Análise de Investimentos pela Escola Técnica

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Análise de Investimentos pela Escola Técnica"

Transcrição

1 Análise de Investimentos pela Escola Técnica Eduardo Werneck Diretor de Sustentabilidade da Apimec Apimec - Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais

2 LEANDRO MARTINS CNPI, MEMBRO DO COMITÊ DOS ANALISTAS APIMEC MBA EM FINANÇAS FIPE MESTRE EM ECONOMIA PROFESSOR DA APIMEC, BMF BOVESPA E ANBIMA PALESTRANTE EXPOMONEY ANALISTA CHEFE WALPIRES CORRETORA

3 ANÁLISE TÉCNICA Definição: estudo dos preços e de seus volumes. Conceito: todas as informações estão representadas nos gráficos, na medida em que este traduz o comportamento do mercado (fundamentalistas, insiders, grafistas, amadores etc). Na minha opinião é a melhor ferramenta para o investidor, principalmente a pessoa física. Fornece o timing da operação e mostra o lado racional da operação.

4 Timing de comprar ação barata Liquidação Distribuição Acumulação Mark up

5 Timing de comprar ação barata

6 TIPOS DE GRÁFICOS

7 GRÁFICO DE LINHAS: a linha é a união dos preços de fechamento

8 GRÁFICO DE BARRAS Mais completo que o gráfico de linhas, o gráfico de barras utiliza, além do preço de fechamento, o preço de abertura, o preço mínimo e o preço máximo do período utilizado.

9 GRÁFICO DE BARRAS

10 CANDLESTICK Utilizado no Japão, no mercado de negociação de arroz, por mais de 200 anos. A denominação candlesticks se dá porque a figura representativa parece uma vela com seus pavios. Sombra ou Pavio superior Máximo Abertura ou Fechamento Corpo Sombra ou Pavio inferior Abertura ou Fechamento Mínimo

11 CANDLESTICK

12 CANDLESTICK

13

14 FORMAÇÕES IMPORTANTES E SIMPLES

15 TRIÂNGULOS Variações: Simétrico Ascendente Descendente

16 BANDEIRAS E FLÂMULAS Formadas por um mastro (que é a impulsão da tendência formada) e por uma área de formação lateral (momento em que há uma indefinição da continuidade da tendência) ou de pequena realização do lucro. Na maioria das vezes dará continuidade à tendência anterior. Bandeira Flâmula

17 FORMAÇÕES DE REVERSÃO

18 OMBRO CABEÇA OMBRO (OCO) Em um movimento de alta há a formação de um topo (ombro esquerdo) seguido por um topo mais alto (cabeça), após essa formação há um enfraquecimento e a formação de um terceiro topo (ombro direito) abaixo do topo anterior e semelhante ao outro topo (ombro esquerdo). Abaixo desses três topos há um suporte respeitado (reta pescoço), que se rompido após o terceiro topo dará inicio à consolidação da formação que alcançará o objetivo da amplitude do segundo topo (cabeça). Vale ressaltar que a formação apenas é confirmada com o rompimento da linha de pescoço. Cabeça Ombro esq. Ombro dir. Reta Pescoço Objetivo

19 OMBRO CABEÇA OMBRO INVERTIDO (OCOI Semelhante ao OCO, porém em movimento de baixa. Objetivo Reta Pescoço Ombro esq. Ombro dir. Cabeça

20

21 FUNDO DUPLO Formação de dois fundos consecutivos no mesmo nível, identificado pelo letra W. A formação é confirmada após rompimento do último topo, e o objetivo é calculado projetando para cima a amplitude da última perna de baixa, de forma que a formação seja simétrica com sua porção anterior. Objetivo Confirmação 1º fundo 2º fundo Suporte

22 FUNDO DUPLO VIVO4

23 TOPO DUPLO Formação de dois topos consecutivos no mesmo nível, identificado pela letra M. A formação é confirmada após rompimento do último fundo, e o objetivo é calculado projetando para baixo a amplitude da última perna de alta, de forma que a formação seja simétrica com sua porção anterior. 1º Topo 2º Topo Resistência Confirmação Objetivo

24 TOPO HISTÓRICO DO IBOVESPA

25 FORMAÇÕES AVANÇADAS

26 CUP AND HANDLE

27 DERIVA DE ALTA

28 IBOVESPA - FINAL DE 2007

29 NOTÍCIAS OU GRÁFICOS?

30

31

32

33

34

35 01/11 = Fechamento + 4,89%

36 24/10/2012 divulgação do balanço após fechamento

37 +5,57%

38 FUNDAMENTOS OU GRÁFICOS?

39

40

41 Bandeira BRTO4

42 GAP Bandeira com Gap

43 Triângulo BVMF3

44 Triângulo BVMF3

45 GAP Triângulo e Gaps

46 Triângulo BVMF3

47 Triângulo BVMF3

48 GAP Triângulo e Gaps

49 DETALHES QUE FAZEM A DIFERENÇA: EX. ESCALA

50 ARITMÉTICA

51 LOGARÍTMICA

52 CRISE DE 2001 E

53 Antecipação em CMIG4 O que o gráfico não avisa mudanças regulatórias abruptas

54 INDICADORES

55 Banda de Bollinger

56 MMS para Stop PSSA3

57 KELTNER CHANNEL (MMS 200)

58 EDUARDO WERNECK LEANDRO MARTINS, CNPI

Curso Análise Técnica 1

Curso Análise Técnica 1 Curso Análise Técnica 1 Módulo 1 de 4 www.tradernauta.com.br Introdução Análise Técnica ou Gráfica Avaliação dos preços históricos de um ativo por meio de um gráfico típico para realizar projeções de performance

Leia mais

Sumário. Agradecimentos...11 Sobre o autor...12 Aviso importante...13 Prefácio...14 Introdução...16. Capítulo 1 Definições básicas...

Sumário. Agradecimentos...11 Sobre o autor...12 Aviso importante...13 Prefácio...14 Introdução...16. Capítulo 1 Definições básicas... Marcos Abe Novatec Sumário Agradecimentos...11 Sobre o autor...12 Aviso importante...13 Prefácio...14 Introdução...16 Capítulo 1 Definições básicas...17 Métodos de análise...17 Os agentes do mercado...

Leia mais

Apostila de Análise Gráfica

Apostila de Análise Gráfica Apostila de Análise Gráfica Contatos Bradesco Corretora E-mail: faq@bradescobbi.com.br Cliente Varejo: 11 2178-5757 Cliente Prime: 11 2178-5722 www.bradescocorretora.com.br APOSTILA DE ANÁLISE GRÁFICA

Leia mais

Análises: Análise Fundamentalista Análise Técnica

Análises: Análise Fundamentalista Análise Técnica Análises: Análise Fundamentalista Análise Técnica Análise Fundamentalista Origem remonta do final do século XIX e princípio do século XX, quando as corretoras de bolsa tinham seus departamentos de análise

Leia mais

CANDLESTICK. Carlos Alberto Debastiani. Um método para ampliar lucros na Bolsa de Valores. Novatec

CANDLESTICK. Carlos Alberto Debastiani. Um método para ampliar lucros na Bolsa de Valores. Novatec CANDLESTICK Um método para ampliar lucros na Bolsa de Valores Carlos Alberto Debastiani Novatec Fundamentos Capítulo 1 A formação dos elementos do gráfico: os candles Ao analisar o mercado, podemos utilizar

Leia mais

MINICURSO SEMAT. Análise Técnica para Investimentos em Bolsa de Valores, Índices e Commodities. Lucas Guilherme Rigo Canevazzi

MINICURSO SEMAT. Análise Técnica para Investimentos em Bolsa de Valores, Índices e Commodities. Lucas Guilherme Rigo Canevazzi MINICURSO SEMAT Análise Técnica para Investimentos em Bolsa de Valores, Índices e Commodities Lucas Guilherme Rigo Canevazzi Matheus Furtado de Souza Popp Prof. Dr. Geraldo Nunes Silva Prof. Dr. Maurílio

Leia mais

4 Estratégias para Implementação de Agentes

4 Estratégias para Implementação de Agentes Estratégias para Implementação de Agentes 40 4 Estratégias para Implementação de Agentes As principais dúvidas do investidor humano nos dias de hoje são: quando comprar ações, quando vendê-las, quanto

Leia mais

Raphael Figueredo RAFI. Módulo II - Intermediário

Raphael Figueredo RAFI. Módulo II - Intermediário Raphael Figueredo RAFI Módulo II - Intermediário ATENÇÃO i ATENÇÃO As informações contidas neste documento têm caráter meramente informativo e genérico. Portanto, não constituem qualquer tipo de aconselhamento

Leia mais

Joseilton S. Correia

Joseilton S. Correia O P E R A N D O N A Bolsa de Valores U T I L I Z A N D O ANÁLISE TÉCNICA Aprenda a identificar o melhor momento para comprar e vender ações Joseilton S. Correia Novatec Sumário Agradecimentos... 13 Sobre

Leia mais

Curso de Inteligência Financeira

Curso de Inteligência Financeira Curso de Inteligência Financeira 1.1- Porque planejar-se financeiramente? 1.2- O que é Inteligência Financeira? 1.3- Guia da Academia Financeira Ajudando você a conquistar sua independência financeira

Leia mais

CURSO PRÁTICO MINI CONTRATO XP Interfloat Ago/ 2014

CURSO PRÁTICO MINI CONTRATO XP Interfloat Ago/ 2014 CURSO PRÁTICO MINI CONTRATO XP Interfloat Ago/ 2014 A História da BM&F Uma história de Sucesso criada em Junho de 1985. Constituída sob a forma de sociedade por ações. Desenvolver, organizar e operacionalizar

Leia mais

A Hora do Gráfico. Análise Gráfica. Índice. Ibovespa - Diário. Ibovespa (gráfico de 15 minutos) Índice Ibovespa. Top 5. Fique de Olho.

A Hora do Gráfico. Análise Gráfica. Índice. Ibovespa - Diário. Ibovespa (gráfico de 15 minutos) Índice Ibovespa. Top 5. Fique de Olho. quinta-feira, 3 de outubro de 2013 Análise Gráfica A Hora do Gráfico Ibovespa - Diário Índice Índice Ibovespa Top 5 Fique de Olho Disclosure Hoje tivemos um dia de queda, no começo até testamos novamente

Leia mais

Movimentos oscilatórios de sinalização/a busca do risco zero ou o " timing" perfeito

Movimentos oscilatórios de sinalização/a busca do risco zero ou o  timing perfeito Base do Curso: Movimentos oscilatórios de sinalização/a busca do risco zero ou o " timing" perfeito "Antes de qualquer movimento, de alta ou de baixa dos preços de uma ação, aparecem, no gráfico, formações

Leia mais

Terça-feira, 22 de Dezembro de 2015. Panorama do Mercado Análise Ibovespa. #IBOV Diário. #IBOV Semanal

Terça-feira, 22 de Dezembro de 2015. Panorama do Mercado Análise Ibovespa. #IBOV Diário. #IBOV Semanal Terça-feira, 22 de Dezembro de 2015 Panorama do Mercado Análise Ibovespa #IBOV Diário O índice continua em movimentação de baixa após perder 43.800 e segue com pressão vendedora até o próximo suporte importante

Leia mais

Análise Técnica diária

Análise Técnica diária IBOVESPA Índice IBOV / FIQUE DE OLHO >Apesar > da pressão de venda no diário, mercado vai largando doji (candle de indecisão) em área de suporte, colocando um fio de esperança na galera, mas nada que empolgue

Leia mais

Bolsa de Valores Bolsa de Valores Ambiente que oferece condições e sistemas necessários para a realização de negociações de títulos e valores mobiliários de forma transparente Regulada pela CVM (Comissão

Leia mais

Alertas ComStop Manual de Instruções

Alertas ComStop Manual de Instruções Alertas ComStop Manual de Instruções Índice: 1. Introdução: O que são e quando são enviados os Alertas 2. Como visualizar os Alertas ComStop no seu Terminal Enfoque 3. Alertas de Compra e Venda 3.1 Botão

Leia mais

www.contratofuturo.com

www.contratofuturo.com www.contratofuturo.com www.contratofuturo.com O que é o Índice Futuro Para falar de índice futuro, primeiro precisamos falar do ÍNDICE no presente, que é o Ibovespa. O famoso índice que serve para medir

Leia mais

Curso básico de análise gráfica

Curso básico de análise gráfica Curso básico de análise gráfica AULA II Na primeira aula, aprenderam como se constrói um gráfico de barras e quais são as principais referências para se fazer a sua leitura associada a alguns princípios

Leia mais

A Lei Dos Gráficos. e o Traders Trick (TTE). Expo Money, São Paulo 2006. Rogerio Kirschbaum

A Lei Dos Gráficos. e o Traders Trick (TTE). Expo Money, São Paulo 2006. Rogerio Kirschbaum A Lei Dos Gráficos e o Traders Trick (TTE). Expo Money, São Paulo 2006 Rogerio Kirschbaum Fiji = PARAÍSO A REALIDADE. >70% perdem dinheiro... 11,5% têm lucros consistentes. Fonte: NASAA (North American

Leia mais

A Famosa Agulhada do Didi. Figura 1 A Agulhada do Didi. Obs: linha azul média de 3 dias linha verde média de 8 dias linha roxa média de 20 dias

A Famosa Agulhada do Didi. Figura 1 A Agulhada do Didi. Obs: linha azul média de 3 dias linha verde média de 8 dias linha roxa média de 20 dias A Famosa Agulhada do Didi Figura 1 A Agulhada do Didi Obs: linha azul média de 3 dias linha verde média de 8 dias linha roxa média de 20 dias Na verdade o padrão aqui e 5 minutos e não dias. Como será

Leia mais

SETORES: FOCO: LONGO PRAZO

SETORES: FOCO: LONGO PRAZO Relatório de Análise Gráfica Semanal (18/05/2009) SETORES: PAPEL / CELULOSE / MADEIRA (ARACRUZ, KLABIN S/A E V C P) PETRÓLEO / PETROQUÍMICA / QUÍMICA (BRASKEM, COMGAS, PETROBRAS E ULTRAPAR) SERVIÇOS DE

Leia mais

MANUAL DE ANÁLISE TÉCNICA

MANUAL DE ANÁLISE TÉCNICA MANUAL DE ANÁLISE TÉCNICA CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO CAPÍTULO 2 PREMISSAS BÁSICAS E BASE CONCEITUAL DA ANÁLISE TÉCNICA 2.1 - CONSTRUÇÃO DE GRÁFICOS 2.2 - TEORIA DO DOW E CONCEITO BÁSICO DE TENDÊNCIA 2.3 - CONCEITOS

Leia mais

Preparatório PROP TRADER AUCTUS. Bem vindo a AUCTUS, a primeira prop trade do BRASIL.

Preparatório PROP TRADER AUCTUS. Bem vindo a AUCTUS, a primeira prop trade do BRASIL. Preparatório PROP TRADER AUCTUS Bem vindo a AUCTUS, a primeira prop trade do BRASIL. Preparatório PROP TRADER AUCTUS O que é ser Prop Trader, o que é uma prop firm, exemplos e estratégias operacionais

Leia mais

CURSO DE ANÁLISE TÉCNICA APLICAÇÃO DE: FIBONACCI/CANDLESTICKS

CURSO DE ANÁLISE TÉCNICA APLICAÇÃO DE: FIBONACCI/CANDLESTICKS CURSO DE ANÁLISE TÉCNICA APLICAÇÃO DE: FIBONACCI/CANDLESTICKS Grafista de Bsb CURSO DE ANÁLISE TÉCNICA APLICAÇAO DE FIBONACCI E CANDLESTICK CONTEÚDO 1 - DEFINIÇÃO DE ANÁLISE TÉCNICA 2 A TÉCNICA 3 - OS

Leia mais

Terça-feira, 03 de Setembro de 2013. DESTAQUES

Terça-feira, 03 de Setembro de 2013. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa beira os 52 mil pontos Estrangeiros ampliam aposta na alta Produção da Petrobras no Brasil cai 4,6% Produção industrial muda de direção e cai 2% ATS tenta acelerar estreia no Brasil Disputa

Leia mais

MUDANÇAS NO GERADOR DE DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS

MUDANÇAS NO GERADOR DE DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS MUDANÇAS NO GERADOR DE DEMONSTRATIVOS CONTÁBEIS Visando a redução de riscos nos investimentos internacionais, além de ter mais facilidade de comunicação internacional no mundo dos negócios, com o uso de

Leia mais

Quarta-feira, 09 de Março de 2016. Panorama do Mercado Análise Ibovespa. #IBOV Diário

Quarta-feira, 09 de Março de 2016. Panorama do Mercado Análise Ibovespa. #IBOV Diário Quarta-feira, 09 de Março de 2016 Panorama do Mercado Análise Ibovespa #IBOV Diário O índice reage, chega a tocar na média exponencial de 72 períodos na mínima do dia, mas fecha em alta na região dos 47,7

Leia mais

BOVESPA Fechamento: 52.440 SU: 48.015 Tendência de C/M/L prazos IFR Volume IBOV Variação: -0,01% RE: 59.523 Baixa / Baixa / Baixa 38,08% R$ 4,66 bi

BOVESPA Fechamento: 52.440 SU: 48.015 Tendência de C/M/L prazos IFR Volume IBOV Variação: -0,01% RE: 59.523 Baixa / Baixa / Baixa 38,08% R$ 4,66 bi Índice Bovespa BOVESPA Fechamento: 52.440 SU: 48.015 Tendência de C/M/L prazos IFR Volume IBOV Variação: -0,01% RE: 59.523 Baixa / Baixa / Baixa 38,08% R$ 4,66 bi -0,01% -10,85% -24,33% -21,35% O IBOV

Leia mais

Apostila da Oficina. Aprenda a Investir na Bolsa de Valores

Apostila da Oficina. Aprenda a Investir na Bolsa de Valores Apostila da Oficina Aprenda a Investir na Bolsa de Valores O objetivo da Oficina é ensinar como começar a investir no mercado acionário. Então vamos iniciar recapitulando os passos básicos. A primeira

Leia mais

UMe Sobre a Um Investimentos

UMe Sobre a Um Investimentos UMe Sobre a Um Investimentos A UM INVESTIMENTOS é uma instituição financeira independente e atua no mercado financeiro há 44 anos. Atualmente é a maior corretora de investimentos brasileira nas redes sociais,

Leia mais

Mercados Futuros (BM&F)

Mercados Futuros (BM&F) Neste segmento de mercado se negociam contratos e minicontratos futuros de ativos financeiros ou commodities. Ou seja, é a negociação de um produto que ainda não existe no mercado, por um preço predeterminado

Leia mais

Análise Técnica Diário do Grafista

Análise Técnica Diário do Grafista Análise Técnica Diário do Grafista 2 de setembro de 2011 Ibovespa: Próxima Barreira, 60.000 pontos O Índice Bovespa continua em recuperação no curtíssimo e curto prazo, seguindo em direção à forte resistência

Leia mais

Talvez, todos já saibam o que tenho a dizer aqui e não seja novidade, mas dizem que a Chave do Aprendizado é a Repetição."

Talvez, todos já saibam o que tenho a dizer aqui e não seja novidade, mas dizem que a Chave do Aprendizado é a Repetição. OPERAÇÕES INTRADAY: UMA ABORDAGEM SIMPLIFICADA. A motivação para escrever esse texto veio justamente para que pudesse padronizar todos os conceitos utilizados na metodologia empregada por mim, durante

Leia mais

FolhaInvest Manual Carteira

FolhaInvest Manual Carteira FolhaInvest Manual Carteira Carteira é onde estão consolidadas as informações sobre suas ações e seu capital. A partir de atalhos, você poderá comprar, clicando na letra C, ou vender, clicando na letra

Leia mais

FORMAÇÃO DOS GRÁFICOS

FORMAÇÃO DOS GRÁFICOS Com a popularização do mercado de ações, cresce cada vez mais o número de investidores aptos a operar neste mercado e, proporcionalmente, mais técnicas de análise são apresentadas a eles. Estas técnicas

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS DE MERCADO DE CAPITAIS CEMEC RELATÓRIO CEMEC MENSAL DE DESEMPENHO DA POUPANÇA FINANCEIRA. Junho

CENTRO DE ESTUDOS DE MERCADO DE CAPITAIS CEMEC RELATÓRIO CEMEC MENSAL DE DESEMPENHO DA POUPANÇA FINANCEIRA. Junho CENTRO DE ESTUDOS DE MERCADO DE CAPITAIS CEMEC CENTRO DE ESTUDOS DE MERCADO DE CAPITAIS RELATÓRIO CEMEC MENSAL DE DESEMPENHO DA POUPANÇA FINANCEIRA Junho 2011 ÍNDICE 1. Objetivo do Relatório... 3 2. Modelo

Leia mais

FAQ PERGUNTAS FREQUENTES STOCKS ETF S FUTURES CURRENCIES MUTUALFUNDS

FAQ PERGUNTAS FREQUENTES STOCKS ETF S FUTURES CURRENCIES MUTUALFUNDS Ibovtrend THE MARKET TIMING AND TRADE DECISION SYSTEM FOR EVERY MAJOR GLOBAL MARKET FAQ PERGUNTAS FREQUENTES STOCKS ETF S FUTURES CURRENCIES MUTUALFUNDS Pergunta: O Ibovtrend um corretora? Resposta: Nós

Leia mais

INFORME FINACAP DTVM

INFORME FINACAP DTVM INFORME FINACAP DTVM Histórico de crescimento até a criação da Finacap DTVM Março/97 - A Finacap nasce como empresa de consultoria financeira, a Finacap - Consultoria Financeira e Mercado de Capitais.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS DANIEL FRANCISCO VANCIN

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS DANIEL FRANCISCO VANCIN UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ADMINISTRAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ADMINISTRATIVAS DANIEL FRANCISCO VANCIN INDICADORES TÉCNICOS: UM ESTUDO SOBRE O USO DA ANÁLISE TÉCNICA COMO APOIO

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO DIÁRIO

RELATÓRIO TÉCNICO DIÁRIO RESEARCH TEAM RELATÓRIO TÉCNICO DIÁRIO AVISO LEGAL & DIVULGAÇÕES Por favor leia o aviso e as divulgações que podem ser encontrados no final deste relatório EUR / USD Rompendo o suporte em 1.1236. EUR/USD

Leia mais

Curso Introdução ao Mercado de Ações

Curso Introdução ao Mercado de Ações Curso Introdução ao Mercado de Ações Módulo 2 Continuação do Módulo 1 www.tradernauta.com.br Sistema de negociação da Bovespa e Home Broker Mega Bolsa Sistema implantado em 1997, é responsável por toda

Leia mais

ATA DE REUNIÃO DO COMITÊ DE INVESTIMENTOS - COMIN COMIN - Nº 08/2014

ATA DE REUNIÃO DO COMITÊ DE INVESTIMENTOS - COMIN COMIN - Nº 08/2014 ATA DE REUNIÃO DO COMITÊ DE INVESTIMENTOS - COMIN COMIN - Nº 08/2014 Data: 29/04/2014 Participantes Efetivos: Edna Raquel Rodrigues Santos Hogemann Presidente, Valcinea Correia da Silva Assessora Especial,

Leia mais

[CONFIDENCIAL] Aprenda com o SAGAZ. Primeiros passos para investir na Bolsa.

[CONFIDENCIAL] Aprenda com o SAGAZ. Primeiros passos para investir na Bolsa. 1 Aprenda com o SAGAZ Primeiros passos para investir na Bolsa. Está pensando em investir em ações e não sabe por onde começar? Fique tranqüilo, você está no lugar certo. Aqui você terá a melhor orientação

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO DIÁRIO

RELATÓRIO TÉCNICO DIÁRIO RESEARCH TEAM RELATÓRIO TÉCNICO DIÁRIO AVISO LEGAL & DIVULGAÇÕES Por favor leia o aviso e as divulgações que podem ser encontrados no final deste relatório DIREÇÃO PERÍODO DE TEMPO ESTRATÉGIA / POSIÇÃO

Leia mais

Os investimentos no Brasil estão perdendo valor?

Os investimentos no Brasil estão perdendo valor? 1. Introdução Os investimentos no Brasil estão perdendo valor? Simone Maciel Cuiabano 1 Ao final de janeiro, o blog Beyond Brics, ligado ao jornal Financial Times, ventilou uma notícia sobre a perda de

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional O Grupo O Grupo MultinvestCapital está inserido no mercado financeiro e de capitais que, ao longo das últimas décadas, vem evoluindo e aprimorando os padrões e procedimentos

Leia mais

VISUALIZAÇÃO DE TENDÊNCIAS DE MERCADO: DESENVOLVIMENTO DE UMA FERRAMENTA GRÁFICA A PARTIR DE SOFTWARE LIVRE

VISUALIZAÇÃO DE TENDÊNCIAS DE MERCADO: DESENVOLVIMENTO DE UMA FERRAMENTA GRÁFICA A PARTIR DE SOFTWARE LIVRE VISUALIZAÇÃO DE TENDÊNCIAS DE MERCADO: DESENVOLVIMENTO DE UMA FERRAMENTA GRÁFICA A PARTIR DE SOFTWARE LIVRE José Tarcísio Franco de Camargo jtfc@bol.com.br Faculdade Municipal Prof. Franco Montoro (FMPFM)

Leia mais

ANÁLISE TÉCNICA MÉTODO EQUIPE AÇÕES POR OPÇÕES

ANÁLISE TÉCNICA MÉTODO EQUIPE AÇÕES POR OPÇÕES Página 1 de 8 ANÁLISE TÉCNICA MÉTODO EQUIPE AÇÕES POR OPÇÕES Olá, apresentaremos um método prático de análise técnica visando o fácil entendimento e a facilidade nas operações. Recomendamos que o leitor

Leia mais

Análise Técnica Semanal

Análise Técnica Semanal Guia Semanal Análise Técnica Semanal 20 de janeiro de 2011 20 de janeiro de 2011 Cesar Crivelli, CNPI-P Sumário Resumo... Ibovespa... CRB... S&P500... 3 4 5 6 DXY... 7 EURO... 8 Resumo Ibovespa Mercado

Leia mais

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL 1 O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E A CONTABILIDADE AMBIENTAL: Uma Análise dos Indicadores Financeiros de Empresas participantes do Índice de Sustentabilidade Empresarial da BM&F BOVESPA. Rubiana Bezerra

Leia mais

Documentação Trade Manager. Metarobôs.

Documentação Trade Manager. Metarobôs. Documentação Trade Manager Metarobôs. Gráfico Parâmetro declaração do ativo operado: Sempre utilize letras MAIÚSCULAS (números são padrões). Não deixe o nome do ativo em BRANCO. Só será permitido deixar

Leia mais

Comitê Consultivo de Educação Programa TOP XI Regulamento

Comitê Consultivo de Educação Programa TOP XI Regulamento Apresentação: O Programa TOP é uma iniciativa conjunta das instituições que formam o Comitê Consultivo de Educação, criado pela Deliberação CVM n 498/06, que tem os seguintes objetivos: - propor e apoiar

Leia mais

RELEASES DIVULGADOS APIMEC-SUL ABRE INSCRIÇÕES PARA MBA EM MERCADO DE CAPITAIS

RELEASES DIVULGADOS APIMEC-SUL ABRE INSCRIÇÕES PARA MBA EM MERCADO DE CAPITAIS RELEASES DIVULGADOS Release: Inscrições MBA em Mercado de Capitais Data: 21.01 APIMEC-SUL ABRE INSCRIÇÕES PARA MBA EM MERCADO DE CAPITAIS As aulas começam dia 04.04 e serão ministradas na sede da entidade,

Leia mais

Bom Dia Commodities. Commodities. 12 de Agosto, 2013. Café

Bom Dia Commodities. Commodities. 12 de Agosto, 2013. Café Bom Dia Café Semana positiva para o café. Finalmente saiu a medida que os produtores estavam esperando. A presidente Dilma anunciou que enxugará do mercado 3 milhões de sacas em março/14 a R$346,00/saca

Leia mais

Workshop. Apimec 6 meses da implementação das regras de autorregulação

Workshop. Apimec 6 meses da implementação das regras de autorregulação Workshop Apimec 6 meses da implementação das regras de autorregulação 27 de abril de 2011 Apimec e CVM Instrução CVM nº 483, em vigor desde 01/10/2010 Estabelece as novas regras aplicáveis aos analistas

Leia mais

MERCADO DE AÇÕES: CONCEITOS E DEFINIÇÕES MODALIDADE SEMI-PRESENCIAL

MERCADO DE AÇÕES: CONCEITOS E DEFINIÇÕES MODALIDADE SEMI-PRESENCIAL MERCADO DE AÇÕES: CONCEITOS E DEFINIÇÕES MODALIDADE SEMI-PRESENCIAL a) Objetivo Este curso apresenta como as empresas podem obter financiamento por meio da abertura do seu capital e como a Bolsa se organiza

Leia mais

SOROS, George. A alquimia das finanças: lendo a mente do mercado. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1996. Cap. 2.

SOROS, George. A alquimia das finanças: lendo a mente do mercado. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1996. Cap. 2. SOROS, George. A alquimia das finanças: lendo a mente do mercado. Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1996. Cap. 2. Aula de Fernando Nogueira da Costa Professor do IE- UNICAMP flutuações X tendência ao equilíbrio

Leia mais

BOVESPA Fechamento: SU: Tendência de C/M/L prazos IFR Volume IBOV Variação: +1,77% RE: Baixa / Baixa / Baixa 52,38% R$ 5,65 bi

BOVESPA Fechamento: SU: Tendência de C/M/L prazos IFR Volume IBOV Variação: +1,77% RE: Baixa / Baixa / Baixa 52,38% R$ 5,65 bi Índice Bovespa BOVESPA Fechamento: 62.303 SU: 60.828 Tendência de C/M/L prazos IFR Volume IBOV Variação: +1,77% RE: 70.124 Baixa / Baixa / Baixa 52,38% R$ 5,65 bi +2,11% -3,59% -10,10% -2,99% O IBOV fechou

Leia mais

Bolsa de Mercadorias e Futuros

Bolsa de Mercadorias e Futuros Bolsa de Mercadorias e Futuros Mercado de Capitais Origens das Bolsas de mercadoria No Japão em 1730, surgiu o verdadeiro mercado futuro de arroz(que já era escritural), chamado chu-aí-mai, foi reconhecido

Leia mais

O QUE É CUSTO DE CAPITAL PARTE ll

O QUE É CUSTO DE CAPITAL PARTE ll O QUE É CUSTO DE CAPITAL PARTE ll! REMUNERAÇÃO PELA ESPERA! REMUNERAÇÃO PELO RISCO! COEFICIENTE BETA! A EQUAÇÃO Francisco Cavalcante(f_c_a@uol.com.br) Administrador de Empresas graduado pela EAESP/FGV.

Leia mais

Introdução ao jseta (Sistema para o Estudo Técnico de Ações em JAVA) e ao estudo técnico de ações

Introdução ao jseta (Sistema para o Estudo Técnico de Ações em JAVA) e ao estudo técnico de ações Introdução ao jseta (Sistema para o Estudo Técnico de Ações em JAVA) e ao estudo técnico de ações José Tarcísio F. de Camargo Faculdade Municipal Professor Franco Montoro (2012) SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO...

Leia mais

DAILY BRIEFING COMPORTAMENTO DOS MERCADOS 02 DE SETEMBRO DE 2011

DAILY BRIEFING COMPORTAMENTO DOS MERCADOS 02 DE SETEMBRO DE 2011 DAILY BRIEFING COMPORTAMENTO DOS MERCADOS 02 DE SETEMBRO DE 2011 p Índice ÍNDICE S&P 500... 2 ÍNDICE BOVESPA FUTURO OUT/11... 3 PETRÓLEO SPOT TIPO BRENT... 4 PETROBRÁS PN... 5 TAXA DE CÂMBIO SPOT USD/EURO...

Leia mais

SEMINÁRIO Curso Safras Trading School Aplicado a Commodities. Dias 24, 25 e 26 de Agosto de 2011 Cascavel (PR)

SEMINÁRIO Curso Safras Trading School Aplicado a Commodities. Dias 24, 25 e 26 de Agosto de 2011 Cascavel (PR) SEMINÁRIO Curso Safras Trading School Aplicado a Commodities Dias 24, 25 e 26 de Agosto de 2011 Cascavel (PR) O Curso Safras Trading School se diferencia pelo fato de ser ministrado em 3 dias. Com isso,

Leia mais

CSHG Unique FIC FIA Comentário do Gestor

CSHG Unique FIC FIA Comentário do Gestor CSHG Unique FIC FIA Comentário do Gestor Novembro 2010 Sobre Insider Buying/Selling Uma das perguntas cuja resposta todo analista ou investidor de ações gostaria de ter se refere à opinião daquelas pessoas

Leia mais

I. Personalizando a Área de Trabalho

I. Personalizando a Área de Trabalho 1 I. Personalizando a Área de Trabalho Área de Trabalho (desktop) do Novo Painel de Negociação do Home broker: Existem quatro desktops disponíveis para uso. Para alternar entre um e outro, clique sobre

Leia mais

ESTRATÉGIAS EM ANDAMENTO. > MILS3 com suporte nos R$ 27,34. Possível formação de OCO. Caso perca este suporte papel tem objetivo nos R$ 25,10.

ESTRATÉGIAS EM ANDAMENTO. > MILS3 com suporte nos R$ 27,34. Possível formação de OCO. Caso perca este suporte papel tem objetivo nos R$ 25,10. ESTRATÉGIAS EM ANDAMENTO 29/abr COMPRA CRUZ3 Souza Cruz R$ 21,37 R$ 22,90 R$ 23,45 R$ 19,93 Fumo R$ 21,25 % 7,16% 9,73% -6,74% 25/abr COMPRA MDIA3 M. Dias Branco R$ 95,00 R$ 98,90 R$ 100,00 R$ 91,18 Alimentício

Leia mais

Quinta-feira, 17 de Março de Panorama do Mercado Análise Ibovespa. #IBOV Diário

Quinta-feira, 17 de Março de Panorama do Mercado Análise Ibovespa. #IBOV Diário Quinta-feira, 17 de Março de 2016 Panorama do Mercado Análise Ibovespa #IBOV Diário Índice continua reação altista, rompendo a resistência na região dos 50k e fechando em alta de mais de 6,50%, sendo o

Leia mais

CONCURSO DE TRABALHOS TÉCNICOS - 20º CONGRESSO APIMEC 2008

CONCURSO DE TRABALHOS TÉCNICOS - 20º CONGRESSO APIMEC 2008 CONCURSO DE TRABALHOS TÉCNICOS - 20º CONGRESSO APIMEC 2008 1. CONGRESSO Local: Centro de Convenções do Hotel Windsor Barra Av. Sernambetiba, 2630 - Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ Cep: 22620-172

Leia mais

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Abril 2012

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Abril 2012 Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Abril 2012 O RISCO DOS DISTRATOS O impacto dos distratos no atual panorama do mercado imobiliário José Eduardo Rodrigues Varandas Júnior

Leia mais

1 a Jornada de Contabilidade Práticas de Governança Corporativa e Transparência 22 de setembro de 2005

1 a Jornada de Contabilidade Práticas de Governança Corporativa e Transparência 22 de setembro de 2005 1 a Jornada de Contabilidade Práticas de Governança Corporativa e Transparência 22 de setembro de 2005 Agenda Introdução Demandas do mercado de capitais Governança corporativa Governança corporativa no

Leia mais

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar)

Boletim Diário MERCADOS. Índices, Câmbio e Commodities. Bolsa. Câmbio. Altas e Baixas do Ibovespa. Juros. Ibovespa x Dow Jones (em dólar) MERCADOS Bolsa O Ibovespa não conseguiu sustentar o movimento de alta do começo da tarde e terminou o dia em queda de 0,15% aos 53.100 pontos, com baixo volume financeiro de R$ 4,7 bilhões, acumulando

Leia mais

INVESTINDO COM A TENDÊNCIA STOCKS ETF S FUTURES CURRENCIES MUTUALFUNDS

INVESTINDO COM A TENDÊNCIA STOCKS ETF S FUTURES CURRENCIES MUTUALFUNDS Ibovtrend THE MARKET TIMING AND TRADE DECISION SYSTEM FOR EVERY MAJOR GLOBAL MARKET INVESTINDO COM A TENDÊNCIA STOCKS ETF S FUTURES CURRENCIES MUTUALFUNDS A TENDÊNCIA É SUA AMIGA O Ibovtrend se baseia

Leia mais

FIPECAFI e IBRI divulgam resultado da 5ª Pesquisa sobre o Perfil e a Área de Relações com Investidores

FIPECAFI e IBRI divulgam resultado da 5ª Pesquisa sobre o Perfil e a Área de Relações com Investidores FIPECAFI e IBRI divulgam resultado da 5ª Pesquisa sobre o Perfil e a Área de Relações com Investidores Os resultados da 5ª Pesquisa sobre o perfil e a área de Relações com Investidores no Brasil divulgado

Leia mais

O que é uma corretora de valores

O que é uma corretora de valores A maioria dos home-broker disponibilizados palas corretoras gratuitamente são bem parecidos. Por essa razão, este material traz uma abordagem genérica, onde o investidor terá uma visão geral do funcionamento

Leia mais

A ESTRATÉGIA DE FIBONACCI FUNCIONA NA BOLSA BRASILEIRA? 1 RESUMO

A ESTRATÉGIA DE FIBONACCI FUNCIONA NA BOLSA BRASILEIRA? 1 RESUMO 1 A ESTRATÉGIA DE FIBONACCI FUNCIONA NA BOLSA BRASILEIRA? 1 Felipe Braga Jorge 2 RESUMO O presente estudo tem por objetivo analisar o comportamento de uma das análises técnicas para bolsa de valores denominada

Leia mais

Mudanças Recentes no Passivo Externo Brasileiro

Mudanças Recentes no Passivo Externo Brasileiro Mudanças Recentes no Passivo Externo Brasileiro As contas externas do país registraram a seqüência de cinco anos de superávits em transações correntes entre 2003 e 2007, proporcionando a ocorrência de

Leia mais

Comitê Consultivo de Educação Programa TOP XIV. Dia 28 de julho de 2014 segunda-feira

Comitê Consultivo de Educação Programa TOP XIV. Dia 28 de julho de 2014 segunda-feira Dia 28 de julho de 2014 segunda-feira Local:, Rua XV de Novembro, 275 - Centro 1º andar 08h40 09h00 Credenciamento 09h00 09h15 Abertura: Comitê Consultivo de Educação 09h15 10h30 A Comissão de Valores

Leia mais

TÉCNICAS DE AVALIAÇÃO PARA O MERCADO ACIONÁRIO

TÉCNICAS DE AVALIAÇÃO PARA O MERCADO ACIONÁRIO UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO CAMPUS ARARAQUARA FACULDADE DE CIÊNCIAS E LETRAS DEPARTAMENTO DE ECONOMIA CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS TÉCNICAS DE AVALIAÇÃO PARA O MERCADO ACIONÁRIO

Leia mais

ANÁLISE TÉCNICA E FUNDAMENTALISTA: ENSAIOS SOBRE OS MÉTODOS DE ANÁLISE*

ANÁLISE TÉCNICA E FUNDAMENTALISTA: ENSAIOS SOBRE OS MÉTODOS DE ANÁLISE* ANÁLISE TÉCNICA E FUNDAMENTALISTA: ENSAIOS SOBRE OS MÉTODOS DE ANÁLISE* Thiago de Sousa Barros 1 - tsousabarros@gmail.com 1 Universidade Federal de Ouro Preto Minas Gerais/ Brasil * Submissão em: 05/03/2015

Leia mais

Periodicidade... 32 Como é feita a contagem de tempo...33 Diferentes periodicidades no mesmo ativo...34 Hierarquia...34 Prazos operacionais...

Periodicidade... 32 Como é feita a contagem de tempo...33 Diferentes periodicidades no mesmo ativo...34 Hierarquia...34 Prazos operacionais... Índice APRESENTAÇÃO...9 INTRODUÇÃO... 11 A atração e a armadilha do mercado... 11 O ciclo evolutivo de um trader...12 Orientando-se por dicas... 14 Orientando-se por notícias... 14 A transição assumindo

Leia mais

DYNAMO DYNAMO ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS

DYNAMO DYNAMO ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS 1 I A Dynamo Início Ativos sob gestão Estratégia de Investimento Partnership fundada em 1993 no Rio de Janeiro, cuja única atividade é o investimento de longo prazo em ações.

Leia mais

Índices & Futuros Ibovespa Tendência Primária (MMA200): Baixa Resistências: Tendência Secundária (MMA50): Baixa Suportes:

Índices & Futuros Ibovespa Tendência Primária (MMA200): Baixa Resistências: Tendência Secundária (MMA50): Baixa Suportes: índices & futuros: blue chips: calls diários: estudos técnicos: ibov_1 petr4_4 bbdc4_8 trader no divã_12 dji_2 vale5_5 brkm5_9 short monitor_14 dolfut_3 ogxp3_6 csna3_10 painéis_15 ggbr4_7 btow3_11 1.set.2011

Leia mais

Aprenda a investir na Bolsa de Valores/

Aprenda a investir na Bolsa de Valores/ Aprenda a investir na Bolsa de Valores/ Chegou a sua vez de investir em ações Método consagrado. Linguagem simples, sem financês. Mais de 200.000 alunos formados. Curso sobre Bolsa mais vendido no país

Leia mais

Quinta-feira, 21 de Janeiro de Panorama do Mercado Análise Ibovespa. #IBOV Diário. #IBOV Semanal

Quinta-feira, 21 de Janeiro de Panorama do Mercado Análise Ibovespa. #IBOV Diário. #IBOV Semanal Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2016 Panorama do Mercado Análise Ibovespa #IBOV Diário O índice segue em forte tendência de baixa e buscou a projeção do Canal na faixa de 37 mil pontos. Ainda precisamos

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE DE ANÁLISE DE COMPRA/VENDA DE ATIVOS NEGOCIADOS NAS BOLSAS DE VALORES UTILIZANDO A TÉCNICA DE MÉDIAS MÓVEIS

DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE DE ANÁLISE DE COMPRA/VENDA DE ATIVOS NEGOCIADOS NAS BOLSAS DE VALORES UTILIZANDO A TÉCNICA DE MÉDIAS MÓVEIS DESENVOLVIMENTO DE UM SOFTWARE DE ANÁLISE DE TENDÊNCIAS DE COMPRA/VENDA DE ATIVOS NEGOCIADOS NAS BOLSAS DE VALORES UTILIZANDO A TÉCNICA DE MÉDIAS MÓVEIS Gabriel Malheiros Silveira Orientador: Prof. Oscar

Leia mais

Apresentação Institucional

Apresentação Institucional Apresentação Institucional O GRUPO O Grupo MultinvestCapital é formado pelas seguintes empresas MultinvestCapital Administradora de Recursos, MultinvestCapital Agentes Autônomos de Investimentos e MultinvestCapital

Leia mais

Sobre a Um Investimentos

Sobre a Um Investimentos Sobre a Um Investimentos A UM INVESTIMENTOS é uma instituição financeira independente e atua no mercado financeiro há 44 anos. Atualmente é a maior corretora de investimentos brasileira nas redes sociais,

Leia mais

Tributação. Mercado de Derivativos, Fundos e Clubes de Investimentos, POP e Principais Perguntas

Tributação. Mercado de Derivativos, Fundos e Clubes de Investimentos, POP e Principais Perguntas Tributação Mercado de Derivativos, Fundos e Clubes de Investimentos, POP e Principais Perguntas 1 Índice Imposto de Renda para Mercado de Opções 03 Exemplos de Apuração dos Ganhos Líquidos - Antes do Exercício

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO DIÁRIO

RELATÓRIO TÉCNICO DIÁRIO RESEARCH TEAM RELATÓRIO TÉCNICO DIÁRIO AVISO LEGAL & DIVULGAÇÕES Por favor leia o aviso e as divulgações que podem ser encontrados no final deste relatório EUR / USD Movimentando-se no canal de tendência

Leia mais

GAP Ações FIA O Fundo e sua Filosofia

GAP Ações FIA O Fundo e sua Filosofia GAP AÇÕES FIA GAP Ações FIA O Fundo e sua Filosofia Time formado por 7 pessoas (2 gestores de portifólio + 5 analistas) + suporte das áreas de análise macroeconômica e de risco Fundo long-only com um consistente

Leia mais

Existe uma diferença entre o montante (S) e a aplicação (P) que é denominada de remuneração, rendimento ou juros ganhos.

Existe uma diferença entre o montante (S) e a aplicação (P) que é denominada de remuneração, rendimento ou juros ganhos. Módulo 3 JUROS SIMPLES 1. Conceitos Iniciais 1.1. Juros Juro é a remuneração ou aluguel por um capital aplicado ou emprestado, o valor é obtido pela diferença entre dois pagamentos, um em cada tempo, de

Leia mais

O Jovem Administrador e o Mercado de Capitais. Palestrante: José Augusto R. Miranda

O Jovem Administrador e o Mercado de Capitais. Palestrante: José Augusto R. Miranda O Jovem Administrador e o Mercado de Capitais Palestrante: José Augusto R. Miranda O AÇÃO JOVEM Quem Somos: Fundado em 2003, o Ação Jovem é uma associação sem fins lucrativos formada por jovens do mercado

Leia mais

Sexta-feira, 09 de Maio de 2014. DESTAQUES

Sexta-feira, 09 de Maio de 2014. DESTAQUES DESTAQUES Bovespa passa por correção após 4 altas Aécio avança e cresce chance de eleição B2W reduz prejuízo do trimestre em 5,7% Lucro da Marisa cresce 57,3% no 1º tri Lucro da Raia Drogasil dobra no

Leia mais

Leonardo Cavalcante Daniel Santos Costa

Leonardo Cavalcante Daniel Santos Costa Leonardo Cavalcante Daniel Santos Costa Novatec capítulo 1 INTRODUÇÃO Provavelmente você, leitor, perderá dinheiro com o mercado financeiro. Isso mesmo. Repito: provavelmente perderá dinheiro com o mercado

Leia mais

DAILY BRIEFING COMPORTAMENTO DOS MERCADOS 15 DE AGOSTO DE 2011

DAILY BRIEFING COMPORTAMENTO DOS MERCADOS 15 DE AGOSTO DE 2011 DAILY BRIEFING COMPORTAMENTO DOS MERCADOS 15 DE AGOSTO DE 2011 p Índice ÍNDICE S&P 500... 2 ÍNDICE BOVESPA FUTURO AGO/11... 3 PETRÓLEO SPOT TIPO BRENT... 4 PETROBRÁS PN... 5 TAXA DE CÂMBIO SPOT USD/EURO...

Leia mais

AÇÕES BRUNI BRUNI BRUNI BRUNI. Mercados de Capitais Ações. Mercados. Todo o conteúdo dos slides deve ser acompanhado com o livro

AÇÕES BRUNI BRUNI BRUNI BRUNI. Mercados de Capitais Ações. Mercados. Todo o conteúdo dos slides deve ser acompanhado com o livro Capítulo Mercados de Capitais Ações Bibliografia básica Todo o conteúdo dos slides deve ser acompanhado com o livro Mercados Financeiros, publicado pela Editora Atlas. Objetivos do capítulo Mercado de

Leia mais

Esclarecimentos sobre rentabilidade das cotas do Plano SEBRAEPREV

Esclarecimentos sobre rentabilidade das cotas do Plano SEBRAEPREV INVESTIMENTOS Esclarecimentos sobre rentabilidade das cotas do Plano SEBRAEPREV Uma questão de suma importância para a consolidação e perenidade de um Fundo de Pensão é a sua saúde financeira, que garante

Leia mais

APRENDA A INVESTIR NA BOLSA DE VALORES

APRENDA A INVESTIR NA BOLSA DE VALORES APRENDA A INVESTIR NA BOLSA DE VALORES Programa 2013 OBJETIVOS: O mercado financeiro sofreu grandes modificações nos últimos anos e temos a necessidade de conhecer profundamente as operações financeiras

Leia mais

A QUEBRA DA PETROBRAS

A QUEBRA DA PETROBRAS A QUEBRA DA PETROBRAS No final de 2014, eu fiz um estudo em cima do mercado financeiro brasileiro e nesse estudo eu analisei com propriedade a alta do dólar e a queda do Ibovespa para as mínimas da crise

Leia mais