O USO DA ENERGIA SOLAR NAS RESIDÊNCIAS E ESTABELECIMENTOS: UMA VISÃO NO MUNDO, BRASIL E PERNAMBUCO I E-BOOK

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O USO DA ENERGIA SOLAR NAS RESIDÊNCIAS E ESTABELECIMENTOS: UMA VISÃO NO MUNDO, BRASIL E PERNAMBUCO I E-BOOK"

Transcrição

1 O USO DA ENERGIA SOLAR NAS RESIDÊNCIAS E ESTABELECIMENTOS: UMA VISÃO NO MUNDO, BRASIL E PERNAMBUCO # I E-BOOK

2 #ILUMINADOSPELALUZDOSOL Bem vindo(a) a nova era Tecnológica! O maior desafio da humanidade, neste século XXI, é abastecer o planeta de energia limpa e sustentável, ao mesmo tempo, que, reduzir drasticamente as emissões de carbono e continuar a baixar o custo com o consumo energético. As emissões de CO² do setor de energia caíram 9,5% de 2008 a 2015, enquanto a economia cresceu 10% no período. (Barack Obama)

3 A ENERGIA SUSTENTÁVEL GERA ATÉ 3 VEZES MAIS EMPREGOS DO QUE OS COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS. (Brookings Institute) Segundo dados de 2016, da empresa de pesquisa energética (EPE), se todo potencial de geração de energia solar nas residências e comércios brasileiros fosse aproveitado com sistemas fotovoltaicos, o país produziria 283,5 milhões de MWh/ano. Abasteceria mais de duas vezes o atual consumo doméstico de eletricidade, que é de 124,8 milhões de MWh/ ano.

4

5 O fim de uma Era

6 O conceito principal de Geração Distribuída consiste no direito de todo consumidor gerar a sua própria energia, próxima ou no próprio ponto de consumo.

7 2. Regulamentação O direito de cada consumidor gerar a sua própria eletricidade conectada à rede da concessionária, só passou a vigorar no Brasil, a partir das Resoluções normativas da ANEEL. REN Nº 482, de 17/04/2012 estabeleceu as condições gerais para o acesso de microgeração e minigeração distribuída aos sistemas de compensação de energia elétrica; REN Nº 687, de 24/11/2015, em seguida, alterou a REN Nº 482 e os Módulos 1 e 3 dos Procedimentos de Distribuição (PRODIST). Mudando a faixa de Geração distribuída de consumidores na Microgeração (para até 75KW), e a de Minigeração (de 75 KW até 5 MW).

8

9 3. Desvantagens e Vantagens 3.1 Desvantagens: A energia solar disponível varia sazonalmente, podendo ser afetada pelas condições climatológicas; Investimento inicial considerado alto. Obs.: Energia Solar Rende Mais que a Poupança!

10 3.2 Vantagens:

11 4. COMPOSIÇÃO DO SISTEMA FOTOVOLTAICO: Os componentes básicos do SFCR: 1.Módulos e Fixação; 2. Inversor Interativo; 3. Materiais Elétricos; 4. Medidor Bidirecional; 5. Sistema de compensação, e Monitoramento da produção de energia.

12 5. Equipamentos do Sistema Fotovoltaico Módulos Fotovoltaicos 1 2 É o que gera a energia elétrica, por isso chamado de Gerador Solar com Certificação Inmetro e IEC (18 requisitos internacionais) São feitos com Células de silício que em contato com a LUZ do SOL gera energia Elétrica. Inversor Interativo É o cérebro do sistema; Armazena dados, faz a gestão da geração de energia em CC, convertendo a eletricidade captada pelos módulos fotovoltaicos para CA, sincronizando e connectando o sistema com a frequência da rede da distribuidora; Além de permitir o monitoramento remoto da geração através do celular.

13 6. O que é um sistema fotovoltaico? É um Gerador Solar. Uma fonte de potência elétrica onde as células fotovoltaicas transformam a Radiação Solar (luz do sol) diretamente em energia elétrica. A energia elétrica excedente gera créditos que podem ser utilizados em até 60 meses. Essa energia excedente poderá ser utilizada em outras residências, desde que seja no mesmo CPF ou CNPJ. É o chamado auto consumo remoto. É possível a instalação de um gerador solar em vários tipos de Áreas. Pode ser em laje, telhado ou no solo, e quanto menor o SOMBREAMENTO melhor o desempenho de geração do sistema. O efeito fotovoltaico depende da LUZ e não do calor, é diferente de aquecimento solar para água, que depende do calor.

14 7. Como funciona um Sistema Fotovoltaico?

15 8. INCENTIVOS E FORMAS DE PAGAMENTOS 8.1 INCENTIVOS: Pernambuco, 13º estado que mais investe em energia solar no Brasil: IPTU verde; Auto Consumo remoto.

16 8.2 FINANCIAMENTOS PJ - Proger Urbano Empresarial PF ou PJ - linha de crédito Construcard, com uma taxa de juros em torno de 1,95% ao mês, o projeto pode ser parcelado em até 240 vezes. de *PF ou PJ - Linha de crédito para a compra e instalação equipamentos para geração de energias renováveis; *Consórcio solar; Do FNE Sol para Pessoa jurídica (Juros Baixos, prazos de até 12 anos e bônus para quem paga em dia e financiamento de até 100 % do valor do investimento). * Formas de pagamento direto com a Sunlight

17 Somos uma empresa pioneira no mercado de energia solar em Recife, e desde 2016 vem promovendo a integração do sistema solar fotovoltaico conectado à rede (On Grid) nas residências e estabelecimentos comerciais de diversos consumidores. Nos projetos do sistema fotovoltaico, encaminhados pela sunlight, estão inclusos todos os componentes de um sistema fotovoltaico conectado à rede, com equipamentos de ponta, de fabricantes reconhecidos no mercado internacional, de alta tecnologia e eficiência, e aprovado pelo INMETRO. Todos os materiais que constam no escopo do projeto elétrico, além do memorial descritivo usado para a homologação junto à concessionária para aprovação do projeto, instalação, comissionamento e a troca do medidor. E, pensando na importância do investimento em um sistema fotovoltaico, a sunlight possibilita a todos seus clientes com sistema já instalado o monitoramento personalizado no computador e celular, e uma série de ações preventivas e corretivas, se necessárias, durante todo o primeiro ano como garantia da geração de energia. O propósito da disseminação da Geração Distribuída (GD), como se fala no meio solar, é um desafio de décadas, pois são dezenas de milhões de consumidores a serem beneficiados e impactados.

18 AGORA, A DECISÃO DE QUERER GERAR A SUA PRÓPRIA ENERGIA, E ECONOMIZAR SÓ DEPENDE DE VOCÊ! Oferecemos Consultoria e Vistoria Especializada sem compromisso, que inclui: Estudo de sombreamento e dimensionamento de integração solar fotovoltaica; Análise técnica elétrica e civil de viabilidade de instalações; Elaboração de projetos solar a partir do consumo de energia e de acordo com as resoluções da Aneel.

19 OUTROS SERVIÇOS Consultoria do seu projeto solar e Elétrico; Adequações, manutenções e instalações elétricas; Eficiência energética, segurança, e sustentabilidade.

20

21 AINDA NÃO TEM CERTEZA DE INVESTIR NO SETOR DE ENERGIA SOLAR QUE CRESCE 300% AO ANO? ATÉ QUANDO ESPERAR O MOMENTO IDEAL PARA ECONOMIZAR E SE LIVRAR DOS REAJUSTES ENERGÉTICOS? ACHA QUE VAI CONSEGUIR SUPORTAR OS AUMENTOS DA ENERGIA ELÉTRICA DE TODOS OS ANOS? ATÉ QUANDO? QUANTO $ FOI A ECONOMIA QUE DEIXOU DE TER POR NÃO ESTAR GERANDO A SUA PRÓPRIA ELETRICIDADE DE UMA FONTE LIMPA, SUSTENTÁVEL E DURADOURA VINDA DA LUZ DO SOL? DESPERTE SUA CRIATIVIDADE E PIONEIRISMO, AJUDE O PLANETA A RESPIRAR MELHOR E SEJA UMA REFERÊNCIA NESSE MODO SUSTENTÁVEL DE VIVER? SE NÃO SABE O QUE FAZER PARA ECONOMIZAR ATÉ 95% NA CONTA DE LUZ, PERMITA QUE A SUNLIGHT LHE AJUDE COM UMA SOLUÇÃO EFICAZ DE MUITA LUZ!!!

22 UMA EMPRESA DE RECIFE/PE Disseminar a tecnologia fotovoltaica significa levar mais qualidade de vida, sustentabilidade e economia para a população. #guiadospelaluzdosol #porummundomelhor Saiba mais:

Energia solar. É a solução para sua residência. Economize e preserve o meio ambiente. davantisolar.com.br

Energia solar. É a solução para sua residência. Economize e preserve o meio ambiente. davantisolar.com.br Energia solar É a solução para sua residência. Economize e preserve o meio ambiente. Conquiste sua independência energética com a A Davanti Solar é uma empresa brasileira comprometida em levar mais autonomia

Leia mais

Além de ser uma fonte de energia barata e renovável, a energia solar, conhecida também por sistema fotovoltaico, traz economia.

Além de ser uma fonte de energia barata e renovável, a energia solar, conhecida também por sistema fotovoltaico, traz economia. 38 3081.1201 2 Além de ser uma fonte de energia barata e renovável, a energia solar, conhecida também por sistema fotovoltaico, traz economia. A partir da energia produzida na residência, tudo o que for

Leia mais

Energia Solar: como o Centro Sebrae de Sustentabilidade se tornou um Prédio Zero Energia

Energia Solar: como o Centro Sebrae de Sustentabilidade se tornou um Prédio Zero Energia Energia Solar: como o Centro Sebrae de Sustentabilidade se tornou um Prédio Zero Energia CENTRO SEBRAE DE SUSTENTABILIDADE MISSÃO Gerir e disseminar conhecimentos, soluções xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Leia mais

Energia solar. É a solução para seu comércio. Economize e preserve o meio ambiente. davantisolar.com.br

Energia solar. É a solução para seu comércio. Economize e preserve o meio ambiente. davantisolar.com.br Energia solar É a solução para seu comércio. Economize e preserve o meio ambiente. Conquiste sua independência energética com a A Davanti Solar é uma empresa brasileira comprometida em levar mais autonomia

Leia mais

GUIA DA ENERGIA SOLAR

GUIA DA ENERGIA SOLAR GUIA DA ENERGIA SOLAR ÍNDICE 01. Introdução 03. Energia Solar Características Vantagens 06. Os painéis Como funcionam? Onde são instalados? 09. Conta de Luz Não vou pagar mais conta? Quanto consumo? 12.

Leia mais

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA www.ciclo365.com.br Por que energia solar? ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA Baseia-se na fonte de energia renovável mais abundante e amplamente disponível no planeta: o sol. É a terceira mais importante fonte

Leia mais

Programação Completa do Curso de Projetista e Montagem de Sistemas Fotovoltaicos SOLSIST SENAI Carga Horária Total: 21h

Programação Completa do Curso de Projetista e Montagem de Sistemas Fotovoltaicos SOLSIST SENAI Carga Horária Total: 21h Programação Completa do Curso de Projetista e Montagem de Sistemas Fotovoltaicos SOLSIST SENAI Carga Horária Total: 21h O curso de Projetista de Sistemas Fotovoltaicos da Solsist Energia já capacitou mais

Leia mais

ENTENDA COMO FUNCIONA A ENERGIA FOTOVOLTAICA fundamentos e curiosidades

ENTENDA COMO FUNCIONA A ENERGIA FOTOVOLTAICA fundamentos e curiosidades ENTENDA COMO FUNCIONA A ENERGIA FOTOVOLTAICA fundamentos e curiosidades VOCÊ JÁ OUVIU FALAR EM RUPTURA TECNOLÓGICA? O que ocorreu com as máquinas de escrever? E as copiadoras Xerox? Quando foi a última

Leia mais

Processo de adesão ao sistema de compensação de energia (RN 482/12 e 687/15)

Processo de adesão ao sistema de compensação de energia (RN 482/12 e 687/15) Processo de adesão ao sistema de compensação de energia (RN 482/12 e 687/15) Agenda Cemig/Efficientia Histórico regulatório REN 687/15 Processo de adesão Status da GD no Brasil Status da GD em Minas Gerais

Leia mais

GERAÇÃO EM HORÁRIO DE PONTA

GERAÇÃO EM HORÁRIO DE PONTA GERAÇÃO EM HORÁRIO DE PONTA 1 TÓPICOS A SEREM ABORDADOS 1) Geração de energia através de Grupos Geradores para operação em Emergência e Horário de Ponta: DIESEL GÁS NATURAL 2) Algumas formas de geração

Leia mais

SEMINÁRIO SOBRE ENERGIAS RENOVÁVEIS Belo Horizonte-MG

SEMINÁRIO SOBRE ENERGIAS RENOVÁVEIS Belo Horizonte-MG SEMINÁRIO SOBRE ENERGIAS RENOVÁVEIS 08.06.2016 Belo Horizonte-MG Nordeste: 1.558,2 mil Km2 Semiárido: 974,4 mil Km2 (62,5% do território do NE) BNB Área de atuação: 1.793,6 mil Km2 Municipios atendidos:

Leia mais

Gerente do Ambiente de Políticas de Desenvolvimento José Rubens Dutra Mota

Gerente do Ambiente de Políticas de Desenvolvimento José Rubens Dutra Mota Maio de 2017 Presidente Marcos Costa Holanda Diretores Diretor de Administração Perpétuo Socorro Cajazeiras Diretor de Negócios Antônio Rosendo Neto Júnior Diretor Financeiro e de Crédito Romildo Carneiro

Leia mais

INSERÇÃO DE NOVAS FONTES RENOVÁVEIS NO PLANEJAMENTO ENERGÉTICO BRASILEIRO

INSERÇÃO DE NOVAS FONTES RENOVÁVEIS NO PLANEJAMENTO ENERGÉTICO BRASILEIRO INSERÇÃO DE NOVAS FONTES RENOVÁVEIS NO PLANEJAMENTO ENERGÉTICO BRASILEIRO Mecanismos de promoção das fontes renováveis RIO DE JANEIRO, 30/04/2014 COPPE/UFRJ 1 Mecanismos de promoção de renováveis TARIFA

Leia mais

Energia Fotovoltaica

Energia Fotovoltaica Róbson Rodrigues, Felipe Martins e Huendell Steinmetz Turma: Informática Tarde Energia Fotovoltaica Escolhemos esta energia, pois é uma energia limpa e renovável, se ser necessário a manutenção do equipamento.

Leia mais

Energia Eólica. Elbia Melo. Presidente Executiva

Energia Eólica. Elbia Melo. Presidente Executiva Energia Eólica Elbia Melo Presidente Executiva 05/08/2013 Energia Eólica no Mundo Grande Porte 2 Ranking 1 China 75,56 2 EUA 60,01 3 Alemanha 31,33 4 Espanha 22,80 5 Índia 18,42 6 Reino Unido 8,45 7 Itália

Leia mais

Ferramentas de apoio à geração distribuída

Ferramentas de apoio à geração distribuída Ferramentas de apoio à geração distribuída Paula Scheidt Manoel 1º Workshop para integradores e projetistas de micro e minigeração no Rio de Janeiro 26 de março de 2014 Sobre o Ideal Criado em fevereiro

Leia mais

ENERGIA SOLAR NO BRASIL

ENERGIA SOLAR NO BRASIL ENERGIA SOLAR NO BRASIL Prof. Paulo Cesar C. Pinheiro Universidade Federal de Minas Gerais UFMG Resistencia (Argentina), 27 de Abril de 2017 XXI Seminario Internacional de Energía y Biocombustibles CAE/AUGM

Leia mais

GERAÇÃO DE ENERGIA PRÓPRIA NOVOS MODELOS DE INVESTIMENTOS

GERAÇÃO DE ENERGIA PRÓPRIA NOVOS MODELOS DE INVESTIMENTOS GERAÇÃO DE ENERGIA PRÓPRIA NOVOS MODELOS DE INVESTIMENTOS 2017 CASO CLIENTE COMERCIAL EM RECIFE Cliente comercial em Pernambuco Garagem de ônibus; Área de telhado de aproximadamente 1800 m 2 ; Consumo

Leia mais

ENERGIA EÓLICA NO BRASIL

ENERGIA EÓLICA NO BRASIL ENERGIA EÓLICA NO BRASIL MICROGERAÇÃO DISTRIBUIDA Eng. Mec. Egberto Rodrigues Neves SÃO PAULO MAIO 2016 Energia Eólica A Geração eólica : destaque na mídia. Grande porte ou grandes empreendimentos: Parques

Leia mais

Eficiência Energética & Minigeração distribuída Oportunidades para prédios públicos e privados. Madrona Advogados Novembro de 2016

Eficiência Energética & Minigeração distribuída Oportunidades para prédios públicos e privados. Madrona Advogados Novembro de 2016 Eficiência Energética & Minigeração distribuída Oportunidades para prédios públicos e privados Madrona Advogados Novembro de 2016 Micro e Mini Geração Distribuída Histórico e alterações recentes A ANEEL

Leia mais

14º Encontro Internacional de Energia. Aplicação de Smart Grid na Geração Distribuída

14º Encontro Internacional de Energia. Aplicação de Smart Grid na Geração Distribuída 14º Encontro Internacional de Energia Aplicação de Smart Grid na Geração Distribuída Paulo Ricardo Bombassaro Diretor de Engenharia das Distribuidoras CPFL Agosto/2013 CPFL Energia CPFL Energia 2012. Todos

Leia mais

MICROGERAÇÃO E MINIGERAÇÃO DISTRIBUIDA

MICROGERAÇÃO E MINIGERAÇÃO DISTRIBUIDA MICROGERAÇÃO E MINIGERAÇÃO DISTRIBUIDA Versão: 02 Data: 12/01/2013 SUMÁRIO 1. Objetivo 03 2. Normas e Regulamentos Complementares 03 3. Definições 04 3.1. Acesso 04 3.2 Acordo Operativo 04 3.3. Condições

Leia mais

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO INSTITUTO DE ENERGIA E AMBIENTE LABORATÓRIO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS Roberto Zilles INSTITUTO NACIONAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ENERGIAS RENOVÁVEIS

Leia mais

A Importância da Energia Solar Para o Desenvolvimento Sustentável e Social

A Importância da Energia Solar Para o Desenvolvimento Sustentável e Social A Importância da Energia Solar Para o Desenvolvimento Sustentável e Social TSURUDA, L. K. a,b, MENDES, T. A. a,b, VITOR, L. R. b, SILVEIRA, M. B. b a. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

CONDOMÍNIO SUSTENTÁVEL SOLAR SIMÕES FILHO

CONDOMÍNIO SUSTENTÁVEL SOLAR SIMÕES FILHO CONDOMÍNIO SUSTENTÁVEL SOLAR SIMÕES FILHO A GIBC SOL S/A é uma subsidiaria da GOLD INVEST BANK CORP., proprietária dos projetos de usinas fotovoltaicas com registro na ONU Sob o Nº 11021 No MDL (Mecanismo

Leia mais

Energia Solar. e-book

Energia Solar. e-book Energia Solar e-book 1 Índice 04. Energia Solar 26. Sistema de Monitoramento 08. Saiba como funciona a Energia Solar 30. String Box 10. Placa Solar 34. Energia Solar Residencial 18. Inversor de Frequência

Leia mais

CONFEA 04/Julho/2016

CONFEA 04/Julho/2016 CONFEA 04/Julho/2016 A EBES 2 V I S Ã O Empresa brasileira líder em soluções de energia solar fotovoltaica. M I S S Ã O Tornar energia solar acessível, oferecendo aos clientes soluções completas para produzir

Leia mais

Introdução A utilização de fontes de energia renováveis na matriz energética mundial é interesse prioritário para que os países continuem a crescer

Introdução A utilização de fontes de energia renováveis na matriz energética mundial é interesse prioritário para que os países continuem a crescer Introdução A utilização de fontes de energia renováveis na matriz energética mundial é interesse prioritário para que os países continuem a crescer economicamente, sem trazer prejuízos ao meio ambiente

Leia mais

Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL. Procedimentos do Programa de Eficiência Energética PROPEE. Módulo 6 Projetos com Fontes Incentivadas

Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL. Procedimentos do Programa de Eficiência Energética PROPEE. Módulo 6 Projetos com Fontes Incentivadas Agência Nacional de Energia Elétrica ANEEL Procedimentos do Programa de Eficiência Energética PROPEE Módulo 6 Projetos com Fontes Incentivadas Revisão Motivo da Revisão 1 Correções e aperfeiçoamentos Instrumento

Leia mais

Sistema Fotovoltaico Híbrido

Sistema Fotovoltaico Híbrido TREINAMENTO PRÁTICO Sistema Fotovoltaico Híbrido Energia Solar Fotovoltaica On/Off-Grid com Sistema de Armazenamento de Energia Projete, Instale, Otimize! PV HANDS ON HYBRID Dimensionamento e Instalação

Leia mais

PROGRAMA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA JOSE ARTHURO TEODORO

PROGRAMA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA JOSE ARTHURO TEODORO PROGRAMA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA JOSE ARTHURO TEODORO Eficiência Energética Conceito Otimização no consumo da energia elétrica; Motivação Desenvolvimento econômico, sustentabilidade; Métodos Avanços tecnológicos,

Leia mais

Alternativas de financiamento para a energia solar fotovoltaica no Brasil

Alternativas de financiamento para a energia solar fotovoltaica no Brasil Alternativas de financiamento para a energia solar fotovoltaica no Brasil FRANcisco José Araújo BEZERRA Superintendente de Políticas de Desenvolvimento BANCO DO NORDESTE DO BRASIL S.A. Área de atuação

Leia mais

Empresas e Consórcios do Grupo CEMIG

Empresas e Consórcios do Grupo CEMIG Empresas e Consórcios do Grupo CEMIG Roteiro 1. A EMPRESA EFFICIENTIA 2. CAMPOS DE ATUAÇÃO 3. PROJETOS TÍPICOS E CASOS DE SUCESSO A Efficientia na Holding CEMIG Empresa especializada em eficiência e Soluções

Leia mais

Otimize suas operações com Soluções Inteligentes em Eficiência Energética. São Paulo, 28 de outubro de 2016

Otimize suas operações com Soluções Inteligentes em Eficiência Energética. São Paulo, 28 de outubro de 2016 Otimize suas operações com Soluções Inteligentes em Eficiência Energética São Paulo, 28 de outubro de 2016 Combinamos os recursos de nossa organização global com as oportunidades de um mundo novo, aberto

Leia mais

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA 2379EE2

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA 2379EE2 ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA 2379EE2 2º semestre de 2016 Prof. Alceu Ferreira Alves www.feb.unesp.br/dee/docentes/alceu Objetivos Apresentar os conceitos fundamentais para entendimento da geração de energia

Leia mais

EDP Investor Day. 5 Anos de IPO EDP no Brasil

EDP Investor Day. 5 Anos de IPO EDP no Brasil EDP Investor Day 5 Anos de IPO EDP no Brasil Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores

Leia mais

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA 2379EE2

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA 2379EE2 ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA 2379EE2 2º semestre de 2016 Prof. Alceu Ferreira Alves www.feb.unesp.br/dee/docentes/alceu Na última aula: Revisão Condições Padrão de Teste (STC, NOTC) Massa de Ar Ângulos do

Leia mais

ENTENDA OS BENEFÍCIOS E COMO FUNCIONA UMA MINI-USINA SOLAR RESIDENCIAL

ENTENDA OS BENEFÍCIOS E COMO FUNCIONA UMA MINI-USINA SOLAR RESIDENCIAL Veículo: Site Ciclo Vivo Data: 07/10/2016 ENTENDA OS BENEFÍCIOS E COMO FUNCIONA UMA MINI-USINA SOLAR RESIDENCIAL É possível produzir energia até mesmo em duas chuvosos ou nublados. 7 de outubro de 2016

Leia mais

ANTONIO ROBERTO DONADON

ANTONIO ROBERTO DONADON PAINEL 9 GERAÇÃO PRÓPRIA E EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NOS SISTEMAS METROFERROVIARIOS ANTONIO ROBERTO DONADON ANALISTA DE INOVAÇÃO CPFL PIRATININGA 20ª Semana de Tecnologia Metroferroviária P&D Usina Solar Tanquinho

Leia mais

Associação Brasileira de Energia Solar Térmica. Marcelo Mesquita Secretário Executivo

Associação Brasileira de Energia Solar Térmica. Marcelo Mesquita Secretário Executivo Associação Brasileira de Energia Solar Térmica Marcelo Mesquita Secretário Executivo Uma história de pioneirismo e de compromisso com o desenvolvimento - 33 empresas associadas - 100% nacionais, algumas

Leia mais

Políticas Estaduais e Municipais para Energia Solar Fotovoltaica

Políticas Estaduais e Municipais para Energia Solar Fotovoltaica Políticas Estaduais e Municipais para Energia Solar Fotovoltaica Dr. Rodrigo Lopes Sauaia Presidente Executivo Talk Show com Lideranças Governamentais Brasil Solar Power Rio de Janeiro (RJ) 30/06/2016

Leia mais

CANA-DE-AÇÚCAR NA PRODUÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA. Profa. Dra. Cristiane de Conti Medina Departamento de Agronomia

CANA-DE-AÇÚCAR NA PRODUÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA. Profa. Dra. Cristiane de Conti Medina Departamento de Agronomia CANA-DE-AÇÚCAR NA PRODUÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA Profa. Dra. Cristiane de Conti Medina Departamento de Agronomia medina@uel.br AGRICULTURA PRODUÇÃO DE ALIMENTOS PRODUÇÃO DE ENERGIA A GRANDE REVOLUÇÃO ESTÁ

Leia mais

Geração Distribuída de Energia Elétrica e Geração Solar

Geração Distribuída de Energia Elétrica e Geração Solar Geração Distribuída de Energia Elétrica e Geração Solar Seminário franco-brasileiro de Energia Solar - FIESP 25/08/2016 Roberto Castro Conselheiro de Administração Agenda Comercialização de Energia Elétrica

Leia mais

ENERGIAS COM FUTURO.

ENERGIAS COM FUTURO. ENERGIAS COM FUTURO. QUEM SOMOS A Proef Renováveis é uma empresa especializada em serviços e soluções para sistemas energéticos. Disponibilizamos aos nossos clientes soluções chave-na-mão que lhes permitem

Leia mais

VANTAGENS DA GERAÇÃO HÍBRIDA FOTOVOLTAICA E HIDRELÉTRICA NO BRASIL II CONGRESSO BRASILEIRO DE ENERGIA SOLAR

VANTAGENS DA GERAÇÃO HÍBRIDA FOTOVOLTAICA E HIDRELÉTRICA NO BRASIL II CONGRESSO BRASILEIRO DE ENERGIA SOLAR VANTAGENS DA GERAÇÃO HÍBRIDA FOTOVOLTAICA E HIDRELÉTRICA NO BRASIL II CONGRESSO BRASILEIRO DE ENERGIA SOLAR São Paulo, 17 de Maio de 2017 1 GERAÇÃO HÍBRIDA FOTOVOLTAICA E HIDRELÉTRICA VANTAGENS E PERPECTIVAS

Leia mais

ELIPSE E3 MONITORA O DESEMPENHO DAS USINAS SOLARES DA CLEMAR ENGENHARIA

ELIPSE E3 MONITORA O DESEMPENHO DAS USINAS SOLARES DA CLEMAR ENGENHARIA ELIPSE E3 MONITORA O DESEMPENHO DAS USINAS SOLARES DA CLEMAR ENGENHARIA Solução da Elipse Software provê um controle mais efetivo sobre as usinas fotovoltaicas sediadas em Florianópolis e Palhoça, fazendo

Leia mais

Resumo: Consulta Nacional sobre a Estratégia de Energia

Resumo: Consulta Nacional sobre a Estratégia de Energia Resumo: Consulta Nacional sobre a Estratégia de Energia País: Brasil Local: Hotel Pestana Rio Atlântica, Rio de Janeiro Data da reunião: 7 de junho de 2010 Número total de participantes: 8 Resumo: 1. Onde

Leia mais

Tipos de Usinas Elétricas

Tipos de Usinas Elétricas Tipos de Usinas Elétricas USINAS GERADORAS DE ELETRICIDADE Uma usina elétrica pode ser definida como um conjunto de obras e equipamentos cuja finalidade é a geração de energia elétrica, através de aproveitamento

Leia mais

Energia Solar em Edifícios

Energia Solar em Edifícios Energia Solar em Edifícios Um breve guia para arquitetos #2 O que eu encontro neste guia? O guia é voltado a pessoas curiosas sobre sistemas fotovoltaicos (FV) mas que ainda carecem de informação. Esse

Leia mais

O impulso à energia solar no Brasil Renata Camargo

O impulso à energia solar no Brasil Renata Camargo O impulso à energia solar no Brasil Renata Camargo Seminário FGV EAESP São Paulo - Novembro 2016 1 - Contexto brasileiro O Brasil e sua matriz 4,4% 2,4% 2,6% 1,1% 7,6% 11,3% 70,6% Hydro Biomass Wind Natural

Leia mais

A Copel Atua em 10 estados

A Copel Atua em 10 estados Copel Distribuição A Copel Atua em 10 estados Copel Holding Copel Geração e Transmissão Copel Renováveis Copel Distribuição Copel Telecomunicações Distribuição 4º maior distribuidora de energia do Brasil

Leia mais

Placas Solares. e-book

Placas Solares. e-book Placas Solares e-book 1 Índice 04. A Placa Solar 22. Produção de Energia Solar a noite 12. Como funciona a Placa Solar 26. Painéis Fotovoltaicos Monocristalino e Policristalino 16. Fatores que Influenciam

Leia mais

Ligue tudo lá em casa ao sol

Ligue tudo lá em casa ao sol Ligue tudo lá em casa ao sol A energia do sol chegou a sua casa. Agora, com as soluções de energia solar edp já pode produzir e consumir a sua própria eletricidade. Assim, reduz a sua fatura energética

Leia mais

Reunião Conselho Superior da Indústria da Construção - CONSIC 11/04/2017

Reunião Conselho Superior da Indústria da Construção - CONSIC 11/04/2017 Reunião Conselho Superior da Indústria da Construção - CONSIC 11/04/2017 Resíduos Sólidos Urbanos Manuel Rossitto Resíduos Sólidos Urbanos Cadeia Produtiva Logística e Transporte Coleta e Varrição Resíduos

Leia mais

Aproveite a energia do sol

Aproveite a energia do sol Aproveite a energia do sol A energia do sol chegou a sua casa. Agora, com as soluções de energia solar edp já pode produzir e consumir a sua própria eletricidade. Assim, reduz a sua fatura energética e

Leia mais

Micro e Pequenas Centrais Hidrelétricas. Fontes alternativas de energia - micro e pequenas centrais hidrelétricas 1

Micro e Pequenas Centrais Hidrelétricas. Fontes alternativas de energia - micro e pequenas centrais hidrelétricas 1 Micro e Pequenas Centrais Hidrelétricas Fontes alternativas de energia - micro e pequenas centrais hidrelétricas 1 PCH's De acordo com a resolução No. 394-04/12/1998 da ANEEL Agência Nacional de Energia

Leia mais

ENERGIA RENOVÁVEIS ÍVISSON REIS

ENERGIA RENOVÁVEIS ÍVISSON REIS UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES JEQUITINHONHA E MUCURI FACULDADES DE CIÊNCIAS EXATAS DERPATAMENTO DE QUÍMICA PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL PET ENERGIA RENOVÁVEIS ÍVISSON REIS PRINCIPAIS FONTES DE ENERGIA

Leia mais

O exemplo prático das Energias Renováveis como solução na Gestão de Energia e Eficiência Energética.

O exemplo prático das Energias Renováveis como solução na Gestão de Energia e Eficiência Energética. SERVIÇOS E EQUIPAMENTOS DE ENERGIAS RENOVÁVEIS Workshop Gestão de Energia e Eficiência Energética nas Empresas PAINEL II O exemplo prático das Energias Renováveis como solução na Gestão de Energia e Eficiência

Leia mais

Energia Eólica no Saneamento

Energia Eólica no Saneamento Energia Eólica no Saneamento Pedro Alvim de Azevedo Santos, Eng. M.Sc. Professor Engenharia Mecânica Centro Universitário Católica de Santa Catarina pedro.santos@catolicasc.org.br Jaraguá do Sul, 18 de

Leia mais

MICRO INVERSOR SOLAR GRID TIE

MICRO INVERSOR SOLAR GRID TIE INVERSOR "NORMAL" VS. MICRO-INVERSOR MICRO INVERSOR SOLAR GRID TIE O Micro-Inversor é simplesmente um inversor solar grid tie miniaturizado, dimensionado para atender painéis solares individualmente em

Leia mais

JANEIRO 2015 PROCOBRE INSTITUTO BRASILEIRO DO COBRE. RELATÓRIO Utilização de Cobre em Instalação Fotovoltaica

JANEIRO 2015 PROCOBRE INSTITUTO BRASILEIRO DO COBRE. RELATÓRIO Utilização de Cobre em Instalação Fotovoltaica PROCOBRE INSTITUTO BRASILEIRO DO COBRE RELATÓRIO Utilização de Cobre em Instalação Fotovoltaica JANEIRO 2015 1 FEJ Engenharia Ltda. CNPJ 02280914/0001-89 fone 11 4534 4889 11 99958 9933 Sumário 1.Projeto...

Leia mais

Profa. Eliane Fadigas Prof. Alberto Bianchi

Profa. Eliane Fadigas Prof. Alberto Bianchi PEA 2200 Energia, Meio Ambiente e Sustentabilidade Profa. Eliane Fadigas Prof. Alberto Bianchi Aula 5 Conservação de Energia: Aspectos técnicos e econômicos slide 1 / 19 ATÉ ONDE SE SABE A ENERGIA PODE

Leia mais

ENERGIA SOLAR: CONCEITOS BASICOS

ENERGIA SOLAR: CONCEITOS BASICOS Uma introdução objetiva dedicada a estudantes interessados em tecnologias de aproveitamento de fontes renováveis de energia. Prof. M. Sc. Rafael Urbaneja NOÇÕES INICIAIS DE APLICAÇÕES DE ENERGIA FOTOVOLTAICA

Leia mais

BIOGÁS de ETE PARA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA. CASE da ETE RIBEIRÃO PRETO

BIOGÁS de ETE PARA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA. CASE da ETE RIBEIRÃO PRETO BIOGÁS de ETE PARA GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA CASE da ETE RIBEIRÃO PRETO Atuação do Grupo no Brasil Ribeirão Preto 1995 População Atendida 680.000 Mogi Mirim 2008 População Atendida: 130.000 Tratamento

Leia mais

3. CONTRIBUIÇÃO DAS RENOVÁVEIS PARA O DESENVOLVIMENTO NACIONAL 4. PERSPECTIVAS PARA A EVOLUÇÃO DAS RENOVÁVEIS

3. CONTRIBUIÇÃO DAS RENOVÁVEIS PARA O DESENVOLVIMENTO NACIONAL 4. PERSPECTIVAS PARA A EVOLUÇÃO DAS RENOVÁVEIS ÍNDICE 1. QUEM SOMOS 2. A ENERGIA EM PORTUGAL E NO MUNDO 3. CONTRIBUIÇÃO DAS RENOVÁVEIS PARA O DESENVOLVIMENTO NACIONAL 4. PERSPECTIVAS PARA A EVOLUÇÃO DAS RENOVÁVEIS 5. O PAPEL DE PORTUGAL NAS ENERGIAS

Leia mais

COMUNICADO TÉCNICO Nº

COMUNICADO TÉCNICO Nº Página 1 / 14 COMUNICADO TÉCNICO Nº 08-2013 CRITÉRIOS DE ACESSO EM MÉDIA TENSÃO DA CEMIG DISTRIBUIÇÃO SA PARA MICROGERAÇÃO E MINIGERAÇÃO DISTRIBUÍDAS ADERENTES AO REGIME DE COMPENSAÇÃO 1. OBJETIVO Esse

Leia mais

Sistemas de Energia Solar e Eólica Professor: Jorge Andrés Cormane Angarita

Sistemas de Energia Solar e Eólica Professor: Jorge Andrés Cormane Angarita Sistemas de Energia Solar e Eólica Professor: Jorge Andrés Cormane Angarita Especificações dos Módulos Fotovoltaicos Comerciais Sistemas de Energia Solar e Eólica Identificação e informações gerais Módulo

Leia mais

Instalações Elétricas de Sistemas Fotovoltaicos

Instalações Elétricas de Sistemas Fotovoltaicos Centro de Pesquisas de Energia Elétrica Instalações Elétricas de Sistemas Fotovoltaicos 22/set/15 Workshop USP/Abinee - A qualificação profissional e formação de mão de obra para atendimento da demanda

Leia mais

Conceito Amplo de Eficiência Energética

Conceito Amplo de Eficiência Energética Conceito Amplo de Eficiência Energética ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS EMPRESAS DE SERVIÇOS DE CONSERVAÇÃO DE ENERGIA Alexandre Sedlacek Moana Presidente ABESCO Conceito Estrito de Eficiência Energética - Realizar

Leia mais

Apresenta RESOLUÇÃO 482/2012. Sistema de Compensação de Energia Elétrica

Apresenta RESOLUÇÃO 482/2012. Sistema de Compensação de Energia Elétrica Apresenta RESOLUÇÃO 482/2012 Sistema de Compensação de Energia Elétrica RESOLUÇÕES ANEEL Nº 482/2012 E 687/2015 A Resolução ANEEL nº 482/2012 (alterada pela Resolução Aneel nº 687/2015) trata da instalação

Leia mais

TECNOLOGIA FOTOVOLTAICA NO BRASIL: GERANDO ENERGIA, BEM-ESTAR, EMPREGO E RENDA

TECNOLOGIA FOTOVOLTAICA NO BRASIL: GERANDO ENERGIA, BEM-ESTAR, EMPREGO E RENDA TECNOLOGIA FOTOVOLTAICA NO BRASIL: GERANDO ENERGIA, BEM-ESTAR, EMPREGO E RENDA autora: Mariana Weiss maio.2017 SOBRE A FGV ENERGIA A FGV Energia é o centro de estudos dedicado à área de energia da Fundação

Leia mais

Energia verde, sustentabilidade e cidadania

Energia verde, sustentabilidade e cidadania www.coopernico.org coopernico@coopernico.org 213 471 376 Energia verde, sustentabilidade e cidadania quem somos? A Coopérnico é a primeira cooperativa Portuguesa de energias renováveis. Foi fundada em

Leia mais

Incentivo a microgeração: o Fundo Solar Peter Krenz Instituto IDEAL / GIZ

Incentivo a microgeração: o Fundo Solar Peter Krenz Instituto IDEAL / GIZ Incentivo a microgeração: o Fundo Solar Peter Krenz Instituto IDEAL / GIZ Incentivo a microgeração: o Fundo Solar Sobre a GIZ e o Instituto Ideal Simulador Solar Mapa de empresas do setor fotovoltaico

Leia mais

APLICAÇÕES E REGULAMENTAÇÃO (sistemas fotovoltaicos domiciliares, miniredes e sistemas interligados)

APLICAÇÕES E REGULAMENTAÇÃO (sistemas fotovoltaicos domiciliares, miniredes e sistemas interligados) II Simpósio Nacional de Energia Solar Fotovoltaica APLICAÇÕES E REGULAMENTAÇÃO (sistemas fotovoltaicos domiciliares, miniredes e sistemas interligados) Dinâmica da eletrificação rural fotovoltaica (Brasil)

Leia mais

Energía Eólica. Nathalia Cervelheira Michelle Carvalho Neldson Silva Maick Pires. Sinop-MT 2016

Energía Eólica. Nathalia Cervelheira Michelle Carvalho Neldson Silva Maick Pires. Sinop-MT 2016 Energía Eólica Nathalia Cervelheira Michelle Carvalho Neldson Silva Maick Pires Sinop-MT 2016 INTRODUCÃO Denomina-se energía eólica a energía cinética contida nas massas de ar em movimento. Seu aproveitamento

Leia mais

Energia Solar Fotovoltaica: Oportunidades e Desafios

Energia Solar Fotovoltaica: Oportunidades e Desafios Energia Solar Fotovoltaica: Oportunidades e Desafios Dr. Rodrigo Lopes Sauaia Presidente Executivo Workshop Infraestrutura da FIESP Sobre Energia Solar Fotovoltaica São Paulo (SP) 25/08/2016 Focos Principais

Leia mais

ANÁLISE DOS CUSTOS DE GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM SISTEMAS FOTOVOLTAICOS CONECTADOS À REDE ELÉTRICA DE ENERGIA NO ESTADO DO PARANÁ

ANÁLISE DOS CUSTOS DE GERAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA EM SISTEMAS FOTOVOLTAICOS CONECTADOS À REDE ELÉTRICA DE ENERGIA NO ESTADO DO PARANÁ 0 UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE ELETROTÉCNICA - DAELT CURSO DE ENGENHARIA ELÉTRICA ALAIN HEIZO TOYAMA NATALINO DAS NEVES JUNIOR NELSON GERALDO DE ALMEIDA ANÁLISE

Leia mais

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 61 CONCEITOS SOBRE RECURSOS ENERGÉTICOS

GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 61 CONCEITOS SOBRE RECURSOS ENERGÉTICOS GEOGRAFIA - 1 o ANO MÓDULO 61 CONCEITOS SOBRE RECURSOS ENERGÉTICOS Como pode cair no enem? (ENEM) Empresa vai fornecer 230 turbinas para o segundo complexo de energia à base de ventos, no sudeste da Bahia.

Leia mais

Copright 2010 Top Brands. Proibida reprodução. Todos os direitos reservados.

Copright 2010 Top Brands. Proibida reprodução. Todos os direitos reservados. O Banco Instituição financeira múltipla, sociedade de economia mista, de capital aberto, com 64 anos de atuação; Maior banco de desenvolvimento regional da América Latina; Maior programa de microcrédito

Leia mais

Energia Solar Fotovoltaica na Prática. Projete, Instale, Otimize!

Energia Solar Fotovoltaica na Prática. Projete, Instale, Otimize! TREINAMENTO Energia Solar Fotovoltaica na Prática Projete, Instale, Otimize! PV HANDS ON O desafio: Dimensionar e Instalar um Sistema Fotovoltaico Real. O Que Você Vai Aprender? - Dimensionar o Sistema

Leia mais

Matriz Elétrica Brasileira e

Matriz Elétrica Brasileira e Matriz Elétrica Brasileira e as REI s 3 0 Seminário Inserção de Novas Fontes Renováveis e Redes Inteligentes no Planejamento Energético Nacional Rio de Janeiro, 20 de Setembro de 2016 Jeferson Borghetti

Leia mais

A busca do equilíbrio financeiro no segmento da distribuição

A busca do equilíbrio financeiro no segmento da distribuição A busca do equilíbrio financeiro no segmento da distribuição III Seminário Internacional Desafios da Regulação no Setor Elétrico Coimbra, 15 de novembro de 2016 GRUPO ENERGISA Visão Geral GRUPO ENERGISA

Leia mais

SEL-0437 Eficiência Energética PROCEL

SEL-0437 Eficiência Energética PROCEL SEL-0437 Eficiência Energética PROCEL 1 PROCEL Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica Criado em 1985 pelo Ministério das Minas e Energia e da Indústria e Comércio Sua função é promover a

Leia mais

SOLUÇÕES INTEGRADAS PARA O ECOSSISTEMA DA MOBILIDADE.

SOLUÇÕES INTEGRADAS PARA O ECOSSISTEMA DA MOBILIDADE. SOLUÇÕES INTEGRADAS PARA O ECOSSISTEMA DA MOBILIDADE. Somos uma empresa Portuguesa, cujo projeto se iniciou em 2006 com a oferta de soluções de energia renovável. Atualmente disponibilizamos soluções completas

Leia mais

GERAÇÃO DISTRIBUÍDA. Iniciativas CEMIG

GERAÇÃO DISTRIBUÍDA. Iniciativas CEMIG GERAÇÃO DISTRIBUÍDA Iniciativas CEMIG Sumário Geração Distribuída Resolução ANEEL 482/2012 Projetos CEMIG Sistemas isolados Sistemas conectados a rede Mineirão Usina Settesolar Arena do Jacaré Panorama

Leia mais

Redução de custo energético. Eficiência técnica e econômica. Energia limpa e soluções customizadas

Redução de custo energético. Eficiência técnica e econômica. Energia limpa e soluções customizadas Redução de custo energético Eficiência técnica e econômica Energia limpa e soluções customizadas NOSSA EMPRESA A Trader Energia atua em todo o Brasil comercializando energia elétrica, desenvolvendo projetos

Leia mais

SOLUÇÕES DE Energia solar fotovoltaica À SUA MEDIDA

SOLUÇÕES DE Energia solar fotovoltaica À SUA MEDIDA SOLUÇÕES DE Energia solar fotovoltaica À SUA MEDIDA NA VOLTALIA RESPIRAMOS ENERGIA. Energia Elétrica Off-Grid A Empresa MPrime é a empresa distribuidora de equipamento fotovoltaico do grupo Voltalia. Em

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE BIOGÁS E BIOMETANO. Waste Expo 2016

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE BIOGÁS E BIOMETANO. Waste Expo 2016 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE BIOGÁS E BIOMETANO Waste Expo 2016 ASSOCIADOS ALIMENTOS BIOGÁS E A ECONOMIA CIRCULAR ENERGIA BIOGÁS RESÍDUOS BIODIGESTÃO EFLUENTE NPK FERTILIZANTE AMBIENTE REGULATÓRIO DEZ 2012

Leia mais

Workshop "ESTADO DA ARTE E NECESSIDADES PARA O DESENVOLVIMENTO DA ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA NO BRASIL"

Workshop ESTADO DA ARTE E NECESSIDADES PARA O DESENVOLVIMENTO DA ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA NO BRASIL Workshop "ESTADO DA ARTE E NECESSIDADES PARA O DESENVOLVIMENTO DA ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA NO BRASIL" Indústria de Módulos M Fotovoltaicos: Experiência da Planta Piloto Prof. Adriano Moehlecke e Profa.

Leia mais

Produza eletricidade no seu próprio quintal.

Produza eletricidade no seu próprio quintal. GERADOR RESIDENCIAL DE ELETRICIDADE DE 1.9 KW Produza eletricidade no seu próprio quintal. MADE IN THE USA ENERGIA EÓLICA PARA TODOS NÓS Há uma grande fonte de energia no céu O Vento É de graça, sem poluição

Leia mais

Geração Distribuída a Gás Natural em Santa Catarina. GT Geração Distribuída

Geração Distribuída a Gás Natural em Santa Catarina. GT Geração Distribuída Geração Distribuída a Gás Natural em Santa Catarina GT Geração Distribuída Florianópolis, 22 de maio de 2017 Sumário 1. Infraestrutura de Distribuição de Gás Natural; 2. Tarifas Aplicadas para Geração

Leia mais

Disciplina: Recursos Energéticos e Meio Ambiente. 2- Introdução. Professor: Sandro Donnini Mancini. Fevereiro, 2016

Disciplina: Recursos Energéticos e Meio Ambiente. 2- Introdução. Professor: Sandro Donnini Mancini. Fevereiro, 2016 Insituto de Ciência e Tecologia de Sorocaba Disciplina: Recursos Energéticos e Meio Ambiente Graduação em Engenharia Ambiental 2- Introdução Professor: Sandro Donnini Mancini Fevereiro, 2016 1 ENERGIA

Leia mais

Sistemas de Potência e Energia

Sistemas de Potência e Energia UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA Sistemas de Potência e Energia Departamento de Energia Elétrica Faculdade de Engenharia UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA E-mail: jopass@ieee.org Juiz de Fora, 30

Leia mais

Além das grandes hidrelétricas - Políticas para fontes renováveis de energia elétrica. 6ª Reunião do FMASE WWF -UFABC UNICAMP IEI-LA

Além das grandes hidrelétricas - Políticas para fontes renováveis de energia elétrica. 6ª Reunião do FMASE WWF -UFABC UNICAMP IEI-LA Além das grandes hidrelétricas - Políticas para fontes renováveis de energia elétrica no Brasil 6ª Reunião do FMASE WWF -UFABC UNICAMP IEI-LA Subsídios no Brasil: CCC Sistema isolado Ano Valor provido

Leia mais

>>>Normas Técnicas Fotovoltaico >>>Processo Conexão à Rede >>>Requisitos Técnicos para Conexão >>>Redes Elétricas

>>>Normas Técnicas Fotovoltaico >>>Processo Conexão à Rede >>>Requisitos Técnicos para Conexão >>>Redes Elétricas 1 ormas & Redes Objetivos >>>ormas Técnicas Fotovoltaico >>>Processo Conexão à Rede >>>Requisitos Técnicos para Conexão >>>Redes Elétricas Fronius International GmbH / first name last name / Titel of presentation

Leia mais

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA 2379EE2

ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA 2379EE2 ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA 2379EE2 2º semestre de 2016 Prof. Alceu Ferreira Alves www.feb.unesp.br/dee/docentes/alceu Dimensionamento orientações http://www.neosolar.com.br/aprenda/calculadora http://www.sunlab.com.br/dimensionamento_solar_fotovoltaic

Leia mais

A BIOELETRICIDADE DA CANA EM NÚMEROS DEZEMBRO DE 2015

A BIOELETRICIDADE DA CANA EM NÚMEROS DEZEMBRO DE 2015 A BIOELETRICIDADE DA CANA EM NÚMEROS DEZEMBRO DE 2015 CAPACIDADE DE GERAÇÃO DA BIOELETRICIDADE Em 2014, de acordo com a International Renewable Energy Agency (IRENA), a fonte biomassa apresentou 80.227

Leia mais

Conheça a trajetória da Empresa

Conheça a trajetória da Empresa Conheça a trajetória da Empresa A Sonnen Energia iniciou suas atividades no final do ano de 202, na cidade de Santa Maria, Rio Grande do Sul. A empresa nasceu a partir da pesquisa de doutorado na área

Leia mais

Painel Geração Renovável Energia Solar Fotovoltaica

Painel Geração Renovável Energia Solar Fotovoltaica Painel Geração Renovável Energia Solar Fotovoltaica Dr. Rodrigo Lopes Sauaia Presidente Executivo Encontro Nacional do Setor Elétrico ENASE 2017 Rio de Janeiro (RJ) 18/05/2017 Focos Principais Representar

Leia mais

Palestra Introdutória Talk Show com as Lideranças do Setor Elétrico Brasileiro

Palestra Introdutória Talk Show com as Lideranças do Setor Elétrico Brasileiro Palestra Introdutória Talk Show com as Lideranças do Setor Elétrico Brasileiro Dr. Rodrigo Lopes Sauaia Presidente Executivo Brasil Solar Power Rio de Janeiro (RJ) 01/07/2016 Focos Principais Representar

Leia mais