CARTA DE APRESENTAÇÃO PARA PRÁTICA PROFISSIONAL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CARTA DE APRESENTAÇÃO PARA PRÁTICA PROFISSIONAL"

Transcrição

1 ANEXO A CARTA DE APRESENTAÇÃO PARA PRÁTICA PROFISSIONAL Rio de Janeiro, de de. Do: Professor-orientador de Prática Profissional em Educação Física Ao: Assunto: Apresentação de Estagiário Prezado (a) Senor (a) Apresentamos o(a) aluno(a):, matrícula, do período, Curso de Educação Física, da Universidade Estácio de Sá e solicitamos a colaboração de V.Sª no sentido de recebê-lo(a) afim de realizar a prática profissional. 1. Nesta oportunidade, vimos declarar, para fins de estágio, segundo a Lei nº11788 de 25 de setembro de 2008, que o(a) aluno(a) mencionado(a) encontra-se devidamente matriculado(a) e com freqüência regular nesta Universidade, devendo em caso de aprovação, ser firmado Termo de Compromisso antes do início do seu estágio. 2. O(a) estagiário(a), CPF, nascido(a) em, estará incluído(a) na cobertura do SEGURO CONTRA ACIDENTES PESSOAIS, sob responsabilidade da Universidade Estácio de Sá, a partir da data de início do estágio e findará em. 3. A carga orária do estágio terá um total de oras. 4. O Curso de Educação Física da Universidade Estácio de Sá é composto de períodos. 5. O(a) aluno(a) acima referido(a) está cursando a disciplina Prática Profissional. 6. Certos de sua valiosa colaboração, aproveitamos o ensejo para manifestar nossos agradecimentos. Cordialmente, Professor-Orientador de Prática Profissional

2 ANEXO B PLANO DE ATIVIDADES DE PRÁTICA PROFISSIONAL IDENTIFICAÇÃO: Campus: Professor-orientador: Estágio de: Curso: Contexto sócio-econômico da Instituição/Empresa: Professor responsável pelo Estágio na Instituição/Empresa: Carga orária da Prática Profissional: Início da Prática Profissional: / /. Término da Prática Profissional: /. OBJETIVOS METODOLOGIA (atividades de observação, co-participação e/ou participação) ATIVIDADES PREVISTAS (área de atuação da Prática Profissional) ESTRATÉGIAS DE AVALIAÇÃO DA PRÁTICA PROFISSIONAL

3 CRONOGRAMA DIAS DA SEMANA MANHÃ TARDE NOITE Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Domingo CRONOGRAMA MENSAL (devem constar os dias, com a respectiva carga orária e mês correspondente): Rio de Janeiro, de de. Aluno Estagiário Professor-Orientador da Prática Profissional da Universidade Estácio de Sá

4 ANEXO C FICHA DE AVALIAÇÃO DO ESTAGIÁRIO NA INSTITUIÇÃO/EMPRESA Curso: Prática Profissional de: Prof. responsável pela Prática Profissional na Instituição/Empresa: Classifique na escala abaixo o grau (entre 0 e 10) em que se encontram presentes no estagiário cada uma das abilidades seguintes: COMPETÊNCIA: ORGANIZAÇÃO Organização COMUNICAÇÃO PESSOAL Cooperação Expressão oral COMPETÊNCIA: INTELECTUAL Capacidade de solucionar problemas COMPETÊNCIA: AUTONOMIA E RESPONSABILIDADE Disciplina Pontualidade Assiduidade COMPETÊNCIA: GERENCIAMENTO DO DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL Atenção Interesse pelo trabalo Parecer do Professor responsável pela Prática Profissional na Instituição/Empresa conveniada: Assinatura do Professor responsável pela Prática Profissional na Instituição/Empresa conveniada

5 ANEXO D DECLARAÇÃO Declaro, para fins de comprovação de Prática Profissional em Educação Física, que o(a) aluno(a):, regularmente matriculado no período do Curso de Educação Física da Universidade Estácio de Sá, cumpriu: ( ) oras de estágio de (Observação, Coparticipação e/ou Participação), nessa Instituição. Rio de Janeiro, de de. Representante Legal da Instituição/Empresa Registro n Observação: Esta declaração deve ser impressa em papel timbrado da Instituição onde foi realizada a Prática Profissional com o mesmo carimbo utilizado no Termo de Compromisso (obrigatório).

6 ANEXO E FICHA DE AVALIAÇÃO DO ESTAGIÁRIO UNIVERSIDADE Curso: EDUCAÇÃO FÍSICA - BACHARELADO Prática Profissional de: EDUCAÇÃO FÍSICA Professor responsável pela Prática Profissional na Instituição/Empresa: Ao final da prática profissional, o Aluno: SIM NÃO Teve parecer favorável do Professor responsável pela Prática Profissional da Instituição/Empresa? Cumpriu a carga mínima de oras de prática profissional? Obteve na disciplina pontuação igual ou superior ao mínimo exigido pela Universidade? Apresentou relatório de prática profissional? Teve freqüência igual ou superior ao mínimo exigido na disciplina? Considerando os itens acima assinalados, o Professor-orientador de Prática Profissional do Curso de Educação Física, Campus, considera o aluno estagiário (aprovado/não aprovado) Rio de Janeiro, de de. Professor-Orientador da Prática Profissional Universidade Estácio de Sá

7 FICHA DE REGISTRO DE FREQÜÊNCIA ANEXO F Campus: Curso: Semestre: Prática Profissional de: Professor responsável pela Prática Profissional na Instituição/Empresa: Data Horário Total de oras Principais atividades desenvolvidas Rubrica do Professor/a Responsável pela Prática Profissional na Instituição concedente Professor Orientador de Prática Profissional da Universidade Estácio de Sá

FICHA DE AVALIAÇÃO PARA DIREÇÕES DE CLASSES

FICHA DE AVALIAÇÃO PARA DIREÇÕES DE CLASSES 1 FICHA DE AVALIAÇÃO PARA DIREÇÕES DE CLASSES Estagiário (a): Série: Série / Estágio: Critérios Valor 1ª ativ 2ª ativ 3ª ativ 4ª ativ 5ª ativ Discriminação 1- PLANEJAMENTO - apresentação 0,5 - uso 0,5

Leia mais

Anexo I Tabela das Atividades Complementares do curso de Licenciatura em Química do IF Goiano Câmpus Ceres. Acadêmico: Data: Grupo de atividades

Anexo I Tabela das Atividades Complementares do curso de Licenciatura em Química do IF Goiano Câmpus Ceres. Acadêmico: Data: Grupo de atividades Anexo I Tabela das Atividades Complementares do curso de Licenciatura em Química do IF Goiano Câmpus Ceres. Acadêmico: Data: Grupo de atividades ATIVIDADES DE ENSINO ATIVIDADES DE PESQUISA ATIVIDADES DE

Leia mais

Carta de Apresentação

Carta de Apresentação Carta de Apresentação Rio de Janeiro,... de... de... Do: Professor de Estágio Supervisionado da UNISUAM Ao(à): Sr(a) Diretor(a) do(a)... Assunto: Apresentação de Estagiário Senhor(a) Diretor(a): Apresentamos

Leia mais

CARTA DE APRESENTAÇÃO DE ESTÁGIO. À: DIREÇÃO DA (nome da Instituição Concedente do Estágio)

CARTA DE APRESENTAÇÃO DE ESTÁGIO. À: DIREÇÃO DA (nome da Instituição Concedente do Estágio) CARTA DE APRESENTAÇÃO DE ESTÁGIO, de de. À: DIREÇÃO DA (nome da Instituição Concedente do Estágio) Do: COORDENADOR DE ESTÁGIO DA ESCOLA SUPERIOR ABERTA DO BRASIL - ESAB ASSUNTO: APRESENTAÇÃO DE ESTAGIÁRIO

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO Licenciaturas em: - Geografia - História - Informática - Letras

MANUAL DE ESTÁGIO Licenciaturas em: - Geografia - História - Informática - Letras MANUAL DE ESTÁGIO Licenciaturas em: - Geografia - História - Informática - Letras Rio de Janeiro Julho/2013 1. Apresentação O presente Manual foi reorganizado pelos membros do Colegiado dos Cursos de Licenciatura

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I e II CURSO DE BIOMEDICINA. Versão I/2012

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I e II CURSO DE BIOMEDICINA. Versão I/2012 MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I e II CURSO DE BIOMEDICINA Versão I/2012 2012 PÁGINA 1 SUMÁRIO Programa de Conteúdos:... 3 1) Atividades... 4 2) Supervisão do Estágio... 5 3) Orientação sobre a Avaliação...

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 202, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2014.

RESOLUÇÃO Nº 202, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2014. RESOLUÇÃO Nº 202, DE 3 DE DEZEMBRO DE 2014. O CONSELHO DE FACULDADE DA FACULDADE DE COMPUTAÇÃO da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais e considerando a

Leia mais

Regulamento de Estágio Supervisionado Publicidade e Propaganda

Regulamento de Estágio Supervisionado Publicidade e Propaganda Regulamento de Estágio Supervisionado Publicidade e Propaganda Título I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art. 1º - O Estágio Supervisionado do curso de Publicidade e Propaganda do Unileste-MG, orientado por

Leia mais

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO 1 MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO fevereiro 2012 2 SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO 2 NORMAS DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO I E II... 3 3 ESTRUTURA DO RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO...

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 44, DE 20 DE MARÇO DE 2015.

RESOLUÇÃO Nº 44, DE 20 DE MARÇO DE 2015. RESOLUÇÃO Nº 44, DE 20 DE MARÇO DE 2015. O CONSELHO DE FACULDADE DA FACULDADE DE COMPUTAÇÃO da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais e considerando a Resolução

Leia mais

ANEXO 2 DOCUMENTOS DE ESTÁGIO

ANEXO 2 DOCUMENTOS DE ESTÁGIO ANEXO 2 DOCUMENTOS DE ESTÁGIO DOC 1 - CARTA DE APRESENTAÇÃO DOC 2 - PLANO BÁSICO PARA O ESTÁGIO DE DOCÊNCIA DOC 3 - DECLARAÇÃO DE ACEITAÇÃO DO ESTAGIÁRIO DOC 4 - TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO DOC 5 -

Leia mais

CADERNO DE ORIENTAÇÃO AO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

CADERNO DE ORIENTAÇÃO AO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CADERNO DE ORIENTAÇÃO AO ESTÁGIO SUPERVISIONADO Supervisores: Profa Cátia A. Farias (Eng. Ambiental) Profa. Ediléa de Vasconcelos(Operacional) Coordenadora: Profa. Vivian Telles Paim Teresópolis 2012 1

Leia mais

LICENCIATURA EM MATEMÁTICA CADERNO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ENSINO MÉDIO

LICENCIATURA EM MATEMÁTICA CADERNO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ENSINO MÉDIO LICENCIATURA EM MATEMÁTICA CADERNO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO ENSINO MÉDIO RIBEIRÃO PRETO 2013 ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO Aluno: RA: Ano/semestre: Período letivo: 2 SUMÁRIO ORIENTAÇÕES

Leia mais

REGULAMENTO DA DISCIPLINA ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS METALÚRGICOS

REGULAMENTO DA DISCIPLINA ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM PROCESSOS METALÚRGICOS Serviço Público Federal Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Câmpus Caxias do Sul REGULAMENTO

Leia mais

Escala horária de propaganda em rede para televisão 08/10/2010 a 29/10/2010

Escala horária de propaganda em rede para televisão 08/10/2010 a 29/10/2010 Justiça Eleitoral Página 1 de 5 Cargo: Presidente Data da propaganda: 08/10/2010 SEXTA-FEIRA PARA O BRASIL SEGUIR MUDANDO 13:00:00 13: 20:30:00 20:40:00 O Brasil Pode Mais 13: 13:20:00 20:40:00 20:50:00

Leia mais

CARTA DE APRESENTAÇÃO

CARTA DE APRESENTAÇÃO Doc. 1 CARTA DE APRESENTAÇÃO Do Professor de Estágio para Docência da UCB Ao(À) Sr(a). Diretor(a) do(a) Assunto: Apresentação de Estagiário Senhor(a) Diretor(a): Apresentamos a V.Sa. o(a) universitário(a),

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO MATRIZ CURRICULAR 2011

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO MATRIZ CURRICULAR 2011 CURSO DE ADMINISTRAÇÃO REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO MATRIZ CURRICULAR 2011 PALMAS TO 2011 APRESENTAÇÃO Este Regulamento de Estágio do Curso de Administração visa servir de referência

Leia mais

NORMAS PARA ESTÁGIOS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL

NORMAS PARA ESTÁGIOS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL NORMAS PARA ESTÁGIOS DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO AMBIENTAL Este documento tem como finalidade estabelecer e orientar as atividades de estágio desenvolvidas pelos alunos do Curso Superior

Leia mais

PROTOCOLO DE ENTREGA DO RELATÓRIO FINAL

PROTOCOLO DE ENTREGA DO RELATÓRIO FINAL DISCIPLINA: ESTÁGIO SUPERVISIONADO (informar I ou II) SEMESTRE LETIVO: (informar 1º ou 2º semestre de 20 ) PROTOCOLO DE ENTREGA DO RELATÓRIO FINAL DADOS GERAIS ALUNO: RA: COORDENADOR DE ESTÁGIO: Prof.

Leia mais

RELATÓRIO DE ESTÁGIO DE COMPLEMENTAÇÃO DE ENSINO

RELATÓRIO DE ESTÁGIO DE COMPLEMENTAÇÃO DE ENSINO - 1 - ESCOLA DE EDUCAÇÃO BÁSICA DA FUNDAÇÃO INSTITUTO TECNOLÓGICO DE OSASCO UNIDADE 2 RELATÓRIO DE ESTÁGIO DE COMPLEMENTAÇÃO DE ENSINO ALUNO: XXXXXXXXXX NÚMERO XX 4ª ANO X CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR FABRA GUIA DE APRESENTAÇÃO DA MATÉRIA ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR FABRA GUIA DE APRESENTAÇÃO DA MATÉRIA ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR FABRA GUIA DE APRESENTAÇÃO DA MATÉRIA ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Serra 2013 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 OBJETIVOS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO.... 4 ACOMPANHAMENTO

Leia mais

REGULAMENTO DA MONITORIA DOS CURSOS SUPERIORES

REGULAMENTO DA MONITORIA DOS CURSOS SUPERIORES REGULAMENTO DA MONITORIA DOS CURSOS SUPERIORES Considerando o artigo 84 da LDB nº 9.394/96 o qual estabelece que: Os discentes da educação superior poderão ser aproveitados em tarefas de ensino e pesquisa

Leia mais

Ficha de Inscrição do Orientador para realização do Relatório Técnico Científico para Trabalho de Conclusão de Curso

Ficha de Inscrição do Orientador para realização do Relatório Técnico Científico para Trabalho de Conclusão de Curso Ficha de Inscrição do Orientador para realização do Relatório Técnico Científico para Trabalho de Conclusão de Curso Aluno Semestre Curso Orientador Tema Empresa a realizar o estágio Data de Início Carga

Leia mais

FATEP FACULDADE DE TECNOLOGIA PENTÁGONO

FATEP FACULDADE DE TECNOLOGIA PENTÁGONO FATEP FACULDADE DE TECNOLOGIA PENTÁGONO FATEP FACULDADE DE TECNOLOGIA PENTÁGONO MANUAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO 2012 1. APRESENTAÇÃO... 03 2. A REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO 2..1 A Dimensão Legal...

Leia mais

CARTA DE APRESENTAÇÃO

CARTA DE APRESENTAÇÃO CARTA DE APRESENTAÇÃO Teresópolis, de de. Da: Professora Orientadora do Estágio do Curso de Licenciatura em Matemática Ao (À) Sr.(a) Diretor(a) do (a) Assunto: Apresentação de Estagiário. Senhor (a) Diretor

Leia mais

EDITAL Nº 007/2014 INSCRIÇÃO E SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIC

EDITAL Nº 007/2014 INSCRIÇÃO E SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIC Faculdade de Tecnologia do Piauí - FATEPI DIRETORIA ACADÊMICA NÚCLEO DE PESQUISA Site: www.fatepi.com.br EDITAL Nº 007/2014 INSCRIÇÃO E SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIC A Coordenação

Leia mais

ESTÁGIO CURRICULAR EM INFORMÁTICA

ESTÁGIO CURRICULAR EM INFORMÁTICA ESTÁGIO CURRICULAR EM INFORMÁTICA 2 o Período de 2010 Curso de Graduação em Ciência da Computação / IC - UFF Prof. José Raphael Bokehi A disciplina Estágio Curricular em Informática (TCC04084) é obrigatória

Leia mais

TERMO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO/RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO

TERMO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO/RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO TERMO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO/RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE ESTÁGIO ( ) Obrigatório ( ) Não-obrigatório Declaro, para os devidos fins, que, R.G.:, aluno regularmente matriculado na série do curso de, das

Leia mais

Abril / 2016. 25 Segunda-feira 17h, 18h e 19h 25 e 26/04. 27 Quarta-feira 17h, 18h e 19h 27 e 28/04. 29 Sexta-feira 17h, 18h e 19h 29/04 e 02/05

Abril / 2016. 25 Segunda-feira 17h, 18h e 19h 25 e 26/04. 27 Quarta-feira 17h, 18h e 19h 27 e 28/04. 29 Sexta-feira 17h, 18h e 19h 29/04 e 02/05 Cursos Abril / 2016 25 Segunda-feira 17h, e 19h 25 e 26/04 27 Quarta-feira 17h, e 19h 27 e 28/04 29 Sexta-feira 17h, e 19h 29/04 e 02/05 Cursos Maio / 2016 02 Segunda-feira 17h, e 19h 02 e 03/05 04 Quarta-feira

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 074, DE 20 DE ABRIL DE 2016.

RESOLUÇÃO Nº. 074, DE 20 DE ABRIL DE 2016. RESOLUÇÃO Nº. 074, DE 20 DE ABRIL DE 2016. O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E CULTURA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS, no uso de suas atribuições legais e considerando o Parecer nº 43/2016

Leia mais

GUIA PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO E TCC - LOGÍSTICA

GUIA PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO E TCC - LOGÍSTICA GUIA PARA REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO E TCC - LOGÍSTICA Este guia é um resumo das normas sobre Estágio e Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) contidos no Projeto Pedagógico do Curso Superior de Tecnologia em

Leia mais

CAMPUS CENTRO-OESTE DONA LINDU. Normas do estágio supervisionado. CURSO: Enfermagem

CAMPUS CENTRO-OESTE DONA LINDU. Normas do estágio supervisionado. CURSO: Enfermagem CAMPUS CENTRO-OESTE DONA LINDU Normas do estágio supervisionado CURSO: Enfermagem Sumário 1. Boas Vindas...3 2. Vestimenta para o campo de estágio...3 3. Frequência...4 4. Em caso de acidentes...5 5. Material

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Estágio Supervisionado do Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO União da Vitória/PR 2011 1 I Da Caracterização

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet

Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet CENTRO UNIVERSITÁRIO ADVENTISTA DE SÃO PAULO CAPÍTULO I DO ESTÁGIO Artigo 1º O estágio é uma atividade didática

Leia mais

Biotecnologia Ambiental

Biotecnologia Ambiental Ambiental 1º MÓDULO 27 28 29 (AGOSTO) Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira (27/08) Sexta-feira (28/08) Sábado (29/08) //Marco //Marco Ambiental 2º MÓDULO 17 18 19 (SETEMBRO) Segunda-feira

Leia mais

CADASTRO CURSO: LETRAS IDENTIFICAÇÃO CPF: Nº RG: DATA DE NASCIMENTO:

CADASTRO CURSO: LETRAS IDENTIFICAÇÃO CPF: Nº RG: DATA DE NASCIMENTO: CADASTRO CURSO: LETRAS NOME: IDENTIFICAÇÃO CPF: Nº RG: DATA DE NASCIMENTO: ENDEREÇO: FONES: E-MAIL: CURSO: Letras, Licenciatura. SEMESTRE DE REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO: 2/2015. Estágio Supervisionado I (Ensino

Leia mais

Norma Operacional Nº 001/2014 CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO E OBJETIVOS

Norma Operacional Nº 001/2014 CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO E OBJETIVOS Norma Operacional Nº 001/2014 Dispõe sobre os procedimentos para as atividades complementares adotadas no nstituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Campus Restinga para

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO JUSTIFICATIVA:

ESTÁGIO SUPERVISIONADO JUSTIFICATIVA: ESTÁGIO SUPERVISIONADO JUSTIFICATIVA: O estágio curricular do Curso de Licenciatura em Educação Física do Centro Universitário do Cerrado Patrocínio pressupõe atividades pedagógicas efetivadas em um ambiente

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS CENTRO UNIVERSITÁRIO FEDERAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO ESCOLA DE FARMÁCIA E ODONTOLOGIA DE ALFENAS CENTRO UNIVERSITÁRIO FEDERAL REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE QUÍMICA DA Efoa/Ceufe Resolução Nº 007/2005 pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) O presente regulamento foi elaborado tendo

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO VOLUNTÁRIO

SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO VOLUNTÁRIO SOLICITAÇÃO DE ESTÁGIO VOLUNTÁRIO Sr(a) Chefe de Departamento, Curitiba, de de. Eu,, aluno(a) regularmente matriculado(a) no Curso de matrícula nº, solicito estágio não remunerado no Departamento de, Laboratório

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES UNIDADE ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO COLEGIADO DO CURSO DE PEDAGOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES UNIDADE ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO COLEGIADO DO CURSO DE PEDAGOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES UNIDADE ACADÊMICA DE EDUCAÇÃO COLEGIADO DO CURSO DE PEDAGOGIA RESOLUÇÃO Nº 03/2011 Fixa normas para o Estágio Supervisionado em

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA EM SAÚDE CURSO DE NUTRIÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA EM SAÚDE CURSO DE NUTRIÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO INTEGRADA EM SAÚDE CURSO DE NUTRIÇÃO NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO - NUTRIÇÃO/ CCS

Leia mais

PROGRAD. Pró-Reitoria de Graduação ASCOM UFG

PROGRAD. Pró-Reitoria de Graduação ASCOM UFG PROGRAD Pró-Reitoria de Graduação ASCOM UFG ASCOM UFG Caderno de Dúvidas Frequentes Estágio UFG Equipe de Apoio da Coordenação Geral de Estágio Samuel Cavalcante - Secretário Executivo Utinay Batista -

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO

COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO COORDENAÇÃO DE ESTÁGIO CADERNO DE CONTROLE E REGISTRO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO CURSO: PEDAGOGIA LICENCIATURA: HABILITAÇÃO EM PEDAGOGIA Aluno(a): Prof. Supervisor de Estágio: Início: / / Término:

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

REGULAMENTO GERAL DE ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO REGULAMENTO GERAL DE ESTÁGIO CURRICULAR DO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Universidade Federal de Goiás Instituto de Informática ORIENTAÇÕES E NORMAS SOBRE O ESTÁGIO CURRICULAR PARA ESTUDANTES DO CURSO

Leia mais

EDITAL Nº 15, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2015. PROCESSO SELETIVO PARA MONITORES BOLSISTAS DO CURSO SUPERIOR BACHARELADO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA

EDITAL Nº 15, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2015. PROCESSO SELETIVO PARA MONITORES BOLSISTAS DO CURSO SUPERIOR BACHARELADO EM ENGENHARIA AGRONÔMICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS BOM JESUS DA LAPA BR 349 - Km 14 Zona Rural - Caixa Postal 34

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FACULDADE ASSIS GURGACZ REGULAMENTO DE TRABALHO DE CURSO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FACULDADE ASSIS GURGACZ REGULAMENTO DE TRABALHO DE CURSO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FACULDADE ASSIS GURGACZ REGULAMENTO DE TRABALHO DE CURSO Cascavel 2015 APRESENTAÇÃO Este Regulamento de Trabalho de Curso está pautado nas Diretrizes Curriculares do curso de Administração

Leia mais

ALUNO IMPORTANTE INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO ESTÁGIO Leia com Atenção!

ALUNO IMPORTANTE INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO ESTÁGIO Leia com Atenção! ALUNO IMPORTANTE INSTRUÇÕES PARA O PREENCHIMENTO DO ESTÁGIO Leia com Atenção! Você deverá preencher os campos dos impressos destinados ao registro de Estágio sem rasuras e com letra legível ou por intermédio

Leia mais

Universidade de Santo Amaro Curso de Farmácia Regulamento de Estágios Obrigatórios De acordo com a Lei Federal nº 11.788/08

Universidade de Santo Amaro Curso de Farmácia Regulamento de Estágios Obrigatórios De acordo com a Lei Federal nº 11.788/08 Universidade de Santo Amaro Curso de Farmácia Regulamento de Estágios Obrigatórios De acordo com a Lei Federal nº 11.788/08 Introdução O Estágio Curricular Obrigatório é uma exigência curricular para formação

Leia mais

EDITAL Nº 88/2015 PROGRAD SELEÇÃO DE MONITORES PIMI 2015/2

EDITAL Nº 88/2015 PROGRAD SELEÇÃO DE MONITORES PIMI 2015/2 UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO DIRETORIA DE PROGRAMAS ESPECIAIS EM EDUCAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA Av. NS 15, 109 Norte, sala 219, Bloco IV 77001-090 Palmas/TO

Leia mais

REGULAMENTO PARA A REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

REGULAMENTO PARA A REALIZAÇÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO CAMPUS DE GUANAMBI Distrito de Ceraíma, s/n - Zona Rural - Cx Postal

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DO ESPORTE (CEFID)

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DO ESPORTE (CEFID) CRONOGRAMA ENTREGA DE DOCUMENTOS Ficha de Estágio Termo de compromisso Controle de frequência Plano de trabalho Relatório final Seminário do Relatório final Avaliação e autoavaliação DATA PREVISTA Antes

Leia mais

Manual Geral de Estágio Supervisionado. Curso de Tecnologia em Gastronomia

Manual Geral de Estágio Supervisionado. Curso de Tecnologia em Gastronomia Manual Geral de Estágio Supervisionado Curso de Tecnologia em Gastronomia FUNDAMENTO LEGAL Lei nº 11.788, de 25/09/2008 de 2008, publicado no DOU. Nº.187-26/09/2008-Seção I-P.3. - Lei de Diretrizes e Bases

Leia mais

Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio FAN - CEUNSP SALTO. Campus V

Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio FAN - CEUNSP SALTO. Campus V Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio FAN - CEUNSP SALTO Campus V Regulamento Interno de Estágio Supervisionado e ou Trabalho Pedagógico Supervisionado FAN-CEUNSP-SALTO -Campus V O presente

Leia mais

Biomedicina - Bacharelado Nome do Aluno: Coordenador do Curso: Ano de início do Curso:

Biomedicina - Bacharelado Nome do Aluno: Coordenador do Curso: Ano de início do Curso: Biomedicina - Bacharelado Nome do Aluno: Coordenador do Curso: Ano de início do Curso: PASTA DE ESTÁGIO Biomedicina Unidade de Gestão da Educação Presencial Gedup ORIENTAÇÕES 1. Considera-se Estágio Curricular

Leia mais

HORÁRIO DE AULAS 2º SEMESTRE DE 2015 CURSO: PEDAGOGIA TURNO: NOTURNO 1º PERÍODO HORA Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira

HORÁRIO DE AULAS 2º SEMESTRE DE 2015 CURSO: PEDAGOGIA TURNO: NOTURNO 1º PERÍODO HORA Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira 1º PERÍODO HORA Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Leitura e Produção de Textos Leitura e Produção de Textos Pesquisa e Construção do Conhecimento Cargo 5 Pesquisa e Construção

Leia mais

Ficha de estágio Dados do Estagiário Estagiário RG Data nascimento / / Endereço Bairro Telefone Cel E-Mail CURSO. Razão Social CNPJ Endereço

Ficha de estágio Dados do Estagiário Estagiário RG Data nascimento / / Endereço Bairro Telefone Cel E-Mail CURSO. Razão Social CNPJ Endereço Ficha de estágio Dados do Estagiário Estagiário RG Data nascimento / / Endereço Bairro Telefone Cel E-Mail ser preenchidos os CURSO Empresa que concluiu o Estágio. Neste campo deverão dados pessoais do

Leia mais

Estagiário RG Data nascimento / / Endereço Bairro Telefone Cel E-Mail CURSO. Empresa que concluiu o Estágio.

Estagiário RG Data nascimento / / Endereço Bairro Telefone Cel E-Mail CURSO. Empresa que concluiu o Estágio. FICHA DE ESTÁGIO Data do Início / /. Término / /. Estagiário RG Data nascimento / / Endereço Bairro Telefone Cel E-Mail CURSO Empresa que concluiu o Estágio. Razão Social CNPJ Endereço Bairro Tel/fax Site

Leia mais

Atestado 1 Regularidade de Matricula

Atestado 1 Regularidade de Matricula Atestado 1 Regularidade de Matricula Atestamos que [NOME_ALUNO] matrícula nº [NUMERO_MATRICULA] está regularmente matriculado(a) neste período letivo de [PERIODO_LETIVO] no curso de [CURSO_ALUNO] nesta

Leia mais

NORMAS DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA

NORMAS DE ESTÁGIO DO CURSO DE ENGENHARIA MECÂNICA 2015 SUMÁRIO 1 - DISPOSIÇÕES PRELIMINARES... 3 2 - OBJETIVO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO... 3 3 - ACOMPANHAMENTO E ORGANIZAÇÃO DO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO... 4 4 - EXEMPLO DE ÁREAS PARA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO...

Leia mais

TERMO DE COMPROMISSO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO

TERMO DE COMPROMISSO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO TERMO DE COMPROMISSO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO Termo de compromisso para realização de estágio obrigatório que entre si fazem a concedente, inscrita no CNPJ sob o nº, estabelecida na e o estagiário (a), documento

Leia mais

CARTA DE APRESENTAÇÃO

CARTA DE APRESENTAÇÃO MODELO PARA FOTOCÓPIA MANUAL DE ESTÁGIO 2005 AO ESTAGIÁRIO: Multiplique a carta abaixo e entregue ao responsável pela Escola CARTA DE APRESENTAÇÃO O Centro Universitário do Sul de Minas UNIS-MG tem como

Leia mais

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogada a Resolução CONSEPE 43/2005 e demais disposições contrárias.

RESOLUÇÃO. Esta Resolução entra em vigor nesta data, revogada a Resolução CONSEPE 43/2005 e demais disposições contrárias. RESOLUÇÃO CONSEPE 42/2007 ALTERA O REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa

Leia mais

EDITAL Nº 05 - /2014 FATEPI INSCRIÇÃO E SELEÇÃO PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA PRIMO

EDITAL Nº 05 - /2014 FATEPI INSCRIÇÃO E SELEÇÃO PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE MONITORIA PRIMO Faculdade de Tecnologia do Piauí FATEPI Qualidade em Educação DIRETORIA ACADÊMICA NÚCLEO DE PESQUISA Rua 1º de Maio Nº 2235/N Bairro Primavera Teresina PI Brasil Fone:(86) 2107-2200 Site: www.faespicom.br

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS DE LICENCIATURA DO IFS

REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS DE LICENCIATURA DO IFS REGULAMENTO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DOS CURSOS DE LICENCIATURA DO IFS CAPÍTULO I DA NATUREZA E DAS FINALIDADES Art. 1º O Estágio Supervisionado para os Cursos de Licenciatura do Instituto Federal de

Leia mais

APÊNDICE A FICHA DE ACOMPANHAMENTO DO TCC

APÊNDICE A FICHA DE ACOMPANHAMENTO DO TCC APÊNDICE A FICHA DE ACOMPANHAMENTO DO TCC MÉDIA PARCIAL: ( ) M1 ( ) M2 ( ) M3 ACADÊMICO: CÓDIGO DE MATRÍCULA: PROF. ORIENTADOR: Nº ENC. DATA DA ORIENTAÇÃO INÍCIO HORÁRIO ASSUNTOS ABORDADOS DURANTE AS REALIZOU

Leia mais

Manual de Estágio Supervisionado de

Manual de Estágio Supervisionado de Manual de Estágio Supervisionado de Licenciatura em Educação Artística Estrutura Curricular 2009 2 Gestão de Carreiras FAAP Faculdade de Artes Plásticas Ano de 2014 1 Índice I ESTÁGIO SUPERVISIONADO: Conceito,

Leia mais

DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR COORDENAÇÃO DO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ENGENHARIA ELÉTRICA

DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR COORDENAÇÃO DO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ENGENHARIA ELÉTRICA DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO SUPERIOR COORDENAÇÃO DO CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ENGENHARIA ELÉTRICA EDITAL Nº 01, DE 28 DE OUTUBRO DE 2014 PROCESSO DE PREENCHIMENTO

Leia mais

NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA FACULDADE CATHEDRAL ESTÁGIO DE PRÁTICA JURÍDICO FORENSE SUPERVISIONADO I E II EDITAL N 2015.1 NPJ, 30 DE JANEIRO DE 2015.

NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA FACULDADE CATHEDRAL ESTÁGIO DE PRÁTICA JURÍDICO FORENSE SUPERVISIONADO I E II EDITAL N 2015.1 NPJ, 30 DE JANEIRO DE 2015. NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA FACULDADE CATHEDRAL ESTÁGIO DE PRÁTICA JURÍDICO FORENSE SUPERVISIONADO I E II EDITAL N 2015.1 NPJ, 30 DE JANEIRO DE 2015. A Coordenação do Curso de Direito e a Coordenação do

Leia mais

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO MONOGRAFIA

REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO MONOGRAFIA COORDENAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO MONOGRAFIA Agosto/2011 2 CITAR SIM, COPIAR NÃO! Talvez fosse desnecessário adverti-los sobre o plágio. No entanto,

Leia mais

RESOLUÇÃO N 019/2015 - CONSELHO SUPERIOR

RESOLUÇÃO N 019/2015 - CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO N 019/2015 - CONSELHO SUPERIOR Aprova o Regulamento dos Trabalhos de Conclusão dos Cursos de Licenciatura do IFPI. O Presidente do Conselho Superior do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

F A C I C FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE CRUZEIRO

F A C I C FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE CRUZEIRO (deve ser emitido em papel timbrado da Escola) ATESTADO DE DOCÊNCIA* Atesto, para os devidos fins, que, R.G. exerceu horas de docência na ( ) Educação Infantil ( ) Ensino Fundamental Séries Iniciais, nessa

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA ESTÁGIO DE PEDAGOGIA

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA ESTÁGIO DE PEDAGOGIA ORIENTAÇÕES GERAIS PARA ESTÁGIO DE PEDAGOGIA INTRODUÇÃO Os Estágios Supervisionados constam de atividades de prática pré-profissional, exercidas em situações reais de trabalho, sem vínculo empregatício,

Leia mais

MANUAL UNIFICADO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

MANUAL UNIFICADO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CENTRO UNIVERSITÁRIO PAULISTANO UniPaulistana MANUAL UNIFICADO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES São Paulo 2008 1 Sumário APRESENTAÇÃO...4 OBJETIVOS DOS ESTÁGIOS...4 Objetivos

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DOS CURSOS TÉCNICOS

REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DOS CURSOS TÉCNICOS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CATARINENSE CAMPUS CONCÓRDIA Coordenação Geral de Integração Escola Comunidade - CGIEC REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DOS CURSOS TÉCNICOS

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO FACULDADE DE INFORMÁTICA CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO Aprovado na 22ª reunião do Conselho de Unidade (CONSUN) da Faculdade de Informática realizada dia 30 de

Leia mais

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA EM SAÚDE MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO PÓS-GRADUAÇÃO

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA EM SAÚDE MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO PÓS-GRADUAÇÃO FORMAÇÃO PEDAGÓGICA EM SAÚDE MANUAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO PÓS-GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL Diretor Geral Prof. Adalberto Miranda Distassi Coordenador Geral de Estágio: Prof. Ricardo Constante Martins

Leia mais

FAMEC REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

FAMEC REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO FAMEC REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO 1 REGULAMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO (Lei Nº 11.788 / 2008) Regulamenta as atividades do Estágio Curricular da FAMEC e estabelece normas

Leia mais

FATEC Shunji Nishimura Pompeia/SP ESTÁGIO OBRIGATÓRIO

FATEC Shunji Nishimura Pompeia/SP ESTÁGIO OBRIGATÓRIO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO Prazos e Procedimentos 2012 Autores: Michele Sayuri Noda Susi Meire Maximino Leite Departamento de Estágios LISTA DE FIGURAS Figura 1. Formulário de estágio... 5 Figura 2. Identificação

Leia mais

CAPÍTULO I CONCEITO, FINALIDADE E OBJETIVOS

CAPÍTULO I CONCEITO, FINALIDADE E OBJETIVOS VOTO CONSU 2009-02 de 23/04/2009 2011-03 de 24/03/2011 2012-19 de 14/06/2012 REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO Estabelece as normas institucionais para a realização de Estágios

Leia mais

REGIMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE TURISMO DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

REGIMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE TURISMO DAS DISPOSIÇÕES GERAIS REGIMENTO DO ESTÁGIO CURRICULAR CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE TURISMO DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Os estágios curriculares do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo do Instituto

Leia mais

MANUAL DO ESTAGIÁRIO

MANUAL DO ESTAGIÁRIO MANUAL DO ESTAGIÁRIO CURSO TÉCNICO EM CAFEICULTURA José Sérgio de Araújo Adélia Ribeiro Paulino 2014 1 ÍNDICE Apresentação... 3 1 Orientações Gerais... 05 2 Roteiro... 06 3 Plano de Estágio... 08 4 Termo

Leia mais

FAI CENTRO DE ENSINO SUPERIOR EM GESTÃO, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Manual do Estágio Supervisionado

FAI CENTRO DE ENSINO SUPERIOR EM GESTÃO, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Manual do Estágio Supervisionado FAI CENTRO DE ENSINO SUPERIOR EM GESTÃO, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Manual do Estágio Supervisionado Santa Rita do Sapucaí-MG Janeiro/2011 Sumário 1. Introdução 3 2. O que é

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO FISIOTERAPIA

REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO FISIOTERAPIA REGULAMENTAÇÃO DO ESTÁGIO NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO FISIOTERAPIA Capítulo I - Do Conceito Art. 1º - O Estágio não obrigatório do Curso de Fisioterapia da Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG) é aquele

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSOS DE BACHARELADO EM ENGENHARIA FLORESTAL DA UTFPR-DV

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSOS DE BACHARELADO EM ENGENHARIA FLORESTAL DA UTFPR-DV Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSOS DE BACHARELADO EM ENGENHARIA FLORESTAL DA UTFPR-DV DOIS VIZINHOS maio 2013 Ministério

Leia mais

EDITAL Nº 11/2014. Processo Seletivo de Bolsistas para Monitoria em Ensino a Distância

EDITAL Nº 11/2014. Processo Seletivo de Bolsistas para Monitoria em Ensino a Distância UDF - CENTRO UNIVERSITÁRIO PRÓ-REITORIA ACADÊMICA EDITAL Nº 11/2014 Processo Seletivo de Bolsistas para Monitoria em Ensino a Distância A Pró-Reitora, no uso de suas atribuições regimentais e tendo em

Leia mais

Biotecnologia Agroalimentar/Agroindustrial

Biotecnologia Agroalimentar/Agroindustrial /Agroindustrial 1º MÓDULO 27 28 29 (AGOSTO) Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira (27/08) Sexta-feira (28/08) Sábado (29/08) II: II: /Agroindustrial 2º MÓDULO 17 18 19 (SETEMBRO) Segunda-feira

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE-FURG PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE-FURG PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE-FURG PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO Av. Itália, Km8 Campus Carreiros Rio Grande, RS Brasil 96201-900 fone: 53.32336772 e-mail:prograd@furg.br

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (BACHARELADO E LICENCIATURA)

REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (BACHARELADO E LICENCIATURA) 1 REGULAMENTAÇÃO ESPECÍFICA DO ESTÁGIO DE INTERESSE CURRICULAR DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (BACHARELADO E LICENCIATURA) Resolução nº 015/2005 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) Capítulo

Leia mais

II celebração de termo de compromisso entre o educando, a parte concedente do estágio e a instituição de ensino;

II celebração de termo de compromisso entre o educando, a parte concedente do estágio e a instituição de ensino; REGULAMENTO DE ESTÁGIO DOS CURSOS TÉCNICO E TECNOLÓGICO NO ÂMBITO DA EAD / IFPR ADAPTADO EM CONFORMIDADE COM A LEI 11.788/08 E RESOLUÇÃO DO CONSUP 02/03/ 2013. CAPÍTULO I DA DEFINIÇÃO, CLASSIFICAÇÃO E

Leia mais

FACULDADE ASSIS GURGACZ FAG

FACULDADE ASSIS GURGACZ FAG 1 FACULDADE ASSIS GURGACZ FAG Av. das Torres, 500 Fone: (45) 3321-3900 Fax: (45) 3321 3902 Manual de Estágio Curricular Obrigatório Curso de Farmácia Cascavel 2013 2 FACULDADE ASSIS GURGACZ FAG Av. das

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ARTES VISUAIS BACHARELADO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ARTES VISUAIS BACHARELADO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ARTES VISUAIS BACHARELADO Art. 1º. O presente

Leia mais

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO. por. Fábio Zschornack Clarissa Tarragô Candotti CONCEPÇÃO E COMPOSIÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR

REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO. por. Fábio Zschornack Clarissa Tarragô Candotti CONCEPÇÃO E COMPOSIÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS por Fábio Zschornack Clarissa Tarragô Candotti CONCEPÇÃO E COMPOSIÇÃO DO ESTÁGIO CURRICULAR Conforme

Leia mais

Manual de Estágio Supervisionado de

Manual de Estágio Supervisionado de Manual de Estágio Supervisionado de Licenciatura Educação Artística - Artes Visuais Gestão de Carreiras FAAP Faculdade de Artes Plásticas Ano de 2015 1 Índice I ESTÁGIO SUPERVISIONADO: Conceito, Objetivo,

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES CENTRO UNIVERSITÁRIO UNIVATES REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL, BACHARELADO REGULAMENTO DE ESTÁGIO CURRICULAR NÃO OBRIGATÓRIO Das disposições gerais O estágio

Leia mais

DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO PROFISSIONAL

DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO PROFISSIONAL DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DE ENSINO DEPARTAMENTO DE ENSINO PROFISSIONAL COORDENAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM EDIFICAÇÕES EDITAL Nº 01, DE 25 DE JULHO DE 2013 PROCESSO DE PREENCHIMENTO DE VAGAS RELATIVAS

Leia mais

REQUERIMENTO DE INSCRIÇÃO DE PESSOA JURÍDICA Modalidade: Registro

REQUERIMENTO DE INSCRIÇÃO DE PESSOA JURÍDICA Modalidade: Registro Razão Social Nome Fantasia Endereço BAIRRO CEP CIDADE UF Endereço Eletrônico CNPJ TELefone ( ) fax ( ) A entidade acima identificada vem requerer ao Exmo. Sr. Presidente do CREF6/MG, o Registro de Pessoa

Leia mais

PROJETO DE ESTÁGIO ANO 2007 CURSOS: ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS

PROJETO DE ESTÁGIO ANO 2007 CURSOS: ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS PROJETO DE ESTÁGIO ANO 2007 CURSOS: ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS REGULAMENTO GERAL PARA OS ESTÁGIOS CURRICULARES (DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO) ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS E CIÊNCIAS CONTÁBEIS CAPÍTULO

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA REGULAMENTO DE ESTÁGIO DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Ipatinga / MG 1 /2010 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVOS DO ESTÁGIO... 4 3 ESTÁGIO OBRIGATÓRIO... 4 3.1 NORMAS GERAIS DO ESTÁGIO OBRIGATÓRIO... 4 3.1.1

Leia mais

Fanor - Faculdade Nordeste

Fanor - Faculdade Nordeste PROJETO PROGREDIR PROGRAMA DE ENGAJAMENTO DIRETO 1 DOS OBJETIVOS 1.1 Contribuir para a elevação da qualidade acadêmica dos cursos de graduação em Engenharias e Sistemas de Informação da FANOR, mediante

Leia mais