURA DAS CONTAS DA PLANILHA DE RECLASSIFICAÇÃO DIGITAR TODOS OS VALORES POSITIVOS. I. BALANÇO ATIVO 111 Clientes: duplicatas a receber provenientes das vendas a prazo da empresa no curso de suas operações

Leia mais

Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010

Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010 54 RELATÓRIO ANUAL GERDAU 2011 DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS RESUMIDAS Gerdau S.A. e Metalúrgica Gerdau S.A. Em 31 de dezembro de 2011 e 2010 GERDAU S.A. e empresas controladas BALANÇOS PATRIMONIAIS CONSOLIDADOS

Leia mais

OI S.A. (Atual denominação de Brasil Telecom S.A.) 8ª Emissão Pública de Debêntures

OI S.A. (Atual denominação de Brasil Telecom S.A.) 8ª Emissão Pública de Debêntures OI S.A. (Atual denominação de Brasil Telecom S.A.) 8ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 Oi S.A. (atual denominação de BRASIL TELECOM S.A.) 8ª Emissão

Leia mais

Demonstrações Contábeis

Demonstrações Contábeis Demonstrações Contábeis 12.1. Introdução O artigo 176 da Lei nº 6.404/1976 estabelece que, ao fim de cada exercício social, a diretoria da empresa deve elaborar, com base na escrituração mercantil, as

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 4T05 e 2005 Americana SP, 23 de março de 2005 A VIVAX S.A. (Bovespa: VVAX11), ou Companhia, segunda maior operadora de TV a Cabo do Brasil, em número de assinantes, e uma das principais

Leia mais

Resultados 2T10. Villa Flora Segmento Econômico

Resultados 2T10. Villa Flora Segmento Econômico Resultados 2T10 Villa Flora Segmento Econômico 1 Resultados 2T10 Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A.

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO QUARTO TRIMESTRE DE 2013 (4T13 ) LOJAS RENNER S.A. LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float, sendo considerada a primeira corporação brasileira. Negociada

Leia mais

Banrisul Armazéns Gerais S.A.

Banrisul Armazéns Gerais S.A. Balanços patrimoniais 1 de dezembro de 2012 e 2011 Nota Nota explicativa 1/12/12 1/12/11 explicativa 1/12/12 1/12/11 Ativo Passivo Circulante Circulante Caixa e equivalentes de caixa 4 17.891 18.884 Contas

Leia mais

DIRECIONAL ANUNCIA RECORDE HISTÓRICO DE VENDAS NO 3T09

DIRECIONAL ANUNCIA RECORDE HISTÓRICO DE VENDAS NO 3T09 Divulgação de Resultados 3T09 DIRECIONAL ANUNCIA RECORDE HISTÓRICO DE VENDAS NO 3T09 - VENDAS CONTRATADAS DE R$242,7 MILHÕES NO 3T09, COM VSO 45% - - EBITDA DE R$35,0 MILHÕES, COM 31,1% DE MARGEM EBITDA

Leia mais

EARNINGS RELEASE 1T12

EARNINGS RELEASE 1T12 São Paulo, 16 de maio de 2012 - A Inbrands S.A. ( Inbrands ou Companhia ), uma empresa de consolidação e gestão de marcas de lifestyle e moda premium do Brasil, anuncia hoje os resultados do 1º trimestre

Leia mais

ALOG SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA EM INFORMÁTICA S.A., sucessora por incorporação de ALOG DATA CENTERS DO BRASIL S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures

ALOG SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA EM INFORMÁTICA S.A., sucessora por incorporação de ALOG DATA CENTERS DO BRASIL S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures ALOG SOLUÇÕES DE TECNOLOGIA EM INFORMÁTICA S.A., sucessora por incorporação de ALOG DATA CENTERS DO BRASIL S.A. 1ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2012 ALOG

Leia mais

6 Balanço Patrimonial - Passivo - Classificações das Contas, 25 Exercícios, 26

6 Balanço Patrimonial - Passivo - Classificações das Contas, 25 Exercícios, 26 Prefácio 1 Exercício Social, 1 Exercícios, 2 2 Disposições Gerais, 3 2.1 Demonstrações financeiras exigidas, 3 2.2 Demonstrações financeiras comparativas, 4 2.3 Contas semelhantes e contas de pequenos,

Leia mais

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9

LOJAS RENNER S.A. RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2015 (1T15 ) Resultados 1T15. www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 Resultados 1T15 www.lojasrenner.com.br/ri Página 0 de 9 LOJAS RENNER S.A. Companhia constituída em 1965 e de capital aberto desde 1967. Capital totalmente pulverizado desde 2005, com 100% de free float,

Leia mais

Abril Educação S.A. Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011

Abril Educação S.A. Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011 Informações Pro Forma em 31 de dezembro de 2011 RESULTADOS PRO FORMA NÃO AUDITADOS CONSOLIDADOS DA ABRIL EDUCAÇÃO As informações financeiras consolidadas pro forma não auditadas para 31 de dezembro de

Leia mais

Resultados do 2T08 PSSA3

Resultados do 2T08 PSSA3 Resultados do PSSA3 Perspectivas Perspectivas para o para segundo 2008 semestre de 2008 A Aumento criação de de empregos 31,6% no formais número até de empregos junho foi o formais maior desde em relação

Leia mais

Ao seu lado, onde você estiver, no que você precisar.

Ao seu lado, onde você estiver, no que você precisar. Ao seu lado, onde você estiver, no que você precisar. 0 0 Participação da Indústria no PIB - Internacional Prêmios/PIB em % (2004) 1 1 A Indústria de Seguros no Brasil Desde a implantação do Plano Real,

Leia mais

Relatório Analítico 27 de março de 2012

Relatório Analítico 27 de março de 2012 VENDA Código de Negociação Bovespa TGM A3 Segmento de Atuação Principal Logística Categoria segundo a Liquidez 2 Linha Valor de M ercado por Ação (R$) 29,51 Valor Econômico por Ação (R$) 32,85 Potencial

Leia mais

Apresentação Investidores

Apresentação Investidores Apresentação Investidores Abril de 2011 Aviso Importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros.tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve riscos

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01901-1 EMPR. CONCESS. DE RODOVIAS DO NORTE S.A. 02.222.736/0001-30 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01901-1 EMPR. CONCESS. DE RODOVIAS DO NORTE S.A. 02.222.736/0001-30 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/25 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

Release de Resultados 2T14

Release de Resultados 2T14 Release de Resultados 2T14 Barueri, 31 de julho de 2014 A Smiles S.A. (BM&FBOVESPA: SMLE3), um dos maiores programas de coalizão do Brasil com mais de 10 milhões de participantes inscritos, anuncia seus

Leia mais

O maior portfólio de serviços logísticos do Brasil. Aquisição da Rodoviário Schio Ltda. Apresentação a Investidores 22 de Novembro de 2011

O maior portfólio de serviços logísticos do Brasil. Aquisição da Rodoviário Schio Ltda. Apresentação a Investidores 22 de Novembro de 2011 O maior portfólio de serviços logísticos do Brasil Aquisição da Rodoviário Schio Ltda. Apresentação a Investidores 22 de Novembro de 2011 Agenda 1 Descrição e Estrutura da Transação 2 Racional da Aquisição

Leia mais

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011

Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 Magazine Luiza S.A. Divulgação de Resultados do 4 o Trimestre de 2011 São Paulo, 22 de março de 2012 - Magazine Luiza S.A. (BM&FBOVESPA: MGLU3), uma das maiores redes varejistas com foco em bens duráveis

Leia mais

Divulgação de Resultados 2T08

Divulgação de Resultados 2T08 Divulgação de Resultados 2T08 Rio de Janeiro, 14 de agosto de 2008 A Sul América S.A. (Bovespa: SULA11) anuncia hoje os resultados do segundo trimestre de 2008 (2T08). As informações operacionais e financeiras

Leia mais

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000)

DESTAQUES NO PERÍODO. Dados Financeiros (R$ x 1.000) Blumenau SC, 27 de julho de 2007 A Cremer S.A. (Bovespa: CREM3), distribuidora de produtos para a saúde e também líder na fabricação de produtos têxteis e adesivos cirúrgicos, anuncia hoje seus resultados

Leia mais

Earnings Release 1T15

Earnings Release 1T15 Santo André, 05 de maio de 2015: A CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo das Américas, informa aos seus acionistas e demais participantes do mercado

Leia mais

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento

Mercado Segurador e Drivers de Crescimento APIMEC BH 2014 Mercado Segurador e Drivers de Crescimento BRASIL: PRINCIPAIS INDICADORES Crescimento da renda real, inflação sob controle e mobilidade social PIB PER CAPITA & DESEMPREGO (US$ milhares/ano)

Leia mais

Divulgação de Resultados do 4T13 e 2013

Divulgação de Resultados do 4T13 e 2013 R$ milhões R$ milhões R$ milhões R$ milhões Divulgação de Resultados do 4T13 e 2013 As informações financeiras são apresentadas em milhões de Reais, exceto quando indicado o contrário e, a partir de 2011,

Leia mais

Apresentação dos Resultados 2T06

Apresentação dos Resultados 2T06 Apresentação dos Resultados 2T06 Aviso Legal Esta apresentação contém considerações futuras referentes às perspectivas do negócio, estimativas de resultados operacionais e financeiros, e às perspectivas

Leia mais

Destaques Financeiros e Operacionais Consolidados

Destaques Financeiros e Operacionais Consolidados nte São Paulo, 7 de maio de 2010 A General Shopping Brasil S/A [BM&FBovespa: GSHP3], empresa com expressiva participação no mercado de shoppings centers do Brasil, anuncia hoje seus resultados do primeiro

Leia mais

Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta. Novembro de 2014

Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta. Novembro de 2014 Resultado da Oferta Pública Voluntária de Permuta Novembro de 2014 OFERTA VOLUNTÁRIA DE PERMUTA DE AÇÕES No dia 30 de outubro realizamos o leilão da oferta voluntária. A adesão dos minoritários do Santander

Leia mais

Resultados 1º Trimestre 2015 13.05. Rio de Janeiro, 13 de maio de 2015

Resultados 1º Trimestre 2015 13.05. Rio de Janeiro, 13 de maio de 2015 Resultados 1º Trimestre 2015 13.05 Rio de Janeiro, 13 de maio de 2015 RECEITA LÍQUIDA ATINGE R$ 68,5 MILHÕES NO 1T15, CRESCIMENTO DE 7,1% EM RELAÇÃO AO 1T14. EBITDA CONSOLIDADO ATINGE R$ 7,8 MILHÕES, QUEDA

Leia mais

ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL

ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL Introdução Já sabemos que o Patrimônio é objeto da contabilidade, na qual representa o conjunto de bens, diretos e obrigações. Esta definição é muito importante estar claro

Leia mais

Brito Amoedo Imobiliária S/A. Demonstrações Contábeis acompanhadas do Parecer dos Auditores Independentes

Brito Amoedo Imobiliária S/A. Demonstrações Contábeis acompanhadas do Parecer dos Auditores Independentes Brito Amoedo Imobiliária S/A Demonstrações Contábeis acompanhadas do Parecer dos Auditores Independentes Em 30 de Junho de 2007 e em 31 de Dezembro de 2006, 2005 e 2004 Parecer dos auditores independentes

Leia mais

Estácio Registra Crescimento de 166% no Lucro Líquido Ajustado EBITDA ajustado aos impostos cresceu R$ 17,2 milhões

Estácio Registra Crescimento de 166% no Lucro Líquido Ajustado EBITDA ajustado aos impostos cresceu R$ 17,2 milhões 2T07 Estácio Registra Crescimento de 166% no Lucro Líquido Ajustado EBITDA ajustado aos impostos cresceu R$ 17,2 milhões Rio de Janeiro, de 2007 A Estácio Participações (BOVESPA: ESTC11), maior organização

Leia mais

DESTAQUES DO CONSOLIDADO

DESTAQUES DO CONSOLIDADO 1 T 13 Passo Fundo, 30 de abril de 2013 A Grazziotin (BM&FBOVESPA: CGRA3 e CGRA4), empresa de comércio varejista do segmento de vestuário e utilidades domésticas, localizada na região sul do país, divulga

Leia mais

MBK Securitizadora S.A. Relatório sobre as demonstrações financeiras Período de 13 de abril de 2012 (Data de constituição da Companhia) a 31 de

MBK Securitizadora S.A. Relatório sobre as demonstrações financeiras Período de 13 de abril de 2012 (Data de constituição da Companhia) a 31 de MBK Securitizadora S.A. Relatório sobre as demonstrações financeiras Período de 13 de abril de 2012 (Data de constituição da Companhia) a 31 de dezembro de 2012 MBK Securitizadora S.A. Demonstrações Financeiras

Leia mais

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ).

Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 25 de Outubro de 2005. Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) detém 99,0 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ). (Os

Leia mais

AGENTE E ESCRIVÃO DA POLÍCIA FEDERAL Disciplina: Contabilidade Prof.: Adelino Data: 07/12/2008

AGENTE E ESCRIVÃO DA POLÍCIA FEDERAL Disciplina: Contabilidade Prof.: Adelino Data: 07/12/2008 Alterações da Lei 6404/76 Lei 11638 de 28 de dezembro de 2007 Lei 11638/07 que altera a Lei 6404/76 Art. 1o Os arts. 176 a 179, 181 a 184, 187, 188, 197, 199, 226 e 248 da Lei no 6.404, de 15 de dezembro

Leia mais

Lojas Americanas e Submarino propõem a criação da B2W Companhia Global de Varejo fusão da Americanas.com e Submarino

Lojas Americanas e Submarino propõem a criação da B2W Companhia Global de Varejo fusão da Americanas.com e Submarino Lojas Americanas e Submarino propõem a criação da B2W Companhia Global de Varejo fusão da Americanas.com e Submarino Transação dá origem a uma companhia de varejo com diversos canais de distribuição: Internet,

Leia mais

RESULTADOS DO 1T11. Destaques do Resultado

RESULTADOS DO 1T11. Destaques do Resultado RESULTADOS DO 1T11 CAPTAÇÃO RECORDE com mais de 73 mil novos alunos (24% acima do 1T10) Aumento de 21% no EBITDA, que totalizou R$48 milhões, e ganho de 1,9 p.p. na Margem, que atingiu 17,4% no 1T11 Rio

Leia mais

Release de Resultado Janeiro/08

Release de Resultado Janeiro/08 PORTO SEGURO anuncia lucro líquido de R$10,0 milhões ou R$0,13 por ação em janeiro de 2008 São Paulo, 17 de Março de 2008 Porto Seguro S.A. (BOVESPA: PSSA3), anuncia os resultados de janeiro de 2008. As

Leia mais

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002

COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 COMENTÁRIOS DO DESEMPENHO NO 3º TRIMESTRE E 9 MESES DE 2002 Desempenho Em ambiente de queda da atividade na indústria automobilística, a Iochpe-Maxion apresentou um crescimento de 8,4% nas vendas no terceiro

Leia mais

COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO - COMGÁS. 2ª Emissão Pública de Debêntures

COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO - COMGÁS. 2ª Emissão Pública de Debêntures COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO - COMGÁS 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório Anual do Agente Fiduciário Exercício de 2013 Companhia de Gás de São Paulo - Comgás 2ª Emissão Pública de Debêntures Relatório

Leia mais

Press Release 2T15 12/08/2015

Press Release 2T15 12/08/2015 Press Release 2T15 12/08/2015 Sumário 1. Destaques do período... 4 2. Sumário de resultados... 5 3. Receita bruta... 6 3.1 Produtos de bancassurance... 6 3.1.1 Vida... 7 3.1.2 Habitacional... 7 3.1.3 Prestamista...

Leia mais

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2015 - SUL AMERICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3

ITR - Informações Trimestrais - 30/09/2015 - SUL AMERICA S/A Versão : 1. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2. Balanço Patrimonial Ativo 3 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 3 Balanço Patrimonial Passivo 4 Demonstração do Resultado 5 Demonstração do Resultado Abrangente

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01896-1 MEHIR HOLDINGS S.A. 04.310.392/0001-46 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01896-1 MEHIR HOLDINGS S.A. 04.310.392/0001-46 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/25 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS Divulgação Externa O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01176-2 VULCABRAS SA 50.926.955/0001-42 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 01176-2 VULCABRAS SA 50.926.955/0001-42 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 3/9/1999 O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.

Leia mais

2T14 CRESCIMENTO DA RECEITA, DO EBITDA E DO LUCRO CAIXA

2T14 CRESCIMENTO DA RECEITA, DO EBITDA E DO LUCRO CAIXA CRESCIMENTO DA RECEITA, DO EBITDA E DO LUCRO CAIXA São Paulo, 7 de agosto de 2014. A Linx S.A. (BOVESPA: LINX3; Bloomberg: LINX3:BZ e Reuters: LINX3.SA), líder em tecnologia de gestão empresarial para

Leia mais

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p.

Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. Lucro Líquido de R$ 239 milhões no 1T15, crescimento de 34%; Margem EBITDA de 9,6%, com aumento de 0,7 p.p. No 1T15, a receita líquida totalizou R$ 5,388 bilhões, estável em relação ao 1T14 excluindo-se

Leia mais

Contabilidade Avançada Fluxos de Caixa DFC

Contabilidade Avançada Fluxos de Caixa DFC Contabilidade Avançada Demonstração dos Fluxos de Caixa DFC Prof. Dr. Adriano Rodrigues Normas Contábeis: No IASB: IAS 7 Cash Flow Statements No CPC: CPC 03 (R2) Demonstração dos Fluxos de Caixa Fundamentação

Leia mais

1T15 CRESCIMENTO DA RECEITA, DO EBITDA E DO LUCRO CAIXA

1T15 CRESCIMENTO DA RECEITA, DO EBITDA E DO LUCRO CAIXA CRESCIMENTO DA RECEITA, DO EBITDA E DO LUCRO CAIXA São Paulo, 07 de maio de 2015. A Linx S.A. (BOVESPA: LINX3; Bloomberg: LINX3:BZ e Reuters: LINX3.SA), líder em tecnologia de gestão empresarial para o

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - BANCO BRADESCO SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2013 - BANCO BRADESCO SA Versão : 2. Composição do Capital 1. Proventos em Dinheiro 2 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 Proventos em Dinheiro 2 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 5 Balanço Patrimonial Passivo 9 Demonstração do Resultado 12 Demonstração do Resultado

Leia mais

Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015

Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015 Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015 Apresentação da Teleconferência 06 de agosto de 2015 Para informações adicionais, favor ler cuidadosamente o aviso ao final desta apresentação. Divulgação

Leia mais

Resultados 3T06 8 de novembro de 2006

Resultados 3T06 8 de novembro de 2006 PUBLICIDADE CAIXA CRESCEU 49% BASE DE ASSINANTES BANDA LARGA CRESCEU 35% MARGEM DE EBITDA ATINGIU 29% São Paulo, O UOL (BOVESPA: UOLL4) anuncia hoje os resultados do 3T06. As demonstrações financeiras

Leia mais

Teleconferência. Resultados do 2 o Trimestre de 2007

Teleconferência. Resultados do 2 o Trimestre de 2007 Teleconferência Resultados do 2 o Trimestre de 2007 Aviso Legal Este documento contém declarações futuras, que podem ser identificadas por palavras como espera, pretende, planeja, acredita, procura, estima

Leia mais

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 02091-5 MRV ENGENHARIA E PARTICIPAÇÕES S.A. 08.343.492/0001-20 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF

1 - CÓDIGO CVM 2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL 3 - CNPJ 02091-5 MRV ENGENHARIA E PARTICIPAÇÕES S.A. 08.343.492/0001-20 3 - CEP 4 - MUNICÍPIO 5 - UF ITR - INFORMAÇÕES TRIMESTRAIS Data-Base - 31/3/21 EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA, SENDO OS SEUS ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS

Leia mais

Divulgação de Resultados Quarto Trimestre de 2014

Divulgação de Resultados Quarto Trimestre de 2014 Divulgação de Resultados Quarto Trimestre de 2014 Barueri, 04 de março de 2014. Apresentação de Resultados 4T14 A Tempo Participações S.A. (BM&FBovespa: TEMP3; Reuters: TEMP3.SA; Bloomberg: TEMP3 BZ),

Leia mais

Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004

Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004 Porto Seguro Anuncia Lucro Líquido de R$ 44,2 milhões no 4T04 Crescimento de 22% dos Prêmios Auferidos em 2004 São Paulo, 25 de fevereiro de 2005 - A Porto Seguro S.A. (Bovespa: PSSA3) anuncia hoje seus

Leia mais

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15

TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 1T15 RESULTADOS FINANCEIROS CONSOLIDADOS RECEITA LÍQUIDA 300,1 361,1 20,3% EBITDA AJUSTADO 56,5 68,7 21,6% MARGEM EBITDA AJUSTADO 1 17,9% 18,4% 0,5 p.p. LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO

Leia mais

3 T 10 RESULTADOS DO 3T10. Dados em 30/09/2010. Grazziotin PN (CGRA4) R$ 13,20. Valor de Mercado R$ 291,2 milhões

3 T 10 RESULTADOS DO 3T10. Dados em 30/09/2010. Grazziotin PN (CGRA4) R$ 13,20. Valor de Mercado R$ 291,2 milhões 3 T 10 Passo Fundo, 5 de novembro de 2010 A Grazziotin (BM&FBOVESPA: CGRA3 e CGRA4), empresa de comércio varejista do segmento de vestuário e utilidades domésticas, localizada na região sul do país, divulga

Leia mais