Capital e Região Metropolitana: Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Caldazinha, Hidrolândia e Senador Canedo Interior: demais municípios

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Capital e Região Metropolitana: Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Caldazinha, Hidrolândia e Senador Canedo Interior: demais municípios"

Transcrição

1 Principais dúvidas dos bolsistas: Capital e Região Metropolitana: Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Caldazinha, Hidrolândia e Senador Canedo Interior: demais municípios 01- Como posso obter a Bolsa Universitária? Concorrendo ao Processo seletivo semestralmente 02- Onde fazemos a Inscrição para Bolsa Universitária? No site portal Bolsa Universitária; link Inscrições 03 Quantas vezes acontecem inscrições para Bolsa Universitária? 02 vezes ao ano. Uma no 1 semestre, entre os meses de fevereiro e março e outra no 2º semestre, entre os meses de agosto e setembro. 04- Quais os critérios para concorrer à bolsa? Os critérios estão disponíveis no site da OVG: Portal Bolsa Universitária, Edital. 05- Até quantos salários mínimos podemos concorrer à bolsa parcial e bolsa integral? Bolsa Parcial: limitado até 6 salários mínimos; Bolsa Integral: limitado até 3 salários mínimos Tenho a bolsa parcial, posso pleitear a bolsa integral? Sim; desde que preencha todos os requisitos socioeconômicos, conforme o edital disponível no site, no portal bolsa universitária Mais de um membro do grupo familiar poderá usufruir do benefício? Sim; desde que preencha todos os requisitos socioeconômicos, conforme o edital disponível no site, no portal bolsa universitária. 08 Onde posso assinar a Suspensão Temporária? Bolsistas da Capital: Na sede do Programa Bolsa Universitária, na Assessoria Jurídica, na Rua T-14, esq. com T-38, nº 249, Setor Bueno. Bolsistas do Interior: Nas reuniões de inclusão e renovação ou nas Subsecretarias Regionais de Educação.

2 09 Quando posso solicitar a Suspensão Temporária? No primeiro semestre no período: dia 01 de fevereiro até o dia 31 de março No segundo semestre no período: dia 01 de agosto até o dia 30 de setembro 10 - Quanto tempo posso ficar em Suspensão Temporária? Bolsistas da Capital: - é permitida durante 06 (seis) meses, podendo ser prorrogada por mais 06 (seis) meses ou em semestres (seis meses) alternados, perfazendo o total de 1 (um) ano, após contato com a Assessoria Jurídica do Programa Bolsa Universitária. Bolsistas do Interior: é permitida durante 06 (seis) meses, podendo ser prorrogada por mais 06 (seis) meses ou em semestres (seis meses) alternados, perfazendo o total de 1 (um) ano, após contato prévio com o Departamento de Contrapartida do Interior Bolsa Universitária ( ) ou Subsecretaria Regionais de Educação do seu município, ou ainda, nas reuniões de inclusões (para os novatos) ou nas reuniões de renovações (para os veteranos) Quando devo reingressar? E quais as datas? - Bolsistas da Capital e Região Metropolitana (Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Caldazinha, Hidrolândia e Senador Canedo) agendar o Reingresso no período de 15 a 31 de janeiro no primeiro semestre letivo e de 15 a 31 de julho no segundo semestre, na Assessoria Jurídica da Bolsa Universitária - OVG. ( ) - Bolsistas do Interior: no mesmo período acima mencionado, nas Subsecretarias Regionais de Educação de seu município. 12- Enquanto bolsista do PBU posso transferir de curso ou faculdade a qualquer tempo? - Não. Todos os Bolsistas que necessitarem transferir de curso ou IES, devem entrar em contato com a Assessoria Jurídica da Bolsa Universitária ( ) para a devida autorização, no início do 1º semestre até 23/02 e do 2º semestre até 26/08, após a autorização, apresentar cópia da matrícula no Departamento Financeiro da Bolsa Universitária ou por Qual é a Carga Horária da Contrapartida no semestre e por mês? O excedente poderá ser aproveitado para o próximo?

3 VALOR DAS BOLSAS TOTAL DE HORAS SEMESTRAIS QUANTIDADE DE RELATÓRIOS NO SEMESTRE Bolsa Integral 160 horas 5 relatórios de 32h cada 80% da mensalidade até R$ 500, horas 5 relatórios de 32h cada 70% da mensalidade até R$ 400, horas 4 relatórios de 32h cada 60% da mensalidade até R$ 300,00 96 horas 3 relatórios de 32h cada - A carga horária da contrapartida, excedente, só pode ser cumprida durante o semestre, não é acumulativa para o próximo, valendo entretanto, 1 certificado na sua área afim, de no máximo 400 horas por semestre. 14 Quando devo começar a desenvolver as atividades da contrapartida? - A partir da assinatura do contrato do recebimento do benefício Posso prestar as horas da Contrapartida em qualquer Órgão/Instituição? - Não. O Bolsista deve verificar no site da OVG (www.ovg.org.br) a lista dos Órgãos Parceiros tanto da capital quanto do interior, certificar a existência de vaga para prestação de serviço e levar a Ficha de Encaminhamento até o órgão escolhido (disponível no site no link Contrapartida). 16 Como devo proceder ao escolher onde devo cumprir minha contrapartida? - O bolsista deve procurar via site da OVG, portal Bolsa Universitária, link Contrapartida, o órgão onde deseja fazer a contrapartida e ao certificar a existência de vaga, imprimir e entregar o relatório de desempenho, a ficha de frequência e a ficha de encaminhamento com a opção desejada no respectivo órgão escolhido. - O Relatório de Desempenho, a ficha de encaminhamento e a ficha de frequência ficarão arquivados no Órgão/Instituição escolhido pelo bolsista. OBSERVAÇÃO: - Bolsista que optar em cumprir a contrapartida em Delegacias deve levar a ficha de encaminhamento no Programa Escola sem Drogas ver no site (no Portal Bolsa Universitária)

4 - Bolsista que optar em cumprir as horas nas Igrejas (Evangélicas e Católicas) deve procurar as que estão no site (no Portal Bolsa Universitária, link Contrapartida) - Bolsista que optar em cumprir a contrapartida nas escolas, creches municipais de Aparecida de Goiânia, Senador Canedo,Caldazinha, Aragoiânia e Hidrolândia devem levar a Secretaria Municipal de Educação respectivamente. - Bolsista que optar em cumprir a contrapartida em CMEI, escolas, creche municipal de Goiânia, procurar no site - Portal Bolsa Universitária (SME- Unidade Regional de Educação) para entregar o encaminhamento A doação de sangue ou palestra sobre Orientação sobre captação de doação de sangue equivale a quantas horas de contrapartida e onde posso fazer doação? Ressaltamos que são opções de contrapartida a doação de sangue e palestras de orientação sobre este tema. A cada uma destas atividades equivalem a 32 horas. O bolsista ou outras pessoas indicadas poderão doar, recebendo o comprovante de doação (doc. Original) e neste deverá constar o nome completo do bolsista e o nº da inscrição da OVG. Locais para doação: Bolsistas da Capital e Região Metropolitana (Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Caldazinha, Hidrolândia e Senador Canedo): HEMOCENTRO, HOSPITAL DAS CLÍNICAS HONCORD (agendamento pelo telefone: e ) HEMOLABOR (agendamento pelo telefone: ) INGOH (agendamento pelo telefone: ) Bolsistas do Interior: HEMOCENTRO (Catalão, Ceres, Iporá, Jataí, Rio Verde, Quirinópolis e Formosa) INGOH em Caldas Novas (agendamento pelo telefone: ) Instituto Onco Hematológico de Anápolis (agendamento pelo telefone: ) Identificar na recepção do Banco de Sangue o nome completo e o número da inscrição do bolsista.

5 18 - Quando e onde devo apresentar as declarações de doações de sangue? Bolsistas da Capital e Região Metropolitana (Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Caldazinha, Hidrolândia e Senador Canedo): do dia 01 ao dia 10 de cada mês, subsequente ao cumprimento da contrapartida. Bolsistas do Interior: do dia 01 ao dia 05 de cada mês, subsequente ao cumprimento da contrapartida. 19 Recebo algum documento quando apresento as declarações das doações de sangue? Sim Bolsistas da Capital e Região Metropolitana (Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Caldazinha, Hidrolândia e Senador Canedo): - Quando entregar as declarações de doação de sangue no Departamento da Contrapartida o bolsista recebe um comprovante de entrega das declarações. Bolsistas do Interior: - Quando o bolsista entrega as declarações de doação de sangue na Subsecretaria Regional de Educação, recebe um comprovante de entrega das declarações Cumprindo a contrapartida em área afim, eu ganho certificado para cada semestre prestado? Onde e quando posso solicitar o certificado? Sim, presencialmente na sede da Bolsa Universitária em Goiânia ou via Capital: Interior: - Cumprindo a contrapartida em área afim, o bolsista recebe um certificado para cada semestre de atividades cumpridas. Para contrapartida referente ao 1º semestre do ano em curso: de 10 a 31 de julho, sob pena de indeferimento do pedido Para contrapartida referente ao 2º semestre do ano: de 10 a 31 de janeiro, do ano letivo subsequente, sob pena de indeferimento do pedido 21 Posso mudar de local de contrapartida no mesmo semestre? Não. O bolsista deverá cumprir a contrapartida em um único local, por semestre. - Transferir do local, Órgão/Instituição, somente no início de cada semestre se assim o desejar. - Assim, muita atenção quando escolher o local e a opção ao assinalar a folha do encaminhamento que será entregue e arquivado no Órgão/Instituição para o cumprimento da contrapartida.

6 22 Posso cumprir as horas de contrapartida em um único mês e entregar um único relatório correspondente ao mês de atividade cumprida? Entregar antecipado é permitido, nos casos das declarações/certificados de doações. OBS: Entregar todas no final do semestre não é permitido. O bolsista deve cumprir as atividades de contrapartida correspondente ao seu valor da Bolsa nos meses correspondentes ao recebimento do beneficio, ou seja fevereiro a junho ou agosto a dezembro. Atendendo a seguinte carga horária: VALOR DAS BOLSAS 80% da mensalidade até R$ 500,00 e Bolsa Integral 70% da mensalidade até R$ 400,00 60% da mensalidade até R$ 300,00 TOTAL DE HORAS SEMESTRAIS QUANTIDADE DE RELATÓRIOS NO SEMESTRE 160 horas 5 relatórios de 32h cada 128 horas 4 relatórios de 32h cada 96 horas 3 relatórios de 32h cada É de responsabilidade do bolsista acompanhar mensalmente no portal Bolsa Universitária link Aluno, o lançamento das respectivas horas cumpridas e informadas pelo Órgão/Instituição Parceiro. Devendo ainda guardar o comprovante fornecido pelo respectivo Órgão/Instituição Parceiro para eventual comprovação. 23 Posso cumprir a contrapartida durante os meses de janeiro e de julho, isto é, no período de férias escolares? - Não. A contrapartida deve ser cumprida dentro do semestre (primeiro semestre: fevereiro, março, abril, maio e junho; e segundo semestre: agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro). 24 Quem apresentará os relatórios mensais ao Programa? Bolsistas da Capital e Região Metropolitana (Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Caldazinha, Hidrolândia e Senador Canedo): - A entrega do relatório mensal é feita pelo responsável do Órgão parceiro no dia 1º até 10 de cada mês subsequente, ao que cumpriu a carga horária, por meio de planilha, constando a assinatura e o carimbo do responsável. - O bolsista deve verificar com antecedência se o Órgão no qual vai prestar a contrapartida enviará a planilha do relatório por , pois caso não tenha a planilha,

7 o Órgão deverá buscar a mesma no Departamento de Contrapartida, na Sede da Bolsa Universitária ou entrar em contato A planilha pode ser enviada ao Programa por , por meio de um funcionário do Órgão/Instituição ou mesmo, pelo próprio bolsista. Bolsistas do Interior: - Os bolsistas devem entregar os relatórios de desempenho nas Subsecretarias ou nos órgãos parceiros se assim for combinado. 25 Realizo minha contrapartida num órgão/instituição que envia o relatório por planilha. Fico com algum comprovante das horas cumpridas? Bolsistas da Capital: - Após a devida contraprestação, o responsável preencherá o comprovante e entregará aos bolsistas (mensalmente) o qual deve ser guardado por 1 ano Deixando de cumprir a contrapartida durante o semestre eu perco a bolsa? - Sim, deixando de cumprir a contrapartida estabelecida pelo Programa no semestre o bolsista perde o beneficio da Bolsa Universitária. 27 Deixando de cumprir a contrapartida durante os meses do respectivo semestre eu perco a bolsa? Sim, perderá a bolsa, tendo em vista que o cumprimento da contrapartida deve ser mensal e a sua comprovação deve ocorrer impreterivelmente até o dia 10 do mês subsequente. 28- Portador de necessidade especial ou portador de doenças crônicas são obrigados a cumprir a contrapartida? Não. A contrapartida é facultativa aos bolsistas nestes casos, devidamente comprovados por atestado médico que deve ser entregue pelos estudantes da capital e do entorno no Departamento de Contrapartida da Capital e pelos estudantes do Interior nas Subsecretarias Estaduais de Educação, Os atestados devem ser entregues no início do 1º semestre até 23/02 e do 2º semestre até 26/ Mães de RECEM NASCIDOS são dispensadas da contrapartida? - Sim. Bolsistas da Capital e Região Metropolitana (Aparecida de Goiânia, Aragoiânia, Caldazinha, Hidrolândia e Senador Canedo):

8 Pelo período de 06 meses após o parto, desde que apresente ao departamento de contrapartida o atestado da licença maternidade (original) ou certidão de nascimento (cópia), contudo não são dispensadas da assinatura do contrato de prorrogação do benefício. Bolsistas do Interior: Pelo período de 06 meses após o parto, desde que apresente à Subsecretaria Regional de Educação o atestado da licença maternidade (original) ou certidão de nascimento (cópia), contudo não são dispensadas da assinatura do contrato de prorrogação do benefício Atestado médico justifica as horas da Contrapartida no semestre? - Sim. Desde que conste no referido documento a necessidade da dispensa e especificando a quantidade de dias solicitada pelo médico especialista Deixando de assinar a Prorrogação do Termo de Compromisso (renovação) nas datas estipuladas serei desligado do Programa? Sim. O bolsista deve renovar semestralmente o beneficio de acordo com as orientações divulgadas semestralmente no site (no Portal Bolsa Universitária) e com o calendário do Programa, participando das reuniões previamente agendadas Se reprovar em alguma matéria (disciplina) perderá o benefício? Sim. Se o bolsista reprovar em mais de uma disciplina, estará desligado automaticamente do Programa Bolsa Universitária Fazendo a matrícula fora do prazo determinado pela Faculdade posso perder o benefício? Sim. Caso tenha feito a matrícula após a data determinada pela Faculdade, o bolsista deverá enviar por ou trazer a cópia da matrícula, colocar o número da inscrição da OVG e entregar no Departamento Financeiro, a partir do momento que regularizar a situação, receberá o benefício (não é retroativo). 34 Ganhei o beneficio agora e o desconto da Bolsa Universitária não veio no meu boleto. Devo pagar este boleto sem o desconto?

9 Procurar a tesouraria ou departamento financeiro da sua Instituição de Ensino Superior para saber quais são as orientações sobre troca de boletos para os bolsistas da OVG. 35 Qual é o valor da bolsa? - Verificar no site da OVG, Portal Bolsa Universitária, no Link ALUNO *ATENÇÃO: o bolsista deve acompanhar o cálculo do valor do benefício no site, indicando o número de inscrição do Programa Bolsa Universitária e senha. 36 De que forma é realizado o repasse do benefício? - O repasse é feito em nome do bolsista, mediante depósito bancário para as IES, conforme estabelecido em convênio entre as partes. - A emissão dos boletos com a inclusão do valor do benefício é de responsabilidade das IES. - O benefício refere-se apenas às mensalidades de fevereiro a junho e de agosto a dezembro, para os alunos regularmente matriculados. 37 Como é calculado o valor das bolsas parciais em função das médias? Ingressantes: - O valor da bolsa será de 80% limitado a R$ 300,00. * O beneficiário da bolsa parcial deve pagar o mínimo de 20% do valor da sua mensalidade (considerando o valor com o desconto máximo de pontualidade). Veteranos: - A base de cálculo é o valor da mensalidade com o desconto máximo de pontualidade; - Quando a média informada for superior a 8,4 a bolsa será de 80% do valor da mensalidade limitada a R$ 500,00; - Quando a média informada for entre 7,0 a 8,4 a bolsa será de 70% do valor da mensalidade limitada a R$ 400,00; - Quando a média informada for até 6,9 a bolsa será de 60% do valor da mensalidade limitada a R$ 300,00; - Mensalidade até R$ 375,00 paga-se 80% independentemente da média obtida;

10 - Em caso de reprovação em 01 (uma) disciplina, o valor máximo do benefício será de R$ 300,00; - Aos veteranos, ingressantes no Programa até o ano de 2010 cujo valor da mensalidade for a partir de R$ 375,01 aplica-se a regra dos incisos I, II e III, art. 9º (60%,70%,80%). Entretanto, se o valor apurado for menor que R$ 300,00 paga-se R$ 300,00 e se for maior ou igual a R$ 300,00 paga-se o resultado apurado Posso ficar com a Bolsa Universitária, além de outro benefício? SIM. A Bolsa Universitária é compatível com outros benefícios, desde que a ele fique o encargo de pagar 20% do valor da mensalidade (com o maior desconto de pontualidade) e ainda deve verificar se seu outro benefício aceita o acúmulo com outros. 39 O bolsista da OVG pode ter um financiamento (FIES e outros)? E o Projeto Talento? Sim. A bolsa universitária é compatível com outros benefícios ou financiamento estudantil.

Principais dúvidas dos bolsistas

Principais dúvidas dos bolsistas Principais dúvidas dos bolsistas Departamento da Contrapartida Capital Atendem os bolsistas que estudam nas Faculdades de Goiânia e de Aparecida de Goiânia. Departamento da Contrapartida do Interior Atendem

Leia mais

Principais dúvidas dos bolsistas:

Principais dúvidas dos bolsistas: 01- Como posso obter a Bolsa Universitária? Concorrendo ao Processo seletivo; 02- Onde fazemos a Inscrição para Bolsa Universitária? No site www.ovg.org.br; Portal Bolsa Universitária; Inscrições 03 Quantas

Leia mais

FACULDADE DIREÇÃO GERAL NORMA 029 1/5

FACULDADE DIREÇÃO GERAL NORMA 029 1/5 1. Dos Requisitos e Documentos para o Ingresso Para ingressar nos cursos de ensino superior o candidato deve ter concluído o Ensino Médio, prestar processo seletivo da IES ou ingressar por uma das formas

Leia mais

O QUE É O FIES? divulgação dos resultados e entrevistas são realizadas pela Internet. Os pagamentos ocorrerão em três etapas: Fase de utilização:

O QUE É O FIES? divulgação dos resultados e entrevistas são realizadas pela Internet. Os pagamentos ocorrerão em três etapas: Fase de utilização: O QUE É O FIES? O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado à concessão de financiamento a estudantes matriculados em cursos superiores não gratuitos

Leia mais

E D I T A L. 1º Para os casos de transferência externa serão aceitas, apenas, as inscrições para áreas afins.

E D I T A L. 1º Para os casos de transferência externa serão aceitas, apenas, as inscrições para áreas afins. EDITAL NRCA-SJP N.º 09/2015 DISPÕE SOBRE OS PROCESSOS DE INGRESSO POR TRANSFERÊNCIA EXTERNA E PORTADOR DE DIPLOMA AOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE FAE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS. O Coordenador do Núcleo

Leia mais

Faculdade Maurício de Nassau

Faculdade Maurício de Nassau Faculdade Maurício de Nassau EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A Direção da Faculdade Maurício de Nassau de Manaus no uso de suas atribuições e com base nas disposições regimentais, no Dec. 99.490/90,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil

GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil GOVERNO DO ESTADO DE GOIÁS Secretaria de Estado da Casa Civil LEI Nº 17.405, DE 06 DE SETEMBRO DE 2011. - Regulamentada pelo Decreto nº 8.039, de 28-11-2013. Dispõe sobre o Programa Bolsa Universitária.

Leia mais

MUNICÍPIO DE ITAPEMIRIM CNPJ 27.174.168/0001-70

MUNICÍPIO DE ITAPEMIRIM CNPJ 27.174.168/0001-70 12 DE FEVEREIRO DE 2015 Informativo Oficial do Municipio de Itapemirim - Criado pela Lei Municipal nº 1.928/05 e Regulamentado pelo Decreto nº 2.671/05 - Ano IX - 1618 DECRETOS DECRETO Nº. 8.552 /2015

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DO OBJETIVO Cláusula Primeira Estabelecer as regras gerais para a concessão de bolsas nas mensalidades de alunos regularmente matriculados na Universidade Guarulhos. DAS

Leia mais

ASSITÊNCIA ESTUDANTIL

ASSITÊNCIA ESTUDANTIL ASSITÊNCIA ESTUDANTIL Apoio ao Acadêmico A Assistência Estudantil da FAMEC tem a missão de apoiar o acadêmico na busca de soluções e oportunidades que contribuam para sua permanência na faculdade e conclusão

Leia mais

PROJETOS E PROGRAMAS GOVERNAMENTAIS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO

PROJETOS E PROGRAMAS GOVERNAMENTAIS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PROJETOS E PROGRAMAS GOVERNAMENTAIS GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO PROGRAMA ESCOLA DA FAMÍLIA 2.1 PROGRAMA BOLSA ESCOLA DA FAMILIA (*) As Faculdades da UNIESP, em parceria com o Governo do Estado de São

Leia mais

ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU

ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU ALIANÇA TERESINA - MAURICIO DE NASSAU EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 A direção da Faculdade Aliança / Faculdade Maurício de Nassau no uso de suas atribuições e com base nas disposições regimentais,

Leia mais

POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DO IFBA PROGRAMA DE ASSITÊNCIA E APOIO AOS ESTUDANTES EDITAL Nº 001/2015

POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DO IFBA PROGRAMA DE ASSITÊNCIA E APOIO AOS ESTUDANTES EDITAL Nº 001/2015 POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL DO IFBA PROGRAMA DE ASSITÊNCIA E APOIO AOS ESTUDANTES EDITAL Nº 001/2015 1. ABERTURA O Diretor Geral do IFBA Campus Jacobina, no uso de suas atribuições, faz saber que,

Leia mais

Requerimentos\Desconto em folha.doc 5 Critérios

Requerimentos\Desconto em folha.doc 5 Critérios BOLSA ATLETA 1 - O que é? Bolsa concedida aos alunos do Colégio de Aplicação (CAU) e aos acadêmicos dos Cursos de Graduação da Univali com aptidão e dedicação às diversas modalidades esportivas, onde os

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 7, DE 6 DE FEVEREIRO DE 2015.

RESOLUÇÃO Nº 7, DE 6 DE FEVEREIRO DE 2015. RESOLUÇÃO Nº 7, DE 6 DE FEVEREIRO DE 2015. O PRESIDENTE DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, no uso de suas atribuições legais, considerando a Resolução nº

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 FACULDADE MAURICIO DE NASSAU DE BELÉM MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL CREDENCIAMENTO: PORTARIA Nº 571, DE 13 DE MAIO DE, DOU 16 DE MAIO DE SEÇÃO I EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 O Diretor da Faculdade

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES

PERGUNTAS FREQUENTES PERGUNTAS FREQUENTES 01 - O QUE É O IFG? 02 - O QUE É O TÉCNICO INTEGRADO? 03 - O QUE É O TÉCNICO SUBSEQUENTE? 04 - QUAL A DIFERENÇA ENTRE O TÉCNICO INTEGRADO E O TÉCNICO SUBSEQUENTE? 05 - O QUE É O VESTIBULAR?

Leia mais

FACULDADE SANTA EMÍLIA - JOAQUIM NABUCO-UNIDADE OLINDA MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1

FACULDADE SANTA EMÍLIA - JOAQUIM NABUCO-UNIDADE OLINDA MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 FACULDADE SANTA EMÍLIA - JOAQUIM NABUCO-UNIDADE OLINDA MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 Com sede Av. Doutor Augusto Moreira, 1704 e 1502 Casa Caiada - Olinda Legislação

Leia mais

REGULAMENTO DO SETOR FINANCEIRO

REGULAMENTO DO SETOR FINANCEIRO 1 REGULAMENTO DO SETOR FINANCEIRO O Professor Dr. Marcus Vinícius Crepaldi, Diretor Geral da Faculdade de Tecnologia do Ipê FAIPE no uso das atribuições que lhe confere o Regimento Interno e, considerando

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRUSQUE UNIFEBE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO PROPPEX EDITAL PROPPEX N 13/2015

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRUSQUE UNIFEBE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO PROPPEX EDITAL PROPPEX N 13/2015 CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BRUSQUE UNIFEBE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO PROPPEX EDITAL PROPPEX N 13/2015 ESTABELECE CRITÉRIOS DE SELEÇÃO ÀS VAGAS PARA O CURSO DE EXTENSÃO DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL Nº 018 de 12 de maio de 2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL Nº 018 de 12 de maio de 2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA EDITAL Nº 018 de 12 de maio de 2014 ABERTURA DE INSCRIÇÃO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS, NOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EAD DA UFSM NO SEGUNDO SEMESTRE

Leia mais

Matrículas 1º semestre letivo de 2014

Matrículas 1º semestre letivo de 2014 EDITAL 17/2013 PRÓ-REITORIA ACADÊMICA Matrículas 1º semestre letivo de 2014 O UDF - Centro Universitário torna público o Edital de Matrícula dos Cursos de Graduação para o 1º semestre letivo de 2014, a

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2016 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM O Universitário Módulo, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover Processo Seletivo

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Engenharia Biomédica

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Engenharia Biomédica EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2014 Coordenador: Prof. Dr. Luiz Carlos de Campos Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Annie France Frere Slaets Estarão abertas, no período de 14/04/2014 a 05/05/2014, as

Leia mais

FACULDADE JOAQUIM NABUCO-UNIDADE RECIFE MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1

FACULDADE JOAQUIM NABUCO-UNIDADE RECIFE MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 FACULDADE JOAQUIM NABUCO-UNIDADE RECIFE MANTIDA PELO GRUPO SER EDUCACIONAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015.1 Credenciamento - Ato autorizativo Portaria Nº 998 de 22/10/2007, publicada no DOU em 23/10/2007

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2015 Coordenador: Prof. Dr. Antônio Corrêa de Lacerda Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Regina Maria d Aquino Fonseca Gadelha Estarão abertas, no período de 01/04/2015 a

Leia mais

FACULDADE TOBIAS BARRETO MANTIDA PELA SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA DE SERGIPE LTDA- SESPS

FACULDADE TOBIAS BARRETO MANTIDA PELA SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA DE SERGIPE LTDA- SESPS FACULDADE TOBIAS BARRETO MANTIDA PELA SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA DE SERGIPE LTDA- SESPS CREDENCIAMENTO: PORTARIA MEC Nº 601 DE 20.05.2008, DOU 21DE MAIO DE 2008 SEÇÃO I. EDITAL DO PROCESSO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA A Universidade Cidade de São Paulo UNICID, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12/12/2007, resolve promover

Leia mais

1. Objetivo. 2. Elegíveis

1. Objetivo. 2. Elegíveis 1. Objetivo Estabelecer diretrizes, critérios e condições para a concessão de bolsa integral das mensalidades para cursar 1 (um) semestre, por meio de intercâmbio em uma das instituições de Ensino Superior

Leia mais

MANUAL BOLSISTA. Núcleo de Atenção Solidária NAS

MANUAL BOLSISTA. Núcleo de Atenção Solidária NAS MANUAL DO BOLSISTA Núcleo de Atenção Solidária NAS Sumário 1 - Bolsa de Estudo... 2 2 - Tipos de Bolsas de Estudo... 2 - ProUni... 2 Eventuais Programas de Bolsas de Estudo:... 2 - Vestibular Social....

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE PO Procedimento Operacional

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE PO Procedimento Operacional CONCESSÃO DE BENEFÍCIOS AOS COLABORADORES PO. 12 00 1 / 7 1. OBJETIVOS O Crea-GO, visando atrair e melhorar o índice de retenção de colaboradores, institui a concessão de benefícios, mediante a adoção

Leia mais

NORMAS E CRONOGRAMA DE RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA PARA O 2º SEMESTRE DE 2015 1. CRONOGRAMA DA RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA PARA O 2º SEMESTRE DE 2015

NORMAS E CRONOGRAMA DE RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA PARA O 2º SEMESTRE DE 2015 1. CRONOGRAMA DA RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA PARA O 2º SEMESTRE DE 2015 Prezado (a) estudante, NORMAS E CRONOGRAMA DE RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA PARA O 2º SEMESTRE DE 2015 Neste documento serão apresentadas orientações sobre a renovação de matrícula para o 2º semestre de 2015.

Leia mais

Manual de Bolsas e Financiamentos Unimonte

Manual de Bolsas e Financiamentos Unimonte Manual de Bolsas e Financiamentos Unimonte 1. FINANCIAMENTOS 1.1. PRAVALER O Crédito Universitário PRAVALER é um programa privado de financiamento de graduação presencial implantado em parceria com instituições

Leia mais

RELAÇÃO DOS BENEFÍCIOS CONCEDIDOS

RELAÇÃO DOS BENEFÍCIOS CONCEDIDOS RELAÇÃO DOS BENEFÍCIOS CONCEDIDOS 1. BOLSA FAMÍLIA 2. BOLSA EX-ALUNO 3. BOLSA FUNDAÇÃO 4. BOLSA P.B.H. 5. BOLSA SAAE 6. BOLSA SINPRO 7. BOLSA MEDALHA 8. BOLSA CONVENIO 9. DESCONTO ALUNOS MESMA EMPRESA

Leia mais

CURSO DISCIPLINAS VAGAS

CURSO DISCIPLINAS VAGAS EDITAL Nº 14 de 23 DE FEVEREIRO DE 2015 Processo seletivo para o Programa de Monitoria no Período 2015/01 dos Cursos de Engenharia Civil e Engenharia Elétrica. A Diretoria Geral e Diretoria Acadêmica através

Leia mais

EDITAL CPG/IE-Nº 03/2014 PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO EM ECONOMIA DO TRABALHO E SINDICALISMO DO INSTITUTO DE ECONOMIA 2015

EDITAL CPG/IE-Nº 03/2014 PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO EM ECONOMIA DO TRABALHO E SINDICALISMO DO INSTITUTO DE ECONOMIA 2015 EDITAL CPG/IE-Nº 03/2014 PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO EM ECONOMIA DO TRABALHO E SINDICALISMO DO INSTITUTO DE ECONOMIA 2015 1. INTRODUÇÃO 1.1. O Coordenador da Comissão de Pós-Graduação

Leia mais

FUNDO DE APOIO AO ACADÊMICO DO ENSINO SUPERIOR REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DO FAAES - PARA INGRESSANTES SEGUNDO SEMESTRE 2014

FUNDO DE APOIO AO ACADÊMICO DO ENSINO SUPERIOR REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DO FAAES - PARA INGRESSANTES SEGUNDO SEMESTRE 2014 REGULAMENTO PARA CONCESSÃO DO FAAES - PARA INGRESSANTES SEGUNDO SEMESTRE 2014 A AJES, mantenedora da Faculdade de Administração e Ciências Contábeis do Vale do Juruena, Instituto Superior de Educação do

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO DIREÇÃO DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS E ESTUDANTIS DACE REITORIA EDITAL DO AUXÍLIO-MORADIA 2014.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO DIREÇÃO DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS E ESTUDANTIS DACE REITORIA EDITAL DO AUXÍLIO-MORADIA 2014. UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO UNIRIO DIREÇÃO DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS E ESTUDANTIS DACE REITORIA EDITAL DO AUXÍLIO-MORADIA 2014.2 Chamada para seleção de estudantes de graduação, candidatos

Leia mais

PROCESSO SELETIVO ENEM EDITAL 2016-1

PROCESSO SELETIVO ENEM EDITAL 2016-1 PROCESSO SELETIVO ENEM EDITAL 2016-1 Dúvidas mais Frequentes 1. O que é Processo Seletivo ENEM? É o processo que oferece vagas aos candidatos que pretendem cursar a Faculdade a partir de Fevereiro/2016,

Leia mais

RESOLVE, TITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

RESOLVE, TITULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES RESOLUÇÃO COP Nº 003/2015 REGULAMENTA AS CONDIÇÕES PARA CONCESSÃO E MANUTENÇÃO DAS MODALIDAES DE BOLSAS DE ESTUDO E DESCONTOS EDUCACIONAIS DA FACULDADE METROPOLITANA DE ANÁPOLIS O Presidente do Conselho

Leia mais

REGULAMENTO DE BOLSAS E BENEFÍCIOS PARA O ANO DE 2015

REGULAMENTO DE BOLSAS E BENEFÍCIOS PARA O ANO DE 2015 REGULAMENTO DE BOLSAS E BENEFÍCIOS PARA O ANO DE 2015 Bacabal 2015 REGULAMENTO DE BOLSAS E BENEFÍCIOS DO OBJETIVO Art. 1º Este Regulamento estabelece as regras gerais do Programa de Bolsas e Benefícios

Leia mais

Faculdade de Ciências Humanas e Sociais

Faculdade de Ciências Humanas e Sociais EDITAL Nº 001//2015 O Colegiado de Engenharia Civil torna público o edital para o Programa de Monitoria nas áreas de química, física, cálculo e desenho técnico. A monitoria foi criada com o intuito de

Leia mais

Parágrafo único - Exige-se que os candidatos mencionados nos incisos I e II tenham sido aprovados em alguma disciplina na IES de origem.

Parágrafo único - Exige-se que os candidatos mencionados nos incisos I e II tenham sido aprovados em alguma disciplina na IES de origem. RESOLUÇÃO GR 44, de 7-8-2013 Dispõe sobre normas para o Processo Seletivo Aberto a Graduados ou Alunos Regularmente Matriculados em Instituições de Ensino Superior (Processo Seletivo para as Vagas Remanescentes

Leia mais

SETOR DE ATENDIMENTO AO ALUNO S.A.A. PROGRAMA INTERNO DE BOLSAS DE ESTUDO CARÊNCIA. REGULAMENTO TÍTULO I DOS FINS DA BOLSA

SETOR DE ATENDIMENTO AO ALUNO S.A.A. PROGRAMA INTERNO DE BOLSAS DE ESTUDO CARÊNCIA. REGULAMENTO TÍTULO I DOS FINS DA BOLSA SETOR DE ATENDIMENTO AO ALUNO S.A.A. PROGRAMA INTERNO DE BOLSAS DE ESTUDO CARÊNCIA. REGULAMENTO TÍTULO I DOS FINS DA BOLSA O Conselho Universitário da Universidade do Oeste Paulista UNOESTE, regulamenta

Leia mais

Parágrafo único - Exige-se que os candidatos mencionados nos incisos I e II tenham sido aprovados em alguma disciplina na IES de origem.

Parágrafo único - Exige-se que os candidatos mencionados nos incisos I e II tenham sido aprovados em alguma disciplina na IES de origem. RESOLUÇÃO GR 27/2014 Dispõe sobre normas para o Processo Seletivo Aberto a Graduados ou Alunos Regularmente Matriculados em Instituições de Ensino Superior (Processo Seletivo para as Vagas Remanescentes

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 2.865/14 DE 15 DE DEZEMBRO DE 2014

LEI MUNICIPAL Nº 2.865/14 DE 15 DE DEZEMBRO DE 2014 LEI MUNICIPAL Nº 2.865/14 DE 15 DE DEZEMBRO DE 2014 Dispõe sobre o Programa Bolsa Universitária/FESG nos Cursos de Graduação da FAFICH,e dá outras providências A CÂMARA MUNICIPAL DE GOIATUBA, Estado de

Leia mais

FIES. O que é o FIES? Quem pode solicitar o FIES? É exigido o ENEM para o FIES?

FIES. O que é o FIES? Quem pode solicitar o FIES? É exigido o ENEM para o FIES? FIES O que é o FIES? O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições

Leia mais

EDITAL DE RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA (REMATRÍCULA)

EDITAL DE RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA (REMATRÍCULA) EDITAL DE RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA (REMATRÍCULA) O Diretor Geral da Faculdade Sumaré, no uso de suas atribuições legais e regimentais, torna pública, para conhecimento do corpo discente, a abertura do período,

Leia mais

REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE - UNIBH CENTRO DE EXTENSÃO E PESQUISA - CENEP EDITAL Nº 03/2012

REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE - UNIBH CENTRO DE EXTENSÃO E PESQUISA - CENEP EDITAL Nº 03/2012 REITORIA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE - UNIBH CENTRO DE EXTENSÃO E PESQUISA - CENEP EDITAL Nº 03/2012 Seleção de bolsistas e voluntários para Projetos de Extensão Universitária O Reitor do

Leia mais

LEI N. 5.517/2008 CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES INICIAIS

LEI N. 5.517/2008 CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES INICIAIS LEI N. 5.517/2008 Dispõe sobre o Programa Bolsa Universitária/FESURV e sobre o Programa de Descontos aos Cursos de Graduação da FESURV A CÂMARA MUNICIPAL DE RIO VERDE-GO APROVA E EU SANCIONO A SEGUINTE

Leia mais

Regulamento do Programa Desconto Amigo 29.01.15

Regulamento do Programa Desconto Amigo 29.01.15 Regulamento do Programa Desconto Amigo 29.01.15 1. O QUE É O PROGRAMA DESCONTO AMIGO E NO QUE CONSISTEM SEUS BENEFÍCIOS: 1.1. De acordo com este programa, terá direito ao beneficio, consistente em desconto,

Leia mais

PROGRAMA DE CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO FAPEMIG-ESDHC MESTRADO EM DIREITO Primeiro Semestre de 2014

PROGRAMA DE CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO FAPEMIG-ESDHC MESTRADO EM DIREITO Primeiro Semestre de 2014 EDITAL Nº 01/2014 DO CURSO DE MESTRADO Edital de lançamento do PROGRAMA DE CONCESSÃO DE BOLSA DE ESTUDO CONCEDIDA PELA FAPEMIG e ESCOLA SUPERIOR DOM HELDER CÂMARA, para o ano de 2014 1 Da natureza da Bolsa

Leia mais

EDITAL Nº 01 /2014/FABEL

EDITAL Nº 01 /2014/FABEL EDITAL Nº 01 /2014/FABEL O Presidente da SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR PROFESSORA FERNANDA BICCHIERI SOARES, SESPFBS no uso de suas atribuições Estatutárias, RESOLVE: Art. 1º Tornar público o processo de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO FACULDADE NACIONAL DE DIREITO Edital Interno - Programa de Monitoria 2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO FACULDADE NACIONAL DE DIREITO Edital Interno - Programa de Monitoria 2014 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO FACULDADE NACIONAL DE DIREITO Edital Interno - Programa de Monitoria 2014 A Coordenação de Graduação da Faculdade Nacional de Direito (FND) torna público que a Pró-Reitoria

Leia mais

FIES - Dúvidas frequentes

FIES - Dúvidas frequentes FIES - Dúvidas frequentes Até quando posso solicitar o financiamento? Você pode se inscrever no FIES em qualquer período do ano, sendo que o financiamento é sempre para o semestre letivo. Há um percentual

Leia mais

7º EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA VOLUNTÁRIOS DA UNICAP Período 2014/2015

7º EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA VOLUNTÁRIOS DA UNICAP Período 2014/2015 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PERNAMBUCO - UNICAP PRÓ-REITORIA ACADÊMICA - PRAC COORDENAÇÃO GERAL DE PESQUISA CGPQ PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA 7º EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

Leia mais

RESOLUÇÃO nº 07/2014. Regulamenta o Programa Institucional De Descontos Financeiros - PIDF da Faculdade Fucapi (Instituto de Ensino Superior Fucapi)

RESOLUÇÃO nº 07/2014. Regulamenta o Programa Institucional De Descontos Financeiros - PIDF da Faculdade Fucapi (Instituto de Ensino Superior Fucapi) Regulamenta o Programa Institucional De Descontos Financeiros - PIDF da Faculdade Fucapi (Instituto de Ensino Superior Fucapi) O Presidente do CONSUP, no uso de suas atribuições regimentais, artigo 8 inciso

Leia mais

Prezado Aluno. Semestralmente os alunos que contrataram o FIES devem realizar o aditamento (a renovação) do seu contrato de financiamento.

Prezado Aluno. Semestralmente os alunos que contrataram o FIES devem realizar o aditamento (a renovação) do seu contrato de financiamento. Prezado Aluno Semestralmente os alunos que contrataram o FIES devem realizar o aditamento (a renovação) do seu contrato de financiamento. Atente-se ao seu e-mail e aos informativos no site da PUCPR, Portal

Leia mais

RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA - 1º SEMESTRE DE 2015

RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA - 1º SEMESTRE DE 2015 RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA - 1º SEMESTRE DE 2015 ORIENTAÇÕES GERAIS Processo O processo de renovação de matrícula constitui-se de três etapas válidas para todos os alunos veteranos dos cursos de graduação:

Leia mais

REGULAMENTO EXAME DE BOLSAS /2º SEMESTRE DE 2015

REGULAMENTO EXAME DE BOLSAS /2º SEMESTRE DE 2015 REGULAMENTO EXAME DE BOLSAS /2º SEMESTRE DE 2015 A, em seu contínuo trabalho de responsabilidade social e, preocupada com a comunidade na qual está inserida, criou o Processo Seletivo Principal/EXAME DE

Leia mais

Política de Bolsas e Financiamentos

Política de Bolsas e Financiamentos Política de Bolsas e Financiamentos Queremos receber bons estudantes e torná-los excelentes alunos. Olhando para o futuro, também queremos que eles sejam os melhores profissionais do mercado. Sabemos que

Leia mais

UNIFRAN Universidade de Franca PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 2/2015

UNIFRAN Universidade de Franca PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 2/2015 UNIFRAN Universidade de Franca PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO EDITAL Nº 2/2015 PROCESSO SELETIVO PARA MONITORIA A Pró-Reitora de Graduação, no uso de suas atribuições regimentais e tendo em vista o disposto

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM

PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM PROCESSO SELETIVO 1º Sem/2014 Graduação Presencial Manual do Candidato Ingresso Via ENEM A Universidade Cidade de São Paulo UNICID, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover

Leia mais

UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS CAMPUS BANDEIRANTE I, II, III E IV

UNIVERSIDADE METROPOLITANA DE SANTOS CAMPUS BANDEIRANTE I, II, III E IV REGULAMENTO DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE ESTUDOS A Reitora da Universidade Metropolitana de Santos, no uso de suas atribuições e cumprindo o que estabelece a Portaria MEC n 2, de 01 de fevereiro de 2012 e

Leia mais

CredIES IESB: a melhor alternativa para você. CRÉDITO ESTUDANTIL DO IESB CREDIES IESB MANUAL DO ALUNO

CredIES IESB: a melhor alternativa para você. CRÉDITO ESTUDANTIL DO IESB CREDIES IESB MANUAL DO ALUNO CredIES IESB: a melhor alternativa para você. CRÉDITO ESTUDANTIL DO IESB CREDIES IESB MANUAL DO ALUNO O que é o CredIes do IESB? É um crédito rotativo estudantil financiado por verbas orçamentárias próprias

Leia mais

Grupo Educacional IPEC-FAPPES. CREDENCIADO PELO MEC. DECRETO N 485 de 09/02/2006. Manual do Candidato. Vestibular FAPPES 2014

Grupo Educacional IPEC-FAPPES. CREDENCIADO PELO MEC. DECRETO N 485 de 09/02/2006. Manual do Candidato. Vestibular FAPPES 2014 Grupo Educacional IPEC-FAPPES CREDENCIADO PELO MEC. DECRETO N 485 de 09/02/2006 Manual do Candidato Vestibular FAPPES 2014 r www.fappes.edu.b 1. Disposições Gerais 1.1. O Processo Seletivo consiste na

Leia mais

DELIBERAÇÃO CONSAD Nº 045/2014

DELIBERAÇÃO CONSAD Nº 045/2014 DELIBERAÇÃO CONSAD Nº 045/2014 Autoriza a concessão de Bolsas de Estudo aos alunos de Pós-graduação, modalidade presencial, da Universidade de Taubaté matriculados no ano de 2015. O CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO,

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO À PESQUISA NA GRADUAÇÃO

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO À PESQUISA NA GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO À PESQUISA NA GRADUAÇÃO 2014.1 A Universidade Potiguar UnP, através da Pró-Reitoria Acadêmica ProAcad, torna público o presente Edital e convida o seu corpo discente

Leia mais

CONCURSO DE BOLSAS UPIS MANUAL DO CANDIDATO

CONCURSO DE BOLSAS UPIS MANUAL DO CANDIDATO CONCURSO DE BOLSAS UPIS MANUAL DO CANDIDATO PROCESSOS SELETIVOS PARA O 2º SEMESTRE DE 2014 Presidente da UPIS Dr. VICENTE NOGUEIRA Diretor Administrativo Dr. Rodolpho Assenço Diretor Financeiro Dr. Ruy

Leia mais

Política de Bolsas e Financiamentos

Política de Bolsas e Financiamentos Política de Bolsas e Financiamentos Queremos receber bons estudantes e torná-los excelentes alunos. Olhando para o futuro, também queremos que eles sejam os melhores profissionais do mercado. Sabemos que

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015 EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015 2 Edital do Processo Seletivo 2015 CAPÍTULO I DO PROCESSO SELETIVO Artigo 1º. De conformidade com o disposto na Lei 9394, de 20/12/96, Pareceres 95, de 01/12/98 e 98/99

Leia mais

O aluno receberá um Cartão de Identificação, de porte obrigatório, para acesso e uso das instalações da escola.

O aluno receberá um Cartão de Identificação, de porte obrigatório, para acesso e uso das instalações da escola. MANUAL DO ALUNO 1. CARTÃO DE ACESSO AO PRÉDIO O aluno receberá um Cartão de Identificação, de porte obrigatório, para acesso e uso das instalações da escola. Em caso de perda ou extravio do cartão, deverá

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Teologia

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Teologia EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2015 Coordenador: Prof. Dr. Boris Agustín Nef Ulloa Vice-Coordenador: Prof. Dr. Ney de Souza Estarão abertas, no período de 01/04/2015 a 24/04/2015, as inscrições para

Leia mais

Estado da Paraíba. Prefeitura Municipal de João Pessoa. Secretaria de Desenvolvimento Social EDITAL DE SELEÇÃO N.º 001/2016

Estado da Paraíba. Prefeitura Municipal de João Pessoa. Secretaria de Desenvolvimento Social EDITAL DE SELEÇÃO N.º 001/2016 Estado da Paraíba Prefeitura Municipal de João Pessoa Secretaria de Desenvolvimento Social EDITAL DE SELEÇÃO N.º 001/2016 Cumprindo o que determina a Lei Municipal 11.608/2008 que instituiu o Programa

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA MONITORIA 2013.1

EDITAL DE SELEÇÃO PARA MONITORIA 2013.1 A Faculdade Unida da Paraíba, mantida pela Sociedade Paraibana de Educação e Cultura ASPEC com sede em João Pessoa, PB, torna públicas as regras de funcionamento do sistema de Monitoria no Curso de Graduação,

Leia mais

UNIVERSIDADE DO AMAZÔNIA. Credenciado PORTARIA Nº 3.713, DE 11 DE DEEMBRO DE 2003. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016

UNIVERSIDADE DO AMAZÔNIA. Credenciado PORTARIA Nº 3.713, DE 11 DE DEEMBRO DE 2003. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016 UNIVERSIDADE DO AMAZÔNIA Credenciado PORTARIA Nº 3.713, DE 11 DE DEEMBRO DE 2003. EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2016 Com sede Av. Alcindo Cacela, 287 - Belém / PA, Rod. BR 316, Km 3- Ananindeua / PA - Trav.

Leia mais

Faculdade AGES AGENDA INSTITUCIONAL 2012-2 E 2013-1

Faculdade AGES AGENDA INSTITUCIONAL 2012-2 E 2013-1 Faculdade AGES AGENDA INSTITUCIONAL 2012-2 E 2013-1 1. INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO 2013.1 Vestibular para estudantes que não prestaram o ENEM; entrevista para candidatos com Transferência Externa,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial

PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial PROCESSO SELETIVO 2º Sem/2015 Graduação Presencial Manual do Candidato PROVA AGENDADA O Universitário Módulo, atendendo a Portaria Normativa MEC n o 40, de 12.12.2007, resolve promover Processo Seletivo

Leia mais

Manual do Candidato. Grupo Educacional LBS-FAPPES. Vestibular FAPPES 2016. WEST PLAZA R. Barão de Tefé, 247 - São Paulo - SP, 05003-100

Manual do Candidato. Grupo Educacional LBS-FAPPES. Vestibular FAPPES 2016. WEST PLAZA R. Barão de Tefé, 247 - São Paulo - SP, 05003-100 Grupo Educacional LBS-FAPPES CREDENCIADO PELO MEC. DECRETO N 485 de 09/02/2006 Manual do Candidato Vestibular FAPPES 2016 1. Disposições Gerais 1.1. O Processo Seletivo consiste na seleção e classificação

Leia mais

PRONTO ATENDIMENTO MUNICIPAL TITO BIANCHINI PAMTB SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE LAGES

PRONTO ATENDIMENTO MUNICIPAL TITO BIANCHINI PAMTB SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE LAGES PRONTO ATENDIMENTO MUNICIPAL TITO BIANCHINI PAMTB SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE LAGES EDITAL DE Nº 01/2015 DO PROCESSO SELETIVO PARA SERVIÇO VOLUNTÁRIO EXTRACURRICULAR SUPERVISIONADO DE ACADÊMICOS DE

Leia mais

1. DOS CURSOS E DAS VAGAS

1. DOS CURSOS E DAS VAGAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS PRÓ-REITORIA ESTUDANTIL PROEST PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROEX FACULDADE DE LETRAS FALE PROGRAMA CASAS DE CULTURA NO CAMPUS EDITAL Nº 01/ DE 19 DE FEVEREIRO DE PROCESSO SELETIVO

Leia mais

Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Medicina Departamento de Medicina Social

Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Medicina Departamento de Medicina Social Universidade Federal de Pelotas Faculdade de Medicina Departamento de Medicina Social CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA MODALIDADE A DISTÂNCIA - EDITAL Nº 01/2014 A Coordenação do Curso de Especialização

Leia mais

FACULDADE DE COMPUTAÇÃO DE MONTES CLAROS - FACOMP REGULAMENTO DA DIVISÃO DE CONTROLE E REGISTRO ACADÊMICO

FACULDADE DE COMPUTAÇÃO DE MONTES CLAROS - FACOMP REGULAMENTO DA DIVISÃO DE CONTROLE E REGISTRO ACADÊMICO FACULDADE DE COMPUTAÇÃO DE MONTES CLAROS - FACOMP REGULAMENTO DA DIVISÃO DE CONTROLE E REGISTRO ACADÊMICO (ATUALIZADO EM AGOSTO DE 2013) SUMÁRIO: CAPÍTULO I... 3 DA DIVISÃO DE CONTROLE E REGISTRO ACADÊMICO,

Leia mais

MANUAL DE MONITORIA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE UNAÍ - FACISA

MANUAL DE MONITORIA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE UNAÍ - FACISA MANUAL DE MONITORIA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE UNAÍ - FACISA Elaborado por: Cláudia Aparecida Sadi Ramos Maria das Neves Martins Unaí - 2010 2 SUMÁRIO INTRUDUÇÃO... 3 JUSTIFICATIVA... 4 OBJETIVO

Leia mais

Assistência Estudantil da UNICAMP Serviço de Apoio ao Estudante

Assistência Estudantil da UNICAMP Serviço de Apoio ao Estudante Assistência Estudantil da UNICAMP Serviço de Apoio ao Estudante Tire suas dúvidas 1. O que é o Programa de bolsas auxílio da Unicamp? R: É um conjunto de auxílios que a Unicamp destina à assistência estudantil,

Leia mais

FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC

FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDO FACULDADE METROPOLITANA DE CAMAÇARI FAMEC SUMÁRIO CAPÍTULO I... 1 DO PROGRAMA DE BOLSAS... 1 CAPÍTULO II... 1 DOS OBJETIVOS DO PROGRAMA... 1 CAPÍTULO III...

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE CANOINHAS Conselho Municipal de Desenvolvimento Agropecuário

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE CANOINHAS Conselho Municipal de Desenvolvimento Agropecuário PREFEITURA MUNICIPAL DE CANOINHAS SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO RURAL EDITAL DE SELEÇÃO PARA BENEFÍCIÁRIOS DE BOLSA DE ESTUDO DO COLÉGIO AGRÍCOLA CEDUP VIDAL RAMOS 2014. N.º 002/2014 O Prefeito

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA PARA AS MATRICULAS DOS CURSOS DE LATO SENSU E MBA REFERENTES AO 1º SEMESTRE DE 2016

EDITAL DE ABERTURA PARA AS MATRICULAS DOS CURSOS DE LATO SENSU E MBA REFERENTES AO 1º SEMESTRE DE 2016 EDITAL DE ABERTURA PARA AS MATRICULAS DOS CURSOS DE LATO SENSU E MBA REFERENTES AO 1º SEMESTRE DE 2016 O Professor José Cassio Soares Hungria, Reitor do UNIFIEO - Centro Universitário FIEO, mantido pela

Leia mais

EDITAL N O 01/2014 POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL POLAE PROGRAMA DE ATENDIMENTO AO ESTUDANTE EM VULNERABILIDADE SOCIAL BENEFÍCIO PERMANENTE

EDITAL N O 01/2014 POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL POLAE PROGRAMA DE ATENDIMENTO AO ESTUDANTE EM VULNERABILIDADE SOCIAL BENEFÍCIO PERMANENTE EDITAL N O 01/2014 POLÍTICA DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL POLAE PROGRAMA DE ATENDIMENTO AO ESTUDANTE EM VULNERABILIDADE SOCIAL BENEFÍCIO PERMANENTE A Diretoria Geral do Campus CAMPO MAIOR, por meio do Serviço

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR

EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2016.1 PORTADORES DE DIPLOMA DE NÍVEL SUPERIOR A Universidade Salvador UNIFACS, em conformidade com seu Regimento Geral, torna pública a abertura das inscrições

Leia mais

FEFISA FACULDADES INTEGRADAS DE SANTO ANDRÉ EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015

FEFISA FACULDADES INTEGRADAS DE SANTO ANDRÉ EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015 FEFISA FACULDADES INTEGRADAS DE SANTO ANDRÉ EDITAL DO PROCESSO SELETIVO 2015 Dr a Dinah K. Zekcer, Diretora da FEFISA Faculdades Integradas de Santo André, faz saber que se encontram abertas as inscrições

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA CAMPUS IRECÊ DEPARTAMENTO DE ENSINO COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA CAMPUS IRECÊ DEPARTAMENTO DE ENSINO COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA CAMPUS IRECÊ DEPARTAMENTO DE ENSINO COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA PROGRAMA DE MONITORIA DOS CURSOS INTEGRADOS, SUBSEQUENTES

Leia mais

FACULDADE METODISTA GRANBERY GABINETE DA DIREÇÃO PORTARIA Nº 01/2015

FACULDADE METODISTA GRANBERY GABINETE DA DIREÇÃO PORTARIA Nº 01/2015 FACULDADE METODISTA GRANBERY GABINETE DA DIREÇÃO PORTARIA Nº 01/2015 Ementa: Altera e estabelece o Regulamento Financeiro para os cursos de graduação da Faculdade Metodista Granbery. O TESOUREIRO DO INSTITUTO

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica EDITAL PARA O PROCESSO SELETIVO 2º/2014 Coordenador: Prof. Dr. Eugênio Rondini Trivinho Vice-Coordenador: Prof. Dr. José Luiz Aidar Prado Estarão abertas, no período de U14/04/2014U a U05/05/2014U, as

Leia mais

Aditamento do FIES Últimas Notícias

Aditamento do FIES Últimas Notícias Aditamento do FIES Últimas Notícias Por causa da alta demanda no sistema do FIES do governo federal, o Ministério da Educação e o FNDE anunciaram a prorrogação do prazo de renovação de contratos já vigentes.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ UNIDADE DE ATENDIMENTO AO EDUCANDO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ UNIDADE DE ATENDIMENTO AO EDUCANDO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE ESCOLA AGRÍCOLA DE JUNDIAÍ UNIDADE DE ATENDIMENTO AO EDUCANDO PROCESSO SELETIVO DE RESIDÊNCIA ESTUDANTIL, AUXÍLIO MORADIA E AUXÍLIO TRANSPORTE EDITAL Nº 03/2015

Leia mais