Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download ""

Transcrição

1 Sistema de Apoio à Exploração Fleet Management System

2 Descrição Description Os utentes dos sistemas de transporte de passageiros requerem cada vez mais um serviço de elevada qualidade. A frequência de passagem e pontualidade do veículo, o conforto global disponibilizado durante a viagem e a disponibilização da informação correcta e atempada aos utentes são factores que não podem ser negligenciados na disponibilização de um serviço global e competitivo face às alternativas de transporte existentes. Cientes dessa realidade, as empresas de transporte tentam providenciar aos seus utentes um vasto serviço que ultrapassa, em muito, o simples transporte de pessoas. A EFACEC, atenta à necessidade das empresas do sector de se dotarem de modernas ferramentas para a eficiente gestão e operação dos seus serviços, desenvolveu um avançado Sistema de Apoio à Exploração (SAE), a plataforma timekeeper. Esta plataforma é composta por um Posto Central de Controlo (PCC), equipamentos embarcados nos veículos, dispositivos de informação ao público e uma rede de comunicações de suporte. O PCC, através da rede de comunicações, vai recebendo dos equipamentos embarcados informação sobre a sua localização, desenrolar do serviço de transporte e ocorrência de alarmes técnicos e de segurança. A partir das informações recebidas no PCC, o regulador implementa estratégias tendentes a manter a regularidade do serviço (horários e frequências), optimizando a utilização de recursos (veículos, condutores e combustível/energia) e minimizando os efeitos das perturbações que eventualmente possam ocorrer (congestionamentos, acidentes, avarias, etc.). É igualmente disponibilizada informação actualizada aos clientes, através dos dispositivos de informação ao público, no website das empresas, SMSs, etc.. A análise dos diversos relatórios disponibilizados pelo timekeeper, constitui um importante instrumento de planeamento operacional da actividade, controlo da regularidade e qualidade do serviço prestado e gestão dos recursos disponíveis. The users of the public transportation systems are increasingly demanding a high quality service. The passage frequency and punctuality of the vehicle, the global comfort during the journey and the accurate and on-time information to the users are important factors that cannot be neglected when delivering a global and competitive service, when compared with other transport alternatives. Aware of this reality, the transport companies try to offer their clients a broad service that goes beyond the simple conveyance of people. EFACEC, understanding the importance for transport companies to be equipped with modern tools for the efficient management and operation of their services, has developed an advanced Fleet Management System (AVLS), the timekeeper platform. This platform consists of a Central Control Post (CCP), on-board equipments, public information equipments and the communications network. The CCP, through the communications network, receives from the on-board equipments the informations about their location, transport service and occurrence of technical and safety alarms. From the information received at the CCP, it is possible to implement strategies to maintain the service regularity (schedules and frequencies), optimizing the resources (vehicles, drivers and fuel/energy) and minimizing the effects of the disturbances that could occur (traffic congestion, accidents, failures, etc.). Likewise, the accurate information on transport availability is deliver through the public information equipments, through the company's website, SMSs, etc.. The analysis of several reports made available by timekeeper is an important tool for the operational planning of activity, service quality and regularity control and management of the resources available.

3 Vantagens do Sistema System Advantages Funcionalidades Functionalities Localização precisa dos veículos e representação dos mesmos em grafo sinóptico e mapa electrónico georeferenciado (SIG) Disponibilização de informação em tempo real para: - Condutores (implementação de acções correctivas) - Regulador no PCC (implementação de acções correctivas) - Clientes (informação atempada e correcta em diversos formatos) - Autoridades/Polícia (ocorrência de alarmes de emergência com informação de localização do veículo) Regulação do serviço (por horário ou intervalo) Edição de horários e manobras de regulação Tratamento e encaminhamento de alarmes Interface com diversos sistemas de regulação rodoviária e ferroviária Produção de relatórios estatísticos costumizados Simulador de veículos (para formação, demonstração e ensaio de novos serviços) Precise location and representation of the vehicles through synoptic graph and geographic electronic map (GIS ) Real-time information available to: - Drivers (implementation of corrective actions) - Regulator in the CCP (implementation of corrective actions) - Clients (accurate and on-time information in several formats) - Authorities/Police (occurrence of emergency alarms with information on the vehicle location) Service regulation (through schedule or interval) Editing of schedule and regulation maneuvers Alarms monitorization and handling Interface with different roadway and railway regulation systems Production of several statistical reports Vehicle simulator (for formation, demonstration and testing new services) Benefícios Benefits A plataforma timekeeper é uma ferramenta essencial para empresas de transporte público, reforçando a sua actuação em 4 domínios essenciais: Qualidade de Serviço / Visibilidade, não só pelo rigor e credibilidade da informação disponibilizada (diminuindo o tempo de espera dos utentes) e pela regularidade e cumprimento dos horários, mas também pela maior segurança proporcionada aos clientes, conferindo maior competitividade ao transporte público de passageiros Produtividade, através da racionalização dos meios envolvidos e da optimização dos processos, permitindo uma planificação e gestão dos recursos mais eficaz Gestão dos Transportes Eficiente, na medida em que é uma fonte de informação essencial para os sistemas de controlo de tráfego Manutenção, em resposta à recepção de informação de estado e relatório diário de alarmes técnicos do veículo The timekeeper platform is an essential tool for public transport companies, leveraging the actuation in 4 essential domains: Quality of Service / Visibility, not only due to the reliable and credible information it provides (reducing the user wait time), and to the regularity management and schedules adherence, but also due to the highest safety to its clients leading to greater competitiveness of the passengers public transport Productivity, through a better resources rationalization and the optimization of the process and the service offered, allowing a more efficient resources planning and management Efficient Transport Management, as it is an important information source for the traffic control systems Mantainence, by receiving real-time status information and daily report of the technical alarms of the vehicle

4 Arquitectura do Sistema System Architecture A plataforma timekeeper é composta por: Equipamentos embarcados Rede de comunicações Sistemas de informação ao público Posto Central de Controlo (PCC) The timekeeper platform consists of: On-board equipments Communication network Public information systems Central Control Post (CCP) Equipamentos Embarcados On-Board Equipments Os equipamentos embarcados têm como principais funcionalidades: Localização, baseada em GPS/Galileu (mais utilizado em autocarros) ou balizas RFID (utilizado em sistemas de localização de metros /comboios), complementada com outros equipamentos existentes Comunicação rádio com o PCC (dados e voz) Interface com os outros subsistemas embarcados (bilhética, abertura de portas, contagem de passageiros, computador de bordo, painéis e megafonia, etc.) Monitorização do estado do veículo (localização, kms percorridos, carga, velocidade, consumo de combustivel, avarias, etc.) Estado do serviço (avanço/atraso ao horário, kms em serviço comercial, tempos de percurso, etc.) Identificação e estado dos condutores (tempos de condução, registo de rendições de condutor) Segurança (alarme e registo de imagens em caso de assalto, vandalismo, etc.) Informação aos passageiros (visual e sonora) The on-board equipments have as main functionalities the: Location, based on GPS/Galileo (mostly used in bus) or RFID beacons (used in subway/train systems), complemented with other available equipments Radio communication with the CCP (data and voice) Interface with the other on-board subsystems (ticketing, opening doors, passenger count, on-board computer, public information, etc.) Vehicle state monitorization (location, kilometric performance, load, speed, fuel consumption, failures, etc.) Service state (schedule delay, kms at commercial service, ride time, etc.) Crew identification and state (driving time, crew substitution record) Security (alarm and images recording in case of robbery, vandalism, etc.) Passengers information (visual and sound) Rede de Comunicações Communications Network A rede de comunicações de suporte ao timekeeper poderá ser implementada sobre rede fixa e redes Wi-Fi, trunking digital do tipo TETRA, GSM, CDMA ou combinação de várias. The communications network supporting the timekeeper platform could be implemented over the fixed network and TETRA networks, Wi-Fi, GSM, CDMA or a combination of different technologies. Informação ao Público Public Information O timekeeper actualiza automaticamente a informação nos equipamentos de informação ao público, visuais e sonoros, existentes nas estações, paragens ou embarcados. The timekeeper platform automatically updates the information on the public information (visual and sound) equipments, on stations, stops or on-board the vehicles.

5

6 Arquitectura do Sistema System Architecture Posto Central de Controlo (PCC) Central Control Post (CCP) O PCC do timekeeper constitui o núcleo central de todo o sistema de apoio à exploração, concentrando as actividades de gestão operacional: Gestão da Regulação e Circulação Gestão de Alarmes Gestão de Incidentes Informação ao Público Integração com os demais sistemas da empresa e externos: - Videovigilância - Bilhética - Supervisão de infra-estruturas - Telecontrolo de energia - Sistemas de gestão administrativa - Sistemas de geração de horários - Sistema de rádio/telefonia - Sistemas de emergência (polícia, protecção civil, etc.) A exploração do sistema é feita nos Terminais de Despacho, cujas principais funcionalidades são: Visualização das linhas em sinóptico Visualização em mapa electrónico (SIG) Modificação temporária de horários e percursos Envio de mensagens de dados para os veículos (condutores e passageiros) Comunicações de voz com o condutor do veículo e difusão de mensagens de voz para os passageiros a bordo do veículo Selecção do modo de regulação automático e acção de regulação A parametrização e extracção de relatórios com base em dados estatísticos é feita através de Terminais de Configuração e Estatísticas. Um videowall permite a visualização de qualquer écran de um posto de trabalho pelos demais reguladores, funcionalidade essencial no tratamento de situações de emergência. The timekeeper s CCP is the central core of the whole management support system, supporting the following operational management activities: Regulation and Circulation Management Alarms Management Incidents Management Public Information Integration with other systems of the company and with external systems: - Videosurveillance - Ticketing - Infrastructure Supervision - Energy Telecontrol - Administrative Management Systems - Schedule Generation Systems - Radio/telephony system - Emergency Systems (police, civil protection, etc.) The system operation takes place at the Dispatch Terminals, whose main functionalities are: Visualization of the synoptic lines Visualization of the electronic map (GIS) Temporary modification of schedules and routes Data messages to the vehicles (drivers and passengers) Voice communication with the driver and voice messages to the passengers on-board of the vehicle Selection of the automatic regulation mode and regulation action The parameterization and extraction of reports based on the stored statistic data is done through Statistics and Configuration Terminals. A videowall allows the users to visualize any screen of a working place, an essential functionality in the handling of emergency situations.

7 Posto Central de Controlo (PCC) Central Control Post (CCP) Rede de Comunicações Communications Network Videowall Terminais de Despacho Dispatch Terminals Servidor de Comunicações Communications Server Interface com outros sistemas Interface with other systems Servidores Redundantes Redundant servers Terminais de Gestão de Veículos e Condutores Regulation and Circulation Terminals

8 EFACEC no mundo Algeria Angola Argentina Brazil Chile China (Liaoning, Macao) Czech Republic India Malaysia Mozambique Portugal Singapore Spain Tunisia USA Zimbabwe Unidades fabris Factory plants Delegações comerciais Offices Sistemas de Electrónica, S.A. EFACEC world wide presence Sede / Main Office Rua Eng. Frederico Ulrich Apartado Moreira Maia - Portugal Tel./Phone: Fax.: web: Delegação / Office Rua da Garagem, 1 Apartado Carnaxide - Portugal Tel./Phone: Fax.: Devido ao continuo desenvolvimento, as caracteristicas podem ser alteradas sem aviso prévio. Não é válido como elemento contratual. / Due to the continuous development, the characteristics may change without notice. Not valid as a contractual item. Mod. ST 06 B 0705 A1

Integrated Network Operations Support System ISO 9001 Certified A Plataforma Integradora Integrated Platform O INOSS V2 é uma poderosa plataforma de operação e gestão centralizada de redes e serviços de

Leia mais

Plataforma de Operação e Gestão Operation and Management Platform Efacec Com mais de 100 anos de história, a Efacec teve a sua origem na Moderna, empresa nascida em 1905. Constituída em 1948, a Efacec,

Leia mais

Desenvolvimento Tecnológico e o Transporte Ferroviário 14 de Novembro de 2014 Jorge Sousa

Desenvolvimento Tecnológico e o Transporte Ferroviário 14 de Novembro de 2014 Jorge Sousa Desenvolvimento Tecnológico e o Transporte Ferroviário 14 de Novembro de 2014 Jorge Sousa Índice Visão Ferroviária; Arquitectura de Sistemas de Informação; Desafios; Pág. 2 Visão Ferroviária - Introdução

Leia mais

QUE SIGNIFICA ITS? (INTELLIGENT TRANSPORTATION SYSTEMS)

QUE SIGNIFICA ITS? (INTELLIGENT TRANSPORTATION SYSTEMS) QUE SIGNIFICA ITS? (INTELLIGENT TRANSPORTATION SYSTEMS) 54a REUNIÃO DO FÓRUM PAULISTA DE SECRETÁRIOS E DIRIGENTES PÚBLICOS DE TRANSPORTE E TRÂNSITO Stenio Franco (stenio.franco.br@gmail.com) Comissao de

Leia mais

Plataforma de Controlo e Gestão de Operações Operations Control and Management Platform Efacec Com mais de 100 anos de história, a Efacec teve a sua origem na Moderna, empresa nascida em 1905. Constituída

Leia mais

Gestão Rodoviária: optimização de processos de manutenção e operação

Gestão Rodoviária: optimização de processos de manutenção e operação Gestão Rodoviária: optimização de processos de manutenção e operação José Miguel Santos, Miguel Serrano Ana Maria Nunes Missão Promover o processo de inovação, transformando o conhecimento em vantagens

Leia mais

Introdução ao DATEXII Ferramentas para gestão on-line de infra-estruturas rodoviárias

Introdução ao DATEXII Ferramentas para gestão on-line de infra-estruturas rodoviárias Ferramentas para gestão on-line de infra-estruturas rodoviárias Management Estrutura Apresentação Introdução Sistemas de Gestão on-line Implementação DATEX II como suporte ao ITS Introdução Através da

Leia mais

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425

CMDB no ITIL v3. Miguel Mira da Silva. mms@ist.utl.pt 919.671.425 CMDB no ITIL v3 Miguel Mira da Silva mms@ist.utl.pt 919.671.425 1 CMDB v2 Configuration Management IT components and the services provided with them are known as CI (Configuration Items) Hardware, software,

Leia mais

Gestão e Controle de Energia Building Technologies

Gestão e Controle de Energia Building Technologies Gestão e Controle de Energia Copyright Siemens Switzerland Ltd. All rights reserved. Índice Empresa e Organização 3 Performance e Sustentabilidade em Edifícios 6 Produtos, Soluções e Serviços 10 Gestão

Leia mais

SmartLPR. SmartLPR Placa Reconhecimento da Matrícula

SmartLPR. SmartLPR Placa Reconhecimento da Matrícula SmartLPR SmartLPR Placa Reconhecimento da Matrícula SmartLPR Placa Reconhecimento da Matrícula SmartLPR é um avançado sistema de controle de acesso por leitura de matricula, proporcionando uma boa Fiabilidade,

Leia mais

Modelamento Banco de Dados e modelos de tendencia

Modelamento Banco de Dados e modelos de tendencia Modelamento Banco de Dados e modelos de tendencia NOTA: Cada barra representa o grau de partidas de uma determinada origem de um conhecido percurso. Por exemplo, em Dezembro o fator sazonal para Chicago

Leia mais

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java

Tese / Thesis Work Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Licenciatura em Engenharia Informática Degree in Computer Science Engineering Análise de desempenho de sistemas distribuídos de grande porte na plataforma Java Performance analysis of large distributed

Leia mais

> TELECOMUNICAÇÕES > TELECOMMUNICATIONS Um Cliente, Uma Solução Customised Solutions A EMPRESA A ENT é uma empresa do Grupo EFACEC, criada em Junho de 1997, que se dedica ao desenvolvimento, industrialização

Leia mais

Demanda por um sistema integrado de mobilidade urbana, acessível por órgãos gestores, operadoras de transporte e população!

Demanda por um sistema integrado de mobilidade urbana, acessível por órgãos gestores, operadoras de transporte e população! Curso de Gestão da Mobilidade Urbana Ensaio Crítico - Turma 17 Sistema de Informação de Usuários Michel Costa da Silva (*) No Brasil, o crescimento demográfico das grandes capitais, o apoio governamental

Leia mais

Soluções para SMART CITIES. Nuno Alves

Soluções para SMART CITIES. Nuno Alves Soluções para SMART CITIES Nuno Alves Agenda Contexto Organizacional Conceito e Objetivos Intergraph Smart Cities 12/7/2014 2014 Intergraph Corporation 2 Intergraph Corporation Intergraph Intergraph helps

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NO APOIO À DISTRIBUIÇÃO URBANA. José Lourenço

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NO APOIO À DISTRIBUIÇÃO URBANA. José Lourenço SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NO APOIO À DISTRIBUIÇÃO URBANA José Lourenço Apresentação TEIA Angola TEIA - Tecnologias de Informação de Angola, Lda (Desde 2008) Implementação e manutenção de soluções próprias

Leia mais

GOVERNANÇA NO SETOR DE TRANSPORTES. Telecomunicações Ferroviárias. Mário Alves. 9 de Maio de 2012. Brasília, 9 de Maio de 2012.

GOVERNANÇA NO SETOR DE TRANSPORTES. Telecomunicações Ferroviárias. Mário Alves. 9 de Maio de 2012. Brasília, 9 de Maio de 2012. Bem Brasília vindos 9 de Maio de 2012 AGENDA REFER TELECOM Desafios da Modernização Interoperabilidade Operação Ferroviária Modelo de negócio Gestão de Telecomunicações Gestão do Património Engenharia

Leia mais

Os Sistemas de Informação de Tráfego e Viagem em Tempo Real.

Os Sistemas de Informação de Tráfego e Viagem em Tempo Real. Os Sistemas de Informação de Tráfego e Viagem em Tempo Real. Pedro Pinto 19 de Junho Colóquio APCAP 2008 Índice 1 O paradigma da informação; 2 Os componentes existentes; 3 Serviços disponíveis; 4 Funcionamento

Leia mais

Interoperability through Web Services: Evaluating OGC Standards in Client Development for Spatial Data Infrastructures

Interoperability through Web Services: Evaluating OGC Standards in Client Development for Spatial Data Infrastructures GeoInfo - 2006 Interoperability through Web Services: Evaluating OGC Standards in Client Development for Spatial Data Infrastructures Leonardo Lacerda Alves Clodoveu A. Davis Jr. Information Systems Lab

Leia mais

Um sistema de gestão de frotas que lhe permite o controlo, a localização em tempo real e a comunicação permanente com todos os veículos da sua

Um sistema de gestão de frotas que lhe permite o controlo, a localização em tempo real e a comunicação permanente com todos os veículos da sua Um sistema de gestão de frotas que lhe permite o controlo, a localização em tempo real e a comunicação permanente com todos os veículos da sua empresa. Um sistema que gere e controla toda a actividade

Leia mais

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas)

Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Information technology specialist (systems integration) Especialista em tecnologia da informação (integração de sistemas) Professional activities/tasks Design and produce complex ICT systems by integrating

Leia mais

Sistema de Gestão de Redes de Energia Power Networks Management System Aspectos chave Key issues - Arquitectura Modular - Processamento Distribuído - Sistemas Abertos - Plataformas de 32 bits ou 64 bits

Leia mais

Solicitação de Mudança 01

Solicitação de Mudança 01 Solicitação de Mudança 01 Refatorar a especificação da linha de produtos Crisis Management System permitindo que o suporte ao registro de LOG seja opcional. Isso significa que o comportamento descrito

Leia mais

Redes Inteligentes. A Rede do Futuro Construída Hoje

Redes Inteligentes. A Rede do Futuro Construída Hoje Redes Inteligentes A Rede do Futuro Construída Hoje Grupo Efacec, Breve descrição Ao longo da sua história, a Efacec tem vindo a antecipar as mudanças num mundo extremamente competitivo, tornando-se numa

Leia mais

MT BOOKING SYSTEM BACKOFFICE. manual for management

MT BOOKING SYSTEM BACKOFFICE. manual for management MT BOOKING SYSTEM BACKOFFICE manual for management BACKOFFICE BACKOFFICE Últimas Reservas Latest Bookings 8 7 6 3 2 2 Configurações Configuration - pag. 3 Barcos Boats - pag.8 Pessoal Staff - pag.0 Agentes

Leia mais

Manutenção dos Sistemas de Telemática

Manutenção dos Sistemas de Telemática Manutenção dos Sistemas de Telemática A experiência da Ascendi COLÓQUIO APCAP 2010 Desafios da Mobilidade em Portugal Pedro Pinto Ascendi 22Out09 Agenda Introdução Universo Ascendi Sistemas em utilização

Leia mais

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 -

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - Glossário BiSL Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - 1. Glossário de Terminologia Terminologia em Inglês Terminologia em Português BiSL processes Processos de BiSL Business data management

Leia mais

Perspetivas de Desenvolvimento de ITS para o Transporte Rodo-Ferroviário. Infraestruturas de Portugal / Mário Alves

Perspetivas de Desenvolvimento de ITS para o Transporte Rodo-Ferroviário. Infraestruturas de Portugal / Mário Alves Perspetivas de Desenvolvimento de ITS para o Transporte Rodo-Ferroviário Infraestruturas de Portugal / Mário Alves Agenda: Sistemas de Transportes Inteligentes Uma perspetiva Rodo/Ferroviária Gestão integrada

Leia mais

Portofólio das Representações. Apresentação Monitorização e Alarmistica

Portofólio das Representações. Apresentação Monitorização e Alarmistica Portofólio das Representações Apresentação Monitorização e Alarmistica 1 Monitorização de Infra-Estrutura A Data Systems disponibiliza um pacote de Serviços dedicados à gestão e Monitorização de redes

Leia mais

GRUPNOR A ENGENHARIA AO SERVIÇO DOS TRANSPORTES VERTICAIS. Design and Quality

GRUPNOR A ENGENHARIA AO SERVIÇO DOS TRANSPORTES VERTICAIS. Design and Quality GRUPNOR A ENGENHARIA AO SERVIÇO DOS TRANSPORTES VERTICAIS Design and Quality G A GRUPNOR é uma empresa Portuguesa com mais de três décadas de existência. É uma marca de referência no mercado dos elevadores,

Leia mais

Desenvolvimento Ágil 1

Desenvolvimento Ágil 1 Desenvolvimento Ágil 1 Just-in-Time Custo = Espaço + Publicidade + Pessoal De que forma poderiamos bater a concorrência se um destes factores fosse zero? 2 Just-in-time Inventory is waste. Custo de armazenamento

Leia mais

É o resultado da execução do seguinte comando.

É o resultado da execução do seguinte comando. Rotinas RRN 05194 Causa da Ativação da Mensagem É o resultado da execução do seguinte comando. CRN 05454 HANDLE-RESTORE-DATA O informe de resultados também é exibido como um informe não solicitado, se

Leia mais

OFFICE. Office Background

OFFICE. Office Background OFFICE Office Background Since it was founded in 2001, steady growth has been registered by the office in the Brazilian market of corporate law, a field in which our services are exemplary. The consolidation

Leia mais

Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom systems

Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom systems Tecnologia de instalações electrónicas Training systems / trainers for electrical wiring/building management systems: Protective circuitry, protective measures, building mains feed, lighting and intercom

Leia mais

Interactive Internet TV Architecture Based on Scalable Video Coding

Interactive Internet TV Architecture Based on Scalable Video Coding Interactive Internet TV Architecture Based on Scalable Video Coding Pedro Gomes Moscoso Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia de Redes de Comunicações Presidente: Orientador: Co-Orientador:

Leia mais

ALD PROFLEET2 SOLUÇÕES AVANÇADAS DE TELEMÁTICA

ALD PROFLEET2 SOLUÇÕES AVANÇADAS DE TELEMÁTICA ALD PROFLEET2 SOLUÇÕES AVANÇADAS DE TELEMÁTICA O que é o ALD ProFleet2? É um serviço de dados que utiliza um sistema telemático avançado de gestão de frotas e que lhe permite administrar, localizar em

Leia mais

Os Sistemas Inteligentes na Europa: Enquadramento e Evolução Prevista no Período 2007-2013

Os Sistemas Inteligentes na Europa: Enquadramento e Evolução Prevista no Período 2007-2013 Os Sistemas Inteligentes na Europa: Enquadramento e Evolução Prevista no Período 2007-2013 COLÓQUIO APCAP 2008 Sistemas e Serviços Inteligentes na Rede Concessionada Rui Camolino 19Jun08 Agenda Plano de

Leia mais

INTRODUÇÃO ÀS BOAS PRÁTICAS DE ENGENHARIA APLICADAS À GESTÃO DOS SISTEMAS INSTRUMENTADOS DE SEGURANÇA: UMA ABORDAGEM DE SIL

INTRODUÇÃO ÀS BOAS PRÁTICAS DE ENGENHARIA APLICADAS À GESTÃO DOS SISTEMAS INSTRUMENTADOS DE SEGURANÇA: UMA ABORDAGEM DE SIL INTRODUÇÃO ÀS BOAS PRÁTICAS DE ENGENHARIA APLICADAS À GESTÃO DOS SISTEMAS INSTRUMENTADOS DE SEGURANÇA: UMA ABORDAGEM DE SIL Ana Cristina Costa Almeida Risk and Reliability Senior Consultant DNV Energy

Leia mais

RESULTADOS PRELIMINARES QUALITATIVOS: O Estudo de Caso do Rio de Janeiro

RESULTADOS PRELIMINARES QUALITATIVOS: O Estudo de Caso do Rio de Janeiro RESULTADOS PRELIMINARES QUALITATIVOS: O Estudo de Caso do Rio de Janeiro Qualitative Preliminary Results: The case study of Rio de Janeiro Coordenador: Márcio D Agosto Cíntia Oliveira Luíza Franca Daniel

Leia mais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais BEM VINDO AO MUNDO RANGEL WELCOME TO RANGEL WORLD Atividade Aduaneira Customs Broker Transporte Marítimo Sea Freight ESPANHA SPAIN Transporte Aéreo Air Freight Expresso Internacional FedEx International

Leia mais

OS SISTEMAS DE INFORMATICA EMBARCADA COMO APOIO À GESTÃO DO SISTEMA RODOVIÁRIO E À ASSISTÊNCIA AOS UTENTES NA ESTRADA

OS SISTEMAS DE INFORMATICA EMBARCADA COMO APOIO À GESTÃO DO SISTEMA RODOVIÁRIO E À ASSISTÊNCIA AOS UTENTES NA ESTRADA OS SISTEMAS DE INFORMATICA EMBARCADA COMO APOIO À GESTÃO DO SISTEMA RODOVIÁRIO E À ASSISTÊNCIA AOS UTENTES NA ESTRADA DOLORES TORRES GESTORA DE PRODUTO TECMIC, SA. RESUMO Existem em Portugal várias soluções

Leia mais

Braskem Máxio. Maio / May 2015

Braskem Máxio. Maio / May 2015 Maio / May 2015 Braskem Máxio Braskem Máxio Braskem Maxio é um selo que identifica resinas de PE, PP ou EVA dentro do portfólio da Braskem com menor impacto ambiental em suas aplicações. Esta exclusiva

Leia mais

ÍNDICE PORTUGUÊS INDEX ENGLISH

ÍNDICE PORTUGUÊS INDEX ENGLISH ÍNDICE PORTUGUÊS 1. Características... 2 2. Conteúdo da Embalagem... 3 3. Como usar o Receptor de TV Digital... 3 4. Tela de Vídeo... 6 5.Requisitos Mínimos... 6 6. Marcas Compatíveis... 8 INDEX ENGLISH

Leia mais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais

Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais Global Logistics Solutions Soluções Logísticas Globais BEM VINDO AO MUNDO RANGEL WELCOME TO RANGEL WORLD Toda uma organização ao seu serviço! Constituídos em 1980 por Eduardo Rangel, rapidamente marcámos

Leia mais

Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016. Julho de 2015

Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016. Julho de 2015 Symantec & Jogos Olímpicos Rio 2016 Julho de 2015 JOGOS OLÍMPICOS 5-21 de agosto 10.500 ATLETAS DE PAÍSES 45.000 204 VOLUNTÁRIOS 25.100 PROFISSIONAIS DE MÍDIA CREDENCIADOS 6.700 INTEGRANTES DAS DELEGAÇÕES

Leia mais

PROTEKTO ACTFAST. Soluções para Segurança Pública. Porque todos os segundos contam

PROTEKTO ACTFAST. Soluções para Segurança Pública. Porque todos os segundos contam PROTEKTO Porque todos os segundos contam Soluções para Segurança Pública A resposta às ocorrências no âmbito da segurança pública, têm de ser imediatas, eficientes e eficazes. Cada resposta operacional,

Leia mais

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações Raquel Silva 02 Outubro 2014 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 PUBLICAÇÃO DIS: - Draft International Standard

Leia mais

DRIVING BOOK Back Offi ce Front Offi ce Online System

DRIVING BOOK Back Offi ce Front Offi ce Online System DRIVING BOOK Back Office Front Office Online System Front Office 1 2 Start Screen Front Office 1 - Next Activities 2 - Categories - Attention - Find Booking Display upcoming activities to have be- All

Leia mais

Os projectos de Sistemas Cooperativos Comunicação infra-estrutura veículo APCAP - CP3

Os projectos de Sistemas Cooperativos Comunicação infra-estrutura veículo APCAP - CP3 Os projectos de Sistemas Cooperativos Comunicação infra-estrutura veículo APCAP - CP3 APCAP Day, 22 de Outubro 2009 Índice Definição; Objectivos; Benefícios; Projectos em desenvolvimento (3); Definição:

Leia mais

Telecomunicações e Telemática Telecommunications and Telematics Efacec Com mais de 100 anos de história, a Efacec teve a sua origem na Moderna, empresa nascida em 1905. Constituída em 1948, a Efacec, a

Leia mais

SmartDock for Xperia ion Manual do usuário

SmartDock for Xperia ion Manual do usuário SmartDock for Xperia ion Manual do usuário Índice Introdução...3 Visão geral do SmartDock...3 Carregando o SmartDock...3 Introdução...5 LiveWare manager...5 Como atualizar o LiveWare manager...5 Como selecionar

Leia mais

Sistemas Inteligentes de Transporte (Intelligent Transportation Systems) é um conjunto de tecnologias de telecomunicações e de informática para

Sistemas Inteligentes de Transporte (Intelligent Transportation Systems) é um conjunto de tecnologias de telecomunicações e de informática para Sistemas Inteligentes de Transporte (Intelligent Transportation Systems) é um conjunto de tecnologias de telecomunicações e de informática para aplicação nos veículos e nos sistemas de transportes. Hoje

Leia mais

2 Categorias Categories Todas as categorias de actividade são apresentadas neste espaço All activity categories are presented in this space

2 Categorias Categories Todas as categorias de actividade são apresentadas neste espaço All activity categories are presented in this space 1 Próximas Actividades Next Activities Visualiza as próximas actividades a ter inicio, com a indicação do tempo restante Displays upcoming activities and indicating the remaining time 2 Categorias Categories

Leia mais

» Conveniência fixo-móvel

» Conveniência fixo-móvel 26 de Fevereiro 2008 Centro Cultural de Belém Lisboa Luis Esteves Martins Siemens Enterprise Communications Portugal» Conveniência fixo-móvel Page 1 Copyright Siemens Enterprise Communications 2007. All

Leia mais

Manual de Tecnologias de Informação e Comunicação

Manual de Tecnologias de Informação e Comunicação 2010 Manual de Tecnologias de Informação e Comunicação ELABORADO POR: UNIVERSITAS, CRL i Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres, I.P. Manual de Tecnologias de Informação e Comunicação Formação

Leia mais

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores

A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores A tangibilidade de um serviço de manutenção de elevadores Tese de Mestrado em Gestão Integrada de Qualidade, Ambiente e Segurança Carlos Fernando Lopes Gomes INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS Fevereiro

Leia mais

IV th WORLD WATER FORUM Developing and Implementing Shared Water Information Systems

IV th WORLD WATER FORUM Developing and Implementing Shared Water Information Systems IV th WORLD WATER FORUM Developing and Implementing Shared Water Information Systems OFFICIAL SESSION n FT 5-13 March, 21 st 2005-16 H 30-18 H 30 BANAMEX CENTER ROOM ITURBIDE N 3 Mr. Oscar Cordeiro NETTO

Leia mais

Microsoft. Driving Better Business Performance. André Amaral aamaral@microsoft.com

Microsoft. Driving Better Business Performance. André Amaral aamaral@microsoft.com Microsoft Driving Better Business Performance André Amaral aamaral@microsoft.com Business Intelligence Improving business insight A broad category of applications and technologies for gathering, storing,

Leia mais

Alberto Ramos da Cunha alberto.cunha@ist.utl.pt

Alberto Ramos da Cunha alberto.cunha@ist.utl.pt Electronics and Information Technologies for Mobility Systems Alberto Ramos da Cunha alberto.cunha@ist.utl.pt Oct 2008 Alberto R. Cunha 1 Plan IT devices in mobility environments IT trends Primitive functions

Leia mais

Contributo da AIA no âmbito da Segurança Marítima

Contributo da AIA no âmbito da Segurança Marítima CNAI 10 4ª Conferência Nacional de Avaliação de Impactes Contributo da AIA no âmbito da Segurança Marítima Victor F. Plácido da Conceição Vila Real Trás-os-Montes, 20 de Outubro de 2010 Agenda 1. O Instituto

Leia mais

Gestão de Benefícios 1

Gestão de Benefícios 1 Gestão de Benefícios 1 Payment process of Bolsa Família Benefit granting The Municipalities register poor families Following quality analysis, registries are activated for benefit granting Based on its

Leia mais

GIS technology for distribution networks Tecnologia GIS para redes de distribuição Ricardo Pinheiro

GIS technology for distribution networks Tecnologia GIS para redes de distribuição Ricardo Pinheiro GIS technology for distribution networks Tecnologia GIS para redes de distribuição Ricardo Pinheiro Gerenciamento de dados de rede de distribuição de energia com tecnologia GIS Ricardo Tiago Pinheiro Executivo

Leia mais

OUTSOURCING DE SISTEMAS E INFRA-ESTRUTURAS - Uma Reflexão! Eduardo Melo / ISLA Instituto Superior de Línguas e Administração 1

OUTSOURCING DE SISTEMAS E INFRA-ESTRUTURAS - Uma Reflexão! Eduardo Melo / ISLA Instituto Superior de Línguas e Administração 1 OUTSOURCING DE SISTEMAS E INFRA-ESTRUTURAS - Uma Reflexão! Eduardo Melo / ISLA Instituto Superior de Línguas e Administração 1 Estrutura da Apresentação 1. Breve Introdução 2. Presente e Futuro 3. Resultados

Leia mais

Estrutura da Apresentação

Estrutura da Apresentação The importance of Information and Communication Technologies for the development of Portuguese Wine Routes 21st 23rd JUNE OPORTO Estrutura da Apresentação 2. Tecnologias de Informação e Comunicação no

Leia mais

Melhorias adquiridas com a implantação de um software APS no setor de PCP para equipamento de decapagem de bobinas de aço

Melhorias adquiridas com a implantação de um software APS no setor de PCP para equipamento de decapagem de bobinas de aço Melhorias adquiridas com a implantação de um software APS no setor de PCP para equipamento de decapagem de bobinas de aço Meire Aleixo Silvestre dos Reis Faculdade Educacional Araucária - Bacharel em Engenharia

Leia mais

APLICAÇÕES DE TELECOMUNICAÇÃO PARA MODERNOS SISTEMAS DE SINALIZAÇÃO FERROVIÁRIA

APLICAÇÕES DE TELECOMUNICAÇÃO PARA MODERNOS SISTEMAS DE SINALIZAÇÃO FERROVIÁRIA PAINÉIS DE SINALIZAÇÃO APLICAÇÕES DE TELECOMUNICAÇÃO PARA MODERNOS SISTEMAS 08 Novembro 2006 APLICAÇÕES DE TELECOMUNICAÇÃO PARA MODERNOS SISTEMAS DE SINALIZAÇÃO FERROVIÁRIA APRESENTADOR: ASHOK SAMGI 1

Leia mais

Qpoint Rumo à Excelência Empresarial

Qpoint Rumo à Excelência Empresarial 2 PRIMAVERA BSS Qpoint Rumo à Excelência Empresarial Numa era em que a competitividade entre as organizações é decisiva para o sucesso empresarial, a aposta na qualidade e na melhoria contínua da performance

Leia mais

A MÁQUINA ASSÍNCRONA TRIFÁSICA BRUSHLESS EM CASCATA DUPLAMENTE ALIMENTADA. Fredemar Rüncos

A MÁQUINA ASSÍNCRONA TRIFÁSICA BRUSHLESS EM CASCATA DUPLAMENTE ALIMENTADA. Fredemar Rüncos Resumo da Dissertação apresentada à UFSC como parte dos requisitos necessários para obtenção do grau de Mestre em Engenharia Elétrica. A MÁQUINA ASSÍNCRONA TRIFÁSICA BRUSHLESS EM CASCATA DUPLAMENTE ALIMENTADA

Leia mais

MARITIME SOLUTIONS CENTRE OF EXCELLENCE

MARITIME SOLUTIONS CENTRE OF EXCELLENCE MARITIME SOLUTIONS CENTRE OF EXCELLENCE RICARDO MAIA 2014-03-10 Agenda 1. Contexto 2. O Centro de Excelência 3. Case Studies ADICIONAR TÌTULO DA APRESENTAÇÂO EM CAPS DATA Contexto Portugal tem responsabilidades

Leia mais

Public Transport in Numbers

Public Transport in Numbers Nino Aquino ninoaquino@sinergiaestudos.com.br Sinergia Estudos e Projetos Ltda www.sinergiaestudos.com.br September 2009 Demand in bus systems Urban Bus Systems Main State Capitals* Passengers per month

Leia mais

Estratégias de Comunicação do Património Cultura: Desafios e Perspectivas. Sites de museus e Redes Sociais. Patricia Remelgado

Estratégias de Comunicação do Património Cultura: Desafios e Perspectivas. Sites de museus e Redes Sociais. Patricia Remelgado Versión digital en : http://www.uam.es/mikel.asensio Estratégias de Comunicação do Património Cultura: Desafios e Perspectivas. Sites de museus e Redes Sociais. Patricia Remelgado Universidade do Porto

Leia mais

Participatory Map of Rio de Janeiro

Participatory Map of Rio de Janeiro Leandro Gomes Souza Geographer Luiz Roberto Arueira da Silva Director of City Information Pereira Passos Institute - City of Rio de Janeiro About us Pereira Passos Institute (IPP) is Rio de Janeiro municipal

Leia mais

Serviços Inteligentes de Transporte Desafios e Oportunidades. IMT, I.P. pedro.barradas@inir.pt

Serviços Inteligentes de Transporte Desafios e Oportunidades. IMT, I.P. pedro.barradas@inir.pt Serviços Inteligentes de Transporte Desafios e Oportunidades IMT, I.P. pedro.barradas@inir.pt conteúdos Enquadramento ITS Action Plan Diretiva ITS 2010/40/UE Desafios nos Transportes que Data? que Formatos?

Leia mais

Projeto VISIT Victim Support for Identity Theft. Lisboa, 30 Outubro 2015

Projeto VISIT Victim Support for Identity Theft. Lisboa, 30 Outubro 2015 Projeto VISIT Victim Support for Identity Theft Lisboa, 30 Outubro 2015 Descrição Título do projeto: VISIT Victim Support for Identity Theft. Financiamento: Comissão Europeia/Directorate General Home Affairs/2013/ISEC/Prevention

Leia mais

TEMA 1 CENÁRIOS DE MUDANÇA

TEMA 1 CENÁRIOS DE MUDANÇA Mestrado em Engenharia de Redes de Comunicações TEMA 1 CENÁRIOS DE MUDANÇA Parte I Redes tradicionais: - Redes Fixas de Voz e Dados - Redes Móveis: SMT, SMRP As Redes de Acesso à Internet: - ISP - WISP

Leia mais

S E M P R E E M C O N T R O L O. A Solução Inteligente de Recuperação de Veículos e Gestão de Frotas 84 900 0000 100% CONFIANÇA

S E M P R E E M C O N T R O L O. A Solução Inteligente de Recuperação de Veículos e Gestão de Frotas 84 900 0000 100% CONFIANÇA S E M P R E E M C O N T R O L O A Solução Inteligente de Recuperação de Veículos e Gestão de Frotas 84 900 0000 100% CONFIANÇA INTRODUÇÃO A segurança é, nos dias de hoje, um valor essencial a preservar.

Leia mais

Introdução à Automação. Domínios de aplicação. Exemplos de aplicação. Domótica. Introdução à Automação. Exemplos de Aplicações

Introdução à Automação. Domínios de aplicação. Exemplos de aplicação. Domótica. Introdução à Automação. Exemplos de Aplicações Introdução à Automação Introdução à Automação Exemplos de Aplicações Armando Sousa, asousa@fe.up.pt, Professor Auxiliar, FEUP-DEEC & José António Faria, jfaria@fe.up.pt, Professor Auxiliar, FEUP-DEIG A

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS

CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS CENTRO UNIVERSITÁRIO METROPOLITANO DE SÃO PAULO CURSO ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS UMA VANTAGEM COMPETITIVA COM A TERCEIRIZAÇÃO DE SERVIÇOS AMANDA ZADRES DANIELA LILIANE ELIANE NUNES ELISANGELA MENDES Guarulhos

Leia mais

IT 204 Análise Operacional e Gerencial de Aeroportos Prof. Carlos Müller sala 2134 (muller@ita.br) 1 º semestre / 2014 Versão 2 Programa:

IT 204 Análise Operacional e Gerencial de Aeroportos Prof. Carlos Müller sala 2134 (muller@ita.br) 1 º semestre / 2014 Versão 2 Programa: Programa: Requisito recomendado: IT-203 Aeroportos. Requisito exigido: não há. Horas semanais: 3-0-6. Análise de terminais aeroportuários sob o ponto de vista operacional. Conceituação de capacidade do

Leia mais

Painel Lisboa 10 outubro 2012

Painel Lisboa 10 outubro 2012 Especialização em Transportes e Vias de Comunicação Sistemas e Tecnologias Inteligentes de Transportes Painel Lisboa 10 outubro 2012 SISTEMA DE AJUDA À EXPLORAÇÃO E SISTEMA DE BILHÉTICA Eng. Carlos Figueiredo

Leia mais

QUESTIONÁRIO ANUAL DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS (2011)

QUESTIONÁRIO ANUAL DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS (2011) QUESTIONÁRIO ANUAL DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS (2011) PARTE I - ELEMENTOS IDENTIFICATIVOS E CARACTERIZAÇÃO DA ACTIVIDADE DOS OPERADORES/PRESTADORES DE REDES E SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS 1.

Leia mais

Gestão de Serviços. Mário Lavado itsmf Portugal. Guimarães 18 de Novembro 2010. itsmf Portugal 1

Gestão de Serviços. Mário Lavado itsmf Portugal. Guimarães 18 de Novembro 2010. itsmf Portugal 1 Gestão de Serviços Mário Lavado itsmf Portugal Guimarães 18 de Novembro 2010 itsmf Portugal 1 Agenda 1. O que é o itsmf? 2. A Gestão de Serviços e o ITIL 3. A ISO 20000 4. A certificação ISO 20000 itsmf

Leia mais

Manual do usuário. Xperia P TV Dock DK21

Manual do usuário. Xperia P TV Dock DK21 Manual do usuário Xperia P TV Dock DK21 Índice Introdução...3 Visão geral da parte traseira do TV Dock...3 Introdução...4 Gerenciador do LiveWare...4 Como atualizar o Gerenciador do LiveWare...4 Utilização

Leia mais

Solução de gestão de frota automóvel

Solução de gestão de frota automóvel Solução de gestão de frota automóvel Gisgeo Information Systems www.gisgeo.pt UPTEC Parque de Ciência e Tecnologia R. Actor Ferreira da Silva, 100 gisgeo@gisgeo.pt 4200-298 Porto +351 220301572 Portugal

Leia mais

IT Governance e ISO/IEC 20000. Susana Velez

IT Governance e ISO/IEC 20000. Susana Velez IT Governance e ISO/IEC 20000 Susana Velez Desafios de TI Manter TI disponível Entregar valor aos clientes Gerir os custos de TI Gerir a complexidade Alinhar TI com o negócio Garantir conformidade com

Leia mais

THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT

THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT Raimundo Moraes III Congresso da IUCN Bangkok, November 17-25 2004 ENVIRONMENTAL PROTECTION IN BRAZIL The Constitution states

Leia mais

A NORMA ISO11783 COMO PADRÃO INTERNACIONAL E A SUA UTILIZAÇÃO NA AGRICULTURA

A NORMA ISO11783 COMO PADRÃO INTERNACIONAL E A SUA UTILIZAÇÃO NA AGRICULTURA A NORMA ISO11783 COMO PADRÃO INTERNACIONAL E A SUA UTILIZAÇÃO NA AGRICULTURA ALEXANDRE DE A. GUIMARÃES 1 ANTÔNIO M. SARAIVA 2 RESUMO Considerando-se os impactos relacionados ao aumento da eletrônica embarcada

Leia mais

We connect your goods to the World

We connect your goods to the World We connect your goods to the World Os Nossos Serviços Our Services A STM - Sociedade de Terminais de Moçambique, Lda, é um aduaneiro multimodal, com valência rodo-ferroviária, que abre as portas de Moçambique

Leia mais

Dimensionamento e Engenharia de Tráfego: Optimização de Redes de Telecomunicações

Dimensionamento e Engenharia de Tráfego: Optimização de Redes de Telecomunicações Dimensionamento e Engenharia de Tráfego: Optimização de Redes de Telecomunicações Prof. Amaro F. de Sousa asou@ua.pt, DETI-UA, gab.325 23 de Abril de 2008 Objectivos Desenvolvimento e implementação de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA Anexo II.9 Especificações do Sistema de Monitoramento da Frota PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA ÍNDICE 1 OBJETIVOS... 2 2 ESPECIFICAÇÃO BÁSICA... 2 2.1 Aquisição de Dados Monitorados do Veículo...

Leia mais

Utilização de um banco de dados relacional no Sistema de Informações Geográfica (SIG) para o cadastro florestal

Utilização de um banco de dados relacional no Sistema de Informações Geográfica (SIG) para o cadastro florestal Utilização de um banco de dados relacional no Sistema de Informações Geográfica (SIG) para o cadastro florestal Use of relational database in a Geographical Information System (GIS) for forest register

Leia mais

Cap. 02 Modelo de Informação

Cap. 02 Modelo de Informação Cap. 02 Modelo de Informação 2.1 Padrões de Gerência de Redes 2.2 Arquitetura da Solucão SNMP 2.3 Objetos, Instâncias e MIBs 2.4 MIB-2 2.5 Structure of Management Information (SMI v1) 2.6 SMI V2 Luís F.

Leia mais

GSS Global Service Supervision Platform

GSS Global Service Supervision Platform GSS Global Service Supervision Platform Índice Solução GSS o Produto GSS o Serviços GSS o Arquitectura e Funcionamento o Vector Inovação o Conceito e modelo de negócio Apresentação Institucional S4I Produto

Leia mais

Maria Segurado Fátima, 25 de Fevereiro de 2008

Maria Segurado Fátima, 25 de Fevereiro de 2008 Alterações da norma OHSAS 18001:2007 Ricardo Teixeira Gestor de Cliente Coordenador Revisão da norma Objectivos da revisão danorma: Esclarecimento da 1.ª edição; Alinhamento com a ISO 14001; Melhoria da

Leia mais

TRANSDATA SMART RASTREAMENTO E GESTÃO FROTA

TRANSDATA SMART RASTREAMENTO E GESTÃO FROTA BRASIL ARGENTINA +55 19 3515.1100 www.transdatasmart.com.br SEDE CAMPINAS-SP RUA ANA CUSTÓDIO DA SILVA, 120 JD. NOVA MERCEDES CEP: 13052.502 FILIAIS BRASÍLIA RECIFE CURITIBA comercial@transdatasmart.com.br

Leia mais

Wagon Tracking Mário André Rocha Cristóvão Coelho Dispositivos e Redes de Sistemas Logísticos Professor Alberto Manuel Ramos da Cunha

Wagon Tracking Mário André Rocha Cristóvão Coelho Dispositivos e Redes de Sistemas Logísticos Professor Alberto Manuel Ramos da Cunha Wagon Tracking Mário André Rocha Cristóvão Coelho Dispositivos e Redes de Sistemas Logísticos Professor Alberto Manuel Ramos da Cunha Dezembro de 2008 ÍNDICE Introdução..2 Objectivo.. 2 Métodos Actuais.

Leia mais

PLATAFORMA DE TEMPO REAL PARA GESTÃO DE EVENTOS COMPLEXOS PARA CONSTRUÇÃO DE MODELOS DE TRÁFEGO E DE APOIO ONLINE À OPERAÇÃO DE CENTRO DE TRÁFEGO

PLATAFORMA DE TEMPO REAL PARA GESTÃO DE EVENTOS COMPLEXOS PARA CONSTRUÇÃO DE MODELOS DE TRÁFEGO E DE APOIO ONLINE À OPERAÇÃO DE CENTRO DE TRÁFEGO PLATAFORMA DE TEMPO REAL PARA GESTÃO DE EVENTOS COMPLEXOS PARA CONSTRUÇÃO DE MODELOS DE TRÁFEGO E DE APOIO ONLINE À OPERAÇÃO DE CENTRO DE TRÁFEGO Rui Ribeiro 1, Rita Cruz 2, José Maçarico 3, Luis Neves

Leia mais

The Company. A Empresa. facilities for our clients enjoy.

The Company. A Empresa. facilities for our clients enjoy. A Empresa Nós da Safe Line temos como objetivo fornecer soluções em transporte executivo para empresas e pessoas físicas, com a melhor qualidade em todos os aspectos deste tipo de serviço, promovendo conforto,

Leia mais

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho

Banca examinadora: Professor Paulo N. Figueiredo, Professora Fátima Bayma de Oliveira e Professor Joaquim Rubens Fontes Filho Título: Direção e Taxa (Velocidade) de Acumulação de Capacidades Tecnológicas: Evidências de uma Pequena Amostra de Empresas de Software no Rio de Janeiro, 2004 Autor(a): Eduardo Coelho da Paz Miranda

Leia mais

CALENDÁRIO DE FORMAÇÃO MICROSOFT > 2º Semestre 2010

CALENDÁRIO DE FORMAÇÃO MICROSOFT > 2º Semestre 2010 CURSOS IT PROFESSIONAL Horas Dias Jul Ago Set Out Nov Dez Exame Certificação Valor Microsoft Windows XP M2261 - Supporting Users Running the MS Windows XP OS 21 3 5 7 1..3 70-271 MCP+MCDST 1 800 USD M2262

Leia mais