Armazenar dados dentro da montanha

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Armazenar dados dentro da montanha"

Transcrição

1 TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO ESTE SUPLEMENTO FAZ PARTE INTEGRANTE DA VIDA ECONÓMICA Nº 1454, 20 DE JULHO 2012, E NÃO PODE SER VENDIDO SEPARADAMENTE Armazenar dados dentro da montanha A Radix Technologies não fez por menos. Comprou um bunker ao Governo suíço e montou um centro de dados numa quase impenetrável fortaleza natural, com níveis de segurança sem paralelo. Ao mesmo tempo, escolheu a Cloud CA AppLogic para endereçar as suas operações na Europa, Emirados Árabes Unidos, China e Estados Unidos. Desta forma, a empresa de Budapeste pretende responder à crescente procura por serviços de cloud privada. Págs. II e III

2 II TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO RADIX COMPRA BUNKER AO EXÉRCITO SUÍÇO E CRIA CENTRO DE DADOS DE ALTA SEGURANÇA Provavelmente o data center mais seguro do mundo É um bunker, literalmente no meio da montanha. E supostamente capaz de sobreviver a qualquer tipo de ameaça conhecida pelo homem. Mesmo que essa ameaça seja nuclear. A Radix, um fornecedor de serviços geridos, resolveu comprar esta fortaleza digital ao Governo suíço e tornou-o num dos centros de dados mais seguros e amigos do ambiente., EM ATTINGHAUSEN Haverá mais, com toda a certeza. Mas o novo centro de dados de alta segurança da Radix Technologies, um fornecedor de serviços geridos (MSP Managed Services Provider), chega a ter requintes de malvadez. Primeiro, a serena imagem dos Alpes suíços onde está instalado o data center quase que anestesia qualquer potencial ameaça. Depois, o som dos chocalhos das vacas a pastarem cria uma sensação de hipnotismo capaz de fazer esquecer que, mesmo ali ao lado, literalmente dentro da montanha, está um centro de dados que veio permitir à Radix Technologies oferecer serviços cloud. A história conta-se mais ou menos assim. A Radix Technologies montou um centro de dados numa quase impenetrável fortaleza natural, com níveis de segurança sem paralelo, tirando partido dos recursos naturais da montanha, como o ar e a água, para criar efeitos de refrigeração. A propriedade em si tem qualquer coisa como 15 mil metros quadrados e foi construída antes da Segunda Guerra Mundial. Chegou a servir de fábrica para os Jeep americanos Willy e mais tarde foi centro de comando para o exército e marinha suíça. Em 2007, o Governo suíço começou a alienar alguns dos 15 mil bunkers espalhado por todo o território. Aliás, o país sempre teve como bandeira ser considerado um dos líderes mundiais de proteção civil. A Deltalis, empresa que gere a parte imobiliária do grupo a que pertente a Radix, aproveitou a oportunidade e comprou a propriedade. Na conferência de imprensa, realizada numa das salas do bunker, a Vida Económica perguntou qual teria isso o investimento neste espaço, mas os executivos da Radix presentes avançaram que esse valor não podia ser revelado. No entanto, Stéphan Grouitch, chairman da Radix Technologies, disse que neste caso o dinheiro não era o mais relevante. Disse, contudo, que o investimento, fora o edifício, terá rondado os 8 milhões de francos suíços (6,6 milhões de euros), cujo retorno deverá ser alcançado em dois anos e meio. Um hino à segurança Os 15 mil metros quadrados contemplam três edifícios, sendo que 8 mil metros estão dedicados ao centro de dados. O bunker está construído 300 metros para dentro da montanha, tendo por cima de si mil metros de pedra. Por tudo isto, os responsáveis não têm qualquer problema em afirmar que, hoje, este bunker é resistente a qualquer tipo de ameaça que exista no mundo, nomeadamente ameaças nucleares. A ajudar à segurança do espaço estão umas, vamos chamar-lhes portas, de 20 toneladas. Mas algumas chegam a ter mesmo 50 toneladas. Aliás, quando o camião de abastecimento de diesel entra para fornecer o bunker, fica de tal forma isolado por uma destas portas que, caso o veículo explodisse, na sala ao lado pouco mais do que um puffff se iria ouvir. Mais: a Radix tem um contrato prioritário com o fornecedor de diesel, pelo que, Quando o camião de abastecimento de diesel entra para fornecer o bunker, fica de tal forma isolado por uma destas portas que, caso o veículo explodisse, na sala ao lado pouco mais do que um puffff se iria ouvir. em caso de emergência, depois dos hospitais este espaço seria dos primeiros a ter direito a ser abastecido. Atualmente, e caso houvesse um corte total externo de energia, a empresa conseguiria trabalhar na sua capacidade máxima durante oito dias. No entanto, em casos extremos, e porque têm tanques subterrâneos de abastecimento, esse espaço de tempo poderia estender-se por meses. Redundância qb Obviamente que redundância é coisa que não falta. As salas são replicadas, há redundância pb na energia, para além de que este bunker está situado a cerca de um quilómetro de um dos principais backbone da Europa, sobre o qual passam 70% do tráfico de internet europeu do eixo norte/sul. Ou seja, também a conectividade parece estar mais do que garantida. Outro aspeto muito realçado nesta visita que fizemos ao bunker foi a sua vertente amiga do ambiente, nomeadamente no que diz respeito ao arrefecimento do centro de dados que, sabemos, produz elevados níveis de calor. O espaço alberga dois aquíferos alimentados naturalmente, que consegue ser a única fonte de arrefecimento para as instalações, gerando uma avantajada poupança de energia. O fascínio de um bunker Um bunker é sempre um bunker. E quando compraram as instalações, a empresa manteve muitos, ou mesmo a maioria, dos seus traços naturais. Ainda é possível ver a sala dos mapas, onde deslizam pela parede as mais variadas geografias passíveis de serem alvos de ataque. O espaço tem ainda cinco zonas de bar, dormitórios, uma cozinha industrial totalmente equipada e murais apelativos com imagens que faziam os soldados esquecer que estavam fechados dentro da montanha. Apesar de todo este aparato, o espaço onde estão efetivamente os dados não deixa de ser apenas uma sala com cerca de 12 racks a serem utilizados. Para rentabilizar todo o espaço a empresa sediada em Budapeste tem vindo, desde janeiro, a convidar clientes a visitarem as instalações e comprovarem a segurança das mesmas. Tal como dizia David Corriveau, managing director na Radix Technologies, muitas empresas dizem que são fornecedores de cloud mas na verdade não têm um data center. Nós temos essa vantagem. Temos algo que podemos mostrar aos nossos clientes. É mais fácil para nós, até pelas instalações de que dispomos, demonstrar que não somos uma pequena start-up, composta por três pessoas e algum dinheiro e que ninguém sabe quanto tempo vai conseguir aguentar no mercado. E esta é a realidade dos nossos concorrentes. Por outro lado, quando concorremos com empresas que têm centro de dados, a grande maioria não providencia qualquer serviço, enquanto nós sim. Apesar de tudo isto, as instalações são geridas por literalmente três pessoas, já que os serviços são geridos desde Budapeste.

3 TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO III ATRAVÉS DA PLATAFORMA CLOUD CA APPLOGIC CA coloca Radix nas nuvens A fornecedor de serviços geridos Radix Technologies escolheu a Cloud CA AppLogic para endereçar as suas operações na Europa, Emirados Árabes Unidos, China e Estados Unidos. Desta forma, a empresa de Budapeste pretende responder à crescente procura por serviços de cloud privada., EM ATTINGHAUSEN A Radix Technologies, fornecedor de serviços geridos (MSP), escolheu a Cloud CA AppLogic para endereçar as suas operações na Europa, Emirados Árabes Unidos, China e Estados Unidos. Este operador sediado em Budapeste está a oferecer serviços cloud construídos sobre a plataforma da CA nomeadamente desde do seu novo centro de dados de alta segurança, situado nos Alpes suíços [ver peça página ao lado], e que permitirá à empresa sediada em Budapeste responder à crescente procura por serviços de cloud privada. Neste momento, o bunker suíço é responsável por cerca de 25% do negócio de hosted services da Radix, percentagem que não deverá ser muito maior em dois anos já que a empresa pretende expandir os seus serviços por centros de dados na Austrália, Estados Unidos e Brasil. É o que também torna a Radix diferente, disse à Vida Económica Chris Dickson, vice-presidente de Enterprise Management Solutions para a EMEA da CA Technologies. Não querem ter todo o negócio aqui na Suíça. Têm capacidade para se adaptar às exigências dos clientes e oferecer os melhores serviços. É também isso que gostamos nesta relação. Repare, quem apenas arranja espaço de alojamento, sem qualquer serviço acrescentado, morre. Para isso, mais vale ir para empresas como a Amazon! Hoje, os clientes querem muito mais. Querem serviços, consultadoria, arquitetura. Isso torna a Radix diferente, disse Chris Dickson. Por outro lado, basicamente, hoje, os clientes pretendem soluções menos complexas que lhes permitam fornecer serviços end- -to-end para os seus processos de negócio- -chave e não apenas máquinas virtuais. As clouds privadas oferecem uma capacidade Radix nomeada parceiro do ano A Radix Technologies foi nomeada CA AppLogic Partner of the Year for the Emerging Markets durante o CA Technologies MSP Symposium que se realizou este ano, em fevereiro. Este prémio foi atribuído como reconhecimento da capacidade técnica que a Radix Technologies possui, e pelo compromisso de crescimento que assumiu nos mercados emergentes. A Radix opera também na China, com uma equipa de 25 funcionários e serve mais de 80 clientes dispersos por todo o continente asiático, trabalho que demonstra a real capacidade e empenho da companhia no mercado global, disse Andrea Dossena, vice-presidente da área de Growth Market and Partners da EMEA, na CA Technologies. Chris Dickson, vice-presidente de Enterprise Management Solutions para a EMEA. totalmente escalável, gestão simplificada e suportam self-service, características que nos vão ajudar a otimizar as operações e a minimizar os custos. Aqui, a plataforma CA AppLogic parece ganhar pontos, proclamando ser simples de usar e de gerir, o que acaba por permitir à Radix Technologies disponibilizar soluções competitivas aos seus clientes, ao mesmo tempo que mantém os custos operacionais baixos. Por regra, quando um cliente requisita um novo serviço, a Radix Technologies, com apenas alguns cliques, pode montar o serviço incluindo todas as infraestruturas de apoio, firewalls, balanceadores de carga, servidores de aplicações, servidores de bases de dados e servidores de monitorização. Segundo a empresa, os técnicos podem usar a plataforma CA AppLogic sobre a instalação do cliente sem necessidade de suporte da equipa de administração de sistemas para criarem e colocarem em funcionamento ambientes totalmente novos. Isto transformou por completo a forma como disponibilizamos soluções aos nossos clientes e abriu a porta a novas oportunidades e novas fontes de receitas, porque conseguimos adaptar-nos aos requisitos dos nossos clientes, com base na sua demanda. Dados críticos mas em nuvem privadas A empresa assume que a plataforma CA AppLogic é uma componente-chave para a abordagem Business Service Innovation que tem um objetivo base ajudar as organizações a transitarem da simples manutenção de sistemas de TI para a oferta de serviços totalmente inovadores, que ajudam a responder às necessidades de negócio que estão em constante mudança. Ao recorrer a esta plataforma, a Radix Technologies está a acelerar a obtenção dos reais benefícios do cloud computing para os seus clientes, não só em termos de redução de custos, mas também ao nível da agilidade do negócio e da redução da complexidade. Mais importante ainda, a plataforma CA AppLogic permitiu à Radix Technologies alargar a sua oferta e criar vantagens competitivas a nível global. Quando perguntamos se, hoje, as empresas europeias estão a mover para a nuvem alguns dos seus dados críticos, David Corriveau, managing director na Radix Technologies, garante que sim. Não de forma generalizada, mas que já há bons exemplos europeus: Posso dizer-lhe que temos um cliente do setor da banca que tem dados absolutamente críticos em nuvem geridos por nós. A questão, salienta Chris Dickson, é que as pessoas pensam que a nuvem pública é o modelo de negócio. Mas não é. É a nuvem privada. Sabemos que 300 start-ups ficaram sem acesso ao seu negócio durante dois dias, através da Amazon. É óbvio que dados críticos não podem estar alojados nesse tipo de nuvem. Cada vez mais as empresas estão a transferir o seu negócio, mesmo os dados críticos para a nuvem. Tem é de ser a nuvem certa. Disney e Sony podem servir como exemplo. Portugal é um mercado interessante David Corriveau mostrou-se surpreendido quando veio a Portugal. Diz que não estava à espera que houvesse tantas empresas de software, de resto um dos principais clientes- -alvo da Radix. Além disso, fiquei surpreendido pela quantidade de service providers sediados em Portugal. É por isso um bom mercado para nós. Tivemos contactos com vários. Não posso dizer que seja suficiente para abrir um escritório, mas é deveras interessante. Por parte da CA, Chris Dickson salientou que o mercado está hoje diferente, pelo que já não se fala de grandes empresas a fazerem megainvestimentos. São antes os departamentos dentro das grandes empresas a fazerem investimentos mais pequenos. E isso não é diferente do que uma pequena empresa. Têm as mesmas necessidades. Empresas europeias adotam programas de transformação das TI Segundo um estudo recente levado a cabo pela IDG Connect, 61% das organizações europeias estão atualmente a adotar programas de transformação das TI para impulsionarem a inovação dos serviços de negócio. O documento, encomendado pela CA, revela que, fruto de um esforço por oferecer serviços de negócio de forma mais rápida, rentável e segura, 32% dos inquiridos esperam lançar programas de transformação de TI durante os próximos 12 meses, apesar de uma diminuição dos recursos. Registando-se uma média de 28% do orçamento de TI destinado a uma ou mais iniciativas de transformação das TI, nunca como hoje foi tão importante para as organizações planearem efetivamente os objetivos que procuram. Entre as principais iniciativas de transformação de TI identificadas no estudo, encontram-se a gestão do portefólio de aplicações (adotada por 88% das organizações inquiridas), a consolidação de data centers (77%) e ainda os serviços para cloud pública ou privada (75%). O estudo permite ainda concluir que 54% das organizações que usam uma solução de gestão de projetos e portefólio (Project and Portfolio Management, ou PPM) para o planeamento das TI ou das unidades de negócios, bem como 62% das instituições que usam uma solução de PPM para ambas as áreas, consideram-se hoje mais confiantes do que as organizações que não recorrem a estas soluções no que à concerne à capacidade que a própria organização tem para planear e executar os projetos de transformação de TI.

4 IV TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO VÍTOR BAPTISTA, EMEA SENIOR DEVELOPMENT MANAGER DA EMC Retorno do investimento é hoje tão importante como terabytes O crescimento exponencial do volume de dados, as limitações associadas aos orçamentos das TIC e a adoção de tecnologias de virtualização são três dos fatores que a EMC acredita irem obrigar a uma abordagem diferente e mais cuidada quando se pretende implementar uma nova arquitetura de armazenamento. Vítor Baptista, EMEA Senior Development Manager, explicou à Vida Económica que os processos de compra são cada vez mais cuidadosos, tendo em consideração não só aspetos como a capacidade, performance ou funcionalidades, mas adicionando a estes uma análise financeira bastante detalhada. O custo total de propriedade ou retorno do investimento são hoje em dia tão importantes como terabytes, conectividades ou IOPS. Vida Económica A IDC apontou que o software de armazenamento foi um mercado especialmente dinâmico durante o ano passado, tendo gerado 14 mil milhões de dólares em receitas. Em Portugal, esta tendência regista-se? Vítor Baptista Sim, essa dinâmica também se refletiu em Portugal. Acima de tudo, devido ao constante crescimento dos volumes de dados, mas também devido a vários projetos de renovação de infraestruturas de TIC, estes normalmente associados a projetos de consolidação e virtualização. Estes fatores provocaram uma elevada procura por soluções de armazenamento e dessa forma permitiram contornar a possível retração gerada pela crise económica que ocorre em Portugal. VE A disponibilidade de soluções conjuntas de hardware e software continua a relevar-se uma tendência emergente no armazenamento? VB Cada vez mais os clientes procuram retirar mais proveito dos sistemas de armazenamento e para tal é fundamental adicionar mais funcionalidades mais inteligência a estes sistemas. Desde há alguns anos que é possível aproveitar a elevada capacidade de processamento presente na maioria dos sistemas de armazenamento. A implementação de funcionalidades avançadas, com base nos sistemas de armazenamento, é baseada em novas capacidades resultantes da conjugação do hardware com software. Muitos clientes nacionais, mesmo que inicialmente não adotem essa funcionalidade, rapidamente percebem que podem utilizar soluções mais otimizadas quando implementam mais capacidades aos sistemas de armazenamento em produção, e nesses casos acabam por implementar novas funcionalidades. Exemplos destas funcionalidades são: thin provisioning, encriptação, deduplicação ou integração com aplicações e sistemas operativos. Os desafios do armazenamento VE Quais os grandes desafios que se apresentam, hoje, nesta área? VB Três grandes desafios: o crescimento exponencial do volume de dados, as limitações associadas aos orçamentos das TIC e a adoção de tecnologias de virtualização (a nível de redes, aplicações ou armazenamento). Estes três fatores obrigam a uma abordagem diferente e mais cuidada quando se Administradores de bases de dados, gestores aplicacionais, administradores de storage e backup, diretores financeiros, responsáveis por áreas de negócio... todos eles querem compreender o Porquê? e cada vez menos o O quê?. pretende implementar uma nova arquitetura de armazenamento. VE O mercado está radicalmente diferente de há cinco anos? Em que sentido? VB Conforme referido no ponto anterior, novos desafios implicam novas abordagens e até novas tecnologias. Os processos de compra são cada vez mais cuidadosos, tendo em consideração não só aspetos como a capacidade, performance ou funcionalidades, mas adicionando a estes uma análise financeira bastante detalhada. O custo total de propriedade ou retorno do investimento são, hoje em dia tão importantes como terabytes, conectividades ou IOPS. VE Hoje, como se vende armazenamento? VB Cada vez mais tendo como base a compreensão dos requisitos e desafios dos clientes. Cada vez mais uma discussão baseada no potencial valor de uma solução, em conjunto com as questões técnicas. Os fornecedores têm que estar preparados para traduzir todos os benefícios e detalhes técnicos numa linguagem que seja entendida pelo cliente e que reflita as suas necessidades. O processo de venda é cada vez mais alargado, envolvendo mais intervenientes, que querem saber qual o impacto resultante da implementação de uma solução de armazenamento. Administradores de bases de dados, gestores aplicacionais, administradores de storage e backup, diretores financeiros, responsáveis por áreas de negócio... todos eles querem compreender o «Porquê?» e cada vez menos o «O quê?». Cloud é interessante para as PME VE Em termos de Business Continuity e Disaster Recovery, até que ponto uma pequena e média empresa pode garantir a sua continuidade de negócio a preços comportáveis com a sua dimensão? VB Como já referido, no caso da EMC, através de uma análise dos requisitos, neste caso de proteção e recuperação dos serviços de TIC. Após esta análise será possível encontrar a solução mais adequada considerando não só a tecnologia mais adequada, mas também a disponibilidade financeira. Como é sabido, cada vez mais a disponibilização de armazenamento remoto na Cloud é uma possibilidade muito interessante para as PME nacionais. Esta variante deverá ser também avaliada e adotada caso seja a mais adequada considerando os requisitos. A EMC é também líder mundial e nacional na disponibilização de capacidade de armazenamento na Cloud, através de um alargado conjunto de parcerias com os principais fornecedores de serviços, que utilizam soluções de armazenamento e backup da EMC para implementar estes serviços. VE Como acreditam que este negócio vá evoluir nos próximos tempos? VB Mais e mais tecnologias orientadas para uma maior integração com as aplicações virtualizadas e que permitam otimizar os recursos de armazenamento existentes. Todas as novidades apresentadas pela EMC nos últimos anos têm como objetivo principal atingir estas duas prioridades. A nossa visão e execução futura passam certamente pelo reforçar destas duas vertentes. A EMC disponibiliza ao mercado funcionalidades únicas que têm, não só garantido a nossa liderança do mercado, mas também a definição de como a própria indústria de armazenamento deve evoluir. Alguns exemplos desta estratégia incluem a utilização massificada de Solid State Drives (no armazenamento, no servidor), funcionalidades avançadas de estratificação automática de dados, total integração com ambientes VMware, a disponibilização de ferramentas de gestão mais simples para que os utilizadores finais possam gerir os seus próprios ambientes de armazenamento, entre muitos outros. Dentro em breve a EMC irá certamente surpreender de novo o mercado quando anunciar uma possibilidade revolucionária, utilizar os sistemas de armazenamento para executar aplicações! VE Qual é o cliente tipo da vossa empresa? VB A EMC Corporation e a subsidiária portuguesa disponibilizam soluções para todo o tipo de clientes, de qualquer dimensão, indústria ou volume de dados a armazenar. A EMC disponibiliza soluções de poucas centenas de euros (EMC Iomega) até soluções que podem atingir valores na ordem dos vários milhões de euros (EMC Symmetrix), entre estes dois limites temos soluções de armazenamento adequadas e otimizadas para armazenar diversos tipos e volumes de dados, com níveis de integração ajustados a cada tipo de ambiente e com a possibilidade de adicionar várias funcionalidades adicionais, por exemplo, replicação local e remota, segurança ou backup. Podemos assim afirmar que nenhum outro fornecedor de sistemas de armazenamento tem uma oferta tão abrangente, e ao mesmo tempo líder de mercado, como a EMC.

5 TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO V LUÍS FEITOR, PRINCIPAL TSO CONSULTANT DA SYMANTEC Informação irá sobrepor-se ao valor do armazenamento O armazenamento tenderá a deixar de ser o ponto fundamental de preocupação dos clientes. Antes, diz Luís Feitor, o foco vai passar a ser a informação, o valor da mesma para a organização, e como manter a mesma segura e disponível, em qualquer momento e em qualquer lugar. Com o aumento do volume de informação, os clientes são quase obrigados a consumir armazenamento de uma forma mais eficiente. Ou seja, adquirir mais armazenamento já não basta. É necessário que a percentagem de utilização ativa seja aumentada para níveis mais aceitáveis do que os cerca de 40% actuais. Pelo menos esta é a visão da Symantec. Em declarações à Vida Económica, Luís Feitor diz, neste caso, que as tecnologias para identificação e reclamação de espaço, thin provisioning, deduplicação e arquivo, são um aliado precioso nesta árdua tarefa de aumento de eficiência da utilização de armazenamento, vendo-se uma maior procura para a implementação das mesmas. Neste campo, além de termos uma vasta experiência, disponibilizamos tecnologia matura líder de mercado, um factor muito importante onde o risco associado ao investimento em IT tem de ser minimizado. Sendo a Symantec o maior fabricante de tecnologias de segurança de informação, adequando-se bastante bem a ambientes muito flexíveis. Por outro lado, na procura de uma redução de custos (CapEx e OpEx), é fundamental a adoção de novas abordagens, transformando o datacenter quanto à forma como o armazenamento é consumido. Uma das alternativas que a Symantec oferece aos seus clientes, por exemplo, é a adoção de tecnologia integrada, em forma de appliances, que permite de uma forma simples e eficiente a implementação de backups, deduplicação e replicação de dados de forma integrada. Além disso, permite-nos ainda, neste mesmo ambiente, a gestão de snapshots dos clientes, reduzindo custos operacionais e simplificando o processo de restore. Neste mercado, entre 2010 e 2012, a Symantec duplicou o seu crescimento, vendo- -se um grande interesse dos clientes por este tipo de ofertas. O cliente típico da Symantec vai desde o consumidor doméstico, das pequenas empresas, até às grandes empresas nacionais. São clientes que, sendo o nosso portfolio muito vasto, sabem que podemos responder a diversas necessidades, não só atuais, mas também futuras. A consolidação de soluções, desde a gestão de identidades, autenticação, encriptação, gestão de dispositivos móveis, até á gestão de storage, clusterização de aplicações e serviços, replicação e disaster recovery, num único fabricante, trará um maior benefício financeiro assim como a possibilidade de implementação de soluções Symantec líderes de mercado. Desafio é garantir qualidade de serviço Os grandes desafios actuais têm a ver principalmente com a necessidade de garantir a qualidade de serviço, a continuidade de negócio e o planeamento de capacidade de armazenamento, principalmente quando a explosão dos dados vai continuar a ocorrer durante os próximos anos, garante a Symantec. Tudo isto, claro, aliado ao facto de os orçamentos serem menores, existirem mais tecnologias para gerir e os recursos serem tendencialmente menos. Outro dos desafios atuais são as ilhas de informação e ilhas tecnológicas que não ajudam nada ao aumento da eficiência. Hoje, o mercado está a passar uma fase especialmente dif ícil, onde os clientes são confrontados com uma menor capacidade de investimento completamente oposta à gestão de ambientes cada vez mais complexos. Luís Feitor avança que o aumento do risco de ameaças à informação cresceu drasticamente, com ataques cada vez mais sofisticados, sendo que a necessidade de utilizar tecnologia que transmita confiança aos seus clientes é mais evidente. A cloud, a virtualização e a mobilidade estão a alterar drasticamente a forma como as pessoas interagem com a informação surgindo uma preocupação, cada vez maior, sobre como manter as pessoas e a informação seguras, mas garantindo que a produtividade não seja afectada por medidas de segurança desadequadas. Um dos desafios, diz Luís Feitor, passa, por exemplo, por permitir que as empresas comuniquem, com os seus clientes de forma segura e eficiente, utilizando as redes sociais. Afinal este é o local de eleição onde os clientes se encontram. Claro que, neste enquadramento, a Symantec se encontra extremamente bem posicionada, com um portfolio muito vasto de soluções que se adequam perfeitamente a estas necessidades. Questionado sobre até que ponto uma pequena e média empresa pode garantir a sua continuidade de negócio a preços comportáveis com a sua dimensão, Luís Feitor admite que passará sempre por ter um bom plano de business recovery e continuity e adequar a tecnologia consoante a criticidade do serviço, o tipo de dados e o impacto que poderá ocorrer no negócio. Posteriormente, aconselha a implementar a tecnologia mais adequada a cada caso, quer seja com a criação de clusterização geográfica, mais adequada a Business Continuity, da replicação de dados, de deduplicação, backups e snapshots, para Disaster Recovery. Para este responsável, a evolução neste setor levar-nos-á a uma maior adoção de tecnologias de cloud storage, pública ou privada, assim como shared storage. As tecnologias como a virtualização, deduplicação, arquivo e backup, sendo a cloud um destino alternativo, continuarão a ser adotadas pelos clientes, prevendo-se um crescimento deste mercado. Por outro lado, advoga Luís Feitor, o armazenamento tenderá a deixar de ser o ponto fundamental de preocupação dos clientes, para se enfocarem mais na informação, o valor da mesma para a organização, e como manter a mesma segura e disponível, em qualquer momento e em qualquer lugar. PUB

6 VI TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO CLIENTES SEM CAPACIDADE PARA ACOMPANHAREM RITMO DE GERAÇÃO DE INFORMAÇÃO Ultrapassar falta de disponibilidade financeira das empresas tornou-se num desafio A falta de disponibilidade financeira das empresas para acompanharem o seu ritmo de geração de informação e mesmo de atualização tecnológica necessária para a tratar é um dos principais desafios quando se fala em storage. Segundo Sérgio Figueiredo, gestor de data centers & continuity services da Mainroad, esta falta de disponibilidade tem conduzido ao desenvolvimento de soluções de consolidação e otimização que tiram o máximo partido da infraestrutura existente, nomeadamente em ambiente cloud que permite outra escalabilidade e flexibilidade. A crise económica tem conduzido os investimentos de TI para a consolidação e optimização das infraestruturas tecnológicas existentes. Daí um crescimento mais célere, também verificado em Portugal, no investimento em software que rentabiliza o parque informático instalado, disse à Vida Económica Sérgio Figueiredo, gestor de data centers & continuity services da Mainroad. O foco das empresas tem estado na redução ou melhor aproveitamento de espaço em disco, a de-duplicação de dados e na externalização do investimento directo em TI, sendo crescente os pedidos de virtualização e cloud computing. Na verdade, hoje, a disponibilidade de soluções conjuntas de hardware e software continua a relevar-se uma tendência emergente no armazenamento. E, segundo Sérgio Figueiredo, a tendência maior que se verifica está no outsourcing das TI, com crescente interesse para soluções de virtualização e cloud computing. O paradigma actual está a centrar-se no pay-per-use, PUB Como criar Marcas sexy Preços: Publico Geral: Assinantes Vida Económica: COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER PORTO Duração CONTEÚDOS DESTINATÁRIOS Como criar Marcas de sucesso - DINAMIZADOR Sérgio Figueiredo, gestor de data centers & continuity services da Mainroad, diz que o foco das empresas tem estado na redução ou melhor aproveitamento de espaço em disco para fazer face aos grandes volumes de informação gerados e a uma irregularidade do comportamento dos mercados e assim dos negócios dos clientes. O mercado corporate continua a ser o principal cliente da Mainroad, pelos grandes volumes de informação gerados, complexidade e necessidades de business continuity/ disaster recovery requeridos e, assim, pelos maiores volumes de investimento. No entanto, a redução dos custos da tecnologia e a evolução rápida desta ao nível de hardware e software e a crescente necessidade de uma gestão com base em toda a informação disponível (cada vez com volumes maiores) tem-nos permitido alargar cada vez mais a nossa oferta às PME que dependem da tecnologia para promover o seu negócio. Mesmo a oferta cloud recém-lançada pela empresa portuguesa de alta disponibilidade, simplicidade e segurança foi desenvolvida com um foco também neste target que pode ter na cloud uma solução muito competitiva. Falta de disponibilidade financeira é um desafio Para a Mainroad, o principal desafio é a falta de disponibilidade financeira das empresas para acompanharem o seu ritmo de geração de informação e mesmo de atualização tecnológica necessária para a tratar, o que tem conduzido ao desenvolvimento de soluções de consolidação e otimização que tiram o máximo partido da infraestrutura existente, nomeadamente em ambiente cloud que permite outra escalabilidade e flexibilidade. Outros desafios são a mobilidade cada vez maior dos colaboradores das empresas e assim de, para além de mais informação gerada, mais devices a serem geridos e a necessitarem de backup e, por conseguinte, de armazenamento unificado e segurança da informação. Sérgio Figueiredo diz mesmo que o novo desafio do mercado agora está focado na virtualização e na cloud, na adesão das empresas em toda a linha e maior credibilização junto de todo o mercado. O responsável explica que, desde há cinco anos, o mercado tem vindo a passar de tradicional, em que as empresas investiam a bom ritmo anualmente nas TI, gerando até alguma flexibilidade de armazenamento, para uma realidade de investimento focada no ganho de eficiência e rentabilidade para tirar o máximo partido da infra-estrutura existente. Este factor tem contribuído para o crescimento célere do outsourcing de TI e a introdução de novos tipos de tecnologia como a cloud. Sérgio Figueiredo diz que, atualmente, o armazenamento vende-se sobretudo pelo foco das empresas no business continuity e business assurance, tendo por isso os fornecedores de estar particularmente aptos a falar de soluções como outsourcing global ou selectivo das TI, isto é, na hipótese de manter na empresa um núcleo estratégico de TI e externalizar completa ou parcialmente a função na sua vertente operacional para fora, com ganhos de eficiência, investimento, time to market e custos. Por outro lado, de soluções correlacionadas de virtualização e cloud computing com todos os factores positivos inerentes de mobilidade, flexibilidade, escalabilidade, custo e segurança. A oferta para as PME No que diz respeito às Pequenas e Médias Empresas, para além das soluções tradicionais de business continuity e disaster recovery hoje bastante mais acessíveis às PME, a Mainroad oferece soluções de recuperação de desastre partilhadas e a cloud como opção alternativa e adequada à dimensão dessas empresas e budgets disponíveis.

7 TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO VII PEDRO PINTO, STORAGE BUSINESS DEVELOPMENT MANAGER DA FUJITSU TECHNOLOGY SOLUTIONS PME começam a preocupar-se com business continuity Quanto às PME, atualmente encontram algumas dificuldades para tirar um retorno de infraestrutura e serviços de administração próprios, explica Pedro Pinto. Novas tecnologias estão no ADN da empresa O mercado das PME está agora mais preocupado com implementações de arquiteturas de business continuity. A vitalidade associada à informação digital leva à preocupação e, por vezes, obrigação de implementação de soluções de business continuity, disse Pedro Pinto, storage business development manager da Fujitsu Technology Solutions. A Fujitsu tem já na sua base instalada diversas implementações de business continuity e/ou disaster recovery em empresas de pequena e média dimensão, mas que não se podem dar ao luxo de perder o seu maior bem a informação. Dissociar o hardware de armazenamento do software de gestão das plataformas, suporte à gestão da informação, seus ciclos de vida e proteção é hoje praticamente inviável, diz Pedro Pinto, storage business development manager da Fujitsu Technology Solutions. Hoje em dia, é tão importante o hardware como o software na análise de uma solução durante o processo de aquisição das empresas, disse à Vida Económica. Basicamente, Pedro Pinto diz que apenas em pequeníssimas necessidades é possível a implementação de hardware sem software de apoio à gestão da informação e sistemas de armazenamento. E embora o mercado de pequenos e médios sites de Tecnologias de Informação seja muito importante para o negócio da Fujitsu, é nos grandes DataCenters que a grande parte do negócio de storage é gerado. Estes grandes DataCenters têm a capacidade e a tecnologia disponível para hoje otimizarem os custos sem passar pela migração total dos serviços de Storage para a Cloud. Quanto às PME, atualmente encontram algumas dificuldades para tirar um retorno de infraestrutura e serviços de administração próprios, explica Pedro Pinto. O responsável revelou que, hoje, a contratação de serviços de Cloud Storage ou Disaster Recovery para Cloud, é feita, na sua maioria, por pequenas empresas ou de maior dimensão, mas apenas para ambientes específicos. Isto quer dizer que o perfil destas entidades não é o de empresas com grandes orçamentos em infraestruturas e serviços de storage. E disse estarem crentes que os projetos de criação de clouds públicas, acrescido das oportunidades de cloud privadas, contribuem de forma positiva para o crescimento do mercado de storage. Nos últimos anos, a verdade é que assistimos ao desenvolvimento tecnológico que permite maior eficiência e desempenho no acesso e proteção da informação. Hoje, Pedro Pinto enfatiza que passou a ser comum a utilização de diferentes tipos de discos para que os blocos de informação sejam guardados de acordo com a necessidade de desempenho ou valor da informação Automatic Tiering. Também passou a ser comum a eficiente utilização real do espaço físico Thin provisioning. Em termos mais físicos, Pedro Pinto explanou que uma grande evolução passou pela substituição total da tecnologia de discos FC ou SATA. Esta tecnologia de interface de discos foi substituída por ligações SAS, com maior desempenho, custo mais baixo e roadmap mais promissor. Por outro lado, os discos de 2,5 polegadas apresentam-se hoje como o melhor compromisso custo/desempenho/consumo, sendo muito raro encontrar motivo para utilização de tecnologia de 3,5 polegadas. Para business continuity, o responsável admite que a maior evolução passa pela integração aplicacional e possibilidade de replicação de dados entre equipamentos de diferente tier de custos e desempenho. É muito importante hoje saber que podemos implementar arquiteturas que não requerem infraestruturas de storage de disaster recovery ou business continuity com o mesmo custo e complexidade dos equipamentos de produção. Para Pedro Pinto, a adoção das novas tecnologias tem sido um processo natural na evolução e desenvolvimento das soluções de storage da Fujitsu ao longo dos últimos 40 anos. Dado que não temos tido como estratégia a aquisição de empresas ou tecnologia, a integração de novas tecnologias acontece sempre como uma evolução a um produto já muito maduro. Esta estratégia tem mostrado fortes vantagens na integração de novas tendências com produtos já desenvolvidos. Talvez por isso, o responsável afiance que a utilização de discos Solid State é já uma realidade na Fujitsu há vários anos, sendo a possibilidade de configuração de unidades totalmente flash também possível em toda a gama de Storage Online. Soluções In-memory ou distribuição de dados fazem também parte da oferta da empresa nipónica. Sempre que as empresas relacionam a sua sobrevivência com a salvaguarda da sua informação, é identificada a motivação de investimento, explica Pedro Pinto. No entanto, nem sempre esta identificação é suficiente para a concretização do investimento. Para se vender armazenamento, o responsável explica ser preciso mostrar uma tecnologia sólida, referências locais, capacidade de implementação e suporte e uma visão futura que não deixe dúvidas quanto à proteção do investimento realizado pelo cliente. PMR quer business continuity No segmento de mercado das PME, passou a verificar-se, diz Pedro Pinto, uma maior preocupação e implementações de arquiteturas de business continuity. Também neste segmento, a vitalidade associada à informação digital leva à preocupação e, por vezes, obrigação de implementação de soluções de business continuity. A Fujitsu tem já na sua base instalada diversas implementações de business continuity e/ou disaster recovery em empresas de pequena e média dimensão, mas que não se podem dar ao luxo de perder o seu maior bem a informação. Para os próximos tempo, storage business development manager, diz que uma das principais tendências será a escalabilidade tridimensional das soluções de armazenamento. Isto quer dizer que a mesma tecnologia de storage terá que ser capaz de responder aos crescimentos exponenciais da informação, terá de ser capaz de responder às necessidades de desempenho cada vez mais exigentes, mas também à gestão dinâmica do nível de serviço associado a cada tipo de informação. Diz ainda que os dados terão necessidades diferentes e em diferentes momentos, pelo que uma tecnologia de storage não poderá ser limitador no SLA a implementar. Nos últimos meses, a Fujitsu tem realizado n projetos de consolidação, redução de custos de armazenamento e administração, suporte a serviços, big data e proteção de informação (local ou geograficamente dispersa) que não têm passado despercebidos no mercado, diz Pedro Pinto. Neste momento, os maiores projetos que estão em curso são a replicação de alguns destes projetos em clientes que nos questionaram sobre o resultado dos projetos já implementados.

8 VIII TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO PEDRO CERDEIRA, ORACLE STORAGE SALES SPECIALIST Há um maior rigor na avaliação dos projetos por parte dos clientes Qualquer investimento deve ter uma correspondência proporcional em termos do valor que aporta a uma organização, bem como traduzir-se em vantagens concretas de negócio. Por isso mesmo, Pedro Cerdeira, Oracle storage sales specialist, diz que, hoje, nota-se um maior rigor na avaliação dos projetos por parte dos clientes. Para a Oracle, sempre foi normal este tipo de abordagem, pelo que estamos perfeitamente alinhados com o mercado. A IDC apontou que o software de armazenamento foi um mercado especialmente dinâmico durante o ano passado, tendo gerado 14 mil milhões de dólares em receitas. Pedro Cerdeira, Oracle storage sales specialist, disse à Vida Económica que esta tendência encontra correspondência no mercado nacional. Basicamente, tem que ver com a necessidade de maximizar o valor, a produtividade e a eficiência que se podem extrair da infraestrutura. Pedro Cerdeira referiu ainda que no mercado há ainda uma tendência de procura de soluções integradas, que possam apresentar opex mais baixo, bem como reduzir a complexidade. Segundo este responsável, os grandes desafios na área de armazenamento não são distintos dos colocados a todo o mercado de Tecnologias de Informação. Ou seja, a redução do custo de aquisição e PUB NOVIDADE A obra dá particular relevo a questões práticas, com apresentação das soluções avançadas pela doutrina e jurisprudência, fornecendo ao leitor um instrumento de trabalho que lhe permite resolver no terreno os problemas que o contrato a termo encerra. Observa-se uma maior maturidade, alguma tendência para a comoditização das componentes que não apresentam diferenciação, bem como um entendimento mais profundo dos clientes em relação às capacidades da tecnologia. Um livro que resulta de um estudo aprofundado sobre o tema, e para o qual muito contribuiu a experiência do escritor enquanto advogado na área do direito do trabalho. Nome Morada C. Postal Autor: André Strecht Ribeiro Páginas: P.V.P.: 12,90 Nº Contribuinte Regulamento em livraria.vidaeconomica.pt Solicito o envio de exemplar(es) do livro Contratos a Termo, com o PVP unitário de 12,90. Para o efeito envio cheque/vale nº, s/ o, no valor de, Solicito o envio à cobrança. (Acrescem 4 para despesas de envio e cobrança). ASSINATURA Exclusivo para compras online (recortar ou fotocopiar) exploração, a simplificação e a integração com as restantes componentes do puzzle tecnológico. Logo aparecem alguns mais particulares do segmento, como sejam: a necessidade de poder escalar as soluções para que acompanhem diretamente o crescimento exponencial da informação, o aumento da performance, a flexibilidade, a rentabilização máxima da capacidade instalada e a interoperabilidade, disse à Vida Económica. Mercado com evolução favorável O mercado tem mostrado uma evolução considerável nos últimos anos, aliás perfeitamente expectável, diz Pedro Cerdeira, adiantando observar-se uma maior maturidade, alguma tendência para a comoditização das componentes que não apresentam diferenciação, bem como um entendimento mais profundo dos clientes em relação às capacidades da tecnologia. Por outro lado, estão sempre presentes a redução de custos (de investimento e de exploração), bem como a diminuição da complexidade e a facilidade de gestão. No entender deste especialista da Oracle, qualquer investimento deve ter uma correspondência proporcional em termos do valor que aporta a uma organização, bem como traduzir-se em vantagens concretas de negócio. Por isso, diz que, hoje, nota-se um maior rigor na avaliação dos projetos por parte dos clientes, pelo é necessário ter em conta esta componente. Para a Oracle, sempre foi normal este tipo de abordagem, pelo que estamos perfeitamente alinhados com o mercado. Quanto à evolução deste mercado, Pedro Cerdeira é da opinião que evoluirá seguramente no sentido que tem tomado nos últimos anos: soluções mais integradas, escaláveis e abertas, capazes de baixar o custo e a complexidade e proporcionar valor ao negócio. A empresa tem em curso, neste momento, uma série de projetos transformacionais que o responsável adjetivou de muito interessantes em diversos clientes e de diferentes dimensões. São projetos onde podemos demonstrar amplamente a capacidade da Oracle em proporcionar soluções integradas baseadas em standards abertos com impacto muito relevante sobre o negócio do cliente, muito interessantes do ponto de vista do contributo e do valor que podemos aportar.

Dez fatos inteligentes que você deve saber sobre storage

Dez fatos inteligentes que você deve saber sobre storage Dez fatos inteligentes que você deve saber sobre storage Tendências, desenvolvimentos e dicas para tornar o seu ambiente de storage mais eficiente Smart decisions are built on Storage é muito mais do que

Leia mais

ESTUDO IDC O papel das tecnologias de informação na produtividade e redução de custos nas organizações nacionais

ESTUDO IDC O papel das tecnologias de informação na produtividade e redução de custos nas organizações nacionais ESTUDO IDC O papel das tecnologias de informação na produtividade e redução de custos nas organizações nacionais Patrocinado por: Microsoft Versão Preliminar - Março 2013 SUMÁRIO EXECUTIVO IDC Portugal:

Leia mais

EMC Consulting. Estratégia visionária, resultados práticos. Quando a informação se reúne, seu mundo avança.

EMC Consulting. Estratégia visionária, resultados práticos. Quando a informação se reúne, seu mundo avança. EMC Consulting Estratégia visionária, resultados práticos Quando a informação se reúne, seu mundo avança. Alinhando TI aos objetivos de negócios. As decisões de TI de hoje devem basear-se em critérios

Leia mais

Como a Cisco TI virtualizou os Servidores de Aplicações dos Centros de Dados

Como a Cisco TI virtualizou os Servidores de Aplicações dos Centros de Dados Case Study da Cisco TI Como a Cisco TI virtualizou os Servidores de Aplicações dos Centros de Dados A implementação de servidores virtualizados proporciona economias significativas de custos, diminui a

Leia mais

ganham espaço virtualizados Desktops virtualizados, ou seja, 100% dos existentes no espaço. PÁG. 12

ganham espaço virtualizados Desktops virtualizados, ou seja, 100% dos existentes no espaço. PÁG. 12 Desktops virtualizados ganham espaço Apesar de não ser ainda prática comum, são já várias as empresas que começam a optar por trabalhar co-n desktops v\rtua\\zaàos. A escolha parte essencialmente de sectores

Leia mais

Usando a nuvem para melhorar a resiliência dos negócios

Usando a nuvem para melhorar a resiliência dos negócios IBM Global Technology Services White Paper IBM Resiliency Services Usando a nuvem para melhorar a resiliência dos negócios Escolha o provedor de serviços gerenciados certo para mitigar riscos à reputação

Leia mais

Symantec NetBackup for VMware

Symantec NetBackup for VMware Visão geral A virtualização de servidor é a maior tendência modificadora na área de TI atual. Os departamentos de TI, que dependem do orçamento, estão se apressando para aderir à virtualização por vários

Leia mais

IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT

IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT IDC TECHNOLOGY SPOTLIGHT A importância da inovação em fornecedores de sistemas, serviços e soluções para criar ofertas holísticas Julho de 2014 Adaptado de Suporte a ambientes de datacenter: aplicando

Leia mais

CUSTO TOTAL DE PROPRIEDADE DO PANDA MANAGED OFFICE PROTECTION. 1. Resumo Executivo

CUSTO TOTAL DE PROPRIEDADE DO PANDA MANAGED OFFICE PROTECTION. 1. Resumo Executivo 1. Resumo Executivo As empresas de todas as dimensões estão cada vez mais dependentes dos seus sistemas de TI para fazerem o seu trabalho. Consequentemente, são também mais sensíveis às vulnerabilidades

Leia mais

Infrascale Partnership: Your Online Cloud Storage Business

Infrascale Partnership: Your Online Cloud Storage Business 1 2 Cloud Backup info@bms.com.pt Tel.: 252 094 344 www.bms.com.pt Quem é a Infrascale? Um Pioneiro Global em Cloud Storage A Infrascale é uma empresa de Platform-as-a- Service (PaaS) (Plataforma como um

Leia mais

18h00: Apresentação de resultados (Carlos Gonçalves, João Nuno Ferreira, João Mota Lopes) 18h50: Encerramento (André Vasconcelos)

18h00: Apresentação de resultados (Carlos Gonçalves, João Nuno Ferreira, João Mota Lopes) 18h50: Encerramento (André Vasconcelos) Dia 27 de Outubro, 14h00 - Agenda 1. Apresentação geral auditório (30+45minutos) 14h00: Receção dos convidados 14h30: Abertura (Rogério Carapuça) 14h40: Políticas Infra-estruturas TIC na Administração

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

Cloud Computing Visão PT Cisco Roadshow 2010. Bruno Berrones Funchal, 27 de Maio de 2010

Cloud Computing Visão PT Cisco Roadshow 2010. Bruno Berrones Funchal, 27 de Maio de 2010 Cloud Computing Visão PT Cisco Roadshow 2010 Bruno Berrones Funchal, 27 de Maio de 2010 Agenda Desafios para as Empresas Extrair valor do Cloud Computing O papel da PT 1 Inovação é a resposta para garantir

Leia mais

NÃO É NECESSÁRIO UMA GRANDE CASA PARA TER UM GRANDE NEGÓCIO

NÃO É NECESSÁRIO UMA GRANDE CASA PARA TER UM GRANDE NEGÓCIO NÃO É NECESSÁRIO UMA GRANDE CASA PARA TER UM GRANDE NEGÓCIO Instalações deficientes, falta de segurança, equipamentos e software obsoletos são problemas com que muitas Organizações têm que se debater no

Leia mais

Serviços IBM de Resiliência:

Serviços IBM de Resiliência: Serviços IBM de Resiliência: Sempre disponível, em um mundo sempre conectado Como chegamos até aqui? Dois profissionais de TI estão sofrendo com interrupções de negócios frequentes, os problemas estão

Leia mais

Como usar a nuvem para continuidade dos negócios e recuperação de desastres

Como usar a nuvem para continuidade dos negócios e recuperação de desastres Como usar a nuvem para continuidade dos negócios e recuperação de desastres Há diversos motivos para as empresas de hoje enxergarem o valor de um serviço de nuvem, seja uma nuvem privada oferecida por

Leia mais

Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve

Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve Desafios do cliente Hoje em dia, você enfrenta desafios como acordos de nível de serviço exigentes e limitações de equipe e orçamento. Você procura maneiras

Leia mais

+ liberdade. O real valor do backup em nuvem Cloud Backup. Dualtec. Cloud Builders

+ liberdade. O real valor do backup em nuvem Cloud Backup. Dualtec. Cloud Builders + segurança + economia + liberdade + disponibilidade + sustentabilidade + flexibilidade O real valor do backup em nuvem Cloud Backup Seja nas pequenas, médias ou grandes empresas, realizar backups é uma

Leia mais

FAZER MAIS COM MENOS Maio 2012 White Paper

FAZER MAIS COM MENOS Maio 2012 White Paper CLOUD COMPUTING FAZER MAIS COM MENOS Maio 2012 CLOUD COMPUTING FAZER MAIS COM MENOS Cloud Computing é a denominação adotada para a mais recente arquitetura de sistemas informáticos. Cada vez mais empresas

Leia mais

Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic

Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic CUSTOMER SUCCESS STORY Globalweb otimiza oferta e entrega de serviços a clientes com CA AppLogic PERFIL DO CLIENTE Indústria: Serviços de TI Companhia: Globalweb Outsourcing Empregados: 600 EMPRESA A Globalweb

Leia mais

Backup the Private Cloud

Backup the Private Cloud Backup the Private Cloud Backup & Recovery Solutions Division Bernardo Oliveira Lima BRS Sales Manager Portugal & Greece 1 Private Cloud em 30 segundos Cada aplicação a correr num virtual container Gestão

Leia mais

Cloud. Tudo o que um CEO precisa saber, mas o TI não teve paciência para explicar. {/} CLOUD SOLUTIONS

Cloud. Tudo o que um CEO precisa saber, mas o TI não teve paciência para explicar. {/} CLOUD SOLUTIONS Cloud Tudo o que um CEO precisa saber, mas o TI não teve paciência para explicar. {/} CLOUD SOLUTIONS Cloud Computing: O que é. O que faz. As vantagens. E tudo o que um CEO precisa saber, mas o TI não

Leia mais

CA ARCserve Backup. Visão geral

CA ARCserve Backup. Visão geral INFORME DE PRODUTO: CA ARCSERVE BACKUP R12.5 CA ARCserve Backup CA ARCSERVE BACKUP, O PRODUTO DE ALTA PERFORMANCE, LÍDER DA INDÚSTRIA DE PROTEÇÃO DE DADOS, COMBINA TECNOLOGIA INOVADORA DE ELIMINAÇÃO DE

Leia mais

Gerenciamento de Mainframe de Última Geração - resumo

Gerenciamento de Mainframe de Última Geração - resumo DOCUMENTO DE ESTRATÉGIA Gerenciamento de Mainframe de Última Geração Gerenciamento de Mainframe de Última Geração - resumo Mainframe como tendência principal para o direcionamento de produtos de TI empresariais

Leia mais

Proteção de ambientes VMware vsphere/esx com Arcserve

Proteção de ambientes VMware vsphere/esx com Arcserve Proteção de ambientes VMware vsphere/esx com Arcserve Desafios do cliente Hoje em dia, você enfrenta desafios como acordos de nível de serviço exigentes e limitações de equipe e orçamento. Você procura

Leia mais

Helping your business grow faster

Helping your business grow faster Helping your business grow faster Espírito de Inovação TECNOLOGIA E INOVAÇÃO A FAVOR DAS EMPRESAS Fundada em 1995, a NOESIS é uma consultora portuguesa que fornece soluções para aumentar a competitividade,

Leia mais

Apresentação resumida

Apresentação resumida New Generation Data Protection Powered by AnyData Technology Apresentação resumida Para obter apresentação completa ou mais informações ligue (11) 3441 0989 ou encaminhe e-mail para vendas@dealerse.com.br

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

I D C T E C H N O L O G Y S P O T L I G H T

I D C T E C H N O L O G Y S P O T L I G H T I D C T E C H N O L O G Y S P O T L I G H T C o m o a t i n g i r o equilíbr i o na infraestrutura de n u ve m h í b r i d a p a r a as pr i n c i p a is cargas de t r a b a l h o d e uma empresa Julho

Leia mais

Provedores Serviços Gerenciados da IBM. Jennifer Ammermann

Provedores Serviços Gerenciados da IBM. Jennifer Ammermann Provedores Serviços Gerenciados da IBM Jennifer Ammermann Vamos entender o que é um MSP! Um Provedor de Serviços Gerenciados (MSP) é uma empresa que clientes contratam para executar certas funções de TI,

Leia mais

AMBIENTES DE MISSÃO CRÍTICA ORACLE COM VMAX 3

AMBIENTES DE MISSÃO CRÍTICA ORACLE COM VMAX 3 AMBIENTES DE MISSÃO CRÍTICA ORACLE COM VMAX 3 PRINCÍPIOS BÁSICOS DE MISSÃO CRÍTICA Avançado Armazenamento híbrido com níveis de serviço com desempenho otimizado por flash em escala para cargas de trabalho

Leia mais

Sistema IBM PureApplication

Sistema IBM PureApplication Sistema IBM PureApplication Sistema IBM PureApplication Sistemas de plataforma de aplicativos com conhecimento integrado 2 Sistema IBM PureApplication A TI está vindo para o centro estratégico dos negócios

Leia mais

DOSSIER DE IMPRENSA 2015

DOSSIER DE IMPRENSA 2015 DOSSIER DE IMPRENSA 2015 A Empresa A Empresa A 2VG é uma empresa tecnológica portuguesa criada em 2009, que surgiu para colmatar uma necessidade detetada no mercado das tecnologias de informação e comunicação

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA

APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA Quem Somos Somos um grupo de empresas de prestação de serviços profissionais nas áreas das Tecnologias de Informação, Comunicação e Gestão. Estamos presente em Portugal,

Leia mais

ILM e as Arquitecturas Empresariais por Pedro Sousa

ILM e as Arquitecturas Empresariais por Pedro Sousa ILM e as Arquitecturas Empresariais por Pedro Sousa Neste artigo clarifica-se os objectivos do ILM (Information Life Cycle Management) e mostra-se como estes estão dependentes da realização e manutenção

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA APRESENTAÇÃO CORPORATIVA 2015 Quem é a 2VG? A Empresa A 2VG Soluções Informáticas SA., é uma empresa tecnológica portuguesa, fundada em 2009, que surgiu para colmatar uma necessidade detetada no mercado

Leia mais

E S T U D O L O C A L O p o r t u n i d a d e s p a r a a s T I C n o N o v o C o n t e x t o E c o n ó m i c o e S o c i a l e m P o r t u g a l

E S T U D O L O C A L O p o r t u n i d a d e s p a r a a s T I C n o N o v o C o n t e x t o E c o n ó m i c o e S o c i a l e m P o r t u g a l E S T U D O L O C A L O p o r t u n i d a d e s p a r a a s T I C n o N o v o C o n t e x t o E c o n ó m i c o e S o c i a l e m P o r t u g a l Novembro de 2011 S U M Á R I O E X E C U T I V O IDC Portugal:

Leia mais

Proteção de ambientes Microsoft Hyper-V 3.0 com Arcserve

Proteção de ambientes Microsoft Hyper-V 3.0 com Arcserve Proteção de ambientes Microsoft Hyper-V 3.0 com Arcserve Desafios do cliente Hoje em dia, você enfrenta desafios como acordos de nível de serviço exigentes e limitações de equipe e orçamento. Você procura

Leia mais

Porque a terceirização da infraestrutura deve ser o primeiro passo para a transformação de TI

Porque a terceirização da infraestrutura deve ser o primeiro passo para a transformação de TI Porque a terceirização da infraestrutura deve ser o primeiro passo para a transformação de TI A Frost & Sullivan White Paper Patrocinado pela Embratel Porque a terceirização da infraestrutura deve ser

Leia mais

NEVOA BACKUP SYSTEM. 2009 Nevoa Networks Ltda. All Rights Reserved.

NEVOA BACKUP SYSTEM. 2009 Nevoa Networks Ltda. All Rights Reserved. NEVOA BACKUP SYSTEM Com o Nevoa Backup System você garante não só o mais eficiente sistema de backup para seus dados, mas também a solução mais escalável do mercado, afinal, se sua empresa cresce, seus

Leia mais

Uma abordagem estratégica para atender à demanda de Nuvem

Uma abordagem estratégica para atender à demanda de Nuvem White paper Para provedores de nuvem Uma abordagem estratégica para atender à demanda de Nuvem Introdução: os novos desafios dos clientes estimulam a adoção da nuvem Em um ambiente de negócios dinâmico,

Leia mais

IDC Portugal aumenta produtividade e reduz custos operacionais com Microsoft Dynamics CRM em modelo hosted

IDC Portugal aumenta produtividade e reduz custos operacionais com Microsoft Dynamics CRM em modelo hosted Microsoft Dynamics CRM Online Customer Solution Case Study IDC Portugal IDC Portugal aumenta produtividade e reduz custos operacionais com Microsoft Dynamics CRM em modelo hosted Sumário País Portugal

Leia mais

Documento técnico de negócios

Documento técnico de negócios Documento técnico de negócios Manual de proteção de dados para armazenamento totalmente em flash Principais considerações para o comprador de armazenamento com experiência em tecnologia Documento técnico

Leia mais

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte

Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte IBM Global Technology Services Manutenção e suporte técnico Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável de Suporte Uma abordagem inovadora em suporte técnico 2 Crescendo e Inovando com um Parceiro Confiável

Leia mais

Symantec Backup Exec 2012

Symantec Backup Exec 2012 Melhor Backup para todos Data Sheet: Backup e recuperação após desastres Visão geral O é um produto integrado que protege ambientes físicos e virtuais, simplifica o backup e a recuperação após desastres

Leia mais

agility made possible

agility made possible RESUMO DA SOLUÇÃO DO PARCEIRO Soluções de garantia do serviço da CA Technologies você está ajudando seus clientes a desenvolver soluções de gerenciamento da TI para garantir a qualidade do serviço e a

Leia mais

CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com

CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com SUMÁRIO Introdução... 4 Nuvem pública: quando ela é ideal... 9 Nuvem privada: quando utilizá-la... 12 Alternativas de sistemas

Leia mais

Predictions Brasil 2015 Acelerando a Inovação na 3 a Plataforma

Predictions Brasil 2015 Acelerando a Inovação na 3 a Plataforma Predictions Brasil 2015 Acelerando a Inovação na 3 a Plataforma 1 IDC - Equipe Pietro Delai Reinaldo Sakis João Paulo Bruder Luciano Ramos Gerente de Pesquisa e Consultoria -Enterprise Gerente de Pesquisa

Leia mais

fornecendo valor com inovações de serviços de negócios

fornecendo valor com inovações de serviços de negócios fornecendo valor com inovações de serviços de negócios A TI é grande. Tantos bits no universo digital quanto estrelas em nosso universo físico. é arriscada. Dois terços dos projetos de TI estão em risco,

Leia mais

Acelere a sua jornada à nuvem

Acelere a sua jornada à nuvem Boletim técnico Acelere a sua jornada à nuvem Arquitetura de nuvem convergente da HP Índice Uma nova computação para a empresa... 2 Evolua a sua estratégia de TI para incluir serviços da nuvem... 2 A nova

Leia mais

Oprojecto SCS Sistemas de Continuidade de

Oprojecto SCS Sistemas de Continuidade de Interface Administração Pública 39 Iniciativas de Disaster Recovery e Business Continuity na AP Portuguesa O projecto SCS Sistema de Continuidade de Serviços Por António João P. Pina* Oprojecto SCS Sistemas

Leia mais

Guia de Renovação do Software Assurance

Guia de Renovação do Software Assurance Guia de Renovação do Software Microsoft Software para Licenciamento em Volume é mais do que uma oferta de manutenção tradicional. O Software é uma solução completa que disponibiliza software e serviços

Leia mais

Cloud Computing: Quando a nuvem pode ser um risco para o negócio. Marco Lima aka Mago Enterprise Technology Specialist

Cloud Computing: Quando a nuvem pode ser um risco para o negócio. Marco Lima aka Mago Enterprise Technology Specialist Cloud Computing: Quando a nuvem pode ser um risco para o negócio Marco Lima aka Mago Enterprise Technology Specialist 05 De onde vem o termo nuvem? Business Servidores SAN WAN SAN LANs Roteador NAS Switch

Leia mais

Plano de Recuperação de Desastre em TI

Plano de Recuperação de Desastre em TI Plano de Recuperação de Desastre em TI Edgar T. Monteiro The LatAm Healthcare IT Summit - 2014 >> AGENDA Blue Solutions na Saúde Ameaças para a TI em HeathCare Disaster Recovery >> Blue Solutions 10 anos

Leia mais

Agregando valor com Business Service Innovation

Agregando valor com Business Service Innovation Agregando valor com Business Service Innovation A TI é enorme. Existem tantos bits no universo digital quanto estrelas em nosso universo físico. é arriscada. Dois terços dos projetos de TI estão em risco,

Leia mais

Maturidade da Impressão e Gestão Documental nas Organizações Nacionais

Maturidade da Impressão e Gestão Documental nas Organizações Nacionais Maturidade da Impressão e Gestão Documental nas Organizações Nacionais 1. Tendências na impressão e gestão documental 2. Modelo de maturidade da impressão e gestão documental 3. Q&A 2 Uma nova plataforma

Leia mais

as cinco principais batalhas do monitoramento e como você pode vencê-las

as cinco principais batalhas do monitoramento e como você pode vencê-las DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA Setembro de 2012 as cinco principais batalhas do monitoramento e como você pode vencê-las agility made possible sumário resumo executivo 3 efetivo do servidor: 3 difícil e piorando

Leia mais

PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA

PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA PRIMAVERA BUSINESS SOFTWARE SOLUTIONS, SA Introdução Nesta edição do Catálogo de Serviços apresentamos os vários tipos de serviços que compõe a actual oferta da Primavera na área dos serviços de consultoria.

Leia mais

EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV

EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV DATA CENTER VIRTUAL - DCV Em entrevista, Pietro Delai, Gerente de Pesquisa e Consultoria da IDC Brasil relata os principais avanços

Leia mais

A consolidação de servidores traz uma séria de vantagens, como por exemplo:

A consolidação de servidores traz uma séria de vantagens, como por exemplo: INFRAESTRUTURA Para que as empresas alcancem os seus objetivos de negócio, torna-se cada vez mais preponderante o papel da área de tecnologia da informação (TI). Desempenho e disponibilidade são importantes

Leia mais

IDC Portugal: Av. António Serpa, 36 9º Andar, 1050-027 Lisboa, Portugal Tel. 21 796 5487 www.idc.com

IDC Portugal: Av. António Serpa, 36 9º Andar, 1050-027 Lisboa, Portugal Tel. 21 796 5487 www.idc.com CADERNO IDC Nº 53 IDC Portugal: Av. António Serpa, 36 9º Andar, 1050-027 Lisboa, Portugal Tel. 21 796 5487 www.idc.com ROI - Retorno do Investimento OPINIÃO IDC Os anos 90 permitiram a inclusão das tecnologias

Leia mais

Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011

Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011 Janeiro 2011 Exclusivamente para empresas de médio porte Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011 Relatório para o Brasil Panorama global: Pesquisa com 2.112 líderes do mercado de

Leia mais

melhor e mais inovador

melhor e mais inovador Conheça o melhor e mais inovador de Portugal. Prime TI s Mais de 2000 m2 850 Bastidores 4 Salas de alojamento 2 Salas networking Salas de staging Salas UPS Sala de clientes Sala bandoteca Serviços de storage,

Leia mais

monitoramento unificado

monitoramento unificado DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA monitoramento unificado uma perspectiva de negócios agility made possible sumário resumo executivo 3 Introdução 3 Seção 1: ambientes de computação emergentes atuais 4 Seção 2: desafios

Leia mais

Acelere. o seu caminho para o crescimento: Enfrente os desafios da proteção de dados com Hybrid Cloud Solution

Acelere. o seu caminho para o crescimento: Enfrente os desafios da proteção de dados com Hybrid Cloud Solution Acelere o seu caminho para o crescimento: Enfrente os desafios da proteção de dados com Hybrid Cloud Solution Introdução: Os seus desafios relativos à proteção de dados estão fora de controle? Você está

Leia mais

Posicionando-se para o futuro da computação em nuvem no Brasil

Posicionando-se para o futuro da computação em nuvem no Brasil Posicionando-se para o futuro da computação em nuvem no Brasil A parceria estratégica global estabelecida entre a Capgemini e a EMC acelera o desenvolvimento e o fornecimento de soluções de última geração

Leia mais

O caminho para a nuvem particular. O valor que as ferramentas da CA Technologies proporcionam aos sistemas VCE Vblock

O caminho para a nuvem particular. O valor que as ferramentas da CA Technologies proporcionam aos sistemas VCE Vblock O caminho para a nuvem particular O valor que as ferramentas da CA Technologies proporcionam aos sistemas VCE Vblock Internet Research Group Internet Research Group Junho de 2012 Sobre o Internet Research

Leia mais

1 Serviços de Planeamento e Transformação Empresarial Os Serviços de Planeamento e Transformação Empresarial da SAP incluem:

1 Serviços de Planeamento e Transformação Empresarial Os Serviços de Planeamento e Transformação Empresarial da SAP incluem: Descrição de Serviços Serviços de Planeamento e Empresarial Os Serviços de Planeamento e Empresarial fornecem serviços de consultoria e prototipagem para facilitar a agenda do Licenciado relativa à inovação

Leia mais

Virtualização de Sistemas Operacionais

Virtualização de Sistemas Operacionais Virtualização de Sistemas Operacionais Felipe Antonio de Sousa 1, Júlio César Pereira 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil felipeantoniodesousa@gmail.com, juliocesarp@unipar.br Resumo.

Leia mais

A CONTINUIDADE DO SEU NEGÓCIO

A CONTINUIDADE DO SEU NEGÓCIO A CONTINUIDADE DO SEU NEGÓCIO Intelligent Business Continuity à dimensão da sua empresa! Logicworks Tecnologias de Informática, Lda. www.logiworks.pt - info@logicworks.pt - +351 214 261 698 Quanto tempo

Leia mais

IDC FutureScape - Sumário Executivo

IDC FutureScape - Sumário Executivo IDC FutureScape - Sumário Executivo Cloud no Centro ª Plataforma TI Capacidade de Inovação Pipelines de Dados Intimidade com clientes @ escala Tudo Fonte: IDC, 0 Transformação Digital Em Finais de 0, Dois

Leia mais

Acelere sua viagem à virtualização

Acelere sua viagem à virtualização Back to top Acelere sua viagem à virtualização Índice Acelere sua viagem à virtualização........................................ 1 Faça a virtualização trabalhar para você....................................

Leia mais

Paulo César Especialista de Soluções da ATM informática paulo.cesar@atminformatica.pt

Paulo César Especialista de Soluções da ATM informática paulo.cesar@atminformatica.pt Desktop Virtual Paulo César Especialista de Soluções da ATM informática paulo.cesar@atminformatica.pt Tendo em conta que a Virtualização será um dos principais alvos de investimento para o ano 2009 (dados

Leia mais

Melhor Agilidade Operacional. Para comunicações mais flexíveis, resilientes e seguras. Vodafone Power to you

Melhor Agilidade Operacional. Para comunicações mais flexíveis, resilientes e seguras. Vodafone Power to you Melhor Agilidade Operacional Para comunicações mais flexíveis, resilientes e seguras Vodafone Power to you 02 Precisávamos de um meio que nos ajudasse a aumentar a nossa quota de mercado em 0,5%. O líder

Leia mais

Como ter sucesso no desenvolvimento e suporte de nuvens híbridas

Como ter sucesso no desenvolvimento e suporte de nuvens híbridas BOLETIM INFORMATIVO Como ter sucesso no desenvolvimento e suporte de nuvens híbridas Oferecido por: HP Gard Little Julho de 2014 Elaina Stergiades OPINIÃO DA IDC Ao planejar a adoção de novas tecnologias

Leia mais

ARQUITETURA TRADICIONAL

ARQUITETURA TRADICIONAL INTRODUÇÃO Atualmente no universo corporativo, a necessidade constante de gestores de tomar decisões cruciais para os bons negócios das empresas, faz da informação seu bem mais precioso. Nos dias de hoje,

Leia mais

Symantec concretiza sua visão estratégica com datacenter seguro de próxima geração distribuído pela Cisco ACI

Symantec concretiza sua visão estratégica com datacenter seguro de próxima geração distribuído pela Cisco ACI DESTAQUE DO IDC ExpertROI Symantec concretiza sua visão estratégica com datacenter seguro de próxima geração distribuído pela Cisco ACI Patrocinado pela: Cisco Matthew Marden Maio de 2015 Brad Casemore

Leia mais

Colaboradores sempre ligados. Para uma melhor conectividade e maior envolvimento dos colaboradores. Vodafone Power to you

Colaboradores sempre ligados. Para uma melhor conectividade e maior envolvimento dos colaboradores. Vodafone Power to you Colaboradores sempre ligados Para uma melhor conectividade e maior envolvimento dos colaboradores Vodafone Power to you 02 37% da força de trabalho global (1,3 mil milhões de pessoas) serão trabalhadores

Leia mais

Encontro de Utilizadores Esri 2013. Smart Cloud PT

Encontro de Utilizadores Esri 2013. Smart Cloud PT Encontro de Utilizadores Esri 2013 Smart Cloud PT Enabler de Orador: Inovação Hugo Rodrigues e Eficácia PT Enabler de Inovação e Eficácia EUE 2013 Telecomunicações TI/SI Soluções Internacionais Soluções

Leia mais

Graphicsleader Packaging: Preparar o negócio para um mercado global

Graphicsleader Packaging: Preparar o negócio para um mercado global Graphicsleader Packaging: Preparar o negócio para um mercado global Parceiro de Graphicsleader Packaging Indústria Gráfica Produtos e Serviços Embalagem de cartão e rótulos para a indústria alimentar,

Leia mais

Soluções CommScope para Data Centers Multi-tenant : Uma vantagem real por parte dos especialistas em infraestrutura crítica

Soluções CommScope para Data Centers Multi-tenant : Uma vantagem real por parte dos especialistas em infraestrutura crítica Soluções CommScope para Data Centers Multi-tenant : Uma vantagem real por parte dos especialistas em infraestrutura crítica Soluções para Data Centers Os data centers multi-tenant estão transformando as

Leia mais

Wall Street Institute resolve necessidades complexas de e-mail com solução Microsoft Exchange Online

Wall Street Institute resolve necessidades complexas de e-mail com solução Microsoft Exchange Online Wall Street Institute resolve necessidades complexas de e-mail com solução Microsoft Exchange Online Além da poupança na infra-estrutura física dos servidores e do preço das licenças, há reduções de custos

Leia mais

Não está gostando do jogo? Mude-o!

Não está gostando do jogo? Mude-o! WHITE PAPER Não está gostando do jogo? Mude-o! Entenda o mercado de Provedores de Serviços e descubra novas maneiras de aumentar os lucros, reduzir os custos, lançar novos serviços e muito mais; com informações

Leia mais

Moving Business Forward Moving. Business Forward

Moving Business Forward Moving. Business Forward Moving Business Forward Moving Business Forward Apresentação Os especialistas dos especialistas A Eurotux Informática S.A. é uma empresa especializada em planeamento, integração e implementação de sistemas

Leia mais

Gerenciamento inteligente em assistência médica

Gerenciamento inteligente em assistência médica Honeywell Building Solutions (unidade de negócio de automação predial) TECNOLOGIA INOVADORA ALCANÇA RESULTADOS MENSURÁVEIS Gerenciamento inteligente em assistência médica Como líder do setor e especialista

Leia mais

Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM

Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM Obtenha soluções em nuvem comprovadas para as suas prioridades mais urgentes Destaques da solução Saiba sobre os benefícios mais comuns de implementações

Leia mais

EXIN Cloud Computing Fundamentos

EXIN Cloud Computing Fundamentos Exame Simulado EXIN Cloud Computing Fundamentos Edição Maio 2013 Copyright 2013 EXIN Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser publicado, reproduzido, copiado ou armazenada

Leia mais

O seu escritório na nuvem - basta usar o browser.

O seu escritório na nuvem - basta usar o browser. 02 O seu escritório na nuvem - basta usar o browser. As soluções tecnológicas que encontra para melhorar a colaboração na sua empresa são muito caras e complexas? Pretende tornar as suas equipas mais ágeis

Leia mais

Instrumentos de alinhamento do negócio

Instrumentos de alinhamento do negócio Virtualização e Consolidação: Instrumentos de alinhamento do negócio com as TIC José Casinha (Oni Communications) jose.casinha@oni.pt i Alinhamento das TI com o negócio Pessoas Skills Conhecimento Produtividade

Leia mais

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA

APRESENTAÇÃO CORPORATIVA APRESENTAÇÃO CORPORATIVA SOBRE A ISH PRINCIPAIS PREMIAÇÕES & RECONHECIMENTOS ENTRE AS 100 MAIORES EMPRESAS DE TI DO BRASIL ENTRE AS 200 MAIORES EMPRESAS DO E.S. ENTRE AS 100 MAIORES EMPRESAS COM CAPITAL

Leia mais

Matriz global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.: 508.872.8200 Fax: 508.935.4015 www.idc.com

Matriz global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.: 508.872.8200 Fax: 508.935.4015 www.idc.com Matriz global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.: 508.872.8200 Fax: 508.935.4015 www.idc.com B O L E T I M I N F O R M A T I V O M a x i m i z a n d o S e u A m b i e n t e V i r t u a l p a

Leia mais

NEVOA STORAGE SYSTEM. 2009 Nevoa Networks Ltda. All Rights Reserved.

NEVOA STORAGE SYSTEM. 2009 Nevoa Networks Ltda. All Rights Reserved. NEVOA STORAGE SYSTEM Com o Nevoa Storage System você garante não só o mais eficiente sistema de gerenciamento para seus dados, mas também a solução mais escalável do mercado, afinal, se sua empresa cresce,

Leia mais

System Center Essentials permite à Cintra gerir a sua infra-estrutura de TI com um mínimo de custos e de recursos

System Center Essentials permite à Cintra gerir a sua infra-estrutura de TI com um mínimo de custos e de recursos Microsoft System Center Essentials 2007 Caso de Sucesso Cintra System Center Essentials permite à Cintra gerir a sua infra-estrutura de TI com um mínimo de custos e de recursos Sumário País Portugal Sector

Leia mais

UNIFIED DATA PROTECTION RESUMO DA SOLUÇÃO

UNIFIED DATA PROTECTION RESUMO DA SOLUÇÃO UNIFIED DATA PROTECTION RESUMO DA SOLUÇÃO arcserve UDP Impulsionadas pelo aumento no volume dos dados e os avanços da tecnologia como a virtualização, as arquiteturas atuais para proteção dos dados deixam

Leia mais

R E S U M O E X E C U T I V O P R O G R A M A V E L O C I T Y S O L U T I O N P R O V I D E R. Janeiro 2011

R E S U M O E X E C U T I V O P R O G R A M A V E L O C I T Y S O L U T I O N P R O V I D E R. Janeiro 2011 Sede global: 5 Speen Street Framingham, MA 01701 EUA Tel.: +1 508-872-8200 Fax: +1 508-935-4015 www.idc.com W H I T E P A P E R D i r e c i o n a d o o C r e s c i m e n t o e E n t r e g a n d o V a l

Leia mais

CEO Briefing Portugal 2015 The Economist. A Internet das Coisas como impulsionador da estratégia das empresas portuguesas

CEO Briefing Portugal 2015 The Economist. A Internet das Coisas como impulsionador da estratégia das empresas portuguesas CEO Briefing Portugal 2015 The Economist A Internet das Coisas como impulsionador da estratégia das empresas portuguesas 92% dos executivos portugueses acreditam que as suas empresas dispõem de capacidades

Leia mais