Trabalhos de Conclusão de Cursos de Graduação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Trabalhos de Conclusão de Cursos de Graduação"

Transcrição

1 Apresentação A Faculdade Senac Porto Alegre promove, desde 2006, o Salão de Iniciação Científica (SIC). O evento, realizado anualmente, é organizado pela coordenação de Pesquisa e Inovação e se constitui em um espaço de compartilhamento e discussão das atividades de pesquisa. O encontro tem como objetivo envolver e realizar trocas de experiências entre estudantes de graduação, pós-graduação e professores da FSPOA e de outras instituições de ensino do Estado. O evento de 2014, em sua 8ª edição, acontece paralelo às comemorações dos 10 anos da Faculdade Senac Porto Alegre no período de 16 a 29 de outubro com apresentação oral e banner de projetos de pesquisa no dia 29, às 14 horas. O 8º SIC também destaca e apresenta o resumo dos Trabalhos de Conclusão de Cursos de Graduação, que obtiveram conceito máximo na avaliação, os quais podem ser consultados a seguir, bem como o resumo dos projetos de pesquisa que terão apresentação no dia 29. Trabalhos de Conclusão de Cursos de Graduação CURSO SUPERIOR DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS Nome do aluno:julye Pereira do Nascimento Cichelero. Orientador:Prof. Me. Mariana Recena Aydos. Título do TCC: Regularização da economia informal e incentiva ao empreendedorismo: um estudo de caso com comerciantes do PopCenter, Porto Alegre/RS. Semestre: 2013/2. Resumo:O presente trabalho insere-se no debate sobre a informalidade, tomando-se como referência pequenos negócios que foram desenvolvidos através de práticas informais do comércio de rua. A economia informal no Brasil no ano de 2012 movimentou R$748,4 bilhões não declarados ao governo (ETCO, 2012), dado que aponta a importância de se analisar os esforços de incentivo a formalização deste setor que tem grande potencial para contribuir com o desenvolvimento econômico e social do país. O foco de

2 estudo são as estratégias de atuação adotadas por antigos camelôs após a formalização da atividade, considerando-se sua imersão em um novo modelo de comércio popular proposto através da construção do PopCenter, inaugurado em Porto Alegre em A investigação ocorreu por meio de um estudo de caso de caráter qualitativo e exploratório. A coleta de dados foi realizada a partir de entrevistas semiestruturadas com comerciantes que passaram por este processo de transferência, observações realizadas no local e análise de documentos referente o funcionamento e gestão do PopCenter. Este material foi analisado a partir de uma triangulação de fontes, com o objetivo de analisar como o processo de transferência dos antigos camelôs das ruas de Porto Alegre para o PopCenter modificou as práticas de atuação administrativa anteriormente baseadas em processos informais. A partir de teorias e conceitos da Administração de Empresas, Empreendedorismo e demais temas pertinentes, os resultados do estudo apontam que a adesão à formalização da atividade trouxe mudanças e contribuições para o desenvolvimento destes pequenos negócios. As ações realizadas pela administração e o novo ambiente profissional serviram de incentivo ao empreendedorismo impulsionando os comerciantes na busca pelo reconhecimento e regularização de seus negócios. Embora os procedimentos de gestão adotados por estes comerciantes se distanciem dos métodos científicos indicados pela Ciência da Administração, por serem ainda básicos e requererem aprimoramento, considera-se que a evolução de desenvolvimento percebida nos pequenos negócios estudados demonstra um avanço significativo se comparado com a situação antiga em que atuavam.

3 Nome do aluno:sindernei dos Santos Marques Junior. Orientador:Prof. Me. Miriam Mariani Henz. Título do TCC: Percepção de valor através da técnica Laddering: um estudo sobre o consumidor da terceira idade na escolha de instituições financeiras. Semestre: 2013/2. Resumo:Com envelhecimento da população brasileira e o crescente aumento das taxas de longevidade surgem novas perspectivas de vida para o público da terceira idade. Os motivos são inúmeros e compreendem desde a baixa do número de nascimento de crianças até a melhora da qualidade de vida. Nesse contexto, entender o comportamento do consumidor da terceira idade sob as perspectivas do marketing é uma tarefa fundamental para os profissionais que buscam saciar as necessidades e desejos desse público. A presente pesquisa acadêmica foi desenvolvida com o intuito de analisar os valores que interferem na escolha de instituições financeiras de consumidores de terceira idade, já que, o relacionamento cliente e instituição financeira são dados antes mesmo do cliente entrar em uma agência bancária. Para execução desta pesquisa, além do referencial teórico que aborda os principais conceitos do marketing, composto de marketing, marketing de serviços, marketing bancário, comportamento do consumidor, valor percebido e laddering. Foi realizada uma pesquisa qualitativa, em profundidade, semiestruturada com vinte e um participantes, realizada através da técnica não probabilística por conveniência e por tráfego. Para o levantamento de campo e análise foi utilizada a metodologia laddering. Os principais valores evidenciados diante dos atributos e consequências identificados através da coleta de dados foram de qualidade de atendimento, conforto/comodidade e confiança.

4 Nome do aluno:vanessa de Abreu Grassi da Fonseca. Orientador:Prof. Me. Alessandra Rodrigues Gonzaga. Título do TCC: Stress e qualidade de vida no trabalho dos bombeiros militares de Porto Alegre. Semestre: 2013/2. Resumo:O presente estudo buscou analisar a percepção dos bombeiros militares de Porto Alegre com relação ao Stress e a Qualidade de Vida no Trabalho. As percepções foram coletadas por meio de uma pesquisa descritiva, com abordagem quantitativa. Os instrumentos de pesquisa utilizados foram: o questionário de Seaward composto de 20 questões para mensurar o stress e um questionário de QVT adaptado de Fernandes, composto por 10 indicadores, para medir o nível de satisfação quanto à qualidade de vida no trabalho. Os resultados de Stress indicaram que o grau de exposição a estressores é bastante variado no grupo, havendo uma maior incidência entre os indivíduos casados, o que pode estar influenciado por fatores dentro e fora do ambiente de trabalho. Já a média dos resultados obtidos sobre a percepção da Qualidade de Vida no Trabalho no grupo pesquisado, apresentam um nível satisfatório com relação aos fatores: condições de trabalho, moral, imagem da empresa, relação chefia subordinado e organização do trabalho; e insatisfatório para a avaliação da qualidade de vida global e dos fatores: saúde, compensação, participação e comunicação. A análise de correlação entre os resultados de QVT e o grau de stress indicou que, apesar da preocupação financeira ser um dos estressores mais pontuados no grupo, ele não é um fator de elevada correlação com QVT, que apresentou maiores índices de correlação com as condições de trabalho, o que pode estar relacionado ao risco inerente à função e ao tipo de organização (militar) que influencia no grau de autonomia e flexibilidade nas relações de trabalho entre chefias e subordinados, sujeitas à uma hierarquia de comando.

5 Nome do aluno:willian Natel Oliveira. Orientador:Prof. Me.Rogério de Moraes Bohn. Título do TCC: A comunicação interna como fator estratégico no alcance dos objetivos organizacionais. Semestre:2013/2. Resumo:Esta pesquisa tem o intuito de, além avaliar as ferramentas de Comunicação Interna, entender e analisar de que forma os responsáveis pela disseminação da informação utilizam esses meios para gerar uma comunicação eficaz, bem como analisar a percepção dos colaboradores com relação aos canais de Comunicação Interna. Trata-se de uma pesquisa qualitativa de abordagem exploratória, investigada através de um estudo de caso. Com o aumento dos investimentos em comunicação, as grandes empresas vêm tratando do tema Comunicação Interna de forma estratégica. Já é de conhecimento das grandes empresas, que a comunicação empresarial tem uma função estratégica capaz de impactar positiva ou negativamente os resultados de uma organização, se não tratada de forma assertiva. Sendo assim, esta pesquisa espera demonstrar através de seu embasamento teórico, o comportamento da empresa com relação ao tema proposto na opinião dos colaboradores. O estudo contempla o relato dos colaboradores que utilizam as ferramentas diariamente nas rotinas de trabalho bem como o da pessoa responsável pelas comunicações da empresa. Por meio das entrevistas, constatou-se que os colaboradores percebem o esforço da empresa em querer comunicar de forma eficaz, e, em sua grande maioria, entendem sobre processo e reconhecem os diversos meios com que se dá a comunicação em seu ambiente de trabalho. Em contrapartida, ainda há uma crise de identidade dos canais, permitindo com que os colaboradores não consigam diferenciá-los de acordo com o que a empresa desenha. Há um esforço da empresa em querer encontrar a melhor forma e o melhor canal para determinadas comunicações. Esta pesquisa não esperou obter resultados finais contundentes, a ponto de afirmar se a estratégia utilizada pela empresa é a melhor ou a mais correta, mas sim propor o início de uma avaliação sobre o tema, que pode vir a se aperfeiçoar. Portanto, foi de grande valia o estudo sobre um assunto que está em grande discussão no século XXI, e cada vez mais as grandes empresas estão percebendo que para o seu sucesso, a comunicação se tornou fundamental e indispensável.

6 Nome do aluno:ariane Fernandes da Conceição. Orientador:Prof. Me. Mariana Recena Aydos. Título do TCC: Planejamento estratégico e modelos de gestão: o caso de uma TV comunitária no centro do Estado do Rio Grande do Sul. Resumo:A comunicação comunitária, também chamada de comunicação para a cidadania, torna-se um novo campo de estudos e também de mercado, onde ecossistemas comunicacionais são criados por meio da gestão da comunicação do espaço educativo, direcionada ao planejamento, execução e realização dos projetos que são articulados na esfera da educação, cultura e comunicação. O presente trabalho de conclusão de curso busca apresentar o planejamento estratégico e os modelos de gestão utilizados pela TV OVO, sendo esta uma tv comunitária surgida no ano de 1996 cujo principal propósito é mostrar a realidade das comunidades dos jovens da periferia de Santa Maria através de produções audiovisuais que os retrate com outros olhos, os de quem vive ali. Para tanto, o objetivo principal do estudo girou em torno de analisar como é feito o planejamento estratégico e quais os modelos de gestão social e financeira da TV OVO. E a fim de alcançar tal objetivo, desdobrou-se este em objetivos específicos que são: caracterizar a TV OVO; descrever como ocorre o planejamento estratégico dos projetos realizados pela TV OVO; identificar como ocorre a gestão social da TV OVO, e identificar como ocorre a gestão financeira e gestão de projetos da instituição, bem como os principais parceiros. Para responder aos objetivos traçados, foi realizada uma entrevista com dois membros da coordenação da TV, bem como analises documentais do material disponível e disponibilizado por estes. Acredita-se que, mesmo ao longo dos anos, e passando por algumas adversidades, principalmente na questão financeira, a TV OVO continua realizando seu trabalho e "plantando sementinhas", a fim de cumprir seu papel social na cidade de Santa Maria, espalhando e difundindo cultura à população.

7 Nome do aluno:bruna de Almeida. Orientador:Prof. Me. Alessandra Rodrigues Gonzaga. Título do TCC: Ciclo de treinamento: percepção dos colaboradores de uma unidade em uma rede de joalherias. Resumo:O presente trabalho consiste em analisar o ciclo de treinamento em programas de capacitação em uma rede de joalherias da cidade de Porto Alegre. Buscou-se no desenvolvimento do estudo relacionar os conceitos do referencial teórico com o que vem sendo praticado na organização. Sendo assim, o referencial teórico aborda as etapas do ciclo de treinamento explicando cada momento e a importância da Gestão do Conhecimento no ambiente organizacional. Visando atender os objetivos do estudo utilizouse de uma pesquisa qualitativa aplicando entrevista com a gestora da área de vendas, buscando compreender os dados utilizados para levantamento de necessidades dos treinamentos, assim como aplicabilidade ao final dos programas realizados. Também foram entrevistadas as colaboradoras da área de vendas a fim de identificar a percepção das mesmas sobre os temas ofertados, verificando a aplicabilidade dos conceitos e possíveis desafios e oportunidades que vivenciam antes, durante ou após os treinamentos. O levantamento de dados foi utilizado para análise das informações levando em consideração além das entrevistas os documentos que a empresa dispõe para acompanhamento dos programas, e controle de resultados. Os temas contemplados no referencial teórico serviram de base para contextualização dos dados obtidos na pesquisa. Contudo nota-se neste trabalho a importância do treinamento dentro da organização. Os treinamentos ocorrem de forma virtual e presencial, trazendo percepções diferente entre as colaboradoras, sem deixar de ser eficaz.

8 Nome do aluno:marcelo Homem Rodrigues. Orientador:Prof. Me. Rogerio de Moraes Bohn. Título do TCC: O impacto das práticas de treinamento e desenvolvimento sobre as vendas pela ótica de gestores do comércio varejista de combustíveis. Resumo:Diante de um segmento de mercado extremamente competitivo, criar um diferencial competitivo no comércio varejista de combustíveis se mostra um grande desafio para as organizações. Entre as ações adotadas para criar este diferencial estão às práticas de treinamento de desenvolvimento. Conhecer os resultados destas práticas tem sido o grande desafio das organizações e profissionais envolvidos nesta área. A problemática deste estudo trata desta questão sob a ótica de gestores de postos de serviços da Comercial Buffon, uma das maiores rede de postos do sul país atuando no mercado a mais de vinte anos. No intuito de conhecer o impacto destas práticas sobre as vendas da organização, foi realizada uma pesquisa descritiva de abordagem qualitativa baseada em um estudo de caso. Para coleta de dados foram aplicados questionários a gerentes de postos de serviços e analisados documentos disponibilizados pelo departamento de recursos humanos. A análise destas fontes de dados mostrou que os profissionais que atuam no processo de venda, em sua maioria, são trabalhadores do sexo masculino com idade entre 18 e 34 anos que atuam na pista. Ainda, constatou-se que os treinamentos internos são os que recebem maiores investimentos, revelando-se assim ênfase nas práticas de treinamento por parte da organização. Os resultados mostraram que pela ótica dos gestores pesquisados, devido ao conhecimento técnico adquirido, o que impacta diretamente no poder de argumentação e motivação dos colaboradores, as práticas de treinamento e desenvolvimento realizadas pela Comercial Buffon contribuem positivamente para vendas gerando resultados.

9 Nome do aluno:patricia Augusto Feula. Orientador:Prof. Me. Alessandra Rodrigues Gonzaga. Título do TCC: Satisfação no trabalho e motivação do profissional de vendas. Resumo:A presente pesquisa buscou identificar os fatores que influenciam a satisfação no trabalho e a motivação das vendedoras de uma rede de lojas varejista que atua no ramo de vestuário no Município de Porto Alegre. No comércio, verificam-se altos índices de rotatividade dificultando a manutenção de equipes de trabalho sólidas. Neste sentido, torna-se necessário observar quais os fatores que fazem com que os funcionários de vendas se sintam satisfeitos e motivados a fim de incentivar as equipes a permanecerem trabalhando juntas por mais tempo. Para a realização da pesquisa foi definido o método qualitativo, de forma descritiva, com delineamento por estudo de caso. O plano de coleta de dados incluiu o uso de questionário, entrevista e da observação participante. Nas análises, após a coleta dos dados de pesquisa, identificou-se que as vendedoras não estão insatisfeitas com as relações interpessoais no trabalho, com a estabilidade no emprego, com o clima organizacional e com os treinamentos. Consideraram-se insatisfeitas com os fatores higiênicos referentes às condições do ambiente de trabalho, aos salários e aos benefícios. Dentre esses fatores, a ventilação, as comissões e as premiações são considerados os itens de maior relevância para a insatisfação das funcionárias. Para as participantes da pesquisa as reuniões ficaram em um meio termo entre insatisfeitas e não insatisfeitas. Com relação aos fatores motivacionais, a autonomia foi tida como satisfatória, porém considerada pelas mesmas participantes de pouca importância no seu cotidiano de trabalho e quanto à realização da função: não satisfatória, visto que foi relatado o acúmulo de funções nas suas atividades diárias. As opiniões quanto às possiblidades de crescimento na empresa mantiveram-se divididas, entre satisfeitas e não satisfeitas, para as funcionárias da rede de lojas.

10 Nome do aluno:priscila Gama dos Santos. Orientador:Prof. Me. Rogério de Moraes Bohn. Título do TCC: Planejamento estratégico: uma proposta de norteadores estratégicos para uma pequena empresa. Resumo:Por se tratar de uma das principais ferramentas administrativas, este trabalho tem como objetivo o estudo do planejamento estratégico e seus norteadores. A abordagem do assunto e o entendimento sobre a sua efetiva importância no sucesso das organizações contribuirá para o desenvolvimento de uma proposta de norteadores estratégicos para uma pequena empresa de assessoria empresarial, contábil e jurídica, seguindo de acordo com a visão dos entrevistados, que é o principal objetivo deste estudo. Através da realização das análises das entrevistas e questionários realizados, que se darão de forma qualitativa e com base na triangulação de fontes, que serão identificadas as necessidades da empresa objeto deste estudo, bem como, servirão de base para o desenvolvimento das propostas de norteadores e a realização das análises ambientais e SWOT.

11 Nome do aluno:priscila Raquel Carvalho Machado. Orientador:Prof. Me. Elsa Maria Luz Pilz. Título do TCC: Qualidade de vida no trabalho: um estudo de caso no 3 Tabelionato de Protestos de Porto Alegre/RS. Resumo:Este estudo tem como principal objetivo analisar a qualidade de vida no trabalho (QVT) na percepção dos funcionários, da Tabeliã substituta e do Gerente de Recursos Humanos do 3º tabelionato de protestos de Porto Alegre/RS. A metodologia utilizada foi caracterizada como descritiva de caráter quantitativo e qualitativo, delineada por estudo de caso. Aplicou-se um questionário baseado no modelo de Qualidade de Vida no Trabalho de Walton (1973) com os funcionários e uma entrevista semiestruturada com a Tabeliã substituta e o Gerente de Recursos Humanos. O questionário foi respondido por 40 funcionários, com questões relacionadas a compensação justa e adequada, condições de segurança e saúde no trabalho, utilização e desenvolvimento de capacidades, oportunidades de crescimento e segurança, integração social na organização, garantias constitucionais,trabalho e espaço total de vida e relevância social da vida no trabalho. Os dados foram analisados para comparar a percepção de funcionários e gestores quanto a qualidade de vida no trabalho. Foram encontrados resultados positivos na percepção dos funcionários na maioria dos fatores de avaliação de Walton, como a carga horária onde 100% dos funcionários demonstraram satisfação com o tempo que dedicam ao seu trabalho e 88% dos pesquisados sentem-se realizados em trabalhar na empresa. Apenas o feedback sobre o desempenho dos funcionários merece maior atenção da gestão pois 98% acham importante saber como estão desenvolvendo seu trabalho e 55% não concordam que recebem retorno sobre seu desempenho. A comparação dos dados obtidos com o questionário e as entrevistas demonstrou grande compatibilidade entre as respostas obtidas. Com o estudo foi possível concluir que os fatores que Walton (1973) descreve como importantes para uma boa QVT podem vir a colaborar para o crescimento da empresa e dos funcionários, se estes forem valorizados e implantados adequadamente e que a empresa estudada preocupa-se com A QVT de seus funcionários.

12 Nome do aluno:tatiane Lopes. Orientador:Prof. Me. Elsa Maria Luz Pilz. Título do TCC: A influência das características da geração Y no turnover das lojas Saraiva localizadas em Shopping Centers de Porto Alegre/RS. Resumo:Este trabalho tem como objetivo analisar como as características da Geração y, nascidos entre 1980 à 2000, podem influenciar o aumento dos índices de turnover, termo em inglês para o fenômeno rotatividade, nas lojas da rede Saraiva localizadas nos shoppings de Porto Alegre. Para tal, é utilizada uma pesquisa quantitativa e qualitativa, delineada como estudo de caso. A parte quantitativa é realizada através da aplicação de questionários nos colaboradores pertencentes à Geração Y das lojas estudadas com o objetivo de verificar a opinião dos jovens quanto aos fatores que influenciam sua permanência na empresa e quais suas expectativas frente ao seu trabalho na organização. Também foi realizada a análise das pesquisas de desligamento da empresa, aplicadas nos colaboradores que solicitaram seu desligamento, no período de janeiro de 2013 até janeiro de 2014, visando identificar os fatores que influenciam a decisão voluntária do jovem de desligar-se da empresa. Já para a pesquisa qualitativa, é realizada uma entrevista semiestruturada com os gestores das quatro lojas localizadas nos shoppings de Porto Alegre com o objetivo de verificar a percepção dos gestores quanto aos fatores que influenciam na rotatividade dos jovens na organização, bem como, analisar como a empresa está se preparando para reter os jovens na organização. Como resultados mais expressivos nos questionários, os jovens apontaram a busca de significado no trabalho que realiza com concordância de 82% dos respondentes, bem como a valorização do reconhecimento pelo trabalho realizado com 90% dos jovens concordando com a afirmação. Na pesquisa de desligamento um dos principais resultados foi quanto à avaliação sobre as condições de trabalho. O jovem da Geração Y tem forte expectativa sobre o horário de trabalho. Nas entrevistas com os gestores há unanimidade quanto ao imediatismo desta geração como sua principal característica. Após o estudo, foi possível conhecer as expectativa da Geração Y quanto ao seu trabalho na organização, a percepção dos gestores e como eles estão se preparando para reter os jovens, porém os motivos de desligamento demandam um estudo mais aprofundado incluindo outras variáveis por exemplo, os fatores socioeconômicos dos jovens para maior entendimento das causas dos índices de turnover das lojas.

13 CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS Nome do aluno:alexandre Rodrigues. Orientador:Prof. Me. Luciano Zanuz. Título do TCC: Biersoft: sistema para gerenciamento de bares especializado em cervejas artesanais desenvolvido utilizando-se Domain-Driven Design e Test Drive Development. Semestre: 2013/2. Resumo:Desenvolvimento de um sistema para bares especializados na venda de cervejas artesanais utilizando as metodologias ágeis Domain-Driven Design (DDD, Projeto Dirigido - Orientado - pelo Dominio), Test Driven Development (TDD, Desenvolvimento Dirigido por Testes) e extreming Programing (XP, Programação Extrema). Foi utilizada a linguagem Java para o desenvolvimento da aplicação, sendo esta desenvolvida para o ambiente Web, com a utilização dos frameworks Java Persistence API (JPA) JavaServer Faces (JSF) e também Contexts and Dependency Injection (CDI). Para realização dos testes foram utilizados os frameworks JUnit DeltaSpike, EasyMock e PowerMock. A aplicação foi divida em 4 camadas, sendo elas, Camada de Apresentação, Camada de Aplicação, Camada de Domínio e Camada de Persistência. Os principais padrões utilizados para modelagem do domínio da aplicação foram Domain Model, Entity, Object Value, Agregate e Repository.

14 Nome do aluno:gabriele da Silva Cauduro. Orientador:Prof. Me.Roberto Zanoni. Título do TCC: Holder EDI: sistema web para definição de escopo dos produtos EDI Semestre: 2013/2. Resumo:O EDI (Eletronic Data Interchange - Tráfego Eletrônico de Documentos), ou Intercâmbio Eletrônico de Dados, é uma ferramenta que viabiliza a troca de documentos comerciais eletronicamente, entre empresas nos vários ramos de negócio. Sua utilização possibilita a diminuição na quantidade de erros e principalmente a centralização do canal de comunicação dos parceiros comercias. A implantação deste tipo de comunicação costuma ser intermediada por empresas especializadas. E estas têm como premissa reunir as informações referentes a regras técnicas e de negócio para estruturar o relacionamento. Com o propósito de centralizar as informações técnicas e regras de negócio propõe-se neste projeto o desenvolvimento de uma aplicação web para definição de escopo relacionadas a implantação de EDI. Tendo como objetivos detalhar tratamentos, descrever necessidades, chegando a orientações em nível técnico permitindo uma implantação mais segura e ágil.

15 Nome do aluno:josé Orlando Gaspar Teixeira. Orientador:Prof. Me. Aline de Campos. Título do TCC: Processamento de eventos complexos: utilização de eventos complexos em sistemas de comércio eletrônico. Semestre: 2013/2. Resumo:O comércio eletrônico ou e-commerce representa uma importante parcela financeira na economia do país. Apesar de ainda estar distante do alcance de muitos consumidores, realizar compras pela Internet tornou-se uma prática muito comum para uma grande parcela da população. Isto se justifica pela acessibilidade aos sistemas de compra online, falta de tempo para se deslocar a um estabelecimento, insegurança dos meios urbanos e o conforto de realizar suas compras a qualquer hora do dia. Incentivar a cultura de transações pela internet tem sido o grande desafio de muitas companhias que buscam neste negócio uma grande oportunidade de expandir suas vendas. Por ser relativamente novo e gerar uma mudança de comportamento dos consumidores, este tipo de negócio ainda carece de ferramentas que possam auxiliar os empresários para melhor gerir seus investimentos. Os consumidores não estão totalmente seguros em realizar negócios via web, carecem de garantias no sigilo dos seus dados que estão sendo abertos na transação. Temem pela invasão de sua privacidade. Neste cenário de receios e dúvidas, a tecnologia CEP (Complex Event Processing) funciona como uma ferramenta de auxílio a compradores e comerciantes, pois com essa é possível monitorar em tempo real diversos processos simultâneos, podendo notificar o mais rápido possível a área responsável, interceptar e resolver problemas que, se não avaliados a tempo, podem ser irreversíveis para o futuro do negócio eletrônico. Através das ações processadas por estes eventos é possível auxiliar a tomada de decisão por parte dos gestores das empresas em providenciar ações que minimizem cada vez mais os riscos do negócio. Assim, tendo em vista estas questões, pretende-se desenvolver um sistema que implemente a tecnologia CEP em sistemas de e-commerce que seja capaz de monitorar eventos complexos tanto na concorrência de um produto, quanto na prevenção de fraudes, desistências, entrega e satisfação do cliente, oferecendo assim informações em tempo real para os administradores do negócio, tanto em nível estratégico quanto gerencial.

16 Nome do aluno: Wylliam Silveira Santos. Orientador:Prof. Me. Aline de Campos. Título do TCC: Sync task: sistema web de gerenciamento de projetos de tecnologia de informação. Semestre: 2013/2. Resumo:Desde o início dos tempos, é inerente ao ser humano a característica de empreender, criar e construir. Todos os povos que ainda existem ou já passaram pelo nosso planeta, mesmo sem se dar conta, já participaram de um projeto para alguma finalidade, desde a construção de uma ponte até o planejamento de uma simples festa. Ao longo do tempo muitos estudiosos abordaram o tema de gestão e a tornaram bastante vasta em questão de literatura, muitas técnicas foram criadas e evoluíram junto com a gerência de projetos. Essas técnicas, modelos e formas de gerenciar ficaram conhecidas ao redor do mundo através de institutos e associações. São casos de sucesso na questão de gerenciamento, credibilidade e know-how como, por exemplo, o PMI (Project Management Institute)1, que se tornou referência mundial. Todas essas organizações evidenciam características para o sucesso do projeto, como a evolução contínua, formas de organização, controle de riscos, gastos e tempo. Fica claro que o mundo corporativo necessita cada vez mais gerir os projetos para garantir a eficácia do sistema. Nesse caminho que o trabalho procura simplificar a forma de gerir o tempo e os gastos de projetos, focado em gráficos e relatórios para ajudar gerentes a tomar as decisões do futuro dos seus projetos.

17 Nome do aluno:cristiano Alves. Orientador:Prof. Me. Luciano Zanuz. Título do TCC: Aplicação web para gerenciamento de testes no ciclo de vida de um software. Semestre: 2013/2. Resumo:Durante o projeto de desenvolvimento de um programa de computador existem várias etapas e processos a serem cumpridos até que seja possível a conclusão da aplicação. Uma destas etapas é o processo de qualificação e teste que visa certificar que todos os requisitos estão funcionando corretamente conforme o que foi especificado. Diante deste fato, o projeto de desenvolvimento de um programa de computador, precisa ser gerenciado a fim de proporcionar um controle total sobre o que está sendo produzido. O Gerenciador de Testes é uma aplicação voltada justamente para suprir esta necessidade, tendo em vista que o seu principal objetivo é prover uma forma simples e eficiente a fim de possibilitar o gerenciamento e suporte à criação, manutenção e execução de casos de testes manuais durante a fabricação de um ou mais programas de computares.

18 Nome do aluno:daniel Machado Correa. Orientador:Prof. Me. Sirlei Inês Sulzbach Isaia. Título do TCC: ifome: sistema de tele entrega de refeições. Semestre: 2013/2. Resumo:Os avanços tecnológicos da última década têm trazido cada vez mais agilidade e produtividade para o comércio. A cada ano surgem novas tecnologias e produtos promissores que visam aumentar a lucratividade dos negócios e a comodidade dos consumidores Este projeto visa a construção de um software que oferece uma alternativa ao modelo tradicional de tele entrega de refeições. Trata-se de um sistema web pelo qual os usuários têm acesso a um conjunto de restaurantes cadastrados, podendo realizar seus pedidos de forma prática, através da internet. O sistema foi desenvolvido utilizando a plataforma ASP.NET da Microsoft e utilizou tecnologia de desenvolvimento responsivo baseada em HTML 5. Para atingir tal objetivo, a metodologia aplicada durante o desenvolvimento foi Ágil baseada em Scrum, principalmente.

19 Nome do aluno:dhuio Santana Rodrigues. Orientador:Prof. Me. Luis Henrique Leal Ries. Título do TCC: Automatizando rotinas de atualizações jurídicas. Semestre: 2013/2. Resumo:O Cabanellos Schuh - Advogados Associados é um escritório voltado à advocacia, possuindo um amplo leque de clientes na área trabalhista. Um exemplo deles é o Clientex. Atualmente, o Cabanellos Schuh administra seus processos através de um sistema interno, conhecido como Portal de Gestão Jurídica (PGJ). Assim, o advogado atualiza as informações no PGJ manualmente e, após as informações ficarem disponibilizadas no PGJ, os colaboradores do Administrativo Processual copiam essas informações também manualmente e atualizam o sistema do Clientex, demandando, assim, duplicidade e demora na tarefa. Frente à necessidade e a frequência destas atualizações, o Cabanellos Schuh, elaborou um projeto de automatização das rotinas de inserção de informações, no sistema do Clientex. Este trabalho consiste no desenvolvimento de um sistema para automatização de rotinas jurídicas. O objetivo deste trabalho é desenvolver um sistema que automatize as tarefas diárias de cadastro no sistema do Clientex, facilitando as tarefas diárias dos colaboradores e evitando erros operacionais. Para melhor desenvolver o projeto, foi utilizada a ferramenta Microsoft Visual Studio com a linguagem C# e banco de dados.

20 Nome do aluno:felipe Huhufleisch Müller. Orientador: Prof. Esp. Lizandro Kirst da Silva. Título do TCC: Codebreak framework: API para desenvolvimentorápido. Semestre: 2013/2. Resumo:Com a evolução do desenvolvimento de software fez-se necessário dividir o código em elementos menos complexos, com diretrizes restritas à determinadas operações. Com essa necessidade nasceu o uso de bibliotecas de código, que são conjuntos de classes ou funções que buscam cumprir certos objetivos. No momento que um aglomerado de bibliotecas definem não só a função, mas a forma como o desenvolvimento será realizado, seja por um padrão de projeto (Design Pattern), ou por arquitetura de desenvolvimento a ser empregada, tem-se um framework. Assim, o objetivo deste projeto é especificar, modelar e desenvolver um framework que padronize o formato de desenvolvimento de CRUDs (Create-Retrieve-Update-Delete (Criação-Recuperação- Atualização-Exclusão) dinâmicos, baseados na modelagem do banco de dados, sem necessidade de interação do desenvolvedor para criação de cada classe de entidade (no modelo de orientação a objetos). A construção de telas foi realizada de forma a possibilitar a criação de templates (modelos, cores, posições, leiaute) para o sistema. Demonstrando o funcionamento dos recursos do framework, foi projetado e construído um sistema de ordem de serviço, solucionando demanda de pequenas empresas em sistemas de serviço no formato Web.

1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO EDUCACIONAL Gestão do ciclo completo de relacionamento com o aluno SRM da Universidade Feevale

1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO EDUCACIONAL Gestão do ciclo completo de relacionamento com o aluno SRM da Universidade Feevale RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO 1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO EDUCACIONAL Gestão do ciclo completo de relacionamento com o aluno SRM da Universidade Feevale 1.1 Histórico da Prática Eficaz Por meio do Departamento

Leia mais

ü Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação

ü Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação Nome e titulação do Coordenador: Coordenador: Prof. Wender A. Silva - Mestrado em Engenharia Elétrica (Ênfase em Processamento da Informação). Universidade

Leia mais

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS

GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS GESTÃO DE TI NAS ORGANIZAÇÕES CONTEMPORÂNEAS WALLACE BORGES CRISTO 1 JOÃO CARLOS PEIXOTO FERREIRA 2 João Paulo Coelho Furtado 3 RESUMO A Tecnologia da Informação (TI) está presente em todas as áreas de

Leia mais

Sistemas de Informação I

Sistemas de Informação I + Sistemas de Informação I Dimensões de análise dos SI Ricardo de Sousa Britto rbritto@ufpi.edu.br + Introdução n Os sistemas de informação são combinações das formas de trabalho, informações, pessoas

Leia mais

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado Professora Débora Dado Prof.ª Débora Dado Planejamento das aulas 7 Encontros 19/05 Contextualizando o Séc. XXI: Equipes e Competências 26/05 Competências e Processo de Comunicação 02/06 Processo de Comunicação

Leia mais

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES):

Leia mais

Endomarketing: um estudo de caso em uma agência de uma instituição financeira de Bambuí- MG

Endomarketing: um estudo de caso em uma agência de uma instituição financeira de Bambuí- MG Endomarketing: um estudo de caso em uma agência de uma instituição financeira de Bambuí- MG Bruna Jheynice Silva Rodrigues 1 ; Lauriene Teixeira Santos 2 ; Augusto Chaves Martins 3 ; Afonso Régis Sabino

Leia mais

Eficiência na manutenção de dados mestres referentes a clientes, fornecedores, materiais e preços

Eficiência na manutenção de dados mestres referentes a clientes, fornecedores, materiais e preços da solução SAP SAP ERP SAP Data Maintenance for ERP by Vistex Objetivos Eficiência na manutenção de dados mestres referentes a clientes, fornecedores, materiais e preços Entregar a manutenção de dados

Leia mais

Proposta Comercial. Empresa «Nome_da_empresa» Solução BPO Business Process Outsourcing. Número Proposta «Numero_Proposta» - «Versao»

Proposta Comercial. Empresa «Nome_da_empresa» Solução BPO Business Process Outsourcing. Número Proposta «Numero_Proposta» - «Versao» Proposta Comercial Empresa «Nome_da_empresa» Solução BPO Business Process Outsourcing Número Proposta «Numero_Proposta» - «Versao» Data 14 de setembro de 2012 Preparado para: «Nome» «Sobrenome» 1. Objetivo

Leia mais

Especialização em Arquitetura e Engenharia de Software

Especialização em Arquitetura e Engenharia de Software Especialização em Arquitetura e Engenharia de Software O curso vai propiciar que você seja um especialista para atua atuar na área de Arquitetura de Software em diferentes organizações, estando apto a:

Leia mais

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br Corporativo Transformar dados em informações claras e objetivas que possibilitem às empresas tomarem decisões em direção ao sucesso. Com essa filosofia a Star Soft Indústria de Software e Soluções vem

Leia mais

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Justificativa: As transformações ocorridas nos últimos anos têm obrigado as organizações a se modificarem constantemente e de forma

Leia mais

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C Mídias sociais como apoio aos negócios B2C A tecnologia e a informação caminham paralelas à globalização. No mercado atual é simples interagir, aproximar pessoas, expandir e aperfeiçoar os negócios dentro

Leia mais

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento HOME O QUE É TOUR MÓDULOS POR QUE SOMOS DIFERENTES METODOLOGIA CLIENTES DÚVIDAS PREÇOS FALE CONOSCO Suporte Sou Cliente Onde sua empresa quer chegar? Sistemas de gestão precisam ajudar sua empresa a atingir

Leia mais

Construção de um Sistema de Informações Estratégicas, Integrando Conhecimento, Inteligência e Estratégia.

Construção de um Sistema de Informações Estratégicas, Integrando Conhecimento, Inteligência e Estratégia. Construção de um Sistema de Informações Estratégicas, Integrando Conhecimento, Inteligência e Estratégia. Introdução Sávio Marcos Garbin Considerando-se que no contexto atual a turbulência é a normalidade,

Leia mais

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG Capítulo 3: Sistemas de Negócios Colaboração SPT SIG Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos, gerentes e profissionais de empresas.

Leia mais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Capítulo 3: Sistemas de Apoio Gerenciais Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos,

Leia mais

Aula 2: RIA - Aplicações Ricas para Internet Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina

Aula 2: RIA - Aplicações Ricas para Internet Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Programação para Internet Rica 1 Aula 2: RIA - Aplicações Ricas para Internet Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Objetivo: Identificar as principais características de uma Aplicação Internet Rica.

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

GESTÃO EMPRESARIAL E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

GESTÃO EMPRESARIAL E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO EMPRESARIAL E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO * César Raeder Este artigo é uma revisão de literatura que aborda questões relativas ao papel do administrador frente à tecnologia da informação (TI) e sua

Leia mais

GESTÃO. Educacional. www.semeareducacional.com.br. Sistema Municipal de Excelência ao Atendimento da Rede

GESTÃO. Educacional. www.semeareducacional.com.br. Sistema Municipal de Excelência ao Atendimento da Rede GESTÃO Educacional A P R E S E N T A Ç Ã O www.semeareducacional.com.br Sistema Municipal de Excelência ao Atendimento da Rede A EXPANSÃO TECNOLOGIA Nossa MISSÃO: Transformação de Dados em Informação Transformação

Leia mais

Unidade 4: Contextualização de Objetos de Aprendizagem

Unidade 4: Contextualização de Objetos de Aprendizagem Coordenação: Juliana Cristina Braga Autoria: Rita Ponchio Você aprendeu na unidade anterior a importância da adoção de uma metodologia para a construção de OA., e também uma descrição geral da metodologia

Leia mais

CONTROLE ESTRATÉGICO

CONTROLE ESTRATÉGICO CONTROLE ESTRATÉGICO RESUMO Em organizações controlar significa monitorar, avaliar e melhorar as diversas atividades que ocorrem dentro de uma organização. Controle é fazer com que algo aconteça como foi

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1. COLABORAÇÃO NAS EMPRESAS Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar a colaborar, comunicando idéias, compartilhando

Leia mais

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA

INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA Autor: Jeferson Correia dos Santos ARTIGO TÉCNICO INOVAÇÃO NA GESTÃO DE PÓS-VENDAS: SETOR AUTOMOTIVO RESUMO A palavra inovação tem sido atualmente umas das mais mencionadas

Leia mais

Diagnóstico sobre valores, conhecimento e cultura de acesso à informação pública no Poder Executivo Federal Brasileiro

Diagnóstico sobre valores, conhecimento e cultura de acesso à informação pública no Poder Executivo Federal Brasileiro Diagnóstico sobre valores, conhecimento e cultura de acesso à informação pública no Poder Executivo Federal Brasileiro Vânia Vieira Diretora de Prevenção da Corrupção Controladoria-Geral da União DADOS

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. RECONHECIDO conforme PORTARIA nº 295, de 25 de Junho de 2008.

CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS. RECONHECIDO conforme PORTARIA nº 295, de 25 de Junho de 2008. CURSO DE GRADUAÇÃO TECNOLÓGICA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS RECONHECIDO conforme PORTARIA nº 295, de 25 de Junho de 2008. Título: Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Turno: Noturno

Leia mais

Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas

Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas Boas propostas são essenciais para que uma gestão tenha êxito, mas para que isso ocorra é fundamental que os dirigentes organizacionais

Leia mais

Processo de Negociação. Quem somos. Nossos Serviços. Clientes e Parceiros

Processo de Negociação. Quem somos. Nossos Serviços. Clientes e Parceiros Quem somos Nossos Serviços Processo de Negociação Clientes e Parceiros O NOSSO NEGÓCIO É AJUDAR EMPRESAS A RESOLVEREM PROBLEMAS DE GESTÃO Consultoria empresarial a menor custo Aumento da qualidade e da

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

O Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores possui flexibilidade para atender dois tipos de certificações intermediárias, que são:

O Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores possui flexibilidade para atender dois tipos de certificações intermediárias, que são: 1) Formas de participação do Corpo Discente: O Colegiado do Curso é um órgão consultivo, deliberativo e normativo, onde é possível a participação do corpo discente nas decisões que competem a exposição

Leia mais

fagury.com.br. PMBoK 2004

fagury.com.br. PMBoK 2004 Este material é distribuído por Thiago Fagury através de uma licença Creative Commons 2.5. É permitido o uso e atribuição para fim nãocomercial. É vedada a criação de obras derivadas sem comunicação prévia

Leia mais

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS GESTÃO POR COMPETÊNCIAS STM ANALISTA/2010 ( C ) Conforme legislação específica aplicada à administração pública federal, gestão por competência e gestão da capacitação são equivalentes. Lei 5.707/2006

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing

PROJETO PEDAGÓGICO. Curso de Graduação Tecnológica em Marketing PROJETO PEDAGÓGICO Curso de Graduação Tecnológica em Marketing Porto alegre, 2011 1 1. Objetivos do Curso O projeto do curso, através de sua estrutura curricular, está organizado em módulos, com certificações

Leia mais

Regulamento do Programa RiSE/Porto Digital de Residência em Reuso de Software 2011

Regulamento do Programa RiSE/Porto Digital de Residência em Reuso de Software 2011 Regulamento do Programa RiSE/Porto Digital de Residência em Reuso de Software 2011 1. Apresentação A RiSE Reuse in Software Engineering e o Núcleo de Gestão do Porto Digital (NGPD), com o apoio do CNPq

Leia mais

MBA em Design Estratégico

MBA em Design Estratégico MBA em Design Estratégico Público - alvo Indicado para profissionais com formação em Design, Arquitetura, Moda ou gestores e empreendedores que estejam buscando novas formas de gestão orientadas para a

Leia mais

O CONCEITO DE TDD NO DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

O CONCEITO DE TDD NO DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE O CONCEITO DE TDD NO DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE Renan Leme Nazário, Ricardo Rufino Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR - Brasil renazariorln@gmail.com, ricardo@unipar.br Resumo. Este artigo

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PLANO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DA Flash Lan House: FOCO NO ALINHAMENTO ENTRE CAPITAL HUMANO E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL INSTRUÇÃO NORMATIVA SECOM-PR N o 8 DE 19 DE DEZEMBRO DE 2014 Disciplina a implantação e a gestão da Identidade Padrão de Comunicação Digital das

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO Ponta Grossa 2012 ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO Trabalho elaborado pelo

Leia mais

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento Estratégico de TIC no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário Planejamento

Leia mais

ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS

ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS Ana Beatriz Mesquita (CPTEC/INPE) ESTUDO DA MELHOR METODOLOGIA PARA A DIFUSÃO DE VÍDEOS EXPLICATIVOS DE FENÔMENOS METEOROLÓGICOS Metodologia do trabalho realizado referente a gravação e expansão dos vídeos

Leia mais

TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF)

TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF) TREINAMENTO ONLINE PARA O SISTEMA DE APOIO À GESTÃO AMBIENTAL RODOVIÁRIA FEDERAL (SAGARF) Maio de 2007 Maria Rachel Barbosa Fundação Trompovsky (Apoio ao NEAD CENTRAN) rachel@centran.eb.br Vanessa Maria

Leia mais

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex...

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... (/artigos /carreira/comopermanecercalmosob-pressao /89522/) Carreira Como permanecer calmo sob pressão (/artigos/carreira/como-permanecer-calmosob-pressao/89522/)

Leia mais

Gerenciamento de Redes

Gerenciamento de Redes Gerenciamento de Redes As redes de computadores atuais são compostas por uma grande variedade de dispositivos que devem se comunicar e compartilhar recursos. Na maioria dos casos, a eficiência dos serviços

Leia mais

Planejamento de sistemas de informação.

Planejamento de sistemas de informação. Planejamento de sistemas de informação. O planejamento de sistemas de informação e da tecnologia da informação é o processo de identificação das aplicações baseadas em computadores para apoiar a organização

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul Planejamento Estratégico de TIC da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DA JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO (RS) MISSÃO: Gerar, manter e atualizar soluções tecnológicas eficazes,

Leia mais

SISTEMA PARA CONTROLE DE EGRESSOS E INDICADORES DE MEDIÇÃO Pesquisa em Andamento: resultados preliminares

SISTEMA PARA CONTROLE DE EGRESSOS E INDICADORES DE MEDIÇÃO Pesquisa em Andamento: resultados preliminares SISTEMA PARA CONTROLE DE EGRESSOS E INDICADORES DE MEDIÇÃO Pesquisa em Andamento: resultados preliminares Neidson Santos Bastos 1 ; Angelo Augusto Frozza 2 ; Reginaldo Rubens da Silva 3 RESUMO Mensurar

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Data da Criação: 09/11/2012 Dara de revisão: 18/12/2012 1 - Sumário - 1. A Instant Solutions... 3 1.1. Perfil da empresa... 3 1.2. Responsabilidade ambiental...

Leia mais

Tecnologia e Sistemas de Informações

Tecnologia e Sistemas de Informações Universidade Federal do Vale do São Francisco Tecnologia e Sistemas de Informações Prof. Ricardo Argenton Ramos Aula 3 Componentes de SIs Pessoas SI Organiz. Unidades que exercem diferentes funções, tais

Leia mais

Uma Experiência Prática da Utilização da Ferramenta Moodle para Comunidades Virtuais na ENSP - Fiocruz

Uma Experiência Prática da Utilização da Ferramenta Moodle para Comunidades Virtuais na ENSP - Fiocruz Uma Experiência Prática da Utilização da Ferramenta Moodle para Comunidades Virtuais na ENSP - Fiocruz Autores: Ana Paula Bernardo Mendonça Ana Cristina da Matta Furniel Rosane Mendes da Silva Máximo Introdução

Leia mais

EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA OPERACIONAL (PTO)

EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA OPERACIONAL (PTO) EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 CONCESSÃO PARA AMPLIAÇÃO, MANUTENÇÃO E EXPLORAÇÃO DOS AEROPORTOS INTERNACIONAIS BRASÍLIA CAMPINAS GUARULHOS EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA

Leia mais

A PERCEPÇÃO DOS GESTORES EM RELAÇÃO À IMPLANTAÇÃO DO E-LEARNING: UM ESTUDO EM EMPRESAS EM DIFERENTES ESTÁGIOS DE IMPLANTAÇÃO

A PERCEPÇÃO DOS GESTORES EM RELAÇÃO À IMPLANTAÇÃO DO E-LEARNING: UM ESTUDO EM EMPRESAS EM DIFERENTES ESTÁGIOS DE IMPLANTAÇÃO 1 A PERCEPÇÃO DOS GESTORES EM RELAÇÃO À IMPLANTAÇÃO DO E-LEARNING: UM ESTUDO EM EMPRESAS EM DIFERENTES ESTÁGIOS DE IMPLANTAÇÃO Porto Alegre RS Abril 2010 Bianca Smith Pilla Instituto Federal de Educação,

Leia mais

Evolução das Matrículas por Modalidade 2000-2004 58.396 43.396 46.277 37.242 30.730

Evolução das Matrículas por Modalidade 2000-2004 58.396 43.396 46.277 37.242 30.730 Informe Técnico do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial APRESENTAÇÃO DESEMPENHO & OFERTA v.2, n.1, março de 25 Criado com o propósito de divulgar o comportamento do desempenho institucional no curto

Leia mais

Capítulo 1 - Introdução 14

Capítulo 1 - Introdução 14 1 Introdução Em seu livro Pressman [22] define processo de software como um arcabouço para as tarefas que são necessárias para construir software de alta qualidade. Assim, é-se levado a inferir que o sucesso

Leia mais

Redes sociais no Terceiro Setor

Redes sociais no Terceiro Setor Redes sociais no Terceiro Setor Prof. Reginaldo Braga Lucas 2º semestre de 2010 Constituição de redes organizacionais Transformações organizacionais Desenvolvimento das organizações articuladas em redes

Leia mais

6h diárias - 11 meses

6h diárias - 11 meses 6h diárias - 11 meses PROPOSTA PEDAGÓGICA PROGRAMA DE APRENDIZAGEM EM AUXILIAR DE VAREJO ÍNDICE 1 - Apresentação da Entidade ijovem 3 2 - Justificativa do Programa. 3 3 Público-alvo: 4 4 Objetivo geral:

Leia mais

Processo de Desenvolvimento de Software

Processo de Desenvolvimento de Software Coordenadoria de Tecnologia da Informação Documentos Formais Processo de Desenvolvimento de Software Sumário 1 Introdução... 03 2 Políticas do Documento de Processo de Desenvolvimento de Software... 04

Leia mais

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS - FAN CEUNSP SALTO /SP CURSO DE TECNOLOGIA EM MARKETING TRABALHO INTERDISCIPLINAR

FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E NEGÓCIOS - FAN CEUNSP SALTO /SP CURSO DE TECNOLOGIA EM MARKETING TRABALHO INTERDISCIPLINAR APRESENTAÇÃO DO TI O Trabalho Interdisciplinar é um projeto desenvolvido ao longo dos dois primeiros bimestres do curso. Os alunos tem a oportunidade de visualizar a unidade da estrutura curricular do

Leia mais

A Comunicação no Modelo de Excelência da Gestão (MEG) 1

A Comunicação no Modelo de Excelência da Gestão (MEG) 1 A Comunicação no Modelo de Excelência da Gestão (MEG) 1 Narjara Bárbara Xavier Silva 2 Patrícia Morais da Silva 3 Resumo O presente trabalho é resultado do Projeto de Extensão da Universidade Federal da

Leia mais

AUTOR: DAVID DE MIRANDA RODRIGUES CONTATO: davidmr@ifce.edu.br CURSO FIC DE PROGRAMADOR WEB VERSÃO: 1.0

AUTOR: DAVID DE MIRANDA RODRIGUES CONTATO: davidmr@ifce.edu.br CURSO FIC DE PROGRAMADOR WEB VERSÃO: 1.0 AUTOR: DAVID DE MIRANDA RODRIGUES CONTATO: davidmr@ifce.edu.br CURSO FIC DE PROGRAMADOR WEB VERSÃO: 1.0 SUMÁRIO 1 Conceitos Básicos... 3 1.1 O que é Software?... 3 1.2 Situações Críticas no desenvolvimento

Leia mais

A QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL NA ÁREA DE COLHEITA FLORESTAL MECANIZADA

A QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL NA ÁREA DE COLHEITA FLORESTAL MECANIZADA A QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL NA ÁREA DE COLHEITA FLORESTAL MECANIZADA Edna Ap Esquinelato da Silva 1 Eliete Santana 1 Elton Dias da Paz 1 Priscila Alves da Silva 1 RESUMO Colheita Floresta é o processo

Leia mais

GESTÃO FINANCEIRA PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS

GESTÃO FINANCEIRA PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS GESTÃO FINANCEIRA PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS Thais Peixoto de Medeiros(1); Estephany Calado(2); Gisele Gregório Araújo(2); Márcio André Veras Machado (3); Francisco Roberto Guimarães Júnior(4) Centro

Leia mais

FRAMEWORK DE DESENVOLVIMENTO LOTUS NOTES

FRAMEWORK DE DESENVOLVIMENTO LOTUS NOTES LEADWORK TECNOLOGIA E TREINAMENTO FRAMEWORK DE DESENVOLVIMENTO LOTUS NOTES Flexibilidade Acesso via Client Notes, Web e Mobile. Com o framework de desenvolvimento as soluções podem ser oferecidas com acesso

Leia mais

Apresentação da FAMA

Apresentação da FAMA Pós-Graduação Lato Sensu CURSO DE ESPECIIALIIZAÇÃO 444 horras/aulla 1 Apresentação da FAMA A FAMA nasceu como conseqüência do espírito inovador e criador que há mais de 5 anos aflorou numa família de empreendedores

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE PESSOAS PROFESSOR: Itair Pereira da Silva DISCENTES: Maria das Graças João Vieira Rafael Vitor ORGANOGRAMA PRESIDENTE GERENTE

Leia mais

Páginas Amarelas como ferramenta para mapeamento do conhecimento tácito

Páginas Amarelas como ferramenta para mapeamento do conhecimento tácito Páginas Amarelas como ferramenta para mapeamento do conhecimento tácito 1. INTRODUÇÃO O setor de energia sofreu, nos últimos anos, importantes modificações que aumentaram sua complexidade. Para trabalhar

Leia mais

Lacerda e Franze obtém economia significativa em custos de impressão com ECM/GED da SML Brasil

Lacerda e Franze obtém economia significativa em custos de impressão com ECM/GED da SML Brasil lacerda e franze Escritório de Advocacia Lacerda e Franze obtém economia significativa em custos de impressão com ECM/GED da SML Brasil CLIENTE Lacerda e Franze Advogados Associados V I S Ã O G E R A L

Leia mais

MEDEUFOME SOFTWARE PARA O GERENCIAMENTO DE PEDIDOS ONLINE E OFFLINE PARA RESTAURANTES.

MEDEUFOME SOFTWARE PARA O GERENCIAMENTO DE PEDIDOS ONLINE E OFFLINE PARA RESTAURANTES. UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CURSO DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS PARA INTERNET CÂMPUS GUARAPUAVA ANDRÉ FELIPE SILVEIRA MEDEUFOME SOFTWARE PARA O GERENCIAMENTO DE PEDIDOS ONLINE E OFFLINE PARA

Leia mais

1 LIDERANÇA. Indicador 1: Eficiência da Comunicação Organizacional

1 LIDERANÇA. Indicador 1: Eficiência da Comunicação Organizacional COMPILADO DAS SUGESTÕES DE MELHORIAS PARA O IDGP/2011 por critério e indicador 1 LIDERANÇA O critério Liderança aborda como está estruturado o sistema de liderança da organização, ou seja, o papel da liderança

Leia mais

4. Tendências em Gestão de Pessoas

4. Tendências em Gestão de Pessoas 4. Tendências em Gestão de Pessoas Em 2012, Gerenciar Talentos continuará sendo uma das prioridades da maioria das empresas. Mudanças nas estratégias, necessidades de novas competências, pressões nos custos

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Drª. Ana Maria Viegas Reis

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Drª. Ana Maria Viegas Reis CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Drª. Ana Maria Viegas Reis APRESENTAÇÃO A FGV é uma instituição privada sem fins lucrativos, fundada em

Leia mais

UMA ABORDAGEM SOBRE OS PADRÕES DE QUALIDADE DE SOFTWARE COM ÊNFASE EM SISTEMAS PARA WEB

UMA ABORDAGEM SOBRE OS PADRÕES DE QUALIDADE DE SOFTWARE COM ÊNFASE EM SISTEMAS PARA WEB UMA ABORDAGEM SOBRE OS PADRÕES DE QUALIDADE DE SOFTWARE COM ÊNFASE EM SISTEMAS PARA WEB Alan Francisco de Souza¹, Claudete Werner¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil alanfsouza.afs@gmail.com,

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

Redes Sociais Em Apoio À Tomada De Decisão

Redes Sociais Em Apoio À Tomada De Decisão Redes Sociais Em Apoio À Tomada De Decisão Este assunto normalmente é tratado quando se aborda a coleta de dados no ciclo de Inteligência. No entanto, o fenômeno das redes sociais, atualmente, cresceu

Leia mais

COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL INTERNA UM ESTUDO DE CASO RESUMO

COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL INTERNA UM ESTUDO DE CASO RESUMO COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL INTERNA UM ESTUDO DE CASO Fábio William da Silva Granado 1 Marluci Silva Botelho 2 William Rodrigues da Silva 3 Prof Ms. Edson Leite Lopes Gimenez 4 RESUMO Realizou-se uma análise

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NA EMPRESA

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NA EMPRESA SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NA EMPRESA 1 OBJETIVOS 1. Quais são as principais aplicações de sistemas na empresa? Que papel eles desempenham? 2. Como os sistemas de informação apóiam as principais funções empresariais:

Leia mais

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO DESIGN CRIAÇÃO AGÊNCIA USABILIDA ARKETING INTERNET SEO DIGIT CRIATIVIDADE DESDE 1999 NO MERCADO, A M2BRNET É UMA AGÊNCIA DE MARKETING DIGITAL ESPECIALIZADA EM SOLUÇÕES PERSONALIZADAS. SI ARQ Desde 1999

Leia mais

Gestão do Conhecimento Case Documentar

Gestão do Conhecimento Case Documentar Gestão do Conhecimento Case Documentar GESTÃO DO CONHECIMENTO CASE DOCUMENTAR Empresa: Documentar Tecnologia e Informação Localização: R. Barão de Macaúbas 460 20º Andar Santo Antônio BH/MG Segmento: Tecnologia,

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais

Processos Gerenciais

Processos Gerenciais UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA Projeto Integrado Multidisciplinar III e IV Processos Gerenciais Manual de orientações - PIM Curso Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais. 1.

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA)

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA) Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Engenharia de Software Orientada a Serviços (SOA) Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Engenharia de Software Orientada a Serviços

Leia mais

FACULDADE DA REGIÃO DOS LAGOS INSTITUTO DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS ECONÔMICAS

FACULDADE DA REGIÃO DOS LAGOS INSTITUTO DE ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS ECONÔMICAS 1. Princípios Teórico-Filosóficos A Faculdade da Região dos Lagos vem se destacando como uma das principais instituições na formação de administradores, empresários e gerentes em nossa região. Além disso,

Leia mais

ITIL na Prática. Quais são os fatores críticos de sucesso para obter valor a partir de um Service Desk? Conhecimento em Tecnologia da Informação

ITIL na Prática. Quais são os fatores críticos de sucesso para obter valor a partir de um Service Desk? Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação ITIL na Prática Quais são os fatores críticos de sucesso para obter valor a partir de um Service Desk? Conhecimento em Tecnologia da Informação 2010 Bridge Consulting

Leia mais

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS. Finanças

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS. Finanças COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS Finanças DESCRIÇÕES DOS NÍVEIS APRENDIZ Aprende para adquirir conhecimento básico. É capaz de pôr este conhecimento em prática sob circunstâncias normais, buscando assistência

Leia mais

FACULDADE KENNEDY BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FACULDADE KENNEDY BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FACULDADE KENNEDY BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO A Faculdade Kennedy busca sempre melhorar a qualidade, oferecendo serviços informatizados e uma equipe de profissionais preparada para responder

Leia mais

PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL

PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL PESQUISA DE CLIMA MOTIVACIONAL Relatório e Análise 2005 Introdução: ``Para que a Construtora Mello Azevedo atinja seus objetivos é necessário que a equipe tenha uma atitude vencedora, busque sempre resultados

Leia mais

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente MÍDIA KIT 2014 Índice 03 A Empresa 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente A empresa Fundada em 2007, a empresa possui uma grade anual com diversos

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

A atividade de Relações Públicas como suporte para a gestão socialmente responsável

A atividade de Relações Públicas como suporte para a gestão socialmente responsável A atividade de Relações Públicas como suporte para a gestão socialmente responsável Felipe de Oliveira Fernandes Vivemos em um mundo que está constantemente se modificando. O desenvolvimento de novas tecnologias

Leia mais

Pós-Graduação em Gestão de Negócios com Ênfase em Mercado Farmacêutico

Pós-Graduação em Gestão de Negócios com Ênfase em Mercado Farmacêutico Pós-Graduação em Gestão de Negócios com Ênfase em Mercado Farmacêutico Manual do Curso São Paulo Educação Executiva 2015 Apresentação O Sindusfarma deseja oferecer aos seus associados à possibilidade de

Leia mais

CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC

CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC CESTEC- CENTRO DE SERVIÇOS EM TECNOLOGIA E INOVAÇÃO DO GRANDE ABC TERMO DE REFERÊNCIA Nº 013/2010 PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE SERVIÇOS DE CONSULTORIA PARA GESTÃO COMERCIAL E VENDAS Contatos Luiz Augusto Gonçalves

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING

ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING ESTRUTURA CURRICULAR DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM MBA EM GESTÃO DE PESSOAS, LIDERANÇA E COACHING CENÁRIO E TENDÊNCIAS DOS NEGÓCIOS 8 h As mudanças do mundo econômico e as tendências da sociedade contemporânea.

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS Versão 2.0 09/02/2015 Sumário 1 Objetivo... 3 1.1 Objetivos Específicos... 3 2 Conceitos... 4 3 Princípios... 5 4 Diretrizes... 5 4.1

Leia mais

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES N REQUISITOS OBSERVAÇÕES 01 02 03 04 05 06 07 A - MANUTENÇÃO E SUPORTE A empresa fornece produto de software com Verificar se a empresa fornece manual do produto (instalação), documentação de suporte ao

Leia mais

Serviço Público. Manutenção e Suporte em Informática

Serviço Público. Manutenção e Suporte em Informática Serviço Público Manutenção e Suporte em Informática Wilson Pedro Coordenador do Curso de Serviço Público etec_sp@ifma.edu.br Carla Gomes de Faria Coordenadora do Curso de Manutenção e Suporte em Informática

Leia mais

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS METODOLOGIA DE AUDITORIA PARA AVALIAÇÃO DE CONTROLES E CUMPRIMENTO DE PROCESSOS DE TI NARDON, NASI AUDITORES E CONSULTORES CobiT

Leia mais

UNIVERSIDADE PAULISTA

UNIVERSIDADE PAULISTA UNIVERSIDADE PAULISTA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA Projeto Integrado Multidisciplinar III e IV Marketing Manual de orientações - PIM Curso Superior de Tecnologia em Marketing. 1. Introdução Os Projetos

Leia mais

Tecnologias e Sistemas de Informação

Tecnologias e Sistemas de Informação Universidade Federal do Vale do São Francisco Curso de Administração Tecnologia e Sistemas de Informação - 02 Prof. Jorge Cavalcanti jorge.cavalcanti@univasf.edu.br www.univasf.edu.br/~jorge.cavalcanti

Leia mais

PARANÁ ---------------------------- GOVERNO DO ESTADO PROGRAMA FORMAÇÃO DE GESTORES PARA O TERCEIRO SETOR

PARANÁ ---------------------------- GOVERNO DO ESTADO PROGRAMA FORMAÇÃO DE GESTORES PARA O TERCEIRO SETOR PARANÁ ---------------------------- GOVERNO DO ESTADO PROGRAMA FORMAÇÃO DE GESTORES PARA O TERCEIRO SETOR CURITIBA Maio 2012 1 PROGRAMA TÍTULO: Formação de Gestores para o Terceiro Setor. JUSTIFICATIVA:

Leia mais