Coleção - Análises de marketing em clientes de

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Coleção - Análises de email marketing em clientes de email"

Transcrição

1 Coleção - Análises de marketing em clientes de Introdução Os clientes de Outlook, da Microsoft, são utilizados principalmente para s corporativos. Isso significa que os negócios do tipo B2B que trabalham com marketing devem ter estes programas inclusos em suas rotinas de teste e otimizar os templates das mensagens para estes clientes de . As maiores diferenças e problemas existem no Outlook 2007 em relação aos demais, devido a uma mudança significativa no mecanismo de renderização das mensagens. As versões 2003 e Express do Outlook, da Microsoft, utilizam dois mecanismos para renderizar as mensagens: o Internet Explorer, para exibição, e o Word para edição/ composição. Assim, se a mensagem é exibida corretamente no Internet Explorer, certamente será exibida do mesmo modo na caixa de entrada de um usuário do Outlook Express ou 2003, com as ressalvas apenas dos avisos de segurança. Porém, quando o usuário encaminha o HTML recebido para outro destinatário, ele entra no modo de edição e composição da nova mensagem e o Outlook troca seu mecanismo de renderização para o Microsoft Word. Atualizado em: 16/04/2009 Resumo do conteúdo: Com a publicação de uma edição por mês, a Coletânea Análises de marketing em clientes de tem o objetivo de auxiliar os desenvolvedores na codificação de marketing seguindo os padrões web, de acordo com o suporte de cada cliente de . Nesta edição, Outlook 2003, Outlook Express e Outlook Não perca a próxima edição, com as análises de Terra e Thunderbird. Nesta troca, é comum ocorrer alguns problemas de visualização da mensagem no modo edição em relação ao modo exibição, pois o Word não suporta os mesmos elementos de HTML e CSS suportados pelo Internet Explorer. Assim, quando uma mensagem em HTML for encaminhada de um para outros destinatários, ela pode perder alguns elementos HTML que possui devido à falta de suporte do novo mecanismo de renderização. Como esta não é a melhor das experiências para os usuários, o novo Outllok 2007 foi desenvolvido para utilizar exclusivamente o Microsoft Word 2007 como mecanismo de renderização de mensagens, tanto para visualização quanto para sua edição/ composição. Por isso, a nova versão do Outlook é mais restrita quanto ao uso de certos atributos e tags HTML e propriedades de CSS. O mesmo suporte a HTML e CSS disponíveis no Word 2007 estão disponíveis para o Outlook Com todas as suas restrições. É importante lembrar que, para garantir a correta visualização da mensagem de marketing nos clientes de seja em negócios B2B ou B2C, onde os webmails são utilizados em sua maioria é altamente recomendado não utilizar CSS para formatação e posicionamento dos elementos da mensagem, e utilizar apenas a diagramação em tabelas. De ambos os lados, existem os extremos que não oferecem suporte algum a CSS, como é o caso do webmail Terra e do cliente desktop Lotus Notes, também muito utilizado em s corporativos. A seguir, acompanhe a análise detalhada dos clientes de desktop Microsoft Outlook 2003, Microsoft Outlook 2007 e Outlook Express.

2 CSS Outlook 2003, 2007 e Express suportam as três maneiras de trabalhar com CSS em um documento HTML: arquivo externo, estilos inline e incorporados (dentro da tag style na seção HEAD). Entretanto, nem todas as propriedades CSS são suportadas. A mais crítica delas é a background-image, que impede a renderização de imagens de fundo em templates no Outlook Entretanto funciona normalmente no Outlook 2003 e no Express. O uso de ícones de imagens no lugar dos tradicionais bullets de listas não ordenadas (<ul>) também é inviável no Outllok 2007, já que não há suporte para as propriedades CSS list-style-image e background. Com a falta de suporte a propriedades CSS como float e position, o uso dos webstandards para posicionamento e diagramação de elementos no HTML também é inviável. O ideal é recorrer às tabelas aninhadas para exibir as informações em blocos. A seguir, confira a lista das propriedades CSS (1 e 2.1) não suportadas pelo Outlook Aquelas em destaque são as mais utilizadas na composição de um layout para a web: Lista de propriedades CSS não suportadas pelo Outlook 2007 active azimuth background-attachment background-image background -position background-repeat border-spacing bottom caption-side clear clip content counter-increment counter-reset cue-before,cue-after, cue cursor display elevation empty-cells focus first-child first-line first-letter float font-size-adjust font-stretch height hover left line-break list-style-image list-style-position marker-offset max-height max-width min-height min-width orphans outline outline-color outline-style outline-width overflow overflow-x overflow-y pause-before pause-after pause pitch pitch-range play-during position quotes right richness text-transform top unicode-bidi visibility visited voice-family volume widows word-spacing z-index width Propriedades CSS não suportadas pelo Outlook 2003 e Outlook Express border-spacing caption-side empty-cells list-style-image font-stretch font-size-adjust white-space Tanto o Outlook 2003 quanto o Outlook Express suportam a propriedade background-image.

3 Outlook 2003 Visualização do template de teste no Outlook 2003 com as imagens já carregadas.

4 Outlook 2007 Visualização do template de teste no Outlook 2007 com as imagens já carregadas. Perceba as falhas de renderização em cores de fundo, elementos com posicionamento via CSS e a caixa de texto que deveria ter rolagem vertical, devido ao uso da propriedade (não suportada) overflow.

5 Outlook Express Visualização do template de teste no Outlook Express com as imagens já carregadas.

6 Links Links são exibidos e funcionam adequadamente nas três versões do Outlook analisadas. Mesmo quando as imagens que possuem links são bloqueadas, o link permanece em sua alt tag e em todo o box da imagem bloqueada. Porém, há uma pequena exceção em relação ao uso da tag <map> para determinar áreas com links diferentes em uma mesma imagem. Apesar de parecer que o Outllok 2007 suporta a exibição de imagens mapeadas (<map>), é um grande risco utilizá-las, pois este cliente desktop tende a rearranjar as coordenadas das áreas mapeadas e, por isso, desordena o posicionamento original dos links. Suporte aos atributos de tags HTML O Outlook 2007 não suporta imagens de fundo inseridas de nenhuma das maneiras possíveis: seja através do atributo background de tags HTML ou de CSS. Como esta característica é muito comum em diversos outros clientes de (especialmente webmails), é importante ter esta recomendação em mente já durante a criação do template, evitando o máximo possível o uso de imagens de fundo para os elementos. Se um certo texto ou imagem estiver aplicado sobre um fundo de cor não chapada, recomenda-se fazer um recorte de toda esta área e inseri-la no template como uma imagem, através da tag <img>. Até mesmo o atributo background-color funciona com limitações no Outlook Uma tabela, div ou célula que são configurados com fundos coloridos, renderizam corretamente. Porém, ao inserir outros elementos dentro destes, e também lhes configurar cores de fundo, elas não serão exibidas. Portanto, elementos com background-color aninhados em outros que também possuem background-color, não terão suas cores de fundo exibidas no Outlook Outros atributos HTML não suportados pelo Outlook 2007 accept-charset accept accesskey adress archive background* button checked classid code codecore codetype compact data declare defer disabled enctype input longdesc marginheight marginwidth media** method multiple noresize object ol onblur onchange onclick ondblclick onfocus onkeydown onkeypress onkeyup onload onmousedown onmousemove onmouseout onmouseover onmouseup onreset onselect onsubmit onunload option optgroups readonly scrolling selected standby tabindex title valuetype Os atributos em destaque são os mais utilizados em layouts para a web. * apenas quando incluir imagens de fundo ** screen print projection braille speech all Outros atributos específicos, incluem alt para imagens, colspan e rowspan para td e th, e cols para textarea.

7 Além dos atributos relacionados, o Outlook 2007 também não oferece suporte a alguns elementos de HTML, tais como form e seus componentes (veja detalhes no item Formulários, mais adiante), script, iframe, applet, bdo, isindex, menu, noframes, noscript e q. Devido às grandes mudanças apresentadas pela Microsoft para o Outlook 2007, foi disponibilizado aos desenvolvedores duas ferramentas de validação de HTML no Outlook 2007 para marketing. Assim, os designers podem conferir todos os possíveis problemas de visualização que seu código apresentará no Outlook São duas versões de uma mesma ferramenta: uma para aplicações Macromedia (compatível com Dreamweaver MX 2004 e Dreamweaver 8) e outra para aplicações Microsoft (Microsoft Office SharePoint Designer 2007, Microsoft Expression Web, e Microsoft Visual Studio 2005). O download destas ferramentas pode ser feito através do site da Microsoft, no link: O passo a passo para o uso do validador pode ser encontrado no link: Os Outlooks 2003 e Express, ao contrário, suportam o atributo background e não têm problemas com cores de fundo em elementos aninhados. As restrições aos eventos de javascript (onblur, onchange, onclick etc) permanecem. Outlook 2003 e Express Outlook 2007 Detalhe do template visualizado nos Outlooks 2003 e Express. A imagem de fundo, cinza com degradé, é exibida normalmente. Detalhe do template visualizado no Outlook 2007, que não oferece suporte ao atributo background de HTML e à propriedade background-image de CSS. O fundo cinza com degradé não é exibido. Note também os problemas com posicionamentos e formulário.

8 Bloqueio de imagens As três versões analisadas do Outlook bloqueiam as imagens de remetentes desconhecidos. Por isso, é importante incluir, em todos os s marketing, uma mensagem de whitelist, isto é, que incentive os destinatários a adicionarem o remetente aos seus catálogos de endereços. Da próxima vez que receberem uma mensagem deste mesmo remetente, as imagens não serão bloqueadas. O Outlook 2003 é o que mais prejudica a visualização da mensagem com as imagens bloqueadas. Se as imagens do template não tiverem seus atributos de largura e altura inseridos no código, O Outlook 2003 ampliará todos os boxes de imagens para a largura de uma linha inteira, prejudicando seriamente a interpretação da mensagem. Além disso, em cada caixa que representa uma imagem bloqueada, é exibido um ícone de imagem quebrada (um X vermelho) e um aviso de segurança antes da alt tag. Imediatamente após este aviso, na mesma linha, é exibida a alt tag. Imagens bloqueadas no Outlook 2003 Nem sempre as formatações de texto especificadas para a alt tag são obedecidas. Nos Outlooks 2003 e 2007, todas as formatações de texto para imagem serão ignoradas e os avisos de segurança com as alt tags serão exibidas na fonte padrão do sistema. No Outlook Express, as especificações de tipo e tamanho de fonte serão ignoradas e apenas a cor atribuída será exibida.

9 Imagens bloqueadas no Outlook 2003 Neste template, as imagens não tiveram seus atributos width e height declarados, por isso, a largura das imagens foi estendida até a largura máxima de uma das linhas Note que todas as imagens bloqueadas trazem o aviso do bloqueio e, logo em seguida, o texto definido para o atributo alt.

10 Outlook Express O Outlook Express, assim como o 2003, também exibe um box com um X vermelho no lugar da imagem bloqueada, porém, respeitando o tamanho real da imagem. Nenhum aviso de segurança é exibido junto à alt tag, que receberá apenas a formatação de cor. Seção da newsletter de teste com as imagens bloqueadas no Outlook Express. O aviso de bloqueio não é exibido e o texto ALT recebe apenas a cor especificada na formatação. Outra seção da newsletter, com as demais imagens bloqueadas.

11 Outlook 2007 A aparência das imagens bloqueadas no Outlook 2007 representa o grande retrocesso da Microsoft em relação à mudança efetuada no mecanismo de renderização deste cliente de o Outlook 2007 não suporta o atributo alt de imagens. É exibido um aviso sobre o bloqueio apenas na caixa da primeira imagem do template e, nas demais, nota-se apenas o X vermelho característico de imagens quebradas. A largura das imagens não foi alterada. Seção da newsletter de teste com as imagens bloqueadas no Outlook O aviso de bloqueio aparece na primeira imagem. Outra seção da newsletter, com as demais imagens bloqueadas, sem o aviso e sem os textos alternativos.

12 Formulários Por questões de segurança e por problemas de renderização do Microsoft Word -, o Outlook 2007 não suporta formulários (<form>), desabilitando a funcionalidade do action e até mesmo alterando a aparência de certos elementos (checkbox e radio buttons, por exemplo). O ideal é direcionar o destinatário, através de link, para uma página web que contenha o formulário, ou utilizar enquetes simplificadas, que oferecem respostas prontas para o usuário escolher. Estas respostas, ao invés de utilizar checkboxes ou radio buttons para seleção, seriam transformadas em links comuns e rastreáveis pelo clique do destinatário. Além de formulários, o Outlook 2007 não suporta alguns de seus componentes, como input, select, optgroup, option e button. O Outlook 2003, apesar de exibir corretamente todos os elementos do formulário, desabilita o action, impossibilitando o envio dos dados inseridos nos campos. O Outlook Express, ao contrário dos demais, permite o envio dos dados normalmente, pois não altera a aparência dos elementos do formulário e não desabilita o action. Outlook Express Perceba que, nos formulários da mensagem recebida com o Outlook Express, não há alteração na aparência dos componentes. Testes realizados comprovaram o correto funcionamento dos formulários quanto ao envio dos dados inseridos nos campos.

13 Outlook Express

14 Observações: Ao enviar os dados dos formulários através do painel de leitura do Outlook Express, sem abrir uma janela exclusiva para a mensagem, é exibido um alerta de segurança no momento do envio. A tecla TAB para navegação entre os campos dos formulários não funciona quando o formulário é preenchido no painel de leitura. Aviso do Outlook Express ao enviar os dados de um formulário preenchido no painel de leitura Outlook 2003 O Outlook 2003, da mesma forma que o Express, não altera a aparência dos componentes do formulário e envia os dados corretamente. O envio só não ocorre quando o formulário é enviado pela 1ª vez e através do painel de leitura. Nesta situação, os formulários não funcionam. Quando a mensagem é aberta em uma janela exclusiva e o formulário é preenchido, os dados são enviados corretamente com a exibição de um aviso de segurança. Após a autorização do envio, e em preenchimentos futuros de outros formulários com o mesmo action, o aviso não mais é exibido e os formulários passam a funcionar também no painel de leitura.

15 Visualização de formulário no Outlook 2003

16 Outlook 2007 Note que, além de desabilitar os campos do formulário (de texto, botões de envio e radio), houve uma desconfiguração entre as cores de fundo.

17 Animação Flash Nenhuma das versões estudadas do Outlook suporta a exibição de conteúdos em Flash, uma vez que as tags object e script não são suportadas. De todas as versões conhecidas de clientes de Outlook, apenas a versão 2000 (não incluída neste estudo) é capaz de exibir objetos flash e vídeos no corpo das mensagens. Não por acaso, é também uma das versões do Outlook com mais problemas de segurança. Outlook Mensagem com conteúdo em Flash Ao abrir a mensagem, um aviso sobre o bloqueio do objeto é exibido.

18 Outlook Mensagem com conteúdo em Flash Após confirmar o aviso, a mensagem é exibida e o conteúdo multimídia permanece bloqueado, sem nenhuma representação gráfica indicando sua presença no template, apenas um grande espaço em branco (à direita do texto).

19 Outlook Express - Mensagem com conteúdo em Flash Ao abrir a mensagem, o objeto multimídia permanece bloqueado e o aviso de imagens é exibido abaixo das informações do envio. Clicando no aviso para liberar a exibição das imagens, o quadro multimídia some e dá lugar a um grande espaço em branco.

20 Outlook Mensagem com conteúdo em Flash Ao vis um quadrado com um X vermelho característico de erro. Nenhum aviso sobre controles ActiveX é exibido, apenas a usual mensagem de imagens bloqueadas que aparece próxima às informações do envio. GIF animado Apesar de o Outlook 2003 e Express suportar GIFs animados e exibi-los adequadamente, o Outlook 2007 não os suporta pelo simples fato de utilizar o Microsoft Word como mecanismo de renderização das mensagens (se algo não funciona no Word, certamente não funcionará no Outlook). Ao invés de exibir a imagem com a animação, exibirá uma imagem estática, apenas do primeiro frame (quadro) da animação.

21 Vídeos Já que nenhuma das versões estudadas do Outlook suporta a exibição de conteúdos em flash ou em javascript, é inviável o uso de vídeos em templates de marketing, pois são inseridos da mesma forma que uma animação, através da tag <object> e, conseqüentemente, a exibição se dará da mesma forma nos clientes de . De todas as versões conhecidas de clientes de Outlook, apenas a versão 2000 (não incluída neste estudo) é capaz de exibir vídeos no corpo das mensagens. Não por acaso, é também uma das versões do Outlook com mais problemas de segurança. Codificação de caracteres Embora nenhum dos clientes de avaliados tenha apresentado quaisquer tipos de erros nos testes de codificação realizados, é altamente recomendado utilizar a codificação ISO e converter os acentos e outros caracteres especiais da mensagem em seus respectivos nomes de entidade, como nos exemplos a seguir: Á Ç Á Ç Encontre a tabela completa em: Painel de pré-visualização Tanto o Outlook 2003, 2007, quanto o Express, possuem painel de leitura para o destinatário ter uma visualização prévia do conteúdo da mensagem. Ele pode ser posicionado abaixo ou ao lado da lista de mensagens. Se posicionado abaixo mais comumente utilizado a porção superior da mensagem será exibida com destaque. Se posicionado ao lado, a porção esquerda da mensagem será exibida. Em ambos os casos, nota-se o destaque para a parte superior esquerda do template, por isso, é altamente recomendado que esta área traga a identificação do remetente logotipo e nome da empresa, por exemplo e o principal call to action da mensagem. O estudo a seguir foi realizado levando em conta as características default dos software, sem realizar nenhuma alteração em suas configurações originais, e utilizando uma resolução de tela de 1280 x Cabe ressaltar que, como as janelas são redimensionáveis de acordo com o espaço disponível na tela, quanto maior a resolução, maiores serão os espaços para painel de leitura e lista de mensagens.

22 Outlook Express Os painéis do Outlook Express têm, por default, medidas generosas de largura e altura. Porém, como todos os demais painéis (lista de mensagens, lista de pastas, lista de contatos), são altamente flexíveis e customizáveis e variam de acordo com a resolução de tela utilizada pelo usuário. Nesta opção, a tendência natural de interação do usuário é de, conforme sua caixa de entrada armazenar mais mensagens, menor ele deixará o painel de leitura em favorecimento da listagem de mensagens. Menos utilizada, esta opção favorece a visualização de uma porção maior da mensagem em altura, possibilitando uma visão mais ampla do conteúdo. Outlook 2003 Nesta opção, a tendência natural de interação do usuário é de, conforme sua caixa de entrada armazenar mais mensagens, menor ele deixará o painel de leitura em favorecimento da listagem de mensagens. Menos utilizada, esta opção favorece a visualização de uma porção maior da mensagem em altura, possibilitando uma visão mais ampla do conteúdo.

23 Outlook 2007 Nesta opção, a tendência natural de interação do usuário é de, conforme sua caixa de entrada armazenar mais mensagens, menor ele deixará o painel de leitura em favorecimento da listagem de mensagens. Menos utilizada, esta opção favorece a visualização de uma porção maior da mensagem em altura, possibilitando uma visão mais ampla do conteúdo. Assunto e Remetente A mesma flexibilidade de redimensionamento dos painéis de leitura aplica-se aos espaços destinados à exibição de Assunto e Remetente nos Outlooks, que podem exibir quantos caracteres o usuário desejar. Além disso, o espaço disponível para exibição de Assunto e Remetente varia de acordo com a resolução de tela utilizada pelo usuário e com a quantidade de colunas de dados sobre o envio que ele desejar exibir. Entretanto, considerando-se a situação default dos software, sem realizar nenhuma modificação nas configurações originais e utilizando uma resolução de tela de 1280 x 1024, os resultados obtidos apontam a exibição de 49 caracteres no Assunto, com o painel de leitura na posição vertical em todos os Outlooks analisados. A quantidade de caracteres para o Remetente varia entre 24 (Outlook Express) e 54 (Outlook 2003 e 2007). Com o painel de leitura na posição horizontal, o Remetente varia entre 29 e 32 caracteres para o Outlook 2003, 24 e 26 caracteres para o Outlook Express e para o Outlook Já o Assunto varia entre caracteres em todas as versões do Outlook. Como há diversas possibilidades para o usuário configurar seu cliente de , é importante manter as informações do Assunto e Remetente concisas e enxutas, para fácil identificação em qualquer ambiente que ele estiver seja no Outlook, em um webmail, com painel horizontal ou vertical. Assim, recomenda-se utilizar entre caracteres para o Assunto e Remetente.

24 Espaço disponível para o template Todas as versões analisadas do Outlook utilizam painel de leitura com total flexibilidade de redimensionamento e abrem as mensagens em novas janelas, que podem ser maximizadas ao tamanho da tela do usuário. Devido ao alto poder de customização do tamanho dos espaços em que o template é exibido, não há uma medida fixa a ser considerada. Porém, devido às limitações de outros clientes de , especialmente webmails, é altamente recomendado que os templates não ultrapassem a largura máxima de 600px. 800 x x x 1024 Express px 770 px 1000 px 560 px 770 px 1000 px 560 px 770 px 1000 px

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Introdução Nesta sexta e penúltima edição da Coletânea de Análises de Email Marketing em Clientes de Email, apresentamos os estudos dos clientes

Leia mais

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Introdução Nesta quinta edição da Coletânea de Análises de Email Marketing em Clientes de Email, apresentamos o estudo do Windows Mail, um cliente

Leia mais

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Introdução Nesta útima edição da Coletânea de Análises de Email Marketing em Clientes de Email, apresentamos os estudos dos clientes Yahoo! Mail

Leia mais

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Thunderbird e Terra Nesta terceira edição da Coletânea de Análises de Email Marketing em Clientes de Email, apresentamos os estudos do webmail

Leia mais

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email

Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Coleção - Análises de email marketing em clientes de email Introdução O Gmail possui duas versões distintas para seu webmail: uma mais recente, que é a versão atual utilizada pelos usuários de Gmail, e

Leia mais

Série Manuais. Manual para montagem de e-mail marketing

Série Manuais. Manual para montagem de e-mail marketing Série Manuais Manual para montagem de e-mail marketing www.allinmail.com.br introdução Como seus clientes recebem seus e-mails? webmail Gmail Webmail Yahoo! Mail webmail UOL e BOL Cliente de email Windows

Leia mais

#Aula Nº 3 Estilo CSS webstandards.samus.com.br webstandards.samus.com.br/aulas/aula3.pdf Vinicius Fiorio Custódio samus@samus.com.

#Aula Nº 3 Estilo CSS webstandards.samus.com.br webstandards.samus.com.br/aulas/aula3.pdf Vinicius Fiorio Custódio samus@samus.com. #Aula Nº 3 Estilo CSS webstandards.samus.com.br webstandards.samus.com.br/aulas/aula3.pdf Vinicius Fiorio Custódio samus@samus.com.br #Objetivo Apresentar os conceitos de utilização do CSS, Sintaxe, Seletores

Leia mais

LABORATÓRIO WEB 2009-2010 / 4º SEMESTRE

LABORATÓRIO WEB 2009-2010 / 4º SEMESTRE LABORATÓRIO WEB 2009-2010 / 4º SEMESTRE INSTITUTO POLITÉCNICO DE LISBOA - ESCOLA SUPERIOR DE COMUNICAÇÃO SOCIAL - LICENCIATURA AUDIOVISUAL E MULTIMÉDIA AULA 17 A. CSS: LAYOUT DAS PÁGINAS - POSICIONAMENTO

Leia mais

Manual para produção de Templates para email marketing

Manual para produção de Templates para email marketing Manual para produção de Templates para email marketing Manual de auxílio para elaboração de templates atendendo às boas práticas para email marketing. Introdução Independente do seu tipo de email marketing

Leia mais

Observações importantes:

Observações importantes: Fundação CECIERJ - Vice Presidência de Educação Superior a Distância Curso de Tecnologia em Sistemas de Computação Disciplina Criação de Páginas de WEB AD1 1 semestre de 2014. Observações importantes:

Leia mais

Checklist para ações de email marketing

Checklist para ações de email marketing Checklist para ações de email marketing Publicado em: 15/01/2008 Planejamento Quais os objetivos da campanha (atrair mais visitantes ao site, aumentar as vendas de produtos, conquistar a fidelidade dos

Leia mais

Maurício Samy Silva. Novatec

Maurício Samy Silva. Novatec Maurício Samy Silva Novatec Sumário Agradecimentos...13 Sobre o autor...13 Introdução...15 Para quem foi escrito este livro... 15 Convenções tipográficas... 16 Site do livro... 18 Capítulo 1 O que é (X)HTML?...20

Leia mais

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS MANUAL DE BOAS PRÁTICAS Este manual é de uso exclusivo de clientes, parceiros, fornecedores e colaboradores da Dinamize. No caso de dúvidas, entre em contato através do e-mail suporte@dinamize.com. HTML

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações para Internet

Desenvolvimento de Aplicações para Internet Desenvolvimento de Aplicações para Internet Aula 03 Celso Olivete Júnior olivete@fct.unesp.br Na aula de hoje... Javascript: introdução, operadores lógicos e matemáticos, comandos condicionais. Javascript:

Leia mais

Programação para Internet

Programação para Internet Programação para Internet Aula 09 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos

Leia mais

Checklist para ações de E-mail Marketing

Checklist para ações de E-mail Marketing Checklist para ações de E-mail Marketing Os tópicos abordados neste checklist são úteis antes de começar e depois de concluir o desenvolvimento de uma mensagem de email marketing, pois abrange desde os

Leia mais

Curso de Capacitação em Gerenciador de Conteúdo PLONE

Curso de Capacitação em Gerenciador de Conteúdo PLONE Curso de Capacitação em Gerenciador de Conteúdo PLONE 1 Índice Customização Acionar modo debug 3 Propriedades Básicas 10 Arquivos de Customização 15 2 Customização Intermediário Com a definição do posicionamento

Leia mais

Manual de boas práticas de HTML para a produção de newsletters

Manual de boas práticas de HTML para a produção de newsletters Objetivo Este documento tem como objetivo ajudar os designers e desenvolvedores a produzir um email marketing eficaz e de acordo com as normas anti-spam. Algumas das dicas aqui informadas são aplicadas

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP EMENTA E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP EMENTA E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP EMENTA E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia Curso: Ciência da Computação e Sistemas de Informação Série: 1º semestre Disciplina: Laboratório de Práticas

Leia mais

Mais sobre uso de formulários Site sem Ajax

Mais sobre uso de formulários Site sem Ajax Mais sobre uso de formulários Site sem Ajax Página com busca padrão 1 Página com o resultado da busca carregada no local da anterior (o formulário está vazio) Site com Ajax 2 Site usando Ajax para preencher

Leia mais

Conteúdo Programático do Web Design

Conteúdo Programático do Web Design Conteúdo Programático do Web Design O Ambiente Macromedia Dreamweaver Instalação do Dreamweaver Arquivos Utilizados na Apostila A Inicialização de Dreamweaver Área de Trabalho Dreamweaver Criação de uma

Leia mais

Manual para a produção de templates de email marketing

Manual para a produção de templates de email marketing Julho de 2010. Manual para a produção de templates de email marketing Devido ao Código de Autorregulamentação do Email Marketing, www.virtualtarget.com. br/documentacao/codigo-autorregulamentacao-email-marketing,

Leia mais

Ferramentas para Multimídia e Internet - 1486

Ferramentas para Multimídia e Internet - 1486 1 Ferramentas para Multimídia e Internet - 1486 HTML BÁSICO: O que é uma página WEB? Uma página WEB, também conhecida pelo termo inglês webpage, é uma "página" na World Wide Web, geralmente em formato

Leia mais

Manual para a produção de templates de email marketing

Manual para a produção de templates de email marketing Janeiro de 2011 Manual para a produção de templates de email marketing Devido ao Código de Autorregulamentação do Email Marketing, www.virtualtarget.com. br/documentacao/codigo-autorregulamentacao-email-marketing,

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP EMENTA E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. I. Ementa HTML e XHTML, de estrutura e marcação utilizados na sua composição; CSS.

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP EMENTA E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO. I. Ementa HTML e XHTML, de estrutura e marcação utilizados na sua composição; CSS. UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP EMENTA E CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia Curso: Ciência da Computação e Sistemas de Informação Série: 1º semestre Disciplina: Programação de Computadores

Leia mais

DHTML - MÓDULO 1: VISÃO GERAL E INTRODUÇÃO Por Marcelo Camargo Visão geral

DHTML - MÓDULO 1: VISÃO GERAL E INTRODUÇÃO Por Marcelo Camargo Visão geral Apostila retirada de http://www.ibestmasters.com.br DHTML - MÓDULO 1: VISÃO GERAL E INTRODUÇÃO Por Marcelo Camargo Visão geral A tecnologia DHTML (Dynamic HTML) foi apresentada inicialmente como um conjunto

Leia mais

Construindo Sites com. CSS e (X)HTML. sites controlados por folhas de estilo em cascata. Maurício Samy Silva. Novatec

Construindo Sites com. CSS e (X)HTML. sites controlados por folhas de estilo em cascata. Maurício Samy Silva. Novatec Construindo Sites com CSS e (X)HTML sites controlados por folhas de estilo em cascata Maurício Samy Silva Novatec Sumário Agradecimentos...13 Sobre o autor...14 Introdução...16 Para quem foi escrito este

Leia mais

Email marketing para o B2C Publicado em: 24/06/2008

Email marketing para o B2C Publicado em: 24/06/2008 Email marketing para o B2C Publicado em: 24/06/2008 Direcionar o email marketing - assim como qualquer outra comunicação de acordo com o perfil da audiência é fundamental. Para o ecommerce B2C, existem

Leia mais

Tecnologias para Web Design

Tecnologias para Web Design Tecnologias para Javascript e DOM Introdução à Scripts Um script do lado cliente é um programa que acompanha um documento HTML Pode estar incluído no próprio documento embutido ou acompanha-lo num arquivo

Leia mais

DESENVOLVIMENTO WEB I - 7122

DESENVOLVIMENTO WEB I - 7122 6.2 - Formulários: Um dos recursos mais fascinantes da linguagem HTML é a possibilidade de criar formulários eletrônicos. Usando um formulário o usuário pode interagir com o servidor, enviando dados que

Leia mais

Mini-curso de PHP. Aulas ministradas por: André Luis de Paula Arthur Kalsing Diego Silva

Mini-curso de PHP. Aulas ministradas por: André Luis de Paula Arthur Kalsing Diego Silva Mini-curso de PHP Aulas ministradas por: André Luis de Paula Arthur Kalsing Diego Silva Aula 1 Breve introdução de HTML, Conceitos básicos de PHP, Sintaxe, Separador de instruções e Comentários (Cap 1

Leia mais

6.2 - Formulários: form
...
form action method POST GET exceto outros formulários form

6.2 - Formulários: form <form action=url_de_script method=método>...</form> form action method POST GET exceto outros formulários form 6.2 - Formulários: Um dos recursos mais fascinantes da linguagem HTML é a possibilidade de criar formulários eletrônicos. Usando um formulário o usuário pode interagir com o servidor, enviando dados que

Leia mais

Plano de Aula - Dreamweaver CS6 - cód.5232 24 Horas/Aula

Plano de Aula - Dreamweaver CS6 - cód.5232 24 Horas/Aula Plano de Aula - Dreamweaver CS6 - cód.5232 24 Horas/Aula Aula 1 Capítulo 1 - Introdução ao Dreamweaver CS6 Aula 2 Continuação do Capítulo 1 - Introdução ao Dreamweaver CS6 Aula 3 Capítulo 2 - Site do Dreamweaver

Leia mais

Manual para a produção de templates de email marketing

Manual para a produção de templates de email marketing Manual para a produção de templates de email marketing Introdução Este manual foi desenvolvido para auxiliar os usuários da Virtual Target a desevolverem o HTML de um template de forma a melhorar o resultado

Leia mais

JavaScript: Validação de Formulários. Prof. Ivanilton Polato ipolato@utfpr.edu.br ipolato@gmail.com

JavaScript: Validação de Formulários. Prof. Ivanilton Polato ipolato@utfpr.edu.br ipolato@gmail.com JavaScript: Validação de Formulários Prof. Ivanilton Polato ipolato@utfpr.edu.br ipolato@gmail.com Validação de Formulários Um dos usos mais frequentes do JS é a validação de formulários. Além de garantir

Leia mais

Email marketing: os 10 erros mais comuns

Email marketing: os 10 erros mais comuns Email marketing: os 10 erros mais comuns Publicado em: 18/02/2008 Não ter permissão dos contatos para enviar mensagens Um dos princípios fundamentais do email marketing é trabalhar apenas com contatos

Leia mais

Apostila CSS - Introdução à folha de estilos

Apostila CSS - Introdução à folha de estilos Apostila CSS - Introdução à folha de estilos Este documento é propriedade intelectual do Núcleo de Educação a distância da NRsystem e distribuído sob os seguintes termos: 1. As apostilas publicadas pelo

Leia mais

Manual para a produção de templates de email marketing

Manual para a produção de templates de email marketing Manual para a produção de templates de email marketing Este manual foi desenvolvido para auxiliar nossos leitores a desevolverem o HTML de um template de forma a melhorar o resultado final dos envios efetuados

Leia mais

JavaScript (Funções, Eventos e Manipulação de Formulários)

JavaScript (Funções, Eventos e Manipulação de Formulários) Linguagem de Programação para Web JavaScript (Funções, Eventos e Manipulação de Formulários) Prof. Mauro Lopes 1-31 23 Objetivos Iremos avançar um pouco mais em nosso estudo sobre o JavaScript. Iremos

Leia mais

Formulários 5. Todos os formulários, depois de criados, são organizados em blocos, conforme breve explicação anterior.

Formulários 5. Todos os formulários, depois de criados, são organizados em blocos, conforme breve explicação anterior. Formulários 5 Este capítulo descreve todo o processo de criação e manutenção de formulários no e-gen. No entanto, antes de explanar sobre todo o processo, se faz necessário primeiramente conhecer o conceito

Leia mais

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS

MANUAL DE BOAS PRÁTICAS MANUAL DE BOAS PRÁTICAS Este manual é de uso exclusivo de clientes, parceiros, fornecedores e colaboradores da Dinamize. No caso de dúvidas, entre em contato através do e-mail suporte@dinamize.com. HTML

Leia mais

Acessibilidade na Web Cesár Bomfim Brasília 15 de Março

Acessibilidade na Web Cesár Bomfim Brasília 15 de Março Acessibilidade na Web Cesár Bomfim Brasília 15 de Março Avaliação Passos para Site Acessível -Seguir padrões Web; -Seguir as diretrizes e recomendações de acessibilidade; -Realizar avaliação de acessibilidade.

Leia mais

Formulários. Curso de PHP e MySQL EAD Moodle Desenvolvido e ministrado por William Hamilton dos Santos UTFPR

Formulários. Curso de PHP e MySQL EAD Moodle Desenvolvido e ministrado por William Hamilton dos Santos UTFPR Formulários Há várias maneiras de se criar um formulário na web, porém, é preciso considerar vários fatores para que este formulário não seja apenas uma página com um amontoado de campos, mas sim a porta

Leia mais

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Desenvolvimento em Ambiente Web Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Prof. André Yoshimi Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com http://www.kusumoto.com.br Apresentação Carga horária mensal:

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Habilitação Profissional: TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO

Leia mais

Manual de Boas Maneiras no E-mail Marketing

Manual de Boas Maneiras no E-mail Marketing Manual de Boas Maneiras no E-mail Marketing Conheça alguns cuidados que você precisa ter quando elaborar suas campanhas de e- mail marketing. A MailSender elaborou para você um breve manual com as melhores

Leia mais

Melhores Práticas em Design para Email Marketing

Melhores Práticas em Design para Email Marketing Melhores Práticas em Design para Email Marketing Índice 1. Boas práticas na criação de peças de Email Marketing 2. Identificação de Características para Pontuação Anti-Spam 2 1 BOAS PRÁTICAS NA CRIAÇÃO

Leia mais

PDI 1 - Projeto e Design de Interfaces Web

PDI 1 - Projeto e Design de Interfaces Web Introdução a HTML e XHTML Elementos básicos parte 2 Professor: Victor Hugo L. Lopes Agenda: --Adicionando imagens; --Trabalhando com vídeos e sons em HTML; Disponível em http://wp.me/p48yvn-43 2 Inserindo

Leia mais

agosto 2006 Manual de boas práticas de HTML para a produção de templates versão 1.0 / 2007 www.virtualtarget.com.br

agosto 2006 Manual de boas práticas de HTML para a produção de templates versão 1.0 / 2007 www.virtualtarget.com.br manual do cliente agosto 2006 Manual de boas práticas de HTML para a produção de templates versão 1.0 / 2007 www.virtualtarget.com.br introdução Este manual foi desenvolvido para auxiliar os usuários da

Leia mais

Flex. MANUAL DE USO DA FERRAMENTA FLEX O Flex como gerenciador de conteúdo

Flex. MANUAL DE USO DA FERRAMENTA FLEX O Flex como gerenciador de conteúdo 2011 MANUAL DE USO DA FERRAMENTA FLEX O Flex como gerenciador de conteúdo Aprenda como é simples utilizar a ferramenta Flex como seu gerenciador de conteúdo online. Flex Desenvolvido pela ExpandWEB 31/01/2011

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web

Introdução à Tecnologia Web Introdução à Tecnologia Web HTML HyperText Markup Language XTML extensible HyperText Markup Language Elementos da Seção do Corpo Tabelas Formulários Professor Alan Cleber Borim www.alanborim.com.br Índice.

Leia mais

Aula 03: Noções Fundamentais do CSS, Formatação de Fonte e Inserção de Imagens

Aula 03: Noções Fundamentais do CSS, Formatação de Fonte e Inserção de Imagens Aula 03: Noções Fundamentais do CSS, Formatação de Fonte e Inserção de Imagens Tag para inserir imagens e HTML O modelo CSS Noções fundamentais e funcionamento do CSS Incluindo estilos em uma página Sintaxe

Leia mais

3 HTML Tabelas, frames e formulário

3 HTML Tabelas, frames e formulário 3 HTML Tabelas, frames e formulário Vinicius A. de Souza va.vinicius@gmail.com São José dos Campos, 2011. 1 Sumário Desenvolvimento Web Tabelas...3 Principais atributos das tabelas...4 Principais atributos

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO 3 DICAS PARA CRIAR UM BOM SITE 4

Sumário INTRODUÇÃO 3 DICAS PARA CRIAR UM BOM SITE 4 Sumário Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 5.988 de 14/12/73. Nenhuma parte deste livro, sem prévia autorização por escrito de Celta Informática, poderá ser reproduzida total ou parcialmente,

Leia mais

Para acessar o NVU clique em Iniciar >> Programas >> Editor de Internet, iniciando aparecerá a seguinte tela:

Para acessar o NVU clique em Iniciar >> Programas >> Editor de Internet, iniciando aparecerá a seguinte tela: 1 APOSTILA NVU Cobra Tecnologia, www.cobra.com.br Última revisão em 12 de Julho de 2005 DESCRIÇÃO: O NVU é uma ferramenta que foi criada para web designers e para desenvolvedores de aplicações para o ambiente

Leia mais

CRIAÇÃO DE SITES (AULA 9)

CRIAÇÃO DE SITES (AULA 9) Prof. Breno Leonardo Gomes de Menezes Araújo brenod123@gmail.com http://blog.brenoleonardo.com.br CRIAÇÃO DE SITES (AULA 9) Cor do primeiro plano: a propriedade 'color' A propriedade color define a cor

Leia mais

Escrito por Sáb, 15 de Outubro de 2011 21:16 - Última atualização Seg, 26 de Março de 2012 03:31

Escrito por Sáb, 15 de Outubro de 2011 21:16 - Última atualização Seg, 26 de Março de 2012 03:31 Preço R$ 129.00 Compre aqui Entre definitivamente para o mundo de desenvolvimento web. Curso Webdesigner, criação de Sites com HTML, DHTML, javascript e CSS + dreamweaver cs4. São 147 videoaulas, 2 dvd

Leia mais

Manual Email marketing v.240215

Manual Email marketing v.240215 1º Passo Acessar a página www.marketing.vardigital.com.br e fazer login com os seguintes dados: Usuário: email@dominio Senha: var@emkt 2º Passo A página seguinte é o painel geral de administração, sendo

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RN - IFRN APOSTILA: AUTORIA WEB PROFESSOR: ADDSON ARAÚJO DA COSTA SANTA CRUZ - RN

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RN - IFRN APOSTILA: AUTORIA WEB PROFESSOR: ADDSON ARAÚJO DA COSTA SANTA CRUZ - RN INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RN - IFRN APOSTILA: AUTORIA WEB PROFESSOR: ADDSON ARAÚJO DA COSTA SANTA CRUZ - RN Sumário 1. Introdução...1 2. Tags...1 3. HTML...1 4. Cabeça, Corpo

Leia mais

Tecnologia WEB I. Prof. Erwin Alexander Uhlmann. Dos princípios do HTML, estruturação com CSS e automação com Javascript

Tecnologia WEB I. Prof. Erwin Alexander Uhlmann. Dos princípios do HTML, estruturação com CSS e automação com Javascript 1 Tecnologia WEB I Prof. Erwin Alexander Uhlmann Dos princípios do HTML, estruturação com CSS e automação com Javascript UHLMANN, Erwin Alexander. Dos princípios do HTML, estruturação com CSS e automação

Leia mais

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL ATENÇÃO! Para utilizar este tutorial não se esqueça: Onde estiver escrito seusite.com.br substitua pelo ENDEREÇO do seu site (domínio). Ex.: Se o endereço do seu site é casadecarnessilva.net

Leia mais

Introdução. HyperText Markup Language HTML. Formulário. Fluxo do Formulário. Fluxo do Formulário. Fluxo do Formulário. Fluxo do Formulário

Introdução. HyperText Markup Language HTML. Formulário. Fluxo do Formulário. Fluxo do Formulário. Fluxo do Formulário. Fluxo do Formulário Introdução HyperText Markup Language HTML Formulário Prof. Luis Nícolas de Amorim Trigo nicolas.trigo@ifsertao-pe.edu.br http://professor.ifsertao-pe.edu.br/nicolas.trigo/ O usuário interage com os serviços

Leia mais

Sumário. HTML CSS JQuery Referências IHC AULA 6 5-09-2011 1

Sumário. HTML CSS JQuery Referências IHC AULA 6 5-09-2011 1 Sumário HTML CSS JQuery Referências IHC AULA 6 5-09-2011 1 Linguagem HTML HTML é a abreviação de HyperText Markup Language, que pode ser traduzido como Linguagem de Marcação de Hipertexto. Não é uma linguagem

Leia mais

Web design & HTML. avançado

Web design & HTML. avançado Web design & HTML avançado Helder da Rocha Rev.: WDHT-03-2000/04 A4 (ASIT) Copyright 1998, 1999, 2000 por Helder Lima Santos da Rocha. Todos os direitos reservados. Os direitos do autor sobre esta obra

Leia mais

AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II)

AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II) AULA 3 FERRAMENTAS E APLICATIVOS DE NAVEGAÇÃO, DE CORREIO ELETRÔNICO, DE GRUPOS DE DISCUSSÃO, DE BUSCA E PESQUISA (PARTE II) A seguir vamos ao estudo das ferramentas e aplicativos para utilização do correio

Leia mais

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word

Iniciando o Word 2010. Criar um novo documento. Salvando um Documento. Microsoft Office Word 1 Iniciando o Word 2010 O Word é um editor de texto que utilizado para criar, formatar e imprimir texto utilizado para criar, formatar e imprimir textos. Devido a grande quantidade de recursos disponíveis

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEBMAIL SBC SUMÁRIO 1 - Tela de Login...03 2 - Caixa de Entrada...04 3 - Escrever Mensagem...06 4 - Preferências...07 4.1 - Configurações Gerais...07 4.2 - Trocar Senha...07 4.3

Leia mais

Respondendo a eventos

Respondendo a eventos Respondendo a eventos Até agora, a maioria dos scripts que você escreveu foi executado de uma forma tranqüila e ordenada, movendo-se da primeira instrução para a última. Agora aprenderemos a utilizar a

Leia mais

Prof. Erwin Alexander Uhlmann 1/7/2010

Prof. Erwin Alexander Uhlmann 1/7/2010 HTML 5 O html 5 é a nova versão do html 4. Foi desenvolvido para a interoperabilidade e padronização de plataformas e navegadores (motores). Compare as estruturas do html4 e do 5, abaixo: HTML 4 HTML 5

Leia mais

Introdução à Tecnologia Web

Introdução à Tecnologia Web Introdução à Tecnologia Web JavaScript Sintaxe da Linguagem: Eventos Profª MSc. Elizabete Munzlinger www.elizabete.com.br JavaScript Eventos Índice 1 Eventos JavaScript... 2 a) Relacionados a Janela...

Leia mais

Formulários. Permite ao usuário enviar informações por meio da página, em forma de pesquisa, mala direta, compra eletrônica e outros.

Formulários. Permite ao usuário enviar informações por meio da página, em forma de pesquisa, mala direta, compra eletrônica e outros. Formulários Permite ao usuário enviar informações por meio da página, em forma de pesquisa, mala direta, compra eletrônica e outros. O formulário depende de outros programas no servidor, para receber e

Leia mais

> Herbet Ferreira Rodrigues > contato@herbetferreira.com

> Herbet Ferreira Rodrigues > contato@herbetferreira.com Curso HTML & CSS > Herbet Ferreira Rodrigues > contato@herbetferreira.com Sumário > Apresentação > Introdução ao HTML História Começando a Programar > Tags em HTML Headings (Cabeçalhos) Parágrafos Formatação

Leia mais

PROGRAMAÇÃO WEB DO LADO DO CLIENTE

PROGRAMAÇÃO WEB DO LADO DO CLIENTE PROGRAMAÇÃO WEB DO LADO DO CLIENTE FORMULÁRIO Na linguagem HTML é permitido que o usuário interaja com o servidor através de formulários ligados a scripts desenvolvidos em linguagens como PHP, Servlets,

Leia mais

Apostila Active Brasil de Webdesign. Daniel de Menezes Gularte Omar Queiroz. 2002 Apostila de Webdesign ver. 1 rev. 0. Curso de Web Design

Apostila Active Brasil de Webdesign. Daniel de Menezes Gularte Omar Queiroz. 2002 Apostila de Webdesign ver. 1 rev. 0. Curso de Web Design APOSTILA WEBDESIGN Apostila Active Brasil de Webdesign Daniel de Menezes Gularte Omar Queiroz A livre distribuição dessa cópia está proibida, sendo de material exclusivo do curso de Webdesign da Active

Leia mais

Ferramenta para design de web site Macromedia Dreamweaver Fábio Fernandes

Ferramenta para design de web site Macromedia Dreamweaver Fábio Fernandes Ferramenta para design de web site Macromedia Dreamweaver Fábio Fernandes Em Abril de 2005, as duas maiores gigantes em desenvolvimento de software de web, gráfico e multimídia design se juntaram: a Adobe

Leia mais

4.14 - Imagens: src único atributo que não pode ser omitido neste TAG Nota: img

4.14 - Imagens: <img src=...> src <img src=tecnologia.jpg> único atributo que não pode ser omitido neste TAG Nota: img 4.14 - Imagens: O TAG utilizado para a inclusão de imagens em páginas html é o: O atributo src especifica o local onde está a imagem e o seu nome. Nas páginas pessoais é mais comum o uso

Leia mais

2011 Manual WebAdmin Site

2011 Manual WebAdmin Site 2011 Manual WebAdmin Site Login: Com a integração das páginas de notícias ao site atual da empresa, você consegue publicar notícias e artigos com a cara da sua empresa, sem precisar conhecer os detalhes

Leia mais

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09 ÍNDICE Sobre o SabeTelemarketing 03 Ícones comuns à várias telas de gerenciamento Contato Verificar registros 09 Telas de cadastro e consultas 03 Menu Atalho Nova pessoa Incluir um novo cliente 06 Novo

Leia mais

Roteiro 2: Conceitos de Tags HTML

Roteiro 2: Conceitos de Tags HTML Roteiro 2: Conceitos de Tags HTML Objetivos Detalhar conceitos sobre TAGS HTML: elementos, atributos, elemento vazio, links. Implementar páginas de internet com uso da linguagem HTML; Ferramentas Necessárias

Leia mais

neste tutorial, iremos abordar as folhas de estilo em cascata, mais conhecidas como cascading style sheets. por que usar css?

neste tutorial, iremos abordar as folhas de estilo em cascata, mais conhecidas como cascading style sheets. por que usar css? neste tutorial, iremos abordar as folhas de estilo em cascata, mais conhecidas como cascading style sheets. por que usar css? O html inclui uma tag para praticamente todos os elementos de design comumente

Leia mais

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS 1 Conteúdo Apresentação... 3 1 Página Principal do Sistema... 4 2 Telas de busca... 8 3 Teclas de Navegação... 11 4 Tela de Menu de Relatório... 12 5 Telas de

Leia mais

4. Características Gerais das Tabelas do HTML

4. Características Gerais das Tabelas do HTML 4. Características Gerais das Tabelas do HTML Curso de Extensão em HTML PUCRS A criação de uma tabela começa pelo tag e termina pelo tag. Antes do texto de cada linha da tabela você deve inserir o tag

Leia mais

Manual do Instar Mail Sumário

Manual do Instar Mail Sumário Manual do Instar Mail Sumário 1 - Apresentação do sistema... 2 2 - Menu cliente... 2 3 - Menu Importação... 5 4 - Menu Campanhas... 9 5 - Menu banco de arquivos... 16 6 - Menu agendamento... 16 7 - Menu

Leia mais

Editando textos no Siga-Doc

Editando textos no Siga-Doc Editando textos no Siga-Doc Introdução...2 Executando o editor de textos...3 Acessando pela primeira vez...3 Se o editor de textos não for exibido...4 Trabalhando com tabelas...6 Inserindo uma tabela...6

Leia mais

Microsoft Office Excel

Microsoft Office Excel 1 Microsoft Office Excel Introdução ao Excel Um dos programas mais úteis em um escritório é, sem dúvida, o Microsoft Excel. Ele é uma planilha eletrônica que permite tabelar dados, organizar formulários,

Leia mais

4.14 - Imagens: SRC único atributo que não pode ser omitido neste tag Nota: img

4.14 - Imagens: <IMG SRC=...> SRC <IMG SRC=tecnologia.jpg> único atributo que não pode ser omitido neste tag Nota: img 4.14 - Imagens: O tag utilizado para a inclusão de imagens em páginas html é o: O atributo SRC especifica o local aonde está a imagem e o seu nome. Nas páginas pessoais é mais comum o uso

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2014 ETEC PROF. MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Habilitação Profissional:

Leia mais

MANUAL JOOMLA 2.5 PORTAL INTERNET. Ministério do Esporte

MANUAL JOOMLA 2.5 PORTAL INTERNET. Ministério do Esporte MANUAL JOOMLA 2.5 PORTAL INTERNET Ministério do Esporte SUMÁRIO 1.0 - Módulo Administração... 1 2.0 Banner randômico... 2 2.1 Adicionar novo slide... 2 2.2 Excluir slide... 6 3.0 Artigos... 7 3.1 Adicionar

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Técnico em Informática Qualificação:

Leia mais

FORMULÁRIOS ACESSÍVEIS

FORMULÁRIOS ACESSÍVEIS Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica IFRS Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul NAV Núcleo de Acessibilidade Virtual FORMULÁRIOS ACESSÍVEIS

Leia mais

Guia do usuário do Web Portal. Versão 6.0

Guia do usuário do Web Portal. Versão 6.0 Guia do usuário do Web Portal Versão 6.0 2013 Pitney Bowes Software Inc. Todos os direitos reservados. Esse documento pode conter informações confidenciais ou protegidas por direitos autorais pertencentes

Leia mais

Manual do Publicador. Wordpress FATEA Sistema de Gerenciamento de Conteúdo Web

Manual do Publicador. Wordpress FATEA Sistema de Gerenciamento de Conteúdo Web Manual do Publicador Wordpress FATEA Sistema de Gerenciamento de Conteúdo Web Sumário Painel de Administração... 3 1 - Inserção de post... 5 2 Publicação de post com notícia na área headline (galeria de

Leia mais

Manual do Usuário. Sumário

Manual do Usuário. Sumário Manual do Usuário Sumário Login... 2 Tela inicial (Dashboard)... 3 Modelo Operacional... 4 Agrupamentos de Menus... 6 Conteúdos / Notícias / Eventos... 9 Capas... 14 Repositório de Arquivos... 17 Enquetes...

Leia mais

JavaScript. Prof. Msc. Juliano Gomes Weber (jgw@unijui.edu.br) Notas de Aula Aula 12 1º Semestre - 2011. UNIJUÍ DETEC Ciência da Computação

JavaScript. Prof. Msc. Juliano Gomes Weber (jgw@unijui.edu.br) Notas de Aula Aula 12 1º Semestre - 2011. UNIJUÍ DETEC Ciência da Computação UNIJUÍ DETEC Ciência da Computação Prof. Msc. Juliano Gomes Weber (jgw@unijui.edu.br) JavaScript Notas de Aula Aula 12 1º Semestre - 2011 Tecnologias Web jgw@unijui.edu.br Introdução Com JavaScript implementamos

Leia mais

TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO INTRODUÇÃO AO MACROMEDIA DREAMWEAVER MX 2004 O Macromedia Dreamweaver MX 2004 é um software que permite a criação de páginas de Internet profissionais, estáticas

Leia mais

HTML Curso Básico HTML CURSO BÁSICO Aprenda os conceitos iniciais de HTML em alguns minutos.

HTML Curso Básico HTML CURSO BÁSICO Aprenda os conceitos iniciais de HTML em alguns minutos. HTML CURSO BÁSICO Aprenda os conceitos iniciais de HTML em alguns minutos. 1 Índice 1 - INTRODUÇÃO 3 2 - TAGS 3 3 - EDITORES 3 4 - SALVANDO UMA PAGINA HTML 3 5 - INICIANDO UMA PÁGINA 3 6 - CONSTRUINDO

Leia mais

Aula 05 HTML FORMULÁRIOS Prof. Daniela Pires Sumário

Aula 05 HTML FORMULÁRIOS Prof. Daniela Pires Sumário Sumário FORMULÁRIO EM HTML... 2 FORM... 2 ACTION... 2 METHOD... 2 INPUT... 2 INPUT TYPE TEXT... 2 INPUT TYPE PASSWORD... 2 CHECKBOX - Múltipla escolha... 4 RADIO - Escolha única... 4 Botões de ação...

Leia mais

Manual de utilização do Zimbra

Manual de utilização do Zimbra Manual de utilização do Zimbra Compatível com os principais navegadores web ( Firefox, Chrome e Internet Explorer ) o Zimbra Webmail é uma suíte completa de ferramentas para gerir e-mails, calendário,

Leia mais

Conheça o Projeto. Apresentação. Finalidade. Objetivo

Conheça o Projeto. Apresentação. Finalidade. Objetivo Manual do Usuário Índice Conheça o Projeto...3 Apresentação...3 Finalidade...3 Objetivo...3 Histórico...4 Usando o Portal...5 Efetuando o cadastro na biblioteca digital...5 Logando na Biblioteca Digital...6

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Etec Etec: Dr. José Luiz Viana Coutinho Código: 073 Município: Jales Eixo Tecnológico: Informação e Comunicação Habilitação Profissional: Habilitação Profissional

Leia mais