CD-400 Somador de Sinal

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CD-400 Somador de Sinal"

Transcrição

1

2 CD-400 Parabéns por ter adquirido um dos produtos da empresa Fertron, uma empresa que tem orgulho de ser brasileira, atendendo clientes em todo o território nacional e também em diversos países. Nossa meta é oferecer produtos e serviços sempre com ótima qualidade, com o mais alto nível de suporte técnico e pós-venda, treinamentos na Fertron ou in-company além do atendimento 24 horas, colocando o cliente sempre em primeiro lugar. TERMO DE GARANTIA Este produto está garantido contra defeitos de fabricação por um período de 18 (dezoito) meses, a contar da data da nota fiscal de saída do produto. A GARANTIA PERDE SUA VALIDADE SE: 1. O defeito apresentado for ocasionado por uso indevido ou em desacordo com o seu manual de instruções e/ou orientações para o uso; 2. O produto for alterado, violado ou consertado por pessoa não autorizada pela Fertron; 3. O produto for ligado à fonte de energia (rede elétrica, bateria, gerador etc.) de ca racterísticas diferentes das recomendadas no manual de instruções e/ou no produto. 4. O número de série que identifica o produto estiver de alguma forma adulterado ou rasurado e/ou sem serial. ITENS NÃO COBERTOS PELA GARANTIA: 1. Defeitos decorrentes do descumprimento do manual de instruções do produto e/ou orientações para o uso, de casos fortuitos ou de força maior, bem como aqueles causados por agentes da natureza e acidentes. 2. Defeitos decorrentes do uso dos produtos em desacordo com o uso recomendado. 3. Despesas com transporte do produto. OBS: As condições de garantia de produtos revisados/consertados pela Fertron são as mesmas acima, com exceção ao período de vigência, que é de 3 (três) meses, a contar da data da nota fiscal de saída do produto.

3 Introdução CD-400 A CD-400 fornece em sua saída, sinal padronizado, com valor proporcional ao número de sensores ativos, conectados às suas entradas digitais. Possui até 10 entradas digitais isoladas opticamente, nas quais podem ser conectados sensores com saída em coletor aberto, contato seco, nível de tensão assim como STF-2500C e o STF-2500B e outros. Fornece tensão de alimentação para sensores, simplificando os projetos de aplicações, entre as possíveis aplicações, destaca-se a medição e controle de nível de materiais diversos em função do tipo de sensor utilizado. Segue algumas características: CD-400 é construído em caixa blindada para montagem em campo. CD-400 foi desenvolvido utilizando tecnologia SMD, o que permite a redução de seu tamanho. CD-400 apresenta 10 entradas digitais de 24V, uma saída analógica e comunicação serial. Figura Vista Frontal do CD-400

4 CD-400 Comunicação serial Modbus RTU O protocolo de comunicação serial empregado na CD -400 é o Modbus RTU. O equipamento atua na linha como um escravo, respondendo às solicitações de um mestre, que pode ser um controlador ou sistema supervisório. A CD-400 permite a configuração de seu endereço através da chave dip-switch existente em seu interior. Cada equipamento deve assumir um endereço único na linha serial, sendo que a CD-400 pode ser configurado para qualquer endereço entre 0 e 63. O sistema de comunicação da CD-400 usa o padrão RS-485 como meio físico. Utiliza frame de 8 bits, 1 bit de stop, 1 bit de start, paridade par e não necessita de controle de fluxo. Pode ser configurado para baud-rates de 9600 bps, bps, bps e bps. Para conexão a microcomputadores PC (padrão RS-232C), é necessária uma interface RS-232C para RS-485. Este equipamento (modelo RS-400 ou cabo de programação FSHPRG) também é disponibilizado pela Fertron. Configuração da chave dip-switch DIP1 O endereço do equipamento é composto pela soma dos valores associados às chaves ligadas. Por exemplo, para que um equipamento tenha o endereço 27, deve-se ligar as chaves a4, a3, a1 e a0 ( =27). Figura 1.2 Identificação do endereço

5 Ligação Elétrica CD-400 Alimentação Interna para sensores: Fazer jumper ( C ) comum com ( - ) negativo. Na borneira interna existem alimentação para sensores, com consumo maximo de corrente de 20mA cada. Conforme exemplo abaixo: Figura Esquema de Alimentação dos Sensores. Alimentação Externa para sensores: Não fazer jumper ( C ) comum com ( - ) negativo, fechar negativo da fonte externa com negativo da borneira. Quando o consumo do sensor for maior que 20mA cada, deverão ser alimentados por uma fonte externa, como mostrado na figura abaixo: Figura 1.4 Esquema de Alimentação externa para os Sensores.

6 CD-400 Alimentação Alimentação da CD-400 Figura 1.5 Diagrama de alimentação do CD400. Comunicação serial e saída de corrente Figura 1.6 Diagrama de comunicação serial.

7 Configuração das entradas digitais CD-400 Para configurar a quantidade de sensores, deve-se acionar o sensor que será o último (100%) e pressionar a chave táctil K1 na placa da CPU. Feito a configuração da quantidade de sensores, a saída analógica será configurada automaticamente, de acordo com a tabela abaixo. Tabela 1.1 Valores de teste de calibração da saída analógica (4-20mA) Mapa de memória para parametrização e configuração. É importante o conhecimento da localização das variáveis no espaço de memória da CD-400, de forma a permitir que outros equipamentos tenham acesso aos seus dados via comunicação serial, estão presentes no mapa de memória a seguir diversos parâmetros relacionados a saída e tais como ganhos e bias, além de áreas de memória para uso da configuração de controle digital. Tabela Mapa de memórias para parametrização e configuração

8 CD-400 Especificações Técnicas Dimensões Alimentação Saída L x A x P Tensão Vac com sel. auto a 50 o C máx. Frequência 50/60Hz Fusível Micro 0,5A Entradas Digitais Saídas Digitais 220 x 120 x 80mm 10 opto-isoladas, 24 Vdc 4-20mA, impedância máx. 750ohms Erro máximo: + 0,04mA Hardware Comunicação Armazenamento de programa RS-485, protocolo Modbus RTU Memórias Flash e NVRAM 9600 bps, bps, bps, ou bps A tabela 1.3 Especificações Técnicas. Desenho Dimensional Matriz: Sertãozinho - SP - Brasil Av. César Mingossi, CXP 512 Bairro: Jd. das Palmeiras CEP Tel.: / Fax.: / Depto. Comércio Exterior -

Descrição Geral 04. Descrição Geral 05. Programação 06. Funcionamento 07. Funcionamento 08. Funcionamento 09. Funcionamento 10

Descrição Geral 04. Descrição Geral 05. Programação 06. Funcionamento 07. Funcionamento 08. Funcionamento 09. Funcionamento 10 Parabéns por ter adquirido um dos produtos da empresa Fertron, uma empresa que tem orgulho de ser brasileira, atendendo clientes em todo o território nacional e também em diversos países. Nossa meta é

Leia mais

Este produto está garantido contra defeito de fabricação por um período de 18 (dezoito) meses, a contar da data da nota fiscal de saída do produto.

Este produto está garantido contra defeito de fabricação por um período de 18 (dezoito) meses, a contar da data da nota fiscal de saída do produto. Parabéns por ter adquirido um dos produtos da Fertron, uma empresa que tem orgulho de ser brasileira, atendendo clientes em todo o território nacional e também em diversos países. Nossa meta é oferecer

Leia mais

ABB Automação. 13.82kV 119.4kA. 13.81kV 121.3kA. 13.85kV 120.2kA IDR 144 INDICADOR DIGITAL REMOTO MODO DE USO

ABB Automação. 13.82kV 119.4kA. 13.81kV 121.3kA. 13.85kV 120.2kA IDR 144 INDICADOR DIGITAL REMOTO MODO DE USO IDR 144 INDICADOR DIGITAL REMOTO MODO DE USO 13.82kV 119.4kA 13.81kV 121.3kA 13.85kV 120.2kA Dados Técnicos Conexões elétricas Utilização do teclado Protocolo de comunicação Modbus RTU Dimensional ABB

Leia mais

Relé de Proteção do Motor RPM ANSI 37/49/50/77/86/94 CATÁLOGO. ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5

Relé de Proteção do Motor RPM ANSI 37/49/50/77/86/94 CATÁLOGO. ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 CATÁLOGO ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Relé de Proteção de Motores RPM foi desenvolvido para supervisionar até 2 (dois) grupos ventiladores/motores simultaneamente, é utilizado

Leia mais

Monitor de Nível de Óleo para Transformadores - MNO

Monitor de Nível de Óleo para Transformadores - MNO ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Monitor de Nível de Óleo para Transformadores e reatores MNO, é um equipamento microprocessado de alta precisão que indica o nível de óleo em escala

Leia mais

Multimedidores Inteligentes IDM96 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun

Multimedidores Inteligentes IDM96 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun Multimedidores Inteligentes IDM96 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf ABB Automação Hartmann & Braun Índice 1. IBIS_BE_CNF - DEFINIÇÃO... 3 2. INSTALAÇÃO... 3 2.1. PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO... 3 3.

Leia mais

Easy Lab. Manual do usuário Revisão 1.2 01/11/14. www.dma.ind.br. DMA Electronics 1

Easy Lab. Manual do usuário Revisão 1.2 01/11/14. www.dma.ind.br. DMA Electronics 1 Easy Lab Manual do usuário Revisão 1.2 01/11/14 www.dma.ind.br DMA Electronics 1 A DMA ELECTRONICS projeta e fabrica sistemas para aquisição e registro de dados com conexão a um computador do tipo PC.

Leia mais

Monitor de Temperatura M96

Monitor de Temperatura M96 ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura M96 foi desenvolvido para supervisionar até 8 (oito) canais de temperatura simultaneamente, ele é utilizado para proteger

Leia mais

INDICADOR DE POSIÇÃO DE TAP DIGITAL - IPTE

INDICADOR DE POSIÇÃO DE TAP DIGITAL - IPTE Catálogo Técnico INDICADOR DE POSIÇÃO DE TAP DIGITAL - IPTE CATÁLOGO TÉCNICO ÍNDICE CATÁLOGO TÉCNICO... 1 INTRODUÇÃO... 2 PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS... 2 DADOS TÉCNICOS... 3 ENSAIOS DE TIPO REALIZADOS...

Leia mais

Modo Execução. Modo Parametrizacão

Modo Execução. Modo Parametrizacão 1/7 Introdução O HM206 é um indicador para operar com comunicações RS485. O HM206 pode operar como escravo (slave) de rede fornecendo os dados ou operando comandado por outros sistemas ou como mestre (master)

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO CAIXA DE CALIBRAÇÃO DE RELÉS MODELO: HMCCR-100

MANUAL DE OPERAÇÃO CAIXA DE CALIBRAÇÃO DE RELÉS MODELO: HMCCR-100 MANUAL DE OPERAÇÃO CAIXA DE CALIBRAÇÃO DE RELÉS MODELO: HIGHMED SOLUÇÕES EM TECNOLOGIA DE MEDIÇÃO LTDA Av Vila Ema, 3863 Conj 4 Vila Ema São Paulo SP CEP: 032.81-001 PABX: (11) 2717-7760 Email: vendas@highmed.com.br

Leia mais

Placa Acessório Modem Impacta

Placa Acessório Modem Impacta MANUAL DO USUÁRIO Placa Acessório Modem Impacta Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. A Placa Modem é um acessório que poderá ser utilizado em todas as centrais

Leia mais

Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun

Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf. ABB Automação. Hartmann & Braun Multimedidores Inteligentes MGE G3 Modo de uso do software IBIS_BE_cnf ABB Automação Hartmann & Braun Índice 1. IBIS_BE_CNF - DEFINIÇÃO... 3 2. INSTALAÇÃO... 3 2.1. PRÉ-REQUISITOS PARA INSTALAÇÃO... 3

Leia mais

Porteiro eletrônico Modelo XPE 1001 T

Porteiro eletrônico Modelo XPE 1001 T MANUAL DO USUÁRIO Porteiro eletrônico Modelo XPE 1001 T Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e a segurança Intelbras. O porteiro eletrônico XPE 1001 T possui viva-voz, saída para

Leia mais

Relés de Proteção Térmica Simotemp

Relés de Proteção Térmica Simotemp Relés de Proteção Térmica Simotemp Confiabilidade e precisão para controle e proteção de transformadores Answers for energy. A temperatura é o principal fator de envelhecimento do transformador Os relés

Leia mais

Cabeça de Rede de Campo PROFIBUS-DP

Cabeça de Rede de Campo PROFIBUS-DP Descrição do Produto O módulo, integrante da Série Ponto, é uma cabeça escrava para redes PROFIBUS-DP do tipo modular, podendo usar todos os módulos de E/S da série. Pode ser interligada a IHMs (visores

Leia mais

Conversor Ethernet Serial CES-0200-XXX-XX. Manual V3.9

Conversor Ethernet Serial CES-0200-XXX-XX. Manual V3.9 Conversor Ethernet Serial CES-0200-XXX-XX Manual V3.9 Parabéns! Você acaba de adquirir o Conversor Ethernet Serial CES-0200 que orgulhosamente foi desenvolvido e produzido no Brasil. Este é um produto

Leia mais

ANSI - 23 26 45 49 49I 62 74 77 94

ANSI - 23 26 45 49 49I 62 74 77 94 ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/7 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura MASTERTEMP foi desenvolvido para monitorar a temperatura de óleo e enrolamento, comandar a ventilação e proteger transformadores

Leia mais

Monitor de Temperatura MONITEMP

Monitor de Temperatura MONITEMP ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/5 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura MoniTemp foi desenvolvido para supervisionar até 3 (três) canais de temperatura simultaneamente, ele é utilizado para proteger

Leia mais

CONTROLADOR DIGITAL Multi-Loop. smar

CONTROLADOR DIGITAL Multi-Loop. smar CONTROLADOR DIGITAL Multi-Loop 5 INTRODUÇÃO O CD600 é um poderoso controlador digital de processos, capaz de controlar simultaneamente até malhas de controle, com até 8 blocos PID e mais de 20 blocos de

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Conversor USB P/ RS-232/422/485 Modelo D501 Revisão 2

MANUAL DE INSTRUÇÕES. Conversor USB P/ RS-232/422/485 Modelo D501 Revisão 2 MANUAL DE INSTRUÇÕES Conversor USB P/ RS-232/422/485 Modelo D501 Revisão 2 CONTEMP IND. COM. E SERVIÇOS LTDA. Al. Araguaia, 204 - CEP 09560-580 São Caetano do Sul - SP - Brasil Fone: 11 4223-5100 - Fax:

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE UNIDADES REMOTAS PARA CONEXÃO COM SISTEMA SUPERVISÓRIO

TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE UNIDADES REMOTAS PARA CONEXÃO COM SISTEMA SUPERVISÓRIO 1 OBJETIVO... 2 2 REMOTA... 2 2.1 DESCRIÇÃO GERAL... 2 2.2 ALIMENTAÇÃO... 2 2.3 RELÓGIO INTERNO... 2 2.4 ENTRADA DE PULSOS... 2 2.5 ENTRADA DIGITAL AUXILIAR... 2 2.6 REGISTRO DA CONTAGEM DE PULSOS (LOG)

Leia mais

PROGRAMAÇÃO E INSTALAÇÃO RAMAL CELULAR

PROGRAMAÇÃO E INSTALAÇÃO RAMAL CELULAR MANUAL DE PROGRAMAÇÃO E INSTALAÇÃO RAMAL CELULAR Bem-vindo! Obrigado por adquirir o RAMAL CELULAR GSM. Antes de instalar e acionar o equipamento, leia atentamente as instruções deste manual. Introdução

Leia mais

Notas de Aplicação. Utilização do conversor RS232/RS485 (PMC712) com controladores HI. HI Tecnologia. Documento de acesso público

Notas de Aplicação. Utilização do conversor RS232/RS485 (PMC712) com controladores HI. HI Tecnologia. Documento de acesso público Notas de Aplicação Utilização do conversor RS232/RS485 (PMC712) com controladores HI HI Tecnologia Documento de acesso público ENA.00034 Versão 1.01 março-2015 HI Tecnologia Utilização do conversor RS232/RS485

Leia mais

Nota de Aplicação Como utilizar o controlador HX como conversor CODI ABNT para MODBUS RTU ou TCP / IP

Nota de Aplicação Como utilizar o controlador HX como conversor CODI ABNT para MODBUS RTU ou TCP / IP Nota de Aplicação Como utilizar o controlador HX como conversor CODI ABNT para MODBUS RTU ou TCP / IP É utilizar os controladores HX600 / 900 / 901 como conversor CODI ABNT para MODBUS. Schneider Electric

Leia mais

DSI-500 I - INTRODUÇÃO

DSI-500 I - INTRODUÇÃO I - INTRODUÇÃO O indicador universal é um instrumento destinado à leitura e exibição de variáveis de processos, com um design moderno e elegante. O display do equipamento, com cinco dígitos numéricos em

Leia mais

RS-ETH I -INTRODUÇÃO. Figura I.1 Módulo RS-ETH. Manual do Módulo Convensor RS-ETH. Controle e Automação Industrial

RS-ETH I -INTRODUÇÃO. Figura I.1 Módulo RS-ETH. Manual do Módulo Convensor RS-ETH. Controle e Automação Industrial I -INTRODUÇÃO O módulo conversor RS-485 para Ethernet é um equipamento que permite dar conectividade em redes ethernet 10Mb/s via protocolo Modbus/TCP a equipamentos Fertron que se comuniquem via RS-485

Leia mais

PROGRAMAÇÃO E INSTALAÇÃO

PROGRAMAÇÃO E INSTALAÇÃO MANUAL DE PROGRAMAÇÃO E INSTALAÇÃO DUALINE Bem-vindo! Obrigado por adquirir o GRAVADOR DE CHAMADAS mono canal. Antes de instalar e acionar o equipamento, leia atentamente as instruções deste manual. Acessórios

Leia mais

HXM 500. Módulo de Expansão Híbrido para as famílias ZAP900/ZAP91X. Apresentação. Diagrama esquemático. Dados Técnicos

HXM 500. Módulo de Expansão Híbrido para as famílias ZAP900/ZAP91X. Apresentação. Diagrama esquemático. Dados Técnicos Módulo de Expansão Híbrido para as famílias ZAP900/ZAP91X Apresentação O módulo HXM500 é uma placa de expansão híbrida desenvolvida para as famílias de controladores ZAP900 e ZAP91X. Disponibiliza 17 pontos

Leia mais

CDE4000 MANUAL 1. INTRODUÇÃO 2. SOFTWARE DE CONFIGURAÇÃO 3. COMUNICAÇÃO

CDE4000 MANUAL 1. INTRODUÇÃO 2. SOFTWARE DE CONFIGURAÇÃO 3. COMUNICAÇÃO CDE4000 MANUAL 1. INTRODUÇÃO O controlador CDE4000 é um equipamento para controle de demanda e fator de potência. Este controle é feito em sincronismo com a medição da concessionária, através dos dados

Leia mais

Módulo FGM721. Controlador P7C - HI Tecnologia

Módulo FGM721. Controlador P7C - HI Tecnologia Automação Industrial Módulo Controlador P7C - HI Tecnologia 7C O conteúdo deste documento é parte do Manual do Usuário do controlador P7C da HI tecnologia (PMU10700100). A lista de verbetes consta na versão

Leia mais

MANUAL CONVERSOR ETHERNET SERIAL

MANUAL CONVERSOR ETHERNET SERIAL MANUAL CONVERSOR ETHERNET SERIAL Versão 1.0 Dezembro 2011 Infinium Automação Industrial Ltda Telefone: (45) 3038-3239 Site: email: contato@infiniumautomacao.com.br 1. APRESENTAÇÃO O equipamento foi projetado

Leia mais

Manual do usuário IPR 8000

Manual do usuário IPR 8000 Manual do usuário IPR 8000 IPR 8000 Porteiro residencial Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. O porteiro residencial IPR 8000 possui saída para fechadura

Leia mais

3. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

3. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 3. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS 3.2 CARACTERÍSTICAS DE SOFTWARE 1. CARACTERÍSTICAS O CLG535R é um controlador programável que integra os principais recursos empregados em uma automação industrial. Dispõe integrado

Leia mais

KPF08 e KPF-12. Controladores de Fator de Potência. [1] Introdução. [4] Grandezas medidas. [2] Princípio de funcionamento.

KPF08 e KPF-12. Controladores de Fator de Potência. [1] Introdução. [4] Grandezas medidas. [2] Princípio de funcionamento. [1] Introdução Controladores de fator de potência são instrumentos utilizados para medição e compensação de potência reativa em instalações elétricas. O fator de potência, definido pela razão entre potência

Leia mais

Matriz seletora VGA/WXGA & Controle RS-232. 8 x 8 TRANSCORTEC STATUS OUTPUT 2

Matriz seletora VGA/WXGA & Controle RS-232. 8 x 8 TRANSCORTEC STATUS OUTPUT 2 MX-88 Matriz seletora VGA/WXGA & Controle RS-232 8 x 8 TRANSCORTEC STATUS OUTPUT 2 1 3 4 5 6 7 8 INPUT AUDIO IN AUDIO OUT 1 2 3 4 5 6 7 8 1 2 3 4 5 6 7 8 AC IN VGA/WXGA OUT 1 VGA/WXGA OUT 2 VGA/WXGA OUT

Leia mais

Manual Técnico Interface Modbus

Manual Técnico Interface Modbus Manual Técnico Interface Modbus RTA Interface Modbus 05/2007-1 - Histórico de Revisões Ver. Num. Data Responsável Observações 1.000 17/05/07 Marcos Romano Criação Inicial RTA Rede de Tecnologia Avançada

Leia mais

Electron do Brasil. Tecnologia ao seu alcance. Tecnologia Digital. www.electrondobrasil.com. Catálogo Monitemp - rev3. Qualidade Comprovada!

Electron do Brasil. Tecnologia ao seu alcance. Tecnologia Digital. www.electrondobrasil.com. Catálogo Monitemp - rev3. Qualidade Comprovada! Electron do Brasil Tecnologia Digital Qualidade Comprovada! Ensaios de Tipo Realizados Tecnologia ao seu alcance Catálogo Monitemp - rev3 Produtos Certificados! www.electrondobrasil.com O Monitor de Temperatura

Leia mais

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL

CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL CENTRAL DE ALARME BRISA 8 VOZ / BRISA 8 SINAL CARACTERÍSTICAS BÁSICAS 8 Zonas programáveis sendo 4 mistas, ou seja, com fio e sem fio e 4 com fio; 1 senha mestre; 1 senha de usuário; Entrada para teclado

Leia mais

3.1.6 Entradas digitais Quantidade: 8. Tipo: NPN / PNP conforme configuração, dividida em 2 grupos de 4 entradas. Impedância de entrada: 8.8KΩ.

3.1.6 Entradas digitais Quantidade: 8. Tipo: NPN / PNP conforme configuração, dividida em 2 grupos de 4 entradas. Impedância de entrada: 8.8KΩ. 8 Tecla Cancelar. Utilizado para retorno de nível de programação. 9 Tecla Enter. Utilizado para acessar programação. Obs.: Todas as teclas podem ser utilizadas no diagrama Ladder. 3. CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS

Leia mais

Permite a acumulação de valores, zeramento e auto calibração. Não perdem os valores acumulados por ocasião das quedas de energia.

Permite a acumulação de valores, zeramento e auto calibração. Não perdem os valores acumulados por ocasião das quedas de energia. Contador Digital de Eventos Série ZCE-S Descrição do Produto Equipamento microprocessado que permite conexão com dispositivos geradores de pulsos (encoders lineares ou rotativos, sensores ópticos, indutivos

Leia mais

Guia Rápido de Instalação

Guia Rápido de Instalação Guia Rápido de Instalação Modelo: M151RW3 www.pixelti.com.br -MOBI Parabéns! Você acaba de adquirir o ROTEADOR WIRELESS M151RW3 com qualidade e garantia PIXEL TI. Este guia irá ajudá-lo a utilizar o seu

Leia mais

Monitor de Temperatura Digital para transformadores MONITEMP PLUS

Monitor de Temperatura Digital para transformadores MONITEMP PLUS ELECTRON TECNOLOGIA DIGITAL LTDA Página 1/6 INTRODUÇÃO O Monitor de Temperatura MoniTemp Plus foi desenvolvido para monitorar a temperatura de óleo e enrolamento, comandar a ventilação e proteger transformadores

Leia mais

IPR 8000. Porteiro residencial MANUAL DO USUÁRIO

IPR 8000. Porteiro residencial MANUAL DO USUÁRIO IPR 8000 Porteiro residencial MANUAL DO USUÁRIO Porteiro residencial Modelo IPR 8000 Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e a segurança Intelbras-Maxcom. O porteiro residencial

Leia mais

Módulo de Comunicação

Módulo de Comunicação Descrição do Produto O módulo de comunicação é a interface de comunicação da Série FBs que adiciona 2 portas de comunicação as UCPs da Série FBs. O módulo ativa as portas de comunicação PORT3 (RS-232)

Leia mais

Guia de Instalação Rápida PLC KL320. Keylogix, abrindo portas para a automação industrial. KEYLOGIX

Guia de Instalação Rápida PLC KL320. Keylogix, abrindo portas para a automação industrial. KEYLOGIX Guia de Instalação Rápida PLC KL320 Keylogix, abrindo portas para a automação industrial. KEYLOGIX 1. Cuidados Iniciais Prezado cliente, você está recebendo o PLC KL320, um Controlador Lógico Programável,

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL - INMETRO Portaria INMETRO/DIMEL/Nº 135, de 18 de agosto de 2005.

Leia mais

Sistema de Monitoramento e Supervisão de Vibração HYMV05

Sistema de Monitoramento e Supervisão de Vibração HYMV05 Sistema de Monitoramento e Supervisão de Vibração Revisão 1 Mai2005 O é um sistema inteligente de Monitoramento, Aquisição de Dados e Supervisão Local para utilização com os softwares da linha Dynamic.

Leia mais

M A N U A L DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Compressores de ar D 1 / D 2 / D 3

M A N U A L DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO. Compressores de ar D 1 / D 2 / D 3 Rev.03-06/23 M A N U A L DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Compressores de ar D 1 / D 2 / D 3 Rua Major Carlos Del Prete, 19 - Bairro Cerâmica CEP 09530-0 - São Caetano do Sul - SP - Brasil Fone/Fax: (11) 4224-3080

Leia mais

IDM 96 Indicador Digital Multivariáveis

IDM 96 Indicador Digital Multivariáveis IDM 96 Indicador Digital Multivariáveis Modo de uso Dados Técnicos Conexões elétricas Utilização do teclado Protocolo de comunicação Modbus RTU Dimensional ABB Instrumentação 1 Dados Técnicos Entrada Tensão

Leia mais

Horímetro Digital H100-A HNI

Horímetro Digital H100-A HNI MANUAL DE OPERAÇÃO Horímetro Digital H100-A HNI Programa Executivo: H100A HNI v.1.2 Modelos: 220VAC, 127VAC, 24VAC e 12-24VDC 40-000-0101 Rev. C dezembro 2008. ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO:... 3 2. INSTALAÇÃO

Leia mais

GPRS Universal. Manual do Instalador. C209994 - Rev 0

GPRS Universal. Manual do Instalador. C209994 - Rev 0 GPRS Universal Manual do Instalador C209994 - Rev 0 » Introdução: Antes da instalação deste produto, recomendamos a leitura deste manual, que contém todas as informações necessárias para a correta instalação

Leia mais

1. EZ300 GENESIS II - 1 -

1. EZ300 GENESIS II - 1 - EZ300 GENESIS II 1. EZ300 GENESIS II O EZ300 GENESIS II é uma solução competitiva para acesso a serviços de terminal Windows, Linux e a emuladores terminais diversos. Possui um desenho arrojado e formato

Leia mais

Guia de instalação TIP 100 LITE

Guia de instalação TIP 100 LITE Guia de instalação TIP 100 LITE Telefone IP Intelbras TIP 100 LITE Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. O TIP 100 LITE é um telefone IP de alta qualidade de

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES Indicador Microprocessado - IT-IND-2S-LC INFORMAÇÕES DO PRODUTO. Versão: 1.xx / Rev. 03

MANUAL DE INSTRUÇÕES Indicador Microprocessado - IT-IND-2S-LC INFORMAÇÕES DO PRODUTO. Versão: 1.xx / Rev. 03 1 Introdução: Os indicadores possuem uma entrada analógica configurável por software, que permite a conexão de diverstos tipos de sensores de temperatura e outras grandezas elétricas sem a necessidade

Leia mais

Placa Acessório Modem Impacta

Placa Acessório Modem Impacta manual do usuário Placa Acessório Modem Impacta Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. A Placa Modem é um acessório que poderá ser utilizado em todas as centrais

Leia mais

5. Operação. 5.1. Reconhecimento do alarme. 5.2. Temporizador de disparo das saídas. 5.3. Reinicialização do sistema de alarme

5. Operação. 5.1. Reconhecimento do alarme. 5.2. Temporizador de disparo das saídas. 5.3. Reinicialização do sistema de alarme 5. Operação 5.1. Reconhecimento do alarme Obs.: pressione a tecla Reinicia Sirene (interna) para silenciar o bip interno. Siga os procedimentos internos de segurança. O alarme geral pode ser acionado a

Leia mais

Guia de instalação VIP E2200

Guia de instalação VIP E2200 Guia de instalação VIP E2200 VIP E2200 Câmera IP Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. A câmera IP Intelbras VIP E2200 é uma câmera de segurança com resolução

Leia mais

Guia Rápido de Instalação. Modelo M151RW2

Guia Rápido de Instalação. Modelo M151RW2 Guia Rápido de Instalação Modelo M151RW2 2 3 SUMÁRIO INTRODUÇÃO 3 DICAS DE INSTALAÇÃO 3 Parabéns! Você acaba de adquirir o Roteador M151RW2 com qualidade e garantia Pixel TI. Este guia rápido irá ajudá-lo

Leia mais

Manual do Usuário - NKPROX

Manual do Usuário - NKPROX Manual do Usuário NKPROX Manual do Usuário - NKPROX Neokoros TI - Biometric Technology Índice 1 - Apresentação e Características Gerais...3 2 - Placa BMC - Especificações...4 2.1 - Conectores (pinagem

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO ETHERNET BOX MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO E.P.M. Tecnologia e Equipamentos Ltda. Av. Comendador Gumercindo Barranqueiros, 285 Jardim Samambaia - Jundiaí SP CEP: 13211-410 Telefone (0xx11) 4582-5533

Leia mais

Ligação da rede elétrica 19. Visão lateral fonte. Rede (100 ~240 Vac) 60 Hz. Neutro (Azul Claro 1,5 mm 2 ) Fase (Preto 1,5 mm 2 ) Visão frontal

Ligação da rede elétrica 19. Visão lateral fonte. Rede (100 ~240 Vac) 60 Hz. Neutro (Azul Claro 1,5 mm 2 ) Fase (Preto 1,5 mm 2 ) Visão frontal Ligação da rede elétrica A ligação com a rede elétrica é feita diretamente no módulo placa do carregador e conexões INC 2000, conforme a figura a seguir: Visão lateral fonte Terra (Verde 1,5 mm 2 ) Visão

Leia mais

Microregistradora TMS-44

Microregistradora TMS-44 Microregistradora TMS-44 MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.0 Manual do Usuário Microregistradora TMS-44 Edição de Outubro de 2008 Este manual tem caráter técnico-informativo, sendo propriedade da SWEDA. Todos

Leia mais

SISTEMA DE MONITORAMENTO DIGITAL

SISTEMA DE MONITORAMENTO DIGITAL SISTEMA DE MONITORAMENTO DIGITAL Módulos para automação Características gerais - Processamento independente - Possui alerta sonoro e luminoso de falta de conexão - Não precisa ser configurado (Plug and

Leia mais

2. MODELOS DISPONÍVEIS

2. MODELOS DISPONÍVEIS Manual de Serviço Este manual descreve a instalação, o uso e a configuração do Medidor Eletrônico de Insumos (MEI). 1. CARACTERÍSTICAS O Medidor Eletrônico de Insumos (MEI) é um equipamento desenvolvido

Leia mais

ANUNCIADOR DE ALARME AL-2003

ANUNCIADOR DE ALARME AL-2003 AL-2003 Manual do usuário Anunciador de Alarme MAN-PT-DE-AL2003 Rev.: 1.00-12 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso AL-2003. Para garantir o uso correto e eficiente do AL-2003, leia este manual

Leia mais

Descrição TM-10. Fone de Cabeça HS-10. Base Discadora TS-10. Aparelho para Telemarketing TM-10, composto por: - Base Discadora TS-10

Descrição TM-10. Fone de Cabeça HS-10. Base Discadora TS-10. Aparelho para Telemarketing TM-10, composto por: - Base Discadora TS-10 Rev.03 Descrição TM-10 Aparelho para Telemarketing TM-10, composto por: - Fone de Cabeça HS-10 - Base Discadora TS-10 Fone de Cabeça HS-10 1 3 7 2 8 4 9 5 10 6 01- Bocal do Microfone 02- Tubo do Microfone

Leia mais

PROCEDIMENTO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PARA EQUIPAMENTO ELETRÔNICO PARA CONVERSÃO DE VOLUME DE GÁS NATURAL ÍNDICE DE REVISÕES

PROCEDIMENTO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA PARA EQUIPAMENTO ELETRÔNICO PARA CONVERSÃO DE VOLUME DE GÁS NATURAL ÍNDICE DE REVISÕES UNIDADE: GERAL 1 de 14 ÍNDICE DE REVISÕES Rev. 0 EMISSÃO INICIAL DESCRIÇÃO E/OU FOLHAS ATINGIDAS Rev. 0 Rev. 1 Rev. 2 Rev. 3 Rev. 4 Rev. 5 Rev. 6 Rev. 7 Rev. 8 DATA: 18/04/13 ELABORAÇÃO: Andre VERIFICAÇÃO:

Leia mais

BOTÃO DE TOQUE POR PROXIMIDADE

BOTÃO DE TOQUE POR PROXIMIDADE BOTÃO DE TOQUE POR PROXIMIDADE MANUAL DE INSTALAÇÃO ATENÇÃO! LEIA TODAS AS INSTRUÇÕES DO MANUAL ANTES DE INSTALAR E OPERAR ESTE EQUIPAMENTO Parabéns, você adquiriu um produto com o selo Qualidade Máxima

Leia mais

Manual de Instruções MÓDULO CONVERSOR SERIAL ETHERNET. Modelo NETBOX MÓDULO CONVERSOR SERIAL ETHERNET MODELO NETBOX. Manual de Instruções

Manual de Instruções MÓDULO CONVERSOR SERIAL ETHERNET. Modelo NETBOX MÓDULO CONVERSOR SERIAL ETHERNET MODELO NETBOX. Manual de Instruções MÓDULO CONVERSOR SERIAL ETHERNET MODELO NETBOX MÓDULO CONVERSOR SERIAL ETHERNET Modelo NETBOX Manual de Instruções Revisão 10.06 Índice Capítulo 1 Introdução Aplicação 5 Retirando o MÓDULO da embalagem

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONFIGURADOR HART

MANUAL DE INSTRUÇÕES CONFIGURADOR HART MANUAL DE INSTRUÇÕES CONFIGURADOR HART mod.: D221 Versão 1.00 / Revisão 1 CONTEMP IND. COM. E SERVIÇOS LTDA. Al. Araguaia, 204 - CEP 09560-580 S. Caetano do Sul - SP - Brasil Fone: 11 4223-5100 - Fax:

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO GERADOR DE ÁUDIO MODELO GA-1001

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO GERADOR DE ÁUDIO MODELO GA-1001 MANUAL DE INSTRUÇÕES DO GERADOR DE ÁUDIO MODELO GA-1001 Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do gerador ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 1 2. REGRAS DE SEGURANÇA... 1 3.

Leia mais

Módulo de Aquisição de Dados e Controle. Catálogo

Módulo de Aquisição de Dados e Controle. Catálogo DM Catálogo Módulo de Aquisição de Dados e Controle O Módulo de Aquisição de Dados e Controle - DM efetua a interface de sistemas digitais com qualquer equipamento analógico ou eletromecânico que não possui

Leia mais

Indicador Digital Processos MODO DE USO. Dados Técnicos Conexões elétricas Utilização do teclado Dimensional. ABB Automação.

Indicador Digital Processos MODO DE USO. Dados Técnicos Conexões elétricas Utilização do teclado Dimensional. ABB Automação. Indicador Digital Processos MODO DE USO Dados Técnicos Conexões elétricas Utilização do teclado Dimensional ABB Automação Hartmann & Braun Dados Técnicos (NRB5180) Entrada -mvdc: -Vdc -madc Alimentação

Leia mais

Portaria Inmetro/Dimel nº 0250, de 14 de dezembro de 2012.

Portaria Inmetro/Dimel nº 0250, de 14 de dezembro de 2012. Serviço Público Federal MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, QUALIDADE E TECNOLOGIA - INMETRO Portaria Inmetro/Dimel nº 0250, de 14 de dezembro

Leia mais

www: toppoalarmes.com.br SAC: 0800-643-6680

www: toppoalarmes.com.br SAC: 0800-643-6680 Prezado cliente, Muito obrigado por escolher o alarme residencial TPS-100: você adquiriu um produto de alta qualidade, confiabilidade e sofisticação. Por favor leia todas as instruções relacionadas ao

Leia mais

Manual de instruções do Contador de pulsos Para molinetes Fluviométrico

Manual de instruções do Contador de pulsos Para molinetes Fluviométrico Manual de instruções do Contador de pulsos Para molinetes Fluviométrico Modelo : HY-19 web site: www.aparelhosmedir.com e-mail: comercial@aparelhosmedir.com O contador de pulsos. O contador de pulsos modelo

Leia mais

Manual do Data Logger Perceptec DL12 One Way. Descartável

Manual do Data Logger Perceptec DL12 One Way. Descartável Manual do Data Logger Perceptec DL12 One Way Descartável Conteúdo: 1 - Apresentação 2 - Características 3 - Instalação do sistema 4 - Funcionamento 5 - Especificações 6 - Certificado de Garantia 7 - Certificado

Leia mais

GERADOR DE CORRENTE GRD 100. Manual do usuário Série: D GERADOR DE CORRENTE MAN-DE-GRD 100 Rev.: 2.00-08

GERADOR DE CORRENTE GRD 100. Manual do usuário Série: D GERADOR DE CORRENTE MAN-DE-GRD 100 Rev.: 2.00-08 GRD 100 Manual do usuário Série: D MAN-DE-GRD 100 Rev.: 2.00-08 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso GRD 100. Para garantir o uso correto e eficiente do GRD 100, leia este manual completo e atentamente

Leia mais

Inclinômetro DMG2I. Guia de configuração e aplicação. Metrolog Controles de Medição Ltda. Metrolog Inclinômetro DMG2I

Inclinômetro DMG2I. Guia de configuração e aplicação. Metrolog Controles de Medição Ltda. Metrolog Inclinômetro DMG2I Metrolog Controles de Medição Ltda Instrumentos de medição para controle dimensional Rua Sete de Setembro, 2671 - Centro - 13560-181 - São Carlos - SP Fone: (16) 3371-0112 - Fax: (16) 3372-7800 - www.metrolog.net

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA GUARDIAN

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA GUARDIAN MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA GUARDIAN FUNCIONAMENTO DO SISTEMA GUARDIAN. A central de alarmes Guardian realiza o monitoramento continuo de três entradas de alarmes, fornecendo três saídas de alarmes distintas,

Leia mais

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Central de alarme HR 4020 2 setores HERA.

Hera Indústria de Equipamentos Eletrônicos LTDA. Manual de Instalação e Operação. Central de alarme HR 4020 2 setores HERA. Central de alarme HR 4020 2 setores HERA Manual do Usuário 1 Índice: 1 Aplicação... 3 2 Características... 3 3 - Apresentação da Central... 3 3.1 - Parte externa... 3 3.2 - Parte interna... 4 4 - Diagramas

Leia mais

100% electricidade. Relés de controle automático para grupo gerador

100% electricidade. Relés de controle automático para grupo gerador 100% electricidade Relés de controle automático para grupo gerador RGAM 10 Relé controle automático para g l Entradas VCA : concessionária L1-L2/N-L3, gerador L1-L2/N l 4 entradas digitais, 5 relés saída.

Leia mais

Controladora IP-Prox

Controladora IP-Prox Controladora IP-Prox 2 Sumário 1. Apresentação... 4 2. Recomendações importantes... 4 3. Desembalando a controladora IP-prox... 4 4. Especificações técnicas... 4 5. Onde instalar... 4 6. Como instalar...

Leia mais

Manual Técnico. Transformadores de potência. Revisão 5 ÍNDICE

Manual Técnico. Transformadores de potência. Revisão 5 ÍNDICE Página 1 de 10 Manual Técnico Transformadores de potência Revisão 5 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO...2 2 RECEBIMENTO...2 3 INSTALAÇÃO...3 3.1 Local de instalação...3 3.2 Ligações...3 3.3 Proteções...7 4 MANUTENÇÃO...9

Leia mais

INDICADOR DIGITAL PANANTEC ATMI

INDICADOR DIGITAL PANANTEC ATMI INDICADOR DIGITAL PANANTEC ATMI MANUAL DE REFERÊNCIA PANANTEC ATMII COMÉRCIIO E SERVIIÇO LTDA Rua Apuanã, 31 - Jd. Jaçanã cep: 02318-050 São Paulo / SP Brasil Fone: (11) 2243-6194 / 2243-6192 Fax: (11)

Leia mais

HM203 (Protocolo ModBus) INDICADOR / CONTROLADOR

HM203 (Protocolo ModBus) INDICADOR / CONTROLADOR 1/19 HM203 (Protocolo ModBus) INDICADOR / CONTROLADOR Introdução O HM203 é um indicador/controlador que recebe um sinal de 4 a 20 ma, tem uma saída analógica 4 a 20 ma, 4 saídas de relé, e pode ter uma

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO CARO CLIENTE MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO Parabéns você acaba de adquirir o mais novo VÍDEO PORTEIRO CONDUVOX CDV - 78C. Pensando na segurança de sua família e do seu ambiente de trabalho a Conduvox

Leia mais

Manual do usuário XRE 1000

Manual do usuário XRE 1000 Manual do usuário XRE 1000 Modelo XRE 1000 Receptor de controle remoto Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e a segurança Intelbras. O receptor XRE 1000, com tecnologia 100% digital,

Leia mais

CR20I MANUAL DO USUÁRIO

CR20I MANUAL DO USUÁRIO CR20I MANUAL DO USUÁRIO R Índice Descrição Geral... 3 Aplicações... 3 Características Técnicas... 3 Modo de Operação... 3 Programação... 4 Esquema de Ligações... 9 Dimensões (mm)... 10 2 Indicador CR20IG

Leia mais

1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides

1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides 1.3 Conectando a rede de alimentação das válvulas solenóides CONTROLE DE FLUSHING AUTOMÁTICO LCF 12 Modo Periódico e Horário www.lubing.com.br (19) 3583-6929 DESCALVADO SP 1. Instalação O equipamento deve

Leia mais

CONTROLADORA NETCONTROL V3.7

CONTROLADORA NETCONTROL V3.7 CONTROLADORA NETCONTROL V3.7 VERSÃO 1.0 de 25/04/2013 7136 2 Sumário 1. Apresentação... 5 2. Itens que Acompanham... 5 3. Especificações Técnicas... 5 4. Características Gerais... 6 5. Visão Geral do Equipamento...

Leia mais

Dimensões do corte no piso para a instalação do laço indutivo... 3. Conexões elétricas... 4. Alimentação da placa detectora de massa metálica...

Dimensões do corte no piso para a instalação do laço indutivo... 3. Conexões elétricas... 4. Alimentação da placa detectora de massa metálica... P00000 - Rev. 0 1 Índice Dimensões do corte no piso para a instalação do laço indutivo... 3 Conexões elétricas... 4 Alimentação da placa detectora de massa metálica... 5 Ajustes iniciais... 5 Ajuste de

Leia mais

Transmissor RHT-WM-485-LCD e Transmissor RHT-DM-485-LCD

Transmissor RHT-WM-485-LCD e Transmissor RHT-DM-485-LCD Transmissor RHT-WM-485-LCD e Transmissor RHT-DM-485-LCD TRANSMISSOR DE TEMPERATURA E UMIDADE - MANUAL DE INSTRUÇÕES V1.0x A 1 INTRODUÇÃO Os transmissores RHT-WM-485-LCD e RHT-DM-485-LCD incorporam sensores

Leia mais

CONVERSOR SERIAL PARA REDE TCP/IP DS100B

CONVERSOR SERIAL PARA REDE TCP/IP DS100B CONVERSOR SERIAL PARA REDE TCP/IP DS100B MANUAL DE INSTRUÇÕES Rev.03 Sumário: 1. CARACTERÍSTICAS 2 2. INSTALAÇÃO DO CONVERSOR 2 ALIMENTAÇÃO DS100 COM CENTRAL DE ALARME... 3 ALIMENTAÇÃO DS100 COM PAINEL

Leia mais

RUGOSÍMETRO DE SUPERFÍCIE ITRPSD-100

RUGOSÍMETRO DE SUPERFÍCIE ITRPSD-100 RUGOSÍMETRO DE SUPERFÍCIE ITRPSD-100 1. Introdução Geral O rugosímetro de superfície TIME TR100/TR101 é uma nova geração de produto desenvolvido por TIME Group Inc. Tem como características uma maior

Leia mais

Características e Configuração da Série Ponto

Características e Configuração da Série Ponto Série Ponto A Série Ponto oferece a melhor solução para sistemas de controle distribuído com E/S remotas. Possui uma arquitetura flexível que permite o acesso a módulos remotos via diferentes padrões de

Leia mais

Rev.02. Manual de Instruções TZ-20

Rev.02. Manual de Instruções TZ-20 Rev.02 Manual de Instruções TZ-20 Descrição TZ-20 Aparelho para Telemarketing TZ-20 (Com Atendimento Automático), composto por: - Fone de Cabeça HS-10 - Base Discadora TS-19A Fone de Cabeça HS-10 1 3 7

Leia mais

DISTRIBUIDOR DE ALIMENTAÇÃO QDA-10

DISTRIBUIDOR DE ALIMENTAÇÃO QDA-10 DISTRIBUIDOR DE ALIMENTAÇÃO QDA-10 Manual do usuário Distribuidor de Alimentação MAN-DE-QDA10 Rev.: 02.00-08 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso QDA-10. Para garantir o uso correto e eficiente

Leia mais