ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CÍVEL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CÍVEL"

Transcrição

1 cc. ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CÍVEL ACÓRDÃO Processo : N /001 Natureza : Remessa Oficial Comarca : Capital - Sétima Vara da Fazenda Pública Promovente: Premier Vídeo Ltda. (Advs. João Brito de Góis Filho e outro) Promovido : Município de João Pessoa (Proc. José Augustio Nobre Filho) Remetente : Doutor Juiz de Direito Relator : Doutor Carlos Antônio Sarmento - Juiz Convocado 4111 TRIBUTÁRIO. Imposto Sobre Serviço. Locação de bens móveis. Não incidência. Ilegalidade da cobrança. Procedência da demanda. Recurso Oficial. Desprovimento do recurso. Já decidiu o STF (RE ) ser indevida a incidência de ISS sobre a locação de bens móveis, eis que locação de serviços e locação de bens são práticas diversas, regidas pelo Código Civil. Na primeira, encontrase a venda de bem imaterial (serviço), enquanto na segunda o objeto do contrato é a coisa móvel, jamais a a- tividade. Assim, em se tratando de espécies distintas, não se há de atribuir igual regime tributário, não podendo, in easti, haver incidência do 1SS. Com o advento da Lei Complementar 116/2003, a locação de bens móveis foi excluída do rol dos fatos geradores para a incidência do ISS. Ante o princípio da legalidade, consagrado na Carta de 1988, é defeso ao Estado cobrar tributos sem que haja lei anterior que os estabeleça (art. 150, I, da Constituição Federal). VISTOS, RELATADOS E DISCUTIDOS estes autos, A- CORDA a Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba, por votação u- nânime, em CONHECER E NEGAR PROVIMENTO AO RECURSO NECESSÁ- RIO, na conformidade do Relatório e voto do Relator, que passam a integrar o julgado. RELATÓRIO Adoto, corno relatório, o constante da sentença de ff. 125/128, acrescentando que o Doutor Juiz de Direito julgou procedente a Ação Declaratória Negativa de Obrigação Tributária c/c Repetição de Indébito ajuizada por Premier Vídeo Ltda. em face do Município de João Pessoa. Por fim, recorreu de ofício conforme determina a legislação vigente. Não foi interposto Recurso Voluntário (Certidão de f. 129v). A Procuradoria de Justiça emitiu Parecer (ff. 134/136), no qual vislumbra ser desnecessária sua manifestação ante a ausência de interesse público no caso.

2 2 Relatados, pedi se designasse dia para julgamento. É o Relatório. VOTO Cuida-se de Recurso Necessário de sentença que julgou procedente Ação Declaratória Negativa de Obrigação Tributária c/c Repetição de Indébito aforada por Premier Vídeo Ltda. em face do Município de João Pessoa. A sentença guerreada declarou "a autora desábrigada de recolher aos cofres da.fazenda Municipal o ISS sobre os contratos de locação, pura e simples, de fitas de vídeo, CDs OU DVDs que realizar, e assegurar-lhe o direito à repetição de indébito pelo que tiver recolhido, com base em tal tipo de negócio, nos cinco (5) anos anteriores à propositura da presente ação". Impõe-se manter incólume a sentença sob reexame necessário. Analisando-se os autos, verifica-se que a Promovente ajuizou a presente demanda com a pretensão de desobrigar-se do pagamento do 1SS sobre a locação de bens móveis, bem como ser ressarcida pelos valores pagos indevidamente. A orientação esposada pela Supremátrte de Justiça afasta a possibilidade de incidência do tributo denominado ISS sobre locação de coisa móvel, mais especificamente, locação de fitas, DVDs e CDs, atividade comercial exercida pela Recorrida. O Supremo Tribunal Federal, em decisão da lavra do Min. Marco Aurélio de Mello, entendeu: "Imposto Sobre Serviços. - Contrato de Locação. A terminologia constitucional do Imposto sobre Serviços revela o objeto da tributação. Conflita com a Lei Maior dispositivo que imponha o tributo considerado contrato de locação de bem móvel. Em Direito, os institutos, as expressões e os vocábulos têm sentido próprio, descabendo confundir a locação, de serviços com a de móveis, práticas diversas regidas. pelo Código Civil, cujas definições são de observância inafastável artigo 110 do Código Tributário Nacional". A locação de coisa móvel não pode ser considerada como serviço. Ela constitui obrigação de dar, diferentemente da obrigação de fazer, esta sim, própria da locação de serviços, espécie sobre a qual incide o Imposto denominado ISS. A propósito, decisões dos Tribunais pátrios: "AGRAVO DE INSTRUMENTO - AÇÃO DECLA- RATÓRIA DE INEXISTÊNCIA DE DÉBITO TRIBU- TÁRIO - ANTECIPAÇÃO DE TUTELA - SUSPEN- SÃO DE EXIGIBILIDADE - ISS INCIDENTE SOBRE A LOCAÇÃO DE BENS MÓVEIS - IMPOSSIBILI- DADE - A locação de bens não se confunde com prestação de serviços de qualquer natureza, fato gerador #1 " de ISS. Precedente do STF. l'resença de prejuízo com

3 o pagamento de tributo indevido. Exigibilidade de crédito tributário suspensa. Impossibilidade de proil bição de medidas fiscais tendentes a exigência de dé- bitos, como o lançamento do tributo e o ajuizarnento de ações judiciais. Recurso parcialmente provido" (T- JRS - AGI ( ) - V C.Esp.Cív. - Rel. Des. Adão Sérgio do Nascimento Cassiano - J ). n i "TUTELA ANTECIPADA - Pretensão em ação ordinária com o objetivo de suspender a exigibilidade do crédito tributário. ISS sobre locação de bens móveis (veículos). Possibilidade, diante do disposto no inciso VI, do art. 151, do CTN, na redação da Lei Complementar n 104/01. Atividade não enquadrada no conceito de prestação de serviços. Presença, no caso, dos pressupostos para o provimento antecipatório. Agravo provido" (1 TACSP - AI Descalvado - 6' C. - Rel. Juiz Marciano da Fonseca - J ). 3 "MEDIDA CAUTELAR - Cautela inominada. Liminar. ISS - Município de Limeira. Suspensão da exigi-, bilidade do crédito tributário. Possibilidade. Alegação de inconstitucionalidade da expressão "locação de bens móveis" constante do item 79, do artigo 39, parágrafo único, da Lei Municipal 1890/83. Admissibilidade, pois a locação de bens móveis possui fato gerador que não se confunde com prestação de serviços. Precedentes do E. STF. Liminar concedida. Agravo provido para esse fim" (1 TACSP - AI Limeira - 4' C. - Rel. Juiz Rizzatto Nunes - J ). Do exposto, conclui-se que é indevida a incidência de 1SS sobre a locação de bens móveis, eis que locação de serviços e locação de bens são práticas diversas, regidas pelo Código Civil. Na primeira, encontra-se a venda de bem imaterial (serviço), enquanto na segunda o objeto do contrato é a coisa móvel, jamais a atividade. Assim; em se tratando de espécies distintas, não se há de atribuir igual regime tributário, não podendo, in cosu, haver incidência do ISS, por ausência do fato gerador. Por outro lado, a Lei Complementar 116/2003, que dispõe sobre o ISS, não inseriu em seu rol de fatos geradores a locação de bens móveis. Com efeito. Ante o principio da legalidade, consagrado na Carta de 1988, é defeso ao Estado cobrar tributos sem que haja lei anterior que os estabeleça. A propósito, a Constituição Federal dispõe que: "Art Sem prejuízo de outras garantias asseguradas ao contribuinte, é vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios: 1 - exigir ou aumentar tributo sem lei que o estabeleea." Transcrevo, por oportuno, decisão sobre o tema: "O sistema tributário brasileiro tem como princípio basilar proeminente, decorrente de regra constitucional, o da legalidade: só à lei cabe instituir impostos, definir o fato gerador e estabelecer prazos e condições - de pagamento" (STJ - Primeira Turma. Resp /SP. Relator: Ministro Demócrito Reinaldo). 4111

4 4 4. Ora, com o advento da Lei Complementar 116/2003, a locação de bens móveis foi excluída do rol dos fatos geradores para a incidência do ISS. Portanto, não merece reparos a sentença que declarou a Promovente desabrigada a recolher o ISS, eis que sua atividade comercial restringe-se ao aluguel de fitas VI-IS, DVDs e CDs. Trago à baila decisão do egrégio Tribunal de Justiça do Distrito Federal 'em caso idêntico ao examinado: 411 "TRIBUTÁRIO - LOCAÇÃO DE BENS MÓVEIS E LOCAÇÃO DE SERVIÇOS - INSTITUTOS DIVER- SOS - NÃO INCIDÊNCIA DE ISS SOBRE A LOCA- ÇÃO DE BENS MÓVEIS - LEI COMPLEMENTAR N A LEI COMPLEMENTAR N. 116, DE 31 DE JULII0 DE 2003, INTRODUZIU ALGUMAS MODI- FICAÇÕES NA COBRANÇA DO ISS, SENDO UMA DELAS A EXCLUSÃO DA 'LOCAÇÃO DE BENS MÓVEIS' DA LISTA DE SERVIÇOS SOBRE OS QUAIS DEVE INCIDIR O IMPOSTO. REPETIÇÃO DO INDÉBITO - PRESCRIÇÃO QÜINQÜENAL A PARTIR DA DATA DO LANÇAMENTO. PRECEI- TUA O ART. 150, 1, DO CTN QUE O PAGAMEN- TO ANTECIPADO EXTINGUE O CRÉDITO, SOB CONDIÇÃO RESOLUTÓRIA, OU SEJA, DESDE JÁ PRODUZ OS SEUS EFEITOS, DEVENDO OS CINCO ANOS PRESCRICIONAIS SER CONTADOS DESDE O PAGAMENTO ANTECIPADO, EM VIRTUDE DA EXTINÇÃO DO ÇRÉDITO. APELOS IMPROVIDOS. REMESSA PARCIALMENTE PROVIDA PARA DE- TERMINAR QUE OS JUROS DE MORA INCIDAM APENAS A PARTIR DO TRÂNSITO EM JULGADO DA DECISÃO" (TJDFT Terceira turma Cível. RO e AC n Relator: Desembargador Vasuez Cruxên. J. em 15/08/2005). Com estas considerações, CESSAMO. CONHEÇO E NEGO PROVIMENTO AO RECURSO NE- É o meu voto. Presidiu o julgamento, o Desembargador Abraham Lincoln da Cunha Ramos, dele também participando, além de mim, Relator, convocado para substituir o Desembargador Antônio de Pádua Lima Montenegro, com jurisdição limitada, e o Desembargador Luis Silvio,Ramallio Júnior. Presente, o Doutor José Raimundo de Lima, Procurador de Justiça. Sala ti, ess L da Quarta Câmara Cível, reunida no Auditório "Ministro Alcides Cari -iro", n:` da Justiça, em João Pessoa, 11 de abril de 2006 (data do julgament )). 11 CA LOS ANTSfrI 5 SARMENTO Ju Conv a - Relatar

5 ti Registrado c-a

RELATÓRIO. Inconformado, o Município de João Pessoa interpôs tempestiva Apelação Cível (ff. 112/129), buscando, em síntese, a reforma integral da sen-

RELATÓRIO. Inconformado, o Município de João Pessoa interpôs tempestiva Apelação Cível (ff. 112/129), buscando, em síntese, a reforma integral da sen- -;,1 "rt ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CÍVEL ACÓRDÃO Processo : N. 200.2004.022701-5/001 Natureza : Remessa Oficial e Apelação Cível Comarca : Capital - Sétima Vara

Leia mais

. k )1R, ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CINTEL

. k )1R, ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CINTEL 4. k )1R, _ ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CINTEL ACÓRDÃO Processo : N. 001.2006.007851-4/001 Natureza : Agravo de Instrumento Comarca : Campina Grande - Quinta Vara

Leia mais

-6 0 ( Migo GAlicicfria

-6 0 ( Migo GAlicicfria 3. -6 0 ( Migo GAlicicfria jud4aa Wea,Á, (37a.ÁisteGsa a Qkz~:a (ffl-eltima affo-nuu gbazeora Wetaxzícum4 ACÓRDÃO REEXAME EX-OFFICIO N 888.2004.007458-6 / 001 Campina Grande RELATOR :,Dr. Leandro dos Santos,

Leia mais

Nº 70010899649 COMARCA DE LAJEADO MUNICÍPIO DE LAJEADO ACÓRDÃO

Nº 70010899649 COMARCA DE LAJEADO MUNICÍPIO DE LAJEADO ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL. TRIBUTÁRIO. AÇÃO DECLARATÓRIA. FACTORING. ISS. BASE DE CÁLCULO. A base de cálculo do ISS incidente sobre os contratos de factoring é o valor do agenciamento, da corretagem ou da intermediação,

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal Ementa e Acórdão Inteiro Teor do Acórdão - Página 1 de 9 07/04/2015 PRIMEIRA TURMA AG.REG. NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO 602.295 RIO DE JANEIRO RELATOR AGTE.(S) ADV.(A/S) AGDO.(A/S) : MIN. ROBERTO BARROSO

Leia mais

Valdisio V. de Lacerda Filho)

Valdisio V. de Lacerda Filho) Estado da Paraíba Poder Judiciário Tribunal de Justiça Gabinete do Desembargador REMESSA OFICIAL N. 073.2003.000954-9 RELATOR : JOÃO MACHADO DE SOUZA IMPETRANTES: Alexandre Fernandes Camelo e outros (Advs.

Leia mais

AGRAVO INTERNO EM APELACAO CIVEL 2002.02.01.005234-7

AGRAVO INTERNO EM APELACAO CIVEL 2002.02.01.005234-7 RELATOR : DESEMBARGADOR FEDERAL PAULO BARATA AGRAVANTE : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS PROCURADOR : JANE MARIA MACEDO MIDOES AGRAVADO : O FORTE DO SABAO LTDA ADVOGADO : SAULO RODRIGUES DA

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO. NONA CÂMARA CÍVEL Agravo de Instrumento nº 0047746-68.2014.8.19.0000 Desembargador GILBERTO DUTRA MOREIRA

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO. NONA CÂMARA CÍVEL Agravo de Instrumento nº 0047746-68.2014.8.19.0000 Desembargador GILBERTO DUTRA MOREIRA 1 Agravo de instrumento. Mandado de segurança. Suspensão de exigibilidade de tributo. ICMS. Desembaraço aduaneiro. Contrato de afretamento de embarcação em regime de admissão temporária. REPETRO. Decisão

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5.ª REGIãO Gabinete da Desembargadora Federal Margarida Cantarelli

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5.ª REGIãO Gabinete da Desembargadora Federal Margarida Cantarelli APELAÇÃO CÍVEL Nº 550822-PE (2001.83.00.010096-5) APTE : INSS - INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL REPTE : PROCURADORIA REPRESENTANTE DA ENTIDADE APDO : LUZIA DOS SANTOS SANTANA ADV/PROC : SEM ADVOGADO/PROCURADOR

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Locacao de Bens Moveis

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Locacao de Bens Moveis Locacao 03/04/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 3.1. Lei Complementar 116/2003... 3 3.2. Mensagem 362/2003... 4 3.3.

Leia mais

P O D E R J U D I C I Á R I O

P O D E R J U D I C I Á R I O Registro: 2013.0000791055 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0024907-79.2012.8.26.0564, da Comarca de São Bernardo do Campo, em que é apelante CRIA SIM PRODUTOS DE HIGIENE

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL X EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL X EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Em ação de indenização, em que determinada empresa fora condenada a pagar danos materiais e morais a Tício Romano, o Juiz, na fase de cumprimento de sentença, autorizou

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO fls. 163 SENTENÇA Processo nº: 1020203-79.2015.8.26.0053 Classe - Assunto Procedimento Ordinário - Anulação de Débito Fiscal Requerente: Comercial Móveis das Nações Sociedade Ltda. (Lojas Marabraz) Requerido:

Leia mais

SIMULADO PFN I (Tributário e Processo Tributário) Prof. Mauro Luís Rocha Lopes Dezembro de 2015

SIMULADO PFN I (Tributário e Processo Tributário) Prof. Mauro Luís Rocha Lopes Dezembro de 2015 Simulado PFN 2015 I Prof. Mauro Luís Rocha Lopes SIMULADO PFN I (Tributário e Processo Tributário) Prof. Mauro Luís Rocha Lopes Dezembro de 2015 1ª Questão A empresa Fábrica de Caixões Morte Feliz Ltda

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa APELAÇÃO E RECURSO ADESIVO N. 2001997051712-0/001 Relator Des. José Di Lorenzo Serpa 1 Apelante Banco do Nordeste do Brasil

Leia mais

VISTOS, relatados e discutidos estes autos, em que são partes as acima identificadas: RELATÓRIO

VISTOS, relatados e discutidos estes autos, em que são partes as acima identificadas: RELATÓRIO ESTADO DA PARAÍBA 21 PODER JUDICIÁRIO 1 Apelação Cível n. 888.2002.014.833-4/001 Relator: Des. Luiz Silvio Ramalho Júnior Apelante: GM Factoring Sociedade de Fomento Comercial Ltda Advogada: Maria Irinea

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA ACÓRDÃO Apelação Cível nq 200.2010.016054-4/001 Origem : 6 2 Vara da Fazenda Pública da Comarca da Capital Relatora : Juíza de Direito Convocada

Leia mais

- A PBPREV é autarquia previdenciária estadual

- A PBPREV é autarquia previdenciária estadual AC no 200.2010.039908-4/001 1 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL No 200.2 010.039908-4/001

Leia mais

05,(7. BoderJudiciário Tribunal-de Justiça do Estado da Paraíba Çabinete da (Desembargadora Miaria de Mima :Moraes Bezerra Ca varcatai

05,(7. BoderJudiciário Tribunal-de Justiça do Estado da Paraíba Çabinete da (Desembargadora Miaria de Mima :Moraes Bezerra Ca varcatai e BoderJudiciário Tribunal-de Justiça do Estado da Paraíba Çabinete da (Desembargadora Miaria de Mima :Moraes Bezerra Ca varcatai REMESSA OFICIAL N 200.2008.041090-1 / 001 - Capital RELATORA : Desa. Maria

Leia mais

41,14'1 ti. tha. ojlnt. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça ACÓRDÃO

41,14'1 ti. tha. ojlnt. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça ACÓRDÃO . - - 41,14'1 ti tha ojlnt Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 200.2007.792.417-9/001 João Pessoa RELATOR: Miguel de Britto Lyra Filho, Juiz de Direito Convocado

Leia mais

ACÓRDÃO 005/2009. Processo: 19928/2008 Requerente: Alberto Pasqualini - Refap S/A Assunto: Recurso Voluntário -ISSQN

ACÓRDÃO 005/2009. Processo: 19928/2008 Requerente: Alberto Pasqualini - Refap S/A Assunto: Recurso Voluntário -ISSQN ACÓRDÃO 005/2009 Processo: 19928/2008 Requerente: Alberto Pasqualini - Refap S/A Assunto: Recurso Voluntário -ISSQN Ementa: ISS. Locação de bens móveis. Configurada prestação de serviço. Incidência do

Leia mais

ACÓRDÃO. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D.

ACÓRDÃO. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. AC no 001.2011.003557-1/001 1 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO REMESSA OFICIAL No 001.2011.003557-1/001

Leia mais

i iiiiii uni uni mil uni mil mil mil llll llll

i iiiiii uni uni mil uni mil mil mil llll llll sajfâu PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO 397 ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SAC>PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRATICA REGISTRADO(A) SOB N i iiiiii uni uni mil uni mil mil mil llll llll Vistos,

Leia mais

ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA 'TRIBUNAL DE JUSTIÇA

ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA 'TRIBUNAL DE JUSTIÇA ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA 'TRIBUNAL DE JUSTIÇA Apelação Cível n2 200.2009.027892-61001 Origem : 13 2 Vara Cível da Comarca da Capital Relator : Desembargador Frederico Martinho da Nóbrega

Leia mais

Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira

Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira AC no 035.2005.000.557-4/001 1 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL No 035.2005.000.5 001

Leia mais

EMENTA ACÓRDÃO RELATÓRIO. A controvérsia foi assim relatada pelo juiz da causa:

EMENTA ACÓRDÃO RELATÓRIO. A controvérsia foi assim relatada pelo juiz da causa: PELAÇÃO/REEXAME NECESSÁRIO Nº 5011683-79.2010.404.7200/SC RELATOR : Juiz Federal LUIZ CARLOS CERVI APELANTE : UNIÃO - FAZENDA NACIONAL APELADO : ALPHA TRADE IMPORTACAO DE ELETRONICOS LTDA ADVOGADO : JOSÉ

Leia mais

BLACKPOOL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. - EPP DELEGADO DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA EM SÃO PAULO

BLACKPOOL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. - EPP DELEGADO DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA EM SÃO PAULO MANDADO DE SEGURANÇA IMPETRANTE: IMPETRADO: BLACKPOOL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. - EPP DELEGADO DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA EM SÃO PAULO DECISÃO REGISTRADA SOB Nº /2015 A impetrante

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO BARROS DIAS

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO BARROS DIAS PROCESSO: EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM APELAÇÃO CÍVEL Nº 183923/RN (99.05.45463-2) APTE : POTY REFRIGERANTES LTDA ADV/PROC : MANUEL LUÍS DA ROCHA NETO E OUTROS APDO : INSS - INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ. EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ. Assunto: Desconto da Contribuição Sindical previsto no artigo 8º da Constituição Federal, um dia de trabalho em março de 2015.

Leia mais

INFORMATIVO JURÍDICO

INFORMATIVO JURÍDICO 1 ROSENTHAL E SARFATIS METTA ADVOGADOS INFORMATIVO JURÍDICO NÚMERO 5, ANO 1I MAIO DE 2010 1 LUCRO IMOBILIÁRIO E O IMPOSTO DE RENDA A incidência do Imposto de Renda sobre o ganho de capital na venda de

Leia mais

PARCELAMENTO TRIBUTÁRIO

PARCELAMENTO TRIBUTÁRIO PARCELAMENTO TRIBUTÁRIO Depósitos Judiciais (REsp. 1.251.513/PR) e a conversão do depósito pela Fazenda Pública José Umberto Braccini Bastos umberto.bastos@bvc.com.br CTN ART. 151 o depósito é uma das

Leia mais

CÍVEL Nº 70046905287 COMARCA DE PORTO ALEGRE EURO PARTICIPACOES LTDA. MUNICIPIO DE PORTO ALEGRE

CÍVEL Nº 70046905287 COMARCA DE PORTO ALEGRE EURO PARTICIPACOES LTDA. MUNICIPIO DE PORTO ALEGRE APELAÇÃO. DIREITO TRIBUTÁRIO. ITBI. LEI MUNICIPAL N. 197/1989. ALÍQUOTAS DIFERENCIADAS EM RAZÃO DE BENEFÍCIO FISCAL. AUSÊNCIA DE PROGRESSIVIDADE. A previsão contida na lei municipal de alíquotas diferenciadas

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5.ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL JOSÉ MARIA LUCENA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5.ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL JOSÉ MARIA LUCENA APELANTE APELADO ADV/PROC REMTE ORIGEM RELATOR : FAZENDA NACIONAL : SUASSUNA CORRETORA E ADMINISTRADORA DE SEGUROS LTDA : MÁRIO DE GODOY RAMOS e outro : JUÍZO DA 12ª VARA FEDERAL DE PERNAMBUCO (RECIFE)

Leia mais

DECISÕES» ISS. 3. Recurso especial conhecido e provido, para o fim de reconhecer legal a tributação do ISS.

DECISÕES» ISS. 3. Recurso especial conhecido e provido, para o fim de reconhecer legal a tributação do ISS. DECISÕES» ISS INTEIRO TEOR. EMENTA. TRIBUTÁRIO. RECURSO ESPECIAL. ATIVIDADE DE INCORPORAÇÃO DE IMÓVEIS. EXISTÊNCIA DE DOIS CONTRATOS: O DE COMPRA E VENDA E O DE EMPREITADA. CARACTERIZAÇÃO DE FATO GERADOR

Leia mais

WWW.CONTEUDOJURIDICO.COM.BR ACÓRDÃO. Instrumento nº 0099725-45.2012.8.26.0000, da Comarca de São Paulo,

WWW.CONTEUDOJURIDICO.COM.BR ACÓRDÃO. Instrumento nº 0099725-45.2012.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, Registro: 2012.0000257965 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 0099725-45.2012.8.26.0000, da Comarca de São Paulo, em que é agravante FAZENDA DO ESTADO DE SÃO

Leia mais

ACÓRDÃO. Salles Rossi RELATOR Assinatura Eletrônica

ACÓRDÃO. Salles Rossi RELATOR Assinatura Eletrônica fls. 1 ACÓRDÃO Registro: 2012.0000382774 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0001561-08.2012.8.26.0562, da Comarca de Santos, em que é apelante PLANO DE SAÚDE ANA COSTA LTDA, é apelado

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DIRETORIA JUDICIÁRIA GERÊNCIA DE PROCESSAMENTO CERTIDÃO

PODER JUDICIÁRIO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DIRETORIA JUDICIÁRIA GERÊNCIA DE PROCESSAMENTO CERTIDÃO o. PODER JUDICIÁRIO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DIRETORIA JUDICIÁRIA GERÊNCIA DE PROCESSAMENTO CERTIDÃO Certifico, para que esta produza os devidos efeitos, que os presentes autos foram-me entregues,

Leia mais

UARDO SA PIUIS =gsndevrl Relator

UARDO SA PIUIS =gsndevrl Relator TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SAO PAULO 28 a Câmara SEÇÃO DE DIREITO PRIVADO AGRAVO DE INSTRUMENTO N 1138257-0/0 J Comarca de SANTOS Processo 30647/97 8.V.CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA FAZENDA CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO-TRIBUTÁRIO CONSELHO DE CONTRIBUINTES E RECURSOS FISCAIS ACÓRDÃO N o : 110/2011 RECURSO VOLUNTÁRIO N o : 7.968 PROCESSO N

Leia mais

RELATÓRIO. TRF/fls. E:\acordaos\200381000251972_20080211.doc

RELATÓRIO. TRF/fls. E:\acordaos\200381000251972_20080211.doc *AMS 99.905-CE (2003.81.00.025197-2) APTE: INSS-INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL ADV/PROC: PROCURADORIA REPRESENTANTE DA ENTIDADE APDO: LAR ANTÔNIO DE PÁDUA ADV/PROC: LEONARDO AZEVEDO PINHEIRO BORGES

Leia mais

IrtnIi ESTADO DA PARMBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CIVEL

IrtnIi ESTADO DA PARMBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CIVEL t. - IrtnIi P ESTADO DA PARMBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA QUARTA CÂMARA CIVEL ACÓRDÃO Processo : N. 200.2004.016051-3/001 Natureza : Apelação Cível Comarca : Capital - Quarta Vara Cível Apelante

Leia mais

PARECER Nº, DE 2011. RELATOR: Senador LUIZ HENRIQUE

PARECER Nº, DE 2011. RELATOR: Senador LUIZ HENRIQUE PARECER Nº, DE 2011 Da COMISSÃO DE ASSUNTOS ECONÔMICOS, sobre o Projeto de Lei do Senado nº 244, de 2011, do Senador Armando Monteiro, que acrescenta os arts. 15-A, 15-B e 15-C à Lei nº 6.830, de 22 de

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO COLÉGIO RECURSAL DA COMARCA DE SANTOS ACÓRDÃO. Recurso nº 0007220-95.2012.8.26.0562. Registro 2012.0000021251

PODER JUDICIÁRIO COLÉGIO RECURSAL DA COMARCA DE SANTOS ACÓRDÃO. Recurso nº 0007220-95.2012.8.26.0562. Registro 2012.0000021251 fls. 1 Registro 2012.0000021251 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Recurso Inominado nº 0007220-95.2012.8.26.0562, da Comarca de Santos, em que é recorrente L I V - INTERMEDIAÇÃO IMOBILIÁRIA

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Determinada pessoa jurídica declarou, em formulário próprio estadual, débito de ICMS. Apesar de ter apresentado a declaração, não efetuou o recolhimento do crédito

Leia mais

VOTO. ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAI[BA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA

VOTO. ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAI[BA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAI[BA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N. 018.2010.000261-9/001 ORIGEM : zr Vara da Comarca de Guarabira. RELATOR

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINENTE DO DESEMBARGADOR

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINENTE DO DESEMBARGADOR PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA APELADO APELAÇÃO CÍVEL N 200.2006.021661-7/002 Capital RELATOR : Miguel de Britto Lyra Filho Juiz de Direito convocado. APELANTE : Indústria Reunidas F. Matarazzo

Leia mais

VISTOS, relatados e discutidos os autos acima referenciados.

VISTOS, relatados e discutidos os autos acima referenciados. 4* 'L, Á `4'INI ~nu Pd Estado da Paraíba Poder Judiciário Tribunal de Justiça Gabinete do Des. Marcos Antônio Souto Maior ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 001.2008.001148-7/001 - CAMPINA GRANDE RELATOR : Juiz

Leia mais

7ª CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL N.º 685.350-1 DA COMARCA DE DOIS VIZINHOS VARA CÍVEL E ANEXOS

7ª CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL N.º 685.350-1 DA COMARCA DE DOIS VIZINHOS VARA CÍVEL E ANEXOS 7ª CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL N.º 685.350-1 DA COMARCA DE DOIS VIZINHOS VARA CÍVEL E ANEXOS Apelante: FREDY NARCI DA SILVA MATIEVICZ Apelado: AVELINO ANDREATTA SANTOLIN Relator: Des. GUILHERME LUIZ GOMES

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XV EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XV EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Em 2003, João ingressou como sócio da sociedade D Ltda. Como já trabalhava em outro local, João preferiu não participar da administração da sociedade. Em janeiro

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL Nº 0008220-49.2010.4.03.6100/SP EMENTA

APELAÇÃO CÍVEL Nº 0008220-49.2010.4.03.6100/SP EMENTA APELAÇÃO CÍVEL Nº 0008220-49.2010.4.03.6100/SP. EMENTA AÇÃO ORDINÁRIA. PIS/COFINS. RECOLHIMENTO NA FORMA DAS LEIS Nº 10.637/02 E 10.833/03. EXCEÇÃO ÀS PESSOAS JURÍDICAS REFERIDAS NA LEI Nº 7.102/83. SITUAÇÃO

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XVIII EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL O Município Beta instituiu por meio de lei complementar, publicada em 28 de dezembro de 2012, Taxa de Iluminação Pública (TIP). A lei complementar previa que os proprietários

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo ACÓRDÃO Registro: 2012.0000122121 Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 9074862-42.2007.8.26.0000, da Comarca de São José do Rio Preto, em que são apelantes PREFEITURA MUNICIPAL DE

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA - Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA - Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho , 1. " ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA - Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO. APELAÇÃO CÍVEL N 076.2005.000115-5/001 Comarca de Gurinhém RELATOR: Des. Genésio Gomes Pereira

Leia mais

MED. CAUT. EM AÇÃO CAUTELAR 1.406-9 SÃO PAULO RELATOR

MED. CAUT. EM AÇÃO CAUTELAR 1.406-9 SÃO PAULO RELATOR MED. CAUT. EM AÇÃO CAUTELAR 1.406-9 SÃO PAULO RELATOR : MIN. GILMAR MENDES REQUERENTE(S) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA REQUERIDO(A/S) : UNIÃO ADVOGADO(A/S) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO REQUERIDO(A/S) :

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR JOÃO ALVES DA SILVA DECISÃO MONOCRÁTICA APELAÇÃO CÍVEL N. 048.2009.000261-8/001 RELATOR : Desembargador João Alves da Silva APELANTE : Sérgio Pia

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIV EXAME DE ORDEM UNIFICADO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL XIV EXAME DE ORDEM UNIFICADO PADRÃO DE RESPOSTA - PEÇA PROFISSIONAL Em março de 2014, o Estado A instituiu, por meio de decreto, taxa de serviço de segurança devida pelas pessoas jurídicas com sede naquele Estado, com base de cálculo

Leia mais

lançamento A cada (notificação) 5 anos 5 anos 1º de janeiro 1º/01

lançamento A cada (notificação) 5 anos 5 anos 1º de janeiro 1º/01 DIREITO TRIBUTÁRIO Jurisprudência do STJ Prescrição e Decadência Ministra Eliana Calmon 1. GENERALIDADES - Fato Gerador obrigação gç lançamento crédito tributário - Lançamento (art. 142 do CTN) - Tipos

Leia mais

WWW.CONTEUDOJURIDICO.COM.BR ACÓRDÃO

WWW.CONTEUDOJURIDICO.COM.BR ACÓRDÃO Registro: 2013.0000227069 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 0051818-40.2013.8.26.0000, da Comarca de Barueri, em que é agravante ITAU UNIBANCO S/A, são agravados

Leia mais

Processo N. Apelação Cível 20080110553749APC Apelante(s) DISTRITO FEDERAL Apelado(s) TERRACAP - COMPANHIA IMOBILIÁRIA DE BRASÍLIA

Processo N. Apelação Cível 20080110553749APC Apelante(s) DISTRITO FEDERAL Apelado(s) TERRACAP - COMPANHIA IMOBILIÁRIA DE BRASÍLIA Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios Órgão 3ª Turma Cível Processo N. Apelação Cível 20080110553749APC Apelante(s) DISTRITO FEDERAL Apelado(s) TERRACAP -

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Saulo Henriques de Sá e Benevides. Vistos, etc.

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Saulo Henriques de Sá e Benevides. Vistos, etc. ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Saulo Henriques de Sá e Benevides APELAÇÃO CÍVEL n 2 073.2003.012900-8/001 Comarca de Cabedelo RELATOR: João Benedito da Silva Juiz Convocado

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA DECISÃO MONOCRÁTICA.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA DECISÃO MONOCRÁTICA. DECISÃO MONOCRÁTICA. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA REMESSA OFICIAL N. 200.2010.034-761-21001. ORIGEM : 2.a Vara da Fazenda Pública da Comarca da

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ' v ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA REGISTRADO(A) SOB N lllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll *02796912* Vistos,-

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO DECISAUW ^ N0 ACÓRDÃO \\ll\w "»"»'" lo3046968* Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento n 990.10.048613-6, da Comarca de São Paulo, em

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DESEMBARGADOR RAIMUNDO NONATO SILVA SANTOS

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DESEMBARGADOR RAIMUNDO NONATO SILVA SANTOS fls. 122 Processo: 0135890-46.2012.8.06.0001 - Apelação Apelante: Sindicato dos Guardas Municipais da Região Metrolitana de Fortaleza - SINDIGUARDAS Apelado: Município de Fortaleza Vistos etc. DECISÃO

Leia mais

02/2011/JURÍDICO/CNM. INTERESSADOS:

02/2011/JURÍDICO/CNM. INTERESSADOS: PARECER Nº 02/2011/JURÍDICO/CNM. INTERESSADOS: DIVERSOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS. ASSUNTOS: BASE DE CÁLCULO DO ADICIONAL DE INSALUBRIDADE DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS. DA CONSULTA: Trata-se de consulta

Leia mais

Desembargador JOSÉ DIVINO DE OLIVEIRA Acórdão Nº 373.518 E M E N T A

Desembargador JOSÉ DIVINO DE OLIVEIRA Acórdão Nº 373.518 E M E N T A Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios Órgão 6ª Turma Cível Processo N. Agravo de Instrumento 20090020080840AGI Agravante(s) POLIMPORT COMÉRCIO E EXPORTAÇÃO

Leia mais

- A nossa legislação civil estabelece que os contratos de seguros

- A nossa legislação civil estabelece que os contratos de seguros 5, 12, 4:1 14; PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DESEMBARGADOR MANOEL PAUUNO DA LUZ ACÓRDÃO-" Apelação Cível n 200.2004.050561-8/001 zia Vara da Fazenda Pública da Capital.

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SAO PAULO - SEÇÃO DE DIREITO PRIVADO. 30 a Câmara

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SAO PAULO - SEÇÃO DE DIREITO PRIVADO. 30 a Câmara DO ESTADO DE SAO PAULO - SEÇÃO DE DIREITO PRIVADO 30 a Câmara AGRAVO DE INSTRUMENTO No.1204235-0/4 Comarca cie SÃO CAETANO DO SUL Processo 2789/08 3.V.CÍVEL DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRATICA REGISTRADO(A)

Leia mais

(414e. (41't3 rummir24. &dada da ga,rada gade. r fadidckda 51illuaa1 /ao/iça

(414e. (41't3 rummir24. &dada da ga,rada gade. r fadidckda 51illuaa1 /ao/iça ,s (414e (41't3 rummir24 &dada da ga,rada gade. r fadidckda 51illuaa1 /ao/iça çadlizete da..ge..itarcao tz Saída Malar ACÓRDÃO 4(.1 APELAÇÃO CÍVEL N. 888.2004.010426-4/001 - CAPITAL RELATOR : Dr. Romero

Leia mais

ACÓRDÃO. VISTOS, relatados e discutidos estes autos.

ACÓRDÃO. VISTOS, relatados e discutidos estes autos. AC no 200.2010.014.406-8/001 1 jn:idá-j Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL No 200.2010.014.406-8/001

Leia mais

JI WrIlei. ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho

JI WrIlei. ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ).,, JI WrIlei ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO n 041.2007.001993-4/001 RELATOR: Eduardo José de Carvalho Soares

Leia mais

VISTOS, relatados e discutidos estes autos, em que são partes as acima identificadas:

VISTOS, relatados e discutidos estes autos, em que são partes as acima identificadas: . ' ESTADO DA PARAÍBA t-n " PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Apelação Civel n 200.2004.038313-1/001 Relator: Des. Luiz Silvio Ramalho Júnior Apelante: Executivos Administração e Promoção de Seguros

Leia mais

Processo no. 200.2009.000.751-5/001. ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque

Processo no. 200.2009.000.751-5/001. ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque Acórdão APELAÇÃO CÍVEL - no. 200.2009.000.751-5/001 Relator: Dr. Eduardo José de Carvalho

Leia mais

Desembargador SEBASTIÃO COELHO Acórdão Nº 732.640 E M E N T A

Desembargador SEBASTIÃO COELHO Acórdão Nº 732.640 E M E N T A Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios Órgão 5ª Turma Cível Processo N. Agravo de Instrumento 20130020148016AGI Agravante(s) SINDICATO DOS ODONTOLOGISTAS DO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO CASTRO MEIRA ADVOGADO : LUIZ ANTÔNIO MUNIZ MACHADO E OUTRO(S) EMENTA DIREITO SINDICAL. CONTRIBUIÇÃO SINDICAL RURAL. ART. 8º, IV, DA CF/88. COMPETÊNCIA DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. PUBLICAÇÃO

Leia mais

RELATÓRIO. O Sr. Des. Fed. FRANCISCO WILDO (Relator):

RELATÓRIO. O Sr. Des. Fed. FRANCISCO WILDO (Relator): APELAÇÃO CÍVEL Nº 511146/AL (0002840-14.2010.4.05.8000) APTE : CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS DA 6ª REGIÃO (AL/PE/PB/RN/CE/PI/MA) ADV/PROC : ALINE JANISZEWSKI LINS APDO : SHBRS/AL - SINDICATO DOS

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça AgRg no AgRg no RECURSO ESPECIAL Nº 1.451.602 - PR (2014/0100898-3) RELATOR : MINISTRO HUMBERTO MARTINS AGRAVANTE : MTD COMÉRCIO LTDA ADVOGADOS : CHRISTIANO MARCELO BALDASONI CRISTIANO CEZAR SANFELICE

Leia mais

Vistos, relatados e discutidos estes autos de. RIBEIRÃO PRETO, em que é agravante COMPANHIA HABITACIONAL

Vistos, relatados e discutidos estes autos de. RIBEIRÃO PRETO, em que é agravante COMPANHIA HABITACIONAL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO AC REG.STRADO(A)SOBN Vistos, relatados e discutidos estes autos de AGRAVO DE INSTRUMENTO n e 682.409-5/0-00, da Comarca de RIBEIRÃO PRETO, em que é agravante COMPANHIA

Leia mais

Renúncia à Instância Administrativa Trabalhista

Renúncia à Instância Administrativa Trabalhista Renúncia à Instância Administrativa Trabalhista Abel Ferreira Lopes Filho* 1. Introdução. Para Mariana Wolfenson, renunciar à instância administrativa decorre da opção lógica feita pelo administrado em

Leia mais

A apelante aduziu serem devidas as verbas relativas às férias não gozadas e, por conseqüência, aos terços constitucionais decorrentes das férias.

A apelante aduziu serem devidas as verbas relativas às férias não gozadas e, por conseqüência, aos terços constitucionais decorrentes das férias. ESTADO rj'à PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA Ga6inete d Desembargador José Lorenzo Seipa APELAÇÃO CÍVEL N 055.2005.000.156-3/002 Relator Miguel de Britto Lyra Filho, Juiz Convocado em substituição ao Des. José

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA, Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 2 200.2006.058.165-51001.

ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA, Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 2 200.2006.058.165-51001. ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA, Gabinete do Des. José Di Lorenzo Serpa ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 2 200.2006.058.165-51001. Relator :Dr. Marcos William de Oliveira, Juiz de Direito convocado em substituição

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br BuscaLegis.ccj.ufsc.Br Tutela antecipada e suspensão da exigibildade do crédito tributário Eduardo Munhoz da Cunha* Sumário:1. Introdução. 2. A possibilidade de concessão de tutela antecipada contra a

Leia mais

Rio de Janeiro, 26 de julho de 2011.

Rio de Janeiro, 26 de julho de 2011. Rio de Janeiro, 26 de julho de 2011. Ementa: Direito Administrativo e tributário. Desapropriação de imóvel urbano Responsabilidade pelo pagamento da dívida de IPTU e Compensação com o valor a ser recebido

Leia mais

VIGÉSIMA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL Nº 70036490548 COMARCA DE PORTO ALEGRE TRANSPORTES PANAZZOLO LTDA

VIGÉSIMA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL Nº 70036490548 COMARCA DE PORTO ALEGRE TRANSPORTES PANAZZOLO LTDA PROCESSUAL CIVIL. AGRAVO. DECISÃO MONOCRÁTICA. JURISPRUDÊNCIA DOMINANTE. DÉBITO TRIBUTÁRIO. COMPENSAÇÃO. CRÉDITO DE PRECATÓRIO. AUTORIZAÇÃO LEGISLATIVA. AUSÊNCIA. INVIABILIDADE. De acordo com jurisprudência

Leia mais

D E C I S Ã O M O N O C R Á T I C A

D E C I S Ã O M O N O C R Á T I C A APELAÇÃO CÍVEL. DIREITO TRIBUTÁRIO. MANDADO DE SEGURANÇA. ISS. ATIVIDADE AUTÔNOMA E EMPRESARIAL. DUAS INSCRIÇÕES MUNICIPAIS. EXCLUSÃO DA ALÍQUOTA VARIÁVEL, FACE ALEGADA BITRIBUTAÇÃO. DESCABIMENTO. PRÁTICA

Leia mais

110 - O auto de infração é ato administrativo que, enquanto tal, goza de presunção de veracidade e legitimidade.

110 - O auto de infração é ato administrativo que, enquanto tal, goza de presunção de veracidade e legitimidade. Z.+ TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR JOÃO ALVES DA SILVA ACÓRDÃO APELAÇÃO CINTEL NI' 200.2008.013618-3/001 RELATOR : Marcos Williain de Oliveira Juiz Convocado APELANTE: : Renascente

Leia mais

ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Apelação Cível ri 026.2006.000553-0/001 Origem : 2 4 Vara da Comarca de naná

ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Apelação Cível ri 026.2006.000553-0/001 Origem : 2 4 Vara da Comarca de naná ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA Apelação Cível ri 026.2006.000553-0/001 Origem : 2 4 Vara da Comarca de naná TRIBUNAL DE JUSTIÇA Relator : Desembargador Frederico Martinho da NObrega Coutinho

Leia mais

CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA RURAL INCONSTITUCIONALIDADE DECLARADA PELO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL NO RE Nº 363.852/MG.

CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA RURAL INCONSTITUCIONALIDADE DECLARADA PELO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL NO RE Nº 363.852/MG. CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA RURAL INCONSTITUCIONALIDADE DECLARADA PELO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL NO RE Nº 363.852/MG. Como amplamente noticiado nestes últimos dias, o Supremo Tribunal Federal, em decisão

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO

ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gab. Des. Genésio Gomes Pereira Filho ACÓRDÃO 111 AGRAVO DE INSTRUMENTO N 2 001.2008.016272-8 /002 - Capital RELATOR: Carlos Antônio Sarmento, Juiz

Leia mais

ACÓRDÃO. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D.

ACÓRDÃO. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. AG no 200.2011.019001-0/001 1 11;91 ni Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO No 200.2011.019001-0/001

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE 10ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE NATAL

PODER JUDICIÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE 10ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE NATAL \d \w1215 \h1110 FINCLUDEPICTURE "brasoes\\15.bmp" MERGEFORMAT PODER JUDICIÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE 10ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE NATAL Processo n. 001.08.020297-8 Ação: Ação Civil Pública Autor: Ministério

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL EDILSON PEREIRA NOBRE JÚNIOR

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL EDILSON PEREIRA NOBRE JÚNIOR AC Nº 540866/PE (0010598-17.2010.4.05.8300) APTE : UNIMED GUARARAPES - COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO ADV/PROC : BRUNO BEZERRA DE SOUZA e outros APDO : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL ASSIST MP : ANS - AGÊNCIA

Leia mais

Fiscal Online Disciplina: Direito Tributário Prof. Eduardo Sabbag Data: 13.07.2012 MATERIAL DE APOIO MONITORIA. Índice 1.

Fiscal Online Disciplina: Direito Tributário Prof. Eduardo Sabbag Data: 13.07.2012 MATERIAL DE APOIO MONITORIA. Índice 1. Fiscal Online Disciplina: Direito Tributário Prof. Eduardo Sabbag Data: 13.07.2012 MATERIAL DE APOIO MONITORIA Índice 1. Anotações de Aula 1. ANOTAÇÕES DE AULA DIREITO TRIBUTARIO NO CTN Art. 155-A CTN.

Leia mais

ACÓRDÃO. Vistos, relatados e discutidos os autos.

ACÓRDÃO. Vistos, relatados e discutidos os autos. ADMINISTRATIVO. CONCURSO PÚBLICO. VALORA- ÇÃO DE TÍTULOS. ENTIDADE PRIVADA. REMUNERA- ÇÃO PAGA PELO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (SUS). ADMISSIBILIDADE. 1. Admite-se a valoração, em concurso público do Município

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB EXAME DE ORDEM 2010/2 PROVA DISCURSIVA DIREITO TRIBUTÁRIO

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB EXAME DE ORDEM 2010/2 PROVA DISCURSIVA DIREITO TRIBUTÁRIO Questão 1 MÁRIO ROBERTO possui terreno limítrofe entre as zonas urbana e rural do município de Pedra Grande. No ano de 2009, ele recebeu o carnê do IPTU, emitido pela Secretaria de Fazenda de Pedra Grande,

Leia mais

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO PARTE A ADV/PROC PARTE R REPTE ORIGEM RELATOR : JORGEVALDO ROBINSTON DE MOURA : FÁBIO CORREA RIBEIRO E OUTROS : INSS INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL : PROCURADORIA REPRESENTANTE DA ENTIDADE : JUÍZO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RELATOR : MINISTRO TEORI ALBINO ZAVASCKI PROCURADORES : CLAUDIO XAVIER SEEFELDER FILHO DEYSI CRISTINA DA 'ROLT E OUTRO(S) EMENTA TRIBUTÁRIO. EXECUÇÃO FISCAL. DECLARAÇÃO DO DÉBITO PELO CONTRIBUINTE (DCTF).

Leia mais

D E C I S Ã O. Contra-razões ofertadas as fls. 176/184 em total prestígio a. sentença.

D E C I S Ã O. Contra-razões ofertadas as fls. 176/184 em total prestígio a. sentença. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA QUARTA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL Nº 0168239-18.2007.8.19.0001 APELANTE: BRADESCO VIDA E PREVIDÊNCIA S/A APELADO: CATIA MARIA DA SILVA COUTO RELATOR:

Leia mais

a) conjunto de atos administrativos tendentes ao reconhecimento de uma situação jurídica pertinente à relação entre o Fisco e o contribuinte

a) conjunto de atos administrativos tendentes ao reconhecimento de uma situação jurídica pertinente à relação entre o Fisco e o contribuinte Unidade VIII I. PROCESSO ADMINISTRATIVO TRIBUTÁRIO 1. Acepções e espécies a) conjunto de atos administrativos tendentes ao reconhecimento de uma situação jurídica pertinente à relação entre o Fisco e o

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0024.12.351388-9/001 Númeração 3513889- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Rogério Medeiros Des.(a) Rogério Medeiros 05/11/2013 14/11/2013 EMENTA:

Leia mais