Secretaria de Comunicação Social - SECOM Presidência da República

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Secretaria de Comunicação Social - SECOM Presidência da República"

Transcrição

1 Secretaria de Comunicação Social - SECOM Presidência da República Manifestação da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República sobre as contribuições, sugestões e questionamentos apresentados em decorrência da Sessão Pública, realizada em 25/04/2014, que teve como objetivo a apresentação do Projeto Básico destinado à contratação de empresa prestadora de serviços de planejamento e desenvolvimento de soluções de Comunicação Digital. 1 - Considerando os termos do item 10 do projeto básico, que trata da dotação orçamentária para o período inicial de 12 meses, estamos entendendo que a vigência do contrato será de 12 meses, com possibilidade de prorrogação até o limite de 60 meses, previsto no art. 57, II da Lei 8.666/93. Está correto o nosso entendimento? R: O entendimento está correto. 2 - O mínimo de 70% na pontuação técnica não está acima do patamar mínimo que vinha sendo estabelecido em outras licitações? Será que não irá restringir a participação? R: A linha de corte de 70% é a adotada como padrão para licitações da SECOM-PR. Não há registros de efeitos restritivos nos certames anteriores. 3 - Diversos produtos não têm critérios de mensuração de qualidade objetivamente definidos. O risco embutido é a abertura de brecha para deficiências na execução do serviço. A SECOM cogita incluir os critérios de qualidade e sua especificação para todos os produtos? R: Somente um produto não possui critério de mensuração de qualidade, o (Ponto de Função em Plone). O produto em questão define o valor do PF em Plone, não exigindo critério de mensuração de qualidade. 4 - O objeto compreende planejamento e execução dos serviços a serem prestados, o que equivale a uma contratação integrada. A medida traz embutidos alguns riscos. Em algum momento se avaliou a possibilidade de separar as duas tarefas em empresas diferentes; ou ainda deixar o planejamento a cargo da própria SECOM? 1

2 R: O objeto contratual prevê planejamento específico para soluções digitais, que não se confunde com o Planejamento Estratégico do Governo para a Comunicação Digital, esse trabalho é realizado por técnicos do quadro de servidores da própria SECOM-PR. 5 - Tendo em vista a descrição dos serviços elencado no item Planejamento Estratégico, e por estar à frente da agência que atende a conta, sugerimos a revisão dos valores estimados. R: Não foi identificada a necessidade de alteração dos valores de referência, que foram estabelecidos a partir de cotação envolvendo amostra significativa de empresas do mercado. 6 - O edital apresenta prazos de execução para cada serviço ou produto. A empresa contratada (que não pode contratar terceiros) tem equipes que atendem a todas as demandas, tanto tecnicamente quanto em termos de ferramentas e estrutura. Digamos, entretanto, que a SECOM solicite diversas demandas do mesmo serviço ou produto. Nesse caso, os prazos são cumulativos por entrega? R: As quantidades anuais apresentadas no projeto básico são estimativas e poderão ser executadas ou não. Se divididas por 12 meses, apresentam a quantidade mensal esperada e não cumulativa dentro do mês. Incluímos essa informação no Projeto Básico, item Qual o cronograma previsto para esta licitação (prazo de entrega das propostas)? R: Após a conclusão do Projeto Básico pela SECOM, o processo será encaminhado para a Diretoria Logística para elaboração do Edital e do contrato, e o conjunto desses documentos será submetido à Subchefia de Assuntos Jurídicos, para avaliação e validação. Todas essas etapas possuem prazos próprios, e, portanto, ainda não há como estabelecer, com segurança, data para a publicação do edital. 8 O item 7.1 veta contratação de fornecedores e subcontratação. Isso vale para equipes de filmagem e soluções específicas de tecnologia, por exemplo? R: O subitem 7.1 sofreu alterações e passa a ter a seguinte redação: 7.1 Não é permitida a subcontratação para a execução dos produtos e serviços a serem prestados, ficando a cargo da contratada a decisão de se utilizar de fornecedores, os quais não integrarão de nenhuma forma a relação contratual decorrente deste certame. 9 - O item preconiza a elaboração de um novo guia de estilo, embora o atual seja datado de fevereiro de Será mesmo criado um novo? R: Os produtos e serviços elencados podem ser acionados ou não durante a execução contratual. Apesar da Secom ter lançado um Guia de Estilo recentemente, o produto ficará estabelecido para contratações futuras No caso do briefing para o PRONATEC, deverá ser usado o guia de estilo em vigor? R: Não. A liberdade se justifica para se avaliar a capacidade técnica e criativa das licitantes O edital discorre sobre a necessidade do uso de ferramentas de mensuração online. Qual a utilizada hoje? Deve ser continuada, para dar sequência a uma série histórica? O objetivo é quantitativo (audiência) ou qualitativo? 2

3 R: A avaliação da execução contratual terá como base a qualidade da entrega e não a ferramenta que é utilizada. No contrato atual, várias ferramentas foram utilizadas por escolha da contratada, em busca de um melhor resultado. Todos os dados levantados até hoje são de domínio da SECOM. Não será exigida a manutenção da série histórica numa mesma ferramenta. O objetivo é quantitativo e qualitativo No item é pedido um diagnóstico que prevê entrevistas exploratórias presenciais com todos os públicos participantes do processo. Quem são os participantes? Quantos são? R: O serviço de diagnóstico é específico em cada projeto de solução digital. Os participantes, no caso, são os principais interlocutores do tema em questão. As exploratórias são feitas, geralmente, com participantes de Brasília. A quantidade depende de cada caso, mas em média são de 5 a 10 entrevistas. Incluímos essa informação no Projeto Básico, item A partir do item é descrita a necessidade de Edição e tagueamento de textos adequados à cultura de cada país, não sendo meramente tradução. De quantos países/adaptações estamos falando? Por que a escolha apenas dos idiomas espanhol e inglês para esta adaptação, levando em consideração que não são línguas acessíveis a diversas culturas? R: Para fins de padronização os idiomas escolhidos são os mais difundidos comercialmente. O inglês adotado é o americano e o espanhol da Espanha. Os veículos de imprensa mais relevantes utilizam esses padrões O item fala da necessidade do uso de tecnologia plone. O uso desta tecnologia pode ser assessorada por empresas terceiras? R: Ver resposta do questionamento nº 8, sobre a alteração do subitem 7.1 do Projeto Básico, que veda exclusivamente a subcontratação da execução dos produtos e serviços objeto da contratação O item descreve o uso de equipamento minidv. Ele é obrigatório ou pode ser substituído? Existe números mínimo e máximo de coberturas por semanas ou dias? R: Alterada a redação dos itens e para Equipamentos Digitais, deixando de especificar o tipo. As quantidades anuais apresentadas no projeto básico são estimativas e poderão ser executadas ou não. Se divididas por 12 meses, apresentam a quantidade mensal esperada e não cumulativa dentro do mês. 16 O Quesito 3 - Principais clientes - Devem ser listados apenas os clientes e soluções na área digital? R: A licitante deverá apresentar informações sobre os principais clientes para os quais criou soluções digitais. Incluída a informação no Projeto Básico, item O exemplo na área transacional deve necessariamente envolver recursos financeiros? A empresa digital deve ter sido responsável pela operação financeira? 3

4 R: Não. Entende-se por transacional a troca de informações entre usuário e servidor que não só a simples consulta a páginas textuais. São sites com funcionalidades integradas a sistemas legados, com acesso a banco de dados e demais componentes que comprovem a expertise da empresa em construir soluções digitais mais complexas. O Site do COMPRASNET é um exemplo. Incluída a informação no Projeto Básico, item Alteração do objeto da licitação, permitindo a contratação de duas ou mais agências, pelas razões expostas; R: Sugestão acatada, Projeto Básico alterado para contratação de 2 (duas) empresas Alteração dos termos de inexequibilidade das propostas de preço, tendo como base o edital da EMBRATUR, citado no item 4. R: Para fins desse certame, serão considerados preços manifestamente inexequíveis, aqueles que não venham a ter demonstrada sua viabilidade através de documentação que comprove que os custos dos insumos são coerentes com os de mercado, conforme previsto no inciso II, do art. 48, da Lei nº 8.666/ Revisão dos valores estimados para os itens Conteúdo para Redes Sociais, Moderação em Redes Sociais e Monitoramento Online. A ABRADi se compromete, através do seu Comitê de Mídias Sociais, composto por empresas especialistas em serviços para redes sociais, em apresentar uma nova cotação para os referidos serviços, com pelo menos 10 empresas, no prazo máximo de 15 dias após a anuência da SECOM. R: Não foi identificada a necessidade de alteração dos valores de referência, que foram estabelecidos a partir de cotação envolvendo amostra significativa de empresas do mercado Revisão dos valores estimados para os itens 9.1- Vídeo e Reportagem 9.3- Vídeo Animação e 9.5 vídeo Premium. Entendemos que a definição de complexidade na criação, produção e execução de trabalhos em vídeo é excessivamente subjetiva. A ABRADi se compromete, através do seu Comitê de Serviços Públicos, composto por empresas com histórico de atendimento em contas públicas, em apresentar uma nova cotação para os referidos serviços, com pelo menos 10 empresas, no prazo máximo de 15 dias após a anuência da SECOM. R: Não foi identificada a necessidade de alteração dos valores de referência, que foram estabelecidos a partir de cotação envolvendo amostra significativa de empresas do mercado Esclarecimento sobre a cessão de direitos autorais para SECOM, do APÊNDICE III- A, detalhando que essa cessão de direitos fique restrita às agências vencedoras e não para todas as agências participantes da concorrência. R: A cessão dos direitos autorais só será obrigatória para a empresa contratada Sobre deslocamentos e hospedagens: serão pagos honorários? R: Não há previsão de pagamento de honorários nessa contratação. Os custos com deslocamentos e hospedagens serão reembolsados, conforme previsto no subitem 4.4 do Projeto Básico. 4

5 24 - Sobre o reembolso de honorários, serão apenas pagos para uma necessidade de trabalho sobre os serviços não precificados, caso haja necessidade de viagem a partir de Brasília? Ou haverá reembolso, caso a contratada esteja fora de Brasília e precise se deslocar até Brasília para a realização do serviço? R: Não há previsão de pagamento de honorários nessa contratação. Os custos com deslocamentos e hospedagem serão reembolsados, conforme previsto no subitem 4.4 do Projeto Básico. Só será considerada, a título de reembolso, a execução dos serviços que forem realizados fora de Brasília e fora da base da empresa. Incluída a informação no Projeto Básico, item O item 7.1 diz que: Não é permitida a contratação de fornecedores nem a subcontratação, para a execução dos produtos e serviços a serem prestados. Como a Secom entende que serão fornecidos os serviços precificados e que usualmente utilizam subcontrações como, por exemplo, Vídeos ( 6.9.1, , 6.9.3, 6.9.4, )? A Secom entende que a agência vencedora deve ter na sua estrutura: estúdio, câmeras, iluminação, etc, de forma a atender a todas as demandas sem contar com especialistas externos? R: Ver resposta do questionamento nº 8, sobre a alteração do subitem 7.1 do Projeto Básico, que veda exclusivamente a subcontratação da execução dos produtos e serviços objeto da contratação. 26 Com relação ao item 10.1.b: neste valor estão contemplados os serviços não precificados + os honorários referentes aos mesmos? R: Não há previsão de pagamento de honorários nessa contratação. Conforme subitem 4.5, o percentual de 15% (quinze por cento), previsto na alínea b do subitem 10.1, do valor estimado para a execução contratual, serão destinados ao pagamento dos serviços não precificados e ao reembolso dos custos de deslocamento e hospedagem Nos critérios de avaliação do quesito 3, Capacidade de Atendimento, o que a Secom entende como: Operacionalidade do relacionamento entre a Presidência da República e a licitante, e como pode ser medido e avaliado? R: Entende-se por operacionalidade a sistemática de atendimento, meios e processos a serem adotados no relacionamento entre a contratada e a Presidência da República. Será avaliado quanto à viabilidade de implementação, efetividade dos meios e processos e demais formas que comprovem a capacidade de atendimento da empresa Como ficam as ferramentas necessárias para o desenvolvimento de alguns trabalhos que contemplam os serviços precificados como, por exemplo, Ferramentas de monitoramento, Ferramentas para envio de marketing, etc? Elas serão fornecidas pela SECOM e estão fora dos valores orçados neste edital? R: O produto estabelece a criação do marketing e não o seu envio, não sendo necessária assim, a utilização de alguma ferramenta. No caso do serviço , a descrição do serviço não entra do mérito do ferramental. O que se busca é a qualidade na prestação do serviço, devendo ser considerado no custo o ferramental utilizado pela empresa. 5

6 29 - No item 3.4 Quesito 3 Capacidade de Atendimento, podemos usar vídeo neste item? R: Qualquer forma de apresentação será aceita apenas de forma complementar, todavia, devem ser atendidas as exigências elencadas no subitem do Apêndice II, que determinam que o quesito 3 deve ser apresentado em papel que identifique a licitante em formato A No item Subquesito 3 - Estratégia, pode ser apresentado na proposta canais de propriedade do Governo? R: Sim O exemplo citado no diagnóstico de TI não bate com a descrição do Projeto Básico. Qual é o correto? O que deve ser levado em conta? R: O link foi corrigido no Projeto Básico: No item Guia de Estilo, teremos apenas um grau de complexidade? Seja no caso de um Portal com dezenas de templates ou de um hotsite com poucas páginas? R: O Guia de Estilo detalha a linha visual e posicionamento dos elementos que as propriedades digitais conduzidas pela Secom devem ter quando da sua implementação, independente se ela será adotada num portal ou num hotsite. Os produtos e serviços elencados podem ser acionados ou não durante a execução contratual. Apesar da Secom ter lançado um Guia de Estilo recentemente, o produto ficará estabelecido para contratações futuras No item 6.2.2, Diagramação e animação, não haverá uma escala de complexidade baseada em quantidade? R: Os produtos estabelecidos nesse edital foram construídos a partir do histórico e experiência adquiridos no último contrato. No caso do produto 6.2.2, a quantidade não foi determinante para a definição da complexidade e sim a existência ou não de animação Observamos que pode haver um problema de range no monitoramento. O intervalo entre as definições de complexidade, quando relacionada à quantidade é significativo. Exemplo do monitoramento: 1 a , a , a Existe uma diferença enorme entre e No segundo caso, será preciso usar o dobro de recursos do primeiro. Ou seja, se forem contratados, por exemplo, 15 recursos para o primeiro caso, será preciso 30 para o segundo. Não é um salto muito grande? Será preciso varrer essa quantidade de menções e fechar um relatório por amostragem ou analisá-las uma a uma? R: A complexidade dos serviços do item foi definida em função da experiência do contrato atual mantido pela SECOM. A categorização das menções deve ser uma a uma, porém a análise deve seguir os critérios estipulados nos entregáveis. Entendemos que não há essa relação direta entre o número de menções e a quantidade de recursos contratados. 6

RESPOSTAS DOS QUESTIONAMENTOS DA CONCORRÊNCIA Nº002/2014-INCRA

RESPOSTAS DOS QUESTIONAMENTOS DA CONCORRÊNCIA Nº002/2014-INCRA RESPOSTAS DOS QUESTIONAMENTOS DA CONCORRÊNCIA Nº002/2014-INCRA Acumulado até 03/02/2015 1 Pergunta Para a solução a ser apresentada para atendimento ao briefing deve ser utilizada a identidade digital

Leia mais

CONCORRÊNCIA 2011/15697 (9600)

CONCORRÊNCIA 2011/15697 (9600) CONCORRÊNCIA 2011/15697 (9600) AUDIÊNCIA PÚBLICA REALIZADA EM 11.01.2012 PARA A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO DIGITAL PARA O CONGLOMERADO BANCO DO BRASIL QUESTIONAMENTOS INTERESSADA: W3HAUS (questões

Leia mais

TRANSPARÊNCIA E RIGOR NA NOVA LEI DE LICITAÇÕES DA PUBLICIDADE DE ÓRGÃO PÚBLICO

TRANSPARÊNCIA E RIGOR NA NOVA LEI DE LICITAÇÕES DA PUBLICIDADE DE ÓRGÃO PÚBLICO TRANSPARÊNCIA E RIGOR NA NOVA LEI DE LICITAÇÕES DA PUBLICIDADE DE ÓRGÃO PÚBLICO Por João Luiz Faria Netto A nova lei conta com normas principais e obrigatórias para a contratação de agências de publicidade

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Comunicação Social Secretaria de Gestão, Controle e Normas Departamento de Normas

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Comunicação Social Secretaria de Gestão, Controle e Normas Departamento de Normas PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Comunicação Social Secretaria de Gestão, Controle e Normas Departamento de Normas NOTA TÉCNICA Nº 08/DENOR/SGCN/SECOM-PR. Assunto: Serviços de tradução. Brasília,

Leia mais

Considerando as publicações realizadas neste documento, a Comissão informa que a data para recebimento e abertura dos envelopes fica assim agendada:

Considerando as publicações realizadas neste documento, a Comissão informa que a data para recebimento e abertura dos envelopes fica assim agendada: Florianópolis, 03 de junho de 2015. Para que todos tenham o mesmo entendimento, abaixo questionamentos formulados por empresa interessada no certame, bem como os esclarecimentos por parte do Senac/SC.

Leia mais

EDITAL SAL/MJ Nº 10, DE 03 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional

EDITAL SAL/MJ Nº 10, DE 03 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Secretaria de Assuntos Legislativos Esplanada dos Ministérios, Ed. Sede, bloco T, 4º andar, sala 434 (61) 2025 3376 / 3114 E-mail: sal@mj.gov.br EDITAL SAL/MJ Nº 10, DE 03 DE JULHO

Leia mais

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993.

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. DECRETO N.º 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que

Leia mais

EDITAL SAL/MJ Nº 11, DE 03 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional

EDITAL SAL/MJ Nº 11, DE 03 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Secretaria de Assuntos Legislativos Esplanada dos Ministérios, Ed. Sede, bloco T, 4º andar, sala 44 (61) 2025 76 / 114 E-mail: sal@mj.gov.br EDITAL SAL/MJ Nº 11, DE 0 DE JULHO DE

Leia mais

Nota Técnica nº 36/2014

Nota Técnica nº 36/2014 Nota Técnica nº 36/2014 Assunto: Licitação para contratação de agência de publicidade. Procedimentos. Caros clientes e colegas: A GEPAM, no intuito de orientar seus clientes, vem esclarecer sobre a Lei

Leia mais

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015.

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. EMENTA: Regulamenta o Sistema de Registro de Preços SRP previsto no art. 15 da Lei nº 8.666/93, no âmbito do Município de Central Bahia. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

RESPOSTA: No que tange à equipe técnica é importante observar que a licitante interessada, deverá respeitar todos os requisitos exigidos pelo Edital.

RESPOSTA: No que tange à equipe técnica é importante observar que a licitante interessada, deverá respeitar todos os requisitos exigidos pelo Edital. É possível a uma Fundação de Apoio a uma Universidade, participar da Concorrência nº 002/2013, sabendo-se que a execução técnica das atividades de elaboração do Manual de Contabilidade Regulatório será

Leia mais

Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos sobre a licitação, conforme segue:

Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos sobre a licitação, conforme segue: Quanto aos questionamentos apresentados pela empresa LORENO, passamos a responder o seguinte: Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos

Leia mais

RESPOSTAS AOS QUESTIONAMENTOS REALIZADOS PELA FSB COMUNICAÇÃO

RESPOSTAS AOS QUESTIONAMENTOS REALIZADOS PELA FSB COMUNICAÇÃO COMUNICADO DE QUESTIONAMENTOS nº 002/2010-CEL Prezados(as) Senhores(as), O presente tem por objetivo divulgar respostas às solicitações de esclarecimentos/questionamentos, referentes à Concorrência nº

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Comunicação Social Secretaria de Gestão, Controle e Normas Departamento de Normas

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Comunicação Social Secretaria de Gestão, Controle e Normas Departamento de Normas PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Comunicação Social Secretaria de Gestão, Controle e Normas Departamento de Normas NOTA TÉCNICA Nº 04/2012/DENOR/SGCN/SECOM-PR Brasília, 20 de abril de 2012. Referência:

Leia mais

ESCLARECIMENTOS CONCORRÊNCIA Nº 01/13

ESCLARECIMENTOS CONCORRÊNCIA Nº 01/13 Estado da Paraíba Prefeitura Municipal de João Pessoa Comissão Central Permanente de Licitação COPEL ESCLARECIMENTOS CONCORRÊNCIA Nº 01/13 1 - Em relação ao envelope 5 - documentos de habilitação, gostaria

Leia mais

PEDIDOS DE ESCLARECIMENTOS

PEDIDOS DE ESCLARECIMENTOS PEDIDOS DE ESCLARECIMENTOS EMPRESA: ILION SOLUÇÕES EM INTERNET LTDA. 1 DO PRAZO: item 5.2 f) Prestação de serviços: 5 (cinco) meses, contados a partir da data da Ordem de Serviço. g) Prazo para desenvolvimento:

Leia mais

Agência de Propaganda

Agência de Propaganda Agência de Propaganda Um assinante do Consultor Municipal fez a seguinte consulta: As empresas de propaganda e marketing são consideradas agências? E qual seria a base de cálculo do ISS? Por ser um assunto

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/ASCOM-003-R00 RELACIONAMENTO COM A IMPRENSA

MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/ASCOM-003-R00 RELACIONAMENTO COM A IMPRENSA MANUAL DE PROCEDIMENTOS MPR/ASCOM-003-R00 RELACIONAMENTO COM A IMPRENSA 09/2015 PÁGINA INTENCIONALMENTE EM BRANCO 2 30 de setembro de 2015. Aprovado, Gabriela de Souza Leal 3 PÁGINA INTENCIONALMENTE EM

Leia mais

Publicidade Legal x Publicidade Institucional

Publicidade Legal x Publicidade Institucional Aperfeiçoamento em Licitações Públicas e Contratos Administrativos Módulo 6: Contratação de serviços de publicidade Edinando Brustolin Graduado e mestre em Direito pela UFSC. Assessor jurídico da Federação

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE PROPOSTAS Nº 15482/2012. Contratação de Empresa Especializada em Comunicação ATA DA AUDIÊNCIA PRÉVIA

SOLICITAÇÃO DE PROPOSTAS Nº 15482/2012. Contratação de Empresa Especializada em Comunicação ATA DA AUDIÊNCIA PRÉVIA SOLICITAÇÃO DE PROPOSTAS Nº 15482/2012 Contratação de Empresa Especializada em Comunicação ATA DA AUDIÊNCIA PRÉVIA Às quinze horas e trinta minutos, do dia dezesseis de abril de 2012, foi realizada Audiência

Leia mais

Presença Digital de Governo Roberto Constante & Wans Spiess

Presença Digital de Governo Roberto Constante & Wans Spiess Presença Digital de Governo Roberto Constante & Wans Spiess Momento delicado para a comunicação de governo Crise x Oportunidade Mensalão em 2005 Lava-Jato 2015 Lei 12.232/2010 Dispõe sobre as normas gerais

Leia mais

DECRETO Nº 6.555, DE 8 DE SETEMBRO DE 2008.

DECRETO Nº 6.555, DE 8 DE SETEMBRO DE 2008. DECRETO Nº 6.555, DE 8 DE SETEMBRO DE 2008. Dispõe sobre as ações de comunicação do Poder Executivo Federal e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o

Leia mais

O entendimento está correto, conforme a Cláusula Quarta, Parágrafo Quinto da Minuta do Contrato (Anexo IV do Edital).

O entendimento está correto, conforme a Cláusula Quarta, Parágrafo Quinto da Minuta do Contrato (Anexo IV do Edital). Questão 1 4.4.3 (edital) A empresa líder do Consórcio deverá apresentar o instrumento de constituição ou de compromisso de constituição do Consórcio, o qual não deverá revelar dados contidos na Proposta

Leia mais

1- Objetivo da contratação

1- Objetivo da contratação 1- Objetivo da contratação Contratação de Consultor Pessoa Física para elaboração da Política Integrada de Comunicação do Tesouro Nacional, tendo como objetivos a promoção da transparência e o aperfeiçoamento

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Manual do Pregoeiro

PREGÃO PRESENCIAL Manual do Pregoeiro MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS PREGÃO PRESENCIAL Manual do Pregoeiro Brasília 2005 MINISTRO

Leia mais

Nova Lei de Contratação de Serviços de Publicidade Lei Federal nº 12.232/10

Nova Lei de Contratação de Serviços de Publicidade Lei Federal nº 12.232/10 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS Secretaria Municipal de Gestão e Controle Departamento de Auditoria Nova Lei de Contratação de Serviços de Publicidade Lei Federal nº 12.232/10 LEI FEDERAL 12.232, DE 29

Leia mais

ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA

ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA CONCORRÊNCIA DIRAT/CPLIC 001/2007 1 ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA ESTABELECE, RESPONSABILIDADES DIVERSAS, TIPOS E HORÁRIO DE COBERTURA DE SUPORTE, E DEMAIS RESPONSABILIDADES DA CONTRATADA RELATIVAS

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Contrato por Produto REVISTA

TERMO DE REFERÊNCIA. Contrato por Produto REVISTA TERMO DE REFERÊNCIA Contrato por Produto REVISTA 1. Função no Projeto: Contratação de consultor para consultoria técnica especializada para elaboração de pareceres de avaliação dos artigos submetidos à

Leia mais

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 34/2014 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece:

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 34/2014 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 34/2014 - BNDES Prezado Senhor, Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: 1. Itens 4.14, 4.17.1, 4.17.2, 4.19, 6.2 e 18

Leia mais

Presidência da República Secretaria de Comunicação Social

Presidência da República Secretaria de Comunicação Social Presidência da República Secretaria de Comunicação Social PROJETO BÁSICO Contratação de empresa prestadora de serviços de planejamento e desenvolvimento de soluções de comunicação digital. ABRIL/2014-1

Leia mais

Questão: Entendemos que apenas um atestado atende as duas solicitações. Está correto nosso entendimento?

Questão: Entendemos que apenas um atestado atende as duas solicitações. Está correto nosso entendimento? ILMA. SRA. PREGOEIRA DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 13/2009

Leia mais

0 16 16 16 fundamentada no diagnóstico da situação e nas necessidades verificadas; c) Plano de ação, com justificativa de cada 8 16 16 16

0 16 16 16 fundamentada no diagnóstico da situação e nas necessidades verificadas; c) Plano de ação, com justificativa de cada 8 16 16 16 RELATÓRIO DE JULGAMENTO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS REFERETENTE À CONCORRÊNCIA DO TIPO TÉCNICA E PREÇO Nº 03/2010, PARA SERVIÇOS DE ASSESSORIA DE IMPRENSA, RELAÇÕES PÚBLICAS E COMUNICAÇÃO VISUAL PARA PROMOVER

Leia mais

ANEXO I APÊNDICE I (B) VALOR EM REAL

ANEXO I APÊNDICE I (B) VALOR EM REAL ANEXO I APÊNDICE I 1) Planilha Orçamentária hora / homem: (A) PROFISSIONAL (B) VALOR EM REAL (C) PESO: QUANTIDADE MÍNIMA X 100 (D) VALOR DE REFERÊNCIA (B) x (C) Profissional de Comunicação Máster 400 Profissional

Leia mais

Tabela de Preços Sugeridos

Tabela de Preços Sugeridos WEBSITE Estrutura básica Área institucional Área estática: quem somos, o que fazemos, onde estamos etc. Área de contato E-mail, telefone, formulário etc. Área core Gerenciador de conteúdo para cadastro

Leia mais

Contratação de Serviços de TI. Ministro-Substituto Augusto Sherman Cavalcanti

Contratação de Serviços de TI. Ministro-Substituto Augusto Sherman Cavalcanti Contratação de Serviços de TI Ministro-Substituto Augusto Sherman Cavalcanti O antigo modelo de contratação de serviços de TI 2 O Modelo antigo de contratação de serviços de TI Consiste na reunião de todos

Leia mais

Guia de Boas Práticas para a elaboração de uma Concorrência

Guia de Boas Práticas para a elaboração de uma Concorrência Guia de Boas Práticas para a elaboração de uma Concorrência Comitê de Agências Gestão 2008 ÍNDICE OBJETIVO DO DOCUMENTO... 3 DEFINIÇÕES... 4 PONTOS PARA A ELABORAÇÃO DE UMA CONCORRÊNCIA... 5 RFI: Quando

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº, de abril de 2008.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº, de abril de 2008. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº, de abril de 2008. Dispõe sobre a contratação de serviços de Tecnologia da Informação pela Administração Pública Federal direta, autárquica e fundacional. O SECRETÁRIO DE LOGÍSTICA

Leia mais

ERRATA II - CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

ERRATA II - CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ERRATA II - CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 1. INTRODUÇÃO Este documento contém a descrição dos procedimentos e critérios a serem adotados para avaliação, julgamento e classificação das propostas das licitantes

Leia mais

EDITAL SAL/MJ Nº 5, DE 2 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional

EDITAL SAL/MJ Nº 5, DE 2 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Secretaria de Assuntos Legislativos Esplanada dos Ministérios, Ed. Sede, bloco T, 4º andar, sala 434 (6) 2025 3376 / 34 E-mail: sal@mj.gov.br EDITAL SAL/MJ Nº 5, DE 2 DE JULHO DE

Leia mais

REF.: Quesitação da Sociedade Empresária XXXXXXXXXXXXXXXXX, relativa ao Edital de Concorrência n.º 001/2015.

REF.: Quesitação da Sociedade Empresária XXXXXXXXXXXXXXXXX, relativa ao Edital de Concorrência n.º 001/2015. Rio de Janeiro, 27 de fevereiro de 2015. REF.: Quesitação da Sociedade Empresária XXXXXXXXXXXXXXXXX, relativa ao Edital de Concorrência n.º 001/2015. Este documento visa responder às solicitações formuladas

Leia mais

SESSÃO PÚBLICA 08/2015 TERMO DE REFERÊNCIA

SESSÃO PÚBLICA 08/2015 TERMO DE REFERÊNCIA MISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL SESSÃO PÚBLICA 08/2015 TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO Contratação de empresa especializada em prestação de serviços

Leia mais

EDITAL SAL/MJ Nº 9, DE 03 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional

EDITAL SAL/MJ Nº 9, DE 03 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Secretaria de Assuntos Legislativos Esplanada dos Ministérios, Ed. Sede, bloco T, 4º andar, sala 44 (61) 2025 76 / 114 E-mail: sal@mj.gov.br EDITAL SAL/MJ Nº 9, DE 0 DE JULHO DE 2015

Leia mais

CENTRO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

CENTRO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Assunto: RP do PE007 nº 007/2010 Referência: Esclarecimentos e Respostas de pretensos licitantes. Dia: 29/04/2010. ESCLARECIMENTO 1 No item 1.1 do Termo de Referência estabelece a média mensal estimada

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS DIVULGAÇÃO DE COMPRAS COTAÇÃO ELETRÔNICA MANUAL DO USUÁRIO

Leia mais

SERVIÇOS DE RESPONSABILIDADE DE PRESTADORAS DE STFC (SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO). INCLUSÃO

SERVIÇOS DE RESPONSABILIDADE DE PRESTADORAS DE STFC (SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO). INCLUSÃO São Paulo, 01 de julho de 2013. Respostas às Impugnações de Edital de Licitação. Interessadas: VIVO S/A e CLARO S/A Referente: Respostas às Impugnações oferecidas ao PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 031/2013

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA até 28/08/2009. até a data acima mencionada

CONSULTA PÚBLICA até 28/08/2009. até a data acima mencionada CONSULTA PÚBLICA O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social BNDES está preparando processo licitatório para contratação de serviços de consultoria técnica especializada, conforme detalhado

Leia mais

Relato da Iniciativa

Relato da Iniciativa 1 Relato da Iniciativa 5.1 Nome da iniciativa ou projeto Novo portal institucional da Prefeitura de Vitória (www.vitoria.es.gov.br) 5.2 Caracterização da situação anterior A Prefeitura de Vitória está

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO EDITAL 040/2010 - PROJETO BRA/06/032 CÓDIGO: ARRANJO INSTITUCIONAL O Projeto BRA/06/032 comunica

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA nº 07/2014

CHAMADA PÚBLICA nº 07/2014 1 CHAMADA PÚBLICA nº 07/2014 Projeto de Qualificação de Credenciados de Serviços de Consultoria e Instrutoria do SEBRAE/RS Porto Alegre 2014 2 PREÂMBULO O SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

Leia mais

PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 001/2015

PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 001/2015 PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 001/2015 Abertura de prazo para solicitação de serviços pelas entidades cadastradas no Projeto Serviços e Cidadania e sediadas em Curitiba e Região Metropolitana O

Leia mais

ESCLARECIMENTO nº 01

ESCLARECIMENTO nº 01 ESCLARECIMENTO nº 01 PROCESSO Nº 149/2010 PREGÃO PRESENCIAL Nº 004/2010 Segue esclarecimento formulado por licitante e a respectiva resposta, com base na informação prestada pela área gestora (DETIN):

Leia mais

Tutorial SIGAMAZÔNIA - Área Pesquisador

Tutorial SIGAMAZÔNIA - Área Pesquisador Tutorial SIGAMAZÔNIA - Área Pesquisador 2015 TUTORIAL SIGAMAZÔNIA Desenvolvido por: FAPESPA LABES-UFPA Sumário Sumário... 3 CADASTRO NO SISTEMA... 5 FAZENDO LOGIN NO SIGAMAZÔNIA... 5 MENU INICIAL... 6

Leia mais

Manual de Preços & Serviços Digitais. Edição: Setembro/2011

Manual de Preços & Serviços Digitais. Edição: Setembro/2011 Manual de Preços & Serviços Digitais Edição: Setembro/2011 Baseado no conteúdo do Manual de Preços e Serviços Digitais APADi. Sumário Apresentação Sobre este documento Impostos Tipos de atendimento Região

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4 DE 12 DE NOVEMBRO DE 2010

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4 DE 12 DE NOVEMBRO DE 2010 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4 DE 12 DE NOVEMBRO DE 2010 DOU de 16/11/2010 (nº 218, Seção 1, pág. 69) Dispõe

Leia mais

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Práticas Necessárias para Contratação de Bens e Serviços de Tecnologia da Informação

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Práticas Necessárias para Contratação de Bens e Serviços de Tecnologia da Informação Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Práticas Necessárias para Contratação de Bens e Serviços de Tecnologia da Informação Renata Alves Campos - Analista de T. I. (CoInfo) André de Oliveira Eskenazi

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL INSTRUÇÃO NORMATIVA SECOM-PR N o 8 DE 19 DE DEZEMBRO DE 2014 Disciplina a implantação e a gestão da Identidade Padrão de Comunicação Digital das

Leia mais

ESCLARECIMENTO Nº 02. 1. FURNAS Centrais Elétricas S.A. comunica respostas ao pedido de esclarecimentos sobre o Edital.

ESCLARECIMENTO Nº 02. 1. FURNAS Centrais Elétricas S.A. comunica respostas ao pedido de esclarecimentos sobre o Edital. ESCLARECIMENTO Nº 02 1. FURNAS Centrais Elétricas S.A. comunica respostas ao pedido de esclarecimentos sobre o Edital. PERGUNTA 1 - Considerando que o volume I, seção II, pág. 3/7, item 2.1.1 permite que

Leia mais

RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTOS Nº 01/2015

RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTOS Nº 01/2015 Serviço Social do Comércio Departamento Regional Minas Gerais Processo nº 11999/14 Folha nº Informações e/ou despachos RESPOSTA AO PEDIDO DE ESCLARECIMENTOS Nº 01/2015 Licitação: Pregão Eletrônico 0053/2015.

Leia mais

PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 01 PE Nº 03/2013

PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 01 PE Nº 03/2013 PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Nº 01 PE Nº 03/2013 Considerando o posicionamento enviado pela área técnica desta CGU-PR, segue abaixo a resposta ao Pedido Esclarecimento nº 01 PE nº 03/2013: QUESTIONAMENTO 01:

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 65/2009 ESCLARECIMENTO 1

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 65/2009 ESCLARECIMENTO 1 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento Referência: Pregão Eletrônico n. 65/2009 Data: 12/11/2009 Objeto: Contratação de pessoa jurídica especializada na prestação de serviços de assistência médica, ambulatorial

Leia mais

AVISO DE CHAMADA PÚBLICA DE APOIO INSTITUCIONAL Nº 01/2015 DO OBJETO

AVISO DE CHAMADA PÚBLICA DE APOIO INSTITUCIONAL Nº 01/2015 DO OBJETO AVISO DE CHAMADA PÚBLICA DE APOIO INSTITUCIONAL Nº 01/2015 DO OBJETO Esta Chamada Pública de Apoio Institucional visa à seleção de projetos a serem apoiados pelo CAU/BR na modalidade de Apoio à Assistência

Leia mais

2º Caderno de Perguntas e Respostas Pregão 373/2008-23

2º Caderno de Perguntas e Respostas Pregão 373/2008-23 2º Caderno de Perguntas e Respostas Pregão 373/2008-23 Pergunta n.º 01: Caso o DNIT/TO já possua este tipo de serviço, qual é o fornecedor atual e a taxa de administração que vem sendo aplicada? Resposta:

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DAS AÇÕES DE ASSESSORIA DE IMPRENSA E RELAÇÕES PÚBLICAS PARA PROMOÇÃO DO BRASIL NO EXTERIOR

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DAS AÇÕES DE ASSESSORIA DE IMPRENSA E RELAÇÕES PÚBLICAS PARA PROMOÇÃO DO BRASIL NO EXTERIOR MANUAL DE PROCEDIMENTOS DAS AÇÕES DE ASSESSORIA DE IMPRENSA E RELAÇÕES PÚBLICAS PARA PROMOÇÃO DO NO EXTERIOR MANUAL DE PROCEDIMENTOS DAS AÇÕES DE ASSESSORIA DE IMPRENSA E RELAÇÕES PÚBLICAS PARA PROMOÇÃO

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO EDITAL 041/2010 - PROJETO BRA/06/032 CÓDIGO: CARTEIRA DE LONGO PRAZO O Projeto BRA/06/032

Leia mais

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL

MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL MINISTÉRIO DA JUSTIÇA DEPARTAMENTO PENITENCIÁRIO NACIONAL EDITAL 03/015 BRA/011/014 Contratação de Consultoria Nacional Especializada Em Gestão de Desenvolvimento de Software BRASÍLIA, MAIO DE 015 EDITAL

Leia mais

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas e empresas de pequeno porte nas contratações públicas de

Leia mais

PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 002/2014

PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 002/2014 PROJETO SERVIÇOS E CIDADANIA EDITAL N 002/2014 Abertura de prazo para solicitação de serviços pelas entidades cadastradas no Projeto Serviços e Cidadania e sediadas em Curitiba e Região Metropolitana O

Leia mais

UNESCO - PROJETO 914BRA1121 MEC 2007 SESU Edital nº SESu 001/2007

UNESCO - PROJETO 914BRA1121 MEC 2007 SESU Edital nº SESu 001/2007 ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A EDUCAÇÃO, A CIÊNCIA E A CULTURA - UNESCO UNESCO - PROJETO 914BRA1121 MEC 2007 SESU Edital nº SESu 001/2007 Contrata Consultor na modalidade PRODUTO : Publicação de

Leia mais

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL TERMO DE REFERÊNCIA CAPACITAÇÃO INTERNA FACILITADOR PEDAGÓGICO

MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL TERMO DE REFERÊNCIA CAPACITAÇÃO INTERNA FACILITADOR PEDAGÓGICO MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL SECRETARIA NACIONAL DE DEFESA CIVIL TERMO DE REFERÊNCIA CAPACITAÇÃO INTERNA FACILITADOR PEDAGÓGICO 1 Função no Projeto Facilitação especializada em metodologias pedagógicas

Leia mais

3) Subcontratação será permitida? Resposta: Não.

3) Subcontratação será permitida? Resposta: Não. Respostas aos questionamentos/sugestões apresentados em vista da audiência pública referente à licitação para contratação de empresa(s) para prestação de serviço de solução integrada de fornecimento de

Leia mais

PROPOSTA DE CRIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE WEBSITE

PROPOSTA DE CRIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE WEBSITE PROPOSTA DE CRIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE WEBSITE Através do presente documento, a agência ACNBRASIL tem como objetivo apresentar uma proposta de criação e desenvolvimento de Website para COOPERATIVA DE

Leia mais

Errata do EDITAL DE LICITAÇÃO da Concorrência Nº. 1501558000080/2014 SEDE NO SUMÁRIO: ONDE SE LÊ: ANEXO V MODELO PARA PROPOSTA DE PREÇO

Errata do EDITAL DE LICITAÇÃO da Concorrência Nº. 1501558000080/2014 SEDE NO SUMÁRIO: ONDE SE LÊ: ANEXO V MODELO PARA PROPOSTA DE PREÇO Errata do EDITAL DE LICITAÇÃO da Concorrência Nº. 1501558000080/2014 SEDE NO SUMÁRIO: ONDE SE LÊ: ANEXO V MODELO PARA PROPOSTA DE PREÇO LEIA-SE: ANEXO V MODELO PARA PROPOSTA COMERCIAL NO SUMÁRIO: ONDE

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA Nº 002/2015. Objeto: TI SECURE WEB GATEWAY, SERVIÇO DE INSTALAÇÃO E TREINAMENTO

CONSULTA PÚBLICA Nº 002/2015. Objeto: TI SECURE WEB GATEWAY, SERVIÇO DE INSTALAÇÃO E TREINAMENTO CONSULTA PÚBLICA Nº 002/2015 TI SECURE WEB GATEWAY, SERVIÇO DE INSTALAÇÃO E TREINAMENTO ESCLARECIMENTOS AOS QUESTIONAMENTOS APRESENTADOS PELAS EMPRESAS INTERESSADAS País: BRASIL Nome do Projeto: PLANO

Leia mais

ASSUNTO: ESCLARECIMENTOS QUANTO À CONCORRÊNCIA Nº 02/2014

ASSUNTO: ESCLARECIMENTOS QUANTO À CONCORRÊNCIA Nº 02/2014 Brasília, 7 de agosto de 2014 ASSUNTO: ESCLARECIMENTOS QUANTO À CONCORRÊNCIA Nº 02/2014 Prezados Senhores, Em resposta a questionamentos formulados pelas licitantes no âmbito da Concorrência Publica nº

Leia mais

Uesley Sílvio Medeiros Licitanews Consultoria Especializada em Licitações e Contratações Públicas

Uesley Sílvio Medeiros Licitanews Consultoria Especializada em Licitações e Contratações Públicas Uesley Sílvio Medeiros, consultor governamental e professor na área de Licitação e Contratação Pública apresenta de forma simples como proceder com o cálculo para comprovação do preço manifestamente inexequível.

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 01/2014

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 01/2014 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 01/2014 Objeto: Contratação de empresa para prestação de serviços para desenvolvimento de projeto, sustentação, serviço e documentação de sistemas de informação, na modalidade Fábrica

Leia mais

PROJETO MULTIDISCIPLINAR DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2013 - PLANO DE COMUNICAÇÃO -

PROJETO MULTIDISCIPLINAR DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2013 - PLANO DE COMUNICAÇÃO - PROJETO MULTIDISCIPLINAR DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL - 2013 - PLANO DE COMUNICAÇÃO - A estrutura a seguir foi desenvolvida com base no escopo da disciplina de Planejamento Estratégico de Comunicação,

Leia mais

as cores locais formando um mosaico de sucesso

as cores locais formando um mosaico de sucesso 3º PRÊMIO DE COMUNICAÇÃO DO SISTEMA UNIMED Regulamento O presente regulamento tem a finalidade de estabelecer as normas aplicáveis ao Prêmio de Comunicação do Sistema Unimed, relativas aos participantes,

Leia mais

II. DA ANÁLISE E JULGAMENTO DAS RAZÕES DO IMPUGNANTE

II. DA ANÁLISE E JULGAMENTO DAS RAZÕES DO IMPUGNANTE PARECER ASSESSORIA JURÍDICA/SEPLAN Nº 110/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº: 1062/2012 INTERESSADO: DIVISÃO ADMINISTRATIVA DA SEPLAN ASSUNTO: ANÁLISE DO PROCESSO LICITATÓRIO MODALIDADE PREGÃO, E DA FORMA

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ FECOMÉRCIO/PARANÁ SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC/PARANÁ SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC/PARANÁ

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ FECOMÉRCIO/PARANÁ SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC/PARANÁ SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC/PARANÁ FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ FECOMÉRCIO/PARANÁ SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC/PARANÁ SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC/PARANÁ CONCORRÊNCIA 12/2012 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE AGÊNCIA DE PUBLICIDADE

Leia mais

ANEXO III PROPOSTA COMERCIAL PADRONIZADA EDITAL DE PREGÃO Nº. 014/2014 PREGÃO N. 014/2014

ANEXO III PROPOSTA COMERCIAL PADRONIZADA EDITAL DE PREGÃO Nº. 014/2014 PREGÃO N. 014/2014 ANEXO III PROPOSTA COMERCIAL PADRONIZADA EDITAL DE PREGÃO Nº. 014/2014 A DME Distribuição S/A - DMED PREGÃO N. 014/2014 A empresa..., inscrita no CNPJ/MF sob o n....., estabelecida à Av./Rua..., n...,

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 3.931, DE 19 DE SETEMBRO DE 2001. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO ORDEM DE SERVIÇO Nº 2/SETIN, DE 16 DE OUTUBRO DE 2008.

TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO ORDEM DE SERVIÇO Nº 2/SETIN, DE 16 DE OUTUBRO DE 2008. TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO ORDEM DE SERVIÇO Nº 2/SETIN, DE 16 DE OUTUBRO DE 2008. O SECRETÁRIO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DO TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO, no uso de suas atribuições legais e regulamentares,

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 006/2014 GESTÃO DA PLATAFORMA DE COMUNICAÇÃO

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 006/2014 GESTÃO DA PLATAFORMA DE COMUNICAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 006/2014 GESTÃO DA PLATAFORMA DE COMUNICAÇÃO A CBG Confederação Brasileira de Golfe, de acordo com a Lei 10.264 de 16 de julho de 2001 Lei Agnelo/Piva, regulamentada

Leia mais

Conselho Nacional do Ministério Público. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00059/2011

Conselho Nacional do Ministério Público. Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00059/2011 1 de 7 15:08 Pregão Eletrônico 590001.592011.2886.4552.2744559738.477 Conselho Nacional do Ministério Público Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00059/2011 Às 11:06 horas do dia 29 de dezembro de

Leia mais

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS E PROJETOS EXPERIMENTAIS

MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS E PROJETOS EXPERIMENTAIS CURSO DE JORNALISMO MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE MONOGRAFIAS E PROJETOS EXPERIMENTAIS 1 1 ÁREAS TEMÁTICAS Respeitada a disponibilidade de carga horária dos professores orientadores e a escolha dos alunos,

Leia mais

EDITAL SAL/MJ Nº 7, DE 2 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional

EDITAL SAL/MJ Nº 7, DE 2 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Secretaria de Assuntos Legislativos Esplanada dos Ministérios, Ed. Sede, bloco T, 4º andar, sala 434 (6) 2025 3376 / 34 E-mail: sal@mj.gov.br EDITAL SAL/MJ Nº 7, DE 2 DE JULHO DE

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Sistemática de Registro de Preços Versão: 06/12/2013

PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Sistemática de Registro de Preços Versão: 06/12/2013 1. O que é Registro de Preços? PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Sistemática de Registro de Preços Versão: 06/12/2013 O Sistema de Registro de Preços é "o conjunto de procedimentos para seleção de proposta

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO 2013 1.1.1 Estágio Curricular Supervisionado As novas diretrizes curriculares (2013) estabeleceram

Leia mais

IICA/BRA/09/005 Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura TERMO DE REFERÊNCIA Nº 01/2011 MODALIDADE PRODUTO

IICA/BRA/09/005 Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura TERMO DE REFERÊNCIA Nº 01/2011 MODALIDADE PRODUTO INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA IICA/BRA/09/005 Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura TERMO DE REFERÊNCIA Nº 01/2011 MODALIDADE PRODUTO I - IDENTIFICAÇÃO DO

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA. d) Certificação CERTICS informar se o software possui a referida certificação.

CONSULTA PÚBLICA. d) Certificação CERTICS informar se o software possui a referida certificação. CONSULTA PÚBLICA O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES está preparando procedimento licitatório visando a aquisição de software comparador de documentos do tipo texto, compreendendo

Leia mais

E S P E C I F I C A Ç Õ E S

E S P E C I F I C A Ç Õ E S E S P E C I F I C A Ç Õ E S 1) DO OBJETO: É objeto da presente licitação, a contratação de empresa para Prestação de Serviço de Auditoria externa (independente), compreendendo: 1.1 Auditoria dos registros

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA. Data Evento Horário Forma Local

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA. Data Evento Horário Forma Local EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA A CBG Confederação Brasileira de Golfe, de acordo com a Lei 10.264 de 16 de julho de 2001 Lei Agnelo/Piva, regulamentada pelo

Leia mais

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727)

Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Nome do questionário (ID): Levantamento de Governança de TI 2014 (566727) Pergunta: Sua resposta Data de envio: 12/06/2014 13:58:56 Endereço IP: 200.252.42.196 1. Liderança da alta administração 1.1. Com

Leia mais

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 5.966 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 5.966 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas, empresas de pequeno porte e equiparadas nas contratações de bens, prestação de serviços e execução de obras, no âmbito

Leia mais

EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.180/2012 PE 0266/2012

EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.180/2012 PE 0266/2012 EMPRESA MUNICIPAL DE INFORMÁTICA S/A IPLANRIO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO ESCLARECIMENTO PROCESSO 01.300.180/2012 PE 0266/2012 Trata-se de impugnações interpostas pelas licitantes abaixo relacionadas,

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S.A. - CERON

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S.A. - CERON Processo: PREGÃO ELETRÔNICO N.º 060/2008 Objeto: Contratação de Empresa Especializada para a Prestação de Serviços de Comunicação de Dados/Voz/lmagens, serviços que englobam a conservação da Intranet baseada

Leia mais

Política de Viagem Quatro Estações

Política de Viagem Quatro Estações 1 Gestão De Viagens Corporativas Construindo Uma Política De Viagens Mais Efetiva O documento em questão visa difundir informações, consolidar as práticas de mercado que nós consideramos importantes na

Leia mais

G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S. VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras

G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S. VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras G E S T Ã O D E C O M P R A S P O R R E G I S T R O D E P R E Ç O S VALDIR AUGUSTO DA SILVA Gestão Estratégica de Compras Portal de Compras SUMÁRIO O Sistema de Registro de Preços do Governo do Estado

Leia mais