MANUAL PROPPG BOLSAS E AUXÍLIOS À PESQUISA DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS - UEMG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL PROPPG BOLSAS E AUXÍLIOS À PESQUISA DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS - UEMG"

Transcrição

1 MANUAL PROPPG BOLSAS E AUXÍLIOS À PESQUISA DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS - UEMG

2 SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO O MANUAL DE APOIO À PESQUISA DA UEMG OS PROGRAMAS Programas Financiados pelo CNPq Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC / CNPQ Programa Institucional de Iniciação Científica - PIBIC nas Ações Afirmativas - PIBIC - Af / CNPQ Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação - PIBITI / CNPQ Programa de Iniciação Científica Júnior ICJ / CNPQ / FAPEMIG Programa Financiados pela FAPEMIG Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC / FAPEMIG Programa Financiado pelo Governo do Estado de Minas Gerais - PROUEMG Programa Institucional de Apoio á Pesquisa da UEMG - PAPq / UEMG DAS BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DOS DIVERSOS ORGÃOS DE FOMENTO Objetivos Do Processo Seletivo Da Avaliação das Propostas Da Concessão das Bolsas Requisitos Gerais para Participação nos Programas Do aluno Do orientador Do Projeto DAS OUTRAS MODALIDADES DE AUXÍLIO GERENCIADOS PELA PROPPG Outras Modalidades Inseridas no Programa Institucional de Apoio à Pesquisa da UEMG PAPq / UEMG Bolsa de Incentivo à Pesquisa para Professor Orientador de Iniciação Científica - BPO Auxílio para Participação em Eventos Científicos para Alunos Auxílio para a Confecção de Teses e Dissertações Auxílio Complementar para Aquisição de Material de Consumo para Projetos de Pesquisa Programa de Apoio a Participação de Docentes em Eventos no País ou no Exterior PROPPG... 14

3 1 APRESENTAÇÃO As atividades de Pesquisa na Universidade do Estado de Minas Gerais UEMG são institucionalizadas, permanentes e contribuem para a atualização dos professores qualificados, a iniciação de alunos em atividade de Pesquisa, para a melhoria da formação acadêmica dos discentes e para o desenvolvimento científico, tecnológico e cultural do Estado. Essas atividades são coordenadas pela Pró-Reitoria de Pesquisa e de Pós-graduação - PROPPG que busca, no limite de suas possibilidades, cumprir as determinações contidas no Regimento Geral da UEMG. As atribuições da Pró- Reitoria, detalhadas no Decreto 45873/2011 são: I coordenar os programas de fomento, intercâmbio e divulgação da produção científica, cultural e artística e da pós-graduação no âmbito das unidades universitárias; II viabilizar parcerias com entidades e órgãos públicos e privados para o desenvolvimento das atividades de pesquisa e de pós-graduação; III coordenar os programas de apoio à pesquisa e à pós-graduação, com a finalidade de viabilizar a implementação de bolsas de iniciação científica e de pósgraduação; IV organizar e coordenar seminários de pesquisa e de iniciação científica no âmbito da UEMG; V garantir o cumprimento das normas técnicas, respeitada a legislação vigente, no que concerne à gestão acadêmica no ensino em pós-graduação; VI estimular a qualificação docente; VII fomentar a produção e a publicação científica, tecnológica, cultural e artística, bem como a apresentação de artigos em eventos científicos; VIII implementar a modalidade de educação a distância em pós-graduação; IX estimular e assessorar os processos de avaliação contínua dos cursos de pós-graduação; X implantar e gerir banco de pesquisas desenvolvidas pela UEMG;

4 XI emitir parecer a respeito do reconhecimento de títulos e da revalidação de diplomas de pós-graduados obtidos em outras instituições; XII promover a integração da pós-graduação no âmbito da UEMG e desta com outras instituições congêneres; e XIII - incentivar a qualificação docente, em intercâmbio permanente com a pósgraduação, com vistas ao maior desenvolvimento da pesquisa nos vários campi da UEMG. A Pró-Reitoria de Pesquisa e de Pós-graduação é composta de três Coordenadorias: Coordenadoria de Pesquisa; Coordenadoria de Programas de Bolsas de Pesquisa; Coordenadoria de Pós-graduação. 2 O MANUAL DE APOIO À PESQUISA DA UEMG Como parte de suas atividades, a Pró-Reitoria de Pesquisa e de Pós-graduação, operacionaliza Programas de Bolsas e Auxílios financiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico CNPq, pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais FAPEMIG e pelo Governo do Estado de Minas Gerais PROUEMG. Além disso, a Pró-Reitoria conta com o apoio da Fundação Renato Azeredo FRA. O Manual PROPPG Bolsas e Auxílios à Pesquisa da UEMG, editado pela Pró- Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, tem como objetivos informar e orientar docentes e alunos facilitando a apresentação de projetos científicos e tecnológicos para concorrer aos editais de concessão de bolsas e auxílios fornecidos por esses órgãos de fomento. 3 OS PROGRAMAS 3.1 Programas Financiados pelo CNPq Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC / CNPQ

5 O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico CNPq visa apoiar a política de Iniciação Científica desenvolvida nas Universidades, por meio da concessão de bolsas de Iniciação Científica (IC) a estudantes de graduação. Na UEMG, podem concorrer a esse programa alunos integrados na pesquisa científica matriculados nas Unidades da UEMG. A cota de bolsas de (IC) é concedida diretamente à UEMG, responsável pela seleção dos projetos dos pesquisadores interessados em orientar alunos no Programa. Os estudantes tornam-se bolsistas a partir da indicação dos orientadores Programa Institucional de Iniciação Científica - PIBIC nas Ações Afirmativas - PIBIC - Af / CNPQ O Programa Institucional de Iniciação Científica - PIBIC nas Ações Afirmativas - PIBIC - Af do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico CNPq é dirigido às universidades públicas que são beneficiárias de cotas PIBIC e que têm programa de ações afirmativas. O Programa que tem como missão complementar as ações afirmativas já existentes nas universidades. Seu objetivo é oferecer aos alunos beneficiários dessas políticas a possibilidade de participação em atividades acadêmicas de iniciação científica. Nesse Programa, são oferecidas bolsas de Iniciação Científica destinadas aos estudantes de graduação integrados na pesquisa científica matriculados nas Unidades da UEMG Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação - PIBITI / CNPQ O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico CNPq tem por objetivo estimular os jovens do ensino superior nas atividades, metodologias, conhecimentos e práticas propicias ao desenvolvimento tecnológico e processos de inovação.o Programa oferece bolsas a estudantes de graduação integrados na pesquisa científica matriculados nas Unidades da UEMG Programa de Iniciação Científica Júnior - ICJ / CNPQ / FAPEMIG

6 O Programa de Iniciação Científica Júnior ICJ, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico CNPq visa o desenvolvimento de projetos de educação científica com estudantes do Ensino Fundamental, Médio ou Profissionalizante por meio da concessão de cotas às entidades estaduais parceiras de fomento à pesquisa (nesse caso, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais FAPEMIG). O estudante deve estar regularmente matriculado no ensino fundamental, médio ou profissional de escolas públicas e ter como orientador do projeto de pesquisa um dos professores da UEMG. 3.2 Programa Financiados pela FAPEMIG Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC / FAPEMIG O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais FAPEMIG visa contribuir para o fortalecimento e consolidação científica das instituições mineiras de pesquisa e ensino, por meio da concessão de cotas institucionais de bolsas de Iniciação Científica e Tecnológica. É destinado a estudantes de graduação de todas as áreas do conhecimento, matriculados nas Unidades da UEMG. 3.3 Programa Financiado pelo Governo do Estado de Minas Gerais - PROUEMG Programa Institucional de Apoio á Pesquisa da UEMG - PAPq / UEMG O Programa Institucional de Apoio à Pesquisa da UEMG PAPq / UEMG é um subprograma do Programa de Desenvolvimento do Ensino Superior da UEMG PROUEMG, subsidiado pelo Governo do Estado de Minas Gerais. O montante de recursos destinado anualmente a este programa é definido de acordo a disponibilidade financeira do Governo. Este programa é destinado a estudantes e docentes das Unidades da UEMG e das Fundações Associadas, nos termos do Art. 129 do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias. O PAPq / UEMG prevê as seguintes modalidades de bolsas e auxílios:

7 Bolsa de Iniciação Científica para alunos de graduação - BIC; Bolsa para Professor Orientador de bolsistas de Iniciação Científica - BPO; Auxílio complementar para aquisição de material de consumo para projetos de pesquisa; Auxílio para Participação em Eventos Científicos para alunos de graduação; Auxílio para a Confecção de Teses e Dissertações. - A abertura de Editais para uma ou mais dessas modalidades e o número de bolsas e auxílios a serem implementados dar-se-ão em função da disponibilidade de recursos. - Os procedimentos adotados para operacionalização de cada uma dessas modalidades de fomento são descritos nos próximos itens. 4 DAS BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DOS DIVERSOS ORGÃOS DE FOMENTO 4.1 Objetivos Contribuir para a formação de recursos humanos para a pesquisa; incentivar alunos com vocação para a pesquisa científica e tecnológica a participar de projetos, sob a supervisão de um orientador qualificado; estimular pesquisadores produtivos a envolverem estudantes em projetos científicos e de desenvolvimento tecnológico; possibilitar maior interação entre a graduação e a pós-graduação; qualificar alunos para os programas de pós-graduação; contribuir para reduzir o tempo médio de permanência dos alunos na pósgraduação; proporcionar ao bolsista, orientado por pesquisador qualificado, a aprendizagem de técnicas e métodos de pesquisa;

8 estimular o desenvolvimento do pensar científico e da criatividade decorrentes das condições criadas pela vivência direta das situações de pesquisa; contribuir para a formação científica de recursos humanos que se dedicarão a qualquer atividade profissional. 4.3 Do Processo Seletivo O processo seletivo obedecerá à seguintes diretrizes: - A confecção dos Editais, o gerenciamento do processo seletivo e seleção de bolsistas para os programas será responsabilidade da Coordenação Geral do Programa PROPPG. - Os editais dos Programas serão publicados na página eletrônica da Universidade do Estado de Minas Gerais (www.uemg.br) e no Boletim Eletrônico da Pesquisa da Pró- Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. - A concessão de bolsas e auxílios será feita com base na análise de projetos de pesquisa apresentados por docentes, de seus currículos Lattes e dos históricos dos alunos candidatos à bolsa. - Os períodos para apresentação de propostas, os documentos e procedimentos para inscrição, os critérios para a seleção dos projetos, do orientador e bolsistas serão divulgados através de Edital. - O Edital conterá os critérios de aprovação de propostas. No caso do PAPq PROUEMG: As quotas por Unidades/Fundações Associadas não são fixas, podendo varia de um ano para o outro. O Edital contemplará critérios de distribuição de bolsas entre as Unidades da UEMG e as Fundações Associadas que considere a quantidade de alunos de graduação regularmente matriculados no 2º semestre do ano anterior.

9 No caso de não preenchimento de todas as bolsas por uma da Unidades ou uma das Fundações Associadas, as bolsas restantes serão redistribuídas pela PROPPG. As Unidades/Fundações Associadas detentoras de quotas deverão proceder a uma ampla divulgação do Edital, de seus prazos e critérios Da Avaliação das Propostas - As propostas recebidas serão distribuídas por área de conhecimento. O número de bolsas por área será fixado proporcionalmente ao número de propostas aprovadas em cada uma delas. - As propostas serão analisadas pela PROPPG, como o apoio de um Comitê Institucional de Avaliação de Projetos, constituído por professores das unidades da UEMG, preferencialmente composto por doutores considerando os critérios fixados em Edital. Quando exigido pelo órgão de fomento, os projetos também serão analisados por um Comitê Externo de Pesquisadores de outras Instituições. - No caso de PAPq/UEMG, que inclui as Fundações Associadas, a seleção de propostas será feita por Comissões Locais instituídas em cada uma das Fundações, observados a quota estabelecida e os critérios fixados nos Editais. - A avaliação das propostas de solicitação de bolsas incluirá: Titulação do docente orientador Produção em C,T & A do docente orientador nos últimos 3 anos Projeto de Pesquisa proposto pelo orientador, junto ao qual serão desenvolvidas as atividades do bolsista Plano de Trabalho do bolsista, o qual deverá estar totalmente vinculado ao projeto de pesquisa apresentado pelo orientador. - O peso atribuído a esses componentes será definido em cada Edital.

10 - As propostas que não obtiverem pontuação em um dos itens acima não poderão ser contempladas com bolsa(s). - Serão passíveis de recebimento de bolsas apenas as propostas que contiverem Projetos de Pesquisa que obtenham, no mínimo, 60% de aprovação. - Na avaliação do projeto serão considerados, entre outros, os seguintes elementos: Clareza e pertinência na colocação do problema e estabelecimento de objetivos Fundamentação teórica e justificativa Relevância acadêmica/social Metodologia: Clareza na descrição e adequação aos objetivos propostos Bibliografia pertinente, atualizada e adequadamente citada Cronograma de execução viável Adequação do Plano de Trabalho do bolsista à atividade de iniciação científica proposta - As propostas aprovadas serão ordenadas, dentro de cada área de conhecimento, pelo número decrescente de pontos. Serão contempladas as propostas classificadas dentro do número limite de bolsas disponíveis na área. 4.4 Da Concessão das Bolsas - A concessão e a implementação das bolsas, estão condicionadas à liberação das quotas de bolsas pelos órgãos de fomento (CNPq e FAPEMIG) e, no caso do PAPq - PROUEMG à disponibilidade de recursos alocados pelo Governo do Estado de Minas Gerais ao Programa. - As bolsas serão atribuídas a projetos de pesquisa aprovados nos Editais, concedidos diretamente ao beneficiário, mediante depósito em sua conta bancária, no valor definido no respectivo Edital.

11 - A bolsa é pessoal, não pode ser partilhada, e não poderá ultrapassar o tempo de duração previsto no Edital. - Nenhuma parcela da bolsa poderá ser recebida por aluno que já tiver concluído o curso. - O desligamento do bolsista deverá ser imediatamente comunicado pelo orientador. - Pagamentos indevidos deverão ser ressarcidos. 4.5 Requisitos Gerais para Participação nos Programas Abaixo, são relacionados requisitos gerias para participação nos programas quanto ao aluno, ao orientador e projeto. Além desses, cada Edital poderá conter requisitos específicos para apresentação de projetos Do aluno Estar regularmente matriculado em curso de graduação de uma das Unidades Acadêmicas da UEMG. (Essa exigência só não se aplica ao Programa BIC JR, no qual o aluno deverá estar matriculado no ensino fundamental, médio ou profissional de escolas públicas do Estado de Minas Gerais). Ser indicado pelo orientador para atuar em um projeto. Ter desempenho escolar acadêmico no mínimo BOM, nos termos do Artigo 37 do Regimento Geral da UEMG. Entende-se como tal alunos cujo desempenho escolar comprovado mediante histórico resulte em média igual ou superior a 70 (setenta) pontos Do orientador

12 Estar vinculado à UEMG durante todo o período de vigência da bolsa. Não serão consideradas elegíveis as propostas de docentes que estejam em licença ou qualquer modalidade de afastamento que vá persistir por prazo superior a 1 (um) mês após o início das bolsas. Atuar em uma linha de pesquisa definida e, preferencialmente, pertencer a um grupo de pesquisa cadastrado no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq. Responsabilizar-se pela orientação do bolsista durante a execução do projeto. Assumir o compromisso de orientar o bolsista em todas as fases do trabalho, incluindo a elaboração dos relatórios técnico-científicos, elaboração de resumos para o Seminário de Pesquisa e a elaboração de eventuais publicações. Participar do Seminário de Pesquisa como apresentador. Quando solicitado pela Pró-Reitoria, atuar como avaliador de projetos e resumos e/ou como avaliador de trabalhos durante o Seminário. Estar isento de pendências junto ao órgão concedente de fomento e junto à PROPPG/UEMG. Garantir recursos que asseguram a execução do projeto de pesquisa ao qual se vincula o bolsista Do Projeto O projeto deverá conter o(s) nome(s) do(s) bolsista(s) de iniciação científica indicado(s) pelo orientador. A indicação deverá considerar o desempenho escolar do aluno, o interesse demonstrado e a afinidade com a área de pesquisa. A cada projeto poderão ser vinculadas no máximo duas bolsas de iniciação científica em cada Edital. Cada um dos alunos indicados deverá ter um Plano de Trabalho diferente, ainda que para atuar em um mesmo projeto. Não será aceito um mesmo plano de trabalho para dois alunos. 5 DAS OUTRAS MODALIDADES DE AUXÍLIO GERENCIADOS PELA PROPPG

13 Além das Bolsas de Iniciação Científica, havendo disponibilidade de recursos e, no limite dos mesmos, a PROPPG poderá a seu critério, dependendo da verba liberada, não implementar todas as bolas e auxílios do PAPq. 5.1 Outras Modalidades Inseridas no Programa Institucional de Apoio à Pesquisa da UEMG PAPq / UEMG Bolsa de Incentivo à Pesquisa para Professor Orientador de Iniciação Científica - BPO Esta modalidade concede bolsas de incentivo à pesquisa aos professorespesquisadores da UEMG e das Fundações Associadas. As bolsas BPO serão concedidas a pesquisadores detentores de títulos de doutor ou mestre que estejam desenvolvendo projetos de pesquisa científica e tecnológica selecionados nos termos do Edital PAPq para recebimento de bolsistas de Iniciação Científica. As bolsas terão valor e duração determinados anualmente, em Edital próprio Auxílio para Participação em Eventos Científicos para Alunos Esta modalidade tem como finalidade conceder auxílio, aos alunos de graduação da UEMG e das Fundações Associadas que possibilite participação em eventos científicos no País, em especial os de Iniciação Científica, com trabalhos formalmente aceitos. Em havendo disponibilidade financeira, serão fornecidas bolsas no valor de uma mensalidade BIC, conforme previsto em Edital Auxílio para a Confecção de Teses e Dissertações Esta modalidade tem a finalidade de auxiliar os pós-graduandos na fase de confecção de dissertações e teses. O auxilio é destinado aos alunos dos cursos de pósgraduação strictu sensu da UEMG ou das Fundações Associadas que estejam com a dissertação/tese aceita para defesa. Havendo recursos, serão fornecidas bolsas no valor de uma mensalidade BIC, conforme previsto em Edital Auxílio Complementar para Aquisição de Material de Consumo para Projetos de Pesquisa

14 Ao concorrer ao PAPq com um projeto de pesquisa, o docente também poderá solicitar, caso previsto no Edital, auxílio material de consumo. A concessão deste auxílio dar-se-á apenas a projetos que tenham sido aprovados para a concessão de BIC no mesmo Edital. O valor do auxílio será fixado em Edital, em função da existência de recurso. Tendo um bolsista BIC sob sua orientação, o professor deve desenvolver a pesquisa a que se propôs mesmo que este auxílio não seja aprovado. 5.2 Programa de Apoio a Participação de Docentes em Eventos no País ou no Exterior PROPPG O objetivo deste programa é estimular a participação de professores dos quadros da UEMG em eventos técnico-científicos de abrangência nacional ou internacional, em que estejam com apresentando trabalhos científicos e que possibilitem a publicação dos resultados de pesquisa. Esse Programa é financiado com recursos destinados à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-graduação e executado no limite de sua disponibilidade de recursos. A PROPPG definirá os procedimentos para solicitação e os critérios de análise e distribuição dos mesmos, assim como realizará a seleção dos professores que receberão o auxílio.

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROPPG REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ENSINO MÉDIO

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROPPG REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ENSINO MÉDIO UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNISC PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROPPG REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ENSINO MÉDIO CAPÍTULO I DA NATUREZA DO PROGRAMA Art. 1º O Programa

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO PIC/PIBITI/UniCEUB EDITAL DE 2015

PROGRAMA DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO PIC/PIBITI/UniCEUB EDITAL DE 2015 PROGRAMA DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO PIC/PIBITI/UniCEUB EDITAL DE 2015 O reitor do Centro Universitário de Brasília UniCEUB, no uso de suas atribuições legais e estatutárias,

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ANHEMBI MORUMBI

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ANHEMBI MORUMBI EDITAL 03/2014 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA ANHEMBI MORUMBI A Pró-reitora de Pesquisa, por meio da Coordenadoria de Pesquisa da Universidade Anhembi Morumbi torna público o

Leia mais

EDITAL N 003/2015. 2.1 Para a realização da presente seleção obedecer-se-á ao seguinte cronograma:

EDITAL N 003/2015. 2.1 Para a realização da presente seleção obedecer-se-á ao seguinte cronograma: EDITAL N 003/2015 CHAMADA PARA PROCESSO SELETIVO DE BOLSISTAS PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO TECNOLÓGICA E DE INOVAÇÃO - PROBIT/FAPERGS/FACSENAI 2015 A Diretora da Faculdade de Tecnologia

Leia mais

NORMAS PARA PROGRAMAS DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE FORMAÇÃO, DE PESQUISA E TECNOLÓGICA - FAPEG-I

NORMAS PARA PROGRAMAS DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE FORMAÇÃO, DE PESQUISA E TECNOLÓGICA - FAPEG-I RESOLUÇÃO N. 001/2007 ANEXO NORMAS PARA PROGRAMAS DE CONCESSÃO DE BOLSAS DE FORMAÇÃO, DE PESQUISA E TECNOLÓGICA - FAPEG-I 1. Conceituação As normas relativas à concessão de Bolsas de Formação, de Pesquisa

Leia mais

EDITAL Nº 003/2015/PROPE SELEÇÃO DE ORIENTADORES E PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

EDITAL Nº 003/2015/PROPE SELEÇÃO DE ORIENTADORES E PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 003/2015/PROPE SELEÇÃO DE ORIENTADORES E PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PRIMEIROS PASSOS NA CIÊNCIA PROGRAMA INTEGRADO DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA ENSINO SUPERIOR E ENSINO MÉDIO

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO EDITAL Nº. 01/2015

PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO EDITAL Nº. 01/2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO EDITAL Nº. 01/2015 O Presidente da FUNCAP, Prof. Francisco César de Sá Barreto, no uso de suas atribuições estatutárias e regimentais,

Leia mais

1 Orientações 1.1 Inscrições: As inscrições poderão ser realizadas até 13 de fevereiro de 2015.

1 Orientações 1.1 Inscrições: As inscrições poderão ser realizadas até 13 de fevereiro de 2015. UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA UNISC DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL 2/2015 - PUIC Inovação Tecnológica A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPPG)

Leia mais

EDITAL PIC Nº 01/2009

EDITAL PIC Nº 01/2009 EDITAL PIC Nº 01/2009 O Reitor da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, com vistas à chamada para a seleção de bolsista/estudante de Iniciação Científica para o Programa Institucional de Iniciação

Leia mais

Regulamento Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Científica Sênior do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá

Regulamento Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Científica Sênior do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá Regulamento Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Científica Sênior do I. CONSIDERAÇÕES GERAIS ART. 1º - Este regulamento tem por objetivo orientar a apresentação, tramitação, aprovação, execução,

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA CAPÍTULO I - DA APRESENTAÇÃO E DOS OBJETIVOS DA INICIAÇÃO CIENTÍFICA Art. 1 - A atividade de Iniciação Científica integra o processo de ensinoaprendizagem

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO

PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO EDITAL Nº. 01/2008 O Presidente da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico FUNCAP, Prof. Tarcísio

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS GERENCIAS DE MANHUAÇU COORDENAÇÃO DE PROJETOS PESQUISA E EXTENSÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

FACULDADE DE CIÊNCIAS GERENCIAS DE MANHUAÇU COORDENAÇÃO DE PROJETOS PESQUISA E EXTENSÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE CIÊNCIAS GERENCIAS DE MANHUAÇU COORDENAÇÃO DE PROJETOS PESQUISA E EXTENSÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA REGULAMENTO GERAL DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE PESQUISA REGULAMENTO DO PROGRAMA UNISC DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PUIC e PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E INOVAÇÃO

Leia mais

3.3. Observatório Estadual de Economia Criativa do Amazonas (OBEC-AM), vinculado à Secretaria de Economia criativa do Ministério da Cultura (MinC).

3.3. Observatório Estadual de Economia Criativa do Amazonas (OBEC-AM), vinculado à Secretaria de Economia criativa do Ministério da Cultura (MinC). EDITAL 002/2014/PROTEC/UFAM PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA DE APOIO A INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO NO AMAZONAS - PAITI (PERÍODO DE VIGÊNCIA: DEZEMBRO/2014 a NOVEMBRO/2015) A Pró-Reitoria

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO DA USC PIBIC/PIBITI 2013/2014

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO DA USC PIBIC/PIBITI 2013/2014 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO DA USC PIBIC/PIBITI 2013/2014 A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade do Sagrado Coração torna público o

Leia mais

Promover o Ensino Superior Associado ao Desenvolvimento Sustentável de Belém e Região

Promover o Ensino Superior Associado ao Desenvolvimento Sustentável de Belém e Região Promover o Ensino Superior Associado ao Desenvolvimento Sustentável de Belém e Região Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica- PIC A iniciação científica viabiliza, aos universitários

Leia mais

PROGRAMAS INSTITUCIONAIS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA

PROGRAMAS INSTITUCIONAIS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA PROGRAMAS INSTITUCIONAIS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA 1 - APRESENTAÇÃO Com o objetivo de estimular e promover o desenvolvimento da ciência, da tecnologia e da inovação, compete à Pró - Reitoria

Leia mais

Programa Institucional de Bolsas e Auxílios para Ações de Extensão. PIBAEX

Programa Institucional de Bolsas e Auxílios para Ações de Extensão. PIBAEX Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul Programa Institucional de Bolsas e Auxílios para Ações de Extensão. PIBAEX MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Profissional

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS E AUXÍLIOS PARA ATIVIDADES DE EXTENSÃO (PIBAEX) DO INSTITUTO FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL (IFMS)

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS E AUXÍLIOS PARA ATIVIDADES DE EXTENSÃO (PIBAEX) DO INSTITUTO FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL (IFMS) PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS E AUXÍLIOS PARA ATIVIDADES DE EXTENSÃO (PIBAEX) DO INSTITUTO FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL (IFMS) CAPÍTULO I DA FINALIDADE Art. 1 O Programa Institucional de Bolsas e Auxílios

Leia mais

EDITAL 02/2014 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. PAPq - UEMG

EDITAL 02/2014 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. PAPq - UEMG EDITAL 02/2014 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PAPq - UEMG A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação - PROPPG da Universidade do Estado de Minas Gerais torna público o presente

Leia mais

UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBRA - USS Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBRA - USS Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação REGULAMENTO GERAL PARA O INCENTIVO À PESQUISA DISCENTE DA UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBRA (Homologado pelo CONSU, conforme Resolução Nº 018/2013 de 26 de setembro de 2013) TÍTULO 1 DA FINALIDADE GERAL O presente

Leia mais

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI/CNPq 2015/2016.

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI/CNPq 2015/2016. Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI/CNPq 2015/2016. Edital de nº 003/IC de 10 de junho de 2015. A Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa (PROPESP)

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUMAR

REGULAMENTO PROGRAMAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUMAR REGULAMENTO PROGRAMAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CESUMAR CAPÍTULO FINALIDADES E OBJETIVOS Art. 1º - As normas que seguem visam orientar a comunidade acadêmica quanto aos procedimentos que devem ser observados

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília EDITAL Nº 007/RIFB, DE 28 DE ABRIL DE 2015.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília EDITAL Nº 007/RIFB, DE 28 DE ABRIL DE 2015. EDITAL Nº 007/RIFB, DE 28 DE ABRIL DE 2015. SELEÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA PARA CONCESSÃO DE BOLSAS DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS E VOLUNTARIADO EM INICIAÇÃO CIENTÍFICA NAS AÇÕES AFIRMATIVAS (ENSINO

Leia mais

Edital PIICT / CNPq / Fucapi 2015-2016

Edital PIICT / CNPq / Fucapi 2015-2016 Fundação Centro de Análise Pesquisa e Inovação Tecnológica FUCAPI Faculdade Fucapi Instituto de Ensino Superior Fucapi Coordenação de Pesquisa CPESQ Programa Institucional de Iniciação Científica e Tecnológica

Leia mais

UNIVERSIDADE NILTON LINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE NILTON LINS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL INICIAÇÃO CIENTÍFICA/2015-2016 Programa de Iniciação Científica PROIC/NILTON LINS A Pró-Reitora de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade NILTON LINS, por meio da Coordenação de Iniciação Científica,

Leia mais

Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação tecnológica e inovação para o período de 2015-2016

Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação tecnológica e inovação para o período de 2015-2016 Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação tecnológica e inovação para o período de 2015-2016 O Comitê Institucional dos Programas de Iniciação Científica (CIPIC) da Universidade Federal

Leia mais

PROGRAMA DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NO CAMPUS ARARANGUÁ DO IF-SC EDITAL INTERNO- N0 XX/2010

PROGRAMA DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NO CAMPUS ARARANGUÁ DO IF-SC EDITAL INTERNO- N0 XX/2010 PROGRAMA DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NO DO IF-SC EDITAL INTERNO- N0 XX/2010 CHAMADA DE PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA EXECUÇÃO: 19 DE ABRIL DE 2010 A 10 DE MAIO DE 2010

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Educação Secretária de Educação Profissional e Tecnológica Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Educação Secretária de Educação Profissional e Tecnológica Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Ministério da Educação Secretária de Educação Profissional e Tecnológica Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLOGICO

Leia mais

EDITAL PIBIC/CNPq-IF - 2014

EDITAL PIBIC/CNPq-IF - 2014 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC-IF EDITAL PIBIC/CNPq-IF - 2014 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO INSTITUTO FLORESTAL CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS DO

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA IC/FAPESB-UNIVASF INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO EDITAL 01/2009

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA IC/FAPESB-UNIVASF INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO EDITAL 01/2009 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA IC/FAPESB-UNIVASF INSCRIÇÕES PARA O PROCESSO SELETIVO EDITAL 01/2009 A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal do Vale

Leia mais

LIGA DE ENSINO DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO UNIVERSITÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE EDITAL DE DISTRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

LIGA DE ENSINO DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO UNIVERSITÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE EDITAL DE DISTRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA LIGA DE ENSINO DO RIO GRANDE DO NORTE CENTRO UNIVERSITÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE EDITAL DE DISTRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA BOLSA PIBIC E BOLSA INSTITUCIONAL PROCESSO SELETIVO 2015-2016

Leia mais

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO - Equipe: Prof. Dr. Marcos Ventura Faria (Pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação) Prof. Dr. Ricardo Yoshimitsu Miyahara (Diretor

Leia mais

EDITAL INTERNO Nº 07 / 2013 PROGRAMA INSTITUCIONAL VOLUNTÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA PIVICT 2013-2014

EDITAL INTERNO Nº 07 / 2013 PROGRAMA INSTITUCIONAL VOLUNTÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA PIVICT 2013-2014 EDITAL INTERNO Nº 07 / 2013 PROGRAMA INSTITUCIONAL VOLUNTÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA PIVICT 2013-2014 O Pró-Reitor de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (PROPPI) do Instituto Federal de

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO (PIBIC, PIBIC - AF, PIBITI, PIBIC - EM) - PICDTI/PRPPG/UFPR

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO (PIBIC, PIBIC - AF, PIBITI, PIBIC - EM) - PICDTI/PRPPG/UFPR PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO (PIBIC, PIBIC - AF, PIBITI, PIBIC - EM) - PICDTI/PRPPG/UFPR EDITAL 2015-2016 De acordo com a Legislação Vigente, Resolução RN

Leia mais

EDITAL FAPERN/CAPES 012/2012 PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO

EDITAL FAPERN/CAPES 012/2012 PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO EDITAL FAPERN/CAPES 012/2012 PROGRAMA DE BOLSAS DE FORMAÇÃO ACADÊMICA MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO A Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte (FAPERN), vinculada à Secretaria de

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIC/ FAHOR EDITAL PIC Nº 004/2015

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIC/ FAHOR EDITAL PIC Nº 004/2015 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIC/ FAHOR EDITAL PIC Nº 004/2015 O Diretor da Faculdade Horizontina FAHOR, no uso de suas atribuições legais e Regimentais, torna público que as inscrições para a seleção

Leia mais

U N I V E R S I D A D E C A T Ó L I C A D E B R AS Í L I A P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O E P E S Q U I S A P R PG P/ U C B

U N I V E R S I D A D E C A T Ó L I C A D E B R AS Í L I A P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O E P E S Q U I S A P R PG P/ U C B U N I V E R S I D A D E C A T Ó L I C A D E B R AS Í L I A P R Ó - R E I T O R I A D E P Ó S - G R A D U A Ç Ã O E P E S Q U I S A P R PG P/ U C B REGULAMENTO GERAL DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 01/2013

RESOLUÇÃO Nº 01/2013 RESOLUÇÃO Nº 01/2013 O Prof. Dr. Osvaldo Resende, Coordenador do Programa de Pós-Graduação Stricto sensu em Ciências Agrárias-Agronomia - PPGCA-AGRO (Mestrado e Doutorado), no uso de suas atribuições legais

Leia mais

DAS BOLSAS DE INCENTIVO A QUALIFICAÇÃO DE SERVIDORES EM NÍVEL DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTU SENSU

DAS BOLSAS DE INCENTIVO A QUALIFICAÇÃO DE SERVIDORES EM NÍVEL DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTU SENSU REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INCENTIVO À QUALIFICAÇÃO DE SERVIDORES DO INSTITUTO FEDERAL DO MARANHÃO (PROQUALIS) BOLSAS EM NÍVEL DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU CAPITULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º Os objetivos

Leia mais

EDITAL N. 001/2015 PROJETO DE PESQUISA PIBIC/PIBITI/CNPQ/UNISALESIANO 2015/2016

EDITAL N. 001/2015 PROJETO DE PESQUISA PIBIC/PIBITI/CNPQ/UNISALESIANO 2015/2016 EDITAL N. 001/2015 PROJETO DE PESQUISA PIBIC/PIBITI/CNPQ/UNISALESIANO 2015/2016 A Pró-Reitoria de Pesquisa, Extensão e Ação Comunitária, no uso de suas atribuições legais, torna público o presente edital

Leia mais

EDITAL 016/2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2015

EDITAL 016/2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE SÃO PAULO CÂMPUS CAPIVARI EDITAL 016/2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2015 O Diretor do câmpus Capivari do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA-UNB DECANATO DE EXTENSÃO - DEX DIRETORIA TÉCNICA DE EXTENSÃO - DTE EDITAL Nº 05/2014 PIBEX

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA-UNB DECANATO DE EXTENSÃO - DEX DIRETORIA TÉCNICA DE EXTENSÃO - DTE EDITAL Nº 05/2014 PIBEX UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA-UNB DECANATO DE EXTENSÃO - DEX DIRETORIA TÉCNICA DE EXTENSÃO - DTE EDITAL Nº 05/2014 PIBEX O Decanato de Extensão - DEX da Universidade de Brasília - UnB torna público, no âmbito

Leia mais

NORMAS PARA INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE UNIGRAN CAPITAL

NORMAS PARA INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE UNIGRAN CAPITAL PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - PIBIC NORMAS PARA INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE UNIGRAN CAPITAL Capítulo I Da Natureza e das Finalidades Art. 1º Por Iniciação Científica

Leia mais

RESOLUÇÃO n o 35 de 16/12/2011- CAS

RESOLUÇÃO n o 35 de 16/12/2011- CAS RESOLUÇÃO n o 35 de 16/12/2011- CAS Estabelece a política de pesquisa, desenvolvimento, inovação e extensão da Universidade Positivo (UP). O CONSELHO ACADÊMICO SUPERIOR (CAS), órgão da administração superior

Leia mais

Lourisvaldo Valentim da Silva Presidente do CONSU

Lourisvaldo Valentim da Silva Presidente do CONSU RESOLUÇÃO Nº 928/2012 - Aprova o Regulamento do Programa de Bolsas de Extensão (PROBEX). Pró-Reitoria de Extensão (PROEX). O CONSELHO UNIVERSITÁRIO (CONSU) da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), no

Leia mais

EDITAL PI IPCIT - Nº001/2012 - PRPPGI/IFAM PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PI-IPCIT

EDITAL PI IPCIT - Nº001/2012 - PRPPGI/IFAM PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PI-IPCIT EDITAL PI IPCIT - Nº001/2012 - PRPPGI/IFAM PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INCENTIVO À PESQUISA CIENTÍFICA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PI-IPCIT PROJETOS DE PESQUISA CIENTÍFICA E INOVAÇÃO TECNOLÓGICA DO IFAM Maio

Leia mais

EDITAL 001/2015-DP/PROPESP/UFAM

EDITAL 001/2015-DP/PROPESP/UFAM EDITAL 001/2015-DP/PROPESP/UFAM PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (IC) (PERÍODO DE VIGÊNCIA: AGOSTO/2015 A JULHO/2016) A, em conformidade com as diretrizes dos

Leia mais

Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação científica para o período de 2015-2016

Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação científica para o período de 2015-2016 Edital para seleção de orientadores e bolsistas de iniciação científica para o período de 2015-2016 O Comitê Institucional dos Programas de Iniciação Científica (CIPIC) da Universidade Federal de Ciências

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO INSTITUTO DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO PIBITI NA ÁREA DE TELECOMUNICAÇÕES E AFINS DA UFES - 2014 O Programa Institucional de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 009/2015 CONSUP DE 01 DE JUNHO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 009/2015 CONSUP DE 01 DE JUNHO DE 2015 RESOLUÇÃO Nº 009/2015 CONSUP DE 01 DE JUNHO DE 2015 APROVA O PROGRAMA DE APOIO À PESQUISA E INOVAÇÃO DA FACULDADE TERRA NORDESTE - FATENE O DIRETOR GERAL DA FACULDADE TERRA NORDESTE - FATENE, no uso de

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE VOLTA REDONDA - UniFOA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE EXTENSÃO PIBEx

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE VOLTA REDONDA - UniFOA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE EXTENSÃO PIBEx CENTRO UNIVERSITÁRIO DE VOLTA REDONDA - UniFOA PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE EXTENSÃO PIBEx REGULAMENTO O Presidente do CONSUN e CONSEPE do Centro

Leia mais

PROEX - PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ

PROEX - PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ PROEX - PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ITAJUBÁ EDITAL N 01/2014/Unifei/PROEX, DE 28 de ABRIL de 2014, FINANCIAMENTO DE PROJETOS E PROGRAMAS DE EXTENSÃO DA UNIFEI (EDITAL RETIFICADO) A

Leia mais

SELEÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

SELEÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Associação Teresinense de Ensino S/C Ltda FACULDADE SANTO AGOSTINHO SELEÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL Nº 003/2014 A Direção Geral da Faculdade Santo Agostinho e a Coordenação de Pós-Graduação,

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PRODUÇÃO VEGETAL REGULAMENTO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO (PROPESQ) EDITAL BOLSA PROF-EMPRÉSTIMO Nº.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO (PROPESQ) EDITAL BOLSA PROF-EMPRÉSTIMO Nº. UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO (PROPESQ) EDITAL BOLSA PROF-EMPRÉSTIMO Nº. 01/2011 A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), por meio da Pró-Reitoria

Leia mais

Universidade de Brasília Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação

Universidade de Brasília Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação RESOLUÇÃO DO DECANATO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO N. 4/2006 Regulamenta o Programa de Iniciação Científica da Universidade de Brasília. O Decano de Pesquisa e Pós-Graduação, no uso das atribuições que

Leia mais

EDITAL PROPPG 14/2014 PDSE CAPES (Bolsas de doutorado sanduíche no exterior)

EDITAL PROPPG 14/2014 PDSE CAPES (Bolsas de doutorado sanduíche no exterior) EDITAL PROPPG 14/2014 PDSE CAPES (Bolsas de doutorado sanduíche no exterior) A Pró-reitora de Pesquisa e Pós Graduação PROPPG, em conjunto com a Coordenação do Programa de Pós-graduação em Fitotecnia PPGF,

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIC DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE GOIÁS Uni-ANHANGUERA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIC DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE GOIÁS Uni-ANHANGUERA REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIC DO CENTRO UNIVERSITÁRIO DE GOIÁS Uni-ANHANGUERA CAPÍTULO I DA INICIAÇÃO CIENTÍFICA Art. 1º - O Centro Universitário de Goiás Uni-ANHANGUERA, sempre sincronizado

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EDITAL 01/2015 - PRPGP/UEPB PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA UEPB/CNPq

PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EDITAL 01/2015 - PRPGP/UEPB PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA UEPB/CNPq PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EDITAL 01/2015 - PRPGP/UEPB PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA UEPB/CNPq A Reitoria da Universidade Estadual da Paraíba, por intermédio de sua Pró-Reitoria

Leia mais

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC / IUPERJ

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC / IUPERJ Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica PIBIC / IUPERJ Sumário 1. Objetivos...2 2. Do orientador...2 2.1. Requisitos...2 2.2. Compromissos e direitos...3 2.3. Sanções...4 3. Do aluno...5

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UEMA PIBIC-CNPq/UEMA/FAPEMA EDITAL UEMA/PPG Nº 03/2015

PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UEMA PIBIC-CNPq/UEMA/FAPEMA EDITAL UEMA/PPG Nº 03/2015 PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UEMA PIBIC-CNPq/UEMA/FAPEMA EDITAL UEMA/PPG Nº 03/2015 A Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Estadual do Maranhão - PPG UEMA em conjunto

Leia mais

Universidade CEUMA REITORIA Gerência de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Coordenação de Iniciação Científica

Universidade CEUMA REITORIA Gerência de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão Coordenação de Iniciação Científica PROCESSO SELETIVO DO PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA EDITAL No. 011/GPG/2015 A da Universidade CEUMA comunica aos interessados que estarão abertas, no período de 02 de setembro de 2015 a 23

Leia mais

EDITAL Nº 01/2009-DPPG

EDITAL Nº 01/2009-DPPG EDITAL Nº 01/2009-DPPG A Diretoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, no uso de suas atribuições, torna público que estão abertas as

Leia mais

Programa de Iniciação Científica da Faculdade de Tecnologia de São Vicente (PIC-FATEF)

Programa de Iniciação Científica da Faculdade de Tecnologia de São Vicente (PIC-FATEF) FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO VICENTE Programa de Iniciação Científica da Faculdade de Tecnologia de São Vicente (PIC-FATEF) Introdução O Programa de Iniciação Científica da Faculdade de Tecnologia de

Leia mais

Centro Institucional de Pesquisa

Centro Institucional de Pesquisa Centro Institucional de Pesquisa Edital do Programa de Iniciação Científica (PIC UNISANTA) 01/2014 Dispõe sobre as normas contidas no Edital processo de chamada de propostas de projetos de iniciação científica

Leia mais

CONSELHO DE ENSINO PESQUISA E EXTENSÃO DA FASETE - CEPEX REGULAMENTO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FASETE PROICSETE

CONSELHO DE ENSINO PESQUISA E EXTENSÃO DA FASETE - CEPEX REGULAMENTO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FASETE PROICSETE CONSELHO DE ENSINO PESQUISA E EXTENSÃO DA FASETE - CEPEX REGULAMENTO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FASETE PROICSETE RESOLUÇÃO CONSUP Nº 010/2005 PAULO AFONSO-BA Setembro de 2015 1 APRESENTAÇÃO A

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA TRIÂNGULO MINEIRO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇAO E INOVAÇÃO

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA TRIÂNGULO MINEIRO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇAO E INOVAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA TRIÂNGULO MINEIRO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇAO E INOVAÇÃO CONVOCAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA PARA BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, PIBIC FAPEMIG

Leia mais

Vice-Presidência de Pesquisa e Laboratórios de Referência EDITAL novas ou de renovação de Iniciação Científica todas 1. Objetivos do Programa

Vice-Presidência de Pesquisa e Laboratórios de Referência EDITAL novas ou de renovação de Iniciação Científica todas 1. Objetivos do Programa EDITAL O Vice-Presidente de Pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz (VPPLR- FIOCRUZ), responsável pelas cotas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica do Conselho Nacional de Desenvolvimento

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 20/2012, DE 14 DE AGOSTO DE 2012

RESOLUÇÃO Nº 20/2012, DE 14 DE AGOSTO DE 2012 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MEC - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO RESOLUÇÃO Nº 20/2012, DE 14 DE AGOSTO DE 2012 Aprova a regulamentação do Programa de Incentivo à Pesquisa,

Leia mais

Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Tecnológica e Inovação BIT/UFRGS - 2015/2016

Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Tecnológica e Inovação BIT/UFRGS - 2015/2016 Edital do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Tecnológica e Inovação BIT/UFRGS - 2015/2016 A Universidade Federal do Rio Grande do Sul, por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO DE GRADUAÇÃO

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO DE GRADUAÇÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO DE GRADUAÇÃO Aprovado no Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) e Conselho de Administração Superior (CAS) em 18 de junho de 2015, Processo

Leia mais

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CENTRO DE PESQUISA. PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC/USJT/CNPq 2015/2016

UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CENTRO DE PESQUISA. PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC/USJT/CNPq 2015/2016 UNIVERSIDADE SÃO JUDAS TADEU CENTRO DE PESQUISA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC/USJT/CNPq 2015/2016 EDITAL PRPPG n.º 02/2015, de 22 de maio de 2015 A Pró-Reitoria de Pesquisa

Leia mais

UNIVERSIDADE VILA VELHA ES REITORIA EDITAL Nº 10/2012 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC / UVV / FAPES

UNIVERSIDADE VILA VELHA ES REITORIA EDITAL Nº 10/2012 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC / UVV / FAPES REITORIA EDITAL Nº 10/2012 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC / UVV / FAPES O Reitor da Universidade Vila Velha faz saber a todos os interessados que estarão abertas, de 31 de maio a

Leia mais

EDITAL PRPI/IFAL N o 02/2015. PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO PIBITI/IFAL/CNPq

EDITAL PRPI/IFAL N o 02/2015. PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO EM DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO PIBITI/IFAL/CNPq SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Alagoas Reitoria PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO EDITAL PRPI/IFAL N o

Leia mais

RESOLUÇÃO FADISA N.º 03/2011 CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO (FADISA)

RESOLUÇÃO FADISA N.º 03/2011 CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO (FADISA) RESOLUÇÃO FADISA N.º 03/2011 CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO (FADISA) O Presidente do CONSELHO SUPERIOR DA FACULDADE DE DIREITO SANTO AGOSTINHO (FADISA), Professor Ms. ANTÔNIO

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO TRIÂNGULO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - PIC

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO TRIÂNGULO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - PIC EDITAL N. º 01/2014 Convocação de Projetos de Pesquisa para Programa de Iniciação Científica Unitri A Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Extensão (PPPGE) torna público o presente Edital de âmbito

Leia mais

EDITAL nº 09/15 PROGRAMA DE BOLSAS DE SUSTENTABILIDADE/RESPONSABILIDADE SOCIAL DO CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO DO CEARÁ 2015.

EDITAL nº 09/15 PROGRAMA DE BOLSAS DE SUSTENTABILIDADE/RESPONSABILIDADE SOCIAL DO CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO DO CEARÁ 2015. EDITAL nº 09/15 PROGRAMA DE BOLSAS DE SUSTENTABILIDADE/RESPONSABILIDADE SOCIAL DO CENTRO UNIVERSITÁRIO ESTÁCIO DO CEARÁ 2015. A REITORA do Centro Universitário Estácio do Ceará, no uso de suas atribuições

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS MINUTA DO REGULAMENTO DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE QUALIFICAÇÃO DE SERVIDORES DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS PIQS/IFG. Art. 1. Este Regulamento estabelece critérios

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC MINAS UNIDADE BELO HORIZONTE CAPÍTULO I DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Art. 1º - O programa de Iniciação Científica da

Leia mais

Assunto: Regulamenta o Programa Institucional de Bolsas Iniciação Científica e Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação.

Assunto: Regulamenta o Programa Institucional de Bolsas Iniciação Científica e Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação. UERJ ORDEM DE SERVIÇO OS - 01 / SR-2 / 2011 1/10 1. Apresentação A Universidade do Estado do Rio de Janeiro conta atualmente com dois Programas Insitutcionais de Bolsas: o Programa Institucional de Bolsas

Leia mais

BOLSA DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR INFORMAÇÕES GERAIS

BOLSA DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR INFORMAÇÕES GERAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS UFMG ESCOLA DE ENGENHARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SANEAMENTO, MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS BOLSA DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR INFORMAÇÕES GERAIS 2 INTRODUÇÃO

Leia mais

ITPA C P O R TO. Coppex. Coordenação de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão

ITPA C P O R TO. Coppex. Coordenação de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão Coppex ITPA C P O R TO Coordenação de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE EXTENSÃO PROBEX NORMAS E POLÍTICAS DE FOMENTO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º - O presente

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIC/FAINTVISA

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIC/FAINTVISA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIC/FAINTVISA Vitória de Santo Antão 2012 1 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DAS FACULDADES INTEGRADAS DA VITÓRIA DE SANTO ANTÃO - PIC/FAINTVISA

Leia mais

REGULAMENTO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA TOLEDO - PICT

REGULAMENTO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA TOLEDO - PICT REGULAMENTO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA TOLEDO - PICT Presidente Prudente SP 2014 CAPÍTULO I DA INTRODUÇÃO Art. 1º O Programa de Iniciação Científica da Toledo PICT, do CENTRO UNIVERSITÁRIO ANTÔNIO

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA EDITAL N 54 DE 04 DE MAIO DE 2015

PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA EDITAL N 54 DE 04 DE MAIO DE 2015 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA EDITAL N 54 DE 04 DE MAIO DE 2015 CONCURSO DE SELEÇÃO DE HISTÓRIA

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (62) 3328-1153 prp@ueg.br

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (62) 3328-1153 prp@ueg.br EDITAL INTERNO PrP 004/2014 - A (PrP) da Universidade Estadual de Goiás (UEG), tendo em vista o disposto nas Resoluções CsU n o 8/2014 e CsU n o 9/2014, torna público que estarão abertas as inscrições

Leia mais

COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EDITAL PIBIC / FAPEMIG / FTM-2015

COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EDITAL PIBIC / FAPEMIG / FTM-2015 COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EDITAL PIBIC / FAPEMIG / FTM-2015 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: PIBIC/ FAPEMIG/FTM- 2015 A Coordenação do Programa de Pós-Graduação e

Leia mais

UNEB Universidade do Estado da Bahia

UNEB Universidade do Estado da Bahia Edital nº001/2015 A Coordenadora do MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (MPEJA), no uso de suas atribuições, legais e regimentais, torna pública a abertura das inscrições para o processo

Leia mais

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Pesquisa Científica PIBIC/CNPq PIBIC-Af/CNPq BIPI/UFSC 2015/2016. EDITAL de 8 de abril de 2015

Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Pesquisa Científica PIBIC/CNPq PIBIC-Af/CNPq BIPI/UFSC 2015/2016. EDITAL de 8 de abril de 2015 Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Pesquisa Científica PIBIC/CNPq PIBIC-Af/CNPq BIPI/UFSC 2015/2016 EDITAL de 8 de abril de 2015 1 Apresentação A Pró-Reitoria de Pesquisa (PROPESQ), por intermédio

Leia mais

FUNDAÇÃO DE ENSINO E PESQUISA EM CIÊNCIAS DA SAÚDE ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE EDITAL Nº 03, DE, DE FEVEREIRO DE 2007.

FUNDAÇÃO DE ENSINO E PESQUISA EM CIÊNCIAS DA SAÚDE ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE EDITAL Nº 03, DE, DE FEVEREIRO DE 2007. FUNDAÇÃO DE ENSINO E PESQUISA EM CIÊNCIAS DA SAÚDE ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE EDITAL Nº 03, DE, DE FEVEREIRO DE 2007. O DIRETOR GERAL DA ESCOLA SUPERIOR DE CIÊNCIAS DA SAÚDE - ESCS, no uso das

Leia mais

EDITAL 009/2015 INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FACULDADE MULTIVIX-VITÓRIA

EDITAL 009/2015 INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FACULDADE MULTIVIX-VITÓRIA EDITAL 009/2015 INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FACULDADE MULTIVIX-VITÓRIA Chamada para submissão de Projetos de Iniciação Científica e Tecnológica A Direção Geral da FACULDADE BRASILEIRA MULTIVIX-Vitória,

Leia mais

2.4. A inscrição será considerada válida somente mediante o envio de todas as informações relacionadas nos itens 2.2 e 2.3.

2.4. A inscrição será considerada válida somente mediante o envio de todas as informações relacionadas nos itens 2.2 e 2.3. A UNIVERSIDADE ESTACIO DE SÁ PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PIBIC) E d i t a l d e C o n c u r s o p a r a S e l e ç ã o d e P r o j e t o s d e I n i c i a ç ã o C i e n t í

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº.03/2008

RESOLUÇÃO Nº.03/2008 FACULDADE DE CAMPINA GRANDE DO SUL Credenciada pela Portaria MEC nº 381/2001, de 05/03/2001 D.O.U. 06/03/2001 RESOLUÇÃO Nº.03/2008 Dispõe sobre o Regulamento do Programa de Iniciação Científica. O Conselho

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INCENTIVO À QUALIFICAÇÃO PROFISIONAL AOS SERVIDORES DO IFMA

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INCENTIVO À QUALIFICAÇÃO PROFISIONAL AOS SERVIDORES DO IFMA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLÓGICA DO MARANHÃO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS PRÓ-REITORIA DE PESQUISA, PÓS-GRADUAÇÃO E INOVAÇÃO REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INCENTIVO À QUALIFICAÇÃO

Leia mais

EDITAL PIBIC / CNPq/ UFF 2014/2015

EDITAL PIBIC / CNPq/ UFF 2014/2015 EDITAL PIBIC / CNPq/ UFF 2014/2015 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA A Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação PROPPI torna públicas as normas para apresentação de propostas

Leia mais

O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO aprovou e eu, Reitor, sanciono a seguinte Resolução:

O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO aprovou e eu, Reitor, sanciono a seguinte Resolução: RESOLUÇÃO CEPE Nº 174/2007 Altera o Regulamento dos Programas de Pós- Graduação Stricto sensu. processo nº 32255/2007; CONSIDERANDO a solicitação constante no O CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 069/2015, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2015.

RESOLUÇÃO Nº 069/2015, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2015. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS Conselho Superior Avenida Vicente Simões, 1111 Bairro Nova Pouso Alegre 37550-000 - Pouso Alegre/MG Fone:

Leia mais