ALUNO(a): NOTA: 02. Reescreva as frases a seguir, estabelecendo entre as orações a relação de significado indicada entre parênteses:

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ALUNO(a): NOTA: 02. Reescreva as frases a seguir, estabelecendo entre as orações a relação de significado indicada entre parênteses:"

Transcrição

1 GOIÂNIA, / / PROFESSOR: Daniel DISCIPLINA: Gramática SÉRIE: 2 ano ALUNO(a): Valor: 4,0 NOTA: No Anhanguera você é + Enem P2-4 BIMESTRE 01. Empregando o processo subordinativo, forme dois períodos com as frases de cada item. No primeiro período, estabeleça entre as orações uma relação de causa; no segundo, uma relação de consequência. Se necessário, mude a ordem dos termos ou das orações. a) Agiu impulsivamente. Foi chamado de tolo. b) Falava baixinho. Eu não o entendia direito. 02. Reescreva as frases a seguir, estabelecendo entre as orações a relação de significado indicada entre parênteses: a) Chegando o momento certo, todos sairão rapidamente. (tempo) b) Estando doente, ele não veio à reunião do condomínio. (causa) c) Já sabia que estávamos bem preparados, contundo não esperava a vitória. ( concessão) d) Como ficamos muito preocupados, saímos rapidamente do local. ( consequência ) e) Corra ou chegará atrasado. (condição)

2 03. A conjunção que pode assumir significados diferentes (consequência, comparação, finalidade, concessão, comparação). Indique o significado expresso por essa conjunção nas orações subordinadas adverbiais destacadas nos períodos a seguir: a) Guardou-os tão bem, que agora não sabe onde estão. b) Fiz-lhe sinal que se calasse. c) Uma hora que fosse, para ele seria pouco. d) Ele conhece mais geografia que você. e) Exaustos que estávamos, fizemos uma pausa de meia hora. 04. Todas as orações subordinadas adverbiais dos períodos a seguir iniciam-se pela conjunção como. Indique o sentido que ela adquire em cada uma delas. a) Ele faz certas brincadeiras como uma criança. b) Como fosse muito tímido, raramente perguntava algo ao professor. c) Nós ajudamos os necessitados como foi possível. d) Eu deixo a vida como deixa o tédio / Do deserto, o poento caminheiro (Álvares de Azevedo) e) Procedemos como ordenavam as leis. 05. A opção em que a oração subordinada pode ser considerada adverbial condicional é: a) Desde que a vi, me apaixonei. b) Desde que tenho muito trabalho hoje, não poderei sair. c) Permanecerei aqui, desde que você permaneça. d) Diga-me se a proposta lhe interessa. e) Falou sem que nos convencesse. 06. As orações subordinadas adverbiais assinaladas estão classificadas. Assinale a alternativa cuja classificação esteja errada: a) Nunca chegará ao fim por mais depressa que ande. (oração subordinada adverbial concessiva) b) Era tal a serenidade da tarde que se percebia o sino de uma freguesia distante, dobrando a finados. (oração subordinada adverbial consecutiva).

3 c) Mesmo que faça calor, não poderemos nadar. (oração subordinada adverbial concessiva) d) Ela era tão medrosa, que não saía de casa. (oração subordinada adverbial comparativa) e) Se tudo correr bem, te levarei à Europa. (oração subordinada adverbial condicional) 07. No período: "Era tal a serenidade da tarde, que se percebia o sino de uma freguesia distante, dobrando a finados.", a segunda oração é: a) subordinada adverbial causal b) subordinada adverbial consecutiva c) subordinada adverbial concessiva d) subordinada adverbial comparativa e) subordinada adverbial subjetiva 08. Assinale o período em que há oração subordinada adverbial consecutiva: a) Diz-se que você não estuda.. b) Falam que você não estuda. c) Fala-se tanto que você não estuda. d ) Comeu tanto que ficou doente e) Quando saíres, irei contigo. 09. Qual das orações subordinadas pode ser considerada adverbial causal? a. Mesmo que partas antes, precisarei do resultado das provas. b. Chegamos tão cedo, que o portão da faculdade ainda estava fechado. c. Já que possuo pouco dinheiro, tomarei apenas um lanche. d. O público aplaudia euforicamente para que o circense repetisse o número. e. Realizou os exercícios de acordo com as instruções. 10. No período - E quanto mais andava, mais tinha vontade, ocorre ideia de proporção. Assinale a opção em que tal ideia NÃO ocorre: a. Quanto mais leio este autor, menos o entendo; b. Choveu tanto, que não pudemos sair;

4 c. À medida que corria o ano, o nosso trabalho era maior; d. Quanto menos vontade, mais negligência; e. Quanto mais se lê, mais se aprende. 11. Em: "O moço ficou tão emocionado que chorou", a segunda oração é subordinada adverbial: a) comparativa; b) proporcional; c) consecutiva; d) causal; e) temporal. 12. Em: Ele planejou tudo segundo combinamos, a segunda oração é uma subordinada adverbial: a. final b. concessiva c. condicional d. conformativa e. temporal 13. A oração destacada no período:... mesmo que eu juntasse, um por um, os cacos todos, nunca mais o espelho seria como antes ( Lygia Fagundes Telles ) expressa um aspecto: a. temporal b. concessivo c. causal d. conformativo e. condicional 14. Assinale a alternativa CORRETA quanto à classificação da oração adverbial, destacada no período abaixo: Era tão pequena a cidade, que um grito ou gargalhada forte a atravessava de ponta a ponta.

5 a) Subordinada adverbial causal b) Subordinada adverbial final c) Subordinada adverbial temporal d) Subordinada adverbial consecutiva e) Subordinada adverbial conformativa 15. Assinale a oração classificada corretamente. a) Como diz o povo, tristezas não pagam dívidas. (subordinada adverbial comparativa) b) Não serás bom advogado, sem que estudes muito. (subordinada adverbial consecutiva) c) Cumprirei minhas tarefas mesmo que a oposição critique. (subordinada adverbial concessiva) d) Quanto mais se tem, mais se deseja. (subordinada adverbial causal) e) Aproximei-me a fim de que pudesse ouvi-la. (subordinada adverbial proporcional)

1 - O texto afirma que o nosso corpo pode ser comparado a uma fábrica porque

1 - O texto afirma que o nosso corpo pode ser comparado a uma fábrica porque Química da Digestão Para viver, entre outras coisas, precisamos de energia. Como não podemos tirar energia da luz do sol para viver, como os vegetais, essa energia usada pelo nosso organismo vem das reações

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO & RELAÇÕES ENTRE ORAÇÕES APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM

PERÍODO COMPOSTO & RELAÇÕES ENTRE ORAÇÕES APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL: PERÍODO COMPOSTO & RELAÇÕES ENTRE ORAÇÕES APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM TUTORA: THAIS TORRES GUIMARÃES THAISTORRESG@GMAIL.COM PERÍODO FRASE SINTATICAMENTE ORGANIZADA EM TORNO

Leia mais

1. (IBGE) Indique a opção correta, no que se refere à concordância verbal, de acordo com a norma culta:

1. (IBGE) Indique a opção correta, no que se refere à concordância verbal, de acordo com a norma culta: 1. (IBGE) Indique a opção correta, no que se refere à concordância verbal, de acordo com a norma culta: a) Haviam muitos candidatos esperando a hora da prova. b) Choveu pedaços de granizo na serra gaúcha.

Leia mais

Língua Portuguesa. 2. (UE PONTA GROSSA-PR) Em "É possível que comunicassem sobre políticos", a segunda oração é:

Língua Portuguesa. 2. (UE PONTA GROSSA-PR) Em É possível que comunicassem sobre políticos, a segunda oração é: Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Patrícia Série: 3º Ano Disciplina: Português Data da prova: 1.Leia com atenção o texto abaixo: Língua Portuguesa Como podemos

Leia mais

Português 4 Prof.ª Mara Gonçalves CADAR Português 4. Mesmo se as chances forem uma em um milhão, lembre-se há uma!

Português 4 Prof.ª Mara Gonçalves CADAR Português 4. Mesmo se as chances forem uma em um milhão, lembre-se há uma! CADAR 2015 Português 4 Mesmo se as chances forem uma em um milhão, lembre-se há uma! MCA concursos - PAIXÃO PELO SEU FUTURO! 1 ESTUDO DOS PERÍODOS TIPO Por coordenação CARACTERÍSTICAS Orações sintaticamente

Leia mais

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Período Composto

Prof. Valber Freitas. Língua Portuguesa. Sintaxe Período Composto Prof. Valber Freitas Língua Portuguesa Sintaxe Período Composto Período Composto Coordenação Subordinação Orações subordinadas São orações sintaticamente dependentes uma das outras. As orações subordinadas

Leia mais

Orações Subordinadas Adverbiais

Orações Subordinadas Adverbiais Orações Subordinadas Adverbiais A oração subordinada adverbial desempenha a função de adjunto adverbial: indica uma circunstância em que ocorre a ação do verbo da oração à qual se liga. Observe: Normalmente

Leia mais

Período composto por coordenação

Período composto por coordenação Período composto por coordenação É o período composto por duas ou mais orações independentes. Estas orações podem ser assindéticas ou sindéticas. Orações coordenadas assindéticas Não apresentam conectivos

Leia mais

Conjunções Subordinativas

Conjunções Subordinativas Conjunções Subordinativas Conjunções Subordinativas São aquelas que ligam duas orações, sendo uma delas dependente da outra. A oração dependente, introduzida pelas conjunções subordinativas, recebe o nome

Leia mais

Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa

Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa Preparatório - Concurso Bombeiro Militar do Pará Língua Portuguesa Aula IV Conhecimentos Linguísticos: Período Composto por Coordenação Período Composto por Subordinação PERÍODO COMPOSTO O período composto

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS. Professor: Aramis de Cássio

ORAÇÕES SUBORDINADAS. Professor: Aramis de Cássio ORAÇÕES SUBORDINADAS Professor: Aramis de Cássio ORAÇÕES SUBORDINADAS ORAÇÕES SUBORDINADAS As ORAÇÕES SUBORDINADAS funcionam sempre como um termo essencial, integrante e acessório da oração principal.

Leia mais

Orações subordinadas adverbiais com gabarito

Orações subordinadas adverbiais com gabarito Orações subordinadas adverbiais com gabarito 1) Leia as seguintes frases de caminhão e indique as circunstâncias que as orações subordinadas adverbiais expressam. a) Se ferradura desse sorte, burro não

Leia mais

CONJUNÇÃO. É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração.

CONJUNÇÃO. É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração. CONJUNÇÃO É a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração. De acordo com o tipo de relação que estabelecem, as conjunções podem ser classificadas em coordenativas

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CAUSAIS Principais conjunções causais: porque, visto que, já que, uma vez que, como (= porque). Exemplos: - Não pude comprar o CD porque estava em falta. - Ele

Leia mais

Frase simples e frase complexa

Frase simples e frase complexa Frase simples e frase complexa Orações coordenadas e subordinadas 1 I. Frase simples O O José telefonou à Joana. A A senhora traz umas flores. Eu saio. O O meu vizinho foi ao médico. Cada uma destas frases

Leia mais

ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS. Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal.

ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS. Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal. ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS ORAÇÃO SUBORDINADA SUBSTANTIVA SUBJETIVA Exerce a função de sujeito do verbo da oração principal. É necessário que você se apresente ao serviço amanhã. Foi anunciado que

Leia mais

Professora Lucimar CONJUNÇÕES E PERÍODOS

Professora Lucimar CONJUNÇÕES E PERÍODOS Professora Lucimar CONJUNÇÕES E PERÍODOS Conjunção é a palavra invariável que liga duas orações ou dois termos semelhantes de uma mesma oração. Locução Conjuntiva - Duas ou mais palavras empregadas com

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 13 Período composto por subordinação

Bárbara da Silva. Português. Aula 13 Período composto por subordinação Bárbara da Silva Português Aula 13 Período composto por subordinação No período composto por subordinação existe pelo menos uma oração principal e uma subordinada. A oração principal é sempre incompleta,

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS

ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS RECUPERAÇÃO SEMESTRAL 9º Ano do Ensino Fundamental Disciplina: Português 1- Classifique as orações subordinadas substantivas destacadas em subjetivas ou objetivas diretas. a) Acredita-se

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSORA: Patrícia ALUNO(A): Lista de exercícios

GOIÂNIA, / / PROFESSORA: Patrícia ALUNO(A): Lista de exercícios GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSORA: Patrícia DISCIPLINA: Português SÉRIE: 2º Ano ALUNO(A): NOTA: No Anhanguera você é + Enem Lista de exercícios Questão 01 Leia com atenção o texto abaixo: revelava a ncia, por

Leia mais

Coordenação e subordinação

Coordenação e subordinação Coordenação e subordinação As frases complexas podem relacionar-se por coordenação ou por subordinação. A coordenação consiste numa relação entre duas orações da mesma categoria por meio de conjunções

Leia mais

Adjetivo (Adjunto Adnominal)

Adjetivo (Adjunto Adnominal) PROFESSOR(A): DISCIPLINA: ALUNO(A): Nº SÉRIE: TURMA: TURNO: DATA: / /2017. ORAÇÕES SUBORDINADAS ADJETIVAS Uma oração subordinada adjetiva é aquela que possui valor e função de adjetivo, ou seja, que a

Leia mais

Ex. A garota com quem simpatizei está à sua procura. Os alunos cujas redações foram escolhidas receberão um prêmio.

Ex. A garota com quem simpatizei está à sua procura. Os alunos cujas redações foram escolhidas receberão um prêmio. A) Restritiva: é aquela que limita, restringe o sentido do substantivo ou pronome a que se refere. A restritiva funciona como adjunto adnominal de um termo da oração principal e não pode ser isolada por

Leia mais

Português. Orações Subordinadas Adverbiais: Causal, Comparativa, Consecutiva, Concessiva e Condicional. Professor Arthur Scandelari

Português. Orações Subordinadas Adverbiais: Causal, Comparativa, Consecutiva, Concessiva e Condicional. Professor Arthur Scandelari Português Orações Subordinadas Adverbiais: Causal, Comparativa, Consecutiva, Concessiva e Condicional Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS:

Leia mais

Português. Conjunções. Professor Arthur Scandelari.

Português. Conjunções. Professor Arthur Scandelari. Português Conjunções Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português CONJUNÇÕES PARTE 1 1. (CESPE SDS-PE 2016) É importante, pois, que o médico estabeleça o momento de ocorrência do

Leia mais

Drummond escreveu poemas e entrou para a história.

Drummond escreveu poemas e entrou para a história. Conjunção Pode-se definir a conjunção como um termo invariável, de natureza conectiva que pode criar relações de sentido (nexos) entre palavras ou orações. Usualmente, as provas costumam cobrar as relações

Leia mais

Língua Portuguesa. (Adaptado de "O Estado de São Paulo", 22/08/93)

Língua Portuguesa. (Adaptado de O Estado de São Paulo, 22/08/93) Lista de Exercícios Pré Universitário Uni-Anhanguera Aluno(a): Nº. Professor: Patrícia Série: 2º Ano Disciplina: Português Data da prova: 1.Leia com atenção o enunciado: Língua Portuguesa "A Polícia Federal

Leia mais

Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: GOIÂNIA, / / 2017. PROFESSOR: Daniel DISCIPLINA: Gramática SÉRIE: 2 ano ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: - É fundamental

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS LINGUAGENS GRAMÁTTICA: PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS PROF.º PAULO SCARDUA APOSTILA 3: CAPÍTULO 11 DEFINIÇÃO Uma oração subordinada adverbial é aquela que exerce a função de adjunto

Leia mais

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 Sumário Prefácio Apresentação XIII XV Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 1. Tipologia do sujeito 6 Método para identificar o sujeito 6 Sujeito simples

Leia mais

Língua portuguesa. Professora Iara Martins. Exercícios. Período composto por coordenação e subordinação

Língua portuguesa. Professora Iara Martins. Exercícios. Período composto por coordenação e subordinação Língua portuguesa Professora Iara Martins Exercícios Período composto por coordenação e subordinação 1. O amor não só traz alegria como também alimenta. Neste período, a conjunção é: a. Subordinativa causal

Leia mais

Língua. Portuguesa. Sintaxe do Período

Língua. Portuguesa. Sintaxe do Período Língua Portuguesa Sintaxe do Período Orações Subordinadas Substantivas É necessário o seu auxílio. 1) Subjetivas: É necessário que me auxilie. Convém que me auxilie. Observou-se que foi um golpe de mestre.

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: Daniel. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: Daniel. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: Daniel DISCIPLINA: Português SÉRIE: 8 ano ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: - É fundamental

Leia mais

Exercícios sobre tipos de predicado

Exercícios sobre tipos de predicado Exercícios sobre tipos de predicado Exercício 1: Identifique a alternativa em que aparece um predicado verbo-nominal: Os viajantes chegaram cedo ao destino. Demitiram o secretário da instituição. Nomearam

Leia mais

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto.

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. Conjunção As conjunções são vocábulos de função estritamente gramatical

Leia mais

9 - (CESGRANRIO) Complete CORRETAMENTE as lacunas da seguinte frase: A obra de Huxley, se faz alusão no texto, descreve uma sociedade os atos dos

9 - (CESGRANRIO) Complete CORRETAMENTE as lacunas da seguinte frase: A obra de Huxley, se faz alusão no texto, descreve uma sociedade os atos dos 9 - (CESGRANRIO) Complete CORRETAMENTE as lacunas da seguinte frase: A obra de Huxley, se faz alusão no texto, descreve uma sociedade os atos dos indivíduos são controlados por um sistema de televisão.

Leia mais

Português. Sintaxe do Período. Professor Carlos Zambeli.

Português. Sintaxe do Período. Professor Carlos Zambeli. Português Sintaxe do Período Professor Carlos Zambeli www.acasadoconcurseiro.com.br Português SINTAXE DO PERÍODO Coordenativas: Ligam orações independentes, ou seja, que possuem sentido completo. 1. Aditivas:

Leia mais

Alternativas Introduzem uma ideia de opção, alternância. As conjunções mais comuns são OU...OU, ORA...ORA, QUER...QUER, SEJA...SEJA. Ex.

Alternativas Introduzem uma ideia de opção, alternância. As conjunções mais comuns são OU...OU, ORA...ORA, QUER...QUER, SEJA...SEJA. Ex. Alternativas Introduzem uma ideia de opção, alternância. As conjunções mais comuns são OU...OU, ORA...ORA, QUER...QUER, SEJA...SEJA. Ex.: "Ou paga ou eu mando sangrá-lo devagarinho" (Graciliano Ramos).

Leia mais

ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS

ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS GRAMÁTICA ORAÇÕES COORDENADAS & SUBORDINADAS As orações coordenadas e subordinadas fazem parte do período composto, ou seja, o período em que temos duas ou mais orações.

Leia mais

Exercícios de revisão para APE mensal- 2º trimestre- 9º ano

Exercícios de revisão para APE mensal- 2º trimestre- 9º ano Exercícios de revisão para APE mensal- 2º trimestre- 9º ano 1. Classifique a oração destacada: Não és mais prudente que eu: a) subordinada adverbial final. b) subordinada adverbial concessiva. c) subordinada

Leia mais

Data de entrega : Entregar no dia da avaliação

Data de entrega : Entregar no dia da avaliação TRABALHO 2017 Disciplina: LINGUA PORTUGUESA - TEXTO Ano: 9 ano Ensino: F. II Professor: Valdeci Lopes Data de entrega : Entregar no dia da avaliação O trabalho será composto por duas partes: A primeira

Leia mais

Orações subordinadas adverbiais: principais casos. Gramática - Semi

Orações subordinadas adverbiais: principais casos. Gramática - Semi Orações subordinadas adverbiais: principais casos Gramática - Semi Orações subordinadas adverbiais I - Como identificá-las? São introduzidas por conjunções subordinativas que expressam circunstâncias (causa,

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO Profª Giovana Uggioni Silveira ORAÇÕES SUBORDINADAS Exercem função sintática sobre as outras. Oração principal, orações desenvolvidas ou reduzidas. ORAÇÕES SUBORDINADAS

Leia mais

COERÊNCIA. Harmonia entre situações, acontecimentos ou ideias dentro de um texto. É fator determinante para seu total entendimento.

COERÊNCIA. Harmonia entre situações, acontecimentos ou ideias dentro de um texto. É fator determinante para seu total entendimento. COERÊNCIA Harmonia entre situações, acontecimentos ou ideias dentro de um texto. É fator determinante para seu total entendimento. Subi a porta e fechei a escada. Tirei minhas orações e recitei meus sapatos.

Leia mais

A oração subordinada é aquela que equivale a um advérbio.

A oração subordinada é aquela que equivale a um advérbio. A oração subordinada é aquela que equivale a um advérbio. 1) TEMPORAL 2) CONDICIONAL 3) COMPARATIVA 4) FINAL 5) CAUSAL 6) CONSECUTIVA 7) CONCESSIVA 8) CONFORMATIVA 9) PROPORCIONAL Orações Adverbiais TEMPORAIS

Leia mais

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS Prof. Marcos Lima Língua portuguesa, 9ºano FRASE COMPLEXA Numa frase complexa há duas (ou mais) orações ligadas por uma conjunção (ou locução conjuncional). Ex: Fui à

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS - 9ºA / B : 3º Trimestre -2016

LISTA DE EXERCÍCIOS - 9ºA / B : 3º Trimestre -2016 LISTA DE EXERCÍCIOS - 9ºA / B : 3º Trimestre -2016 ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS / COLOCAÇÃO PRONOMINAL1. Na frase E quando Larissa se agita, é para desobedecer ao pai ou à mãe., temos como incorreta:

Leia mais

Preparação para a. Prova de Aferição. Português. 8.º ano

Preparação para a. Prova de Aferição. Português. 8.º ano Preparação para a Prova de Aferição Português Oo 8.º ano 72 II. Leitura Entrevista A entrevista é um texto conversacional, em que o jornalista, através de perguntas previamente elaboradas (em guião), procura

Leia mais

Durante esse bimestre realizamos atividades como: Resumos, atividades, tarefas, aulas práticas, debate. Grifamos trechos importantes dos textos.

Durante esse bimestre realizamos atividades como: Resumos, atividades, tarefas, aulas práticas, debate. Grifamos trechos importantes dos textos. Aluno (a): Nº ATIVIDADE ENSINO FUNDAMENTAL II Disciplina: ARTE Orientação de estudo Data: Professor (a): AMAURI Série: 9º ANO Turma: Durante esse bimestre realizamos atividades como: Resumos, atividades,

Leia mais

Emprego de palavras e expressões

Emprego de palavras e expressões Emprego de palavras e expressões Livro 01 Prof. Eugênio Torres Módulo 02 POR QUE POR QUÊ PORQUE PORQUÊ o Por que- Emprega-se quando equivale a por qual motivo ou a pelo qual. Usado também no início ou

Leia mais

Colégio Maria Imaculada São Paulo - SP

Colégio Maria Imaculada São Paulo - SP Colégio Maria Imaculada São Paulo - SP Nome: Nº Ano Turma Data: / / Prof.(a):_Giselle EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO PARALELA - GRAMÁTICA ENTREGAR OS EXERCÍCIOS NO DIA DA PROVA DE RECUPERAÇÃO TIRE AS DÚVIDAS

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM DATA DA PROVA: /12/2016 CONTEÚDO:

ROTEIRO DE ESTUDOS DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM DATA DA PROVA: /12/2016 CONTEÚDO: DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM 1) Balanceamento pelo método das tentativas; 2) Leis de Lavoisier e Proust; 3) Cálculo estequiométrico; 4) Estudo dos gases; 5) Soluções Estudo das concentrações;

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS As orações subordinadas adverbiais exercem a função sintática de adjunto adverbial da oração principal. Exemplo: Eles chegaram quando amanhecia.

Leia mais

CURSO INTENSIVO MÓDULO 11 NEXOS

CURSO INTENSIVO MÓDULO 11 NEXOS 1) (I) Certo: o pronome relativo refere-se ao substantivo anterior. (II) Errado: nesse caso, LOGO é adjunto adverbial de tempo, e PORTANTO, conjunção conclusiva. (III) Certo: o sentido permaneceria igual,

Leia mais

Orações adverbiais classificam-se em:

Orações adverbiais classificam-se em: ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS Prof. Daniel Partiremos cedo. AA de tempo Partiremos de manhã. AA de tempo Partiremos quando o sol nascer. O. S. Adv. TEMPORAL Orações adverbiais classificam-se em: PROporcionais

Leia mais

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS

PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS Profª Raquel Sampaio LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA PERÍODO COMPOSTO POR SUBORDINAÇÃO ORAÇÕES ADVERBIAIS Profª. Raquel

Leia mais

CLASSES GRAMATICAIS. Parte 2. Professora Idilvânia

CLASSES GRAMATICAIS. Parte 2. Professora Idilvânia CLASSES GRAMATICAIS Parte 2 Professora Idilvânia 1 Existem 10 Classes Gramaticais Artigo Substantivo Adjetivo Advérbio Preposição Pronomes Verbo Conjunção Numeral Interjeição 2 PRONOME São estruturas que

Leia mais

CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS ADVERBIAIS

CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS ADVERBIAIS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS ADVERBIAIS Causais Introduzem uma ideia de CAUSA. É fundamental relatar que aqui se inicia a relação causa-efeito. Toda causa representa o fato anterior. Já o efeito, o fato posterior.

Leia mais

Lista 6 - Língua Portuguesa 1

Lista 6 - Língua Portuguesa 1 Lista 6 - Língua Portuguesa 1 Períodos compostos LISTA 6 - LP 1 - PERÍODOS COMPOSTOS Períodos compostos Em listas anteriores, vimos alguns conceitos sintáticos importantes para o domínio da norma culta

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 10 Sintaxe III

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 10 Sintaxe III LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 10 Sintaxe III A SUBORDINAÇÃO No período composto por subordinação, há uma que traz presa a si, como dependente, outra ou outras. Dependentes porque cada

Leia mais

H) Final: funciona como adjunto adverbial de finalidade. Conjunções: a fim de que, para que, porque.

H) Final: funciona como adjunto adverbial de finalidade. Conjunções: a fim de que, para que, porque. H) Final: funciona como adjunto adverbial de finalidade. Conjunções: a fim de que, para que, porque. Ex. Ele não precisa do microfone, para que todos o ouçam. I) Proporcional: funciona como adjunto adverbial

Leia mais

PORTUGUÊS CIDA UNIDADE I I. PARTE. Pontuação Atividades: Micro: Prova: Total:

PORTUGUÊS CIDA UNIDADE I I. PARTE. Pontuação Atividades: Micro: Prova: Total: TIPO 2 PORTUGUÊS CIDA 7º UNIDADE I Orientações: Não será aceita a utilização de corretivo; não será permitido o empréstimo de material durante a avaliação; use somente caneta esferográfica azul ou preta;

Leia mais

Grupo Relacional Preposição e Conjunção e a Interjeição

Grupo Relacional Preposição e Conjunção e a Interjeição Grupo Relacional Preposição e Conjunção e a Interjeição 1. Grupo relacional: preposição e conjunção PREPOSIÇÃ O CONJUNÇÃO Características comuns: Ligam palavras ou orações, por isso, são elementos coesivos,

Leia mais

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos

Concurseiro. Espaço do. Português Prof. Joaquim Bispo. Sinta-se a vontade para estudar conosco. O seu espaço de preparação para concursos públicos Espaço do Concurseiro Sinta-se a vontade para estudar conosco Português Prof. Joaquim Bispo O seu espaço de preparação para concursos públicos 1 Aulas Aula Conteúdo Página 1 Emprego das classes e palavras

Leia mais

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS

ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS ORAÇÕES COORDENADAS E SUBORDINADAS FRASE SIMPLES E FRASE COMPLEXA A frase pode ser constituída por uma ou mais orações. Uma oração é a unidade gramatical organizada à volta de um verbo. FRASE SIMPLES E

Leia mais

Os advérbios de intensidade modificam adjetivos e outros advérbios.

Os advérbios de intensidade modificam adjetivos e outros advérbios. São palavras que indicam as circunstâncias em que os fatos ou ações representeados pelo verbo referente acontecem. Os advérbios de intensidade modificam adjetivos e outros advérbios. Indicam tempo, modo,

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO LÍNGUA PORTUGUESA

CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO  LÍNGUA PORTUGUESA CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO www.cenm.com.br 3 o DESAFIO CENM - 2015 LÍNGUA PORTUGUESA 1. Explique o uso do pronome demonstrativo na tira abaixo. Direção: ANO : 5 EF Complete as frases usando adequadamente

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: Daniel. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: Daniel. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: GOIÂNIA, / / 2017. PROFESSOR: Daniel DISCIPLINA: Português SÉRIE: 8 ano ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: - É fundamental

Leia mais

USo da VírGULA. Se o homem soubesse o valor que tem a mulher, andaria de quatro a sua procura.

USo da VírGULA. Se o homem soubesse o valor que tem a mulher, andaria de quatro a sua procura. O USo da VírGULA USo da VírGULA Observe o sentido destas duas frases: Se o homem soubesse o valor que tem a mulher, andaria de quatro a sua procura. Se o homem soubesse o valor que tem, a mulher andaria

Leia mais

Estudante: 8ºAno/Turma: Educador: Suzana Borges C.Curricular: Português Texto 1 o mundo

Estudante: 8ºAno/Turma: Educador: Suzana Borges C.Curricular: Português Texto 1 o mundo Estudante: Educador: Suzana Borges 8ºAno/Turma: C.Curricular: Português 1- Leia. Texto 1 A importância da leitura A prática da leitura se faz presente em nossas vidas desde o momento em que começamos a

Leia mais

26. Lista das conjunções (Aulas 2 e 3: conjunções) Pelo seu significado e pelo nome da conjunção Conjunções são palavras usadas para ligar duas orações na mesma frase. Coordenativas As conjunções coordenativas

Leia mais

PROF. RENATO PORPINO VALORES SEMÂNTICOS SUBORDINATIVOS

PROF. RENATO PORPINO VALORES SEMÂNTICOS SUBORDINATIVOS PROF. RENATO PORPINO VALORES SEMÂNTICOS SUBORDINATIVOS As orações subordinadas adverbiais desempenham a função sintática de adjunto adverbial e são introduzidas por conjunções subordinativas adverbiais.

Leia mais

Aprenda definitivamente a usar a vírgula com 4 regras simples

Aprenda definitivamente a usar a vírgula com 4 regras simples Aprenda definitivamente a usar a vírgula com 4 regras simples André Gazola A vírgula é um dos elementos que causam mais confusão na Língua Portuguesa. Pouca gente sabe, ao certo, onde deve e onde não deve

Leia mais

Orações Subordinadas Adverbiais

Orações Subordinadas Adverbiais Orações Subordinadas Adverbiais Finitas Consoante a natureza da relação existente entre a oração subordinada e a subordinante, aquela pode ser: 1. Temporal situa um acontecimento anterior ou posterior

Leia mais

INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: LÍNGUA PORTUGUESA EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO FINAL 2016

INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: LÍNGUA PORTUGUESA EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO FINAL 2016 INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Fone: (21) 21087900 Rio de Janeiro RJ www.igd.com.br Aluno(a): 2º Ano:C21 Nº Professora: Ricardo Félix Data: / /2016 COMPONENTE

Leia mais

REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE II

REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE II AULA 16.1 REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE II Segunda Geração: os ultrarromânticos O sentimentalismo, a imaginação e o egocentrismo atingiram seu ponto culminante nesta geração, que experimentou as formas

Leia mais

Programa de Educação Continuada (PEC)

Programa de Educação Continuada (PEC) Programa de Educação Continuada (PEC) Curso de Morfossintaxe Odette G.L.Altmann de Souza Campos* Construções que se alternam Ontem vimos Você sair Que você saiu Sua saída Você saindo É preciso Que você

Leia mais

Roteiro de Estudo para Recuperação de Língua Portuguesa

Roteiro de Estudo para Recuperação de Língua Portuguesa Roteiro de Estudo para Recuperação de Língua Portuguesa Professora da Disciplina: Rejane Loli Data: / 09 / 2017 2º TRIMESTRE Aluno (a): Nº: Nota: 8º ano Fundamental II Período: Matutino Atenção: A matéria

Leia mais

Sintaxe do Período Composto

Sintaxe do Período Composto Sintaxe do Período Composto Gramática Material Complementar Saudações, guerreiro (a) do concurso, tudo bem? Aqui é o professor Pablo Jamilk. Nós teremos alguns momentos juntos doravante. Por isso, segure

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 2º SEMESTRE

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 2º SEMESTRE ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 2º SEMESTRE - 2016 Nome: Nº 9º ano Data: / / Professores: Laís Sartori e Nicolas Winck Nota: (Valor 1,0) A - Introdução Neste bimestre, sua média foi inferior

Leia mais

P2-2º BIMESTRE 01.Transforme o adjetivo destacado nos períodos abaixo em uma oração adjetiva equivalente:

P2-2º BIMESTRE 01.Transforme o adjetivo destacado nos períodos abaixo em uma oração adjetiva equivalente: GOIÂNIA, / / 2016 PROFESSOR: Daniel DISCIPLINA:Português SÉRIE:9 ano ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: - É fundamental

Leia mais

Orações e conjunções classificam-se pela relação de sentido estabelecida.

Orações e conjunções classificam-se pela relação de sentido estabelecida. ORAÇÕES SUBORDINADAS ADVERBIAIS Prof. Daniel Partiremos cedo. AA de tempo Partiremos de manhã. AA de tempo Partiremos quando o sol nascer. O. S. Adv. TEMPORAL Orações adverbiais classificam-se em: PROporcionais

Leia mais

Coordenação e subordinação. Porto Editora

Coordenação e subordinação. Porto Editora Coordenação e subordinação Frase simples complexa Frase simples Constituída apenas por um verbo ou por um complexo verbal. Ex.: A Maria brinca muito com o irmão. frase simples (constituída por um verbo)

Leia mais

Leia o poema a seguir, de Carlos Drummond de Andrade, e responda às questões 1 e 2.

Leia o poema a seguir, de Carlos Drummond de Andrade, e responda às questões 1 e 2. PROFESSOR(A): DISCIPLINA: ALUNO(A): Nº SÉRIE: TURMA: TURNO: DATA: / /2017. Leia o poema a seguir, de Carlos Drummond de Andrade, e responda às questões 1 e 2. Ainda que mal Ainda que mal pergunte, ainda

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 39 Conjunções I

Bárbara da Silva. Português. Aula 39 Conjunções I Bárbara da Silva Português Aula 39 Conjunções I Conjunção Além da preposição, há outra palavra que, na frase, é usada como elemento de ligação: a conjunção. Por exemplo: A menina segurou a bola e mostrou

Leia mais

CONJUNÇÕES COORDENATIVAS DANIELE LEITE

CONJUNÇÕES COORDENATIVAS DANIELE LEITE CONJUNÇÕES COORDENATIVAS DANIELE LEITE O QUE É UMA CONJUNÇÃO? Do ponto de vista semântico é uma palavra que traz um sentido nela implícito ( ou mais de um); [exceto a conjunção integrante, que não traz

Leia mais

c) Releia este período e separe as orações. Lembre-se: você nunca mais terá a pele tão sadia (esqueça as espinhas) como a tem hoje.

c) Releia este período e separe as orações. Lembre-se: você nunca mais terá a pele tão sadia (esqueça as espinhas) como a tem hoje. Estudante: Educador: Suzana Borges 8ºAno/Turma: C.Curricular: Português 1-Leia este fragmento. a) Com que a autora parece dialogar? Justifique-se. b) Transcreva do texto uma oração que expresse ideia de

Leia mais

Ex: João bebe menos do que Maria. -> A conjunção DO QUE indica que João bebe uma quantidade inferior à Maria.

Ex: João bebe menos do que Maria. -> A conjunção DO QUE indica que João bebe uma quantidade inferior à Maria. Comparativas Introduzem uma ideia de comparação. Esta comparação pode ser de superioridade, igualdade ou inferioridade. As conjunções mais comuns são (DO) QUE, COMO, CONFORME. Ex.: Agi conforme você agiu.

Leia mais

Índice de quadros. Capítulo 3 Quadro 1 Elenco de conectores contrastivos... 50

Índice de quadros. Capítulo 3 Quadro 1 Elenco de conectores contrastivos... 50 Índice de quadros Capítulo 3 Quadro 1 Elenco de conectores contrastivos.... 50 Quadro 2 Elenco de conectores concessivos na tradição gramatical e em outros estudos 51 Quadro 3 Conectores concessivos e

Leia mais

Orações subordinadas adverbiais. 9º ano Prof. Ana Santa Felicidade

Orações subordinadas adverbiais. 9º ano Prof. Ana Santa Felicidade Orações subordinadas adverbiais 9º ano Prof. Ana Santa Felicidade CAUSAL: causa, motivo. ** porque, visto que, já que Ex.: Viajaram ontem porque tinham tempo. COMPARATIVA: ideia de comparação. ** como,

Leia mais

INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: LÍNGUA PORTUGUESA EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO PARCIAL 2016

INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: LÍNGUA PORTUGUESA EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO PARCIAL 2016 INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Fone: (21) 21087900 Rio de Janeiro RJ www.igd.com.br Aluno(a): 9º Ano: Nº Professora: Luciana Arleu Data: / /2016 COMPONENTE CURRICULAR:

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL (EXERCÍCIOS) Qual a frase com erro de concordância? a) Para o grego antigo a origem de tudo se deu com o caos.

CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL (EXERCÍCIOS) Qual a frase com erro de concordância? a) Para o grego antigo a origem de tudo se deu com o caos. CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL (EXERCÍCIOS) Qual a frase com erro de concordância? a) Para o grego antigo a origem de tudo se deu com o caos. b) Do caos, massa informe, nasceu a terra, ordenadora e mãe

Leia mais

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 8º Ano Profª: Margareth Rodrigues Dutra Disciplina: Língua Portuguesa Aluno(a): Ilhas do Pacífico.

COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 8º Ano Profª: Margareth Rodrigues Dutra Disciplina: Língua Portuguesa Aluno(a): Ilhas do Pacífico. COLÉGIO SHALOM Ensino Fundamental 8º Ano Profª: Margareth Rodrigues Dutra Disciplina: Língua Portuguesa Aluno(a): TRABALHO DE RECUPERAÇÃO Data de entrega: 18/12/14 Questão 1- Leia o trecho a seguir. Ilhas

Leia mais

SINTAXE DA ORAÇÃO E PERÍODO

SINTAXE DA ORAÇÃO E PERÍODO SINTAXE DA ORAÇÃO E PERÍODO Frase, oração e período. Frase: É o enunciado com sentido completo, capaz de fazer uma comunicação - Atenção! -Ontem choveu. - Cuidado! - A moça atravessava a rua. Nem toda

Leia mais

CONJUNÇÕES E AS RELAÇÕES NO TEXTO

CONJUNÇÕES E AS RELAÇÕES NO TEXTO CONJUNÇÕES E AS RELAÇÕES NO TEXTO Classificação Aditivas (adição, soma): e, nem, mas, também. Adversativas ( oposição, contraste): mas, porém, contudo, todavia, entretanto. Classificação Alternativas (

Leia mais

AVALIAÇÃO FORMATIVA A GRAMÁTICA NOS EXAMES. 1. A seguinte lista de palavras inclui quatro conjunções. Assinala-as com X. enquanto

AVALIAÇÃO FORMATIVA A GRAMÁTICA NOS EXAMES. 1. A seguinte lista de palavras inclui quatro conjunções. Assinala-as com X. enquanto Ano Lectivo 2008 / 2009 AVALIAÇÃO FORMATIVA LÍNGUA PORTUGUESA 9ºANO A GRAMÁTICA NOS EXAMES 1. A seguinte lista de palavras inclui quatro conjunções. Assinala-as com X. isto ou por portanto quase de tudo

Leia mais

NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco

NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco NONA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET Professora: Sandra Franco Período Composto 1.Orações Subordinadas Adverbiais. 2. Apresentação das conjunções adverbiais mais comuns. 3. Orações Reduzidas. As orações subordinadas

Leia mais

Subordinação X Coordenação

Subordinação X Coordenação ORAÇÕES COORDENADAS Prof. Daniel Subordinação X Coordenação A coordenação se caracteriza por independência sintática: - Reitor da USP declara que os funcionários não receberão aumento. (OSSOD) - Reitor

Leia mais

COORDENAÇÃO E SUBORDINAÇÃO Exercícios

COORDENAÇÃO E SUBORDINAÇÃO Exercícios PORTUGUÊS 9ºAno Prof. António Alves COORDENAÇÃO E SUBORDINAÇÃO Exercícios 1.Distingue as frases simples das frases complexas. Coloca uma cruz na coluna adequada. Frases Simples complexa a) O Pedro foi

Leia mais

FORMAS NOMINAIS. GERÚNDIO - indica uma ação verbal incompleta ou prolongada e possui a terminação -NDO.

FORMAS NOMINAIS. GERÚNDIO - indica uma ação verbal incompleta ou prolongada e possui a terminação -NDO. 3º ANO FORMAS NOMINAIS Para falarmos sobre as formas nominais do verbo, é importante sabermos o porquê desta denominação, ou seja, em certas circunstâncias, este verbo pode assumir o papel de um nome :

Leia mais