Projeto APE Coleção Falando de... Uso d e E ne n rg r ia 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Projeto APE Coleção Falando de... Uso d e E ne n rg r ia 1"

Transcrição

1 Uso de Energia 1

2 Uso de Energia Coleção: Falando de... O Projeto APE Ações Preventivas na Escola através da abordará nesta edição o tema. Esta coleção visa subsidiar as ações desenvolvidas junto a comunidade. Contribua conosco, enviando materiais de apoio que possam ser editados e venham à compor as nossas próximas edições. Boa leitura! Excelente desenvolvimento de suas atividades! Elaboração: Lucilene Aparecida Pereira da Silva Monitora Educacional (D.E. Santos) Colaboradores: Cintia Lima de Oliveira Monitora Educacional (D.E. Santos) Revisão Técnica: Dra. Gilka Barbosa Lima Nery Coordenadora do Programa de atendimento ao queimado da Secretaria Estadual de Saúde do Estado de São Paulo - PAQ Coordenadora de tratamento de queimaduras na unidade de Santa Casa de São José dos Campos/SP Este material foi elaborado para o Projeto APE Ações Preventivas na Escola, e é de uso livre, desde que citado a fonte. Contato: 2

3 Índice Introdução 4 Agentes causadores (tipos) de queimaduras 5 s térmicas 6 Vapor 6 Líquidos Quentes 6 Chama Direta 7 Fogo 7 Contato 7 s elétricas 8 Choque elétrico 8 química 9 por Irradiação 10 Classificação das queimaduras quanto à profundidade 11 de Primeiro grau 11 de Segundo grau 11 de Terceiro grau 11 Como proceder logo após o acidente 12 Rede especializada na Capital 12 Prevenção 13 Acidentes domésticos com crianças 13 Acidentes domésticos 15 Botijões de gás 16 Álcool 17 Acidentes no trabalho 18 Dicas de como evitar os acidentes de trabalho 19 Acidentes na escola 19 Acidentes com fogo 20 Dicas de como evitar acidentes com fogos de artifício 21 Acidentes com pipas na rede elétrica 21 Dicas de como evitar acidentes com pipa na rede elétrica 22 solar 22 Bronzeadores caseiros 23 Dicas para um bronzeado saudável 26 Trabalhando queimadura 29 Passatempos e desenhos para colorir 29 Sugestões de atividades 46 Sugestões de possíveis parcerias 61 Fontes pesquisadas e sites sugeridos 62 3

4 Introdução Na Idade Média, as guerras religiosas, políticas e econômicas eram comuns sacrificando o homem à fogueira, como a dos Cem Anos, em que Joana D'Arc foi queimada viva em Ruão em 1431 e tantos outros foram condenados por heresia e feitiçaria pela Inquisição do Estado e da Igreja. A Idade Antiga foi marcada por guerras de posse pela terra e poder. No Egito, por volta de 280 a.c., era criado o primeiro Farol da História em Alexandria, considerado uma das sete maravilhas do Mundo Antigo, cujo fogo iluminava o Porto orientando as embarcações à noite no mar. Neste mesmo período, o mel era associado a outras especiarias na conservação de múmias e utilizado no tratamento de queimaduras. O termo queimadura refere-se ao resultado da ação direta ou indireta do calor sobre o organismo. s são lesões na pele e podem ser provocadas pelo calor, radiação, eletricidade, produtos químicos e certos animais e vegetais Embora seu significado literal englobe apenas as lesões térmicas, o termo queimadura vem sendo empregado para designar lesões traumáticas decorrentes também da exposição a agentes químicos, elétricos, biológicos ou radioativos. Essas lesões compartilham características clínicas semelhantes, resultando na destruição de uma ou mais camadas teciduais. Além disso, dependendo da gravidade, podem causar alterações sistêmicas por vezes importantes e levar a infecções subjacentes, com sepse, falência de múltiplos órgãos e sistemas (FMOS) e óbito. Estima-se que no Brasil ocorra um milhão de acidentes por ano, sendo que cem mil pacientes procurarão atendimento hospitalar e, destes, cerca de dois e quinhentos pacientes irão falecer, direta ou indiretamente de suas lesões. 4

5 Chamamos a atenção para o fato de que 2/3 dos acidentes com queimaduras acontecem em casa, atingindo em sua maioria adolescente e crianças, sendo que os adolescentes se acidentam mais com líquidos combustíveis e as crianças com líquido superaquecido. Dentre os combustíveis, o álcool no Brasil vem se sobressaindo de maneira cada vez mais destacada, ocupando uma posição ímpar no mundo. É o único país com esta estatística, por um costume popular de se limpar tudo com álcool, sendo inclusive de fácil aquisição em qualquer supermercado, guardado em locais de fácil acesso às crianças: é responsável sozinho por quase 20% de todas as queimaduras em nosso país. Em nenhum outro existe, uma estatística de álcool, nem sendo mesmo mencionado. No Brasil ainda são muito poucas as estatísticas sobre queimaduras. Quanto ao agente causador da lesão, crianças costumam se queimar com líquidos superaquecidos, enquanto a maioria dos adultos jovens sofre queimadura por líquidos inflamáveis. Já em relação à gravidade, os extremos de idade apresentam as maiores taxas de mortalidade. AGENTES CAUSADORES (TIPOS) DE QUEIMADURAS: Físicos Tem origem no calor ou no frio, através de exposição, condução ou radiação eletromagnética. Temperatura: vapor, objetos aquecidos, água quente, chama, etc. Eletricidade: corrente elétrica, raio, etc. Radiação: sol, aparelhos de raios-x, raios ultravioleta, nucleares, etc. Químicos Produtos corrosivos que podem ser bases fortes ou de origem ácida. Produtos químicos: ácidos, bases, álcool, gasolina, etc. Biológicos São as queimaduras provocadas por animais e vegetais. Animais: lagarta-de-fogo, água viva, medusa, etc. Vegetais: látex de certas plantas, urtiga, etc. Dependendo destes agentes as queimaduras podem ser classificadas em queimaduras térmicas, elétricas e químicas. 5

6 QUEIMADURAS TÉRMICAS São aquelas causadas por agressão ao frio (congelamento) ou pelo calor (sólidos, líquidos, ou gases aquecidos), e são as mais frequentes. Não interessa qual a profundidade da queimadura térmica, o primeiro cuidado é o da interrupção da atividade agressiva aos tecidos orgânicos do agente agressor. Agressão pelo frio (congelamento) ou pelo calor (sólidos, líquidos, ou gases aquecidos. Vapor As queimaduras causadas por vapor normalmente não são muito profundas, uma vez que a transmissão do calor pelo ar quente é menor do que um líquido quente derramado sobre a pele, por exemplo, além do que normalmente o paciente que entra em contato com o vapor quente se defende imediatamente não se expondo ao agente por muito tempo. Normalmente as queimaduras causadas por vapor são de primeiro, no máximo de segundo grau. Líquidos Quentes 6

7 Muito comum na cozinha, o derramamento de líquidos quentes sobre o corpo causa queimaduras de até segundo grau profundo ou terceiro grau, a depender da temperatura do líquido, de sua facilidade de retirada e do tempo de exposição. Por exemplo, uma queimadura com água quente deve ser menos profunda do que uma queimadura por mel quente, mesmo estando ambos na mesma temperatura. Chama Direta Ocorre quando uma pessoa se expõe diretamente ao fogo externo, por exemplo, no caso de uma explosão de um fogão caseiro, a chama queima por um período curto e as lesões são de menor importância, do que quando o próprio corpo do paciente está em chamas. Fogo Nestes casos, o próprio corpo está em chamas, e as lesões são mais sérias do que nos casos de chama direta. O tempo de exposição ao agente causador da queimadura (álcool, gasolina, óleo, etc.) é maior do que na chama direta e muitas vezes a queimadura chega facilmente a terceiro grau. Contato Da mesma forma que nos líquidos quente, pode-se queimar ao entrar em contato com uma superfície quente, como uma chapa quente, ou até mesmo andar descalço em um asfalto quente, por exemplo. Um cuidado que os paramédicos tomam ao atender um acidente de trânsito é não deixar a vítima estendida no asfalto, pois pode haver queimadura profunda. 7

8 QUEIMADURAS ELÉTRICAS A queimadura elétrica é uma lesão ocasionada por uma corrente elétrica que passa pelos tecidos. Esta é parte dos adventos da sociedade moderna, causando lesões graves que afetam a qualidade de vida de vários pacientes. Estas lesões envolvem geralmente adultos e jovens e contribuem por 1,7 a 20 por cento de todos os tipos de queimaduras. As queimaduras elétricas diferem das outras etiologias de lesão térmica, com exceção das queimaduras ocasionadas por raio, por ter a tendência de acometer uma superfície corporal relativamente pequena, mas causando invariavelmente lesões em estruturas profundas. Este tipo de queimadura é especial, pois dependendo da corrente elétrica pode atingir órgãos internos na passagem da corrente, "cozinhando-os como num microondas, pode ainda causar PARADA ou ARRITIMIA cardíaca uma vez que o coração funciona através de estímulos elétricos. Choque elétrico É a passagem de corrente elétrica pelo nosso corpo. Para que isso ocorra é necessário que tenhamos contato com uma fonte de energia elétrica (porta de entrada), e um lugar que permita contato com a terra (porta de saída). A queimadura é uma das lesões provocadas pelo choque elétrico. A gravidade dos efeitos vai depender de alguns fatores; Da intensidade ou amperagem da descarga elétrica; 8

9 Do tempo em que a vítima ficou exposta a ela; Da resistência do corpo da vítima; Do trajeto do corpo; Jamais toque em uma vítima de acidente elétrico até ter certeza de que você não corre risco de levar um choque. química É causada pelo derramamento de produtos químicos corrosivos sobre a pele ou a ingestão dos mesmos. A queimadura química é a destruição parcial ou total de moléculas, células ou estrutura da pele/olho devido ao ataque de um produto químico irritante ou corrosivo (Reação Química). A importância da modificação de tecidos irá caracterizar o grau da queimadura. O mecanismo da queimadura química se dá em 3 etapas: O contato com o produto agressivo: início do processo; A penetração; A reação: que constitui a queimadura; Dependendo da natureza do agressivo e de outros fatores, temos de alguns segundos a alguns minutos para interferir com eficiência, entre o contato e a reação. Fatores que influenciam a gravidade da queimadura: Natureza do produto; Concentração; Tempo de contato; Temperatura do produto agressivo; 9

10 Para descontaminar com eficiência todos os tipos de projeções químicas, é preciso remover rapidamente o produto agressivo da superfície para evitar a penetração. Ácidos O mais comum é o ácido clorídrico (também conhecido por ácido muriático), muito usado na limpeza de pisos. O grau de lesão depende da concentração do ácido e do tempo de exposição. De um modo geral, as queimaduras por ácidos são mais superficiais do que as queimaduras por bases. Estas continuam queimando por um tempo mais prolongado e têm um poder maior de penetração nos tecidos. Bases Como mencionado acima, têm um poder maior de penetração em tecidos e são também de uso doméstico na forma de soda cáustica. As lesões mais comumente encontradas em pronto-socorro são lesões oculares por respigar soda cáustica nos olhos e lesões do esôfago por tentativa de suicídio, o que normalmente não mata, mas leva a uma estenose (estreitamento) do esôfago (tubo que vai da boca ao estômago). por Irradiação As lesões mais comumente causadas por irradiação são pelo sol. s por sol podem ser de primeiro ou segundo grau (com bolhas) e podem ser potencializadas por produtos químicos, como a folha de figo (utilizada erroneamente para bronzeamento), que contém uma substância denominada psoraleno, que ajuda a aumentar a queimadura. Outros exemplos de queimadura por irradiação são aquelas decorrentes de radioterapia, como no tratamento coadjuvante de câncer de mama. A pele vai adquirindo um aspecto fibrótico, com perda da elasticidade, esclerose de vasos sanguíneos e pode apresentar telangiectasias. 10

11 Classificação das queimaduras quanto à profundidade de Primeiro grau. São queimaduras leves onde ocorre uma vermelhidão no local seguido de inchaço e dor variável, não se formam bolhas e a pele não se desprende. Na evolução não surgem cicatrizes, mas pode deixar a pele um pouco escura no início, tendendo a se resolver por completo com o tempo. É considerada queimadura leve, e pede socorro médico apenas quando atinge grande extensão do corpo. Ex: queimadura solar. de Segundo grau. Nessas queimaduras ocorre uma destruição maior da epiderme e derme, O local fica vermelho, inchado e com bolhas. Há liberação de líquidos e a dor é intensa. Se for um ferimento pequeno, é considerada queimadura leve. Nos outros casos, já é de gravidade moderada. É grave quando a queimadura de segundo grau atinge rosto, pescoço, tórax, mãos, pés, virilha e articulações, ou uma área muito extensa do corpo. Ex: escaldaduras. de Terceiro grau. Neste caso há uma destruição total de todas as camadas da pele, podendo o local ficar esbranquiçado ou carbonizado (escuro). A dor é geralmente pequena, pois a queimadura é tão profunda que chega a danificar as terminações nervosas da pele. Pode ser muito grave e até fatal dependendo da porcentagem de área corporal afetada. Na evolução, sempre deixam cicatrizes podendo necessitar de tratamento cirúrgico e fisioterápico posterior para retirada de lesões e aderências que afetem a movimentação. Tardiamente, algumas 11

12 cicatrizes podem ser foco de carcinomas de pele e por isso o acompanhamento destas lesões é fundamental. Ex: queimaduras por contato direto com chama. COMO PROCEDER LOGO APÓS O ACIDENTE Lavar o local com água fria e corrente imediatamente, e, se possível, deixar alguns minutos na água para diminuir a temperatura local. Deve-se em seguida procurar um hospital especializado. Rede especializada na Capital: Hospital do Servidor Público Estadual (atende toda comunidade) Rua Pedro de Toledo, º andar Ibirapuera CEP São Paulo (SP) Tel.: (11) / / Fax: (11) Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Rua Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, 225 Cerqueira César (Metrô Clínicas) CEP São Paulo (SP) Tel.: (11) Hospital Geral da Vila Penteado Av. Ministro Petrônio Portela, 1642 CEP São Paulo (SP) Tel.: (11) Hospital Geral de São Mateus Rua Ângelo de Candia, 541 São Mateus CEP São Paulo (SP) Tel.: (11) Ramal 170 Fax: (11)

13 Hospital Municipal Dr. Carmino Caricchio Av. Celso Garcia, 4815 Tatuapé CEP São Paulo (SP) Tel./Fax: (11) Hospital São Paulo (UNIFESP) Rua Napoleão de Barros, 715 Vila Clementino CEP: São Paulo (SP) Tel. (11) Conheça outros locais acessando: PREVENÇÃO A prevenção é a melhor forma de combater as queimaduras, uma vez que elas são resultado de um acidente o que torna possível evitá-los. Existem vários tipos de acidentes domésticos, aos quais estamos todos expostos, por falta de informação ou por alguma atitude mais negligente. ACIDENTES DOMÉSTICOS COM CRIANÇAS. Em época das férias escolares a tendência é que as crianças fiquem mais tempo em casa e, com isso, aumente o risco de acidentes domésticos. Por este motivo formulamos dicas para evitar acidentes graves como queimaduras com a criançada. As crianças não devem ter acesso a eletrodomésticos, fósforos e isqueiros; somente adultos devem usá-los. As crianças pequenas não devem entrar na cozinha; se houver necessidade, precisam ser continuamente supervisionadas. Não é seguro lidar com líquidos. Mantenha as crianças longe da cozinha se o forno ou fogão estiverem sendo utilizados. Não deixar as crianças junto a fontes de calor (lareira, aquecedor, radiador...) substâncias facilmente inflamáveis. 13

14 Para impedir os choques elétricos medidas simples é a solução. Coloque dispositivos que fechem as tomadas e oriente as crianças sobre os riscos de brincar perto dos fios da rede elétrica. Coloque dispositivos para vedar tomadas de energia elétrica; Só permita que as crianças empinem pipas em campos abertos, com boa visibilidade, sem a presença de fios e postes de eletricidade. Oriente-as quanto aos riscos do uso do cerol e de retirar a pipa caso enrosque na rede Evitar guardar alimentos como doces e biscoitos, em prateleiras ou armários por cima do fogão. Não usar toalhas compridas na mesa de refeições, evitando que a criança possa puxá-la e derramar sobre si alimentos quentes. Evitar fumar ou transportar substâncias quentes, quando estiver com um bebê ou crianças por perto. Colocar isqueiros, fósforos, álcool e outras substâncias inflamáveis e corrosivas, em armários fechados, longe do alcance das crianças. Testar e misturar à água do banho da criança, colocando primeiro a água fria e depois a quente, de forma a certificar-se da sua temperatura. Agitar, misturar e provar os alimentos e líquidos aquecidos no microondas antes de dar à criança, uma vez que frequentemente não alcançam uma temperatura uniforme. Manter aparelhos, tais como, máquinas de barbear e depilar, secadores de cabelo, aquecedores, etc... Afastados da água e longe das crianças. Colocar panelas nos bicos de trás e com os cabos voltados para a parede ou interior do fogão enquanto estiver cozinhando. Evitar a presença de criança na cozinha enquanto está a cozinhar. Proteger as tomadas elétricas com protetores. Proteger a lareira com grades. Não abandonar o ferro de passar ligado. Evitar a exposição solar nas horas de maior calor (10h00min às 17h00min) e sempre protegida com protetor solar. Explicar sempre tudo às crianças para que possam gradualmente adquirir a noção de perigo. Mantenha produtos químicos fora do alcance das crianças, principalmente quando houver chama por perto. Cuidado com as velas. Elas devem ficar longe dos pequenos, bem como de cortinas e lençol. Ao sair de casa, apague-as. Fogos de artifícios nunca devem ser manipulados por crianças. Mantenha-as longe deles. 14

15 ACIDENTES DOMÉSTICOS Evitar ligar vários aparelhos eletrônicos na mesma tomada - risco de sobrecarga elétrica e consequentemente de um curto circuito. Alterar as instalações elétricas improvisadas, nunca deixar fios desencapados, protegendo-se de um possível choque elétrico. 15

16 Desligar o quadro geral quando pretender reparar uma instalação elétrica, ou mesmo substituir uma lâmpada para sua segurança. Desligar ou desconectar os transformadores da eletricidade quando não estão a recarregar aparelhos. Não utilizar produtos inflamáveis, tais como: álcool, acendalha líquida, gasolina, etc... para fazer churrascos ou acender a lareira. Utilizar as panelas de pressão de acordo com as instruções, nunca abrir sob pressão. Não utilizar produtos químicos para a limpeza doméstica, como por exemplo, a soda cáustica. Nunca utilizar água para apagar alimentos ou óleo incendiado no fogão, tape com uma tampa para eliminar o oxigênio. Não deitar com cigarro aceso (melhor evitar fumar). Observar a temperatura do banho quente. Verifique sempre o botijão de gás (GLP), observando se não existe vazamento, usar mangueira própria para este tipo de ligação, respeitar a validade. Botijões de gás Ao comprar um produto, verifique sempre se não está amassado, enferrujado ou com vazamentos; Olhe a validade da mangueira plástica; Não deixe o botijão em local sem ventilação ou próximo aos ralos; Não busque vazamentos no botijão usando fósforos, velas ou isqueiros, pois poderá ocorrer uma explosão. Os bombeiros recomendam um teste com água para saber se há vazamento. Se existir, vão surgir bolhas; O botijão de gás nunca explode, porque tem uma válvula de segurança que impede a entrada de oxigênio. O procedimento mais adequado em uma emergência é baixar essa válvula e retirar o botijão do local. O fogo pode entrar no recipiente quando houver uma falha de fabricação, mas isso é raro. Nunca deite o botijão; 16

17 Se sentir cheiro de gás ao entrar em um cômodo, abra portas e janelas, feche o registro de gás, não acenda a luz, não acione interruptores, não ligue nem desligue nenhum equipamento elétrico, desligue a chave geral de eletricidade, não acenda fósforos, velas ou isqueiros e não fume, pois uma pequena faísca pode provocar uma explosão; Ao sair de casa, feche o registro do gás e nunca deixe uma panela no fogo. Álcool Evite o uso de álcool líquido e outros líquidos inflamáveis para acender churrasqueiras e fogueiras, pois o frasco pode explodir; Não utilize álcool engarrafado diretamente sobre fogo, na forma de jato, pois pode ocorrer uma grave explosão. Muitas vezes a chama está presente, mas é pouco visível; Dê preferência aos tabletes acendedores e álcool gel, que não escorre e restringe a área atingida em caso de queimaduras. Não compre álcool combustível em postos de gasolina, pois é perigoso. Evite o uso de álcool líquido na limpeza doméstica e opte por produtos menos perigosos, à disposição nos supermercados; Em 2002, a venda do álcool líquido foi proibida. De lá para cá, o número de internações caiu 30%, principalmente entre as crianças. Porém, em menos de um ano as empresas fabricantes conseguiram liminares na Justiça permitindo a retomada das vendas; Atualmente, está tramitando na Câmara dos Deputados um novo projeto de lei que defende a venda de álcool líquido apenas para laboratórios científicos e consultórios médicos, e proíbe a aquisição do produto para uso doméstico. 17

18 ACIDENTES NO TRABALHO Os acidentes de trabalho por queimadura são frequentes. Acontecem em fábricas de químicos e podem ser provocados por avarias de sistemas ou mesmo por erro humano. As queimaduras elétricas surgem também no contexto de trabalho, por explosão de quadros elétricos; por intervenções de eletricistas mal sucedidas; por descumprimento de normas de segurança junto a postes ou caixas de alta tensão; má manipulação de aparelhos elétricos, etc. Incêndios nos locais de trabalho, resultantes de curtos circuitos e de fontes de calor mal apagadas, é também a causa de queimaduras graves. 18

19 Dicas de como evitar os acidentes de trabalho: Produtos químicos devem ser armazenados em recipientes especiais e manipulados com equipamentos de proteção; Temperaturas extremas Confiram se as máquinas possuem sistema de dissipação de calor ou resfriamento, para que as temperaturas extremas não fiquem concentradas. Risco de incêndio e/ou explosão Analise o risco de formação de mistura explosiva devido a emanação de solventes voláteis que possam entrar em contato com faíscas. Radiação Verifique se há risco na emissão radioativa, como de raios X, Gama, Beta, Alfa ou feixes de nêutrons. Alguns são utilizados no controle de qualidade de materiais. Risco elétrico. Trabalhadores ficam em contato direto com alguma parte energizada? Ou é alta a possibilidade de falhas provocarem descarga elétrica em seus componentes? Cheque se a máquina está devidamente aterrada e se o sistema de acionamento elétrico é protegido, evitando sobrecargas ou faíscas. ACIDENTES NA ESCOLA As crianças passam a maior parte do tempo na escola. Por isso, é importante que esse ambiente garanta a segurança delas. Ultimamente, quando você ouve falar sobre segurança nas escolas, o pensamente inicial refere-se à violência. No entanto, existem também outros perigos no ambiente escolar, como os acidentes. Estratégias educativas: orientação e educação das pessoas no aprendizado das condutas preventivas. Manter a instalação elétrica em bom estado de conservação. 19

20 Manter funcionários treinados para receber a criança e conversar com o responsável. Manter extintor de incêndio sinalizado e dentro do prazo de validade, além de pessoal treinado para agir. Em caso de incêndio (saber usar o extintor, definir procedimentos e rota de fuga em caso de necessidade) Manter portas com abertura para fora (para facilitar a saída em situações de emergência) e com dispositivo que evitem seu fechamento brusco. Orientar sobre o uso de substâncias tóxicas dos laboratórios, (devem estar sempre armazenados fora do alcance das crianças). ACIDENTES COM FOGOS Uma das marcas registradas dos festejos juninos são os fogos de artifício, mas, caso não sejam manipulados adequadamente, podem ocasionar graves acidentes. Os tipos de queimaduras mais comuns nesse período são as causadas por foguetes ou bombinhas caseiras. Existem casos em que os pacientes ficam com cicatrizes, deformidades, incapacidade funcional podendo chegar até a perda do membro afetado. 20

21 Dicas de como evitar acidentes com fogos de artifício. Procure sempre comprar fogos de artifício em lojas especializadas e certificadas pelo CBM. Armazene os fogos em local frio, seco e longe do alcance das crianças; Não exponha a sua integridade física ou de terceiros a risco iminente de acidente com fogos de artifício, como por exemplo, guardando-os ou transportando-os nos bolsos; Leia e siga as instruções na embalagem; No uso de bebida alcoólica, não solte fogos de artifício, pois aumenta o risco de acidentes; Solte foguetes semente em locais abertos e em direção oposta às pessoas: longe de escolas, igrejas etc.; Não reutilize os fogos que tenham falhado; Nunca faça experiências, modifique ou tente fazer seus próprios fogos de artifício; Em caso de show pirotécnico contrate um profissional especializado; Lembre-se: soltar balões é crime. Acidentes com pipas na rede elétrica Em tempo de férias, colocar uma pipa no céu é uma boa opção de lazer para a garotada. Mas a brincadeira, aparentemente inocente, que começa desde a construção da pipa, pode resultar em acidentes graves se não forem observados aspectos ligados à segurança. 21

22 Dicas de como evitar acidentes com pipa na rede elétrica: Nunca solte pipa perto de antenas, postes e fios elétricos; Prefira locais abertos, como parques ou campos; Nunca empine pipas em lugares altos, como telhados ou lajes. De tanto olhar para cima, a criança pode tropeçar e cair; Brincar de soltar pipa em dias de chuva é muito perigoso devido aos raios. Só faça isso quando o tempo estivaer bom; Jamais utilize linha metálica, como fio de cobre de bobinas; Também não faça pipas com papel laminado porque o risco de choque elétrico é grande; Tente soltar pipa sem rabiola, como as arraias. Na maioria dos casos, a pipa se prende na rede elétrica por causa da rabiola; Se a pipa enroscar em fios, não tente tirá-la. É melhor fazer outra. E nunca use canos, vergalhões ou bambus para tentar removê-la; Ao correr atrás das pipas, muito cuidado com o trânsito. Tenha atenção especial com os motociclistas e ciclistas. A linha da pipa pode ser perigosa para eles. solar Uma queimadura solar é uma queimadura na pele produzida pela superexposição à radiação ultravioleta (UV), geralmente dos raios solares. Uma queimadura semelhante pode ser produzida por uma superexposição a outras fontes de UV como lâmpadas de bronzeamento, ou profissionalmente, em soldadores. A exposição da pele a quantidades cada vez menores de UV frequentemente produz um bronzeamento solar. Os sintomas usuais são pele avermelhada e quente ao toque, sensação de ardor e leve tontura. 22

23 As queimaduras solares podem ameaçar a vida e são causa de muitos tipos de câncer. Elas podem ser evitadas facilmente através do uso de filtro solar, roupas (e chapéus), e com a limitação do tempo de exposição solar, especialmente durante o período do meio dia e tarde. A única cura para a queimadura da pele é a lenta recuperação, embora cremes de pele possam ajudar. Bronzeadores caseiros As receitas caseiras sempre fazem muito sucesso, as pessoas em busca de resultados satisfatórios sem gastar muito, apelam as receitinhas que produzem um resultado próximo ao obtido com produtos industrializados. Receitas como coca-cola, óleo de cozinha, entre outros preparados que potencializam o bronzeado podem trazer danos a pele, que na maioria das vezes são irreversíveis e muito graves, dentre eles o câncer de pele. Com relação aos bronzeadores caseiros, a fórmula mais conhecida e perigosa é a receita à base de folha de figo, que causa ferimento na pele já na aplicação e possui uma substância química chamada psoraleno que é extremamente sensibilizante a nossa pele, e reage ao sol agravando as queimaduras. A aplicação dessas receitas pode deixar marcas definitivas na pele. Esse tipo de acidente é mais comum do que parece, o HGB mesmo não tendo Setor de Queimados recebe vários casos de acidentados, principalmente mulheres jovens, com queimaduras causadas pelo uso de bronzeador caseiro. As pessoas que querem conseguir uma pele bronzeada sem correr riscos, devem ter paciência e tomar sol aos poucos, antes das 10h e depois das 16h, sempre utilizando protetor solar. Segundo os médicos, a melhor solução para prevenir esses acidentes é alertar a população de que não se devem usar em hipótese alguma receitas de bronzeadores caseiros. Além dos perigos do envelhecimento precoce, a exposição excessiva ao sol também acarreta câncer de pele. Quando for à praia, evite as horas de maior calor, entre as 11 e as 17 horas, e use um protetor solar com um mínimo de fator 15, mesmo com o céu nublado. Aplique-o a cada duas horas e quando for à água. 23

24 Alguns medicamentos podem aumentar a sensibilidade ao sol. Tenha cuidado se tomar antibióticos ou analgésicos. No início das férias, não se exponha durante muitas horas seguidas ao sol. Primeiro, deixe a pele habituar-se aos raios solares e continue a protegêla nos primeiros dias. Movimente-se e molhe-se frequentemente e não adormeça ao sol, para evitar queimaduras. As crianças e pessoas com a pele clara devem usar um fator de, pelo menos, 25. A pele das crianças é mais sensível aos raios ultravioletas do que a dos adultos. Muitos cancros de pele têm origem em escaldões durante a infância. Depois de aplicar o protetor, ponha um boné. Até aos seis meses, não leve sequer os bebês para a praia, porque a sua pele é demasiado sensível. Limonada e caipirinha parecem combinar muito bem com praia, sol e verão. Mas o descuido na hora de manusear essas bebidas ou o próprio limão poderá resultar muitas vezes em queimaduras de 1º e 2º graus e manchas escuras, que ardem ou formam bolhas. A Fitofotodermatose é a reação de um vegetal (fito) na pele (dermatose) sob a ação da luz (foto). É essa resposta que ocorre quando manuseamos limão sob o sol e não lavamos bem as partes da pele atingidas pelos respingos ou pela própria fruta. As consequências são vermelhidão, bolhas e escurecimento da pele. 24

25 A exemplo do limão, algumas frutas e plantas, como figo, caju, tangerina, são ricas em uma substância fotossensibilizante chamada furocumarina. Quando entra em contato com a pele, esse composto é rapidamente absorvido e, com a exposição ao sol, provoca uma reação fotoquímica parecida com uma queimadura. A mancha resultante desse processo é de cor amarronzada e aspecto variado depende de como ocorreu o contato com a fruta ou o suco. A intensidade também depende do quanto foi absorvido pela pele, da intensidade do sol e do tempo em que a pele esteve exposta. O que é? A mancha causada pelo limão é uma reação alérgica da pele exposta ao sol após o contato com determinadas plantas ou suco de algumas frutas. Como se manifesta? As manchas escuras e de formatos variados aparecem ao longo da exposição solar e tendem a ficar mais escurecidas 24 horas após esse momento. As regiões mais frequentemente afetadas são o dorso das mãos, o colo e os lábios. Exposições muito intensas podem originar manchas avermelhadas e até bolhas, acompanhadas de ardência no local atingido. Como evitar? Fique atento ao tomar limonada e caipirinha na praia (beba em pequenos goles ou use um canudinho) e evite manusear o suco de frutas e se expor ao sol. Se for fazê-lo, lave muito bem as mãos com água e sabão, passe bloqueador solar no local. Queimou. E agora? Compressas de soro fisiológico ou chá de camomila frio ajuda a aliviar a ardência no local da mancha. Caso haja uma reação mais intensa, com a formação de bolhas, por exemplo, procure atendimento médico. Como tratar? As manchas desaparecem gradativamente de três a oito semanas após o aparecimento. Durante esse período, evite expô-las ao sol ou proteja o local com bloqueador solar. 25

Corpo de Bombeiros. São Paulo

Corpo de Bombeiros. São Paulo Corpo de Bombeiros São Paulo ACIDENTES E INCÊNDIOS DOMÉSTICOS ADULTOS Acidentes Os acidentes domésticos são muito comuns. Mesmo com todo o cuidado, há objetos e situações que podem tornar todas as divisões

Leia mais

05 Queimaduras em cozinhas

05 Queimaduras em cozinhas 05 Queimaduras em cozinhas As queimaduras mais comuns são as provocadas por líquidos e a maioria das vítimas são as crianças. O álcool líquido está envolvido em grande parte dos acidentes que provocam

Leia mais

Introdução. Esses acidentes são os mais variados possíveis. Ingestão de água sanitária ou outros

Introdução. Esses acidentes são os mais variados possíveis. Ingestão de água sanitária ou outros Introdução Quase todos os dias vemos nos noticiários ou ouvimos dos colegas relatos de acidentes ocorridos em residências, principalmente com crianças. Estatísticas de acidentes indicam que acidentes fatais

Leia mais

FÉRIAS ESCOLARES ACIDENTES DOMÉSTICOS

FÉRIAS ESCOLARES ACIDENTES DOMÉSTICOS FÉRIAS ESCOLARES X ACIDENTES DOMÉSTICOS As férias escolares exigem mais cuidados com os acidentes domésticos porque as crianças ficam mais tempo em casa e isso aumenta o risco de ocorrerem acidentes que

Leia mais

Corpo de Bombeiros. São Paulo

Corpo de Bombeiros. São Paulo Corpo de Bombeiros São Paulo ACIDENTES E INCÊNDIOS DOMÉSTICOS ADULTOS E IDOSOS Acidentes Os acidentes domésticos são muito comuns. Mesmo com todo o cuidado, há objetos e situações que podem tornar todas

Leia mais

Acidentes domésticos podem ser prevenidos. Entre pediatras e especialistas da área de cuidados com as crianças, é senso comum que, se os responsáveis

Acidentes domésticos podem ser prevenidos. Entre pediatras e especialistas da área de cuidados com as crianças, é senso comum que, se os responsáveis Acidentes domésticos podem ser prevenidos. Entre pediatras e especialistas da área de cuidados com as crianças, é senso comum que, se os responsáveis tivessem mais orientações ou tomassem mais cuidado

Leia mais

Manual de Consumo Consciente de Energia. Veja se você está aproveitando a energia com todo o conforto e segurança que ela traz.

Manual de Consumo Consciente de Energia. Veja se você está aproveitando a energia com todo o conforto e segurança que ela traz. Manual de Consumo Consciente de Energia. Veja se você está aproveitando a energia com todo o conforto e segurança que ela traz. Quando você utiliza energia de forma eficiente, todo mundo sai ganhando.

Leia mais

Dicas de Prevenção de Acidentes com Crianças

Dicas de Prevenção de Acidentes com Crianças Dicas de Prevenção de Acidentes com Crianças Queimaduras Acidentes envolvendo queimaduras hospitalizam milhares de crianças e deixam outras milhares com seqüelas permanentes, cujo tratamento é, na maioria

Leia mais

DICAS PARA REDUÇÃO DO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA EM CASA

DICAS PARA REDUÇÃO DO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA EM CASA DICAS PARA REDUÇÃO DO CONSUMO DE ENERGIA ELÉTRICA EM CASA SELO PROCEL Prefira equipamentos com SELO PROCEL, e/ou consumo A de consumo de energia. GELADEIRA Evitar abrir a porta toda hora. Regular o termostato

Leia mais

FRD-2892 507 MANUAL DO USUÁRIO FRITADEIRA FRD-2892 PREZADO CLIENTE A fim de obter o melhor desempenho de seu produto, por favor, leia este manual do usuário cuidadosamente antes de começar a usá-lo,

Leia mais

AR-CONDICIONADO 8 H / DIA = 35,3% / MÊS

AR-CONDICIONADO 8 H / DIA = 35,3% / MÊS O Brasil vive uma crise hídrica e energética que está afetando a distribuição de ambos os recursos no país todo, em maior ou menor intensidade. O Estado de São Paulo, em especial a capital, vem sofrendo

Leia mais

Cartilha. Doenças e Complicações. de Verão. Queimaduras solares. Desconforto. Micoses. Coceira. Desidratação. Fungos. Infecções. Ardência. Manchas.

Cartilha. Doenças e Complicações. de Verão. Queimaduras solares. Desconforto. Micoses. Coceira. Desidratação. Fungos. Infecções. Ardência. Manchas. Cartilha Doenças e Complicações de Verão Queimaduras solares. Desconforto. Micoses. Coceira. Desidratação. Fungos. Infecções. Ardência. Manchas. Devido às condições climáticas, diversas são as doenças

Leia mais

Leia estas instruções antes de usar o produto

Leia estas instruções antes de usar o produto MANUAL DE INSTRUÇÕES SG500 Sanduicheira Leia estas instruções antes de usar o produto PRECAUÇÕES IMPORTANTES Ao utilizar aparelhos elétricos, a fim de reduzir o risco de incêndio, choque elétrico e/ou

Leia mais

:: Introdução :: A parceria que deu certo. :: Escolhendo seu fogão novo ::

:: Introdução :: A parceria que deu certo. :: Escolhendo seu fogão novo :: :: Introdução :: No dia-a-dia, em muitas ocasições, sem perceber, desperdiçamos água, alimentos, luz, gás, gasolina e outros produtos necessários para o nosso bem-estar por simples falta de consciência

Leia mais

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica

Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica NORMAS GERAIS PARA USO DO LABORATÓRIO DIDÁTICO DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CÂMPUS GOVERNADOR

Leia mais

Qualidade et ecnologia MANUAL DO USUÁRIO PRENSA DIGITAL A VAPOR ELETRÔNICA MODELO QPFB-16 WWW.SUNSPECIAL.COM.BR

Qualidade et ecnologia MANUAL DO USUÁRIO PRENSA DIGITAL A VAPOR ELETRÔNICA MODELO QPFB-16 WWW.SUNSPECIAL.COM.BR Qualidade et ecnologia MANUAL DO USUÁRIO PRENSA DIGITAL A VAPOR ELETRÔNICA MODELO QPFB-16 WWW.SUNSPECIAL.COM.BR Este produto foi projetado para dar ao seu vestuário um aspecto profissional, sem rugas e

Leia mais

Atividade de Reforço2

Atividade de Reforço2 Professor(a): Eliane Korn Disciplina: Física Aluno(a): Ano: 1º Nº: Bimestre: 2º Atividade de Reforço2 INSTRUÇÕES GERAIS PARA A ATIVIDADE I. Leia atentamente o resumo da teoria. II. Imprima a folha com

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES ICE MAKER MÁQUINA DE GELO MANUAL DE INSTRUÇÕES Leia atentamente este Manual, antes de usar seu ICE MAKER. Guarde-o em local seguro, para futuras consultas. Modelo: NI1000A - (Preto 127V) / NI1000B (Preto

Leia mais

MANUAL COM DICAS SOBRE CONSUMO DE ENERGIA

MANUAL COM DICAS SOBRE CONSUMO DE ENERGIA SISTEMA SOLAR DE AQUECIMENTO DE ÁGUA a) Quando for adquirir um sistema de aquecimento solar dê sempre preferência aos modelos com o Selo Procel. b) Dimensione adequadamente o sistema (coletores e reservatórios)

Leia mais

INFORMATIVO DE PREVENÇÃO DE RISCOS

INFORMATIVO DE PREVENÇÃO DE RISCOS INFORMATIVO DE PREVENÇÃO DE RISCOS LIBERTY RESTAURANTES E BARES ncêndios em bares, restaurantes e cozinhas industriais podem parecer raros, mas acontecem com mais frequência do que se possa imaginar. É

Leia mais

Operação e Regras de segurança...01. Manutenção Geral...02. Lubrificação de motores...03. Limpeza...04. Armazenamento...05. Identificando falhas...

Operação e Regras de segurança...01. Manutenção Geral...02. Lubrificação de motores...03. Limpeza...04. Armazenamento...05. Identificando falhas... Índice Operação e Regras de segurança...01 Manutenção Geral...02 Lubrificação de motores...03 Limpeza...04 Armazenamento...05 Identificando falhas...06 Certificado de Garantia...07 Operando seu gerador

Leia mais

ML-6622 CHURRASQUEIRA ELÉTRICA

ML-6622 CHURRASQUEIRA ELÉTRICA ML-6622 CHURRASQUEIRA ELÉTRICA INTRODUÇÃO A Churrasqueira Elétrica ML-6622 NKS Milano é um produto de alta tecnologia e qualidade. Para melhor entender todas as funções deste aparelho, e utilizá-lo com

Leia mais

DEFESA DEFESA CIVIL CIVIL

DEFESA DEFESA CIVIL CIVIL DEFESA CIVIL Dicas de Segurança Governo do Estado do Rio Grande do Sul Gabinete de Governo - Casa Militar Prefeitura Municipal de Balneário Pinhal Coordenadoria Estadual de Defesa Civil Coordenadoria Municipal

Leia mais

Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho

Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Os componentes básicos para instalação de botijão de gás são: Mangueiras: Deve ser de plástico PVC transparente, com tarja amarela, gravação

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Secador de Cabelos Perfum SEC700

MANUAL DO USUÁRIO. Secador de Cabelos Perfum SEC700 MANUAL DO USUÁRIO Secador de Cabelos Perfum SEC700 Obrigado por adquirir o Secador de Cabelos Perfum, modelo SEC700, um produto de qualidade, seguro, eficiente e desenvolvido com a mais alta tecnologia.

Leia mais

Oar contém uma quantidade variável de vapor de água, que determina o grau de umidade de um

Oar contém uma quantidade variável de vapor de água, que determina o grau de umidade de um Algumas noções sobre a umidade relativa do ar Oar contém uma quantidade variável de vapor de água, que determina o grau de umidade de um ambiente. A capacidade do ar de reter vapor de água é tanto maior

Leia mais

O verão chegou, e as férias também.

O verão chegou, e as férias também. O verão chegou, e as férias também. Toda a família se prepara para uma viagem rumo à praia, você está pronto para se divertir com ela? Hélios e Hélia têm pressa para encontrar seus amigos e curtir o calor

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA HABITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO URBANO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA HABITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO URBANO PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO SECRETARIA DA HABITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO URBANO DEPARTAMENTO DE CONTROLE DO USO DE IMÓVEL - CONTRU () - 1 - PROCEDIMENTOS E CUIDADOS 1. Verifique no lacre, no rótulo

Leia mais

Curta o acampamento de verão com segurança!

Curta o acampamento de verão com segurança! 1 Curta o acampamento de verão com segurança! Enquanto estamos contando os dias para o maior acampamento da Igreja Adventista no Brasil, nós queremos lembrá-lo da importância de ter um #acampamentoseguro!

Leia mais

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA [M00 11112011] 1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA É muito importante que você leia atentamente todas as instruções antes de utilizar o produto, pois elas garantirão sua segurança. Condições de Instalação

Leia mais

01. Dinâmica: do 1, 2, 3

01. Dinâmica: do 1, 2, 3 01. Dinâmica: do 1, 2, 3 Objetivo: Quebra-gelo 1º momento: Formam-se duplas e então solicite para que os dois comecem a contar de um a três, ora um começa, ora o outro. Fica Fácil. 2º momento: Solicite

Leia mais

Criança com deficiência

Criança com deficiência Criança com deficiência Não espero pelos outros. Começo eu mesmo. Como toda criança, a criança com deficiência precisa de muito amor, atenção, cuidados e proteção. Precisa também brincar com outras crianças

Leia mais

sol, luz e calor. protetor solar e óculos de sol.

sol, luz e calor. protetor solar e óculos de sol. Com a chegada das férias e o verão, a procura por locais abertos para passeios e diversão é comum, mas é preciso cuidado na exposição ao sol para evitar problemas de saúde. Assim, é necessário adquirir

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DEPILADOR ELÉTRICO AT-3184

MANUAL DE INSTRUÇÕES DEPILADOR ELÉTRICO AT-3184 MANUAL DE INSTRUÇÕES DEPILADOR ELÉTRICO AT-3184 POR FAVOR, LEIA ESTE MANUAL ATENTAMENTE ANTES DE UTILIZAR O PRODUTO Você acabou de adquirir um produto ETERNY, da mais alta qualidade. Agradecemos a sua

Leia mais

Corpo de Bombeiros. São Paulo

Corpo de Bombeiros. São Paulo Corpo de Bombeiros São Paulo A C I D E N T E S E INCÊNDIOS CRIANÇAS As crianças sempre serão uma preocupação na questão SEGURANÇA dentro ou fora do lar. Por sua condição de fragilidade e pelo desconhecimento

Leia mais

Sinalização. Catálogo de Placas EXTINTOR DE INCÊNDIO 164,2/21,3-2.329-K-W/ 10.513.146/0001-94

Sinalização. Catálogo de Placas EXTINTOR DE INCÊNDIO 164,2/21,3-2.329-K-W/ 10.513.146/0001-94 Sinalização Catálogo de Placas EXTINTOR DE INCÊNDIO 164,2/21,3-2.329-K-W/ 10.513.146/0001-94 Materiais VINIL AUTO-ADESIVO PVC / PS Utilizado em ambientes internos e externos. Pode ser confeccionado com

Leia mais

04/13 877-09-05 779951 REV.1 MANUAL DE INSTRUÇÕES

04/13 877-09-05 779951 REV.1 MANUAL DE INSTRUÇÕES 04/13 877-09-05 779951 REV.1 SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO MANUAL DE INSTRUÇÕES INTRODUÇÃO Parabéns pela escolha do Top Grill Inox. Para garantir o melhor desempenho do produto, ler atentamente as recomendações

Leia mais

VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL CIEVS- Centro de Informações Estratégicas em Saúde

VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL CIEVS- Centro de Informações Estratégicas em Saúde VIGILÂNCIA EM SAÚDE AMBIENTAL CIEVS- Centro de Informações Estratégicas em Saúde Boletim de Alerta do VIGIAR Palmas 09 de setembro de 2014 RECOMENDAÇÕES PARA ENFRENTAR SITUAÇÕES DE A BAIXA UMIDADE RELATIVA

Leia mais

0800-55 03 93 Segunda à Sexta, das 8h às 20h. Sábado, das 8h às 17h.

0800-55 03 93 Segunda à Sexta, das 8h às 20h. Sábado, das 8h às 17h. 1 ANO DE GARANTIA SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR Manual de Instruções L I G U E G R Á T I S 0800-55 03 93 Segunda à Sexta, das 8h às 20h. Sábado, das 8h às 17h. M.K. Eletrodomésticos Ltda. Estrada

Leia mais

Cozinha Industrial. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho

Cozinha Industrial. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Cozinha Industrial Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Serviços de alimentação Este tipo de trabalho aparenta não ter riscos, mas não é bem assim, veja alguns exemplos: Cortes

Leia mais

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA [ REV04 24112011 ] 1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA É muito importante que você leia atentamente todas as instruções contidas neste manual antes de utilizar o produto, pois elas garantirão sua segurança

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO. ph (Solução 0,2%) Aproximadamente 2,00. Ponto de Ebulição 110ºC Densidade 1,150 ( 20ºC ) Completamente solúvel em água.

RELATÓRIO TÉCNICO. ph (Solução 0,2%) Aproximadamente 2,00. Ponto de Ebulição 110ºC Densidade 1,150 ( 20ºC ) Completamente solúvel em água. RELATÓRIO TÉCNICO I - DADOS GERAIS: Nome do Produto: ÁCIDO MURIÁTICO Composição: Água e Ácido Clorídrico Estado Físico: Líquido Cuidados para conservação: Conservar o produto na embalagem original. Proteger

Leia mais

63 Química na cozinha: observando a chama

63 Química na cozinha: observando a chama A U A UL LA Atenção Mãos à obra Química na cozinha: observando a chama Vamos dar continuidade ao estudo que iniciamos na Aula 62, sobre reações químicas, aprofundando nossa compreensão sobre a reação de

Leia mais

usoresponsável dogás energia para crescer Material de apoio

usoresponsável dogás energia para crescer Material de apoio usoresponsável dogás energia para crescer Material de apoio Proteção do meio ambiente O gás é um hidrocarboneto, formado no interior da Terra há milhões de anos. Ele é o produto da decomposição de animais

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 004 CAGV/IFMG/SETEC/MEC DE 30 DE ABRIL DE 2014.

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 004 CAGV/IFMG/SETEC/MEC DE 30 DE ABRIL DE 2014. SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS GOVERNADOR VALADARES CONSELHO ACADÊMICO Av. Minas Gerais, 5.189 - Bairro Ouro

Leia mais

PRIMEIROS SOCORROS. RECURSOS HUMANOS - PH/PHA Data: 28/03/2000 PESSOAS: NOSSA MELHOR ENERGIA

PRIMEIROS SOCORROS. RECURSOS HUMANOS - PH/PHA Data: 28/03/2000 PESSOAS: NOSSA MELHOR ENERGIA PRIMEIROS SOCORROS CONCEITO TRATAMENTO IMEDIATO E PROVISÓRIO CARACTERÍSTICAS DO SOCORRISTA CONHECIMENTO INICATIVA CONFIANÇA CRIATIVIDADE CALMA SOLIDARIEDADE ESTADO DE CHOQUE HIPOTENSÃO COM ACENTUADA BAIXA

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Blender BLD600

MANUAL DO USUÁRIO. Blender BLD600 MANUAL DO USUÁRIO Blender BLD600 Obrigado por adquirir o seu Blender, modelo BLD600, um produto de qualidade, seguro, eficiente e desenvolvido com a mais alta tecnologia. É muito importante ler atentamente

Leia mais

LLC NUNCA JOGUE FRUT NUNCA JOGUE FRU A FORA NO TA FORA N VA OV MENTE! AMENTE!

LLC NUNCA JOGUE FRUT NUNCA JOGUE FRU A FORA NO TA FORA N VA OV MENTE! AMENTE! MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE PEÇAS...2 MONTAGEM...3 DESMONTAGEM...4 LIMPEZA...4 PREPARAÇÃO DE ALIMENTOS...5 FAZENDO YONANAS...6 APÓS O USO/GARANTIA/RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS...7 DESCARTE DE APARELHOS E BATERIAS...8

Leia mais

Mixer Black Plus 2. Manual de Instruções

Mixer Black Plus 2. Manual de Instruções Mixer Black Plus 2 Manual de Instruções INTRODUÇÃO Parabéns pela escolha de mais um produto de nossa linha. Para garantir o melhor desempenho de seu produto, o usuário deve ler atentamente as instruções

Leia mais

Manual de Instruções

Manual de Instruções Manual de Instruções DESL. INTRODUÇÃO Parabéns pela escolha do Liquidificador Philco. Para garantir o melhor desempenho de seu produto, ler atentamente as instruções a seguir. Recomenda-se não jogar fora

Leia mais

Grill e Sanduicheira Crome Inox

Grill e Sanduicheira Crome Inox Ari Jr 06-12-2012 12/11 939-09-05 781431 REV.0 SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO Grill e Sanduicheira inox www.britania.com.br 0800-417644 Ari Jr 06-12-2012 Diogo Thamy 06-12-2012 06-12-2012 Grill e Sanduicheira

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO PRANCHA DE CABELOS LA BELLE PAC900

MANUAL DO USUÁRIO PRANCHA DE CABELOS LA BELLE PAC900 MANUAL DO USUÁRIO PRANCHA DE CABELOS LA BELLE PAC900 Obrigado por adquirir a Prancha de Cabelos PAC900. Um produto de alta tecnologia, seguro, eficiente, barato e econômico. É muito importante ler atentamente

Leia mais

Primeiros Socorros Volume III

Primeiros Socorros Volume III Manual Primeiros Socorros Volume III um Manual de Agosto de 2008 Rua Braancamp, 52-4º 1250-051 Lisboa Tel. 212476500 geral@oportalsaude.com Copyright, todos os direitos reservados. Este Manualnão pode

Leia mais

LÍDER. 80m. Atenção: Leia as instruções antes de usar o aparelho.

LÍDER. 80m. Atenção: Leia as instruções antes de usar o aparelho. LÍDER Atenção: Leia as instruções antes de usar o aparelho. Fresnomaq Indústria de Máquinas S/A Tel.: (41) 2102 0300 - Fax: (41) 2102 0334 Rua Francisco Dal Negro, 3400, São José dos Pinhais, PR, Brasil

Leia mais

3 Manual de Instruções

3 Manual de Instruções 3 Manual de Instruções INTRODUÇÃO Parabéns pela escolha de mais um produto de nossa linha. Para garantir o melhor desempenho de seu produto, o usuário deve ler atentamente as instruções a seguir. Recomenda-se

Leia mais

Corpo de Bombeiros. São Paulo

Corpo de Bombeiros. São Paulo Corpo de Bombeiros São Paulo ACIDENTES E INCÊNDIOS CRIANÇAS As crianças sempre serão uma preocupação na questão SEGURANÇA dentro ou fora do lar. Por sua condição de fragilidade e pelo desconhecimento dos

Leia mais

Segurança, Equipamentos e Investigação Científica

Segurança, Equipamentos e Investigação Científica Segurança, Equipamentos e Investigação Científica Folha do Professor Resumo: O professor fará uma demonstração do que não se deve fazer no laboratório e os alunos tentarão adivinhar os erros. Em seguida,

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES Usuário Versão 1.1 BEBEDOUROS TROPICAL. Bebedouros Tropical www.bebedourostropical.com.br. Produtos com Certificação Inmetro

MANUAL DE INSTRUÇÕES Usuário Versão 1.1 BEBEDOUROS TROPICAL. Bebedouros Tropical www.bebedourostropical.com.br. Produtos com Certificação Inmetro MANUAL DE INSTRUÇÕES Usuário Versão 1.1 Bebedouros Tropical www.bebedourostropical.com.br BEBEDOUROS TROPICAL LEIA E SIGA TODAS AS REGRAS DE SEGURANÇA E INSTRUÇÕES OPERACIONAIS ANTES DE USAR. sac@bebedourostropical.com.br

Leia mais

MANUAL DE NORMAS DE SEGURANÇA NO LABORATÓRIO DE QUÍMICA. Material organizado pelo Prof. Cristiano Alfredo. Rupp.

MANUAL DE NORMAS DE SEGURANÇA NO LABORATÓRIO DE QUÍMICA. Material organizado pelo Prof. Cristiano Alfredo. Rupp. MANUAL DE NORMAS DE SEGURANÇA NO LABORATÓRIO DE QUÍMICA Material organizado pelo Prof. Cristiano Alfredo. Rupp. NORMAS DE SEGURANÇA NO LABORATÓRIO DE QUÍMICA Para um trabalho com segurança e com menores

Leia mais

Liquidificador LEIA ANTES DE USAR. Dúvidas? Por favor, ligue nossos associados estão prontos para ajudar. SAC: 0800-2412411

Liquidificador LEIA ANTES DE USAR. Dúvidas? Por favor, ligue nossos associados estão prontos para ajudar. SAC: 0800-2412411 Liquidificador LEIA ANTES DE USAR Visite o site: www.hamiltonbeach.com.br para conhecer a nossa linha completa de produtos Dúvidas? Por favor, ligue nossos associados estão prontos para ajudar. SAC: 0800-2412411

Leia mais

SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO

SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO 05\13 986-09-05 782481 REV.1 SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO MANUAL DE INSTRUÇÕES INTRODUÇÃO Parabéns pela escolha de mais um produto de nossa linha. Para garantir o melhor desempenho de seu produto, ler atentamente

Leia mais

Manual de Instruções. Aquecedor de Ambiente Halógeno. Modelo: MA - 012 H. Versão 191212. www.martau.com.br SAC: 0800 51 7546. ATENÇÃO: Não Cobrir

Manual de Instruções. Aquecedor de Ambiente Halógeno. Modelo: MA - 012 H. Versão 191212. www.martau.com.br SAC: 0800 51 7546. ATENÇÃO: Não Cobrir ATENÇÃO: Não Cobrir www.martau.com.br SAC: 0800 5 7546 Versão 922 Aquecedor de Ambiente Halógeno Modelo: MA - 02 H Anotações Índice - Introdução...4 2 - Recomendações de segurança...5 2. - Símbolos e

Leia mais

Manual de instruções

Manual de instruções P Manual de instruções Salamandra eléctrica 100 A151.5001 V3/0211 Mantenha este manual de instruções pronto a ser utilizado com o produto! - 1 - 1. Informações gerais 3 1.1 Informações sobre o manual de

Leia mais

Prevenção de Acidentes com GLP.

Prevenção de Acidentes com GLP. Prevenção de Acidentes com GLP. Data de Publicação: 06/03/2008 Convidamos o nosso visitante, a ler e responder as perguntas abaixo. Ao término desta visita temos a certeza que um dia estas informações

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES Linha de Fornos a gás Modelos: S651/S652/S653/S656/S657/S658/S660/S661/S662/ S665/S666/S667/S670/S671/S672/S675/S676/S677 ATENÇÃO! - Leia e siga rigorosamente as instruções deste manual

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES Steam Power

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES Steam Power MANUALDE DE INSTRUÇÕES MANUAL INSTRUÇÕES Steam Power INTRODUÇÃO Parabéns pela escolha de um produto da linha Philco. Para garantir o melhor desempenho do produto, ler atentamente as instruções a seguir.

Leia mais

Manual de Instruções FURADEIRA PARAFUSADEIRA ELÉTRICA PE 735

Manual de Instruções FURADEIRA PARAFUSADEIRA ELÉTRICA PE 735 Manual de Instruções FURADEIRA PARAFUSADEIRA ELÉTRICA PE 735 ADVERTÊNCIA: Leia atentamente este manual antes de usar o produto. ÍNDICE SEÇÃO PÁGINA Introdução 3 Normas gerais de segurança 3 Uso e cuidados

Leia mais

ATENÇÃO INFORMAÇÕES SOBRE A GARANTIA

ATENÇÃO INFORMAÇÕES SOBRE A GARANTIA ATENÇÃO INFORMAÇÕES SOBRE A GARANTIA Motor vertical 2 tempos LER O MANUAL DO PROPRIETÁRIO. TRABALHE SEMPRE COM ROTAÇÃO CONSTANTE, NO MÁXIMO 3.600 RPM EVITE ACELERAR E DESACELERAR O EQUIPAMENTO. NÃO TRABALHE

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUIÍMICO ( FISPQ )

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUIÍMICO ( FISPQ ) 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do produto: Anti Ruído Tradicional Aplicação: Reparação e emborrachamento de veículos. Fornecedor: Nome: Mastiflex Indústria e Comércio Ltda Endereço : Rua

Leia mais

PREVENÇÃO DE ACIDENTES NA INFÂNCIA CAUSAS E SOLUÇÕES

PREVENÇÃO DE ACIDENTES NA INFÂNCIA CAUSAS E SOLUÇÕES PREVENÇÃO DE ACIDENTES NA INFÂNCIA CAUSAS E SOLUÇÕES Introdução As crianças pequenas não têm a capacidade para avaliar o perigo, pelo que qualquer objeto que encontram em casa pode transformar-se num brinquedo

Leia mais

NORMAS DE SEGURANÇA EM LABORATÓRIO

NORMAS DE SEGURANÇA EM LABORATÓRIO NORMAS DE SEGURANÇA EM LABORATÓRIO 1. INTRODUÇÃO Toda e qualquer atividade prática a ser desenvolvida dentro de um laboratório apresentam riscos e estão propensas a acidentes. Devemos então utilizar normas

Leia mais

A pele é um sistema orgânico que, quando mantida sua integridade, tem como funções:

A pele é um sistema orgânico que, quando mantida sua integridade, tem como funções: CUIDADOS COM A PELE A pele é um sistema orgânico que, quando mantida sua integridade, tem como funções: Regular a temperatura do nosso corpo; Perceber os estímulos dolorosos e agradáveis; Impedir a entrada

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO CLIMATIZADOR CADENCE VENTILAR CLIMATIZE 505 CLI505

MANUAL DO USUÁRIO CLIMATIZADOR CADENCE VENTILAR CLIMATIZE 505 CLI505 MANUAL DO USUÁRIO CLIMATIZADOR CADENCE VENTILAR CLIMATIZE 505 CLI505 Obrigado por adquirir o Climatizador Ventilar Climatize 505 Cadence, um produto de alta tecnologia, seguro e eficiente. É muito importante

Leia mais

LEV-30. Manual do produto. Laminador Elétrico

LEV-30. Manual do produto. Laminador Elétrico Manual do produto Antes de utilizar o seu produto Arke, leia atentamente este manual. Temos certeza que lhe será bastante útil. Laminador Elétrico LEV-30 PARABÉNS POR SUA ESCOLHA! Você adquiriu um produto

Leia mais

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA

1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA [M02 13062011] 1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA É muito importante que você leia atentamente todas as instruções contidas neste manual antes de utilizar o produto, pois elas garantirão sua segurança.

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO AQUECEDOR HALOGÊNIO OSCILANTE CADENCE COMODITÀ AQC300

MANUAL DO USUÁRIO AQUECEDOR HALOGÊNIO OSCILANTE CADENCE COMODITÀ AQC300 MANUAL DO USUÁRIO AQUECEDOR HALOGÊNIO OSCILANTE CADENCE COMODITÀ AQC300 Obrigado por adquirir o Aquecedor Halogênio Oscilante Cadence Comodità, um produto de alta tecnologia, seguro e eficiente. É muito

Leia mais

Aquecedores são aparelhos que consomem muita energia elétrica. Por isso, evite deixar o seu sempre ligado.

Aquecedores são aparelhos que consomem muita energia elétrica. Por isso, evite deixar o seu sempre ligado. Aquecedor central Aquecedores são aparelhos que consomem muita energia elétrica. Por isso, evite deixar o seu sempre ligado. Planeje seu uso e habitue-se a ligá-lo apenas o tempo necessário para que você

Leia mais

energia Elétrica com segurança

energia Elétrica com segurança energia Elétrica com segurança Ensino Fundamental II e Ensino Médio A energia elétrica está em tudo! 1 O caminho da energia elétrica até sua casa No Brasil, a maior parte da energia elétrica vem das hidroelétricas.

Leia mais

Produtos químicos PERIGOSOS

Produtos químicos PERIGOSOS Produtos químicos PERIGOSOS Como podemos identificar os produtos químicos perigosos? Os produtos químicos estão presentes em todo o lado, quer em nossas casas, quer nos locais de trabalho. Mesmo em nossas

Leia mais

Ingredientes que contribuam para o perigo: Nome químico ou genérico N CAS % Classificação e rotulagem

Ingredientes que contribuam para o perigo: Nome químico ou genérico N CAS % Classificação e rotulagem FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS FISPQ Nome do produto: DENINPLUS 400-N Página 1 de 5 1. Identificação do produto e da empresa Nome do produto: DENINPLUS 400-N Nome da Empresa: INDÚSTRIA

Leia mais

Incêndio é fogo! Durante muitos séculos, a humanidade dependeu. Nossa aula. O que é o fogo

Incêndio é fogo! Durante muitos séculos, a humanidade dependeu. Nossa aula. O que é o fogo A U A UL LA Incêndio é fogo! Introdução Durante muitos séculos, a humanidade dependeu de fenômenos naturais, como as descargas elétricas sob a forma de raios, por exemplo, para obter o fogo. Com o tempo,

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Iogurteira Naturalle IOG100

MANUAL DO USUÁRIO. Iogurteira Naturalle IOG100 MANUAL DO USUÁRIO Iogurteira Naturalle IOG100 Obrigado por adquirir a Iogurteira Naturalle, modelo IOG100, um produto de qualidade, seguro, eficiente e desenvolvido com a mais alta tecnologia. É muito

Leia mais

PLANEJANDO A FUGA NO CASO DE INCÊNDIO

PLANEJANDO A FUGA NO CASO DE INCÊNDIO PLANEJANDO A FUGA NO CASO DE INCÊNDIO Planejando a fuga de incêndio Ninguém espera um incêndio. Mas é muito importante ter um plano de fuga no caso de um sinistro. O incêndio pode acontecer em qualquer

Leia mais

MÁQUINA DE SOLDA MIG/MAG-400

MÁQUINA DE SOLDA MIG/MAG-400 *Imagens meramente ilustrativas MÁQUINA DE SOLDA MIG/MAG-400 Manual de Instruções www.v8brasil.com.br 1. DADOS TÉCNICOS MÁQUINA DE SOLDA MIG/MAG-400 Modelo Tensão nominal Frequência Corrente nominal Diâmetro

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES ABRIDOR DE VINHOS ELÉTRICO SEM FIO BIVOLT

MANUAL DE INSTRUÇÕES ABRIDOR DE VINHOS ELÉTRICO SEM FIO BIVOLT MANUAL DE INSTRUÇÕES ABRIDOR DE VINHOS ELÉTRICO SEM FIO BIVOLT WO-50DBR INFORMAÇÕES IMPORTANTES Ao usar aparelhos elétricos, seguir sempre precauções básicas de segurança, incluindo o seguinte: AVISO 1.

Leia mais

Lâmpadas. Ar Condicionado. Como racionalizar energia eléctrica

Lâmpadas. Ar Condicionado. Como racionalizar energia eléctrica Como racionalizar energia eléctrica Combater o desperdício de energia eléctrica não significa abrir mão do conforto. Pode-se aproveitar todos os benefícios que a energia oferece na medida certa, sem desperdiçar.

Leia mais

A brisa do mar está ótima!

A brisa do mar está ótima! A brisa do mar está ótima! Mais um fim de semana. Cristiana e Roberto vão à praia e convidam Maristela para tomar um pouco de ar fresco e de sol, e tirar o mofo! É verão e o sol já está bem quente. Mas

Leia mais

CORTADOR DE CABELOS CERAMIC

CORTADOR DE CABELOS CERAMIC MANUAL DE INSTRUÇÕES CORTADOR DE CABELOS CERAMIC LIMPEZA E MANUTENÇÃO É extremamente importante, para manter a boa performance de corte, a realização da limpeza das lâminas após cada utilização do aparelho.

Leia mais

Corpo de Bombeiros. São Paulo

Corpo de Bombeiros. São Paulo Corpo de Bombeiros São Paulo EXTINTORES Fogo É uma reação química em cadeia que desprende luz e calor devido à combustão de materiais diversos. Elementos que compõe o fogo Calor Combustível Comburente

Leia mais

EnErgia Elétrica Em tudo Ensino Fundamental I

EnErgia Elétrica Em tudo Ensino Fundamental I em tudo Energia elétrica Ensino Fundamental I Em tudo, energia elétrica. 1 Para chegar até nossas casas, ela passa pelos cabos elétricos instalados nas torres e nos postes e deve sempre percorrer seu caminho

Leia mais

Manual de Instruções DUAL ACTION 0800-6458300 CORTADOR DE CABELOS BLUE ACTION 11/07 297-05/00 072469 REV.1 SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO

Manual de Instruções DUAL ACTION 0800-6458300 CORTADOR DE CABELOS BLUE ACTION 11/07 297-05/00 072469 REV.1 SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO 11/07 297-05/00 072469 REV.1 CORTADOR DE CABELOS BLUE ACTION SOMENTE PARA USO DOMÉSTICO DUAL ACTION ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR 0800-6458300 Manual de Instruções Cortes curtos 1.Usando o pente de 12 mm (05)

Leia mais

RISCOS PARA A SAÚDE RESULTANTES DA OCORRÊNCIA DE INCÊNDIOS

RISCOS PARA A SAÚDE RESULTANTES DA OCORRÊNCIA DE INCÊNDIOS RISCOS PARA A SAÚDE RESULTANTES DA OCORRÊNCIA DE INCÊNDIOS Os incêndios florestais e urbanos para além das consequências económicas e ambientais, representam riscos para a saúde das populações decorrentes

Leia mais

MASTOLOGIA ORIENTAÇÕES FISIOTERÁPICAS: Coordenação DIVISÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL COMITÊ DE PADRONIZAÇÕES

MASTOLOGIA ORIENTAÇÕES FISIOTERÁPICAS: Coordenação DIVISÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL COMITÊ DE PADRONIZAÇÕES O R I E N T A Ç Õ E S AOS PACIENTES MINISTÉRIO DA SAÚDE INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER Coordenação DIVISÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL COMITÊ DE PADRONIZAÇÕES Essas orientações são essencialmente para pacientes

Leia mais

PREVENÇÃO DE ACIDENTES DOMÉSTICOS

PREVENÇÃO DE ACIDENTES DOMÉSTICOS PREVENÇÃO DE ACIDENTES DOMÉSTICOS Ao falar de prevenção de acidentes domésticos fazemos um diferencial quanto aos acidentes no lar. Aqui vamos falar de acidentes que ocorrem ao realizar trabalhos domésticos

Leia mais

Prevenção de Acidentes na Infância. Cuidado e atenção são indispensáveis.

Prevenção de Acidentes na Infância. Cuidado e atenção são indispensáveis. Prevenção de Acidentes na Infância. Cuidado e atenção são indispensáveis. Os principais acidentes na faixa etária de 1 a 3 anos são: Quedas Cortes Queimaduras Choques elétricos Afogamentos Ingestão de

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO KIT CUIDADOS PESSOAIS DILLETA BELLE ROUGE KIT501

MANUAL DO USUÁRIO KIT CUIDADOS PESSOAIS DILLETA BELLE ROUGE KIT501 MANUAL DO USUÁRIO KIT CUIDADOS PESSOAIS DILLETA BELLE ROUGE KIT501 Obrigado por adquirir o Kit Cuidados Pessoais Dileta Cadence, com produtos de alta tecnologia, seguros e eficientes. É Muito importante

Leia mais

Semana da Prevenção de Resíduos - 16 a 23 de Novembro. Dicas de Prevenção e Preservação

Semana da Prevenção de Resíduos - 16 a 23 de Novembro. Dicas de Prevenção e Preservação Semana da Prevenção de Resíduos - 16 a 23 de Novembro Dicas de Prevenção e Preservação Tenha em conta Nunca comece uma reparação, por muito pequena que seja, sem antes desligara tomada do equipamento;

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO ASPIRADOR DE PÓ CADENCE MANTIX ASP502

MANUAL DO USUÁRIO ASPIRADOR DE PÓ CADENCE MANTIX ASP502 MANUAL DO USUÁRIO ASPIRADOR DE PÓ CADENCE MANTIX ASP502 Obrigado por adquirir o Aspirador de pó Mantix Cadence, um produto de alta tecnologia, seguro e eficiente. É muito importante ler atentamente este

Leia mais

[M01 08062010] [M01 18062010]

[M01 08062010] [M01 18062010] [M01 08062010] [M01 18062010] 1 INSTRUÇÕES IMPORTANTES DE SEGURANÇA É muito importante que você leia atentamente todas as instruções contidas neste manual antes de utilizar o produto, pois elas garantirão

Leia mais

Turbo Forno de Convecção. Ref. BLT FTH 127V BLT FTH 220V

Turbo Forno de Convecção. Ref. BLT FTH 127V BLT FTH 220V Turbo Forno de Convecção Ref. BLT FTH 127V BLT FTH 220V Instruções importantes de segurança As precauções básicas de segurança devem ser sempre seguidas: 1. Leia todas as instruções. 2. Sempre desligue

Leia mais