O acesso endoscópico de DESTANDAU com tubo cirúrgico ENDOSPINE móvel

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O acesso endoscópico de DESTANDAU com tubo cirúrgico ENDOSPINE móvel"

Transcrição

1 CV /2015-PT O acesso endoscópico de DESTANDAU com tubo cirúrgico ENDOSPINE móvel Em casos de hérnias de disco de medial até lateral profundo e de estenoses espinhais lombares

2 O acesso endoscópico de DESTANDAU com o tubo cirúrgico ENDOSPINE móvel Em casos de hérnias de disco de medial até lateral profundo e estenoses espinhais lombares Hérnias discais lombares e estenoses espinhais são muito comuns. Se uma intervenção é necessária, o acesso à coluna vertebral é realizado de dorsal pela técnica cirúrgica padrão. Com o tubo cirúrgico ENDOSPINE é possível tratar endoscopicamente todos os tipos de hérnias de disco desde prolapsos mediais até laterais profundos tanto na coluna lombar e torácica quanto na cervical. Além disso, podem ser executadas descompressões de estenoses espinhas na áreas da coluna lombar. Especialmente em pacientes obesos ou em indicações mais profundas, como p. ex. em hérnias de disco foraminais ou estenoses espinhais, o tubo ENDOSPINE permite o acesso cirúrgico padrão com incisões cutâneas menores. No entanto, em comparação com o método convencional, graças à ótica integrada, o sítio cirúrgico completo é mantido continuamente dentro do campo de visão do cirurgião e ele se aproxima bastante da área do procedimento. Além do aspecto estético, o acesso pouco invasivo com o tubo cirúrgico ENDOSPINE oferece as vantagens de uma recuperação e de uma convalescença rápidas após a intervenção de forma que os pacientes possam retornar as suas atividades mais rapidamente. 2

3 Das ENDOSPINE 4 Características principais O ENDOSPINE l Duas mãos l um endoscópio l e quatro instrumentos O olhar para dentro l Visualização e monitoramento constantemente integrais das extremidades dos instrumentos l 4 graus de liberdade l Mobilidade imediata l Exposição incomparável da anatomia l Redução da ressecção óssea a um mínimo 3

4 Tratamento de hérnias de disco mediais Após uma incisão cutânea paramediana, é introduzido o tubo cirúrgico ENDOSPINE no sentido do arco vertebral posterior. Durante a ressecção óssea, uma porção da lâmina superior e da articulação intervertebral é retirada de forma que o saco dural e a raiz nervosa sejam expostos. O ligamento longitudinal posterior também precisa ser ressecado. Após a identificação da raiz nervosa, ela é empurrada cuidadosamente com auxílio de um protetor neural integrado ao sistema. O tecido do disco intervertebral prolapsado é empurrado para fora com uma espátula e retirado com uma pinça de apreensão. 4

5 Hérnias de disco foraminais e extraforaminais A incisão cutânea paramedial é realizada nesse caso 1 cm mais acima no sentido cranial do que em hérnias de disco mediais. O tubo cirúrgico aponta para o forame na altura da saída da raiz nervosa, logo acima do espaço do disco. O limite lateral do istmo é exposto. O protetor neural, que nesse tipo de intervenção não é usado como tal, pode ser porém empregado como afastador muscular. Para tanto, o afastador é invertido e introduzido junto ao tubo cirúrgico na peça de trabalho para empurrar os músculos paravertebrais no sentido lateral. Após a ressecção óssea com auxílio de uma pinça punch de KERRISON, o ligamento é exposto e retirado. A dissecção ao redor da raiz nervosa leva à hérnia de disco. Após a retirada da hérnia de disco com a pinça de apreensão, a raiz nervosa se encontra novamente descomprimida. * *: Hérnia de disco N N: Raiz nevosa 5

6 Tratamento da estenose espinhal lombar A estenose espinhal é responsável pelo claudicatio radicularis e é, provavelmente, a causa mais comum de problemas de mobilidade em idosos. Quando o diagnóstico é feito antes do surgimento de sintomas neurológicos, é possível que o paciente possa recuperar rapidamente a sua autonomia através de uma cirurgia de descompressão. A técnica endoscópica é útil para manter o trauma cirúrgico o menor possível e para poder realizar o tratamento cirúrgico em pacientes idosos para os quais a perda da capacidade de andar leva a graves complicações. O objetivo do sistema ENDOSPINE móvel é obter um alívio bilateral através de um acesso endoscópico dorsal unilateral. A cirurgia pode ser realizada sob anestesia espinhal ou sob anestesia geral. A finalidade dessa técnica cirúrgica é a descompressão bilateral através de um acesso unilateral. Em princípio, o acesso é realizado como no caso de uma hérnia de disco medial, preferencialmente no lado esquerdo. Uma porção da lâmina superior e da parte medial da articulação intervertebral é ressecado para expor o saco dural. A extensão lateral do ligamento amarelo e uma porção da articulação intervertebral precisam ser retirados à medida que se avança no sentido caudal para poder descomprimir o lado esquerdo do canal espinhal e a raiz nervosa esquerda. Em seguida, através da inclinação do sistema ENDOSPINE para o outro lado, o procedimento pode ser repetido no lado direito, isto é, o lado direito do canal espinhal e a raiz nervosa direita são descomprimidos. Durante a intervenção, o saco dural é protegido com compressas de algodão. Em caso de estenoses em uma única altura, a duração da cirurgia é inferior a uma hora e a permanência no hospital é de 48 horas. Não são necessários cuidados pós-operatórios especiais. O paciente pode retornar imediatamente a sua rotina habitual. A vantagem desse procedimento é a mínima invasividade. Além disso, não requer nenhuma imobilização ou fixação com parafusos, placas ou cages. A economia daí resultante é uma vantagem em países onde há um crescimento exponencial das despesas de saúde e naqueles onde há um aumento da consciência de custo. 6

7 O objetivo da técnica cirúrgica é a descompressão bilateral através de um acesso unilateral. Em princípio, o acesso é realizado como no caso de uma hérnia de disco medial, preferencialmente no lado esquerdo. Uma porção da lâmina superior e da parte medial da articulação intervertebral é ressecado para expor o saco dural. A extensão lateral do ligamento amarelo e uma porção da articulação intervertebral precisam ser retirados à medida que se avança no sentido caudal para poder descomprimir o lado esquerdo do canal espinhal e a raiz nervosa esquerda. S: Ponta do instrumento de trabalho. S Em seguida, mediante a inclinação do tubo cirúrgico ENDOSPINE, o procedimento pode ser repetido no lado direito, isto é, o canal espinhal direito e a raiz nervosa direita são descomprimidas através do mesmo acesso. Durante a intervenção, o saco dural é protegido com compressas de algodão. N: Raiz nervosa direita L4 N N 7

8 Discectomia endoscópica Instrumental recomendado por DESTANDAU

9 Discectomia endoscópica Instrumental recomendado por DESTANDAU DL Pinça punch óssea, desmontável, corte perfurador 90 para cima, 3 mm, 18 cm de comprimento útil DF Pinça punch óssea, desmontável, corte perfurador para frente 45 para cima, 3 mm, 18 cm de comprimento útil DXH Peça de trabalho ENDOSPINE de DESTANDAU, com trava de posicionamento, com protetor neural ajustável DPH, para utilização com tubo cirúrgico ENDOSPINE DW, com canal de trabalho de 8 mm de Ø e canal de irrigação, para utilização com ótica HOPKINS AA DW Tubo cirúrgico ENDOSPINE de DESTANDAU, oval, com obturador DO, para utilização com a peça de trabalho DXH DRG Lâmina de afastador ENDOSPINE, formato cônico, 5 cm de comprimento, para utilização com tubo cirúrgico ENDOSPINE DW e DWS (não consta na ilustração) 5 * Cabo bipolar, de acordo com a unidade de cirurgia de alta frequência utilizada DC Pinça tipo colher, desmontável, robusta, oval, abertura unilateral, colher de 3 x 10 mm, 15 cm de comprimento útil DZ Pinça de coagulação bipolar TAKE-APART de MANHES, com conexão para coagulação bipolar, mandíbulas com 1 mm de largura, 5 mm de Ø, 20 cm de comprimento útil DG Cinzel, plano, reto, com empunhadura, 15 mm de largura distal, 9 cm de comprimento útil DHN Gancho palpador, rombo, extremidade distal angulada 90, gancho com 5,5 mm de comprimento, 13 cm de comprimento útil DNN Descolador, espátula ligeiramente curvada, 5 mm de largura distal, 13 cm de comprimento útil q TK w DU Trépano, com empunhadura cilíndrica, 3 mm de Ø, 22 cm de comprimento útil Tubo de aspiração de FERGUSON, angulado, com orifício de interrupção, 3,7 mm de Ø, 11 cm de comprimento útil e AA r DD t 495 NA Ótica de visão frontal panorâmica HOPKINS 0, 4 mm de Ø, 18 cm de comprimento, autoclavável, com condutor de luz de fibra ótica integrado, código de cor: verde Dispositivo de localização, para localização radiológica do acesso para o tubo cirúrgico ENDOSPINE DW Cabo de luz de fibra ótica, com conector reto, 3,5 mm de Ø, 230 cm de comprimento Container recomendado para esterilização e armazenamento: A 9

10 UNIDRIVE S III NEURO SCB UNIDRIVE S III NEURO SCB, unidade de controle de motor com tela colorida, operado por touch screen, duas saídas de motor, bomba de irrigação e módulo SCB integrados, tensão de serviço VAC, 50/60 Hz Micromotor de alta rotação, rotação máx. de rpm, inclusive cabo de conexão, para utilização com UNIDRIVE S III NEURO SCB Acessórios: Spray universal, 6 latas a 500 ml SUBSTÂNCIA PERIGOSA UN 1950 * inclui: Pulverizador * Conjunto de mangueiras, para irrigação, descartável, estéril, embalagem com 10 unidades mtp medical technical promotion gmbh, take-off GewerbePark 46, Neuhausen ob Eck/Germany, Tel.: +49 (0) , Fax: +49 (0) , 10

11 Peça de mão de broca de alta rotação, longa, angulada, rpm, para utilização com micromotor de alta rotação L Broca de alta rotação padrão, longa, 2 mm de Ø, haste com 2,35 mm de Ø, descartável, estéril, embalagem com 5 unidades, para utilização com peça de mão de broca de alta rotação, rpm, L Idem, 4 mm de Ø L Idem, 5 mm de Ø L Broca de alta rotação de diamante, longa, 4 mm de Ø, haste com 2,35 mm de Ø, descartável, estéril, embalagem com 5 unidades, para utilização com peça de mão de broca de alta rotação, rpm, L Idem, 5 mm de Ø É aconselhável certificar-se da aplicação adequada dos produtos antes de sua utilização em determinada intervenção. 11

12 KARL STORZ Marketing América do Sul Ltda. Rua Joaquim Floriano, andar - Itaim Bibi São Paulo-SP, Brasil Tel.: Fax: KARL STORZ GmbH & Co. KG Mittelstraße 8, Tuttlingen, Alemanha Postbox 230, Tuttlingen, Alemanha Telefone: +49 (0) Fax: +49 (0) CV /2015/EW-PT

ART 42 9.1 07/2014-PT. ARTHROPUMP Power. O sistema inteligente para a gestão de líquidos em Artroscopia

ART 42 9.1 07/2014-PT. ARTHROPUMP Power. O sistema inteligente para a gestão de líquidos em Artroscopia ART 42 9.1 07/2014-PT ARTHROPUMP Power O sistema inteligente para a gestão de líquidos em Artroscopia ARTHROPUMP Power O sistema inteligente para a gestão de líquidos em Artroscopia inovador simples potente

Leia mais

NAV 3 1.0 12/2015-PT KARL STORZ. NAV1 optical

NAV 3 1.0 12/2015-PT KARL STORZ. NAV1 optical NAV 3 1.0 12/2015-PT KARL STORZ NAV1 optical KARL STORZ NAV1 optical Integração com economia de espaço em qualquer sala de cirurgia Com o NAV1 optical, você se beneficia de uma solução de navegação de

Leia mais

Cirurgia endoscópica da coluna vertebral com o sistema EasyGO!

Cirurgia endoscópica da coluna vertebral com o sistema EasyGO! CV 9 9.0 06/2015-PT Cirurgia endoscópica da coluna vertebral com o sistema EasyGO! Prof. Dr. M. R. GAAB Spine Center Hannover, Alemanha Ex-diretor da Neurocirurgia, Hospital Nordstadt de Hannover Prof.

Leia mais

VET 30-5 07/2014-PT. Minilaparoscopia. Para animais com um peso inferior a 10 kg

VET 30-5 07/2014-PT. Minilaparoscopia. Para animais com um peso inferior a 10 kg VET 30-5 07/2014-PT Minilaparoscopia Para animais com um peso inferior a 10 kg Morbilidade e mortalidade reduzidas Recuperação e cicatrização mais rápidas Um conjunto básico de instrumentos para veterinários

Leia mais

BETTOCCHI Integrated Office Hysteroscope (B.I.O.H. )

BETTOCCHI Integrated Office Hysteroscope (B.I.O.H. ) EW GYN 34-6 07-2012-PT BETTOCCHI Integrated Office Hysteroscope (B.I.O.H. ) Para a histeroscopia diagnóstica e cirúrgica 2 3 "Exceda as expectativas" Em 1996 revolucionámos o mundo da histeroscopia, ao

Leia mais

UNIDRIVE S III NEURO. A solução completa para Neurocirurgia e para Cirurgia da Coluna Vertebral NEURO 28 6.0 01/2016-PT

UNIDRIVE S III NEURO. A solução completa para Neurocirurgia e para Cirurgia da Coluna Vertebral NEURO 28 6.0 01/2016-PT UNIDRIVE S III NEURO A solução completa para Neurocirurgia e para Cirurgia da Coluna Vertebral NEURO 28 6.0 01/2016-PT UNIDRIVE S III NEURO A solução completa para Neurocirurgia e para Cirurgia da Coluna

Leia mais

Laparoscopia e toracoscopia no consultório veterinário de equinos VET 22 3.0 06/2015-PT

Laparoscopia e toracoscopia no consultório veterinário de equinos VET 22 3.0 06/2015-PT Laparoscopia e toracoscopia no consultório veterinário de equinos VET 22 3.0 06/2015-PT Laparoscopia e toracoscopia no consultório veterinário de equinos Os métodos minimamente invasivos em equinos, quando

Leia mais

A nova alça renal da KARL STORZ

A nova alça renal da KARL STORZ URO 39 4.0 03/2015-PT A nova alça renal da KARL STORZ Um passo decisivo contra a isquemia quente na ressecção laparoscópica parcial do rim A nova alça renal da KARL STORZ - Um passo decisivo contra a isquemia

Leia mais

Discectomia endoscópica percutânea lombar (DEPL) e outras intervenções na coluna torácica e lombar com o sistema SpineTIP

Discectomia endoscópica percutânea lombar (DEPL) e outras intervenções na coluna torácica e lombar com o sistema SpineTIP CV 17 3.0 10/2015-PT Discectomia endoscópica percutânea lombar (DEPL) e outras intervenções na coluna torácica e lombar com o sistema SpineTIP Dr. med. Thomas Lübbers, Departamento de Neurocirurgia, Centro

Leia mais

GYN 37-1 08/2012-PT TROPHYSCOPE. de CAMPO

GYN 37-1 08/2012-PT TROPHYSCOPE. de CAMPO GYN 37-1 08/2012-PT TROPHYSCOPE de CAMPO TROPHYSCOPE de CAMPO Prefácio O novo histeroscópio compacto TROPHYSCOPE foi desenvolvido especialmente para histeroscopias no consultório e no ambulatório. Ele

Leia mais

MULTISWITCH Distribuição completa de imagem em um aparelho compacto MICRO 12 3.0 06/2015-PT

MULTISWITCH Distribuição completa de imagem em um aparelho compacto MICRO 12 3.0 06/2015-PT MULTISWITCH Distribuição completa de imagem em um aparelho compacto MICRO 12 3.0 06/2015-PT MULTISWITCH Simples Flexível Compacto Através de uma solução compacta é possível distribuir vários sinais de

Leia mais

Ótica nova e aperfeiçoada de aplicação universal para o consultório veterinário de animais de pequeno porte VET 16 7.0 07/2015-PT

Ótica nova e aperfeiçoada de aplicação universal para o consultório veterinário de animais de pequeno porte VET 16 7.0 07/2015-PT Ótica nova e aperfeiçoada de aplicação universal para o consultório veterinário de animais de pequeno porte VET 16 7.0 07/2015-PT Ótica de aplicação universal para o consultório veterinário de animais

Leia mais

Histeroscópios KARL STORZ

Histeroscópios KARL STORZ GYN 47 1.1 03/2015-PT Histeroscópios KARL STORZ Soluções diagnósticas e cirúrgicas para a histeroscopia ambulatorial BETTOCCHI Integrated Office Hysteroscope (B.I.O.H. ) Baseado em uma ótica de lentes

Leia mais

SPS Secure Portal System

SPS Secure Portal System ART 21 10.0 07/2015-PT SPS Secure Portal System Sistema de portais na artroscopia do ombro SPS Secure Portal System O sistema de portal seguro (SPS) simplifica o posicionamento de portais na artroscopia

Leia mais

Laringoscópio para operação seg. DEDO ORL 125 2.0 02/2015-PT

Laringoscópio para operação seg. DEDO ORL 125 2.0 02/2015-PT Laringoscópio para operação seg. DEDO ORL 125 2.0 02/2015-PT Laringoscópio para operação seg. DEDO A característica especial do laringoscópio seg. DEDO é o formato da extremidade proximal em forma de uma

Leia mais

ORL 88 8.0 06/2015-PT CLEARVISION II. Para a limpeza intra-operatória da lente frontal

ORL 88 8.0 06/2015-PT CLEARVISION II. Para a limpeza intra-operatória da lente frontal ORL 88 8.0 06/2015-PT CLEARVISION II Para a limpeza intra-operatória da lente frontal Sistema CLEARVISION II: Para a limpeza intra-operatória da lente frontal Realiza o seu diagnóstico ou cirurgia de forma

Leia mais

Ressectoscópios bipolares GYN 21 12.0 07/2015-PT

Ressectoscópios bipolares GYN 21 12.0 07/2015-PT Ressectoscópios bipolares GYN 21 12.0 07/2015-PT Ressecção bipolar: Cirurgia intrauterina de alta frequência mais segura e eficaz Os ressectoscópios bipolares são equipados com um eletrodo de trabalho

Leia mais

Artroscopia em animais de pequeno porte VET 18 9.0 06/2015-PT

Artroscopia em animais de pequeno porte VET 18 9.0 06/2015-PT Artroscopia em animais de pequeno porte VET 18 9.0 06/2015-PT Artroscopia em cães A artroscopia é o método padrão para realizar a maior parte das cirurgias das articulações tanto em seres humano quanto

Leia mais

Rinoplastia em perfeição

Rinoplastia em perfeição ORL 132 3.0 09/2015-PT Rinoplastia em perfeição Conjunto de Rinoplastia do Prof. G. J. Nolst Trenité Rinoplastia em perfeição Conjunto de Rinoplastia do Prof. G. J. Nolst Trenité 2 Para rinoplastia moderna,

Leia mais

Retrator modular iluminado para a cirurgia minimamente invasiva da coluna vertebral CV 14 2.0 04/2015-PT

Retrator modular iluminado para a cirurgia minimamente invasiva da coluna vertebral CV 14 2.0 04/2015-PT Retrator modular iluminado para a cirurgia minimamente invasiva da coluna vertebral CV 14 2.0 04/2015-PT Retrator modular iluminado para a cirurgia minimamente invasiva da coluna vertebral Introdução O

Leia mais

POINT SETTER * Sistema médico de sustentação universal MICRO 3-3 05/2013-PT

POINT SETTER * Sistema médico de sustentação universal MICRO 3-3 05/2013-PT POINT SETTER * Sistema médico de sustentação universal MICRO 3-3 05/2013-PT POINT SETTER * Preciso, estável, seguro, de fácil manuseio POINT SETTER * 2 3 Sistema médico de sustentação universal O sistema

Leia mais

Manuseio simples combinado com a máxima força

Manuseio simples combinado com a máxima força GYN 20-12 08/2013-PT Manuseio simpes combinado com a máxima força ROTOCUT G1 ROTOCUT G1 Com o sistema de morceadores ROTOCUT G1, a KARL STORZ oferece um sistema competo desenvovido para atender as mais

Leia mais

VITOM Um sistema de visualização único para cirurgia aberta da mão ART 54 2.0 02/2015-PT

VITOM Um sistema de visualização único para cirurgia aberta da mão ART 54 2.0 02/2015-PT VITOM Um sistema de visualização único para cirurgia aberta da mão ART 54 2.0 02/2015-PT Prefácio Em intervenções abertas na mão, utilizamos ou óculos com lupa ou trabalhamos a olho nu. Para intervenções

Leia mais

Laringoscópios Brite Blade AN 12-2 06/2014-PT

Laringoscópios Brite Blade AN 12-2 06/2014-PT Laringoscópios Brite Blade AN 12-2 06/2014-PT Espátulas laringoscópicas com luz fria Vantagens dos laringoscópios KARL STORZ O mais alto padrão de qualidade A utilização de materiais de alta qualidade,

Leia mais

Instrumentos para a reconstrução do LCP ART 40 7.0 09/2015-PT

Instrumentos para a reconstrução do LCP ART 40 7.0 09/2015-PT Instrumentos para a reconstrução do LCP ART 40 7.0 09/2015-PT Instrumentos para a reconstrução do LCP Para a reconstrução do Ligamento Cruzado Posterior (LCP) é necessário um instrumental especial. Para

Leia mais

SERVICE 2 3.0 08/2015-PT. MicroStop. Recipientes de esterilização e acessórios

SERVICE 2 3.0 08/2015-PT. MicroStop. Recipientes de esterilização e acessórios SERVICE 2 3.0 08/2015-PT MicroStop Recipientes de esterilização e acessórios Recipientes de esterilização MicroStop A ponte entre a cirurgia, o descarte, a esterilização e a armazenagem para uma rotina

Leia mais

ORL 119 11.1 10/2015-PT. Tecnologia CMOS em Otorrinolaringologia. Diagnóstico completo através da compatibilidade máxima

ORL 119 11.1 10/2015-PT. Tecnologia CMOS em Otorrinolaringologia. Diagnóstico completo através da compatibilidade máxima ORL 119 11.1 10/2015-PT Tecnologia CMOS em Otorrinolaringologia Diagnóstico completo através da compatibilidade máxima 2 Videorrinolaringoscópio CMOS O videorrinolaringoscópio CMOS da KARL STORZ é uma

Leia mais

CV 11 9.1 08/2015-PT VITOM SPINE. Um sistema de visualização único para a Cirurgia da Coluna Vertebral aberta com acesso minimamente invasivo

CV 11 9.1 08/2015-PT VITOM SPINE. Um sistema de visualização único para a Cirurgia da Coluna Vertebral aberta com acesso minimamente invasivo CV 11 9.1 08/2015-PT VITOM SPINE Um sistema de visualização único para a Cirurgia da Coluna Vertebral aberta com acesso minimamente invasivo O que é o VITOM SPINE? Com VITOM se vê mais que esperado. Intervenções

Leia mais

Simulador cirúrgico da KARL STORZ

Simulador cirúrgico da KARL STORZ NEURO 27 4.0 02/2016-PT Simulador cirúrgico da KARL STORZ para o treinamento de técnicas neurocirúrgicas endoscópicas In house Training Solutions da KARL STORZ Treinamento do uso de endoscópios diretamente

Leia mais

Invólucros estéreis para os rinofaringolaringoscópios flexíveis KARL STORZ ORL 138 2.0 05/2016-PT

Invólucros estéreis para os rinofaringolaringoscópios flexíveis KARL STORZ ORL 138 2.0 05/2016-PT Invólucros estéreis para os rinofaringolaringoscópios flexíveis KARL STORZ ORL 138 2.0 05/2016-PT Os invólucros estéreis podem ser utilizados com o rinofaringolaringoscópio flexível em exames endoscópicos

Leia mais

Otoscópio para consultórios veterinários de animais de pequeno porte VET 17 8.0 10/2015-PT

Otoscópio para consultórios veterinários de animais de pequeno porte VET 17 8.0 10/2015-PT Otoscópio para consultórios veterinários de animais de pequeno porte VET 17 8.0 10/2015-PT Otoscópio para consultórios veterinários de animais de pequeno porte A otoscopia diagnóstica é um dos principais

Leia mais

Dando valor ao que realmente importa

Dando valor ao que realmente importa Dando valor ao que realmente importa Catálogo de Produtos - COLUNA e CRÂNIO Osteomax O Osteomax é um equipamento indicado para debridação intradiscal. Este equipamento possui um Micro Motor Elétrico, o

Leia mais

UNITS 10 1.0 02/2015-PT COR. A peça central na sala de cirurgia

UNITS 10 1.0 02/2015-PT COR. A peça central na sala de cirurgia UNITS 10 1.0 02/2015-PT COR A peça central na sala de cirurgia COR A peça central para sua sala de cirurgia! Em qualquer sala de cirurgia na qual são realizadas intervenções, a unidade móvel com todos

Leia mais

ORL 134 3.0 08/2015-PT TELE PACK X LED. Estroboscopia LED em uma nova dimensão

ORL 134 3.0 08/2015-PT TELE PACK X LED. Estroboscopia LED em uma nova dimensão ORL 134 3.0 08/2015-PT TELE PACK X LED Estroboscopia LED em uma nova dimensão O TELE PACK X LED segue a tradição dos sistemas all in one da KARL STORZ. Sua área de atuação vai desde consultórios médicos

Leia mais

MICRO 6 6.0 06/2015-PT H3-M COVIEW. Cabeçote de câmera FULL HD para microscopia

MICRO 6 6.0 06/2015-PT H3-M COVIEW. Cabeçote de câmera FULL HD para microscopia MICRO 6 6.0 06/2015-PT H3-M COVIEW Cabeçote de câmera FULL HD para microscopia H3-M COVIEW SPIES TM : Cabeçote de câmera FULL HD para microscopia Aproveite seu microscópio cirúrgico ao máximo com as soluções

Leia mais

Levantamento do assoalho do seio maxilar assistido Endoscopicamente

Levantamento do assoalho do seio maxilar assistido Endoscopicamente OMFS 10 1.0 02/2015-PT Levantamento do assoalho do seio maxilar assistido Endoscopicamente (EIS Endoscopically Assisted Internal Sinus Lift) Conjunto recomendado pelo Dr. Peter SCHLEIER Levantamento do

Leia mais

MICRO 8 8.0 09/2015-PT VITOM. Um sistema de visualização único para cirurgias abertas de acesso mínimo

MICRO 8 8.0 09/2015-PT VITOM. Um sistema de visualização único para cirurgias abertas de acesso mínimo MICRO 8 8.0 09/2015-PT VITOM Um sistema de visualização único para cirurgias abertas de acesso mínimo 2 VITOM Um sistema de visualização único para cirurgia aberta de acesso mínimo O sistema VITOM é uma

Leia mais

Macro porta-agulhas de KOH LAP 63 3.0 02/2015-PT

Macro porta-agulhas de KOH LAP 63 3.0 02/2015-PT Macro porta-agulhas de KOH LAP 63 3.0 02/2015-PT Qualidade insuperável macro porta-agulhas de KOH Os macro porta-agulhas de KOH, com 5 mm de diâmetro, combinam um excelente rendimento a uma ampla gama

Leia mais

Videocistoscopia portátil da KARL STORZ

Videocistoscopia portátil da KARL STORZ URO 43 7.0 07/2015-PT Videocistoscopia portátil da KARL STORZ Faça a tecnologia de imagem digital te acompanhar 2 Soluções completas digitais Videocistoscopia portátil da KARL STORZ Com o videocistoscópio

Leia mais

Manipulador uterino seg. TINTARA

Manipulador uterino seg. TINTARA GYN 23 3.0 02/2015-PT Manipulador uterino seg. TINTARA Prof. Hatern Tintara Manipulador uterino seg. TINTARA O manipulador uterino é indispensável para a laparoscopia ginecológica. O manipulador uterino

Leia mais

Vídeo-endoscópios para animais de grande porte VET 28 3.0 08/2015-PT

Vídeo-endoscópios para animais de grande porte VET 28 3.0 08/2015-PT Vídeo-endoscópios para animais de grande porte VET 28 3.0 08/2015-PT Vídeo-endoscópios para a medicina veterinária da KARL STORZ um novo critério para a qualidade da imagem e a versatilidade Com os novos

Leia mais

LASER de hólmio CALCULASE II 20 W

LASER de hólmio CALCULASE II 20 W URO 32-9 07/2014-PT LASER de hólmio CALCULASE II 20 W Aplicações avançadas LASER de hólmio CALCULASE II 20 W Experimente o tratamento a laser exato e rápido, que satisfaz as exigências máximas da litotripsia,

Leia mais

Highlights Edição do 3. trimestre de Neurocirurgia

Highlights Edição do 3. trimestre de Neurocirurgia Highlights 2016 Edição do 3. trimestre de 2016 Neurocirurgia UNIDRIVE S III NEURO Sistema multifuncional de motores High-Speed para todas as indicações nas áreas de neurocirurgia e cirurgia da coluna vertebral

Leia mais

QUINTUS e QUINTUS ZOOM

QUINTUS e QUINTUS ZOOM EndoWorld MICRO 9 01/2013-PT QUINTUS e QUINTUS ZOOM Adaptador de TV de alto rendimento para microscópios cirúrgicos da Leica Microsystems QUINTUS e QUINTUS ZOOM Adaptador de TV de alto rendimento para

Leia mais

BioPlug 5.2 SPS Secure Portal System

BioPlug 5.2 SPS Secure Portal System EW ART 27-9 07/2014-PT BioPlug 5.2 SPS Secure Portal System Para aplicação na cabeça do úmero em cirurgias reconstrutivas do ombro BioPlug 5.2 SPS Secure Portal System Para aplicação na cabeça do úmero

Leia mais

Endoscopia em animais exóticos de pequeno porte

Endoscopia em animais exóticos de pequeno porte VET 23 7.0 08/2015-PT Endoscopia em animais exóticos de pequeno porte Conjunto para aves, répteis, anfíbios, pequenos animais domésticos e peixes Endoscopia um método indispensável no consultório de espécies

Leia mais

Novo nefroscópio percutâneo de 18/22 Fr. com canal de trabalho ampliado

Novo nefroscópio percutâneo de 18/22 Fr. com canal de trabalho ampliado URO 23 10.0 08/2015-PT Novo nefroscópio percutâneo de 18/22 Fr. com canal de trabalho ampliado Modelo Slender Nefroscopia percutânea de 18/22 Fr. Modelo Slender para retirada percutânea de cálculos renais

Leia mais

Camisas de artroscópio da KARL STORZ

Camisas de artroscópio da KARL STORZ Camisas de artroscópio da KARL STORZ para um acoplamento mais rápido e estável da ótica na camisa ART 45 6.0 07/2015/EW-PT Camisas de artroscópio da KARL STORZ para um acoplamento mais rápido e estável

Leia mais

LAP 61 4.1 06/2015-PT. Sistema D-LIGHT P. Para a avaliação por perfusão de fluorescência em anastomoses colorretais

LAP 61 4.1 06/2015-PT. Sistema D-LIGHT P. Para a avaliação por perfusão de fluorescência em anastomoses colorretais LAP 61 4.1 06/2015-PT Sistema D-LIGHT P Para a avaliação por perfusão de fluorescência em anastomoses colorretais Introdução Para visualizar alterações no corpo humano que não são perceptíveis através

Leia mais

Fazemos de grandes inovações uma realidade

Fazemos de grandes inovações uma realidade URO 44-2 06/2015-PT Fazemos de grandes inovações uma realidade Os novos ureterorrenoscópios da KARL STORZ Novas dimensões na ureterorrenoscopia Atualmente não avançar significa ficar para trás. Por isso,

Leia mais

Cabo de luz de fibra ótica

Cabo de luz de fibra ótica TP 26 10.0 07/2015-PT Cabo de luz de fibra ótica Tecnologia inovadora da KARL STORZ, iluminando a prática médica há 60 anos 2 Cabo de luz de fibra ótica para fontes de luz fria Atenção: A alta concentração

Leia mais

Pinça de coagulação e dissecção CLICKLINE Duo de SHAWKI GYN /2015-PT

Pinça de coagulação e dissecção CLICKLINE Duo de SHAWKI GYN /2015-PT Pinça de coagulação e dissecção CLICKLINE Duo de SHAWKI GYN 50 5.0 06/2015-PT Introdução: Na maioria dos procedimentos de qualquer cirurgia laparoscópica, quando uma dissecção minunciosa tem que ser feita,

Leia mais

Instrumentos para reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior com Tendões Isquiotibiais ART 39 9.0 06/2015-PT

Instrumentos para reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior com Tendões Isquiotibiais ART 39 9.0 06/2015-PT Instrumentos para reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior com Tendões Isquiotibiais ART 39 9.0 06/2015-PT Instrumentos para reconstrução do LCA Tendão do Semitendíneo e Grácil A KARL STORZ oferece uma

Leia mais

EndoWorld THOR 7-PT/06-2011. MediaFIT. A nova geração de pinças desmontáveis para a mediastinoscopia

EndoWorld THOR 7-PT/06-2011. MediaFIT. A nova geração de pinças desmontáveis para a mediastinoscopia EndoWorld THOR 7-PT/06-2011 MediaFIT A nova geração de pinças desmontáveis para a mediastinoscopia MediaFIT mais ergonomia e maior facilidade de uso O design ergonômico das novas pinças MediaFIT facilita

Leia mais

TELE PACK X LED KARL STORZ

TELE PACK X LED KARL STORZ TP 45 2.0 07/2015-PT TELE PACK X LED KARL STORZ Sistema compacto all in one com fonte de luz LED O TELE PACK X LED prossegue a tradição dos sistema portáteis all in one da KARL STORZ. Sua área de atuação

Leia mais

Instrumental básico para Artroscopia da Articulação da Mão ART /2016-PT

Instrumental básico para Artroscopia da Articulação da Mão ART /2016-PT Instrumental básico para Artroscopia da Articulação da Mão ART 62 1.1 11/2016-PT Instrumental básico para Artroscopia da Articulação da Mão 2 Estabeleça as bases para uma operação precisa e eficiente na

Leia mais

Instrumental básico para Artroscopia da Articulação da Mão ART /2016-PT

Instrumental básico para Artroscopia da Articulação da Mão ART /2016-PT Instrumental básico para Artroscopia da Articulação da Mão ART 62 1.0 05/2016-PT Instrumental básico para Artroscopia da Articulação da Mão 2 Estabeleça as bases para uma operação precisa e eficiente na

Leia mais

Highlights 2016. Edição do 2 trimestre de 2016. Otorrinolaringologia

Highlights 2016. Edição do 2 trimestre de 2016. Otorrinolaringologia Highlights 2016 Edição do 2 trimestre de 2016 Otorrinolaringologia O novo TIPCAM 1 S 3D ORL Uma dimensão à frente Ótica 3D com 4 mm de diâmetro Através de uma extraordinária exibição em três dimensões

Leia mais

URO 45 4.0 01/2016-PT VITOM. Um sistema de visualização único para cirurgias abertas de acesso mínimo em Urologia

URO 45 4.0 01/2016-PT VITOM. Um sistema de visualização único para cirurgias abertas de acesso mínimo em Urologia URO 45 4.0 01/2016-PT VITOM Um sistema de visualização único para cirurgias abertas de acesso mínimo em Urologia Prefácio Em intervenções cirúrgicas abertas para o tratamento de doenças da uretra e dos

Leia mais

Maria da Conceição M. Ribeiro

Maria da Conceição M. Ribeiro Maria da Conceição M. Ribeiro Segundo dados do IBGE, a hérnia de disco atinge 5,4 milhões de brasileiros. O problema é consequência do desgaste da estrutura entre as vértebras que, na prática, funcionam

Leia mais

Laringoscópio cirúrgico expansível de HINNI ORL 135 2.0 06/2015-PT

Laringoscópio cirúrgico expansível de HINNI ORL 135 2.0 06/2015-PT Laringoscópio cirúrgico expansível de HINNI ORL 135 2.0 06/2015-PT Supondo que um novo laringoscópio possibilite uma exposição de 100% do assoalho da língua e da área supraglótica, além de um grande espaço

Leia mais

Shaver Intrauterino Bigatti (IBS ) GYN /2016-PT

Shaver Intrauterino Bigatti (IBS ) GYN /2016-PT Shaver Intrauterino Bigatti (IBS ) GYN 48 7.0 01/2016-PT IBS, um método alternativo para cirurgia intrauterina de alta frequência No momento, a ressecção convencional pode ser considerada um procedimento

Leia mais

A série E da KARL STORz:

A série E da KARL STORz: EndoWorld UNITS 3-2-PT/07-2011 A série E da KARL STORz: Ergonómica Elegante Eficiente Carro para monitores TROLL-E O novo carro para monitores da KARL STORz oferece-lhe toda a liberdade para deslocar e

Leia mais

Endoscópio veterinário para inseminação artificial e histeroscopia VET 33 7.1 03/2016-PT

Endoscópio veterinário para inseminação artificial e histeroscopia VET 33 7.1 03/2016-PT Endoscópio veterinário para inseminação artificial e histeroscopia VET 33 7.1 03/2016-PT Uma revolução na inseminação artificial A endoscopia é o melhor método para o diagnóstico e tratamento do trato

Leia mais

Multi-Retractor de SCHÖLLHORN

Multi-Retractor de SCHÖLLHORN EndoWorld CARDIO-VAS 3-2-PT/04-2010 Multi-Retractor de SCHÖLLHORN o sistema modular de retractores para a cirurgia cardíaca moderna Multi-Retractor de SCHÖLLHORN o sistema modular de retractores para a

Leia mais

Highlights Edição do 2. trimestre de Cirurgia da Coluna Vertebral

Highlights Edição do 2. trimestre de Cirurgia da Coluna Vertebral Highlights 2016 Edição do 2. trimestre de 2016 Cirurgia da Coluna Vertebral UNIDRIVE S III NEURO Sistema de motor High-Speed multifuncional para Neurocirurgia e Cirurgia da Coluna Vertebral Características

Leia mais

EndoWorld CV 10-PT/12-2010. Foraminotomia cervical endoscópica anterior seg. Dr. DESTANDAU

EndoWorld CV 10-PT/12-2010. Foraminotomia cervical endoscópica anterior seg. Dr. DESTANDAU EndoWorld CV 10-PT/12-2010 Foraminotomia cervical endoscópica anterior seg. Dr. DESTANDAU Foraminotomia cervical endoscópica anterior seg. Dr. DESTANDAU Prefácio As doenças nos corpos vertebrais ou no

Leia mais

Histeroscopia ambulatorial

Histeroscopia ambulatorial Histeroscopia ambulatorial Histeroscópio de BETTOCCHI com instrumentos semirrígidos GYN 24-7 06/2014/EW-PT Histeroscopia ambulatorial Histeroscópio de BETTOCCHI com instrumentos semirrígidos Introdução

Leia mais

Instrumentos KARL STORZ para a ductoscopia. EndoWorld GYN 41-1 06/2014/EW-PT

Instrumentos KARL STORZ para a ductoscopia. EndoWorld GYN 41-1 06/2014/EW-PT Instrumentos KARL STORZ para a ductoscopia EndoWorld GYN 41-1 06/2014/EW-PT Prefácio A secreção dos mamilos é um sintoma frequentemente associado às doenças do peito, cuja frequência é estimada em 1 a

Leia mais

KARL STORZ AUTOCON II 400 SCB

KARL STORZ AUTOCON II 400 SCB UNITS 1 9.0 07/2015-PT KARL STORZ AUTOCON II 400 SCB Aparelhos cirúrgicos de alta frequência O novo aparelho de alta frequência AUTOCON II 400 SCB Para utilização interdisciplinar tanto em intervenções

Leia mais

Cirurgia laparoscópica da obesidade

Cirurgia laparoscópica da obesidade LAP 55.6.0 07/2015-PT Cirurgia laparoscópica da obesidade Instrumental 5/10 de CADIÈRE 2 Cirurgia laparoscópica da obesidade Instrumental 5/10 de CADIÈRE Introdução Em países industrializados, a obesidade

Leia mais

A solução completa de PDD da KARL STORZ

A solução completa de PDD da KARL STORZ URO 17-3 07/2014-PT A solução completa de PDD da KARL STORZ para diagnóstico, terapia e cuidados pós-operatórios em câncer de bexiga A solução completa de PDD da KARL STORZ para diagnóstico, terapia e

Leia mais

LAP /2015-PT. Minilaparoscopia. Instrumentos unipolares e bipolares para a Minilaparoscopia

LAP /2015-PT. Minilaparoscopia. Instrumentos unipolares e bipolares para a Minilaparoscopia LAP 66 2.0 07/2015-PT Minilaparoscopia Instrumentos unipolares e bipolares para a Minilaparoscopia Cirurgias sem cicatriz visível Minilaparoscopia A minilaparoscopia representa um método cirúrgico requisitado

Leia mais

Design compacto e imagens excelentes Os novos monitores da KARL STORZ TP 46 1.0 07/2015-PT

Design compacto e imagens excelentes Os novos monitores da KARL STORZ TP 46 1.0 07/2015-PT Design compacto e imagens excelentes Os novos monitores da KARL STORZ TP 46 1.0 07/2015-PT Uma imagem endoscópica brilhante é resultado de uma sequência de imagens de alta qualidade, perfeitamente sincronizadas

Leia mais

Instrumental para a Reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior:

Instrumental para a Reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior: ART 36 10.0 08/2015-PT Instrumental para a Reconstrução do Ligamento Cruzado Anterior: Técnica com duplo feixe Prof. Wolf Petersen, Berlim, Alemanha PD Dr. Thore Zantop, Straubing, Alemanha Instrumental

Leia mais

Uma nova geração de sistemas de Nefrectomia Parcial Endoscópica (NLP) com controle de pressão URO 47 2.0 07/2015-PT

Uma nova geração de sistemas de Nefrectomia Parcial Endoscópica (NLP) com controle de pressão URO 47 2.0 07/2015-PT Uma nova geração de sistemas de Nefrectomia Parcial Endoscópica (NLP) com controle de pressão URO 47 2.0 07/2015-PT Sistema de NLP minimamente invasivo modular de NAGELE Enquanto na era do controle de

Leia mais

GYN 40-4 07/2014-PT. VITOM Um sistema de visualização único para cirurgias de excisão com alça diatérmica

GYN 40-4 07/2014-PT. VITOM Um sistema de visualização único para cirurgias de excisão com alça diatérmica GYN 40-4 07/2014-PT VITOM Um sistema de visualização único para cirurgias de excisão com alça diatérmica O sistema VITOM para exoscopias não ambulatoriais Caros colegas, A conização com alça deve ser feita

Leia mais

Sistema LAPspay para cães e felinos

Sistema LAPspay para cães e felinos VET 32 6.0 01/2016-PT Sistema LAPspay para cães e felinos Ooforectomia / Ovariohisterectomia laparoscópicas Técnica com portal único e múltiplo Técnica LAPspay multiportal Laparoscópio padrão 62046 AA

Leia mais

Instrumentos RoBi NOVO. Pinças de apreensão e tesouras bipolares rotativas nos tamanhos 3,5 mm e 5 mm. RoBi agora. também com 3,5 mm de Ø

Instrumentos RoBi NOVO. Pinças de apreensão e tesouras bipolares rotativas nos tamanhos 3,5 mm e 5 mm. RoBi agora. também com 3,5 mm de Ø LAP 45 16.0 08/2015-PT Instrumentos RoBi Pinças de apreensão e tesouras bipolares rotativas nos tamanhos 3,5 mm e 5 mm NOVO RoBi agora também com 3,5 mm de Ø Instrumentos bipolares rotativos de 3,5 mm

Leia mais

Highlights ª Edição de Cirurgia Odontológica e Bucomaxilofacial

Highlights ª Edição de Cirurgia Odontológica e Bucomaxilofacial Highlights 2017 1.ª Edição de 2017 Cirurgia Odontológica e Bucomaxilofacial Sialendoscópios ALL-IN-ONE, modelo ERLANGEN Características especiais: Endoscópios semiflexíveis em miniatura para exploração

Leia mais

Endoscopia dos seios maxilares para implantodontistas

Endoscopia dos seios maxilares para implantodontistas OMFS 13 3.0 08/2015-PT Endoscopia dos seios maxilares para implantodontistas Prof. Dr. Hans Behrbohm, Priv.-Doz. Dr. Dr. Steffen Köhler, ZÄ Wibke Behrbohm 1. 1. Introdução do conjunto para acesso pela

Leia mais

Endoscopia rígida praticada em bovinos VET /2016-PT

Endoscopia rígida praticada em bovinos VET /2016-PT Endoscopia rígida praticada em bovinos VET 24 6.0 07/2016-PT Conjunto de telorressectoscopia de SEEH/HOSPES Desenvolvido na clínica de obstetrícia, ginecologia e andrologia para animais de grande e pequeno

Leia mais

VET /2016-PT VETPUMP 2. Sistema de irrigação e aspiração de precisão

VET /2016-PT VETPUMP 2. Sistema de irrigação e aspiração de precisão VET 26 8.0 07/2016-PT VETPUMP 2 Sistema de e de precisão Lavagem auricular tão fácil como nunca Com a VETPUMP 2 KARL STORZ você obtem um sistema seguro e altamente eficiente e. Potente, com uma regulagem

Leia mais

Instrumental para a técnica osso-tendão-osso

Instrumental para a técnica osso-tendão-osso ART 37 4.0 03/2015-PT Instrumental para a técnica osso-tendão-osso Retirada de tendão e preparação do enxerto Instrumental para a técnica osso-tendão-osso Retirada de tendão e preparação do enxerto Ao

Leia mais

TP 43 4.0 09/2015-PT IMAGE1 SPIES. IMAGE1 CONNECT e H3-LINK Your Link to Perfection

TP 43 4.0 09/2015-PT IMAGE1 SPIES. IMAGE1 CONNECT e H3-LINK Your Link to Perfection TP 43 4.0 09/2015-PT IMAGE1 SPIES IMAGE1 CONNECT e H3-LINK Your Link to Perfection 2 Da tradição KARL STORZ sempre é referência na área de aquisição de imagem endoscópica. Assim, em 2007, ela trouxe ao

Leia mais

AIDA mini. Grandes resultados em um design compacto. Small, Smart and Simple

AIDA mini. Grandes resultados em um design compacto. Small, Smart and Simple Grandes resultados em um design compacto Small, Smart and Simple AIDA mini é a mais nova solução da KARL STORZ para usuários sem muita experiência no uso de aparelhos de gravação de arquivos de imagem

Leia mais

EndoWorld OMFS 8-1-PT/02-2010. Conjunto HANNOVER para o aumento da crista alveolar

EndoWorld OMFS 8-1-PT/02-2010. Conjunto HANNOVER para o aumento da crista alveolar EndoWorld OMFS 8-1-PT/02-2010 Conjunto HANNOVER para o aumento da crista alveolar Novos métodos e técnicas do aumento biologicamente adequado da crista alveolar Transplante ósseo exacto, minimamente invasivo,

Leia mais

GUIA DO PACIENTE. Dynesys Sistema de Estabilização Dinâmica. O Sistema Dynesys é o próximo passo na evolução do tratamento da dor lombar e nas pernas

GUIA DO PACIENTE. Dynesys Sistema de Estabilização Dinâmica. O Sistema Dynesys é o próximo passo na evolução do tratamento da dor lombar e nas pernas GUIA DO PACIENTE Dynesys Sistema de Estabilização Dinâmica O Sistema Dynesys é o próximo passo na evolução do tratamento da dor lombar e nas pernas Sistema de Estabilização Dinâmica Dynesys O Sistema Dynesys

Leia mais

Sistema COLOVIEW Mainz

Sistema COLOVIEW Mainz VET 21-5 07/2014-PT Sistema COLOVIEW Mainz Conjunto para colonoscopia e retirada de biópsia em ratos e camundongos Sistema COLOVIEW Mainz Conjunto para colonoscopia e retirada de biópsia em ratos e camundongos

Leia mais

KARL STORZ OR1 TM Streaming Solutions. Estabeleça conexões

KARL STORZ OR1 TM Streaming Solutions. Estabeleça conexões KARL STORZ OR1 TM Streaming Solutions Estabeleça conexões Atualmente, a necessidade de ter acesso à sala de cirurgia e a observação do seu fluxo de trabalho exige soluções adequadas no âmbito das tecnologias

Leia mais

UNITS /2016-PT ENDOFLATOR 50. O novo insuflador de alto desempenho com elemento térmico integrado da KARL STORZ

UNITS /2016-PT ENDOFLATOR 50. O novo insuflador de alto desempenho com elemento térmico integrado da KARL STORZ UNITS 11 3.0 09/2016-PT ENDOFLATOR 50 O novo insuflador de alto desempenho com elemento térmico integrado da KARL STORZ ENDOFLATOR 50 O novo insuflador de alto desempenho com elemento térmico integrado

Leia mais

Desenvolvimento do SISTEMA NERVOSO

Desenvolvimento do SISTEMA NERVOSO Desenvolvimento do SISTEMA NERVOSO INTRODUÇÃO divisões do sistema nervoso DIVISÕES DO SISTEMA NEVOSO Sistema Nervoso Central (SNC): DERIVADO DO TUBO NEURAL consiste em encéfalo e medula espinhal Sistema

Leia mais

SISTEMA BAYLIS PARA CONTROLE DA DOR

SISTEMA BAYLIS PARA CONTROLE DA DOR SISTEMA BAYLIS PARA CONTROLE DA DOR RADIOFREQUÊNCIA (RF) NO TRATAMENTO DA DOR RF é um procedimento moderno, minimamente invasivo e seguro, bastante eficaz no tratamento da dor crônica da coluna. A RF funciona

Leia mais

ART /2015-PT SILCUT. The Art of Cutting

ART /2015-PT SILCUT. The Art of Cutting ART 25 10.0 06/2015-PT SILCUT The Art of Cutting SILCUT The Art of Cutting O corte simples Na cirurgia artroscópica é frequentemente necessário dividir, separar ou cortar estruturas teciduais. Esse processo,

Leia mais

URO /2016-PT. A porta para uma nova dimensão! Ureteroscópio flexível de 7,5 Fr.

URO /2016-PT. A porta para uma nova dimensão! Ureteroscópio flexível de 7,5 Fr. URO 22 16.0 01/2016-PT A porta para uma nova dimensão! Ureteroscópio flexível de 7,5 Fr. A porta para uma nova dimensão! Ureteroscópio flexível de 7,5 Fr. FLEX-X 2 Empunhadura mais leve e ergonômica para

Leia mais

Sistema extrator minimamente invasivo para o tendão do quadríceps ART /2015-PT

Sistema extrator minimamente invasivo para o tendão do quadríceps ART /2015-PT Sistema extrator minimamente invasivo para o tendão do quadríceps ART 52 4.0 07/2015-PT Sistema extrator minimamente invasivo para o tendão do quadríceps O tendão do quadríceps é utilizado em cirurgias

Leia mais

Highlights 2016. Edição do 1 trimestre de 2016. Otorrinolaringologia

Highlights 2016. Edição do 1 trimestre de 2016. Otorrinolaringologia Highlights 2016 Edição do 1 trimestre de 2016 Otorrinolaringologia Vídeo-otoscópio USB Diagnóstico móvel, fácil de realizar Ideal para otorrinolaringologistas e audiologistas Características Especiais:

Leia mais

Sistema para reconstrução do ligamento cruzado anterior com tendão do quadríceps e canais ósseos retangulares ART 55 2.

Sistema para reconstrução do ligamento cruzado anterior com tendão do quadríceps e canais ósseos retangulares ART 55 2. Sistema para reconstrução do ligamento cruzado anterior com tendão do quadríceps e canais ósseos retangulares ART 55 2.0 06/2015-PT O tendão do quadríceps O tendão do quadríceps é utilizado para cirurgias

Leia mais