INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE"

Transcrição

1

2 Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Paulo Bernardo Silva INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente Eduardo Pereira Nunes Diretor-Executivo Sérgio da Costa Côrtes ÓRGÃOS ESPECÍFICOS SINGULARES Diretoria de Pesquisas Wasmália Socorro Barata Bivar Diretoria de Geociências Luiz Paulo Souto Fortes Diretoria de Informática Luiz Fernando Pinto Mariano Centro de Documentação e Disseminação de Informações David Wu Tai Escola Nacional de Ciências Estatísticas Sérgio da Costa Côrtes (interino) UNIDADE RESPONSÁVEL Diretoria de Pesquisas Coordenação de Trabalho e Rendimento Marcia Maria Melo Quintslr

3 Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Diretoria de Pesquisas Coordenação de Trabalho e Rendimento Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Aspectos Complementares de Educação, Afazeres Domésticos e Trabalho Infantil 2006 Rio de Janeiro 2008

4 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Av. Franklin Roosevelt, Centro Rio de Janeiro, RJ - Brasil ISBN (CD-ROM) ISBN (meio impresso) IBGE Elaboração do arquivo PDF Roberto Cavararo Produção da multimídia Marisa Sigolo Mendonça Márcia do Rosário Brauns Capa Helga Szpiz e Eduardo Sidney - Coordenação de Marketing/Centro de Documentação e Disseminação de Informações - CDDI

5 Sumário Apresentação Introdução Plano de amostragem Processo de seleção da amostra Cadastro de unidades domiciliares Processo de expansão da amostra Precisão das estimativas Estimativas dos erros amostrais Comentários Tabelas de resultados 1. Aspectos complementares de educação Pessoas de 0 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo o sexo e os grupos de idade Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por Grandes Regiões, segundo o sexo e os grupos de idade Pessoas de 0 a 17 anos de idade que não freqüentavam escola ou creche, por Grandes Regiões, segundo o sexo e os grupos de idade Taxa de freqüência à escola ou creche das pessoas de 0 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões e sexo, segundo os grupos de idade

6 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Aspectos Complementares de Educação, Afazeres Domésticos e Trabalho Infantil Percentual de pessoas que não freqüentavam escola ou creche na população de 0 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões e sexo, segundo os grupos de idade Pessoas de 0 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Pessoas de 0 a 17 anos de idade que não freqüentavam escola ou creche, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que não freqüentavam escola ou creche, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Taxa de freqüência à escola ou creche das pessoas de 0 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Percentual de pessoas que não freqüentavam escola ou creche na população de 0 a 17 anos de idade, or Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Rendimento médio mensal domiciliar per capita das pessoas de 0 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo freqüência à escola ou creche e os grupos de idade Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por Grandes Regiões, segundo o tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita

7 Sumário Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por Grandes Regiões, segundo o tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche da rede pública, por Grandes Regiões, segundo o tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche da rede pública, por Grandes Regiões, segundo o tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Percentual de pessoas que freqüentavam escola ou creche da rede pública na população de 0 a 17 anos de idade que freqüentava escola ou creche, por Grandes Regiões, segundo o tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche da rede particular, por Grandes Regiões, segundo o tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche da rede particular, por Grandes Regiões, segundo o tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Percentual de pessoas que freqüentavam escola ou creche da rede particular na população de 0 a 17 anos de idade que freqüentava escola ou creche, por Grandes Regiões, segundo o tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Rendimento médio mensal domiciliar per capita das pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por Grandes Regiões, segundo o tipo de educação infantil ou nível de ensino e a rede de ensino que freqüentavam

8 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Aspectos Complementares de Educação, Afazeres Domésticos e Trabalho Infantil Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por Grandes Regiões, segundo a rede de ensino e o tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam e o tempo habitual de permanência diária na escola ou creche Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por Grandes Regiões, segundo o tipo de educação infantil ou nível de ensino e a rede de ensino que freqüentavam Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade, que freqüentavam escola ou creche, por Grandes Regiões, segundo a rede de ensino e o tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam e o tempo habitual de permanência diária na escola ou creche Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, total e que não compareceram à escola ou creche pelo menos um dia no período de referência de 60 dias, por Grandes Regiões, segundo a rede de ensino e o tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam Percentual de pessoas que não compareceram à escola ou creche, pelo menos um dia no período de referência de 60 dias, na população de 0 a 17 anos de idade que freqüentava escola ou creche, por Grandes Regiões, segundo a rede de ensino e o tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, mas não compareceram pelo menos um dia no período de referência de 60 dias, por Grandes Regiões, segundo a rede de ensino e o tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam e o número de dias que não compareceram à escola ou creche no período de referência de 60 dias Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, mas não compareceram pelo menos um dia no período de referência de 60 dias, por Grandes Regiões, segundo a rede de ensino e o tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam e o número de dias que não compareceram à escola ou creche no período de referência de 60 dias Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, mas não compareceram pelo menos um dia no período de referência de 60 dias, por Grandes Regiões, segundo a rede de ensino que freqüentavam e o principal motivo de não terem comparecido à escola ou creche pelo menos um dia no período de referência de 60 dias

9 Sumário Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, mas não compareceram pelo menos um dia no período de referência de 60 dias, por Grandes Regiões, segundo a rede de ensino que freqüentavam e o principal motivo de não terem comparecido a escola ou creche pelo menos um dia no período de referência de 60 dias Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, mas não compareceram pelo menos um dia no período de referência de 60 dias, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e o principal motivo de não terem comparecido à escola ou creche pelo menos um dia no período de referência de 60 dias Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, mas não compareceram pelo menos um dia no período de referência de 60 dias, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e o principal motivo de não terem comparecido à escola ou creche pelo menos um dia no período de referência de 60 dias Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por Grandes Regiões, segundo a rede de ensino e o tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam e a oferta gratuita de merenda escolar ou outra refeição pela escola ou creche Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade, que freqüentavam escola ou creche, por Grandes Regiões, segundo a rede de ensino e o tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam e a oferta gratuita de merenda escolar ou outra refeição pela escola ou creche Pessoas de 0 a 17 anos de idade, que freqüentavam escola ou creche que oferecia gratuitamente merenda escolar ou outra refeição, por Grandes Regiões, segundo a rede de ensino e o tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam e o consumo de merenda escolar ou outra refeição oferecida gratuitamente pela escola ou creche Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade, que freqüentavam escola ou creche que oferecia gratuitamente merenda escolar ou outra refeição, por Grandes Regiões e rede de ensino que freqüentavam, segundo o tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam e o consumo de merenda escolar ou outra refeição oferecida gratuitamente pela escola ou creche

10 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Aspectos Complementares de Educação, Afazeres Domésticos e Trabalho Infantil Pessoas de 0 a 17 anos de idade que não freqüentavam escola ou creche, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e o principal motivo de não freqüentarem escola ou creche Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que não freqüentavam escola ou creche, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e o principal motivo de não freqüentarem escola ou creche Pessoas de 1 a 17 anos de idade que não freqüentavam escola ou creche, mas já freqüentaram anteriormente, por Grandes Regiões, segundo o sexo, os grupos de idade e a freqüência à escola ou creche em Distribuição das pessoas de 1 a 17 anos de idade que não freqüentavam escola ou creche, mas já freqüentaram anteriormente, por Grandes Regiões, segundo o sexo, os grupos de idade e a freqüência à escola ou creche em Pessoas de 7 a 17 anos de idade que não freqüentavam escola, mas freqüentaram em 2005, por Grandes Regiões, segundo o sexo, os grupos de idade e a aprovação na última série freqüentada em Distribuição das pessoas de 7 a 17 anos de idade que não freqüentavam escola, mas freqüentaram em 2005, por Grandes Regiões, segundo o sexo, os grupos de idade e a aprovação na última série freqüentada em Pessoas de 0 a 17 anos de idade, por grupos de idade, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por grupos de idade, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 0 a 17 anos de idade que não freqüentavam escola ou creche, por grupos de idade, segundo as Unidades da Federação Taxa de freqüência à escola ou creche das pessoas de 0 a 17 anos de idade, por grupos de idade, segundo as Unidades da Federação Percentual de pessoas que não freqüentavam escola ou creche na população de 0 a 17 anos de idade, por grupos de idade, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 0 a 17 anos de idade, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita, segundo as Unidades da Federação

11 Sumário Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 0 a 17 anos de idade que não freqüentavam escola ou creche, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que não freqüentavam escola ou creche, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita, segundo as Unidades da Federação Taxa de freqüência à escola ou creche das pessoas de 0 a 17 anos de idade, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita, segundo as Unidades da Federação Percentual de pessoas que não freqüentavam escola ou creche na população de 0 a 17 anos de idade, por classes de rendimento mensal domiciliar, segundo as Unidades da Federação Rendimento médio mensal domiciliar per capita das pessoas de 0 a 17 anos de idade, total e de 4 a 17 anos de idade, por freqüência à escola ou creche, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, total e de 4 a 17 anos de idade, por rede de ensino que freqüentavam, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, total e de 4 a 17 anos de idade, por rede de ensino que freqüentavam, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam, segundo as Unidades da Federação

12 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Aspectos Complementares de Educação, Afazeres Domésticos e Trabalho Infantil Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 4 a 17 anos de idade que freqüentavam escola da rede pública, por tipo de educação infantil ou nível de ensino que freqüentavam, segundo as Unidades da Federação Percentual de pessoas que freqüentavam escola da rede pública na população de 4 a 17 anos de idade que freqüentava escola, por tipo de educação infantil ou de ensino que freqüentavam, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por rede de ensino que freqüentavam e tempo habitual de permanência diária na escola ou creche, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por rede de ensino que freqüentavam e tempo habitual de permanência diária na escola ou creche, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por comparecimento à escola ou creche no período de referência de 60 dias, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por comparecimento à escola ou creche no período de referência de 60 dias, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, mas não compareceram pelo menos um dia no período de referência de 60 dias, por número de dias que não compareceram à escola ou creche, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por número de dias que não compareceram à escola ou creche, mas não compareceram pelo menos um dia no período de referência de 60 dias, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, mas não compareceram pelo menos um dia no período de referência de 60 dias, por principal motivo de não terem comparecido à escola ou creche, segundo as Unidades da Federação

13 Sumário Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, mas não compareceram pelo menos um dia no período de referência de 60 dias, por principal motivo de não terem comparecido à escola ou creche, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por rede de ensino que freqüentavam e oferta gratuita de merenda escolar ou outra refeição pela escola ou creche, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche, por rede de ensino que freqüentavam e oferta gratuita de merenda escolar ou outra refeição pela escola ou creche, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche que oferecia gratuitamente merenda escolar ou outra refeição, por consumo de merenda escolar ou outra refeição oferecida gratuitamente pela escola ou creche, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que freqüentavam escola ou creche que oferecia gratuitamente merenda escolar ou outra refeição, por consumo de merenda escolar ou outra refeição oferecida gratuitamente pela escola ou creche, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 0 a 17 anos de idade que não freqüentavam escola ou creche, por principal motivo de não freqüentarem escola ou creche, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 0 a 17 anos de idade que não freqüentavam escola ou creche, por principal motivo de não freqüentarem escola ou creche, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 1 a 17 anos de idade que não freqüentavam escola ou creche, mas já freqüentaram anteriormente, total e de 7 a 17 anos de idade, por freqüência à escola ou creche em 2005, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 1 a 17 anos de idade que não freqüentavam escola ou creche, mas já freqüentaram anteriormente, total e de 7 a 17 anos de idade, por freqüência à escola ou creche em 2005, segundo as Unidades da Federação

14 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Aspectos Complementares de Educação, Afazeres Domésticos e Trabalho Infantil Afazeres domésticos Pessoas de 5 anos ou mais de idade, por Grandes Regiões, segundo o sexo e os grupos de idade Pessoas de 5 anos ou mais de idade, que exerciam afazeres domésticos na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo e os grupos de idade Pessoas de 5 anos ou mais de idade, que não exerciam afazeres domésticos na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo e os grupos de idade Percentual de pessoas que exerciam afazeres domésticos, na semana de referência, na população de 5 anos ou mais de idade, por Grandes Regiões, segundo o sexo e os grupos de idade Percentual de pessoas que não exerciam afazeres domésticos, na semana de referência, na população de 5 anos ou mais de idade, por Grandes Regiões, segundo o sexo e os grupos de idade Pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões,segundo a freqüência à escola e os grupos de idade Pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões e exercício de afazeres domésticos na semana de referência, segundo a freqüência à escola e os grupos de idade Taxa de escolarização das pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões e exercício de afazeres domésticos na semana de referência, segundo os grupos de idade Percentual de pessoas que não freqüentavam escola na população de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões e exercício de afazeres domésticos na semana de referência, segundo os grupos de idade Percentual de pessoas que exerciam afazeres domésticos, na semana de referência, na população de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo a freqüência à escola e os grupos de idade Percentual de pessoas que não exerciam afazeres domésticos, na semana de referência, na população de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo a freqüência à escola e os grupos de idade Pessoas de 5 a 17 anos de idade, que exerciam afazeres domésticos na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo e os grupos de horas habitualmente dedicadas por semana a afazeres domésticos

15 Sumário Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, que exerciam afazeres domésticos na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo e os grupos de horas habitualmente dedicadas por semana a afazeres domésticos Pessoas de 5 a 17 anos de idade, que exerciam afazeres domésticos na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e os grupos de horas habitualmente dedicadas por semana a afazeres domésticos Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, que exerciam afazeres domésticos na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e os grupos de horas habitualmente dedicadas por semana a afazeres domésticos Número médio de horas habitualmente dedicadas por semana a afazeres domésticos das pessoas de 5 anos ou mais de idade, que exerciam afazeres domésticos na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo e os grupos de idade Pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo o sexo e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo o sexo e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Pessoas de 5 a 17 anos de idade, que exerciam afazeres domésticos na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, que exerciam afazeres domésticos na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Percentual de pessoas que exerciam afazeres domésticos, na semana de referência, na população de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo o sexo e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Pessoas de 5 a 17 anos de idade, que não exerciam afazeres domésticos na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, que não exerciam afazeres domésticos na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita

16 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Aspectos Complementares de Educação, Afazeres Domésticos e Trabalho Infantil Percentual de pessoas que não exerciam afazeres domésticos, na semana de referência, na população de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo sexo e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Pessoas de 5 a 17 anos de idade, que exerciam afazeres domésticos na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, que exerciam afazeres domésticos na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Percentual de pessoas que exerciam afazeres domésticos, na semana de referência, na população de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Pessoas de 5 a 17 anos de idade, que não exerciam afazeres domésticos na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, que não exerciam afazeres domésticos na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Percentual de pessoas que não exerciam afazeres domésticos, na semana de referência, na população de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Rendimento médio mensal domiciliar per capita das pessoas de 5 anos ou mais de idade, por Grandes Regiões, segundo o exercício de afazeres domésticos na semana de referência e os grupos de idade Pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões e exercício de afazeres domésticos na semana de referência, segundo os grupos de anos de estudo das pessoas de referência das unidades domiciliares

17 Sumário Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões e exercício de afazeres domésticos na semana de referência segundo os grupos de anos de estudo das pessoas de referência das unidades domiciliares Percentual de pessoas que exerciam afazeres domésticos, na semana de referência, na população de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo os grupos de anos de estudo das pessoas de referência das unidades domiciliares Percentual de pessoas que não exerciam afazeres domésticos, na semana de referência, na população de pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo os grupos de anos de estudo das pessoas de referência das unidades domiciliares Pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo a situação de ocupação na semana de referência, a posição na ocupação e a categoria do emprego no trabalho principal das pessoas de referência das unidades domiciliares Pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões e exercício de afazeres domésticos na semana de referência, segundo a situação de ocupação na semana de referência, a posição na ocupação e a categoria do emprego no trabalho principal das pessoas de referência das unidades domiciliares Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo a situação de ocupação na semana de referência, a posição na ocupação e a categoria do emprego no trabalho principal das pessoas de referência das unidades domiciliares Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões e exercício de afazeres domésticos na semana de referência, segundo a situação de ocupação na semana de referência, a posição na ocupação e a categoria do emprego no trabalho principal das pessoas de referência das unidades domiciliares Percentual de pessoas que exerciam afazeres domésticos, na semana de referência, na população de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo a situação de ocupação na semana de referência, a posição na ocupação e a categoria do emprego no trabalho principal das pessoas de referência das unidades domiciliares

18 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Aspectos Complementares de Educação, Afazeres Domésticos e Trabalho Infantil Percentual de pessoas que não exerciam afazeres domésticos, na semana de referência, na população de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo a situação de ocupação na semana de referência, a posição na ocupação e a categoria do emprego no trabalho principal das pessoas de referência das unidades domiciliares Pessoas de 5 a 17 anos de idade, por sexo e exercício de afazeres domésticos na semana de referência, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, por sexo e exercício de afazeres domésticos na semana de referência, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 5 a 17 anos de idade, por grupos de idade e exercício de afazeres domésticos na semana de referência, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, por grupos de idade e exercício de afazeres domésticos na semana de referência, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 5 a 17 anos de idade, por exercício de afazeres domésticos na semana de referência e freqüência à escola, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, por exercício de afazeres domésticos na semana de referência e freqüência à escola, segundo as Unidades da Federação Percentual de pessoas que exerciam afazeres domésticos, na semana de referência, na população de 5 a 17 anos de idade, por freqüência à escola, segundo as Unidades da Federação Percentual de pessoas que não exerciam afazeres domésticos, na semana de referência, na população de 5 a 17 anos de idade, por freqüência à escola, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 5 a 17 anos de idade, que exerciam afazeres domésticos, na semana de referência, por grupos de horas habitualmente dedicadas por semana a afazeres domésticos, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, que exerciam afazeres domésticos, na semana de referência, por grupos de horas habitualmente dedicadas por semana a afazeres domésticos, segundo as Unidades da Federação

19 Sumário Número médio de horas habitualmente dedicadas por semana a afazeres domésticos das pessoas de 5 a 17 anos de idade, que exerciam afazeres domésticos na semana de referência, por sexo e grupos de idade, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 5 a 17 anos de idade, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 5 a 17 anos de idade, que exerciam afazeres domésticos na semana de referência, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, que exerciam afazeres domésticos na semana de referência, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita, segundo as Unidades da Federação Percentual de pessoas que exerciam os afazeres domésticos, na semana de referência, na população de 5 a 17 anos de idade, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 5 a 17 anos de idade, que não exerciam afazeres domésticos na semana de referência, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, que não exerciam afazeres domésticos na semana de referência, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita, segundo as Unidades da Federação Percentual de pessoas que não exerciam os afazeres domésticos, na semana de referência, na população de 5 a 17 anos de idade, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita, segundo as Unidades da Federação Rendimento médio mensal domiciliar per capita das pessoas de 5 a 17 anos de idade, por grupos de idade e exercício de afazeres domésticos na semana de referência, segundo as Unidades da Federação

20 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Aspectos Complementares de Educação, Afazeres Domésticos e Trabalho Infantil Trabalho infantil Pessoas de 5 anos ou mais de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo e os grupos de idade Nível da ocupação, na semana de referência, das pessoas de 5 anos ou mais de idade, por Grandes Regiões, segundo o sexo e os grupos de idade Pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões e situação de ocupação na semana de referência, segundo a freqüência à escola e os grupos de idade Taxa de escolarização das pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões e situação de ocupação na semana de referência, segundo os grupos de idade Percentual de pessoas que não freqüentavam escola na população de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões e situação de ocupação na semana de referência, segundo os grupos de idade Pessoas de 5 anos ou mais de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e a atividade do trabalho principal Distribuição das pessoas de 5 anos ou mais de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e a atividade do trabalho principal Pessoas de 5 anos ou mais de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e a posição na ocupação no trabalho principal Distribuição das pessoas de 5 anos ou mais de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e a posição na ocupação no trabalho principal Pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade, a atividade e a condição de remuneração no trabalho principal Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões e grupos de idade, segundo a atividade e a condição de remuneração no trabalho principal

21 Sumário Pessoas de 14 a 17 anos de idade, empregadas ou trabalhadoras domésticas no trabalho principal da semana de referência, total e de 16 ou 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo o sexo e a categoria do emprego no trabalho principal Distribuição das pessoas de 14 a 17 anos de idade, empregadas ou trabalhadoras domésticas no trabalho principal da semana de referência, total e de 16 ou 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo o sexo e a categoria do emprego no trabalho principal Pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo e os grupos de horas habitualmente trabalhadas por semana em todos os trabalhos Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo e os grupos de horas habitualmente trabalhadas por semana em todos os trabalhos Pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e os grupos de horas habitualmente trabalhadas por semana em todos os trabalhos Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e os grupos de horas habitualmente trabalhadas por semana em todos os trabalhos Número médio de horas habitualmente trabalhadas por semana em todos os trabalhos das pessoas de 5 anos ou mais de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo e os grupos de idade Número médio de horas habitualmente trabalhadas por semana no trabalho principal das pessoas de 10 anos ou mais de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo a atividade do trabalho principal e os grupos de idade Número médio de horas habitualmente trabalhadas por semana no trabalho principal das pessoas de 10 anos ou mais de idade, ocupadas na semana de referência, or Grandes Regiões, segundo a condição de remuneração no trabalho principal e os grupos de idade

22 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Aspectos Complementares de Educação, Afazeres Domésticos e Trabalho Infantil Pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo e as classes de rendimento mensal de todos os trabalhos Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo e as classes de rendimento mensalde todos os trabalhos Pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensalde todos os trabalhos Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal de todos os trabalhos Rendimento médio mensal de todos os trabalhos das pessoas de 5 anos ou mais de idade, ocupadas na semana de referência, com rendimento de trabalho, por Grandes Regiões, segundo o sexo e os grupos de idade Pessoas de 5 anos ou mais de idade, por Grandes Regiões e situação de ocupação na semana de referência, segundo os grupos de idade, o sexo e exercício de afazeres domésticos na semana de referência Distribuição das pessoas de 5 anos ou mais de idade, por Grandes Regiões e situação de ocupação na semana de referência, segundo os grupos de idade, o sexo e exercício de afazeres domésticos na semana de referência Pessoas de 5 anos ou mais de idade, por Grandes Regiões e situação de ocupação na semana de referência, segundo os grupos de idade e o exercício de afazeres domésticos na semana de referência Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões e situação de ocupação na semana de referência, segundo os grupos de idade e o exercício de afazeres domésticos na semana de referência Pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita

23 Sumário Percentual de pessoas ocupadas, na semana de referência, na população de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Pessoas de 5 a 17 anos de idade, que não eram ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, que não eram ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Percentual de pessoas que não eram ocupadas, na semana de referência, na população de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo os grupos de idade e as classes de rendimento mensal domiciliar per capita Rendimento médio mensal domiciliar per capita das pessoas de 5 anos ou mais de idade, por Grandes Regiões, segundo a situação de ocupação na semana de referência e os grupos de idade Pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, com remuneração no trabalho principal, por Grandes Regiões, segundo o sexo, os grupos de idade e a entrega do rendimento do trabalho principal aos pais ou responsáveis Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, com remuneração no trabalho principal, por Grandes Regiões, segundo o sexo, os grupos de idade e a entrega do rendimento do trabalho principal aos pais ou responsáveis Pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo, os grupos de idade e o motivo para trabalhar Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo, os grupos de idade e o motivo para trabalhar Pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo, os grupos de idade e o recebimento de treinamento ou orientação para evitar machucados ou doenças no trabalho principal

24 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Aspectos Complementares de Educação, Afazeres Domésticos e Trabalho Infantil Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo, os grupos de idade e o recebimento de treinamento ou orientação para evitar machucados ou doenças no trabalho principal Pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo, os grupos de idade, a atividade do trabalho principal e a ocorrência de machucado ou doença, no período de referência de 365 dias, devido ao trabalho principal Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por Grandes Regiões, segundo o sexo, os grupos de idade, a atividade do trabalho principal e a ocorrência de machucado ou doença, no período de referência de 365 dias, devido ao trabalho principal Pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, que tiveram algum machucado ou doença, no período de referência de 365 dias, devido ao trabalho principal, por Grandes Regiões, segundo a ocorrência de afastamento de pelo menos um dia do trabalho por causa do último machucado ou doença Pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, que tiveram algum machucado ou doença, no período de referência de 365 dias, devido ao trabalho principal, por Grandes Regiões, segundo a ocorrência de procura de atendimento de saúde por causa do último machucado ou doença Pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, que tiveram algum machucado ou doença, no período de referência de 365 dias, devido ao trabalho principal, por Grandes Regiões, segundo o número de ocorrências de machucado ou doença Pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões e situação de ocupação na semana de referência, segundo os grupos de anos de estudo das pessoas de referência das unidades domiciliares Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões e situação de ocupação na semana de referência, segundo os grupos de anos de estudo das pessoas de referência das unidades domiciliares Percentual de pessoas ocupadas, na semana de referência, na população de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo os grupos de anos de estudo das pessoas de referência das unidades domiciliares

25 Sumário Percentual de pessoas que não eram ocupadas, na semana de referência, na população de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo os grupos de anos de estudo das pessoas de referência das unidades domiciliares Pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo a situação de ocupação na semana de referência, a posição na ocupação e a categoria do emprego no trabalho principal das pessoas de referência das unidades domiciliares Pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões e situação de ocupação na semana de referência, segundo a situação de ocupação na semana de referência, a posição na ocupação e a categoria do emprego no trabalho principal das pessoas de referência das unidades domiciliares Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo a situação de ocupação na semana de referência, a posição na ocupação e a categoria do emprego no trabalho principal das pessoas de referência das unidades domiciliares Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões e situação de ocupação na semana de referência, segundo a situação de ocupação na semana de referência, a posição na ocupação e a categoria do emprego no trabalho principal das pessoas de referência das unidades domiciliares Percentual de pessoas ocupadas, na semana de referência, na população de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo a situação de ocupação na semana de referência, a posição na ocupação e a categoria do emprego no trabalho principal das pessoas de referência das unidades domiciliares Percentual de pessoas que não eram ocupadas, na semana de referência, na população de 5 a 17 anos de idade, por Grandes Regiões, segundo a situação de ocupação na semana de referência, a posição na ocupação e a categoria do emprego no trabalho principal das pessoas de referência das unidades domiciliares Pessoas de 5 a 17 anos de idade, por sexo e situação de ocupação na semana de referência, segundo as Unidades da Federação

26 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Aspectos Complementares de Educação, Afazeres Domésticos e Trabalho Infantil Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, por sexo e situação de ocupação na semana de referência, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 5 a 17 anos de idade, por grupos de idade e situação de ocupação na semana de referência, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, por grupos de idade e situação de ocupação na semana de referência, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 5 a 17 anos de idade, por situação de ocupação na semana de referência e freqüência à escola, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, por situação de ocupação na semana de referência e freqüência à escola, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por atividade e condição de remuneração no trabalho principal, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por atividade e condição de remuneração no trabalho principal, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por grupos de horas habitualmente trabalhadas por semana em todos os trabalhos, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por grupos de horas habitualmente trabalhadas por semana em todos os trabalhos, segundo as Unidades da Federação Número médio de horas habitualmente trabalhadas por semana em todos os trabalhos das pessoas de 5 anos ou mais de idade, ocupadas na semana de referência, por grupos de idade, segundo as Unidades da Federação Número médio de horas habitualmente trabalhadas por semana em todos os trabalhos das pessoas de 5 anos ou mais de idade, ocupadas na semana de referência, por sexo e grupos de idade, segundo as Unidades da Federação

27 Sumário Número médio de horas habitualmente trabalhadas por semana no trabalho principal das pessoas de 10 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por atividade e condição de remuneração no trabalho principal, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por classes de rendimento mensal de todos os trabalhos, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por classes de rendimento mensal de todos os trabalhos, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 5 a 17 anos de idade, por situação de ocupação e de exercício de afazeres domésticos na semana de referência, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, por situação de ocupação e de exercício de afazeres domésticos na semana de referência, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, ocupadas na semana de referência, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita, segundo as Unidades da Federação Percentual de pessoas ocupadas, na semana de referência, na população de 5 a 17 anos de idade, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita, segundo as Unidades da Federação Pessoas de 5 a 17 anos de idade, que não eram ocupadas na semana de referência, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita, segundo as Unidades da Federação Distribuição das pessoas de 5 a 17 anos de idade, que não eram ocupadas na semana de referência, por classes de rendimento mensal domiciliar per capita, segundo as Unidades da Federação

Aspectos Complementares de Educação, Afazeres Domésticos e Trabalho Infantil

Aspectos Complementares de Educação, Afazeres Domésticos e Trabalho Infantil Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Diretoria de Pesquisas Coordenação de Trabalho e Rendimento Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Paulo Bernardo Silva INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente Eduardo Pereira Nunes

Leia mais

Acesso a Transferências de Renda de Programas Sociais

Acesso a Transferências de Renda de Programas Sociais Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Diretoria de Pesquisas Coordenação detrabalho e Rendimento Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Paulo Bernardo Silva INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente Eduardo Pereira Nunes

Leia mais

Acesso à Internet e Posse de Telefone Móvel Celular para Uso Pessoal

Acesso à Internet e Posse de Telefone Móvel Celular para Uso Pessoal Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Diretoria de Pesquisas Coordenação detrabalho e Rendimento Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios

Leia mais

PESQUISA NACIONAL POR Amostra de domicílios IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

PESQUISA NACIONAL POR Amostra de domicílios IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística PESQUISA NACIONAL POR Amostra de domicílios T RABALHO I NFANTIL 2 0 0 1 IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Planejamento,

Leia mais

Acesso à internet e posse de telefone. óvel elular para so essoal

Acesso à internet e posse de telefone. óvel elular para so essoal p a esquisa n mostra de acional por d omicílios Acesso à internet e posse de telefone M C óvel elular para so essoal 2005 u p Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Planejamento,

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Paulo Bernardo Silva INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente Eduardo Pereira Nunes

Leia mais

Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Março 2005

Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Março 2005 Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Março 2005 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro de Estado do Planejamento, Orçamento

Leia mais

Pesquisa Mensal de Emprego Dezembro 2005

Pesquisa Mensal de Emprego Dezembro 2005 Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Dezembro 2005 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro de Estado do Planejamento, Orçamento

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Atlas de saneamento Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Guido Mantega INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente Eduardo

Leia mais

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ - FIOCRUZ INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ - FIOCRUZ INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Paulo Bernardo Silva Ministro da Saúde José Gomes Temporão Secretaria-Executiva Márcia Bassit Secretaria de

Leia mais

taxa Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Junho 2015 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE

taxa Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Junho 2015 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE taxa Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Junho 2015 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Presidenta da República Dilma Rousseff Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Nelson

Leia mais

SÍNTESE DE INDICADORES SOCIAIS

SÍNTESE DE INDICADORES SOCIAIS ESTUDOS & pesquisas INFORMAÇÃO DEMOGRÁFICA E SOCIoeconômica 5 SÍNTESE DE INDICADORES SOCIAIS 2000 IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística Presidente da República Fernando Henrique Cardoso

Leia mais

taxa Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Abril 2015 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE

taxa Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Abril 2015 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE taxa Indicadores IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Abril 2015 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Presidenta da República Dilma Rousseff Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Nelson

Leia mais

Acesso à Internet e Posse de Telefone Móvel Celular para Uso Pessoal

Acesso à Internet e Posse de Telefone Móvel Celular para Uso Pessoal Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Instituto eiro de Geografia e Estatística - IBGE Diretoria de Pesquisas Coordenação de Trabalho e Rendimento Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Acesso

Leia mais

SÍNTESE DE INDICADORES SOCIAIS

SÍNTESE DE INDICADORES SOCIAIS ESTUDOS & pesquisas INFORMAÇÃO DEMOGRÁFICA E SOCIoeconômica 27 SÍNTESE DE INDICADORES SOCIAIS UMA ANÁLISE DAS condições de vida da população brasileira 2010 Presidente da República Luiz Inácio Lula da

Leia mais

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ - FIOCRUZ INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ - FIOCRUZ INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Paulo Bernardo Silva Ministro da Saúde José Gomes Temporão Secretaria-Executiva Márcia Bassit Secretaria de

Leia mais

Censo Demográfico 2010. Características Gerais da População, Religião e Pessoas com Deficiência

Censo Demográfico 2010. Características Gerais da População, Religião e Pessoas com Deficiência Censo Demográfico 2010 Características Gerais da População, Religião e Pessoas com Deficiência Rio de Janeiro, 29 de junho de 2012 A presente publicação dá continuidade à divulgação dos resultados do Censo

Leia mais

Censo Demográfico 2010. Trabalho e Rendimento Educação e Deslocamento

Censo Demográfico 2010. Trabalho e Rendimento Educação e Deslocamento Censo Demográfico 2010 Trabalho e Rendimento Educação e Deslocamento Rio de Janeiro, 19 de dezembro de 2012 As presentes publicações dão continuidade à divulgação dos resultados do Censo Demográfico 2010

Leia mais

IBGE. Ministério da Saúde. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

IBGE. Ministério da Saúde. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística p a esquisa n mostra de acional por d omicílios A cesso e u tilização de S erviços de s aúde 2003 Ministério da Saúde IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística Ministério do Planejamento, Orçamento

Leia mais

Segurança Alimentar. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão

Segurança Alimentar. Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão p a esquisa n mostra de acional por d omicílios Segurança Alimentar 2004 Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Presidente da República Luiz

Leia mais

Sumário PNAD/SIMPOC 2001 Pontos importantes

Sumário PNAD/SIMPOC 2001 Pontos importantes Sumário PNAD/SIMPOC 2001 Pontos importantes Sistema de pesquisas domiciliares existe no Brasil desde 1967, com a criação da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD; Trata-se de um sistema de pesquisas

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidenta da República Dilma Rousseff Ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão Miriam Belchior INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidenta Wasmália Socorro Barata Bivar Diretor-Executivo

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Paulo Bernardo Silva INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente Eduardo Pereira Nunes

Leia mais

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD 2011

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD 2011 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD 2011 Rio de Janeiro, 21/09/2012 1 Abrangência nacional Temas investigados: Características Características gerais dos moradores Educação Migração Trabalho

Leia mais

Acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular para uso pessoal

Acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular para uso pessoal Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Ministério das Comunicações Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD Suplementar 2013 Acesso à Internet e à televisão e posse de telefone móvel celular

Leia mais

Um Panorama da Saúde no Brasil

Um Panorama da Saúde no Brasil Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Diretoria de Pesquisas Coordenação de Trabalho e Rendimento Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios

Leia mais

Um país menos desigual: pobreza extrema cai a 2,8% da população Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) foram divulgados pelo IBGE

Um país menos desigual: pobreza extrema cai a 2,8% da população Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) foram divulgados pelo IBGE Um país menos desigual: pobreza extrema cai a 2,8% da população Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) foram divulgados pelo IBGE Brasília, 7 A pobreza extrema no país caiu a 2,8%

Leia mais

Movimento Escolar. Ensino Médio Alunos Reprovados

Movimento Escolar. Ensino Médio Alunos Reprovados RENDIMENTO Rendimento e Ensino Médio Alunos Reprovados 5.1.31- Número de Alunos Reprovados no Ensino Médio, por Localização e Dependência Administrativa, segundo a Região Geográfica e a Unidade da Federação

Leia mais

PROJEÇÃO DA POPULAÇÃO DO BRASIL PROJEÇÃO DA POPULAÇÃO DAS UNIDADES DA FEDERAÇÃO POR SEXO E IDADE PARA O PERÍODO 2000/2030

PROJEÇÃO DA POPULAÇÃO DO BRASIL PROJEÇÃO DA POPULAÇÃO DAS UNIDADES DA FEDERAÇÃO POR SEXO E IDADE PARA O PERÍODO 2000/2030 PROJEÇÃO DA POPULAÇÃO DO BRASIL POR SEXO E IDADE PARA O PERÍODO 2000/2060 PROJEÇÃO DA POPULAÇÃO DAS UNIDADES DA FEDERAÇÃO POR SEXO E IDADE PARA O PERÍODO 2000/2030 Agosto de 2013 1 Presidenta da República

Leia mais

Pesquisa Mensal de Emprego PME. Algumas das principais características dos Trabalhadores Domésticos vis a vis a População Ocupada

Pesquisa Mensal de Emprego PME. Algumas das principais características dos Trabalhadores Domésticos vis a vis a População Ocupada Pesquisa Mensal de Emprego PME Algumas das principais características dos Trabalhadores Domésticos vis a vis a População Ocupada Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Algumas das principais

Leia mais

Pesquisa de 2002-2003. omiciliar. rasil e IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Pesquisa de 2002-2003. omiciliar. rasil e IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística O Pesquisa de rçamentos F 2002-2003 amiliares a d quisição omiciliar a P limentar ER C APITA g b randes rasil e r egiões IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística Presidente da República Luiz

Leia mais

SINOPSE ESTATÍSTICA EDUCAÇÃO BÁSICA

SINOPSE ESTATÍSTICA EDUCAÇÃO BÁSICA SINOPSE ESTATÍSTICA EDUCAÇÃO BÁSICA CENSO ESCOLAR 2006 Presidente da República Federativa do Brasil Luís Inácio Lula da Silva Ministro da Educação Fernando Haddad Secretário Executivo José Henrique Paim

Leia mais

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Diretoria de Pesquisas Coordenação de Trabalho e Rendimento Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios

Leia mais

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística p esquisa n acional por a mostra de d omicílios s íntese de i ndicadores 2 0 0 9 IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Planejamento,

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Paulo Bernardo Silva Ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Márcia Helena Carvalho Lopes INSTITUTO

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Paulo Bernardo Silva Ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Márcia Helena Carvalho Lopes INSTITUTO

Leia mais

Censo Demográfico 2010. Resultados gerais da amostra

Censo Demográfico 2010. Resultados gerais da amostra Censo Demográfico 2010 Resultados gerais da amostra Rio de Janeiro, 27 de abril de 2012 População e distribuição relativa População e distribuição relativa (%) para o Brasil e as Grandes Regiões 2000/2010

Leia mais

PNAD 2011. Acesso à Internet e Posse de Telefone Móvel Celular para Uso Pessoal

PNAD 2011. Acesso à Internet e Posse de Telefone Móvel Celular para Uso Pessoal PNAD 2011 Acesso à Internet e Posse de Telefone Móvel Celular para Uso Pessoal Rio de Janeiro, 16/05/2013 1 Características Em 2011 foram visitados 146 mil domicílios e entrevistadas 359 mil pessoas. 2

Leia mais

PRINCIPAIS CONCEITOS. A pesquisa segue as recomendações da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

PRINCIPAIS CONCEITOS. A pesquisa segue as recomendações da Organização Internacional do Trabalho (OIT). NOTAS METODOLÓGICAS A malha setorial utilizada para a pesquisa é a do Censo de 2000. Portanto, a delimitação da Região Metropolitana de Curitiba utilizada nesta pesquisa compreende os municípios de: Adrianópolis,

Leia mais

Quadro da desigualdade em São Paulo

Quadro da desigualdade em São Paulo Quadro da desigualdade em São Paulo CULTURA Acervo de livros infanto-juvenis das bibliotecas municipais per capita Número de livros infanto-juvenis disponíveis em acervos de bibliotecas e pontos de leitura

Leia mais

2008-2009. Pesquisa de IBGE. ntropometria e. rianças, dolescentes e. Ministério da Saúde. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão

2008-2009. Pesquisa de IBGE. ntropometria e. rianças, dolescentes e. Ministério da Saúde. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão O Pesquisa de rçamentos F 2008-2009 amiliares a e a A ntropometria e stado de n c utricional rianças, dolescentes e dultos no B rasil Ministério da Saúde IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Leia mais

Estudo Estratégico n o 5. Desenvolvimento socioeconômico na metrópole e no interior do Rio de Janeiro Adriana Fontes Valéria Pero Camila Ferraz

Estudo Estratégico n o 5. Desenvolvimento socioeconômico na metrópole e no interior do Rio de Janeiro Adriana Fontes Valéria Pero Camila Ferraz Estudo Estratégico n o 5 Desenvolvimento socioeconômico na metrópole e no interior do Rio de Janeiro Adriana Fontes Valéria Pero Camila Ferraz PANORAMA GERAL ERJ é o estado mais urbano e metropolitano

Leia mais

Dimensão social. Educação

Dimensão social. Educação Dimensão social Educação 218 Indicadores de desenvolvimento sustentável - Brasil 2004 36 Taxa de escolarização Representa a proporção da população infanto-juvenil que freqüenta a escola. Descrição As variáveis

Leia mais

Características Em 2013, foram visitados 149 mil domicílios e entrevistadas 363 mil pessoas.

Características Em 2013, foram visitados 149 mil domicílios e entrevistadas 363 mil pessoas. Rio de Janeiro, 18/09/2014 1 Abrangência nacional Temas investigados: Características Características gerais dos moradores Educação Migração Trabalho e rendimento Trabalho infantil Fecundidade Características

Leia mais

mhtml:file://e:\economia\ibge Síntese de Indicadores Sociais 2010.mht

mhtml:file://e:\economia\ibge Síntese de Indicadores Sociais 2010.mht Page 1 of 7 Comunicação Social 17 de setembro de 2010 Síntese de Indicadores Sociais 2010 SIS 2010: Mulheres mais escolarizadas são mães mais tarde e têm menos filhos Embora abaixo do nível de reposição

Leia mais

Analise Preliminar do Teste da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua - 2009

Analise Preliminar do Teste da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua - 2009 Analise Preliminar do Teste da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua - 2009 Resultados sobre os temas: ü Próprio Consumo ü Trabalho Voluntário ü Afazeres Domésticos ü Cuidado de Pessoas

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidenta da República Dilma Rousseff Ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão Miriam Belchior Ministro da Saúde Alexandre Padilha INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidenta da República Dilma Rousseff Ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão Miriam Belchior INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidenta Wasmália Bivar Diretor-Executivo Fernando

Leia mais

Análise dos Dados da Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo dos Sistemas GNSS

Análise dos Dados da Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo dos Sistemas GNSS Análise dos Dados da Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo dos Sistemas GNSS Relatório Técnico Presidenta da República Dilma Rousseff Ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão Miriam Belchior INSTITUTO

Leia mais

Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009

Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009 Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Diretoria de Pesquisas Coordenação detrabalho e Rendimento Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Paulo Bernardo Silva INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente Eduardo Pereira Nunes

Leia mais

Evolução demográfica 1950-2010

Evolução demográfica 1950-2010 Evolução demográfica 195-1 37 A estrutura etária da população brasileira em 1 reflete as mudanças ocorridas nos parâmetros demográficos a partir da segunda metade do século XX. Houve declínio rápido dos

Leia mais

Características Em 2013, foram visitados 149 mil domicílios e entrevistadas 363 mil pessoas.

Características Em 2013, foram visitados 149 mil domicílios e entrevistadas 363 mil pessoas. Rio de Janeiro, 18/09/2014 1 Abrangência nacional Temas investigados: Características Características gerais dos moradores Educação Migração Trabalho e rendimento Trabalho infantil Fecundidade Características

Leia mais

Pesquisa Mensal de Emprego - PME

Pesquisa Mensal de Emprego - PME Pesquisa Mensal de Emprego - PME Dia Internacional da Mulher 08 de março de 2012 M U L H E R N O M E R C A D O D E T R A B A L H O: P E R G U N T A S E R E S P O S T A S A Pesquisa Mensal de Emprego PME,

Leia mais

pesquisa de esporte Ministério do Esporte Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão

pesquisa de esporte Ministério do Esporte Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão pesquisa de esporte 2003 Ministério do Esporte Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Paulo Bernardo

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Paulo Bernardo Silva INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente Eduardo Pereira Nunes

Leia mais

Taxa de desocupação foi de 9,3% em janeiro

Taxa de desocupação foi de 9,3% em janeiro Taxa de desocupação foi de 9,3% em janeiro A taxa de desocupação registrada pela Pesquisa Mensal de Emprego do IBGE, nas seis principais Regiões Metropolitanas do país (Recife, Salvador, Belo Horizonte,

Leia mais

{dybanners}1,1,,meioweb Links Patrocinados{/dybanners} Fonte: IBGE

{dybanners}1,1,,meioweb Links Patrocinados{/dybanners} Fonte: IBGE {dybanners}1,1,,meioweb Links Patrocinados{/dybanners} Fonte: IBGE A taxa de desocupação ficou praticamente estável, pois suas variações em relação a março (9,0%) de 2009 e também a abril de 2008 (8,5%)

Leia mais

Tabagismo. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios

Tabagismo. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Diretoria de Pesquisas Coordenação de Trabalho e Rendimento Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios

Leia mais

PLANO DE AÇÃO - EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA DO ESTADO DO PARANÁ

PLANO DE AÇÃO - EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERIENTENDENCIA DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE POLITICAS E PROGRAMAS EDUCACIONAIS COORDENAÇÃO DE DESAFIOS EDUCACIONAIS CONTEMPORÂNEOS PLANO DE AÇÃO - EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS

Leia mais

Censo Demográfico 2010 Retratos do Brasil e do Piauí

Censo Demográfico 2010 Retratos do Brasil e do Piauí Censo Demográfico 2010 Retratos do Brasil e do Piauí Eduardo Pereira Nunes Presidente do IBGE Teresina, 12 de Agosto de 2011 Brasil Todos os domicílios residenciais particulares foram recenseados A coleta

Leia mais

INDICADORES DEMOGRÁFICOS E NORDESTE

INDICADORES DEMOGRÁFICOS E NORDESTE INDICADORES DEMOGRÁFICOS E SOCIAIS E ECONÔMICOS DO NORDESTE Verônica Maria Miranda Brasileiro Consultora Legislativa da Área XI Meio Ambiente e Direito Ambiental, Organização Territorial, Desenvolvimento

Leia mais

Esporte. Ministério do Esporte. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão

Esporte. Ministério do Esporte. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Esporte 2003 Ministério do Esporte Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Paulo Bernardo Silva INSTITUTO

Leia mais

Pessoas com Deficiência nos Censos Demográficos Brasileiros

Pessoas com Deficiência nos Censos Demográficos Brasileiros Pessoas com Deficiência nos Censos Demográficos Brasileiros Alicia Bercovich IBGE VI Fórum Senado Debate Brasil Convenção da ONU sobre os direitos das pessoas com deficiência Painel 2: Quem são, onde estão,

Leia mais

Pesquisa Mensal de Emprego

Pesquisa Mensal de Emprego Pesquisa Mensal de Emprego EVOLUÇÃO DO EMPREGO COM CARTEIRA DE TRABALHO ASSINADA 2003-2012 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE 2 Pesquisa Mensal de Emprego - PME I - Introdução A Pesquisa

Leia mais

3Apesar dos direitos adquiridos pelas

3Apesar dos direitos adquiridos pelas objetivo. promover a igualdade entre os sexos e a autonomia das mulheres mulheres ao longo do século 20, ainda há considerável desigualdade entre os gêneros no mundo. Em geral, as mulheres sofrem com a

Leia mais

PNAD - Segurança Alimentar 2004 2009. Insegurança alimentar diminui, mas ainda atinge 30,2% dos domicílios brasileiros

PNAD - Segurança Alimentar 2004 2009. Insegurança alimentar diminui, mas ainda atinge 30,2% dos domicílios brasileiros 1 of 5 11/26/2010 2:57 PM Comunicação Social 26 de novembro de 2010 PNAD - Segurança Alimentar 2004 2009 Insegurança alimentar diminui, mas ainda atinge 30,2% dos domicílios brasileiros O número de domicílios

Leia mais

PRINCIPAIS DESTAQUES DA EVOLUÇÃO DO MERCADO DE TRABALHO NAS SEIS REGIõES METROPOLITANAS ABRANGIDAS PELA PESQUISA MENSAL DE EMPREGO DO IBGE

PRINCIPAIS DESTAQUES DA EVOLUÇÃO DO MERCADO DE TRABALHO NAS SEIS REGIõES METROPOLITANAS ABRANGIDAS PELA PESQUISA MENSAL DE EMPREGO DO IBGE PRINCIPAIS DESTAQUES DA EVOLUÇÃO DO MERCADO DE TRABALHO NAS SEIS REGIõES METROPOLITANAS ABRANGIDAS PELA PESQUISA MENSAL DE EMPREGO DO IBGE (RECIFE, SALVADOR, BELO HORIZONTE, RIO DE JANEIRO, SÃO PAULO E

Leia mais

Plano Nacional de Educação. Programa Bolsa Família e MDS

Plano Nacional de Educação. Programa Bolsa Família e MDS Plano Nacional de Educação COORDENAÇÃO GERAL DE INTEGRAÇÃO E ANÁLISE DE INFORMAÇÕES Departamento de Condicionalidades x Secretaria Nacional de Renda de Cidadania Ministério do Desenvolvimento Social e

Leia mais

rçamentos amiliares 2002-2003 nálise da isponibilidade omiciliar de limentos e do stado utricional no rasil IBGE

rçamentos amiliares 2002-2003 nálise da isponibilidade omiciliar de limentos e do stado utricional no rasil IBGE Pesquisa de O F rçamentos amiliares 2002-2003 a d d a e n b nálise da isponibilidade omiciliar de limentos e do stado utricional no rasil IBGE Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística Presidente

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão Nelson Machado INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente Eduardo Pereira Nunes Diretor

Leia mais

Por que fazer o Censo de 2010?

Por que fazer o Censo de 2010? Por que fazer o Censo de 2010? Diretoria de Pesquisas 18.08.2010 Introdução...2 Para acompanhar evolução da ocupação do território e planejar o seu desenvolvimento sustentável....2 Para avaliar, planejar

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO 217-5699 PREFEITURA MUNICIPAL DO NATAL SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO FORMULÁRIO DE AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DA DIREÇÃO DAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE NATAL PELA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO 217-5699 PREFEITURA

Leia mais

A MULHER EMPREENDEDORA DA REGIÃO METROPOLITANA DE MARINGÁ

A MULHER EMPREENDEDORA DA REGIÃO METROPOLITANA DE MARINGÁ A MULHER EMPREENDEDORA DA REGIÃO METROPOLITANA DE MARINGÁ 1.0 Introdução Prof. Dr. Joilson Dias Assistente Científica: Cássia Kely Favoretto Costa Departamento de Economia Universidade Estadual de Maringá

Leia mais

Pnad: Um em cada cinco brasileiros é analfabeto funcional

Pnad: Um em cada cinco brasileiros é analfabeto funcional 08/09/2010-10h00 Pesquisa visitou mais de 150 mil domicílios em 2009 Do UOL Notícias A edição 2009 da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia

Leia mais

Algumas características da inserção das mulheres no mercado de trabalho

Algumas características da inserção das mulheres no mercado de trabalho 1 Pesquisa Mensal de Emprego Algumas características da inserção das mulheres no mercado de trabalho Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre 2003-2008 Rio de Janeiro

Leia mais

Planos Municipais de Educação ORIENTAÇÕES TÉCNICAS. Um Bom Diagnóstico

Planos Municipais de Educação ORIENTAÇÕES TÉCNICAS. Um Bom Diagnóstico Planos Municipais de Educação ORIENTAÇÕES TÉCNICAS Um Bom Diagnóstico Tendo em vista o grande desafio nacional: construir planos consonantes ao PNE; as premissas de trabalho pactuadas; as cinco etapas

Leia mais

SEGURANÇA SOCIAL EM NÚMEROS

SEGURANÇA SOCIAL EM NÚMEROS SEGURANÇA SOCIAL SEGURANÇA SOCIAL EM NÚMEROS Continente e Regiões Autónomas Agosto/2015 Direção-Geral da Segurança Social Instituto de Informática, I.P. Í NDICE PÁGINA Pirâmide etária da população residente

Leia mais

Segurança da Informação na Internet no Brasil: Últimos Estudos do Comitê Gestor da Internet no Brasil e Iniciativas para Aumentar a Segurança

Segurança da Informação na Internet no Brasil: Últimos Estudos do Comitê Gestor da Internet no Brasil e Iniciativas para Aumentar a Segurança Segurança da Informação na Internet no Brasil: Últimos Estudos do Comitê Gestor da Internet no Brasil e Iniciativas para Aumentar a Segurança Cristine Hoepers cristine@cert.br Centro de Estudos, Resposta

Leia mais

Trabalho Infantil - Diagnóstico Brasil e Sudeste. Paula Montagner Outubro/ 2014

Trabalho Infantil - Diagnóstico Brasil e Sudeste. Paula Montagner Outubro/ 2014 Trabalho Infantil - Diagnóstico Brasil e Sudeste Paula Montagner Outubro/ 2014 A Organização Internacional do Trabalho - OIT tem sido a principal promotora da implementação de ações restritivas ao trabalho

Leia mais

Aumento da participação de mulheres no mercado de trabalho: mudança ou reprodução da desigualdade?

Aumento da participação de mulheres no mercado de trabalho: mudança ou reprodução da desigualdade? Aumento da participação de mulheres no mercado de trabalho: mudança ou reprodução da desigualdade? Natália de Oliveira Fontoura * Roberto Gonzalez ** A taxa de participação mede a relação entre a população

Leia mais

RESULTADOS DO ÍNDICE DE VULNERABILIDADE SOCIAL DO PARANÁ - 2010 *

RESULTADOS DO ÍNDICE DE VULNERABILIDADE SOCIAL DO PARANÁ - 2010 * RESULTADOS DO ÍNDICE DE VULNERABILIDADE SOCIAL DO PARANÁ - 2010 * Os resultados aqui apresentados foram extraídos do Atlas da Vulnerabilidade Social nos Municípios Brasileiros, elaborado pelo Instituto

Leia mais

Relatório Técnico da Palestra: Diagnóstico da Situação Educacional no Espírito Santo

Relatório Técnico da Palestra: Diagnóstico da Situação Educacional no Espírito Santo GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE ESTADO DE ECONOMIA E PLANEJAMENTO SEP INSTITUTO JONES DOS SANTOS NEVES IJSN NOTA TÉCNICA 31 Relatório Técnico da Palestra: Diagnóstico da Situação Educacional

Leia mais

Anuário das Mulheres Empreendedoras e Trabalhadoras em Micro e Pequenas Empresas 2013

Anuário das Mulheres Empreendedoras e Trabalhadoras em Micro e Pequenas Empresas 2013 SEBRAE (Org.) Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas Anuário das Mulheres Empreendedoras e Trabalhadoras em Micro e Pequenas Empresas 2013 São Paulo, 2013 SEBRAE (Org.) S492a Anuário

Leia mais

Avaliação Econômica. Programa Escola Integrada. Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte

Avaliação Econômica. Programa Escola Integrada. Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte Avaliação Econômica Programa Escola Integrada Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte Criado em 2004, o Programa de Avaliação Econômica de Projetos Sociais, da Fundação Itaú Social, atua em

Leia mais

A TRAJETÓRIA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO NA ÁREA DA SAÚDE

A TRAJETÓRIA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO NA ÁREA DA SAÚDE A TRAJETÓRIA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO NA ÁREA DA SAÚDE Ministro da Saúde José Saraiva Felipe Ministro da Educação Fernando Haddad Objetivo apresentar a Trajetória dos Cursos de Graduação na Área da Saúde;

Leia mais

TÓPICOS QUE ORIENTAM A JUSTIFICATIVA PARA A DEMANDA (PROINFÂNCIA, CONSTRUÇÃO DE QUADRA COBERTA E COBERTURA DE QUADRA EXISTENTE)

TÓPICOS QUE ORIENTAM A JUSTIFICATIVA PARA A DEMANDA (PROINFÂNCIA, CONSTRUÇÃO DE QUADRA COBERTA E COBERTURA DE QUADRA EXISTENTE) TÓPICOS QUE ORIENTAM A JUSTIFICATIVA PARA A DEMANDA (PROINFÂNCIA, CONSTRUÇÃO DE QUADRA COBERTA E COBERTURA DE QUADRA EXISTENTE) 1. Conceito Trata-se de elaboração de documento que busca demonstrar a necessidade

Leia mais

Tabagismo. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios

Tabagismo. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Diretoria de Pesquisas Coordenação de Trabalho e Rendimento Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios

Leia mais

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios IBGE Gustavo Leal Laboratório de Economia da UFJF Introdução O sistema de pesquisas domiciliares foi implantado progressivamente no Brasil, a partir de 1967,

Leia mais

Educação no Brasil. Aloizio Mercadante. São Paulo, 30 de novembro de 2012

Educação no Brasil. Aloizio Mercadante. São Paulo, 30 de novembro de 2012 Educação no Brasil Aloizio Mercadante Ministro de Estado da Educação São Paulo, 30 de novembro de 2012 Educação Infantil Taxas de atendimento Creches 36,3 23,6 9,4 12,2 Brasil Carinhoso: 2,8 milhões de

Leia mais

Apesquisa suplementar sobre acesso à Internet e posse de telefone

Apesquisa suplementar sobre acesso à Internet e posse de telefone Análise dos resultados Apesquisa suplementar sobre acesso à Internet e posse de telefone móvel celular para uso pessoal ampliou a investigação rotineira da PNAD, que restringe o levantamento sobre o assunto

Leia mais

RELAÇÃO DAS TABELAS EIA TOMO I

RELAÇÃO DAS TABELAS EIA TOMO I RELAÇÃO DAS TABELAS EIA TOMO I Capitulo 2 TABELA 2.1. Linhas que Operam Atualmente 2.8 TABELA 2.2. Nº de Linhas, Frotas e Movimentação de Passageiros 2.8 TABELA 2.3. Tarifas do Sistema Coletivo de São

Leia mais

Melhorando e Capacitando a Gestão Pública nos Municípios do Estado do Rio de Janeiro

Melhorando e Capacitando a Gestão Pública nos Municípios do Estado do Rio de Janeiro Melhorando e Capacitando a Gestão Pública nos Municípios do Estado do Rio de Janeiro RODOLFO CASTRO Coordenador na Subsecretaria-Adjunta de Programas Especiais SUPRE, da Secretaria de Planejamento e Gestão

Leia mais

Estatísticas de Empreendedorismo

Estatísticas de Empreendedorismo 15 Estatísticas de Empreendedorismo 2008 Presidenta da República Dilma Rousseff Ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão Miriam Belchior INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE Presidente

Leia mais

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - Síntese

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - Síntese 2014 Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - Síntese Dieese Subseção Força Sindical 19/09/2014 PESQUISA NACIONAL POR AMOSTRA DE DOMICILIOS - PNAD 2013 Síntese dos Indicadores POPULAÇÃO A Pesquisa

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE PAULINO NEVES SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE PAULINO NEVES SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO 2015 / 2025 Raimundo de Oliveira Filho Prefeito Municipal José Ferreira dos Reis Vice-prefeito Mª Estaciana Silva Gomes Secretária de Educação DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO SEÇÃO DE EDUCAÇÃO INFANTIL Maria do

Leia mais