Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa CURSO DE GPS. Módulo x. (Aula Prática) Reliance - Ashtech. Suas Aplicações Em SIG.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa CURSO DE GPS. Módulo x. (Aula Prática) Reliance - Ashtech. Suas Aplicações Em SIG."

Transcrição

1 Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa CURSO DE GPS Módulo x (Aula Prática) Reliance - Ashtech e Suas Aplicações Em SIG (Carlos Antunes)

2 INTODUÇÃO O Sistema Reliance baseia-se na utilização do GPS para a obtenção de posicionamento de qualquer elemento topográfico com informação associada, através da sua caracterização por elementos (features) e atributos (attribute). As posições desses elementos com os respectivos atributos armazenados em certos formatos permitem, com certa facilidade, a actualização das bases de dados de um Sistema de Informação Geográfica (SIG). O Ashtech Field Data Collection System é constituído por um receptor GPS SCA-12 e uma caderneta de controlo. É utilizado para a recolha de dados de posicionamento GPS no campo de determinados elementos (features) com os atributos apropriados. Este sistema utiliza os Feature Files pré-definidos no programa de processamento Reliance, em ficheiros com uma estrutura de elementos e atributos para uma dada aplicação definida pelo utilizador, proporcionando cinco níveis de informação: 1. Tipos de features : pontos, linhas e áreas; 2. Nomes das features : poste, árvore, estrada, lago, etc.; 3. Nome de atributo: altura, largura, tipo, cor, etc.; 4. Valor de atributo: alfanumérico, numérico, menu; 5. Sub-menu de atributo. PROCESSADOR RELIANCE O programa Reliance corre no ambiente Windows, em qualquer versão. A execução de qualquer tarefa neste programa exige a abertura de um projecto (ambiente de trabalho) onde está configurado um certo número de parâmetros associado ao respectivo projecto, como seja, o sistema de coordenadas, o ficheiro de features, etc.. Fig. 1 - Janela principal do programa Reliance. FCUL Curso GPS (1999) 1

3 1- PROJECTO Para se iniciar um projecto basta clicar Project na barra do menu, e aí proceder-se à abertura de um projecto novo ou à de um projecto já existente. Fig. 2 Criar um novo projecto. Depois de aberto o projecto desejado aparece uma janela (Fig.3) de controlo do projecto, a qual permite aceder à configuração do projecto, à edição de elementos, à transferência de dados do receptor para o PC e vice versa, à visualização dos dados GPS adquiridos no campo e dos dados processados, ao processamento de dados de baixa (metro) ou média precisão (decímetro) e à exportação dos dados processados em diversos formatos. Fig. 3 Janela de controlo do projecto. Na opção de configuração do projecto (Fig.4) pode-se proceder à definição do sistema de coordenadas, à escolha dos vários directórios onde o programa coloca toda a informação do projecto, e à definição das sessões do projecto que correspondem exactamente às sessões de aquisição de dados GPS ou aos conjuntos de ficheiros com dados de campo. Fig. 4 Menu de configuração do projecto. FCUL Curso GPS (1999) 2

4 2- SISTEMA DE COORDENADAS A primeira operação que se deve proceder na iniciação de um projecto é a definição do sistema de coordenadas (Fig.5) através da opção Map System na janela de Project Setup. Fig. 5 Definição do sistema de coordenadas. Se o sistema de coordenadas a utilizar não existir dentro da lista apresentada, deve-se então proceder à definição de um novo sistema de coordenadas. No fim da lista das duas opções System e Zone encontra-se a opção < Creat New >. É na definição da opção Zone que se encontram todos os parâmetros principais da definição do sistema, o Datum, a projecção cartográfica, a origem e o factor de escala. 3- TRANSFERÊNCIA E PROCESSAMENTO DE DADOS O procedimento de transferência de dados GPS do receptor para o projecto (PC) é muito simples, basta clicar na opção Transfer Data na janela de controlo do projecto e aí (Fig.6), depois de se ter ligado o cabo do receptor numa das portas de série (COM1 ou COM2), escolhe-se a segunda opção Download GPS data from GPS receiver. È necessário, como é obvio, que o receptor esteja ligado e que a porta escolhida esteja correcta. Na janela seguinte (Fig.6) aparece então, a lista de ficheiros disponíveis no receptor, a partir da qual devemos seleccionar aqueles que pretendemos transferir para o computador. Antes de iniciar a transferência deve ser averiguado o directório de armazenamento dos ficheiros através do botão Set Path. Fig. 6 Transferência de dados. FCUL Curso GPS (1999) 3

5 Não é obrigatório seguir a estrutura de directórios sugerida pelo programa, o que é necessário é que os ficheiros de dados estejam colocados nos directórios definidos no Project Setup. De seguida, deve ser criada uma sessão no projecto (Fig.7), nela se indica os nomes dos ficheiros de dados, o da estação base e o da estação móvel. Para que o posicionamento final dos elementos resulte com exactidão, devem ser indicadas as coordenadas exacta da estação base no sistema de referência de trabalho. Fig. 7 Definição de sessão. Fig. 8 Gráfico de dados. É possível, depois da transferência dos ficheiros de dados, visualizar os dados da estação base e estação móvel (Fig.8). A visualização pode ser feita a partir da opção View Data da janela de controlo, ou a partir da janela Tools do menu, opção Time View. Aqui pode-se ter acesso à informação dos elementos e respectivos atributos registados no campo (Fig.9), tempo de observação, intervalo de registos, altura da antena, tipo de receptor, excentrecidade, etc.. FCUL Curso GPS (1999) 4

6 Fig. 9 Informação das features recolhidas no campo. O processamento dos dados é muito simples e, portanto, limitado, como qualquer software comercial, na opções e estratégias de processamento de dados GPS. A partir da opção Process Data apenas nos aparece uma janela (Fig.10) onde temos de seleccionar a sessão a processar e o modo de processamento. O 2-Sigma Filter permite a eliminação dos registos que geram os pontos mais afastados, originando uma média mais precisa, conhecido entre nós pelo critério do 2σ. Mas entenda-se que este filtro só actua nos elementos do tipo ponto e não nos do tipo linha ou área. Fig. 10 Processamento de dados. Fig. 11 Mapa antes do processamento. FCUL Curso GPS (1999) 5

7 O mapa com a informação recolhida no campo com toda a simbologia associadas aos elementos topográficos pode ser visualizada em forma de mapa antes (Fig.11) ou depois (Fig.12) do processamento de dados GPS O acesso ao mapa é feito a partir da janela de controlo em View Data, ou a partir do sub-menu Tools, na opção Map View. Fig. 12 Mapa após o processamento. Já na janela do Map View e depois de seleccionar qualquer elemento, podemos aceder a toda a informação a ele associada (Fig.13), incluindo a informação geométrica de posicionamento e dimensão (caso de linhas e áreas), e a precisão dos pontos resultante do processamento. Fig. 13 Informação de elementos antes e após o processamento. FCUL Curso GPS (1999) 6

8 4- EDIÇÃO DE FEATURES A edição de features (Fig.14) dentro dos três grupos, pontos, linhas e áreas, passa pela definição da designação e pela definição dos atributos, que podem ser do tipo numérico, alfanumérico e menu. Relativamente ao símbolo, o programa é limitado, não permitindo a criação de novos símbolos para além dos apresentados. Fig.14 Edição de Features. A opção Filter Data permite a omissão de certos elementos (features) colhidos no campo e que não se pretendam processar. A filtragem dos dados, ou seja, dos elementos pode ser feita sobre os dados ou sobre o mapa obtido após o processamento. A aquisição de informação de campo e registo de dados através do receptor GPS SCA-12 requer a criação prévia de um ficheiro de features no programa Reliance, armazenado na caderneta, para que o tipo de elemento e respectivos atributos possam ser registados conjuntamente com os dados GPS de posicionamento. Assim o ficheiro de features especificamente criado para o projecto deve ser transferido para a caderneta através da opção Transfer information between PC and the handheld device do submenu Transfer Data. 5- CONVERSÃO DE DADOS Caso na estação Base os dados não tenham sido registados por um receptor Ashetch, mas sim por um de outra marca, é necessário proceder à conversão desses dados em formato RINEX para formato ASHTECH, sendo necessário para essa conversão, não só o ficheiro de observações, mas também, o ficheiro de efemérides ou navegação. Se utilizarmos este tipo de receptor, SCA-12 da Ashtech, para outro tipo de trabalho, por exemplo, posicionamento topográfico (precisão decimétrica, observações mono-frequência), é também necessário recorrer à conversão inversa, do formato ASHTECH para o formato RINEX. A partir do sub-menu Tools acede-se ao conversor deste tipo de formatos (Fig.15). Após o processamento dos dados é possível exportar o mapa resultante para outros formatos a utilizar pelo Sistema de Informação Geográfica. A partir da opção Export Data da janela de FCUL Curso GPS (1999) 7

9 controlo acedemos à janela de exportação da informação processada (Fig.16), onde deve ser Fig. 15 Conversão de formato de dados GPS. indicado o nome e destino do ficheiro de saída, bem como, o seu formato. Infelizmente, este programa tem uma lista curta de formatos possíveis, o que representa um factor de limitação. A adicionar a este facto, há a acrescentar a perda dos atributos no processo de exportação, por exemplo, para o formato DXF. Para resolver este problema tem de se exportar adicionalmente as sessões para um formato tipo texto onde toda a informação alfanumérica dos elementos e seus atributos serão guardados, e a partir dos quais se pode então actualizar as bases de dados do SIG. Embora, este não seja o caso dos formatos para o ArcInfo e ArcView. Fig. 16 Exportação dos dados. Para cada ficheiro exportado, o programa também cria um ficheiro de informação (extensão INF) que contém o nome do projecto, o sistema de coordenadas, as unidades, e outras informações úteis sobre os dados exportados. FCUL Curso GPS (1999) 8

10 FORMATOS DE EXPORTAÇÃO DISPONÍVEIS Shape, extensão.shp, a ser utilizado pelo ArcView. O programa cria adicionalmente ficheiros com extensão.shx e.dbf. Generate, extensão.gen, a ser utilizado pelo ArcInfo. O programa cria adicionalmente um ficheiro com extensão.dbf. AutoCAD 12 Texto (ou versão superior), extensão.dxf. AutoCAD 12 Binário (ou versão superior), extensão.dxf. Intergraph ASCII com extensão.asc. Texto com separação de virgulas, extensão.txt. FCUL Curso GPS (1999) 9

Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa CURSO DE GPS. Módulo x. (Aula Prática) GPSURVEY. Processamento de Bases GPS.

Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa CURSO DE GPS. Módulo x. (Aula Prática) GPSURVEY. Processamento de Bases GPS. Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa CURSO DE GPS Módulo x (Aula Prática) GPSURVEY Processamento de Bases GPS (Carlos Antunes) INTRODUÇÃO O GPSurvey é o mais recente programa de processamento

Leia mais

Exercício prático GPS Thales MobileMapper

Exercício prático GPS Thales MobileMapper Exercício prático GPS Thales MobileMapper Criar biblioteca: - Abrir o software Mobile Mapper Office e, no menu Tools, seleccionar a opção Feature Library Editor. - Para criar os ficheiros de pontos, linhas

Leia mais

Tutorial 1: Processamento de observações GPS no Pinnacle

Tutorial 1: Processamento de observações GPS no Pinnacle Gil Gonçalves - Versão 1.1 Tutorial 1: Processamento de observações GPS no Pinnacle ÍNDICE 1. Introdução...1 2. Passos necessários...2 Observações:...11 Anexos...12 Anexo 1: Orbitas precisas: Serviço IGS...12

Leia mais

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTG]

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTG] [Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Estudantes da ESTG] Unidade De Administração de Sistemas Serviços Informáticos Instituto Politécnico de Leiria 10-07-2009 Controlo do Documento Autor

Leia mais

Software de Edição e Output ADOBE ILLUSTRATOR E SILHOUETTE STUDIO. File > Open > Escolher a pasta ou local onde se encontre o ficheiro

Software de Edição e Output ADOBE ILLUSTRATOR E SILHOUETTE STUDIO. File > Open > Escolher a pasta ou local onde se encontre o ficheiro TUTORIAL CORTADORA DE VINIL Software de Edição e Output ADOBE ILLUSTRATOR E SILHOUETTE STUDIO 1. Abrir o programa ADOBE ILLUSTRATOR localizado na barra de tarefas 2. Abrir o ficheiro a cortar no ADOBE

Leia mais

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET MANUAL DO UTILIZADOR WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET 1. 2. PÁGINA INICIAL... 3 CARACTERÍSTICAS... 3 2.1. 2.2. APRESENTAÇÃO E ESPECIFICAÇÕES... 3 TUTORIAIS... 4 3. DOWNLOADS... 5 3.1. 3.2. ENCOMENDAS (NOVOS

Leia mais

ÍNDICE. Acesso para agências...3. Organização por pastas...4. Download das facturas a partir do site...5. Pesquisa de facturas...8

ÍNDICE. Acesso para agências...3. Organização por pastas...4. Download das facturas a partir do site...5. Pesquisa de facturas...8 2 ÍNDICE Acesso para agências...3 Organização por pastas...4 Download das facturas a partir do site...5 Pesquisa de facturas...8 Configurar notificações por email...11 3 Bem-vindo ao manual de uso do novo

Leia mais

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Funcionários da ESTG]

[Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Funcionários da ESTG] [Documentação de Utilização Correio Electrónico dos Funcionários da ESTG] Unidade De Administração de Sistemas Serviços Informáticos Instituto Politécnico de Leiria 09-06-2010 Controlo do Documento Autor

Leia mais

Mapas. Visualização de informação geográfica; Consulta e edição (mediante permissões) de informação geográfica;

Mapas. Visualização de informação geográfica; Consulta e edição (mediante permissões) de informação geográfica; Mapas Destinado especialmente aos Utilizadores do GEOPORTAL, nele são descritas e explicadas as diferentes funcionalidades existentes no FrontOffice (GEOPORTAL). O GEOPORTAL é baseado em tecnologia Web,

Leia mais

Manual do Utilizador

Manual do Utilizador Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra Departamento de Engenharia Electrotécnica e Computadores Software de Localização GSM para o modem Siemens MC35i Manual do Utilizador Índice

Leia mais

Guia do Wattbike Expert Software para Iniciantes

Guia do Wattbike Expert Software para Iniciantes Guia do Wattbike Expert Software para Iniciantes 1 Índice Introdução............................................... 3 Conexão do software ao Computador de Desempenho Wattbike tela padrão Polar e edição

Leia mais

MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO MODEM OPTIONS FOR NOKIA 7650. Copyright 2002 Nokia. Todos os direitos reservados 9354493 Issue 2

MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO MODEM OPTIONS FOR NOKIA 7650. Copyright 2002 Nokia. Todos os direitos reservados 9354493 Issue 2 MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO MODEM OPTIONS FOR NOKIA 7650 Copyright 2002 Nokia. Todos os direitos reservados 9354493 Issue 2 Índice 1. INTRODUÇÃO...1 2. INSTALAR O MODEM OPTIONS FOR NOKIA 7650...1 3. SELECCIONAR

Leia mais

Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida. Português

Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida. Português Motic Images Plus Versão 2.0 ML Guia de Consulta Rápida Português Índice Instalação do Software... 1 Instalação do Controlador e Actualização do Controlador... 4 Motic Images Plus 2.0 ML...11 Calibração

Leia mais

Aplicações de Programação CNC/ISO com Microcomputador

Aplicações de Programação CNC/ISO com Microcomputador Aplicações de Programação João Manuel R. S. Tavares Joaquim Oliveira Fonseca Introdução No contexto da programação CNC seria benéfica a possibilidade de trabalhar com programas que, dentro do possível,

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES DO ESTADO

SISTEMA DE INFORMAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES DO ESTADO SISTEMA DE INFORMAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES DO ESTADO SIPART (versão Setembro/2004) Manual de Utilização ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. ACEDER À APLICAÇÃO...4 3. CRIAR NOVO UTILIZADOR...5 4. CARACTERIZAÇÃO GERAL

Leia mais

EIC. Projecto I. Manual do Utilizador. Vídeo Vigilância Abordagem Open Source. Curso: Engenharia de Informática e Comunicações Ano Lectivo: 2005/2006

EIC. Projecto I. Manual do Utilizador. Vídeo Vigilância Abordagem Open Source. Curso: Engenharia de Informática e Comunicações Ano Lectivo: 2005/2006 EIC Engenharia de Informática e Comunicações Morro do Lena, Alto Vieiro Apart. 4163 2401 951 Leiria Tel.: +351 244 820 300 Fax.: +351 244 820 310 E-mail: estg@estg.iplei.pt http://www.estg.iplei.pt Engenharia

Leia mais

Manual de utilizador CRM

Manual de utilizador CRM Manual de utilizador CRM Formulário de Login Personalizado de acordo com a sua empresa mantendo a sua imagem corporativa. Utilizador: Admin Password: 123 1 Formulário Principal Este formulário está dividido

Leia mais

Ficha prática nº 7. SGBD Microsoft Access e SQL Server

Ficha prática nº 7. SGBD Microsoft Access e SQL Server Instituto Superior Politécnico de Viseu Escola Superior de Tecnologia Departamento de Informática Ficha prática nº 7 SGBD Microsoft Access e SQL Server Objectivo: Criação de uma aplicação em arquitectura

Leia mais

Guia de início rápido BlackBerry Enterprise 4.0 para Microsoft Exchange. Versão 1.0

Guia de início rápido BlackBerry Enterprise 4.0 para Microsoft Exchange. Versão 1.0 Guia de início rápido BlackBerry Enterprise 4.0 para Microsoft Exchange Versão 1.0 Vodafone Portugal 2005 Índice 1 Introdução à solução BlackBerry 3 2 Gestão e activação de utilizadores 3 2.1 Adicionar

Leia mais

MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO NOKIA MODEM OPTIONS. Copyright 2003 Nokia. Todos os direitos reservados 9356515 Issue 1

MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO NOKIA MODEM OPTIONS. Copyright 2003 Nokia. Todos os direitos reservados 9356515 Issue 1 MANUAL DE CONSULTA RÁPIDA DO NOKIA MODEM OPTIONS Copyright 2003 Nokia. Todos os direitos reservados 9356515 Issue 1 Índice 1. INTRODUÇÃO...1 2. INSTALAR O NOKIA MODEM OPTIONS...1 3. LIGAR O NOKIA 6600

Leia mais

GeoMafra Portal Geográfico

GeoMafra Portal Geográfico GeoMafra Portal Geográfico Nova versão do site GeoMafra Toda a informação municipal... à distância de um clique! O projecto GeoMafra constitui uma ferramenta de trabalho que visa melhorar e homogeneizar

Leia mais

Manual do GesFiliais

Manual do GesFiliais Manual do GesFiliais Introdução... 3 Arquitectura e Interligação dos elementos do sistema... 4 Configuração do GesPOS Back-Office... 7 Utilização do GesFiliais... 12 Outros modos de utilização do GesFiliais...

Leia mais

Introdução à aplicação Web

Introdução à aplicação Web Introdução à aplicação Web A aplicação Web SanDisk +Cloud é uma interface com base na Web para aceder ao seu conteúdo e gerir a sua conta. Com a aplicação Web poderá reproduzir música, ver filmes, ver

Leia mais

GUIA DE CAMPO Software. Trimble Digital Fieldbook TM

GUIA DE CAMPO Software. Trimble Digital Fieldbook TM GUIA DE CAMPO Software Trimble Digital Fieldbook TM Versão 2.00 Revisão A Abril de 2006 ÍNDICE INTRODUÇÃO... 4 APLICAÇÕES DE LEVANTAMENTO... 4 Dois Tipos de Levantamento de Campo... 4 Levantamento Estático-Rápido...

Leia mais

4.2.5. Os meus documentos

4.2.5. Os meus documentos 4.2.5. Os meus documentos 1 Os meus documentos Windows XP Os meus documentos Linux Caixa Mágica A minha Área (Home) Fig 1.26 Ícone A Minha Área (Home) do ambiente de trabalho do KDE Fig. 1.25 Ecrã do ambiente

Leia mais

Guia Passo a Passo de Actualização do Windows 8.1

Guia Passo a Passo de Actualização do Windows 8.1 Guia Passo a Passo de Actualização do Windows 8.1 Instalação e Actualização do Windows 8.1 Actualizar o BIOS, aplicações, controladores e executar o Windows Update Seleccionar o tipo de instalação Instalar

Leia mais

5 - Se o documento estiver completo, com os campos totalmente inseridos e com o aspecto que pretende, poderá guardá-lo.

5 - Se o documento estiver completo, com os campos totalmente inseridos e com o aspecto que pretende, poderá guardá-lo. Impressão em série de cartas de formulário e mailings em grande número Intercalação de correio Base de Dados em Excel Comece por planear o aspecto da sua página final - é uma carta, uma página de etiquetas

Leia mais

Portal AEPQ Manual do utilizador

Portal AEPQ Manual do utilizador Pedro Gonçalves Luís Vieira Portal AEPQ Manual do utilizador Setembro 2008 Engenharia Informática - Portal AEPQ Manual do utilizador - ii - Conteúdo 1 Introdução... 1 1.1 Estrutura do manual... 3 1.2 Requisitos...

Leia mais

Administração da disciplina

Administração da disciplina Administração da disciplina Agrupamento Vertical de Escolas de Tarouca Documento disponível em: http://avetar.no-ip.org 1.Acesso e utilização da plataforma:. Seleccione a opção Entrar, que se encontra

Leia mais

SIQuant GeoQuality DGNToShapefile Converter

SIQuant GeoQuality DGNToShapefile Converter SIQuant GeoQuality DGNToShapefile Converter v.1.2.1.0 Manual do Utilizador 2005-2007 Copyright SIQuant 2005, 2006, 2007. Todos os direitos reservados. O sistema SIQuant GeoQuality é licenciado pela empresa

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO SOBRE O ESTUDO DO LEITO DE CHEIA NUM TROÇO DO RIO MONDEGO

RELATÓRIO TÉCNICO SOBRE O ESTUDO DO LEITO DE CHEIA NUM TROÇO DO RIO MONDEGO RELATÓRIO TÉCNICO SOBRE O ESTUDO DO LEITO DE CHEIA NUM TROÇO DO RIO MONDEGO Instituto da Água - Direcção de Serviços de Recursos Hídricos Sónia Fernandes, Ana Catarina Mariano, Maria Teresa Álvares, Maria

Leia mais

Aplicações de Escritório Electrónico

Aplicações de Escritório Electrónico Universidade de Aveiro Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda Curso de Especialização Tecnológica em Práticas Administrativas e Tradução Aplicações de Escritório Electrónico Folha de trabalho

Leia mais

GeoMafra Portal Geográfico

GeoMafra Portal Geográfico GeoMafra Portal Geográfico Nova versão do site GeoMafra Toda a informação municipal... à distância de um clique! O projecto GeoMafra constitui uma ferramenta de trabalho que visa melhorar e homogeneizar

Leia mais

RENT versão desktop Manual de Utilizador para empresa

RENT versão desktop Manual de Utilizador para empresa RENT versão desktop Manual de Utilizador para empresa @ Copyright 2015 Desenvolvido pela Dória Software versão manual 1.3 Última atualização 23.03.2015 Sobre o RENT I. O que é o RENT? RENT- Registo Nominal

Leia mais

WINDOWS. O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador.

WINDOWS. O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. WINDOWS O AMBIENTE DE TRABALHO DO WINDOWS O Windows funciona como um Sistema Operativo, responsável pelo arranque do computador. Um computador que tenha o Windows instalado, quando arranca, entra directamente

Leia mais

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Novembro de 2003

geral@centroatlantico.pt www.centroatlantico.pt Impressão e acabamento: Inova 1ª edição: Novembro de 2003 MANTENHA-SE INFORMADO Envie um e-mail* para software@centroatlantico.pt para ser informado sempre que existirem actualizações a esta colecção ou outras notícias importantes sobre o Internet Explorer. *

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO V3.0.0 AVAplayer Índice Requisito Mínimos...2 Computador de emissão...2 Computadores de produção postos de trabalho...2 Instalação...3 Instalar o AVAplayer a partir do CD-ROM fornecido...3

Leia mais

Instalando o Software Topcon Tools e Topcon Link:

Instalando o Software Topcon Tools e Topcon Link: Instalando o Software Topcon Tools e Topcon Link: Crie uma pasta em seu computador, em seguida faça download da Pasta TOPCON TOOLS disponibilizada no FTP da Santiago & Cintra (ftp.santiagoecintra.com.br

Leia mais

BIBLIOTECA ANACOM MANUAL DO UTILIZADOR

BIBLIOTECA ANACOM MANUAL DO UTILIZADOR BIBLIOTECA ANACOM MANUAL DO UTILIZADOR ÍNDICE Biblioteca ANACOM - Manual do utilizador... 2 Página de entrada... 3 Barra de menus da Biblioteca ANACOM... 3 Tipos de pesquisa... 3 Pesquisa simples... 3

Leia mais

WEB OF SCIENCE - tutorial

WEB OF SCIENCE - tutorial WEB OF SCIENCE - tutorial O QUE É A WEB OF SCIENCE A Web of Science é a designação comum que é dada a um conjunto de bases de dados também conhecidas como «Science Citation Indexes» (Science Citation Index,

Leia mais

GeoMafra SIG Municipal

GeoMafra SIG Municipal GeoMafra SIG Municipal O projecto GeoMafra constitui uma ferramenta de trabalho que visa melhorar e homogeneizar a qualidade dos serviços prestados pela autarquia. O seu novo ambiente de trabalho optimiza

Leia mais

1 - INTRODUÇÃO 2 - CONCEITOS BÁSICOS ARCPAD

1 - INTRODUÇÃO 2 - CONCEITOS BÁSICOS ARCPAD 1 - INTRODUÇÃO O ArcPad é um software de mapeamento e tratamento de Informações Geográficas desenvolvido pela ESRI cujo objetivo principal é a portabilidade e mobilidade dos dados. O ArcPad pode ser utilizado

Leia mais

CASO DE ESTUDO SOBRE SIG

CASO DE ESTUDO SOBRE SIG Laboratório Regional de Engenharia Civil Agência Regional da Energia e Ambiente da Região Autónoma da Madeira Câmara Municipal do Funchal Sistema Integrado para a Implementação de Sustentabilidade CASO

Leia mais

AULA 6 - Operações Espaciais

AULA 6 - Operações Espaciais 6.1 AULA 6 - Operações Espaciais Essa aula descreve as operações espaciais disponíveis no TerraView. Antes de iniciar sua descrição é necessário importar alguns dados que serão usados nos exemplos. Exercício:

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE A EQUIPA DO PTE 2009/2010 Índice 1. Entrar na plataforma Moodle 3 2. Editar o Perfil 3 3. Configurar disciplina 4 3.1. Alterar definições 4 3.2. Inscrever alunos

Leia mais

Versão 1.0. GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento. aneamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa 1250-069 Lisboa Homepage : http://www.gep.mtss.gov.

Versão 1.0. GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento. aneamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa 1250-069 Lisboa Homepage : http://www.gep.mtss.gov. Versão 1.0 GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento aneamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa 1250-069 Lisboa Homepage : http://www.gep.mtss.gov.pt Índice Folha 2 ÍNDICE Folha 1 - Requisitos -------------------------------------------------------------

Leia mais

Folha de Cálculo (Excel)

Folha de Cálculo (Excel) Tecnologias de Informação e Comunicação Folha de Cálculo (Excel) Professor: Rafael Vieira. 1. Introdução à folha de cálculo o nome folha de cálculo atribuído a este tipo de programas, deve-se, principalmente,

Leia mais

Acronis Servidor de Licença. Manual do Utilizador

Acronis Servidor de Licença. Manual do Utilizador Acronis Servidor de Licença Manual do Utilizador ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 1.1 Descrição geral... 3 1.2 Política de licenças... 3 2. SISTEMAS OPERATIVOS SUPORTADOS... 4 3. INSTALAR O SERVIDOR DE LICENÇA

Leia mais

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo,

POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, Módulo POS Loja O que é um POS? Para que serve? POS significa Point of Sale Posto de Venda um local onde ocorre uma transação financeira, por exemplo, uma Loja que efetue venda ao público. Por outras palavras,

Leia mais

1. Rede de Apoio Topográfico... 2. 1.1. Características da Rede... 2. 2. Acesso e Utilização... 2. 2.1. Visualizador de mapa... 3

1. Rede de Apoio Topográfico... 2. 1.1. Características da Rede... 2. 2. Acesso e Utilização... 2. 2.1. Visualizador de mapa... 3 MANUAL DE UTILIZAÇÃO... 2 1. Rede de Apoio Topográfico... 2 1.1. Características da Rede... 2 2. Acesso e Utilização... 2 2.1. Visualizador de mapa... 3 2.1.1. Elementos do mapa... 3 2.1.2. Tarefas...

Leia mais

Editor HTML. Composer

Editor HTML. Composer 6 Editor HTML 6 Composer Onde criar Páginas Web no Netscape Communicator? 142 A estrutura visual do Composer 143 Os ecrãs de apoio 144 Configurando o Composer 146 A edição de Páginas 148 Publicando a sua

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO do aremoto

MANUAL DE OPERAÇÃO do aremoto MANUAL DE OPERAÇÃO do aremoto V1.00 UTILIZAÇÃO DO PROGRAMA Outubro 30, 2004 www.imsi.pt Código #MOaR01 EMPRESA Código Documento MOAR01 Sobre a utilização do programa de assistência remota Versão Elaborado

Leia mais

Como utilizar o P-touch Transfer Manager

Como utilizar o P-touch Transfer Manager Como utilizar o P-touch Transfer Manager Versão 0 POR Introdução Nota importante O conteúdo deste documento e as especificações do produto estão sujeitos a alteração sem aviso prévio. A Brother reserva

Leia mais

GPS TrackMaker. Principais Funções e aplicações. Departamento de Engenharia Florestal Universidade Estadual Centro-Oeste UNICENTRO - Campus de Irati

GPS TrackMaker. Principais Funções e aplicações. Departamento de Engenharia Florestal Universidade Estadual Centro-Oeste UNICENTRO - Campus de Irati GPS TrackMaker o Principais Funções e aplicações Departamento de Engenharia Florestal Universidade Estadual Centro-Oeste UNICENTRO - Campus de Irati GPS TrackMaker Software desenvolvido por Odilon Ferreira

Leia mais

d^ifiblp loqelmelp=ud=pa

d^ifiblp loqelmelp=ud=pa = MRKOMNN d^ifiblp loqelmelp=ud=pa fåëí~ä~ ç=çç=ëçñíï~êé mçêíìöìæë=çç=_ê~ëáä Página de título Sirona Dental Systems GmbH Índice 1 Apresentação geral... 4 1.1 Âmbito de fornecimento... 4 1.2 O que é o Sirona

Leia mais

Equipa PTE. Janeiro 2012

Equipa PTE. Janeiro 2012 Janeiro 2012 Equipa PTE Índice Introdução... 3 Registo Online... 3 Instalação... 6 Dropbox Online... 9 Separador Files (Ficheiros)... 10 Restaurar arquivos... 11 Recuperar arquivos... 11 Separador "Events"...

Leia mais

Manual do utilizador. Aplicação de agente

Manual do utilizador. Aplicação de agente Manual do utilizador Aplicação de agente Versão 8.0 - Otubro 2010 Aviso legal: A Alcatel, a Lucent, a Alcatel-Lucent e o logótipo Alcatel-Lucent são marcas comerciais da Alcatel-Lucent. Todas as outras

Leia mais

A VISTA BACKSTAGE PRINCIPAIS OPÇÕES NO ECRÃ DE ACESSO

A VISTA BACKSTAGE PRINCIPAIS OPÇÕES NO ECRÃ DE ACESSO DOMINE A 110% ACCESS 2010 A VISTA BACKSTAGE Assim que é activado o Access, é visualizado o ecrã principal de acesso na nova vista Backstage. Após aceder ao Access 2010, no canto superior esquerdo do Friso,

Leia mais

Interface WWW para bases de dados CDS/ISIS Manual de instalação e configuração Versão 2.1, Maio 1999 LINUX 1.2.13

Interface WWW para bases de dados CDS/ISIS Manual de instalação e configuração Versão 2.1, Maio 1999 LINUX 1.2.13 Interface WWW para bases de dados CDS/ISIS Manual de instalação e configuração Versão 2.1, Maio 1999 LINUX 1.2.13 BIBLIOsoft, 1999 Ficha técnica Título: Interface WWW para bases de dados CDS/ISIS : manual

Leia mais

TRANSFERÊNCIA DE DADOS SÉRIES ZT20 E ZIPP10. Para isto pressione o botão vermelho menu durante 3s.

TRANSFERÊNCIA DE DADOS SÉRIES ZT20 E ZIPP10. Para isto pressione o botão vermelho menu durante 3s. TRANSFERÊNCIA DE DADOS SÉRIES ZT20 E ZIPP10. Introdução. Este guia ensina de forma prática como transferir dados das estações Totais Geomax ZT20 e ZIPP10 para o software Topograph e vice versa. Ligue a

Leia mais

Internet Móvel Clix. Guia de Instalação

Internet Móvel Clix. Guia de Instalação Internet Móvel Clix Guia de Instalação Conteúdo Requisitos mínimos... 2 Antes de instalar... 2 Instalar a Internet Móvel... 3 Desinstalar a Internet Móvel... 3 Janela principal da Internet Móvel... 4 Informações

Leia mais

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6 MANUAL DO UTILIZADOR A informação contida neste manual, pode ser alterada sem qualquer aviso prévio. A Estratega Software, apesar dos esforços constantes de actualização deste manual e do produto de software,

Leia mais

GeoMafra SIG Municipal

GeoMafra SIG Municipal GeoMafra SIG Municipal Nova versão do site GeoMafra Toda a informação municipal... à distância de um clique! O projecto GeoMafra constitui uma ferramenta de trabalho que visa melhorar e homogeneizar a

Leia mais

EDUTec Learning. José Paulo Ferreira Lousado

EDUTec Learning. José Paulo Ferreira Lousado EDUTec Learning MANUAL DO UTILIZADOR José Paulo Ferreira Lousado Índice Página Principal... ii Página de Desenvolvimento de Conteúdos... iii Página de Comunicações...iv Página de Transferência de Ficheiros...vi

Leia mais

7.3. WINDOWS MEDIA PLAYER 12

7.3. WINDOWS MEDIA PLAYER 12 7.3. WINDOWS MEDIA PLAYER 12 Este programa permite gerir toda a sua colecção de músicas, vídeos e até mesmo imagens, estando disponível para download no site da Microsoft, o que significa que mesmo quem

Leia mais

Guia rápido do utilizador

Guia rápido do utilizador Guia rápido do utilizador Índice Relatório de roubo 3 Criar um novo relatório de roubo 4 Fornecer detalhes do relatório de roubo Secção 1. Especificar o computador 5 Fornecer detalhes do relatório de roubo

Leia mais

SAFT para siscom. Manual do Utilizador. Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01. Data criação: 21.12.2007

SAFT para siscom. Manual do Utilizador. Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01. Data criação: 21.12.2007 Manual do Utilizador SAFT para siscom Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01 Data criação: 21.12.2007 Faro R. Dr. José Filipe Alvares, 31 8005-220 FARO Telf. +351 289 899 620 Fax. +351 289 899 629

Leia mais

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos O objetivo deste Manual é permitir a reunião de informações dispostas de forma sistematizada, criteriosa e segmentada

Leia mais

bit Tecnologia ao Serviço do Mundo Rural www.ruralbit.pt

bit Tecnologia ao Serviço do Mundo Rural www.ruralbit.pt bit Tecnologia ao Serviço do Mundo Rural www.ruralbit.pt :: Ruralbit :: http://www.ruralbit.pt :: Índice :: Ruralbit :: http://www.ruralbit.pt :: Pág. 1 Introdução O Pocket Genbeef Base é uma aplicação

Leia mais

Guia de administração do programa

Guia de administração do programa Guia de administração do programa Medtronic MiniMed Northridge, CA 91325, EUA 800-646-4633 (800-MiniMed) 818.576.5555 www.minimed.com Representate na U.E. Medtronic B.V. Earl Bakkenstraat 10 6422 PJ Heerlen

Leia mais

Manual CallCenter para a IPBrick

Manual CallCenter para a IPBrick Manual CallCenter para a IPBrick iportalmais 1 de Outubro de 2010 1 1 Introdução As empresas usam call centers como forma de interagir e de construir relações com os seus clientes. Consciente da importância

Leia mais

Manual utilização. Dezembro 2011. Instituto Politécnico de Viseu

Manual utilização. Dezembro 2011. Instituto Politécnico de Viseu Manual utilização Dezembro 2011 Instituto Politécnico de Viseu 1 Índice Zona pública... 3 Envio da ideia de negócio... 3 Inscrição nas Oficinas E... 4 Zona privada... 5 Administração... 5 Gestão de utilizadores...

Leia mais

INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DO COLIBRI

INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO DO COLIBRI O COLIBRI é um ambiente de Colaboração WEB sofisticado. Disponibiliza ferramentas para a realização de aulas, reuniões ou trabalhos de grupo para professores e alunos, através da Internet. Permite a realização

Leia mais

Manual de actualização passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53

Manual de actualização passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53 Manual de passo a passo do Windows 8 CONFIDENCIAL 1/53 Índice 1. 1. Processo de configuração do Windows 8 2. Requisitos do sistema 3. Preparativos 2. Opções de 3. 4. 5. 6. 1. Personalizar 2. Sem fios 3.

Leia mais

PLANEAMENTO DA INSTALAÇÃO DO WINDOWS SERVER 2003

PLANEAMENTO DA INSTALAÇÃO DO WINDOWS SERVER 2003 PLANEAMENTO DA INSTALAÇÃO DO WINDOWS SERVER 2003 1 PLANEAMENTO DA INSTALAÇÃO Instalar o Windows Server 2003 requer alguma preparação, devido à sua complexidade: Ao correr o programa de setup (configuração)

Leia mais

Função visualizar cartão de memória

Função visualizar cartão de memória Manual de utilizador Função visualizar cartão de memória Este é o manual da função visualizar cartão de memória. Leia este manual atentamente antes de operar com a função visualizar cartão de memória.

Leia mais

Acesso ao Servidor de Mapas (ARCMAP)

Acesso ao Servidor de Mapas (ARCMAP) Acesso ao Servidor de Mapas (ARCMAP) Versão 1.0 Histórico de Revisão Data Versão Descrição Autor 05/03/2014 1.0 Criação do documento Frederico dos Santos Soares APRESENTAÇÃO O presente documento tem como

Leia mais

www.sysdevsolutions.com Driver Eticadata Versão 1.0 de 07-03-2011 Português

www.sysdevsolutions.com Driver Eticadata Versão 1.0 de 07-03-2011 Português Driver Eticadata Versão 1.0 de 07-03-2011 Português Índice Configuração dos documentos no Backoffice.... 3 Driver ERP Eticadata... 5 Configurações principais... 5 Configurações do vendedor... 6 Configurações

Leia mais

Manual do utilizador Studio

Manual do utilizador Studio Manual do utilizador Studio Flexilab... 2 Introdução... 4 Terminar sessão... 4 Utilizar a Ajuda... 5 Página principal... 6 Texto de introdução... 6 Testes suspensos... 7 Resultados... 8 O teste... 10 Perguntas...

Leia mais

TRANSFORMAÇÃO DE COORDENADAS. PT-TM06-ETRS89 para Datum Lisboa IGeoE

TRANSFORMAÇÃO DE COORDENADAS. PT-TM06-ETRS89 para Datum Lisboa IGeoE TRANSFORMAÇÃO DE COORDENADAS PT-TM06-ETRS89 para Datum Lisboa IGeoE João Martins - Mário Pereira da Costa joao.martins@afn.min-agricultura.pt - mario.costa@afn.min-agricultura.pt 1. Abrir o ArcMap. Fazer

Leia mais

EAD Sistema CR Campeiro 7

EAD Sistema CR Campeiro 7 EAD Sistema CR Campeiro 7 Tópico 1 Interface com Sistema de Posicionamento Global 1.1 Introdução: O Sistema Campeiro, disponibiliza para emprego nas rotinas de topografia, Geoprocessamento e Agricultura

Leia mais

Memeo Instant Backup Guia Rápido de Introdução

Memeo Instant Backup Guia Rápido de Introdução Introdução O Memeo Instant Backup é uma solução de cópias de segurança simples para um mundo digital complexo. O Memeo Instant Backup protege os seus dados, realizando automática e continuamente uma cópia

Leia mais

Programação 2008/2009 MEEC Guia de instalação do PC de programação

Programação 2008/2009 MEEC Guia de instalação do PC de programação Programação 2008/2009 MEEC Guia de instalação do PC de programação Requisitos: PC 1Gbyte de memória Windows, Linux ou Mac OS X. Aplicação Virtualbox. (www.virtualbox.org) O uso de máquinas virtuais permite

Leia mais

Office 365 Manual Outlook 365 Web Application

Office 365 Manual Outlook 365 Web Application Office 365 Manual Outlook 365 Web Application Requisitos para usar o Office 365: Ter instalado pelo menos a versão 7 do Internet Explorer, Mozilla Firefox 15, Google Chrome 21 ou Safari no Mac. O que é

Leia mais

Manual do Nero ControlCenter

Manual do Nero ControlCenter Manual do Nero ControlCenter Nero AG Informações sobre direitos de autor e marcas O manual do Nero ControlCenter e todo o seu conteúdo estão protegidos pelos direitos de autor e são propriedade da Nero

Leia mais

Internet Update de PaintManager TM. Manual de instalação e utilização do programa de actualização

Internet Update de PaintManager TM. Manual de instalação e utilização do programa de actualização Internet Update de PaintManager TM Manual de instalação e utilização do programa de actualização ÍNDICE O que é o programa Internet Update? 3 Como se instala e executa o programa? 3 Aceder ao programa

Leia mais

COLETOR DE DADOS. 1. Verificar ou alterar o modo de interface para avançado COLETOR DE DADOS

COLETOR DE DADOS. 1. Verificar ou alterar o modo de interface para avançado COLETOR DE DADOS COLETOR DE DADOS Objetivo O objetivo deste material é orientar o operador das colhedoras de Cana Série A8000 de como formatar e como operacionalizar o coletor de dados. Descrição O coletor de dados das

Leia mais

www.sysdevsolutions.com Driver Artsoft Versão 1.0 de 07-03-2011 Português

www.sysdevsolutions.com Driver Artsoft Versão 1.0 de 07-03-2011 Português Driver Artsoft Versão 1.0 de 07-03-2011 Português Índice Configuração dos documentos no Backoffice.... 3 Driver ERP Artsoft... 5 Configurações principais... 5 Configurações do vendedor... 6 Configurações

Leia mais

ESCOLA EB2,3/S Dr. ISIDORO DE SOUSA

ESCOLA EB2,3/S Dr. ISIDORO DE SOUSA ESCOLA EB2,3/S Dr. ISIDORO DE SOUSA Passos para Ligar 1. Verificar se o projector de Vídeo está ligado à corrente tomada do lado esquerdo do quadro, junto à porta, caso não esteja ligue a ficha tripla

Leia mais

Introdução ao CoolEdit c : programa de edição de som digital

Introdução ao CoolEdit c : programa de edição de som digital Introdução ao CoolEdit c : programa de edição de som digital J. M. B. Lopes dos Santos 19 de Julho de 2005 Departamento de Física, Faculdade de Ciências, Universidade do Porto, R. Campo Alegre, 687, 4169-007

Leia mais

OneTouch ZOOM Pro Diabetes Management Software. Guia de Instalação. Procedimento de instalação

OneTouch ZOOM Pro Diabetes Management Software. Guia de Instalação. Procedimento de instalação OneTouch ZOOM Pro Diabetes Management Software com SnapShot Guia de Instalação Procedimento de instalação 1. Insira o CD de instalação do OneTouch Zoom Pro na unidade de CD-ROM. NOTA: Se instalar o programa

Leia mais

NOÇÕES ELEMENTARES DE BASES DE DADOS

NOÇÕES ELEMENTARES DE BASES DE DADOS 1 NOÇÕES ELEMENTARES DE BASES DE DADOS Este primeiro capítulo aborda conceitos elementares relacionados com bases de dados. Os conceitos abordados neste capítulo são necessários para trabalhar adequadamente

Leia mais

Ajuda: Pesquisa Web na base de dados Digitarq

Ajuda: Pesquisa Web na base de dados Digitarq Ajuda: Pesquisa Web na base de dados Digitarq A pesquisa Web nos oferece duas principais possibilidades, a saber: 1) Pesquisa simples e 2) Pesquisa avançada 1) Pesquisa simples O interface da pesquisa

Leia mais

Conteúdos. Correio Electrónico Protocolos POP3 e SMTP Endereços de correio electrónico Trabalho Prático

Conteúdos. Correio Electrónico Protocolos POP3 e SMTP Endereços de correio electrónico Trabalho Prático Conteúdos Correio Electrónico Protocolos POP3 e SMTP Endereços de correio electrónico Trabalho Prático O desejo de comunicar é a essência das redes. As pessoas sempre desejaram corresponder entre si através

Leia mais

Guia de Rede MediCap USB300

Guia de Rede MediCap USB300 Guia de Rede MediCap USB300 Aplica-se às versões de firmware 110701 e mais recentes 1 Introdução... 2 Instruções Preliminares... 2 Como Configurar o Acesso Através da Rede ao Disco Rígido do USB300...

Leia mais

Guia Rápido do Contacts

Guia Rápido do Contacts Guia Rápido do Contacts IPBRICK SA 12 de Novembro de 2014 1 Conteúdo 1 Introdução 3 2 IPBrick - Contactos 3 2.1 Separador Administração........................ 4 2.1.1 Requisitos dos ficheiros.csv..................

Leia mais

BPstat. manual do utilizador. Banco de Portugal BPstat Estatísticas online Manual do Utilizador 1/24

BPstat. manual do utilizador. Banco de Portugal BPstat Estatísticas online Manual do Utilizador 1/24 BPstat manual do utilizador Banco de Portugal BPstat Estatísticas online Manual do Utilizador 1/24 BANCO DE PORTUGAL Av. Almirante Reis, 71 1150-012 Lisboa www.bportugal.pt Edição Departamento de Estatística

Leia mais

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida Ministério Público Ministério Público Guia de Consulta Rápida Versão 3 (Outubro de 2009) - 1 - ÍNDICE 1. ACEDER AO CITIUS MINISTÉRIO PÚBLICO... 4 2. BARRA DE TAREFAS:... 4 3. CONFIGURAR O PERFIL DO UTILIZADOR...

Leia mais

Computação Móvel 2007/2008

Computação Móvel 2007/2008 Computação Móvel 2007/2008 Tutorial 2 Criação de uma nova publicação de base de dados no SQL Server 2005 Standard Edition / Enterprise Edition / Developer Edition No computador cliente: 1. Estabelecer

Leia mais

SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR

SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR Leaseplan Portugal Bertrand Gossieaux SIM - SUPPLIERS INVOICING MANAGER - MANUAL DE UTILIZADOR Page2 INDICE 1. LOGIN, ESTRUTURA E SAÍDA DO SIM... 3 a) Login... 3 b) Estrutura principal... 4 c) Saída da

Leia mais