PROCESSO SELETIVO DE LIDERANÇAS ESCOLARES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROCESSO SELETIVO DE LIDERANÇAS ESCOLARES"

Transcrição

1 PROCESSO SELETIVO DE LIDERANÇAS ESCOLARES CREDENCIAMENTO DE DIRETORES NO TOCANTINS Profª. Denise Lima de Oliveira

2 BREVE HISTÓRICO Em o primeiro processo seletivo de diretores escolares abre inscrições com critérios estabelecidos: formação mínima, tempo de eperiência em docência e comprovação de que o candidato pertencia ao quadro de servidor do Estado.

3 BREVE HISTÓRICO Em o segundo processo seletivo para a função de diretores escolares é realizado com o mesmo formato do anterior, eceto a nova eigência do candidato ter sido capacitado pelos programas de formação continuada em serviço. Esse processo contou com 540 servidores inscritos e 232 aprovados.

4 BREVE HISTÓRICO Paralelamente ao primeiro processo seletivo de diretores, a SEDUC do Tocantins investiu na formação continuada em serviço de diretor e equipe pedagógica da escola. O PROGESTÃO capacitou mais de 5000 mil gestores escolares (dados atuais) na perspectiva de um projeto de gestão democrática da escola pública, comprometidos com a autonomia da escola e com a melhoria do processo ensino aprendizagem.

5 BREVE HISTÓRICO Também, foram ofertados os cursos GSE e OPE, em parceria com a Fundação Lemann, com objetivo de fortalecer o papel do diretor como líder pedagógico, capacitando 370 gestores e 70 coordenadores pedagógicos, nos anos de 2006 e Após minuciosa avaliação dos processos seletivos, a Secretaria de Educação percebeu que o formato não atendia totalmente a eigência do perfil.

6 BREVE HISTÓRICO Em 2008, sem perder o foco no fortalecimento das lideranças escolares, estabelece-se a parceria entre SEDUC TO e Fundação Lemmann, para preparação do processo de credenciamento para a função de diretor de unidade escolar, com definições claras de padrões de competências. O processo de credenciamento para a função de diretor de unidade escolar, realizado em 2008, contou com 1361 candidatos inscritos, sendo 488 candidatos classificados.

7 PROCESSO SELETIVO DE LIDERANÇAS Credenciamento Certificação Definição das competências em gestão escolar Avaliação das competências em gestão escolar Formação continuada em serviço Acompanhamento e Feedback Parâmetros de qualidade

8 Fundamentos da educação e da gestão escolar Gestão do cotidiano da escola Gestão do clima e cultura escolar Planejamento e organização do trabalho escolar Monitoramento de processos e Avaliação resultados educacionais Competências da gestão escolar Gestão administrativa Gestão pedagógica Gestão de Resultados educacionais Gestão democrática e participativa Gestão de pessoas

9 CREDENCIAMENTO 1ª etapa Inscrição dos candidatos 2ª etapa Entrega dos Cadernos de Estudos 3ª etapa Prova escrita

10 OPERACIONALIZAÇÃO Realização de reuniões técnicas para divulgar e apresentar a proposta. Capacitação das comissões regionais quanto a sistemática do processo de credenciamento. Produção de tetos básicos eplicitadores do significado e desdobramentos mínimos destas competências, compilados em um livro. Distribuição prévia a todos os inscritos, com a finalidade de realizar estudos sobre elementos da gestão.

11 OPERACIONALIZAÇÃO Elaboração da prova de credenciamento com objetivo de mensurar e descrever a abrangência das competências dos gestores escolares. Produção de relatório analítico dos resultados da prova escrita. Adoção de medidas interventivas a partir das dificuldades identificadas nos resultados.

12 Rede de Ensino - Credenciamento 120,00% 100,00% 80,00% 35,89% 60,00% 61,97% não-classificado classificado 40,00% 64,11% 20,00% 38,03% 0,00% rede estadual rede municipal

13 CANDIDATOS X TEMPO DE EXPERIÊNCIA NO MAGISTÉRIO Tempo de eperiência no Magistério Classificado Não -classificado Total 2 a 5 anos a 10 anos a 15 anos a 20 anos a 25 anos Mais de 25 anos Total

14 DISTRIBUIÇÃO DE ACERTOS POR DIMENSÕES DE COMPETÊNCIA EM GESTÃO ESCOLAR COMPETÊNCIA MÉDIA % 1. Fundamentos e princípios da educação e da gestão escolar 2. Planejamento e organização do trabalho escolar 3. Monitoramento de processos e avaliação resultados educacionais 44 % 63 % 66 % 4. Gestão de resultados educacionais 60 % 5. Gestão democrática e participativa 69 % 6. Gestão de pessoas 78 % 7. Gestão pedagógica 50 % 8. Gestão administrativa 45 % 9. Gestão do clima e cultura escolar 53 % 10. Gestão do cotidiano da escola 47 %

15 VANTAGENS DA PROPOSTA Definição de competências por áreas específicas. Diagnóstico das áreas em que os diretores apresentam mais facilidade e aquelas em que demandam mais atenção. Facilitou a orientação e o delineamento de programas de capacitação profissional para grupos específicos, segundo as competências em que apresentam limitações. Influenciou, de modo consistente e objetivo, a melhoria do desempenho de dirigentes escolares por meio da capacitação profissional.

16 CONSIDERAÇÕES FINAIS O processo de seleção de diretores ora apresentado teve a intenção de contribuir com soluções para dirimir, gradativamente, as lacunas de uma deficiência historicamente construída pela forma e modelos de escolha de diretores escolares. Para a Seduc-Tocantins, o credenciamento permitirá selecionar educadores com capacidade técnica e profissional para o eercício da gestão escolar, bem como manter um banco de especialistas aptos para a função.

17 CONSIDERAÇÕES FINAIS O credenciamento é a etapa inicial para se chegar à certificação, todavia, tem ainda como meta, identificar o quantitativo de competências ou parte delas, na área da gestão escolar, não assimilada pelo diretor ou interessado a assumir a gestão escolar. O resultado do credenciamento subsidia a Secretaria da Educação para direcionar a formação continuada dos gestores escolares, com foco nas necessidades identificadas.

18 CONSIDERAÇÕES FINAIS Neste ano, o foco do trabalho de monitoramento das escolas estaduais foi direcionado para a gestão escolar, em virtude das limitações dos gestores identificados no relatório final do credenciamento apresentado pela Fundação Lemann e Universidade Positivo.

DIMENSÕES DA GESTÃO ESCOLAR. Heloísa Lück cedhap@terra.com.br 41 3336 4242

DIMENSÕES DA GESTÃO ESCOLAR. Heloísa Lück cedhap@terra.com.br 41 3336 4242 DIMENSÕES DA GESTÃO ESCOLAR Heloísa Lück cedhap@terra.com.br 41 3336 4242 DE QUE TRATAREMOS O QUE É GESTÃO ESCOLAR? POR QUE GESTÃO E NÃO ADMINISTRAÇÃO? QUAIS AS DIMENSÕES DA GESTÃO ESCOLAR? QUAIS AS DIMENSÕES

Leia mais

Trabalho em Equipe e Educação Permanente para o SUS: A Experiência do CDG-SUS-MT. Fátima Ticianel CDG-SUS/UFMT/ISC-NDS

Trabalho em Equipe e Educação Permanente para o SUS: A Experiência do CDG-SUS-MT. Fátima Ticianel CDG-SUS/UFMT/ISC-NDS Trabalho em Equipe e Educação Permanente para o SUS: A Experiência do CDG-SUS-MT Proposta do CDG-SUS Desenvolver pessoas e suas práticas de gestão e do cuidado em saúde. Perspectiva da ética e da integralidade

Leia mais

CCS CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO Nº 24/ 2015. Processo Seletivo para BOLSISTA PARA APOIO A FORMAÇÃO EM SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL - MARANHÃO

CCS CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO Nº 24/ 2015. Processo Seletivo para BOLSISTA PARA APOIO A FORMAÇÃO EM SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL - MARANHÃO 1 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ - UECE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CCS CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO Nº 24/ 2015 Processo Seletivo para BOLSISTA PARA APOIO A FORMAÇÃO EM SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

Leia mais

Seminário Aula Nota 10 lançamento do livro de Doug Lemov

Seminário Aula Nota 10 lançamento do livro de Doug Lemov Seminário Aula Nota 10 lançamento do livro de Doug Lemov Apresentação Fundação Lemann São Paulo, 16 de março de 2011 Agenda Fundação Lemann: quem somos? Conjunto dos projetos Programas de bolsas internacionais

Leia mais

CHAMAMENTO ESCOLAS FEDERAIS, MUNICIPAIS E ESTADUAIS

CHAMAMENTO ESCOLAS FEDERAIS, MUNICIPAIS E ESTADUAIS CHAMAMENTO ESCOLAS FEDERAIS, MUNICIPAIS E ESTADUAIS POR QUE UM CURSO DE INCLUSÃO ESCOLAR? Uma equipe gestora comprometida e qualificada é componente fundamental para garantir o aprendizado dos alunos.

Leia mais

Secretaria Municipal da Educação e Cultura - SMEC SALVADOR MAIO/2003

Secretaria Municipal da Educação e Cultura - SMEC SALVADOR MAIO/2003 Secretaria Municipal da Educação e Cultura - SMEC ATRIBUIÇÕES DOS GESTORES ESCOLARES DA REDE PÚBLICA MUNICIPAL DE ENSINO VERSÃO PRELIMINAR SALVADOR MAIO/2003 Dr. ANTÔNIO JOSÉ IMBASSAHY DA SILVA Prefeito

Leia mais

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado Professora Débora Dado Prof.ª Débora Dado Planejamento das aulas 7 Encontros 19/05 Contextualizando o Séc. XXI: Equipes e Competências 26/05 Competências e Processo de Comunicação 02/06 Processo de Comunicação

Leia mais

1. Escopo ou finalidade da iniciativa

1. Escopo ou finalidade da iniciativa 1. Escopo ou finalidade da iniciativa O Poder Judiciário tem-se conscientizado, cada vez mais, de que se faz necessária uma resposta para a sociedade que exige uma prestação jurisdicional mais célere e

Leia mais

#11 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

#11 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO #11 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO ÍNDICE 1. 2. 3. 4. 5. 6. Apresentação Níveis de planejamento Conceito geral Planejamento estratégico e o MEG Dicas para elaborar um planejamento estratégico eficaz Sobre a

Leia mais

Avaliação Econômica. O Processo de Seleção de Diretores nas Escolas Públicas Brasileiras

Avaliação Econômica. O Processo de Seleção de Diretores nas Escolas Públicas Brasileiras Avaliação Econômica O Processo de Seleção de Diretores nas Escolas Públicas Brasileiras Objeto da avaliação: adoção de diferentes mecanismos para a seleção de diretores de escolas públicas brasileiras

Leia mais

PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO DE FORMADORES

PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO DE FORMADORES O Programa de Certificação de Formadores busca capacitar profissionais da área da educação como formadores de professores e gestores educacionais. Com esta certificação, os formadores poderão oferecer

Leia mais

O diretor da escola faz a diferença!

O diretor da escola faz a diferença! O diretor da escola faz a diferença! COMO ESTIMULAR A MOTIVAÇÃO? Encorajar a conduta ética. Incentivar o trabalho em equipe. Ser exemplo de orgulho por pertencer à escola. Relacionamentos genuínos criam

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

O Projeto Político Pedagógico. Norteadores para uma Gestão Democrática na Escola: PPP e Regimento Escolar

O Projeto Político Pedagógico. Norteadores para uma Gestão Democrática na Escola: PPP e Regimento Escolar O Projeto Político Pedagógico Norteadores para uma Gestão Democrática na Escola: PPP e Regimento Escolar 1 A sua escola possui uma Proposta Pedagógica (ou Projeto Político Pedagógico - PPP? Em caso afirmativo,

Leia mais

PROPOSTA DA ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL NO ESTADO DO TOCANTINS. Orientação Educacional- Uma ação humana no contexto escolar.

PROPOSTA DA ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL NO ESTADO DO TOCANTINS. Orientação Educacional- Uma ação humana no contexto escolar. PROPOSTA DA ORIENTAÇÃO EDUCACIONAL NO ESTADO DO TOCANTINS Orientação Educacional- Uma ação humana no contexto escolar. Por que? Para que? Orientação Educacional A quem? Como e Quando? A Orientação Educacional

Leia mais

O Valor da TI. Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação. Conhecimento em Tecnologia da Informação

O Valor da TI. Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação. Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação O Valor da TI Introduzindo os conceitos do Val IT para mensuração do valor de Tecnologia da Informação 2010 Bridge Consulting

Leia mais

Nota Orientadora Pronatec-Tec e Idiomas/RS nº 01/2014

Nota Orientadora Pronatec-Tec e Idiomas/RS nº 01/2014 Nota Orientadora Pronatec-Tec e Idiomas/RS nº 01/2014 Assunto: - Apresentação do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego PRONATEC - Coordenação / Gestão / Execução - Processo de Ingresso

Leia mais

Levantamento de Governança e Gestão de Pessoas na APF

Levantamento de Governança e Gestão de Pessoas na APF Secretaria de Fiscalização de Pessoal Levantamento de Governança e Gestão de Pessoas na APF Fabiano Nijelschi Guercio Fernandes Auditor Federal de Controle Externo Brasília-DF, 25 de fevereiro de 2013

Leia mais

PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS

PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS 2014 1 Índice 1. Contexto... 3 2. O Programa Cidades Sustentáveis (PCS)... 3 3. Iniciativas para 2014... 5 4. Recursos Financeiros... 9 5. Contrapartidas... 9 2 1. Contexto

Leia mais

Relatório Síntese do Programa 2006 a 2010

Relatório Síntese do Programa 2006 a 2010 Relatório Síntese do Programa 2006 a 2010 1 Programa de Intervenção Pedagógica-Alfabetização no Tempo Certo Relatório Síntese I Histórico: Em 2004 foi implantado em Minas Gerais o Ensino Fundamental de

Leia mais

A reforma do Estado e novos desafios para a gestão educacional

A reforma do Estado e novos desafios para a gestão educacional Autor: Indira Alves França Orientador: Alicia Bonamino Título obtido: Mestrado Título da tese ou dissertação: Gestão Educacional em Tocantins Data de finalização: junho de 2007 Data de ingresso no curso:

Leia mais

Ribeirão Preto, Franca, São Carlos e Araraquara GESTÃO DE PESSOAS. COORDENAÇÃO: Profª Drª Ana Ligia Nunes Finamor

Ribeirão Preto, Franca, São Carlos e Araraquara GESTÃO DE PESSOAS. COORDENAÇÃO: Profª Drª Ana Ligia Nunes Finamor Ribeirão Preto, Franca, São Carlos e Araraquara GESTÃO DE PESSOAS COORDENAÇÃO: Profª Drª Ana Ligia Nunes Finamor OBJETIVO: A Gestão de Pessoas vem passando por inúmeras transformações nestes últimos anos.

Leia mais

EDITAL 01/2015 NEaD-TO Seleção de Tutores a distância e presencial EaD Doctum TO

EDITAL 01/2015 NEaD-TO Seleção de Tutores a distância e presencial EaD Doctum TO EDITAL 01/2015 NEaD-TO Seleção de Tutores a distância e presencial EaD Doctum TO A Diretoria das Faculdades Unificadas de Teófilo Otoni (doravante Doctum-TO) e seu Núcleo de Educação a Distância (doravante

Leia mais

SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE CURSISTAS

SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE CURSISTAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO. PROGRAMA NACIONAL DE CAPACITAÇÃO DE CONSELHEIROS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO PRÓ-CONSELHO CURSO DE EXTENSÃO A DISTANCIA FORMAÇÃO

Leia mais

GUIA PARA LEVANTAMENTO DE DADOS PELAS SEDUCS VISANDO A ELABORAÇÃO DO PLANO DE AÇÃO DE EDUCAÇÃO EM E PARA OS DIREITOS HUMANOS

GUIA PARA LEVANTAMENTO DE DADOS PELAS SEDUCS VISANDO A ELABORAÇÃO DO PLANO DE AÇÃO DE EDUCAÇÃO EM E PARA OS DIREITOS HUMANOS GUIA PARA LEVANTAMENTO DE DADOS PELAS SEDUCS VISANDO A ELABORAÇÃO DO PLANO DE AÇÃO DE EDUCAÇÃO EM E PARA OS DIREITOS HUMANOS I. PERFIL DO/A INTERLOCUTOR/A DESIGNADO PELA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO 1.Nome 2.

Leia mais

CCS CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO Nº 19/ 2015. Processo Seletivo para BOLSISTA PARA ARTICULAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL E PODER PÚBLICO - PIAUÍ

CCS CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO Nº 19/ 2015. Processo Seletivo para BOLSISTA PARA ARTICULAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL E PODER PÚBLICO - PIAUÍ 1 UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ - UECE CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CCS CHAMADA PÚBLICA DE SELEÇÃO Nº 19/ 2015 Processo Seletivo para BOLSISTA PARA ARTICULAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL E PODER PÚBLICO - PIAUÍ

Leia mais

COORDENADORIA DE PLANEJAMENTO E MONITORAMENTO DA GESTÃO - CPM

COORDENADORIA DE PLANEJAMENTO E MONITORAMENTO DA GESTÃO - CPM SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO ESCOLAR - SUGT COORDENADORIA DE PLANEJAMENTO E MONITORAMENTO DA GESTÃO - CPM Gerência de Avaliação e Planejamento do Atendimento Escolar - GAPA Gerência de Avaliação e Desenvolvimento

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TOR)

TERMO DE REFERÊNCIA (TOR) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO, DIVERSIDADE E INCLUSÃO DIRETORIA DE POLÍTICAS PARA EDUCAÇÃO DO CAMPO E DIVERSIDADE COORDENAÇÃO GERAL DE EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA

Leia mais

O Projeto Casa Brasil de inclusão digital e social

O Projeto Casa Brasil de inclusão digital e social II Fórum de Informação em Saúde IV Encontro da Rede BiblioSUS O Projeto Casa Brasil de inclusão digital e social Maria de Fátima Ramos Brandão Outubro/2007 1 Apresentação O Projeto Casa Brasil Modelos

Leia mais

NORMAS REGULADORAS DO PROCESSO SELETIVO Edital Nº 17/2014-SEDIS

NORMAS REGULADORAS DO PROCESSO SELETIVO Edital Nº 17/2014-SEDIS UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMA NACIONAL DE FORTALECIMENTOS DOS CONSELHOS ESCOLARES PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO CENTRO DE EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Leia mais

ÍNDICE INTEGRANDO TALENTOS MISSÃO, VISÃO E VALORES DIFERENCIAL ESTRUTURA PRINCIPAIS SERVIÇOS

ÍNDICE INTEGRANDO TALENTOS MISSÃO, VISÃO E VALORES DIFERENCIAL ESTRUTURA PRINCIPAIS SERVIÇOS ÍNDICE INTEGRANDO TALENTOS MISSÃO, VISÃO E VALORES DIFERENCIAL ESTRUTURA PRINCIPAIS SERVIÇOS RECRUTAMENTO E SELEÇÃO HUNTING ESTÁGIOS DESENVOLVIMENTO METODOLOGIA CLIENTES AGRADECIMENTO CONTATO INTEGRANDO

Leia mais

EDITAL FUNDAÇÃO C.A.S.A. CREDENCIAMENTO DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO DE LINS

EDITAL FUNDAÇÃO C.A.S.A. CREDENCIAMENTO DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO DE LINS EDITAL FUNDAÇÃO C.A.S.A. CREDENCIAMENTO DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO DE LINS A Dirigente Regional de Ensino torna público, nos termos do Parágrafo Único da Portaria CGRH 03/12, artigo 8º da Res. SE 3/2011,

Leia mais

Módulo: Gestão de Pessoas

Módulo: Gestão de Pessoas O Sistema FIRJAN, por meio do Instituto Euvaldo Lodi (IEL-RJ), apresenta o Programa de Capacitação Empresarial Inovando na Gestão. O objetivo é atualizar e capacitar os empresários e dirigentes empresariais

Leia mais

V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares

V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares V Encontro Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares Programa Nacional de Fortalecimento dos Conselhos Escolares: uma política de apoio à gestão educacional Clélia Mara Santos Coordenadora-Geral

Leia mais

PLANO DE AÇÃO ESCOLAS PRIORITÁRIAS - 2014

PLANO DE AÇÃO ESCOLAS PRIORITÁRIAS - 2014 DOCUMENTO ORIENTADOR CGEB Nº 02 DE 2014 COORDENADORIA DE GESTÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA PLANO DE AÇÃO ESCOLAS PRIORITÁRIAS - 2014 SÃO PAULO MARÇO DE 2014 Governador Geraldo Alckmin Vice-Governador Guilherme

Leia mais

e municipais de educação

e municipais de educação Práticas de seleção e capacitação de diretores escolares adotadas por secretarias estaduais e municipais de educação REALIZAÇÃO Heloisa Lück COLABORADORAS DA PESQUISA Caroline Lück Resende Josiele Tomazi

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR

PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR PERGUNTAS FREQUENTES SOBRE O PARFOR 1. Como são os cursos ofertados pela plataforma freire e quais os benefícios para os professores que forem selecionados? O professor sem formação poderá estudar nos

Leia mais

ALTERAÇÃO Nº. 001/2015* ERRATA Nº. 001 PERTINENTE AO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº 001/2015

ALTERAÇÃO Nº. 001/2015* ERRATA Nº. 001 PERTINENTE AO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº 001/2015 ALTERAÇÃO Nº. 001/2015* ERRATA Nº. 001 PERTINENTE AO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº 001/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE AMARGOSA, no uso de suas atribuições legais, por orientação da Comissão para efetivação

Leia mais

Pesquisa de Maturidade do GERAES. Data de aplicação: 21/02/08

Pesquisa de Maturidade do GERAES. Data de aplicação: 21/02/08 Pesquisa de Maturidade do GERAES Data de aplicação: 21/02/08 Pesquisa de Maturidade Metodologia MPCM / Darci Prado Disponível em www.maturityresearch.com Metodologia da pesquisa 5 níveis e 6 dimensões

Leia mais

QUESTIONÁRIO PARA PARTICIPAÇÃO NO TOP DE MARKETING ADVB/RS

QUESTIONÁRIO PARA PARTICIPAÇÃO NO TOP DE MARKETING ADVB/RS QUESTIONÁRIO PARA PARTICIPAÇÃO NO TOP DE MARKETING ADVB/RS CATEGORIA TOP INOVAÇÃO EM PRODUTO CATEGORIA TOP INOVAÇÃO EM SERVIÇOS CATEGORIA TOP INOVAÇÃO EM PROCESSOS ÍNDICE INTRODUÇÃO 03 PARA PREENCHIMENTO

Leia mais

EDITAL Nº 01/2010 SELEÇÃO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO SOCIAL - TURMA 2010

EDITAL Nº 01/2010 SELEÇÃO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO SOCIAL - TURMA 2010 UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação Coordenação de Pesquisa e Pós-Graduação do Campus da UFC no Cariri Curso de Administração EDITAL Nº 01/2010 SELEÇÃO PARA O CURSO DE

Leia mais

http://www.conselhoescolar.virtual.ufc.br/index.php/noticia/9-destaque/109-edital-2015-2

http://www.conselhoescolar.virtual.ufc.br/index.php/noticia/9-destaque/109-edital-2015-2 Link para acessar o ambiente e fazer a pré-inscrição: http://www.conselhoescolar.virtual.ufc.br/index.php/noticia/9-destaque/109-edital-2015-2 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA

Leia mais

Gestão escolar e certificação de diretores das Escolas Públicas Estaduais de Goiás: alguns apontamentos

Gestão escolar e certificação de diretores das Escolas Públicas Estaduais de Goiás: alguns apontamentos Gestão escolar e certificação de diretores das Escolas Públicas Estaduais de Goiás: alguns apontamentos Profª Edvânia Braz Teixeira Rodrigues Coordenadora de Desenvolvimento e Avaliação Secretaria de Estado

Leia mais

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC AVISO PÚBLICO Nº10 UNOESC-R/2010

UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC AVISO PÚBLICO Nº10 UNOESC-R/2010 UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA UNOESC AVISO PÚBLICO Nº10 UNOESC-R/2010 O Reitor da Universidade do Oeste de Santa Catarina, Instituição Educacional, com sede na Rua Getúlio Vargas, 2125, na cidade

Leia mais

A Comunicação no Modelo de Excelência da Gestão (MEG) 1

A Comunicação no Modelo de Excelência da Gestão (MEG) 1 A Comunicação no Modelo de Excelência da Gestão (MEG) 1 Narjara Bárbara Xavier Silva 2 Patrícia Morais da Silva 3 Resumo O presente trabalho é resultado do Projeto de Extensão da Universidade Federal da

Leia mais

Mestrado Profissional em Administração em Rede Nacional

Mestrado Profissional em Administração em Rede Nacional Mestrado Profissional em Administração em Rede Nacional Modalidade a Distância Santo André-SP, junho de 2011 A quem se destina Qualificação de funcionários públicos federais, estaduais e municipais. Objetivos

Leia mais

METAS E INDICADORES COMO DEFINIR OS INDICADORES?

METAS E INDICADORES COMO DEFINIR OS INDICADORES? METAS E INDICADORES COMO DEFINIR OS INDICADORES? Os indicadores permitem avaliação do desempenho da instituição, segundo três aspectos relevantes: controle, comunicação e melhoria. (MARTINS & MARINI, 2010,

Leia mais

EDITAL Nº 077/ 2014 EDITAL DE CHAMADA PARA SELEÇÃO DE ALUNOS PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO DE PRODUÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS EJA NA DIVERSIDADE

EDITAL Nº 077/ 2014 EDITAL DE CHAMADA PARA SELEÇÃO DE ALUNOS PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO DE PRODUÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS EJA NA DIVERSIDADE EDITAL Nº 077/ 2014 EDITAL DE CHAMADA PARA SELEÇÃO DE ALUNOS PARA CURSO DE APERFEIÇOAMENTO DE PRODUÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS EJA NA DIVERSIDADE A Universidade Federal do Paraná (UFPR), por meio do, da

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 254/2014 O Presidente do Instituto Pauline Reichstul-IPR, torna público que receberá inscrições para o processo seletivo de pessoal para atuação no projeto Ações Integradas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL Nº. 08/2014 PRE/UFSM SELEÇÃO DE SELEÇÃO DE CURSISTAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL Nº. 08/2014 PRE/UFSM SELEÇÃO DE SELEÇÃO DE CURSISTAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL Nº. 08/2014 PRE/UFSM SELEÇÃO DE SELEÇÃO DE CURSISTAS Inscrição para seleção de Candidatos à 3ª edição do Curso

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas

MBA em Gestão de Pessoas REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO EXECUTIVA MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Profª. Dra. Ana Ligia Nunes Finamor A Escola de Negócios de Alagoas. A FAN Faculdade de Administração e Negócios foi fundada

Leia mais

Padrões de Competências para o Cargo de Coordenador Pedagógico

Padrões de Competências para o Cargo de Coordenador Pedagógico Padrões de Competências para o Cargo de Coordenador Pedagógico O Coordenador Pedagógico é o profissional que, na Escola, possui o importante papel de desenvolver e articular ações pedagógicas que viabilizem

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO COORDENADORIA DE ENSINO DO INTERIOR DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO DE ITAPETININGA

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO COORDENADORIA DE ENSINO DO INTERIOR DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO DE ITAPETININGA EDITAL nº 01 /2015 A Direção da EE Cel. Fernando Prestes, torna pública a abertura de inscrição para professores interessados em exercer a FUNÇÃO DE PROFESSOR COORDENADOR para o segmento do Ensino Médio,

Leia mais

Regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal

Regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal Regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal A Fundação Escola Nacional de Administração Pública (Enap) torna público o regulamento do 20º Concurso Inovação na Gestão Pública Federal.

Leia mais

Pesquisa Prazer em Trabalhar 2015

Pesquisa Prazer em Trabalhar 2015 Pesquisa Prazer em Trabalhar 2015 As 15 Melhores Práticas em Gestão de Pessoas no Pará VIII Edição 1 Pesquisa Prazer em Trabalhar Ano VI Parceria Gestor Consultoria e Caderno Negócios Diário do Pará A

Leia mais

RELATÓRIO DE GESTÃO DO PROGRAMA IDIOMAS SEM FRONTEIRAS UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

RELATÓRIO DE GESTÃO DO PROGRAMA IDIOMAS SEM FRONTEIRAS UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE RELATÓRIO DE GESTÃO DO PROGRAMA IDIOMAS SEM FRONTEIRAS UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE Brasília Setembro de 2015 Relatório de Gestão Programa Inglês sem Fronteiras Universidade Federal Fluminense 1. Introdução

Leia mais

Prêmio Nacional de Inovação. Caderno de Avaliação. Categoria. Gestão da Inovação

Prêmio Nacional de Inovação. Caderno de Avaliação. Categoria. Gestão da Inovação Prêmio Nacional de Inovação 2013 Caderno de Avaliação Categoria Gestão da Inovação Método: Esta dimensão visa facilitar o entendimento de como podem ser utilizados sistemas, métodos e ferramentas voltados

Leia mais

CONSELHO UNIVERSITÁRIO

CONSELHO UNIVERSITÁRIO P R O P O S T A D E P A R E C E R CONSELHO UNIVERSITÁRIO PROCESS0 Nº: 007/2014 ASSUNTO: Proposta de texto Construção de Políticas e Práticas de Educação a Distância a ser incluído no Plano de Desenvolvimento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS DIVISÃO DE ESPORTE E LAZER DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS DIVISÃO DE ESPORTE E LAZER DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS DIVISÃO DE ESPORTE E LAZER DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O PROGRAMA SEGUNDO TEMPO UNIVERSITÁRIO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Contratação de consultoria pessoa física para serviços de preparação

Leia mais

NOTA TÉCNICA 44 2013 A POLÍTICA NACIONAL DE INFORMAÇÃO E INFORMÁTICA EM SAÚDE E SEU PLANO OPERATIVO

NOTA TÉCNICA 44 2013 A POLÍTICA NACIONAL DE INFORMAÇÃO E INFORMÁTICA EM SAÚDE E SEU PLANO OPERATIVO NOTA TÉCNICA 44 2013 A POLÍTICA NACIONAL DE INFORMAÇÃO E INFORMÁTICA EM SAÚDE E SEU PLANO OPERATIVO Brasília, 28 de outubro de 2013 A POLÍTICA NACIONAL DE INFORMAÇÃO E INFORMÁTICA EM SAÚDE E SEU PLANO

Leia mais

UNIR FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS DE JI-PARANÁ DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO INTERCULTURAL

UNIR FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS DE JI-PARANÁ DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO INTERCULTURAL UNIR FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS DE JI-PARANÁ DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO INTERCULTURAL EDITAL SIMPLIFICADO DE SELEÇÃO PÚBLICA PARA FORMAÇÃO DA EQUIPE DE ATUAÇÃO NO PROGRAMA SABERES INDÍGENAS

Leia mais

ALTERAÇÃO Nº. 001/2015 ERRATA Nº. 001 PERTINENTE AO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº 001/2015

ALTERAÇÃO Nº. 001/2015 ERRATA Nº. 001 PERTINENTE AO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº 001/2015 ALTERAÇÃO Nº. 001/2015 ERRATA Nº. 001 PERTINENTE AO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES Nº 001/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE AMARGOSA, no uso de suas atribuições legais, por orientação da Comissão para efetivação

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 1734 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA/JURÍDICA CONSULTOR POR PRODUTO

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 1734 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA/JURÍDICA CONSULTOR POR PRODUTO Impresso por: RODRIGO DIAS Data da impressão: 14/09/2012-16:47:15 SIGOEI - Sistema de Informações Gerenciais da OEI TERMO DE REFERÊNCIA Nº 1734 PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA/JURÍDICA CONSULTOR POR

Leia mais

PROGRAMA TALENTOS DA EDUCAÇÃO 2015

PROGRAMA TALENTOS DA EDUCAÇÃO 2015 PROGRAMA TALENTOS DA EDUCAÇÃO 2015 O programa Talentos da Educação é uma iniciativa da Fundação Lemann para apoiar pessoas talentosas e comprometidas com a melhoria da educação no Brasil. A proposta é

Leia mais

A individualização e a flexibilidade na construção de contextos educacionais inclusivos

A individualização e a flexibilidade na construção de contextos educacionais inclusivos A individualização e a flexibilidade na construção de contextos educacionais inclusivos ARANHA, M.S.F.. A individualização e a flexibilidade na construção de contextos educacionais inclusivos. Resumo de

Leia mais

A construção da. Base Nacional Comum. para garantir. Direitos e Objetivos de Aprendizagem e Desenvolvimento

A construção da. Base Nacional Comum. para garantir. Direitos e Objetivos de Aprendizagem e Desenvolvimento A construção da Base Nacional Comum para garantir Direitos e Objetivos de Aprendizagem e Desenvolvimento Política pública de Educação ESTADO dever de educar legislação planejamento instituições CIDADÃO

Leia mais

PROJETO INOVAÇÃO NAS ESCOLAS EDITAL PARA SELEÇÃO DE REDES PARCEIRAS EM 2016

PROJETO INOVAÇÃO NAS ESCOLAS EDITAL PARA SELEÇÃO DE REDES PARCEIRAS EM 2016 PROJETO INOVAÇÃO NAS ESCOLAS EDITAL PARA SELEÇÃO DE REDES PARCEIRAS EM 2016 Agosto de 2015 Sobre o projeto Inovação nas Escolas O projeto Inovação nas Escolas é uma iniciativa que visa à implementação,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇAO E PROJETOS EDUCACIONAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇAO E PROJETOS EDUCACIONAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇAO E PROJETOS EDUCACIONAIS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA - CONSULTOR POR PRODUTO

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA EDITAL 2014-011. Perfil: Consultor em políticas públicas em educação e gestão educacional

TERMO DE REFERÊNCIA EDITAL 2014-011. Perfil: Consultor em políticas públicas em educação e gestão educacional TERMO DE REFERÊNCIA EDITAL 2014-011 CÓDIGO Nº 2014-011-01 (10 vagas) Perfil: Consultor em políticas públicas em educação e gestão educacional Objeto: Realizar estudos avaliativos de 20 experiências inovadoras

Leia mais

EDITAL Nº 006/2013 PARA SELEÇÃO DE ALUNOS DO CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE CONSELHEIROS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO / PRÓ- CONSELHO/UFSJ

EDITAL Nº 006/2013 PARA SELEÇÃO DE ALUNOS DO CURSO DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE CONSELHEIROS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO / PRÓ- CONSELHO/UFSJ MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL REI NÚCLEO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PROGRAMA NACIONAL DE CAPACITAÇÃO DE CONSELHEIROS MUNICIPAIS DE EDUCAÇÃO FORMAÇÃO CONTINUADA DE CONSELHEIROS

Leia mais

Planejamento Estratégico 2007-2008

Planejamento Estratégico 2007-2008 Planejamento Estratégico 2007-2008 Missão: Promover, fortalecer e integrar programas estaduais e setoriais de QPC, visando contribuir para o desenvolvimento sustentável do Brasil e a qualidade de vida

Leia mais

Programa Nacional Alfabetização na Idade Certa PNAIC 30/05/12

Programa Nacional Alfabetização na Idade Certa PNAIC 30/05/12 Programa Nacional Alfabetização na Idade Certa PNAIC 30/05/12 Alguns dados disponíveis sobre analfabetismo Objetivo e principais componentes Objetivo O PNAIC é um programa integrado cujo objetivo

Leia mais

PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO DE FORMADORES

PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO DE FORMADORES O Programa de Certificação de Formadores busca capacitar profissionais da área da educação como formadores de professores e gestores educacionais. Com esta certificação, os formadores poderão ministrar

Leia mais

I DAS INSCRIÇÕES As inscrições deverão ser feitas, no período de 03/11/2014 a 07/11/2014, das 8h30 às 15h30, nos seguintes locais:

I DAS INSCRIÇÕES As inscrições deverão ser feitas, no período de 03/11/2014 a 07/11/2014, das 8h30 às 15h30, nos seguintes locais: GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO DA REGIÃO DE RIBEIRÃO PRETO DIRETORIA DE ENSINO DA REGIÃO DE RIBEIRÃO PRETO ESCOLAS DE TEMPO INTEGRAL Ensino Fundamental

Leia mais

PROJETO BRA/04/029. Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* MAPEAMENTO DE

PROJETO BRA/04/029. Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* MAPEAMENTO DE PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* MAPEAMENTO DE Os currículos deverão ser encaminhados para o endereço eletrônico seguranca.cidada@mj.gov.br até o dia 20 de dezembro de 2015.

Leia mais

PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. PROFI

PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. PROFI PROJETO BRA/04/029 Seleciona CONSULTOR na modalidade PRODUTO* CÓD. PROFI Os currículos e as fichas de cadastro deverão ser encaminhados para o endereço eletrônico seguranca.cidada@mj.gov.br até o dia 16/03/2014.

Leia mais

O uso das ferramentas de RH para o fortalecimento da cultura organizacional. Belén Gutiérrez, Hay Group

O uso das ferramentas de RH para o fortalecimento da cultura organizacional. Belén Gutiérrez, Hay Group O uso das ferramentas de RH para o fortalecimento da cultura organizacional Belén Gutiérrez, Hay Group Hay Group é uma empresa global de consultoria em gestão que trabalha com líderes para transformar

Leia mais

DESAFIOS DE RECURSOS HUMANOS

DESAFIOS DE RECURSOS HUMANOS DESAFIOS DE RECURSOS HUMANOS 2010 Mudança de Gestão: Programa de gestão da mudança Monitoramento do ambiente Necessidades de novas pactuações : Alinhamento com as novas lideranças Proximidade com as lideranças:

Leia mais

Gestão de Pessoas. Kassius Sipolati, Sanderson Farias, Bruno Coswsok

Gestão de Pessoas. Kassius Sipolati, Sanderson Farias, Bruno Coswsok Deve-se sempre ter em mente que um projeto de software envolve um grupo variado de pessoas, inclusive os membros de equipe, e é preciso providenciar para que o relacionamento entre essas pessoas, enquanto

Leia mais

O NOVO MODELO DE AVALIAÇÃO

O NOVO MODELO DE AVALIAÇÃO III Congresso Consad de Gestão Pública O NOVO MODELO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DA SEPLAG Norma Maria Cavalcanti Alcoforado Painel 02/007 Avaliação de desempenho e remuneração variável O NOVO MODELO DE

Leia mais

José Orlando Lima de Morais. Atividade de Portfólio caderno 06

José Orlando Lima de Morais. Atividade de Portfólio caderno 06 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ SECRETÁRIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DO PARÁ. PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DO ENSINO MÉDIO José Orlando Lima de Morais Atividade de Portfólio

Leia mais

Ciclo de Formação em Gestão para Resultados Turma 04

Ciclo de Formação em Gestão para Resultados Turma 04 MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICA COORDENAÇÃO GERAL DE GESTÃO DE PESSOAS ACADEBio Ciclo de Formação

Leia mais

Planejamento Estratégico 2013-2017 O NEP-MA RUMO A EXCELÊNCIA NA GESTÃO

Planejamento Estratégico 2013-2017 O NEP-MA RUMO A EXCELÊNCIA NA GESTÃO Planejamento Estratégico 2013-2017 O NEP-MA RUMO A EXCELÊNCIA NA GESTÃO O NEP-MA RUMO A EXCELÊNCIA NA GESTÃO POR QUE EXISTIMOS? NOSSA MISSÃO: Apoiar a construção de organizações públicas excelentes, premiando

Leia mais

APRESENTAÇÃO DAS AÇÕES DESENVOLVIDAS E ÍNDICES DE DESEMPENHO ESCOLAS ESTADUAIS. Município: Araguaína TO Regional: Araguaína - TO

APRESENTAÇÃO DAS AÇÕES DESENVOLVIDAS E ÍNDICES DE DESEMPENHO ESCOLAS ESTADUAIS. Município: Araguaína TO Regional: Araguaína - TO APRESENTAÇÃO DAS AÇÕES DESENVOLVIDAS E ÍNDICES DE DESEMPENHO ESCOLAS ESTADUAIS Município: Araguaína TO Regional: Araguaína - TO SE LIGA E ACELERA OBJETIVOS, PÚBLICO ALVO E DADOS ESTATÍSTICOS Se Liga -

Leia mais

Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica

Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica INTRODUÇÃO O Grupo Telefônica, consciente de seu importante papel na construção de sociedades mais justas e igualitárias, possui um Programa de

Leia mais

Maria Alice Setubal IV Seminário Internacional de Avaliação Econômica de Programas Sociais

Maria Alice Setubal IV Seminário Internacional de Avaliação Econômica de Programas Sociais Desafios da Educação Maria Alice Setubal IV Seminário Internacional de Avaliação Econômica de Programas Sociais Desafios da Educação A avaliação constitui-se em um desafio da política educacional A avaliação

Leia mais

Processo Seletivo SEBRAE Amapá nº 01/2013. Comunicado 02 - Errata 02/05/2013

Processo Seletivo SEBRAE Amapá nº 01/2013. Comunicado 02 - Errata 02/05/2013 Processo Seletivo SEBRAE Amapá nº 01/2013 Comunicado 02 - Errata 02/05/2013 O SEBRAE Amapá, assessorado pela FAPETEC Fundação de Apoio à Pesquisa, Ensino, Tecnologia e Cultura torna pública esta errata

Leia mais

IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012

IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012 IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012 Rosely Vieira Consultora Organizacional Mestranda em Adm. Pública Presidente do FECJUS Educação

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA EXECUTIVA CARTA CONVITE 001/2011 PROFISSONAIS FORMADORES NA ÁREA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL NA PERSPECTIVA DA INCLUSÃO

SUPERINTENDÊNCIA EXECUTIVA CARTA CONVITE 001/2011 PROFISSONAIS FORMADORES NA ÁREA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL NA PERSPECTIVA DA INCLUSÃO SUPERINTENDÊNCIA EXECUTIVA CARTA CONVITE 001/2011 PROFISSONAIS FORMADORES NA ÁREA DA EDUCAÇÃO ESPECIAL NA PERSPECTIVA DA INCLUSÃO A Secretaria de Estado da Educação/SEE, por meio da Superintendência Executiva,

Leia mais

Heloísa Lück Dimensões da gestão escolar e suas competências

Heloísa Lück Dimensões da gestão escolar e suas competências Heloísa Lück Dimensões da gestão escolar e suas competências Editora Positivo Curitiba 2009 Ficha Catalográfica Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP,

Leia mais

QUAIS INSTRUMENTOS SÃO USADOS NO MONITORAMENTO DE PROGRAMAS SOCIAIS?

QUAIS INSTRUMENTOS SÃO USADOS NO MONITORAMENTO DE PROGRAMAS SOCIAIS? COMO SE FAZ NO BRASIL: PRINCIPAIS INSTRUMENTOS DE MONITORAMENTO DE PROGRAMAS SOCIAIS COMO SE FAZ O MONITORAMENTO? O monitoramento de programas envolve as seguintes etapas:» 1ª etapa: Coleta regular de

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE A FOME CONSELHO NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL RESOLUÇÃO N.º 191, DE 10 DE NOVEMBRO 2005 DOU 17/11/2005

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE A FOME CONSELHO NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL RESOLUÇÃO N.º 191, DE 10 DE NOVEMBRO 2005 DOU 17/11/2005 MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE A FOME CONSELHO NACIONAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL RESOLUÇÃO N.º 191, DE 10 DE NOVEMBRO 2005 DOU 17/11/2005 Institui orientação para regulamentação do art. 3º

Leia mais

Formação em Gestão Acadêmica

Formação em Gestão Acadêmica PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAL COORDENAÇÃO DE ENSINO E INTEGRAÇÃO ACADÊMICA NÚCLEO DE FORMAÇÃO PARA DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR Formação em Gestão Acadêmica Cruz das Almas-BA

Leia mais

Política de Gestão de Pessoas

Política de Gestão de Pessoas julho 2010 5 1. Política No Sistema Eletrobras, as pessoas são agentes e beneficiárias do fortalecimento organizacional, contribuindo para a competitividade, rentabilidade e sustentabilidade empresarial.

Leia mais

Edital de Seleção. Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil

Edital de Seleção. Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil Edital de seleção PROGRAMA DE FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E PROGRAMA JOVENS PESQUISADORES para organizações da sociedade civil Início das inscrições: 22 de fevereiro de 2013 Final das inscrições: 20 de março de

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA Consultor por Produto

TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA Consultor por Produto MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO, ARTICULAÇÃO E PROJETOS EDUCACIONAIS TERMO DE REFERÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOA FÍSICA Consultor por Produto

Leia mais

Mestrado em Educação Superior Menção Docência Universitária

Mestrado em Educação Superior Menção Docência Universitária Apresentação Mestrado em Educação Superior Menção Docência Universitária A Vice-Reitoria de Pesquisa, Inovação e Pósgraduação da Universidad Arturo Prat del Estado de Chile, ciente da importância dos estudos

Leia mais

EDITAL Nº 03 DE 20 NOVEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE BOLSISTAS DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

EDITAL Nº 03 DE 20 NOVEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE BOLSISTAS DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO EDITAL Nº 03 DE 20 NOVEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE BOLSISTAS DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Elaboração do Plano de Desenvolvimento do APL Complexo Industrial da Saúde com metodologia

Leia mais

Indicadores Gestão da Ética

Indicadores Gestão da Ética Indicadores Gestão da Ética Identificação Segmento: Diversos Resultados Sua Pontuação: 0 Sua Avaliação: INICIANTE Descrição: A empresa utiliza muito pouco ou praticamente nenhuma ferramenta de gestão de

Leia mais