O Sistema Financeiro Nacional

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O Sistema Financeiro Nacional"

Transcrição

1 O Sistema Financeiro Nacional 1

2 O Sistema Financeiro Nacional Foi constituído com base nas leis: 4595 de Estrutura o Sistema Financeiro Nacional 4728 de Lei do Mercado de Capitais O Sistema Financeiro Nacional é composto por duas divisões distintas: Divisão Normativa : responsável pela fiscalização e organização do SFN composta por quatro organismos: O CMN Conselho Monetário Nacional; O BC Banco Central do Brasil; A CVM Comissão de Valores Mobiliários A SUSEP Superintendência de Seguros Privados; Divisão Operacional : que compreende os agentes que atuam no mercado financeiro tais como: Instituições Bancárias; Instituições não Bancárias Sistema Distribuidor de Títulos e Valores Mobiliários Agentes Especiais 2

3 O Sistema Financeiro Nacional Composição SFN Divisão Normativa Divisão Operacional 3

4 Divisão Normativa do SFN CMN Banco Central CVM SUSEP 4

5 Divisão Operacional do SFN Divisão Operacional Instituições Bancárias Instituições Não Bancárias Sistema Dist. Títulos Agentes Especiais 5

6 O Conselho Monetário Nacional Consiste no principal orgão normativo do SFN; A sua composição atual, que foi definida pela MP 542, que criou o Plano Real, é compreende o Ministro da Fazenda, como Presidente, O Ministro do Planejamento, e o Presidente do Banco Central, que atualmente também possui status de Ministro; As atribuições do CMN são: Adaptar o volume dos meios de pagamento ás necessidades da economia nacional e seu processo de desenvolvimento; Regular o valor interno da moeda, prevenindo ou corrigindo surtos inflacionários ou deflacionários de origem interna ou externa; Orientar a aplicação dos recursos das instituições financeiras públicas ou privadas, de forma a garantir condições favoráveis ao desenvolvimento equilibrado da economia nacional; Propiciar o aperfeiçoamento das instituições e dos instrumentos financeiros, de forma a tornar mais eficiente o sistema de pagamentos e mobilização d recursos; Zelar pela Liquidez e pela solvência das instituições financeiras; \coordenar as políticas monetária, creditícia, orçamentária, fiscal e da dívida pública interna e externa; 6

7 O Conselho Monetário Nacional Com base nestas atribuições do CMN podemos concluir que: O CMN estabelece as diretrizes, normas autorizações e limites para o SFN; Mas como o CMN é um orgão normativo sem função executiva, as suas normatizações são implantadas, e executadas pelo Banco Central do Brasil (BC); O CMN também possui comissões consultivas que o auxiliam a elaborar as normas que regem o SFN, são elas: Comissão Técnica da Moeda e do Crédito (CTMC); Comissão de Política Monetária e Cambial (COPOM) Comissão de Normas e Organizações do Sistema Financeiro; Comissão de Valores Mobiliários e Futuros; Comissão de Crédito Rural; Comissão de Crédito Industrial; Comissão de Endividamento Público; Comissão de Processos Administrativos; 7

8 O Banco Central Alguns dos papéis típicos de um Banco Central são: 1- Banco dos Bancos: Depósitos compulsórios; Redescontos de Liquidez; 2- Gestor do Sistema Financ;eiro Nacional: Normas / Autorizações Fiscalização/ Intervenção; 3- Executor da Política Monetária: Controle dos meios de pagamentos (liquidez do mercado); Orçamento monetário / Instrumentos Monetários; 4- Banco Emissor : Emissão do meio circulante; Saneamento do meio circulante; 5 Banqueiro do Governo: Intermediário Financeiro do Tesouro Nacional (via emissão de títulos) Administração da dívida pública interna e externa; Gestor e fiel depositário das reservas internacionais do pais; Representante junto as instituições financeiras internacionais; 8

9 O Banco Central Histórico: Em 1945 é criada a SUMOC, Superintendência da Moeda e do Crédito para exercer o controle monetário e preparar a organização de um futuro Banco Central; A SUMOC tinha as seguintes atribuições: Fixação dos percentuais de reserva obrigatória dos bancos comerciais; Fixar as taxas do redesconto e assistência financeira de liquidez Fixar as taxas de juros sobre os depósitos bancários; Supervisão dos bancos comerciais; Orientação da política cambial Representação do Pais junto aos organismos internacionias; 9

10 O Banco Central Na época a função de : Banco do Governo; Controle de Operações de Comércio Exterior; Executor das operações cambiais; Execução das normas da SUMOC; Recebimento dos depósitos compulsórios dos bancos; Era exercida pelo Banco do Brasil; Cabia ao Tesouro Nacional a emissão de papel-moeda; Em 1964 quando da normatização do SFN é criado finalmente o BC, que paulatinamente assume as funções do Banco do Brasil do Tesouro Nacional típicas de um Banco Central, bem como a separação e orçamentos e contas de movimento destas três instituições; 10

11 O Banco Central Em termos oficiais, o Banco Central do Brasil divulgou um documento em 1998, onde define de forma clara e concisa a sua missão perante o SFN: Agente da sociedade brasileira na promoção da estabilidade do poder de compra da moeda brasileira por meio da busca permanente dos seguintes objetivos : Zelar pela adequada liquidez da economia; Manter reservas internacionais do País em um nível adequado; Estimular a formação de poupança em níveis adequados às necessidades de investimentos do País; Zelar pela estabilidade e promover o permanente aperfeiçoamento do SFN; 11

12 O Banco Central Atualmente o Banco Central tem as seguintes atribuições: Emissão de papel moeda e moeda metálica, nas condições e limites autorizados pelo CMN; Execução dos serviços do meio circulante; Recebimento de compulsórios de bancos comerciais ; Realização de operações de redesconto e empréstimos as instituições financeiras, dentro de um enfoque de política econômica do governo ou como socorro a problemas de liquidez; Regular a execução dos serviços de compensação de cheques e outros papéis; Efetuar como instrumento de política monetária, operações de compra e venda de títulos federais; 12

13 O Banco Central Emitir títulos de responsabilidade própria, de acordo com as condições estabelecidas pelo CMN; Exercer o controle de crédito sob todas as suas formas; Exercer a fiscalização das instituições financeiras, punindo-as quando necessário; Autorizar o funcionamento de todas as instituições financeiras; Estabelecer as condições para o exercício de quaisquer cargos de direção nas instituições financeiras; Vigiar a interferência de outras empresas nos mercados financeiros e de capitais; Controlar o fluxo de capitais estrangeiros, garantindo o correto funcionamento do mercado cambial; 13

14 A Comissão de Valores Mobiliarios - CVM Instituida pela lei 6385 de ; Tem como missão a normatização, a fiscalização, regulamentação, desenvolvimento e controle do mercado de valores mobiliários do pais.; Possui portanto as seguintes atribuições: Estimular a aplicação de poupança no mercado acionário; Assegurar o funcionamento eficiente das bolsas de valores e instituições auxiliares que atuam nestes mercados; Proteger os titulares de valores mobiliarios contra emissões irregulares e outros tipos de atos ilegais que possam prejudicar a formação do preço nos mercados primários e secundários de ações; Fiscalizar a emissão, o registro, a distribuição e a negociação de títulos emitidos pelas sociedades anõnimas de capital aberto; 14

15 O que são Valores Mobiliários? Conforme a MP.1637 de , os valores mobiliários são: Títulos ou contratos de investimentos coletivo, que gerem direitos de participação, de parceria ou de remuneração, inclusive quando resultam da prestação de serviços, cujos esforços advém de esforço do empreendedor ou de terceiros; Estes títulos quando ofertados públicamente, entram no regime da CVM; Exemplos: Ações Debêntures Commercial Papers 15

16 A Divisão Operativa do SFN Instituições Bancárias: São as que intermediam recursos e têm como fonte depósitos a vista e a prazo;. Também possuem a capacidade de criar moeda na forma de M1, que são o papel moeda em poder do público mais os depósitos a vista nos bancos comerciais; Alguns exemplos destas instituições são:. Bancos Comerciais; Caixas Econõmicas; Cooperativas de Crédito; Bancos Cooperativos; 16

17 A Divisão Operativa do SFN Instituições não Bancárias: Intermediam recursos; Não tem capacidade de criar moeda no conceito de M1 Alguns exemplos são: Bancos de Desenvolvimento; Bancos de Investimento; Sistema Distibuidor de Títulos e Valores Mobiliários: São instituições que transacionam apenas títulos e valores mobiliários, além de moeda estrangeira; Agentes Especiais: Instituições financeiras que atuam como bancos de fomento, e têm em alguns casos a capacidade de criar moeda no conceito de M1; 17

18 Divisão Operativa do SFN Instituições Bancárias Bancos Comerciais: Realizam a captação de recursos através de depósitos a vista ; Também possuem recursos de depósitos a prazo, que serão resgatados futuramente pelos seus clientes, são as chamadas aplicações financeiras; Também podem realizar o repasse de recursos de instituições estrangeiras ou nacionais para seus clientes; Realizam o desconto de títulos, abertura de crédito e algumas operações especiais como o crédito rural por exemplo; Caixas Econômicas: São similares aos bancos comerciais; No entanto em tese, não se destinam a ter fins lucrativos e sim atuarem no financiamento de obras de cunho social, tais como o financiamento de saneamento básico, moradia, transporte público etc; Tem o monopólio nas operações de penhora de bens; Suas principais fontes de recursos são os depósitos de poupança e FGTS; 18

19 Divisão Operativa do SFN Instituições Bancárias Os Bancos Múltiplos: Para configurar um banco múltiplo, a instituição bancária deve possuir pelo menos duas das seguintes carteiras: Carteira comercial (regulamentação dos bancos comerciais); Carteira de investimento (regulamentação dos bancos de investimento); Carteira de crédito Imobiliário (regulamentação das SCI); Carteira de aceite (regulamentação das financeiras); Carteira de desenvolvimento; Carteira de leasing; 19

20 Divisão Operativa do SFN Instituições Não Bancárias Bancos de Desenvolvimento: Utilizam os repasses públicos para o financiamento a médio e longo prazos, no âmbito nacional temos: O BNDES Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social; O BNB Banco do Nordeste do Brasil; O BASA Banco da Amazônia AS Bancos de Investimento: Possuem como objetivo o financiamento a médio e longo prazo para o suprimento de capital fico ou de giro de empresas; Não podem manter contas correntes e seus recursos são captados através da emissão de RDBS e CDBS; Também captam recursos através de repasses de instituições nacionais e estrangeiras e pela administração e venda de cotas de fundos de investimentos por eles administrados; Não podem destinar recursos a empreendimentos imobiliários; 20

21 Divisão Operativa do SFN Instituições Não Bancárias Além disso as operações que podem ser praticadas pelos bancos de investimento são as seguintes: Empréstimo a prazo mínimo de um ano para financiamento de capital fixo e de giro; Aquisição de ações, obrigações ou quaisquer outros títulos e valores mobiliários para investimento ou revenda no mercado de capitais (operações de subscrição); Repasses de empréstimos obtidos no país ou no exterior; Prestação de garantias de empréstimos no país ou oriundas do exterior 21

22 Divisão Operativa do SFN Instituições Não Bancárias Sociedades de crédito, financiamento e investimento (financeiras): Sua função é a de financiar bens de consumo duráveis por meio do CDC crédito direto ao consumidor; Não podem manter contas correntes; Seus instrumentos de captação restrigem se a colocação de Letras de Câmbio; Por ser uma atividade de grande risco, suas operações passivas não podem ultrapassar o limite de 12 vezes o montante de seu capital realizado, mais as suas reservas; 22

23 Divisão Operativa do SFN Sistema Distribuidor de Títulos e Valores Mobiliários Sociedades Corretoras : Operam na compra, venda e distribuição de títulos e valores mobiliários por cont de terceiros; Sua constituição está sujeita a aprovação do Banco Central e o exercicio de sua atividade depende de autorização da CVM; Possuem acesso aos recintos das bolsas de valores e mercadorias; Podem efetuar o lançamento público de ações; Administram carteiras e custodiam valores mobiliários ; Instituem e organizam a administram fundos de investimento; Operam no mercado aberto; Intermediam operações de câmbio; 23

Evolução do SFN. 1. Primeiro Período: 1808-1914 MERCADO FINANCEIRO E DE CAPITAIS. 3. Terceiro Período: 1945-1965. 2. Segundo Período: 1914-1945

Evolução do SFN. 1. Primeiro Período: 1808-1914 MERCADO FINANCEIRO E DE CAPITAIS. 3. Terceiro Período: 1945-1965. 2. Segundo Período: 1914-1945 Evolução do SFN MERCADO FINANCEIRO E DE CAPITAIS Profa. Dra. Andréa Paula Segatto-Mendes apsm@ufpr.br 1. Primeiro Período: 1808-1914 Abertura dos portos - acordos comerciais diretos Criação do Banco do

Leia mais

SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL INSTITUIÇÕES. Lei 4.595/64 FINANCEIRAS COLETA INTERMEDIAÇÃO APLICAÇÃO CUSTÓDIA

SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL INSTITUIÇÕES. Lei 4.595/64 FINANCEIRAS COLETA INTERMEDIAÇÃO APLICAÇÃO CUSTÓDIA SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL INSTITUIÇÕES Lei 4.595/64 FINANCEIRAS COLETA INTERMEDIAÇÃO APLICAÇÃO CUSTÓDIA INTERMEDIAÇÃO FINANCEIRA JUROS PAGOS PELOS TOMADORES - REMUNERAÇÃO PAGA AOS POUPADORES SPREAD

Leia mais

O que é o Mercado de Capitais. A importância do Mercado de Capitais para a Economia. A Estrutura do Mercado de Capitais Brasileiro

O que é o Mercado de Capitais. A importância do Mercado de Capitais para a Economia. A Estrutura do Mercado de Capitais Brasileiro 1 2 O que é o Mercado de Capitais A importância do Mercado de Capitais para a Economia A Estrutura do Mercado de Capitais Brasileiro O que é Conselho Monetário Nacional (CNM) O que é Banco Central (BC)

Leia mais

SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS PARA ENGENHARIA 16/04/2013. Professor: Luis Guilherme Magalhães (62) 9607-2031

SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS PARA ENGENHARIA 16/04/2013. Professor: Luis Guilherme Magalhães (62) 9607-2031 ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS PARA ENGENHARIA Professor: Luis Guilherme Magalhães (62) 9607-2031 Obs.: Para aprofundar os conhecimentos no Sistema Financeiro Nacional, consultar o livro: ASSAF NETO, Alexandre.

Leia mais

Atualidades do Mercado Financeiro

Atualidades do Mercado Financeiro Atualidades do Mercado Financeiro Sistema Financeiro Nacional Dinâmica do Mercado Mercado Bancário Conteúdo 1 Sistema Financeiro Nacional A estrutura funcional do Sistema Financeiro Nacional (SFN) é composta

Leia mais

Unidade III. Operadores. Demais instituições financeiras. Outros intermediários financeiros e administradores de recursos de terceiros

Unidade III. Operadores. Demais instituições financeiras. Outros intermediários financeiros e administradores de recursos de terceiros MERCADO FINANCEIRO E DE CAPITAIS Unidade III 6 O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL O sistema financeiro nacional é o conjunto de instituições e instrumentos financeiros que possibilita a transferência de recursos

Leia mais

IPC Concursos CEF 2014. Questões I SFN, CMN, BCB e CVM Material com as questões incorretas justificadas.

IPC Concursos CEF 2014. Questões I SFN, CMN, BCB e CVM Material com as questões incorretas justificadas. BRB 2011 Cespe Questões I SFN, CMN, BCB e CVM Material com as questões incorretas justificadas. A respeito da estrutura do Sistema Financeiro Nacional (SFN),julgue os itens a seguir. 1. Ao Conselho Monetário

Leia mais

Unidade III. Mercado Financeiro. Prof. Maurício Felippe Manzalli

Unidade III. Mercado Financeiro. Prof. Maurício Felippe Manzalli Unidade III Mercado Financeiro e de Capitais Prof. Maurício Felippe Manzalli Mercados Financeiros Lembrando da aula anterior Conceitos e Funções da Moeda Política Monetária Política Fiscal Política Cambial

Leia mais

CONHECIMENTOS BANCÁRIOS. Prof. Rodrigo O. Barbati

CONHECIMENTOS BANCÁRIOS. Prof. Rodrigo O. Barbati CONHECIMENTOS BANCÁRIOS Prof. Rodrigo O. Barbati AULA 01 Estrutura do Sistema Financeiro Nacional Subsistema normativo Sistema Financeiro Nacional O Sistema Financeiro Nacional (SFN) pode ser entendido

Leia mais

Atualidades do Mercado Financeiro

Atualidades do Mercado Financeiro Atualidades do Mercado Financeiro Índice Pg. Sistema Financeiro Nacional... 02 Dinâmica do Mercado... 05 Mercado Bancário... 09 1 Sistema Financeiro Nacional A estrutura funcional do Sistema Financeiro

Leia mais

Sistema Financeiro Nacional-Aula 22.10.14 22/10/2014. Ciências Contábeis. Sistema Financeiro Nacional. Sistema Financeiro Nacional. Prof.

Sistema Financeiro Nacional-Aula 22.10.14 22/10/2014. Ciências Contábeis. Sistema Financeiro Nacional. Sistema Financeiro Nacional. Prof. -Aula 22.10.14 22/10/2014 UNIVERSIDADE COMUNITARIA DA REGIÃO DE CHAPECÓ Ciências Contábeis Conceitos e Estrutura Professor : Johnny Luiz Grando Johnny@unochapeco.edu.br Surgimento e Finalidade: Cronograma

Leia mais

Administração Financeira

Administração Financeira Administração Financeira MÓDULO 3: O ambiente operacional do administrador financeiro e da própria empresa Qualquer que seja o tipo de empreendimento empresa industrial, comercial, prestadora de serviços

Leia mais

LISTA DE TABELAS. Tabela I Bradesco Relação de Receitas de Prestação de Serviços...

LISTA DE TABELAS. Tabela I Bradesco Relação de Receitas de Prestação de Serviços... BANCOS MÚLTIPLOS LISTA DE TABELAS Tabela I Bradesco Relação de Receitas de Prestação de Serviços... RESUMO Neste trabalho serão apresentadas as principais características e serviços disponibilizados pelos

Leia mais

Relações Internacionais. Finanças Internacionais

Relações Internacionais. Finanças Internacionais Relações Internacionais Finanças Internacionais Prof. Dr. Eduardo Senra Coutinho Tópico 1: Sistema Financeiro Nacional ASSAF NETO, A. Mercado financeiro. 8ª. Ed. São Paulo: Atlas, 2008. Capítulo 3 (até

Leia mais

Banco Central Bacen Conhecimentos Bancários

Banco Central Bacen Conhecimentos Bancários Banco Central Bacen Conhecimentos Bancários BANCO CENTRAL DO BRASIL O Banco Central do Brasil, criado pela Lei 4.595, de 31.12.1964, é uma autarquia federal, vinculada ao Ministério da Fazenda, que tem

Leia mais

CURSO INDICADORES ECONÔMICOS. Sistema financeiro e Finanças públicas

CURSO INDICADORES ECONÔMICOS. Sistema financeiro e Finanças públicas Sistema financeiro e Finanças públicas Vamos imaginar um mundo sem finanças... Como seria o mercado imobiliário? A Construção? A Venda? No mundo sem Finanças grande parte dos bens estaria estocada. Na

Leia mais

Introdução: Mercado Financeiro

Introdução: Mercado Financeiro Introdução: Mercado Financeiro Prof. Nilton TÓPICOS Sistema Financeiro Nacional Ativos Financeiros Mercado de Ações 1 Sistema Financeiro Brasileiro Intervém e distribui recursos no mercado Advindos de

Leia mais

Sistema Financeiro Nacional 3. Sistema Financeiro Nacional 3.1 Conceito 3.2 Subsistema de Supervisão 3.3 Subsistema Operativo 6/7/2006 2 3.1 - Conceito de Sistema Financeiro Conjunto de instituições financeiras

Leia mais

Como funciona o Sistema Financeiro Nacional. José Reynaldo de Almeida Furlani Junho de 2013

Como funciona o Sistema Financeiro Nacional. José Reynaldo de Almeida Furlani Junho de 2013 José Reynaldo de Almeida Furlani Junho de 2013 Segmentação do Mercado MERCADO MONETÁRIO MERCADO DE CRÉDITO MERCADO FINANCEIRO MERCADO DE CAPITAIS MERCADO CAMBIAL Conceito de Sistema Financeiro Conjunto

Leia mais

valores Sociedades de capitalização Entidades fechadas de previdência complementar (fundos de pensão)

valores Sociedades de capitalização Entidades fechadas de previdência complementar (fundos de pensão) CONHECIMENTOS BANCÁRIOS PROFESSOR RODRIGO O. BARBATI 1 ESTRUTURA DO SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL O Sistema Financeiro Nacional (SFN) é composto de um conjunto de instituições

Leia mais

Curso de CPA 10 CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL ANBIMA SÉRIE 10. www.eadempresarial.net.br. www.eadempresarial.net.br - 18 3303-0383

Curso de CPA 10 CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL ANBIMA SÉRIE 10. www.eadempresarial.net.br. www.eadempresarial.net.br - 18 3303-0383 Curso de CPA 10 CERTIFICAÇÃO PROFISSIONAL ANBIMA SÉRIE 10 www.eadempresarial.net.br SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL Uma conceituação bastante abrangente de sistema financeiro poderia ser a de um conjunto de

Leia mais

Mirae Asset Securities (Brasil) C.T.V.M. Ltda www.miraeasset.com.br

Mirae Asset Securities (Brasil) C.T.V.M. Ltda www.miraeasset.com.br ENTIDADES AUTORREGULADORAS DO MERCADO ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO BM&FBOVESPA A BM&FBOVESPA é uma companhia de capital brasileiro formada, em 2008, a partir da integração das operações da Bolsa de Valores

Leia mais

Capítulo 1 Estrutura do Sistema Financeiro Nacional-SFN

Capítulo 1 Estrutura do Sistema Financeiro Nacional-SFN Capítulo 1 Estrutura do Sistema Financeiro Nacional-SFN Introdução Neste capítulo iremos compilar os normativos que tratam sobre o Sistema Financeiro Nacional-SFN, desde a sua criação até a data presente

Leia mais

Concurso 2011. Prof. Cid Roberto. Bancos Comerciais. Bancos Comerciais. prof.bancario@gmail.com

Concurso 2011. Prof. Cid Roberto. Bancos Comerciais. Bancos Comerciais. prof.bancario@gmail.com Concurso 2011 Prof. Cid Roberto prof.bancario@gmail.com Mercado Financeiro Comunidade Conhecimentos Bancários (orkut) 5ª aula Início da aula Instituições Operadoras Livro Como esticar seu dinheiro Ricardo

Leia mais

Administração Financeira e Orçamentária I

Administração Financeira e Orçamentária I Administração Financeira e Orçamentária I Sistema Financeiro Brasileiro AFO 1 Conteúdo Instituições e Mercados Financeiros Principais Mercados Financeiros Sistema Financeiro Nacional Ações e Debêntures

Leia mais

Sistema Financeiro Nacional I

Sistema Financeiro Nacional I Conceitos gerais Sistema Financeiro Nacional (SFN) é o conjunto de instituições e instrumentos financeiros que possibilitam a transferência de recursos dos ofertantes finais (poupadores) para os tomadores

Leia mais

3.1 - Estrutura do SFN

3.1 - Estrutura do SFN 1 3. Sistema Financeiro Nacional 3.1 Estrutura do SFN 3.2 Subsistema normativo 3.3 Subsistema de intermediação 3.4 Títulos públicos negociados no MF 3.5 Principais papéis privados negociados no MF 3/4/2012

Leia mais

SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL BRUNI BRUNI BRUNI BRUNI. Sistema Financeiro Nacional

SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL BRUNI BRUNI BRUNI BRUNI. Sistema Financeiro Nacional Capítulo Sistema Financeiro Nacional Bibliografia básica Todo o conteúdo dos slides deve ser acompanhado com o livro Mercados Financeiros, publicado pela Editora Atlas. Objetivos do capítulo Distinguir

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DO MERCADO V1. 04_2012

GUIA DE FUNCIONAMENTO DO MERCADO V1. 04_2012 GUIA DE FUNCIONAMENTO DO MERCADO V1. 04_2012 O objetivo deste material é prestar ao investidor uma formação básica de conceitos e informações que possam auxiliá-lo na tomada de decisões antes da realização

Leia mais

O Sistema Financeiro Nacional

O Sistema Financeiro Nacional MERCADO DE CAPITAIS Prof. Esp. Tomás de Aquino Salomão e-mail tomassalomao@gmail.com O Sistema Financeiro Nacional As autoridades monetárias: O Conselho Monetário Nacional: o CMN acaba sendo o conselho

Leia mais

O QUE É A CVM? II - a negociação e intermediação no mercado de valores mobiliários;

O QUE É A CVM? II - a negociação e intermediação no mercado de valores mobiliários; O QUE É A CVM? A CVM - Comissão de Valores Mobiliários é uma entidade autárquica em regime especial, vinculada ao Ministério da Fazenda, com personalidade jurídica e patrimônio próprios, dotada de autoridade

Leia mais

Administração Financeira II

Administração Financeira II Administração Financeira II Sistema Financeiro Nacional Professor: Roberto César SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL O Sistema Financeiro Nacional pode ser definido como o conjunto de instituições e orgãos que

Leia mais

Sistema Financeiro Nacional. Esperamos que, após o estudo do conteúdo desta aula, você seja capaz de:

Sistema Financeiro Nacional. Esperamos que, após o estudo do conteúdo desta aula, você seja capaz de: Sistema Financeiro Nacional A U L A 3 Meta da aula Apresentar a estrutura do Sistema Financeiro Nacional e as principais características das instituições que o compõem. objetivos 1 2 3 Esperamos que, após

Leia mais

Aula 2 Contextualização

Aula 2 Contextualização Gestão Financeira Aula 2 Contextualização Prof. Esp. Roger Luciano Francisco Segmentos do Mercado Financeiro Mercado monetário Mercado de crédito Mercado de capitais Mercado de câmbio Mercado Monetário

Leia mais

BAN CO DO BRASIL. Atualizada 19/01/2011 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1

BAN CO DO BRASIL. Atualizada 19/01/2011 Neste curso os melhores alunos estão sendo preparados pelos melhores Professores 1 41. (CAIXA/2010) Compete à Comissão de Valores Mobiliários CVM disciplinar as seguintes matérias: I. registro de companhias abertas. II. execução da política monetária. III. registro e fiscalização de

Leia mais

S B U SI S ST S E T M

S B U SI S ST S E T M 2.1 - Estrutura do SFN Análise de Mercado Financeiro Cap. II Sistema Financeiro Nacional Conjunto de instituições financeiras e instrumentos financeiros que visam transferir recursos dos agentes econômicos

Leia mais

Curso Preparatório ANBIMA - CPA-10 Curso Preparatório ANBIMA - CPA-20

Curso Preparatório ANBIMA - CPA-10 Curso Preparatório ANBIMA - CPA-20 Solange Honorato Curso Preparatório ANBIMA - CPA-10 Curso Preparatório ANBIMA - CPA-20 E Solange Honorato Facilitadora Certificação Profissional ANBIMA - CPA-10 Destina-se aos profissionais que desempenham

Leia mais

Administração Financeira

Administração Financeira Administração Financeira MÓDULO 5: Sociedades de crédito ao microempreendedor As sociedades de crédito ao microempreendedor, criadas pela Lei 10.194, de 14 de fevereiro de 2001, são entidades que têm por

Leia mais

BB BNDES. Instituições Financeiras Bancárias. Instituições Financeiras. não Bancárias. Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo

BB BNDES. Instituições Financeiras Bancárias. Instituições Financeiras. não Bancárias. Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo Conselho Monetário Nacional - CMN Comissões consultivas Subsistema Normativo Banco Central do Brasil Comissão de valores mobiliários CVM Instituições Especiais Sistema financeiro brasileiro BB BNDES CEF

Leia mais

Conhecimentos Bancários

Conhecimentos Bancários Conhecimentos Bancários 419 Conhecimentos Bancários Rogério F. Pizza Apresentação: Caro candidato, é com muita satisfação que discorri sobre o tema conhecimentos bancários. Procurei agregar nesse material

Leia mais

BANCO DO BRASIL ESCRITURÁRIO

BANCO DO BRASIL ESCRITURÁRIO BANCO DO BRASIL ESCRITURÁRIO CONHECIMENTOS BANCÁRIOS 1. O Sistema Financeiro Nacional (SFN) é constituído por todas as instituições financeiras públicas ou privadas existentes no país e seu órgão normativo

Leia mais

1 - Estrutura do Sistema Financeiro Nacional: 2 - Sistema de Seguros Privados e Previdência Complementar:

1 - Estrutura do Sistema Financeiro Nacional: 2 - Sistema de Seguros Privados e Previdência Complementar: EDITAL 2012 1 - Estrutura do Sistema Financeiro Nacional: Conselho Monetário Nacional; Banco Central do Brasil; Comissão de Valores Mobiliários; Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional; bancos

Leia mais

Professora Elaine Barros Exercícios de Provas Anteriores Conhecimentos Bancários Item 5 SFN. 16. Junto ao CMN funcionam comissões consultivas de

Professora Elaine Barros Exercícios de Provas Anteriores Conhecimentos Bancários Item 5 SFN. 16. Junto ao CMN funcionam comissões consultivas de Professora Elaine Barros Exercícios de Provas Anteriores Conhecimentos Bancários Item 5 SFN 16. Junto ao CMN funcionam comissões consultivas de A seguros privados. B crédito rural e de endividamento público.

Leia mais

A empresa e o Ambiente de. Negócios

A empresa e o Ambiente de. Negócios Centro Universitário Franciscano Curso: Administração Disciplina: Gestão Financeira I A empresa e o Ambiente de 00 000 00 0 000 000 0 Negócios Profª. Juliana A. Rüdell Boligon Santa Maria, março de 202.

Leia mais

CAIXA. Caixa Econômica Federal TÉCNICO BANCÁRIO. Errata 001 de 30 de março de 2012

CAIXA. Caixa Econômica Federal TÉCNICO BANCÁRIO. Errata 001 de 30 de março de 2012 Edição 4ª 7 8 9 8 4 8 1 9 2 4 5 6 3 CAIXA Caixa Econômica Federal TÉCNICO BANCÁRIO Errata 001 de 30 de março de 2012 Conhecimentos bancários com atualizações e complementos que ocorreram nas páginas citadas.

Leia mais

COMISSÃO DE FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO

COMISSÃO DE FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO COMISSÃO DE FINANÇAS E TRIBUTAÇÃO PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº. 140, DE 2004. Dispõe sobre as instituições de mercado de capitais, e dá outras providências. AUTOR: Deputado EDUARDO VALVERDE RELATOR:

Leia mais

COMO SE FORMAM AS TAXAS DE JUROS PRATICADAS PELOS BANCOS - PARTE I

COMO SE FORMAM AS TAXAS DE JUROS PRATICADAS PELOS BANCOS - PARTE I COMO SE FORMAM AS TAXAS DE JUROS O QUE É E COMO FUNCIONA O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL? O QUE É POLÍTICA MONETÁRIA? QUAIS INSTRUMENTOS O BANCO CENTRAL UTILIZA PARA INTERFERIR NO MERCADO? O QUE É ASSISTÊNCIA

Leia mais

Conhecimentos bancários Profº Rodrigo Ocampo Barbati

Conhecimentos bancários Profº Rodrigo Ocampo Barbati Conhecimentos bancários Profº Rodrigo Ocampo Barbati 1) O Conselho Monetário Nacional (CMN), que foi instituído pela Lei 4.595, de 31 de dezembro de 1964, é o órgão responsável por expedir diretrizes gerais

Leia mais

SUPER CURSO DE CONHECIMENTOS BANCÁRIOS E SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL SIMULADO 01 - BACEN e CMN Professor: Tiago Zanolla

SUPER CURSO DE CONHECIMENTOS BANCÁRIOS E SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL SIMULADO 01 - BACEN e CMN Professor: Tiago Zanolla SIMULADO Conhecimentos Bancários e SFN QUESTÃO 01 (INÉDITA TZ 2013) Considerando o Sistema Financeiro Nacional, assinale a única alternativa que traz a correta correlação de itens: 1. Funding 2. Spread

Leia mais

Conhecimentos Bancários Professor Carlos Arthur

Conhecimentos Bancários Professor Carlos Arthur Conhecimentos Bancários Professor Carlos Arthur 1 - Sobre as atribuições do Banco Central do Brasil, é incorreto afirmar: a) Exerce o controle de crédito b) Estimula a formação de poupança e a sua aplicação

Leia mais

BC e Universidade. Como Funciona o Sistema Financeiro Nacional (SFN) Sistema Financeiro Nacional. Frederico Pechir Gomes e Beatriz Simas Silva

BC e Universidade. Como Funciona o Sistema Financeiro Nacional (SFN) Sistema Financeiro Nacional. Frederico Pechir Gomes e Beatriz Simas Silva BC e Universidade Como Funciona o Sistema Financeiro Nacional (SFN) Frederico Pechir Gomes e Beatriz Simas Silva Agenda SFN: Definição e Marco Legal Estrutura do SFN Subsistema Normativo CMN, Bacen, CVM

Leia mais

Conhecimentos Bancários

Conhecimentos Bancários Conhecimentos Bancários Índice Estrutura do Sistema Financeiro Nacional... Conselho Monetário Nacional... COPOM Comitê de Política Monetária... Banco Central do Brasil... Comissão de Valores Mobiliários...

Leia mais

Anexo ao Ato Declaratório Executivo Cofis n o 20/2015 Manual de Orientação do Leiaute da ECF Atualização: Março de 2015

Anexo ao Ato Declaratório Executivo Cofis n o 20/2015 Manual de Orientação do Leiaute da ECF Atualização: Março de 2015 A.1.1.1.2. L100B - Financeiras 1.0.3.9.9.99.99 ATIVO GERAL 01012014 S 1 01 1.1.0.0.0.00.00 ATIVO 01012014 S 1.0.0.0.0.00.00 2 01 1.1.1.0.0.00.00 CIRCULANTE E REALIZÁVEL A LONGO PRAZO 01012014 S 1.1.0.0.0.00.00

Leia mais

AULA 02. Estrutura do Sistema Financeiro Nacional. Subsistema Operativo I

AULA 02. Estrutura do Sistema Financeiro Nacional. Subsistema Operativo I AULA 02 Estrutura do Sistema Financeiro Nacional Subsistema Operativo I Subsistema Operativo No Sistema Financeiro Nacional, o subsistema operativo trata da intermediação, do suporte operacional e da administração.

Leia mais

Banco do Brasil BNDES. BNDESPAR Objetivo: promover a capitalização da empresa nacional por meio de participações acionárias BNDES 03/10/2015

Banco do Brasil BNDES. BNDESPAR Objetivo: promover a capitalização da empresa nacional por meio de participações acionárias BNDES 03/10/2015 ECONOMIA Micro e Macro Mercado Financeiro ADM Mercado de Crédito Econ. Edilson Aguiais Powerpoint Templates Material Disponível em: www.puc.aguiais.com.br Banco do Brasil Sociedade Anônima de capital misto,

Leia mais

SUMÁRIO. domicílio...1 Cheque requisitos essenciais, circulação, endosso, cruzamento, compensação. Sistema de Pagamentos Brasileiro...

SUMÁRIO. domicílio...1 Cheque requisitos essenciais, circulação, endosso, cruzamento, compensação. Sistema de Pagamentos Brasileiro... conhecimentos bancários SUMÁRIO Abertura e movimentação de contas: documentos básicos...15 Pessoa física e pessoa jurídica: capacidade e incapacidade civil, representação e domicílio...1 Cheque requisitos

Leia mais

ESTRUTURA S.F.N. COMPOSIÇÃO DO CMN: CMN 17/6/2011

ESTRUTURA S.F.N. COMPOSIÇÃO DO CMN: CMN 17/6/2011 CONCURSO BB 2011 ESTRUTURA S.F.N. CONHECIMENTOS BANCÁRIOS professorcanda@rcdconcursos.com.br 1 2 CMN CMN compete: - estabelecer as diretrizes gerais das políticas monetária, cambial e creditícia. - regular

Leia mais

AULA 03. Estrutura do Sistema Financeiro Nacional. Subsistema Operativo II

AULA 03. Estrutura do Sistema Financeiro Nacional. Subsistema Operativo II AULA 03 Estrutura do Sistema Financeiro Nacional Subsistema Operativo II BNDES No subsistema operativo, existem instituições que não captam depósitos à vista, como o BNDES. O Banco Nacional de Desenvolvimento

Leia mais

Sistema Financeiro Habitacional e Imobiliário. Escola Estadual de Educação Profissional - EEEP. Curso Técnico em Transações Imobiliárias

Sistema Financeiro Habitacional e Imobiliário. Escola Estadual de Educação Profissional - EEEP. Curso Técnico em Transações Imobiliárias Escola Estadual de Educação Profissional - EEEP Curso Técnico em Transações Imobiliárias Sistema Financeiro Habitacional e Imobiliário Governador Cid Ferreira Gomes Vice Governador Domingos Gomes de Aguiar

Leia mais

Exercício para fixação

Exercício para fixação Exercício para fixação Quando o Banco Central deseja baratear os empréstimos e possibilitar maior desenvolvimento empresarial, ele irá adotar uma Política Monetária Expansiva, valendo-se de medidas como

Leia mais

SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL - SFN. César de Oliveira Frade

SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL - SFN. César de Oliveira Frade SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL - SFN César de Oliveira Frade Sistema Financeiro Nacional conjunto de agentes que se dedicam ao trabalho de propiciar condições para a manutenção de um fluxo de recursos entre

Leia mais

Administração Financeira: princípios, fundamentos e práticas brasileiras

Administração Financeira: princípios, fundamentos e práticas brasileiras Administração Financeira: princípios, fundamentos e práticas brasileiras Prof. Onivaldo Izidoro Pereira Finanças Corporativas Ambiente Econômico Em suas atividades uma empresa relacionase com: Clientes

Leia mais

Questões de Concursos Tudo para você conquistar o seu cargo público

Questões de Concursos Tudo para você conquistar o seu cargo público Karina Jaques, professora de Conhecimentos Bancários do site QConcursos.com 1. (CESGRANRIO/2012/CEF/Técnico Bancário) Para estabelecer um relacionamento bancário, as pessoas devem comprovar o seu domicílio.

Leia mais

Bancário Conecimentos Bancários Apostila Fernandes Souza

Bancário Conecimentos Bancários Apostila Fernandes Souza Bancário Conecimentos Bancários Apostila Fernandes Souza 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. CONHECIMENTOS BANCÁRIOS Prof. Francisco Fernandes de Souza fernandesadvg@gmail.com

Leia mais

CONHECIMENTOS BANCÁRIOS: - - - - - - POLÍTICA ECONÔMICA & MERCADO FINANCEIRO

CONHECIMENTOS BANCÁRIOS: - - - - - - POLÍTICA ECONÔMICA & MERCADO FINANCEIRO CONHECIMENTOS BANCÁRIOS: - - - - - - POLÍTICA ECONÔMICA & MERCADO FINANCEIRO Prof.Nelson Guerra Ano 2012 www.concursocec.com.br INTRODUÇÃO Trata-se da política utilizada pelo Governo para obter desenvolvimento

Leia mais

Sistema Financeiro Nacional - SFN

Sistema Financeiro Nacional - SFN Sistema Financeiro Nacional - SFN Wilhelm Milward Meiners Ippuc/UniBrasil/Metápolis wilh@uol.com.br Sistema Financeiro Nacional 1 Estrutura do SFN 2 Subsistema normativo 3 Subsistema de intermediação 4

Leia mais

PREPARATÓRIO PARA CARREIRAS BANCÁRIAS SIMULADO 02 Sistema Financeiro Nacional Professor: Tiago Zanolla

PREPARATÓRIO PARA CARREIRAS BANCÁRIAS SIMULADO 02 Sistema Financeiro Nacional Professor: Tiago Zanolla 1. (BB/FCC/2013) O tem como entidades supervisoras: (A) FEBRABAN e Superintendência Nacional de Previdência Complementar. (B) Receita Federal do Brasil e Resseguradores. (C) Comissão de Valores Mobiliários

Leia mais

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL 2012

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL 2012 CAIXA ECONÔMICA FEDERAL 2012 1 APRESENTAÇÃO DO CURSO CONHECIMENTOS BANCÁRIOS PARA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL EM EXERÍCIOS Léo França Porto 2 CONHECIMENTOS BANCÁRIOS REVISÃO EM EXERCÍCIOS CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

Leia mais

ENTENDENDO O MERCADO DE VALORES MOBILIÁRIOS

ENTENDENDO O MERCADO DE VALORES MOBILIÁRIOS ENTENDENDO O MERCADO DE VALORES MOBILIÁRIOS O Sistema Financeiro O sistema financeiro pode ser definido como o conjunto de instituições, produtos e instrumentos que viabiliza a transferência de recursos

Leia mais

SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL SFN. Instituições Financeiras Captadoras de Depósitos à Vista. Bolsas de Mercadorias e Futuros

SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL SFN. Instituições Financeiras Captadoras de Depósitos à Vista. Bolsas de Mercadorias e Futuros SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL SFN SUBSISTEMA NORMATIVO SUBSISTEMA OPERATIVO OU DE INTERMEDIAÇÃO Órgãos Normativos Entidades Supervisoras Operadores CONSELHO MONETÁRIO NACIONAL (CMN) Banco Central do Brasil

Leia mais

ÓRGÃOS NORMATIVOS. Conselho Monetário Nacional CMN:

ÓRGÃOS NORMATIVOS. Conselho Monetário Nacional CMN: ÓRGÃOS NORMATIVOS Conselho Monetário Nacional CMN: Instituído pela Lei 4.595/64, é o órgão responsável por expedir diretrizes gerais do SFN. Suas principais funções definidas por lei são adaptar o volume

Leia mais

Holding (empresa) - aquela que possui, como atividade principal, participação acionária em uma ou mais empresas.

Holding (empresa) - aquela que possui, como atividade principal, participação acionária em uma ou mais empresas. Glossário de A a Z A Ação - título negociável, que representa a menor parcela em que se divide o capital de uma sociedade anônima. Ação listada em Bolsa - ação negociada no pregão de uma Bolsa de Valores.

Leia mais

Factoring. Leasing. Capítulo 7

Factoring. Leasing. Capítulo 7 Sumário Capítulo 1 Fundamentos: Sistema Financeiro Nacional, Conselho Monetário Nacional, Banco Central e Moeda 1.1. Sistema Financeiro Nacional (SFN) 1.1.1. Legislação Básica 1.1.2. Subdivisões do SFN

Leia mais

Anexo ao Ato Declaratório Executivo Cofis n o 20/2015 Manual de Orientação do Leiaute da ECF Atualização: Março de 2015

Anexo ao Ato Declaratório Executivo Cofis n o 20/2015 Manual de Orientação do Leiaute da ECF Atualização: Março de 2015 2.05.01.01.05 Fundos Especiais de Domiciliados e Residentes no País 01012014 A 2.05.01.01 5 03 2.05.01.02 PATRIMÔNIO SOCIAL REALIZADO - DE RESIDENTE/DOMICILIADO NO EXTERIOR 01012014 S 2.05.01 4 03 2.05.01.02.01

Leia mais

Operação de Banco Múltiplos no Brasil 1

Operação de Banco Múltiplos no Brasil 1 Operação de Banco Múltiplos no Brasil 1 Dezembro de 2008 Ivagner Ferreira 1 Artigo publicado no site da Associação dos Investidores do Mercado de Capitais APIMEC 1 1 - Introdução A intermediação financeira

Leia mais

4/2/2011 DIRETRIZES DA POLÍTICA MONETÁRIA TAXA BÁSICA DE JUROS 08 MEMBROS 08 REUNIÕES RELATÓRIO DA INFLAÇÃO ATAS DO COPOM TAXA SELIC

4/2/2011 DIRETRIZES DA POLÍTICA MONETÁRIA TAXA BÁSICA DE JUROS 08 MEMBROS 08 REUNIÕES RELATÓRIO DA INFLAÇÃO ATAS DO COPOM TAXA SELIC CMN ORGAO MAXIMO DELIBERATIVO MINISTÉRIO DA FAZENDA, MINISTERIO DO PLANEJAMENTO, BACEN COMOC RESOLUÇÕES COPOM DIRETRIZES DA POLÍTICA MONETÁRIA TAXA BÁSICA DE JUROS 08 MEMBROS 08 REUNIÕES RELATÓRIO DA INFLAÇÃO

Leia mais

atividade a prática de operações de arrendamento As sociedades de arrendamento mercantil são

atividade a prática de operações de arrendamento As sociedades de arrendamento mercantil são Arrendamento mercantil ou leasing é uma operação em que o proprietário de um bem cede a terceiro o uso desse bem por prazo determinado, recebendo em troca uma contraprestação. No que concerne ao leasing,

Leia mais

Valcedir Vicente Rosa. Sistema Financeiro Nacional

Valcedir Vicente Rosa. Sistema Financeiro Nacional 1 Sistema Financeiro Nacional Tópicos a serem abordados Visão geral do sistema financeiro nacional. Atuação dos participantes Mercado monetário e política monetária. Sistemas CETIP e SELIC Principais títulos

Leia mais

7. Mercado Financeiro

7. Mercado Financeiro 7. Mercado Financeiro 7. Mercado Financeiro Mercado Financeiro O processo onde os recursos excedentes da economia (poupança) são direcionados para o financiamento de empresas (tomadores de crédito). Investidor

Leia mais

UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO ESTADO DE SÃO PAULO (UNIESP)

UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO ESTADO DE SÃO PAULO (UNIESP) UNIÃO DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO DO ESTADO DE SÃO PAULO (UNIESP) Daiane Cerencovich - RA 0106118998 Dyane Caroliny Marques - RA: 0108100863 Fernando Sousa do Nascimento - RA 0106117989 Juliana Ramos -

Leia mais

AULA 04. Estrutura do Sistema Financeiro Nacional. Subsistema Operativo III

AULA 04. Estrutura do Sistema Financeiro Nacional. Subsistema Operativo III AULA 04 Estrutura do Sistema Financeiro Nacional Subsistema Operativo III SCTVM As sociedades corretoras de títulos e valores mobiliários (SCTVM) são pessoas jurídicas auxiliares do Sistema Financeiro

Leia mais

CURSO DE CONHECIMENTOS BANCÁRIOS

CURSO DE CONHECIMENTOS BANCÁRIOS CURSO DE CONHECIMENTOS BANCÁRIOS AULA 01 CONCEITO E ESTRUTURA DO SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL (SFN) Conceito de SFN Conjunto de agentes que se dedicam ao trabalho de propiciar condições para a manutenção

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DAS COOPERATIVAS PARA A EXPANSÃO DO CRÉDITO

A IMPORTÂNCIA DAS COOPERATIVAS PARA A EXPANSÃO DO CRÉDITO A IMPORTÂNCIA DAS COOPERATIVAS PARA A EXPANSÃO DO CRÉDITO INDICE O Sistema Financeiro Nacional - SFN Instituições de Crédito Cooperativas de Crédito Diferenças entre Bancos e Cooperativas de Crédito O

Leia mais

Técnico Bancário Banco do Brasil Conhecimentos Bancários Apostila Francisco Fernandes de Souza

Técnico Bancário Banco do Brasil Conhecimentos Bancários Apostila Francisco Fernandes de Souza Técnico Bancário Banco do Brasil Conhecimentos Bancários Apostila Francisco Fernandes de Souza 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. CONHECIMENTOS BANCÁRIOS Prof.

Leia mais

CENÁRIOS ECONÔMICOS SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL ESTRUTURA E FUNÇÕES

CENÁRIOS ECONÔMICOS SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL ESTRUTURA E FUNÇÕES SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL ESTRUTURA E FUNÇÕES Órgãos de Regulação e Fiscalização 1 Banco Central do Brasil Instituições Financeiras Captadoras de Depósitos à Vista Demais Instituições Financeiras 1 Bancos

Leia mais

AULA 3. Disciplina: Mercado de Capitais Assunto: Introdução ao SFN. Contatos: E-mail: keillalopes@ig.com.br Blog: keillalopes.wordpress.

AULA 3. Disciplina: Mercado de Capitais Assunto: Introdução ao SFN. Contatos: E-mail: keillalopes@ig.com.br Blog: keillalopes.wordpress. AULA 3 Disciplina: Mercado de Capitais Assunto: Introdução ao SFN Contatos: E-mail: keillalopes@ig.com.br Blog: keillalopes.wordpress.com Objetivos da aula: SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL Histórico ; Composição;

Leia mais

Unidade II. Mercado Financeiro e de. Prof. Maurício Felippe Manzalli

Unidade II. Mercado Financeiro e de. Prof. Maurício Felippe Manzalli Unidade II Mercado Financeiro e de Capitais Prof. Maurício Felippe Manzalli Mercados Financeiros Definição do mercado financeiro Representa o Sistema Financeiro Nacional Promove o fluxo de recursos através

Leia mais

Conhecimentos Bancários Turma Reta Final 04 I 05 I 06

Conhecimentos Bancários Turma Reta Final 04 I 05 I 06 BB Turma Reta Final 04 I 05 I 06 Teoria Data de impressão: 11/01/2011 ELABORAÇÃO E PRODUÇÃO: UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR/CURITIBA MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO

Leia mais

CONHECIMENTOS BANCÁRIOS Prof. Cid Roberto (8141-4045) prof.bancario@gmail.com Comunidade Conhecimentos Bancários (orkut)

CONHECIMENTOS BANCÁRIOS Prof. Cid Roberto (8141-4045) prof.bancario@gmail.com Comunidade Conhecimentos Bancários (orkut) CONHECIMENTOS BANCÁRIOS Prof. Cid Roberto (8141-4045) prof.bancario@gmail.com Comunidade Conhecimentos Bancários (orkut) I. Sistema Financeiro Nacional 1. Estrutura do Sistema Financeiro Nacional 1.1 Órgãos

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 350, DE 2015 - COMPLEMENTAR

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 350, DE 2015 - COMPLEMENTAR PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 350, DE 2015 - COMPLEMENTAR Altera a Lei nº 4.595, de 31 de dezembro de 1964, e a Lei nº 12.529, de 30 de novembro de 2011, para definir, como competência do Conselho Administrativo

Leia mais

Prof. Cid Roberto. Concurso 2012

Prof. Cid Roberto. Concurso 2012 Prof. Cid Roberto Concurso 2012 Grupo Conhecimentos Bancários no Google http://goo.gl/gbkij Comunidade Conhecimentos Bancários (orkut) http://goo.gl/4a6y7 São realizadas por bancos de investimentos e demais

Leia mais

Cid Roberto. Questões Gabaritadas. Banco do Nordeste. do Brasil

Cid Roberto. Questões Gabaritadas. Banco do Nordeste. do Brasil Cid Roberto Questões Gabaritadas Banco do Nordeste do Brasil Brasília / 2014 1. (BB/Cesgranrio/2014) O Sistema Financeiro Nacional é composto de dois grandes subsistemas: Subsistema Normativo e Subsistema

Leia mais

Alterações na Poupança

Alterações na Poupança PRODUTOS E SERVIÇOS FINANCEIROS INVESTIMENTOS POUPANÇA A conta de poupança foi criada para estimular a economia popular e permite a aplicação de pequenos valores que passam a gerar rendimentos mensalmente.

Leia mais

Cadastro de clientes Conjunto de dados e informações gerais sobre a qualificação dos clientes e das sociedades corretoras.

Cadastro de clientes Conjunto de dados e informações gerais sobre a qualificação dos clientes e das sociedades corretoras. Câmbio Uma operação de câmbio envolve a negociação de moeda estrangeira através da troca da moeda de um país pela de outro. Uma pessoa que pretende viajar para o exterior precisa fazer uma operação de

Leia mais

BB- 2011. (E) controlar e liquidar financeiramente as operações de compra e venda de títulos públicos e manter sua custódia física e escritural.

BB- 2011. (E) controlar e liquidar financeiramente as operações de compra e venda de títulos públicos e manter sua custódia física e escritural. controlar e liquidar financeiramente as operações de compra e venda de títulos públicos e manter sua custódia física e escritural. 4. (FCC/BB/10) A operação de antecipação de um recebimento, ou seja,venda

Leia mais

Concurso 2011. Prof. Cid Roberto. As bolsas de valores são instituições administradoras de mercados. prof.bancario@gmail.com

Concurso 2011. Prof. Cid Roberto. As bolsas de valores são instituições administradoras de mercados. prof.bancario@gmail.com Concurso 2011 Prof. Cid Roberto prof.bancario@gmail.com Bolsa de Valores As bolsas de valores são instituições administradoras de mercados. Comunidade Conhecimentos Bancários (orkut) 8ª aula Início da

Leia mais

Regulação do Sistema Financeiro Nacional

Regulação do Sistema Financeiro Nacional Regulação do Sistema Financeiro Nacional Sergio Odilon dos Anjos Chefe do Departamento de Normas do Sistema Financeiro Brasília 18 de julho de 2011 1 Regulação do Sistema Financeiro Banco Central do Brasil

Leia mais

ANÁLISE DO VOLUME DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO COMERCIAL NO SEGMENTO PESSOA JURÍDICA NO BANRISUL - BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

ANÁLISE DO VOLUME DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO COMERCIAL NO SEGMENTO PESSOA JURÍDICA NO BANRISUL - BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL UNIVERSIDADE DO EXTREMO SUL CATARINENSE - UNESC CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS LORAINE BITENCOURT LUCIANO ANÁLISE DO VOLUME DE OPERAÇÕES DE CRÉDITO COMERCIAL NO SEGMENTO PESSOA JURÍDICA NO BANRISUL

Leia mais

Prova CEF 2014. Caderno BANCO

Prova CEF 2014. Caderno BANCO PROF CLAUDIO ZORZO Prova CEF 2014 Caderno BANCO Na minha visão existe possibilidade de recurso nas questões 67 e 119. Contudo, entenda que é minha percepção, quem tiver alguma outra interpretação pode

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PARANÁ CAMPUS DE CAMPO MOURÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PARANÁ CAMPUS DE CAMPO MOURÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PARANÁ CAMPUS DE CAMPO MOURÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL JULIANO BATHKE TATIANA PEREIRA CAMPO MOURÃO 2002 JULIANO

Leia mais