Desafios da Telefonia Móvel para a Copa de 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Desafios da Telefonia Móvel para a Copa de 2014"

Transcrição

1 Desafios da Telefonia Móvel para a Copa de 2014 Vice-presidência de Regulamentação Data: As informações contidas neste documento são propriedade da Vivo e para uso confidencial dos destinatários explicitados.

2 Cenário Atual População* Acessos Telefonia Móvel** Brasil RS Porto Alegre x - * Estimativa IBGE - Fev 2010 ** Fonte Anatel Jan/2010 2

3 Rede Vivo em Porto Alegre - atual GSM/EDGE 850/1900 MHz WCDMA (3G) 2100 MHz CDMA/1xRTT 850 MHz Tecnologias para 2014 Tecnologia LTE (4G) Espectro adicional de freqüências na faixa de 2.5 GHz 3

4 Projeção de necessidades até 2014 Número de Acessos Brasil - Anatel Fonte: Projeção Anatel para o Brasil - Apresentação "Cidadão Digital - Visão Regulatória" realizada em 31/mar/2009 no 5o Wireless Mundi - SP Número atual de Antenas da Vivo em Porto Alegre: 143 Estimativa necessidade em 2014: 290 4

5 Regulamentação dos sites em Porto Alegre Exigências da Lei Municipal 8896/02 Principais tópicos impactantes Emissão eletromagnética 1/100 do limite Anatel 5 metros do eixo da torre - divisa imóvel 50 metros - escolas, creches, hospitais, clínicas e centros de saúde. 500 metros entre torres 5

6 Impactos da Lei de Porto Alegre Regramento rígido, restritivo e retroativo Insegurança quanto à continuidade dos serviços de telecomunicações Dificuldade de obtenção de novos sites Inviabilização de sites existentes Redução da potência eletromagnética (1/100 do limite ICNIRP/Anatel) Redução da cobertura Prejuízo na qualidade do sinal Risco de congestionamento das redes Tramitação morosa das licenças municipais (aprox. 3 anos) 6

7 Exemplo de áreas cuja instalação de Erbs é inviável (50m) Bairro Moinhos de Vento Estacionamento Hospital Moinhos de Vento Áreas hachuradas: 50m de áreas sensíveis Dmae Edificações listadas no EPHAC Escola de Educ. Infantil Jardim Praça Cirandinha Parcão Por motivos de provimento de capacidade e cobertura, este bairro necessita atualmente de 5 Erbs Vivo, nas regiões marcadas. 7 Edificações listadas no EPHAC Escola Estadual de 1 Grau Uruguai

8 Lei Federal /09 Destaques Determina os limites de exposição humana a campos elétricos, magnéticos e eletromagnéticos das estações de rádio-comunicação em funcionamento no território nacional; Estabelece como limite aqueles fixados pela Comissão Internacional de Proteção contra a Radiação Não-Ionizante ICNIRP, recomendados pela Organização Mundial de Saúde e adotado pela Anatel; Prevê que a fiscalização do atendimento aos limites de exposição humana é de competência do órgão regulador federal Anatel; Estabelece o compartilhamento de torres quando o afastamento for inferior a 500 metros, com a exceção de haver justificado motivo técnico dentre os definidos pela Anatel; Medição específica de áreas localizadas até 50metros de hospitais, clínicas, escolas, creches e asilos; Uso eficiente do espectro de rádio-frequências como bem público da União; Obrigação do Poder Público, em todos os seus níveis, de conciliar as políticas públicas às telecomunicações. 8

9 Conclusão Evolução do texto legal de Porto Alegre, para adequação à Lei Federal /09. Revisão, pela Prefeitura, dos trâmites internos de licenciamento de estações, tornando-os mais céleres e objetivos. Alocação de espectro de frequência adicional para o SMP (2,5 GHz). 9

10 Desafios da Telefonia Móvel Diante da Copa de 2014 Palestrante: Ercio Alberto Zilli Vice-presidência de Regulamentação Telefone: Elaboração: Regional Sul 10 As informações contidas neste documento são proprietárias e para uso público. Propriedade da Vivo. Diretoria de Controle Mercadológico

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA LEI Nº 11.934, DE 5 DE MAIO DE 2009. Dispõe sobre limites à exposição humana a campos elétricos, magnéticos e eletromagnéticos; Mensagem de veto altera a Lei n o 4.771, de 15 de setembro de 1965; e dá

Leia mais

Como utilizar o Router-OS na elaboração do laudo radiométrico. Por: Kleber de Albuquerque Brasil Beleza Network Provedor de Internet

Como utilizar o Router-OS na elaboração do laudo radiométrico. Por: Kleber de Albuquerque Brasil Beleza Network Provedor de Internet Como utilizar o Router-OS na elaboração do laudo radiométrico Por: Kleber de Albuquerque Brasil Beleza Network Provedor de Internet 1 Palestrante: Kleber de Albuquerque Brasil Mini Curriculum 1997 E.T.F.

Leia mais

TELEFONIA MÓVEL AUDIÊNCIA PÚBLICA CCT E CMA SENADO FEDERAL EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 8 DE AGOSTO DE 2012

TELEFONIA MÓVEL AUDIÊNCIA PÚBLICA CCT E CMA SENADO FEDERAL EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 8 DE AGOSTO DE 2012 TELEFONIA MÓVEL AUDIÊNCIA PÚBLICA CCT E CMA SENADO FEDERAL EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 8 DE AGOSTO DE 2012 Telefonia móvel jun/2012 256 milhões 1998 7,4 milhões 1 ativação por segundo em 2012 Fonte: Telebrasil

Leia mais

Esta cartilha responde a questões comuns sobre a emissão das ondas eletromagnéticas e sua relação com a saúde humana. Após sua leitura, você

Esta cartilha responde a questões comuns sobre a emissão das ondas eletromagnéticas e sua relação com a saúde humana. Após sua leitura, você Esta cartilha responde a questões comuns sobre a emissão das ondas eletromagnéticas e sua relação com a saúde humana. Após sua leitura, você conhecerá mais sobre a regulamentação que trata da exposição

Leia mais

1º - O projeto apresentado para análise incluirá os seguintes itens:

1º - O projeto apresentado para análise incluirá os seguintes itens: Lei nº 2.409, de 26 março de 2003. Estabelece critérios para instalação de Estações de Rádio-Base ERB, de microcélulas de Telefonia e equipamentos afins, dando outras providências. (Lei alterada em função

Leia mais

LEI N. 11.934, DE 5 DE MAIO DE 2009

LEI N. 11.934, DE 5 DE MAIO DE 2009 LEI N. 11.934, DE 5 DE MAIO DE 2009 Dispõe sobre limites à exposição humana a campos elétricos, magnéticos e eletromagnéticos; altera a Lei n 4.771, de 15 de setembro de 1965 e, dá outras providências

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO DECRETA:

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO DECRETA: 2001 N Despacho PROJETO DE LEI N 503/2001 DISPÕE SOBRE A INSTALAÇÃO DE ESTAÇÕES RÁDIO BASE (ERBs) E DE EQUIPAMENTOS DE TELEFONIA SEM FIO NO MUNICÍPIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Autor: Vereador GUARANÁ A

Leia mais

Celular e Saúde: Os efeitos das ondas eletromagnéticas na saúde humana

Celular e Saúde: Os efeitos das ondas eletromagnéticas na saúde humana Celular e Saúde: Os efeitos das ondas eletromagnéticas na saúde humana Com o crescimento dos usuários de telefones celulares, é natural que surjam dúvidas sobre saúde e segurança no uso diário de tais

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 9.472, DE 16 DE JULHO DE 1997. Regulamento Dispõe sobre a organização dos serviços de telecomunicações, a criação e funcionamento

Leia mais

Modelos de Licenciamento de Freqüências

Modelos de Licenciamento de Freqüências Modelos de Licenciamento de Freqüências Este tutorial apresenta um panorama dos modelos utilizados em vários países do mundo no licenciamento de frequências. Carlos Pingarilho Doutor em Eletrônica e Comunicações

Leia mais

Estado de Mato Grosso do Sul A Pequena Cativante LEI N.º 1.265/2003 CAPÍTULO I

Estado de Mato Grosso do Sul A Pequena Cativante LEI N.º 1.265/2003 CAPÍTULO I LEI N.º 1.265/2003 Dispõe sobre a instalação de estações transmissoras de rádio, televisão, telefonia celular, telecomunicações em geral e outras antenas transmissoras de radiação eletromagnética no Município

Leia mais

Painel 1 A Banda Larga como Política Pública

Painel 1 A Banda Larga como Política Pública Painel 1 A Banda Larga como Política Pública Marco A O Tavares Gerente Operacional de Planejamento Engenharia do Espectro tavares@anatel.gov.br Agenda A Anatel neste Contexto Passos Percorridos E para

Leia mais

Plano de Melhorias da Infraestrutura de Rede das Operadoras de Telefonia Móvel

Plano de Melhorias da Infraestrutura de Rede das Operadoras de Telefonia Móvel Plano de Melhorias da Infraestrutura de Rede das Operadoras de Telefonia Móvel Agência Nacional de Telecomunicações Anatel Brasília/DF 08/2012 Reclamações ARU Anatel Diferença percentual entre a pior

Leia mais

Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal. JOÃO REZENDE Presidente da Anatel Anatel

Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal. JOÃO REZENDE Presidente da Anatel Anatel Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal JOÃO REZENDE Presidente da Anatel Anatel Brasília/DF Maio/2013 15 anos de LGT Em 1997, na corrida pelo usuário, a

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES CONSULTA PÚBLICA Nº 54, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013 Atribuir a faixa de radiofrequências de 4.910 MHz a 4.940 MHz também ao Serviço Móvel, manter a atribuição da faixa

Leia mais

NORMA Nº 15/96. CANALIZAÇÃO E CONDIÇÕES DE USO DE FREQÜÊNCIAS PARA SISTEMAS DIGITAIS DE RADIOCOMUNICAÇÃO NA FAIXA DE 18 GHz.

NORMA Nº 15/96. CANALIZAÇÃO E CONDIÇÕES DE USO DE FREQÜÊNCIAS PARA SISTEMAS DIGITAIS DE RADIOCOMUNICAÇÃO NA FAIXA DE 18 GHz. NORMA Nº 15/96 CANALIZAÇÃO E CONDIÇÕES DE USO DE FREQÜÊNCIAS PARA SISTEMAS DIGITAIS DE RADIOCOMUNICAÇÃO NA FAIXA DE 18 GHz. 1-OBJETIVO Esta norma tem por objetivo estabelecer a canalização e as condições

Leia mais

CIDADE DIGITAL E COPA DO MUNDO: ASPECTOS TECNOLÓGICOS E ESTRATÉGICOS

CIDADE DIGITAL E COPA DO MUNDO: ASPECTOS TECNOLÓGICOS E ESTRATÉGICOS CIDADE DIGITAL E COPA DO MUNDO: ASPECTOS TECNOLÓGICOS E ESTRATÉGICOS Prefeitura Municipal de Fortaleza Coordenadoria de Tecnologia da Informação Cristiano Therrien Motivação Prover conectividade em alta

Leia mais

LEI Nº 1295/2014 De 12 de maio de 2014.

LEI Nº 1295/2014 De 12 de maio de 2014. CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS LEI Nº 1295/2014 De 12 de maio de 2014. DISPÕE SOBRE NORMAS GERAIS URBANÍSTICAS PARA A INSTALAÇÃO, NO MUNICÍPIO DE PIRANGUINHO DE ESTRUTURAS DE SUPORTE DAS ESTAÇÕES DE

Leia mais

RADIOCOMUNIÇÃO EM VHF NOVA CANALIZAÇÃO

RADIOCOMUNIÇÃO EM VHF NOVA CANALIZAÇÃO RADIOCOMUNIÇÃO EM VHF NOVA CANALIZAÇÃO 1. ESPECTRO DE RADIOFREQUÊNCIAS O espectro radioelétrico ou de radiofrequências é uma riqueza da humanidade. Sua exploração de forma disciplinada permite o estabelecimento

Leia mais

RECOMENDAÇÕES em Relação às Antenas e em Relação ao uso de Aparelhos Celulares

RECOMENDAÇÕES em Relação às Antenas e em Relação ao uso de Aparelhos Celulares PROTEJA-SE RECOMENDAÇÕES em Relação às Antenas e em Relação ao uso de Aparelhos Celulares Autoras: Adilza Condessa Dode e Daiana Condessa Dode Recomendações em relação à instalação de ERB s Estações Radiobase

Leia mais

Serviço de Comunicação Multimídia - SCM

Serviço de Comunicação Multimídia - SCM Serviço de Comunicação Multimídia - SCM Carlos Evangelista Gerência de Outorga e Licenciamento de Estações - ORLE Superintendência de Outorga e Recursos à Prestação - SOR Agência Nacional de Telecomunicações

Leia mais

Utilização temporária do espectro de radiofrequências em eventos-teste dos Jogos Rio 2016

Utilização temporária do espectro de radiofrequências em eventos-teste dos Jogos Rio 2016 Boletim Informativo Espectro - 03/2015 Utilização temporária do espectro de radiofrequências em eventos-teste dos Jogos Rio 2016 Versão 2.2 Fevereiro 2015 Gestão de Espectro de Radiofrequências AF Telecomunicações

Leia mais

ITelefonia celular CONHEÇA BEM ESSA TECNOLOGIA

ITelefonia celular CONHEÇA BEM ESSA TECNOLOGIA I CONHEÇA BEM ESSA TECNOLOGIA e Apresentação O Brasil tem hoje duas vezes mais telefones celulares do que fixos. Essa preferência do consumidor pela telefonia móvel tem boas razões: o preço dos aparelhos,

Leia mais

Distribuição de antenas de telefonia móvel pessoal na cidade do Rio de Janeiro

Distribuição de antenas de telefonia móvel pessoal na cidade do Rio de Janeiro ISSN 1984-7203 C O L E Ç Ã O E S T U D O S C A R I O C A S Distribuição de antenas de telefonia móvel pessoal na cidade do Rio de Janeiro Nº 20091101 Novembro - 2009 Fabiana Mota da Silva, Lúcia Helena

Leia mais

Wi-Fi, Saúde e Segurança

Wi-Fi, Saúde e Segurança Wi-Fi, Saúde e Segurança O Wi-Fi está no centro da experiência conectada de hoje. Utilizado em 25% dos lares em todo o mundo 1, o Wi-Fi continua se expandindo como a tecnologia escolhida para redes tradicionais

Leia mais

PLANO DE ATRIBUIÇÃO, DESTINAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE FAIXAS DE FREQÜÊNCIAS NO BRASIL

PLANO DE ATRIBUIÇÃO, DESTINAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE FAIXAS DE FREQÜÊNCIAS NO BRASIL PLANO DE ATRIBUIÇÃO, DESTINAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE FAIXAS DE FREQÜÊNCIAS NO BRASIL EDIÇÃO 2002 ... em branco... AGÊNCIA NACIONAL DE TELECO MUNICAÇÕ ES AT O N o 23.577, DE 6 DE MARÇO DE 2002 O CONSELHO DIRETO

Leia mais

São Paulo, 29 de abril de 2013

São Paulo, 29 de abril de 2013 São Paulo, 29 de abril de 2013 A Agência Nacional de Telecomunicações ANATEL SAUS quadra 06 bloco c,e,f e h - Setor de Autarquias Sul CEP:70070-940 - Brasilia DF ATT.: João Batista de Rezende Diretor Presidente

Leia mais

A MASSIFICAÇÃO DA BANDA LARGA MÓVEL OS PRÓXIMOS PASSOS

A MASSIFICAÇÃO DA BANDA LARGA MÓVEL OS PRÓXIMOS PASSOS A MASSIFICAÇÃO DA BANDA LARGA MÓVEL OS PRÓXIMOS PASSOS Maximiliano Martinhão Brasília, 04 de janeiro de 2013 Dados socioeconômicos Banda Larga Anatel: Mais de 47 % dos acessos fixos ativados desde DEZ/2010

Leia mais

Monitoração de Satélites Desafios do Órgão Regulador

Monitoração de Satélites Desafios do Órgão Regulador SSPI Day2013 Rio de Janeiro - 08/10/2013 Monitoração de Satélites Desafios do Órgão Regulador Rodrigo Menezes Superintendência de Fiscalização Conteúdo Recursos escassos; Regulamentação aplicável à área

Leia mais

Instalação de Antenas da Telefonia Celular

Instalação de Antenas da Telefonia Celular Instalação de Antenas da Telefonia Celular Gláucio Lima Siqueira Professor, PhD CETUC / PUC-Rio AUDIÊNCIA PÚBLICA CÂMARA DOS DEPUTADOS BRASILIA DF - 13/11/2013 Ondas Eletromagnéticas Tranporte de energia

Leia mais

Informativo de Segurança e Saúde

Informativo de Segurança e Saúde Introdução: A Fundação COGE está dando início às ações relativas ao planejamento do 7º SENSE - Seminário Nacional de Segurança e saúde no Setor Elétrico Brasileiro. Nesta edição estamos lançando uma pesquisa

Leia mais

DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE LICENÇA AMBIENTAL DE ESTAÇÃO RÁDIO-BASE (ERB) Portaria SMMA nº 002/2012 e Lei Mun. 11.535/2005

DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE LICENÇA AMBIENTAL DE ESTAÇÃO RÁDIO-BASE (ERB) Portaria SMMA nº 002/2012 e Lei Mun. 11.535/2005 DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE LICENÇA AMBIENTAL DE ESTAÇÃO RÁDIO-BASE (ERB) Portaria SMMA nº 002/2012 e Lei Mun. 11.535/2005 ***TODOS OS DOCUMENTOS E PROJETOS ENTREGUES FICARÃO RETIDOS. *** TODOS OS PROJETOS

Leia mais

Torres de Telefonia Celular: Minimizando a Exposição Ocupacional a Campos Eletromagnéticos. Alexssandro Ramos da Cruz; Maria Cristina Aguiar Campos

Torres de Telefonia Celular: Minimizando a Exposição Ocupacional a Campos Eletromagnéticos. Alexssandro Ramos da Cruz; Maria Cristina Aguiar Campos Torres de Telefonia Celular: Minimizando a Exposição Ocupacional a Campos Eletromagnéticos Alexssandro Ramos da Cruz; Maria Cristina Aguiar Campos Sistemas de comunicação sem fio telefone celular internet

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA N 31, DE 31 DE JULHO DE 2009

CONSULTA PÚBLICA N 31, DE 31 DE JULHO DE 2009 CONSULTA PÚBLICA N 31, DE 31 DE JULHO DE 2009 Proposta de Alteração do Regulamento sobre Condições de Uso de 2.690 MHz. O CONSELHO DIRETOR DA AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES, no uso das atribuições

Leia mais

Uso do dividendo digital para aplicações comunitárias e universalização da banda larga: oportunidades e desafios

Uso do dividendo digital para aplicações comunitárias e universalização da banda larga: oportunidades e desafios Uso do dividendo digital para aplicações comunitárias e universalização da banda larga: oportunidades e desafios C.A.Afonso março 2013 CGI.br Instituto Nupef www.nupef.org.br Sudeste e Sul: população,

Leia mais

QUEM SOMOS MISSÃO VISÃO

QUEM SOMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS A TOP BAHIA ASSESSORIA MUNICIPAL é uma empresa baiana que atua no mercado com profissionais capacitados, prestando um serviço de excelência, fornecendo aos nossos clientes soluções completas

Leia mais

Quo Vadis 700MHz? Mario Girasole. 36º Encontro Tele.Síntese Brasília. 4 de fevereiro de 2014. Confidencial

Quo Vadis 700MHz? Mario Girasole. 36º Encontro Tele.Síntese Brasília. 4 de fevereiro de 2014. Confidencial Quo Vadis 700MHz? 36º Encontro Tele.Síntese Brasília 4 de fevereiro de 2014 1 1 Mario Girasole As virtudes do Dividendo Digital para a BL Móvel Arrecadação adicional do setor no PIB com a Banda Larga Móvel*

Leia mais

Laudo Técnico dos Campos Eletromagnéticos Estação Rádio-Base UNIFAL-MG Campus Avançado de Varginha

Laudo Técnico dos Campos Eletromagnéticos Estação Rádio-Base UNIFAL-MG Campus Avançado de Varginha Laudo Técnico dos Campos Eletromagnéticos Estação Rádio-Base UNIFAL-MG Campus Avançado de Varginha SUMÁRIO 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 3 2. CAMPUS AVANÇADO DE VARGINHA... 4 3. EQUIPAMENTOS E MÉTODOS...

Leia mais

Melhorias da Infraestrutura de Rede das Operadoras de Telefonia Móvel e das condições de prestação do serviço. João Batista de Rezende Anatel

Melhorias da Infraestrutura de Rede das Operadoras de Telefonia Móvel e das condições de prestação do serviço. João Batista de Rezende Anatel Melhorias da Infraestrutura de Rede das Operadoras de Telefonia Móvel e das condições de prestação do serviço João Batista de Rezende Anatel Brasília/DF Dezembro/2012 Medida Cautelar Contextualização Suspensão

Leia mais

EIXO MERCOSUL - CHILE

EIXO MERCOSUL - CHILE EIXO MERCOSUL - CHILE INFRA-ESTRUTURA DE TELECOMUNICAÇÕES NO BRASIL MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES - BRASIL Eixo Mercosul - Chile Telefonia Fixa milhares de acessos 2002 2003 2004 2005 Total de Instalados

Leia mais

Um balanço sobre a competição no mercado brasileiro de telecom

Um balanço sobre a competição no mercado brasileiro de telecom Um balanço sobre a competição no mercado brasileiro de telecom 40º Encontro TELE.SÍNTESE Março de 2015 Panorama Telefonia Móvel 281,7 milhões de acessos ~155 milhões de acessos de banda larga móvel (54%)

Leia mais

Políticas de incentivo à banda larga O papel dos prestadores de porte regional

Políticas de incentivo à banda larga O papel dos prestadores de porte regional Encontro Provedores Regionais Políticas de incentivo à banda larga O papel dos prestadores de porte regional Manaus, janeiro de 2015 Evolução da penetração do acesso domiciliar à Internet Proporção de

Leia mais

REDE COMUNITÁRIA DE TELECOMUNICAÇÕES SEM FIO LAGUNA DIGITAL

REDE COMUNITÁRIA DE TELECOMUNICAÇÕES SEM FIO LAGUNA DIGITAL REDE COMUNITÁRIA DE TELECOMUNICAÇÕES SEM FIO LAGUNA DIGITAL PROJETO Inicial Básico SITUAÇÃO ATUAL IMPLEMENTADA Autorização ANATEL ATO No- 3.543, DE 16 DE JUNHO DE 2008 Processo no- 53500.011016/ 2008.

Leia mais

Relatório de acompanhamento trimestral das Ações Regulatórias. 2014-2015 Julho a setembro de 2014

Relatório de acompanhamento trimestral das Ações Regulatórias. 2014-2015 Julho a setembro de 2014 Relatório de acompanhamento trimestral das Ações Regulatórias 2014-2015 Julho a setembro de 2014 Relatório Introdução Esse relatório tem o objetivo de apresentar o acompanhamento das Ações Regulatórias

Leia mais

AGENDA REGULATÓRIA BIÊNIO 2013-2014 MACROTEMA

AGENDA REGULATÓRIA BIÊNIO 2013-2014 MACROTEMA AGENDA REGULATÓRIA BIÊNIO 2013-2014 MACRO Lista de temas do Macrotema Serviços de Saúde Nº 129 Ampliação de Rede para o Sistema de Notificação (Vigipós) 130 Funcionamento de Estabelecimentos Educacionais

Leia mais

A TELECOMUNICAÇÃO MÓVEL E A POLUIÇÃO ELETROMAGNÉTICA Margarete Ponce Padueli e Nelson Gouveia

A TELECOMUNICAÇÃO MÓVEL E A POLUIÇÃO ELETROMAGNÉTICA Margarete Ponce Padueli e Nelson Gouveia http:///br/artigos.asp?ed=13&cod_artigo=231 Copyright, 2006. Todos os direitos são reservados.será permitida a reprodução integral ou parcial dos artigos, ocasião em que deverá ser observada a obrigatoriedade

Leia mais

O LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE ESTAÇÕES RÁDIO BASE NA CIDADE DE GOIÂNIA

O LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE ESTAÇÕES RÁDIO BASE NA CIDADE DE GOIÂNIA 1 O LICENCIAMENTO AMBIENTAL DE ESTAÇÕES RÁDIO BASE NA CIDADE DE GOIÂNIA Danilo Rodrigues Cunha de Almeida Orientador: Prof. Dr. Antônio Pasqualetto Universidade Católica de Goiás, Departamento de Engenharia

Leia mais

Espectro de Radiofreqüências TV Digital

Espectro de Radiofreqüências TV Digital QUESTÕES REGULATÓRIAS Espectro de Radiofreqüências TV Câmara dos Deputados Seminário Internacional TV - obstáculos e desafios para uma nova comunicação Brasília - 16/05/2006 Regulamentação Pertinente LGT

Leia mais

Estabelece normas especificas para o licenciamento de Estação de Rádio- Base (ERB), microcélulas de Telefonia Celular e fixa equipamentos.

Estabelece normas especificas para o licenciamento de Estação de Rádio- Base (ERB), microcélulas de Telefonia Celular e fixa equipamentos. Lei nº 2. 348 de 24 de Junho de 2004 Estabelece normas especificas para o licenciamento de Estação de Rádio- Base (ERB), microcélulas de Telefonia Celular e fixa equipamentos. O Povo do Município de Itabirito,

Leia mais

Evento Huawei Águas de São Pedro Cidade Digital e Inteligente

Evento Huawei Águas de São Pedro Cidade Digital e Inteligente Evento Huawei Águas de São Pedro Cidade Digital e Inteligente São Paulo, 2 de Julho de 2015 Eduardo Koki Iha Smart Cities & Inovação IoT eduardo.iha@telefonica.com - @kokiiha 1 Por que Cidades Inteligentes?_

Leia mais

LEGALIZAÇÃO DE RÁDIOS - ANATEL

LEGALIZAÇÃO DE RÁDIOS - ANATEL 1 LEGALIZAÇÃO DE RÁDIOS - ANATEL POR QUE LEGALIZAR? Com exceção dos rádios FRS (Family Radio System - rádios amadores, destinados ao lazer como Talk About, Intelbrás Twin e aqueles que você pode comprar

Leia mais

GRUPO 5 NATUREZA JURÍDICA DO ESPECTRO DE RADIOFREQUÊNCIA E DA ÓRBITA

GRUPO 5 NATUREZA JURÍDICA DO ESPECTRO DE RADIOFREQUÊNCIA E DA ÓRBITA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE DIREITO DIREITO ADMINISTRATIVO 3 TURMA B (NOTURNO) PROFESSOR DR. MÁRCIO IORIO GRUPO 5 NATUREZA JURÍDICA DO ESPECTRO DE RADIOFREQUÊNCIA E DA ÓRBITA Resposta às perguntas

Leia mais

802.11n + NV2 TDMA. Desempenho e Acesso Múltiplo em Redes Wireless com RouterOS

802.11n + NV2 TDMA. Desempenho e Acesso Múltiplo em Redes Wireless com RouterOS 802.11n + NV2 TDMA Desempenho e Acesso Múltiplo em Redes Wireless com RouterOS Nicola Sanchez Engenheiro de Telecomunicações Mikrotik Certified Trainer CENTRO DE TREINAMENTO OFICIAL MIKROTIK CENTRO DE

Leia mais

PARECER CREMEC nº 25/2009 19/09/2009

PARECER CREMEC nº 25/2009 19/09/2009 PARECER CREMEC nº 25/2009 19/09/2009 ASSUNTO: Riscos à saúde pública trazidos pelas emissões radioativas causadas por antena-base-de-celular Protocolo: 2126/09 SOLICITANTE: Promotoria de Justiça de Defesa

Leia mais

2a Conferência Anual Latino-Americana de Gestão do Espectro Dias 20 & 21 de outubro de 2015 Rio de janeiro, Brasil

2a Conferência Anual Latino-Americana de Gestão do Espectro Dias 20 & 21 de outubro de 2015 Rio de janeiro, Brasil Favor notar: Esta é uma versão preliminar do programa e os palestrantes ainda não serão abordados exceto quando explicitamente indicado. 2a Conferência Anual Latino-Americana de Gestão do Espectro Dias

Leia mais

Decisão ECC (09)02. Harmonização das faixas 1610-1626,5 MHz e 2483,5-2500 MHz para utilização por sistemas do Serviço Móvel por Satélite

Decisão ECC (09)02. Harmonização das faixas 1610-1626,5 MHz e 2483,5-2500 MHz para utilização por sistemas do Serviço Móvel por Satélite Decisão ECC (09)02 Harmonização das faixas 1610-1626,5 MHz e 2483,5-2500 MHz para utilização por sistemas do Serviço Móvel por Satélite aprovada em 26 de junho de 2009 alterada em 02 de novembro de 2012

Leia mais

EXERCÍCIOS Introdução

EXERCÍCIOS Introdução FACULDADE PITÁGORAS Curso Superior em Tecnologia: Redes de Computadores REDES SEM FIO Prof. Ulisses Cotta Cavalca EXERCÍCIOS Introdução Belo Horizonte/MG 2015 1. A tecnologia

Leia mais

Introdução. Configurações mínimas. A embalagem contém

Introdução. Configurações mínimas. A embalagem contém Introdução Obrigado por adquirir o Repetidor / Roteador Wi-Fi N High Power - 150 Mbps (1T1R) Comtac. Utilizado principalmente para aumentar a cobertura da rede Wi-Fi em locais distantes do roteador principal.

Leia mais

LEI Nº 11.685, DE 30 DE SETEMBRO DE 2014.

LEI Nº 11.685, DE 30 DE SETEMBRO DE 2014. LEI Nº 11.685, DE 30 DE SETEMBRO DE 2014. Altera o art. 1º, caput e 1º, o art. 3º, incs. I e II do caput e 1º a 3º e 7º, o art. 4º, incs. I a IV do caput e 1º e 3º, o art. 6º, parágrafo único, o art. 8º,

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 010/2009.

CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 010/2009. CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 010/2009. NOME DA INSTITUIÇÃO: COPEL DISTRIBUIÇÃO S.A. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 010/2009 : Contribuições de 12/03/2009

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA PROJETO DE LEI Nº 2.576, DE 2000

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA PROJETO DE LEI Nº 2.576, DE 2000 PROJETO DE LEI Nº 2.576, DE 2000 (Apensos: PL s nºs 4.399, de 2001; 4.505, de 2001; 4.587, de 2001; 5.241, de 2001; 5.843, de 2001; 6.835, de 2002) Dispõe sobre a instalação de fontes emissoras de radiação

Leia mais

Art. 2º A instalação dos equipamentos mencionados no artigo 1º não será permitida nos seguintes locais:

Art. 2º A instalação dos equipamentos mencionados no artigo 1º não será permitida nos seguintes locais: Resolução nº 001, de 25 de outubro de 2005 Estabelece normas para a instalação e operação de Estações de Rádio-Base ERB, microcélulas de telefonia celular, de rádio-difusão, de TV e equipamentos afins,

Leia mais

Advogada do Idec. São Paulo, 02 de junho de 2014. Ilmo. Sr. João Batista de Rezende. Presidente. ANATEL Agência Nacional de Telecomunicações

Advogada do Idec. São Paulo, 02 de junho de 2014. Ilmo. Sr. João Batista de Rezende. Presidente. ANATEL Agência Nacional de Telecomunicações São Paulo, 02 de junho de 2014. Ilmo. Sr. João Batista de Rezende Presidente ANATEL Agência Nacional de Telecomunicações Prezado Senhor, O Idec Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor - vem apresentar

Leia mais

Audiência pública discute regularização das antenas de celular em Belo Horizonte

Audiência pública discute regularização das antenas de celular em Belo Horizonte Audiência pública discute regularização das antenas de celular em Belo Horizonte Posted on agosto 31, 2011 Para um público lotado, de aproximadamente 70 pessoas, o presidente da Câmara Municipal de Belo

Leia mais

A situação do espectro no Brasil e na Região 2

A situação do espectro no Brasil e na Região 2 A situação do espectro no Brasil e na Região 2 Maximiliano Salvadori Martinhão Gerente Geral de Certificação e Engenharia do Espectro Agenda Espectro no Brasil Contextualização do tema Onde Estamos O que

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 4.680, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2010

LEI MUNICIPAL Nº 4.680, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2010 LEI MUNICIPAL Nº 4.680, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2010 DISPÕE SOBRE A INSTALAÇÃO DE ESTAÇÕES RÁDIO-BASE - ERB S, MINI - ERBS, TORRES, SISTEMAS DE RÁDIO-TRANSMISSÃO E EQUIPAMENTOS AFINS NO MUNICÍPIO DE TAQUARA

Leia mais

Políticas de incentivo à banda larga O papel dos prestadores de porte regional

Políticas de incentivo à banda larga O papel dos prestadores de porte regional Ministério das Comunicações Encontro Provedores Regionais Políticas de incentivo à banda larga O papel dos prestadores de porte regional Marabá, abril de 2014 Ministério das Comunicações Evolução da penetração

Leia mais

SBTVD x 4G LTE. Regulamento de Convivência. Conselheiro Rodrigo Zerbone Loureiro

SBTVD x 4G LTE. Regulamento de Convivência. Conselheiro Rodrigo Zerbone Loureiro Regulamento de Convivência SBTVD x 4G LTE Conselheiro Rodrigo Zerbone Loureiro Agência Nacional de Telecomunicações 737ª Reunião do Conselho Diretor Brasília, 09/04/2014 Atribuição e Destinação Condições

Leia mais

Espectro: Importância para as PMEs

Espectro: Importância para as PMEs Espectro: Importância para as PMEs Edmundo A. Matarazzo Microempresas Empresas de pequeno porte Lei Geral das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (2006) Regulamenta o disposto na Constituição Brasileira:

Leia mais

Qual a diferença a entre serviço o de:

Qual a diferença a entre serviço o de: Qual a diferença a entre serviço o de: Radioamador (PY) e Faixa do Cidadão (PX) Equipe Regional de Radioescotismo - RS Finalidades Radioamadorismo (PY) Finalidades O Serviço de Radioamador modalidade de

Leia mais

Notas: Aprovada pela Deliberação Ceca nº 868, de 08 de maio de 1986. Publicada no DOERJ de 19 de maio de 1986

Notas: Aprovada pela Deliberação Ceca nº 868, de 08 de maio de 1986. Publicada no DOERJ de 19 de maio de 1986 IT-1815.R-5 - INSTRUÇÃO TÉCNICA PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE EDIFICAÇÕES RESIDENCIAIS MULTIFAMILIARES (PERMANENTES E TRANSITÓRIAS), GRUPAMENTOS DE EDIFICAÇÕES E CLUBES. Notas: Aprovada pela Deliberação

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 398, DE 23 DE MARÇO DE 2010.

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 398, DE 23 DE MARÇO DE 2010. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 398, DE 23 DE MARÇO DE 2010. Regulamenta a Lei nº 11.934, de 5 de maio de 2009, no que se refere aos limites à exposição humana a campos

Leia mais

Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações.

Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações. Rádio Spread Spectrum Este tutorial apresenta os aspectos técnicos dos Rádios Spread Spectrum (Técnica de Espalhamento Espectral) aplicados aos Sistemas de Transmissão de Dados. Félix Tadeu Xavier de Oliveira

Leia mais

Contribuição da TIA/TEC-LA para a ANATEL sobre o gerenciamento do espectro de rádio-frequência

Contribuição da TIA/TEC-LA para a ANATEL sobre o gerenciamento do espectro de rádio-frequência Contribuição da TIA/TEC-LA para a ANATEL sobre o gerenciamento do espectro de rádio-frequência Sendo uma organização que representa os interesses de fabricantes e fornecdores de produtos e sistemas para

Leia mais

(Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 06/01/2003).

(Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 06/01/2003). Implantação de Estações Rádio Base (ERBs) Este tutorial apresenta a descrição das etapas básicas de implantação de uma estação rádio base (ERB) em redes celulares. (Versão revista e atualizada do tutorial

Leia mais

Política para Implantação de Redes Privadas de Wi-Fi durante os Jogos Rio 2016. Boletim Informativo Espectro 05/2015. Versão 5.

Política para Implantação de Redes Privadas de Wi-Fi durante os Jogos Rio 2016. Boletim Informativo Espectro 05/2015. Versão 5. Boletim Informativo Espectro 05/2015 Política para Implantação de Redes Privadas de Wi-Fi durante os Jogos Rio 2016 Versão 5.1 Abril 2015 Gestão de Espectro de Radiofrequências AF Telecomunicações SUMÁRIO

Leia mais

Desoneração de estações móveis do tipo máquina a máquina (M2M)

Desoneração de estações móveis do tipo máquina a máquina (M2M) Superintendência de Outorga e Recursos à Prestação Desoneração de estações móveis do tipo máquina a máquina (M2M) Painel TELEBRASIL 2014 Brasília, Setembro 2014 LEI Nº 12.715, DE 17 DE SETEMBRO DE 2012.

Leia mais

Programa Nacional de Banda Larga: desenvolvimento e próximos passos

Programa Nacional de Banda Larga: desenvolvimento e próximos passos Seminário Banda Larga no Brasil e os direitos dos consumidores Programa Nacional de Banda Larga: desenvolvimento e próximos passos Maximiliano Martinhão Secretário de Telecomunicações Brasília, maio de

Leia mais

Este tutorial apresenta os conceitos básicos de enlaces rádio digitais ponto a ponto.

Este tutorial apresenta os conceitos básicos de enlaces rádio digitais ponto a ponto. Enlace Rádio Digital Ponto a Ponto Este tutorial apresenta os conceitos básicos de enlaces rádio digitais ponto a ponto. Eduardo Tude Engenheiro de Teleco (IME 78) e Mestre em Teleco (INPE 81) tendo atuado

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE PROCURADORIA PARECER PRÉVIO

CÂMARA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE PROCURADORIA PARECER PRÉVIO CÂMARA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE PROCURADORIA PROC. Nº 3279/11 PLL Nº 160/11 PARECER PRÉVIO Trata-se de Projeto de Lei de iniciativa parlamentar que estabelece regras para o licenciamento urbanístico das

Leia mais

Projeto de Lei nº 106/2010

Projeto de Lei nº 106/2010 Projeto de Lei nº 106/2010 Estabelece diretrizes para o controle da poluição sonora na cidade de São Paulo e dá outras providências. A Câmara Municipal de São Paulo DECRETA: Art. 1º Esta Lei estabelece

Leia mais

Ministério das Comunicações

Ministério das Comunicações Audiência Pública CCTCI/Câmara dos Deputados PROJETOS E AÇÕES DO MINISTÉRIO PARA O ANO DE 2013 Paulo Bernardo Silva Ministro de Estado das Comunicações Brasília, 24 de abril de 2013 Dados setoriais 2 O

Leia mais

REGULAMENTO DOS SERVIÇOS DE RETRANSMISSÃO E DE REPETIÇÃO DE TELEVISÃO, ANCILARES AO SERVIÇO DE RADIODIFUSÃO DE SONS E IMAGENS CAPÍTULO I

REGULAMENTO DOS SERVIÇOS DE RETRANSMISSÃO E DE REPETIÇÃO DE TELEVISÃO, ANCILARES AO SERVIÇO DE RADIODIFUSÃO DE SONS E IMAGENS CAPÍTULO I REGULAMENTO DOS SERVIÇOS DE RETRANSMISSÃO E DE REPETIÇÃO DE TELEVISÃO, ANCILARES AO SERVIÇO DE RADIODIFUSÃO DE SONS E IMAGENS CAPÍTULO I DAS GENERALIDADES Art. 1º Ficam instituídos por este Regulamento

Leia mais

Rádios Licenciados. O que significa licenciado: Significa que requer uma licença de uso de frequência concedida pela Anatel.

Rádios Licenciados. O que significa licenciado: Significa que requer uma licença de uso de frequência concedida pela Anatel. Rádios Licenciados O que significa licenciado: Significa que requer uma licença de uso de frequência concedida pela Anatel. Qual é a vantagem: 1 Os canais em uso são registrados pela Anatel e a base de

Leia mais

LEI Nº 13.756, DE 16 DE JANEIRO DE 2004

LEI Nº 13.756, DE 16 DE JANEIRO DE 2004 LEI Nº 13.756, DE 16 DE JANEIRO DE 2004 Dispõe sobre a instalação de Estação Rádio-Base - ERB, no Município de São Paulo, e dá outras providências. MARTA SUPLICY, Prefeita do Município de São Paulo, no

Leia mais

Desafios no acesso à internet móvel. Penetração, qualidade e gestão do espectro

Desafios no acesso à internet móvel. Penetração, qualidade e gestão do espectro Desafios no acesso à internet móvel Penetração, qualidade e gestão do espectro Seminário IDEC Acesso à internet e direitos do consumidor: balanço e perspectivas Marcio Patusco Lana Lobo Clube de Engenharia

Leia mais

CURSO A DISTÂNCIA DE GESTÃO AMBIENTAL: UMA EXPERIÊNCIA RELEVANTE PARA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL EM TELECOMUNICAÇÕES

CURSO A DISTÂNCIA DE GESTÃO AMBIENTAL: UMA EXPERIÊNCIA RELEVANTE PARA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL EM TELECOMUNICAÇÕES CURSO A DISTÂNCIA DE GESTÃO AMBIENTAL: UMA EXPERIÊNCIA RELEVANTE PARA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL EM TELECOMUNICAÇÕES Adilson de Oliveira Prado Academia de Polícia Militar de Minas Gerais Cristiano Torres do

Leia mais

GENERAL SANTOS GUERRA EXÉRCITO BRASILEIRO

GENERAL SANTOS GUERRA EXÉRCITO BRASILEIRO AS CONSEQUÊNCIAS DA ALOCAÇÃO DA BANDA DE FREQUÊNCIA EM 700 MHz, ATUALMENTE OCUPADA PELA TV ABERTA, E A ELABORAÇÃO DO EDITAL DE LICITAÇÃO PARA OS SERVIÇOS DE BANDA LARGA MÓVEL DE QUARTA GERAÇÃO GENERAL

Leia mais

DECRETO Nº 36.454 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2012. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, e

DECRETO Nº 36.454 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2012. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais, e DECRETO Nº 36.454 DE 22 DE NOVEMBRO DE 2012 Dispõe sobre o licenciamento de Estações Rádio Base (ERB) e Mini-ERB dos serviços de telefonia móvel celular no Município do Rio de Janeiro e dá outras providências.

Leia mais

Comunicação Móvel Celular e Saúde

Comunicação Móvel Celular e Saúde Comunicação Móvel Celular e Saúde Os telefones celulares e outras tecnologias wireless entraram para o nosso cotidiano. Mas será que o uso regular desses aparelhos ou residir perto de uma estação radiobase

Leia mais

Comunicações. atendimento telefônico das agências reguladoras. Principais situações identifificadas

Comunicações. atendimento telefônico das agências reguladoras. Principais situações identifificadas atendimento telefônico das agências reguladoras As agências reguladoras dispõem, em regra, de canal para que os usuários dos serviços regulados possam se manifestar. Ainda que não exista norma federal

Leia mais

Prof. Dr. Arismar Cerqueira Sodré Junior Prof. Dr. Arismar Cerqueira S. Jr. arismar@inatel.br

Prof. Dr. Arismar Cerqueira Sodré Junior Prof. Dr. Arismar Cerqueira S. Jr. arismar@inatel.br Rádio sobre Fibra: Tecnologia Chave para Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas de 2016 Prof. Dr. Arismar Cerqueira Sodré Junior 1 Contexto Tecnológico 2 Sumário da apresentação I. Contexto Tecnológico II.

Leia mais

Capítulo 2 Sistemas Rádio Móveis

Capítulo 2 Sistemas Rádio Móveis Capítulo 2 Sistemas Rádio Móveis 2.1. Histórico e Evolução dos Sistemas Sem Fio A comunicação rádio móvel teve início no final do século XIX [2], quando o cientista alemão H. G. Hertz demonstrou que as

Leia mais

DECISÃO. i) 2 x 10 MHz na faixa de frequências dos 800 MHz (790-862 MHz);

DECISÃO. i) 2 x 10 MHz na faixa de frequências dos 800 MHz (790-862 MHz); DECISÃO de emissão dos títulos unificados dos direitos de utilização de frequências para serviços de comunicações eletrónicas terrestres, na sequência do leilão 1. Enquadramento Por deliberação de 6 de

Leia mais

Cristiano Froeder Eng. de Telecomunicações Motorola Wireless Field Engineer Setor de Soluções Wireless Motorola MINASCONTROL Distribuidor e Serviço

Cristiano Froeder Eng. de Telecomunicações Motorola Wireless Field Engineer Setor de Soluções Wireless Motorola MINASCONTROL Distribuidor e Serviço Cristiano Froeder Eng. de Telecomunicações Motorola Wireless Field Engineer Setor de Soluções Wireless Motorola MINASCONTROL Distribuidor e Serviço Autorizado Motorola CASE - VOTUPORANGA SP Projeto Cidade

Leia mais

DISPÕE SOBRE A IMPLANTAÇÃO DE ANTENAS TRANSMISSORAS/RECEPTORAS DE TELEFONIA MÓVEL CELULAR E TELEFONIA FIXA NO MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO PRETO.

DISPÕE SOBRE A IMPLANTAÇÃO DE ANTENAS TRANSMISSORAS/RECEPTORAS DE TELEFONIA MÓVEL CELULAR E TELEFONIA FIXA NO MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO PRETO. LEI COMPLEMENTAR Nº 1.246 de 15 DE OUTUBRO de 2.001 DISPÕE SOBRE A IMPLANTAÇÃO DE ANTENAS TRANSMISSORAS/RECEPTORAS DE TELEFONIA MÓVEL CELULAR E TELEFONIA FIXA NO MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO PRETO. Faço saber

Leia mais

Manual de Autocadastramento

Manual de Autocadastramento Manual de Autocadastramento Cadastramento das Estações sem uso de Radiofreqüências (SCM / SLE / SRTT ) Superintendência de Serviços Privados SPV Gerência Geral de Serviços Privados de Telecomunicações

Leia mais

Município de Montes Claros MG Procuradoria Jurídica

Município de Montes Claros MG Procuradoria Jurídica LEI Nº 3.642, DE 11 DE SETEMBRO DE 2006. DISPÕE SOBRE NORMAS GERAIS PARA A INSTALAÇÃO, NO MUNICÍPIO DE MONTES CLAROS, DE EQUIPAMENTOS TRANSMISSORES DE RADIAÇÃO ELETROMAGNÉTICA, RELATIVOS A SERVIÇOS FIXOS

Leia mais

Plano Geral de Metas para a Universalização PGMU III

Plano Geral de Metas para a Universalização PGMU III Novo Plano Geral de Metas para a Universalização 2011 a 2015 Reunião com o Conselho Consultivo da Anatel 10 de junho de 2011 Telefonia em Área Rural Plano Geral de Metas para a Universalização PGMU III

Leia mais

GESTÃO DO ESPECTRO. Anatel e Órgãos Internacionais

GESTÃO DO ESPECTRO. Anatel e Órgãos Internacionais Anatel e Órgãos Internacionais Tarcísio Aurélio Bakaus bakaust@anatel.gov.br Coordenador de Planejamento e Atribuição do espectro Gerência de Espectro Órbita e Radiodifusão Superintendência de Outorga

Leia mais