MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO"

Transcrição

1 ATA DE REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLEGIADO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO, REALIZADA AOS DEZESSETE DIAS DO MÊS DE ABRIL DE DOIS MIL E TREZE, ÀS QUATORZE HORAS E TRINTA MINUTOS NA SALA QUINZE, PRÉDIO DA UNIVASF EM JUAZEIRO-BA, SOB A PRESIDÊNCIA DO PROFESSOR VANDERLEI SOUZA CARVALHO, E COM A PRESENÇA DOS PROFESSORES DENES DANTAS VIEIRA, NILTON DE ALMEIDA ARAUJO, ELIANA DE BARROS MONTEIRO, JOSÉ FERNANDO SOUTO JUNIOR, ROSICLEIDE ARAUJO DE MELO, ALEXANDRE HENRIQUE DOS REIS, LUCIANA DUCCINI, DELCIDES MARQUES, VANDERLEA ANDRADE PEREIRA, LUZANIA BARRETO RODRIGUES, CLAUDIO ROBERTO DOS SANTOS DE ALMEIDA, MARCELO HENRIQUE PEREIRA DOS SANTOS, PAULO ROBERTO RAMOS E DOS REPRESENTANTES DISCENTES EDUARDO NEVES ROCHA DE BRITO, RAPHAELA GONÇALVES TEIXEIRA, VICTOR STOLZE GOMES, LEONARDO MIRANDA ALVES E ISAIAS ALVES RODRIGUES DOS ANJOS E AUSÊNCIA JUSTIFICADA DOS PROFESSORES EDNALDO FERREITA TÔRRES, JOSÉ HERMÓGENES MOURA DA COSTA E GABRIEL PUGLIESE CARDOSO. Havendo número legal, o presidente declarou aberta a sessão com a seguinte pauta aprovada: 1. Posse dos representantes discentes; 2. Simpósio Nacional Estado e Poder; 3. Concurso docente perfil da vaga de Filosofia e Política; 4. Distribuição das salas destinadas aos gabinetes de trabalho dos novos professores; 5. Necessidade de submissão de TCC ao Comitê de Ética CEDEP; 6. Distribuição orçamentária 2013; 7. Informes. 1. Posse dos representantes discentes. O professor Vanderlei Carvalho leu o oficio circular 02/2013 entregue pelos novos Página 1 de 7

2 representantes discentes ao Colegiado de Ciências Sociais, destacando o nome de cada membro: Leonardo Miranda Alves, Rodrigo Gomes Wanderley, Eduardo Neves Rocha de Brito, Raphaela Gonçalves Teixeira, Victor Stolze Gomes e Isaias Alves Rodrigues dos Anjos. Não havendo discussão, foram homologados os nomes dos representantes discentes informados no ofício. 2. VIII Simpósio Nacional Estado e Poder: Educação, Política e Movimentos Sociais. O professor Nilton de Almeida informou que em 2012 foi confirmada a realização do VIII Simpósio Nacional Estado e Poder na UNIVASF, no mês de outubro do ano de 2014 e gostaria de convidar todos os colegas para participar da organização e realização do evento e informou que haverá uma reunião em 06/06/2013 para dar encaminhamento à preparação do simpósio. O professor Nilton ressaltou ainda que os que não puderem participar de imediato, devido às inúmeras atribuições, poderão se juntar à comissão posteriormente e propôs que o simpósio faça parte do calendário anual de eventos do Colegiado com a participação dos alunos. O professor Vanderlei Carvalho se manifestou dizendo que também faz parte da organização do simpósio, embora menos ativo que o professor Nilton de Almeida, e que é um evento nacional cuja temática dialoga com os temas trabalhados pelo Colegiado de Ciências Sociais. Após a explanação do professor Nilton a proposta foi aprovada por unanimidade. 2. Concurso docente perfil da vaga de Filosofia e Política. O professor Vanderlei Carvalho relatou que no concurso realizado para a vaga de Filosofia e Política houve somente um candidato inscrito e que o mesmo não conseguiu obter a aprovação. Disse ainda que o novo concurso será reaberto juntamente com vagas de outras áreas que também não conseguiram obter candidatos aprovados. Ressaltou ainda que seria o caso de mudar o perfil, abrindo um pouco mais as possibilidades. O professor Alexandre Henrique dos Reis se manifestou dizendo que o perfil deve ser modificado devido à dificuldade de encontrar candidatos coma as características exigidas e sugeriu uma mudança colocando Graduação em Ciências Sociais ou Filosofia. O professor Denes Dantas Vieira se manifestou dizendo que concordava com o professor Alexandre, e manteria o perfil alargando as possibilidades e colocaria Pós-graduação na Área de Educação ou Filosofia. O professor Vanderlei Carvalho se manifestou dizendo que poderia abrir para outras áreas além da Página 2 de 7

3 Educação, como Letras e Humanidades. A professora Luzania Barreto Rodrigues se manifestou dizendo que concorda com a proposta do professor Alexandre Henrique, dizendo temer que se alargar muito as possibilidades, o candidato não tenha habilitação para transitar entre as áreas de Filosofia e Política, já que a necessidade do concurso é para essas duas áreas. O professor Paulo Roberto Ramos se manifestou dizendo que concorda com a professora Luzania Barreto, mas se fechar demais pode ser que entre um candidato especialista em uma determinada área. O professor Marcelo Henrique se manifestou dizendo que os candidatos não poderão fugir das responsabilidades uma vez que os próprios pontos do concurso indicam as áreas em que o aprovado terá que atuar. O professor Nilton de Almeida ressaltou que seria interessante um perfil mais amplo, que isso daria mais volume de inscrições inicialmente, havendo possibilidade de mais candidatos para a prova escrita e as demais etapas do concurso iriam filtrando o perfil dos selecionados, desse modo, há que se observar a possibilidade de alargar um pouco mais as áreas. A professora Rosicleide Araújo de Melo se manifestou dizendo que poderia ser exigido Graduação em Ciências Sociais ou Filosofia e o mestrado poderia ser em outras áreas. O professor Marcelo Henrique manifestou-se dizendo que é necessário ser cuidadoso quanto às outras áreas para não fugir muito da proposta, citando o exemplo de que estudiosos das Políticas Públicas podem pertencer a áreas muito diversas. Disse ainda que talvez tenha faltado um pouco de divulgação por ele mesmo e pelos demais membros do colegiado. O professor Vanderlei Carvalho manifestou-se dizendo que a comissão do concurso não recomenda o uso da expressão áreas afins. Disse ainda que não concorda com o professor Marcelo Henrique e reforça a idéia de que pensando no geral qualquer disciplina pode destoar do perfil indicado. Ressaltou também que é favorável a pontuar as áreas, incluindo Educação, História, Letras. O professor Nilton ressaltou que o importante é decidir o quanto se vai flexibilizar. A professora Luciana Duccini enfatizou a fala do professor Nilton de Almeida relatando que é necessário decidir o quanto vai abrir e o quanto vai fechar o perfil da vaga. O professor Cláudio Roberto se manifestou sugerindo que fosse exigido no perfil graduação em Filosofia. Depois de algumas colocações, foi aberto o processo de votação para decidir se a graduação a ser Página 3 de 7

4 exigida no perfil seria apenas em Filosofia ou Filosofia e Ciências Sociais, com 7 votos a favor da Graduação em Filosofia, 6 contrários e 6 abstenções, a proposta de exigir Graduação em Filosofia foi aprovada pela maioria. Logo em seguida, surgiram três opções para exigência de pós graduação: 1. Graduação em Filosofia e pósgraduação em Ciências Sociais ou Ciências Política ou Filosofia; 2. Graduação em Filosofia e Pós-graduação em Ciências Sociais ou Ciência Política ou Filosofia ou Educação; 3. Graduação em Filosofia e Pós-graduação em Ciências Sociais ou Ciência Política ou Filosofia ou Educação ou Letras. Foi aprovado por maioria de votos que o perfil a ser exigido no concurso docente é: Graduação em Filosofia e Pós-graduação em Ciências Sociais ou Ciência Política ou Filosofia ou Educação. 4. Distribuição das salas destinadas aos gabinetes de trabalho dos novos professores. O professor Vanderlei Carvalho informou que não há salas suficientes para todos os professores que serão lotados no Colegiado de Ciências Sociais e que teve informação do arquiteto que na sala 32, anexa ao Colegiado de Ciências Sociais e que será utilizada como gabinetes de professores, não será possível fazer divisórias até o teto, tendo que ser feita meia parede, já que a arquitetura do prédio não permite a instalação de outros condicionadores de ar na sala. O professor Cláudio Roberto se manifestou dizendo que será necessário distribuir as salas por ordem de ingresso na UNIVASF, deixando que os que ficarem na sala 32 discutem entre si como farão as adequações posteriormente. Todos os presentes concordaram com a proposta. 5. Necessidade de submissão de TCC ao Comitê de Ética CEDEP. O professor Cláudio Roberto dos Santos solicitou que se apreciasse a proposta de que ele e a professora Luzania Barreto Rodrigues, docentes da disciplina Seminário I, discutam com o Comitê de Ética a possibilidade de que os discentes do Curso de Ciências Sociais que estão fazendo o projeto de TCC não tenham a necessidade de enviar ao Comitê de Ética seus trabalhos, visto que não há tempo hábil para que isto seja feito. Disse ainda que o Colegiado de Ciências Sociais tem absoluta serenidade e autonomia para decidir quais os projetos devem passar pelo Comitê de Ética, tendo como primeiro filtro a disciplina Seminário I. O professor Alexandre Henrique dos Reis manifestou-se dizendo que o Comitê de Ética realizou seminários para discutir qual a função e a natureza do Comitê. Disse Página 4 de 7

5 ainda que não é todo TCC que deve ser enviado ao Comitê de Ética, e sim as pesquisas que envolvem humanos e animais. Mencionou ainda que na página do Comitê de Ética na internet há várias resoluções sobre o Comitê que seria muito interessante ter conhecimento. Mencionou também que haverá uma mesa redonda nos dias 05 e 06/06 para esclarecer qual a função e natureza do Comitê de Ética. Ressaltou a importância de haver o termo de consentimento, entre pesquisador e pesquisado, exigido pelo Comitê de Ética, para a realização da pesquisa. O professor Cláudio Roberto manifestou-se relatando que o problema é ser policiado pelo Comitê de Ética, tendo que apresentar inclusive relatório parcial de suas atividades de pesquisa. O professor Alexandre Henrique dos Reis manifestou-se dizendo que atualmente o Comitê de Ética tem condições de avaliar todos os projetos que chegam e que o pesquisador tem seu projeto devolvido numa média de quinze dias. Disse ainda que o comitê conta hoje com a participação de mais 40 professores e inúmeros suplentes. A professora Luzania Barreto manifestou-se dizendo que há trabalhos que não podem ter o termo de consentimento assinado como é o caso de sua linha de pesquisa que muitas vezes trabalha com usuários de droga. O professor Alexandre Henrique dos Reis mencionou que talvez esteja faltando estratégias para aproximar o pesquisador e que no comitê há orientações para interagir com a pesquisa o menos possível. Ressaltou ainda que se existir alterações na pesquisa é necessário avisar ao Comitê de Ética para que seja arquivado. Disse também que a proposta do Comitê é aberta e há sempre a possibilidade do pesquisador debater sobre o indeferimento da pesquisa. A fim de se chegar a um acordo sobre o envio ou não dos projetos de TCC ao Comitê de Ética surgiram três propostas: 1. Fazer as pesquisas sem enviar ao Comitê de Ética; 2. O Colegiado de Ciências Sociais dialogar com o Comitê de Ética, na representação dos professores de Seminário I, Cláudio Roberto dos Santos de Almeida e Luzania Barreto Rodrigues; 3. A proposta defendida pelo professor Paulo Roberto Ramos de deixar que o aluno responsável e o professor orientador da pesquisa, a critério destes, decidam sobre e envio do projeto ao Comitê, como forma de garantir a autonomia tanto do professor quanto do aluno. Na votação foi decidido, pela maioria dos votos, que inicialmente, os TCC s não serão enviados ao Comitê de Ética, a Página 5 de 7

6 depender da vontade do professor e do aluno, responsáveis por cada pesquisa. 6. Distribuição orçamentária O professor Alexandre Henrique dos Reis mencionou que a distribuição orçamentária de 2013 foi feita e o Colegiado precisa decidir como irá partilhar até o dia 28/04 que é a data limite para fechamento do LEDs Mencionou também que alguns colegiados estão dividindo determinada quantia para cada professor, ou se for o caso poderia reverter o dinheiro para a compra de livros. O professor Vanderlei Souza Carvalho manifestou-se informando que o orçamento para livros tem outra distribuição e ressaltou que talvez seja necessário fazer uma reunião extraordinária para deliberar sobre o assunto. 7. Informes. A professora Rosicleide Araújo de Melo informou que estará participando do Encontro Internacional Participação, Democracia e Políticas Públicas durante o período de 23 a 25 de abril na cidade de Araraquara - SP. Informou também que está aberta a seleção para projetos de monitoria na UNIVASF pela PRODESCAPE, que disponibilizará um total de 30 bolsas no valor de 380 reais cada. A professora Eliana de Barros Monteiro informou que foi convidada para trabalhar na UNEB, pela Plataforma Freire, auxiliando numa disciplina. Disse ainda que iniciará na semana seguinte, mas trabalhará como voluntária e não receberá bolsa. O professor Paulo Roberto Ramos comunicou que será realizado o II Workshop de Educação Ambiental Interdisciplinar, no Campus Juazeiro, e as inscrições para apresentação de trabalho estarão abertas até o dia 06/05 e são gratuitas. Mencionou ainda que no I Workshop houve quase 500 pessoas participando. Aproveitou para convidar todos os presentes para participar do evento. O professor Delcides Marques informou que viajará no dia 20 de abril e retornará no dia 23 de abril para defender sua tese de doutorado. O professor José Fernando Souto Júnior informou que está havendo confusão sobre as progressões docentes devido à nova lei, e que por conta disso algumas solicitações estão estacionadas, aguardando parecer, como é o caso da solicitação feita pelo professor Hermógenes Moura. Não havendo mais nada a tratar, foi encerrada a reunião, eu Rayane Michaele Amorim Maciano, lavrei a presente ata que, depois de lida e aprovada, segue assinada por todos os membros do Colegiado de Página 6 de 7

7 Ciências Sociais presentes. Juazeiro, dezessete de abril de dois mil e treze. PRESENTES: Nilton de Almeida Araujo Vanderlei Souza Carvalho Paulo Roberto Ramos Alexandre Henrique dos Reis Eliana de Barros Monteiro José Fernando Souto Junior Rosicleide Araujo de Melo Denes Dantas Vieira Luciana Duccini Marcelo Henrique Pereira dos Santos Vanderlea Andrade Pereira Luzania Barreto Rodrigues Claudio Roberto dos Santos de Almeida Delcides Marques Eduardo Neves Rocha de Brito Raphaela Gonçalves Teixeira Victor Stolze Gomes Leonardo Miranda Alves Isaias Alves Rodrigues dos Anjos Página 7 de 7

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 ATA DE REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLEGIADO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO, REALIZADA

Leia mais

COLEGIADO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO

COLEGIADO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 ATA DA SEPTOAGÉSIMA TERCEIRA REUNIÃO DO COLEGIADO DO CURSO DE ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO DA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 Aos quatorze dias do mês de fevereiro de dois mil e quatorze, quatorze horas e quinze minutos, reuniu-se o corpo docente do na

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS FACULDADE DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS FACULDADE DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS FACULDADE DE DIREITO E RELAÇÕES INTERNACIONAIS ATA DA SEXTA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DIRETOR DA FACULDADE DE DIREITO E RELAÇÕES

Leia mais

REGULAMENTO DO CONSELHO DEPARTAMENTAL

REGULAMENTO DO CONSELHO DEPARTAMENTAL Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional REGULAMENTO DO CONSELHO DEPARTAMENTAL RESOLUÇÃO Nº. 073/12-COGEP de 07/12/12 Curitiba

Leia mais

Havendo número legal, o senhor Presidente declarou aberta a Sessão. Deu as boas vindas aos presentes, registrou com alegria a presença dos

Havendo número legal, o senhor Presidente declarou aberta a Sessão. Deu as boas vindas aos presentes, registrou com alegria a presença dos 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO, REALIZADA NO

Leia mais

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO-UnC Curso de Psicologia REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA/TCC (TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PSICOLOGIA)

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO-UnC Curso de Psicologia REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA/TCC (TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PSICOLOGIA) UNIVERSIDADE DO CONTESTADO-UnC Curso de Psicologia REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO DA MONOGRAFIA/TCC (TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE PSICOLOGIA) 2004 S U M Á R I O 1 CONCEITO, OBJETIVOS E ETAPAS....3 2

Leia mais

CAMPUS DE SÃO RAIMUNDO NONATO PI), MARINA PEREIRA

CAMPUS DE SÃO RAIMUNDO NONATO PI), MARINA PEREIRA 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 ATA DA REUNIÃO DA CÂMARA DE INTEGRAÇÃO DA UNIVASF, REALIZADA NO DIA NOVE DE MAIO DE DOIS MIL E DOZE, ÀS QUATROZE HORAS E TRINTA MINUTOS

Leia mais

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA TÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES TÍTULO II DA ORGANIZAÇÃO GERAL

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA TÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES TÍTULO II DA ORGANIZAÇÃO GERAL REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA TÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES Art. 1º O Curso de pós-graduação em Computação Aplicada, doravante referido como Curso, mantém programas

Leia mais

ATA DA 13ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLEGIADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS, REALIZADA EM 23 DE NOVEMBRO DE 2012

ATA DA 13ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLEGIADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS, REALIZADA EM 23 DE NOVEMBRO DE 2012 ATA DA 13ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLEGIADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS, REALIZADA EM 23 DE NOVEMBRO DE 2012 Aos vinte e três de novembro de dois mil e doze às 14 h 45 min, na sala

Leia mais

REGULAMENTO DO COLEGIADO DE CURSO CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADES

REGULAMENTO DO COLEGIADO DE CURSO CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADES REGULAMENTO DO COLEGIADO DE CURSO CAPÍTULO I DA NATUREZA E FINALIDADES Art. 1º O Colegiado de Curso é órgão consultivo, normativo, de planejamento acadêmico e executivo, para os assuntos de política de

Leia mais

ATA DA 4ª SESSÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PLANEJAMENTO, ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS CAD, DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PARANÁ UNESPAR.

ATA DA 4ª SESSÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PLANEJAMENTO, ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS CAD, DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PARANÁ UNESPAR. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 ATA DA 4ª SESSÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PLANEJAMENTO, ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS CAD, DA UNIVERSIDADE

Leia mais

Ata n. 25 da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Medeiros Neto BA.

Ata n. 25 da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Medeiros Neto BA. Ata n. 25 da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Medeiros Neto BA. Aos quatro (04) dias do Mês de Março (03) do ano de Dois Mil e Treze (2013), às 17:35 horas, com a presença de nove (09) vereadores,

Leia mais

LEI Nº 2.998/2007 CAPÍTULO I DA COMPOSIÇÃO

LEI Nº 2.998/2007 CAPÍTULO I DA COMPOSIÇÃO LEI Nº 2.998/2007 REGULAMENTA O CONSELHO MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO URBANO - COPLAN, CRIADO NO ARTIGO 2º, DA LEI COMPLEMENTAR N.º 037/2006, DE 15 DE DEZEMBRO, QUE DISPOE SOBRE NORMAS DE

Leia mais

REGULAMENTO DOS COLEGIADOS DOS CURSOS SUPERIORES DO IF BAIANO CAMPUS SANTA INÊS

REGULAMENTO DOS COLEGIADOS DOS CURSOS SUPERIORES DO IF BAIANO CAMPUS SANTA INÊS REGULAMENTO DOS COLEGIADOS DOS CURSOS SUPERIORES DO IF BAIANO CAMPUS SANTA INÊS Aprovado pelo Colegiado do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas em 26/03/2014. Aprovado pelo Colegiado do Curso de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO Ata da 2ª Reunião Ordinária de Setembro de 2012

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO Ata da 2ª Reunião Ordinária de Setembro de 2012 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 ATA DA SEGUNDA REUNIÃO ORDINÁRIA DO MÊS DE SETEMBRO DO ANO DE DOIS MIL E DOZE DA CÂMARA DEPARTAMENTAL

Leia mais

AGUARDANDO APROVAÇÃO DO COUNI

AGUARDANDO APROVAÇÃO DO COUNI Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Pró-Reitoria de Graduação e Educação Profissional REGULAMENTO DO COLEGIADO DE CURSO DE GRADUAÇÃO E EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DA UTFPR RESOLUÇÃO

Leia mais

ATA DA DÉCIMA SEGUNDA REUNIÃO DA COMISSÃO PERMANENTE DO PROGRAMA DE APOIO A PLANOS DE REESTRUTURAÇÃO E EXPANSÃO DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS REUNI NA

ATA DA DÉCIMA SEGUNDA REUNIÃO DA COMISSÃO PERMANENTE DO PROGRAMA DE APOIO A PLANOS DE REESTRUTURAÇÃO E EXPANSÃO DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS REUNI NA ATA DA DÉCIMA SEGUNDA REUNIÃO DA COMISSÃO PERMANENTE DO PROGRAMA DE APOIO A PLANOS DE REESTRUTURAÇÃO E EXPANSÃO DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS REUNI NA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA, realizada no dia três do mês

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CIMATEC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MODELAGEM COMPUTACIONAL E TECNOLOGIA INDUSTRIAL MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI CIMATEC PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MODELAGEM COMPUTACIONAL E TECNOLOGIA INDUSTRIAL MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO Edital de Inscrição para Seleção e Matrícula no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Modelagem Computacional e Tecnologia Industrial (PPGMCTI) Mestrado Acadêmico e Doutorado da Faculdade de Tecnologia

Leia mais

medida. nova íntegra 1. O com remuneradas terem Isso é bom

medida. nova íntegra 1. O com remuneradas terem Isso é bom Entrevista esclarece dúvidas sobre acúmulo de bolsas e atividadess remuneradas Publicada por Assessoria de Imprensa da Capes Quinta, 22 de Julho de 2010 19:16 No dia 16 de julho de 2010, foi publicada

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO - UNIVASF CONSELHO UNIVERSITÁRIO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO - UNIVASF CONSELHO UNIVERSITÁRIO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO, REALIZADA

Leia mais

ATA DA DÉCIMA TERCEIRA REUNIÃO DA COMISSÃO PERMANENTE DO PROGRAMA DE APOIO A PLANOS DE REESTRUTURAÇÃO E EXPANSÃO DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS REUNI NA

ATA DA DÉCIMA TERCEIRA REUNIÃO DA COMISSÃO PERMANENTE DO PROGRAMA DE APOIO A PLANOS DE REESTRUTURAÇÃO E EXPANSÃO DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS REUNI NA ATA DA DÉCIMA TERCEIRA REUNIÃO DA COMISSÃO PERMANENTE DO PROGRAMA DE APOIO A PLANOS DE REESTRUTURAÇÃO E EXPANSÃO DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS REUNI NA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA, realizada no dia dez do mês

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM AUDITORIA (Aprovado

Leia mais

Mais do que faculdade, uma escola de empreendedores. Regulamento do Colegiado de curso da Faculdade Montes Belos

Mais do que faculdade, uma escola de empreendedores. Regulamento do Colegiado de curso da Faculdade Montes Belos Mais do que faculdade, uma escola de empreendedores Regulamento do Colegiado de curso da Faculdade Montes Belos São Luís de Montes Belos, novembro de 2011 REGULAMENTO COLEGIADO DE CURSOS REGULAMENTO INTERNO

Leia mais

CONSELHO GERAL. 2013-17 Ata número treze

CONSELHO GERAL. 2013-17 Ata número treze CONSELHO GERAL 2013-17 Ata número treze -------- Aos vinte e nove dias do mês de Abril de dois mil e quinze reuniu, pelas dezoito horas o conselho geral para tratar da seguinte ordem de trabalhos: -----

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 016/2015 DE 05 DE MARÇO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 016/2015 DE 05 DE MARÇO DE 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 016/2015 DE 05

Leia mais

RESOLUÇÃO CSA N.º 05, DE 14 DE ABRIL DE 2015

RESOLUÇÃO CSA N.º 05, DE 14 DE ABRIL DE 2015 RESOLUÇÃO CSA N.º 05, DE 14 DE ABRIL DE 2015 Altera o Regimento Interno da Comissão Própria de Avaliação (CPA) das Faculdades Ponta Grossa. A Presidente do Conselho Superior de Administração das Faculdades

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE CAPÍTULO I DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Art. 1º - O programa de Iniciação Científica da

Leia mais

FACULDADE DE ENGENHARIA

FACULDADE DE ENGENHARIA FACULDADE DE ENGENHARIA CURSO DE ENGENHARIA CIVIL REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DOS CURSOS DA FACULDADE DE ENGENHARIA REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DOS CURSOS DA FACULDADE

Leia mais

SÚMULA DA 374ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA ESPECIALIZADA DE GEOLOGIA E ENGENHARIA DE MINAS

SÚMULA DA 374ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA ESPECIALIZADA DE GEOLOGIA E ENGENHARIA DE MINAS Data: 26 de novembro de 2012 Local: Auditório Rebouças - Edifício "Santo Antônio de Sant'Anna Galvão" Av. Rebouças, 1028 2º andar Jardim Paulista São Paulo / SP Coordenação: Geólogo Fábio Augusto Gomes

Leia mais

ATA DE REUNIÃO DA EGRÉGIA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE ARQUITETURA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS, REALIZADA EM 03 DE JULHO DE 2013...

ATA DE REUNIÃO DA EGRÉGIA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE ARQUITETURA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS, REALIZADA EM 03 DE JULHO DE 2013... 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 ATA DE REUNIÃO DA EGRÉGIA CONGREGAÇÃO DA ESCOLA DE ARQUITETURA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS, REALIZADA

Leia mais

INSTITUTO DE PÓS-GRADUAÇÃO & GRADUAÇÃO DIRETORIA DE GRADUAÇÃO E EXTENSÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PROJETO DE MONITORIA

INSTITUTO DE PÓS-GRADUAÇÃO & GRADUAÇÃO DIRETORIA DE GRADUAÇÃO E EXTENSÃO COORDENAÇÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO PROJETO DE MONITORIA PROJETO DE MONITORIA Goiânia GO 2013 IP5p Instituto de Pós-Graduação e Graduação IPOG 2014 Projeto de monitoria /Instituto de Pós-Graduação e Graduação IPOG: Organizadora: Silvana de Brito Arrais Dias.

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC REGULAMENTO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL CAPÍTULO I DA NATUREZA Art. 1º Este Regulamento estabelece as políticas da disciplina de Trabalho

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE BIOMEDICINA

REGULAMENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE BIOMEDICINA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700. Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 REGULAMENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO

Leia mais

Regimento do Comitê de Tecnologia da Informação

Regimento do Comitê de Tecnologia da Informação Regimento do Comitê de Tecnologia da Informação Capítulo 1 Da Natureza e das Competências Art. 1º - O Comitê de Tecnologia da Informação (CTI) instituído pela portaria Nº 1319/GR, de 15 de Setembro de

Leia mais

Professor Rodrigo Marques de Oliveira Presidente do Conselho Acadêmico do IFMG - Campus Governador Valadares

Professor Rodrigo Marques de Oliveira Presidente do Conselho Acadêmico do IFMG - Campus Governador Valadares SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS GOVERNADOR VALADARES - CONSELHO ACADÊMICO Av. Minas Gerais, 5.189 - Bairro Ouro

Leia mais

Conselho Gestor de Tecnologia da Informação e Comunicação Ata Nº 18, de 8 de outubro de 2014 (Sessão Extraordinária do Conselho Gestor de TIC)

Conselho Gestor de Tecnologia da Informação e Comunicação Ata Nº 18, de 8 de outubro de 2014 (Sessão Extraordinária do Conselho Gestor de TIC) Conselho Gestor de Tecnologia da Informação e Comunicação Ata Nº 18, de 8 de outubro de 2014 (Sessão Extraordinária do Conselho Gestor de TIC) Presidente: Leonardo Bidese de Pinho Aos oito dias de outubro

Leia mais

ATA LIDA E APROVADA EM: 10/07/13 ATA DA 2ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA ESPECÍFICA DO FUNDEB / 2013

ATA LIDA E APROVADA EM: 10/07/13 ATA DA 2ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA ESPECÍFICA DO FUNDEB / 2013 ATA LIDA E APROVADA EM: 10/07/13 ATA DA 2ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA ESPECÍFICA DO FUNDEB / 2013 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 Ata da 2ª Reunião Ordinária da Câmara

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL ATA DA 16ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DA GERÊNCIA-EXECUTIVA DO INSS EM VARGINHA/MG. Data: 28/02/2007 Horário:14:30hs Local: Gerência Executiva

Leia mais

EDITAL Nº001, DE 13 DE JANEIRO DE 2015.

EDITAL Nº001, DE 13 DE JANEIRO DE 2015. EDITAL Nº001, DE 13 DE JANEIRO DE 2015. A Presidente do no uso de suas atribuições legais e regulamentadas pela Lei Nº 2.750 de 31 de Dezembro publica as normas para o processo eleitoral das entidades

Leia mais

2 3ATA DA 128ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE 4DE FORTALEZA 5Às quatorze horas do dia doze de janeiro do ano de dois mil e dez, no

2 3ATA DA 128ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE 4DE FORTALEZA 5Às quatorze horas do dia doze de janeiro do ano de dois mil e dez, no 1 3ATA DA 18ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE 4DE FORTALEZA 5Às quatorze horas do dia doze de janeiro do ano de dois mil e dez, no Auditório do 6CMSF, situado na Rua do Rosário, nº 83

Leia mais

ATAS DA REUNIÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO COMITÊ GESTOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

ATAS DA REUNIÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO COMITÊ GESTOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ATAS DA REUNIÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA BAIANO COMITÊ GESTOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Abertura Nº 0003/2012 Ata da 3ª reunião ordinária do Comitê Gestor de Tecnologia da

Leia mais

Comissão Nacional do Eleições ATA N. 36/XIV

Comissão Nacional do Eleições ATA N. 36/XIV Comissão Nacional do Eleições ATA N. 36/XIV Teve lugar no dia vinte e nove de maio de dois mil e doze, a sessão número trinta e seis da Comissão Nacional de Eleições, na sala de reuniões sita na Av. D.

Leia mais

[Digite aqui] Ministério da Educação Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira UNILAB

[Digite aqui] Ministério da Educação Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira UNILAB 1 ATA DA 20ª SESSÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 Aos trinta dias do mês de outubro de dois mil e quatorze,

Leia mais

Estimados Professores, Estudantes e Funcionários

Estimados Professores, Estudantes e Funcionários UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA Autorizada pelo Decreto Federal Nº 77.496 DE 27.4.1976 Reconhecida pela Portaria Ministerial nº 874/86 de 19.12.86 Recredenciada pelo Decreto Estadual 9.271, de

Leia mais

RESOLUÇÃO N o 008, de 30 de junho de 2003

RESOLUÇÃO N o 008, de 30 de junho de 2003 RESOLUÇÃO N o 008, de 30 de junho de 2003 Aprova Regimento do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Letras Teoria Literária e Crítica da Cultura da UFSJ O PRESIDENTE DO CONSELHO DELIBERATIVO SUPERIOR

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO

CENTRO DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 001/2011-PPGEd/CE/UFRN Dispõe sobre o processo interno de mudança do nível de Mestrado para o nível de Doutorado no Programa de Pós- Graduação em Educação do Centro de Educação da Universidade

Leia mais

EDITAL PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O MESTRADO ACADÊMICO TURMA 2014

EDITAL PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O MESTRADO ACADÊMICO TURMA 2014 Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo EDITAL PROCESSO DE SELEÇÃO PARA O MESTRADO ACADÊMICO TURMA 2014 O Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da da Universidade Federal da

Leia mais

o item I do referido edital. O senhor Otávio iniciou a explanação explicando a todos que em 28/05/11 quando houve a primeira A.G.O.

o item I do referido edital. O senhor Otávio iniciou a explanação explicando a todos que em 28/05/11 quando houve a primeira A.G.O. ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DE 05/10/11 DA ASSOCIAÇÃO ALPHAVILLE NOVA ESPLANADA 1 CNPJ 10.802.559/0001-99 AVENIDA GEORGINA AIRES BERNARDI, NÚMERO 300 PARQUE SANTA MÁRCIA VOTORANTIM S.P. Aos

Leia mais

Do Colegiado de Curso. Da Constituição do Colegiado

Do Colegiado de Curso. Da Constituição do Colegiado REGULAMENTO INTERNO DO COLEGIADO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO TOCANTINS - UNITINS Do Colegiado de Curso Art. 1º. O Colegiado de Curso é a instância básica dos cursos de graduação, responsável

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL MG COMISSÃO DE ÉTICA NO USO DE ANIMAIS (CEUA) REGIMENTO INTERNO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL MG COMISSÃO DE ÉTICA NO USO DE ANIMAIS (CEUA) REGIMENTO INTERNO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL MG COMISSÃO DE ÉTICA NO USO DE ANIMAIS (CEUA) REGIMENTO INTERNO I INTRODUÇÃO Art. 1º. A Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUA), organizada pela UNIFAL MG, é um

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Av. Engenheiro Diniz, 1178 Bairro Martins CP 593 38400-462 Uberlândia MG

Universidade Federal de Uberlândia Av. Engenheiro Diniz, 1178 Bairro Martins CP 593 38400-462 Uberlândia MG 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 ATA DA 8 a REUNIÃO/2007 DO CONSELHO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Aos dezenove dias

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 03/2014

RESOLUÇÃO N. 03/2014 RESOLUÇÃO N. 03/2014 Regulamenta os Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação e de Pós-Graduação da Faculdade Palotina O DIRETOR GERAL da Faculdade Palotina, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

Leia mais

REGIMENTO DO CONSELHO CONSULTIVO DO AUDIOVISUAL DE PERNAMBUCO

REGIMENTO DO CONSELHO CONSULTIVO DO AUDIOVISUAL DE PERNAMBUCO REGIMENTO DO CONSELHO CONSULTIVO DO AUDIOVISUAL DE PERNAMBUCO CAPITULO I DA NATUREZA E FINALIDADE Art. 1º - O Conselho Consultivo do Audiovisual de Pernambuco, órgão colegiado permanente, consultivo e

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA

REGULAMENTO DO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA REGULAMENTO DO NÚCLEO DOCENTE ESTRUTURANTE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA Art. 1º - O Núcleo Docente Estruturante do Curso de Graduação em Odontologia, instituído pela Portaria IMMES nº 010, de 15 de

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA DECANATO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DPP DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO DIRP

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA DECANATO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DPP DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO DIRP UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA DECANATO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DPP DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO DIRP ORIENTAÇÕES GERAIS PARA A CRIAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE CURSOS NOVOS (APCN) NA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROFESSORA

Leia mais

FÓRUM PERMANENTE DA AGENDA 21 DE TANGUÁ RJ REGIMENTO INTERNO. CAPÍTULO l - DA CONSTITUIÇÃO, SEDE, OBJETIVOS, PRINCÍPIOS E ATRIBUIÇÕES.

FÓRUM PERMANENTE DA AGENDA 21 DE TANGUÁ RJ REGIMENTO INTERNO. CAPÍTULO l - DA CONSTITUIÇÃO, SEDE, OBJETIVOS, PRINCÍPIOS E ATRIBUIÇÕES. FÓRUM PERMANENTE DA AGENDA 21 DE TANGUÁ RJ REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO l - DA CONSTITUIÇÃO, SEDE, OBJETIVOS, PRINCÍPIOS E ATRIBUIÇÕES. Art. 1º - O Fórum permanente da Agenda 21 de Tanguá, criado pela Lei

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação Bacharelado em Sistemas de Informação

Universidade Federal de Uberlândia Faculdade de Computação Bacharelado em Sistemas de Informação EDITAL PARA O TERCEIRO PROCESSO SELETIVO DE 2015 PARA INGRESSO DE DISCENTES NO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL DO CURSO DE BACHARELADO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO O tutor do Programa de Educação Tutorial Institucional

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO HOSPITAL MATERNO INFANTIL PRESIDENTE VARGAS. Capítulo I Da denominação e sede

REGIMENTO INTERNO DA ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO HOSPITAL MATERNO INFANTIL PRESIDENTE VARGAS. Capítulo I Da denominação e sede REGIMENTO INTERNO DA ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DO HOSPITAL MATERNO INFANTIL PRESIDENTE VARGAS Capítulo I Da denominação e sede Art. 1º A Associação dos Amigos do Hospital Materno-Infantil Presidente Vargas,

Leia mais

ATA Nº 011/2008 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLEGIADO REGIONAL DO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE BARRA DO BUGRES EM 29/08/2008.

ATA Nº 011/2008 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO COLEGIADO REGIONAL DO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE BARRA DO BUGRES EM 29/08/2008. sig Estado de Mato Grosso Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia Fundação Universidade do Estado de Mato Grosso Campus Universitário Deputado Estadual Rene Barbour Colegiado Regional Barra do Bugres

Leia mais

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA TÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA TÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES REGIMENTO DO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM COMPUTAÇÃO APLICADA Regimento aprovado pelo CPG em 19/02/2003. TÍTULO I DOS OBJETIVOS E FINALIDADES Art 1º O Curso de Pós Graduação a nível de Mestrado e Doutorado

Leia mais

REGULAMENTO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE FRUTAL FAF TÍTULO I DO REGULAMENTO E DO ÓRGÃO

REGULAMENTO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE FRUTAL FAF TÍTULO I DO REGULAMENTO E DO ÓRGÃO REGULAMENTO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE FRUTAL FAF TÍTULO I DO REGULAMENTO E DO ÓRGÃO Art. 1º Este Regulamento Interno disciplina as normas relativas ao funcionamento da Comissão Própria

Leia mais

CAPÍTULO I: DA NATUREZA E FINALIDADE

CAPÍTULO I: DA NATUREZA E FINALIDADE REGULAMENTO DOS NÚLCLEOS DE ESTUDOS AFRO-BRASILEIROS E INDÍGENAS (NEABIs) DO IFRS Aprovado pelo Conselho Superior do IFRS, conforme Resolução nº 021, de 25 de fevereiro de 2014. CAPÍTULO I: DA NATUREZA

Leia mais

Regulamento da CPA Comissão Própria de Avaliação DA FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE VISCONDE DO RIO BRANCO CAPÍTULO I

Regulamento da CPA Comissão Própria de Avaliação DA FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE VISCONDE DO RIO BRANCO CAPÍTULO I Regulamento da CPA Comissão Própria de Avaliação DA FACULDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS DE VISCONDE DO RIO BRANCO CAPÍTULO I Das Disposições Preliminares Art. 1 - O presente Regulamento disciplina a organização,

Leia mais

CAPÍTULO I Do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa e Extensão em Direitos dos Animais, Meio Ambiente e Pós-modernidade NIPEDA

CAPÍTULO I Do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa e Extensão em Direitos dos Animais, Meio Ambiente e Pós-modernidade NIPEDA NÚCLEO INTERDISCIPLINAR DE PESQUISA E EXTENSÃO EM DIREITOS DOS ANIMAIS, MEIO AMBIENTE E PÓS-HUMANISMO REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I Do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa e Extensão em Direitos dos Animais,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES E SELEÇÃO MESTRADO - 2016 1. ABERTURA A Comissão

Leia mais

IV- DA ORGANIZAÇÃO E MANDATO Artigo 4º. - O mandato dos membros será de 03 (três) anos, com possibilidade de recondução, limitada a 50% dos membros.

IV- DA ORGANIZAÇÃO E MANDATO Artigo 4º. - O mandato dos membros será de 03 (três) anos, com possibilidade de recondução, limitada a 50% dos membros. REGIMENTO DA COMISSÃO DE ÉTICA NO USO DE ANIMAIS (CEUA) DA UNIVERSIDADE DO OESTE PAULISTA UNOESTE A UNOESTE, em cumprimento ao disposto na Lei Federal 11794 de 08 de outubro de 2008, na Resolução do CFMV

Leia mais

NORMAS INTERNAS DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA BIOMÉDICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - UFABC TÍTULO I DOS OBJETIVOS

NORMAS INTERNAS DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA BIOMÉDICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - UFABC TÍTULO I DOS OBJETIVOS NORMAS INTERNAS DO PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA BIOMÉDICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - UFABC TÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º O Programa de Pós-graduação em Engenharia Biomédica da UFABC (doravante,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO CENTRO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS EDITAL PROPEG Nº 003/2015 PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO CURSO DE

Leia mais

Fundo Setorial de Petróleo e Gás Natural Comitê Gestor REGIMENTO INTERNO

Fundo Setorial de Petróleo e Gás Natural Comitê Gestor REGIMENTO INTERNO MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO Fundo Setorial de Petróleo e Gás Natural Comitê Gestor REGIMENTO INTERNO (aprovado na 49ª Reunião do Comitê realizada em 11 de abril de 2013) CAPÍTULO I Do

Leia mais

Às dezasseis horas e quarenta e dois minutos a Assembleia Geral deu por findada.

Às dezasseis horas e quarenta e dois minutos a Assembleia Geral deu por findada. ATA NÚMERO QUATRO Ao décimo terceiro dia do mês de Maio de dois mil e quinze, pelas quatorze horas realizou-se, nos termos do artigo 25 dos estatutos da AEFEUP, a Assembleia Geral Ordinária número quatro

Leia mais

IF SUDESTE MG REITORIA

IF SUDESTE MG REITORIA 1 2 3 4 5 6 7 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO SUPERIOR DO INSTITUTO

Leia mais

CURSOS DE MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA REGULAMENTO

CURSOS DE MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA REGULAMENTO CURSOS DE MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA REGULAMENTO 2013 CURSOS DE MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOTECNOLOGIA REGULAMENTO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 052/2014, DE 12 DE AGOSTO DE 2014

RESOLUÇÃO Nº 052/2014, DE 12 DE AGOSTO DE 2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS Conselho Superior Rua Ciomara Amaral de Paula, 167 Bairro Medicina 37550-000 - Pouso Alegre/MG Fone: (35)

Leia mais

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO DE JANEIRO - CAU/RJ

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO DE JANEIRO - CAU/RJ 1 2 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 ATA DA REUNIÃO PLENÁRIA ORDINÁRIA Nº 004/2012 DO CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO DE JANEIRO- CAU/RJ, REALIZADA

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS DELIBERAÇÃO Nº 056/2013 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

PASSO A PASSO PARA CREDENCIAMENTO DE DOCENTES PARA INGRESSO E ATUAÇÃO NOS PROGRAMAS DA COPPE 1 PROFESSOR PLENO

PASSO A PASSO PARA CREDENCIAMENTO DE DOCENTES PARA INGRESSO E ATUAÇÃO NOS PROGRAMAS DA COPPE 1 PROFESSOR PLENO PASSO A PASSO PARA CREDENCIAMENTO DE DOCENTES PARA INGRESSO E ATUAÇÃO NOS PROGRAMAS DA COPPE 1 O candidato deve: PROFESSOR PLENO A Preparar Plano de Ensino e Pesquisa; B - Curriculum Vitae do docente anexando

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 368/2002

DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 368/2002 DELIBERAÇÃO CONSEP Nº 368/2002 Institui o Conselho de Cirurgia do Departamento de Medicina e aprova seu regulamento. O CONSELHO DE ENSINO E PESQUISA, na conformidade do Processo nº MED-144/02, aprovou

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ATENAS MARANHENSE DE IMPERATRIZ- FAMA CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ATENAS MARANHENSE DE IMPERATRIZ- FAMA CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO DA FACULDADE ATENAS MARANHENSE DE IMPERATRIZ- FAMA CAPITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Art 1º O presente Regimento disciplina a organização, o funcionamento

Leia mais

SÚMULA DA 69ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA ESPECIALIZADA DE ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO

SÚMULA DA 69ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CÂMARA ESPECIALIZADA DE ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO Data: 17 de dezembro de 2013 Local: Sala de GT s - Edifício "Santo Antônio de Sant'Anna Galvão" Av. Rebouças, 1028 2º andar Jardim Paulista São Paulo / SP Coordenação: Eng. civil, eng. oper. mec. máq.

Leia mais

Apresentação. Caicó/RN 2010

Apresentação. Caicó/RN 2010 Regimento Interno da Comissão Própria de Avaliação da Faculdade Católica Santa Teresinha CPA/FCST (Aprovado pela Resolução 001/2010-DG/FCST, datado de 14/07/2010) Caicó/RN 2010 Apresentação O Regimento

Leia mais

Programa de Mestrado em Informática 1

Programa de Mestrado em Informática 1 Programa de Mestrado em Informática 1 REGULAMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM INFORMÁTICA DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS I - OBJETIVOS DO CURSO ART. 1º - O Curso de

Leia mais

Comitê de Ética em Pesquisa CEP - UNIPAMPA. Cadastro de Projetos de Pesquisa

Comitê de Ética em Pesquisa CEP - UNIPAMPA. Cadastro de Projetos de Pesquisa Comitê de Ética em Pesquisa CEP - UNIPAMPA Cadastro de Projetos de Pesquisa Documentos para abertura de Protocolo de Pesquisa: CEP-UNIPAMPA PLATAFORMA BRASIL - CADASTRO DE PESQUISADORES Doc. 1º 2º 3º Descrição

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ITALVA Gabinete do Prefeito

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ITALVA Gabinete do Prefeito DECRETO Nº 1719 DE 23 DE OUTUBRO DE 2012. Dispõe sobre a criação do Comitê de Investimentos no âmbito do Fundo de Previdência do Município de Italva FPMI, e dá outras providências. O Prefeito do Município

Leia mais

Ata da 24ª Reunião do Conselho Setorial do Setor de Artes, Comunicação e Design. Aos vinte e oito dias do mês de abril de 2015, às quatorze horas e

Ata da 24ª Reunião do Conselho Setorial do Setor de Artes, Comunicação e Design. Aos vinte e oito dias do mês de abril de 2015, às quatorze horas e 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 Ata da 24ª Reunião do Conselho Setorial do Setor de Artes, Comunicação e Design. Aos vinte e oito dias do mês de

Leia mais

Ata da 37ª. Reunião Extraordinária de Congregação das Faculdades Unificadas da Fundação Educacional de Barretos, realizada no dia 10 de outubro de

Ata da 37ª. Reunião Extraordinária de Congregação das Faculdades Unificadas da Fundação Educacional de Barretos, realizada no dia 10 de outubro de Ata da 37ª. Reunião Extraordinária de Congregação das Faculdades Unificadas da Fundação Educacional de Barretos, realizada no dia 10 de outubro de 2007 na sala 22 do com início às 16horas com a presença

Leia mais

ATA XXXIV Reunião Ordinária do Fórum Estadual Permanente de Apoio à Formação Docente.

ATA XXXIV Reunião Ordinária do Fórum Estadual Permanente de Apoio à Formação Docente. ATA XXXIV Reunião Ordinária do Fórum Estadual Permanente de Apoio à Formação Docente. 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 Aos vinte e três dias do mês de outubro

Leia mais

Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP

Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP Manual do Sistema para abertura de curso de extensão pelos docentes EACH - USP 1.INTRODUÇAO...... 3 2.ONDE CONSEGUIR INFORMAÇÔES?... 4 Normas USP... 4 Site EACH...4 Sistema de atendimento da Comissão de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS GRADUAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES E SELEÇÃO DOUTORADO 2015 Vigência

Leia mais

Acessar o link PESQUISADORES (veja seta abaixo). Clicar em Registre seu Projeto de Pesquisa

Acessar o link PESQUISADORES (veja seta abaixo). Clicar em Registre seu Projeto de Pesquisa PARA REGISTRAR SUA PESQUISA NO SISNEP (SISTEMA NACIONAL DE ÉTICA EM PESQUISA), SERÁ NECESSÁRIO ACESSAR O SITE DO SISNEP (www.saude.gov.br/sisnep) E SEGUIR OS SEGUINTES PASSOS: 1º. Passo: Acessar o link

Leia mais

ASSOCIAÇÃO JUINENSE DE ENSINO SUPERIOR DO VALE DO JURUENA AJES INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DO VALE DO JURUENA

ASSOCIAÇÃO JUINENSE DE ENSINO SUPERIOR DO VALE DO JURUENA AJES INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DO VALE DO JURUENA ASSOCIAÇÃO JUINENSE DE ENSINO SUPERIOR DO VALE DO JURUENA AJES INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DO VALE DO JURUENA ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO Ata Nº. 0072 Aos vinte e dois dias

Leia mais

ESTADO DE ALAGOAS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS CONSELHO SUPERIOR UNIVERSITÁRIO-CONSU

ESTADO DE ALAGOAS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS CONSELHO SUPERIOR UNIVERSITÁRIO-CONSU 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 ATA 002/2012 Aos dez dias de abril de dois mil e doze, reuniu-se o Conselho Superior Universitário, na sala dos Conselhos, na

Leia mais

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DO SISTEMA TERRESTRE

REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DO SISTEMA TERRESTRE REGIMENTO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DO SISTEMA TERRESTRE TÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO Art. 1 - O Curso de Doutorado em Ciência do Sistema Terrestre do INPE tem como objetivo a formação de recursos

Leia mais

Eleições JuniorES 2014. 2º Edital

Eleições JuniorES 2014. 2º Edital Eleições JuniorES 2014 2º Edital Vitória, 08 de Outubro de 2014 1. Considerações Iniciais A JuniorES Federação de Empresas Juniores do Espírito Santo, por meio da Presidência do seu Conselho Deliberativo,

Leia mais

Regimento Interno COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA - HUMANOS CEP - UNIFEB. Composição. Membros

Regimento Interno COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA - HUMANOS CEP - UNIFEB. Composição. Membros Regimento Interno COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA - HUMANOS CEP - UNIFEB Composição Coordenador Prof. Gilmárcio Martins Zimmermann Ciências da Saúde [Farmácia] Vice-Coordenador Fábio Luiz Ferreira Scannavino

Leia mais

PROGRAMA TALENTOS DA EDUCAÇÃO 2015

PROGRAMA TALENTOS DA EDUCAÇÃO 2015 PROGRAMA TALENTOS DA EDUCAÇÃO 2015 O programa Talentos da Educação é uma iniciativa da Fundação Lemann para apoiar pessoas talentosas e comprometidas com a melhoria da educação no Brasil. A proposta é

Leia mais

RESUMO DA 3ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO SUPERIOR EM 22 DE MAIO DE 2013

RESUMO DA 3ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO SUPERIOR EM 22 DE MAIO DE 2013 RESUMO DA 3ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO SUPERIOR EM 22 DE MAIO DE 2013 1 Expediente Retorno e ciência do parecer jurídico da Procuradoria Federal sobre a nova composição do Conselho Superior A Reitora

Leia mais

ATA DA 48ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL. DA GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS NO DISTRITO FEDERAL.

ATA DA 48ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL. DA GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS NO DISTRITO FEDERAL. ATA DA 48ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO DA GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS NO DISTRITO FEDERAL. Aos vinte e nove dias do mês de janeiro de dois mil e quatorze, as dez horas e trinta minutos deu-se a última chamada

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 05 - CONSU 13 DE JUNHO DE 2007

RESOLUÇÃO Nº. 05 - CONSU 13 DE JUNHO DE 2007 Rua Governador Luiz Cavalcante, S/N, TELEFAX (82) 3530-3382 CEP: 57312-270 Arapiraca-Alagoas RESOLUÇÃO Nº. 05 - CONSU 13 DE JUNHO DE 2007 Dispõe sobre normas e procedimentos para os Cursos de Especialização

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE

REGIMENTO INTERNO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE REGIMENTO INTERNO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CONSEPE TÍTULO I DA COMPOSIÇÃO E DAS COMPETÊNCIAS CAPÍTULO I - DA COMPOSIÇÃO Art. 1º O CONSEPE é o órgão colegiado superior que supervisiona e

Leia mais