PROGRAMA DE ENSINO IV. AS FUNDAÇÕES DO PENSAMENTO POLÍTICO, SOCIAL E ECONÔMICO BRASILEIRO.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROGRAMA DE ENSINO IV. AS FUNDAÇÕES DO PENSAMENTO POLÍTICO, SOCIAL E ECONÔMICO BRASILEIRO."

Transcrição

1 CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS CCHL MESTRADO DE CIÊNCIA POLÍTICA DISCIPLINA: FORMAÇÃO SOCIAL E POLÍTICA DO BRASIL PROFESSOR: CLEBER DE DEUS CONSULTAS: A COMBINAR COM O PROFESSOR PERÍODO: ou PROGRAMA DE ENSINO I. Ementa O Processo de Constituição do Estado Nacional. A Relação entre Estado e Sociedade no Brasil e suas Matrizes Interpretativas. O Papel e Função das Principais Instituições Mediadoras da Relação entre Estado, Mercado e Sociedade no Brasil. Crise, Reforma do Estado e Governabilidade: O Debate Recente. II. OBJETIVO DA DISCIPLINA A meta central do curso é ofertar aos mestrandos uma visão panorâmica a respeito das principais obras produzidas nas Ciências Sociais brasileiras. Temas relativos à formação do Estado Nacional, o processo de Modernização e Industrialização da sociedade brasileira e construção democrática serão abordados. Trata-se, em verdade, de interpretações clássicas e contemporâneas sobre o Brasil. III. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO O curso obedecerá ao seguinte formato: numa primeira etapa, se estudará as obras mestras do pensamento social e político brasileiro; posteriormente, o foco recai sobre alguns autores que procuraram aplicar as abordagens clássicas visando entender à dinâmica e ritmo da democratização e modernização em contextos estaduais. Na secção terceira, faz-se uma leitura crítica das obras mestras a partir de intérpretes contemporâneos. IV. AS FUNDAÇÕES DO PENSAMENTO POLÍTICO, SOCIAL E ECONÔMICO BRASILEIRO. 1. CARVALHO, José Murilo de. (2003), A Construção da Ordem: A Elite Política Imperial. Rio de Janeiro. Editora Civilização Brasileira 2. DA SILVA, Antônio Marcelo. (2005), Tavares Bastos: Biografia do Liberalismo Brasileiro. Tese de Doutorado. Rio de Janeiro. IUPERJ. 3. FREIRE, Gilberto. (2003), Casa Grande & Senzala. São Paulo. Editora Global. 51ª 1

2 4. FURTADO, Celso. (2007), Formação Econômica do Brasil. São Paulo. Editora Companhia das Letras. 34ª 5. HOLANDA, Sérgio Buarque. (1995), Raízes do Brasil. São Paulo. Editora Companhia das Letras. 2ª 6. PRADO JÚNIOR, Caio. (2006), História Econômica do Brasil. São Paulo. Editora Brasiliense. 47ª Reimpressão. 7. PRADO JÚNIOR, Caio. (1996), Formação do Brasil Contemporâneo. São Paulo Editora Brasiliense. 23ª 8. VIANNA, Oliveira. (1987), Instituições Políticas Brasileiras. Rio de Janeiro. Editora Itatiaia. V. A DINÂMICA DA MODERNIZAÇÃO E DEMOCRATIZAÇÃO EM CONTEXTOS ESTADUAIS. 1. BONFIM, Washington Luís de Sousa. (1999), Qual Mudança?: Os Empresários e a Americanização do Ceará. Tese de Doutorado. IUPERJ. 2. DANTAS NETO, Paulo Fábio. (2006), Tradição, Autocracia e Carisma: A Política de Antônio Carlos Magalhães na Modernização da Bahia ( ). Belo Horizonte. Editora UFMG. 3. SCHWARTZMAN, Simon. (1988), As Bases do Autoritarismo Brasileiro. Rio de Janeiro. Editora Campus. 3.ª VI. O RETORNO AOS CLÁSSICOS: UM DIÁLOGO NECESSÁRIO 1. ABRANCHES, Sérgio Henrique. Presidencialismo de Coalizão: O Dilema Institucional Brasileiro. Dados: Revista de Ciências Sociais, 31(1): 5-34, ALMEIDA, Alberto Carlos. (2007), A Cabeça do Brasileiro. Rio de Janeiro. Editora Record. 3. CAMPANTE, Rubens Goyatá. (2003), O Patrimonialismo em Faoro e Weber e a Sociologia Brasileira. DADOS, Vol. 46, nº. 1, pp HARRISON, Laurence & HUNTINGTON, Samuel P. (2002), A Cultura Importa: Os Valores Humanos que Definem o Progresso Humano. Rio de Janeiro. Record. 5. MERQUIOR, José Guilherme. O Outro Ocidente, IN: PRESENÇA: Revista de Política e Cultura N.º15 Abril,

3 6. MORSE, Richard Mcgee. (1988), O Espelho de Próspero: Cultura e Idéia nas Américas. São Paulo. Editora Companhia das Letras. 7. NUNES, Edson. (2003), A Gramática Política do Brasil: Clientelismo e Insulamento Burocrático. Rio de Janeiro. Editora Jorge Zahar. 3ª 8. SANTOS, Wanderley Guilherme dos. (1999), Paradoxos do Liberalismo: Teoria e História. Rio de Janeiro. Editora Revan. 2ª. 9. SANTOS, Wanderley Guilherme dos. (1998), Décadas de Encanto e Uma Apologia Democrática. Rio de Janeiro. Editora Rocco. 10. SANTOS, Wanderley Guilherme dos. (1994), Razões da Desordem. Rio de Janeiro. Editora Rocco. 11. SANTOS, Wanderley Guilherme dos. (1978), Ordem Burguesa e Liberalismo Político. São Paulo. Editora Livraria Duas Cidades LTDA. 12. SOUZA, Jessé. (2006), A Construção Social da Subcidadania: Para uma Sociologia Política da Modernidade Periférica. Belo Horizonte. Editora UFMG. Rio de Janeiro. IUPERJ. 13. SOUZA, Jessé. (2001), A Sociologia Dual de Roberto da Matta. Revista Brasileira de Ciências Sociais (RBCS), Vol 16. Nº 45 Fevereiro P SOUZA, Jessé. (2000), A Modernização Seletiva. Brasília. Editora. UnB. 15. VIANNA WERNECK, Luiz. (1997), A Revolução Passiva: Iberismo e Americanismo no Brasil. Rio de Janeiro. Editora Revan. 2ª 16. VIANNA WERNECK, Luiz. (1999) [1976]. Liberalismo e Sindicato no Brasil. Editora da UFMG. 4. ª VII. METODOLOGIA DE ENSINO A metodologia empregada consistirá de aula expositiva seguida de debate onde a leitura prévia dos textos é obrigatória. Atividades individuais e seminários serão solicitados com a finalidade de buscar um maior entendimento e adequada compreensão dos assuntos abordados. VIII. AVALIAÇÃO Consistirá na elaboração de um paper (no mínimo 15 e máximo 25 laudas espaço 1,5 e letra bookman old style) versando sobre assuntos ou temas abordados no curso. A entrega obedecerá ao prazo regimental (vide calendário na coordenação do Mestrado em Ciência Política). 3

4 IX. BIBLIOGRAFIA 1. ABRANCHES, Sérgio Henrique. Presidencialismo de Coalizão: O Dilema Institucional Brasileiro. Dados: Revista de Ciências Sociais, 31(1): 5-34, ALMEIDA, Alberto Carlos. (2007), A Cabeça do Brasileiro. Rio de Janeiro. Editora Record. 3. ARAÚJO, Ricardo Benzaquen. (2005), Guerra e Paz: Casa Grande & Senzala e a Obra de Gilberto Freire nos anos 30. São Paulo. Editora 34. 2ª 4. BONFIM, Washington Luís de Sousa. (1999), Qual Mudança?: Os Empresários e a Americanização do Ceará. Tese de Doutorado. IUPERJ. 5. CAMPANTE, Rubens Goyatá. (2003), O Patrimonialismo em Faoro e Weber e a Sociologia Brasileira. DADOS, Vol. 46, nº. 1, pp CARVALHO, José Murilo de. (2003), A Construção da Ordem: A Elite Política Imperial. Rio de Janeiro. Editora Civilização Brasileira 7. DA SILVA, Antônio Marcelo. (2005), Tavares Bastos: Biografia do Liberalismo Brasileiro. Tese de Doutorado. Rio de Janeiro. IUPERJ. 8. DANTAS NETO, Paulo Fábio. (2006), Tradição, Autocracia e Carisma: A Política de Antônio Carlos Magalhães na Modernização da Bahia ( ). Belo Horizonte. Editora UFMG. 9. FAORO, Raimundo. (2001), Os Donos do Poder. Rio de Janeiro. Editora Globo. 3ª 10. FREIRE, Gilberto. (2003), Casa Grande & Senzala. São Paulo. Editora Global. 51ª 11. FURTADO, Celso. (2007), Formação Econômica do Brasil. São Paulo. Editora Companhia das Letras. 34ª 12 HARRISON, Laurence & HUNTINGTON, Samuel P. (2002), A Cultura Importa: Os Valores Humanos que Definem o Progresso Humano. Rio de Janeiro. Record. 13. HOLANDA, Sérgio Buarque. (1995), Raízes do Brasil. São Paulo. Editora Companhia das Letras. 2ª 14. MERQUIOR, José Guilherme. O Outro Ocidente, IN: PRESENÇA: Revista de Política e Cultura N.º15 Abril, MORSE, Richard Mcgee. (1988), O Espelho de Próspero: Cultura e Idéia nas Américas. São Paulo. Editora Companhia das Letras. 16. NUNES, Edson. (2003), A Gramática Política do Brasil: Clientelismo e Insulamento Burocrático. Rio de Janeiro. Editora Jorge Zahar. 3ª 4

5 17. PRADO JÚNIOR, Caio. (2006), História Econômica do Brasil. São Paulo. Editora Brasiliense. 47ª Reimpressão. 18. PRADO JÚNIOR, Caio. (1996), Formação do Brasil Contemporâneo. São Paulo Editora Brasiliense. 23ª 19. SANTOS, Wanderley Guilherme dos. (1999), Paradoxos do Liberalismo: Teoria e História. Rio de Janeiro. Editora Revan. 2ª. 20. SANTOS, Wanderley Guilherme dos. (1998), Décadas de Encanto e Uma Apologia Democrática. Rio de Janeiro. Editora Rocco. 21. SANTOS, Wanderley Guilherme dos. (1994), Razões da Desordem. Rio de Janeiro. Editora Rocco. 22. SANTOS, Wanderley Guilherme dos. (1978), Ordem Burguesa e Liberalismo Político. São Paulo. Editora Livraria Duas Cidades LTDA. 23. SCHWARTZMAN, Simon. (1988), As Bases do Autoritarismo Brasileiro. Rio de Janeiro. Editora Campus. 3.ª 24. SOARES, Gláucio Ary Dillon. (2001), A Democracia Interrompida. Rio de Janeiro. Editora da Fundação Getúlio Vargas. 25. SOUZA, Jessé. (2006), A Construção Social da Subcidadania: Para uma Sociologia Política da Modernidade Periférica. Belo Horizonte. Editora UFMG. Rio de Janeiro. IUPERJ. 26. SOUZA, Jessé. (2001), A Sociologia Dual de Roberto da Matta. Revista Brasileira de Ciências Sociais (RBCS), Vol 16. Nº 45 Fevereiro P SOUZA, Jessé. (2000), A Modernização Seletiva. Brasília. Editora. UnB. 29. VIANNA, Oliveira. (1987), Instituições Políticas Brasileiras. Rio de Janeiro. Editora Itatiaia. 30. VIANNA WERNECK, Luiz. (1997), A Revolução Passiva: Iberismo e Americanismo no Brasil. Rio de Janeiro. Editora Revan. 2ª 31. VIANNA WERNECK, Luiz. (1999) [1976]. Liberalismo e Sindicato no Brasil. Editora da UFMG. 4. ª 32. WEGNER, Robert. (2000), A Conquista do Oeste: A Fronteira na Obra de Sérgio Buarque de Holanda. Belo Horizonte. Editora UFMG. 5

PROGRAMA DE GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL. História da Administração Pública no Brasil APRESENTAÇÃO

PROGRAMA DE GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL. História da Administração Pública no Brasil APRESENTAÇÃO PROGRAMA DE GRADUAÇÃO EM GESTÃO PÚBLICA PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL Disciplina: História da Administração Pública no Brasil Professor(es): Wallace Moraes Período: 2013/2 Horário: 3 e 5 feiras,

Leia mais

PROGRAMA ANALÍTICO DE DISCIPLINA

PROGRAMA ANALÍTICO DE DISCIPLINA Página: 1 Data de Criação: 12/08/2002 Período Início: 2002/02 Horas Aula Teórica: 68 Prática: 0 ExtraClasse: 0 Carga Horária:68 Número de Créditos: 4 Sistema de Aprovação: Aprovação por Média/Freqüência

Leia mais

Ministério das Relações Exteriores Instituto Rio Branco

Ministério das Relações Exteriores Instituto Rio Branco Ministério das Relações Exteriores Instituto Rio Branco LEITURAS BRASILEIRAS II Professoras: Angélica Madeira e Mariza Veloso Assistente: Nil Castro da Silva Ementa O curso se propõe a compreender a articulação

Leia mais

Curso: Serviço Social

Curso: Serviço Social PLANO DE DISCIPLINA Curso: Serviço Social Coordenação: Naiara Magalhães Professor : Manoel Jaime Filho Disciplina: História da Formação Social e Econômica do Brasil Período: 1º Semestre/2014 Carga Horária:

Leia mais

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito PLANO DE ENSINO 1. IDENTIFICAÇÃO: CURSO: Direito TURMA: 1º Semestre/Noturno DISCIPLINA: Ciência

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. DISCIPLINA: SOCIOLOGIA DO DIREITO E ANTROPOLOGIA PROFESSOR: ANDRÉ FILIPE PEREIRA REID DOS SANTOS TURMA: º AM /

Leia mais

FACULTADE DE FILOLOXÍA DEPARTAMENTO DE FILOLOXÍA GALEGA. Cultura do Brasil. Carmen Villarino Pardo Márlio Barcellos Pereira da Silva

FACULTADE DE FILOLOXÍA DEPARTAMENTO DE FILOLOXÍA GALEGA. Cultura do Brasil. Carmen Villarino Pardo Márlio Barcellos Pereira da Silva FACULTADE DE FILOLOXÍA DEPARTAMENTO DE FILOLOXÍA GALEGA Cultura do Brasil Carmen Villarino Pardo Márlio Barcellos Pereira da Silva GUÍA DOCENTE E MATERIAL DIDÁCTICO 2015/2016 1 FACULTADE DE FILOLOXÍA.

Leia mais

FUNDAÇÃO JOÃO MANGABEIRA

FUNDAÇÃO JOÃO MANGABEIRA FUNDAÇÃO JOÃO MANGABEIRA ESCOLA MIGUEL ARRAES A Fundação João Mangabeira é organizada em vários setores como História Viva para abrigar e documentar a vida do PSB, o setor de promoção de eventos e seminários,

Leia mais

Ementa. UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO - PERÍODO LETIVO/ANO 2º Semestre 2006 ANO DO CURSO 1º ano

Ementa. UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO - PERÍODO LETIVO/ANO 2º Semestre 2006 ANO DO CURSO 1º ano UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO - PERÍODO LETIVO/ANO 2º Semestre 2006 ANO DO CURSO 1º ano Curso: Ciências Econômicas Modalidade: Bacharelado Turno: Noturno

Leia mais

Governo do Estado do Ceará Mestrado Acadêmico em Políticas Públicas e Sociedade Universidade Estadual do Ceará UECE PROGRAMA DE DISCIPLINA 2012.

Governo do Estado do Ceará Mestrado Acadêmico em Políticas Públicas e Sociedade Universidade Estadual do Ceará UECE PROGRAMA DE DISCIPLINA 2012. Governo do Estado do Ceará Mestrado Acadêmico em Políticas Públicas e Sociedade Universidade Estadual do Ceará UECE Formação da Sociedade Brasileira 2012.2 PROGRAMA DE DISCIPLINA 2012.2 Professor: Francisco

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR HORISTA

EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR HORISTA EDITAL DE CONTRATAÇÃO DE PROFESSOR HORISTA 1) Sociologia II A Escola de Ciências Sociais / CPDOC da FGV-RJ informa a abertura de processo seletivo para a contratação de um professor horista para a disciplina

Leia mais

INTERPRETAÇÕES SOBRE O BRASIL

INTERPRETAÇÕES SOBRE O BRASIL Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas Departamento: Economia (PAE) Curso: Graduação em Administração de Empresas Disciplina: Seminário de Economia (3 créditos) Professores:

Leia mais

Anexo II Resolução nº 133/2003-CEPE

Anexo II Resolução nº 133/2003-CEPE 1 Anexo II Resolução nº 133/2003-CEPE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO - PERÍODO LETIVO / ANO: 2011 Programa de Pós-Graduação stricto sensu

Leia mais

Estudos Sociológicos e Mundo Rural

Estudos Sociológicos e Mundo Rural Estudos Sociológicos e Mundo Rural Objetivos: A disciplina visa proporcionar, a partir de uma revisão dos principais estudos sociológicos rurais clássicos e das mais relevantes contribuições da sociologia

Leia mais

HISTÓRIA DO BRASIL CONTEMPORÂNEO II

HISTÓRIA DO BRASIL CONTEMPORÂNEO II Pág. 1 Caracterização Curso: LICENCIATURA EM HISTÓRIA Ano/Semestre letivo: 01/1 Período/Série: 6 Turno: ( ) Matutino ( X ) Vespertino ( ) Noturno Carga horária semanal: 3h (4 aulas) Carga horária total:

Leia mais

Bibliografia: História do Brasil (divisão temática)

Bibliografia: História do Brasil (divisão temática) Bibliografia: História do Brasil (divisão temática) I: Formação cultural brasileira com relação ao trabalho Indicado por Jorge Luiz Souto Maior Última Atualização: 09/08/2015 BARBOSA, Alexandre de Freitas.

Leia mais

Ministério das Relações Exteriores Instituto Rio Branco

Ministério das Relações Exteriores Instituto Rio Branco Ministério das Relações Exteriores Instituto Rio Branco LEITURAS BRASILEIRAS I Professoras Angélica Madeira e Mariza Veloso Assistente: SS Ricardo Rizzo Introdução O curso visa ao conhecimento crítico

Leia mais

Instituições Políticas Brasileiras

Instituições Políticas Brasileiras Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS Departamento de Ciência Política - Primeiro Semestre de 2011 Programa da Disciplina Prof. Dr. Paulo Sérgio Peres Aulas: Sextas, 18:30-21:30, Prédio 43324,

Leia mais

EDITAL 01/2012DH 2011.2 SELEÇÃO PARA MONITOR DE ENSINO DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA

EDITAL 01/2012DH 2011.2 SELEÇÃO PARA MONITOR DE ENSINO DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA EDITAL 01/2012DH 2011.2 SELEÇÃO PARA MONITOR DE ENSINO DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA A Direção do Departamento de História, no uso de suas atribuições, conferidas pela resolução CONSEPE 04/2001, torna público

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA DE CIÊNCIAS SÓCIO-ECONÔMICAS E HUMANAS DE ANÁPOLIS 1. EMENTA Análise das diferentes abordagens historiográficas acerca da transição das sociedades medievais européias ao capitalismo. Formação do Antigo Regime e surgimento do paradigma do homem moderno:

Leia mais

Instituições Políticas Brasileiras Professor: Ana Paula Conde CARGA HORÁRIA TOTAL: 60 HORAS CRÉDITOS: 4 PRÉ-REQUISITO(S): NÃO

Instituições Políticas Brasileiras Professor: Ana Paula Conde CARGA HORÁRIA TOTAL: 60 HORAS CRÉDITOS: 4 PRÉ-REQUISITO(S): NÃO CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS DEPARTAMENTO DE SOCIOLOGIA E POLÍTICA 2007.2 SOC 1203 Instituições Políticas Brasileiras Professor: Ana Paula Conde CARGA HORÁRIA TOTAL: 60 HORAS CRÉDITOS: 4 PRÉ-REQUISITO(S):

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Objetivos

PLANO DE ENSINO. Objetivos MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Dados de Identificação Campus: São Borja Curso: Relações Públicas ênfase em produção cultural Componente

Leia mais

ANEXO II FACULDADE DE SERVIÇO SOCIAL DEPARTAMENTO DE POLÍTICA SOCIAL

ANEXO II FACULDADE DE SERVIÇO SOCIAL DEPARTAMENTO DE POLÍTICA SOCIAL ANEXO II FACULDADE DE SERVIÇO SOCIAL DEPARTAMENTO DE POLÍTICA SOCIAL DA INSCRIÇÃO A inscrição será realizada no período de 17/12/2012 até 31/01/2013, excetuando-se o período de 22/12/2012 até 01/01/2013

Leia mais

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo FESPSP PROGRAMA DE DISCIPLINA

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo FESPSP PROGRAMA DE DISCIPLINA 1 Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo FESPSP PROGRAMA DE DISCIPLINA No equilíbrio entre as várias partes do livro, dei maior peso à fase que se inicia nos fins do século XIX e vai até

Leia mais

21 de agosto: Apresentação da disciplina e bibliografia; divisão de seminários

21 de agosto: Apresentação da disciplina e bibliografia; divisão de seminários DISCIPLINA: Sistemas de Justiça e Desenvolvimento Profa. Dra. Mônica Teresa Costa Sousa Linha de pesquisa: Direito e Instituições do Sistema de Justiça Carga horária: 60 horas Horário: Quinta-feira, 14:00

Leia mais

Didática Especial de Filosofia

Didática Especial de Filosofia CENTRO DE TEOLOGIA E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA Prof.ª Rachel Nigro 2014-1 FIL1820 Didática Especial de Filosofia rachel.nigro@gmail.com CRÉDITOS: 4 / 60 horas 2 feira - L 516 4 feira -

Leia mais

Referências Bibliográficas:

Referências Bibliográficas: Referências Bibliográficas: Fontes Primárias: Arquivo CPDOC: Arquivo Getúlio Vargas (GV). VARGAS, Getúlio. A campanha presidencial. São Paulo: Livraria José Olympio Editora, 1951. Arquivo Edgard Leuenroth:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE GEOCIÊNCIAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE GEOCIÊNCIAS 1) IDENTIFICAÇÃO: Disciplina: Formação Territorial do Brasil Carga Horária: 60 h UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE GEOCIÊNCIAS PROGRAMA DE DISCIPLINA Curso:

Leia mais

Apresentação do Plano. Conceito de Técnica e Tecnologia. Mapeamento Social e Cultura do Mundo. 03 04 20-02

Apresentação do Plano. Conceito de Técnica e Tecnologia. Mapeamento Social e Cultura do Mundo. 03 04 20-02 Faculdade de Tecnologia de Garça FATEC - Garça PLANO DE ENSINO Curso: Tecnologia em Informática Gestão de Negócios Disciplina: Sociedade e Tecnologia Ano: 2009 2º Semestre TURNO CARGA HORÁRIA II Termo

Leia mais

Escola Nacional de Administração Pública Diretoria de Formação Profissional Coordenação-Geral de Formação

Escola Nacional de Administração Pública Diretoria de Formação Profissional Coordenação-Geral de Formação Curso de Formação Inicial para Analista de Planejamento e Orçamento APO 2012 EIXO 1 ESTADO, SOCIEDADE E DEMOCRACIA Disciplina: D 1.2 Democracia e Cidadania no Brasil. Professor: Roberto Rocha Coelho Pires

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL 2014

PLANEJAMENTO ANUAL 2014 PLANEJAMENTO ANUAL 2014 Disciplina: HISTÓRIA Período: Anual Professor: INÊS PEREIRA Série e segmento: 1º ENSINO MÉDIO 1º TRIMESTRE 2º TRIMESTRE 3º TRIMESTRE Respeitar e entender a importância do patrimônio

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Faculdade de História PLANO DE CURSO. História HISTÓRIA DO BRASIL REPÚBLICA IV: MODERNIZAÇÃO E CULTURA

Universidade Federal de Goiás Faculdade de História PLANO DE CURSO. História HISTÓRIA DO BRASIL REPÚBLICA IV: MODERNIZAÇÃO E CULTURA Universidade Federal de Goiás Faculdade de História PLANO DE CURSO CURSO: DISCIPLINA: PROFESSOR: História HISTÓRIA DO BRASIL REPÚBLICA IV: MODERNIZAÇÃO E CULTURA Elio Cantalicio Serpa ANO/SEMESTRE 2013-2

Leia mais

Faculdade da Alta Paulista

Faculdade da Alta Paulista PLANO DE ENSINO DISCIPLINA SÉRIE PERÍODO LETIVO CARGA HORÁRIA Gestão de Marketing 2ª. Série 2014 I EMENTA Função e cenário mercadológico. Inter-relacionamento da função mercadológica com as demais funções

Leia mais

TÍTULO: DESIGUALDADE SOCIAL E O FENÔMENO DA GLOBALIZAÇÃO CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS

TÍTULO: DESIGUALDADE SOCIAL E O FENÔMENO DA GLOBALIZAÇÃO CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: DESIGUALDADE SOCIAL E O FENÔMENO DA GLOBALIZAÇÃO CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS

Leia mais

Total aulas previstas

Total aulas previstas ESCOLA BÁSICA 2/3 DE MARTIM DE FREITAS Planificação Anual de História do 7º Ano Ano Lectivo 2011/2012 LISTAGEM DE CONTEÚDOS TURMA Tema 1.º Período Unidade Aulas Previas -tas INTRODUÇÃO À HISTÓRIA: DA ORIGEM

Leia mais

UNIDADE Escola de Ciência da Informação CARGA TEÓRICA PRÁTICA TOTAL CRÉDITOS HORÁRIA 60 60 0 60 04 ANO LETIVO

UNIDADE Escola de Ciência da Informação CARGA TEÓRICA PRÁTICA TOTAL CRÉDITOS HORÁRIA 60 60 0 60 04 ANO LETIVO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS DEPARTAMENTO DE TEORIA E GESTÃO DA INFORMAÇÃO DISCIPLINAS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DISCIPLINA Patrimônio Cultural no Brasil CÓDIGO ECI -101 PROFESSOR Rubens Alves da

Leia mais

TÍTULO: QUAIS AGRAVANTES A DISCRIMINAÇÃO RACIAL E A GLOBALIZAÇÃO CAUSAM A DESIGUALDADE SOCIAL

TÍTULO: QUAIS AGRAVANTES A DISCRIMINAÇÃO RACIAL E A GLOBALIZAÇÃO CAUSAM A DESIGUALDADE SOCIAL TÍTULO: QUAIS AGRAVANTES A DISCRIMINAÇÃO RACIAL E A GLOBALIZAÇÃO CAUSAM A DESIGUALDADE SOCIAL CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: DIREITO INSTITUIÇÃO: FACULDADE ZUMBI DOS

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE Centro de Estudos Gerais Instituto de Ciências Humanas e Filosofia Departamento de Ciência Política Programa de Pós-Graduação em Estudos Estratégicos PPGEST Título da Disciplina:

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO PERÍODO LETIVO/ANO 2009 Programa: Pós-Graduação stricto sensu em Educação/PPGE Área de Concentração: Sociedade,

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

Curso de Extensão. Aspectos jurídicos e políticos da globalização. Professor: José Augusto Altran

Curso de Extensão. Aspectos jurídicos e políticos da globalização. Professor: José Augusto Altran Curso de Extensão Aspectos jurídicos e políticos da globalização Professor: José Augusto Altran Objetivo Geral: Contextualizar os principais eventos mundiais que alteram as instituições jurídico/politicas

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de São Paulo. Curso null - null. Ênfase. Disciplina LEM1714T1 - História da Música Brasileira

Plano de Ensino. Identificação. Câmpus de São Paulo. Curso null - null. Ênfase. Disciplina LEM1714T1 - História da Música Brasileira Curso null - null Ênfase Identificação Disciplina LEM1714T1 - História da Música Brasileira Docente(s) Paulo Augusto Castagna Unidade Instituto de Artes Departamento Departamento de Música Créditos 0 60

Leia mais

Rui Barbosa e Carlos Laet: debates intelectuais dentro do campo católico

Rui Barbosa e Carlos Laet: debates intelectuais dentro do campo católico Proposta do artigo Rui Barbosa e Carlos Laet: debates intelectuais dentro do campo católico A primeira parte do trabalho buscará ilustrar os debates políticos e ideológicos de projeto de modernidade para

Leia mais

DIREITO CIVIL TEORIA GERAL DO DIREITO CIVIL 12

DIREITO CIVIL TEORIA GERAL DO DIREITO CIVIL 12 DIREITO CIVIL TEORIA GERAL DO DIREITO CIVIL 12 12.1. Pessoa jurídica: atribuição de personalidade a um ente que se torna sujeito de direitos e obrigações. 12.2. Principais pessoas jurídicas: associações

Leia mais

EIXO 3 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Disciplina: D 3.2 Administração Pública Brasileira (24h) (Aula 1: Patrimonialismo e Formação do Estado Brasileiro)

EIXO 3 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Disciplina: D 3.2 Administração Pública Brasileira (24h) (Aula 1: Patrimonialismo e Formação do Estado Brasileiro) EIXO 3 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Disciplina: D 3.2 Administração Pública Brasileira (24h) (Aula 1: Patrimonialismo e Formação do Estado Brasileiro) Professor: Eduardo Granha Magalhães Gomes 2 a 4 de fevereiro

Leia mais

Instituições Políticas Brasileiras programa da Disciplina 2013

Instituições Políticas Brasileiras programa da Disciplina 2013 Instituições Políticas Brasileiras programa da Disciplina 2013 Prof. Responsável: Dr. Paulo Peres Departamento de Ciência Política Programa de Pós Graduação em Ciência Política Pesquisador FAPERGS peres.ps@gmail.com

Leia mais

2ª SESSÃO: O Sistema Constitucional Brasileiro e o Direito Eleitoral.

2ª SESSÃO: O Sistema Constitucional Brasileiro e o Direito Eleitoral. Disciplina: INSTITUIÇÕES DO SISTEMA ELEITORAL E DEMOCRACIA Regente: Prof. Dr. Roberto Carvalho Veloso Carga horária: 60h Número de créditos: 04 Semestre letivo: 2013 1-Ementa: O Sistema Constitucional

Leia mais

Sessões 1 e 2: Apresentação da disciplina e o estudo das políticas públicas

Sessões 1 e 2: Apresentação da disciplina e o estudo das políticas públicas Disciplina: Instituições Políticas e Políticas Públicas no Brasil (EUR0204) Dia e horário: segunda, 14 às 17h. Carga horária: 45 horas Sala: I - 9 do Setor II Docente: Alan Daniel Freire de Lacerda Apresentação

Leia mais

Unidade: Semestre: 2011-2 Pré-Requisitos: Formação Econômica do Brasil e Macroeconomia I Horário: Segundas e terças das 18:45 às 20:15hs

Unidade: Semestre: 2011-2 Pré-Requisitos: Formação Econômica do Brasil e Macroeconomia I Horário: Segundas e terças das 18:45 às 20:15hs MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E CIÊNCIAS ECONÔMICAS CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS PLANO DE ENSINO Disciplina: Economia Brasileira Contemporânea

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM COMUNICAÇÃO EMENTA: Novas tendências na produção, distribuição e consumo da comunicação com vertentes no jornalismo diante nova reconfiguração capitalista em um cenário neoliberal. AVALIAÇÃO: A avalição será feita

Leia mais

Escola Nacional de Administração Pública Diretoria de Formação Profissional Coordenação-Geral de Formação

Escola Nacional de Administração Pública Diretoria de Formação Profissional Coordenação-Geral de Formação Curso de Formação Inicial para a Carreira de APO 2012 EIXO 3 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Disciplina: D 3.2 Administração Pública Brasileira Professora titular: Eduardo Granha Magalhães Gomes Período: 2 a 4 de

Leia mais

A APLICAÇÃO DAS NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO DE COMUNICAÇÃO PARA A DEMOCRATIZAÇÃO DAS RELAÇÕES DO CAMPO

A APLICAÇÃO DAS NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO DE COMUNICAÇÃO PARA A DEMOCRATIZAÇÃO DAS RELAÇÕES DO CAMPO A APLICAÇÃO DAS NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO DE COMUNICAÇÃO PARA A DEMOCRATIZAÇÃO DAS RELAÇÕES DO CAMPO Sérgio Ricardo Moreira de SOUZA; NETO, João da Cruz Gonçalves (PPGDA/FD/UFG) Palavras-chave: Reforma

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina LEGISLAÇÃO PARA ENGENHARIA

Leia mais

Faculdade de Direito de Sorocaba

Faculdade de Direito de Sorocaba 2011 Faculdade de Direito de Sorocaba Direito Constitucional II Programa da disciplina Direito Constitucional II para o terceiro ano letivo do curso de graduação da Faculdade de Direito de Sorocaba. Prof.

Leia mais

CURSO DE FARMÁCIA Reconhecido pela Portaria MEC nº 220 de 01.11.12, DOU de 06.11.12 PLANO DE CURSO

CURSO DE FARMÁCIA Reconhecido pela Portaria MEC nº 220 de 01.11.12, DOU de 06.11.12 PLANO DE CURSO CURSO DE FARMÁCIA Reconhecido pela Portaria MEC nº 220 de 01.11.12, DOU de 06.11.12 Componente Curricular: Políticas de Saúde Código: FAR-306 Pré-requisito: --- Período Letivo: 2015.2 Professor: Olguimar

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS / PUC-RIO PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS - HORÁRIOS E DISCIPLINAS - 2013.2

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS / PUC-RIO PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS - HORÁRIOS E DISCIPLINAS - 2013.2 DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS / PUC-RIO As disciplinas em vermelho são exclusivas para os alunos do Programa. CÓDIGO CIS 2102 TÓPICOS ESPECIAIS ( Democracia e Democratização) 3 cr (David Samuels Cátedra

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: ADMINISTRAÇÃO BRASILEIRA Código: ADM - 450 Pré-requisito: ---- Período Letivo: 2013.1 Professor:

Leia mais

PLANO DE CURSO. *Obs: alguns textos podem ser alterados durante o curso.

PLANO DE CURSO. *Obs: alguns textos podem ser alterados durante o curso. UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS, HUMANS, LETRAS E ARTES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA DISCIPLINA OPTATIVA: Tópicos Especiais em História Política: Trabalho, Política e Região

Leia mais

U.E.F.S DEPARTAMENTO: CIÊNCIAS SOCIAIS PROGRAMA DE APLICADAS DISCIPLINA

U.E.F.S DEPARTAMENTO: CIÊNCIAS SOCIAIS PROGRAMA DE APLICADAS DISCIPLINA U.E.F.S DEPARTAMENTO: CIÊNCIAS SOCIAIS PROGRAMA DE APLICADAS DISCIPLINA CÓDIGO DISCIPLINA ------------- ------------------------------------------------------- CIS 365 GLOBALIZAÇÃO DE EMPRESAS E ECONOMIA

Leia mais

Programa de Pós- graduação em Economia CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO EM ECONOMIA PROBLEMAS CONTEMPORÂNEOS DO DESENVOLVIMENTO BRASILEIRO

Programa de Pós- graduação em Economia CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO EM ECONOMIA PROBLEMAS CONTEMPORÂNEOS DO DESENVOLVIMENTO BRASILEIRO Programa de Pós- graduação em Economia CURSOS DE MESTRADO E DOUTORADO EM ECONOMIA PROBLEMAS CONTEMPORÂNEOS DO DESENVOLVIMENTO BRASILEIRO 1 º Semestre/2015 PROFESSORES: NIEMEYER ALMEIDA FILHO Conteúdo Programático

Leia mais

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo FESPSP PLANO DE ENSINO (2013)

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo FESPSP PLANO DE ENSINO (2013) Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo FESPSP PLANO DE ENSINO (2013) I. IDENTIFICAÇÃO DISCIPLINA PROJETOS CULTURAIS CARGA HORÁRIA 72 h CURSO Biblioteconomia e Ciência SEMESTRE 5 o semestre

Leia mais

Programa da Disciplina

Programa da Disciplina INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E tecnologia PARAÍBA Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - Campus Cajazeiras Diretoria de Ensino / Coord. do Curso

Leia mais

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito PLANO DE ENSINO 1. IDENTIFICAÇÃO: CURSO: Direito TURMA: 1º Semestre DISCIPLINA: Antropologia e Sociologia

Leia mais

Material de divulgação da Editora Moderna

Material de divulgação da Editora Moderna Material de divulgação da Editora Moderna Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

Direito Processual do Trabalho

Direito Processual do Trabalho Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito do Trabalho Direito Processual do Trabalho Carga Horária: 64 h/a 1- Ementa O curso

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE SOCIOLOGIA 3ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO PROFESSOR

Leia mais

PROGRAMA ANALÍTICO DISCIPLINA. CRÉDITOS: 04 (T-04 P-0 ) Cada Crédito corresponde a 15h/ aula

PROGRAMA ANALÍTICO DISCIPLINA. CRÉDITOS: 04 (T-04 P-0 ) Cada Crédito corresponde a 15h/ aula UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO DECANATO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE ASSUNTOS ACADÊMICOS E REGISTRO GERAL DIVISÃO DE REGISTROS ACADÊMICOS PROGRAMA ANALÍTICO DISCIPLINA CÓDIGO: IH

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS DESENVOLVIMENTO HUMANO E SOCIAL DIVISÃO DE APOIO AO DOCENTE

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PRÓ-REITORIA DE RECURSOS HUMANOS DESENVOLVIMENTO HUMANO E SOCIAL DIVISÃO DE APOIO AO DOCENTE NORMAS COMPLEMENTARES EDITAL Nº. 003/2012 Processo Seletivo Simplificado para contratação de professores substitutos da Universidade Federal de Uberlândia UFU. 1. Informações Gerais 1.1. Área: Serviço

Leia mais

Direito Político e. Econômico no Brasil à luz de Caio Prado Júnior

Direito Político e. Econômico no Brasil à luz de Caio Prado Júnior Direito Político e Econômico no Brasil à luz de Caio Prado Júnior LEANDRO SARAI (Organizador) Direito Político e Econômico no Brasil à luz de Caio Prado Júnior Belo Horizonte 2015 Álvaro Ricardo de Souza

Leia mais

PLANO DE ENSINO. I. Dados Identificadores

PLANO DE ENSINO. I. Dados Identificadores PLANO DE ENSINO I. Dados Identificadores Curso ADMINISTRAÇÃO Disciplina Mercados Internacionais Código Semestre 6º semestre Carga Horária Semestral: 80 Semanal: 4 II. Objetivos 1. Objetivo Geral: Familiarizar

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: FUNDAMENTOS DE DIREITO PÚBLICO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: FUNDAMENTOS DE DIREITO PÚBLICO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: FUNDAMENTOS DE DIREITO PÚBLICO Código: ADM- 261 Pré-requisito: ----- Período Letivo: 2013.1 Professor:

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO

Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Centro de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Direito PLANO DE ENSINO 1) IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Disciplina POLÍTICAS SOCIAIS E DIREITO

Leia mais

TÓPICO ESPECIAL: IMPÉRIOS IBÉRICOS NO ANTIGO REGIME

TÓPICO ESPECIAL: IMPÉRIOS IBÉRICOS NO ANTIGO REGIME TÓPICO ESPECIAL: IMPÉRIOS IBÉRICOS NO ANTIGO REGIME Optativa / Carga Horária: 60hs Ementa: O curso visa analisar a formação dos Impérios Ibéricos entre os séculos XV e XVIII, considerando-se a perspectiva

Leia mais

PLANO DE ENSINO. RECURSOS: Quadro, giz, referências bibliográficas, material digitado e data-show.

PLANO DE ENSINO. RECURSOS: Quadro, giz, referências bibliográficas, material digitado e data-show. UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA Licenciatura em História Disciplina: História Contemporânea I Semestre: 1º/2014 PLANO DE ENSINO EMENTA: Estudo das

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO ESCOLA DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO ESCOLA DE FILOSOFIA, LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA EDITAL DE SELEÇÃO Nº 01/2015 PARA INGRESSO NO CURSO DE MESTRADO EM HISTÓRIA O Programa de Pós-Graduação em História da Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, da Universidade Federal de São Paulo,

Leia mais

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito

Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito Instituto de Ensino Superior de Goiás Faculdades IESGO Direção Acadêmica Coordenação do Curso de Direito 1. IDENTIFICAÇÃO: CURSO: BACHARELADO EM DIREITO TURMA: 2º SEMESTRE NOTURNO DISCIPLINA: HISTÓRIA

Leia mais

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo FESPSP PLANO DE ENSINO (2013)

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo FESPSP PLANO DE ENSINO (2013) Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo FESPSP PLANO DE ENSINO (2013) I. IDENTIFICAÇÃO DISCIPLINA CURSO PROFESSOR CÓDIGO DA DISCIPLINA INTRODUÇÃO A PSICOLOGIA DAS RELAÇÕES HUMANAS Biblioteconomia

Leia mais

FICHA DE DISCIPLINA CH TOTAL TEÓRICA: OBJETIVOS EMENTA

FICHA DE DISCIPLINA CH TOTAL TEÓRICA: OBJETIVOS EMENTA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FICHA DE DISCIPLINA DISCIPLINA: Gestão Social CÓDIGO: GAP038 UNIDADE ACADÊMICA: FACIP PERÍODO/SÉRIE:

Leia mais

I. Dados Identificadores Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Análise E Projeto de Sistemas Eduardo Jesus Coppola

I. Dados Identificadores Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Análise E Projeto de Sistemas Eduardo Jesus Coppola I. Dados Identificadores Curso Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Disciplina Análise E Projeto de Sistemas Professor Eduardo Jesus Coppola Período Noturno Módulo Organização da InformaçãO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS FACULDADE DE SERVIÇO SOCIAL CURSO DE GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS FACULDADE DE SERVIÇO SOCIAL CURSO DE GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS FACULDADE DE SERVIÇO SOCIAL CURSO DE GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL DISCIPLINA: Fundamentos históricos e teórico-metodológicos do Serviço Social II e III ANO: 2006 LOCALIZAÇÃO

Leia mais

DIREITO E PROCESSO: A LEGITIMIDADE DO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO ATRAVÉS DO PROCESSO

DIREITO E PROCESSO: A LEGITIMIDADE DO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO ATRAVÉS DO PROCESSO DIREITO E PROCESSO: A LEGITIMIDADE DO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO ATRAVÉS DO PROCESSO ROSEMARY CIPRIANO DA SILVA Mestra em Direito Público pela FUMEC Professora substituta do Curso de Graduação em Direito

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA Gabinete da Rei CONSELHO UNIVERSITÁRIO

UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA Gabinete da Rei CONSELHO UNIVERSITÁRIO Processo/Assunto: 23422.000892/2014-97/NORMAS PARA ALOCAÇÃO DE VAGAS DOCENTES NAS UNIDADES ACADÊMICAS DA UNILA. Conselheiro: Fábio Borges 1. FUNDAMENTOS DO PEDIDO (razão do pedido): No parecer da relatora

Leia mais

A UNIVERSIDADE BRASILEIRA É BRASILEIRA? C A R L O S A L B E R T O S T E I L D E P A R T A M E N T O D E A N T R O P O L O G I A / U F R G S

A UNIVERSIDADE BRASILEIRA É BRASILEIRA? C A R L O S A L B E R T O S T E I L D E P A R T A M E N T O D E A N T R O P O L O G I A / U F R G S A UNIVERSIDADE BRASILEIRA É BRASILEIRA? C A R L O S A L B E R T O S T E I L D E P A R T A M E N T O D E A N T R O P O L O G I A / U F R G S INTRODUÇÃO Identidade: não é um propriedade das coisas, mas das

Leia mais

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: TEORIA DA CONTABILIDADE

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: TEORIA DA CONTABILIDADE CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Autorizado pela Portaria no 1.393 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Componente Curricular: TEORIA DA CONTABILIDADE Código: CTB-305 Pré-requisito: ------- Período Letivo: 2015.2 Professor:

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS. Unidade Universitária Cora Coralina CURSO DE HISTÓRIA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS. Unidade Universitária Cora Coralina CURSO DE HISTÓRIA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS UNIDADE UNIVERSITÁRIA - CIDADE DE GOIÁS Curso: HISTÓRIA Disciplina: História Moderna Habilitação: LICENCIATURA Carga Horária Total: 64 h/a anuais 2 h/a semanais Carga Horária

Leia mais

Ciência Política no Brasil: história, conceitos e métodos

Ciência Política no Brasil: história, conceitos e métodos Ciência Política no Brasil: história, conceitos e métodos PROJETO APRESENTADO PELA ABCP À FUNDAÇÃO FORD E AO INSTITUTE FOR INTERNATIONAL EDUCATION (IIE). Leonardo Avritzer Carlos R. S. Milani Rachel Meneguello

Leia mais

EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA DE DISCIPLINAS OFERTADAS EM TERESINA/2015.1

EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA DE DISCIPLINAS OFERTADAS EM TERESINA/2015.1 EDITAL Nº 30/2015 PREG: RELATIVO AO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE PROFESSOR FORMADOR, PROFESSOR ORIENTADOR E SUPERVISOR DE ESTÁGIO PARA O PARFOR/UFPI PRESENCIAL. EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA DE DISCIPLINAS

Leia mais

Conheça a ENM. Colabore com o trabalho da ENM enviando sugestões que permitam oferecer uma Justiça melhor à população.

Conheça a ENM. Colabore com o trabalho da ENM enviando sugestões que permitam oferecer uma Justiça melhor à população. Conheça a ENM A Escola Nacional da Magistratura (ENM) é um órgão da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), com cerca de 50 anos de experiência trabalhando na especialização, na atualização e no

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2º/2009. Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( )

PLANO DE ENSINO 2º/2009. Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) PLANO DE ENSINO 2º/2009 Fundamental I ( ) Fundamental II ( ) Médio ( ) Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Graduação ( x ) Pós-graduação ( ) I. Dados Identificadores Curso Pedagogia Disciplina

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA CURSO DE MESTRADO ACADÊMICO EDITAL

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA CURSO DE MESTRADO ACADÊMICO EDITAL UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO - UERJ CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA CURSO DE MESTRADO ACADÊMICO EDITAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SOCIOLOGIA TURMA 2015

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE FACULDADE DE DIREITO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO POLÍTICO E ECONÔMICO

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE FACULDADE DE DIREITO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO POLÍTICO E ECONÔMICO Curso: MESTRADO Linha de Pesquisa: A Cidadania Modelando o Estado Disciplina: Direito Econômico e Inovação Tecnológica EMENTA: A disciplina visa analisar os institutos jurídicos que organizam a inovação

Leia mais

CIÊNCIA POLÍTICA E POLÍTICAS PÚBLICAS NO BRASIL: SIMON SCHWARTZMAN 1

CIÊNCIA POLÍTICA E POLÍTICAS PÚBLICAS NO BRASIL: SIMON SCHWARTZMAN 1 CIÊNCIA POLÍTICA E POLÍTICAS PÚBLICAS NO BRASIL: SIMON SCHWARTZMAN 1 Catarina Ianni SEGATTO * O livro O sociólogo e as políticas públicas: ensaios em homenagem a Simon Schwartzman (2009) procura mostrar

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA

PROGRAMA DA DISCIPLINA UPE Campus Petrolina PROGRAMA DA DSCPLNA Curso: Licenciatura Plena em História Disciplina: História Contemporânea Carga Horária: 60h/a Teórica: Prática: Semestre: 2013.2 Professora: Tatiana Silva de Lima

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ANÁPOLIS UniEVANGÉLICA Mestrado em Sociedade, Tecnologia e Meio Ambiente

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ANÁPOLIS UniEVANGÉLICA Mestrado em Sociedade, Tecnologia e Meio Ambiente CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ANÁPOLIS UniEVANGÉLICA Mestrado em Sociedade, Tecnologia e Meio Ambiente Disciplina: Desenvolvimento e Impactos Ambientais Professores: Roberto Prado de Morais e Maurício José Nardini

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ADMINISTRAÇÃO LINHA DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA EM COMÉRCIO INTERNACIONAL ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Carga horária semanal Etapa 4 5 OBJETIVO Realizar escolhas sobre a adoção de tecnologias e sistema

Leia mais

História. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo

História. baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo História baseado nos Padrões Curriculares do Estado de São Paulo 1 PROPOSTA CURRICULAR DA DISCIPLINA DE HISTÓRIA Middle e High School 2 6 th Grade A vida na Grécia antiga: sociedade, vida cotidiana, mitos,

Leia mais

Favor e cordialidade no diário íntimo de Altino Arantes

Favor e cordialidade no diário íntimo de Altino Arantes Favor e cordialidade no diário íntimo de Altino Arantes Keila Nunes Ribeiro 1 ; Robson Mendonça Pereira 2 1 Bolsista PBIC/UEG Graduada em História UnUCSEH UEG 2 Orientador, professor do curso de História

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FCS/FACE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FCS/FACE UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS FCS/FACE Curso: Ciências Econômicas Disciplina: Teoria Política Professor: Francisco Mata Machado Tavares 2o Semestre / 2012 PROGRAMA / PLANO DE ATIVIDADES 1) Ementa da Disciplina:

Leia mais

Estado e Cidadania. O que são, uma análise histórica e suas especificidades no mundo contemporâneo e no Brasil

Estado e Cidadania. O que são, uma análise histórica e suas especificidades no mundo contemporâneo e no Brasil Estado e Cidadania O que são, uma análise histórica e suas especificidades no mundo contemporâneo e no Brasil Algumas definições e conceitos Cidadania origem etimológica no latim civitas, significando

Leia mais