PRA CIMA DELES! SINDNAPI CONVOCA APOSENTADOS PARA RECUPERAR PERDAS DO FGTS E PIS-PASEP. CONGRESSOS PELO BRASIL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PRA CIMA DELES! SINDNAPI CONVOCA APOSENTADOS PARA RECUPERAR PERDAS DO FGTS E PIS-PASEP. CONGRESSOS PELO BRASIL"

Transcrição

1 Ano XIII Nº 50 - Maio/Junho de 2013 Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos da Força Sindical Distribuição Nacional PRA CIMA DELES! SINDNAPI CONVOCA APOSENTADOS PARA RECUPERAR PERDAS DO FGTS E PIS-PASEP. CONGRESSOS PELO BRASIL Com mais uma etapa de plenárias, realizadas no mês de maio, foram definidos os representantes e delegados com direito a voto para o 4º Congresso Nacional dos Aposentados. Página 5 Paulinho da Força, João Inocentini e demais sindicalistas protocolam o pedido de liminar na Justiça Federal de Brasília. Sindicato funda o Centro de Apoio ao Trabalhador Idoso Página 2 Coopernapi: novos serviços e novas instalações Página 8 Vamos Viajar? Sindicato lança segunda fase do Melhor Viagem. Página 2 Se você se aposentou entre 1999 e 2013, você tem direito a receber até 88,30% sobre o saldo do FGTS da época em que deu entrada em seu benefício. Isso porque o Governo, malandramente, manipulou durante este período os índices de correção da TR, usado na composição para a correção do Fundo de Garantia. O SINDNAPI e a Força Sindical anunciaram conjuntamente a abertura das ações Na Justiça Federal Do Distrito Federal, pois a manipulação da correção afeta não só os aposentados, mas também os trabalhadores da ativa. Veja como ingressar com a ação pelo Sindicato para pegar o seu dinheiro. Página 3 Carimbe o endereço da subsede João Inocentini explica na Força Sindical como o Governo manipulou os índices de reajustes do FGTS. ES Espírito Santo BA Bahia MG Minas Gerais SC Santa Catarina

2 Editorial O maior roubo da história deste país! Traga seus documentos e entre na Justiça contra o Governo. M eus companheiros, estamos diante do maior escândalo, do maior roubo e da maior injustiça social que os Governos do nosso país promoveram ao longo desses anos contra os cidadãos aposentados e trabalhadores brasileiros. Nunca antes neste país, se fez uma transferência tão absurda de bilhões de reais para o bolso dos banqueiros e do próprio Governo, com o dinheiro que deveria estar na conta dos trabalhadores e dos milhões de aposentados prejudicados pela malandragem da manipulação do cálculo da TR (taxa referencial de juros), que serve para compor o índice de reajuste do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. De 1999 até este ano, passando pelos Governos FHC, Lula e Dilma, foram tirados dos trabalhadores pelo golpe aplicado pelos Governos, 88,30% de reajuste no saldo do FGTS. Mas o roubo não para só aí, pois a TR também é usada como índice de reajuste das cadernetas de poupança e, aí, o prejuízo recai sobre todos os cidadãos que têm o seu suado dinheiro aplicado na poupança e que um dia acreditou, ou ainda acredita, que este é um país sério. Mas a parte daqueles aposentados que entraram com o pedido do seu benefício de 1999 para cá, e tiveram o seu dinheiro do FGTS subtraído, o SINDNAPI vai buscar na Justiça e, por isso mesmo, protocolou junto a Justiça Federal de Brasília, no último dia 28, uma ação para restaurar esse dinheiro aos aposentados. Estima-se que o montante desta tungada no bolso dos aposentados e trabalhadores brasileiros esteja na casa dos 700 BILHÕES DE REAIS e, por isso o SINDNAPI está desde já convocando todos os aposentados do país a entrar com esta ação. Nosso sócio não precisa pagar absolutamente nada, basta comparecer na Sede ou Subsedes do Sindicato ou nos postos credenciados pelo SINDNAPI, levando os documentos exigidos para ingressar na ação. Aqueles que ainda não são sócios, basta se associar e terão o mesmo direito da gratuidade. Por isso, companheiros, venham fazer valer os seus direitos. Não podemos deixar para as gerações futuras, nossos filhos e netos, a impressão de que vivemos em país que tem como política de Estado enganar os seus cidadãos. Vamos juntos nesta luta! João Batista Inocentini Presidente Nacional do Sindnapi 2 SINDNAPI lança segunda fase do MELHOR VIAGEM. Aproveite! Em conjunto com o Governo do Estado, o Sindicato Nacional dos Aposentados começou, desde o mês de abril, a operar a segunda fase do Programa Melhor Viagem. Com o objetivo de fortalecer o setor de Turismo para a Terceira Idade, o programa passa a ser uma grande alternativa para os aposentados do interior do estado, que terão agora as facilidades de conhecer o litoral do Estado, por meio desta parceria firmada pelo SINDNAPI. Nesta segunda fase do Programa Melhor Viagem, o Sindicato espera ampliar o número de participantes com uma ampla campanha de divulgação entre os sócios. Essa interação social da Terceira idade, por meio de um lazer de qualidade, é fundamental para uma qualidade de vida cada vez melhor, ressaltou o presidente do Sindnapi de São Paulo, Hélio Peninha Herrera Garcia. Para mais informações, os interessados devem entrar em contato pelo Telefone: (11) Nesta retomada do Programa, o Litoral Norte também está no roteiros dos viajantes da Terceira Idade (foto acima), e como não pode faltar, exercícios de alongamento, sempre, para poder enfrentar caminhadas diárias pela orla Paulista Sindicato e CEAT/RJ fundam o Centro de Apoio do Trabalhador Idoso - CEATI O Sindicato Nacional dos Aposentados e o CEAT, Centro de Apoio ao Trabalhador, entidade filantrópica sem fins lucrativos que tem por objetivo a qualificação e recolocação do trabalhador no mercado de trabalho, assinaram, no mês passado, um convênio inédito no país para a criação do primeiro Centro de Atendimento do Trabalhador Idoso (CEATI). O objetivo do CEATI será o de reunir a experiência profissional dos aposentados às necessidades do mercado de trabalho, cadastrandoos para vagas de emprego. A inauguração do CEATI está marcada para o dia 16/05 e funcionará na sede do SINDNAPI, rua do Carmo 171, centro de São Paulo, próximo ao metrô da Sé. Os profissionais aposentados que tiverem interesse em se cadastrar no banco de dados do CEATI poderão fazê-lo a partir desta data e todo o serviço é gratuito. O presidente do Sindicato Nacional dos Aposentados, João Batista Inocentini ressaltou a importância deste projeto e prometeu levá-lo a outros pontos do Estado de São Paulo: Apesar de toda a nossa luta e de muitas conquistas na defesa do poder de compra das aposentadorias, nós sabemos que muitos aposentados ainda sustentam a família e necessitam complementar a sua renda e este projeto pretende ser mais uma ferramenta importante para ajudá-los a resgatar a dignidade e apoiá-los neste caminho, disse ele. MAIO 2013

3 SINDNAPI CONVOCA APOSENTADOS PARA AÇÃO CONTRA O GOVERNO O Sindicato Nacional dos Aposentados e a Força Sindical entraram, na última terça-feira, dia 28 de maio, no Superior Tribunal de Justiça, em Brasília, com a maior ação contra o Governo de todos os tempos. O caso é que de 1999 até 2013, os sucessivos Governos de FHC a Dilma vêm manipulando os índices de correção da TR, Taxa de Referência, usada para compor entre outros contratos, o rendimento do FGTS. Com a manipulação, a defasagem devida pelos Governos FHC, Lula e Dilma bate na casa dos 88,30% e é estimado em aproximadamente 700 bilhões de reais. Por isso, quem se aposentou neste período e sacou o Fundo de Garantia ou trabalhador da ativa, tem direito a reaver este direito na Justiça. Na ação, a Força Sindical e o Sindnapi pedem ainda uma liminar ao STJ para que sejam restituídos imediatamente os direitos dos trabalhadores e por meio de um substitutivo processual, os sócios do Sindnapi devem ingressar na Justiça para reaver esse dinheiro que malandramente foi gatunado dos trabalhadores e aposentados. A ação pelo Sindnapi é gratuita para todos os sócios. Quem se associar também terá direito a entrar com a ação de graça. Veja ao lado a relação de documentos necessária para ingressar com o processo. XEROX DOS SEGUINTES DOCUMENTOS: Carteira profissional, comprovante de Endereço, PIS, CPF, RG e Benefício do INSS. Procure o SINDNAPI na sua Cidade e informe-se sobre como entrar com a ação! Lançamento da ação na justiça é marcado pela indignação dos sindicalistas No lançamento oficial da ação contra o Governo pela manipulação da TR, sindicalistas da Força Sindical manifestaram a indignação contra o que consideraram o maior roubo da história cometido contra o trabalhador brasileiro. Não é possível que um governo que se diz do trabalhador como o do PT tenha cometido um abuso e uma manipulação de índice tão absurda que serviu para enriquecer ainda mais os banqueiros, disse o presidente da Força Sindical Paulo Pereira da Silva. Estamos entrando com a ação para defender o direito dos trabalhadores quanto ao FGTS, mas não podemos esquecer que quem tem poupança também foi prejudicado porque a TR também é usada para corrigir a poupança e vamos também buscar essa correção, disse Inocentini, presidente do Sindnapi. Vamos buscar na Justiça aquilo que o Governo nos tirou ao longo destes anos. Este dinheiro é nosso!, disse Miguel Torres, presidente do Sindicato dos metalúrgicos de São Paulo. Governo meteu a mão no dinheiro e principal beneficiária foi a CEF A manipulação da TR, que prejudicou milhões de aposentados e trabalhadores da ativa e beneficiou principalmente a Caixa Econômica Federal, gestora do FGTS. A tungada no trabalhador começou ainda no Governo FHC, quando foi criada a manipulação do índice. Mas foi no Governo Lula que a coisa piorou. A defasagem dos oito anos de governo somou a casa dos 49%, dando prosseguimento no Governo Dilma. Ou seja, esses Governos remuneraram abaixo do que deviam aos trabalhadores e incharam os lucros da CEF. Isso ajudou também os demais bancos que, no caso da caderneta de poupança, deixaram de remunerar corretamente seus poupadores. SINDNAPI TAMBÉM ENTRA COM AÇÃO PARA REAVER PIS/PASEP Você aposentado, que ainda estava na ativa em 1988, tem direito a receber o dinheiro do PIS/PASEP, referente à diferença entre os resultados das aplicações efetuadas pelo BNDES, na época, e os valores efetivamente creditados na conta. A ação judicial proposta por sindicatos e associações, à Justiça Federal de Brasília, pede o imediato resgate destes valores não creditados nas contas individuais. Procure a Sede do Sindnapi da sua cidade e informe-se. QUEM TEM DIREITO Todos os servidores públicos e trabalhadores da iniciativa privada, aposentados, ou na ativa, que, por ocasião da promulgação da Constituição de 1988, detinham quotas de participação no FUNDO PIS-PASEP. DOCUMENTOS NECESSÁRIOS (CÓPIA SIMPLES): R.G.; CPF; Comprovante de Endereço; Carta de Concessão do Benefício; Extrato com o saldo da conta individual no PIS ou no PA- SEP, em 04/10/1988, dia anterior à promulgação da Constituição Federal, e de saques efetuados posteriormente a esta data, fornecidos pela Caixa Econômica Federal ou pelo Banco do Brasil. MAIO

4 Um milhão de pessoas passaram pelo 1º de Maio das centrais FORÇA SINDICAL E SINDNAPI LUTAM PARA PROTEGER O PODER DE COMPRA DOS SALÁRIOS E DAS APOSENTADORIAS. O s sindicatos ligados à Força Sindical iniciaram, a partir do mês de maio, uma campanha nas portas das empresas: sempre que a inflação chegar a 3% os dirigentes sindicais vão reivindicar o repasse do valor correspondente nos salários, informou o presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva, Paulinho, em discurso realizado no ato político durante a comemoração do 1º de Maio Unificado, na Praça Campo de Bagatelle, na zona Norte de São Paulo. A comemoração reuniu as centrais sindicais Força Sindical, CTB, UGT e Nova Central começou às 7h com a apresentação dos novos talentos e a partir das 9 horas iniciou a transmissão pela Rádio Tupi. 20 artistas consagrados se apresentaram entre os sorteios dos carros. No ato político participaram o senador Aécio Neves (PSDB- MG), os ministros Manoel Dias, do Trabalho, e Gilberto Carvalho, da secretaria geral da Presidência da República, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, além dos senadores Rodrigo Rolemberg (PSD-DF), e o deputado Roberto Santiago (PSB-SP) e a vereadora professora Sônia, de Carapicuíba. Coube ao secretário-geral da Força Sindical, João Carlos Gonçalves, Juruna, apresentar o ato representando a Central. Fizeram discursos os seguintes dirigentes: Eunice Cabral (Costureiras), Luiz Carlos Motta (Comerciários), Miguel Torres (Metalúrgicos), Antonio de Sousa Ramalho (Construção Civil), Danilo Pereira da Silva (Químicos e presidente da Força Sindical SP) e João Batista Inocentini (Aposentados). João cobrou do Governo o fim do fator previdenciário, e uma política de recuperação do poder de compra dos aposentados que ganham acima de um salário mínimo. 4 MAIO 2013

5 Congressos Estaduais do SINDNAPI chegam à reta final para eleger seus presidentes ES Espírito Santo BA Bahia M G Minas Gerais SC Santa Catarina R io Grande do Sul, Rio de Janeiro, e o Distrito Federal serão os últimos Estados a escolher os presidentes e representantes para os novos mandatos à frente do Sindicato em suas regiões para os próximos cinco anos. As plenárias que estão sendo rea- lizadas nos Estados definem os representantes e delegados com direito a voto, para o 4º Congresso Nacional dos Aposentados, que escolherá a nova direção do Sindicato dos Aposentados, e será realizado em Serra Negra, São Paulo, nos dias 6, 7 e 8 de agosto. Veja abaixo os Estados que já fizeram seus Congressos e os representantes eleitos: ACRE Raimundo de Souza Peres ALAGOAS Hélvio Camelo dos Santos AMAPÁ Coordenadora Geral Nádia Costa da Silva Souto AMAZONAS João Henrique Ferreira Neto BAHIA Presidente Nilson Santos Bahia CEARÁ Maria do Socorro S. Campos ESPÍRITO SANTO Eloyzio Cuzzuol; GOIÁS Mateus Correia da Silva MARANHÃO Maria do E. S. Frazao Oliveira MATO GROSSO Sebastião Martins de Oliveira MATO GROSSO DO SUL Jânio Batista de Macedo MINAS GERAIS Carlos Moreira de Abreu PARÁ Benedito Lima da Costa PARAÍBA Maria Ines Freires Aires PARANÁ Presidente Antônio Dias Lobato; PERNAMBUCO Tomas Aquino Amorim Botelho PIAUÍ Waldo Pereira da Cruz RIO GRANDE DO NORTE José Soriano de Oliveira RONDÔNIA Antonio Alves Maia RORAIMA Avanasio do Nascimento SERGIPE Coordenador geral José Salome dos Santos SÃO PAULO Presidente Estadual Helio Peninha Herrera Garcia SANTA CATARINA Presidente Maria Roseli Beuting MAIO

6 Adaptações na casa contribuem na Terceira Idade A velhice chega para nós, para nossos familiares e para quem mais tiver sorte. O segredo da eterna juventude é encararmos essa realidade como uma fase, cada vez mais longa, da nossa vida graças aos avanços da medicina. Como a falta de informação e de cuidados podem afetar a infânciae e a vida adulta, também poderá prejudicar essa fase. Portanto, a aceitação dessas deficiências e pequenas adaptações se fazem necessárias no cotidiano das pessoas. Essas adaptações vão da simples retirada de um tapetinho da sala, que poderá se tornar uma ameaça para quedas com consequências severas, até adaptações mais abrangentes no lar dos idosos. A mortalidade de idosos por quedas aumentou quatro vezes nesta ultima década segundo pesquisas recentes em SP. Lembramos que essas quedas são causas evitáveis, sendo o maior volume destas ocorrências dentro de casa. A seguir, vamos citar algumas adaptações nos lares: 1º - CORREDOR Melhorar a iluminação, torna-lo sempre de fácil acesso, diminuindo assim, o contraste de sair do escuro para o claro, pois no idoso a adaptação da visão é mais lenta. Lembramos que esse caminho deverá estar sempre totalmente livre, sem tapetinhos, tacos soltos, fios de telefone, carpete mal colocado ou de qualquer outro obstáculo que atrapalhe o caminho do idoso; 2º - BANHEIRO O banheiro, sendo um ambiente úmido, deverá ter uma atenção especial para evitar as quedas. Pode-se usar tapetes com ventosas que grudam no piso, dando maior estabilidade, barras de apoio, firmemente colocadas no Box, perto do vaso sanitário, que terá também sua altura adaptada com assentos anatômicos e cadeiras de banho também poderão ser utilizadas; 3º - ESCADAS O ideal seria moradia térrea, porém, nem sempre este ideal é possível. Caso contrário, as escadas deverão ser bem iluminadas, se carpetadas, esses deverão ser bem colocados para evitar dobras. O corrimão, sempre presente, deverá ser firmemente colocado para servir de apoio, e a altura dos degraus deverá ser constante, pois criará o hábito. Em um grande evento realizado no dia 08 de abril, diversas autoridades e empresários se filiaram ao Sindicato Nacional dos Aposentados em reconhecimento às lutas e conquistas da Entidade na defesa dos direitos dos aposentados brasileiros. Dentre os novos filiados estão a exvice-prefeita de São Paulo, Alda Marco Antonio, o deputado Estadual pelo PT, Zico e diversos empresários. Vocês estão se filiando ao Sindicato do futuro, e que será. o maior do Mundo, disse Citamos esses três locais como os principais para sofrerem adaptações pois, segundo estatísticas da Secretária da Saúde de São Paulo, são os locais mais comuns de acidentes com quedas para o idoso. A parte prática dessas mudanças é que vai auxiliar na realização de atividades básicas com maior segurança e autonomia, a princípio, o idoso poderá rejeitar essas adaptações. Porém, com o uso, vai se conscientizar das facilidades que elas promoverão, e se tornarão multiplicadores dessas facilidades. Lembramos, que o segredo da eterna juventude não é fingir que a velhice nunca chega, mas aproveitar da melhor forma todas as fases da nossa vida. Luiz Alberto Catanoce Diretor Nacional de Saúde do Sindnapi Conselheiro Nacional de Saúde do CSN Coordenador Adjunto do CIPSI Autoridades se filiam ao Sindnapi Inocentini na ocasião. Para a ex-viceprefeita de São Paulo, Alda Marco Antonio, a decisão de filiação ao Sindnapi é sinônimo de reconhecimento ao fortalecimento da entidade ao longo dos anos, que sempre teve um trabalho sério e intransigente na defesa dos aposentados. Para o deputado Estadual, Zico, a filiação era um desejo antigo. Não poderia nunca deixar de me filiar a este sindicato que sempre abraçou a causa dos aposentados e com competência soube se tornar o maior do Brasil, disse ele. 6 MAIO 2013

7 Em reunião do Sindnapi com o secretário de Relações Governamentais, foi entregue o projeto de Promoção e Proteção da Saúde do Idoso, através de centros de convivência em São Paulo. O Projeto Piloto será em S. Miguel Paulista e inclui academias e equipamentos ao ar livre. O representate do Sindicato Nacional dos Aposentados Pensionistas e Idosos participou, 10 de abril passado, em Brasília, da Passeata em favor do Movimento Saúde +10. A reivindicação deste Movimento é que o 10% do PIB seja utilizado para financiamento da Saúde. O Sindnapi/SP, participou de uma Caminhada com mais de 250 moradores da Zona Norte de SP em busca de maior Segurança na Região. Denominada Caminhada da Paz, a marcha percorreu diversas avenidas e contou com a presença de várias autoridades. Continua a indecisão na definição de quais seriam os parâmetros para a aprovação da Desaposentação. Este tremendo empura empurra dentro do Governo faz com que o assunto já venha se arrastando por meses, e sem nenhuma previsão de solução para os aposentados. PODER DE COMPRA DAS APOSENTADORIAS Presidente: Se a presidenta da República não der um reajuste melhor para compensar as nossas perdas dos anos anteriores, nós podemos pedir para os nossos familiares não votarem no PT nas próximas eleições. Cláudio Henrique da Silva DESAPOSENTAÇÃO Senhores do Sindnapi: Vamos pressionar para que seja julgado logo pelo STF a desaposentação. Se ficamos parados as coisas não andam. O STF ficou de julgar no mês de dezembro/12, porém não o fez. Vamos mandar carta ao ministro Joaquim Barbosa, para por em pauta de julgamento o mais breve possível. Agenor Batista REVISÃO DAS APOSENTADORIAS ACIMA DO MÍNIMO Sr. Presidente do Sindnapi Vamos colocar uma mesa no Centro da Cidade de cada Capital deste país, para colher assinaturas a favor da Revisão dos Benefícios acima de 1 salário mínimo, e levar nossa reivindicação para Brasília. Pois, se não fizermos isso, vamos morrer esperando. Mário dos Santos Warlet Você sabe o que o aposentado representa para o governo? Peso morto, que na ativa, sua contribuição só serviu para cobrir rombos da previdência, ou seja, IAPI, IAPTEC, INPS e outros nomes esquecidos, que hoje ninguém mais conhece, pois o tempo apagou da lembrança a dívida criada DESABAFO DE UM APOSENTADO por governos anteriores contra os trabalhadores, e eles deram a vida pelo país durante anos de trabalho, e que comemoramos esta luta no Primeiro de Maio. Benedito Claudio de Oliveira Araujo SOBRE A AMPLIAÇÃO DA COOPERATIVA DE CRÉDITO DOS APOSENTADOS Muito bom e gostei muito da materia. Vejo sempre com bons olhos este tipo de benfeitorias para os aposentados. Que os próximos passos sejam sempre dado com o mesmo intuito, PARABÉNS SINDNAPI. Lemi Silva Santos MAIO

8 A COOPERNAPI CRESCEU E QUEM GANHA É VOCÊ! A Coopernapi cresceu e, por isso, inaugurou recentemente suas novas instalações para oferecer mais conforto e comodidade aos aposentados associados, além de novos serviços. Agora você pode contar, além dos empréstimos com taxas muito inferiores aos dos bancos oficiais e atendimento ainda mais personalizado, com o seguro de vida para associados com até 85 anos de idade, seguro residencial, seguro para o seu automóvel e, para os momentos difíceis, do seguro funeral. Se você ainda não é associado à Coopernapi, traga os seus documentos e faça a sua adesão. Venha tomar um cafezinho conosco e aproveitar para conhecer os nossos Coopernapi disponibiliza seguros de vida Página Consórcio? A cooperativa dos aposentados tem. Página serviços. Aqui se pratica respeito ao aposentado. É por vocês que trabalhamos para oferecer cada vez mais, o que há de melhor no Brasil em matéria de crédito consciente. Vamos juntos fazer da Coopernapi a melhor e maior cooperativa de crédito do Brasil! para descobrir os juros mais baixos do mercado Basta ser sócio do Sindnapi APOSENTADO! VEM PRÁ COOPERATIVA! Você terá mais do que os grandes bancos oferecem a preços muito menores Coopernapi Rua do Carmo, 171 Centro São Paulo Capital (11) Quer comprar um carro novo? A Coopernapi ajuda. Página Comprou um carro novo? Faça o seguro com a gente. Página DIRETORIA NACIONAL Presidente: João Batista Inocentini; Institucional: Paulo José Zanetti; Secretáriogeral: Arnaldo Gonçalves; Finanças: Marcos José Bulgarelli; Assuntos Jurídicos: Marcelo Gato (em memória); Relações Internacionais: José Francisco Campos; Turismo: Wilson Vidal de Melo; Administração: Julio Quaresma Filho; Comunicação: Darci Callegari; Saúde: Luiz Alberto Catanoce; Esportes e Lazer: Juarez Martelozo; Assuntos Previdenciários: Levi Gonçalves; Assistência Social: Maria Auxiliadora dos Santos; Assuntos Legislativos: Lucas Nery Silva; Assuntos do Funcionalismo Público: Roque Garcia Duarte; Projetos: Eufrozino Pereira da Silva; Técnico Econômico: Edmilson Nery; Meio Ambiente: Severina Silva Santos; Patrimônio: Édison Cortez; Cultura: Maria Aparecida Oliveira. O Jornal dos Aposentados é órgão oficial do Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos. Edição e diagramação: Jaime Alves Feitosa; Fotos: Anderson Campos Inês; Jornalista Responsável: Paulo Nogueira; Impressão: Targ Gráfica; Tiragem: 100 mil. Rua do Carmo, 171 Centro São Paulo CEP: Fone:

DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO

DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO DIREÇÃO NACIONAL DA CUT APROVA ENCAMINHAMENTO PARA DEFESA DA PROPOSTA DE NEGOCIAÇÃO DO SALÁRIO MÍNIMO, DAS APOSENTADORIAS E DO FATOR PREVIDENCIÁRIO A CUT e as centrais sindicais negociaram com o governo

Leia mais

Mudanças nas aposentadorias. Saiba mais. Somos fortes, somos CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES. www.cut.org.br

Mudanças nas aposentadorias. Saiba mais. Somos fortes, somos CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES. www.cut.org.br Mudanças nas aposentadorias. Saiba mais. Somos fortes, somos R CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES www.cut.org.br CUT - CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES Mudanças nas aposentadorias. Saiba mais. Somos fortes,

Leia mais

FLUXO ATIVIDADES DOS SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO ATIVIDADES DOS SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO ATIVIDADES DOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

Leia mais

NÚMERO DE ACIDENTES POR DIA DA SEMANA

NÚMERO DE ACIDENTES POR DIA DA SEMANA RODOVIÁRIAS Quadro 13 - UF: ACRE Ano de 211 82 5 6 8 9 5 3 14 4 11 9 4 4 63 2 4 7 6 6 9 4 8 4 4 3 6 68 4 2 8 3 1 8 4 9 2 6 7 5 63 3 6 3 2 13 9 8 7 5 1 5 1 67 4 2 9 6 8 5 5 7 6 6 4 5 85 3 7 1 1 4 7 9 6

Leia mais

FLUXO ATIVIDADES FINANCEIRAS, DE SEGUROS E SERVIÇOS RELACIONADOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO ATIVIDADES FINANCEIRAS, DE SEGUROS E SERVIÇOS RELACIONADOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO ATIVIDADES FINANCEIRAS, DE SEGUROS E RELACIONADOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA

Leia mais

http://diariodocongresso.com.br/novo/2011/09/expresso-livre-alcanca-20-mil-usuarios...

http://diariodocongresso.com.br/novo/2011/09/expresso-livre-alcanca-20-mil-usuarios... Page 1 of 8 Diário do Congresso Os Bastidores do Poder On-line Os Bastidores do Poder On-line Capa Senado Câmara Entrevistas Artigos Blogs Opinião Partidos Políticos Pesquise no DC 1ª Página Jornais 1ª

Leia mais

Tabela 1 - Conta de produção por operações e saldos, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação - 2004-2008

Tabela 1 - Conta de produção por operações e saldos, segundo as Grandes Regiões e as Unidades da Federação - 2004-2008 (continua) Produção 5 308 622 4 624 012 4 122 416 3 786 683 3 432 735 1 766 477 1 944 430 2 087 995 2 336 154 2 728 512 Consumo intermediário produtos 451 754 373 487 335 063 304 986 275 240 1 941 498

Leia mais

EDITAL DE ELEIÇÃO E CONSTITUIÇÃO DOS CONSELHOS DE USUÁRIOS DA SKY

EDITAL DE ELEIÇÃO E CONSTITUIÇÃO DOS CONSELHOS DE USUÁRIOS DA SKY EDITAL DE ELEIÇÃO E CONSTITUIÇÃO DOS CONSELHOS DE USUÁRIOS DA SKY São convocados os senhores Usuários dos serviços de Telecomunicações e as associações ou entidades que possuam em seu objeto social características

Leia mais

I Fórum Políticas Públicas do Idoso"

I Fórum Políticas Públicas do Idoso I Fórum Políticas Públicas do Idoso" O idoso no mundo Em 2050, a Organização das Nações Unidas (ONU) estima que 30% da população mundial será de idosos; 2 bilhões dos habitantes do planeta terão mais de

Leia mais

AÇÃO DE REVISÃO DO FGTS POR DEFASAGEM EM CORREÇÃO PELA TR

AÇÃO DE REVISÃO DO FGTS POR DEFASAGEM EM CORREÇÃO PELA TR COMUNICADO SINDECTEB 036/2013 AÇÃO DE REVISÃO DO FGTS POR DEFASAGEM EM CORREÇÃO PELA TR SINDECTEB orienta os trabalhadores a recuperarem as perdas do FGTS Ação na Justiça solicitando o recálculo retroativo

Leia mais

RANKING NACIONAL DO TRABALHO INFANTIL (5 a 17 ANOS) QUADRO COMPARATIVO DOS DADOS DA PNAD (2008 e 2009)

RANKING NACIONAL DO TRABALHO INFANTIL (5 a 17 ANOS) QUADRO COMPARATIVO DOS DADOS DA PNAD (2008 e 2009) NACIONAL DO TRABALHO INFANTIL (5 a 17 ANOS) QUADRO COMPARATIVO DOS DADOS DA PNAD (2008 e 2009) População Ocupada 5 a 17 anos 2008 Taxa de Ocupação 2008 Posição no Ranking 2008 População Ocupada 5 a 17

Leia mais

FLUXO ATIVIDADES DE SEDES DE EMPRESAS E DE CONSULTORIA EM GESTÃO EMPRESARIAL POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO DO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO ATIVIDADES DE SEDES DE EMPRESAS E DE CONSULTORIA EM GESTÃO EMPRESARIAL POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO DO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO ATIVIDADES DE SEDES DE EMPRESAS E DE CONSULTORIA EM GESTÃO EMPRESARIAL POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO DO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO ATIVIDADES DE SEDES DE EMPRESAS

Leia mais

FLUXO TRANSPORTE AQUAVIÁRIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

FLUXO TRANSPORTE AQUAVIÁRIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 FLUXO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Estados Norte 0 0,00 0 0 0 0,00 Rondônia

Leia mais

Saúde Suplementar em Números

Saúde Suplementar em Números Saúde Suplementar em Números Edição nº 9-2015 Setembro de 2015 Sumário Executivo Número de beneficiários de planos médico-hospitalares (setembro/15): 50.261.602; Taxa de crescimento do número de beneficiários

Leia mais

O Continente faz mobilização contra Prosegur

O Continente faz mobilização contra Prosegur Confederação Nacional dos Vigilantes - Brasília - DF 16/06/2015 - Edição 1292 O Continente faz mobilização contra Prosegur Vigilantes da Bahia entregaram carta aberta na porta da Prosegur, denunciando

Leia mais

Boletim Informativo* Agosto de 2015

Boletim Informativo* Agosto de 2015 Boletim Informativo* Agosto de 2015 *Documento atualizado em 15/09/2015 (Erratas páginas 2, 3, 4 e 9) EXTRATO GERAL BRASIL 1 EXTRATO BRASIL 396.399.248 ha 233.712.312 ha 58,96% Número de Imóveis Cadastrados²:

Leia mais

e renda Superintendência Nacional Estratégia Competitividade das MPE Associação e a cooperação Micro e Pequeno Empreendedorismo

e renda Superintendência Nacional Estratégia Competitividade das MPE Associação e a cooperação Micro e Pequeno Empreendedorismo e renda Superintendência Nacional Estratégia Competitividade das MPE Micro e Pequeno Empreendedorismo e renda Superintendência Nacional Estratégia Competitividade das MPE Micro e Pequeno Empreendedorismo

Leia mais

FLUXO DE ATIVIDADES DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO DE ATIVIDADES DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO DE ATIVIDADES DE PRESTAÇÃO DE DE INFORMAÇÃO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO DE, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA -

Leia mais

AS RECENTES MUDANÇAS NAS VAGAS DOS LEGISLATIVOS MUNICIPAIS DO BRASIL

AS RECENTES MUDANÇAS NAS VAGAS DOS LEGISLATIVOS MUNICIPAIS DO BRASIL Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 18 a 22 de outubro, 2010 770 AS RECENTES MUDANÇAS NAS VAGAS DOS LEGISLATIVOS MUNICIPAIS DO BRASIL Tiago Valenciano Mestrando do Programa de

Leia mais

DILMA ROUSSEFF - https://www.youtube.com/watch?v=pa3bqinemg8&list=uunpbhpsvgxsokclekxmto Lw

DILMA ROUSSEFF - https://www.youtube.com/watch?v=pa3bqinemg8&list=uunpbhpsvgxsokclekxmto Lw Transcrição 14-10 DILMA ROUSSEFF - https://www.youtube.com/watch?v=pa3bqinemg8&list=uunpbhpsvgxsokclekxmto Lw Governo novo. Ideias novas. (Narrador) O segundo turno é uma oportunidade única para cada eleitor

Leia mais

Informações sobre salários e escolaridade dos professores e comparativo com não-professores

Informações sobre salários e escolaridade dos professores e comparativo com não-professores Informações sobre salários e escolaridade dos professores e comparativo com não-professores Total de profissionais, independentemente da escolaridade 2003 2007 2008 Professores da Ed Básica (públicas não

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura SISTEMA NACIONAL DE CULTURA Processo de articulação, gestão, comunicação e de promoção conjunta de políticas públicas de cultura, mediante a pactuação federativa. Objetivo Geral do SNC Implementar políticas

Leia mais

ACS Assessoria de Comunicação Social

ACS Assessoria de Comunicação Social Relação dos vencedores Minas Gerais Aluno Danilo Arantes da Silva, 13 anos Escola Estadual Seis de Junho Uberlândia Frase A amizade tem a ver com a química, ela é do grupo dos metais, porque vale ouro.

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA SALARIAL 11/1/2010

ANÁLISE COMPARATIVA SALARIAL 11/1/2010 ANÁLISE COMPARATIVA SALARIAL PROFESSORES DAS REDES ESTADUAIS NO BRASIL A PRESENTE PESQUISA ESTÁ ENQUADRADA NA ESTRATÉGIA DO SINDICATO APEOC DE CONSTRUIR A ADEQUAÇÃO DO PLANO DE CARREIRA DOS TRABALHADORES

Leia mais

do estado do Rio Grande do Sul lidera o ranking estadual com 221%, seguido por Minas Gerais na vice-liderança, com 179%.

do estado do Rio Grande do Sul lidera o ranking estadual com 221%, seguido por Minas Gerais na vice-liderança, com 179%. IBEF apoia reequilíbrio das dívidas dos estados e municípios com a União Pernambuco está em situação confortável se comparado a outros estados. Confira os números O Instituto Brasileiro de Executivos de

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO Escola Judiciária Eleitoral Abril 2013 TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Presidente Desembargadora Letícia De Faria Sardas Corregedor

Leia mais

ESPECIAL SERVIÇOS PÚBLICOS

ESPECIAL SERVIÇOS PÚBLICOS PREFEITURA FAZ INFORMATIVO DA PREFEITURA DE CONTAGEM CONTAGEM - Nº 23 - JUNHO - 2010 ESPECIAL SERVIÇOS PÚBLICOS Prefeitura valoriza servidores para melhorar qualidade dos serviços Nos últimos cinco anos,

Leia mais

As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência

As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência As mudanças mais importantes no Bradesco Previdência No dia 21 de julho, o RH do Banco Bradesco e diretores do Bradesco Previdência expuseram, a cerca de 50 dirigentes sindicais, as mudanças no plano de

Leia mais

Grandes Regiões e Unidades da Federação: Esperança de vida ao nascer segundo projeção populacional: 1980, 1991-2030 - Ambos os sexos

Grandes Regiões e Unidades da Federação: Esperança de vida ao nascer segundo projeção populacional: 1980, 1991-2030 - Ambos os sexos e Unidades da Federação: Esperança de vida ao nascer segundo projeção populacional: 1980, 1991-2030 - Ambos os sexos Unidades da Federação 1980 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO. As Políticas Públicas de Emprego no Brasil

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO. As Políticas Públicas de Emprego no Brasil As Políticas Públicas de Emprego no Brasil 1 Índice 1. Mercado de Trabalho no Brasil 2. FAT Fundo de Amparo ao Trabalhador 2.1. Programas e Ações 2.2. Principais avanços na execução dos Programas e Ações

Leia mais

Instruções de Uso. 1 - Imprima 3 cópias da petição, pois 2 ficarão no protocolo e 1 será devolvida com o nº do processo e data da audiência;

Instruções de Uso. 1 - Imprima 3 cópias da petição, pois 2 ficarão no protocolo e 1 será devolvida com o nº do processo e data da audiência; Instruções de Uso Depois de finalizada a petição inicial, você deverá seguir os seguintes passos: 1 - Imprima 3 cópias da petição, pois 2 ficarão no protocolo e 1 será devolvida com o nº do processo e

Leia mais

Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira NOVO RATEIO DOS RECURSOS DO FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS ESTADOS

Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira NOVO RATEIO DOS RECURSOS DO FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS ESTADOS Nota Técnica 7/13 (7 de Maio) Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira Núcleo de Assuntos Econômico-Fiscais NOVO RATEIO DOS RECURSOS DO FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS ESTADOS IMPACTOS DA DIVISÃO DO

Leia mais

Tabela 4 - Participação das atividades econômicas no valor adicionado bruto a preços básicos, por Unidades da Federação - 2012

Tabela 4 - Participação das atividades econômicas no valor adicionado bruto a preços básicos, por Unidades da Federação - 2012 Contas Regionais do Brasil 2012 (continua) Brasil Agropecuária 5,3 Indústria 26,0 Indústria extrativa 4,3 Indústria de transformação 13,0 Construção civil 5,7 Produção e distribuição de eletricidade e

Leia mais

APRESENTAÇÃO Funasa Funasa

APRESENTAÇÃO Funasa Funasa APRESENTAÇÃO Apresentamos às comunidades indígenas a publicação Cartilha do Controle Social, esse trabalho é uma introdução simples de um tema da maior importância para a saúde dos povos indígenas. A revista

Leia mais

Ranking de salário e benefícios dos Tribunais de Justiça Estadual. Julho 2014

Ranking de salário e benefícios dos Tribunais de Justiça Estadual. Julho 2014 Ranking de salário e benefícios dos Tribunais de Justiça Estadual Julho 2014 SS JUSTIÇA MG SS Justiça MG Julho 2014 Tabela 1 Tribunais de Justiça Estadual posicionados conforme Vencimento Básico Vencimentos

Leia mais

Ranking de salário e benefícios dos Tribunais de Justiça Estadual. Julho 2013

Ranking de salário e benefícios dos Tribunais de Justiça Estadual. Julho 2013 Ranking de salário e benefícios dos Tribunais de Justiça Estadual Julho 2013 SS JUSTIÇA MG SS Justiça MG Julho 2013 Tabela 1 Tribunais de Justiça Estadual posicionados conforme Vencimento Básico Vencimentos

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA AJUIZAR AÇÃO DE RECUPERAÇÃO DE PERDAS NO FGTS

PROCEDIMENTOS PARA AJUIZAR AÇÃO DE RECUPERAÇÃO DE PERDAS NO FGTS PROCEDIMENTOS PARA AJUIZAR AÇÃO DE RECUPERAÇÃO DE PERDAS NO FGTS O Sindicato dos Administradores, dando continuidade aos procedimentos para ajuizar ação judicial contra a Caixa Econômica Federal, na Justiça

Leia mais

Tutorial Novo Sistema de Intimações da OAB SP

Tutorial Novo Sistema de Intimações da OAB SP Tutorial Novo Sistema de Intimações da OAB SP O sistema de intimações da OAB SP está de cara nova. Mais rápido, eficiente, organizado e cobrindo maior número de diários oficiais, o serviço foi projetado

Leia mais

Carnê da Cidadania do MEI

Carnê da Cidadania do MEI Carnê da Cidadania do MEI NOTÍCIAS ATENÇÃO: Vários empreendedores do Paraná começaram a receber o carnê!!! A Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República (SMPE/PR) vai enviar, pelos

Leia mais

setembro de 2014 Fundação Perseu Abramo - Partido dos Trabalhadores MUDANÇA REGIONAL E DESIGUALDADE DE RENDA NO BRASIL

setembro de 2014 Fundação Perseu Abramo - Partido dos Trabalhadores MUDANÇA REGIONAL E DESIGUALDADE DE RENDA NO BRASIL 15 setembro de 2014 Fundação Perseu Abramo - Partido dos Trabalhadores MUDANÇA REGIONAL E DESIGUALDADE DE RENDA NO BRASIL Expediente Esta é uma publicação da Fundação Perseu Abramo. Diretoria Executiva

Leia mais

FLUXO TELECOMINICAÇÕES SEM FIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

FLUXO TELECOMINICAÇÕES SEM FIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 FLUXO TELECOMINICAÇÕES SEM FIO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO TELECOMINICAÇÕES SEM FIO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA

Leia mais

Informe Econômico N 3

Informe Econômico N 3 Conjuntura Econômica Gerente Legislativa: Sheila Tussi da Cunha Barbosa Analista Legislativa: Cláudia Fernanda Silva Almeida Assistente Administrativa: Quênia Adriana Camargo Ferreira Estagiário: Tharlen

Leia mais

FLUXO FABRICAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES, REBOQUES E CARROCERIAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO FABRICAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES, REBOQUES E CARROCERIAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO FABRICAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES, REBOQUES E CARROCERIAS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO

Leia mais

O Financiamento das Micro e Pequenas Empresas (MPEs) no Brasil. Julho de 2009

O Financiamento das Micro e Pequenas Empresas (MPEs) no Brasil. Julho de 2009 O Financiamento das Micro e Pequenas Empresas (MPEs) no Brasil Julho de 2009 Introdução Objetivos: - Avaliar as principais características do universo das micro e pequenas empresas (MPEs) brasileiras quanto

Leia mais

Regulamento Prêmio Sebrae de Jornalismo 6ª edição Nacional

Regulamento Prêmio Sebrae de Jornalismo 6ª edição Nacional Regulamento Prêmio Sebrae de Jornalismo 6ª edição Nacional 1. DOS OBJETIVOS DO PRÊMIO 1.1. O Prêmio Sebrae de Jornalismo (PSJ) é um concurso jornalístico instituído pelo Sebrae Nacional Serviço Brasileiro

Leia mais

Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ

Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ Dpto. Jurídico do Direito Administrativo da ANSEF/RJ É bom saber... LEI Nº 12.618, DE 30 DE ABRIL DE 2012. Institui o regime de previdência complementar para os servidores públicos federais titulares de

Leia mais

Departamento de Pesquisas Judiciárias RELATÓRIO DE DADOS ESTATÍSTICOS. SEMANA PELA CONCILIAÇÃO META 2 Período: 14 a 18 de setembro de 2009

Departamento de Pesquisas Judiciárias RELATÓRIO DE DADOS ESTATÍSTICOS. SEMANA PELA CONCILIAÇÃO META 2 Período: 14 a 18 de setembro de 2009 RELATÓRIO DE DADOS ESTATÍSTICOS SEMANA PELA CONCILIAÇÃO META 2 Período: 14 a 18 de setembro de 2009 1. Introdução O presente relatório objetiva apresentar os resultados estatísticos obtidos durante o período

Leia mais

PARECE IGUAL... MAS, DO OUTRO LADO, É O BRASIL QUE DÁ CERTO. FICA DO OUTRO LADO DESSE ESPELHO. DESTE LADO, POUCO DINHEIRO NO BOLSO...

PARECE IGUAL... MAS, DO OUTRO LADO, É O BRASIL QUE DÁ CERTO. FICA DO OUTRO LADO DESSE ESPELHO. DESTE LADO, POUCO DINHEIRO NO BOLSO... CADÊ O BRASIL RICO? FICA DO OUTRO LADO DESSE ESPELHO. DESTE LADO, POUCO DINHEIRO NO BOLSO... PARECE IGUAL... MAS, DO OUTRO LADO, É O BRASIL QUE DÁ CERTO.... E AQUI, DINHEIRO SOBRANDO NO FIM DO MÊS. DESTE

Leia mais

As lutas que vencemos em 2013

As lutas que vencemos em 2013 Original Órgão de divulgação do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Editoras de Livros, Publicações Culturais e Categorias Afins do Estado de São Paulo www.seel-sp.org.br seel@seel-sp.org.br Livro

Leia mais

Capitalização previdenciária quer dizer, antes de tudo, aposentadoria pré-financiada. Expressa uma vontade de garantir o futuro com base no

Capitalização previdenciária quer dizer, antes de tudo, aposentadoria pré-financiada. Expressa uma vontade de garantir o futuro com base no Capitalização previdenciária quer dizer, antes de tudo, aposentadoria pré-financiada. Expressa uma vontade de garantir o futuro com base no sacrifício da poupança presente, mas somente é admitida como

Leia mais

Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009

Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009 Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Diretoria de Pesquisas Coordenação detrabalho e Rendimento Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009

Leia mais

Boletim Informativo. Junho de 2015

Boletim Informativo. Junho de 2015 Boletim Informativo Junho de 2015 Extrato Geral Brasil 1 EXTRATO BRASIL ÁREA ** 397.562.970 ha 227.679.854 ha 57,27% Número de Imóveis cadastrados: 1.727.660 Observações: Dados obtidos do Sistema de Cadastro

Leia mais

Setores indutriais com maior demanda por formação segundo UF (todas as ocupações) - Média anual 2014/15

Setores indutriais com maior demanda por formação segundo UF (todas as ocupações) - Média anual 2014/15 Setores indutriais com maior demanda por formação segundo UF (todas as ocupações) - Média anual 2014/15 Estado Rondônia Acre Amazonas Roraima Pará Amapá Tocantins Maranhão Piauí Ceará Rio Grande do Norte

Leia mais

PLENÁRIA NACIONAL EXTRAORDINÁRIA DA FENASPS

PLENÁRIA NACIONAL EXTRAORDINÁRIA DA FENASPS PLENÁRIA NACIONAL EXTRAORDINÁRIA DA FENASPS Data: 14/11/2014 Local: Sede da Fenasps Estados presentes: MG- SP- PR- RS- ES- SC- RN- CE e Oposição da BA e do DF. Nº de participantes: 65 Delegados e 10 Observadores

Leia mais

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº, de 2013.

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº, de 2013. PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº, de 2013. (Do Sr. DAMIÃO FELICIANO) Disciplina a fixação do número de Deputados, nos termos do art. 45, 1º, da Constituição Federal, e dá outras providências. O Congresso

Leia mais

Sublimites estaduais de enquadramento para. Nacional 2012/2013. Vamos acabar com essa ideia

Sublimites estaduais de enquadramento para. Nacional 2012/2013. Vamos acabar com essa ideia Sublimites estaduais de enquadramento para o ICMS no Simples Nacional 2012/2013 Vamos acabar com essa ideia 4 CNI APRESENTAÇÃO Os benefícios do Simples Nacional precisam alcançar todas as micro e pequenas

Leia mais

REVISÕES JUDICIAIS DE APOSENTADORIA E PENSÃO:

REVISÕES JUDICIAIS DE APOSENTADORIA E PENSÃO: REVISÕES JUDICIAIS DE APOSENTADORIA E PENSÃO: 1) Pedido de concessão de benefício na Justiça: Todo o segurado que tenha um pedido de concessão ou revisão de benefício previdenciário, que foi requerido

Leia mais

75,4. 1,95 mulher, PNAD/08) Taxa de analfabetismo (15 anos ou mais em %) 4,4% População urbana 5.066.324

75,4. 1,95 mulher, PNAD/08) Taxa de analfabetismo (15 anos ou mais em %) 4,4% População urbana 5.066.324 SEMINÁRIO ESTRUTURA E PROCESSO DA NEGOCIAÇÃO COLETIVA CONJUNTURA DO SETOR RURAL E MERCADODETRABALHOEMSANTA DE EM CATARINA CONTAG CARACTERÍSTICAS C C S GERAIS CARACTERÍSTICA GERAIS DE SANTA CATARINA Área

Leia mais

Endereços das Secretarias Estaduais de Educação

Endereços das Secretarias Estaduais de Educação Endereços das Secretarias Estaduais de Educação ACRE MARIA CORRÊA DA SILVA Secretária de Estado da Educação do Acre Rua Rio Grande do Sul, 1907- Aeroporto Velho CEP: 69903-420 - Rio Branco - AC Fone: (68)

Leia mais

WWW.UJE.COM.BR. Fazendo a Diferença em 21 estados do Brasil. Sempre UNIDOS!

WWW.UJE.COM.BR. Fazendo a Diferença em 21 estados do Brasil. Sempre UNIDOS! Assim que houver interesse em montar a UJE em sua cidade favor, solicitar orientações adicionais pelo E-mail/MSN: uje@uje.com.br WWW.UJE.COM.BR Fazendo a Diferença em 21 estados do Brasil. Sempre UNIDOS!

Leia mais

CECUT JORNAL DA. Construindo a nossa história. petroquímicos COMERCIÁRIAS. Pedreiros JORNALISTAS. Jornal da COMPANHEIRISMO.

CECUT JORNAL DA. Construindo a nossa história. petroquímicos COMERCIÁRIAS. Pedreiros JORNALISTAS. Jornal da COMPANHEIRISMO. JORNAL DA CENTRAL ÚNICA DOS TRABALHADORES Informativo da Central Única dos Trabalhadores do Paraná - Ano VIII - nº 32- Maio de 2012 Construindo a nossa história Edição nº 31 - Novembro de 2011 Jornal da

Leia mais

FLUXO ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS E SERVIÇOS COMPLEMENTARES POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009

FLUXO ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS E SERVIÇOS COMPLEMENTARES POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 FLUXO ATIVIDADES ADMINISTRATIVAS E COMPLEMENTARES POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA 2009 Entradas e Saídas de Mercadorias Base 2009 FLUXO, POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO NO ESTADO DA PARAÍBA - 2009

Leia mais

REFORMA SINDICAL: PORTA PRINCIPAL PARA A TÃO FALADA REFORMA TRABALHISTA.

REFORMA SINDICAL: PORTA PRINCIPAL PARA A TÃO FALADA REFORMA TRABALHISTA. REFORMA SINDICAL: PORTA PRINCIPAL PARA A TÃO FALADA REFORMA TRABALHISTA. INTRODUÇÃO Recentemente o Governo Federal, por seu Ministro do Trabalho e Emprego, Ricardo Berzoini, um mineiro de Juiz de Fora

Leia mais

Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura

Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura Fonte: O Globo 'Ficam dizendo que vou sair de novo' Tucano nega plano para 2014 e atribui rejeição à ideia, explorada por adversários, de que deixaria prefeitura Fernanda da Escóssia, Germano Oliveira,

Leia mais

Boletim Informativo. Maio de 2015. * Errata: Tabela Fonte de Dados - Por Estado

Boletim Informativo. Maio de 2015. * Errata: Tabela Fonte de Dados - Por Estado Boletim Informativo Maio de 2015 * Errata: Tabela Fonte de Dados - Por Estado Extrato Geral Brasil EXTRATO BRASIL ÁREA ** 397.562.970 ha 212.920.419 ha 53,56 % Número de Imóveis cadastrados: 1.530.443

Leia mais

Capitalizar é preciso!

Capitalizar é preciso! ME T A L C R E D Agosto/2009 C R E D Informativo Interno da Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Metalúrgicos da Grande São Paulo Ano 1 Nº 2 Capitalizar é preciso! A capitalização é um processo

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRA4007 EDITAL Nº 3/2010 1. Perfil: no. 1 Sol e Praia 3. Qualificação educacional: Pós-graduação em turismo, geografia, educação ambiental, recreação

Leia mais

DICAS LEGAIS ADMINISTRAÇÃO INTERNA DICAS PARA ASSOCIADOS

DICAS LEGAIS ADMINISTRAÇÃO INTERNA DICAS PARA ASSOCIADOS DICAS LEGAIS ADMINISTRAÇÃO INTERNA DICAS PARA ASSOCIADOS Dados importantes na FICHA CADASTRAL Nome completo, sem abreviatura Data de nascimento Filiação (mesmo que falecidos) CPF/RG Nome do cônjuge Endereço/Tempo

Leia mais

08/06/2010. Entrevista do Presidente da República

08/06/2010. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após visita ao banco de sangue de cordão umbilical e placentário - Rede BrasilCord Fortaleza-CE, 08 de junho de 2010

Leia mais

Tamiris Cristine Teodoro de Souza. Rua General Jardim, 36-5º andar- Vila Buarque CEP: 01223-906 - São Paulo- SP. Email: sinasc@prefeitura.sp.gov.

Tamiris Cristine Teodoro de Souza. Rua General Jardim, 36-5º andar- Vila Buarque CEP: 01223-906 - São Paulo- SP. Email: sinasc@prefeitura.sp.gov. 2ªE di ç a or e v i s t aea mpl i a da F e v e r e i r o/2013 2013, Prefeitura do Município de São Paulo É permitida a reprodução total ou parcial desta obra, desde que citada a fonte. PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

Defensoria Pública do Estado de São Paulo Núcleo Especializado dos Direitos do Idoso e da pessoa com Deficiência

Defensoria Pública do Estado de São Paulo Núcleo Especializado dos Direitos do Idoso e da pessoa com Deficiência Defensoria Pública do Estado de São Paulo Núcleo Especializado dos Direitos do Idoso e da pessoa com Deficiência O que é a Defensoria Pública? A Defensoria Pública do Estado é uma Instituição permanente

Leia mais

NOTA TÉCNICA 63 2011 PROPOSTA DE AMPLIAÇÃO DO PROJETO VIDA NO TRÂNSITO

NOTA TÉCNICA 63 2011 PROPOSTA DE AMPLIAÇÃO DO PROJETO VIDA NO TRÂNSITO NOTA TÉCNICA 63 2011 PROPOSTA DE AMPLIAÇÃO DO PROJETO VIDA NO TRÂNSITO Repasse financeiro do Fundo Nacional de Saúde aos Fundos de Saúde Estaduais, Municipais e do Distrito Federal, por meio do Piso Variável

Leia mais

Em 2014, o reajuste salarial será duplo para os administrativos

Em 2014, o reajuste salarial será duplo para os administrativos fetems.federacao www.fetems.org.br 56 EDIÇÃO JUNHO/2013 Em 2014, o reajuste salarial será duplo para os administrativos Edição Especial ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO Página 3 Após negociação com o governo

Leia mais

5 anos da Lei Maria da Penha:

5 anos da Lei Maria da Penha: 5 anos da Lei Maria da Penha: 05 de Agosto Comemoramos nossas conquistas exigindo direitos para todas nós Cinco anos de Lei Maria da Penha: Comemoramos nossas conquistas e repudiamos as desigualdades!

Leia mais

Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015. Perspectivas da economia / Comprometimento de renda. Novembro/2015. Copyright Boa Vista SCPC 1

Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015. Perspectivas da economia / Comprometimento de renda. Novembro/2015. Copyright Boa Vista SCPC 1 Hábitos de Consumo e Compras Fim de ano e Natal 2015 Perspectivas da economia / Comprometimento de renda Novembro/2015 Copyright Boa Vista SCPC 1 Objetivo, metodologia e amostra o Objetivo: Pesquisa para

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2007

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2007 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2007 Altera a Lei n o 8.036, de 11 de maio de 1990, que dispõe sobre o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, e dá outras providências. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Art.

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2011

PROJETO DE LEI Nº, DE 2011 PROJETO DE LEI Nº, DE 2011 (Do Sr. Rogério Carvalho) Altera a Lei nº 4.737, de 15 de julho de 1967, que institui o Código Eleitoral, para vetar a venda e consumo de bebida alcoólica no dia das eleições.

Leia mais

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Diretoria de Estatísticas Educacionais

Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Diretoria de Estatísticas Educacionais Ministério da Educação Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Diretoria de Estatísticas Educacionais RESULTADO DO CENSO DA EDUCAÇÃO BÁSICA 2009 O Censo Escolar, realizado anualmente pelo

Leia mais

Impactos da Lei Geral (LG) nas Micro e Pequenas Empresas no Brasil

Impactos da Lei Geral (LG) nas Micro e Pequenas Empresas no Brasil Impactos da Lei Geral (LG) nas Micro e Pequenas Empresas no Brasil Observatório das MPEs SEBRAE-SP Março/2008 1 Características da pesquisa Objetivos: Identificar o grau de conhecimento e a opinião dos

Leia mais

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego Fevereiro de 2015 - Brasil. Subseção Dieese Força Sindical. Elaboração: 19/03/2015

INFORME CONJUNTURAL. Comportamento do Emprego Fevereiro de 2015 - Brasil. Subseção Dieese Força Sindical. Elaboração: 19/03/2015 INFORME CONJUNTURAL Comportamento do Emprego Fevereiro de 2015 - Brasil Subseção Dieese Força Sindical Elaboração: 19/03/2015 Segundo dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados

Leia mais

RETRATO DA CONSTRUÇÃO CIVIL NA BAHIA EM 2009

RETRATO DA CONSTRUÇÃO CIVIL NA BAHIA EM 2009 Salvador / Ba 2010 Superintendência de Estudos Sociais da Bahia - SEI Diretoria de Pesquisas DIPEQ Coordenação de Pesquisas Sociais COPES RETRATO DA CONSTRUÇÃO CIVIL NA BAHIA EM 2009 Workshop: A Base de

Leia mais

Exerça o democrático direito de voto e escolha seus representantes na Fundação

Exerça o democrático direito de voto e escolha seus representantes na Fundação NÚMERO 21 ABRIL MAIO 2010 Editado pela Assessoria de Comunicação Institucional Exerça o democrático direito de voto e escolha seus representantes na Fundação 02 Candidatos a Diretor de Benefícios participam

Leia mais

Erradicação do Trabalho Infantil. Secretaria de Inspeção do Trabalho Departamento de Fiscalização do Trabalho

Erradicação do Trabalho Infantil. Secretaria de Inspeção do Trabalho Departamento de Fiscalização do Trabalho Erradicação do Trabalho Infantil Secretaria de Inspeção do Trabalho Departamento de Fiscalização do Trabalho Estrutura do MTE para o Combate ao Trabalho Infantil a Serviço da Rede de Proteção à Infância.

Leia mais

PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA ACOMPANHAMENTO DAS CONDICIONALIDADES DA SAÚDE

PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA ACOMPANHAMENTO DAS CONDICIONALIDADES DA SAÚDE PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA ACOMPANHAMENTO DAS CONDICIONALIDADES DA SAÚDE Vilma Ramos de Cerqueira CONDICIONALIDADES DO PBF As Condicionalidades são os compromissos assumidos tanto pelas famílias beneficiárias

Leia mais

Pré-Sal O petróleo que pode mudar o Brasil

Pré-Sal O petróleo que pode mudar o Brasil Pré-Sal O petróleo que pode mudar o Brasil Tarsila do Amaral (Carnaval em Madureira -1924) Cândido Protinari (Samba, óleo sobre tela.1956) Mar O Pré-Sal é Leito oceânico uma dádiva de Deus Arte Petrobras

Leia mais

Cem edições para informar e formar cidadãos!

Cem edições para informar e formar cidadãos! ParaTod Mandato do Deputado Tadeu Veneri-PT nº 100 Dezembro 2014 s Acesse: www.tadeuveneri.com.br facebook.com/tadeuveneri Edição Especial Número 100 Cem edições para informar e formar cidadãos! Do primeiro

Leia mais

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. C/C Itaú. Quando e como receberei o meu benefício?

Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. C/C Itaú. Quando e como receberei o meu benefício? Aposentadoria do INSS. O Itaú explica para você como funciona e esclarece suas dúvidas. O Itaú quer estar presente em todos os momentos da sua vida. Por isso, criamos este material para ajudar você com

Leia mais

F.19 - Cobertura de coleta de lixo

F.19 - Cobertura de coleta de lixo Comentários sobre os Indicadores de Cobertura até 6 F.19 - Cobertura de coleta de lixo Limitações: Requer informações adicionais sobre as condições de funcionamento (freqüência, assiduidade, volume transportado

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO Brasília

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO Brasília SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO Brasília Mensagem eletrônica n.º 229/2015-SIC/DIREX/DPF Prezada Senhora, 1. Trata-se de requerimento de informação

Leia mais

www.unifeb.edu.br PROJETO CUIDA DIREITO do Idoso

www.unifeb.edu.br PROJETO CUIDA DIREITO do Idoso www.unifeb.edu.br Cartilha do Idoso APRESENTAÇÃO OS DIREITOS DOS IDOSOS NO MUNICÍPIO DE BARRETOS ASSISTÊNCIA SOCIAL PENSÃO ALIMENTÍCIA PLANO DE SAÚDE PREVIDÊNCIA SOCIAL INFORMAÇÕES ÚTEIS APRESENTAÇÃO Essa

Leia mais

CREDITO SUPLEMENTAR E G R M I F FUNC PROGRAMATICA PROGRAMA/ACAO/SUBTITULO/PRODUTO S N P O U T VALOR F D D E 0083 PREVIDENCIA SOCIAL BASICA 48553400

CREDITO SUPLEMENTAR E G R M I F FUNC PROGRAMATICA PROGRAMA/ACAO/SUBTITULO/PRODUTO S N P O U T VALOR F D D E 0083 PREVIDENCIA SOCIAL BASICA 48553400 ORGAO : 33000 - MINISTERIO DA PREVIDENCIA SOCIAL UNIDADE : 33201 - INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL ANEXO CREDITO SUPLEMENTAR PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES - R$ 1,

Leia mais

Olhando para o Futuro: como preparar sua aposentadoria

Olhando para o Futuro: como preparar sua aposentadoria Olhando para o Futuro: como preparar sua aposentadoria Olhando para o Futuro: como preparar sua aposentadoria Prof. William Eid Junior Professor Titular Coordenador do GV CEF Centro de Estudos em Finanças

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO 2013 - PROGRAMA NOSSAS CRIANÇAS

EDITAL PROCESSO SELETIVO 2013 - PROGRAMA NOSSAS CRIANÇAS EDITAL PROCESSO SELETIVO 2013 - PROGRAMA NOSSAS CRIANÇAS O seguinte edital tem por objetivo convidar organizações da sociedade civil a participarem do processo de seleção de projetos para obtenção de apoio

Leia mais

CONCURSO BANCO DO BRASIL -2015

CONCURSO BANCO DO BRASIL -2015 CONCURSO BANCO DO BRASIL -2015 A hora é agora! Dê o seu primeiro passo, que é querer ser aprovado, daí então conquiste sua vaga com sucesso em uma das seleções para servidor do Banco do Brasil, tendo a

Leia mais

Indicador do PIB Trimestral Espírito Santo IV Trimestre de 2011

Indicador do PIB Trimestral Espírito Santo IV Trimestre de 2011 Indicador do PIB Trimestral Espírito Santo IV Trimestre de 2011 Vitória, 29 de Maio de 2012 Indicador de PIB trimestral 17 atividades econômicas pesquisadas, em consonância com os setores das Contas Regionais

Leia mais

MINISTÉRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL ATENDIMENTO À PESSOA IDOSA

MINISTÉRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL ATENDIMENTO À PESSOA IDOSA MINISTÉRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL ATENDIMENTO À PESSOA IDOSA BRASIL Ü 2025 32 milhões de idosos 6º LUGAR NO MUNDO 2002 15 milhões de Idosos LEGISLAÇÃO DE PROTEÇÃO SOCIAL PARA O IDOSO Lei Orgânica da Assistência

Leia mais

como Política Pública de Estado

como Política Pública de Estado como Política Pública de Estado Brasil 27 estados 5.565 municipios 190 milhoes ha 60 milhoes de 0 a 18 anos. Constituicao Federal de 1988 Art. 227. É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar

Leia mais

Companheiros e companheiras,

Companheiros e companheiras, Companheiros e companheiras, Utilizada sob o falso argumento de modernizar as relações de trabalho e garantir a especialização no serviço, a terceirização representa na realidade uma forma de reduzir o

Leia mais