Mulher de chapéu, Matisse. 1905, Óleo sobre tela

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Mulher de chapéu, Matisse. 1905, Óleo sobre tela"

Transcrição

1 Mulher de chapéu, Matisse 1905, Óleo sobre tela O termo Fauvismo deriva de fauve (fera selvagem), exclamação feita pelo crítico de arte Louis Vauxcelles perante a exposição de pintura do Salão de Outono de 1905, em Paris onde a violenta expressão cromática das telas expostas contrastava com o pendor clássicorenanscentista de uma escultura aí presente. Foi um movimento de curta duração, na passagem do Século 19 para o Século 20, que constituiu o primeiro, senão o mais importante, movimento de renovação da pintura francesa depois do Impressionismo.

2 Opondo-se abertamente ao Impressionismo pelos efeitos ópticos ilusórios que esta pintura praticou, deriva contudo dele e das conquistas pós-impressionistas, nomeadamente das de Cézanne, Gauguin e Van Gogh. Pretendendo anular toda a teorização na arte, a pintura fauve visou transmitir ao espectador emoções estéticas profundas através da exaltação das cores, usadas em tons fortes e contrastantes, sem modelado, onde a ilusão da terceira dimensão se perde. Janela Aberta em Collioure Matisse, 1905; óleo sobre tela

3 Por isso, as formas resultam simplificadas e planificadas e a perspectiva académica é rejeitada em função de um tratamento do espaço mais intuitivo e livre, bidimensional. A expressão é dada pelas linhas e pelas cores, aplicadas ora lisas e finas, ora texturadas, em pinceladas directas e emotivas, num entusiamo por vezes quase juvenil. Vlaminck, Matisse 190?; óleo sobre tela

4 Movimento artístico, caracterizado pela utilização de cores puras em grandes manchas e com fortes contrastes, para acentuar ao máximo o valor expressivo da cor, exaltando a sua sensualidade e sugestão emotiva. Teve como líder incontestável Henri Matisse, contando também com a participação de outros grandes artistas, entre eles, André Derain, Maurice de Vlaminck, Raoul Dufy, Georges Braquese, Henri Manguin, Albert Marquet, Jean Puy, Emile Othon Friesz. St. Paul s Cathedral from the Thames 1906; óleo sobre tela

5 Teve como líder incontestável Henri Matisse, contando também com a participação de outros grandes artistas, entre eles, André Derain, Maurice de Vlaminck, Raoul Dufy, Georges Braquese, Henri Manguin, Albert Marquet, Jean Puy, Emile Othon Friesz. Os Fauvistas rejeitaram o império da forma, ditado pela academia, o conceito de luminosidade dos impressionistas, passando a usar a cor como factor primordial da pintura. Este movimento afirmava por isso a autonomia da cor e do espaço, utilizava com grande ousadia largas manchas de cores violentas, evocando um mundo fantástico de grande emoção e cor.

6 Henri Matisse * Pintor Francês; * Nasceu no Norte de França, em 1869; Em 1890, comprou uma caixa de tintas e um livro Manual Geral de Pintura e Óleo de Goupil. * Em 1892 Matisse chegou a Paris para estudar Arte. * Abandonou os estudos de Direito, para se dedicar à Pintura. O pontilhismo inspirou-lhe cores mais fortes e arrojadas e dessa técnica surgiu o fauvismo. O seu estilo tornou-se muito versátil, incluindo trabalhos austeramente geométricos e exuberantemente decorativos. * Faleceu em Nice, a 3 de Novembro de 1954;

7 Características da pintura de Henri Matisse Arte tranquila, harmoniosa e agradável. Um dos fundadores da Arte Moderna. Concebia a pintura pelos seus valores intrínsecos os da cor e da bidimensionalidade e essencialmente como um exercício técnico e estético, capaz de comunicar emocionalmente com o espectador. Atirou-se em várias direções; experimentando novas técnicas e estilos. Do Impressionismo até a Arte Abstrata.

8 Luxe, Calme, et Volupté 1904; óleo sobre tela Henri Matisse

9 Retrato de Madame Matisse 1905; óleo sobre tela Henri Matisse

10 A mulher argelina 1909; óleo sobre tela Henri Matisse

11 Harmonia em vermelho; óleo sobre tela Henri Matisse

12 A dança (1ª versão) 1909; óleo sobre tela Henri Matisse

13 Nu Azul 190?; óleo sobre tela Henri Matisse

14 Interior Vermelho 1947; óleo sobre tela Henri Matisse

15 Jazz 1947; óleo sobre tela Henri Matisse

16 André Derain * Pintor francês; * Nasceu em Chatou, na França, a 10 de Junho de 1880; * Morreu em Garches, a 8 de Setembro de 1954; A obra de Derain mostrou uma superfície mais tranquila que o resto dos fauvistas, produto da aplicação de tonalidades quentes e harmoniosas; Explorou os contrastes cromáticos em paisagens e retratos de cores antinaturalistas, à maneira de Gauguin.

17 Porto 1905; óleo sobre tela André Derain

18 Charing Cross Station 1905; óleo sobre tela André Derain

19 Mountains at Collioure 1905; óleo sobre tela André Derain

20 Estrada nas montanhas 1907; óleo sobre tela André Derain

21 Maurice Vlaminck * ( ); * Pintor de expressão exagerada e dinâmica que, à maneira de Van Gogh (que muito admirava), pintou telas de um cromatismo gritante, aplicado em pinceladas matéricas e direccionadas.

22 Maurice de Vlaminck

23 Maurice de Vlaminck

24 Kees Van Dongen * Pintor holandês; * Nasceu em 1877; * Morreu em 1968; * Viajou por diversos países, à procura de novas motivações.

25 Kees Van Dongen Mulher com chapéu verde 1905; óleo sobre tela

26 Kees Van Dongen A dançarina vermelha 1907; óleo sobre tela

27 Primavera 1908; óleo sobre tela Kees Van Dongen

28 Kees Van Dongen A papoila 1919; óleo sobre tela

Mulher de chapéu, Matisse 1905, Óleo sobre tela

Mulher de chapéu, Matisse 1905, Óleo sobre tela Mulher de chapéu, Matisse 1905, Óleo sobre tela O termo Fauvismo deriva de fauve (fera selvagem), exclamação feita pelo crítico de arte Louis Vauxcelles perante a exposição de pintura do Salão de Outono

Leia mais

1905-1906 2) - FAUVISMO VANGUARDAS PROFESSORA CABRIELLA NOVELLO

1905-1906 2) - FAUVISMO VANGUARDAS PROFESSORA CABRIELLA NOVELLO 2) - 1905-1906 VANGUARDAS PROFESSORA CABRIELLA NOVELLO Fauvismo ( feras ) Corrente artística do início do século XX, que se desenvolveu sobretudo entre 1905 e 1907. Associada à busca da máxima expressão

Leia mais

Fauvismo. 9ºAno 2015 1º Bimestre Artes - Juventino. Fauve = Fera

Fauvismo. 9ºAno 2015 1º Bimestre Artes - Juventino. Fauve = Fera Fauvismo 9ºAno 2015 1º Bimestre Artes - Juventino Fauve = Fera Fauves (feras) foi a palavra utilizada pelo crítico de arte Louis Vauxcelles para caracterizar um grupo de jovens pintores que expuseram em

Leia mais

COLÉGIO PEDRO II CAMPUS SÃO CRISTÓVÃO II DEPARTAMENTO DE DESENHO E ARTES VISUAIS. A Arte Moderna

COLÉGIO PEDRO II CAMPUS SÃO CRISTÓVÃO II DEPARTAMENTO DE DESENHO E ARTES VISUAIS. A Arte Moderna COLÉGIO PEDRO II CAMPUS SÃO CRISTÓVÃO II DEPARTAMENTO DE DESENHO E ARTES VISUAIS DOCENTE: COORD. SHANNON BOTELHO TURMA: NOME: NÚMERO: A Arte Moderna A criação e evolução da fotografia no século XIX libertou

Leia mais

Vanguardas Históricas I

Vanguardas Históricas I Vanguardas Históricas I As transformações do início do século XX e as vanguardas históricas Os avanços da ciência realizados a partir do século XIX mudaram a percepção da realidade e conduziram, no campo

Leia mais

Impressão: nascer do sol

Impressão: nascer do sol IMPRESSIONISMO França 1860 a 1886. Os impressionistas representavam sensações visuais imediatas através da cor e da luz. Seu objetivo principal era apresentar uma impressão ou as percepções iniciais registradas

Leia mais

Expressionismo. Surgiu na Alemanha entre 1.905 e 1.914.

Expressionismo. Surgiu na Alemanha entre 1.905 e 1.914. Expressionismo Expressionismo Surgiu na Alemanha entre 1.905 e 1.914. A expressão, empregada pela primeira vez em 1.911 na revista Der Sturm [A Tempestade], marca oposição ao Impressionismo francês. Para

Leia mais

EXPRESSIONISMO FAUVISMO CUBISMO SÉC. XX

EXPRESSIONISMO FAUVISMO CUBISMO SÉC. XX EXPRESSIONISMO FAUVISMO CUBISMO SÉC. XX História da Arte Profª Natalia Pieroni IDADE CONTEMPORÂNEA LINHA DO TEMPO - HISTORIOGRAFIA Período PRÉ-HISTÓRIA Origens do homem até 40000 a. C IDADE ANTIGA 40000

Leia mais

06. Explique o método de pintura impressionista. Neste texto, correlacione a escolha da cor com o formato da pincelada?

06. Explique o método de pintura impressionista. Neste texto, correlacione a escolha da cor com o formato da pincelada? Estudo dirigido para o segundo ano do ensino médio, Artes Milton Gomes Coelho A arte do Impressionismo 01. Liste fatos que modificaram o ritmo das cidades no século XIX. Resposta: pág. 223 02. Relacione,

Leia mais

Impressionismo. a) Apenas o item IV está correto. b) Apenas os itens II, III e V são corretos. c) Apenas os itens II, III e V estão incorretos.

Impressionismo. a) Apenas o item IV está correto. b) Apenas os itens II, III e V são corretos. c) Apenas os itens II, III e V estão incorretos. Impressionismo Questão 01 - Como os artistas realistas, que com a ciência haviam aprendido a utilizar determinados conhecimentos, os impressionistas se viram na necessidade de interpretar com maior vivacidade

Leia mais

Arte abstrata ou abstracionismo é um estilo artístico moderno em que os objetos ou pessoas são representados, em de pinturas ou esculturas, através

Arte abstrata ou abstracionismo é um estilo artístico moderno em que os objetos ou pessoas são representados, em de pinturas ou esculturas, através Arte abstrata ou abstracionismo é um estilo artístico moderno em que os objetos ou pessoas são representados, em de pinturas ou esculturas, através de formas irreconhecíveis. O formato tradicional (paisagens

Leia mais

Pós - Impressionismo. (1880 a 1905 = França Paris) 8ºs Anos 2015 4º Bimestre Artes Prof. Juventino

Pós - Impressionismo. (1880 a 1905 = França Paris) 8ºs Anos 2015 4º Bimestre Artes Prof. Juventino Pós - Impressionismo (1880 a 1905 = França Paris) 8ºs Anos 2015 4º Bimestre Artes Prof. Juventino Não foi um Movimento Não houve um grupo de artistas que se reuniam para debates acadêmicos. Eram artistas

Leia mais

Centro Educacional Juscelino Kubitschek

Centro Educacional Juscelino Kubitschek Centro Educacional Juscelino Kubitschek ALUNO: N.º: DATA: / / ENSINO: Fundamental II 8ª série) DISCIPLINA: Artes PROFESSOR (A): Equipe de Artes TURMA: TURNO: Roteiro e Lista de estudo para recuperação

Leia mais

Emil Nolde Emil Nolde Emil Nolde Emil Nolde Emil Nolde Emil Nolde O Expressionismo de Die Brücke não se restringiu à pintura e à gravura, tendo tido expressão, igualmente na literatura, na música e arquitectura.

Leia mais

MOVIMENTOS DE VANGUARDA IMPORTANTES:

MOVIMENTOS DE VANGUARDA IMPORTANTES: ARTES PROFESSORA: NATÁLIA Fauvismo: MOVIMENTOS DE VANGUARDA IMPORTANTES: Fauvismo é o nome dado à tendência estética na pintura que buscou explorar ao máximo a expressividade das cores na representação

Leia mais

História da Arte - Linha do Tempo

História da Arte - Linha do Tempo História da Arte - Linha do Tempo PRÉ- HISTÓRIA (1000000 A 3600 a.c.) Primeiras manifestações artísticas. Pinturas e gravuras encontradas nas paredes das cavernas. Sangue de animais, saliva, fragmentos

Leia mais

VANGUARDA DISCIPLINA: ARTES PROFESSORA: ANA PRISCILA

VANGUARDA DISCIPLINA: ARTES PROFESSORA: ANA PRISCILA VANGUARDA DISCIPLINA: ARTES PROFESSORA: ANA PRISCILA Em seu sentido literal, vanguarda (vem do francês Avant Garde, guarda avante ) faz referência ao batalhão militar que precede as tropas em ataque durante

Leia mais

Educandário Padre Gilberto Vaz Sampaio Aluno: Professor(a): Raphaela Brandão Disciplina: Arte Série: 8º Ano Turma: Data: / /2013.

Educandário Padre Gilberto Vaz Sampaio Aluno: Professor(a): Raphaela Brandão Disciplina: Arte Série: 8º Ano Turma: Data: / /2013. 1 Educandário Padre Gilberto Vaz Sampaio Aluno: Professor(a): Raphaela Brandão Disciplina: Arte Série: 8º Ano Turma: Data: / /2013 Surrealismo Histórico: O surrealismo surgiu na França na década de 1920.

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES ARTES REVISÃO. Aula 6.1 Conteúdo: Revisão da Unidade II

CONTEÚDO E HABILIDADES ARTES REVISÃO. Aula 6.1 Conteúdo: Revisão da Unidade II Aula 6.1 Conteúdo: Revisão da Unidade II 1 Habilidades: Revisar os Conteúdos da Unidade II para realizar avaliação II. 2 Revisão 1 Barroco: expressão, do português homônimo, tem o sentido pérola imperfeita,

Leia mais

Em 1822, Manet foi feito Cavaleiro da Legião de Honra pelo governo francês. Naquela época, o impressionismo estava obtendo uma grande aceitação, mas

Em 1822, Manet foi feito Cavaleiro da Legião de Honra pelo governo francês. Naquela época, o impressionismo estava obtendo uma grande aceitação, mas PÓS-IMPRESSIONISMO Em 1822, Manet foi feito Cavaleiro da Legião de Honra pelo governo francês. Naquela época, o impressionismo estava obtendo uma grande aceitação, mas deixara de ser um movimento pioneiro.

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO SENAC. José Fernando Baldo Caneiro. Trabalho Final História da Arte Auto Van Gogh

CENTRO UNIVERSITÁRIO SENAC. José Fernando Baldo Caneiro. Trabalho Final História da Arte Auto Van Gogh CENTRO UNIVERSITÁRIO SENAC José Fernando Baldo Caneiro Trabalho Final História da Arte Auto Van Gogh São Paulo 2005 1 INTRODUÇÃO Van Gogh foi um artista como poucos. Influências de vários movimentos e

Leia mais

O Impressionismo foi um movimento artístico que revolucionou profundamente a pintura e deu início às grandes tendências da arte do

O Impressionismo foi um movimento artístico que revolucionou profundamente a pintura e deu início às grandes tendências da arte do Impressionismo Impressionismo O Impressionismo foi um movimento artístico que revolucionou profundamente a pintura e deu início às grandes tendências da arte do século XX; O termo impressionismo foi imprimido

Leia mais

Rodrigo Pascoal Lopes da Silva Vinicius Araújo Mille Wladas Savickas OPTICAL ART

Rodrigo Pascoal Lopes da Silva Vinicius Araújo Mille Wladas Savickas OPTICAL ART Rodrigo Pascoal Lopes da Silva Vinicius Araújo Mille Wladas Savickas OPTICAL ART SÃO PAULO 2011 OPTICAL ART Movimento da arte abstrata que se desenvolveu na década de 1960. A OP ART (abreviatura de óptical

Leia mais

PROFESSOR: EQUIPE DE EDUCAÇÃO ARTÍSTICA

PROFESSOR: EQUIPE DE EDUCAÇÃO ARTÍSTICA PROFESSOR: EQUIPE DE EDUCAÇÃO ARTÍSTICA BANCO DE QUESTÕES - EDUCAÇÃO ARTÍSTICA 3ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO - PARTE 3 =============================================================================================

Leia mais

ALUNO: Nº SÉRIE/ANO: TURMA: TURNO: 8º D V. DISCIPLINA: TIPO DE ATIVIDADE: PROFESSOR (A): HISTÓRIA DA ARTE TEXTO COMPLEMENTAR - 1 2º trimestre TATIANE

ALUNO: Nº SÉRIE/ANO: TURMA: TURNO: 8º D V. DISCIPLINA: TIPO DE ATIVIDADE: PROFESSOR (A): HISTÓRIA DA ARTE TEXTO COMPLEMENTAR - 1 2º trimestre TATIANE Fonte: http://www.musee-orsay.fr/fr/collections/catalogue-des-oeuvres/resultatcollection.html?no_cache=1&zoom=1&tx_damzoom_pi1%5bzoom%5d=0&tx_da mzoom_pi1%5bxmlid%5d=001089&tx_damzoom_pi1%5bback%5d=fr%2fcollec

Leia mais

Fauvismo, Cubismo, Surrealismo, Futurismo, Dadaísmo, Expressionismo e Suprematismo VANGUARDAS EUROPÉIAS

Fauvismo, Cubismo, Surrealismo, Futurismo, Dadaísmo, Expressionismo e Suprematismo VANGUARDAS EUROPÉIAS Fauvismo, Cubismo, Surrealismo, Futurismo, Dadaísmo, Expressionismo e Suprematismo VANGUARDAS EUROPÉIAS CONTEXTO HISTÓRICO As vanguardas européias foram manifestações artístico-literárias surgidas na Europa,

Leia mais

FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL I CONTEÚDO E HABILIDADES ARTES. Conteúdo: - Cubismo e Abstracionismo

FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL I CONTEÚDO E HABILIDADES ARTES. Conteúdo: - Cubismo e Abstracionismo CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL I Conteúdo: - Cubismo e Abstracionismo 2 CONTEÚDO E HABILIDADES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL I Habilidades: - Conhecer e distinguir diferentes momentos

Leia mais

André Derain

André Derain - 029 - André Derain 1880-1954 André Derain, nascido em Chatou, comunidade a 20 km a Leste de Paris, no dia 10 de julho de 1880 e falecido em Garches (15 km a Oeste de Paris) foi um pintor, escultor, impressor

Leia mais

ARTES: A TRANSIÇÃO DO SÉCULO XVIII PARA O SÉCULO XIX

ARTES: A TRANSIÇÃO DO SÉCULO XVIII PARA O SÉCULO XIX ARTES: A TRANSIÇÃO DO SÉCULO XVIII PARA O SÉCULO XIX Neoclassicismo ou Academicismo: * Últimas décadas do século XVIII e primeiras do XIX; * Retoma os princípios da arte da Antiguidade grecoromana; * A

Leia mais

ESCOLA ADVENTISTA SANTA EFIGÊNIA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL

ESCOLA ADVENTISTA SANTA EFIGÊNIA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL ESCOLA ADVENTISTA SANTA EFIGÊNIA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL Rua Prof Guilherme Butler, 792 - Barreirinha - CEP 82.700-000 - Curitiba/PR Fone: (41) 3053-8636 - e-mail: ease.acp@adventistas.org.br

Leia mais

O retrato através da História da Arte

O retrato através da História da Arte ós na ala de Aula - Arte 6º ao 9º ano - unidade 5 Inicie sua aula observando retratos conhecidos da História da Arte e, em seguida, converse com os alunos sobre os retratos na História. Pergunte a eles

Leia mais

Romantismo. Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS:

Romantismo. Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS: Romantismo Questão 01 Sobre a Arte no Romantismo, julgue os itens a seguir em (C) CERTOS ou (E) ERRADOS: 1. ( C ) Foi a primeira e forte reação ao Neoclassicismo. 2. ( E ) O romantismo não valorizava a

Leia mais

VANGUARDAS EUROPEIAS

VANGUARDAS EUROPEIAS VANGUARDAS EUROPEIAS Impressionismo (1870-1890) Briga com a Academia; Cotidiano comum; Impressão: o que o olho vê, luz natural, jogo de sombras com cores complementares, ausência de contornos. Claude Monet,

Leia mais

Os Impressionistas. Episódio: Vincent Van Gogh. Palavras-chave Pintura, biografia, Van Gogh, impressionismo, França

Os Impressionistas. Episódio: Vincent Van Gogh. Palavras-chave Pintura, biografia, Van Gogh, impressionismo, França Os Impressionistas Episódio: Vincent Van Gogh Resumo Este vídeo, da série Os impressionistas, aborda a vida e obra do artista holandês Vincent Van Gogh. Autodidata, Van Gogh é um dos mais aclamados e mitificados

Leia mais

ISBN 978-1-78042-575-7. Todos os direitos de adaptação e de reprodução reservados para todos os países.

ISBN 978-1-78042-575-7. Todos os direitos de adaptação e de reprodução reservados para todos os países. MONDRIAN Confidential Concepts, Worldwide, USA Sirrocco London (edição portuguesa) Mondrian Estate / Artists Rights Society, New York, USA / Beeldrecht, Amsterdam ISBN 978-1-78042-575-7 Todos os direitos

Leia mais

TURMA 601. Aula 07. Formas Geométricas

TURMA 601. Aula 07. Formas Geométricas TURMA 601 Aula 07 Formas Geométricas As figuras geométricas sempre chamaram a atenção dos artistas plásticos. As composições com figuras geométricas é um trabalho de buscar o equilíbrio entre as formas.

Leia mais

Principais movimentos artísticos do século XX

Principais movimentos artísticos do século XX Principais movimentos artísticos do século XX EXPRESSIONISMO FAUVISMO CUBISMO ABSTRACIONISMO SURREALISMO FUTURISMO 3ª parte FUTURismo 1909 FUTURISMO O primeiro manifesto foi publicado no Le Fígaro de Paris,

Leia mais

ARTE BRASILEIRA PÓS SEMANA DE 1922

ARTE BRASILEIRA PÓS SEMANA DE 1922 ARTE BRASILEIRA PÓS SEMANA DE 1922 A Semana de Arte Moderna de 1922 foi um momento de ruptura que dividiu a arte brasileira entre academicismo e modernismo. Não foi, porém, uma unanimidade nacional e gerou

Leia mais

Releitura Fotográfica Jornalística das Obras de Vincent van Gogh 1

Releitura Fotográfica Jornalística das Obras de Vincent van Gogh 1 Releitura Fotográfica Jornalística das Obras de Vincent van Gogh 1 Gustavo KRELLING 2 Maria Zaclis Veiga FERREIRA 3 Universidade Positivo, Curitiba, PR RESUMO O produto artístico é uma releitura fotográfica

Leia mais

ARTES PLÁSTICAS (BACHARELADO)

ARTES PLÁSTICAS (BACHARELADO) assinatura do(a) candidato(a) Admissão por Transferência Facultativa 2. a Transferência Facultativa/2010 ARTES PLÁSTICAS (BACHARELADO) Segunda Etapa Prova Dissertativa LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO.

Leia mais

Futurismo. 1ºAno 2015 4º Bimestre Artes - Juventino

Futurismo. 1ºAno 2015 4º Bimestre Artes - Juventino Futurismo 1ºAno 2015 4º Bimestre Artes - Juventino A modernidade trouxe grandes modificações no modo de viver como: o capitalismo do consumo, as indústrias, as cidades, os automóveis, a velocidade. Via-se

Leia mais

Abrir caminhos. Propostas didácticas

Abrir caminhos. Propostas didácticas 3 Abrir caminhos Propostas didácticas Actividade 1 Vamos propor-vos trabalhar com a relação entre caminho e marca. Sobre um longo caminho que podes criar no chão com um papel contínuo, deixa as tuas impressões

Leia mais

Jean Puy

Jean Puy - 101 - Jean Puy 1876-1960 Jean Puy, nascido em Ruan, 130 km ao Noroeste de Paris (local histórico onde morreu Joana D Arc), no dia 8 de novembro de 1876 e falecido na mesma cidade em 6 de março de 1960,

Leia mais

Revisão/ 2 Ano/Arte. Neoclassicismo/ Romantismo/ Realismo/ Impressionismo/Pósimpressionismo/Neoimpressionismo/ Art noveau

Revisão/ 2 Ano/Arte. Neoclassicismo/ Romantismo/ Realismo/ Impressionismo/Pósimpressionismo/Neoimpressionismo/ Art noveau Revisão/ 2 Ano/Arte Neoclassicismo/ Romantismo/ Realismo/ Impressionismo/Pósimpressionismo/Neoimpressionismo/ Art noveau Neoclassicismo: Novo clássico. Novo resgate do vocabulário e das ideias que surgiram

Leia mais

ARTES 9 ANO PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª ARLENE CALIRI ENSINO FUNDAMENTAL

ARTES 9 ANO PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª ARLENE CALIRI ENSINO FUNDAMENTAL ARTES 9 ANO PROF.ª ARLENE CALIRI ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª GABRIELA DACIO CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade I Tecnologia - Corpo, movimento e linguagem na era da informação. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula

Leia mais

ARTE MODERNA DO REALISMO AO CONTEMPORÂNEO

ARTE MODERNA DO REALISMO AO CONTEMPORÂNEO ARTE MODERNA DO REALISMO AO CONTEMPORÂNEO Realismo Entre 1850 e 1900 surge nas artes européias, sobretudo na pintura francesa, uma nova tendência estética chamada realismo. O homem convenceu-se que precisava

Leia mais

A diagramação é o ato de distribuir os elementos gráficos pontos, linhas, formas, textos, cores, em uma representação gráfica ou digital.

A diagramação é o ato de distribuir os elementos gráficos pontos, linhas, formas, textos, cores, em uma representação gráfica ou digital. Elementos de Diagramação Comunicação Visual A diagramação é o ato de distribuir os elementos gráficos pontos, linhas, formas, textos, cores, em uma representação gráfica ou digital. É construir, estruturar

Leia mais

Desenho Percepção Visual Anatomia Artística Pintura

Desenho Percepção Visual Anatomia Artística Pintura Desenho Percepção Visual Anatomia Artística Pintura Plínio Santos Filho, Ph.D. CE 04 - Autoretrato 01 Caderno de Exercícios CE 04 O autoretrato é feito para marcar a passagem do tempo. É o momento em que

Leia mais

Computação. O que é ARTE? Linha do Tempo. ICEC Instituto Cuiabá de Ensino e Cultura Curso de Ciências da Computação 5º Semestre

Computação. O que é ARTE? Linha do Tempo. ICEC Instituto Cuiabá de Ensino e Cultura Curso de Ciências da Computação 5º Semestre ICEC Instituto Cuiabá de Ensino e Cultura Curso de Ciências da Computação 5º Semestre Computação Gráfica * geralmente é entendida como a atividade humana ligada a manifestações de ordem estética, tica,

Leia mais

Em busca do tempo perdido

Em busca do tempo perdido Estes textos são produzidos sob patrocínio do Departamento Cultural da Clínica Naturale.Direitos são reservados. A publicação e redistribuição de qualquer conteúdo é proibida sem prévio consentimento.

Leia mais

A Idade Média e O Renascimento

A Idade Média e O Renascimento Estes textos são produzidos sob patrocínio do Departamento Cultural da Clínica Naturale.Direitos são reservados. A publicação e redistribuição de qualquer conteúdo é proibida sem prévio consentimento.

Leia mais

PINTANDO O SETE NA SALA DE AULA. Míriam Borges da Fonseca Rodrigues (veraformosa@yahoo.com.br) Centro Universitário de Patos de Minas - UNIPAM

PINTANDO O SETE NA SALA DE AULA. Míriam Borges da Fonseca Rodrigues (veraformosa@yahoo.com.br) Centro Universitário de Patos de Minas - UNIPAM PINTANDO O SETE NA SALA DE AULA Míriam Borges da Fonseca Rodrigues (veraformosa@yahoo.com.br) Centro Universitário de Patos de Minas - UNIPAM A escola Nossa Senhora da Piedade tem uma área de 3.200 metros,

Leia mais

P R O G R A M A. M ó d u l o d e G e o m e t r i a D e s c r i t i v a ( 2 4 h o r a s )

P R O G R A M A. M ó d u l o d e G e o m e t r i a D e s c r i t i v a ( 2 4 h o r a s ) DEPARTAMENTO DE ARTE E DESIGN C U R S O L I V R E 2 0 0 9 P R E P A R A Ç Ã O P A R A A S P R O V A S D E A V A L I A Ç Ã O D E D E S E N H O E G E O M E T R I A D E S C R I T I V A E DE H I S T Ó R I

Leia mais

PADRÃO PLÁSTICO TOM.

PADRÃO PLÁSTICO TOM. PADRÃO PLÁSTICO TOM. Os princípios de dinâmica de um padrão tonal são muito parecidos com o que vimos em relação aos da linha. Ao colocarmos algumas pinceladas de preto sobre um campo, eles articulam uma

Leia mais

Relação Cromática de Secundárias sobre a Dinâmica de Matiz

Relação Cromática de Secundárias sobre a Dinâmica de Matiz Relação Cromática de Secundárias sobre a Dinâmica de Matiz Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado à Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro, como requisito parcial para obtenção

Leia mais

Henri-Charles Manguin

Henri-Charles Manguin - 081 - Henri-Charles Manguin 1874-1949 Henri-Charles Manguin, nascido em Paris no dia 23 de março de 1874 e falecido em Saint-Tropez, Côte d'azur, ao Sudeste da França, no dia 25 de setembro de 1949,

Leia mais

QUESTÕES SOBRE O NEO-IMPRESSIONISMO NA EUROPA E NO BRASIL

QUESTÕES SOBRE O NEO-IMPRESSIONISMO NA EUROPA E NO BRASIL Autor e Texto Author - Text Zenaide Bassi Ribeiro Soares * QUESTÕES SOBRE O NEO-IMPRESSIONISMO NA EUROPA E NO BRASIL QUESTIONS ABOUT NEO-IMPRESSIONISM IN EUROPE AND BRAZIL RESUMO Neste trabalho estão reunidas

Leia mais

11, 12, 13, 14. SÉRIE 4: dentro das paisagens. para olhar. pensar, imaginar... e fazer. John Constable Baia Weymouth 1816 Óleo sobre tela.

11, 12, 13, 14. SÉRIE 4: dentro das paisagens. para olhar. pensar, imaginar... e fazer. John Constable Baia Weymouth 1816 Óleo sobre tela. 10 The Bridgeman Art Library SÉRIE 4: dentro das paisagens John Constable Baia Weymouth 1816 Óleo sobre tela. 11, 12, 13, 14 Ministério da Cultura e Endesa Brasil apresentam: Arteteca:lendo imagens (PRONAC

Leia mais

DATA: 18/12/2015 VALOR: 20,0 Pontos NOTA: RELAÇÃO DOCONTEÚDO PARA A RECUPERAÇÃO FINAL

DATA: 18/12/2015 VALOR: 20,0 Pontos NOTA: RELAÇÃO DOCONTEÚDO PARA A RECUPERAÇÃO FINAL DISCIPLINA: ARTE PROFESSORA: Cristiana de Souza DATA: 18/12/2015 VALOR: 20,0 Pontos NOTA: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 8º ANO TURMA: A e B ALUNO (A): Nº: 01. RELAÇÃO DO CONTEÚDO RELAÇÃO DOCONTEÚDO

Leia mais

O barroco O caso Francês e o barroco no mundo

O barroco O caso Francês e o barroco no mundo O barroco O caso Francês e o barroco no mundo O caso Francês Em França, as concepções renascentistas permaneceram até mais tarde, pois houve uma grande resistência ao Barroco por parte das academias. Quando

Leia mais

Principais características:

Principais características: Cubismo Definição Movimento artístico cuja origem remonta à Paris e a 1907, ano do célebre quadro de Pablo Picasso, Les Demoiselles d'avignon. Considerado um divisor de águas na história da arte ocidental,

Leia mais

MANUELA MENDES DA SILVA. Gesto e Forma

MANUELA MENDES DA SILVA. Gesto e Forma MANUELA MENDES DA SILVA Gesto e Forma MANUELA MENDES DA SILVA Em Manuela Mendes da Silva a pintura está sempre presente pela sugestão da textura, é certo, mas também pela revelação do processo. Todavia

Leia mais

Van Gogh, a Tragédia e a Cor

Van Gogh, a Tragédia e a Cor Estes textos são produzidos sob patrocínio do Departamento Cultural da Clínica Naturale.Direitos são reservados. A publicação e redistribuição de qualquer conteúdo é proibida sem prévio consentimento.

Leia mais

A MANEIRA MAIS FÁCIL E EFICAZ DE APRENDER A DESENHAR E PINTAR

A MANEIRA MAIS FÁCIL E EFICAZ DE APRENDER A DESENHAR E PINTAR A MANEIRA MAIS FÁCIL E EFICAZ DE APRENDER A DESENHAR E PINTAR PRÓXIMAS ENTREGAS ENTREGA FASCÍCULO DVD CAIXA DE ÓLEO PVP 2 2 2 um tubo e um pincel 4,95 3 3 3 caixa arquivadora 9,95 4 4 paleta 4,95 5 5 4

Leia mais

A pintura de natureza-morta (com temática de arranjos de frutas, legumes e utensílios domésticos) surgiu como um gênero mais simplório, no início do

A pintura de natureza-morta (com temática de arranjos de frutas, legumes e utensílios domésticos) surgiu como um gênero mais simplório, no início do A pintura de natureza-morta (com temática de arranjos de frutas, legumes e utensílios domésticos) surgiu como um gênero mais simplório, no início do Barroco, derivado das pinturas que representavam cenas

Leia mais

BARROCO O que foi? O barroco foi uma manifestação que caracterizava-se pelo movimento, dramatismo e exagero. Uma época de conflitos espirituais e religiosos, o estilo barroco traduz a tentativa angustiante

Leia mais

Professor Heitor de Assis Jr. heitor_assis@yahoo.com.br CURSOS DE HISTÓRIA DA ARTE. Comedores de Batata. 1885. Vincent van Gogh (1853-90)

Professor Heitor de Assis Jr. heitor_assis@yahoo.com.br CURSOS DE HISTÓRIA DA ARTE. Comedores de Batata. 1885. Vincent van Gogh (1853-90) Professor Heitor de Assis Jr. CURSOS DE HISTÓRIA DA ARTE heitor_assis@yahoo.com.br Vincent van Gogh (1853-90) Até 27 anos, quando se decidiu pela pintura, ocupou-se principalmente com a pregação evangélica.

Leia mais

AS INOVAÇÕES REVOLUCIONÁRIAS DA CRIAÇÃO ARTÍSTICA

AS INOVAÇÕES REVOLUCIONÁRIAS DA CRIAÇÃO ARTÍSTICA AS INOVAÇÕES REVOLUCIONÁRIAS DA CRIAÇÃO ARTÍSTICA DO FINAL DO SÉCULO XIX À 1ª GUERRA MUNDIAL Introdução geral Século XX, época de profundas inovações. A maior parte do que ainda hoje é moderno já existia

Leia mais

estética & filosofia da arte

estética & filosofia da arte estética & filosofia da arte carlos joão correia 2012-2013 2ºSemestre "A teoria é essencialmente a seguinte: alguns objectos, criados por mãos humanas, foram, por algum motivo, dotados com o poder de produzir

Leia mais

E-MAIL: alexandre@medfibicuitinga.com.br

E-MAIL: alexandre@medfibicuitinga.com.br Escola de Ensino Médio Professora Maria Edilce Dias Fernandes Rua Capitão Manuel Antônio 1044 Centro - C.E.P.: 62.955-000 - Ibicuitinga Ceará Telefone: (88) 3425-1000 BANCO DE QUESTÕES - ARTE PROF.: ALEXANDRE

Leia mais

estética & filosofia da arte

estética & filosofia da arte estética & filosofia da arte carlos joão correia 2013-2014 2ºSemestre Clive Bell. Art. London: Chatto & Windus. 1914 (1949 2 ). Tr. R.C.Mendes. Lisboa: Texto & Grafia. 2009. Clive Bell "A teoria é essencialmente

Leia mais

EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO

EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO EXERCÍCIOS SOBRE RENASCIMENTO TEXTO O termo Renascimento é comumente aplicado à civilização européia que se desenvolveu entre 1300 e 1650. Além de reviver a antiga cultura greco-romana, ocorreram nesse

Leia mais

Série. MAT Disciplina: Arte Professor: FERNANDA CARDOSO ATIVIDADE DE RECUPERAÇÃO

Série. MAT Disciplina: Arte Professor: FERNANDA CARDOSO ATIVIDADE DE RECUPERAÇÃO Polícia Militar do Estado de Goiás CPMG Hugo de Carvalho Ramos Ano Letivo - 2015 Série ATIVIDADE DE RECUPERAÇÃO - Todas essas atividades, tanto as perguntas como respostas deverão ser COPIADAS E RESPONDIDAS

Leia mais

O que é o Surrealismo?

O que é o Surrealismo? Contexto histórico Contexto histórico Num ambiente totalmente fragilizado, aparece o Surrealismo. Desestabilizador e desestruturador de toda a idéia de cultura existente até então, propõe a junção de imagens

Leia mais

MATERIAL COMPLEMENTAR PARA ESTUDOS HISTÓRIA DA ARTE- 2ª SÉRIE ENSINO MÉDIO

MATERIAL COMPLEMENTAR PARA ESTUDOS HISTÓRIA DA ARTE- 2ª SÉRIE ENSINO MÉDIO Arte Moderna Expressionismo A busca por expressar os problemas da sociedade da época e os sentimentos e emoções do homem no inicio do século xx Foi uma reação ao impressionismo, já que o movimento preocupou-se

Leia mais

3ª SÉRIE Ensino Médio

3ª SÉRIE Ensino Médio E n s in o F o r t e e d e R e s u l t a do s Estudante: Centro Educacio nal Juscelino K ub itschek G u a r á / V a l p a r a í s o Exercícios Rec. Semestral 2º Bimestre A R T E 3ª SÉRIE Ensino Médio Data:

Leia mais

FASHION COLOR REPORT INVERNO 2O13

FASHION COLOR REPORT INVERNO 2O13 FASHION COLOR REPORT INVERNO 2O13 FASHION COLOR REPORT FALL 2013 - SEMANA DE MODA DE NEW YORK FEVEREIRO 7 14, 2O13 - pantone.com.br/fashion-color-report-fall-2013.html FASHION COLOR REPORT INVERNO 2O13

Leia mais

Os principais produtos artísticos da África tropical são máscaras e esculturas em madeira. Esses objetos têm forma angulosa, assimétrica e

Os principais produtos artísticos da África tropical são máscaras e esculturas em madeira. Esses objetos têm forma angulosa, assimétrica e Os principais produtos artísticos da África tropical são máscaras e esculturas em madeira. Esses objetos têm forma angulosa, assimétrica e distorcida. Para os membros da sociedade africana, eram objetos

Leia mais

ROTAS DE APRENDIZAGEM 2015-2016 ED. VISUAL 7.º Ano

ROTAS DE APRENDIZAGEM 2015-2016 ED. VISUAL 7.º Ano Professora: Elisabete Mesquita_mesquita.beta@gmail.com Projeto 1: ILUSTRAR E DECORAR A CAPA INDIVIDUAL DO ESTUDANTE Objetivo Geral: desenhar o teu nome, seguindo as regras do desenho das letras e recorrendo

Leia mais

A ARTE DE ALFREDO VOLPI UM ESTUDO SOBRE O INÍCIO DA SUA FASE MODERNISTA

A ARTE DE ALFREDO VOLPI UM ESTUDO SOBRE O INÍCIO DA SUA FASE MODERNISTA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS CENTRO DE ARTES PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO E PERCURSOS POÉTICOS SEMINÁRIO DE HISTÓRIA DA ARTE A ARTE DE ALFREDO VOLPI UM ESTUDO SOBRE O INÍCIO DA SUA FASE MODERNISTA Fabiana

Leia mais

Período Industrial Mecânico

Período Industrial Mecânico Período Industrial Mecânico Joseph Niépce Primeira fotografia de Niépce tirada da janela do sótão de sua casa de campo em Le Gras em Chalons-sur- Saône, na França. (1826) Hercules Florence Produção de

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 4.2 Conteúdo: Romantismo Realismo Impressionismo

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 4.2 Conteúdo: Romantismo Realismo Impressionismo Aula 4.2 Conteúdo: Romantismo Realismo Impressionismo 1 Habilidades: Reconhecer diferentes funções da arte, do trabalho de produção dos artistas em seus meios culturais. 2 Romantismo Designa uma tendência

Leia mais

PIXEL - DO DESENHO À PINTURA DIGITAL

PIXEL - DO DESENHO À PINTURA DIGITAL F PIXEL - DO DESENHO À PINTURA DIGITAL Carga Horária: 96 horas/aulas Módulo 01: Desenho de observação DESCRIÇÃO: Neste módulo o você irá praticar sua percepção de linhas e formas, bem como a relação entre

Leia mais

O Brasil, por sua vez, passou de escravocrata para mão de obra livre, da Monarquia para República.

O Brasil, por sua vez, passou de escravocrata para mão de obra livre, da Monarquia para República. ARTE MODERNA Vanguardas Européias As vanguardas européias são os movimentos culturais que começaram na Europa no início do século XX, os quais iniciaram um tempo de ruptura com as estéticas precedentes.

Leia mais

As cores são ações e paixões da luz.

As cores são ações e paixões da luz. As cores são ações e paixões da luz. Goethe Robert Delunay, Drama políltico, óleo e colagem sobre cartão, 88,7 x 67,3, 1914 Cada olhar envolve uma observação, cada observação uma reflexão, cada reflexão

Leia mais

Instituto de Educação Infantil e Juvenil Verão, 2015. Londrina, Nome: Ano: Tempo Início: Término: Total: Edição 2 MMXV Intermediária 2 Grupo A

Instituto de Educação Infantil e Juvenil Verão, 2015. Londrina, Nome: Ano: Tempo Início: Término: Total: Edição 2 MMXV Intermediária 2 Grupo A Instituto de Educação Infantil e Juvenil Verão, 2015. Londrina, Nome: de Ano: Tempo Início: Término: Total: Edição 2 MMXV Intermediária 2 Grupo A A TEMPESTADE É um quadro que mostra um profundo senso de

Leia mais

Guiadas pela impressão. Seu cavalete parecia estar já nos convida a entrar por inteiro, e

Guiadas pela impressão. Seu cavalete parecia estar já nos convida a entrar por inteiro, e impressão de um quarto imaginado - e a realidade da Pintura, resta, não o repouso como Van Gogh procurava, mas o susto. Uma das forças dessa releitura está na surpresa de uma perspectiva Entrar de corpo

Leia mais

1º Ano Artes 4ª Aula 2015 Prof. Juventino

1º Ano Artes 4ª Aula 2015 Prof. Juventino 1º Ano Artes 4ª Aula 2015 Prof. Juventino Contrapondo-se a Egípcia vida pósmortem. Arte grega fundamenta-se na inteligência Os governantes não eram deuses, mas seres mortais Usavam a razão e o senso de

Leia mais

Plano de aula para três encontros de 50 minutos cada. Tema: Vida e obra de Vincent Van Gogh. Público alvo: 4º série do Ensino fundamental

Plano de aula para três encontros de 50 minutos cada. Tema: Vida e obra de Vincent Van Gogh. Público alvo: 4º série do Ensino fundamental UDESC UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA DAV- DEPARTAMENTO DE ARTES VISUAIS Curso: Licenciatura em Artes Visuais Disciplina: Cultura Visual Professora: Jociele Lampert Acadêmica: Cristine Silva Santos

Leia mais

VANGUARDAS EUROPÉIAS

VANGUARDAS EUROPÉIAS VANGUARDAS EUROPÉIAS VANGUARDA Em seu sentido literal, vanguarda (vem do francês Avant Garde, guarda avante ) faz referência ao batalhão militar que precede as tropas em ataque durante uma batalha.daí

Leia mais

Arte 1º. Ano do Ensino Médio. Linha do Tempo da História da Arte (Períodos/ Movimentos Artísticos/ Contexto Histórico).

Arte 1º. Ano do Ensino Médio. Linha do Tempo da História da Arte (Períodos/ Movimentos Artísticos/ Contexto Histórico). Arte 1º. Ano do Ensino Médio 1º. Trimestre - Conteúdo Avaliativo: Linha do Tempo da História da Arte (Períodos/ Movimentos Artísticos/ Contexto Histórico). Períodos Artísticos: Pré-História/Idade Antiga

Leia mais

Infinitas são as coisas que consideramos boas, um amor correspondido, uma honesta riqueza, um quitute refinado. Umberto Eco em A História da Beleza

Infinitas são as coisas que consideramos boas, um amor correspondido, uma honesta riqueza, um quitute refinado. Umberto Eco em A História da Beleza Belo junto com gracioso, bonito ou sublime, maravilhoso, soberbo _ é um adjetivo que usamos frequentemente para indicar algo que nos agrada. Nesse sentido, aquilo que é belo é bom e, de fato em diversas

Leia mais

Matéria: literatura Assunto: pintura - di cavalcanti Prof. IBIRÁ

Matéria: literatura Assunto: pintura - di cavalcanti Prof. IBIRÁ Matéria: literatura Assunto: pintura - di cavalcanti Prof. IBIRÁ Literatura DI CAVALCANTI Introdução Emiliano Augusto Cavalcanti de Albuquerque e Melo, mais conhecido como Di Cavalcanti, foi um importante

Leia mais

Atividade extra. Cultura e identidade. Leia o texto para responder às questões 1 e 2. Língua Portuguesa e Literatura. O último computador

Atividade extra. Cultura e identidade. Leia o texto para responder às questões 1 e 2. Língua Portuguesa e Literatura. O último computador Atividade extra Cultura e identidade Leia o texto para responder às questões 1 e 2 O último computador Um dia, todos os computadores do mundo estarão ligados num único e definitivo sistema, e o centro

Leia mais

Do Impressionismo ao Expressionismo: a pintura européia de encontro à modernidade. Ana Paula A. Dantas

Do Impressionismo ao Expressionismo: a pintura européia de encontro à modernidade. Ana Paula A. Dantas Do Impressionismo ao Expressionismo: a pintura européia de encontro à modernidade. Ana Paula A. Dantas Movimento artístico que se formou em Paris entre 1860 e 1870, o Impressionismo queria romper com o

Leia mais

Neoclassicismo e o Romantismo. Clique para adicionar texto HISTÓRIA DA ARTE

Neoclassicismo e o Romantismo. Clique para adicionar texto HISTÓRIA DA ARTE Neoclassicismo e o Romantismo Clique para adicionar texto HISTÓRIA DA ARTE Nas duas últimas décadas do século XVIII e nas três primeiras do século XIX, uma nova tendência estética predominou nas criações

Leia mais

A arte do século XIX

A arte do século XIX A arte do século XIX Índice Introdução ; Impressionismo ; Romantismo ; Realismo ; Conclusão ; Bibliografia. Introdução Durante este trabalho irei falar e explicar o que é a arte no século XIX, especificando

Leia mais

TEORIA E HISTÓRIA DA ARTE, ARQUITETURA E CIDADE III 4º Período

TEORIA E HISTÓRIA DA ARTE, ARQUITETURA E CIDADE III 4º Período Universidade Comunitária da Região de Chapecó CURSO DE ARQUITETURA E URBANISMO TEORIA E HISTÓRIA DA ARTE, ARQUITETURA E CIDADE III 4º Período Prof Me Márcia Moreno A Arte Moderna Na Arte Moderna, o artista

Leia mais

ANITA MALFATTI De Ângela Braga-Torres (Especialista em Arte-educação pela Escola de Comunicações e Artes da USP.)

ANITA MALFATTI De Ângela Braga-Torres (Especialista em Arte-educação pela Escola de Comunicações e Artes da USP.) ANITA MALFATTI De Ângela Braga-Torres (Especialista em Arte-educação pela Escola de Comunicações e Artes da USP.) SUPLEMENTO DIDÁTICO Elaborado por Rosa Iavelberg Pós-graduada em Arte-educação pela Escola

Leia mais